Você está na página 1de 54

37

Mai. - Jul.
2008

Ficha técnica:

Suplemento Bibliográfico

Instituto Politécnico do Porto


Biblioteca Central
Gabinete Gráfico e Imagem
BIB@SC.IPP.PT
Periodicidade - Trimestral
Versão Electrónica
www.infoliodigital.ipp.pt
ISSN 1646-6128 Maio - Julho 2008
SUMÁRIO

Nota Prévia

1. NOTÍCIA BIBLIOGRÁFICA
1.1. Biblioteca Central

1.1.1. Monografias
1.1.2. Publicações Periódicas
1.1.3. Material Não-Livro e Recursos Electrónicos
1.1.4. Literatura Cinzenta
1.1.5. Legislação
1.1.6. Normas IPQ e ISO
1.1.7. DigIPP - Conteúdos digitais

1.2. Bibliotecas das Escolas


1.2.1. ESEP
1.2.2. ESEIG
1.2.3. ESMAE
1.2.4. ESTGF
1.2.5. ESTSP *
1.2.6. ISCAP
1.2.7. ISEP
1.2.8. Museu Parada Leitão

1.3. Para saber mais...


1.3.1. Recursos B-On
1.3.2. Endereços Web
1.3.3. Exposição “Da Electricidade à Electrotecnia“

2. EM DESTAQUE

2.1. Vida Académica - IPP


2.1.1. Política de Qualidade no Politécnico do Porto
2.1.2. “Falar Azul”
2.1.3. Fundação IPP (FIPP)

2.2. Biblioteca Central - Ensino e Formação


2.2.1. Língua e Cultura Chinesa
2.2.2. Horizon
2.2.3. Formação de utilizadores das Bibliotecas IPP

2.3. Estatísticas 2008

3. APÊNDICE (IN)FORMATIVO

“A Electrotecnia no início do Século XX:


uma visita guiada por entre textos e instrumentos da
época” de Eng. Alberto Sousa Guimarães

* Dados fornecidos pela Biblioteca Central


NOTA PRÉVIA

O presente fascículo, o nº 37 do Suplemento Bibliográfico


IPNotícias da Biblioteca Central do Politécnico do Porto publica
como habitualmente uma selecção actualizada e temática das
recentes aquisições bibliográficas da Biblioteca Central e Rede
de Bibliotecas do IPP, no caso vertente, centrada no domínio da
Electrotecnia.

Noutras rubricas se desenvolve igualmente o tema da


electricidade e electrotecnia e seu ensino, com destaque para o
texto original do Eng. Sousa Guimarães da FIPP divulgado na
última rubrica Apêndice (In)Formativo e que serviu de base a
uma interessante palestra que o seu autor proferiu no Auditório
da Biblioteca do IPP em 17 Junho de 2008 sob o título “A
electrotecnia no início do séc. XX : uma visita guiada por entre
textos e instrumentos da época”.
Profusamente ilustrado com imagens de interesse histórico
criteriosamente seleccionadas pelo seu autor, este
interessantíssimo texto, cuja autorização de publicação se
agradece, é também, para além de uma sábia lição do douto
professor de larga experiência docente, uma saborosa viagem
pelos primórdios da electrotecnia e do seu ensino.

Divulga-se neste boletim, o catálogo da Exposição “Da


Electricidade à Electrotecnia” como meio de dar a conhecer
a um público mais amplo e diversificado, o seu interessante
conteúdo, parte considerável do espólio museológico e do
acervo bibliográfico do Museu Parada Leitão e da Biblioteca
Central do IPP.

Assim, este Suplemento é um complemento de informação


relevante dessa Exposição que se mantém patente ao público
até ao final de Agosto e que foi organizada conjuntamente
pela Biblioteca e o Museu, a abrir o seu ciclo de exposições
2008/2009 “Biblioteca & Museu no mundo das tecnociências”,
cuja finalidade principal consiste em divulgar no universo IPP e
dar a conhecer à comunidade académica e ao público em geral,
parcelas importantes do rico património pedagógico, cultural,
técnico-científico e intelectual do Politécnico do Porto, bem
como as ofertas de formação que disponibiliza.

Não podemos deixar de destacar e agradecer publicamente a


generosa colaboração nesta exposição e o apoio prometido às
próximas, por parte da EFACEC que teve a gentileza de nos
confiar para incluir na nossa Amostra, duas das suas valiosas
peças que marcam a abertura da Exposição: um Motor aberto
(0,5x0,5 m) e um Tranformador de distribuição com vidro
(Tipo - T84-364. Potencia Nominal 250 Kva. Peso 900 Kg).

Refira-se, por fim, que também a imagem que ilustra a capa do


Suplemento é alusiva ao tema que lhe serve de fio condutor. A
foto da peça que se não encontra na nossa exposição, reproduz
um Histeresimetro de Ewing, aparelho construído com iman
e placas de ferro utilizado para medir as perdas histeréticas
dos materiais ferro-magnéticos, uma das peças mais raras do
valioso espólio científico, técnico e didáctico do Museu Parada
Leitão.

Resta-nos desejar a todos uma leitura proveitosa!

(Maria Otília Pereira Lage)

3 4
1
NOTÍCIA
BIBLIOGRÁFICA
1.1 Biblioteca Central 621.3/DISEP-12
SÜCHTING, Fritz
Aufgaben aus der maschinenkunde und elektrotechnik : eine
1.1.1. Monografias sammlung für nichtspezialisten nebst ausführlichen lösungen/
Fritz Süchting . - Berlin : Julius Springer , 1924 . - XVI, 235
p.: il. ; 21 cm
53/30
SHAHIDEHPOUR, M. ELECTROTÉCNICA / MÁQUINA ELÉCTRICA
Restructured electrical power systems : operation, trading and CDU: 621.3(076.5) / 621.313
volatility / Mahammad Shahidehpour, Muwaffaq Alomoush . -
New York : M. Dekker , 2001 . - 510 p. : il, ; 23 cm. - Aquisição 621.3/DISEP-27 (I)
através do PRODEP III. PHILIPPOW, Eugen
Taschenbuch elektrotechnik / ed. Eugen Philippow . - Zweite
SISTEMAS ELECTRÓNICOS / ENGENHARIA ELECTRÓNICA Auflage . - Berlin : VEB Verlag Technik , cop. 1965-1968 . - 2
CDU: 534.86 vol. : il. ; 22 cm. - Vol. 1: Grundlagen. -1968. -1308 p. . - Vol.
2: Starkstromtechnik. -1965. -1260 p.
621.3/DISEP-91
KRETZMANN, Reinhard ELECTROTECNIA / MANUAL
Schaltungsbuch der industriellen elektronik / Reinhard Kretz- CDU: 621.3
mann . - Berlin-Borsigwalde : Verlag für Radio-Foto-Kinote-
chnik , cop. 1955 . - 224 p. : il. ; 21 cm 621.3/DISEP-6
GRUNDLAGEN DER ELEKTROTECHNIK
ELECTROTECNIA Grundlagen der elektrotechnik / Klaus Johannsen . - Heidelberg
CDU: 621.3 [etc.] : Dr. Alfred Hüthig Verlag , 1971 . - 564 p. : il. ; 22 cm .
- ( AEG-Hilfsbuch ; 1 )
537/DISEP-24
HABERLAND, Gustav ELECTROTÉCNICA / MANUAL
Gleichstromtechnik / Gustav Haberland; rev. Fritz Haberland. CDU: 621.3
- Zehnte Auflage . - Prien : C.F. Winter’sche Verlagshandlung,
1962 . - 132 p. : il. ; 22 cm . - (Elektrotechnische Lehrbücher; 621.3/DISEP-7
Bd. 1 ) APPEL, Gerhard
Handbuch der elektrotechnik / Gerhard Appel... [et al.] . - Zehnte
ELECTROTÉCNIA Auflage . - Berlin : Elitera-Verlag , 1967 . - 832 p. : il. ; 22 cm.
CDU: 537 - ( AEG-Hilfsbuch ; 2 )

621.3/8 MANUAL / ELECTROTÉCNICA


BRANDÃO, Diogo de Paiva Leite, 1923- CDU: 621.3
Electrotecnia geral / Diogo de Paiva Leite Brandão . - Lisboa :
Fundação Calouste Gulbenkian , 1987 . - 389 p. ; 20 cm 744/DISEP-19
HECHLER, August
ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA / ELECTROTÉCNICA Elektrotechnisches fachzeichnen : lösungen / August Hechler,
CDU: 621.3.01 Josef Reuber, Josef Heinemann . - Köln, Braunsfeld : Verlags-
gesellschaft , 1966 . - 79 p. : il. ; 30 cm. - contém as soluções dos
621.3/9 exercícios dos vols. “Elektrotechnisches Fachzeichnen”,com a
TERMES PRINCIPAUX DE L’ELECTROTECHNIQUE TRA- cota 744/DISEP -20(I-II)
DITIONNELLE RELATIFS À LA SÉCURITÉ
Termes principaux de l’electrotechnique traditionnelle relatifs ELECTROTÉCNICA / DESENHO TÉCNICO / MÁQUINA
à la sécurité : à l’usage des techniciens de bureaux d’études de ELÉCTRICA / MEDIÇÃO
la maîtrise des électriciens et electro-mécaniciens des établisse- CDU: 744 / 621.313(07)
ments assujettis aux dispositions du code du travail et notamment
au décret du 14 novembre 1988 . - [S.l.] : Institut Nationalde 621.3/DISEP-14 (I)
Recherche et de Sécurité , 1988 . - 95 p. ; 24 cm CARDOSO, Armando
Electrotecnia / Armando Cardoso. - 2.ª ed. - Amadora : Bertrand,
ELECTROTÉCNICA / TERMOS / SEGURANÇA - Electrotecnia cop. 1972 . - 2vol. : il. ; 18 cm . - ( Nova Biblioteca de Instrução
CDU: 621.3 Profissional ). - Vol. I: Corrente contínua: grandezas e unidades
Lei de Ohm. - pág. 1-275. -1974 . - Vol. II: Leis de Kirchhoff
62/DISEP-20 - efeito joule - iluminação - electroquímica - eletrostática - mag-
HAUG, Albert netismo. - pág. 276-508. -1975
Grundzüge der elektrotechnik / Albert Haug . - München : Carl
Hanser Verlag ,1967 . - 320 p. : il. ; 21 cm . - ( Das Fachwissen ELECTROTECNIA
des Ingenieurs ) CDU: 621.3

