Você está na página 1de 32

SEX10JUL

Sexta-feira
10 de Julho de 2020
Ano 45 • N.º 16047

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

AGOSTINHO NARCISO | EDIÇÕES NOVEMBRO

“CASO BNA” EM TRIBUNAL

NESTA EDIÇÃO

SOUSA JAMBA
Supremo confirma esquema para
A nossa grande pobreza
OPINIÃO • 11

PM DA COSTA DO MARFIM
desviar 500 milhões de dólares
João Lourenço A Câmara Criminal do Tribunal Supremo considerou ontem
consternado com a morte provado que os arguidos Valter Filipe, José Filomeno “Zenu” dos
de Amadou Gon Coulibaly Santos, Jorge Gaudens Pontes Sebastião e António Samalia Bule
POLÍTICA • 3 Manuel, “devidamente concertados, urdiram
e levaram a cabo um complexo e
BANCA engenhoso plano para, por meio de
Clientes do BCI aguardam mecanismos e falsas promessas”,
pela retoma de créditos prejudicar o Estado em 1,5 mil
ECONOMIA • 27 milhão de dólares. POLÍTICA • 3

AMANHÃ NA TPA 1

Carlitos Vieira Dias


no Show do Mês Live
CULTURA • 30

CRÉDITO À ECONOMIA
269 projectos prontos
para o financiamento BNA APERTA O CERCO AOS BANCOS COMERCIAIS FERNANDO PACHECO
ECONOMIA • 25

INSTITUTO CAMÕES
Multa de 442 milhões a incumpridores “O sector agrícola
Autores de Língua O Banco Nacional de Angola (BNA) financeiras violaram um aviso que tinha condições
Portuguesa com apoios instaurou processos de contravenção os orientava a concederem crédito ao
para traduzir e editar e aplicou sanções pecuniárias, num sector produtivo de, pelo menos, 2 para ser melhor
CULTURA • 30 valor global de 442 milhões de Kwan- por cento do valor dos activos registado
zas, a 13 bancos comerciais. De acordo nos seus balanços a 31 de Dezembro estruturado”
com um comunicado, as instituições do ano de 2018. ÚLTIMA • 32
ECONOMIA • 28 | 29

EMBAIXADOR CESSANTE DA ARGENTINA

“Angola está mais credível e transparente” POLÍTICA • 2

DR DR
PARLAMENTO
CUNENE PAÍS TEM 458 CASOS POSITIVOS
Sustentabilidade
Os 50 anos de uma
província martirizada
das Finanças ajuda
a controlar o OGE
62 infecções e um
Há 50 anos, no dia 10 de Julho,
Cunene deixava de ser uma par-
A comissão especializada
do Parlamento fez, ontem,
óbito em 24 horas
cela do então Distrito da
Huíla e passava a conduzir
análise preliminar do pro-
jecto de Lei de Sustenta-
2885 pessoas foram testadas
o seu próprio destino bilidade das Finanças em vários locais de Luanda
ESPECIAL • 8 | 9 Públicas. Os deputados
acreditam que o docu-
mento, que vai à votação, Mais de 500 cidadãos chegaram
na generalidade, na pró-
xima terça-feira, ajuda no
ontem da África do Sul
problema de avaliação e
controlo da execução dos
orçamentos. POLÍTICA • 2
Aulas continuam suspensas, assim como
COVID-19
o pagamento de propinas nas instituições
#FiqueEmCasa DESTAQUE • 4 A 7
2 POLÍTICA Sexta-feira
10 de Julho de 2020

EMBAIXADOR DA ARGENTINA ELOGIA MANDATO DO PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO PROPOSTA DE LEI É DISCUTIDA NO PARLAMENTO
FRANCISCO BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO | ARQUIVO
Angola. e pediu que se faça
uma analogia em relação à
agricultura, para se ter uma
Executivo sugere normas
ideia do que foi o seu traba-
lho: “realizamos um estudo
rígidas na gestão financeira
dos solos, armamos, plan- Adelina Inácio procura disciplinar as receitas
tamos, colhemos alguns fru- e despesas em Angola”,
tos e vislumbramos novos O Executivo defende normas sublinhou o deputado.
resultados”, disse. rígidas na gestão dos recursos
A Argentina é dos mais financeiros, razão pela qual Proposta de OGE
importantes produtores e elaborou a Proposta de Lei ajusta despesas
exportadores agrícolas do de Sustentabilidade das Finan- Ainda ontem, os deputados
mundo. Para o embaixador, ças Públicas, cuja discussão aprovaram o relatório parecer
a presença, em Angola, de e votação, na generalidade, sobre a Proposta de Lei do
profissionais argentinos e no Parlamento, acontecem Orçamento Geral do Estado
respectivas máquinas, trac- na próxima terça-feira. (OGE) Revisto para o ano em
tores e pulverizadores, é um A Proposta, que prevê, curso e analisaram a Proposta
exemplo dos frutos que se também, a criação, no Par- de Lei que altera a Lei de Bases
pretendem colher no país. lamento, do Comité das Con- do Sector Empresarial Público.
Eugenio Bellando refe- tas Públicas, foi ontem alvo Os dois diplomas são discu-
riu-se, igualmente, à insta- de uma análise preliminar tidos e votados, na genera-
l ação d a mu lt i n ac i o n a l da Comissão especializada lidade, na próxima terça-feira.
argentina Arcor (especiali- da Assembleia Nacional. Ruth Mendes, presidente
zada na produção de alimen- O deputado Kilamba Van- da Comissão de Economia
tos, chocolates, biscoitos, Dúnem, da Comissão de Eco- e Finanças da Assembleia
sorvetes, entre outras gulo- nomia e Finanças, disse que Nacional, explicou que, no
seimas, bem como embala- o diploma se enquadra no OGE Revisto, há uma redu-
Embaixador Eugenio Bellando deixa hoje Luanda para assumir funções similares no Porto Rico gens), em associação com o reforço da eficácia dos ins- ção das receitas e um ajustes
grupo angolano Webcor trumentos de gestão de finan- das despesas que devem
(Angolissar). “Temos outro ças públicas de médio prazo, ser executadas.
projecto que se alinha nesta bem como nas regras fiscais Kilamba Van-Dúnem, que

“Angola é um país mais política de diversificação


produtiva seguida por Angola
adiante, na qual a Argentina
tem muito que oferecer, com
que concorrem para a imple-
mentação da política fiscal.
Com a proposta, disse, o
Executivo pretende estabe-
apresentou o relatório aos
demais deputados, afirmou
que a proposta de revisão do
OGE é uma medida funda-

credível e transparente” seu know-how e experiên-


cia”, disse.
Bellando destacou, também,
os novos investimentos da
lecer as regras nos processos
que regem a implementação
da política fiscal, que tem
como objectivo garantir a
mental e prudente para ajustar
as projecções dos pressupos-
tos macroeconómicos às con-
dicionantes impostas pelo
Luis Eugenio Bellando faz um balanço positivo da missão de empresa argentina de produção estabilização macro-eco- actual contexto económico
de hidrocarbonetos Pluspetrol, nómica e a sustentabilidade mundial marcado pela pan-
dois anos e meio em Angola, país que vive “uma nova era”, na província de Cabinda. das finanças públicas. demia da Covid-19 que pro-
caracterizada pelo combate à corrupção, diversificação Ao ser convidado para O deputado afirmou que vocou um desequilíbrio
económica e abertura ao investimento estrangeiro fazer uma avaliação da coo- o diploma é das iniciativas sistémico à escala global.
peração entre os dois países, que concorrem para a estra- Angola, disse, não foi
o embaixador argentino em tégia de desenvolvimento excepção devido à queda
Bernardino Manje credível, mais transparente”, lidação da paz e segurança fim de missão considerou de longo prazo, “uma vez repentina da volatilidade do
declarou Eugenio Bellando, na região e no continente afri- que se pode fazer mais, que os instrumentos esta- preço do barril do petróleo
O embaixador cessante da que, ontem, teve um encon- cano, no qual o país “desem- embora, sublinhou, a relação belecidos na proposta refor- no mercado internacional.
Argentina em Angola, Luis tro de de sp e dida com o penha um papel de liderança”. nunca tenha parado. “Sou çam a eficácia do Sistema Kilamba Van-Dúnem falou
Eugenio Bellando, considera ministro das Relações Exte- Numa altura em que o exigente por natureza. Acho Nacional de Planeamento dos pressupostos macroeco-
que o país está mais credível riores, Téte António, e hoje mundo enfrenta a pandemia que temos muitas possibi- de curto e médio prazo”. nómicos que estiveram na
e transparente, depois de o deixa Luanda, com destino provocada pelo novo coro- lidades de avançar. Aspira- A presidente da Comissão base da revisão do OGE, tendo
Presidente João Lourenço a Buenos Aires, onde deve navírus, que já provocou mos que (a cooperação) seja de Economia e Finanças, destacado a inflação média
ter assumido o poder. tomar posse como embai- milhares de mortes a nível mais intensa”, disse. Ruth Mendes, assegurou que, de 25 por cento, produção
Em entrevista, ontem, ao xador no Porto Rico. global, Eugenio Bellando Eugenio Bellando informou com o diploma, o país vai petrolífera de 469,7 mil
Jornal de Angola, por ocasião destacou as “medidas ime- que o plano de cooperação contar com um Orçamento- milhões de barril dia, preço
do fim da missão de dois anos ditadas” tomadas pelo Pre- planeado para este ano inclui, Programa para disciplinar a do petróleo bruto de 33 dólares
e meio no país, o diplomata “Angola tem sidente João Lourenço na também, entre outros, a antro- execução dos orçamentos e por barril, preço médio de
argentino afirmou que, hoje, o capital humano luta contra a propagação da pologia forense (promessa criar, no Parlamento, o gás de 19 dólares por barril e
há “uma nova Angola ” , para converter-se Covid-19 em Angola. feita pelo embaixador a pre- Comité das Contas Públicas. um crescimento negativo do
caracterizada pelo combate numa potência” Ao referir-se ao futuro sidente da Comissão de Rela- “São instrumentos que vão produto de 3,6 por cento.
à corrupção, melhoria da do país, o diplomata não ções Exteriores da Assembleia ajudar no problema de ava- A proposta do OGE Revisto
imagem por dentro e por tem dúvidas quanto à pre- Nacional, Josefina Pitra Dia- liação e controlo da execução estima receitas de 13,4 mil
fora, diversificação econó- visão: “Angola tem o capital kité), cooperação entre o Ins- dos Orçamentos”, afirmou. milhões de kwanzas e fixa
mica e abertura ao investi- O embaixador argentino humano para converter-se tituto Nacional de Tecnologia O deputado João Pinto, despesas em igual montante,
mento estrangeiro. disse, ainda, que Angola atra- numa potência”. Agropecuária (INTA) da do MPLA, considerou que o o que representa uma redu-
“Cheguei a Angola em vessa uma nova fase da sua Argentina e os institutos ango- problema da sustentabilidade ção de 15,75 por cento, com-
2018, logo após o início da diplomacia, a económica, Balanço positivo lanos de Desenvolvimento das Finanças Públicas é com- p a ra t iva m e n t e a o O G E
presidência de João Lourenço tendo destacado, igualmente, Luis Eugenio Bellando fez Agrário (IDA) e de Investigação plexo. “A Covid está a alterar inicialmente aprovado.
(...) Ninguém pode negar o empenho das autoridades um balanço positivo da mis- Agronómica (IIA), no campo todas as previsões orçamen- Ainda assim, Kilamba Van-
que, hoje, Angola está mais angolanas a favor da conso- são de dois anos e meio em agrícola e pecuário. tais globais e isso prova que Dúnem garantiu que a pro-
a questão da sustentabilidade posta a ser revista mantém
das Finanças Pública deve os grandes objectivos definidos

Cerca de 38 milhões de dólares em negócios ter normas rígidas para não


haver anarquia”, defendeu.
João Pinto adiantou que
no Plano de Desenvolvimento
Nacional (PDN) 2018-2022.
O deputado referiu, ainda,
O volume de comércio bilateral entre acrescentar o processo de industrialização não permitiu a realização de diversos as normas de sustentabilidade que a proposta do OGE Revisto
Angola e a Argentina, no ano passado, em substituição das importações”, concluiu. projectos culturais, que, tem a certeza, em vigor disciplinam, mas, pretende continuar a viabilizar
foi de, aproximadamente, 38 milhões de Em Fevereiro de 2018, após ter sido serão retomados, tais como a III edição também, impõem barreiras a concretização dos objectivos
dólares. No que se refere às exportações acreditado pelo Presidente João Lourenço, do “Dia do Malbec” (prova do emblemático formais que não ajudam a macroeconómicos e da política
argentinas para Angola, houve, em 2019, Luis Eugenio Bellando comprometeu-se vinho argentino), o “II Festival de Cinema economia real ou a realidade de desenvolvimento do Exe-
um aumento de 2,47 por cento em relação a trabalhar com as autoridades angolanas Argentino”, e o “I Festival de Dança de económica. “Esta (Proposta) cutivo, tendo em linha os
a 2018 e 4,90 comparativamente a 2017, em todos os assuntos constantes da agenda Tango”, entre outros. de lei é boa. É a primeira que objectivos definidos no PDN.
apesar da recessão de quatro anos enfren- bilateral, com vista à obtenção de uma Na hora da despedida, Eugenio Bel- VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO

tada por Angola e a consequente queda relação cada vez mais sólida. Na ocasião, lando agradeceu “a todos os angolanos”,
das importações. apontou o sector da Agricultura, no qual a cordialidade, ajuda e orientação para
Embora os valores actuais sejam muito o seu país é uma potência, como área em o melhor desempenho do seu trabalho,
inferiores ao máximo registado em 2012, que Angola pode contar com a experiência realçando o facto de ter sido a primeira
o embaixador da Argentina, Eugénio Bel- daquele país da América do Sul. missão como embaixador, depois de
lando, sublinhou que, numa perspectiva outras funções em países, como a Índia,
histórica mais longa, deve notar-se que Falhou visita de Messi a Angola Brasil, Bolívia e Cuba.
os negócios têm tido uma evolução positiva Eugenio Bellando tinha como sonho, Na imprensa, destacou o Jornal de
no que diz respeito à instalação de empre- durante a missão, promover uma visita Angola, que “sempre abriu as portas
sários do seu país num processo de inte- do astro argentino do futebol Leonel generosas para difundir notícias do meu
gração produtiva além do comércio exterior. Messi a Angola. Outro desejo era aprender país, que, sem dúvida, ajudou e ajuda a
“A integração produtiva entre ambas as a dançar kizomba. Infelizmente, lamentou, estreitar os vínculos entre os nossos paí-
economias tem potencial para contribuir estes desejos não foram concretizados. ses”. “Angola e seu generoso povo ocupam
no desenvolvimento das duas nações e Além disso, a pandemia da Covid-19 também um espaço no meu coração”, concluiu. Deputados prepararam diplomas a serem discutidos na terça
POLÍTICA Sexta-feira
10 de Julho de 2020 3
POR OCASIÃO DO 44º ANIVERSÁRIO CONDOLÊNCIAS “CASO BNA” EM TRIBUNAL

Marinha de Guerra exortada Presidente


consternado Supremo confirma esquema urdido
a consolidar valores das FAA com a morte para desviar 500 milhões de dólares
O ministroda Defesa Nacional
e Veteranos da Pátria, João
Liberdade lamenta o facto
de a MGA estar a comemorar
de Coulibaly João da Cruz Pitra, juiz presidente da causa, disse que os arguidos
Ernesto dos Santos “Liber- o aniversário num momento O Chefe de Estado, João Lou- utilizaram uma intricada teia no circuito financeiro internacional
dade”, exorta os efectivos da delicado para a humanidade, renço, endereçou, ontem,
Marinha de Guerra de Angola cuja economia ficou afectada uma mensagem de condo- afim de se lhe perder o rasto e lhe conferir aparência de origem
(MGA) a consolidar os valores pelas consequências da pan- lências ao homólogo mar- lícita que culminaria, no final, nas suas mãos
de referência das Forças Arma- demia da Covid-19, que tem finense, Alassane Outtara,
das Angolanas (FAA), nomea- ceifado milhares de vidas, pela morte, na quarta-feira, EDIÇÕES NOVEMBRO

damente a disciplina, ex ig i n d o , p o r i s s o , d o s do Primeiro-Ministro da Santos Vilola


camaradagem, lealdade, homens, um esforço redo- Costa do Marfim, Amadou
honra, integridade e coragem. brado na adopção de medidas Gon Coulibaly. A Câmara Criminal do Tri-
O encorajamento consta de biossegurança. “Quero, por este facto, bunal Supremo considerou,
numa mensagem de felicita- Apesar disso, o ministro apresentar a Vossa Excelência ontem, provado que os argui-
ções ao comandante da MGA, considera que a MGA assinala e, por Seu intermédio, ao dos Valter Filipe, José Filo-
almirante João Pedro da Cunha o aniversário com reconhe- povo e ao Governo do Vosso meno “Zenu” dos Santos,
Júnior, por ocasião do 44º ani- cida experiência acumulada país, as mais sentidas con- Jorge Gaudens Pontes Sebas-
versário daquele ramo das traduzida em capacidades dolências, em nome do povo, tião e António Samalia Bule
FAA, que hoje se assinala. demonstradas ao longo de no do Executivo angolano e Manuel, “devidamente con-
No documento, João mais de quatro décadas de no meu próprio. Peço a Vossa certados, urdiram e levaram
Ernesto dos Santos ressalta aprendizado, “consubstan- Excelência que estenda tam- a cabo um complexo e enge-
que tais valores constituem ciada em consideráveis níveis bém os meus sentimentos nhoso plano para, por meio
o garante do espírito de coe- de profissionalismo, espírito de pesar à família enlutada de mecanismos e falsas pro-
são na acção, para o cum- de missão, dedicação e von- e aos amigos do malogrado”, messas”, prejudicar o Estado
primento da tradicional tade dos nossos valorosos escreveu o Presidente João em 1,5 mil milhões de dólares.
missão de defender a Pátria. marinheiros em bem servir Lourenço que exprimiu os A afirmação do Tribunal
Essa missão, sublinha, a Nação e o povo”. sentimentos de solidariedade Supremo foi feita durante a
prende-se com a salvaguarda “Aos almirantes, oficiais a Alassane Outtara. leitura dos quesitos, última
da inviolabilidade da sobe- superiores, subalternos, sar- Amadou Coulibaly mor- fase do processo que apura
rania nacional, no que ao gentos, marinheiros, traba- reu aos 61 anos, numa clínica responsabilidades no “Caso
espaço marítimo e as águas lhadores civis e às respectivas de Abidjan, para onde tinha BNA” sobre a alegada trans-
fluviais dizem respeito, a famílias, expresso votos de sido transferido após ter se ferência irregular de 500
Independência Nacional, paz, muita saúde e felicidade”, sentido mal durante a reunião milhões de dólares do Banco
reconciliação nacional e o lê-se na mensagem de feli- do Conselho de Ministros. Nacional de Angola (BNA) Tribunal apresentou, ontem, quesitos da acusação e pronúncia
normal funcionamento das citações do ministro ao para a conta de uma empresa
instituições democráticas. comandante da MGA. Mensagens de felicitações estrangeira, em Londres. usando dos vínculos fami- terceiros, por meio de erro ou
EDIÇÕES NOVEMBRO Ainda ontem, o Presidente “Os arguidos utilizaram liares e afectivos que uns engano de factos que astu-
João Lourenço, endereçou uma intricada teia no circuito e outros mantinham entre ciosamente provocaram,
mensagens de felicitações financeiro internacional afim si e com o então Presidente designadamente a convicção
aos homólogos da Argentina de se lhe perder o rasto e lhe da República, José Eduardo de que existia um sindicato
e do Sudão do Sul, pelos conferir uma aparência de d o s S a n to s , q u e r p e l a s bancário e empresas inexis-
aniversários das indepen- origem lícita que culminaria, empresas dormentes.” tentes, determinaram terceiros
dências dos dois países, no final, nas suas mãos”, con- João da Cruz Pitra disse a prática de actos que causa-
assinalados ontem. siderou o juiz conselheiro pre- que os arguidos tentaram ram ao Estado angolano um
Na mensagem ao homó- sidente do processo 002/19. levar o Estado angolano a prejuízo patrimonial”, disse.
logo Alberto Ângel Fernán- João da Cruz Pitra disse conferir legitimidade a uma O juiz afirmou que Valter
d e z , o P re s i d e n t e J o ã o que tudo isso foi feito pelos operação bancária absolu- Filipe e António Samalia
Lourenço refere q ue o arguidos, através de socie- tamente irregular com o pro- deram um destino diverso
Governo angolano tem a dades por si, ou por seus asso- pósito de enganar. aos valores pecuniários que
Marinha de Guerra completa, hoje, 44 anos de existência expectativa de aprofundar ciados, criadas ou participadas O juiz declarou que as lhes foram entregues pelo
as relações com a Argentina em Angola e no estrangeiro. empresas foram criadas BNA, usufruindo de tais mon-
e intensificar a cooperação O magistrado judicial apenas com o propósito de tantes em seu proveito próprio
PIIM EM BENGUELA nos sectores em que os dois afirmou que José Filomeno apropriarem-se de 1,5 mil ou de terceiros, agindo como
países dispõem de potencial “Zenu” dos Santos, valendo- milhões de dólares do Estado. se o dinheiro fosse deles.
considerável, para que disso se dos contactos que tinha, Segundo o magistrado, a Na vez dos quesitos (per-
Enfermeiro contratado resultem vantagens recípro-
cas que concorram para o
sempre interveio no pro-
cesso como representante
empresa, cuja conta recebeu
o depósito dos 500 milhões
guntas) pessoais, os réus,
segundo o juiz, mostraram-
se arrependidos. Nos quesitos
para fiscalizar obras progresso e bem-estar dos
respectivos povos.
“Congratulo-me, nesta
da empresa Mais Financial
Service, de Jorge Gaudens
Pontes Sebastião.
de dólares do BNA (Perfect-
bit), depois da retenção dos
500 milhões de dólares, ins-
relativos a “Zenu” dos Santos,
o juiz disse que o filho do ex-
Sampaio Júnior | Benguela centou que o que se pretende data, com todas as conquistas O juiz disse que “os tada a devolver, condicionou Presidente da República agiu
é que todo o quadro de pessoal e realizações do povo argen- arguidos urdiram o plano a devolução ao compromisso na qualidade de presidente
Leopoldo Muhongo, vice- envolvido com responsabi- tino que, ao longo da sua de se apropriarem de do Estado angolano de abdi- do conselho de administração
governador de Benguela, lidade nas empreitadas esteja História, soube sempre supe- dinheiros do Estado ango- car de qualquer procedi- do Fundo Soberano para fazer
manifestou, quarta-feira, ajustado aos desafios e nunca rar com êxito obstáculos e lano, quer por via de con- mento criminal contra si e chegar a carta do BNP Paribas
estupefacção ao ter encon- um enfermeiro. dificuldades, tendo conse- tactos e influências que lhes seus associados. que propunha a criação de
trado, no município do Cubal, O vice-governador con- guido conquistar um espaço dava acesso privilegiado aos “Os arguidos, com intenção um fundo de investimento
um enfermeiro como fiscal siderou grave haver um pro- de grande destaque entre os corredores do poder insti- de obter vantagens para si e estratégico no valor de 30
de uma série de obras inscritas fissional de saúde a fiscalizar países prósperos e em busca tuído e centro de decisões, enriquecimento ilegítimo para mil milhões de euros.
no Plano Integrado de Inter- obras de construção civil. do desenvolvimento pleno”,
venção nos Municípios (PIIM). Leopoldo Muhongo ordenou lê-se na mensagem por oca-
Leopoldo Muhongo visi-
tou o Cubal para constatar
a imediata paralisação da
empreitada, até que se encon-
sião dos 204 anos de Inde-
pendência da Argentina,
OPINIÃO Santos Vilola
o andamento das obras do tre um fiscal habilitado e completados ontem.
PIIM e não gostou de ter “comprometido com o rigor”. Na mensagem ao homó-
encontrado um enfermeiro
como fiscal de uma série
de empreitadas, entre as
“Foi assim que, no passado,
se cometeu uma série de
erros. Como é possível um
logo sul-sudanês, Salva Kiir,
o Presidente João Lourenço
manifesta “o firme desejo”
Mal nos quer Sérgio Raimundo
quais de escolas, posto enfermeiro estar a fiscalizar de fortalecer as relações de Não é a primeira nem a segunda, seguramente plena fase de leitura dos quesitos por causa de
policial e terraplanagem um conjunto de obras? Casos amizade e de cooperação entre não será a última vez, que o advogado Sérgio Rai- artigos e notícias que fazemos em nome do inte-
de vias secundárias. como este são factores que Angola e o Sudão do Sul. mundo, que um dia se serviu das páginas do resse público.
“Vamos responsabilizar nos impedem de construir "Expresso-lhe a nossa con- Jornal de Angolapara publicar suas “teses” jurídicas Essa ingratidão - não que queiramos que nos
a entidade contratante deste uma sociedade melhor, com vicção de que os esforços por sobre um processo judicial que corria em Portugal, eleve à posição de arautos das liberdades abso-
fiscal. Este plano (PIIM) con- que tanto sonhamos e rei- vós envidados nestes nove ataca de forma absurda este diário. lutas, porque o Jornal de Angola tem mais de 90
grega necessidades e ini- vindicamos”, salientou. anos da vida da vossa nação, Deficitário em argumentos técnicos perante anos de existência - não tem qualificação e
ciativas dos municípios, Leopoldo Muhongo con- com vista à solidificação da o tribunal para contrapor a pesada acusação coloca o “advogado do Diabo” em posição frágil
ajustadas às prioridades siderou que não se deve per- paz e ao reforço do entendi- contra o seu constituinte, o penalista olha sempre diante da falta de argumentos. O comentário
locais e aos anseios da popu- der a oportunidade de dar mento e da concórdia nacio- para o Jornal de Angola, em pleno tribunal, como na sessão anterior foi contra o MPLA, defendendo
lação, por isso não se admite mais vida aos munícipes e nal, se possa coroar de êxitos o culpado dos crimes pelos quais são acusados a sua extinção. Populista!
que ocorram situações para renovar a confiança dos cida- em benefício do bem-estar, os arguidos que ele defende. O melhor que o advogado tem de fazer é con-
as quais o empreiteiro não dãos, num momento de do progresso e da prosperidade Enoja, e o juiz da causa até chegou a dizer centrar-se no processo. O Jornal de Angola tem o
esteja habilitado”, afirmou. reformas desafiantes na pro- do povo sul-sudanês", escreve ontem “hufff, temos de ouvir tudo...”, quando Sér- seu foco nos leitores, respeitando, claro, as liber-
O vice-governador acres- víncia de Benguela. João Lourenço. gio Raimundo atacava o Jornal de Angola em dades e garantias do cidadão.
4 DESTAQUE Sexta-feira
10 de Julho de 2020

CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO Sebastião, os cidadãos foram


submetidos a testes da Covid-
19, resultando em 49 casos
positivos importados. Destes,
precisou, 54 por cento che-
garam da Rússia, 37 por cento
de Portugal, 9 por cento da
África do Sul. Os restantes
MINISTRO DE ESTADO PEDRO SEBASTIÃO vieram da Holanda, Bielor-
rússia, Espanha, Estados Uni-
dos, Brasil, Espanha e Rússia.

Executivo já gastou Custos da quarentena


O ministro de Estado infor-
mou que, na quarentena
institucional, em todo país,

43 mil milhões até à data, estão cerca de


seis mil nacionais, dos quais
três mil em Luanda. O tempo
médio de permanência no

de Kwanzas local é de 10 a 20 dias.


Por cada pessoa, precisou,
foram consumidos na ordem
dos 50 mil Kwanzas por dia,
o que representa um gasto

no combate considerável, segundo Pedro


Sebastião. Lembrou que, só
na capital do país, o mon-
tante aplicado ronda os três

à Covid-19 mil milhões de Kwanzas,


sem contar com os gastos
em outras províncias.
“Juntando todo o material
de biossegurança adquirido
para assegurar esta campa-
nha da Covid-19, acredita-
mos ser um esforço muito
grande que o Governo está
a fazer face à esta pande-
mia”, enfatizou.
Pedro Sebastião disse, por
outro lado, que foram reali-
zados 33 voos para transportar
material de biossegurança, 27
Alberto Pegado Covid-19 no país. quais 2.158 de Portugal, 1.470 logística muito forte, recor- República explicou que, à efectuados para a República
Ao falar em conferência da África do Sul e 512 do dando que, ainda ontem che- excepção dos passageiros Popular da China, com aviões
O ministro de Estado e de imprensa sobre as acções Brasil. Foram, também, garam ao país cidadãos dos voos dos dias 17 e 18 de de grande porte, os 777 da
Chefe da Casa de Segurança realizadas pela Comissão repatriados angolanos de provenientes da África do Sul. Março, provenientes de Por- companhia de bandeira nacio-
do Presidente da República Multissectorial, Pedro Sebas- Cuba, Rússia, Namíbia, Os mesmos encontram-se tugal, todos cumpriram qua- nal. Sublinhou que, no interior
disse, ontem, em Luanda, tião disse que, no âmbito Índia, Zâmbia Zimbabwe, em quarentena institucional rentena institucional, nos do país, foram colocados, tam-
que o Executivo já gastou das medidas de repatria- Turquia, Congo Brazzaville e, tão logo recebam alta, a fase centros de Calumbo I e II e, bém, um “número conside-
cerca de 43 mil milhões de mento de angolanos que se e República Democrática seguinte será repatriar outros também, em hotéis previa- rável” de aeronaves de grande
Kwanzas, nas mais varia- e n c o nt ra m re t i d o s n o do Congo (RDC). retidos em Portugal e Brasil. mente seleccionados pela porte, do tipo IL76, para a dis-
das rubricas para o com- estrangeiro, já regressaram Para o ministro de Estado, O chefe da Casa de Segu- Comissão Multissectorial. tribuição de materiais médico
bate e prevenção à ao país 5.771 cidadãos, dos “todo este esforço” exige uma rança do Presidente da De acordo com Pedro para todas as províncias.

NÚMERO DE CONTAMINAÇÕES SOBE PARA 458 SÍLVIA LUTUCUTA

Transmissão
País regista recorde de 62 infecções em 24 horas comunitária
Xavier António merados, como mercados relacionados com a Covid- CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO Sobre se o país já tem con-
e a Polícia Nacional. Tala- 19. Acrescentou que, quando taminação comunitária
Nas últimas 24 horas, Angola tona, Belas, Cazenga, Viana, o resultado for IGG-IGM, há do vírus da Covid-19, Sílvia
registou 62 infecções, cifra Kilamba-Kiaxi e o Distrito grande probabilidade de se Lutucuta explicou que
nunca antes alcançada, desde Urbano da Ingombota con- ter doença activa. O IGG sig- esta condição deve ser
o início da pandemia, em tinuam a ser as zonas mais nifica que a pessoa já teve sustentada. Para tal, vin-
Março, superando os ante- afectadas pela pandemia. contacto com o vírus e que cou, as autoridades sani-
riores de 33. pode estar já imunizado. tárias estão a trabalhar
Com as novas infecções, Testagem em massa Para a ministra da Saúde, com os centros sentinelas
o número sobe para 458 casos A ministra da Saúde explicou todos os casos reactivados IGM e hospitais de referência
confirmados da Covid-19, 23 que a testagem aleatória em estão a ser levados, numa pri- a avaliar a progressão da
óbitos, 117 recuperados e 319 massa foi reforçada nos últi- meira fase, para quarentena e pandemia por essa via.
doentes activos. O anúncio mos dias, tendo em conta a ser testados por outro método “Temos, nesta altura,
foi feito, ontem, em Luanda, os coglomerados de alto para se aferir o resultado de outras condições para
pela ministra da Saúde. risco. Sublinhou que, ontem, biologia molecular, através do fazer rastreio de forma
De acordo com Sílvia Lutu- 2.875 pessoas foram testa- RT-PCR com a zaragotoa. mais assertiva, com tes-
cuta, ontem também regis- das, das quais 1.500 no mer- “A testagem aleatória tes que têm especifici-
tou-se uma morte, de um cado do Kikolo, mil no do continua e, ontem, alargou- dade e sensibilidade
cidadão de 41 anos, que estava “30” e 375 na província do se a algumas unidades da elevada. Por esta razão,
internado em estado crítico, Cuanza-Norte. Polícia Nacional, pelo facto Ministra anunciou para hoje mais testagens em massa não há melhor forma
há vários dias, num dos cen- Em relação aos resultados de estarem diariamente para definirmos este con-
tros de tratamento. n o m e rc a d o d o K i ko l o , expostos e a interagirem com em processamento. Multiperfil, com capacidade ceito senão ir à comuni-
A também porta-voz da foram colhidas 87 amostras muita frequência com os A Sílvia Lutucuta reconhe- para 200 testes por dia, dade e fazer testagem
Comissão Multissectorial, que reactivas, das quais 16 IGM cidadãos”, disse. ceu, por outro lado, os con- número que pode aumentar. em grande escala e ter-
falava em conferência de e 71 IGG. “No mercado tive- Hoje, as autoridades sani- gestionamentos registados A ministra esclareceu que mos amostras substan-
Imprensa de actualização de mos 26 amostras reactivas, tárias vão dar sequência ao ontem nas saídas de Luanda, os visados são pessoas devi- ciais e, assim, aceitarmos
dados, esclareceu, ainda, que sendo três IGM, uma IGGM rastreio no bairro Mártires mas os Ministérios do Inte- damente credenciadas, que e ve n t u a l c i rc u l a çã o
dos casos positivos, 12 são e 26 amostras IGG. Já no do Kifangondo, entre as ruas rior e da Saúde tudo fazem por razões de força maior, comunitária”, sustentou
homens, os restantes mulhe- Cuanza-Norte foram diag- 16 e 20. Em algumas provín- para ultrapassar tal dificul- têm de viajar ou sair da capital a titular da pasta da
res, com idades entre dois e nosticadas 14 amostras reac- cias também estão a ser efec- dade, colocando um posto para outras províncias. Saúde.
59 anos. tivas, 12 IGG e duas IGM”, tuados rastreios. avançado móvel de testagem “Não podem deslocar-se Para a Sílvia Lutucuta,
A ministra disse que os disse a ministra. A ministra disse que há nas principais saídas para a essa unidade no dia da via- o país não está longe de
infectados resultaram dos Durante a sua intervenção, informações de cinco testes testar motoristas. gem, é sempre bom antecipar atingir a circulação comu-
rastreios realizados nos cen- a Sílvia Lutucuta esclareceu reactivos na província da Hoje, serão criadas as con- pelo menos um dia para a nitária, pelo que, no seu
tros sentinelas, aos contactos que se trata de testes seroló- Huíla, cujas amostras, para dições para a realização de realização do teste”, apelou entender deve haver uma
de casos positivos, passageiros gicos, que servem para ras- o exame de biologia mole- testes na Escola Nacional de a porta-voz da Comissão preparação de todos.
e, também, aos vários aglo- treios e detectar anticorpos cular, já estão em Luanda, Saúde Pública, junto à Clínica Multissectorial.
DESTAQUE Sexta-feira
10 de Julho de 2020 5
DR

PERISCÓPIO

Máscaras da imunidade
Luciano Rocha sempre preocupados em res-
guardarem-se do sol e concen-
No dia da entrada em vigor de trados noutras coisas que em
novas medidas do Decreto Pre- nada dignificam a farda que
sidencial sobre o Estado de Cala- vestem, nem a instituição que
midade, cuja versão inicial data lhes permite receberem o salário
de Maio, mantiveram-se as habi- pago pelo erário.
tuais desobediências à lei Kinguilas e “lotadores”, acen-
perante a indiferença de quem tue-se, uma vez mais, usam más-
a deve fazer cumprir. caras, em alguns casos imundas,
Apenas dois exemplos, entre mas, cumprem a lei, o que, pelos
os mais descarados, as inefáveis vistos, para alguns fardados de
kinguilas sentadas, em espaços Polícia é suficiente. Talvez, por
públicos, em grupos e alegres isso, até confraternizem com
cavaqueiras, e os chamados ambos os grupos desrespeitadores
“lotadores” dos táxis colectivos, das medidas de distanciamento
que também fazem de “arru- impostas na defesa da saúde
madores” de viaturas”, além pública. Para não mencionarmos
de “zelosos marcadores e guar- outras infracções, que afectam
dadores de locais de estacio- o sistema nervoso do pacato cida-
EM TODAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS E PRIVADAS DE ENSINO namento automóvel”. Elas e dão e a economia nacional.
eles, com máscaras, é verdade, Kinguilas e “lotadores” são
mas sem respeitarem os dis- exemplos descarados de trans-

Suspensa a cobrança tanciamentos estipulados. Uns


e outros à vista de todos, até
de alguns fardados da Polícia,
gressores. Mas, usam más-
caras. Que pelos vistos, os
torna imunes à lei.

e pagamento de propinas NILO MATEUS | EDIÇÕES NOVEMBRO | CAZENGO

A cobrança e pagamento Pública, Trabalho e Segu- O reinício da actividade lectiva, académica e de for-
de propinas em todas as ra n ç a S o c i a l , a s s i n a d o lectiva, académica e de for- mação profissional nas ins-
instituições públicas, pri- quarta-feira e que entrou mação profissional, refere tituições de educação,
vadas e público-privadas ontem em vigor. o documento, está depen- ensino e de formação pro-
de educação, em todos os O D e creto Exe cutivo dente da evolução epide- fissional será anunciado
níveis de ensino, estão sus- Conjunto estabelece ainda miológica da Covid-19, no oportunamente, mediante
pensos até a retoma das “a manutenção da suspen- país, cabendo a cada ins- um calendário lectivo rea-
aulas presenciais. são da actividade lectiva tituição a responsabilidade justado para os diferentes
A medida consta do e académica nas institui- pela criação contínua das níveis de ensino”, lê-se no
Decreto Executivo Conjunto ções públicas, privadas e condições de biossegurança Decreto Executivo Conjunto,
dos Ministérios da Educa- público-privadas de edu- e de distanciamento físico que justifica essas medidas
ção, do Ensino Superior, cação, ensino e de formação estabelecidas pelas auto- com o aumento do número
Ciência, Tecnologia e Ino- profissional, em todos os ridades sanitárias. de casos positivos da pan-
vação e da Administração níveis de ensino”. “O reinício da actividade demia no país.

