Você está na página 1de 8

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

PROCEDIMENTO PARA
Nº DO DOCUMENTO:

RECEBIMENTO,ARMAZENAGEM,SECAGEM E Revisão: Data: Folha:


DISTRIBUIÇÃO DE CONSUMÍVEIS DE SOLDAGEM 1 de 6
SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO
PROCEDIMENTO PARA
Nº DO DOCUMENTO:

RECEBIMENTO,ARMAZENAGEM,SECAGEM E Revisão: Data: Folha:


DISTRIBUIÇÃO DE CONSUMÍVEIS DE SOLDAGEM 1 de 6

Revisão Data Descrição Elaboração Verificação Aprovação


HISTÓRICO EMISSÃO/ATUALIZAÇÃO
Nº DO DOCUMENTO:
PROCEDIMENTO PARA
RECEBIMENTO,ARMAZENAGEM,SECAGEM E
Revisão: Data: Folha:
DISTRIBUIÇÃO DE CONSUMÍVEIS DE SOLDAGEM 2 de 9

1. OBJETIVO E APLICAÇÃO...............................................................................................................................2
2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA...................................................................................................................3
3. ABREVIATURAS E DEFINIÇÕES......................................................................................................................3
4. MATRIZ DE RESPONSABILIDADES.................................................................................................................3
5. MÉTODO......................................................................................................................................................3
5.1 Identificação e Inspeção de Recebimento..................................................................................................3
5.2 Critério de Aceitação..............................................................................................................................4
5.3. Armazenagem e Secagem.........................................................................................................................5
5.3.1 Estufa de Secagem...............................................................................................................................5
5.3.2 – Estufa de Manutenção de Secagem..............................................................................................5
6. REGISTROS APLICÁVEIS................................................................................................................................6
Nº DO DOCUMENTO:
PROCEDIMENTO PARA
RECEBIMENTO,ARMAZENAGEM,SECAGEM E
Revisão: Data: Folha:
DISTRIBUIÇÃO DE CONSUMÍVEIS DE SOLDAGEM 3 de 9

1. OBJETIVO E APLICAÇÃO

Estabelecer a Sistemática de recebimento, armazenagem, secagem e distribuição de consumíveis para


soldagem.
2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

 N-133 – Soldagem
 N-1852 – Fabricação e montagem de estrutura fixa de aço
 N-1859 – Consumível de soldagem com propriedade assegurada
 ANSI B 31.3 – Chemical Plant and Petroleum Refinery Pinping
 ASME Seção II – PARTE C:5.1/5.18/517

3. ABREVIATURAS E DEFINIÇÕES

 CQ - Controle da Qualidade

4. MATRIZ DE RESPONSABILIDADES

Responsáveis Atividades

 Realização de inspeções;
 Preparação e envio dos relatórios de recebimento ao estoque
CQ
 Controle da temperatura dos consumíveis no estoque

5. MÉTODO

Os serviços de recebimento, armazenagem, secagem e distribuição de consumíveis deverá ocorrer pelo


controle da qualidade e devera seguir os seguintes itens:

Todo material deve estar corretamente identificado com as embalagem devidamente corretas.
 Verificação de Classificação AWS.
 Controle de Identificação das embalagens fechadas.
 Marca Comercial / Fabricante.
Nº DO DOCUMENTO:
PROCEDIMENTO PARA
RECEBIMENTO,ARMAZENAGEM,SECAGEM E
Revisão: Data: Folha:
DISTRIBUIÇÃO DE CONSUMÍVEIS DE SOLDAGEM 4 de 9

 Diâmetro.
 Número da Corrida
 Conformidade com Certificado de Qualidade
 Data de fabricação

5.1 Identificação e Inspeção de Recebimento

Quaisquer consumíveis com identificação duvidosa ou embalagem deteriorada, deverão ser eliminados e
aqueles que não estiverem de acordo com o certificado de qualidade serão devolvidos ao fornecedor.
A embalagem deve indicar de modo legível e sem rasuras a especificação do consumível.

 O controle de identificação das embalagens fechadas, verificando se a classificação AWS, marca


comercial, fabricante e número da corrida em conformidade com o certificado de qualidade.

 O Arame em rolo deve ser identificado no carretel.

 A embalagem dos arames e fluxos não deve apresentar as mesas condições das de recebimento,
no que se refere a isenção de defeitos, identificação e estado de embalagem.

 O Consumível específico de um determinado processo de soldagem não pode ser empregado em


outro processo, a menos por indicação expressa do fabricante.

 Os Consumíveis devem ser inspecionados de acordo com o plano de amostragem simples,


inspeção normal sendo:
Aço carbano –QL 6.5% - Risco Consumidor = 10%
Outros consumíveis – QL 4% - Risco Consumidor = 5%
Ver tabela na norma PETROBRAS N -133 H Anexar formulário.

