Você está na página 1de 14

Guia Básico de Processos Corporativos

do Sistema Indústria
1ª Versão

1
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria

PROCESSOS DE FATURAMENTO
E CONTAS A RECEBER

1ª Versão 2
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

ÍNDICE

1 - INTRODUÇÃO
2 - VISÃO SISTÊMICA DOS PROCESSOS E INTERFACES
3 - DIAGRAMA DE ESCOPO DO PROCESSO
4 - FLUXOGRAMAS DO PROCESSOS
4.1 - ATIVIDADES CRÍTICAS DO PROCESSO
5 - SUGESTÃO DE INDICADORES DO PROCESSO
6 - EQUIPE RESPONSÁVEL PELO PROCESSO NO DEPARTAMENTO NACIONAL

1ª Versão 3
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

1 – INTRODUÇÃO

Os processos de “Faturamento e Contas a Receber” tem como função gerir o recebimento de receitas em
conformidade com os aspectos contratuais e fiscais.

Estes processos têm início na atividade receber documento de autorização de venda/faturamento dos
produto e serviços classificado e término na atividade encaminhar movimento diário para contabilidade.
Os indicadores propostos para sua medição são: índice de recebimento; prazo médio de recebimento;
índice de inadimplência; índice de identificação de recebimentos; índice de identificação de inadimplentes.

As saídas destes processos têm como destinos: os clientes, empregados, dirigentes, CNI, Federações,
SESI, SENAI, CETIQT, CN SESI e os processos de Gestão Contábil e de Gestão Fluxo de Caixa e
Aplicações Financeiras.

1ª Versão 4
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

2 – VISÃO SISTÊMICA DOS PROCESSOS E INTERFACES


Unidades
Classificação /
Operacionais Informação de autorização Emissão do documento
de venda / fatura dos Escrituração Faturamento fiscal pertinente (notas
e áreas de fiscais, boletos e recibos)
produtos e serviços fiscal e contábil Clientes e empregados
negócios prestados

Devolução de
saldo de
Entidades Informações de repasses adiantamentos
regulamentares, reembolsos, apoio
Sistema financeiro, patrocínio e empréstimos,
Informações gerenciais
Indústria repasse de mantenedores e apoiadores Dirigentes
Arquivo
bancário

Empregados Movimentações
Gestão da Contribuições sindical e confederativa
arrecadação direta / arrecadação
diárias de Gestão do Fluxo de
Arrecadação Contas a entradas de
indireta
recursos e Caixa e Aplicações
receber disponibilidades Financeiras

Gestão de Cronograma financeiro /


Recursos de convênios Receitas de
Convênios contribuições
Condições
Recebimentos Gestão
negociadas
distribuídas conciliados
Contábil
CNI, Federações,
Gestão de Devolução de saldo das prestações de SESI, SENAI,
contas de viagens CETIQT, CN
Viagens Informações para
cobrança Cobrança
SESI
1ª Versão 5
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

3 – DIAGRAMA DE ESCOPO DO PROCESSO CONTAS A RECEBER


ORIGEM ENTRADA FUNÇÃO: Gerir o recebimento de receitas em SAÍDA DESTINO
conformidade com os aspectos contratuais e
Mensalidades dos cursos / fiscais.
escolas
PADRÕES, NORMAS, POLÍTICAS, DIRETRIZES, LEIS
Informações de repasses
regulamentares Regimento, Regulamento, Estatuto do Sistema
Emissão do
Indústria, Legislação fiscal, Norma Brasileira de
Reembolsos, apoio documento fiscal
Contabilidade, Legislação federal, Lei do Estágio, Clientes e
financeiro, patrocínio e pertinente (notas
Padronização Contábil CNI, Contratos de empregados
empréstimos fiscais, boletos e
convênios recibos)
Repasse de mantenedores
e apoiadores
Movimentações Gestão do Fluxo de
Contribuição sindical Faturamento e Contas a Receber diárias de entrada Caixa e aplicações
Classificação de recursos e financeiras
Escrituração Contribuição confederativa disponibilidades
fiscal e contábil
Arrecadação direta INÍCIO FIM Informações
Dirigentes
gerenciais
Arrecadação indireta
Receber documento
Recursos de convênios de autorização de Encaminhar Movimento diário de
Gestão Contábil
venda/fatura dos movimento diário caixa
Cronograma financeiro de
produtos e serviços para contabilidade
contratos Receitas de CNI, Federações,
classificado
contribuições SESI, SENAI,
Devolução de saldo das
distribuídas CETIQT, CN SESI
prestações de contas de
viagens ÁREA RESPONSÁVEL

Devolução de saldo de
adiantamento Financeiro

1ª Versão 6
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

4 – FLUXOGRAMA DOS PROCESSOS FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER


FATURAMENTO

Para melhor visualização do fluxograma, recomenda-se baixar esta


página clicando no ícone abaixo.

1ª Versão 7
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

4 – FLUXOGRAMA DOS PROCESSOS FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER


CONTAS A RECEBER

Para melhor visualização do fluxograma, recomenda-se baixar esta


página clicando no ícone abaixo.