ELECTROTECNIA
CDU: 621.3 / 621.3.01

7 8
621/DISEP-1 (II) 621.3/DISEP-42
CARDOSO, Armando MATHIS, Anton
Fórmulas e tabelas do electrotécnico : problemas de aplicação/ Elektrotechnik für das gewerbe / Anton Mathis. - [S.l.]: Gewer-
Armando Cardoso. - Amadora : Bertrand , [S.d.] . - 3 vol. ; 18 beschöler , [19-?] . -133 p.: il. ; 22 cm
cm . - ( Nova biblioteca de instrução profissional ). - Vol. I:
Corrente continua: lei de Ohm. - pág. 1-247 . - Vol. II: Corrente ELECTROTÉCNICA
contínua: leis de Kirchhoff - Potência e energia - Electroquímica CDU: 621.3
Magnetismo eelectromagnetismo - Capacidade - Máquinas. - pág.
VII-421 . - Vol. III: Corrente alternada e canalizações eléctricas. 621.3/DISEP-90
- pág. VII-638 BISCAN, Wilhelm
Formeln und tabellen : für den praktischen elektrtechniker /
ELECTROTECNIA Wilhelm Biscan . -Leipzig : Oskar Leiner , 1921 . - 154 p. ;
CDU: 621 17 cm

621/DISEP-2 (I) ELECTROTÉCNICA


OCARIZ, Jesus Rapp CDU: 621.3
Tratado practico de electrotecnia / Jesus Rapp Ocariz . - Bilbao:
Editorial Vagma , [S.d.] . - 2 vol. ; 21cm. - Tomo I: Generali- 621.3.01/DISEP-3 (I)
dades. - 4.ª ed. - 1962. - 315p. . - Tomo II: Maquinas eléctricas. RUSTEBERG, Werner
-2.ª ed. - 1960. - 263 p. Elektrotechnische formeln / Werner Rusteberg ; compil. Sie-
gward Hülsmann . - 9. Auflage . - Stuttgart : Holland e Josenhans,
ELECTROTECNIA / MÁQUINA ELÉCTRICA 1958 . - 96 p. : il. ; 18 cm
CDU: 621 / 621.3
ELECTROTECNIA
621.31/DISEP-5 (I) CDU: 621.3.01
MOELLER, Franz
Curso de electrotecnia general y aplicado a las máquinas . - Bar- 621/DISEP-70
celona [etc.] :Editoral Labor , 1949 . - 2 vol. : il. ; 23 cm. - Vol. SCHMIDT, Fridiger
1: Electrotecnia General. -Franz Moeller, Friedrich Wolff, colab. Aufgabensammlung für das fachrechnen der elektroberufe / Fridi-
MelchiorStöckl, trad. Juan Corrales Martín. -2.ª ed.. -1949. -XV, ger Schmidt, Coburg. - Braunschweig: Georg Westermann, 1958.
430 p. . - Vol. 2:Máquinas Eléctricas. -Franz Moeller, Th. Werr, - 131 p. : il. ; 23 cm. - (Westermann ufgabensammlungen)
trad. Francisco Planell, Juan Corrales Martín, José Pla Sibils. -2.ª
ed. ampl.. -1949. -XIV, 367 p. ELECTROTECNIA
CDU: 621
ELECTROTECNIA / MÁQUINA ELÉCTRICA
CDU: 621.31 621/DISEP-71
HERHAHN, Albert
621.395/DISEP-1 Elektrotechnik : kurz und bündig / Albert Herhahm . - 6.ª Ed. .
ZIEGLER, W. - Würzburg : Vogel-Verlag , 1973 . - 107 p. : il. ; 23 cm
Electrotechnique et etude des appareils téléphoniques : à l´usage
des installateurs de téléphones / W. Ziegler ; trad. J. Grivat . ELECTROTECNIA
- Zurich : Union suisse dês installateurs-électriciens , [1947] . CDU: 621
- [8], 96 p. : il. ; 21 cm
621/DISEP-76
ELECTROTECNIA / TELEFONE / ESTUDO PARNEMANN, Kurt
CDU: 621.395 Aufgaben aus der elektrotechnik : gleichstromtechnik / Kurt
Parnemann . - Berlin : Hermann Schroedel Verlag Kg , 1959 .
621.3/DISEP-31 - 144 p. : il. ; 21 cm
MONCADA, Carlos Ferrer
Electrotecnica teórica : Carlos Ferrer Moncada . - [s.l. : s.n.] , ELECTROTECNIA
19-? . - 371 p. : il. ; 24 cm CDU: 621

ELECTROTÉCNICA 537/DISEP-50 (I)


CDU: 621.3 ARANA ALBIZURI, Jesús
Electrotecnia industrial / Jesús Arana Albizuri . - Bilbao : Artes
030.8/DISEP-1 Gráficas “Grijelmo”, S. A. , 1943 . - 2 vol., (VIII, 701 p.) : il.;
VOCABULAIRE ÉLECTROTECHNIQUE INTERNATIO- 22 cm
NAL
Vocabulaire électrotechnique international = International ELECTRICIDADE / ELECTROMAGNETISMO
electrotechnical vocabulary / Comission Electrotechnique Inter- CDU: 537
nationale. - Genève: Comission Electrotechnique Internationale,
1938 . - [8], 311 p. ; 29 cm 621.3/DISEP-5
FLEGEL, Georg
DICIONÁRIO / ELECTROTECNIA Die elektrotechnik für den maschinenbauer / Georg Flegel .
CDU: 030.8=111=133.1 / 621 - München : Carl Hanser Verlag , 1962 . - 416 p. : il. ; 21 cm .
- ( Das fachwissen des Technikers )

ENGENHARIA ELÉCTRICA / MÁQUINA ELÉCTRICA


CDU: 621.3

9 10
621.3/1 1.1.2. Publicações Periódicas
BURR-BROWN CORPORATION
Burr-Brown integrated circuits data book : Linear products 1996/
Burr-Brown Corporation . - Tucson : BB , cop. 1996 . - [pág. “Acórdãos Doutrinais do Supremo Tribunal Administrativo”.
var.] : il. ; 23 cm Simões Correia. Lisboa: SC. 2008, ano 47, n.º 557 (Maio)

ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA “África Today”. Cláudia Cardoso, dir. Lisboa: Xangai Editoras.
CDU: 621.3 2008, ano 4, n.º 41 (Maio)

621.3/DISEP-116 “Análise Social”. Instituto de Ciências Sociais da Universidade


BLATZHEIM, Wilhelm de Lisboa. Lisboa: I.C.S.U.L. 2008, vol. 45, 4.º trimestre, n.º
Fachkunde für elektriker : Allgemeine elektrotechnik / Wilhelm 186
Blatzheim . - 3.ª Ed.. - Hannover : Ferd. Dümmlers Verlag, Bonn,
1952 . - 146 p. : il. ; 21 cm . - (Dümmlers fachbücherei ) “Audio Media”. Paul Mac, ed. Cambridgeshire: IMAS Pu-
blishing. 2008, n. º 211 (Jun.) ISSN 0960-7471
ELECTRICIDADE
CDU: 621.3 “Boletim Técnico da Escola Politécnica da USP”. Escola Po-
litécnica da UPS, Departamento de Engenharia Mecatrônica e
621.3/DISEP-117 Sistemas Mecánicos. São Paulo : USP. 2007, BT/PMR/720
BLATZHEIM, Wilhelm
Fachkunde für elektriker: elektrische maschinen und mebberäte/ “Cadernos de Direito Privado”. Centro de Estudo Jurídicos
Wilhelm latzheim . - 11.ª Ed. . - Hannover : Ferd. Dümmlers do Minho, propr. Braga: CEJUR. 2008, n.º 21 (Jan.). ISSN
Verlag, Bonn , 1953 . - 240p. : il. ; 21 cm . - ( Dümmlers fa- 1645-7242
chbücherei )
“Computer Arts”. Vicki Atkinson, dir. London: Future Pu-
ELECTRICIDADE blishing. 2008, n.º 150 (Jul.)
CDU: 621.3
“DV: Digital Video”. Dominic Milano, dir. [U.S.A.]: Miller
Freeman, Inc. 2008, vol. 16, n. º 6 (Jun.)

“Digital Arts: world’s biggest creative design & technology


magazine”. London: International Data Group. 2008 (Jun.)

“Ensino superior: revista do SNESup”. Sindicato Nacional de


Ensino Superior. Lisboa: SNESUP. 2008, n.º 27 (Mar)

“Eyemazing”. Susan A. Zaden, dir. Amsterdam: Brains Unli-


mited. 2007, n.º 4 (Outono)

“Formar: revista dos formadores”. Instituto de Emprego e For-


mação Profissional, propr. Lisboa: IEFP. 2008, n.º 62 (Mar.)

“Forum”. Conselho Cultural da Universidade do Minho. Braga:


U.M. 20065, n.º 40 (Jun. - Dez.). ISSN 0871-0422

“Higher Education management and policy: journal of the


programme on institutional management”. London: OECD.
2008, vol. 20, n.º 1. ISSN 1682-3451

“Higher Education policy: the quarterly journal of the In-


ternational Association of Universities”. França: IAU. 2008,
vol. 21, n.º 2 (Jun.). ISSN 0952-8733

“IFLA Journal: Official journal of the International Fede-


ration of Library Associations and Institutions”. K. G. Baur
Müncher, dir. Germany: IFLA Headquarters. 2008, vol. 31, n.º
1. ISSN 0340-0352

“Infoquadros”. Sindicato dos Quadros Técnicos de Estado.


Lisboa: SQTE. 2008, n.º 5 (Maio)

“Information Bulletin”. Guy Lamolinara, ed. Washington:


Library of Congress. 2007, vol. 66, n.º 12 (Dez.).ISSN 0041-
7904

“Jornal de Contabilidade”. Severo Praxedes Soares, dir. Lis-


boa: Apotec. 2008, Ano 32, n.º 375 (Jun.). ISSN 0870-8789

11 12
“Journal of the European Association for Health Information “TOC – Revista da Câmara dos Técnicos Oficiais de Conta”.
and Libraries”. Sally Wood-Lamont, dir. Napoca - Romania: A. Domingues de Azevedo, dir. Lisboa: Câmara dos Técnicos
GEDO. 2008, vol. 4, n.º 2 (Maio) Oficiais de Contas . 2008, Ano VIII, n.º 98 (Maio.)