VINDOS DA ÁFRICA DO SUL


CUANZA-NORTE

Mais de 500 angolanos regressaram ao país FOTO CEDIDA


Centenas de testes rápidos
Mais de 500 angolanos, que
se encontravam retidos na
realizados no Cazengo
África do Sul, por força do
E stad o d e E m e rgê n c i a , Marcelo Manuel | Ndalatando localmente, um dos quais
regressaram, ontem, ao país, em estado crítico, por pade-
transportados em dois voos Um total de 856 testes rápi- cer de tuberculose.
humanitários da TAAG. dos da Covid-19 foi reali- O governador do Cuanza-
Os voos partiram dos zado esta semana no Norte, Adriano Mendes de
aeroportos de Joanesburgo município de Cazengo, pro- Carvalho, exortou aos cida-
(Gauteng) e Cape Town víncia do Cuanza-Norte, dãos a cumprirem com as
(Cabo Ocidental). A operação disse ontem, em Ndala- orientações das autoridades
de repatriamento ocorreu tando, a directora do Gabi- sanitárias, como o uso cor-
105 dias depois da África do nete Provincial de Saúde. recto da máscara, distancia-
Sul ter decretado Estado de Filomena Wilson, que mento físico e social,
Emergência, que obedeceu falava durante a apresen- proibição da realização de
três níveis, nomeadamente tação dos dados locais cultos religiosos, os dias esta-
5, 4 e 3, com o encerramento sobre a pandemia, frisou belecidos para vendas a nível
das fronteiras nacionais, que a divulgação dos resul- dos mercados informais,
suspensão de aulas, comér- tados dos exames será da dentre outras.
cio e a proibição de mobi- responsabilidade do Minis- Apelou também a popu-
lidade de pessoas. tério da Saúde. lação no sentido de denun-
Uma nota da Embaixada Acrescentou que, tão logo ciar a existência de casos
de Angola em Pretória escla- sejam divulgados os resul- suspeitos da doença e a evi-
rece que todos os repatriados tados das últimas análises, tar tentativas de violação
de Joanesburgo, Cape Town, o Governo central vai pro- da cerca sanitária provin-
Durban, Port Elizabeth e ceder o envio de um outro cial, sob pena de pagarem
outros vindos da República lote de testes rápidos ao as multas estabelecidas.
de Botswana, obedeceram na África do Sul, Filomena na África do Sul e garantiu momento, o topo da esta- Cazengo, por formas a “Não haverá contemplações
a pré-condição da realização Delgado, ressaltou que, com que serão repatriados nos pró- tística africana, com mais garantir que o processo de para quem quer que seja,
obrigatória de testes da este acto, o Estado angolano ximos voos humanitários. de 225 mil casos de infec- testagem aconteça de forma quem violar as normas esta-
Covid-19, antes do embar- fez jus aos apelos dos seus O acto foi presenciado por ções, 3.600 mortes e 107 fa s ead a e i n i nte r rup ta , belecidas vai arcar com as
que, e vão cumprir quaren- concidadãos, que mostraram Irene Brígida dos Santos, côn- mil recuperados. O epicen- visando o corte de trans- consequências”, disse.
tena institucional em Luanda. interesse em regressar ao país. sul-geral em Joanesburgo, e tro da Covid-19 está repar- missão da doença. De acordo com Adriano
E n t re o s re p at r i a d o s “Foi uma complexa ope- por Carvalho Neto, cônsul- tido entre as províncias de Avançou que, desde o sur- Mendes de Carvalho, neste
estão idosos, crianças e ração que envolveu equipas geral em Cape Town, que Gauteng (Pretória e Joanes- gimento da pandemia, no momento, o povo do
doentes, que se viram for- de Pretória, Joanesburgo, acompanharam, de perto, todo burgo), com 75 mil casos, Cuanza-Norte já foram tes- Cuanza-Norte deve estar
çados a permanecer na Cape Town e de Luanda”, processo de repatriamento dos e Cabo Ocidental (Cape tados 2.191 cidadãos, dos mais unido, no sentido de
África do Sul devido ao destacou a diplomata. cidadãos angolanos. Town), com 74 mil casos, quais 17 com resultados posi- sup erar a s dificuldade s
Estado de Emergência. Filomena Delgado disse A também conhecida seguidas por Cabo Oriental, tivos, cinco em tratamento impostas pela situação actual
A embaixadora de Angola que 400 angolanos continuam Nação Arco-íris é, neste com 43 mil casos positivos. em Luanda e 12 internados que o país e o mundo vivem.
6 DESTAQUE Sexta-feira
10 de Julho de 2020

ESTANISLAU COSTA | EDIÇÕES NOVEMBRO ADOLFO DUMBO | EIDÇÕES NOVEMBRO


Isaque Lourenço

Um estudo da Marktest, lan-


çado ontem por videoconfe-
rência, em Luanda, estimou
que no global 73 por cento da
população de Luanda está
mais preocupada com a pan-
demia da Covid-19. ESTUDO DA MARKTEST
Ou seja, 51,4 por cento da
população na capital do país
está, neste momento, muito
mais e 21,7 por cento mais
preocupada com a pandemia
da Covid-19, comparativa-
mente ao seu início em Março.
73,1% da população Pedro Lussukamo

MUNICÍPIO DO SOYO
O Índice de Preocupação
(IP), que calcula a média entre
preocupados e não preocu-
de Luanda está muito Postos de saúde
têm meios
pados, é de 55 por cento,
numa amostra de 355 pessoas,
entrevistadas entre os dias 2
mais preocupada de rastreio e de
e 6 deste mês. biossegurança
Os dados da Marktest adian-
tam também que, actualmente,
o receio de ser contaminado
com a Covid-19 Victor Mayala | Soyo

(46 por cento) e a falta de ali- A Direcção Municipal da


mentos (14 por cento) conti- Segundo a amostra de 355 Saúde do Soyo, província
nuam a ser as duas situações do Zaire, está desde ontem
que melhor traduzem
entrevistados durante a primeira a distribuir equipamentos
semana deste mês há 46 por cento das de rastreio e materiais de
O receio dos luandenses pessoas com receio de serem biossegurança, no quadro
A Marktest comparou o com- das medidas de prevenção
portamento da população contaminadas e 14 por cento temem e controlo da Covid-19.
no início da pandemia, em as dificuldades por falta de alimentos De acordo com o director
finais de Março e princípio municipal da Saúde do
de Abril, quando foi decre- Soyo, Pedro Lussukamo,
tado o Estado de Emergência, que falava à imprensa,
com o início de Julho, já na dezasseis postos de saúde
vigência da Situação de Cala- públicos, espalhados em
midade Pública. distintos bairros da cidade,
O estudo avança que a beneficiaram já dos refe-
grande maioria da população entre estas duas posições é O s t rê s at r i b u to s q u e parceiros e a imprensa, a algumas medidas aliviadas ridos materiais, entre os
em Luanda (84 por cento) de 41 por cento. melhor demostram actual- responsável pelo estudo da por altura da Situação de quais termómetros infra-
refere que em caso de suspeita Comparativamente ao iní- mente o estado de espírito Marktest, Ana Paula Rodri- Calamidade Pública. vermelhos, luvas, batas,
da Covid-19 sabe quem con- cio de Abril verifica-se que dos luandenses é a preocu- gues, fez saber que novas Ana Paula Ro drigue s máscaras e tocas.
tactar. Nesse capítulo, 88 por os atributos que sofreram p a ç ã o ( 5 6 p o r c e n to ) , a entrevistas iniciam hoje disse ao Jornal de Angola O responsável avançou
cento referiu-se à linha 111. uma maior alteração foram calma (41 por cento) e o para medir a opinião dos que os próximos estudos que, com a distribuição dos
Quanto às últimas medi- a confiança (-18 por cento), sentimento de insegurança luandenses e algumas pro- vã o t a m b é m p r o c u r a r materiais, os postos de
das tomadas pelo Executivo a calma/tranquilidade (-14 (35 por cento). víncias sobre como avaliam reflectir a opinião sobre sa ú d e d a re g i ã o e s tã o
(Governo e Ministério da por cento); a descontração (- O Sistema Nacional de as medidas mais recentes casos de estigmatização melhor preparados e pron-
Saúde, em particular), cerca 9 por cento) e a boa disposição Saúde não corresponder à tomadas pelo Governo e que entre os luandenses e dos tos para o manuseamento
d e 6 5 p o r c e n to e s tá d e (-9 por cento). pandemia mantém-se como f o ra m c o m u n i c a d a s n a de fora da capital, cuja per- de possíveis casos positivos
acordo ou totalmente de Em termos comparativos o terceiro maior receio a ú l t i m a te rç a - f e i ra p e l o cepção, nos últimos tempos, da Covid-19.
acordo, estando em desa- verifica-se que a ansie- par do receio de não sobre- ministro de Estado e chefe é de uma aparente discri- A prioridade, disse, foi
cordo ou totalmente em dade/stress decresceu (-13 viver ao vírus (ambos com da Casa Civil do Presidente minação, fundamentalmente dada às unidades sanitárias
desacordo cerca de 25 por por cento) mas a insegu- 8 por cento). da República, Adão de entre as pessoas já infectadas situadas nas comunas do
cento. O índice encontrado rança subiu 12 por cento. Na interacção com o s Almeida, e que agravaram e seus parentes. Sumba e Pedra de Feitiço,
por partilharem fronteira
com a República Demo-
crática do Congo (RDC),
MERCADO DO KIKOLO país com uma situação epi-
demiológica alarmante.

Milhares de pessoas aderiram aos testes em massa Pedro Lussukamo fez


saber ainda que as autori-
dades sanitárias da região
intensificaram, nos últimos
Arcângela Rodrigues recolha dos dados, os técnicos Antónia Gombo, 55 anos, casa, onde terão de cumprir mil cidadãos, entre vende- dias, as medidas de controlo
e Alexa Sonhi procuravam saber dos utentes vende no mercado do Kikolo com as recomendações sani- dores e compradores. E até e fiscalização, quer em
se tiveram contacto com pes- há 12 anos. Depois de receber tárias, os contactos directos ao fim da manhã de ontem, diversos postos fronteiriços
Jandira Antunes, acompa- soas que chegaram recente- o resultado do teste, saltava vão ser localizados e testados, não foi registado nenhum com a RDC, quer ao longo
nhada da família, deslocou- mente de viagem, se sentiam de alegria, pois o mesmo deu caso haja alteração do quadro, caso positivo da Covid-19. da Estrada Nacional que
se ontem ao mercado do febres, dores de cabeça, entre negativo. “Agora vou trabalhar serão internados. O administrador de Viana, liga o Soyo à capital do país,
Kikolo, em Luanda, para rea- outros sintomas. Depois da à vontade, estou bem, mas A ministra da Saúde esteve Fernando Manuel, disse que Luanda, que se encontram
lizar o teste rápido da Covid- entrega dos resultados, os não vou esquecer as medidas no local, tendo seguido para a testagem em massa vai per- sob cerca sanitária.
19. Ela estava entre os milhares técnicos recomendavam os de prevenção contra a pan- o mercado do Quilómetro mitir determinar os índices O director municipal
de voluntários que compa- utentes para a continuidade demia”, disse, realçando que 30, onde também foram rea- da contaminação da Covid- da Saúde do Soyo revelou
receram para saber do seu das medidas de prevenção também incentivou a família lizados testes. Sílvia Lutucuta 19 no município, já que este que, na última quinzena
estado serológico. contra a Covid-19. a fazer o exame. manifestou a sua satisfação faz parte da lista com registo de Junho, foram detidos
Eram sete horas da manhã Entre os primeiros testados, com o número de voluntários de casos da pandemia nível oito cidadãos pela Polícia
e o portão que dava acesso estava a família Antunes, que Casos positivos que se deslocaram ao mer- da província de Luanda. Nacional, por violação de
ao local, onde seriam reali- teve resultados negativos. Jan- O director municipal da cado do Kikolo. A ministra da Saúde disse cerca sanitária de Luanda
zados os testes, estava lotado. dira Antunes revelou ao Jornal Saúde no Cazenga, Zola “A adesão é muito grande, que a testagem em massa e da fronteira com a RDC,
Enquanto aguardavam, a de Angola que tinha medo de Messo, informou que, até às isso significa que as pessoas nos mercados de Luanda vai f a c t o q u e c o n s i d e ro u
equipa técnica organizava o fazer o teste da Covid-19. Mas 10 horas, tinham sido rea- estão interessadas em saber continuar a ser feita onde há preocupante, na medida
espaço e às oito horas deram depois de ser sensibilizada, lizados 300 testes rápidos do seu estado de saúde”, disse maior concentração de pes- em que pode influenciar
início aos trabalhos. por algumas pessoas, acabou da Covid-19, dos quais dois a ministra, tranquilizando soas. Sílvia Lutucuta salientou na propagação do novo
Estava tudo bem orga- por fazer. “Depois deste resul- eram positivos. O respon- as mesmas que nem todos que os resultados vão permitir coronavírus.
nizado, pessoas perfiladas. tado, devemos manter os mes- sável avançou que, face à os resultados positivos sig- aferir a real situação da De acordo com os dados
Antes de entrar, faziam a mos cuidados de prevenção demanda que se verificou nifica que estão infectados. d o e n ç a n a p rov í n c i a d e do último censo realizado
lavagem das mãos com água e incentivar os outros no cum- no mercado do Kikolo, foram “É um indicativo que teve Luanda, no sentido de cortar em 2014, o município do
e sabão ou desinfectavam primento dos mesmos”, disse realizados 1.500 testes. contacto com o vírus e a dada a cadeia de transmissão. Soyo, cuja extensão terri-
com álcool em gel. Os téc- a jovem de 30 anos. Quanto aos dois casos posi- altura ganharam imunidade, “O teste rápido demora torial é de cinco mil e 275
nicos também estavam bem Ela é moradora do muni- tivos, o director municipal e m a lgu n s ca s o s p o d e m menos de 30 minutos até a quilómetros quadrados,
equipados, acompanhavam cípio do Cazenga e gostaria da Saúde no Cazenga salientou manifestar doença activa”. obtenção do resultado e não possui uma população de
os voluntários desde a que o Executivo dentro das que os utentes foram subme- dói nada. Por isso, as pessoas 227 mil e 175 habitantes,
entrada, às mesas para reco- possibilidades realizasse mais tidos a um segundo exame Mercado do Trinta devem aderir aos testes em espalhados em cinco
lha dos dados, testagem e testes a nível daquela locali- para melhor apurar o resul- Já no mercado do Trinta, massa, sempre que notarem comunas: Pedra de Feitiço,
entrega dos resultados. dade, visto que há muitos casos tado. Ainda assim, os pacien- localizado no município de a presença dos técnicos de Sumba, Quêlo, Mangue
À medida que se fazia a positivos da Covid-19. tes foram acompanhados para Viana, a previsão era testar saúde”, exortou. Grande e a sede.
DESTAQUE Sexta-feira
10 de Julho de 2020 7
DR

RELATÓRIO “O VÍRUS DA FOME”


ACESSO EM IGUALDADE DE CIRCUNSTÂNCIAS

Mais de 50 milhões Directora da OMS não


de pessoas em risco quer o continente no fim
da fila para futura vacina
agravado de fome A directora para África da
Organização Mundial da
continente a participar num
ensaio clínico, com a Uni-

extrema em África Saúde (OMS) defendeu,


hoje acesso equitativo a
uma futura vacina para a
Covid-19, lembrando que,
versidade de Witwaters-
rand, em Joanesburgo, a
testar uma vacina desen-
volvida pelo Oxford Jenner
Onze países africanos estão “com demasiada frequên- Institute, da Universidade
cia”, os países africanos de Oxford, no Reino Unido.
entre os principais pontos em ficam “no fim da fila”. Espera-se que a vacina
que o risco de fome extrema foi “É evidente que à sul-africana Ox1Cov-19
agravado pela pandemia de medida que a comunidade VIDA-Trial envolva 2000
internacional se reúne para voluntários com idades
Covid-19. Estima-se que, só na desenvolver vacinas e tera- entre os 18-65 anos e inclua
região do Sahel, mais de 50 pêuticas seguras e eficazes algumas pessoas que vivem
para a Covid-19, a igual- com VIH. A vacina já está
milhões de pessoas entrem em dade deve ser um foco cen- a ser testada no Reino Unido
crise alimentar tral destes esforços”, disse e no Brasil com milhares
Matshidiso Moeti. de participantes.
A responsável, que falava “Encorajo mais países
A estimativa é feitano relatório dução e os preços dos ali- dos 2,8 mil milhões de dólares ção da assistência humanitária ontem, numa conferência da região a juntarem-se a
“O vírus da fome: como a mentos. O encerramento das (2,47 mil milhões de euros) terá também um impacto sig- sobre a Covid-19 e o desen- estes ensaios, para que os
Covid-19 está a aumentar a fronteiras levou a aumentos necessários para a resposta nificativo num país onde 7,5 volvimento de uma vacina contextos e a resposta imu-
fome num mundo faminto”, acentuados no preço dos ali- humanitária no Sahel. milhões de pessoas dependem em África, incentivou, por nitária das populações em
da Organização Não-Gover- mentos e dos produtos agrí- “Milhões já estão a lutar desta ajuda para sobreviver. isso, a comunidade inter- África sejam tidos em conta
namental Oxfam, que analisa colas importados em toda a para conseguir comer uma nacional e os países afri- nos estudos”, disse Moeti.
os impactos da doença em região, com o Mali a ver os vez por dia. As mulheres, África do Sul canos a tomarem medidas África “tem os conhe-
países onde a situação ali- preços a aumentar em 10 por que muitas vezes ficam sem O relatório aponta ainda a África concretas para assegurar cimentos científicos neces-
mentar e nutricional das cento em média, e a Nigéria comida para poderem ali- do Sul como uma “zona emer- o acesso em igualdade de sário s para contribuir
populações era já extrema a registar aumentos de 30 por mentar os filhos, correm gente” de fome, adiantando circunstâncias. amplamente para a procura
antes da pandemia. cento”, adianta a Oxfam. um risco particular”, adianta que, antes da pandemia, 13,7 “Com demasiada fre- de uma vacina eficaz. Os
A organização elaborou De acordo com o relatório, a organização. milhões de pessoas que viviam quência, os países africa- nossos investigadores aju-
uma lista de 10 países/regiões as medidas de encerramento na África do Sul não tinham nos acabam no fim da fila daram a desenvolver vacinas
com nívei s de “ fome impostas em muitas cidades, Sudão do Sul acesso a alimentos suficientes para novas tecnologias, contra doenças transmis-
extrema” em finais de 2019, em resposta à pandemia, tive- No Sudão do Sul, o estudo devido aos elevados níveis de incluindo vacinas. Estes síveis como a meningite,
onde se contam a República ram um impacto significativo refere que, antes da pandemia, desemprego, à falta de acesso produtos que salvam vidas ébola, febre amarela e
Democrática do Congo (15,6 nos produtores - muitos dos mais de 60 por cento das pes- a bens como terra ou licenças devem estar disponíveis uma série de outras amea-
milhões de pessoas), a Etiópia quais são mulheres - com soas enfrentavam níveis diver- de pesca, e ao elevado e cres- para todos e não apenas ças comuns à saúde na
(8 milhões de pessoas), o produtos perecíveis como sos de fome e quatro em cada cente preço dos alimentos. para aqueles que podem região”, acrescentou.
Sudão do Sul (7 milhões de fruta, legumes e leite a ficarem cinco pessoas viviam abaixo De acordo com a Oxfam, pagar”, sustentou.
pessoas) e o Sudão (5,9 estragados devido ao encer- do limiar da pobreza, num país desde o início do confina- A OMS e os seus parcei- Números
milhões de pessoas). ramento dos mercados. há sete anos em conflito e onde mento no país, sondagens ros lançaram o Acelerador O número de mortos em
A lista inclui ainda a região As restrições à circulação 80 por cento das pessoas semanais revelaram que o de Acesso a Ferramentas África devido à Covid-19
ocidental do Sahel, que cobre impediram também que dependem da agricultura. desemprego e a perda de Covid-19 (ACT, na sigla em subiu ontem para 12.206,
o Burkina Faso, Mali, Mauri- milhões de pastores condu- As Nações Unidas adver- rendimentos estão a ter um inglês) para acelerar o mais 251 nas últimas 24
tânia, Níger, Chade, Senegal zissem o gado para pastagens tiram que a fome ameaça a impacto directo na segu- desenvolvimento, produção horas, em cerca de 522
e Nigéria, com uma estimativa no Sul, entre Março e Junho, vida de até 5,5 milhões de pes- rança alimentar. e acesso equitativo a diag- mil casos. De acordo com
de 9,8 milhões de pessoas em ameaçando a sobrevivência soas, com as secas e inunda- “Um em cada três adultos nósticos, terapêuticas e o Centro de Controlo e
situação de fome extrema. de rebanhos inteiros. ções periódicas a destruírem inquiridos disse que ia para a vacinas para a Covid-19. Prevenção de Doenças da
Globalmente, os 11 países Neste contexto, alerta a culturas e gado, e a queda dos cama com fome e um quinto A organização está tam- União Africana (África
africanos concentram 46,3 Oxfam, “a pandemia poderá preços do petróleo a ter “um tinha perdido peso durante o bém a trabalhar com a CDC), o número de infec-
milhões de pessoas em crise levar mais de 50 milhões de impacto devastador” num país confinamento devido à falta Aliança para as Vacinas tados subiu para 522.104,
alimentar, mas o estudo pro- pessoas adicionais a uma crise que depende do sector petro- de alimentos”, refere o docu- (GAVI) e outras organiza- mais 14.018 nas últimas
jecta que, só na região do alimentar e nutricional”, numa lífero para 98por cento do seu mento, adiantando que o “pro- ções para assegurar “uma 2 4 h o ra s , e n q u a n t o o
Sahel, as medidas tomadas altura em que foram mobili- Produto Interno Bruto (PIB). blema é particularmente agudo distribuição justa” de vaci- número de recuperados
para conter a propagação do zados apenas 26 por cento Por outro lado, a diminui- nas zonas urbanas”. nas a todos os países, com é agora de 254.361, mais
novo coronavírus possam ati- o objectivo de fornecer dois 9.293. Com mais de 220
rar mais de 50 milhões de mil milhões de doses a nível mil casos e 3.600 mortes,
pessoas para situações de
insegurança nutricional e ali-
Brasil é “zona emergente” mundial para populações
de alto risco, incluindo mil
a África do Sul repre-
senta mais de 43 por
mentar, expondo-as a um A Oxfam sinalizou o Brasil se no documento, que apenas 10 por cento da ajuda milhões para países de ren- cento do total de infec-
maior risco de fome extrema. como “zona emergente” de aponta os cortes no pro- financeira prometida aos tra- dimento médio e baixo. ções no continente.
“Entre Março e Maio de fome extrema, adiantando que grama Bolsa-Família e, desde balhadores e empresas, através A nível mundial, existem No Mundo, a pandemia
2020, estimava-se que cerca a pandemia de Covid-19 veio 2019, “um desmantelamento do Programa de Apoio Emer- quase 150 candidatos à já provocou mais de 549
de 13,4 milhões de pessoas acelerar o crescimento da pobreza gradual” das políticas e ins- gencial ao Emprego (PESE), va c i n a d e C o v i d - 1 9 e mil mortos e infectou acima
necessitavam de assistência e da fome em todo o país. tituições destinadas a com- com as grandes empresas a actualmente 19 estão em de 12 milhões de pessoas,
alimentar imediata em toda O Brasil surge com esta clas- bater a pobreza. obterem mais benefícios do ensaios clínicos. A África segundo um balanço da
a região, empurradas para a sificação, juntamente com a “A pandemia Covid-19 foi Governo do que os trabalha- do Sul é o primeiro país do agência France Presse.
fome devido a conflitos, alte- Índia e a África do Sul, no relatório agora acrescentada a esta mis- dores ou micro e pequenas DR
rações climáticas e ao fracasso “O vírus da fome: como a Covid- tura já tóxica, causando um empresas”, aponta a Oxfam.
dos governos em apoiar os 19 está a aumentar a fome num rápido aumento da pobreza Da mesma forma, apenas
pequenos produtores e dis- mundo faminto”, desta Organi- e da fome em todo o país. As 47,9 por cento dos fundos
tribuir igualmente a riqueza”, zação Não-Governamental. medidas de distanciamento destinados à ajuda de emer-
aponta-se no estudo. De acordo com a ONG, a social introduzidas para conter gência a pessoas vulneráveis
A violência forçou 4,3 situação da pobreza e fome a propagação do coronavírus tinham sido distribuídos até ao
milhões de pessoas a fugi- no Brasil começou a deterio- e evitar o colapso do sistema início de Julho. Por isso, a ONG
rem das suas casas e deixou rar-se em, 2015 devido “à de saúde pública agravaram entende que “o Governo federal
24 milhões a precisar de crise económica e a quatro a crise económica”, acrescenta- está a falhar no apoio às pessoas
ajuda humanitária urgente, anos de austeridade”. se no estudo. mais vulneráveis do Brasil”.
metade das quais crianças. “Até 2018, o número de A ONG recorda que milhões De acordo com a Oxfam, a
A insegurança afecta tam- pessoas que sofriam de fome dos trabalhadores mais pobres, implementação do programa
bém a capacidade das pessoas no Brasil tinha aumentado que têm poucas economias ou de Renda Básica de Emergência
para cultivarem as terras e em 100 mil para 5,2 milhões benefícios, perderam empregos regista longos atrasos na resposta
manterem o gado, especial- graças a um forte aumento ou rendimentos, sem que aos pedidos de ajuda, recusas
mente no Chade, Burkina da pobreza e do desemprego, tenham sido beneficiados por injustificadas de ajuda, falta de
Faso e Norte do Senegal. e a cortes radicais nos orça- apoios governamentais. telemóveis, ligações à Internet
“As medidas para conter mentos para a agricultura e “Até f i n a l d e J u n h o, o e endereço de e-mail para se
a pandemia afectaram o a protecção social”, refere- Governo federal distribuiu qualificar a assistência.
acesso aos mercados, a pro-
8 ESPECIAL Sexta-feira
10 de Julho de 2020

PROVÍNCIA COMEMORA HOJE 50 ANOS

Cunene, percurso marcado


por múltiplos fenómenos
Há 50 anos, no dia 10 de Julho, Cunene deixava de ser uma parcela do então
Distrito da Huila e passava a conduzir o seu próprio destino. Corria o ano de 1970 e
o então Baixo Cunene, ligado política e administrativamente à Huíla, evoluia a
Distrito do Cunene. No seu meio século de vida, a província foi sacudida por
inúmeros fenómenos, desde a invasão militar sul-africana às cheias e seca severa
Domingos Calucipa Governo”, descreve Geró- A invasão sul-africana lembrou Hilário Sikalepo, entrada da cidade. “Tivemos em direcção à localidade de
Quinito Kanhameni |Ondjiva nimo Haleinge. visava a destruição do que viveu na pele os momen- algumas baixas, incluindo Oipembe, 10 quilómetros a
Os quatro dias que se poder político-adminis- tos de terror. Disse que, após um companheiro, chefe de oeste de Ondjiva, procurando
Quando, por volta das 7h00 seguiram foram de intensos trativo da província, ale- tomarem conhecimento da pelotão, atingido por um caminho para atingir a loca-
do dia 23 de Agosto de 1981, bombardeamentos. “As gadamente para impedir eminência do ataque, foram obus, na trincheira em que lidade do Péu-Péu e daí atra-
caiu a primeira bomba da avia- bombas caíam no mata- a luta de libertação da tomadas medidas preven- se encontrava. Daí recebe- vessar o rio Cunene, com
ção sul-africana, Gerónimo bicho, no almoço e no lan- Swapo para a Indepen- tivas para defender a capital mos ordem para abando- destino ao Mulondo.
Haleinge encontrava-se a che”, lembra e acrescenta: dência do seu território, da província. Além dos narmos a posição e nos Mas não estava fácil,
tomar o pequeno-almoço, “normalmente começavam a Namíbia. militares da FAPLA, foram juntarmos às FAPLA, nas devido a presença das tropas
no Palácio Municipal da da zona norte para a zona também mobilizados tra- imediações do Cemitério sul-africanas entre Ondjiva
Cahama, na companhia sul da vila”. Haleinge lem- Ocupação da cidade balhadores civis para se Municipal do Cuanhama, e a comuna da Môngua, na
do administrador local, brou que a invasão à pro- de Ondjiva ajuntarem à Organização da para se organizar a retirada”, Estrada Nacional 105. “Depois
João de Brito Hiliwanifa, víncia do Cunene começou No dia 27 de Agosto de 1981, Defesa Popular (ODP). Hilá- conta Hilário Sikalepo. surgiu a ideia de avançarmos
e outros colegas de trabalho. pela vila da Cahama. As for- as forças do regime do Apar- rio Sikalepo era chefe de para as proximidades da
Gerónimo Haleinge era o ças sul-africanas apelidaram theid, da África do Sul, ocu- pelotão. Era preciso posi- A fuga de Ondjiva Onaghwe, para contornar a
responsável da Delegação o ataque “Operação Proteia”, param a cidade de Ondjiva, cionar-se na parte norte da “Não tivemos alternativa se comuna da Môngua e surgir
Provincial da Educação do porque lá se encontrava a com o pretexto de perse- cidade e outros na parte oeste, não abandonar Ondjiva”, para as imediações da loca-
Cunene. Cumpriam uma brigada de infantaria moto- guição e aniquilamento dos nas imediações do Aeroporto afirma Hilário Sikalepo. lidade de Shakati”, conta,
missão de serviço no muni- rizada das Forças Armadas guerrilheiros da Swapo em de Ondjiva. “Não tínhamos Estava-se por volta das mas surge outro imprevisto:
cípio da Cahama, quando Populares de Libertação de Angola. Hilário Sikalepo, a mínima ideia de que lado 16h00. Os militares anun- “calculámos mal a distância
foram surpreendidos pela Angola (FAPLA), coman- que era professor na altura começaria o ataque do ini- ciavam a ordem de retirada. e acabamos por penetrar
aviação sul-africana. “Jun- dada na altura pelo major e membro activo da orga- migo”, conta Hilário Sika- “Cada um safou-se como numa área controlada pela
tamo-nos aos militares que Joaquim António Lopes nização juvenil do MPLA, lepo. Faz uma pausa, para podia”, lembra. Boa parte UNITA”. Foram mais de 30
se encontravam nas trin- “Farrusco”. O objectivo era conta que, na invasão, as lembrar que foi exactamente de civis, entre eles crianças minutos de confrontos, que
cheiras da unidade militar. retirar a protecção à cidade forças sul-africanas entra- a partir do Aeroporto local e alguns doentes, que se atrasaram ainda mais a cami-
Mas estávamos com os cora- de Ondjiva, para depois cul- ram pelo Calueque e os por onde começou o ataque, encontravam internados no nhada para a retirada.
ções em Ondjiva, onde minar o ataque. Marcos 9 e 16, na fronteira terrestre e aéreo. Eram 6h00 Hospital Geral de Ondjiva, São repartidos em dois
tínhamos as famílias e esta- Hoje rei da Ombala de angolana com a Namíbia, do dia 27. foi em direcção ao município grupos. Um consegue atra-
va m a s p r i n c ipa i s Kwanhama, Gerónimo apoiados por potentes tan- Os combates viriam a do Cuvelai. Já as forças mili- vessar a EN 105, entre Sha-
estruturas do Haleinge salientou que, na ques de guerra e aviação. durar cerca de sete horas. tares das FAPLA saíram com- kati e Xangongo, para depois
Cahama, estava estacio- O comissário provincial “Não estava fácil para nós, batendo em direcção ao norte transpor o rio Cunene, na
nada a unidade mais (título equivalente a gover- já que a aviação deles lan- da província, enquanto o zona do Péu-Péu e alcançar
bem equipada de nador provincial), Arí da çava as bombas a uma alti- grosso das forças da ODP e o Mulondo, na Huíla. O
todas que se encon- Costa, não se encontrava tude que a nossa artilharia trabalhadores retiraram-se outro atravessa o rio num
travam na pro- no Cunene. Dois dias antes, anti-área não podia alcan- outro ponto e acaba por
víncia do as forças inimigas já haviam çar”, sublinha. permanecer algures em
Cunene. ocupado a vila de Xangongo, No meio dos intensos Ombadja, até Março de
no município de Ombadja. bombardeamentos, a infan- 1982. Já Gerónimo Haleinge,
Mas foi por volta das 19 horas taria sul-africana já havia com a tomada de Ondjiva
do dia 26 que Ondjiva foi contornado o Aeroporto, a e Xangongo pelas forças
fustigada com fortes bom- parte Norte, surpreendendo sul-africanas, procurou
bardeamentos de aviação. as forças do Governo por refúgio na cidade do
“Nessa altura, já tínha- trás. Conseguem penetrar Lubango, em companhia
mos recebido informações no Quartel da 11ª Brigada do administrador munici-
de que iriam atacar a das FAPLA, que se encon- pal, onde foram acolhidos
cidade no dia seguinte”, trava fixada na Bavária, à por conterrâneos.
ESPECIAL Sexta-feira
10 de Julho de 2020 9

