Você está na página 1de 5

PROGRAMA DE PÓS – GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA POLÍTICA (PPGSP)

Disciplina: TEORIA SOCIAL III


Créditos: 4, 60 h/a Horária: 45 horas -aula
SEMESTRE: 2020.2
Professor: Paulo Gracino Junior
Contato: paulogracino@iuperj.br
Dia Da Semana: 5ª feira HORÁRIO: 18:00 às 21:00

EMENTA

Este curso abordará a interface entre Sociologia, Psicanálise, estruturalismo e pós-estruturalismo no intuito
de aprofundar o conhecimento dos discentes nestas importantes abordagens da Teoria Social do século XX
e XXI. Neste sentido, pretende, a partir destes aportes, qualificar o debate atual em torno do ressurgimento
dos regimes autoritários no que tem sido classificado de populismo de direita.

METODOLOGIA DE TRABALHO

O curso consistirá de aulas expositivas e seminários.

SISTEMA DE AVALIAÇÃO

Os estudantes serão avaliados por seu desempenho nas seguintes formas de avaliação:

• Seminário Temático de apresentação oral em sala de aula (peso 1);


• Elaboração de artigo sobre uma das sociologias (peso 2).

1ª Semana (13/08): Apresentação do curso

I- Parte: Sociologia e Psicanálise I: civilização inflexão e mal-estar


2ª Semana (20/08):
 Freud S. (1930). O mal estar na civilização. In: Freud S. Edição Standard Brasileira das Obras
Psicológicas Completas de Sigmund Freud, vol XII, Rio de Janeiro, Imago.
 Bauman, Z. (1996). Introdução. O Mal-Estar na Pós-Modernidade. Rio de Janeiro: Zahar.
3ª Semana (27/08):
 FREUD, S. (2011). Psicologia das massas e análise do eu. In: Psicologia de massas e análise do
eu e outros textos (Coleção Obras completas, P. C. Souza, trad., Vol. 15, pp. 13-113). São Paulo,
SP: Companhia das Letras.

4ª Semana (03/09):
 DUNKER. C. (2015). Apresentação à Edição Brasileira. ADORNO, T. Ensaios sobre psicologia
social e psicanálise. São Paulo: Unesp.
 ADORNO, T. Antissemitismo e propaganda fascista. Ensaios sobre psicologia social e
psicanálise. São Paulo: Unesp.
5ª Semana (10/09):
 ADORNO, T. Teoria freudiana e o padrão de propaganda fascista. Ensaios sobre psicologia
social e psicanálise. São Paulo: Unesp.
 ADORNO, T. Observações sobre política e neuroses. Ensaios sobre psicologia social e
psicanálise. São Paulo: Unesp.

6ª Semana (17/09):
 Costa, V. H. (2019). Apresentação à Edição Brasileira. ADORNO, T. Estudos sobre a
personalidade autoritária. São Paulo: Unesp.
 ADORNO, T. Estudos sobre a personalidade autoritária. São Paulo: Unesp. (várias partes)

7ª Semana (24/09):
 ZIZEK, S. O Espectro da Ideologia”. In: Um mapa da ideologia. Rio de Janeiro: Contraponto,
1996.
 ________. Como Marx Inventou o Sintoma? In: Um mapa da ideologia. Rio de Janeiro:
Contraponto, 1996.

II- Parte: A volta do pêndulo: mal-estares, ressentimento e populismo na contemporaneidade

8ª Semana (01/10):

 LACLAU, E. (2013). Apresentação e populismo ambiguidades e paradoxos. A razão


neoliberal. São Paulo: Três estrelas.
 MENDONÇA, Daniel de. Como olhar “o político” a partir da teoria do discurso. Revista Brasileira
de Ciência Política, n. 1. Brasília, jan-jun, p. 153-169, 2009.

9ª Semana (08/10):
 MOUFFE, Chantal. (2003). Democracia, cidadania e a questão do pluralismo. Revista Política &
Sociedade. n. 03, pp. 11-23.
 MOUFFE, Chantal. (2015). Sobre o Político. São Paulo: Umf/ Martins Fontes, 2015. (capítulo a
definir)

10ª Semana (15/10):


 FOUCAULT, Michel. Aula de 21 de março. Nascimento da biopolítica (1978-1979). São Paulo:
Martins Fontes, 2008.
 Gordon, Colin. (2013). Governamentalidade e a genealogia da política. Educação e Pesquisa , 39 (4),
1049-1065.
11ª Semana (22/10):
 BROWN, Wendy. (2019). Capítulo 1 e 2. Nas ruínas do neoliberalismo: A ascensão da política
antidemocrática no ocidente, São Paulo, Editora Politéia, 2019.

12ª Semana (29/10):


 BROWN, Wendy. (2019). Capítulo 4. Nas ruínas do neoliberalismo: A ascensão da política
antidemocrática no ocidente, São Paulo, Editora Politéia.

13ª Semana (05/11):


 DARDOT, P. e LAVAL, C. (2016). A fábrica do sujeito neoliberal. A nova razão do mundo:
ensaio sobre a sociedade neoliberal. São Paulo: Editora Boitempo, 2016.

14ª Semana (12/11):


 GAGO, Verónica. (2018). Introdução, capítulo 6. A razão neoliberal: economias barrocas e
pragmática popular. São Pau-lo: Editora Elefante, 2018.