“Library connect: newsletter”. Elsevier. USA: Elsevier. 2008, “Tecnologias do ambiente”. A. Gama Xavier, dir. Lisboa:
vol . 6, n.º 2 (Abr.). ISSN 1549-3725 Instituto de Ciências e Tecnologias do Ambiente. 2008, ano
15, n.º 83 (Jun.)
“Materiais de Construção”. Abel Pinheiro Ribeiro da Silva, dir.
Porto: Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de “Transinformação”. Pontífica Universidade Católica. Campi-
Construção. 2008, n.º 136 (Mar. Abr.) nas: Brasil. 2008, vol. 20, n.º 1 (Jan. – Abr.) ISSN: 0103-3786

“Nature”. Philip Campbell, ed. Londres: Nature Publishing “Viver: vidas e veredas da Raia”. ADRACES – Associação
Group. 2008, n.º 7198 (19 Jun.). ISSN 0028-0856 para o Desenvolvimento da Raia Centro-Sul. Vila Velha de
Rodão: ADRACES. 2007, n.º 7 (Out.-Dez.)
“New Scientist”. Alun Andersen, dir. London: NewScientist
Publications. 2008, n.º 2662 (28 Jun.). ISSN 0262-4079 “What’s on”. Direcção dos Serviços de Turismo - Macau Go-
vernment Tourist Office. Macau: DSD. 2008, n.º 59 (Maio)
“Newsletter”. Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa: Gabinete
de Comunicação da Fundação Calouste Gulbenkian. 2008, n.º
93 (Maio). ISSN 0873-5980

“Proteste”. J.D. Antunes, dir. Lisboa: Edideco. 2008, n.º 290


(Abr.)

“Portal”. Nuno Oliveira, dir. Portalegre: Gabinete de Relações


Públicas e Cooperação do Instituto Politécnico de Portalegre.
2008, Ano 8, n.º 77 (Jan.- Mar.)

“Portfolio: the catalogue of contemporary photography


in Britain”. Gloria Chalmers, dir. Edinburgh: Photography
Workshop. 2008, n.º 47 (Maio)

“Revistat: statistical Journal”. Instituto Nacional de Estatística.


Lisboa: INE. 2008, vol.6, n.º1. ISSN 1645-6726

“Recicla”. Sociedade Ponto Verde, propr. Dafundo: S.P.V.


2008, n.º 14 (Mar.)

“Research Europe”. William Bown, ed. Bruxelas : Research


Europe. 2008, n.º 256 (12 Jun.)

“Revista Brasileira em Promoção da Saúde”. Universidade


de Fortaleza. Campinas: Universidade de Fortaleza. 2007, vol.
20, n.º 4. ISSN 1806-1222

“Revista crítica de ciências sociais”. Centro de Estudos Sociais.


Coimbra: CES. 2007, n.º79 (Dez). ISSN 0254-1106

“Revista da Faculdade de Letras”. Jorge Fernandes Alves, dir.


Porto: Biblioteca Central – Serviço de Publicações. 2007, série
III, vol. 8. ISSN 0871-164X

“Revista de ciências sociais e políticas”. Instituto Superior de


Ciências Sociais e Políticas. Lisboa: Universidade Técnica de
Lisboa. 2007, n.º 1 (Primavera). ISSN 978-972-8726-91-1

“Revista de nutrição”. Faculdade de Nutrição da Pontífica


Universidade Católica de Campinas. Campinas: FNPUCC. 2008,
vol. 21, n.º 2 (Abr.). ISSN 1415-5273

“Revista Portuguesa de Direito do Consumo”. Mário Frota,


dir. Coimbra: Associação Portuguesa de Direito do Consumo.
2007, n.º 52 (Dez.). ISSN 0873-9773

“Sound on sound”. Paul White, dir. UK: Media House. 2008,


vol. 23, n.º 9 (Jul.). ISSN 0951-6816

“Super interessante”. Edimprensa. Paço de Arcos: Edimprensa.


2008, n.º 121 (Maio). ISSN 0874-0682

13 14
1.1.3. Material Não-Livro e Recursos Electrónicos 026.062/CDR-445
EUROTALK
Curso de línguas [ Registo multimédia] : árabe : talk more :
026.062/cdr-439 principiantes avançados / Eurotalk . - [S.l. : s.n.] , 2008 . - 1
EUROTALK disco (Cd-rom) ; 12 cm. - Inclui: frases e diálogos; gravação de
Curso de línguas [ Registo multimédia] : japonês : talk now : voz; 10 testes; glossário e frases
principiantes / Eurotalk . - [S.l. : s.n.] , 2008 . - 1 disco (Cd-rom) ;
12 cm. - Este nível inclui gravação de voz; testes e pontos; testes DIDÁTICA DO ÁRABE / LÍNGUA ÁRABE
e pontos; software inteligente, ajuda automática; vocabulário; CDU: 026.062
dicionário para imprimir; software para instalar ITunes/MP3
026.062/cdr-446
DIDÁCTICA DO JAPONÊS / LÍNGUA JAPONESA EUROTALK
CDU: 026.062 Curso de línguas [ Registo multimédia] : árabe : talk business:
negócios / Eurotalk . - [S.l. : s.n.] , 2008 . - 1 disco (Cd-rom); 12
026.062/cdr-440 cm. - Inclui: temáticas e diferentes conceitos tais como: marca,
EUROTALK tecnologia, internet, publicidade, negociações, banca, termos
Curso de línguas [ Registo multimédia] : japonês : talk more : utilizados em reuniões; exercícios de audição e repetição do
principiantes avançados / Eurotalk . - [S.l. : s.n.] , 2008 . - 1 disco idioma falado por nativos; testes para aferir conhecimentos;
(Cd-rom) ; 12 cm. - Inclui: frases e diálogos; gravação de voz; gravação de voz; três níveis de etapas a atingir; possibilidade
10 testes; glossário e frases de imprimir o resumo de tudo o que aprendeu

DIDÁCTICA DO JAPONÊS / LÍNGUA JAPONESA DIDÁCTICA DO ÁRABE / LÍNGUA ÁRABE


CDU: 026.062 CDU: 026.062

026.062/cdr-441 026.062/cdr-447
EUROTALK EUROTALK
Curso de línguas [ Registo multimédia] : japonês : vocabulary Curso de línguas [ Registo multimédia] alemão : vocabulary
builder : para todas as idades / Eurotalk . - [S.l. : s.n.] , 2008 . builder : para todas as idades / Eurotalk ; . - S.l. : s.n.] , 2007 .
- 1 disco (Cd-rom) ; 12 cm. - Permite gravar a voz nos pequenos - 1 disco (Cd-rom) ; 12 cm. - Permite gravar a voz nos pequenos
filmes e posteriormente visualiza-los; 9 jogos diferentes; ajuda filmes e posteriormente visualiza-los; 9 jogos diferentes; ajuda

DIDÁCTICA DO JAPONÊS / LÍNGUA JAPONESA DIDÁCTICA DO ALEMÃO / LÍNGUA ALEMÃ


CDU: 026.062 CDU: 026.062

026.062/Cdr-442 026.062/Cdr-448
EUROTALK EUROTALK
Curso de línguas [ Registo multimédia] : japonês : world talk : Curso de línguas [ Registo multimédia] : alemão : talk business:
intermédio / Eurotalk . - [S.l. : s.n.] , 2008 . - 1 disco (Cd-rom) ; negócios / Eurotalk . - [S.l. : s.n.] , 2007 . - 1 disco (Cd-rom); 12
12 cm. - Inclui: 10 jogos; simulação de um estúdio de gravação; cm. - Inclui: temáticas e diferentes conceitos tais como: marca,
ditados; glossário tecnologia, internet, publicidade, negociações, banca, termos
utilizados em reuniões; exercícios de audição e repetição do
DIDÁCTICA DO JAPONÊS / LÍNGUA JAPONESA idioma falado por nativos; testes para aferir conhecimentos;
CDU: 026.062 gravação de voz; três níveis de etapas a atingir; possibilidade
de imprimir o resumo de tudo o que aprendeu
026.062/CDR-443
EUROTALK DIDÁCTICA DO ALEMÃO / LÍNGUA ALEMÃ
Curso de línguas [ Registo multimédia] : árabe : vocabulary CDU: 026.062
builder : para todas as idades / Eurotalk . - [S.l. : s.n.] , 2008 .
- 1 disco (Cd-rom) ; 12 cm. - Permite gravar a voz nos pequenos 026.062/cdr-449
filmes e posteriormente visualiza-los; 9 jogos diferentes; ajuda EUROTALK
Curso de línguas [ Registo multimédia] : Hebraico : talk more
DIDÁCTICA DO ÁRABE / LÍNGUA ÁRABE principiantes avançados / Eurotalk ; . - [S.l. : s.n.] , 2008 . - 1
CDU: 026.062 disco (Cd-rom) ; 12 cm. - Inclui: frases e diálogos; gravação de
voz; 10 testes; glossário e frases
026.062/Cdr-444
EUROTALK DIDÁCTICA DO HEBRAICO / LÍNGUA HEBRAICA
Curso de línguas [ Registo multimédia] : árabe : talk now : prin- CDU: 026.062
cipiantes / Eurotalk . - [S.l. : s.n.] , 2008 . - 1 disco (Cd-rom) ;
12 cm. - Este nível inclui gravação de voz; testes e pontos; testes 026.062/cdr-450
e pontos; software inteligente, ajuda automática; vocabulário; EUROTALK
dicionário para imprimir; software para instalar ITunes/MP3 Curso de Línguas [ Registo multimédia] : hebraico : world talk
Intermédio / Eurotalk ; . - S.l. : s.n.] , 2008 . - 12 cm 1 disco
DIDÁCTICA DO ÁRABE / LÍNGUA ÁRABE (Cd-rom). - Inclui: 10 jogos; simulação de um estúdio de gra-
CDU: 026.062 vação; ditados; glossário

