Você está na página 1de 20

Física 2 - Temperatura e a Lei Zero

da Termodinâmica
Julio Tedesco – IPRJ/UERJ
Temperatura, Escalas de
Temperatura e a Lei Zero da
Termodinâmica
Termodinâmica
 Energia Térmica (número de partículas 𝑁𝑁 ≫ 1)

◈ Termodinâmica (Análise Macroscópica e


Fenomenológica)

◈ Física Estatística (Análise Microscópica e Princípios


Físicos + Estatística)

 Análise Macroscópica: Temperatura, Calor, Entropia...

 Máquinas Térmicas (aplicações): refrigeradores,


condicionadores de ar etc...
Temperatura x Calor
 Sensação térmica

 Energia térmica

Energia interna:
cinética + potencial (átomos-moléculas)
Equilíbrio Térmico
 Dois sistemas “grandes” em contato térmico
Muitas configurações = divisão da energia térmica
permitidas
→ CONFIGURAÇÃO MAIS P R OVÁVEL

 CONFIGURAÇÃO DE EQUILÍBRIO TÉRMICO


descreve MUITO BEM as propriedades do sistema

 Parâmetro que se iguala na configuração


de equilíbrio térmico:

TEMPERATURA
Escalas de Temperatura
 Celsius e Fahrenheit
https://pt.wikipedia.org/wiki/Grau_Fahrenheit
https://pt.wikipedia.org/wiki/Grau_Celsius

𝐴𝐴 𝐶𝐶
=
𝐵𝐵 𝐷𝐷
Escalas de Temperatura
 Celsius e TC TF − 32 TC TF − 32
= ⇒=
Fahrenheit 100 212 − 32 5 9

Celsius → Fahrenheit:
∆T = 5°C = 9°F
Escalas de Temperatura
Pontos
experimentais

Extrapolação

► Escala absoluta
𝐾𝐾𝐾𝐾𝐾𝐾𝐾𝐾𝐾𝐾𝐾𝐾, 𝐾𝐾
0 de temperatura
Zero Absoluto
Escalas de Temperatura
 Referência: PONTO TRIPLO DA ÁGUA

Define um único conjunto de 𝑃𝑃, 𝑉𝑉 e 𝑇𝑇

𝑃𝑃3 = 611.73 𝑃𝑃𝑃𝑃

𝑇𝑇3 atribuído por acordo internacional:

𝑇𝑇3 = 273.16 𝐾𝐾
Verificou-se experimentalmente que a pressão de um gás diminuía
1/(273.15) do valor inicial, quando resfriado a volume constante
de 0°C para –1°C.
Δ𝑇𝑇𝐾𝐾 = Δ𝑇𝑇𝐶𝐶 ⇒ 𝑇𝑇𝐾𝐾 = 𝑇𝑇𝐶𝐶 + 273.15
Escalas de Temperatura
Termômetro de gás à volume constante

𝑝𝑝𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎 = 𝑝𝑝 + 𝜌𝜌𝜌𝜌𝜌
𝑉𝑉
𝑝𝑝𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎 𝑝𝑝𝑝𝑝 = 𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛𝑛 ⇒ 𝑇𝑇 = 𝑝𝑝
𝑛𝑛𝑛𝑛
𝑇𝑇1 = 𝐶𝐶𝑝𝑝1 ⇒ 𝑇𝑇 = 𝐶𝐶𝐶𝐶
𝑝𝑝 𝑇𝑇2 = 𝐶𝐶𝑝𝑝2
𝑇𝑇3 = 𝐶𝐶𝑝𝑝3 → Relativo ao ponto
. triplo da água
𝑝𝑝𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎𝑎
. 𝑝𝑝
. 𝑇𝑇 = 𝑇𝑇3
𝑝𝑝3
Escalas de Temperatura
 Temperatura fundamental
Unidade: energia

τ = kT 𝑘𝑘: constante de Boltzmann


1  ∂ (ln g ) 
= 
τ  ∂U  N
g = no estados acessíveis
U = energia interna

 Temperatura absoluta:
Escala fundamental de
temperatura: Kelvin

 Escalas de temperatura:
Celsius, Fahrenheit etc...
Curiosiade: Escala Rankine
Essa escala tem seu zero concordando com o zero absoluto (escala
Kelvin) e possui a mesma variação da escala Fahrenheit, existindo,
portanto, correlação entre a escala de Rankine e grau Fahrenheit do
mesmo modo que existe correlação das escalas Kelvin e grau Celsius.
Medida da Temperatura

Termoscópio:
 → Propriedades físicas que dependem de T:
Pressão de gases
Volume de gases e líquidos
Dimensões de sólidos
Resistência elétrica
...
Lei Zero da Termodinâmica
 “Se dois sistemas estão em equilíbrio térmico com um
terceiro, eles devem estar em equilíbrio térmico entre si.”
• Sistemas: A , B e T

• Sistema T: parâmetro → Temperatura

𝑇𝑇𝑇𝑇 = 𝑇𝑇𝐴𝐴 e 𝑇𝑇𝑇𝑇 = 𝑇𝑇𝐵𝐵

→ 𝑇𝑇𝐴𝐴 = 𝑇𝑇𝐵𝐵

* Fluxo de energia: A → B = B → A

• SE: 𝑇𝑇𝑖𝑖 > 𝑇𝑇𝑗𝑗


→ Fluxo de energia de 𝑖𝑖 para 𝑗𝑗
Dilatação térmica
 Aumento de T → aumento da separação
média entre átomos do sólido

Expansão linear: Δ𝐿𝐿�𝐿𝐿 ∝ Δ𝑇𝑇


0
Δ𝐿𝐿⁄𝐿𝐿0
Coeficiente de expansão linear: 𝛼𝛼 = ≈ 𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶𝐶
Δ𝑇𝑇
Dilatação térmica
 Aplicação: termostato
contato elétrico

Furo:
aumenta ou diminui com T ?

= Ampliação fotográfica:
Furo aumenta.
Dilatação térmica
Expansão volumétrica:
Coeficiente de expansão volumétrica
∆V
V0
β= = 3α
∆T
Exemplo: CUBO

∆V 3L20 ∆L ∆L
β ∆T = = 3
=3 = 3α ∆T
V0 L0 L0

V = L3

OBS: em dilatações superficiais


𝜕𝜕𝜕𝜕
Δ𝑉𝑉 = Δ𝐿𝐿 ocorre situação similar
𝜕𝜕𝜕𝜕
Expansão Térmica

 Coeficiente de
dilatação anômalo
da água
m
Densidade: ρ=
V