Você está na página 1de 2

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

ESCOLA ESTADUAL JOSÉ CLÁUDIO ALVES - TABOLEIRO GRANDE/RN


ALUNO ___________________________________________________SEGUNDA SERIE. DATA_______
PROFESSOR MARCILIO REGINALDO. PROVA DE HISTORIA – QUARTO BIMESTRE
QUESTÃO 01 A Constituição brasileira de 1824, que estabelecia caráter autoritário para o imperador, ficou
caracterizada pelo (a)
a) Estabelecimento do “voto universal” e aberto para os homens, excluindo, porém, os mendigos, os padres e
os menores de 21 anos.
b) Limitação da autonomia jurídica nos estados e responsabilidade do governo central na elaboração dos
Códigos Civil e Penal.
c) Extinção do Poder Legislativo e subordinação do Poder Judiciário, cujas funções passaram ao Executivo.
d) Proibição do voto para mulheres, analfabetos e soldados, além da adoção dos cargos vitalícios para
Deputados e Senadores.
e) Imposição do Poder Moderador e do voto censitário, permitindo que votassem apenas os eleitores com
renda anual superior a cem mil réis.
QUESTÃO 02 Assinale a alternativa que indica um movimento separatista ocorrido no período do Império
brasileiro que incorporou o ideal republicano.
a) Confederação do Equador. b) Revolta de Beckman. c) Inconfidência Mineira.
d) Canudos. e) Conjuração Baiana.
QUESTÃO 03. Criada por Feijó, em 1831, a Guarda Nacional objetivava:
a) Servir aos interesses dos senhores de terras e escravos. b) Lutar por causas e conquistas populares.
c) Garantir a liberdade de pensamento. d) Apoiar o exército e a marinha.
QUESTÃO 04. Dois partidos lutam hoje em nossa pátria: o Restaurador e o Moderado. O primeiro foi leal ao
monarca que abdicou e defende os inquestionáveis direitos do Sr. Pedro II. O segundo é partidário do sistema
republicano e quer reduzir o Brasil a inúmeras repúblicas „fracas e pequenas‟, e assim seus membros
poderiam tornar-se seus futuros ditadores. O Caramuru (citado por Arnaldo Contier).
O texto retrata um período da História do Brasil marcado por grande instabilidade política e ameaça de
fragmentação do território. Trata-se do:
a) Período Joanino. b) Segundo Reinado. c) Período Regencial.
d) Primeiro Reinado. e) República Velha.
QUESTÃO 05 Os historiadores procuram distinguir um primeiro momento, o da criação formal do Estado
Nacional, quando este se separa da metrópole em 1822, de um segundo momento, o da consolidação do
Estado Nacional. Neste último, as controvérsias sobre as formas de organização político-administrativa
encontram um relativo consenso e por esta via estabelecem-se formas de convívio político como alternativa a
uma sucessão de atos de rebelião que marcaram a história do país nos anos que se seguem à emancipação
política.
De acordo com esta perspectiva, pode-se afirmar que este segundo momento ocorre com:
a) aprovação da Constituição de 1824. b) abdicação de D. Pedro I. c) Segundo Reinado
d) regência de Diogo Antônio Feijó. e) proclamação da República.
QUESTÃO 06. Analise as afirmativas abaixo, referentes às revoltas ocorridas durante o período regencial e
primeiros anos que se seguiram à maioridade de D. Pedro II.
I - A Cabanagem (Grão-Pará) expressou a insatisfação da população humilde, que vivia às margens dos rios,
frente às péssimas condições de vida e trabalho a que eram submetidos pelos “barões da borracha”.
II - A Balaiada (Maranhão) foi, na verdade, o nome genérico dado a uma série de revoltas sem maiores
ligações entre si, nas quais se evidenciava, entre outros aspectos, a insatisfação com a política centralista
empreendida pelo governo do Rio de Janeiro e concorrência americana na produção de algodão.
III - A Sabinada (Bahia) foi um movimento liderado pelos grandes proprietários de terras do Recôncavo
Baiano que viam na emancipação da província e regiões circunvizinhas, além da imediata expulsão dos
comerciantes portugueses, a única forma de reversão da crise que viviam.
IV - A Farroupilha (Rio Grande do Sul) evidenciou o descontentamento dos estancieiros e charqueadores
locais em relação à política alfandegária imperial, que não oferecia condições ao charque sulista face ao
similar importado das regiões platinas.
Assinale a opção que contém a(s) afirmativa(s) correta(s):
a) Somente a I. b) Somente II e IV. c) Somente III e IV.
d) Somente I, II e III. e) Todas as alternativas estão corretas.
QUESTÃO 07. Sobre a independência do Brasil, é INCORRETO afirmar que:
a) Resultou de um processo político comandado pelos grandes proprietários de terras.
b) Girou em torno de D. Pedro I com o objetivo de garantir a unidade do país.
c) Proporcionou mudanças radicais na estrutura de produção para beneficiar as elites.
d) Continuou a produção a atender às exigências do mercado internacional.

QUESTÃO 08 Três momentos distintos marcaram o período monárquico no Brasil: Primeiro Reinado,
Período Regencial e Segundo Reinado. Dentre os fatos significativos que marcaram cada momento, pode-
se destacar, respectivamente,
a) Constituição de 1824; abdicação de D. Pedro I; e Guerra da Cisplatina.
b) Guerra do Paraguai; governo de Dom Pedro I; e Constituição de 1824.
c) Revolução Praieira; Constituição de 1824; e Guerra do Paraguai.
d) Confederação do Equador; revoltas deflagradas; e Guerra do Paraguai.
e) abdicação de D. Pedro I; Constituição de 1824; e as revoltas deflagradas.
QUESTÃO 09. A Constituição Imperial de 1824 estabeleceu a divisão dos poderes em Legislativo, Executivo,
Judiciário e Moderador. O poder Moderador era exercido pelo imperador e tinha caráter centralizador. Pode-
se afirmar que o poder Moderador
a) impediu o imperador de nomear membros vitalícios do Conselho de Estado.
b) garantiu independência e autonomia aos magistrados do poder Judiciário.
c) oficializou ao Legislativo o exercício de controlar o Estado.
d) garantiu prerrogativas para o imperador controlar a política do país.
e) garantiu ao Executivo a suspensão dos atos imperiais.
QUESTÃO 10. O primeiro reinado foi marcado por alguns movimentos de contestação ao governo do
imperador Pedro I. Qual das alternativas abaixo trata de um movimento que envolveu as províncias do
Nordeste na contestação ao governo do imperador no ano de 1824?
a) Guerra da Cisplatina b) Revolução Pernambucana c) Confederação do Equador
d) Revolta de Beckman e) Revolução Praieira

Você também pode gostar