DIDÁCTICA DO HEBRAICO / LÍNGUA HEBRAICA


CDU: 026.062

15 16
026.062/cdr-451
EUROTALK 026.062/cdr-462
Curso de línguas [Registo multimédia] : hebraico : talk now MARTINS, Florinda Figueiredo
principiantes / Eurotalk ; . - [S.l. : s.n.] , 2008 . - 12 cm 1 disco Simulação e optimização de processos químicos com conside-
(Cd-rom). - Este nível inclui gravação de voz; testes e pontos; rações ambientais e de robustez [Registo multimédia] / Florinda
software inteligente, ajuda automática; vocabulario; dicionário Figueiredo Martins. - Porto : Universidade do Porto , 2007 . - 12
para imprimir; software para instalar ITunes/MP3 cm 1 disco (Cd-rom). - Este material acompanha o documento
com cota 001.8-ISEP/402
DIDÁCTICA DO HEBRAICO / LÍNGUA HEBRAICA
CDU: 026.062 TESE
CDU: 026.062
026.062/cdr-452
EUROTALK 026.062/cdr-463
Curso de línguas [Registo multimédia] : grego : vocabulary FREITAS, Olga Manuela Matos de
builder : para todas as idades / Eurotalk ; . - [S.l. : s.n.] , 2008 . Eliminação de iões metálicos em solução aquosa por biossorção
- 12 cm 1 disco (Cd-rom). - Permite gravar a voz nos pequenos em macroalgas marinhas [Registo multimédia] / Olga Manuela
filmes e posteriormente visualiza-los; 9 jogos diferentes; ajuda Matos de Freitas . - Porto : Faculdade de Engenharia da Uni-
versidade do Porto, 2007 . - 12 cm 1 disco (Cd-rom). - Este
DIDÁCTICA DO GREGO / LÍNGUA GREGA cd acompanha o documento com cota 001.8-ISEP/414. - Tese
CDU: 026.062 apresentada à Faculdade de Engenharia da Universidade do
Porto para obtenção do Grau de Doutor em Engenharia Química
026.062/cdr-457(I) e Biológica
SINOLINGUA
Standard chinese phonetics [Registo multimédia] : Mandarin/ TESE / DOUTORAMENTO / LITERATURA CINZENTA /
Sinolingua ; China International Publishing group ; Beijing ENGENHARIA QUÍMICA
Huawenshengshi Education Development . - China : Sinolin- CDU: 026.062
gua, 2005. - 12 cm 1 disco (Cd-rom). - Contém um CD com
cota 026.062/cdr-457(I) e um CD-ROM com cota 026.062/cdr- 026.062/cdr-464
457(II). - Este material acompanha ao livro Standard chinese ROCHA, Rui António Henrique Fernandes da
phonetics. Image segmentation and reconstruction of 3D surfaces from
carotid ultrasound images [ Registo multimédia] / Rui António
DIDÁTICA DO CHINÊS / LÍNGUA CHINESA Henrique Fernandes da Rocha ; orient. Prof. Doutor Aurélio Joa-
CDU: 026.062 quim de Castro Campilho e Prof. Doutor Jorge Alves da Silva. -
Porto: Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, 2007.
026.062/cdr-458 - 12 cm 1 disco (Cd-rom). - Este cd acompanha o documento
COSTA, José Carlos Pereira Lopes da com cota 001.8-ISEP/413. - Tese apresentada à Faculdade de
Atmospheric flow over forested and non-forested complex terrain Engenharia da Universidade do Porto para obtenção do grau de
[Registo Multimédia] / José Carlos Pereira Lopes da Costa . - Doutor em Engenharia Electrotécnica e de Computadores
[Porto] : FEUP , 2007 . - 12cm 1 disco (Cd-rom)
LITERATURA CINZENTA / TESE / DOUTORAMENTO
TESE CDU: 026.062
CDU: 026.062
026.062/cdr-465
026.062/cdr-459 PIMENTA, Maria Paula Moreira de Carvalho Amorim Neto
MARQUES, Magda Angélica Azenha Tranferência de calor acima da superfície livre de um leiro
Estudo preliminar das taxas de reacção de carvão de Pinheiro fluidizado borbulhante [Registo Multimédia] / Maria Paula
Manso em leito fluidizado [Registo multimédia] / Magda An- Moreira de Carvalho Amorim Neto Pimenta; - Porto : Facul-
gélica Azenha Marques . - [Porto] : FEUP , 2007 . - 12 cm 1 dade de Engenharia da Universidade do Porto, 2007 . - 12 cm
disco (cd-rom) 1 disco (Cd-rom). - Este cd acompanha o documento com cota
001.8-ISEP/416
TESE
CDU: 026.062 LITERATURA CINZENTA / TESE
CDU: 026.062
026.062/cdr-460
FÉLIX, Carlos Manuel da Silva 026.062/cdr-466
Monitorização e análise do comportamento de obras de arte SANTOS, Veríssimo Manuel Brandão Lima
[Registo multimédia] / Carlos Manuel da Silva Félix . - [Porto]: Arquitecturas de comunicação industriais para suporte a sistemas
Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, 2004 . - 12 computacionais móveis / Veríssimo Manuel Brandão Lima San-
cm 1 disco (cd-rom). - Este material acompanha o documento tos ; Universidade do Porto, Faculdade de Engenharia . - Porto:
com cota 001.8-ISEP/140 Faculdade de Engenharia da Universidade do pORTO, 2007 .
- 12 cm 1 disco (Cd-rom). - Este cd acompanha o documento
TESE com cota 001.8-ISEP/418. - Tese apresentada à Faculdade de
CDU: 026.062 Engenharia da Univrsidade do Porto para obtenção do Grau de
Mestre em Engenharia Electrotécnica e de Computadores

LITERATURA CINZENTA / TESE


CDU: 026.062

17 18
1.1.4. Literatura Cinzenta
026.062/Cdr-471
ANUÁRIO ESTATÍSTICO DE PORTUGAL
Anuário estatístico de Portugal [ documento electrónico] : 2006 088-IPP/41
=Statistical yearbook of Portugal / ed. Instituto Nacional de JESUS, Nelson Fernando Cardoso de
Estatística. - Lisboa: INE, 2007. - 1 disco (CD-ROM) ; 13 cm. Desenvolvimento de um portal WWW para clientes móveis /
- Este Cd-rom é parte acompanhante da publicação com a cota Nelson Fernando Cardoso de Jesus. - Porto : Instituto Superior
31/146 de Engenharia , 2004 . - 63 p. : il. ;30 cm. - Trabalho de inves-
tigação desenvolvido no âmbito do PRODEP.
ESTATÍSTICA / DADOS ESTATÍSTICOS / ANUÁRIO /
PORTUGAL ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA
CDU: 31:314(469) / 31 CDU: 088

026.062/Cdr-472 088-IPP/65
INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA PINHEIRO, Olga Maria Neto Dias Constante
Anuários estatísticos regionais [ documento electrónico] : 2006/ Sistema de apoio à decisão no planeamento da produção de
Instituto Nacional de Estatística . - 2006 . - Lisboa : I.N.E. , 2007. produtos complexos: identificação e especificação de requisitos/
- 1 disco óptico (CD-ROM): color. ; 12 cm Olga Maria Neto Dias Constante Pinheiro . - Porto : Instituto
Superior de Engenharia , 2003 . - 168 p. : il. ; 30 cm. - Trabalho
DADOS ESTATÍSTICOS / ANUÁRIO ESTATÍSTICO / ESTA- de investigação desenvolvido no âmbito do PRODEP. - Disser-
TÍSTICAS NACIONAIS / PORTUGAL -- Dados estatísticos tação submetida para satisfação parcial dos requisitos do grau de
CDU: 311.3(469)(05) Mestre em Engenharia Electrotécnica e de Computadores, área
de especialização de informática industrial.
026.064/DVD-249
MEIRELLES, Fernando ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA
O fiel jardineiro [ DVD] / realizado por Fernando Meirelles . - CDU: 088
[S.l.] : Focus Features , 2006 . - 1 DVD (123 min.) : color, som ;
19x14 cm (caixa). - Legendas: português, opções especiais. - Tí- 088-IPP/98
tulo original: the Constant Gardener. - ano de produção: 2004 SÁ, José Manuel Marques e
Interligação de unidades remotas de aquisição de dados / José
EDUCAÇÃO ARTÍSTICA / TEATRO / DRAMA / CINEMA Manuel Marques e Sá . - Porto : Instituto Superior de Engenha-
CDU: 026.064 ria , 2004 . - VIII, 40 f. : il. ; 30 cm. - Trabalho de investigação
desenvolvido no âmbito do PRODEP.
026.064/DVD-250
LEE, Ang ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA
O Tigre e o Dragão [ DVD] Crouching tiger hidden dragon CDU: 088
Wo Hu Zang Long / realização de Ang Lee ; produção de Bill
Kong, Hsu Li Kong, Ang Lee ; argumento de James Schamus, 088-ISEP/169
Wang Hui Ling e Tsai Kuo Jung ; director de fotografia Peter BARBOSA, Ramiro de Sousa
Pau música de Tan Dun ; com Chow Yun-Fat [et al.] . - China: Algoritmos de controlo de ordem não - inteira / Ramiro de Sousa
[s.n.] , [2000] . - 12 cm 1 disco (DVD) (120 min.) Barbosa ; sob a supervisão de Professor Doutor José António
Tenreiro Machado, do Departamento de Engenharia Electrotéc-
CINEMA nica do Instituto Superior de Engenharia do Instituto Politécnico
CDU: 026.064 do Porto e sob a supervisão de Professor Doutor Martins de
Carvalho, do Departamento de Engenharia Electrotécnica e de
026.064/DVD-251 Computadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do
O AVIADOR Porto . - Porto: Faculdade de Engenharia da Universidade do
O aviador [ documento electrónico] =the aviator / realização de Porto - Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Compu-
Martin Scorsese . - [S.l.] : Initial Entertainement Group S. João tadores, 1999 . - 152 p. : il. ; 29 cm.. - Dissertação submetida para
da Madeira : Prisvídeo [distrib.] , 2008 . - 1 disco óptico (DVD) satisfação parcial dos requisitos do grau de mestre em Engenharia
(ca 163 min.) : color., son. ; 13 cm. - Idiomas: inglês Electrotécnica e de Computadores (Área de especialização de
Informática Industrial)
026.064/DVD-252
SOB SUSPEITA ALGORITMO / ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA /
Sob suspeita [ documento electrónico] =under suspicion / real. CONTROLO
de Stephen Hopkins . - [S.l.] : New Line Cinema S. João da CDU: 088
Madeira : Prisvídeo [distrib.], 2008 . - 1 disco óptico (DVD) (ca
107 min.) : color., son. ; 13 cm. - Idiomas: inglês 088-IPP/189
FERREIRA, Luís Miguel Moreira Lino
A multiple logical ring approach to real-time wireless-enabled
profibus networks / Luís Miguel Moreira Lino Ferreira. - Porto:
Faculdade de Engenharia , 2005 .- IV, 178 p. : il. ; 30 cm. - Tra-
balho de investigação desenvolvido no âmbito do PRODEP.
- Dissertação apresentada para obtenção do grau de Doutor em
Engenharia Electrotécnica e de Computadores.