Pedro Gerónimo
Tongeni Haleinge

Uma realidade
que orgulha a sua gente Castanheira de Pêra,
Uma nova era de progresso e crescimento
se abre, com o regresso do Governo ao Cunene.
de Novembro, como a segunda sede do
Governo Provincial, o Palácio Residencial,
portugueses. A partir de Julho de 1926,
descreve, com a delimitação da fronteira
a outra capital
Era preciso reerguer-se dos escombros da Casa da Cultura, Aeroporto de Ondjiva, entre Angola e Namíbia, e já sob o domínio Com muitos populares, a 8ª. Os alunos que concluíam
guerra. A mobilização é total. É assim que, incluindo a Casa protocolar. do regime colonial português, a região incluindo funcionários públicos, o ensino de base recebiam bol-
em 1998, surgem os primeiros edifícios de passou a denominar-se Conselho do Baixo concentrados na sede municipal sas de estudo para frequentar
carácter emergencial, para albergar a sede Investimentos e infra-estruturas Cunene e, consequentemente, a anexação do Cuvelai, 166 quilómetros a o ensino médio e superior no
do Governo da província, delegação da Justiça, A criação do Ensino Superior, na província, ao Distrito da Huíla. Nordeste de Ondjiva, surge a Lubango ou em Luanda.
Palácio do governador, comando da Polícia, surge em 2009, com duas unidades orgâ- O investigador conta que a ideia de ideia do Governo da Huíla, de
entre outros, que permitem colher, com urgên- nicas: Escola Superior Pedagógica de criação do Distrito do Cunene surgiu em ceder um espaço para acomodar O retorno a província
cia, a administração do Estado e expandir os Ondjiva e Instituto Superior Politécnico 1967, mas só veio a se concretizar três a população e os serviços do O retorno à província do Cunene
serviços de Saúde e Educação. Hoje a realidade de Ondjiva. As duas unidades estão con- anos depois, fruto do “bom senso” do Governo do Cunene. A localidade ocorre oito anos depois, em
é diferente, com a construção de infra-estruturas finadas no mesmo edifício. A primeira então administrador do Conselho do Baixo escolhida seria Castanheira de Julho 1988. Na altura, o comis-
económica e social que orgulha a sua gente. lecciona o único curso de Biologia e a Cunene (que abrangia Cahama e Curoca), Pêra, no município da Matala. sário provincial já era Pedro
No ano passado, a província voltou a segunda com especialidades como Enfer- o português Covilhã Padrão. Era preciso Do grupo concentrado em Cuve- Mutindi. Gerónimo Haleinge
sofrer. Desta vez foi a seca, que bateu com magem, Análises Clínicas, Agronomia, escolher entre Ondjiva e Xangongo para lai estava a mulher de Gerónimo é o comissário provincial
tal intensidade que as consequências chegaram Engenharia Hidráulica e Informática, ser capital do distrito. A escolha recaiu à Haleinge, que fez toda a cami- adjunto para o sector Social
a mobilizar a solidariedade do país e de ins- Energia e Água. primeira cidade, que albergou o Reino do nhada a pé, desde Ondjiva, com e de Organização. “Reunimo-
tituições internacionais. Números assustadores O estabelecimento, em 2013, da linha Kwanhama, que confrontou duramente parto fresco e o bebé de apenas nos na Cahama, onde depois
chegaram a ser revelados: 178 mil famílias de alta de tensão a partir de Onuno, Repú- as forças da ocupação colonial. 12 dias de vida. o comissário Pedro Mutindi
afectadas, num total de 857 mil pessoas, mais blica da Namíbia, no quadro da cooperação A formação do Distrito tinha como Sem quaisquer infra-estru- disse que já não regressava
um milhão de bovinos (a riqueza da região) entre os dois países, veio melhorar o finalidade a implementação de deter- turais para instalar um Governo mais à Castanheira e que ficaria
afectados, sendo que mais 26 mil acabaram abastecimento de energia, ao substituir minados projectos virados para o desen- provincial, Castanheira de Pêra pela Cahama para acompanhar
por morrer. Mais de 400 localidades foram a primeira, de média tensão, construída volvimento do território, como a abertura aguentou-se como pode. A loca- melhor os acontecimentos
mapeadas como críticas. em 1988, cujos equipamentos se encon- de postos escolares no meio rural e pro- lidade tinha sido criada para da província. Foi daí que pau-
Um fenómeno cíclico na província, devido travam em estado obsoleto, e reforçar a jectos de água, sobretudo para o gado, albergar perto de sete famílias latinamente os gabinetes
a proximidade do Deserto do Namibe e do Central Térmica de Ondjiva, que produz que abundava. de colonos. As poucas casas começaram a transferir-se
Kalahari, as autoridades trabalham, agora, 10,3 Megawatts. No ano seguinte, arranca Pedro Tongeni assinalou que a separação encontradas eram então par- para a Cahama”.
no sentido de mitigar os efeitos da seca junto a construção da conduta de água a partir do Cunene do Distrito da Huíla trouxe muitas tilhadas por sete a oito famílias No final de 1988, começaram
das comunidades. Um investimento de 200 do rio Cunene, na vila do Xangongo, para vantagens para a população local. Foi a de responsáveis governamen- a aproximar-se à cidade de Ond-
milhões de Kwanzas está programado para abastecer as comunidades de Môngua, partir daí que se pensou na consolidação tais. O mesmo espaço albergava jiva com mais uma paragem de
a construção de três barragens hídricas, Missão da Môngua, Mbulunganga, Ondjiva, da estrada do Lubango (Huíla), passando também os gabinetes. alguns meses por Xangongo.
canais adutores de água e 98 reservatórios Namacunde e Anhanga, num percurso por Ondjiva, até à fronteira com a Namíbia. As condições de infra-estru- No ano seguinte, em Julho,
de água (vulgo Chimpacas). As estruturas de cerca de 100 quilómetros. A mesma tinha continuidade, de Ondjiva t u ra s pa ra o s s e r v i ço s d o atinge-se Ondjiva. As forças sul-
vão ser construídas a partir da localidade ao Cuando-Cubango e outra para o Huambo, Governo e moradias para a africanas já haviam abandonado
do Cafu, nos rios Cunene, Calucuve e Cuvelai, Um pouco de História passando pelo Cuvelai. população só iniciariam em o território. Segue-se a trans-
para beneficiar às populações dos municípios Através do investigador cultural e historiador Última região do país a ser ocupada 1983, com o fabrico de adobes portação da população da Cas-
de Ombadja, Cuvelai e Namacunde. ~ Pedro Tongeni é possível traçar um percurso pelo regime colonial (após a morte em (blocos de barro), num trabalho tanheira para o regresso ao
da província. Após a ocupação colonial, combate do Rei Mandume ya Ndemufaio que contou com o envolvimento Cunene. São mobilizadas perto
Nova imagem da capital nos anos 1920, a região passou a deno- em 1917), a província do Cunene não conhe- d a j u v e n t u d e . P r i m e i ro é de duas dezenas de camiões
Ondjiva apresenta uma nova imagem. Além minar-se Baixo Cunene e compreendia ceu um desenvolvimento de “se encher erguido o complexo escolar para transportar pessoas, have-
da asfaltagem das principais artérias, nos todo o território que se situava a margem os olhos”, como aconteceu com muitas (zona académica), com 80 salas res e até animais. A transladação
últimos anos, a capital registou a construção esquerda do rio Cunene, enquanto decorria capitais de província, pelo curto período de aula, para as classes da 5ª só termina no início de 1990.
de estruturas definitivas, na Avenida 11 a disputada do espaço entre ingleses e de ocupação colonial.
10 OPINIÃO Sexta-feira
10 de Julho de 2020

EDITORIAL IMAGEM DO DIA

A hora da testagem massiva A responsabilidade pelos menores, no âmbito das “Medidas Excepcionais e Temporárias” a vigorar em casos
de declaração de cerca sanitária Provincial ou Municipal, continua a ser dos pais, encarregados e tutores
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO

A iniciativa de testagem massiva nos mercados da cidade capital, no-


meadamente o do Catinton, do Quicolo e do Km 30, numa diligência
do Ministério da Saúde e do Governo Provincial de Luanda, constitui
uma importante etapa no controlo da evolução da cadeia de contágio
da Covid-19.
É, cada vez mais, consensual a ideia de que só com testes massivos
na comunidade é que se poderá ter um conhecimento mais sólido e
melhor estruturado sobre a evolução da doença. Vários especialistas
angolanos defenderam, com alguma razão, a necessidade de se
intensificar os testes nas comunidades, inclusive como processo por
via do qual se poderá encontrar as melhores estratégias de resposta às
formas de contágio da Covid-19.
Atendendo às dezenas de casos sem vínculo epidemiológico conhecido,
realidade que coloca o país a poucos números para a chamada fase do
contágio comunitário, a testagem massiva servirá como um ponto de
viragem significativo nos esforços de controlo e monitorização da doença.
Não há dúvidas de que os eventuais casos que resultarem dessas ini-
ciativas, de testes massivos na comunidade, vão ajudar também no
aumento da consciencialização sobre a pandemia e a desencorajar pro-
cedimentos não consentâneos com a conjuntura. Lamentavelmente,
muitos, enquanto a doença não envolver pessoas próximas, eventualmente
os próprios na primeira pessoa, não ganham consciência sobre a existência
da mesma, além daqueles casos de negação patológica.
Ao lado da iniciativa, que teve lugar há dias nos referidos locais de
venda e compra de bens e serviços, vai ser necessário estender esse pro-
cedimento às comunidades em geral, sobretudo a nível da periferia onde
os ajuntamentos humanos, nalgumas circunstâncias, continuam como
se nada que o contrarie estivesse a ocorrer no país.
Não podemos perder de vista que desde a madrugada de ontem vigora,
nas circunscrições territoriais sob cerca sanitária, um conjunto de medidas
excepcionais e temporárias que deve ser rigorosamente cumprido pelas
pessoas, nas localidades afectadas.
Lembrar que as autoridades, repetidas vezes, têm recomendado às
pessoas que quanto melhor cumprirmos com as recomendações sanitárias
das autoridades mais cedo podemos voltar à normalidade, sendo igualmente
verdade o contrário. Ou seja, se por um lado os nossos compatriotas de
Cabinda ao Cunene, mas fundamentalmente nas províncias e localidades
sob cerca sanitária, continuarem a pensar que a Covid-19 apenas afecta
a alguns e não constitui uma ameaça a todos, dificilmente estaremos a
contribuir para o seu melhor controlo. E se por outro, ainda pior, persistirem
na ideia de que a Covid-19 nem sequer existe, estaremos não apenas
fadados ao fracasso, mas poderemos estar a promover um ambiente para
a propagação da doença.
Portanto, urge repensarmos o que cada um está a fazer e que, como
esperamos, a iniciativa de testagem massiva nos mercados envolva outros
locais em que as pessoas se aglomeram para os mais variados fins.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Víctor Silva (presidente)
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS
PROPRIEDADE
Edições Novembro, E.P. CARTAS DOS LEITORES
Caetano Pedro da Conceição Júnior SEDE:
José Alberto Domingos
Rui André Marques Upalavela Rua Rainha Ginga, 12-26
Luena Kassonde Ross Guinapo Caixa Postal 1312 - Luanda
Redacção: 222 020 174
Pesca ilegal nas próximas intervenções ou in- o sector da Marinha de Guerra di-
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS
Filomeno Jorge Manaças
Telefone geral (PBX): 222 333 344
Fax: 222 336 073
Ainda a propósito do navio ucra- terpelações de barcos piratas, as zerem que se está a modernizar
Mateus Francisco João dos Santos Júnior Telegramas: Proangola niano, de grande porte, apreendido autoridades devem ser mais agres- aquele ramo das Forças Armadas
a pescar ilegalmente nas águas sivas a tratar esses piratas para para uma defesa qualitativa e quan-
marítimas angolanas, em período servir de exemplo e os mesmos pas- titativa do mar. Se há pretensão de
de veda, e com 800 toneladas de sarem a mensagem. Afinal, os pi- extensão das águas marítimas an-
peixe a bordo, importa dizer algu- ratas desse navio ucraniano inter- golanas, da sua Zona Económica
DIRECTOR:
Víctor Silva
Edna Cauxeiro (subeditora),
Ferraz Neto (subeditor) e Pereira Dinis
mas coisas. A pergunta prévia é a vieram no nosso mar numa altura Exclusiva (ZEE), faz sentido que
DIRECTOR-ADJUNTO: seguinte : porque é que as autori- em que está proibida a pesca, uma haja condições, pelo menos, para
Caetano Júnior
DIRECTOR EXECUTIVO:
EDIÇÕES ESPECIAIS:
Adalberto Ceita, André dos Anjos, Domingos dos Santos,
dades toleraram os actos de resis- situação que agrava a penalização se defender bem o actual espaço
Guilhermino Alberto Leonel Kassana e Yara Simão tência e até mesmo tentativa de que a tripulação deve sofrer. Por internacionalmente reconhecido
EDITOR EXECUTIVO: FOTOGRAFIA:
negociação perante uma situação outro lado, está na hora de se re- como águas marítimas angolanas.
Diogo Paixão Kindala Manuel (editor-chefe),
José Cola (editor),
tão óbvia, simples e até passível forçarem os mecanismos de con- Para terminar, espero que as auto-
SUB-EDITOR EXECUTIVO:
Cândido Bessa Dombele Bernardo, Domingos Cadência, Eduardo Pedro, João Gomes,
Maria Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, Paulo Mulaza, Kindala
de actuação agressiva para servir trolo do nosso mar, com meios e ridades angolanas tenham apren-
Manuel, Santos Pedro, Agostinho Narciso, Vigas da Purificação, Contreira Pipas de exemplo? É que pela forma como homens capazes de defender me- dido alguma coisa com a experiência
GRANDE REPÓRTER: as coisas decorreram, a julgar pelas lhor as nossas águas marítimas. do barco ucraniano para que da
Luísa Rogério CORRESPONDENTES PROVINCIAIS:
Adão Diogo (Lunda-Sul), informações publicadas sobre o No fundo, o que acaba de acontecer próxima a resposta a ser dada seja
Bernardo Capita (Cabinda),
EDITORIAS:
POLÍTICA: João Mavinga (Zaire), assunto, parece que as autoridades agora pode ser parte de um pro- devidamente exemplar para desen-
Vladimir Prata (Namibe),
Bernardino Manje (editor-chefe),
Fonseca Bengui (subeditor) e Santos Vilola (subeditor) Isidoro Natalício (Cuanza-Norte), angolanas é que “tiveram de ne- blema maior que todos os países corajar futuras acções análogas.
Adelina Inácio, João Dias, Edna Dala,
Garrido Fragoso
Luís Pedro (Cuanza-Sul),
Pedro Bica (Bengo),
gociar” com os pescadores do re- com mar enfrentam, em África, RUI CARDOSO
Francisco Curinhingana (Malanje)
Miguel Ângelo (Huambo),
ferido navio. Sinceramente, eu não onde os mares se encontram à mer- Sambizanga
OPINIÃO:
Ambrósio Clemente (editor-chefe), Faustino Henrique (subeditor)
João Constantino (Bié),
José Chaves (Andulo),
consigo entender como é que as cê dos piratas modernos. Mal con-
SOCIEDADE: Jaime Azulay (Benguela), autoridades angolanas deram hi- seguem controlar os seus mares e
Jesus Silva (Lobito),
Nhuca Júnior (editor),
Alberto Pegado (editor), Estanislau Costa (Huíla), póteses dos ucranianos resistirem numa altura em que a economia Reinício das aulas
José Meireles (editor), Joaquim Aguiar (Lunda-Norte),
Rodrigues Cambala, André da Costa, Kilssia Ferreira, Manuela Gomes, Silvino Paulo (Uíge), à primeira tentativa de confisco do de muitos países se encontra em Estou a gostar a forma como as
Augusto Cuteta, Alexa Sonhi, César André, César Esteves, Edivaldo Cristóvão, Lourenço Manuel (Cuando Cubango),
Carla Bumba e Mazarino da Cunha Quinito Kanhamei (Cunene), pescado. Embora o primado da lei declínio, mesmo os em vias de de- autoridades angolanas estão a ge-
Samuel António (Moxico),
REGIÕES: deva prevalecer, a ideia que foi senvolvimento, muitos Estados afri- rir a situação da pandemia no
Sérgio Chivaca (editor-chefe),
Béu Pombal (subeditor), PAGINAÇÃO E ARTE: passada por esses “piratas do peixe” canos estão a braços com meios que ao eventual retorno às aulas
Filipe Eduardo Salvador Escórcio (Editor), Soares Neto, Eugénia Victor, Augusta Lucéu, Tomás Cruz,
ECONOMIA: Noé Pungue, Evaristo Sacupalica, João Augusto, Josefa Abreu, Maria Messele, é que, no mar angolano, é possível mínimos para manter invioláveis diz respeito. Já foram avançadas
Cristóvão Neto (editor-chefe), Alberto Bumba, Inês Quingando, Margarida Zilungo, Maria da Silva, António Saldanha,
Henrique Faztudo, António Quipuna, Raúl Geremias, Ana Paula Dias , Isabel Fragão,
roubar o peixe, ser apanhado e as águas marítimas. algumas datas indicativas para
Armando Estrela (subeditor),
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena José, Natacha Roberto e Victorino Joaquim Manuel Cassinda, Francisco da Silva, Rui Jacinto, Bruno Bernardo, Luquemba Pedro “forçar” as negociações com as au- De tempos em tempos, ouvimos o reinício das aulas, mas que por
MUNDO:
Bernardino Fançony (editor-chefe), António Canepa
CARTOON E ILUSTRAÇÃO:
Armando Pululo e Casemiro Pedro
toridades. Isso é muito grave e não as autoridades que superintendem razões de força maior acabaram
DESPORTO:
augura um bom precedente na me- abortadas. De qualquer forma,
Amândio Clemente (editor-chefe),
Anaximandro Magalhães (subeditor), António Cristóvão,
COPY DESK: dida em que os piratas entre si con- ESCREVA-NOS
quero acreditar que tão logo as
Rui Ramos e Arlindo Soares
Armindo Pereira, Teresa Luís, Vivaldo Eduardo,
O Jornal de Angola
versam e familiarizam-se com re- autoridades tenham garantias de
António de Brito, Honorato Silva, Job Franco Cartas recebidas na
CULTURA:
utiliza os serviços da ANGOP, AFP, Reuters, EFE e Prensa Latina giões em que alegadamente as au- Rua Rainha Ginga, 12-26 um melhor controlo, vão, segu-
António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (subeditor),
Francisco Pedro (subeditor), Amilda dos Santos, Manuel Albano, PUBLICIDADE: toridades sejam mais dóceis ou em Caixa Postal 1312 - Luanda ramente, avançar com o reinício
Mário Cohen e Roque Silva (+244) 937 550 262 que as leis sejam mais brandas. ou por e-mail: das aulas.
GENTE E FIM-DE-SEMANA:
António Cruz (editor-chefe),
(+244) 949 770 006 e-mail: publicidade@jornaldeangola.com Embora se trate já de um assunto AURORA CORTEZ
Isaquiel Cori (editor)
escrevaconnoscoJA@gmail.com Viana Sanzala
resolvido pelas partes, acho que
OPINIÃO Sexta-feira
10 de Julho de 2020 11
EPÍSTOLAS DO OCIDENTE FACTOS & ILAÇÕES

Sousa Jamba Filomeno Manaças


CITAÇÕES

“A não utilização de
O regresso do tema corrupção
A nossa grande pobreza máscara facial nos
casos referidos nos
números anteriores à agenda política doméstica
Graças as novas tecnologias, tenho falado muito conceitos que propagavam a pobreza. Estive re- impossibilita o
com o meu filho cassule, de dez anos, nascido centemente na aldeia de Sachipanguele, na co- acesso ao respectivo Congelada pelo surgimento da pandemia da Covid-19, que obrigou,
nos Estados Unidos, que nunca esteve no continente muna do Chiumbo, porque tem esconderijos en- desde Fevereiro, as autoridades angolanas a concentrarem os
africano. Recentemente, estivemos a falar sobre cantadores. Em Sachipanguele, ia sempre visitar local ou meio de esforços na elaboração de todo um conjunto de medidas para o rea-
a altitude do Planalto Central de Angola. A um o meu jovem amigo, Domingos, que, como vários transporte, dando linhamento do país - de modo a fazer frente da melhor maneira
certo momento, o Tiyuka perguntou se a África outros, ia trabalhar em Luanda e no Norte para lugar à aplicação de possível a enfermidade -, o combate à corrupção regressou à agenda
era assim tão pobre como se tem visto nos relatos fazer algum dinheiro. Até recentemente, havia au- do dia da política nacional.
de televisão. A conversa com o meu filho fez-me tocarros que vinham para o Chiumbo levar jovens multa que varia Terça-feira (30.06), o Tribunal Supremo retomou o julgamento do
pensar na pobreza da nossa própria área, aqui no para irem trabalhar no Norte. Hoje já não é o entre os kz 5.000,00 mediático “Caso 500 milhões de dólares do BNA”, ouvindo as alegações
Planalto Central. Sim, há muita pobreza — mas caso: estou a ver camiões a vir de Luanda e do (cinco mil kwanzas) orais da acusação e da defesa dos réus Valter Filipe, José Filomeno
não é por falta de recursos naturais, o que existe litoral à procura de comida para levarem para o “Zenu” dos Santos, José Gaudens Pontes e António Samalia Bule.
é uma cultura que promove uma certa pobreza de Norte. Na aldeia de Sachipanguele, os jovens e os kz 10.000, 00 Um dia depois (01.07), o Presidente da República e presidente
imaginação e mentalidade. estão a produzir couve, cenoura, pimentão , (dez mil kwanzas)” do MPLA, João Lourenço, na reunião do Bureau Político da formação
No século XIX, o reinado feijão, etc nas suas lavras. In nº 3 do Artigo 3º, sobre as de que é líder, tratava de “pôr a questão em pratos limpos”, à guisa
Medidas de protecção
do Bailundo foi um grande
centro comercial. Sim, há o Um jovem, Ontem vi um sistema im-
pressionante de valas de individual, constantes das
de esclarecimentos e de resposta às críticas - muitas delas a partir
mesmo do seio do seu partido -, que lhe são feitas sobre a forma
lado triste dos raids no interior no Sachipanguele, irrigação. Nesta aldeia, Medidas Excepcionais e
Temporárias a vigorar em
como está a ser conduzido o combate à corrupção.
para a obtenção de escravos; vi várias antenas para- Em traços gerais, João Lourenço afirmou que a luta contra a cor-
porém, existiu também cara- disse-me que havia bólicas e motorizadas;
casos de Declaração
de cerca sanitária rupção e à impunidade é fundamental para estabelecer as premissas
vanas que iam até o Zanzibar
à procura de produtos. Os
um velho que trabalhou até vi um candongueiro
que partiu de manhã
provincial ou municipal para: 1) - reforçar o papel do sistema judicial; 2) - criar um ambiente
mais favorável para o investimento privado; 3) - criar uma nova cultura
Ovimbudus tinham a mesma em várias fazendas para levar os comercian- de cidadania; 4) - implementar reformas profundas no seio do MPLA;
“O exercício
desenvoltura que os comer-
ciantes da África Ocidental por muitos anos tes para o Huambo. No
passado, tinha tirado da actividade
5) - promover o desenvolvimento da economia nacional e do país.
O grande alcance que o Presidente João Lourenço pretende im-
que hoje vão detectando pos- que estava a dar uma foto de uma crian-
comercial de bens primir ao combate à impunidade e corrupção é reforçado quando
sibilidades em várias partes ça malnutrida, sem saú- recusa “um debate no seio do MPLA para se resolver o problema
do mundo. Depois da guerra conselhos muitos de. Ontem vi a mesma e serviços em geral, entre militantes”. E não o faz por uma questão de capricho, mas
de 1902-1904, houve um es-
forço tremendo de enfraque-
úteis aos outros. criança, cheia de vida a
comer abóbora com lei-
incluindo as porque a corrupção é hoje uma séria ameaça ao MPLA como força
política charneira, como a locomotiva que conduz todas as grandes
cer as redes comerciais tra- Numa outra parte te condensado. Na al-
cantinas e similares, mudanças que já foram feitas e as que precisam de ser feitas para
é feito das 7H00
dicionais ovimbundas. De-
pois houve, também, uma de Sachipanguele, deia de Sachipanguele
já se construiu uma loja às 16H00,
que os poderes públicos se ajustem à nova realidade em construção
e Angola consolide a sua reputação a nível internacional.
estratégia de se transformar um grupo de jovens para um comerciante
observado o limite O que, em síntese, João Lourenço quis vincar na intervenção
os Ovimbundus numa mão- mauritaniano. feita na reunião do Bureau Político do MPLA é que “qualquer seme-
de-obra baratíssima a favor está a plantar O que aconteceu é de presença de 50 lhança, no combate à impunidade e à corrupção, com uma alegada
do colono. Na minha aldeia
ancestral, Manico, havia uma
mangueiras e abacateiros que Sachipanguele está
agora ligado à Estrada
por cento de força de perseguição política, não passa de pura coincidência. É preciso
olhar um pouco mais além”.
escola chamada Salvaterra, porque prevêem Nacional E250 por causa
trabalho, as regras Os passos que o país está a dar nesse campo estão a ser seguidos
de biossegurança
do grande professor Daniel
Ekundi. O Professor Ekundi um dia plantar café. de várias rotas construí-
das pelo empresário Se- e de distanciamento
com vivo interesse pela comunidade internacional e qualquer deslize,
qualquer cedência, não em relação às pessoas, mas ao engajamento
estava sempre em disputa Soube que no passado gunda Amões, usando físico, devendo em mudar o estado das coisas, pode fazer ruir, pode comprometer se-
com comerciantes locais que os seus próprios fundos. riamente os apoios e encorajamentos que Angola tem vindo a receber.
achavam que ele estava a a aldeia já Mas também há, naque- ainda ser adoptada Em fim de missão diplomática, o coordenador residente das
dar aos jovens o tipo de co-
nhecimento que os levaria
produziu café la aldeia, cada vez mais,
um espírito de coopera-
a regra de controlo Nações Unidas em Angola, Paolo Balladelli, deu nota à imprensa,
na quarta-feira, à saída da audiência com o Presidente da República,
da temperatura no
a recusar a ser parte do sis- ção que estava ausente. de como a comunidade internacional vê e acompanha o assunto.
tema de trabalhadores con- As valas de irrigação, por acesso e a instalação Disse ser preciso “continuar a combater a corrupção, que no passado
tratados. O comerciante con- exemplo, são cavadas por de pontos foi um buraco que solveu muitos recursos”. Mas sublinhou que “essa
tratava jovens que iriam trabalhar numa fazenda todos. Notei, por exemplo, que se usa muito na de higienização luta não deve estar apenas voltada aos grandes recursos, mas
no Norte do país. Este comerciante tirava o seu aldeia o adubo composto. Os jovens “beberam” também para os pequenos subornos, o que evitaria que as pessoas
lucro sem fazer essencialmente nada. Para se dos mais velhos, que aprenderam as técnicas dos das mãos à entrada tivessem de pagar para usufruir os seus direitos”. Essa dinâmica -
sustentar este arranjo, tinha que haver uma missionários protestantes, e assim o solo está a e no interior apontou - cria mais privilégios e diferenças, acentua as desigualdades
cultura que enfatizava a inferioridade do negro. ser explorado de uma forma mais sustentável. das instalações” e cria mais pessoas vulneráveis.
O Professor Ekundi foi eventualmente enviado Depois há a rotação de colheitas: planta-se feijão In nº 1 do Artigo 8º, Sabemos todos do que Balladelli falou. E não é preciso fazer
para o São Nicolau. desta vez para depois se plantar batatas e isto en- sobre o Comércio muitos esforços para encontrar exemplos. Além dos emolumentos
Durante a guerra do pós-Independência, as riquece o solo. Um jovem, no Sachipanguele, dis- de Bens e Serviços, estabelecidos por lei, muitos cidadãos ainda encontram dificuldades
várias entidades políticas precisavam de comu- se-me que havia um velho que trabalhou em constantes das Medidas para tratar determinados documentos, sendo necessário pagar valores
nidades com jovens que poderiam prontamente várias fazendas por muitos anos e estava a dar Excepcionais e Temporárias extras. O mesmo se diga em relação aos serviços básicos de saúde.
serem incorporados nos exércitos. Em Setembro conselhos muito úteis aos outros. Numa outra a vigorar em casos de Outro exemplo - talvez dos mais visíveis - é o negócio da água feito
de 2003, quando vim para o Manico, encontrei parte de Sachipanguele, um grupo de jovens está Declaração de cerca por particulares em zonas onde o Estado já colocou chafarizes, já
sanitária provincial ou
muita tensão entre os jovens e os mais velhos; a plantar mangueiras e abacateiros porque pre- montou as canalizações, fez as ligações domiciliares para o abastecimento,
municipal
havia, na altura, a noção de que a prosperidade vêem um dia plantar café. Soube que no passado há contadores e tudo já instalado. Mas as pessoas continuam a ter de
do Manico viria de uma bênção do Governo a aldeia já produziu café. comprar a água. Os “kaleluias” (motorizadas de três rodas e carroçaria
Central etc. No Manico, havia disputas, às vezes A maior pobreza que um povo pode ter é a para transporte de mercadoria), passam cheios de “bidons” de água
exaltadas, entre membros do MPLA e da UNITA. falta de autoconfiança. Quando as comunidades “A forma para comercialização. O mais caricato é que nessas zonas estão instalados
Uma das grandes questões na altura era sobre se emancipam da escravidão mental, o resultado de trabalhar online a administração comunal e o posto de Polícia. É seu território de
o salário do soba, que também era o represen- é que as mesmas passam a ter uma verdadeira é a que jurisdição e nada fazem! E na administração comunal muitos seguramente
tante máximo na aldeia do partido no poder, o noção das suas potencialidades. Quem tem di- assumem-se como militantes do MPLA. Não é preciso esperar que seja
MPLA. Este era o mesmo caso em várias aldeias nheiro que lhe permite sonhar ter uma carinha se encontrou o SIC (Serviço de Investigação Criminal) a fazer o trabalho, a descobrir
que visitei, na altura. brevemente e poder enviar os filhos para uma como a mais e a desmantelar, com a EPAL, os quintais onde estão construídos os
Aqui, no Planalto Central, estou a testemunhar boa universidade, não têm tempo para o kapor- acertada. Para tanques de abastecimento, feitos de forma a obstruir que a água chegue
uma verdadeira revolução, em que, muitos, es- roto ou promessas de activistas políticos que às aos demais consumidores, para obrigá-los a adquirir aos privados. E
pecialmente os jovens, estão a despir-se dos pre- vezes andam a pé! exportarmos, assim vão enriquecendo, fazendo negócio ilícito com um bem público,
temos de saber para e a empresa de águas a perder rios de dinheiro.
aonde, escolhendo De nada adianta o primeiro secretário do MPLA na província
mobilizar as pessoas para apoio à política de combate à impunidade
um país que
Correcção nos dê mais
e à corrupção do Presidente João Lourenço (como aconteceu recen-
temente), se não consegue que, localmente, os seus coadjutores, os
seus mais próximos colaboradores, se preocupem em dar forma con-
vantagens. Temos
Um procedimento incorrecto de paginação levou de Matos, antigo ministro das Finanças e gover- creta a essa mesma política. Quero acreditar que, mais do que fazer
a que fosse publicado, na página 7 da edição nador do Banco Nacional de Angola. Aos arti-
de saber identificar marchas de apoio à sua política de mudanças, o Presidente João
de ontem, um texto assinado pelo jornalista culistas lesados e aos leitores, aqui ficam as estes mercados” Lourenço esteja interessado em que elas sejam realmente implemen-
Osvaldo Gonçalves. Na verdade, o artigo, de nossas mais sinceras desculpas pelos transtornos Vicente Soares tadas, que se deixe de fingir que se está a trabalhar para as coisas con-
teor económico, é da autoria de Augusto Teixeira que a situação terá causado. Câmara de Comércio tinuarem na mesma. Não me parece, também, correcto que tenhamos
e Indústria de Angola de esperar pelas eleições autárquicas para que o quadro mude.
12 Sexta-feira
10 de Julho de 2020

PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA JUDICIAL

AVISO N.º 01/2020


ABERTURA DE CONCURSO
PARA PROVIMENTO DE VAGAS PARA JUÍZES CONSELHEIROS DO
TRIBUNAL DE CONTAS
Abertura de concurso público curricular para o provimento de Juízes Conselheiros do Tribunal Possuir pelo menos, 10 (dez) anos de experiência profissional comprovada;
de Contas. Ser Magistrado Judicial ou do Ministério Público, com classificação de bom, e experiência profissional
Havendo necessidade de se preencher o quadro de Juízes Conselheiros do Tribunal de Contas. de pelo menos 10 anos;
O Conselho Superior da Magistratura Judicial, nos termos da alínea f), do artigo 23.º da Lei n.º 14/11, Possuir idoneidade cívica e moral;
de 18 de Março (Lei do Conselho Superior da Magistratura Judicial), em Sessão Plenária de 24 de Estar no pleno gozo dos direitos civis e políticos;
Junho de 2020, deliberou e avisa o seguinte: Não ter sido condenado por crime doloso punível com pena de prisão maior.
Artigo 6.º
1.º Está aberto o Concurso público curricular, para preenchimento de 4 (quatro) vagas de Juízes Con- (Natureza)
selheiros do Tribunal de Contas, nos termos do artigo 22.º da Lei Orgânica do Tribunal de Contas; O presente concurso para o provimento de vagas de Juízes Conselheiros do Tribunal de Contas é de
natureza curricular, nos termos do presente regulamento.
2.º Nos termos do artigo 23.º do mencionado Diploma, as candidaturas devem ser apresentadas me- Artigo 7.º
diante requerimento, dirigido ao Presidente do Conselho Superior da Magistratura Judicial, no prazo (Vagas a Prover)
de 20 (vinte) dias corridos, contados a partir do dia da 2.ª publicação da abertura do concurso. O presente concurso destinado ao provimento de quatro (04) vagas para Juízes Conselheiros do Tri-
bunal de Contas, nos termos do artigo 182.º da CRA e o artigo 22.º da Lei n.º 13/10, de 09 de Julho
3.º Os candidatos devem possuir os seguintes requisitos: Lei Orgânica e do Processo do Tribunal de Contas.
a) Ser Cidadão angolano com idade igual ou superior a 35 anos; Artigo 8.º
b) Possuir licenciatura em Direito, Economia, Finanças, Gestão ou cursos superiores com, pelo menos, (Composição do Júri)
dez anos de experiência profissional comprovada; O Júri do presente concurso tem a seguinte composição:
c) Ser Magistrado Judicial ou do Ministério Público, com classificação de bom, e experiência profissional Dr. Manuel Dias da Silva, Juiz Conselheiro – Presidente do Júri
de pelo menos 10 (dez) anos; Dr. Aurélio Simba, Juiz Conselheiro – Vice-Presidente;
d) Possuir idoneidade cívica ou moral; Dra. Elisa Rangel, Juíza Conselheira – Segunda Vogal;
e) Estar no pleno gozo dos direitos civis e políticos; Dra. Solange Machado;
f) Não ter sido condenado por crime doloso punível com pena de prisão maior. Dr. Francisco Luemba.
A Comissão de júri, ora criada, deve iniciar, imediatamente, o concurso.
4.º O requerimento da candidatura é acompanhado dos seguintes documentos: Artigo 9.º
a) Curriculum vitae; (Apresentação de Candidatura)
b) Cópia do bilhete de identidade; As candidaturas são apresentadas mediante requerimento dirigido ao Presidente do Conselho Superior
c) Certificado de habilitações literárias ou comprovativo do pedido de reconhecimento; da Magistratura Judicial, no prazo de 20 dias, contados a partir do dia da segunda publicação da aber-
d) Registo Criminal; tura do concurso;
c) Documentos comprovativos de suporte ao curriculum vitae; O requerimento de candidatura é acompanhado dos seguintes elementos:
f) Outros documentos que os candidatos queiram adicionar. Curriculum vitae;
Cópia do bilhete de identidade;
5.º O Júri do Concurso tem a seguinte composição: Certificado de habilitações literárias ou comprovativo do pedido de reconhecimento;
1- Dr. Manuel Dias da Silva, Juiz Conselheiro - Presidente do Júri; Registo Criminal;
2- Dr. Aurélio Simba, Juiz Conselheiro - Vice-Presidente; Documentos comprovativos de suporte ao curriculum vitae;
3- Dra. Elisa Rangel, Juíza Conselheira- Segunda Vogal; Outros documentos que os candidatos queiram adicionar.
4- Dra. Solange Machado;
5- Dr. Francisco Luemba. Artigo 10.º
(Admissão de Candidaturas)
Visto e aprovado pelo Conselho Superior da Magistratura Judicial, em Luanda, na sessão de 24 de Junho O Júri do concurso publica após a apresentação das candidaturas no Jornal de Angola a lista, por
de 2020. ordem alfabética, dos candidatos admitidos e dos candidatos não admitidos, com indicação da razão
da não admissão das candidaturas no prazo de oito (08) dias úteis .
Publique-se. Os candidatos não admitidos podem, querendo, no prazo de cinco (05) dias após a publicação da lista
dos admitidos, apresentar reclamação a Comissão do Júri, que decidirá no prazo de cinco (05) dias.
O JUIZ CONSELHEIRO PRESIDENTE,
JOEL LEONARDO Da decisão da comissão de júri cabe recurso hierárquico ao Conselho Superior da Magistratura Judi-
cial, que decide em oito (08) dias.
Artigo 11.º
(Critérios de avaliação das candidaturas)
REGULAMENTO DO CONCURSO PARA O PROVIMENTO DE JUÍZES CONSELHEIROS A Comissão de Júri deve elaborar uma pauta de avaliação curricular que estabeleça os critérios de
DO TRIBUNAL DE CONTAS avaliação dos diferentes itens, estabelecidos no presente regulamento, de 0–20 pontos para cada
item.
Artigo 1.º As candidaturas são avaliadas individualmente e ordenadas, com base nos critérios estabelecidos no
(Objecto) presente regulamento:
O presente Regulamento estabelece as regras, procedimentos e critérios do concurso curricular para Ser Magistrado Judicial com avaliação de bom nos últimos cinco anos;
o provimento de vagas de Juízes Conselheiros do Tribunal de Contas. Possuir experiência profissional comprovada;
Artigo 2.º Antiguidade na Magistratura Judicial ou do Ministério Público, Jurista, Economista, Gestor ou similares;
(Âmbito) Grau na formação académica;
O presente regulamento é aplicado aos candidatos que concorrem ao cargo de Juiz Conselheiro do Antiguidade na formação académica;
Tribunal de Contas e o Corpo de Júri. Mérito profissional geral;
Artigo 3.º Experiência profissional reconhecida.
(Regime Jurídico) Artigo 12.º
O Concurso para o provimento de vagas a Juízes Conselheiros do Tribunal de Contas rege-se pelas (Desempate)
normas constantes do presente regulamento e supletivamente, com as devidas adaptações, com base Em caso de desempate, prevalece o tempo de serviço, idade e habilitações literárias.
na legislação em vigor. Artigo 13º
Artigo 4.º (Homologação da Avaliação)
(Abertura do Concurso) Compete ao Conselho Superior da Magistratura Judicial, homologar o apuramento da avaliação final
O Conselho Superior da Magistratura Judicial delibera sobre a abertura do concurso curricular, para da Comissão de Júri, que deve constar de um relatório detalhado e fundamentado e manda publicar
o provimento de vagas para juízes Conselheiros do Tribunal de Contas, que é publicado durante dois o apuramento final no Jornal de Angola.
(02) dias consecutivos, no Jornal de Angola e após a publicação do presente regulamento. Artigo 14.º
Artigo 5.º (Impugnação)
(Requisitos para designação e nomeação dos Juízes) Os interessados podem apresentar reclamação ao Conselho Superior da Magistratura Judicial, sobre
Os candidatos a admitir no concurso devem possuir os seguintes requisitos, descritos no artigo 23.º o apuramento final, até ao prazo de oito (08) dias úteis, após da segunda publicação no jornal de
da Lei nº 13/10, de 09 de Julho, conjugado com o artigo 4º da Lei 19/19, de 14 de Agosto. Angola classificação final.
Ser Cidadão Angolano, com idade igual ou superior a 35 anos; Sobre a decisão final do Conselho Superior da Magistratura Judicial, nos termos do presente artigo e
Possuir licenciatura em direito, economia gestão finanças públicas, ou curso superior similar;
(CONTINUA NA PÁG. 13)
Sexta-feira
10 de Julho de 2020 13
PUBLICIDADE

do anterior, cabe recurso contencioso, até ao prazo de oito (08) dias úteis após a notificação da decisão 4- Relativamente a situação dos Juízes Desembargadores:
referente à reclamação. a) Retomar a formação contínua junto das diversas Câmaras do Tribunal Supremo, os que se encon-
O fundamento da impugnação contenciosa e os respectivos efeitos são os previstos na legislação tram em Luanda, independentemente de serem dos Tribunais da Relação de Benguela ou de Luanda;
sobre a impugnação dos actos administrativos. b) Atender a declaração de voto vencido da Vogal Henrizilda Nascimento, opondo-se à formação con-
Artigo 15.º tínua dos Juízes Desembargadores por inexistência de suporte legal para o efeito;
(Prazo de Validade) c) Necessidade urgente da criação de condições para o funcionamento dos Tribunais da Relação de
O presente concurso tem validade de seis (06) meses, contados a partir da publicação do resultado Benguela e Luanda;
definitivo do concurso. d) Criar um grupo de trabalho para preparar as condições que possibilitem a rápida efectivação do
Artigo 16º funcionamento dos Tribunais da Relação de Benguela e Luanda;
(Comunicação) e) Indicar a Dra. Tatiana Aço como coordenadora do referido grupo de trabalho, devendo integrar a
O Presidente do Conselho Superior da Magistratura Judicial, comunica ao Presidente da República Juíza Conselheira Joaquina do Nascimento e Dra. Henrizilda Nascimento;
de Angola os nomes dos quatro (04) candidatos apurados, para efeitos de nomeação como Juízes f) Recomendar que os vogais apresentem na próxima plenária, propostas concretas para o funciona-
Conselheiros do Tribunal de Contas. mento urgente dos referidos Tribunais;
5- Protelar para próxima Sessão Plenária a discussão sobre a indicação dos Juízes de Direito, Dr. Do-
O Plenário do Conselho Superior da Magistratura Judicial, em Luanda, aos 24 de Junho de 2020. cílio Joaquim Sebastião Francisco Bento e Dra. Antónia Germano Sebastião, a categoria de Inspec-
tores Judiciais;
O PRESIDENTE 6- Celebração de protocolo com outros países para formação de Inspectores Judicias e Contadoria;
JOEL LEONARDO 7- Eleger, por unanimidade, o Juiz de Direito, Dr. João António Eduardo Agostinho, para exercer o
cargo de Secretário Executivo deste órgão;
8- Jubilar por limite de idade (70 anos) o Meritíssimo Juiz de Direito Virgílio Ferreira Castelo David, co-
RESOLUÇÃO N.º /2020 locado no Tribunal Provincial de Benguela, com efeitos a partir do dia 04 de Abril de 2020;
DE 24 DE JUNHO 9- Adiar para próxima sessão o tratamento da proposta referente à jubilação por incapacidade intelec-
PLENÁRIO tual do Meritíssimo Juiz de Direito Dr. Francisco Jai, colocado no Tribunal Provincial do Cunene;
10- Adiar a nomeação para Juiz Desembargador do Dr. Eugénio Domingos.
O Plenário do Conselho Superior da Magistratura Judicial, em sessão realizada no dia vinte e quatro
de Junho de dois mil e vinte, nos termos do n.º1 do artigo 184.º da Constituição da República de
Angola, e, artigo 23.º da Lei n.º 14/11, de 18 de Março, emitiu a seguinte resolução:

1- Deferir o pedido de retorno de transferência para o Tribunal de Comarca do Sumbe, subscrito pelo
Mmo. Juiz de Direito Ereneu Ângelo Máquina;
2- Indicar para a comissão de júri para o concurso de provimento de Juízes Conselheiros do Tribunal
de Contas:

Dr.Manuel Dias da Silva, Presidente;


Dr. Aurélio Simba, Primeiro Vogal e Vice-Presidente;
Dra. Elisa Rangel; Segunda Vogal;
Dra. Solange Machado;
Dr. Francisco Luemba.

a) A Comissão de júri, ora criada, deve iniciar, imediatamente, o concurso;


3- Revogar a anterior Composição do júri, contida no artigo 8.º do Regulamento do Concurso para o
Provimento de Juízes Conselheiros do Tribunal de Contas, aprovado por Resolução do Plenário do
Conselho Superior da Magistratura Judicial de 11 de Março de 2020, por força do n.º 3, artigo 14.º do
Decreto Presidencial n.º 102/11, de 23 de Maio, que dispõe: “Nenhum membro do júri pode ter categoria
inferior àquela para que é aberto o concurso”; (500.0897)

Sonadiets Limitada
Nif: 5401064047

A Sonadiets Limitada, Empresa de Prestação de Serviços à Indústria petrolífera prevê admitir:

POSIÇÃO FORMAÇÃO IDADES ENTRE ANOS DE OUTROS CONHECIMENTOS


EXPERIÊNCIA*

Analista de Controlo de Perfuração Certificado ou Diploma na área relevante 30-50 10 Bons conhecimentos das
ferramentas do MS Office; Primavera; CMMS; SAP

Consultor de segurança marítima Certificado ou Diploma na área relevante 30-50 10 Bons conhecimentos das
ferramentas do MS Office; Primavera; CMMS; SAP

Requisitos Gerais:
• Nacionalidade Angolana
• Experiência de trabalho “offshore “
• Fluência oral e escrita nas línguas Portuguesa e Inglesa.

Documentos a anexar:
Curriculum Vitae
Carta de apresentação
Cópia do B.I.
Cópia dos Certificados/Diplomas
Documento Militar

As candidaturas, indicando a referência da vaga solicitada, deverão ser remetidas por correio electrónico (angola_recruitment@sonadiets.com),
até 10 dias após publicação deste anúncio.

* Anos de experiência no geral, contudo em áreas afins.

Director de Recursos Humanos


ALDINO REMI SACHAMBULA
(500.0906)
14 Sexta-feira
10 de Julho de 2020

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 937 550 262 / 949 770 006
de Segunda a Sexta-feira, das 9h às 14h, e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
aos Sábados e Domingos, das 9h às 14h IMOBILIÁRIO VIATURAS DIVERSOS
VIVENDA, apartamentos T1 TOYOTA Hiace Quadradinho MÁQUINAS de gelo escama, SERVIÇOS de Contabilidade, DESINFESTAÇÃO sem cheiro, E-BOOK como ganhar
Fiscalidade, RH e Gestão de
e T2, loja e terreno de 10 hect.
em Catete-Kiminha, para agri-
diesel Akz 3.700.000, Mitsu-
bishi L200, Akz 6.500.000,
liquidificador, 20/40 L, CX. de
10 mil palitos/picolé, amas- Negócios. Telefs: 946698446,
948027744. (6402)
anti-alérgico, não precisa sair
nem desarrumar. Telefs.:
9.000.000.00 mensalmente
postando links no Google? PRECISA-SE
cultura. Tlf: 923674951(6453) Te l e f o n e s : 9 3 1 1 3 3 6 8 5 ,
IMOBILIÁRIO APARTAMENTOS T3, T2, T1
990328181. (6436a)
sadeira 130L, divisória 36
furos, novos. Telefones.
928648007, 917606962(6466a) Whatsapp: 993814706
(6440a) RESPONSÁVEL de vendas.
936196882, 917747359(6370) MUDANÇA: Residências, escri- José Manuel & Filhos Telefone:
no centro da cidade, na Filda JEEP Honda 1.950000, Nissan tórios, montagem de mobília, PROFESSOR ao domicílio 923275859. (6451)
e P. Nova Vida. Telefones: Xtrael 3.900.000, Toyota 4Run- SERPENTINA, gelado em P/crianças e adultos, desde
912223858, 923444323 (6467) ner 2.200.000,00Kzs. Telf. embalagem, carga, descarga
VENDE-SE 921898252 (6422a)
balde, serra-ossos, churras-
queira a gás, banho-maria
e encaixe e transportes. Ter- o primário ao universitário.

APARTAMENTO T3-suite, R/C.


VIVENDAS T3, R/C, 1º andar,
Vila Clotilde, Bº Azul e Macu- MITSUBISHI Canter 7.500.000
para buffet, mesa Inox. Ter-
minais telefs: 922799624,
D&A DESINFESTAÇÃO sem
cheiro, anti-alérgica, não pre-
minal telef. 929500085(6096) Estrangeiros e nacionais. Tele-
fone: 923336121. (6439) OFERECE-SE
lusso. Telefones: 912223858, Akz negociáveis, Ford Ecosport cisa sair de casa ou desarru- ELABORAÇÃO Projectos 2D,
Cond. Ginga Cristina. 917747359. (6370a) mar. Telf: 938133343.(2020) AULAS ao domicílio Inglês,
19.900.000 Akzs. Telefone. 923444323 (6467a) 6.500.000 Akz. Telefones: 3D e 4D, Construção, Fisca- SENHORA procura emprego
935634953-998634953.(6364) 926962601, 990962601 (6442) lização, Electricidade, Cana- Português, Matemática, Física como arrumadeira, cozinheira
2 MÁQUINA de gelado, picolé, J.R.S, LDA., Serviços fecho
LOJAS 900m , Marginal, algodão-doce, fritadeira, de contas, contabilidade e lização e Pintura. Terminais e Química P/adultos, crianças, ou babá. Terminal telefónicos:
CASAS no Zango 3, T3-suite, 380m2 Kinaxixi e 400m2 Com- VOLVO S40 4.500.000 Akz, chapa de hambúrguer, fiam- estudo de viabilidade. Telfs. telefs: 937771606, 994714051 estrangeiros e nacionais. Tele- 923399519 / 990399519
sala, cozinha, 4.990.000 Akzs. b a t e n t e s . Te l e f o n e s : Kia Sorento Akz 8.600.000. 949544380, 923961926 (6363) (6155) fone: 923336121. (6439a) (6461)
912223858, 923444323 (6467b) Te l e f o n e s : 9 2 6 9 6 2 6 0 1 , breira e tostadeira. Telefons:
Telf. 935634953, 998634953 936196882, 917747359.
(6364a) 990962601 (6442a) PUBLICIDADE
3 PRÉDIOS novos com 7 anda- (6370b)
VIVENDAS e Terrenos na res, 1 Hiper-Mercado com 150 FORD Fiesta 5.500.000 Akz,
Corimba, Talatona, Benfica, lojas em Luanda. Telefones: Ford Edge Sport 12.000.000 Recrutamento de Trabalhadores Temporário
Patriota e Via Expressa. Telefs. 926662211, 941360240. (6465) Akz. Telefones: 926962601,
926662211, 916641319(6009) 990962601 (6442) Empresa de prestação de serviço no sector petrolífero procura para seu cliente os seguintes candidatos:

RESIDÊNCIAS T3, Condomí-


nios: Sequele 7.000.000,00 e
ARRENDA-SE NISSAN Sunny, automático
5.000.000.00 AKz. Telefone:
Vaga Nº de Vagas Requisitos

Vila Flor, Akz 5.000.000,00 924321296 / 994321296 (6452)


APARTAMENTO T2, nas ime- Técnico de Acesso por Corda / Rope 4 Level 1 or 2, IRATA log book, 1 ano de expe-
Akz. Telefones: 995693106, PADARIA Kit, forno, 3 gavetas, Acess Technician riência, BST e demais certificados
995760707 (6252) diações do Candando, Morro TEMOS vários Hiunday H1
Bento, rua asfaltada, água, 2018, ao preço de gás, estufa, amassadeira 50L,
VIVENDA e Apartamento no luz e gerador. 923535900/9 8 . 0 0 0 . 0 0 0 . 0 0 . Te l e fo n e : batedeira 20L, carrinho/pão, Técnico de Testes Não Distrutivo (NDT) 4
Nova Vida, Avenida Brasil, 26300311 (6389) 994321296 / 924321296 balança, tabuleiro. Terminais
Vila Alice e Patriota. Telfs. (6452a) telefones: 936196882,
APARTAMENTO T2, Cmdt. 917747359. (6370c) 2/E (A-III/2), SecondEngineer/Enge- 1 Certificado de competência classe A-III/2, ex-
923056345, 916059846 (6250) nheiro de marinha periência 1 ano na função
Valódia, Bairro Kinaxixi, 5º C A R R I N H A S M a z d a B T,
VIVENDA e anexo inacabados, andar, Akz 120.000.00. Dis- manual diesel, a 3.000.000.00
água, quintal, 13x13m2, bairro pensa-se intermediário. Tele- Akz. Telefone: 924321296 / C/E (A-III/2), Chief Engineer/Enge- 1
da Camama, a 6.500.000,00 fones: 923662266, 944688304. 994321296 (6452c) nheiro de marinha
Kz. Telfs: 912382010. (6249) (6445)
Processos migratórios, vistos, formalidades de
CASA T4, na Ilha do Mussulo
perto da praia, 65.000.000 Kz,
ESCRITÓRIO na baixa, apar-
tamento T2, uma suite, loja PRECISA-SE Coordenador de Operações 1 embarques offshore, compras dentro de
Luanda, carta de condução.
negociável. Telef: 941540104 mais vivenda bem localizada. MOINHO de fuba de bombó e
(6304) Telef: 913739310 (6453a) CAMIÃO cavalo mecânico, de milho, diesel, C/ ignição e ma-
marca Sinotruck, compra Enviar CV detalhado em Inglês, certificados de formação e cédula máritima com registos para
nivela, 25 sacos/hora, novo.
VIVENDA T3, R/C, 1º andar urgente. Telefs: 912790404, Telefs: 936196882, 922799624 marine.hr.luanda@gmail.com até 15 de Julho de 2020.
CASA c/ acabamentos por
terminar, 3 suites, WC, sala, do meio C/ recheio, reparada 923473057 (6350) (6370d) OBS: Deve mencionar a vaga no assunto do email.
cozinha, 2 despensas e escri- n a M a rg i n a l . Te l e fo n e s : Contrato para uma viagem de 3 meses e salário muito atractivo.
tório, Zona Verde. Telefones: 912223858, 923444323 (6467c) TERRENO murado, junto ao- Luanda, 07/07/2020.
923429748 (6324) Colégio Rivior (Nova Vida) (6482)
LOJAS e apartamentos no 25/30, C/ água e luz. Telefs:
CASAS T3 (suite) evolutivas, Patriota e Benfica T1, T2, T3.
Te l e f o n e s : 9 2 6 6 6 2 2 1 1 , 925254354, 995216174(6383)
Zango zero, a 3.500,000 Kzs,
n e g o c i á v e l . Te l e f o n e s : 941360240. (6465a)
TERRENOS e Casas pronto a
999002255/927972050 (6396)
APARTAMENTOS T1, T2 e T3 DIVERSOS entrar, no Lar Patriota. Telfs.
923426010, 990426010(6382)
CASAS T3+1, evolutivas, Con- C/ ou S/ mobília, na Marginal
domínio fechado, Viana a Cruzeiro e Kinaxixi. Telefones:
912223858, 923444323 (6467d) TERRENOS 30/20, no Benfica,
8.850.000Kz, a prestação. Tlfs:
927972050/999002255(6396a) VENDE-SE junto à via expressa, Benvindo
Projecto. Telefs. 923426010, ABANDONO DE TRABALHO
990426010 (6382a)
APARTAMENTO T3, no Nova
Vida, R/C, tanque de água, CAMPAS granito e mármore, A Empresa LUMINAS- Sociedade Mineira Lda., localizada na Rua Rio Longa n.º 10, Bairro Jardim do Éden-Ca-
montagem, gravação, cabe- TERREANOS 4 hectares, ve-
climatizado. Telf: 931316444 dado, no Kinaxixi, junto ao mama, vem, por intermédio da presente, informar que o trabalhador abaixo mencionado:
(6338) ceiras, fotos. Casa dos Gra-

VIVENDA T3, no Maculusso


VIATURAS nitos. Telefones: 921662309,
990591646. (6142)
Canal de água. Telefones:
923426010, 990426010 • Willandrs da Ressurreição Muanda Miguel.
C/escritura, garagem P/5 via- (6382b)
turas. Telefones: 924593821, TERRENO no Mussulo, 1.8000
912648011. (6423) m2, 3 casas, piscina, junto à CÂMARAS Frigoríficas à ven- Encontra-se ausente do seu posto de trabalho, há mais de 60 dias, sem informar a Entidade Patronal os motivos

VIVENDA T3 R/C, 1º andar,


VENDE-SE Roça das Mangueiras, nego-
ciáveis. Telefs: 924037375,
da, de 20 e 40, Peixe e Terreno
de 5 hectares no Kikuxi. Telefs.
da sua ausência.

na Cabral Moncada, C/escri- 923401470. (5968) 923576820, 919796645(6415a)


tura, garagem P/5 viaturas. RANGE ROVER Tubarão, 5 Deste modo, informamos ao mesmo para comparecer na Empresa, afim de justificar formalmente a sua ausência
Telefs: 924593821, 912648011. portas, 50.000Km, automático, COLCHÕES Kamaflex - cama, TERRENO 60x40m, vedado, no prazo de três (3) dias, após a publicação do presente anúncio, o não cumprimento desta obrigação implicará
(6423a) gasolina, LD-20-42-BB0, impe- estrados, bases, berços, almo- documentado, na Zona Verde
cável. Telefones: 924745722, fadas, lençóis, tapetes, rua rescisão do contrato, nos termos do que se dispõe alínea c) n.º 2 do artigo 229 da LGT.
(Santa Marta), a 10.000.000,00
VIVENDA T3 R/C, 1º andar no 991745722 (6269) Maianga. Terminais telefs: Kzs negociáveis. Telefone:
Alvalade C/escritura, garagem 938910826, 991910826. 990397218 (6400) Luanda, 06 de Julho de 2020.
P/ 4 v i at u ra s . Te l e fo n e s : CHEVROLET Spark, automá- (6261)
924593821, 939519628. (6423b) tico, A/C, 2014, valor: BOMBA de combustível con-
1.250.000 Kz, negociável. Te- TERRENOS 20x30, já mura- O Presidente do Conselho de Gerência
tentorizada, pronta a funcio-
APARTAMENTO T2 no Cas- lefone: 941540104 (6304a) dos, Kifica, 11 de Novembro nar por Akz 15.000.000.00. Eng.º António Garcia da Silva
e Patriota, água e luz. Telefs:. (6449)
senda, 2º andar, contactar Sr. Te l e f o n e s : 9 9 1 5 7 3 1 4 2 ,
Abdul Vicente: Telefones: KIA RIO, impecável, a 930580930, 995638782(6366) 931133685. (6436b)
924567379 /912974922(6424) 4.700.000 Akz, negociável.
997179915, 931496666 (6325) TERRENOS de 20x30, com TERRENO 80x60, 75.000.000
T5 no Cond. Jardim de Rosa, boa localização, Ramiros, a
PICANTO 2.900.000 Akz, Jimny partir de 700.000 Akz. Telefs:. Akz, no Benfica. Telefones:
e Terrenos no Benfica. Telfs. 924789389, 925330734 (5994j)
923576820, 919796645(6415) 3.300.000 Akz, ix35, Tucson, 993795911, 946431462
4.800.000 Akz, Prado TXL (6366a)
Telefs: 944789955 (6339) TERRENO 2 hect. 300.000.000
CASAS T3 suite, Condomínio Akz, Benfica c/ armazém, casa REPÚBLICA DE ANGOLA
fechado, Viana Kikuxi, Akz e tanque de água. Telefones: MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E DOS DIREITOS HUMANOS
9 . 0 0 0 . 0 0 0 . Te l e f o n e s : FORD Ranger, 100Km, caixa
manual, Akz. 6.500.000. Telfs: 924789389, 925330734 (5994l) TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
991070128, 946830844. (6432)
928237425, 926363340(6391) SALA DE FAMÍLIA – 1.ª SECÇÃO
TERRENOS localizados no
CASAS T3, 9 milhões e T5 14 canal do Kikuxi, 5 hectares,
FIAT Panda, manual, AC,
milhões/ponta da rua no
Zango 3, Tlf: 945041189, motor seco, por Akz. 150.000.000.00. Telefone: ANÚNCIO
2.500.000,00Kzs negociável. FORNO Rotativo Industrial, 924321296 / 994321296 Processo n.º 1861/D-2019 1.ª Publicação
993814706 (6440) (6452b)
Telf: 995126945 (6391a) diesel, amassadeira, carrinho
novo, recém chegado. Telef:
CASAS T3, evolutivas, Zango JEEP Honda 1.950000, Nissan 922204848. (6254) ==== Faz-se saber que, por este Tribunal Provincial de Luanda, 1.ª Secção da Sala de Família, correm éditos
2, Akz 2.000.000, 3.000.000.
Telefone: 925354487. (6432a)
Xtrail 3.900.000, Toyota 4Run-
ner 2.200.000,00Kzs. Telf. RAIO-X Portátil e uma Cadeira
NEGÓCIOS de trinta dias, citando o Réu Jânio Denilson Valente Manuel, residente em parte incerta, para querendo, con-
921898252 (6422) de Estomatologia. Telefones. testar, no prazo de trinta dias, findo o da dilação de igual duração, a Acção de Divórcio Litigioso, que é Autora
MARIMÓVEIS - Vivenda T4 924960956, 994960956(6001) AGÊNCIA - oferecemos do-
R/C 1º andar, piscina, mobi- TOYOTA Runner 3.000.000 mésticas, babás, cozinheiras Nilda Solange José Maria Sumbe, na qual, em resumo, pretende que seja citado o réu, conforme consta da
lado Akz 450.000, Talatona Kzs, Ford Figo 2.100.000Kzs, MÁSCARAS, viseiras, luvas, (os), profissionais de limpeza
Apt. T1 reparado, Maculusso. e motoristas. Terminal tele- petição inicial, cujo duplicado se acha patente no Cartório do Tribunal Provincial de Luanda, 1.ª Secção da Sala
Hiace Jinbei 1.900.000Kzs. batas descartáveis, álcool gel
Telefone: 923336113. (6434) Telfs. 916573737, 946803517 e uniformes profissionais. Telf: fónico: 921990618. (6298) de Família, sita em Luanda, Distrito da Maianga, Rua Ngola Mbandi, Vulgo Rua dos Quartéis junto ao INAC.-
(6380) 927823491. (6271)
VIVENDA T3, no Condomínio T.A.M.D-Desinfestação sem Luanda, 01 de Julho de 2020.
da Sonangol GEPA, ao Gamek HYUNDAI Santa Fé, Mitsubishi, TRANSFORMADOR PT, 630 cheiro, todo apartamento por
à direita Akz: 58 milhões nego- Pagero, Nissan Kiks, todos Kva, linha 15 a 6.000.000 Kz, 15.000Kz. Terminais telefó- O JUIZ DE DIREITO A ESCRIVÃ DE DIREITO
ciáveis. 939795991/918652114 s é r i e L D - H D . Te l e fo n e s : negociável. Terminais telefs: nicos: 944568941/996378599
(6437) 991573142, 931133685. (6436) 912913168, 923472729(6346) (6342) Dr. Gerson Damião Josefa Sebastião (6408)
Sexta-feira
10 de Julho de 2020 15
PUBLICIDADE

(500.0890)

Nota da Convocação das Eleições da OEA


Respeitando, o Estatuto da Ordem dos Engenheiros de Angola, (OEA), o seu Regulamento Eleitoral e toda Legis-
lação vigente, o seu Bastonário torna pública a convocação das eleições para os Órgãos Sociais da Ordem dos
Engenheiros de Angola (OEA), referentes ao quadriénio 2021/2024,

1. São convocados os membros da OEA em pleno gozo dos seus direitos, a participar no acto eleitoral que se rea-
lizará no dia 07 de Novembro de 2020.

2. É nomeada a Comissão Eleitoral Nacional – CEN - que entra imediatamente em funções a partir desta data e
com a seguinte composição:

FUNÇÃO NOME N.º DE MEMBRO

Presidente MARIA FERNANDA CAMPOS FLORA 47


Secretário ARÃO BAMANA 259
Vogal ANAZ VIDRO 583
Vogal RAUL BAPTISTA DOMINGOS PACHECO 3864
Vogal RÓMULO ANGELINO GONÇALVES MUCAZE 580
Vogal EDUARDO MAXIMILIAN S. CARDOSO 1066

ELEIÇÕES PARA OS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS DE ANGOLA (OEA)


REFERENTES AO QUADRIÉNIO 2021/2024

Calendário de Actividades

Convocação das Assembleias Eleitorais 17 de Agosto


Divulgação dos Cadernos Eleitorais 17 de Agosto
Recepção das Candidaturas 7 de Setembro
Campanha Eleitoral 12 de Outubro a 5 de Novembro
Envio de Boletins de Voto Até 26 de Outubro
Constituição das Mesas de Voto 2 de Novembro
Realização do Acto Eleitoral Sábado, 7 de Novembro

3. É da inteira responsabilidade da Comissão Eleitoral Nacional a condução e o desenvolvimento das acções para
o êxito das eleições, tendo em consideração o calendário de actividades aprovado pelo Conselho Directivo.

ORDEM DOS ENGENHEIROS DE ANGOLA, AOS 07 DE JULHO DE 2020

O BASTONÁRIO
AUGUSTO PAULINO DE ALMEIDA NETO
(6021) (6410)
16 Sexta-feira
10 de Julho de 2020

(500.0882)
(500.0911)

(700.053)
Sexta-feira
10 de Julho de 2020 17
PUBLICIDADE

(500.0882a)
18 NECROLOGIA Sexta-feira
10 de Julho de 2020

CONDOLÊNCIAS FALECEU FALECEU FALECEU

LUÍSA SOARES DA SILVA

Brígida da Conceição da Silva, Hélio Roberto da Silva Carvalho,


Celso Hildebrando da Silva, netos e bisnetos comunicam o fale-
cimento da sua mãe, avó e bisavó, LUÍSA SOARES DA SILVA,
ocorrido a 9 de Julho de 2020. O funeral realizar-se-á em data a
anunciar oportunamente. (500.0907)

ANTÓNIO DA SILVA IZATA FELICIANO SIMÃO SUZANA MALAQUIAS


JÚNIOR (Tó Izata) ALFREDO JUNQUEIRA DE OLIVEIRA

António Gaspar Jordão e família, cons- Leopoldina Gonçalves Pedro (esposa), Cândido Feijó, Nelson Feijó, António
ternados pelo falecimento do colega e Lita Junqueira, Marcelina Junqueira, Santa Feijó, Fernando Feijó e Neusa Feijó cum-
amigo ANTÓNIO DA SILVA ISATA Jr., Junqueira, Maria Manuel da Silva, Nazaré prem o doloroso dever de comunicar
endereçam à família enlutada os mais Manuel da Silva (irmãs), Etelvina Junqueira o falecimento de sua querida mãe FALECEU
profundos sentimentos de pesar. Paz à e Maria da Conceição Junqueira (filhas) SUZANA MALAQUIAS DE OLIVEIRA,
sua alma. (6427) comunicam o falecimento do seu ente ocorrido dia 7/7/2020, em Luanda. O
querido FELICIANO SIMÃO ALFREDO funeral realizar-se-á em data a anunciar
LUÍSA SOARES DA SILVA
JUNQUEIRA, ocorrido dia 7/7/2020, por oportunamente. Que a sua alma descanse
doença, em Luanda. O óbito decorre em em paz. (6457)
sua residência, no Zango 2. (6450) Sebastião Soares da Silva, Avelino Soares da Silva e José Soares da
Silva comunicam o falecimento da sua irmã, LUÍSA SOARES DA
SILVA, ocorrido a 9 de Julho de 2020. O funeral realizar-se-á em
FALECEU FALECEU FALECEU data a anunciar oportunamente. (500.0907a)

RECORDAÇÃO

SUZANA MALAQUIAS SUZANA MALAQUIAS SUZANA MALAQUIAS FRANCISCA DOMINGOS CADETE GASPAR
DE OLIVEIRA DE OLIVEIRA (Mãe Suzana) DE OLIVEIRA (Mana Chica)
Passos da Silva Feijó (esposo), filhos, Francisco Jeremias, José Sátiro, Sátiro Mãe! É a palavra chave com um significado (10/07/1931 --10/07/2020)
netos, genrose noras cumprem o doloroso de Oliveira, Joana Filomena (irmãos), tão amplo "amor, protecção e direcção", Querida Mãe e Avó. Hoje despertamos com o peso redobrado da
dever de participar o falecimento de Manuela, Sélio, Kâtia, Andreza e Vanilson sendo que a Mãe Suzana, irmã, tia e avó, saudade, por não mais te ter entre nós no dia em que completarias
sua querida SUZANA MALAQUIAS DE (sobrinhos e netos) cumprem o dolo- representou tudo isso nas nossas vidas. mais uma risonha primavera. As saudades que deixaste são
OLIVEIRA, ocorrido dia 7/7/2020, em roso dever de comunicar o falecimento Ficaremos com a sabedoria, a tranqui- imensas, mas não é maior do que a gratidão que temos por teres
Luanda. O funeral realizar-se-á em data de sua querida SUZANA MALAQUIAS lidade e o amor que mesmo com aquela dedicado toda tua vida em prol dos que mais amavas nesta vida
a anunciar oportunamente. Que a sua DE OLIVEIRA (Mãe Suzana), ocorrido calma deixou como legado. De tua família: que te eram muito queridos. Seguimos vivendo um dia de cada
alma descanse em paz. (6457a) dia 7/7/2020, em Luanda. O funeral Oliveira, Alves, Teixeira e Feijó. vez, na esperança do reencontro na eternidade. Feliz aniversário
realizar-se-á em data a anunciar (6457c) Mãe e Avó Chica, que a tua alma descansa em paz. (6454)
oportunamente. (6457b)
PUBLICIDADE
FALECEU MISSA FALECEU
CONSULTA PÚBLICA PARA
FORNECIMENTO DE MATERIAL
DE BIOSSEGURANÇA E SERVIÇOS

ANÚNCIO

JOSÉ MANUEL DÓ JAIME DA COSTA QUIOCO ELISA ANTÓNIO MANUEL Condomínio residencial privado, situado a Sul de
(Jaimito) GARCIA NETO Luanda, pretende lançar uma consulta para forneci-
A família Dó, filhos, genros, noras, netos, Beatriz Zito (mãe), Jaime Zito (pai), Maura A família Garcia Neto comunica o fale-
mento de Material de Biossegurança e Serviços.
trinetos e sobrinhos cumprem o doloroso (esposa), Minoca, Manucho, Tubia, Edna, cimento de ELISA ANTÓNIO MANUEL A consulta é composta por 3 lotes de serviços, distri-
dever de comunicar o falecimento do Maninho, Graciete, Mãezinha, Jesus, Neid GARCIA NETO, ocorrido dia 6/7/2020.
buídos da seguinte forma:
seu ente querido patriarca, JOSÉ MANUEL Dias, Rodny, Neid Quico, Valéria (irmãos) O funeral foi realizado ontem, quinta-
DÓ, ocorrido no dia 8/7/2020, em Luanda. comunicam que será rezada missa do 30º feira, dia 9/7/2020, no cemitério de
O funeral realizar-se-á em data a anunciar Dia em memória de JAIME DA COSTA Sant'Ana. A família agradece a todos • Lote 1 - Fornecimento, Suporte e Manutenção de
oportunamente. (6455) QUIOCO, hoje, sexta-feira, dia 10/7/2020, que acompanharam a sua querida até
às 7h00 da manhã, na residência de sua mãe, à sua última morada. Paz à sua alma.
Equipamentos de Biossegurança
sita no Bairro da Cuca, defronte à Gráfica das (6456) • Lote 2 - Fornecimento de Materiais consumíveis de
Edições Novembro. Paz à sua alma. (6473) Biossegurança
• Lote 3 - Fornecimento de Serviços (Montagens,
FALECEU FALECEU FALECEU
C.Civil, Comunicação visual, ...)

