Você está na página 1de 27

03/09/2015

POLITICA NACIONAL DE SAÚDE


BUCAL

1
03/09/2015

HISTÓRIA DA ODONTOLOGIA
 O primeiro modelo ficou conhecido como Odontologia
Artesanal.

Era uma prática rudimentar realizada pelos cirurgiões


barbeiros, além barba e cabelo eles também faziam
extrações dentárias.

Como não havia faculdades, os ensinamentos eram


passados de mestre para aprendiz

2
03/09/2015

HISTÓRIA DA ODONTOLOGIA
 Em 1841, com o surgimento da primeira
faculdade de odontologia, em Baltimore, Estados Unidos, o
modelo passa de artesanal para Odontologia Científica
ou tradicional.
 Em 1910 surge o modelo de Odontologia flexineriana.
Atenção a doença;
Fragmentação do conhecimento, da saúde, da clínica,
etc);
Valorização da super especialização.

3
03/09/2015

MODELO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE


MODELO BIOMÉDICO

(para todos)
Odonto
Sistema no PSF
Incremental ESB Brasil
(para escolares) SUS Sorridente

1950 1988 2000 2004


Odontologia 1977 1995 2006
Sanitária
PSF PNAB
Odonto ABS-SF
Simplificada

4
03/09/2015

Modelo médico-assistencial privatista

Procura do serviço por livre iniciativa;

Reforça a idéia de procura do serviço mediante a doença;

Não contempla o conjunto dos problemas da população;

Demanda espontânea.

Caráter individual.

Paim, 2003

5
03/09/2015

 Odontologia Sanitária/ Social que teve como diferencial a

inserção da odontologia na Saúde Pública, porém, continuou no

conceito flexineriano que despertou a reflexão de que à

assistência individual não seria suficiente para atuar neste setor

da saúde.

 A primeira tentativa se deu nos anos 50, trabalhando dentro das

escolas, adotando o modelo incremental.

6
03/09/2015

Sistema Incremental

Década de 50;

Prestado pela Fundação SESP (Serviço Especial de Saúde


Pública);

Financiado pelo governo norte-Americano;

Proposta de prestação de serviços odontológicos de forma


diferencial, programada e sistemática;

Contrapõe o sistema de livre demanda das décadas anteriores.

Nickel, et al, 2008

7
03/09/2015

Sistema Incremental
Fluoretação

ações

Sistema
Incremental

8
03/09/2015

Grupo prioritário do Sistema Incremental


Crianças em idade escolar (6 a 14 anos);

Grupo com maior incidência de cárie e lesões em fase inicial;

O grupo, para atendimento, era, na maioria das vezes, constante;

Iniciou em Aimorés-MG.

Nickel, et al, 2008

9
03/09/2015

Ações do Sistema Incremental

Tenta resolver em curto espaço de tempo, problemas acumulados em


uma pequena parcela da população .

Recursos preventivos:

Fluoretação da água de abastecimento.

Aplicações tópicas com fluoreto de sódio a 2% .

Modelo misto:

Enfatiza as ações restauradoras.

Ações educativas e preventivas, em segundo plano.

Nickel, et al, 2008

10
03/09/2015

Limitações do Sistema Incremental

Exclusão de indivíduos em outras faixas etárias;

Não apresenta preocupação quanto ao fator de risco de


desenvolvimento da cárie;

Não houve redução do índice de cárie da população – CPOD (dentes


cariados passaram a ser restaurados);

Não responde a questões como universalidade e integralidade.

Nickel, et al, 2008

11
03/09/2015

Contribuições do Sistema Incremental

Resultados satisfatórios quanto aos tratamentos


completados em escolares;

Marco da programação no serviço público;

Quebra a hegemonia da livre demanda em consultórios;

Fluoretação da água, eficácia comprovada.

Nickel, et al, 2008

12
03/09/2015

ODONTOLOGIA SIMPLIFICADA

 Nos anos 70, fez surgir o que chamamos de Odontologia

Simplificada.

 Tentou-se diminuir o “supérfluo” para diminuir os custos da

assistência, criando-se para isso o conceito de equipe

odontológica e consequentemente aumentar a cobertura dos

serviços.

13
03/09/2015

ODONTOLOGIA SIMPLIFICADA

 Introduziu-se o conceito de ACD, THD, CD.

 Simplificação das clínicas e dos equipamentos, material.

 Este modelo não deixou de lado o público alvo, que continuou

com os escolares dando ênfase à assistência curativa.

Confrontando-se com a qualidade versus quantidade.

14
03/09/2015

A Odontologia Simplificada

Em termos de administração da
programação

Lógica Otimização da
Taylorista-Fordista produção

Fonte Zanetti (1996)

15
03/09/2015

ODONTOLOGIA INTEGRAL

 Nos anos 80, falava-se em Odontologia Integral, que possuía

três pilares explicativos.

 Atitude preventiva, que levava em consideração a

integralidade da atenção;

 Simplificação sem exageros;

 Desmonopolização do saber, dando lugar a educação e

participação da comunidade.

16
03/09/2015

Odontologia e saúde bucal no passado

Relação entre a odontologia e o tecnicismo

 Paralisia intelectual e repetição mecânica;

 Curriculum mínimo;

 Educação da mão.

Baltimore College of
Dental Surgery 1840

17
03/09/2015

Odontologia e saúde bucal no passado

18
03/09/2015

Odontologia e saúde bucal no passado

MODELO CIRURGICO-RESTAURADOS

 A odontologia cirurgico restauradora é limitada na sua


essência quando se trata de promover saúde embora sob o
ponto de vista restaurador tenha atendido todas as
necessidades existentes.
 A atenção as necessidades restauradoras de uma população
não impede que as perdas dentárias significativas venham
ocorrer na idade adulta.

19
03/09/2015

 Com o advento da Reforma Sanitária,

reivindicava-se a saúde como um direito de todo e qualquer

cidadão que deveria ser garantido pelo Estado.

 E para assegurar esse direito, precisava-se de um modelo de

saúde bucal que respeitasse os princípios da universalidade,

equidade, integralidade, descentralização e participação social.

 Foi então, criada a Saúde Bucal Coletiva.

20
03/09/2015

SAÚDE BUCAL COLETIVA - 1990

 As práticas coletivas em saúde rompem com o isolamento do

cirurgião dentista, deixa de lado à passividade da população, os

tornado sujeitos de todo o processo.

 É a disciplina da interdisciplinaridade e dos projetos da

sociedade.

21
03/09/2015

22
03/09/2015

Odontologia integral
Alterações no Sistema Incremental

Enfatiza a prevenção

Reconhece a cárie como doença infecto-contagiosa

Institui o retorno programado para manutenção preventiva

Equipe odontológica (CD, THD e ACD)

Principios do SUS (todos tem acesso)

Nickel, et al, 2008

23
03/09/2015

Odontologia integral de acordo com os


princípios do SUS

UNIVERSALIDADE

ACESSO AOS SERVIÇOS

EQUIDADE

24
03/09/2015

25
03/09/2015

26
03/09/2015

27