 Será preenchida pelo inspetor de soldagem o relatório de recebimento de metais de adição


(anexo2).
Nº DO DOCUMENTO:
PROCEDIMENTO PARA
RECEBIMENTO,ARMAZENAGEM,SECAGEM E
Revisão: Data: Folha:
DISTRIBUIÇÃO DE CONSUMÍVEIS DE SOLDAGEM 5 de 9

5.2 Critério de Aceitação

Os consumíveis serão aceitos conforme estabelecidos a seguir:

TABELA 1

ARAME

DIÂMETRO DO ARAME

DIÂMETRO CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO

1,00mm
±0,05mm
1,2mm
2,38mm
3,97mm

EXAME VISUAL
LOCAL CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO
Superfície do Arame
Não deve haver sinais de oxidação.

OBRIGATÓRIO: identificação da classificação


AWS e/ou marca comercial por tipagem.

5.3. Armazenagem e Secagem


Gás para Processo MIG/MAG
Os cilindros devem ser armazenados em local de forma que não seja possível a mistura com
cilindros de outros tipos, e devem ser armazenados sempre na posição vertical, e as válvulas
devem ser protegidas.

Armazenamento e Secagem dos Consumíveis

Os arames e fluxos em sua embalagem original devem ser armazenadas sobre estrados de
madeira ou prateleiras, em estufas dotadas de termômetro e higrômetro que atendam as
condições citadas no item abaixo:

a) a temperatura deve ser no mínimo 10 º C acima da temperatura ambiente e nunca inferior a 20 º C;


Nº DO DOCUMENTO:
PROCEDIMENTO PARA
RECEBIMENTO,ARMAZENAGEM,SECAGEM E
Revisão: Data: Folha:
DISTRIBUIÇÃO DE CONSUMÍVEIS DE SOLDAGEM 6 de 9

b) a umidade relativa do ar deve ser de, no máximo, 50%.

 As bobinas de arame sólido são armazenadas na posição horizontal.

 A ordem de retirada de embalagem deve evitar a utilização preferencial de materiais


recém-chegados e consequentemente Armazenagem prolongada de alguns lotes.

5.3.1 Estufa de Secagem

 As estufas para secagem de fluxos devem dispor de resistências elétricas, para controlar e manter
a temperatura de até 400 º C e de termômetro, termostato e de respiro com diâmetro superior a 10
mm.

 As estufas para secagem de fluxo devem ter dispositivo agitador ou bandejas afastadas das
paredes verticais de, no mínimo, 25mm.Nas bandejas de secagem ou manutenção da secagem, a
camada de fluxo não deve ser superior a 50 mm.

 O controle de secagem dos consumíveis será feito semanalmente através de formulário


apropriado ( Relatório de Inspeção de Estufas), devendo ser verificado e assinado por inspetor.

 Arames tubulares, arames sólidos e varetas não necessitam de secagem.

 Para efeito de aplicação dos requisitos de secagem, as embalagens são consideradas não
estanques.

5.3.2 – Estufa de Manutenção de Secagem

 A estufa para manutenção de secagem de fluxos devem dispor de resistência elétrica para
controlar e manter temperatura de até 200 º C e de termômetro, termostato e respiro com furo
superior a 10mm.

 Após a secagem a estufa poderá ser utilizada como estufa de manutenção de secagem desde que se
ajuste o termostato para a temperatura destinada à manutenção de secagem.

5.4 Uso de Consumíveis

 A Secagem e manutenção da secagem devem obedecer os parâmetros especificados pelo fabricante


do consumível.

 O arame tubular pode ficar no próprio carretel blindado durante e entre as jornadas de trabalho.
Nº DO DOCUMENTO:
PROCEDIMENTO PARA
RECEBIMENTO,ARMAZENAGEM,SECAGEM E
Revisão: Data: Folha:
DISTRIBUIÇÃO DE CONSUMÍVEIS DE SOLDAGEM 7 de 9

 O Fluxo que não se fundir durante a soldagem deve ser peneirado e ressecado. Posteriormente pode
ser misturado com fluxo novo na proporção recomendada pelo fabricante do fluxo, ou na ausência
desta recomendação, no mínimo na proporção mínima de um para um.
5.5 Distribuição de Consumíveis

 Os consumíveis de solda deverão ser indicados ao soldador pelo encarregado de solda de acordo com
o indicado na Instrução de Execução e Inspeção de Soldagem.

5.6 Inspeção

 O Controle da Qualidade manterá um inspetor de soldagem ( não exclusivo) para acompanhar as


condições de recebimento, armazenamento, secagem, distribuição e permanecia dos consumíveis nas
estufas portáteis com objetivo de garantir o controle da temperatura e acondicionamento dos
mesmos.

6. REGISTROS APLICÁVEIS
Tempo de Disposição
Identificação Código Armazenamento Recuperação (após tempo de
Retenção retenção)
CEDOC – caixa
Relatório de Inspeção de Físico: Arquivos CQ - Pasta Obra / número de Entrega do arquivo por obra –
---
Estufas suspensa de cada obra projeto databook descarte após 5
anos
CEDOC – caixa
Físico: Arquivos CQ - Pasta Obra / número de Entrega do arquivo por obra –
Relatório de Recebimento ---
suspensa de cada obra projeto databook descarte após 5
anos
CEDOC – caixa
Controle de Secagem de Físico: Arquivos CQ - Pasta Obra / número de Entrega do arquivo por obra –
---
Fluxo suspensa de cada obra projeto databook descarte após 5
anos