Você está na página 1de 2

Pergunta 1

1. A organização econômica, na Constituição Federal, obedece, ao modelo:

de economia descentralizada.
de economia centralizada.
de economia com formação, em parte, de preços impostos pelo setor público.
misto, com predominância da economia centralizada porque o Estado, em caráter
suplementar, pode organizar e explorar diretamente a atividade econômica.

2 pontos  

Pergunta 2

1. O exercício de qualquer atividade econômica:

é livre, mas depende de autorização de órgãos públicos.

é livre, sem dependência de autorização de órgãos públicos, salvo nos casos


previstos em lei.
é livre, não dependendo de autorização de órgãos públicos.
sempre dependerá da fiscalização e permissão dos órgãos públicos.

2 pontos  

Pergunta 3

1. Em relação aos princípios da constituição econômica, assinale a opção


correta.

Ao prever o princípio do pleno emprego na CF, o legislador pretendeu defender a


absorção da força de trabalho a qualquer custo, sem se preocupar com a dignidade
da pessoa humana.
A defesa do consumidor não se insere entre os princípios da chamada constituição
econômica formal.
A livre concorrência inclui-se entre os princípios gerais da atividade econômica
denominados integração.
Ao prever, na CF, a livre iniciativa, o legislador buscou proteger a liberdade de
desenvolvimento da empresa, com o objetivo de garantir ao empresário a sua
realização pessoal e a obtenção de lucro.
Os princípios gerais da atividade econômica denominados integração objetivam
resolver os problemas da marginalização regional e(ou) social.

2 pontos  
Pergunta 4

1. No que se refere à ordem jurídico-econômica, assinale a opção correta:

O modelo político adotado pelo Estado brasileiro, conforme previsto na CF, é


imposto pela ordem econômica vigente no mercado.
As normas econômicas dispostas na CF são de natureza essencialmente
estatutária, e não, diretiva.
Regime político e ordem econômica equivalem-se do ponto de vista conceitual.
Na CF, a ordem jurídico-econômica estabelece limites ao exercício da atividade
econômica e define, de maneira exclusiva, a estrutura do sistema econômico a ser
adotado pelo Estado brasileiro.
A mudança dos paradigmas liberais na atividade econômica, com a inclusão da
obrigatória observância de princípios como o da dignidade da pessoa humana,
deveu-se à atuação do próprio Estado, que passou a intervir no mercado em busca
do bem coletivo.

2 pontos  

Pergunta 5

1. O planejamento econômico pelo Estado:

é determinante para o setor público.


é determinante para o setor privado.
nunca é determinante.
determinante para o setor público e privado.

2 pontos  

Clique em Salvar e Enviar para salvar e enviar. Clique em Salvar todas as respostas para
salvar todas as respostas.