ENGENHARIA / ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA


CDU: 088

19 20
088-ISEP/221 001.8-ISEP/400
SOARES, Manuel Gonçalves SILVA, António Sousa e
Instalação de um sistema de programação de robôs / Manuel Os tutores inteligentes no treino das técnicas de reposição nos
Gonçalves Soares . - Porto : Faculdade de Engenharia da Uni- sistemas eléctricos de energia / António Sousa e Silva.- Vila Real:
versidade do Porto , 1989 . - [pag.var.] ; 30 cm. - Dissertação Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro , 2007 . - 224,
submetida para satisfação parcial dos requisitos do Curso de LV p. : il. ; 30 cm. - Tese apresentada à Universidade de Trás-
Mestrado em Ciências de Electrotecnia Área de Especialização os-Montes e Alto Douro para obtenção do grau Doutoramento
em Telecomunicações, sob a orientação do Doutor Eugénio da em Engenharia Electrotécnica e de Computadores
Costa Oliveira.
TESE / DOUTORAMENTO / LITERATURA CINZENTA
ELECTROTÉCNICA / PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS CDU: 001.8
CDU: 088
001.8-ISEP/401
088-ISEP/222 MENDES, Jorge José de Magalhães
FARIA, Luíz Felipe Rocha de Programação de operações fabris em sistemas de produção
Desenvolvimento de uma interface gráfica adequada a sistemas tipo job-shop / Jorge José de Magalhães Mendes . - Coimbra :
periciais em centros de controlo e condução / Luiz Felipe Rocha Universidade de Coimbra , 1993 . - 111 p. : graf.; 30 cm. - Tese
de Faria . - Porto : Faculdade de Engenharia da Universidade do apresentada ao Departamento de Engenharia Electrotécnica da
Porto , 1995 . - [pag. var.] ; 30 cm. - Dissertação de mestrado Universidade de Coimbra para obtenção do grau de Mestrado
apresentada à Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, em Sistemas e Automação.
sob a orientação dos docentes: Prof. Zita Maria Almeida do Vale
e Prof. Carlos Fernando da Silva Ramos. TESE / MESTRADO / LITERATURA CINZENTA
CDU: 001.8
ELECTROTÉCNICA/ MESTRADO
CDU: 088 001.8-ISEP/404
SOARES, Manuel Gonçalves
088-ISEP/233 Posicionamento diferencial em tempo útil via Internet / Manuel
CARVALHO, José António Beleza Gonçalves Soares. -Porto : Universidade do Porto. Faculdade
O processamento distribuído na estimação de estado de sistemas de Engenharia, 2004 . - 159, [32]p. : il. ;30 cm. - Tese apresen-
eléctricos de energia /José António Beleza Carvalho . - Porto : tada à Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto para
Faculdade de Engenharia Universidade do Porto , 1999 . - [pag. obtenção do Grau Doutoramento em Engenharia Electrotécnica
var.] ; 30 cm. - Dissertação apresentada à Faculdade de Enge- e de Computadores.
nharia da Universidade do Porto para a obtenção do grau de
Doutor em Engenharia Electrotécnica e de Computadores, sob TESE / DOUTORAMENTO / LITERATURA CINZENTA
a orientação do Doutor Fernando Pires Maciel Barbosa. CDU: 001.8

SISTEMAS ELÉCTRICOS DE ENERGIA 001.8-ISEP/410


CDU: 088 AZEVEDO, Filipe Miguel Tavares de
Gestão do risco em mercados competitivos de electricidade :
088-ISEP/256 previsão de preços e optimização do portfolio de contratos /
GOMES, António Augusto Araújo Filipe Miguel Tavares de Azevedo . - Vila Real : Universidade
Estruturação e validação do conhecimento para diagnóstico de de Trás-os-Montes e Alto Douro. Departamento de Engenharias,
incidentes em redes eléctricas / António Augusto Araújo Go- 2007 . - 258 p. : il. ; 30 cm. - Tese apresentada à Universidade de
mes . - Porto : Universidade do Porto , 2003 . - 106 p. ; 30 cm. Trás-os-Montes e Alto Douro para obtenção do grau de Doutor
- Tese submetida para satisfação parcial dos requisitos de grau em Engenharia Electrotécnica e de Computadores.
de mestre em Engenharia Electrotécnica e de Computadores
(área de especialização de sistemas Eléctricos de Energia), sob TESE / DOUTORAMENTO / LITERATURA CINZENTA
a orientação do Professor Doutor Custódio João Pais Dias e da CDU: 001.8
Professora Doutora Zita Maria Almeida do Vale.

SISTEMAS EÉCTRICOS DE ENERGIA / ENGENHARIA


ELECTROTÉCNICA
CDU: 088

001.8-ISEP/392
BRAGANÇA, Alexandre Manuel Tavares
Sistema para gestão operacional de processos: uma visão global
na indústria e nos serviços no contexto dos sistemas de fluxo de
trabalho / Alexandre Manuel Tavares Bragança. - Porto: Facul-
dade de Engenharia da Universidade do Porto, 1997 . - XIX,
227 p. : il. ; 30 cm. - Dissertação de Mestrado em Engenharia
Electrotécnica e Computadores.

ELECTROTÉCNICA / COMPUTADOR/ MESTRADO


CDU: 001.8

21 22
1.1.5. Legislação 1.1.6. Normas IPQ e ISO

Declaração de Rectificação n.º 24/2005. DR 57 SÉRIE I-B NP 4469-1. 2008, Sistema de gestão da responsabilidade social:
de 2005-03-22 parte 1: requisitos e linhas de orientação para a sua utilização.
Presidência do Conselho de Ministros - De ter sido rectificada Caparica: I.P.Q.
a Portaria n.º 189/2005, do Ministério da Educação, publicada
no Diário da República, 1.ª série, n.º 33, de 16 de Fevereiro de NP 4470. 2008, Diapositivos de redução de ruído de tráfego
2005, que cria no Colégio Internato dos Carvalhos os cursos rodoviário: método de ensaio para determinar o desempenho
científico-tecnológicos de nível secundário de Química, Am- acústico: características intrínsecas: valores locais da difracção
biente e Qualidade, Biotecnologia, Animação Sócio-Desportiva, sonora. Caparica: I.P.Q.
Electrotecnia e Automação, Electrónica e Telecomunicações,
Informática, Contabilidade e Gestão, Marketing e Estratégia NP EN 13970. 2008, Membranas de impermeabilização flexíveis:
Empresarial, Línguas e Relações Empresariais, Assessoria Jurí- membranas betuminosas usadas como barreiras ao vapor de água:
dica e Documentação, Património e Turismo e Artes e Indústrias definições e características. Caparica: I.P.Q.
Gráficas. Revoga a Portaria n.º 861/2004, de 19 de Julho
NP EN 1504-6. 2008, Produtos e sistemas para a protecção e
Resolução do Conselho de Ministros n.º 16/2007. DR 24 reparação de estruturas de betão: definições, requisitos, controlo
SÉRIE I de 2007-02-02 da qualidade e avaliação da conformidade: parte 6: ancoragem
Presidência do Conselho de Ministros - Autoriza a abertura de e armadura de aço. Caparica: I.P.Q.
procedimento de concurso público internacional para adjudicação
de fornecimento de electricidade aos serviços e organismos do NP EN 1504-7. 2008, Produtos e sistemas para a protecção e
Ministério da Educação reparação de estruturas de betão: definições, requisitos, controlo
da qualidade e avaliação da conformidade: parte 7: protecção
Decreto-Lei n.º 225/2007. DR 105 SÉRIE I de 2007-05-31 contra a corrosão das armaduras. Caparica: I.P.Q.
Ministério da Economia e da Inovação - Concretiza um conjunto
NP EN 1504-10. 2008, Produtos e sistemas para a protecção e
de medidas ligadas às energias renováveis previstas na estratégia
reparação de estruturas de betão: definições, requisitos, controlo
nacional para a energia, estabelecida através da Resolução do
da qualidade e avaliação da conformidade: parte 10: aplicação de
Conselho de Ministros n.º 169/2005, de 24 de Outubro
produtos e sistemas e controlo da qualidade da obra. Caparica:
I.P.Q.
Decreto-Lei n.º 230/2007. DR 113 SÉRIE I de 2007-06-14
Presidência do Conselho de Ministros -Procede à segunda alte-
NP EN 60695-4. 2008, Ensaios relativos aos riscos de fogo: parte
ração à Lei n.º 30/2003, de 22 de Agosto, alargando às empresas
4: terminologia relativa aos ensaios ao fogo para os produtos
comercializadoras de electricidade o dever de liquidação, por
electrotécnicos (IEC 60695-4: 2005). Caparica: I.P.Q.
substituição tributária, da contribuição para o áudio-visual
NP EN ISO 15167-1. 2008, Escória granulada de alto-forno
Decreto-Lei n.º 264/2007. DR 141 SÉRIE I de 2007-07-24 moída para betão, argamassa e caldas de injecção ; parte 1:
Ministério da Economia e da Inovação - Altera os Decretos-Leis definições, especificações e critérios de conformidade. Caparica:
n.os 240/2004, de 27 de Dezembro, e 172/2006, de 23 de Agosto, I.P.Q.
concretizando um conjunto de medidas destinadas à implemen-
tação de uma nova etapa na concretização e aprofundamento do prNP 2626-441/prA1. 2008, Vocabulário electrotécnico
Mercado Ibérico de Electricidade (MIBEL) internacional: capítulo 441: máquinas rotativas. Caparica:
I.P.Q.
Decreto-Lei n.º 363/2007. DR 211 SÉRIE I de 2007-11-02
Ministério da Economia e da Inovação - Estabelece o regime prNP 2626-802. 2007, Vocabulário electrotécnico internacional:
jurídico aplicável à produção de electricidade por intermédio capítulo 802: ultrassons. Caparica: I.P.Q.
de unidades de micro-produção

