Você está na página 1de 1

Ciclo biológico do Plasmódio no interior do homem (Malária)

1. Fêmea infectada do mosquito Anopheles pica um ndivíduo

2. Transmissão de substâncias anticoagulantes (esporozoítos) na corrente sanguínea através


da saliva na picada.

3. Células de plasmódio migram até o fígado, atingindo as células do fígado (hepatócitos),


iniciando a infecção.

4. Se reproduz assexuadamente dando origem aos merozoítos (vários espozoítos de diferentes


formas)

5. A grande quantidade de merozoítos, há o rompimento do hepatócito, indo direto para a


corrente sanguínea

6. Merozoítos invadem hemácias(Glóbulos vermelhos - auxiliam no transporte de oxigênio)

7 Início do período do seu desenvolvimento (intraeritrocítico)

Fases do desenvolvimento do merozoíto: Trofozoíto joven/ anel – Trofozoíto maduro

8. Cristalização do ferro (Composto Hemozoína – Pigmento malárico)

9. Trofozoíto maduro gera mais merozoítos, se transformando num Esquizonte (Forma do


plasmódio que está em divisão celular dando origem a novos merozoítos)

10. Merozoítos formados rompem a membrana da hemácia, infectando novas hemácias na


corrente sanguínea

Sintomas:

Fébre (causada pela ruptura maciça das hemácias)

1- 48h em 48h: febre terçã

2 – 72h em 72h: febre quartã