Você está na página 1de 55

Fotografia Digital

Aula 1

Daniel Meirinho
dsouza7@fbv.edu.br
EMENTA
 1- A história da fotografia – do Analógico ao Digital
 2- Técnicas básicas - câmeras, lentes, foco, profundidade de campo,
fotometragem.
 3- Diafragma (Abertura, Obturador (velocidade), Iso, Balanço de brancos,
compensação da exposição, volume,
4- Películas, filtros
 5 – Composição, enquadramentos, planos, ângulos, linhas, luz, foco, flash
 6 – Tipo de arquivos (raw, jpg, psd)
 7- Teoria básica da cor e luz.
 8- Introdução ao estúdio fotográfico - equipamentos.
 9- Esquemas básicos de iluminação.
 10- Esquemas: produto, modelo, moda, retrato,alimentos. Fotografia de
interiores. Iluminações e equipamentos.
 11- Fotografia em ambientes externos
 12- Planejamento de produção da fotografia.
 13- Fotografia como processo criativo.
 14- Imagem digital. Digitalização de imagem digital.
BIBLIOGRAFIA

Básica
 JOLY, Martine. Introdução a análise da imagem. Campinas: Papirus,
1996.Básica
 KUBRUSLY, Cláudio Araújo. O que é fotografia. São Paulo: Brasiliense,
2003
 TRIGO, Thales. Equipamento fotográfico: teoria e prática. São Paulo:
Senac, 1998.

Complementar
 AUMONT, Jacques. A imagem. Campinas: PAPIRUS, 2002.
 BUSSELLE, Michael. Tudo sobre fotografia. São Paulo: Pioneira, 2001.
 FOLTS, James A. Manual de fotografia. São Paulo: THOMSON, 2007.
 PERSICHETTI, Simonetta. Imagens da fotografia brasileira. Vol. 1. São
Paulo: Senac, 2000.
 PERSICHETTI, Simonetta. Imagens da fotografia brasileira. Vol. 2. São
Paulo: Senac, 2000.
TRABALHOS, PROVAS, AVALIAÇÃO:
 1ª. Unidade

 Trabalho individual de Pesquisa (5,0)


 Trabalho de Produção Fotográfica (mini-ensaio)(5,0).

 2ª. Unidade

 Trabalho sobre composição fotográfica (5,0);


 Trabalho de aplicação da imagem no desing (5,0).
A Fotografia
 - A palavra Fotografia vem do grego φως [fós] ("luz"), e γραφις
[grafis] ("estilo", "pincel") ou γραφη grafê, e significa
"Desenhar com luz".

 Por definição, fotografia é, essencialmente, a técnica de criação de


imagens por meio de exposição luminosa, fixando esta em uma
superfície sensível.
O fazer fotográfico
 O fazer fotográfico é alvo de inúmeras discussões
conceituais quando a fotografia toca o campo da
subjetividade humana e da individualidade.

 Qual a função social da imagem fotográfica?


 Porque as pessoas fotografam?
Fotografo porque …
 A necessidade humana de representação do mundo visual
 O registro do fato, imortalizado
 Eternizar momentos
 Recordar
 Disseminar e popularizar
 Reproduzir a realidade
A fotografia é uma invenção tecnológica
 Revolução Industrial:

◦ As transformações sócio-econômicas e culturais


influenciam o desenvolvimento da ciência.

◦ Transição: Domínio da Igreja para a Era do Iluminismo.

◦ Integração da ciência nos novos mecanismos de


produção (XVIII).

◦ Inovações tecnológicas otimizam a indústria.


História da Fotografia
 O surgimento da fotografia passa por 4
momentos:

 OBSERVAÇÃO
 ÓPTICO
 DESIGN
 QUÍMICO
 DISSIMINAÇÃO
1º Momento - Observação dos fenômenos naturais
Séc. V a.C – China - Mo Ti
Séc. IV a.C – Grécia - Aristóteles

 A luzse propaga em linha reta.