Decreto-Lei n.º 5/2008. DR 5 SÉRIE I de 2008-01-08


Ministério da Defesa Nacional - No uso da autorização legislativa
concedida pela Lei n.º 57/2007, de 31 de Agosto, estabelece o
regime jurídico de acesso e exercício da actividade de produção
de electricidade a partir da energia das ondas

Portaria n.º 201/2008. DR 38 SÉRIE I de 2008-02-22


Ministério da Economia e da Inovação - Fixa as taxas a cobrar
pelos serviços previstos no n.º 1 do artigo 23.º do Decreto-Lei n.º
363/2007, de 2 de Novembro, que estabelece o regime jurídico
aplicável à produção de electricidade por intermédio de unidades
de microprodução

Decreto Legislativo Regional n.º 16/2008/M. DR 109 SÉRIE


I de 2008-06-06
Região Autónoma da Madeira - Assembleia Legislativa - Adapta
à Região Autónoma da Madeira o Decreto-Lei n.º 363/2007, de
2 de Novembro, que estabelece o regime jurídico à produção de
electricidade por intermédio de instalações de pequena potência,
designadas por unidades de microprodução

23 24
1.1.7. DigIPP - Conteúdos digitais 1.2. Bibliotecas das Escolas

ALBERTY, Ricardo 1.2.1. Escola Superior de Educação do Porto


O pássaro azul e a imperatriz da China / Ricardo Alberty. - Porto: (ESEP)
Instituto Superior de Engenharia do Porto, ISEP-Cultura, 2008 .
- 1 dois três era outra vez
Monografias
LITERATURA INFANTIL - Conto
CDU 82-93 D:1/781
NÚÑEZ, Marisa
BUCAY, Jorge Ovos cozidos / Marisa Núñez; il. Teresa Lima; trad. Dora Isabel
A Cidade dos Poços / Jorge Bucay. - Porto : Instituto Superior Batalim. - Espanha: Editora OQO, 2007. - 58 p.: il.; 22 cm.
de Engenharia do Porto; ISEP-Cultura, 2008. - 1 dois 3 era - (Q)
outra vez
LITERATURA ESPANHOLA
LITERATURA INFANTIL - Conto CDU 087.5
CDU 82-93
D:1/782
BUCAY, Jorge STEIN, Mathilde
O verdadeiro valor do anel / Jorge Bucay. - Porto : Instituto O rapaz que tinha medo / Mathilde Stein, Mies van Hout. - Lis-
Superior de Engenharia do Porto, ISEP-Cultura, 2008. - 1 dois boa: Ana Paula Faria Editora, 2006. - 22 p.: il.; 27 cm
3 era outra vez ISBN 972-8920-37-7

LITERATURA INFANTIL - Conto LITERATURA INFANTIL E JUVENIL


CDU 82-93 CDU 087.5

PAWAGI, Manjusha D:1/783


A menina que detestava livros / Manjusha Pawagi . - Porto : PINA, Manuel António
Instituto Superior de Engenharia do Porto, ISEP-Cultura, 2008. A noite / Manuel António Pina; il. António Sabler. - Porto:
- 1 dois 3 era outra vez Campo das Letras, 2001. - 45,[2] p.:il.; 23 cm. -(O sol e a lua;
14). - ISBN 972-610-445-9
LITERATURA INFANTIL - Conto
CDU 82-93 LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
CDU 821.134.2
TORRADO, António 087.5
A biblioteca viva / António Torrado. - Porto: Instituto Superior
de Engenharia do Porto, ISEP-Cultura, 2008 . - 1 dois 3 era D:1/784
outra vez SOARES, Luísa Ducla 1939-
Abecedário maluco / Luísa Ducla Soares ; il. Joana Alves. -
LITERATURA INFANTIL - Conto Porto: Livraria Civilização, 2004. - 34 p. ; 22 cm. - ISBN 972-
CDU 82-93 26-2181-5

LITERATURA INFANTIL E JUVENIL


CDU 087.5

D:1/785
SOARES, Luísa Ducla 1939-
Quem está aí? / Luísa Ducla Soares ; il. Maria João Lopes . -
Porto : Civilização, 2002. - [25] p.: il.; 26 cm. - (Obra completa
de Luísa Ducla Soares). - ISBN 972-26-2112-2

LITERATURA INFANTIL E JUVENIL


CDU 087.5

D:1/786
McKEE, David
Quatro maçãs vermelhas / David Mckee; trad. Ana Faria Mar-
ques. - Lisboa: Ana Paula Faria Edições, 2005. - [25] p.: il.; 27
cm. - ISBN 972-8920-25-3

LITERATURA INFANTIL E JUVENIL


CDU 087.5

25 26
D:1/787 D:1/795
PINA, Manuel António ZEITOUN, Charline
O tesouro / Manuel António Pina; il. Evelina Oliveira. - 21ª A água / Charline Zeitoun; il. Peter Allen. - Lisboa: Zero a oito,
Edição. - Porto: Campo das Letras, 2005. - 14 p.: il.; 21 cm. 2002. - 23 p.: il.; 25 cm. -(Vem descobrir!)
- (Palmo e meio; 37). - ISBN 972-610-929-9
LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
LITERATURA INFANTIL E JUVENIL CDU 087.5
CDU 82-93
D:1/796
D:1/788 NESSMANN, Philippe
HONRADO, Alexandre O ar / Philippe Nessmann ; il. Peter Allen. - Lisboa: Zero a oito,
O rapaz que aprendeu a voar / Alexandre Honrado; il. José Mi- 2002. - 23p.: il.; 25 cm. - (Vem descobrir!)
guel Ribeiro.- Lisboa: Dom Quixote, 2007. - 44 p.:il.; 24 cm
LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
LITERATURA INFANTIL E JUVENIL CDU 087.5
CDU 087.5
D:1/797
D:1/789 ZEITOUN, Charline
PIEPER, Christiane O corpo humano / Charline Zeitoun; il. Peter Allen. - Lisboa:
Catarina, o urso e Pedro / Christiane Pieper. - Lisboa: Kalan- Zero a oito, 2003. - 23 p.: il.; 25 cm. - (Vem descobrir!)
draka Editora, 2007. - 36 p.: il.; 23 cm. -(Livros para sonhar)
LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
LITERATURA INFANTIL CDU 087.5
CDU 087.5
D:1/798
D:1/790 VERLAG, Diogenes
BLAKE, Quentin Os três bandidos / Diogenes Verlag; il. Tomi Ungerer; trad.
Um barco no céu / Quentin Blake. - Lisboa: Kalandraka Edito- Marya Georgieva. - Lisboa: Kalandraka, 2007. - 42 p.: il.; 29
ra, 2007. - 44 p.:il.; 27 cm cm. - (Livros para sonhar)

LITERATURA INFANTIL E JUVENIL LITERATURA INFANTIL E JUVENIL


CDU 087.5 CDU 087.5

D:1/791 D:1/799
SOARES, Luísa Ducla MEJUTO, Eva
Uma vaca de estimação / Luísa Ducla Soares; il. Paul Driver. Corre corre, cabacinha / Eva Mejuto; il. André Letria; trad.
- Porto: Civilização Editora, 2006. - 34 p.: il.; 22 cm. - ISBN Dora Isabel Batalim. - Pontevedra: OQO, 2006. - 32 p.: il.; 24
972-26-2475-X cm. - (Q). - ISBN 84-96573-70-2

LITERATURA INFANTIL E JUVENIL LITERATURA INFANTIL E JUVENIL


CDU 087.5 CDU 087.5

D:1/792 D:1/800
SOARES, Luísa Ducla LAMBERT, David
A árvore das patacas e semente de macarrão / Luísa Ducla So- Guia dos dinossauros: uma viagem emocionante à pré-história/
ares; il. Joana Alves. - Porto: Civilização Editora, 2007. - 36 David Lambert; il. Angela Anderson; trad. Teresa Ferreira da
p.: il.; 26 cm Silva. - Porto: Civilização, 2005. - 64 p. : il. ; 31 cm. - ISBN
989-550-381-4
LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
CDU 087.5 LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
CDU 087.5
D:1/793
NESSMANN, Philippe D:1/801
A luz / Philippe Nessmann; il. Peter Allen. - Lisboa: Zero a COTRIM, João Paulo
oito, 2005. - 23 p.: il.; 25 cm. -(Vem descobrir!) A árvore que dava olhos / João Paulo Cotrim; il. Maria Keil.
- Vila Nova de Gaia: Calendário, 2007. - 32 p. : il. ; 23 cm
LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
CDU 087.5 LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
CDU 087.5
D:1/794
NESSMANN, Philippe D:1/802
As plantas / Philippe Nessmann; il. Peter Allen. - Lisboa: Zero BESSA-LUÍS, Agustina
a oito, 2003. -23 p.: il.; 25 cm. - (Vem descobrir!) O dourado / Agustina Bessa-Luís; il. Helena Simas. - Lisboa:
Minutos de Leitura, 2007. - 38 p.: il.; 29 cm
LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
CDU 087.5 LITERATURA INFANTIL E JUVENIL
CDU 087.5

27 28
D:1/803 1.2.2. Escola Superior de Estudos Industriais e
MOUTINHO, José Viale de Gestão (ESEIG)
O grande livro das lengalengas / José Viale Moutinho; il. Fedra
Santos. - Porto: Edições Afrontamento, 2007. - 101 p.: il.; 30
cm. - (Tretas e letras; 54) Monografias

LITERATURA INFANTIL E JUVENIL 621.3/1 I


CDU 087.5 621.3/1 II
KOSTENKO, M.
Máquinas eléctricas / M. Kostenko, L. Piotrovski ; trad. António
Fernandes Magalhães . - Porto : Lopes da Silva, 1979 . - 2 vol.:
il. ; 21 cm. - Contém : Vol. I: Máquinas de corrente contínua:
transformadores. - 577 p. ; Vol. II: Máquinas de corrente alter-
nada. - 577 p.