As entidades e empresas interessadas deverão en-


viar até às 15h00 do dia 15/07/2020, um e-mail para
info.cahc19@gmail.com, com o título “Ref.CAH20-
CPC19”, contendo os seguintes elementos:
- A demonstração explícita de intenção em participar
ADNER ELÍSIO CIPRIANO BERNARDO SERÓDIO TRIGO BERNARDO SERÓDIO TRIGO da consulta;
ROSA (Zequinhas) - Indicar o(s) lote(s) de serviço em que pretende par-
José Elísio Rosa Sobrinho (pai), Maria Maria Joaquina da Silva, Fausto Seródio, Maria de Fátima Pedro Paulino (esposa), ticipar, em concurso;
Manuela Cipriano (esposa), Sílvia, Nato, Marcelino Filipe (tios), Teresa Barros, filhos e demais familiares têm o doloroso - Carta de apresentação (Nome da entidade, Ende-
Dorita, Osânia, Leide, Ludmila, Faruque, Severino Neto, Carlitos Trigo (irmãos), Igor dever de comunicar o falecimento de
Nino, Josi, Prescília, Dklerk e Elísio Trigo, Ivone Trigo (filhos), Edson Silva, Lis- seu ente querido BERNARDO SERÓDIO reço, Pessoa referência para contacto com o nome /
(irmãos) têm o doloroso dever de comu- sandro Filipe, Mónica Seródio (primos), TRIGO, ocorrido dia 8/7/2020, na África número de telefone / e-mail / função, Objecto social
nicar o passamento físico de seu ente sobrinhos, netos e nora comunicam o fale- do Sul, por doença. O funeral realizar-
querido ADNER ELÍSIO CIPRIANO ROSA, cimento de BERNARDO SERÓDIO TRIGO, se-á em data a anunciar oportunamente.
e anos de actividade activa que demonstre a idonei-
ocorrido no dia 5/7/2020 em Luanda. O ocorrido dia 8/7/2020, na África do Sul, (6479a) dade da entidade, trabalhos recentes neste domínio
funeral realiza-se no dia 10/07/2020, as por doença. O funeral realizar-se-á em e clientes de referência).
10H00, no cemitério da Santa Ana. (6478) data a anunciar oportunamente. (6479) (6447)

SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 9H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 8H ÀS 14H
Sexta-feira
10 de Julho de 2020 19
PUBLICIDADE

Anúncio de vagas
WORLD VISION INTERNATIONAL, Não Governamental, constituída ao abrigo das leis dos Estados
Unidos de América, com sede em Califórnia, Estados Unidos de América, com filial em Angola, sita
no Condomínio Ocean Ville , casa 126 , Via S8, Talatona, Belas, Luanda, registada no Ministério da
Justiça sob o número 06/05, contribuinte número 7401011670, está a recrutar a seguinte vaga para
a Província de Cabinda.

Gestor/a de Projecto (Cadeia de Valor Agrícola)

O Gestor do cargo deverá velar pela correcta e pontual Implementação das actividades e a consecu-
ção das metas programáticas e financeiras previstas no plano de trabalho, com o fim de garantir os
objectivos do projecto.
As principais funções da posição prevêem, entre outras:
Representação institucional: o/a Gerente será responsável de representar WVA no Projecto, velando
pela boa reputação e o desenvolvimento institucional da WVA.
Orientação técnica: o/a Gerente será responsável de brindar orientação metodológica para a correcta
implementação técnica do componente de crédito, com o fim último de incrementar o acesso, gestão
e monitoramento da cessão de microcrédito a pequenos produtores.
Gestão geral: o/a Gerente é responsável pelo geral bom funcionamento do componente, através a
oportuna gestão dos recursos à disposição.

Requisitos:
• Licenciatura /Diploma em agronomia, ou ciências económicas
• Pós Graduação (Mestrado, Doutoramento) em matérias de desenvolvimento altamente desejável;
• 10 anos de experiência numa posição semelhante
• Conhecimento e experiência de gestão de projectos de agricultura e microcrédito, assim como de
metodologias de acesso e manejo de crédito e fortalecimento de cadeias produtivas para pequenos
produtores;
• Experiência de gestão de projectos financiados por agências multilaterais.
• Experiência de trabalho em ONGs de preferência com a compreensão das políticas dos doadores
institucionais.
• Domínio da Língua Portuguesa e Inglesa falada e escrita.
• Domínio em Word, Excel e PowerPoint
• Experiência em gestão de equipas.
• Perfil inovador e empreendedor, capaz de se relacionar com diferentes actores, como parceiros na-
cionais e internacionais.

Os interessados devem enviar as suas candidaturas com a referência da vaga para o endereço elec-
trónico: ango_recruitment@wvi.org até ao dia 20 de Julho de 2020.
(500.0910) (500.0909)

REPÚBLICA DE ANGOLA
GOVERNO PROVINCIAL DE LUANDA
ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE VIANA

EDITAL Nº 37/2019
Tendo, a Empresa GHCB ANGOLA-GUAGXI HYDROELETRIC CONSTRUTION BEREAU S.A., requerido uma
parcela de terra com uma área total de 25711.00 m2,localizada no Bairro Capalanga, Distrito Urbano de Viana, Mu-
nicípio de Viana, com as seguintes confrontações:

Norte: Com rua projectada.


Sul: Com rua projectada.
Este: Com rua projectada.
Oeste: Com terreno municipal.
Com coordenada geográfica: Pcentral:8°56'00.80"S e 13°25'57.74"E

São, por este meio, convocadas todas as pessoas, singulares ou colectivas, que se julgarem com direito sobre o
mesmo terreno a virem comprová-lo junto da Direcção Municipal de Infra-Estruturas, Ordenamento do Território e
Habitação desta Administração Municipal, no prazo de 30 dias a contar da data da publicação deste Edital.

ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE VIANA, EM LUANDA, 29 DE NOVEMBRO DE 2019

O ADMINISTRADOR MUNICIPAL
FERNANDO EDUARDO MANUEL
(6384)

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DA SAÚDE
HOSPITAL PSIQUIÁTRICO DE LUANDA (5729)
GABINETE DA DIRECTORA GERAL

AUTO ABANDONO DE LUGAR


A Direcção Geral do Hospital Psiquiátrico de Luanda solicita a comparência dos funcionários JOÃO BIANANI
LUBANZADIO - Técnico Médio de Enfermagem Especializado de 3.ª Classe e ELIZABETH ALBINO FAUS-
TINO - Técnica Superior de Diagnóstico Terapêutico de 2.ª Classe, colocados nesta instituição, e que nos
termos do Decreto Lei 33/91 de 26 de Julho, artigo 46.º, se encontram em situação de Abandono de Lugar,
pelo facto de estarem ausentes dos serviços há mais de 30 dias úteis, sem qualquer justificação prévia.

Informa-se ainda, que se no prazo de 48 horas a contar da dta da publicação do presente anúncio, não apre- CAMPAS EM GRANITOS E MÁRMORE MAIS DE 30 MODELOS EM EXPOSIÇÃO
sentarem justificação pelas faltas cometidas, se efectivará o processo de Auto de Abandono de Luagar de GRAVAÇÕES EM ALÇADO, FOTOS E ACESSÓRIOS FÚNEBRES
acordo o previsto pela referida lei.

HOSPITAL PSIQUIÁTRICO DE LUANDA, AOS 08 DE JULHO DE 2020. Nova loja no Morro Bento, em frente ao retorno da Multiperfil
A DIRECTORA-GERAL Fábrica: Estrada de Viana, Km 25 / Tel. (+244) 946 600 163 - 938 422 420
ANTÓNIA MENDES FERREIRA DA COSTA DE SOUSA Email: geral@ladystone-angola.com (5853)
(6385)
20 Sexta-feira
10 de Julho de 2020

REPÚBLICA DE ANGOLA
GOVERNO DA PROVÍNCIA DE LUANDA
COMUNICADO ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DO CAZENGA
GABINETE DO ADMINISTRADOR
LIQUIDAÇÃO E PAGAMENTO DO IMPOSTO INDUSTRIAL PROVISÓRIO
PARA CONTRIBUINTES DO GRUPO B ANÚNCIO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO DE CONCURSO PÚBLICO
Concurso Público n.º 01/2020
A Administração Geral Tributária (AGT) comunica que está em curso, o prazo para liquidação e pa-
gamento do Imposto Industrial, decorrente das vendas e prestações de serviços não sujeitos à reten-
ção na fonte, referentes ao exercício de 2020, cujo termo verificar-se-á a 31 de Julho do corrente ano. Administração Municipal do Cazenga vem tornar público, nos termos do disposto
Não obstante o sentido de responsabilidade que cada contribuinte deve observar, no cumprimento no n.º 1 do artigo 69.º e do Anexo VI, da Lei n.º 9/16, de 16 de Junho - Lei dos
das suas obrigações, esta administração, na execução do seu dever de prestar informação pública
sobre os direitos e obrigações dos contribuintes, à luz da alínea a), n.º 2 do artigo 84.º do Código Contratos Públicos, que estão abertos os Concursos Públicos para:
Geral Tributário, aprovado pela Lei n.º 21/14, de 22 de Outubro (CGT), relembra o seguinte: • Empreitada de Construção da Rua Terra Vermelha;
1. A autoliquidação provisória do Imposto Industrial deve ser efectuada, mediante a aplicação de uma • Empreitada de Construção da Rua 7.ª Avenida;
taxa de 2%, sobre o volume total das vendas efectuadas pelos contribuintes do Grupo B, nos primeiros
6 (seis) meses do exercício de 2020, de acordo com o artigo 66.º do Código do Imposto Industrial, • Construção e Apetrechamento de uma Escola de 7 salas de aulas no Distrito
aprovado pela Lei n.º 19/14, de 22 de Outubro; Urbano do Kima Kieza;
2. Os contribuintes que tenham apresentado prejuízo no exercício anterior, estão dispensados desta • Reabilitação da Escola Primária n.º 3003, localizada no Distrito Urbano do Hoji
obrigação, conforme preceitua o n.º 10 do artigo 66.º, com a nova redacção que lhe foi introduzida ya Henda;
pela Lei n.º 4/19 de 18 de Abril, que altera o Código do Imposto Industrial;
• Reabilitação da Escola Primária n.º 3006, localizada no Distrito Urbano do Hoji
3. Esclarece-se que, os contribuintes cuja actividade esteja no âmbito dos poderes de supervisão do ya Henda.
Banco Nacional de Angola, da Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros, Instituto
de Supervisão de Jogos e Comissão de Mercado de Capitais, efectuem a liquidação e pagamento do
imposto mediante a aplicação da taxa referida no ponto 1, do presente comunicado, utilizando como DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO
base de cálculo do imposto, o total do resultado derivado de operações de intermediação financeira a) Declaração, onde consta indicação do nome, número de bilhete de identidade
ou prémios de seguro e resseguro e dos jogos, apurados nos primeiros seis (6) meses do exercício
anterior, excluindo os proveitos dos sujeitos ao Imposto sobre Aplicação de Capitais;
e domicílio, Número de Identificação Fiscal (NIF), tratando-se de pessoas sin-
gulares, ou denominação social, sede, sucursais que devam estar envolvidas
4. Mais informamos que, o Documento de Cobrança (DC) deve ser exclusivamente destinado à liqui- na execução do contrato, nomes dos titulares dos seus órgãos de administração,
dação e pagamento provisório do Imposto Industrial, não sendo permitido qualquer referência à liqui-
dação e/ou pagamento de outro tributo ou acréscimo legal, incluindo o Imposto Industrial ao abrigo direcção ou gerência e de outras pessoas com poderes para a obrigarem, Re-
de outro regime; gisto Comercial ou equivalente, tratando-se de pessoas colectivas.
b) Comprovativo da titularidade de habilitação profissional Alvará de
5. De forma a evitar eventuais constrangimentos nas Repartições Fiscais, mormente, na iminência
do termo do prazo para pagamento, a AGT solicita a colaboração dos contribuintes, no sentido de obras Públicas.
procederem à liquidação e pagamento provisório do Imposto Industrial com a maior brevidade possí- c) Certificado de Registo Estatístico.
vel, através de qualquer canal de pagamento, Multicaixa, Banco ou Repartição Fiscal. d) Comprovativo da situação regularizada relativamente às contribuições para
GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL, em Luanda, aos 8 de Julho de 2020. Segurança Social (INSS).
O Director
e) Comprovativo da regularização da situação tributária perante o estado
BRÁULIO E. ASSIS angolano.
(500.0902b)
f) Comprovativo da entrega da declaração fiscal mais recente.
A apresentação do documento de Certificação de Fornecedor do Estado passado
pela Direcção Nacional do Património do Estado (DNPE), dispensa a apresen-
tação dos documentos de habilitação constantes do presente número, nos ter-
mos do Decreto Presidencial n.º 198/16 de 26 de Setembro, sobre o Cadastro e
Certificação de Fornecedores do Estado.

PRAZO PARA APRESENTAÇÃO DAS CANDIDATURAS


COMUNICADO As candidaturas deverão ser remetidas no prazo de 10 (Dez) dias a contar da
data da publicação.
AGT REALIZA LEILÃO ONLINE DE MERCADORIAS DIVERSAS
CONDIÇÕES PARA OBTENÇÃO DAS PEÇAS DO PROCEDIMENTO
Havendo necessidade de se empreender uma nova dinâmica na venda em hasta As peças de procedimento estarão disponíveis na Unidade de Contratação Pú-
blica da Administração Municipal do Cazenga.
pública das mercadorias abandonadas, demoradas e confiscadas, convindo a op-
As peças do procedimento serão adquiridas após o pagamento da taxa no valor
timização dos locais designados que actualmente acumulam quantidades signi-
de KZ: 50.000,00 (Cinquenta Mil Kwanzas) para reabilitação e construção de
ficativas de mercadorias, a Administração Geral Tributária, vai realizar no dia 12
Escolas, e KZ: 80.000,00 (Oitenta Mil Kwanzas) para construção de Ruas, nos
de Julho, o primeiro leilão online. termos do n.º 2 do artigo 5º do Decreto Presidencial nº 196/16 de 23 de Setem-
bro, do Regulamento Sobre a Taxa a Cobrar pela Disponibilização das Peças
A mercadoria a licitar é composta por lotes de produtos diversos como peças de do Procedimento de Contratação Pública.
automóveis, equipamento hospitalar, brinquedos, vestuário, material de constru- A condição para obtenção das peças será mediante a apresentação do compro-
ção civil, material informático, perfumes, electrodomésticos, equipamento des- vativo do pagamento da taxa.
portivo e cosméticos.
ENDEREÇO
Os interessados em participar, deverão sujeitar-se ao cumprimento dos termos A Unidade de Contratação Pública está localizada na Rua dos Comandos, Dis-
de arrematação das mercadorias e ou dos meios de transporte apreendidos, trito Urbano do Tala Hady, 1.º andar do Edifício da Administração Municipal do
Cazenga.
perdidos ou abandonados, previstos no Código Aduaneiro, bem como no De-
Telemóvel: 940141185
creto Executivo Conjunto n.º 12/95, de 28 de Abril, que aprova os prazos legais
Correio electrónico: ucpcazenga2019@outlook.pt.
de armazenagem.
“JUNTOS PELO DESENVOLVIMENTO”
Para mais informações, deverá consultar os termos e condições de como parti-
cipar no website https://leilaoagt.minfin.gov.ao ou enviar um e-mail para lei- GABINETE DO ADMINISTRADOR MUNICIPAL, LUANDA, AOS 10 DE JULHO
lao.agt@minfin.gov.ao. DE 2020.

GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL, em Luanda, aos 7 de Julho O ADMINISTRADOR MUNICIPAL


ALBINO DA CONCEIÇÃO JOSÉ (500.0908)
de 2020.
O Director
BRÁULIO E. ASSIS
(500.0902)
Sexta-feira
10 de Julho de 2020 21
PUBLICIDADE

COMUNICADO
A Brasafrica Limitada, empresa de direito angolano, que actua na área agrí-
OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS APÓS EMISSÃO DO NÚMERO
DE IDENTIFICAÇÃO FISCAL
cola e pecuária prevê admitir:
ADMINISTRADOR DE FAZENDA
Considerando a recorrência de pedidos de perdão de dívidas tributárias, dirigidos a esta Admi-
nistração, sob a alegação de que, após a obtenção do Número de Identificação Fiscal (NIF), o Requisitos Gerais:
contribuinte nunca chegou a exercer qualquer actividade, por motivos vários e, atendendo que
a informação sobre as obrigações tributárias inerentes ao procedimento de constituição de so- • Nacionalidade angolana;
ciedades comerciais ou de formalização como comerciante em nome individual é prestada no • Formação superior em Administração, Agronomia ou áreas afins;
acto de obtenção/emissão do NIF, a AGT, no cumprimento do seu dever de prestar informação
pública sobre direitos e obrigações dos contribuintes, à luz da alínea a), n.º 2 do artigo 84.º do • Ter 5 anos de experiência comprovada em trabalho efectivo;
Código Geral Tributário, esclarece o seguinte: • Experiência com produção e colheitas e manejo de gado;
1. Aquando da obtenção do NIF, na sequência da constituição de uma sociedade comercial ou
de formalização como comerciante em nome individual, o novo ente ganha reconhecimento
• Conhecimentos específicos maquinários e manutenção de máquinas;
fiscal ficando sujeito, a partir da emissão, a quaisquer obrigações tributárias que lhe sejam • Conhecimento em elaboração de índices de desempenho para apresen-
aplicáveis; tação à direcção;
2. O contribuinte pode, por sua iniciativa, solicitar a suspensão do NIF junto da repartição fiscal do
seu domicílio, se não estiver a exercer a actividade económica ou comercial que se propunha;
• Pacote Office intermediário - especialmente Excel;
3. Nas situações em que o contribuinte não apresente a declaração de suspensão da sua ac- • Experiência em Produtividade dos campos, monitoramento de pragas,
tividade, ainda que não tenha exercido actividade, não fica desonerado das responsabilida- adubações e correcções dos campos;
des tributárias. A Administração Tributária pode apurar a dívida tributária,nos termos da
legislação aplicável, mediante recurso a elementos indirectos ou de base presumida;
• Desenvolver e dar suporte para a equipe da unidade de produção, fazendo
a gestão da equipe; e
4. Nos termos das disposições normativas do Código Geral Tributário o conceito de dívida tri-
butária não abrange apenas os tributos em falta, integra igualmente as multas, juros e adicio- • Monitorar e controlar o sector de segurança do trabalho.
nais, decorrentes da inobservância de obrigações declarativas e de pagamento de tributos;
• Residir em Luanda ou ter disponibilidade de mudança;
5. O contribuinte, ainda que não esteja a exercer actividade, deve cuidar de apresentar as com-
petentes declarações fiscais, reportando à repartição fiscal de domicílio que nada tem a • Estar apto a fazer viagens.
pagar, sendo que o não cumprimento dessa obrigação declarativa implica o pagamento de
multa (por não declarar); Documentos a anexar:
6. Importa esclarecer que, caso o contribuinte não pretenda incorrer em penalizações por incum- • Curriculum Vitae;
primento de obrigações declarativas, pode requerer, junto da repartição fiscal de domicílio, a
suspensão ou cessação do NIF, nos termos da alínea d), n.º 3 do artigo 12.º do Regime Jurídico
• Carta de Apresentação;
do Número de Identificação Fiscal, aprovado pelo Decreto Executivo 366/17, de 27 de Julho; • Cópia do B.I.;
7. De contrário, a AGT, diante de factos que definem a incidência do respectivo tributo ou a • Cópia dos Certificados / Diplomas; e
aplicação da multa, por falta de cumprimento de obrigações declarativas, fica obrigada a exi-
gir do devedor a regularização da dívida tributária apurada. • Documento Militar.
Sem outro assunto de momento, apresentamos as nossas cordiais saudações.
As candidaturas, indicando a referência da vaga solicitada, deverão ser re-
metidas por correio electrónico para vmuller@brasafrica.com, até 5 dias
GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL, em Luanda, aos 7 de Julho de 2020
após a publicação desse anúncio.
O Director
BRÁULIO E. ASSIS *Anos de experiência no geral, contudo, em áreas afins.
(500.0904) (6235)

Anúncio de Concurso Público para Empresas


ABANDONO DE TRABALHO A Cabinda Gulf Oil Company, Ltd. (CABGOC), subsidiária da Chevron,
figura entre as principais empresas petrolíferas de Angola, vem, por
A Gerência da Sociedade Comercial MAFCOM – Comércio Geral e este meio, anunciar um concurso público para o fornecimento do se-
Indústria (ANGOLA), Lda. vem informar à Srª. RUFINA JOSÉ DANIEL guinte material:
LOPES, trabalhadora desta empresa, com a função de Operadora de Concurso Público Número: RFBA-039-FE-2020
Caixa, adstrita ao Armazém de frescos, localizado na Avenida Van-
Dúnem de Castro - Loy, Bairro Golf 2, que se encontra em situação Âmbito de Trabalho:
de Abandono de Trabalho, pelo facto de estar ausente do seu posto A CONTRATADA deverá fornecer serviços de consultoria em integri-
de trabalho, desde o dia 16 de Junho de 2020, sem comunicar ao em- dade de dutos em suporte ao programa de integridade de dutos da
pregador os motivos da sua ausência, perfazendo um período superior COMPANHIA. A CONTRATADA deverá fornecer consultores especia-
mais de 10 (Dez) dias úteis consecutivos. lizados e software para complementar a capacidade técnica interna
Assim, nos termos do disposto no n.º 4, do Artigo 229.º, da Lei Geral da COMPANHIA. Isso incluirá a avaliação de defeitos no pipeline de
do Trabalho, fica notificada para comparecer na Direcção dos Recur- anomalias obtidas durante a inspecção de ILI, SSS e ROV, usando có-
sos Humanos da empresa, sita em Luanda, na Rua Rei Katyavala n.º digos, padrões e melhores práticas aplicáveis.
B, 3.º andar do edifício “Katyavala”, no prazo de (5) cinco dias úteis, A CONTRATADA deverá fornecer serviços de consultoria para desen-
após a publicação deste anúncio, para comprovar documentalmente volver planos de pigagem para os dutos da COMPANHIA considera-
as razões que considere justificáveis da sua ausência e a impossibili- dos não-pigáveis ou que requeiram estudos detalhados de viabilidade
dade do cumprimento do dever de informação e justificação, tornando de pigmentos devido a configurações complexas de dutos ou parâme-
efectivo o Auto de Abandono e valendo como rescisão do Contrato de tros operacionais.
Trabalho sem justa causa e sem aviso prévio ao abrigo do n.º 5 do Ar- As empresas qualificadas que estejam interessadas em serem consi-
tigo 229.º da Lei supramencionada. deradas para o concurso acima descrito poderão acessar a página
www.angola.chevron.com, na secção de Fornecedores, Concurso
Luanda, 30 de Junho de 2020. Público; preencher o formulário informativo do fornecedor e remeter
para o endereço electrónico concurso@chevron.com no prazo defi-
nido na página da internet.

O Gerente Cabinda Gulf Oil Company Limited


José Palhares Mesquita Edifício da Chevron – Chicala
Nova Marginal
Caixa Postal 2950 Luanda,
República de Angola
(6232) (500.0905)
22 MUNDO Sexta-feira
10 de Julho de 2020

GUERRA CIVIL NA LÍBIA SENADO DO MALI MARROCOS


DR DR

Ibrahim Keita pode


nomear opositores
O Presidente do Mali, Ibrahim do Mali (FAMA) foram mortos,
Boubacar Keita, admitiu, dois ficaram feridos e três
ontem, no Senado, que pode estão desaparecidos, na
nomear os candidatos der- sequência de uma embos-
rotados nas recentes eleições, cada, no sábado, por um grupo
para restaurar a paz no país, de homens armados não iden-
depois de várias semanas tificados, na região de Mopti.
de contestação. Segundo fontes ligadas às Polícia marroquina
Em Junho, vários milhares forças de segurança, citadas desmantela célula do terror
de pessoas desfilaram, em pela agência Efe, uma coluna
Bamako, manifestando frus-
tração contra a lentidão das
de militares foi surpreendida,
à entrada da aldeia de Gouari, Anunciada
reformas politicas, corrupção
e guerra civil. Desde 2012,
na região de Mopti, centro do
país, por indivíduos armados, detenção
ano da insurreição jihadista,
o Mali registou a morte de
em três carros e cinquenta
motocicletas. Os feridos que
de suspeitos
milhares de pessoas e o des-
locamento de muitas para
resultaram do ataque foram
transportados para a cidade
de terrorismo
países vizinhos. de Sevaré por tropas da Missão O Ministério marroquino do
Comunidade internacional exige cessar-fogo imediato e fim de ingerências na Líbia A oposição maliana rei- Multidimensional Integrada Interior anunciou, ontem, a
terou a exigência de demissão das Nações Unidas para a detenção, em Nador (Nor-
do Presidente Ibrahim Bou- Estabilização do Mali. deste), de quatro presumíveis

Guterres denuncia interferência bacar Keïta, que propõe a for-


mação de um Governo de
União Nacional, noticiou a
DR membros de uma “célula ter-
rorista” ligada ao Estado Islâ-
m i c o , q u e p re p a rava m

estrangeira “sem precedentes” AFP. Há uma semana, a opo-


sição, reunida na coligação
“Movimento 5 de Junho”, que
junta responsáveis religiosos,
ataques contra “alvos sen-
síveis”, em Marrocos.
Com idades, entre 21 e 26
anos, os supostos jihadistas
Secretário-Geral das Nações Unidas denunciou personalidades da sociedade queriam atacar localidades
interferências externas no conflito na Líbia que, disse, civil e políticos, reuniu-se do reino, refere um comuni-
com o Chefe do Estado, na cado, citado pela AFP.
atingiu níveis “sem precedentes” tentativa de diminuir a cris- Os suspeitos, entre os quais,
pação numa altura em que o “um irmão de um combatente
O Secretário-Geral das Sirte”, disse, adiantando que dos mercenários estrangeiros, país corre o risco de voltar a do Daesh, estavam em con-
Nações Unidas, António as forças do GAN tentaram, cooperação anti-terrorista, ser desestabilizado, como em tacto directo com os membros
Guterres, denunciou, na no passado, ocupar a cidade desarmamento e desmobi- 2012, quando grupos jihadistas de uma célula desmantelada
madrugada de ontem, “inter- em duas ocasiões. lização”, assim como “a pos- incitaram conflitos inter- em Dezembro, em Marrocos
ferências externas na Líbia, Apoiado pela Turquia, o sibilidade de um mecanismo comunitários mortíferos, que e na Espanha”, sublinha o
que atingem níveis sem pre- GAN combate as forças do de cessar-fogo”. se propagam no Burkina- mesmo documento.
cedentes”, com “forneci- marechal Khalifa Haftar, o Evocou, ainda, sem por- Faso e Níger. No fim de 2018, Marrocos
mento de equipamentos homem forte do leste líbio, menores, a possibilidade de O movimento contestatário foi cenário de um ataque, que
sofisticados e o aumento do ajudado pelo Egipto, Emirados se criar uma “zona desmili- voltou a apelar a várias mani- matou dois turistas escandi-
número de mercenários Árabes Unidos e Rússia. tarizada” cujo controlo seria festações que iniciam, no dia navos, no Alto Atlas (Sul),
envolvidos nos combates”. “Estamos muito preocu- confiado à missão das Nações 20, no país e na diáspora, reivindicado pelo EI. Em 2019,
Falando numa videocon- pados com a concentração Unidas presente na Líbia. encabeçadas pelo seu líder, 79 pessoas foram presas
ferência ministerial do Con- militar à volta daquela cidade A presença na Líbia de o iman Mahmoud Dicko. naquele país do Norte de
selho de Segurança, Guterres e com o alto nível de inter- mercenários russos e sírios Ontem, pelo menos sete Boubacar Keita anuncia África, acusados de praticarem
exprimiu pre o cupação , ferência estrangeira directa (ligados ao Governo sírio no militares das Forças Armadas cedências em nome da paz actos terroristas.
nomeadamente com o rea- no conflito, em violação do caso dos que combatem com
grupamento de forças mili- embargo às armas decretado as tropas de Haftar e à oposição
tares à volta da cidade de pelo Conselho de Segurança no caso dos que estão ao lado DIÁLOGO E APROXIMAÇÃO impasse, após duas cimeiras
Sirte, situada a meio caminho da ONU e dos compromissos das forças do GAN) tem sido entre Trump e o líder norte-
entre Tripoli, a oeste, e Beng- assumidos, pelos Estados- referida desde o início do ano. coreano, Kim Jong-un, em
hazi, a leste.
As forças do Governo de
membros, em Berlim”, em
Janeiro, insistiu Guterres,
As últimas acções militares
a sul de Tripoli e na região de
Pompeo admite cimeira 2018 e 2019, nas quais a Coreia
do Norte disse aceitar uma
Acordo Nacional (GAN),
sediado em Tripoli, e reco-
nhecido pela ONU, “com
sem designar qualquer país
em particular.
O Secretário-Geral indicou,
Tarhouna levaram à fuga de
perto de 30 mil pessoas,
fazendo aumentar o número
entre EUA e Coreia do Norte renúncia parcial ao programa
nuclear em troca do alívio
imediato das sanções impostas
apoio externo significativo, também, que as discussões de deslocados na Líbia para O chefe da diplomacia dos a p o ss i b i l i d ad e d e u m a por Washington uma preten-
continuam o avanço para leste patrocinadas pela ONU com mais de 400 mil, lamentou, EUA admitiu, ontem, a hipó- cimeira, antes das eleições são rejeitada pelo Presidente
e encontravam-se, ontem, representantes militares dos igualmente, o Secretário- tese de uma cimeira entre o presidenciais norte-ameri- dos EUA.
25 quilómetros a oeste de dois lados incluem “a partida Geral da ONU. Presidente Donald Trump e canas, de 3 de Novembro. Mike Pompeo não excluiu
o homólogo da Coreia do Na terça-feira, um alto a possibilidade de uma nova

Minas terrestres matam centenas em Tripoli Norte, Kim Jong-un, ainda


antes das eleições presiden-
ciais de Novembro.
funcionário do Ministério dos
Negócios Estrangeiros da
Coreia do Norte disse que o
cimeira entre Donald Trump
e Kim Jong-un, embora sem
se comprometer com um
As minas terrestres, localizadas a sul de Tripoli, Recentemente, a Companhia Nacional de Sem querer comentar seu país não tencionava reto- calendário.
causaram mais de cem mortos e feridos, incluindo Petróleo da Líbia denunciou a presença de questões de datas sobre uma mar as negociações com os “Não quero, por agora,
muitos civis, desde o fim dos combates às portas “mercenários russos e de outras nacionalidades” eventual cimeira entre os dois Estados Unidos e desvalorizou comentar questões de 'timing'.
da capital, revelou, ontem, a Missão de Apoio no campo de al-Charara, dos mais importantes países, Mike Pompeo disse o papel da Coreia do Sul como Mas posso dizer que estamos
das Nações Unidas na Líbia (MANUL). e numa área ainda controlada pelo marechal que os Estados Unidos con- mediador. a estudar todas as possibili-
“Minas e outros artefactos explosivos, no Haftar. A viver uma instabilidade política e tinuam numa estratégia de As negociações estão num dades”, disse.
interior ou perto de habitações, fizeram mais de social desde o assassinato de Muammar Kadhafi, “diálogo e aproximação” com DR
cem vítimas entre civis e o pessoal responsável em 2011, a Líbia tem as reservas de petróleo a Coreia do Norte, embora
pela desminagem, desde o final dos confrontos, mais abundantes da África, mas a exploração reconhecendo as dificuldades
no início de Junho”, realçou a MANUL, em comu- é largamente dificultada pelo actual conflito diplomáticas.
nicado, citado pela AFP, sem especificar o número entre potências rivais. Numa conferência tele-
de mortes e feridos. O líder do GAN, que esteve em Roma por fónica com jornalistas estran-
A nota foi divulgada após a reunião, de ontem, “razões pessoais”, segundo a imprensa italiana, geiros, o secretário de Estado
em Roma, entre a embaixadora da ONU na Líbia, também se reuniu com o Primeiro-Ministro de norte-americano mostrou-
Stephanie Williams, e o Primeiro-Ministro do Itália, Giuseppe Conte. se apreensivo com a insta-
Governo de Acordo Nacional (GAN), Fayez al-Sarraj. “A solução não pode ser militar”, é necessário bilidade na península
Na reunião, Stephanie Williams manifestou-se privilegiar “o caminho político”, declarou o GAN, coreana. “Da nossa parte,
apreensiva com os relatos da presença de “novos em comunicado, à imprensa, após a reunião. continuamos com uma estra-
grupos de mercenários de diferentes nacionalidades” Segundo o GAN, os dois governantes também tégia de diálogo e de apro-
nos locais de exploração de petróleo da Líbia. conversaram sobre um eventual retorno de ximação. Acreditamos na via
Para a embaixadora, aquela zona “ameaça empresas italianas à Líbia, bem como a participação diplomática para ultrapassar
transformar-se numa zona de combate pelo de especialistas italianos na remoção de minas obstáculos”, disse Pompeo,
petróleo”, numa região do nordeste da Líbia, nos subúrbios de Tripoli. referindo-se às manifesta-
onde se situam os principais terminais e Todas as tentativas de estabelecer um ces- ções de hostilidade entre as
portos de petróleo. sar-fogo duradouro naquele país falharam. duas coreias e não excluindo Líderes dos EUA e Coreia do Norte podem voltar a reunir
SOCIEDADE Sexta-feira
10 de Julho de 2020 23
CIDADE DO KILAMBA COMEMORA AMANHÃ 9 ANOS DE EXISTÊNCIA “FALE CONNOSCO” HUAMBO EDIÇÕES NOVEMBRO