15ª Semana (19/11):


 DUNKER, C. I. L. Intolerância e Cordialidade nos Modos de Subjetivação no Brasil. SIG: Revista de
Psicanálise, v. 6, p. 81-102, 2015.

 KEHL, M. R. (2020). O ressentimento chegou ao poder? Revista Serrote.


(https://www.revistaserrote.com.br/2020/01/o-ressentimento-chegou-ao-poder-por-maria-rita-kehl/)

16ª Semana (25/11):

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Aula 1 - Apresentação do curso e do programa (23/8)

Aula 2 (30/08). Sociologia Política: uma introdução. REIS, Elisa P. Sociologia política e processos
macro-históricos. Sociologias, Abr 2015, vol.17, no.38, p.18-43.

Bloco I- Situando o problema: a Sociologia na virada do século XIX


Aula 3 (06/09) Tocqueville e a democracia:
ARON, Raymond. As etapas do pensamento sociológico. São Paulo: Martins fontes. 2008. (Ler: Alexis
Tocqueville)
MAGALHAES, Fernando. O passado ameaça o futuro Tocqueville e a perspectiva da democracia
individualista. Tempo soc. [online]. 2000, vol.12, n.1, pp.141-164
Aula 4 (13/09) ARON, Raymond. As etapas do pensamento sociológico. São Paulo: Martins fontes. 2008.
(Vilfredo Pareto)
Aula 5 (20/09)
ARDITI, Benjamín. Sobre o "político": com Schmitt e apesar de Schmitt. Cad. CRH, Dez 2008, vol.21,
no.54, p.423-438.
FERREIRA, Bernardo. Schmitt, representação e forma política. Lua Nova, 2004, no.61, p.25-51.

Bloco II. A sociologia Pós-Holocausto: crítica da razão e o processo civilizatório


Aula 5 (27/09) BAUMAN, Z. Introdução: A sociologia depois do holocausto. In: Modernidade e
Holocausto. Rio de Janeiro: Zahar. 1999
Aula 5 (04/10) ADORNO, Theodor W; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Tradução
de Guido Antonio de Almeida, Rio de Janeiro, Zahar Editores. 1985. pp. 5-56
Aula 6 (11/10) ELIAS, Norbert. O processo Civilizador. Formação do Estado e Civilização. v.2. Rio
de Janeiro: Jorge Zahar, 1993. v.2. p. 193-274
Aula 7 (18/10) ELIAS, Norbert. Estabelecidos e os outsiders. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998. p.
19-50 e 187-198

Bloco III: A Sociologia Francesa: sociedade, poder e indivíduo

Aula 8 (25/10) BOURDIEU, Pierre. A distinção: crítica social do julgamento. São Paulo, EDUSP/ Ed.
Zouk, 2007. p.162-211

Aula 9 (01/11) BOURDIEU, Pierre. O Poder Simbólico. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, pp. 7-16, 1998.
BOURDIEU, P. (2009). "Estrutura, habitus e prática", pp. 337-361 in A economia das trocas simbólicas.
São Paulo: Perspectiva.

Aula 10 (08/11) FOUCAULT, Michel. Arqueologia do saber. 7ª Ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária,
2007. P. 1-44
FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. 16ª Ed. Rio de Janeiro: Edições Graal, 2001. P. 15-30

Bloco IV. A sociologia nos EUA


Aula 11 (22/11) JOAS, Hans e KNÖBL, Wolfgang. Social Theory: Twenty Introductory Lectures.
Cambridge (RU), Cambridge University Press, 2009, pp. 1-19 (tradução: Teoria Social - Vinte Lições
Introdutórias. Petrópolis: Vozes, 2017, ler capítulo II e III)

Aula 12 (29/11) JOAS, Hans e KNÖBL, Wolfgang. Social Theory: Twenty Introductory Lectures.
Cambridge (RU), Cambridge University Press, 2009, pp. 1-19 (tradução: Teoria Social - Vinte Lições
Introdutórias. Petrópolis: Vozes, 2017, ler capítulos IV e V)

Aula 13 (06/12) GARFINKEL, H. O que é etnometodologia? In: ______. Studies in ethnomethodology.


Cambridge: Polity Press, 1996 [1967]. Cap. 1. p. 1-34. 1 (tradução. Estudos de Etnometodologia.
Petrópolis: Vozes, 2018. Pp. 93-122).
JOAS, Hans e KNÖBL, Wolfgang. Social Theory: Twenty Introductory Lectures. Cambridge (RU),
Cambridge University Press, 2009, pp. 1-19 (tradução: Teoria Social - Vinte Lições Introdutórias.
Petrópolis: Vozes, 2017, ler capítulo VI)

Bloco V. Teoria do Agir comunicativo e Pós-Estruturalismo

Aula 14 (13/12) JOAS, Hans e KNÖBL, Wolfgang. Social Theory: Twenty Introductory Lectures.
Cambridge (RU), Cambridge University Press, 2009, pp. 1-19 (tradução: Teoria Social - Vinte Lições
Introdutórias. Petrópolis: Vozes, 2017, ler capítulo X e XI)

Aula 15 (20/12) BUTLER, J. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro:
Editora Civilização Brasileira, 2003. (Cap II)
BUTLER, J. A vida psíquica do poder: teorias da sujeição. Belo Horizonte: Autêntica. pp.89-112