ENGENHARIA ELÉCTRICA / ENGENHARIA ELECTRO-


TÉCNICA / MÁQUINAS ELÉCTRICAS
621.3

621.3(083.1)/1 (1)
QUINTAS & QUINTAS - CONDUTORES ELÉCTRICOS
Guia técnico / Quintas & Quintas, Solidal . - 9.ª ed. rev. e actual .
- Esposende: Solidal - Condutores Eléctricos; Póvoa de Varzim:
Quintas & Quintas - Condutores Eléctricos, 2005 . - XXV, 402
p. ; 24 cm

ENGENHARIA ELÉCTRICA – [GUIAS]


621.3(083.1)

621.3/11 (1)
MEIRELES, Vítor
Circuitos eléctricos / Vítor Meireles . - Porto : Lidel, 2001 . - 384
p. ; 24 cm. - ISBN 972-757-206-5

ENGENHARIA ELÉCTRICA / CIRCUITOS ELÉCTRICOS


621.3

621.3/12
MEIRELES, Vítor
Circuitos eléctricos / Vítor Meireles . - 2.ª ed. rev. e aumentada .
- Porto : Lidel, 2003 . - 506 p. ; 24 cm . - ( Engenharias ). - ISBN
972-757-305-3

ENGENHARIA ELÉCTRICA / CIRCUITOS ELÉCTRICOS


621.3

621.3/13
RIZZONI, Giorgio
Principles and applications of electrical engineering / Giorgio
Rizzoni . - 4th ed . - Boston : McGraw-Hill, 2003 . - XVIII, 1022
p.: il. ; 25 cm. - ISBN 0-07-119878-4

ENGENHARIA ELÉCTRICA
621.3

621.3/14
CAPUANO, Francisco Gabriel
Laboratório de electricidade e electrônica / Francisco Gabriel
Capuano, Maria Aparecida Mendes Marino . - 21.ª ed . – São
Paulo : Editora Érica, 2005 . - 309 p. : il. ; 24 cm. - ISBN 85-
7194-016-9

ENGENHARIA ELÉCTRICA / ELECTRÓNICA


621.3
621.38

29 30
621.3/2 621.3/8
VAZ, Emanuel Eduardo Pires CHAPMAN, Stephen J.
Motores eléctricos e bobinagem : motores eléctricos, transforma- Electric machinery fundamentals / Stephen J. Chapman. - 3rd ed.
dores, condensadores de potência / Emanuel Eduardo Pires Vaz . - Boston : WCB McGraw-Hill, 1998 . - XVIII, 716 p. ; 23 cm .
- Porto : Edições Lopes da Silva, 1984 . – 614 p. ; 21 cm - (McGraw-Hill series in electrical and computer engineering).
- ISBN 0-07-011950-3
ENGENHARIA ELÉCTRICA / MOTORES ELÉCTRICOS /
BOBINAGEM ENGENHARIA ELÉCTRICA / ENGENHARIA ELECTRO-
621.3 TÉCNICA / MÁQUINAS ELÉCTRICAS
621.3
621.3/3
SERRANO IRIBARNEGARAY, Luis 621.3/9
Fundamentos de máquinas eléctricas rotativas / Luis Serrano BESSONOV, L.
Iribarnegaray . - Barcelona : Marcombo, 1989 . - 360 p. ; 25 cm. Electricidade aplicada para engenheiros / L. Bessonov ; trad.
- ISBN 84-267-0763-7 Alberto Sousa Guimarães... [et al.] . - 3.ª ed . - Porto : Edições
Lopes da Silva, 2000 . - 784 p. ; 21 cm
ENGENHARIA ELÉCTRICA / ENGENHARIA ELECTRO-
TÉCNICA / MÁQUINAS ELÉCTRICAS ENGENHARIA ELÉCTRICA / CIRCUITOS ELÉCTRICOS /
621.3 ELECTROMAGNETISMO
621.3
621.3/4
EDMINISTER, Joseph A. 621.3(094.5)/1
Circuitos elétricos : resumo da teoria, 350 problemas resolvidos, PORTUGAL. Leis, decretos, etc.
493 problemas propostos / Joseph A. Edminister ; trad. Sebastião Instalações de energia eléctrica e telefones . - Porto : Porto Edi-
Carlos Feital ; rev. e adapt. Antonio Pertence Júnior . - 2.ª ed., tora, 2006 . - 445 p. ; 21 cm . - ( Regulamentos ; 3 )
reedição da edição clássica . - São Paulo : Makron, 1991. - 585 ISBN 972-0-01172-6
p. : il. ; 24 cm . - ( Coleção Schaum ). - ISBN 0-07-460639-5
ENERGIA ELÉCTRICA -- [LEGISLAÇÃO] -- PORTUGAL /
ENGENHARIA ELÉCTRICA / CIRCUITOS ELÉCTRICOS TELECOMUNICAÇÕES -- [LEGISLAÇÃO] -- PORTUGAL
621.3 621.31(094.5)(469)
621.39(094.5)(469)
621.3/5
O’MALLEY, John 621.3(469)/1
Theory and problems of basic circuit analysis / John O’Malley . MARQUES, José Manuel Alves
- 2nd ed . - New York : McGraw-Hill, 1992 . - 419 p. ; 28 cm . As tecnologias de informação e electrónica em Portugal: impor-
- ( Schaum’s Outline Series ). - ISBN 0-07-047824-4 tância, realidade e perspectivas / José Manuel Alves Marques,
Manuel Laranja. - Lisboa: Direcção-Geral da Indústria - DGI,
ENGENHARIA ELÉCTRICA / CIRCUITOS ELÉCTRICOS 1994. - 204 p. : il. ; 23 cm. - (Estudos DGI - Análise Industrial;
621.3 3). - ISBN 972-586-056-X

621.3/6 ENGENHARIA ELECTRÓNICA -- PORTUGAL / TECNOLO-


SMITH, Ralph J. GIAS DAINFORMAÇÃO -- PORTUGAL / ECONOMIA
Circuits, devices and systems : a first course in electrical en- 621.3(469)
gineering / Ralph J. Smith, Richard C. Dorf . - 5th ed . – New 004.4
York : John Wiley & Sons, cop. 1992 . - XI, 868 p. : il. ; 25 cm. 338
- ISBN 0-471-83944-2
621.3(469)/2
ENGENHARIA ELÉCTRICA / CIRCUITOS ELÉCTRICOS / PORTUGAL. Instituto para a Qualidade na Formação
ELECTRÓNICA / ELECTROMAGNETISMO A indústria do equipamento eléctrico e electrónico em Portugal /
621.3 Instituto para a Qualidade na Formação ; coord. Sandra Lameira.
- Lisboa : INOFOR, 2006 . – 2 vol. ; 27 cm. - (Estudos sectoriais;
621.3/7 29). - Contém : Vol. 1: 224 p. ; Separata: Perfis profissionais.
O’MALLEY, John - 64 p. - ISBN 972-8619-73-1
Análise de circuitos / John O’Malley ; trad. Moema Sant’Anna
Belo ; rev. técnica Antônio Pertence Júnior . - 2.ª ed . - São INDÚSTRIA ELÉCTRICA -- PORTUGAL / INDÚSTRIA
Paulo : Makron Books, 1993 . - 679 p. : il. ; 24 cm. - ISBN ELECTRÓNICA -- PORTUGAL / ECONOMIA / EMPREGO
85-346-0119-4 621.3(469)
338
ENGENHARIA ELÉTRICA / CIRCUITOS ELÉCTRICOS 331
621.3
621.38/1
MILLMAN, Jacob
Integrated electronics: analog and digital circuits and systems /
Jacob Millman, Christos C. Halkias . - Singapore [etc.] : McGraw-
Hill, 1971 . - XIX, 911 p. : il. ; 21 cm . - (McGraw-Hill electrical
and electronic engineering series). - ISBN 0-07-085493-9

ELECTRÓNICA
621.38

31 32
621.38/2 621.38/5
MILLMAN, Jacob GIL PADILLA, Antonio J.
Microelectrónica / Jacob Millman, Arvin Grabel ; trad. Hermí- Electrónica analógica / Antonio J. Gil Padilla ; trad. Artur de
nio Duarte-Ramos . - 2.ª ed . - Lisboa : McGraw-Hill Portugal, Mendonça, José Luis Canaveira . - Lisboa [etc.] : McGraw-Hill,
1991. - 1 vol. : il. ; 23 cm. - Contém : Vol. 1: XIII, 518 p. - ISBN cop. 1993 . - 324 p. : il. ; 24 cm. - Tít. orig.: Electronica general:
972-9241-15-5 vol. II. - ISBN 972-9241-44-2