Projecto dá
Casa de Velório e mercado informações
sobre direitos
são construídos em breve EDIÇÕES NOVEMBRO
da criança
“Fale connosco” é a desig-
nação de um projecto on-
line a ser lançado hoje, em
Luanda, pela Fundação Arte
e Cultura, em parceria com Vista da cidade do Huambo, onde uma menor foi violada
o In st ituto Nac i o n a l d a
Criança (INAC), que vai per-
mitir que as famílias, a partir
de casa, possam receber
informações e recomenda-
ções sobre os direitos da
Menor de 9 anos
criança, o papel das orga-
nizações no apoio às pessoas
vulneráveis e de risco.
violada pelo pai
A Fundação Arte e Cul- Marcelino Wambo | Huambo
tura, em comunicado, afirma
que o projecto arranca hoje Uma criança de 9 anos de idade foi abusada sexualmente,
com o tema “Operaciona- ontem, pelo seu próprio pai, na cidade do Huambo, depois
lização do Serviço de Denún- de ele a sequestrar, em Luanda, onde vivia com a mãe,
cia SOS”, com a finalidade por razões, até ao momento, não esclarecidas.
de criar um espaço de dis- Segundo a vítima, a prática de abusos por parte do pai
cussão aberta sobre crianças é recorrente desde à altura em que se consumou o rapto,
e adolescentes, assim como o que, disse, a levou a denúnciar aos vizinhos, tendo estes
o papel das artes educativas alertado as autoridades policiais.
na formação e no percurso Vizinhas da vítima, contactadas pelo Jornal de Angola,
Cidade do Kilamba, a primeira centralidade erguida no país, tem falta de muitos serviços da fase de adolescência à e cujas identidades omitimos, afirmam que o pai goza
idade adulta. de plenas faculdades mentais, mas presumem que tais
A primeira edição terá actos foram cometidos por retaliação, em virtude da
Augusto Cuteta dos moradores”, realçou. da sua sede distrital (Kilamba) como orador principal o separação do casal, pois a mãe se recusa a reconciliar-
Outra grande preocupação e cinco mil outras dentro do director-geral do INAC e se com o indivíduo.
A Cidade do Kilamba, que dos moradores da Cidade do KK-5000. Serviços de Denúncia SOS- A violação a que foi vítima aquela criança, chocou a
comemora amanhã nove Kilamba tem a ver com a Sob o lema “Fica em casa”, Criança, Paulo Kalesi, e terá população do Huambo, tendo levado a governadora, Lotti
anos de existência, vai dispor, falta de um hospital de refe- escolhido por causa das limi- como moderador o respon- Nolika, a se deslocar ao Hospital Central, para prestar soli-
nos próximos tempos, de rência. Quanto à isso, o admi- tações impostas pela pandemia sável do Gabinete de Comu- dariedade à menor e inteirar-se do seu estado de saúde.
uma Casa de Velório e um nistrador explicou que essa da Covid-19, o administrador nicação da Fundação Arte No Hospital Central do Huambo, a governadora recebeu
mercado local, anunciou, empreitada deve ser levada Murtala Marta realçou que e Cultura, Camilo Lemos. explicações detalhadas do corpo clínico que está a acom-
ontem, o administrador a cabo pelas entidades cen- a data servirá para reflexões O projecto propõe, igual- panhar o caso. Lotti Nolika exortou os sectores do Governo
daquele distrito urbano. trais, dada a sua dimensão. em torno do que se pode mente, trazer temáticas que Provincial para um acompanhamento rigoroso da vítima,
Murtala Marta realçou “Temos em carteira esse fazer para o desenvolvi- apontem as políticas dos até ser encaminhada à própria mãe.
que, dentro dos referidos projecto, inclusive, já encon- mento da cidade, situada centros de acolhimento, o O estado de embriaguez, aliados ao consumo excessivo
projectos sociais identificados tramos o espaço onde cons- no município de Belas, cerca seu real papel na garantia da de álcool e outras drogas, tem sido apontado como a principal
como prioritários para uma truir o hospital. Acreditamos de 40 quilómetros da sede formação e segurança das causa para a ocorrência de abusos sexuais em menores.
melhor gestão da cidade, que, nos próximos tempos, de Luanda. crianças e adolescentes.
constam, igualmente, a cons- o Governo vai realizar essa No quadro das acções de O p rog ra m a ao vivo
trução de centros culturais vontade dos moradores do prevenção do coronavírus, (“live”) acontecerá todas
e comunitários. distrito, uma vez ser um ser- a Administração leva a cabo a s s ex ta s - f e i ra s , p e l a s VENCEU O PRÉMIO BFA SOLIDÁRIO
O administrador do Dis- viço fundamental”, tranqui- um programa, designado 14h00, e deve passar na
trito Urbano do Kilamba disse
que os projectos podem
começar a ser executados,
lizou o responsável.
Enquanto isso, a Cidade do
Kilamba conta com um centro
“Cozinha comunitária”, para
atender mais de mil refeições
diárias a um grupo de crian-
página oficial do Facebook
da Fundação Arte e Cultura
(https://web.facebook.com/
Dom Bosco recebe
tão logo a situação da pan-
demia da Covd-19 esteja
controlada, fundamental-
de referência, que funciona
em instalações projectadas
para uma creche. A unidade,
ças carenciadas, provenientes
dos bairros periurbanos, que
costuma(vam) a deambular
FundacaoArteECultura/),
que já conta com mais de
60 mil seguidores.
valores para projectos
mente a Casa de Velório, segundo o administrador, além pela Cidade do Kilamba em Prevê-se, com o tempo, Manuela Gomes| kwanzas, a Associação de
uma das principais neces- de ter já cabimentação orça- busca de alimentos e outras alargar este programa às pla- Cegos e Amblíopes de
sidades dos habitantes locais. mentada, tem recebido, igual- coisas em contentores. taformas de emissão ao vivo, O Centro de Acolhimento Sal- Angola, 20.000.000 milhões
Murtala Marta explicou mente, apoio da Administração Outra acção que está a ser nomeadamente Youtube, siano Dom Bosco sagrou-se, d e k wa n z a s e a A D P P
que decorrem já estudos para colmatar as dificuldades desenvolvida pela Adminis- Instagram, rádio e televisão, ontem, vencedor do prémio 29.800.000 kwanzas.
elementares para a execu- que enfrenta. tração do Distrito Urbano é refere o comunicado. “BFA Solidário”, edição 2020, Na categoria da Saúde, foi
ção dos projectos ainda a assistência a pessoas caren- Durante as emissões do na categoria de Inclusão Social premiado o Grupo da Mulher
dentro deste ano. “Estamos Plantação de árvores ciadas, com a atribuição de “Fale connosco”, as famílias e Financeira, tendo recebido Africana, do Cuando Cubango,
a criar as condições para Mais de 40 mudas de árvores cestas básicas. Neste sentido, podem interagir com os ora- daquela instituição bancária com cinco milhões de kwan-
que possamos materializar vão ser plantadas, amanhã numa primeira fase, mais dores, enviando mensagens um cheque no valor de 30 zas, a Associação Mwana Pô,
esse grupo de empreitadas, em diversas artérias do de duas mil famílias dos bair- ou ligando para os números milhões de kwanzas, para da Lunda-Sul, com seis
por serem muito impor- Kilamba, no quadro do nono ros Vila Flor, Bita Progresso 934 567 627 e 923 780 105. apoio aos seus projectos. milhões, enquanto que a
tantes e constarem entre aniversário desta cidade, que e Santo António já benefi- A Fundação Arte e Cul- O BFA Solidário é um Associação Mwenho arre-
as grandes preocupações tem 25 mil habitações a nível ciaram deste programa. tura foi criada a 25 de Janeiro p ro g ra m a d o B a n c o d e batou 18.000.000, o Fórum
de 2006 e tem o seu foco na Fomento de Angola, de res- Juvenil de Apoio à Saúde e
inserção social das famílias ponsabilidade social, que P reve n ção d a S i d a c o m
LUANDA em situação de vulnerabi- visa reconhecer o trabalho 20.000.000.
lidade e risco, no apoio às de organizações sem fins Para a categoria de Inclu-
artes e à cultura angolana. lucrativos, que operam em são Social e Financeira, foram

Governadora empossa quadros A fundação inaugurou o


seu novo cento cultural, na
Ilha do Cabo, em Luanda,
território nacional, avaliado
em 250 milhões de kwanzas.
Este ano, a instituição rece-
premiados o Centro de Aco-
lhimento Giorgio ZuliaNello,
d e Mba n za Ko ngo , c o m
Alberto Quiluta complicado quando parti- duos e Serviços Comunitá- onde centenas de crianças beu a candidatura de 175 pro- 6.800.000 de kwanzas, o
lhamos as tarefas e traba- rios, Moisés Milagre Loké, e adolescentes participam jectos de várias organizações Centro de Cuidados da Infân-
A governadora provincial de lhamos em equipa”. director-adjunto do gabinete nas mais diversas áreas de não-governamentais. cia, com 8.800.000, a Asso-
Luanda, Joana Lina, pediu, Tomaram posse Adriano da governadora, Dilson formação, como as artes Foram premiadas as três ciação Emaús, que levou um
ontem, aos 11 novos membros José Lembe Mangovo para Simão Bamba, assessor jurí- plásticas, artesanato, corte habituais categorias previstas prémio de 10.800.000, sendo
do Executivo provincial, cargo de secretário- geral dico, Sandra Caetano Bata- e costura e música. no projecto, nomeadamente o grande vencedor o Centro
recentemente nomeados, do GPL, Domingos de Alegria lha, assessora para a Área Na área da música, as Educação, Saúde e Inclusão de Acolhimento Salesianos
para trabalharem em conjunto Econgo, director do Gabinete Política e Social. crianças aprendem técnicas Social e Financeira. Na primeira Dom Bosco Angola.
e com coragem para o cum- Jurídico e de Intercâmbio, Tomaram igualmente de guitarra, piano, percus- categoria foram premiadas a Este ano, o Programa BFA
primento das suas tarefas. Ernesto Gouveia Mungongo, posse Pedro Palata, assessor são, canto, dança, ioga, Associação Nossa Senhora da Solidário decidiu atribuir
Em breve intervenção, a do Gabinete Provincial de económico, Carlos Neto ginástica, informática, supe- Caridade Bom Pastor, com 10 um “Prémio Especial” que
governadora pediu mais tra- Comunicação Social. André, chefe de Departa- ração escolar, entre outras milhões de kwanzas. foi entregue à Associação
balho, responsabilidade e Vânia Mendes Vaz, direc- mento de Assessoria Jurídica actividades educativas para A Convenção Evangélica dos Escuteiros de Angola
muita dedicação, “Não será tora do Gabinete Provincial e Contencioso do Gabinete o seu fortalecimento. Pentecostal Independente em (AEA), no valor de 4.500
fácil, mas também nada é de Ambiente, Gestão de Resí- Jurídico e de Intercâmbio. Manuela Gomes| Angola, recebeu 12.600.000 milhões de kwanzas.
24 ECONOMIA Sexta-feira
10 de Julho de 2020

REACÇÕES

Taxa de câmbio e stock da dívida em dólares


omissos na proposta de revisão do OGE
A redução significativa da receita perolífera foi uma das principais causas para a proposta
de redução das receitas totais em cerca de 29 por cento em relação ao OGE 2020 inicial

Mateus Cavumbo operacional e uma fiscali-


zação rigorosa.
A proposta do Orçamento
Geral do Estado (OGE), entre- Receitas e despesas
gue há dias à Assembleia O Jornal de Angola ouviu
Nacional, vai na próxima Manuel João Quindai, docente
terça-feira, dia 14 de Julho, universitário e consultor em
ser apreciado e discutido na Contabilidade e Gestão de
generalidade para, poste- Empresas, membro de pleno
riormente, ser submetido à direito no Executivo da World
especialidade e, acto conti- Economic Fórum- WEF
nuo, à aprovação final. (Fórum Económico Mundial),
Pelo facto, alguns econo-
Samora Quitumba - economista Euriteca André - bancária António Estotes - economista Manuel João Quindai - professor com sede em Cologny (Suíça).
mistas, que reflectiram sobre O professor, que também
a questão,dizem notar, na Estote, para quem o momento Alívio da dívida chinesa facto o possível: transcorridos de receitas, menores impor- é membro da Ordem dos
proposta de revisão do Orça- actual é caracterizado pelo Uma boa notícia para esta quase sete meses de efectiva tações e maiores consumos”, Contabilistas e Peritos Con-
mento Geral do Estado (OGE), elevado nível de endivida- revisão do orçamento é o alí- execução orçamental, a revisão sugere Euriteca André. tabilistas de Angola, diz que
a omissão deliberada da taxa mento, redução persistente vio da dívida anunciado pela em questão irá impactar ape- A também bancária diz não é um OGE revisto pos-
de câmbio programada e o da produção de bens e ser- China, que vai permitir ao nas nos próximos cinco que a revisão do OGE visa o sível, mas, momentâneo,
stock da dívida pública em viços (medida pelo PIB), Governo angolano libertar meses”, sustenta Samora Qui- alinhamento da conjuntura porque a revisão deveu-se a
dólares, o que não permite aumento do número de falên- alguns recursos, para acudir tumba, para quem a proposta actual com a alteração dos vários factores, entre os quais
medir, com um mínimo de cias, aumento da capacidade outras iniciativas de cariz apresentada está alinhada com pressupostos económicos, a crise do preço do Brent que,
certeza, a profundidade da ociosa e redução drástica do urgente, considera o econo- a tendência mundial, uma vez com destaque para a redução no espaço de três meses con-
redução da produção e oferta investimento e, por conse- mista Samora Quitumba. que o país terá, provavelmente, do preço do barril de petróleo secutivos, deixou economias
de bens e serviços, assim como guinte, aumento do desem- “O OGE 2020 revisto é de recessão económica, pois “não e as despesas públicas para em iminente colapso, tendo
do verdadeiro peso da dívida prego, redução do rendimento poderia ser diferente”. fazer face à pandemia de criado “desespero” aos gover-
pública sobre o Produto das famílias e do lucro. As disponibilidades serão Covid-19, tendo considerado nos e investidores. Os factores
Interno Bruto (PIB). maioritariamente para o sector que, na economia mundial, negativos foram provocados
Por um lado, a desvalori- As novas variáveis social, com predominância assiste-se a uma desacele- pelo surgimento da Covid-
zação do kwanza permite Em relação à comparação EVOLUÇÃO DA DÍVIDA para o combate à Covid-19, ração do crescimento. 19, deixando Angola numa
garantir níveis de Reservas entre as duas previsões do EM PERCENTAGEM DO PIB o funcionamento das insti- A desaceleração da acti- situação mais difícil.
Internacionais Líquidas (RIL) OGE inicial e revisto, mede- tuições e o pagamento de vidade económica contri- O OGE revisto apresenta
suficientes para honrar os se apenas a capacidade pre- 113% salários. Em termos de inves- buirá para um défice fiscal um equilíbrio nas fontes de
compromissos externos e, ditiva do Executivo, já que OGE inicial timento, apenas as obras em na ordem de 4,00 por cento, receitas, além da redução de
por outro, tem impacto nega- as alterações permanentes curso e com linhas de finan- que deverá ser financiado mais de 14 por cento em rela-
tivo sobre as despesas com dos orçamentos prendem- 123% ciamento garantidas serão por receitas patrimoniais e ção ao anterior OGE, mas não
amortização e juros da dívida se com duas razões funda- Proposta de revisão privilegiadas e o PIIM também por endividamento tanto vê equilíbrio na melhoria do
indexada e denominada em mentais: a fraca capacidade do OGE estará assegurado pelo facto interno como externo. A saneamento básico, reforço
moeda externa, segundo o de previsão das instituições de os recursos serem prove- dívida pública do país deverá do sistema de informação
economista António Estote. nacionais e excessiva con- nientes do Fundo Soberano. registar um aumento de 113 sanitária e desenvolvimento
Ouvido pelo Jornal de fiança nas previsões dos para 123 por cento do PIB. da investigação em Saúde e
Angola, António Estote, que organismos internacionais. DESPESA Contracção económica No seu entender, as des- também na prevenção do
fez um estudo pormenorizado Sobre a fraca capacidade de EM PERCENTAGEM Já a docente e mestre em Con- pesas públicas e isenções risco e protecção ambiental.
sobre os indicadores cons- previsão, António Estote veri- DO TOTAL DO OGE tabilidade, Fiscalidade e Finan- fiscais deverão aumentar, Como se não bastasse,
tantes na proposta orçamental, ficou correcções a nível da ças Empresariais, Euriteca resultantes das medidas de frisa ainda assim, as acções
disse que a nível da questão produção de diamantes na 6,6% André, a proposta do OGE combate à Covid-19, pois, correntes da despesa por
da macro-programação, ape- ordem de dois milhões de qui- Educação revisto aponta para uma con- torna-se indispensável a programa do OGE foram
sar de o OGE revisto fazer lates (de 10 milhões de quilates tracção da actividade econó- monitorização da evolução priorizadas, quer o desen-
referência ao Plano de Desen- no OGE-2020) para oito 2,9% mica de 3,6 por cento em 2020, dessas despesas. volvimento local e combate
volvimento Nacional 2018- milhões no OGE-2020 revisto mais que situando-se em sentido oposto O Sistema Nacional de à pobreza, quer o fomento
2022, do ponto de vista prático e correcção na produção anual no OGE inicial a expansão de 1,8 por cento Saúde passou a beneficiar de da produção agrícola.
não parece que concretize tal de petróleo em 57 milhões de prevista no OGE 2020 inicial. um maior apoio financeiro, “O Governo esqueceu-se
plano, porque, pela natureza barris (de 525 milhões no 6,1% No documento, verifica- com as medidas de combate do fomento da produção
anual do OGE, não deve repli- OGE-2020) para 468 milhões gastos com se, na sua opinião, uma pers- à pandemia. A despesa com pecuária e da desminagem
car as intenções da estratégia no OGE-2020 revisto. a Saúde pectiva pessimista quando a Saúde registou um cresci- nas áreas onde serão desen-
2025 ou do PDN 2018-2022, “O Ministério das Finanças, comparada com o orçamento mento orçamental de 2,4 por volvidas a agricultura e outros
mas desdobrá-las em objec- para as projecções do preço 2,4% inicial em importantes agre- cento em relação ao OGE 2020 projectos”, afirma o conta-
tivos e metas concretas. do barril de petróleo, utiliza acima da previsão gados económicos como o inicial que corresponde a 6,1 bilista sénior.
Contrariamente ao espe- a fórmula do FMI subtraindo inicial PIB, endividamento público, por cento da despesa total. Por outro lado, diz que não
rado, o OGE revisto é mais uma margem, cujo critério taxas de juro e a e câmbio. Não obstante a redução das consta nas acções correntes,
abstracto que o Programa de para a sua determinação des- Uma das principais alte- receitas previstas decorrente o fomento da produção pes-
Governo 2017-2022 e o PDN conhecemos, ou seja, o FMI rações é a redução do peso da degradação das condições queira e educação ou formação
2018-2022, sendo instru- prevê um preço médio de 35 VARAIÁVEIS DA PROPOSTA da despesa financeira no económicas, a despesa com a agrária ou de regentes agrí-
mentos de programação de dólares e o OGE-2020 foi DE REVISÃO DO OGE orçamento de quatro pontos Educação regista um aumento colas, para melhorar o fomento
médio e longo prazo. elaborado com base a 33 percentuais, de 60 a 56 por de 2,9 por cento comparati- da agricultura e agronegócio.
De acordo com o também dólares por barril”, disse. - 36% cento, resultante de processos vamente ao orçamento inicial, A necessidade desse equi-
docente universitário, do António Estote faz compa- contracção da actividade de negociação das dívidas sendo que absorverá 6,5 por líbrio nas acções correntes do
ponto de vista ideológico, o ração do OGE-2020 com a económica com os credores, o que dá cento da despesa total. resumo da despesa por pro-
partido que sustenta o Exe- execução de 2019, tendo veri- lugar a uma folga que pode Com a institucionalização grama do OGE, ora momen-
cutivo apresenta-se como ficado que a insustentabili- -6% ser aplicada para o apoio do das Autarquias Locais, prevê- tânea, traria um conforto nos
social-democrata. dade das finanças públicas receita pública sector privado produtivo. se a desconcentração finan- resultados no acto da execução
“Como atender as questões continua a aprofundar-se, A redução significativa da ceira a nível da execução orçamental, tendo em conta
s o c i a i s q u e ex ig e m u m uma vez que as receitas redu- -15% receita perolífera foi uma das orçamental e a redução da o desenho da consolidação
aumento dos gastos públicos zem em 6,00 por cento e as despesa principais causas para a pro- dependência dos órgãos cen- fiscal e o equilíbrio econó-
em ben s e s erviço s não despesas aumentam para 15 posta de redução das receitas trais com as respectivas res- mico-financeiro do orça-
reprodutivos, quando se exige por cento, continuando -4,00% totais em cerca de 29 por cento ponsabilizações. mento, pois, Manuel Quindai
maior disciplina nas despesas Angola a recorrer a financia- défice em percentagem em relação ao OGE 2020 inicial. Euriteca André considera entende que a sua elaboração
públicas, quer no âmbito da mento para sustentar as suas do PIB “Torna-se impreterível uma que, para que a revisão orça- foi com base nas medidas de
luta contra corrupção, quer despesas, num momento em gestão mais eficiente das des- mental seja executada com política orçamental, sobretudo
pela situação económica que a dívida atinge nível supe- pesas públicas para dar res- eficácia, deve-se assegurar no cenário macroeconómico
nacional”, questiona António rior a 100 por cento do PIB. posta a menor arrecadação o bom funcionamento a nível e fiscal do país.
ECONOMIA Sexta-feira
10 de Julho de 2020 25
ARIMATEIA BAPTISTA | EDIÇÕES NOVEMBRO
pecuária, pesca marítima,
Armando Estrela MEDIDAS DE ALÍVIO ECONÓMICO prestação de serviços, sal,
têxtil, vestuário e calçado,
Um total de 353 projectos entre outros, e Bié a agri-

Crédito à economia
foram assinados entre o cultura, comércio e distri-
Estado e os empreendedores, buição, indústria alimentar
dos quais 269 já acautelados e bebidas, pecuária e pres-
até quarta-feira, 8 de Julho, tação de serviços.

já beneficia
no quadro do vasto programa Em Cabinda a preferência
do Executivo que visa aquecer foi para a agricultura, aqui-
a actividade económica do cultura, comércio e distri-
país e activar o Programa de buição, indústria alimentar

os mutuários
Apoio ao Crédito (PAC), face e bebidas, indústria trans-
ao novo quadro internacional formadora, pecuária, pesca
provocado pela pandemia marítima, prestação de ser-
do novo coronavírus. viços, têxtil, vestuário e cal-
Por assinar ficam 84 pro- çado, turismo e lazer, entre
jectos, entre eles oito da outros. O Cuando Cubango
província do Bié, sete do apostou mais na agricultura,
Cunene e Namibe, quatro comércio e distribuição,
do Cuando Cubango, três indústria alimentar e bebidas
do Cuanza-Sul, Cuanza- e prestação de serviços.
Norte e Huambo, oito na Cuanza-Norte, Cuanza-
Huíla, uma em Luanda e Sul, Huambo, Moxico e
Lunda-Norte, 27 na Lunda- Cunene apostaram nos mes-
Sul e seis no Moxico e Uíge. mos segmentos (agricultura,
No geral, a província do comércio e distribuição,
Bié assinou 26 acordos, indústria alimentar e bebi-
Cunene 17, Cuando Cubango das, indústria transforma-
47, Cuanza-Sul 9, Cuanza- dora e prestação de serviços)
Norte sete, Huambo 13, Huíla e a diferença apenas se enco-
29, Luanda 46, Lunda-Norte lhe na aquicultura e pesca
13, Lunda-Sul 49, Moxico marítima, que o Cuanza-
11, Namibe 13 e Uíge 21 acor- Sul tem em abundância.
dos. Nas demais províncias Huíla, Luanda, Lunda-
o plano foi executado a 100 Norte e Uíge aparecem com
por cento, entre os quais seis perspectivas de crédito
projectos em Cabinda, 11 no os diversos concorrentes BIC, BAI, BDA, BNI e BFA, BIC, BCI e BAI, no Moxico Cubango, 108 do Cuanza- mais ousadas, uma vez que
Bengo, 18 em Benguela, oito deverão recorrer, na pro- no Cuanza-Sul aos bancos o BDA e BAI, no Namibe o Sul, 50 do Cuanza-Norte, as candidaturas apresen-
em Malanje e nove no Zaire. víncia do Bengo, aos bancos BDA, BCI, BCH, BIC e BFA e BDA, BAI e SBK, no Uíge o igual número do Huambo, tadas apostam nos recursos
No conjunto do crédito de Desenvolvimento Ango- no Cunene aos bancos BDA, BIC e BDA e no Zaire o BDA, Malanje e Zaire, 106 da Huíla, geológicos, pesca conti-
à economia real, 48 pro- l a n o ( B DA ) , M i l l e n i u m BFA e BAI. BPC e BMA. 472 de Luanda, 36 da Lunda- nental e aquicultura, entre
jectos foram aprovados, Angola (BMA) e Internacional Para os acordos firmados Durante a fase de carac- Norte, 83 da Lunda-Sul, 45 outras preferências ante-
sendo 32 por cento no sector de Crédito (BIC), em Ben- na província do Cuando terização dos projectos e assi- do Moxico, 21 do Namibe e riormente enumeradas.
agrícola, 26 por cento na guela aos bancos Negócios Cubango estão disponíveis natura dos contratos de 99 do Uíge. Além de agricultura, comér-
indústria alimentar, 16 por e I nv e s t i m e n t o ( B N I ) , os bancos BDA, BFA, BCI e adesão entre o promotor e o Os projectos do Bengo atin- cio e distribuição, indústria
cento na pecuária, cinco na Fomento Angola (BFA), BAI, no Huambo o BDA, INAPEM (Instituto Nacional gem os sectores da agricultura, alimentar e bebidas e pres-
pesca marítima e igual per- Angolano de Investimento BMA, BNI, BCH, BAI e BIC, de Apoio as Micro, Pequenas comércio e distribuição, tação de serviços, adicio-
centual na pesca continen- (BAI), BDA, BIC e Standard na Huíla o BIC, BDA, BNI, e Médias Empresas), deram indústria transformadora e nalmente Malanje tem o
tal. Entre os 48 projectos, Bank (SBK), no Bié aos ban- SBK, BCI e BFA, em Luanda entrada 1.407 propostas, pesca marítima, em Benguela turismo e lazer, Namibe o
dez já foram desembolsados cos BIC, BMA, BPC, BIC, BFA o BAI, BDA e BIC, na Lunda- sendo 36 da província do as áreas de agricultura, sal, a pesca marítima e o
na totalidade, dos 19 acordos e BDA, em Cabinda aos ban- Norte o BPC, BAI, BFA e BDA, Bengo, 62 de Benguela, 24 comércio e distribuição, turismo e lazer e Zaire a pesca
em pagamento. co s BFA , BAI e BDA , no na Lunda-Sul o BAI, BDA e do Bié, 42 de Cabinda, 54 do indústria alimentar e bebidas, continental e marítima, a
Para a obtenção do crédito, Cuanza-Norte aos bancos BIC, em Malanje o BDA, BMA, Cunene, 19 do Cuando indústria transformadora, pecuária e a aquicultura.

CUANDO CUBANGO várias facturas não pagas, dois anos, porque investiu
com os respectivos com- todo o dinheiro que tinha
provativos das obras exe- nas obras feitas, principal-
Dívida força empresas nacionais a encerrar ao público cutadas, e mesmo assim a
situação prevalece desde
mente, nos municípios de
Menongue e Cuíto Cuanavale,
2 0 1 7 e não há q ualq uer acabando por dispensar mais
Carlos Paulino | Menongue milhões de kwanzas e que Longui António Bongo cutivo angolano olhe um garantia para pagamento. de 100 trabalhadores.
foram descarregados na tota- referiu também que outra pouco no pagamento de algu- O empresário sublinhou O empresário realçou
lidade para a dívida pública, situação preocupante é o mas dívidas, para que as que constam das empreitadas que, a par de prestar serviços
Pequenas e médias empresas situação que forçou os pro- facto de o Ministério das mesmas não enfraqueçam. executadas pela sua empresa a o G ove r n o d o C u a n d o
do Cuando Cubango, que prietários dessas mesmas Finanças reconhecer apenas Longui António Bongo dois centros de saúde na Cubango, a sua empresa
operam no ramo da cons- empresas a mandarem mui- como dívida pública as des- lamentou também o facto comuna do Missombo e na também é reconhecida por
trução civil, imobiliária, tos jovens para o desem- pesas feitas pelas empresas de não existir na província aldeia do Dumbo, uma resi- apoiar pessoas mais vulne-
saneamento básico e de pres- prego, por falta de recursos no período entre 2013 a 2017. uma gestão continuada entre dência do tipo T-4 e insta- ráveis na região e em outras
tação de serviços, encerraram financeiros para dar corpo Por isso, as dívidas que o os governadores provinciais lações de painéis solares no localidades do país, mas que
ao público, devido ao atraso ao negócio. Governo contraiu antes de e administradores munici- Dumbo, construção do muro neste momento teve que
que se regista no pagamento Sem avançar números, 2013 correm o risco de nunca pais, tendo em vista que de vedação do hangar do parar tudo, sobretudo nesta
dos serviços prestados ao Longui António Bongo afir- serem pagas. quando um é exonerado, a aeroporto Comandante Kwe- fase de Covid-19, por estar
Estado, notificou o presidente mou que a lista é enorme e “O Ministério das Finan- pessoa que substitui não nha e reabilitação do edifício sem condições financeiras
da Câmara de Comércio e até à data as mesmas empre- ças, em particular o Governo aceita pagar a dívida que o da Comissão Municipal Elei- para o efeito.
Indústria da região (CCICC), sas ainda não foram ressar- da província, devem tomar antecessor contraiu. toral de Menongue e da casa Por sua vez, Yosua Antó-
Longui António Bongo. cidas, tendo sublinhado que uma postura diferente no Actualmente, a Câmara do Rei Mwene Vunongue. nio, responsável da empresa
Segundo o responsável, muitas delas construíram e q u e to ca ao paga m e nto de Comércio e Indústria do A Franchicote efectuou de saneamento básico
esta situação de endivida- apetrecharam imponentes rápido das dívidas, sob pena Cuando Cubango controla também a pintura de lancis Kahengue Comércio e Ser-
mento público, que já se infra-estruturas sociais, que de falirem mais empresas um total de 86 empresas, da cidade de Menongue, a viços, Lda, confirmou que
arrasta entre os anos de 2009 neste momento estão ao ser- no Cuando Cubango e nos diversos ramos de acti- requalificação de uma parte está há mais de dois anos a
a 2017, deixou sem solução viço da população. a u m e n ta r o n ú m e ro d e vidade, com a maioria em do mercado informal do bater as portas do Governo
as empresas angolanas e, O responsável realçou desempregados e a escassez via de decretar falência, bairro Paz, a construção de da província, para o paga-
como resultado, esses serviços que o Cuando Cubango é de serviços”, disse. caso a situação da dívida 35 casas do tipo T-3, uma mento de uma dívida con-
são agora dominados por uma das províncias do país Contudo, Longui António não seja resolvida o mais escola de seis salas de aula traída de 185 milhões 375
estrangeiros, maioritaria- em que a classe empresarial Bongo reconhece que a con- depressa possível. e a pintura de lancis no muni- mil kwanzas, com a limpeza
mente cidadãos vietnamitas, tem sido muito prejudicada, juntura económica e finan- cípio do Cuíto Cuanavale, da cidade de Menongue.
mauritanos, senegaleses e por causa das dívidas que o ceira que assola o país, desde Empresas paralisadas bem como a construção de Yosua António notou que
malianos, razão pela qual a Governo local contrai e não 2014, associada ao surgi- O empresário Francisco Chi- duas escolas, de seis salas o n ã o p aga m e n to d e s ta
banca local nunca tem paga, sendo que até algumas mento da pandemia do novo cote disse que o Governo da de aulas cada, no Missombo. dívida, fez com que a sua
dinheiro, porque os estran- dívidas não são reconheci- coronavírus, está a contribuir província deve à sua empresa Francisco Chicote lamen- empresa ficasse 13 meses
geiros vendem, mas a mer- das, devido ao elevado tempo negativamente para que mais de 1,9 mil milhões de tou o facto de existir muita sem pagar salários a 34 tra-
cadoria é adq uirida em que ficam por saldar. Disse muitas empresas na provín- kwanzas, desde 2014, pelo burocracia no Ministério das balhadores e que já foi noti-
outras regiões do país. ainda que o Governo do cia diminuam significativa- serviço prestado na cons- Finanças para o pagamento ficado várias vezes pela
De acordo com Longui Cuando Cubango está sem mente a sua actividade trução de muitas infra-estru- da dívida pública, uma situa- Inspecção Geral do Trabalho
António Bongo, no período capacidade de pagar as dívi- comercial e suspendem cen- turas e no embelezamento ção que tem criado muito ( IGT ) , para re s olver tal
em referência o Governo do das e, por força disso, a maior tenas de empregados. da cidade de Menongue. constrangimento às empresas situação o mais rápido pos-
Cuando Cubango contratou parte foi transferida, no ano Na sua visão, apesar do Francisco Chicote explicou da província. Salientou que, sível, mas que tudo está a
e adquiriu bens e serviços passado, para o Ministério actual momento que o país que a sua empresa - Fran- por esse facto, a empresa depender do ressarcimento
que atingem dezenas de das Finanças. vive, é necessário que o Exe- chicote, LDA - já remeteu está paralisada há mais de da dívida.
26 ECONOMIA Sexta-feira
10 de Julho de 2020

VAI SER LANÇADA DENTRO DE 20 DIAS

Nova família do Kwanza


divide cidadãos
Vânia Inácio as mercadorias); como uni-
Octaviano Francisco - Psicólogo dade de conta (instrumento
Há divergências de opinião pelo qual as mercadorias
a respeito da entrada em cir- são cotadas) e reserva de
culação da nova moeda da valor (poder de compra que
família do Kwanza “série A questão não reside se mantém no tempo, ou MERCADO CAMBIAL
2020. O seu lançamento está absolutamente na troca seja, forma de se medir a
agendado para o dia 30 deste do dinheiro para o outro. riqueza): No seu entendi-
mês,:conforme reza a Lei nº Até que ponto mento, algo que parece se Bancos regionais venderam
20/12 de 30 de Julho. A expec- a moeda resistirá quer salvaguardar.
tativa é grande e a discussão a esta onda Justificou a medida como a taxas menos competitivas
tem centrado à volta da qua- inflacionária? sendo introduzida no
lidade da mesma, a retirada momento oportuno, uma Bancos regionais como competitiva, estabele-
do então Presidente da Repú- vez que o evento se enquadra o de Cré dito d o S ul cida em 584,418 kwan-
blica, deixando apenas a no programa de reformas e (BCS) e de Investimento zas pelo Banco Kwanza
figura do primeiro Presidente, “faz jus ao clima de mudança Rural (BIR) venderam, Invest (BKI).
António Agostinho Neto.
Flávia Catarina - Estudante universitária que nós vivemos” ontem, pelo quarto dia Apontam, ainda, que
Mas a verdade é que a Já a estudante universitária, consecutivo, as divisas a taxa a que o BCS nego-
nota vai mesmo circular e, Flávia Catarina, preferiu levar mais caras do interban- ciou o euro representou
de forma paulatina, a “Acho que isso não é a sua análise sobre outra cário, invertendo a ten- mais 3,05 por cento que
vigente, vai deixar de existir. urgente. Há assuntos que direcção valorizando aspectos dência de taxas baixas a média dos bancos e
O bv i a m e n t e , q u a l q u e r deveriam marcar a nossa como o desemprego, a redu- a que operaram nas 5,91 que a mais baixa,
mudança tanto pode agradar agenda de prioridades. ção do preço da cesta básica semanas precedentes. à qual o Standard Char-
como não. É próprio da vida. Penso que esta da e mesmo o “próprio momento Números compilados t e re d B a n k A n g o l a
E em relação às novas notas mudança de dinheiro não de crise sanitária que estamos pelo Jornal de Angola (SCBA) transaccionou
por que teria de ser dife- cabe, por enquanto” a viver”. Para ela, são assuntos com base em dados a moeda europeia.
rente? Diferentes mesmo que deviam ser observados divulgados pelo BNA O B a n c o Ye t u e o
foram as opiniões de pessoas como prioritários. indicam que o BCS e o SCBA também nego-
atentas e contactadas pelo “Acho que isso não é BIR ofereceram, ontem, ciaram, ontem, o dólar
Jornal de Angola. urgente. Há assuntos que o dólar a 618,956 e a com a segunda e terceira
A grande novidade tem a deveriam marcar a nossa 6 1 3 , 6 0 0 k wa n z a s , taxas mais competitivas,
ver com a introdução das
Jóia Manuel - Doméstica age n d a d e p r i o r i d ad e s . assim como o euro a com o câmbio situado
notas de 10000 Kwanzas. A Penso que esta da mudança 698,088 e a 693,307 em 585,481 e 586,045
inquietação prende-se com de dinheiro não cabe, por kwanzas, as taxas mais kwanzas, respectiva-
o facto de até que ponto esta “Que impacto enquanto”. O que se quer, altas do mercado. mente, as mesmas
troca se justifica nesta altura, positivo imediato reforçou, é a valorização O Finibanco, com posições em que o
ou se, efectivamente, é o esta nova moeda da condição de vida das uma oferta do dólar BKI e o Millennium
momento certo. Há quem vai trazer p e s s o a s . A t ro c a n ã o é situada nos 610,201 Atlântico (ATL) tran-
defenda que sim, há quem à economia urgente”, defendeu. kwanzas e do euro em saccionaram o euro,
diga que não. Afinal de con- angolana”? Por sua vez Jóia Manuel, 689,467, foi o banco que cotado a 660,335 e a
tas, o denominador comum domé stica , mãe de trê s operou com a terceira 660,809 kwanzas.
é o facto de se querer um país filhos, alinhou no mesmo taxa de câmbio menos Até ontem, as taxas
melhor, onde o custo de vida diapasão. E questionou: competitiva, de acordo de câmbio propostas
baixe e a moeda exerça o seu “Que impacto positivo ime- com os dados publica- pela banca comercial
verdadeiro papel e se man- diato esta nova moeda vai dos pelo banco central. evidenciam uma ligeira
tenha valorizada. As opiniões foram unânimes prende-se com a questão da trazer à economia angolana”? Os números indicam apreciação do Kwanza
Percebeu-se que as opi- ao afirmarem que a retirada da desvalorização: até que ponto “ Aq ui o q ue imp orta que a taxa a que o BCS face às duas principais
niões divergem mais sobre o figura do Presidente cessante é a nova moeda resistirá a esta mesmo é que se garanta que negociou o dólar era divisas internacionais,
facto de ser o momento opor- um ganho porque parece existir onda inflacionária? Acredita cada medida que o Estado 3,70 por cento mais alta confirmando a expec-
tuno ou não, bem como se é consenso sobre a matéria. em melhores dias e que todo tomar seja realmente pen- que a média dos bancos, tativa do abrandamento,
prioridade a efectivação da Para Octaviano Francisco, a o esforço vai no sentido de se sando em melhorar as con- de 596,871 kwanzas, este ano, das perdas da
troca das referidas notas, dado questão não reside absoluta- ter um dinheiro que responda dições de vida do cidadão, situando-se em 5,91 moeda angolana no
o momento de crise financeira mente na troca de um dinheiro às suas três funções: como meio porque a vida está a se tornar por cento acima da mais mercado cambial.
que o país atravessa. para o outro. O seu problema de troca (intermediário entre cada vez mais difícil”, rematou.