1ª Versão 8
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

4.1 – ATIVIDADES CRÍTICAS


ATIVIDADE CRÍTICA 1 – EMITIR NF E/OU RECIBO
E/OU FATURA

No faturamento deve ser observada a natureza da operação para emitir o documento fiscal pertinente.
Quando na prestação de serviços, as Entidades SESI e SENAI devem garantir a imunidade dos impostos
conforme Constituição Federal art. 150 inciso vi alínea “c”; lei 2.613 de 26/09/1955 art.11 a 13; art.9 e 14 da
lei 5.172/66 do Código Tributário Nacional, destacando essa referência da legislação no documento fiscal
emitido para pessoa jurídica.
Quando solicitado pelo cliente, poderá ser encaminhada a DECLARAÇÃO A SER APRESENTADAS PELA
PESSOA JURÍDICA CONSTANTE NO INCISO III DO ART. 4° (Redação dada pela Instrução Normativa RFB
n° 1.244, de 30 de janeiro de 2012) (Vide art. 3° da IN RFB n° 1.244/2012) – Previsão legal: IN-RFB 1.234
de 11/01/2012 – DOU de 12.01.2012 – anexo II.

1ª Versão 9
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

4.1 – ATIVIDADES CRÍTICAS


ATIVIDADE CRÍTICA 1 – EMITIR NF E/OU RECIBO
E/OU FATURA (CONTINUAÇÃO)

Quanto à CNI, Federação e IEL devem ser resguardadas suas isenções, quando as operações estiverem
de acordo com as atividades precípuas, por se tratarem de entidades sem fins lucrativos, de caráter
associativo, conforme instrumentos de criações (estatutos). Sendo necessário anexar a cada documento
fiscal emitido para pessoa jurídica a “Declaração a ser apresentadas pela pessoa jurídica constante no
inciso IV do art. 4° - (Redação dada pela Instrução Normativa RFB n°1.244, de 30 de janeiro de 2012) (Vide
art. 3° da IN RFB n°1.244/2012)”. Previsão legal: IN RFB 1.234 de 11/01/2012 – DOU de 12.01.2012 –
anexo III

1ª Versão 10
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

4.1 – ATIVIDADES CRÍTICAS


ATIVIDADE CRÍTICA 2 – IDENTIFICAR O
RECEBIMENTO

É premissa básica da área de contas a receber ter as informações dos recebíveis. Os recebimentos não
identificados impossibilitam a apropriação da receita e sua destinação.
Como forma de minimizar essas ocorrências, é recomendável que o faturamento ocorra de forma
centralizada; que as Entidades tenham as formas de recebimentos por meio de “depósitos identificados”,
boleto/cobrança registrada e cartão de crédito.

1ª Versão 11
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

5 – SUGESTÃO DE INDICADORES DO PROCESSO

FUNÇÃO DO PROCESSO: Gerir o recebimento de receitas em conformidade com os aspectos


contratuais e fiscais.

COMO VAMOS MEDIR SE O PROCESSO EXECUTA SUA FUNÇÃO?

INDICADOR FÓRMULA DE CÁLCULO DIMENSÃO UNIDADE POLARIDADE PERIODICIDADE

(Total em R$ recebidos / Total de Maior,


1 Índice de recebimento
receitas) x 100
Qualidade %
Melhor
Mensal

(∑(Valor recebido * Prazo de


Menor,
2 Prazo médio de recebimento recebimento da nota)) / (Valor total Entrega Dias
Melhor
Mensal
recebido)

1ª Versão 12
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

5 – SUGESTÃO DE INDICADORES DO PROCESSO (CONTINUAÇÃO)

INDICADOR FÓRMULA DE CÁLCULO DIMENSÃO UNIDADE POLARIDADE PERIODICIDADE

Índice de inadimplência com


(Total em R$ não recebido / Total Menor,
3 até 30, até 60, até 90, até 180 e
de receitas) x 100
Qualidade %
Melhor
Mensal
acima de 180 dias

(Total em R$ não recebidos por


Índice de inadimplência por Menor,
4 cliente *
inadimplente / Total em R$ a Qualidade %
Melhor
Mensal
receber) x 100

Índice de identificação de (Total de receitas identificadas / Maior,


5 recebimentos Valor total recebido) x 100
Qualidade %
Melhor
Mensal

(∑(Dia do faturamento – dia do


comando recebido)) / (Total de Menor,
6 Prazo médio de faturamento
Comando recebidos)
Qualidade dias
melhor
Mensal

* Este indicador é complementar ao indicador 3

1ª Versão 13
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos
PROCESSOS DE FATURAMENTO E CONTAS A RECEBER

6 – EQUIPE RESPONSÁVEL PELO PROCESSO NO DEPARTAMENTO NACIONAL

José Mauro Telles Silva – Gerente Executivo de Finanças

Lucineide de Santana Sousa Aguiar – Gerente de Operações Financeiras


E-mail: laguiar@cni.org.br
Telefone: (61) 3317-9386

Em caso de dúvidas e sugestões:

Luciana Sarkis de Oliveira Araújo – Analista Financeiro


E-mail: lsoliveira@cni.org.br
Telefone: (61) 3317-9697

1ª Versão 14
CNI / Diretoria de Serviços Corporativos

Você também pode gostar