 É invertida quando reflete um
atravessar um orifício

Câmera Escura ou Obscura

Observação de Eclipses
2º Momento - Avanços científicos na física óptica
Séc. X – Matemático e astrónomo
árabe Alhazen
 Relação entre diâmetro do orifício e a nitidez
da imagem
 Lente para nitidez

Séc. XIV – Leon Alberti


• Pirâmide Visual

1490 – Leonardo da Vinci – Câmera


Obscura

1544 – Ilustra quartos escuros para


pintores e ilustradores
 No século 16, Giovanni Battista Della Porta, em seu livro de 1558
“ Magiae Naturalis” recomendado o uso deste dispositivo como um
auxílio para o desenho para os artistas.
3º Momento – Design do equipamento
 1620 – Kepler inventa a
câmera portátil
4º Momento – Descobertas científicas químicas
 1727 – Alemão Johann
Schulze
 Luz enegrece sais de prata

 1790 – Thomas Wedgwood


 Emulsionar papel com nitrato de
prata
 Carl Scheele
 Amônia como fixador
A 1ª fotografia –Heliografia
 Joseph Niepce, fez a primeira
fotografia em 1826.

Primeira fotografia – 8h de exposição


O desenvolvimento
 Niepce e Louis Jacques Daguerre -
Correspondências e uma sociedade
 1839 – Câmera que fotografava em 40
minutos
 Processo Daguerreótipo
 19 de Agosto de 1839 – Vendida a
Academia de Ciências e Artes de Paris
 Vendido em 7 países europeus e EUA

Equipamento completo para a Daguerreotipia


 A IMAGEM
Fox Talbot – Calótipo

William Fox Talbot - 1844.

 Iodeto de Prata
 Negativos
 Fotos em menos de 1 minuto

William Fox Talbot - 1844. – William Fox Talbot - 1843. Fotografia da


Soneca de Nicolaas Henneman construção da Trafalgar Square em Londres
Início dos Estúdios
Era difícil a fixação da imagem humana, pois
exigia longo tempo de pose para a exposição
da placa sensível a luz (o que hoje chamamos de
filme).
Os 15 minutos de exposição ao sol
necessários em 1839 caíram, então, para
somente 20 ou 40 segundos em 1842,
possibilitando o uso prático das fotos em
retratos, fazendo frente aos pintores
retratistas da época.
George Eastman - 1888
KODAK

George Eastman
Câmera Kodak nº1
Pequena e sem complicações
Rápida Evolução Tecnológica

Em 1925 teve início


uma nova fase
criativa na
fotografia.

Este foi o grande lançamento


da época. Leve e compacta a
câmera alemã LEICA continua
atual ainda hoje.
O Fotógrafo Dentro da Cena

A fabricante alemã LEICA,


adaptou o filme flexível em rolo de 35 milímetros
usado no cinema e criou uma câmera diferente
de todas as anteriores.
Henri Cartier Bresson

Agência Magnum com


Robert Capa (1947).
Onde Entra a COR ?

 1903 - os irmãos franceses


Auguste e Louis Lumiere
 Chapas “Auto Chrome”

 1935 – Kodachrome
 3 Emussões
a primeira sensível ao azul,

a segunda ao verde

e a terceira ao vermelho
O Instantâneo
O ano de 1947 seria marcado pelo aparecimento de uma invenção
totalmente revolucionária:
a fotografia instantânea,
a Polaroid, criada por Edwin Land

Em 1963, Land
surpreenderia
novamente o
mundo ao lançar o
filme instantâneo
colorido.
O último passo

Parecia impossível querer mais...