PARA ESTE ANO

Banco Africano prevê recessão de mais de 5 por cento em Angola


André dos Anjos “A Covid-19 e a dramática do total da receita, vai con- Angola desçam, pela pri- por cento face ao ano pas- na revisão apresentada na
redução nos preços do petró- tribuir para um défice orça- meira vez, para menos de sado, mas ainda assim está semana passada.
D e p o i s d e e m fi n a i s d e leo minaram os esforços das mental que pode ir de 4,4 por 50 por cento do total da 8,6 por cento abaixo do pre- A degradação do cenário
Janeiro ter estimado para reformas, exacerbando a cento do PIB até 9,7 por cento”, receita fiscal, devido aos pre- visto no orçamento inicial, económico implica também
este ano um crescimento de situação macroeconómica no cenário mais pessimista. ços das matérias primas e com a despesa com salários um desequilíbrio orçamental,
2,8 por cento e uma inflação que já era frágil, e limitando No documento, que coloca ao impacto da pandemia. públicos a representar 29,5 com o Governo angolano à
de 11,2 por cento, com um as perspectivas para uma Angola em 43º lugar dos 54 “ O s p re ç o s b a i xo s d o por cento do total”. espera agora de um défice
excedente orçamental de 0,1 rápida recuperação eco- países africanos e em 170º petróleo e o impacto da pan- “O OGE revisto coloca o de 4 por cento, que compara
por cento, o Banco Africano nómica”, lê-se no suple- dos 195 países a nível mun- demia da Covid-19 baixaram serviço da dívida externa nos com a previsão de excedente
de Desenvolvimento (BAD) m e n t o à s P e r s p e c t iva s dial em termos de preparação a previsão de receita fiscal 4,5 mil milhões de dólares, de 1,2 por cento do PIB.
reviu em baixa as perspec- Económicas Regionais, o do sistema de saúde (Índice e p ela primeira vez o quando era de 7 mil milhões A balança de pagamentos
tivas para a economia ango- relatório anual do BAD sobre Global de Segurança Sani- Governo espera que o rácio inicialmente, o que parece também deverá oscilar para
lana, antecipando agora uma as economias africanas. tária), os analistas do BAD das receitas petrolíferas face incorporar, pelo menos par- terreno negativo, descendo
recessão que pode chegar a O documento, que revê alertam que “as perspectivas ao total caia para menos de cialmente, o resultado da de 6,1 por cento em 2019
5,3 por cento e um aumento fortemente em baixa as esti- sombrias de crescimento, metade (48,2 por cento), adesão à Iniciativa da Sus- para -4,2 por cento este ano.
de 24,3 por cento nos preços mativas apresentadas no final num contexto em que o país face aos 60,7 por cento de pensão do Serviço da Dívida “A expectativa de défices
até Dezembro. de Janeiro, antevê uma queda entra no quinto ano de reces- 2019 e aos 64,7 por cento do (DSSI) e as negociações sobre gémeos é em larga parte atri-
Num documento a que o do Produto Interno Bruto são, vão aumentar os desafios orçamento original”, lê-se este tema com a China”, lê- buível ao panorama sombrio
Jornal de Angola teve acesso (PIB) em Angola entre 3,1 sociais num país com 32 por numa análise do Departa- se na nota assinada pelo eco- esperado no sector petrolí-
ontem, analistas do BAD por cento, no cenário base, cento de desemprego”. mento de Estudos Econó- nomista Fáusio Mussa. fero, com o orçamento a
atribuem o revés à pande- que pode ir até 5,3 por cento micos do Standard Bank. Ainda assim, o rácio do assumir um preço de 33 dóla-
mia de Covid-19, que no cenário mais grave. Receitas do petróleo valem De acordo com o docu- serviço da dívida face às res por barril, que compara
começou na China, em “A redução da receita fiscal menos de 50 por cento mento, enviado aos clientes receitas deverá aumentar de com os 55 dólares previstos
Dezembro de 2019, e chegou ligada ao petróleo, que repre- O Standard Bank calcula que e citado pela Lusa, “a despesa 112,4 por cento no orçamento anteriormente”, acrescenta-
a Angola em Março. senta cerca de 60 por cento as receitas do petróleo em total deverá aumentar 17,9 inicial para 128,8 por cento se no documento.
ECONOMIA Sexta-feira
10 de Julho de 2020 27
SUSPENSÃO EM TODO O PAÍS

Pesca artesanal provê


Clientes do BCI aguardam 40 por cento da oferta
Victorino Joaquim que o actual estado de con-
finamento imposto pela pan-

pela retoma de créditos Quarenta por cento do peixe


consumido em Angola é pro-
vido pela pesca artesanal,
uma actividade desenvol-
demia da Covid-19 tem
deixado as cooperativas de
pescadores desprovidas dos
principais insumos para rea-
Há uma enorme expectativa sobre o termo do diagnóstico iniciado pelo banco que vida por cerca de 100 mil lização das suas actividades.
pescadores, declarou ontem, Ontem, o Ministério da
consiste na análise da execução da estratégia de recuperação de crédito e regularização em Luanda, a secretária de Agricultura e Pescas entregou
de outros activos, reposicionamento do negócio e a manutenção do capital humano Estado das Pescas. artefactos de pesca às seis
E sp e ra n ça C o sta , q u e cooperativa implantadas nos
ARIMATEIA BAPTISTA | EDIÇÕES NOVEMBRO falava num acto de entrega distritos urbanos da Ingombota
de artefactos de pesca a coo- e Samba, no âmbito do Pro-
perativas de pescadores dos grama de Apoio ao Fomento
distritos urbanos da Ingom- de Pesca Artesanal.
bota e Samba, considerou O donativo é composto
que, para os angolanos, a por botas, balanças, redes,
pesca representa um ins- linhas de pesca, cordas, bal-
trumento privilegiado na des, bidões, bóias, salva-
luta contra a pobreza e para vidas e facas, entregues às
a provisão da proteína animal cooperativas Família Rui
necessária para o equilíbrio Tito, Êxodo, Jovens Unidos,
da dieta alimentar. Kiluanje, APL e Peixeiras
A responsável reconheceu “Avó Mabunda”.

PROJECTO PILOTO DE AQUICULTURA

Malanje coloca toneladas


de cacusso no mercado
Venâncio Victor | Malanje zole”, na localidade de
Quissol. Com 20 tanques,
O Projecto de Apoio a Pesca dos quais dez já povoados,
Artesanal e Aquicultura, contendo 2 mil peixes cada,
(AFAP), em Malanje, prevê a cooperativa, que existe
Regina Handa facto de não sabermos para período de 2020-2023, bem em boas condições. “E assim colocar no mercado uma há seis meses, integra 78
quando a retoma dos créditos como a definição e imple- que ver que o braço está produção de 5 mil toneladas membros e prevê atingir
O Banco de Comércio e no BCI”, indaga Carla Valente. mentação de um programa infectado ou a minguar por de peixe cacusso de 500 gra- 48 tanques. Noventa por
Indústria (BCI) suspendeu, O Jornal de Angola con- de curto prazo para o sanea- falta de músculo deve treinar mas, até Fevereiro de 2021, cento da produção é des-
a caminho já de dois meses, tactou a Administração do mento, com destaque para para fortalecê-lo até onde com a conclusão do segundo tinada à criação de negócios
a cedência de créditos, sem BCI, mas até ao fecho da edi- a revisão dos orçamentos de der e assim que estiver mus- ciclo de produção que arranca e os restantes dez por cento
que alguns clientes tivessem ção não se pronunciou sobre contratos de prestação de culado, entrega ao sector no próximo mês de Agosto. para alimentação.
tomado nota da medida a matéria. No entanto, fontes serviço, a execução de uma privado, com mais-valias A garantia foi dada, terça- Evaristo Quintas infor-
tomada pela administração l iga d a s a i n d a a o b a n c o estratégia de recuperação de significativas e parte para feira última, pelo coorde- mou que o primeiro ciclo
do banco liderada pela jurista público, disseram, sem avan- crédito e regularização de outra iniciativa bancária”. nador do projecto de de produção, que arrancou
Zenaida Gestrudes Zumbi. çar mais elementos, que outros activos, reposiciona- “Como sabemos, os fun- desenvolvimento da aqui- em Novembro do ano pas-
O banco público, que está decorre a nível interno uma mento do negócio e a manu- dadores do BCI são os melho- cultura local, Evaristo Quin- sado, e que termina no pró-
em vias de ser privatizado, reestruturação da carteira tenção do capital humano. res quadros da banca tas, no acto que marcou o ximo mês de Agosto, vão
lançou vários produtos e ser- de crédito para ajustá-la às No relatório de fundamen- angolana (primeiro Conselho início da venda do pescado ser colocados no mercado
viços entre os quais o “Crédito novas exigências do regu- tação da proposta de revisão de Administração). Por isso, na província, no âmbito do duas mil e 500 toneladas
Salário”, o chamado Adian- lador, neste caso, o Banco do OGE 2020, que será apro- o BCI foi uma grande escola projecto AFAP, que teve de peixe cacusso com o
tamento, “Cria Condições”, Nacional de Angola (BNA). vada na generalidade no pró- da banca”, conclui. lugar na cooperativa, “Bin- peso de 500 gramas.
“Crédito Automóvel”e de Questionado sobre a data ximo dia 14 do corrente,
“Seguro Automóvel”. A pro- provável da retoma dos cré- salienta que os bancos públi-
pósito, alguns clientes ouvidos ditos BCI, escusou-se a cos BPC (Banco de Poupança NO I TRIMESTRE
pelo Jornal de Angola, com os comentar por falta de mais e Crédito) e BCI (Banco de
salários domiciliados na ins-
tituição, não entendem a
informações (dados mais
concretos). Entretanto, numa
Comércio e Indústria) foram
recapitalizados com uma
Empréstimo bancário aumenta 0,428%
medida da suspensão credi- nota tornada pública em verba de aproximadamente
tícia, uma vez que a privati- finais de Abril, o Conselho 1.013.118 milhões de kwanzas. e atinge 4, 6 mil milhões de kwanzas
zação em curso não pode de Administração do BCI A recapitalização do BCI
afectar os interesses dos clien- anunciou um conjunto de vai obedecer a duas fases, Mateus Cavumbo Overnight fixou -se no contribuam directa ou indi-
tes e nem fazer com que o medidas entre as quais a sendo a primeira até 30 de final do primeiro trimestre rectamente para a produção
banco deixe de exercer o seu implementação da Norma Junho de 2020, no montante O crédito ao sector privado de 2020 em -1,70%, man- dos 54 bens definidos no
papel ao qual foi criado. Internacional de Relatório de Kz 30 mil milhões, e a em moeda nacional, no tendo, deste modo, a pre- PRODESI (Programa de
Pedro Vidal reforça que a Financeiro 9 (IFR9) ao qual segunda, até Dezembro de primeiro trimestre de 2020, dominância de obtenção Apoio à Diversificação das
privatização não pode com- implicaria a reexpressão das 2020, no valor de Kz 27 mil situou-se em 4.665 mil de liquidez a baixo custo Exportações e Substituição
prometer a principal função demonstrações financeiras milhões, tal como orienta- milhões, o equivalente a junto do BNA iniciada no de Importações).
da banca, visto que os clientes do exercício de 2018, bem ção do Decreto Executivo um aumento de 0,428% mês de Novembro de 2019, O sector bancário
(particulares e empresas) como o incremento das do Ministério das Finanças face ao último trimestre em detrimento do mercado encontra-se globalmente
têm projectos que devem ser imparidades do crédito e nº 164/20 de 08 de Maio. do ano anterior. monetário interbancário. robusto, segundo o resul-
concretizados, recorrendo outros activos de 2019. Esses dados constam do Segundo o documento, o tado da análise da quali-
ao empréstimo bancário. Em consequência e em Alternativas pragmáticas “Relatório de Fundamen- aumento do crédito ao sector dade dos activos do sector
Por exemplo, apontou o cumprimento das medidas Em reacção, o bancário, mes- tação da Proposta de OGE privado em moeda nacional bancário (AQA) de Dezem-
“Crédito Salário”, como pro- do Regulador (BNA), o Con- tre em finanças públicas, 2020” apresentado na pas- reflecte a estratégia de pro- bro último, que incidiu
duto que tem desafogado selho de Administração Fernando Lucanga, criticou s a d a s e x t a - f e i ra p e l o moção do crédito adoptada sobre 13 instituições que
quando há uma situação de adoptou um conjunto de a cerca da recapitalização Governo à Assembleia pelo Executivo, com desta- representavam 92,8% do
extrema para solucionar. medidas restritivas nas rubri- dos bancos públicos em Nacional para a discussão que para o Aviso nº 7/2019, total de activo do sistema
“Não entendo certas medidas cas de crédito e investimento, falência, pois, teriam que e aprovação final. do BNA, em vigor desde 30 financeiro nacional.
dos nossos gestores bancá- para o reforço do compro- c r i a r a l te r n at iva s m a i s O documento acentua de Setembro de 2019, que A contracção da Base
rios. Estou perplexo e revol- misso da defesa dos interesses pragmáticas para a solvên- que o crédito ao sector pri- visa estimular a concessão Monetária observada no
tado ao mesmo tempo”, dos accionistas, demais sta- cia financeira. vado em moeda nacional de crédito para promoção período, foi fortemente
desabafou Pedro Vidal. keholders e a sustentabilidade Quanto à privatização do registou incremento tri- da produção de bens essen- influenciada pela execução
Já Carla Valente, a decisão da própria instituição. Banco de Comércio e Indús- mestral de 7,4% durante ciais que representam défices das operações cambiais,
deveria ser bem ponderada Deu nota ainda que, con- tria (BCI) se houve ou não 2019. A variação anual na oferta nacional. com uma contribuição de
e comunicada directamente cluído o diagnóstico finan- alguma precipitação do homóloga atingiu 21,33%, Por outro lado, o Aviso 59,58%. Contudo, as ope-
aos interessados com vista c e i ro e d o a m b i e n te d e Governo, Fernando Lucanga, tendo se fixado em Kz nº 4/2019, de 26 de Abril, rações fiscais expansionista
a manter a confiança entre controlo do banco no pri- defende que já se devia ter 3.829 mil milhões no final define as condições de (51,98%), o que contribui
o banco e os clientes, quer meiro trimestre de 2020, sido feita há bastante tempo. de 2019. O spread entre as financiamento para pro- para uma menor contracção
pequenos, quer os grandes. foram lançadas as bases do Aliás, como disse, o Estado taxas do BNA e a Luibor jectos de investimento que da BM.
“O mais inquietante é o plano estratégico para o deve ter um braço bancário
28 ENTREVISTA Sexta-feira
10 de Julho de 2020

FERNANDO PACHECO, AGRÓNOMO, FUNDADOR DA ADRA E CONSELHEIRO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA


DOMINGOS CADENCIA | EDIÇÕES NOVEMBRO

“O sector agrícola
tivéssemos seguido essa via, será ainda maior este ano.
hoje estaríamos numa situa- Mas também é verdade que
ção menos difícil. Mas a cha- há muita propaganda à
mada “doença holandesa” mistura com a tradicional

tinha condições
e o complexo de novo rico dificuldade dos nossos jor-
causam-nos muitos danos. nalistas lidarem com
Além disso, temos de pensar números, daí os exageros.
numa indústria nacional

para ser dos


produtora de insumos, desde Todo esforço de substituição
as sementes a equipamentos, das importações pela produção
passando pelos fertilizantes. nacional tem ainda de enfren-
Já há alguma produção de tar bastante obstáculos?

melhores
adubos orgânicos, que devia Os lóbis da importação de
ser mais incentivada. Há uns alimentos são muito fortes.
anos falou-se da instalação Continuámos a ver fruta
de misturadores de adubos importada nas grandes super-

estruturados e
simples, o que permitiria fícies, quando nada o justifica.
poupanças consideráveis, Contudo, é salutar constatar
mas parece que a ideia não que os gastos com a impor-
foi adiante, infelizmente. tação de alimentos estão a

equipados
diminuir nos últimos anos,
O ministro disse na entrevista como disse antes. Isto mostra
à TPA que nem catanas e enxa- que não é impossível, desde
das produzimos… que haja vontade política,

em África”
Essa é a triste realidade. No coisa que não houve antes.
entanto, já estamos a montar Mas o facto de agora não ter-
tractores. Não sei se vai dar mos divisas para esse tipo de
certo, veremos. Penso que “luxo” vai ajudar ainda mais
a mecanização tem de ser nos próximos tempos.
Em entrevista ao Jornal de encarada com seriedade.
Angola, o agrónomo, Cerca de 70% da nossa área E quanto a exportações?
cultivada (cerca de cinco Estamos a exportar alguma
conselheiro do Presidente da milhões de hectares) é tra- fruta, mas em muito pequena
República, Fernando Pacheco, balhada com enxadas, ape- e s cala , principalmente
considera importante nas 2-3% com tractor, a banana, mas como digo sem-
restante com tracção animal. pre o mais importante é
revelarem-se os gastos de mais Isso não pode continuar, começar. O caminho será
mil milhões de dólares em quer por respeito às mulheres longo, mas merece ser per-
e homens ligados à agricul- corrido. Há medidas organi-
projectos não estruturantes que tura, quer porque precisamos zativas e institucionais em
praticamente não trouxeram de maior eficácia e eficiência. curso, como a Janela Única
nenhum benefício para o país. Porém, a tractorização de de Exportação, que poderão
toda a área deve ser faseada ajudar, mas surpreende que
Com esse dinheiro, Angola teria e leva anos, mas podemos o café continue a merecer
um dos sectores agrícolas melhor fazer de imediato alguma pouca atenção por parte do
coisa. Devemos começar Executivo. Temos experiência,
estruturados e equipados do pela definição de uma polí- mercado e plantações, que
continente. Denunciou ainda a tica de mecanização com o podem ser recuperadas ou
existência de lobbistas fortes na importação de maior rigor possível, que vá renovadas, o que permitiria
para além da simples aqui- criar muitos empregos e
alimentos, pois continua a verificar-se a fruta sição de tractores. Durante aumentar as exportações.
importada nas grandes superfícies comerciais, muito tempo, o tractor vai Confesso que a apatia em
conviver com a tracção ani- relação ao café é estranha.
quando nada o justifica mal e com outras tecnologias Há uma intenção da União
de baixo custo muito usadas Europeia em ajudar, mas as
em países asiáticos, nomea- coisas parecem não andar.
damente, a Índia, o Vietname
António Eugénio e a China. Se podemos mon- Será muito difícil ter-se uma
como acontece em quase como os elementos funda- novo paradigma de desen- tar tractores, seremos capazes produção nacional em grande
Que avaliação faz sobre as todo o mundo. Entretanto, mentais da estruturação da volvimento económico e social de fabricar tais equipamentos escala que atenda as neces-
medidas de alívio económico a grande dificuldade estará, produção agrícola. Eu acres- do país. Há cerca de dois anos, em Angola para que diminua sidades alimentares?
adoptadas pelo Governo à luz como sempre aconteceu, nas centaria o pilar institucional, o Presidente da República já o esforço das mulheres e Em países como o nosso, as
da Covid-19? práticas. Na linha do que incontornável no nosso con- havia dito algo semelhante, homens e aumente a pro- necessidades alimentares são,
Dadas as limitações existen- tenho dito com frequência, texto e, com isso, ficam todos mas não se tomaram as medi- dutividade do seu trabalho. na maior parte dos casos, satis-
tes, as medidas adoptadas a Estratégia de Longo Prazo os elementos da chamada das necessárias para a con- feitas pela agricultura de
pelo Executivo parecem-me 2025 era, no essencial, acei- cadeia de valor preenchidos. cretização da orientação, Neste momento, fala-se muito pequena escala ou pela agri-
razoáveis. A redução do IVA tável, mas a sua concretiza- Por razões conhecidas, ligadas principalmente no que se refere de falta de escoamento da cultura familiar, reservando-
para 5% na aquisição de insu- ção seguiu em sentido às más políticas ou medidas aos instrumentos para a exe- produção e que há produtos se a agricultura de larga escala
mos para a agricultura é muito contrário. Em todos os sec- de política e às guerras, os cução. Poderia dar inúmeros a estragarem-se… para a exportação ou para a
importante. Claro que elas tores. Em termos gerais, não agricultores angolanos não exemplos, coloco o foco no Isto acontece todos os anos agro-indústria. Assim, acon-
não são as desejadas pelos acredito em nenhuma estra- puderam praticar agricultura capital humano e no conhe- nesta época do ano. Só que tecia em Angola nos anos 60
empresários, nem as neces- tégia que não tenha em conta devidamente, não houve cimento, fundamental, para agora a Comunicação Social e 70 do século passado, assim
sárias para que a economia a revitalização da economia transmissão geracional de que as instituições públicas e está mais atenta. Infeliz- acontece no Brasil. O insucesso
não se afunde mais. No nos municípios, onde a vida conhecimentos e não houve as empresas, na sua imensa mente, ao que parece, só com o "Dubai Agrícola", que
entanto, acho que faltou se faz e nas áreas rurais. formação adequada de téc- diversidade, melhorem o seu agora estão a ser dados passos tentámos nos primeiros anos
mais atenção à situação das nicos. Daí o recurso a técnicos funcionamento. O sucesso concretos para a solução do de reconstrução nacional,
famílias que, além das Até que ponto os incentivos estrangeiros que são caros e estará ainda dependente das problema do comércio rural. ensinou-nos que o problema
empresas, são elementos que estão a ser dados aos pro- pagos em divisas. Para atin- opções que se fizerem. Sem Se o produtor não consegue não se resume à dicotomia
fundamentais da economia. dutores são suficientes para girmos a auto-suficiência ali- divisas, o país tem de voltar- vender, não terá estímulos entre sector público e privado.
Sendo positiva a adopção de garantir o aumento da pro- mentar, é necessário um se para os recursos internos e para continuar a produzir. São poucas as excepções de
processos mais expeditos dução a curto prazo? enorme esforço organizativo o principal é o humano. privados com sucesso –
para legalização da economia Todos os agricultores clamam e financeiro. Os governantes Mas as pessoas questionam embora algumas delas de
informal, entendo que, neste por incentivos mas, no fundo, têm de ter noção clara disso. Sem importações de insumos? como, de repente, parece haver muito boa qualidade –, mas
momento, esta não deve ser pretendem créditos em pri- Importando apenas os essen- tanta produção nacional… insuficientes para garantirem
uma prioridade. meiro lugar. O crédito é Mas o Executivo aprovou recen- ciais. A experiência de outros Tem havido um aumento as necessidades alimentares.
A formalização vai acontecer importante, mas é apenas um temente o Plano Integrado de países que não têm acesso gradual da produção, prin- O problema está na dimen-
naturalmente à medida que elemento mais de uma longa Aceleração da Agricultura e fácil a divisas mostra que é cipalmente, depois de ter são. Muitos empresários
a economia for funcionando cadeia que se estende a mon- Pesca Familiar. É uma boa deci- possível uma agricultura com ficado claro que a descida padecem de uma doença que
de acordo com as regras de tante e a jusante do produtor. são no sentido de que fala? base nos recursos internos, do preço do petróleo estava é quase uma pandemia – a
mercado. Realço o modo Nós temos um péssimo his- Sem dúvida que sim, desde pessoas, terra, água e culturas para ficar, só que havia certos dos projectos megalómanos,
como parece que se passam torial no que respeita ao cré- que se aproveite para que que não exigem muitos insu- interesses em ignorá-la para que geram vazios e desvios.
a encarar as micro e peque- dito agrícola porque não se outras medidas sejam imple- mos externos, criação de justificar as importações. Os Se não temos instituições
nas empresas, geralmente atacou o problema de modo mentadas. O Plano em si não gado com pastagens naturais. números não enganam. Os funcionais e infra-estruturas
esquecidas quando se fala holístico ou integral. Na sua resolve nada, como outros não Defendo essa abordagem há gastos anuais na importação adequadas, temos de ser
do sector privado, mas que entrevista à televisão pública resolveram. Por exemplo, o muitos anos, que pode estar de alimentos passaram de menos ambiciosos na escala
terão de ser encaradas como na semana passada, o ministro Plano a que se refere deve tor- associada a uma agricultura quatro mil milhões para três dos projectos, e aumentá-la
a mola impulsionadora da da Agricultura falou de capital nar o sector agrário familiar orgânica, menos agressiva milhões no ano passado e à medida que se vai ganhando
economia e do emprego, humano, logística e mercado competitivo e relevante no em relação ao ambiente. Se tudo indica que a redução experiência.
ENTREVISTA Sexta-feira
10 de Julho de 2020 29
Como vê a questão da falta viços. Infelizmente, a palavra PRODUTORA DE MÓVEIS ESCOLARES
de insumos necessários para “cooperativa” tem uma
a próxima campanha? conotação negativa entre
Todos os anos vivemos este
drama. Trata-se de um círculo
nós que urge remover. Exis-
tem cooperativas de ser-
Empresa mobiliária vê o PIIM como uma oportunidade de negócios
vicioso. Nesta altura do ano, viços em países pobres, António Eugénio CEDIDA “Não compreendo como
os insumos para a campanha mas também nos desen- é que vão comprar os mate-
que começa em Setembro já volvidos, como os EUA, O grupo Jirétours, que riais escolares numa uni-
deviam estar a caminho para A lemanha ou a S ué cia . investiu esse ano mais de dade comercial que, em
serem adquiridos pelos agri- Temos de definir o que pode 350 milhões de kwanzas menos de pouco tempo,
cultores. Parece-me que, ser uma cooperativa nas para o fabrico de móveis deterioram. É preciso res-
uma vez mais, há atrasos. áreas rurais de Angola, que escolares usando matéria- ponsabilizar essas pes-
Isto vai ter reflexos na pro- tipo de serviços poderá prima 100% angolana soas”, atira.
dução do próximo ano. Se prestar ou intermediar, essencialmente a madeira Face aos problemas sani-
for verdade, o Plano de Ace- desde os insumos à assis- e o ferro, está atento às tários que o país vive, a
leração começa mal… tência técnica e ao crédito. op ortunidade s q ue s e empresa adequou-se ao
abrem sobre as unidades momento da calamidade
Isto significa que houve pro- escolares a serem cons- e está a confeccionar meios
blemas nas campanhas agrí- Em países como o truídas no âmbito do Plano que evitem a propagação
colas passadas? nosso, as necessidades Integrado de Intervenção de qualquer enfermidade.
O orçamento das últimas alimentares são, na nos Municípios (PIIM). Osvaldo O grupo empresarial
campanhas previam o for- Com o foco virado para Caumbulo angolano pretende alargar
maior parte dos casos,
necimento de insumos, os satisfeitas pela este nicho, o investidor pre- o negócio para outras loca-
chamados pacotes tecnoló- agricultura de tende que o Governo possa nacional e alavancar a Osvaldo Caumbulo apelou lidades do país, porém,
gicos, a cerca de 900 mil famí- pequena escala ou reduzir a exportação de car- indústria transformadora ao Executivo para continuar solicita as instituições
lias camponesas, das cerca pela agricultura teiras e poupar milhões de da madeira. O responsável a apoiar a produção nacio- financeiras a redobrar o
de dois milhões existentes, familiar, reservando- kwanzas, que podem ser afirmou que diariamente nal, em particular o sector apoio à indústria trans-
mas as verbas disponíveis se a agricultura de injectados para outros sec- a unidade chega a fabricar imobiliário, para a criação formadora de madeira.
apenas permitiram atingir larga escala para a tores económicos. 300 carteiras individuais de mais empregos para a Localizada na zona do
pouco mais de 100 mil famí- exportação ou para a “Os nossos móveis são para abastecer algumas juventude. A fábrica gerou, Benfica, em Luanda, numa
lias, isto é, 12% do número agro-indústria. Assim, feitos com material nacional. escolas de Luanda, numa até agora, 65 postos de tra- área de 1.200 metros qua-
previsto e 4% do total das acontecia em Angola É um contra censo que con- capacidade total de 600 balho. Quanto aos preços drado s , a empre sa foi
existentes. Ter a compreensão nos anos 60 e 70 do tinuemos a comprar bens carteiras individuais e dos materiais comerciali- criada em 2016 com a pro-
holística de que falo atrás é século passado, assim acabados quando interna- duplas por dia. zados são acessíveis, tendo dução de mobiliário
ter em conta todas estas ques- acontece no Brasil mente podemos fabricá- Ultimamente tem havido lamentado o facto de muitas doméstico e em 2017, fruto
tões de modo a possibilitar los”, disse o administrador fraca procura do imobiliário instituições de ensino care- da entrada de uma nova
decisões sensatas. De modo do grupo empresarial, escolar e a desaceleração cerem de carteira e muitas administração passou a
algum se poderá continuar O senhor como agrónomo Osvaldo Caumbulo, em da economia tendo em conta delas acorrerem anualmente dedicar-se à produção de
a manter sem apoio mais de tem acompanhado a compra declarações ao Jornal de a pandemia de Covid-19. A a algumas unidades para mobiliário escolar, sobre-
90% das famílias camponesas de gado do Tchad. Acha que Angola. Com esta medida, empresa, além de vender comprar carteiras escolares tudo em madeira, metálico
existentes, pois o corolário foi um erro do Governo recor- a firma alega desencorajar carteiras, garante também por alguns que ele considera e em polipropileno des-
será o aumento do êxodo rural rer a importação de gado do e reduzir o tráfico ilegal da assistência e manutenção “paraquedistas” do ramo tinado também para escri-
com todas as consequências exterior? madeira para o exterior, aos clientes que acorrem que comercializam os meios tórios, bibliotecas, igrejas
conhecidas. O Executivo tem O ministro da Agricultura valorizar a matéria -prima àquela unidade fabril. a custos elevados. e museus.
de encarar o apoio financeiro disse que os laboratórios não
a estes agricultores. Por razões têm reagentes, nem água,
políticas, mas também eco- nem luz. Isto merece reflexão. TERÇA-FEIRA ÚLTIMA AMEAÇADAS DE FALÊNCIA NO SOYO
nómicas e sociais. Antes de avançarmos com
qualquer projecto, temos de
Então, estamos longe da segu-
rança alimentar?
ter em conta a criação de
condições. Estejamos a falar 56 toneladas de Café Ginga Empresas de serviços solicitam
Sim, estamos. E quando abor-
damos a segurança alimentar,
de agricultura ou de outra
actividade qualquer. A expli-
inserção nas medidas de alívio
exportadas para Portugal Victor
temos de associar de imediato cação que nos é dada é que Mayala | Soyo como os casos da hote-
a questão nutricional, que é seria difícil sermos ressar- laria, turismo e comércio,
bem mais grave. E fiquei ainda cidos da dívida do Tchad de A empresa de torrefacção Agentes económicos do deviam ser contemplados,
mais preocupado quando outro modo, pois é disso que Angonabeiro anunciou, município do Soyo (Zaire) por estarem também a
constatei que no processo de se trata, não de uma compra. ontem, uma remessa de A remessa segue- defenderam a inclusão do viver dificuldades finan-
reforma do Estado deixou de O que devíamos ter feito era 56 toneladas de Café Ginga se a uma sector não produtivo no ceiras, em consequência
existir o Gabinete de Segu- criar as tais condições, que Lobito para Portugal, na experiência piloto Programa de Alívio Eco- do surgimento do novo
rança Alimentar no novo resolveriam o problema desse terça-feira, na primeira realizada há já nómico, lançado pelo Coronavírus.
MINAGRIP. Quando noutros gado e ficaria a obra para etapa de exportações da alguns anos, no Executivo no passado mês “Gostaríamos que o
países a preocupação é elevar apoio ao desenvolvimento marca que atingem as 300 quadro de uma de Abril, para acudir as Governo revisse as medi-
o nível institucional da segu- da pecuária angolana. Nós toneladas no final do ano. estratégia que, micro, pequenas e médias das de alívio económico
rança alimentar e nutricional, gastamos muitas divisas na Uma nota de imprensa além de Portugal, empresas com dificulda- para que possam abranger
com estruturas mais próximas importação de animais de da companhia declara tem em vista a des de tesouraria. todas as áreas da activi-
dos Chefes de Governo, nós raças apuradas nos últimos q ue o café em grão e colocação de Avaliado em 488 mil dade. Estamos a enfrentar
baixamos o nível. Acho que 15 anos. Possivelmente, terão embalado em sacos de produtos em mais milhões de kwanzas, o g ra n d e s d i fi c u l d a d e s
foi uma medida errada. morrido mais de metade das um quilo, partiu em navio alguns países da pacote financeiro é financeiras, porque as
cabeças importadas por falta do Porto de Luanda rumo Europa monitorizado pelo Ins- nossas receitas baixaram
As cooperativas agrícolas são das condições. Se parte dessas a Portugal, em três con- tituto Nacional de Apoio consideravelmente, facto
a solução para a resolução divisas tivessem sido enca- tentores de 40 pés. às Pequenas e Médias que pode nos levar à falên-
de alguns destes problemas minhadas para equipamento A companhia, detida Empresas (INAPEM) e cia”, disse José Suzana,
de que falámos? de laboratórios, hoje não pelo Grupo Angonabeiro Além de Café Ginga, a implementado pelo Banco grossista de diversos bens
Quando se fala de logística, teríamos as dificuldades que Angola , revela q ue a Angonabeiro prevê de Desenvolvimento de alimentares. Várias peque-
temos de pensá-la a dife- estamos a ter, mas o pro- remessa segue-se a uma exportar, este ano, 1.200 Angola (BDA). nas e micro-empresas do
rentes níveis. Importar ou blema é mais grave, um labo- experiência piloto reali- toneladas de Café Verde Alguns agentes econó- sector de serviços foram
disponibilizar os insumos ratório construído e equipado zada há já alguns anos, para a sede do grupo em micos que operam na abaladas pelo impacto da
(sementes, instrumentos de em 2004 em Malanje, com no quadro de uma estra- Campo Maior, Portugal, região, sobretudo no sector Covid-19, como é o caso
trabalho, fertilizantes, equi- técnicos treinados no Brasil tégia que, além de Por- com o grão a ser, depois, não produtivo, abordados dos hotéis, restaurantes
pamentos,…) não é sufi- praticamente nunca funcio- tugal, tem em vista a utilizado na composição pelo Jornal de Angola , e discotecas, que viram a
ciente. Temos de pensar no nou. Anos depois, a cerca de colocação de produtos dos diversos lotes pro- enaltecem a iniciativa do sua actividade interrom-
modo como chegam aos 60 km, uma empresa privada em mais alguns países da duzidos pelo grupo Executivo, mas entendem pida ou reduzida, o que
agricultores. Volto à questão construiu um laboratório com Europa, os quais afirma Nabeiro, incluindo o Delta que outros sectores da provocou prejuízos finan-
dos municípios, onde não financiamento do Estado. estarem “por enquanto Angola, que é enviado actividade económica, ceiros incalculáveis.
há comércio nem serviços Conclusão, faltam muitas mais mantidos em segredo”. para mais de 30 países.
ADOLFO DUMBO | EDIÇÕES NOVEMBRO
em geral. A solução pode coisas para além dos reagentes, “Estamos muito orgu- De acordo com o docu-
passar por estimular privados da água e da electricidade. lhosos com este reconhe- mento, a aposta no
a instalarem-se nos muni- Quando se analisa a situação cimento internacional da relançamento da produ-
cípios, o mais próximo pos- da agricultura actual é abso- qualidade do Café Ginga ção de café nacional e
sível dos agricultores. Mas lutamente necessário denun- que será comercializado no reforço do plano de
será difícil conseguir fazer ciar os gastos de mais mil em Portugal pelo grupo exp ortação “ e stá em
isso à escala de todo o ter- milhões de dólares em pro- Nabeiro e é destinado a linha com a política de
ritório, que é imenso. Por jectos não estruturantes que clientes da Distribuição redução de importações
outro lado, o comércio rural praticamente não trouxeram Moderna”, salienta, citado e aumento de exporta-
ainda não tem uma escala benefício nenhum. Com esse na nota, director-geral ção, com o objectivo de
atractiva. Então esta pro- dinheiro, teríamos um dos regional para os Mercados diversificar a economia
moção pode ser comple- sectores agrícolas melhor Internacionais do Grupo e potenciar a recolha de
mentada com a criação e estruturados e equipados do Nabeiro, José Carlos Beato. divisas para o país”. Um dos restaurantes do Soyo afectado pela crise
apoio a cooperativas de ser- nosso continente.
30 CULTURA Sexta-feira
10 de Julho de 2020

O PASSO E O COMPASSO
“19 CARTAS PARA A COVID-19”
Carlitos Vieira Dias no Show do Mês Live
Kanguimbo Ananaz Analtino Santos

Ao som de sucessos como


DR

em antologia lusófona
“Passo do Sangazuza”, Car-
litos Vieira Dias é o convi-
dado do próximo Show do
Mês Live, transmitido ama-
nhã, pelas 16h00, na TPA 1
O texto narrativo “Quarentenando”, de Kanguimbo e nas redes sociais, a partir
do Complexo Hoteleiro da
Ananaz, faz parte da antologia “19 Cartas para a Covid-19”, Endiama, em Luanda.
que reúne 19 autores lusófonos, uma iniciativa da Do reportório de Carlitos
Associação Cultural Xitende, de Moçambique Vieira Dias constam, entre
outros, os sucessos “Eme
DR N’Gui Mona”, “N’Gola”,
“N’zaka”, “Marçalina”, “Colo-
nial”, “Birin Birin”, “Lemba”,
“Palam” e outros do seu disco
“Vozes de um canto”, que nas
diversas fases da carreira têm
roupagens diferentes.
Depois da viagem em
torno dos sucessos da música Guitarrista actua amanhã pela terceira vez no programa
angolana produzida nos anos
1980, a Nova Energia traz nal de Cultura e Artes, em Carlitos Vieira Dias é filho
como proposta para a edição 2004, na categoria de Artes de Carlos Aniceto Vieira
deste sábado, do Show do e Espectáculos. Dias, o pai da música
Mês Live, Carlitos Vieira Dias, A primeira aconteceu no moderna angolana, mas
exímio guitarrista, compo- encerramento da quinta tem- como artista ganhou iden-
sitor, produtor e, nas últimas porada e regressou no ano tidade própria e é respeitado
décadas, interprete com passado na homenagem ao pela classe artística e aman-
imprecisões digitais em primo, Ruy Mingas, num dos tes da música angolana pela
sucessos desta época e em últimos grandes momentos capacidade nos arranjos e
grande parte da produção de Zé Kafala interpretando o a introdução de novos ele-
musical dos anos 1970. “Angola Avante”, Hino Nacio- mentos rítmicos e de estética
O artista subirá com o nal. O artista espera voltar a sonora na música angolana.
inseparável violão e o suporte apresentar o momento de voz, Ainda criança, Carlitos
da banda do Show do Mês. violão, ngoma e dikanza para Vieira Dias assistia os ensaios
Esta será a terceira passagem ilustrar o processo evolutivo do mítico grupo Ngola Rit-
pelo Show do Mês do artista da música angolana e reserva mos e mais tarde chegou a
que venceu o Prémio Nacio- surpresa nos arranjos. integrar o grupo em palco.
Poetisa angolana está entre as seleccionadas para a colectânea da Associação Xitende

Roque Silva A poetisa afirmou que já começa a


ganhar reconhecimento fruto da partilha MÚSICA
A escritora Kanguimbo Ananaz integra de textos nas redes sociais, porquanto OBRAS EM PORTUGUÊS
um leque de 19 autores da Comunidade tem recebido propostas para participar
dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em encontros em vários países, com des- Britânicos
cujos trabalhos deram origem à antologia
“19 Cartas para a Covid-19”, com edição
física agendada para os próximos meses.
taque para Moçambique e Chile. “Mais
do que dinheiro, os autores podem ganhar
ainda mais visibilidade e reconhecimento
Instituto Camões pedem ajuda
A colectânea, uma iniciativa da Asso- por estarem a ser lidos com frequência”. para evitar
ciação Cultural Xitende, de Moçambique,
reúne 19 textos literários inéditos e de
autoria de destacados escritores da
De acordo com a escritora, apesar das
dificuldades que está a causar, a pandemia
veio ajudar algumas pessoas, sobretudo
cria linha de apoio crise no sector
CPLP, muitos dos quais premiados nos os artistas, a se redescobrirem. Os artistas, Os livrosde autores de língua modalidade de apoio à tra- Paul McCartney, Ed Sheeran
seus países. por exemplo, são obrigados a estar ligados portuguesa, dos países afri- dução e edição de obras e The Rolling Stones estão
Os textos estão disponíveis numa pri- à internet para investigar por forma a canos falantes, de Portugal referenciais da literatura entre os 1.500 músicos que
meira fase nas páginas e plataformas de auto-superarem-se e marcarem presença e de Timor-Leste, podem portuguesa que, a par do pediram, ontem, ao governo
internet oficiais da referida associação, nas redes sociais, partilhando as suas agora ser traduzidos e edi- apoio à tradução e edição, britânico para ajudar os artis-
que integra académicos, investigadores novas criações. tados noutros idiomas, gra- prevê igualmente a aqui- tas a sobreviverem ao surto
e artistas. ça s a um proto colo de sição de exemplares”, lê- de coronavírus, com a rea-
A antologia deve ser editada em livro “Seios e Ventos” cooperação assinado entre se num comunicado. lização de espectáculos ao
físico nos próximos meses em várias línguas, O mais recente livro de poesia “Seio e Ven- o Camões - Instituto da Coo- Segundo a mesma fonte, vivo, informou a Reuters.
fruto das conexões existentes entre a Asso- tos” teve o lançamento presencial cancelado peração e da Língua e a a linha de apoio à tradução “O futuro dos espectá-
ciação Cultural Xitende com suas congéneres, por conta do surgimento da pandemia. O Direcção-Geral do Livro dos e edição visa “estimular o culos e festivais, assim como
editoras e universidades internacionais. livro é uma homenagem às mulheres e à Arquivos e das Bibliotecas conhecimento e a divulgação das centenas de milhares
Kanguimbo Ananaz participa com diversidade étnica de Angola, e aborda os (DGLAB). internacional do património de pessoas que trabalham
“Quarentenando”, um texto narrativo, problemas sociais e afectivos do ser humano. O acordo, assente na bibliográfico em língua por- neles parece sombrio”,
no qual a escritora faz uma introspecção Composto por poemas escritos ao longo criação de uma linha de tuguesa e dos seus autores”, e s creveram o s mú sico s
ao continente africano, aos problemas dos anos, o livro traz na capa a figura de apoio à tradução e edição assim como “proporcionar numa carta aberta ao secre-
que mais o afligem, sobretudo em época uma mulher mucubal, grupo etnolin- de obras em português, visa um conjunto de recursos e tário de Cultura britânico,
de pandemia, e que apesar da pobreza guístico da autora. promover obras escritas em de acervos para bibliotecas Oliver Dowden.
extrema e as guerras é um espaço com O livro foi apresentado numa Live, língua portuguesa no estran- portuguesas ou internacio- “Até que o sector possa
um futuro promissor. transmissão ao vivo, seguida por mais geiro, por autores portu- nais, cátedras, centros de operar novamente, o que
A autora traz uma poesia de reflexão, de mil de visualizações, durante a qual gueses e por autores dos língua portuguesa e culturais provavelmente ocorrerá ape-
num diálogo com objectos à sua volta, a escritora anunciou estarem abertos Países Africanos de Língua ou universidades, especial- nas em 2021, o apoio do
onde a Covid-19 é apresentada como contactos para a entrega de exemplares Oficial Portuguesa (PALOP) mente os que tenham pro- governo será crucial para
cidadão do universo, viajante sem barreiras ao domicílio. e de Timor-Leste, através tocolos de colaboração com evitar insolvências em massa
nem fronteiras. Kanguimbo Ananaz tem 11 livros publi- de apoios financeiros e de o instituto Camões”. e o fim desta indústria”, des-
A autora disse ao Jornal de Angola que cados, em poesia, contos infantis, infanto- bolsas para tradutores. Outro objectivo desta tacam na carta, onde pedem,
pesou na escolha o facto de escrever e juvenis e ensaios, e presença em quatro “Este novo instrumento linha de apoio é dar visi- também, um cronograma
publicar textos de forma regular nas redes antologias nacionais e internacionais. d e s t i n a - s e a e d i to ra s bilidade a “autores e obras claro sobre quando os locais
sociais. “Enquanto algumas pessoas fica- Psicóloga e mestre em Língua e Literatura estrangeiras e nacionais da literatura em língua por- de música podem reabrir,
ram fechadas e apreensivas, eu fui publi- Africana, pela Faculdade de Letras da Uni- que apresentem candida- tuguesa” nos mercados bem como apoio à empre-
cando sempre nas redes sociais e a versidade Agostinho Neto, e mestre em turas para a publicação de editoriais internacionais sa s e e m p re g o s . O l ive r
organização foi acompanhando”, disse. Língua Portuguesa e Literaturas em Língua obras destinadas aos mer- e “articular a difusão de Dowden respondeu já aos
O texto com o qual participa na antologia Portuguesa, pela Universidade Metodista, cados e públicos no estran- autores e obras da literatura músicos num tuíte dizendo
foi criado em casa. foi galardoada em 2019 com diploma de geiro, podendo cada editor em língua portuguesa com q u e “ e s tá s e a e s f o rç a r
Kanguimbo Ananaz aconselhou escri- honra pela organização do IV Festival submeter mais do que uma as acções no âmbito da muito por essas datas e para
tores a aproveitarem o período de isola- Internacional de Poesia, que decorreu na candidatura. Para além de participação em feiras dar um roteiro claro”.
mento social para usarem as plataformas cidade de Xai-Xai, em Moçambique, em propostas editoriais de ini- internacionais do livro, Os locais de música,
digitais para partilhar textos, por forma a reconhecimento à sua contribuição para ciativa das editoras, a linha festivais literários e outros espectáculos e festivais,
se manterem mais próximos dos leitores. a exaltação da Literatura Africana. c o nte mp l a a i n d a u m a eventos internacionais”. incluindo o de Glastonbury,
foram fechados em Março.
DESPORTO Sexta-feira
10 de Julho de 2020 31
FUTSAL NO PROGRESSO SAMBIZANGA ELEIÇÕES NA APFL
Rafael José Maria
Atletas da selecção aguardam Técnico Hélder Teixeira apresenta programa
ansiosos a estreia no Mundial com futuro indefinido António de Brito da Silva, o técnico Hélder
de candidatura
Rafael José Maria, candidato
da lista “A” à presidência
Capitão Prado e o guarda-redes Neblu traduzem o sentimento Teixeira adiantou que “ da Associação Provincial
de impaciência reinante no grupo liderado por Benvindo Inácio O técnico Hélder Teixeira desconheço o interesse. de Futebol de Luanda
DR está com o futuro ainda inde- Sinceramente, nunca fui (APFL), para o ciclo olím-
finido no Progresso Sambi- contactado pelos dirigentes pico 2020/2024, apresenta,
zanga, apesar de manifestar do Ferrovia”. hoje, às 14h30, o programa
vontade de continuar a servir de acção na Galeria Nacional
o clube na época futebolística Técnico endividado dos Desportos, na Cidadela.
2020/21, pois aguarda pelas Hélder Teixeira passa por A eleição dos novos corpos
eleições, marcadas para 15 uma das piores fases da sociais realiza-se no próximo
do corrente. vida, porque há seis meses dia 18, das 8h00 às 10h00,
Em declarações ao Jornal não recebe os ordenados. na sede da APFL, na vila
de Angola, Hélder Teixeira Para o sustento da família, Alice, também com a con-
referiu que “ não sei se fico o treinador recorre a pes- corrência de Manuel Fran-
ou saio. Terei de aguardar soas amigas e familiares. “ cisco “Bigodão” (lista B).
pela decisão da direcção Não gostaria que ninguém Rafael Maria, que é gestor
eleita, se permaneço ou não. estivesse na minha condição. de empresa, jogou futebol
Quero muito continuar no É bastante doloroso, depen- nos escalões de formação
clube, mas não depende der de familiares ou amigos dos Flaminguinhos e Petro
apenas de mim”, afirmou para sobreviver”, lamentou, de Luanda. Na lista A, Jesus
Medalhas de bronze no Campeonato Africano querem mostrar habilidades na Lituânia o treinador. acrescentando que “as difi- Pedro concorre para a pre-
Na eve n t u a l i d a d e d e culdades financeiras que o sidência da Mesa da Assem-
Paulo Caculo “Para ser sincero, não não deve constituir grande renovar o vínculo laboral, Progresso enfrenta fazem bleia-geral, tendo como vice
esperava que o campeonato preocupação, nem influen- o técnico espera montar uma com que os atletas procurem Raul da Silva e Laurinda
fosse adiado”, apressou-se ciar na prestação do grupo equipa capaz de surpreender outros clubes, porque têm Sousa ( secretária).
O adiamento para o próximo a confessar o ala-direito, Leo, no Mundial, porque “temos no Girabola, depois da saída famílias para sustentar”. Na direcção, Rafael Maria
a n o d o C a m p e o n ato d o um dos goleadores da selec- feito alguns treinos indivi- dos principais activos do Se as partes chegarem a vai, caso seja eleito, ter
Mundo de futsal, inicialmente ção, para em seguida adiantar duais e jogos nos bairros, clube, casos de Celso, que acordo, Hélder Teixeira entra como vice-presidentes Gel-
previsto para ser disputado ter sido frustrante receber a ainda que não seja muito rumou para o Sagrada Espe- no terceiro ano a orientar os son Saraiva e Ana Catarina
entre 12 de Setembro e 4 de notícia do adiamento. “Já bom, devido a lesões, mas rança, Júlio, Álvaro e Ber- “Sambilas”, depois de ter Alberto. Osvaldo Marcelino
Outubro, na Lituânia, devido estávamos prontos a retomar não temos perdido o foco”. narson, contratados pelo sucedido a Kito Ribeiro. candidatou-se ao cargo de
à pandemia da Covid-19, está a preparação. É frustrante. O guarda-redes Neblu Recreativo do Libolo, e Nan- DR secretário-geral. Carlos dos
a gerar um clima de enorme Mas temos de aceitar, porque sublinhou, por outro lado, dinho (Interclube). “Com a Ramos, Yara da Cruz e Mben-
ansiedade no seio dos joga- a saúde está em primeiro estar crente que o Mundial saída desses atletas, o plantel gui Leão concorrem para
dores da Selecção Nacional. lugar e não podemos desafiar já não será novamente adiado, ficou ainda mais fragilizado. vogais de direcção.
Isso ficou patente nas o vírus da Covid-19”. “porque a pandemia está con- Caso permaneça na equipa, Para o Conselho Técnico
declarações prestadas recen- Igualmente ansioso reve- trolada” e “tudo faz crer que começarei um novo trabalho, Desportivo, foi proposto presi-
temente, ao Jornal de lou-se o capitão Prado. O teremos tempo bastante para à semelhança do ano pas- dente Hilário Augusto e Nelson
Angola, pelos atletas Prado, camisola 7 da selecção admitiu preparar a participação”. E sado. O Progresso passou a Agostinho, vice-presidente.
Neblu e Leo, unidades fun- estar a conviver diariamente acrescenta: “Ainda vivemos ser um clube formador, onde Zacarias Ngoma, Ana Soraia e
damentais na manobra do com a curiosidade de conhe- a alegria de termos conse- todo o mundo vem à busca António Eduardo disputam
combinado nacional de fut- cer o palco do Mundial, e de guido a qualificação, e quando de jogadores. A maioria sai as vagas para vogais.
sal, terceiro colocado do sentir a emoção à volta de andámos nas ruas sentimos a custo zero”, lamentou Hél- Evaristo Macuaianga dis-
CAN do Marrocos. um Campeonato do Mundo. isso dos amantes do futsal”. der Teixeira. puta a presidência do Con-
Reagindo pela primeira “Tenho a curiosidade de A Selecção Nacional qua- Questionado sobre o inte- selho de Árbitros , tendo
vez ao adiamento do Mun- estar no grande palco do lificou-se para o Mundial resse do Ferrovia do Huambo, como vice-presidente Pau-
dial, remarcado pela FIFA, Mundial. Não há como ter da Lituânia mercê da con- depois da saída de João Pintar lino Francisco. Violeta Bata,
para decorrer entre 12 de receio de dizer isso. É certo quista do terceiro lugar do Diakanua Miguel e Maria
Setembro e 3 de Outubro de que teremos de trabalhar pódio no CAN, disputado Pedro Figueiredo foram pro-
2021, os pupilos de Benvindo muito para alcançar os nos- este ano, no Marrocos. Fize- postos vogais.
Inácio não esconderam a sos objectivos e estarmos ram parte da selecção os NATAÇÃO EM LUANDA O Conselho de Disciplina
impaciência pelo prolonga- preparados”, disse. atletas Neblú, Chico, Dabino, vai liderado por Noé Ernesto,
mento da data de disputa da
maior cimeira do futsal à
escala mundial.
O facto de a selecção estar
parada devido à pandemia,
segundo ainda o jogador,
Prado, Leo, Nonó, Dias,
Nuno, Jó, Bebucho, Man-
Tó, Mano Sele e Osnã.
Renascer da Associação ocupando a vice-presidência
Celso Domingos. Teresa
Francisco, Morais Bento e
deixa satisfeito dirigente Francisco Secretário são os
candidatos a vogais.
HUÍLA Pedro Futa os filhos para aprender a Cândido Rafael concorre
nadar, e fortifica cada vez à presidência do Conselho
O presidente da Federação mais a FAN”,esclareceu. Jurisdicional, sendo vice-
Pepé António e Zinga Carlos Angolana de Natação (FAN),
Mário Fernandes, está rego-
zijado com o ressurgimento
A FAN vai lançar um pro-
grama, com o lema “Voltar
a nadar”, que visa trazer à
presidente Edson Mendes.
Octávio Maria, Helena Ven-
tura e Abraão João (vogais).

disputam cadeirão da APF da Associação Provincial


de Luanda (APNL).
Em declarações ao Jornal
ribalta a modalidade em
tempo de pandemia com
todas as medidas de bios-
Manico da Silva deve
ocupar a presidência do
Conselho Fiscal e Domingos
Arão Martins | Lubango reflexão. A comissão eleitoral, em toda extensão da provín- de Angola, Mário Fernandes segurança, para não disse- Viegas o cargo de vogal.
liderada pelo jurista Cristóvão cia, do escalão etário mais revelou que a APNL vai dar minar o vírus, segundo Manuel Francisco “Bigodão”,
O novo presidente da Asso- Chivela, que integra ainda baixo às velhas guardas, em um grande contributo ao Mário Fernandes. outro concorrente ao cadei-
ciação Provincial de Futebol José Manuel, como secretário, ambos os sexos. desenvolvimento da moda- O dirigente explicou as rão, apresenta na próxima
da Huíla (APFH) é conhecido e Aiken Afonso (escrutinador), Acrescentou que pretende lidade.”A família da natação recomendações da Organi- semana a candidatura no
hoje, quando se apurarem os promete lisura no processo. adaptar uma estrutura de está de parabéns, com a reac- zação Mundial da Saúde(OMS), Hotel Alvalade.
resultados das eleições, em A expectativa é enorme, gestão de proximidade e par- tivação de mais um membro em relação à prevenção da António Cristóvão
que concorrem o jornalista não só dos associados, mas ticipativa.”Pretendemos da Federação. É um grande Covi-19. “Temos a certeza que ALBERTO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO
Pepé António e o antigo árbi- também dos amantes do garantir a realização, com contributo para o desenvol- a água com cloro é segura, e
tro assistente internacional, “desporto-rei”, já que os regularidade, e melhorar os vimento da modalidade, e vamos trabalhar nas medidas
Zinga Carlos. candidatos já vestiram a campeonatos provinciais vem provar a nossa união, de concentração do PH e CL,
Nas eleições, que decor- camisola do antigo Despor- anualmente”, referiu. resiliência e mostrar que manter o distanciamento entre
rem na sede da APF-Huíla, tivo da Chela, como jogadores Por sua vez, Zinga Carlos temos futuro”, revelou. os atletas nas piscinas e a higie-
estão habilitados a votar 10 nos escalões juniores e senio- reafirmou que o programa O dirigente disse esperar nização dos balneários e as
clubes, nomeadamente Fer- res, em épocas diferentes. eleitoral para o período o mesmo das outras provín- medidas do manuseio dos ins-
roviário, Jamba Sport, Águias Os mandatários dos clu- 2020/2024, tem as acções cias.”Espero que o renasci- trumentos que têm de ser rigo-
do Calumbiro, Escolinha da bes aptos em votar garantem de sustentação assentes no mento se estenda às outras rosas”,explicou.
Agricultura, Sport Lubango depositar o voto no candi- crescimento, formação e na associações, onde a natação A previsão do recomeço
e Benfica, FC Renascer do dato que melhor programa gestão com transparência. no passado já se fez sentir, das actividades desportivas
Chioco, Sporting do Lubango, gizou. O jornalista Pepé “O que se promete é para ser como as do Cuanza-Norte, está para 15 de Agosto, altura
Desportivo da Chibia, Des- António, que tem o foco na cumprido, daí a nossa equipa Cabinda e Benguela. Mesmo da subida das temperaturas
portivo da Huíla e Interclube catalogação dos jogadores prometer, caso ganhe, tra- com as dificuldades finan- propícias para a prática da
do Lubango. nos mais variados escalões, balhar na concretização das ceiras que o país atravessa, natação. Mas tudo vai depen-
A campanha eleitoral ter- d i z q u e p re te n d e , c a s o promessas feitas, rumo ao Luanda mostrou que é pos- der do quadro epidemioló-
minou quarta-feira. Ontem ganhe, dar impulso ao desenvolvimento do futebol sível com a ajuda de todos, gico do país, de acordo com
(quinta-feira) o dia foi de desenvolvimento do futebol na província”, sublinhou. em especial os pais que levam Mário Fernandes.
PUBLICIDADE

SEX10JUL

VALOR TOTAL DA MULTA CHEGA A 442 MILHÕES DE KWANZAS BENGO


ALTO
Bancos comerciais sancionados Gestores suspensos
por incumprimento em créditos respondem por peculato
Autoridades EDIÇÕES NOVEMBRO
O administradores do Mateus Domingos Manuel
Testagem em massa O Banco Nacional de Angola Ambriz e dos Dembos, sus- "Nonox' responde, no processo
Os números de infectados dos (BNA) instaurou processos pensos, na quarta-feira, pela n.º 144-J/19, com outros réus,
últimos dias mostram que, afi- de contravenção e aplicou governadora do Bengo, Mara também funcionários públicos,
nal, foi acertada a decisão de sanções pecuniárias, no valor Quiosa, estão a responder, em pela prática dos crimes de
dar início a testes em massa. É global de 442 milhões de tribunal por crimes de peculato peculato e falsificação.
preciso dados mais reais para Kwanzas, a 13 bancos comer- e falsificação praticada por Ambos foram suspensos
que as medidas a tomar sejam ciais por violação do aviso empregado público no exercício das funções em obediência ao
as mais acertadas. Não podía-
que os orienta a concederem de funções. Código de Processo Penal, que
mos continuar a abrir e fechar
cercas sanitárias, como estava crédito ao sector produtivo José Domingos Muginga da os torna inábeis para o exercício
a acontecer, sem se ter a per- de, pelo menos, 2 por cento Silva, administrador do Ambriz, de funções públicas, depois
cepção exacta do que está a do valor dos activos regis- e Mateus Domingos Manuel de o despacho de pronúncia
acontecer nos grandes conglo- tados nos seus balanços a 31 'Nonox', administrador dos ter passado em julgado (não
merados. Já agora, seria bom de Dezembro de 2018. Dembos, foram suspensos na ser passível de recurso).
que as autoridades trabalhas- Num comunicado, o BNA quarta-feira, sem que tenham Mateus Domingos Manuel
sem também na sensibilização, esclarece que a medida visava sido avançadas as razões da foi nomeado para o cargo de
para eliminar receios da popu- criar um clima favorável à decisão. Fontes do Jornal de administrador dos Dembos
lação à testagem. Ontem, foi promoção e diversificação da Angola referem que ambos em Janeiro de 2018, enquanto
notícia a senhora que, num dos
economia real angolana e, por respondem em processos crime José Muginga da Silva é admi-
mercados, pôs-se em fuga tão Instituições deviam emprestar até 2% do valor dos activos
logo viu que o primeiro exame essa via, reduzir a dependência separados, que correm trâmites nistrador do Ambriz desde
tinha dado positivo. É preciso excessiva da importação de na Secção Única da Sala dos Julho de 2018. Para responder
preparar psicologicamente as bens e serviços e contribuir milhões de Kwanzas cada, milhões. Da lista consta ainda Crimes Comuns do Tribunal interinamente pelos assuntos
pessoas para perceberem que para a sustentabilidade das seguidos do Banco Comercial o Banco Yetu e o Banco da Comarca do Dande. correntes foram indicados os
o teste é um meio para cuidar contas externas do país. Angolano, com 44 milhões. Comercial do Huambo, 32,5 José Domingos Muginga da administradores municipais
de si e dos seus. Os que tiveram as multas A seguir vem o Millennium milhões, BAI Microfinanças, Silva responde no processo nº adjuntos para a Área Financeira
mais altas são o Banco de Atlântico, com 40 milhões, 2 7 , 5 milhõ e s , Banco de 07-E/20, pelo qual foi acusado e Orçamental, Tavares Ferreira
Fomento de Angola (BFA) e o o Banco BIC com 39 milhões, Comércio e Indústria, 26 e pronunciado pela prática do (Ambriz) e Paula Cristina Lau-
Internacional de Negócios Finibanco Angola, 35 milhões e o Sol, 23 milhões crime de peculato. rindo (Dembos).
(BNI), que devem pagar 45 milhões e Prestígio, 34,5 de Kwanzas de multa.
BAIXO
PUBLICIDADE

AFREXIMBANK de informação s obre a s


e m p re sa s a f r i c a n a s , a s
pequenas e médias empresas
Lançada plataforma para e as instituições financeiras,
explicou o banqueiro.
Ensino privado
Desvalorizar a vida
Numa altura em que anda todo
impulsionar o comércio O presidente do Afrexim-
bank salientou que esta pla-
taforma electrónica “vai
o mundo preocupado em pou- O Banco Africano de ceiro internacional”, comen- fornecer informação abran-
par vidas, daí o reforço das me- Exportações e Importa- tou o presidente do Afre- gente para acabar com a
didas de prevenção à Covid-19, ções (Afreximbank) ximbank, Benedict Oramah, avaliação subjectiva dos
o presidente da Associação Na- anunciou, ontem, o lan- durante a apresentação da clientes e eliminar o risco
cional de Ensino Privado parece çamento de uma plata- plataforma digital, ontem percepcionado, mas muitas
caminhar em sentido contrário.
forma digital, denominada no Cairo. vezes injusto, sobre a rea-
O responsável, que devia ser o
primeiro a defender o adiamen- Mansa, com informação Para o presidente do Afre- lização de negócios com
to do reinício das aulas, surge sobre os parceiros afri- ximbank, esta plataforma parceiros africanos”.
preocupadíssimo com os valo- ca n o s d i sp o n íve i s para digital “é uma grande con- Além da informação sobre
res que vai deixar de receber, trocas comerciais dentro tribuição para suprir o défice as empresas, a começar por
caso os encarregados deixem e fora do continente. de financiamento que existe todos os clientes do Afre-
depagar.Comosenãobastasse, “Estamos a criar o acesso em África” e vai servir como ximbank, o Repositório
manifesta preocupação com a à informação sem que as “o referencial para a plata- Mansa terá também infor-
possibilidade de (pasme-se), empresas tenham de estar forma de cumprimento da mações sobre a economia
por força da pandemia, os alu- envolvidas num processo ‘due dilligence'”. africana, ambiente de negó-
nos trocarem de colégios caros
que custa muito dinheiro, A Mansa, cujo nome é um cios, clima de investimento
por mais baratos e afirma que
o adiamento do reinício das estamos a reduzir os custos tributo ao antigo Rei do Mali e várias informações úteis
aulas tem mais a ver com a evo- de ‘compliance’ (cumpri- Mansa Moussa, que terá via- para os investidores, assu-
lução epidemiológica do que mento das regras para trocas jado a Meca em 1324 com mindo-se como “a principal
com motivos de biossegurança. comerciais) e a abrir as portas toneladas de ouro, pretende fonte de informação para
Sinceramente! de África ao comércio finan- ser o “repositório primário” investir em África”.

INSCRIÇÕES ATÉ 19 DE JULHO

OAA remarca exame de acesso à advocacia


O primeiro exame nacional crever-se na primeira fase versidades angolanas. cado, o processo de inscrição,
de acesso à advocacia em podem fazê-lo na segunda. Os regulamentos esta- apresentação de reclamações,
Angola foi remarcado para Estão habilitados a ins- belecem que os cidadãos acesso às respectivas listas
26 de Setembro. As inscri- crever-se para o Exame estrangeiros admitidos ao de admissão e os resultados
ções acontecem até dia 19 Nacional de Acesso à Advo- exame são aqueles cujos do Exame Nacional de Acesso
Julho. Em nota, a Ordem cacia os cidadãos nacionais países aceitam, em igual- à Advocacia terão lugar no
dos Advogados de Angola licenciados em Direito ou dade de circunstâncias, os sítio da Internet do Exame
(OAA) refere que os candi- cidadãos estrangeiros licen- licenciados angolanos. Nacional de Acesso à Advo-
datos que não puderam ins- ciados em Direito pelas uni- Nos termos do comuni- cacia (www.enoaa.org).
(500.08863)