mas então a fotografia digital chegou
timidamente no início da década de 80

Hoje começa a se tornar tão popular e


acessível ao público em geral quanto
em 1888, com a 1º câmera compacta
vendida pela Kodak.
Fotografia digital
Aspectos históricos
 Estudos sobre sensores foram iniciados
em 1930
 1920 – início da transmissão de imagens
 Londres – Nova York pelo cabo submarino
 3 horas
 1957: Russel Kirsch e seus colegas do National
Institute of Standards e Technology (NIST)
construíram um escâner primitivo e obtiveram
uma imagem do filho de Kirsch
 A imagem digitalizada era
formada por 176 x 176 pixels
176 x 176 pixels
 1964: a NASA passou a receber imagens
digitais enviadas pelas naves da série
Mariner
 1969: as naves Mariner 6 e Mariner 7
orbitaram Marte e enviaram milhares de
imagens digitais
transmitidas por
ondas de rádio
 1968: os americanos Willard
Boyle e George Smith
apresentaram o primeiro CCD
(Charge Coupled Device), um
sensor eletrônico, inicialmente
usado como guia para mísseis
 A primeira versão comercial (do
CCD) chega ao mercado em 1973,
obra da Fairchild Imaging
 Batizado de 201ADC capturava
imagens de 0,01 megapixels
Sasson Digital Camera (1975)
 Desenvolvida pelo engenheiro elétrico Steve J. Sasson
 Resolução de 0,01 megapixels (100x100 pixels)
 Pesava 4kg
 Levava 23 segundos para gravar uma imagem em uma fita
cassete e mais 23 segundos para mostrar a imagem numa
tela de TV
 Cada pixel tinha profundidade de 4 bits
 Era alimentada por 16 baterias de níquel-cadmio.
 Tinha uma lente de 35mm
 MV-101 Kodak
Questões comerciais
 Quando esse conceito será viável para o
consumidor?
 Porque alguém gostaria de ver suas
imagens numa TV?
 Como guardar as imagens?
 Como seria a aparência de um álbum de
fotos eletrônico?
 1981 – Sony introduz no mercado mundial
a Mavica (Magnetic Video Camera)

 Não eram câmeras digitais, e sim "câmeras de vídeo


estático”
 Posteriormente, a empresa relançou a marca
incorporando a tecnologia digital
 0.3 megapixels
 custava $12.000,00. Armazenava até 50 imagens em
disquetes de 2 polegadas
 Com a aparição de imagens digitais, um
software para manipulá-las era essencial
 1987: um doutorando da Universidade de
Michigan fez um programa para mostrar –
num Macintosh – foto em preto e branco
 Thomas e John Knoll deram o nome de
Display, depois de ImagePro e depois,
Photoshop
Kodak DCS – 1991
 Corpo da Nikon F3 com um CCD da Kodak e uma unidade
de armazenamento
 Ela surgiu pela necessidade dos prazos apertados do
fotojornalismo
 A primeira câmera verdadeiramente digital para uso público
foi a Kodak DCS-100, de 1,3 megapixel, desenvolvida pela
Kodak e Nikon e lançada em 1991
 Em 1995 a Kodak vende a câmera digital DCS
460 de seis megapixels por U$ 25.000
 A empresa adaptou a tecnologia às plataformas
Nikon e Canon
Dycam Model I - 1991
 Custava cerca de 995
dólares;
 Resolução de 320x240
pixels;
 fotos em branco e preto;
 até 32 imagens em 1 MB
de memória interna
Kodak DC210 – 1997
 Incorpora o visor de LCD colorido;
 Resolução de 1 megapixel;
 Fácil manipulação através de botões.
Dimage X, 2002
 U$ 399
Câmera no celular, 2003
 Celular Nokia 7650
 Vendido por cerca de 600 dólares
 0,3 megapixels
 Memória de 1 MB, capacidade de
armazenar 55 fotos

 2007 – Iphone – 2MP


 2010 – Iphone 4 – 4MP – Instagram
Compartilhamento
 Kodak EasyShare
DX6490, 2004
 4 megapixels
 Design: corpo parecido
com as SLR
 Botão “share”:
compartilhar imagens
através de emails ou
impressões.
Médio formato
 Back digital Leaf
de 33 megapixels
montado em uma
câmera Hasselblad

 Câmera Sinar Hy6


de 33 megapixels
O futuro (?)
 Hibridismo de dispositivos

 Desenvolvimento de novos espaços para


compartilhamento
 Nokia PureView 808
 41MB (7728x5354 pixels)
 $ 600