ELECTRÓNICA / MICROELECTRÓNICA ELECTRÓNICA


621.38 621.38

621.38/10 621.38/6
GILBILISCO, Stan CUESTA GARCIA, Luis Miguel
Teach yourself electricity and electronics / Stan Gilbilisco . - Electrónica analógica : análise de circuitos, amplificação, siste-
3rd ed. - New York : McGraw-Hill, 2001 . - 727 p. ; 23 cm . - ( mas de alimentação / Luis Miguel Cuesta Garcia, Antonio J. Gil
Electronics ). - ISBN 0-07-137730-1 Padilla, Fernando Remiro Dominguez ; trad. Artur de Mendonça,
José Luis Canaveira . - Lisboa : McGraw-Hill, cop. 1994 . - 355
ENGENHARIA ELÉCTRICA / ELECTRÓNICA p. ; 23 cm. - ISBN 972-9241-63-5
621.3
ELECTRÓNICA
621.38/10 IV 621.38
JORNADAS LUSO-ESPANHOLAS DE ENGENHARIA
ELECTROTÉCNICA, 6, Lisboa, 1999 621.38/7
Engenharia electrotécnica luso-espanhola / Jornadas Luso-Espa- MALVINO, Albert Paul
nholas de Engenharia Electrotécnica ; coord. Hermínio Duarte- Electrônica / Albert Paul Malvino ; trad. Romeu Abdo ; rev.
Ramos, Amadeu Leão Rodrigues . - Lisboa : EDINOVA, 1999. Técnica Antonio Pertence Júnior . - 4.ª ed . - São Paulo : Makron
- 458 p. : il. ; 23 cm . - (Actas científicas). - Contém : Vol. 1: Books, cop. 1997 . - 1 vol. : il. ; 24 cm. - Contém : Vol. 1: XL, 747
Tema 1: Máquinas eléctricas e electrónica de potência. Tema 2: p. - Tít. orig.: Electronic principles. - ISBN 85-346-0378-2
Técnicas de CAD/CAE. - 458 p. ; Vol. 2: Tema 3: Sistemas de
energia eléctrica: geração e transporte de energia. - 442 p. ; Vol. ELECTRÓNICA
3: Tema 3: Sistemas de energia eléctrica: mercado e qualidade de 621.38
serviço. - 461 p. ; Vol. 4: Tema 4: Instalações eléctricas. Tema:
5 Instrumentação e controlo. Tema 6: Automação e robótica. 621.38/8
Posters. - 676 p. - ISBN 972-595-092-5 SEDRA, Adel S.
Microelectronic circuits / Adel S. Sedra, Kenneth C. Smith . - 4th
ENGENHARIA ELÉCTRICA -- CONGRESSOS / ENGENHA- ed . - New York ; Oxford : Oxford University Press, 1998 . -
RIA ELECTROTÉCNICA -- CONGRESSOS XX, 1237 p. : il. ; 23 cm + 1 CD-ROM. - ISBN 0-19-511690-9
621.3:061.3
ELECTRÓNICA / MICROELECTRÓNICA / CIRCUITOS
621.38/11 I (1) ELÉCTRICOS
MALVINO, Albert Paul 621.38
Princípios de electrónica / Albert Paul Malvino ; trad. Hermínio
Duarte-Ramos . - 6.ª ed . - Lisboa : McGraw-Hill, 2000 . - 2 621.38/9
vol. : il. ; 25 cm. - Contém : Vol. 1: XXI, 1-523 p. ; Vol. 2: XV, CUESTA GARCIA, Luis Miguel
525-955 p. - ISBN 972-773-038-8 Electrónica digital : álgebra de Boole, circuitos combinacionais
e sequências, automatismos, memórias / Luis Miguel Cuesta
ELECTRÓNICA Garcia, Antonio J. Gil Padilla, Fernando Remiro Dominguez ;
621.38 trad. Tomás Ruivo, Alberto Jerónimo . - Lisboa [etc.] : McGraw-
Hill, 1999 . - 446 p. : il. ; 24 cm. - Tít. orig.: Electronica digital,
621.38/3 algebra de boole, circuitos combinacionales y secuenciales,
LABRIQUE, Francis automatismos, memorias. - ISBN 972-9241-64-3
Electrónica de potência / Francis Labrique, João José Esteves
Santana . - Lisboa : Fundação Calouste Gulbenkian, [1991] . ELECTRÓNICA
- 730 p. : il. ; 23 cm. - ISBN 972-31-0534-9 621.38

ELECTRÓNICA / ELECTRÓNICA DE POTÊNCIA


621.38

621.38/4
GIL PADILLA, Antonio J.
Sistemas digitais / Antonio J. Gil Padilla ; trad. Amália de Fáti-
ma Gonçalves, José Figueiredo . - Lisboa [etc.] : McGraw-Hill,
cop.1993 . - 304 p. ; 24 cm. - ISBN 972-9241-43-0

ELECTRÓNICA
621.38

33 34
Publicações Periódicas “Pessoal”. António Manuel Venda, dir. Lisboa: APG, 2004, Ano
7, Série II, nº 71 (Jul.) ISSN 0870-3027
“Análise Social”. António Barreto, dir. Lisboa: Instituto de
Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. 2008, vol. XLIII, “Póvoa Semanário”. Catarina Pessanha, dir. Póvoa de Varzim:
nº 187 (2.º trimestre). ISSN 0003-2573 Virtual Povoense, 2008, nº 498 (16 Jul.) ISSN 0870-3027

“B-ESEIG: Boletim Informativo da Escola Superior de Es- “Público”. José Manuel Fernandes, dir. Porto: Público, 2008,
tudos Industriais e de Gestão”. José Abel Andrade, dir. Vila Ano XIX, nº 6688 (23 Jul.). ISSN 0872-1556
do Conde: ESEIG, 2008, Vol. I, n.º 2 (Jul.)
“Publituris: o jornal da indústria”. Rui Cupido, dir. Lisboa:
“Bit: Informática para todos”. Carlos Afonso, dir. Lisboa: Publiotel, 2008, Vol. XL, n.º 1032 (18 Jul.). ISSN 0870-2152
BIT, Sociedade Editora, Lda., 2008, Ano 9, nº 118 (Jul.). ISSN
0874-3223 “Publituris Hotelaria: a revista do gestor hoteleiro”. Rui
Cupido, dir. Lisboa: Publiotel, 2008, n.º 36 (Jun.)
“Blueprint”. Grant Gibson, dir. Chelmsford: ETP Limited. 2008,
nº 269 (Aug.). ISSN 0268-4926 “Recursos Humanos Magazine”. Ana Rijo da Silva, dir. Lisboa:
Editora RH. 2008, Ano 9, nº 56 (Mai.-Jun..)
“Boletim do Contribuinte: Revista de Informação Fiscal”.
Peixoto de Sousa, dir. Porto: Peixoto de Sousa. 2008, Ano 76º, “Revista Crítica de Ciências Sociais”. António Sousa Ribeiro,
nº 13 (Jul. 1ª quinzena) dir. Coimbra: Centro de Estudos Sociais. 2008, Ano 9, nº 80
(Mar.). ISSN 0254-1106
“Boletim Municipal de Vila do Conde”. Vila do Conde: Câ-
mara Municipal. 2008, nº 73 (Jan. /Fev.) “Revista Portuguesa e Brasileira de Gestão”. Luís Antero
Reto, dir. Lisboa: INDEG/ISCTE. 2007/2008, Vol. 6/ 7, nº 4/1
“Campaign”. Caroline Marshall, dir. London: Haymarket Pu- (Out./Dez.)/(Jan./Mar.). ISSN 1645-4464
blication. 2008, (27 Jun..). ISSN 0008-2309
“TOC: Revista da Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas”.
“Career Planning and Adult Development Journal”. Richard A. Domingues de Azevedo, dir. Lisboa: Câmara dos Técnicos
L. Knowdell, dir. San Jose: The Career Planning and Adult Oficiais de Contas. 2008. Ano IX, nº 99 (Jun.)
Development Network. 2008, vol. 24, nº 1 (Spring.). ISSN
0736-1920 “Vida Económica: Empresas, Negócios e Desenvolvimento”.
João Peixoto de Sousa, dir. Porto: Vida Económica, 2008, nº
“Communication Arts”. Patrick Coyne, ed. Boulder: Commu- 1258 (18 Jul.). ISSN 0871-4320
nication Arts. 2008, vol. 50, nº 3 (Jul.). ISSN 0010-3519
“Visão”. Carlos Cáceres Monteiro, dir. Paço de Arcos: Edim-
“Contabilidade & Empresas”. Porto: Vida Económica, 2008 presa, 2008, nº 802 (17 Jul.). ISSN 0872-35405
(Jun.)

“Creative Review”. Patrick Burgoyne, dir. London: Centaur


Communications. 2008, Vol. 28, nº 7 (Jul.)

“Economia Global e Gestão”. Mário Murteira, dir. Lisboa:


Escola de Gestão do ISCTE, 2008, vol. XIII, nº 1 (Abr.). ISSN
0873-7444

“Exame”. Luís Fonseca, dir. Linda-a-Velha: Abril/Controljornal,


2008, nº 291 (Jun.)

“Exame Informática”. Pedro Miguel Oliveira, dir. Linda-a-


Velha: Abril/Controljornal, 2008, Ano 13, nº 157 (Jul.). ISSN
0873-4798

“Executive Digest”. Paulo Carmona, dir. Lisboa: Multipublica-


ções, Lda., 2008, Ano II, n.º 28 (Jul.). ISSN 0874-0526
“Interface Administração Pública: Tecnologias de Infor-
mação na Administração Pública”. Ana Pinto Martinho, ed.
Lisboa: Grupo Algébrica. 2008, Ed. 41, nº 148 (Mar.)

“Jornal de Contabilidade”. Severo Praxedes Soares, dir. Lisboa:


Apotec. 2008, Ano XXXII, nº 376 (Jul.). ISSN 0870-8789

“Marketeer: marketing, comunicação e vendas”. Margarida


Henriques, dir. Lisboa: MultiPublicações. Edições Expansão
Económica. 2008, nº 144 (Jul.)

“National Geographic Portugal”. Sérgio H. Coimbra, dir.


Lisboa: Pressmundo, 2008, Vol. 8, nº 88 (Jul.)

35 36
1.2.3. Escola Superior de Música e das Artes do 801.7 ECO/lim
Espectáculo (ESMAE) ECO, Umberto, 1932-
Os limites da interpretação / Umberto Eco ; tradução de José
Colaço Barreiros . - Algés : Difel, 2004 . - 426 p. ; 22,5 cm .
Monografias - (Documento e Ensaio). - 972-29-0698-4

391 PAS/tec ESTÉTICA DA RECEPÇÃO


PASTOUREAU, Michel, 1947- INTENCIONALIDADE LITERÁRIA
O tecido do diabo : uma história das riscas e dos tecidos listrados/ SEMÂNTICA
Michel Pastoureau ; tradução Isabel Teresa Santos . - Lisboa: 801.7
Estampa, 1991 . - 116 p. : il. ; 21 cm . - ( Nova História; 27 ).
- 972-33-1178-X 316.7 DOR/mod
DORFLES, Gillo
HISTÓRIA DO VESTUÁRIO -- Idade Média Modas & modos / Gillo Dorfles ; tradução de António J. Pinto
391 Ribeiro . - Lisboa : Edições 70, 1996 . - 111 p. ; 21 cm. - (Arte
& Comunicação; 60). - 972-44-0911-2
391 LAV/rou
LAVER, James SOCIOLOGIA DA CULTURA -- Moda
A roupa e a moda : uma história concisa / James Laver : capítulo 316.7
final: Christina Probert ; tradução Glória Maria de Mello Car-
valho . - 8ª reimpressão . - São Paulo : Companhia das Letras, 316.7 HEI/eco
1989 . - 285 p. : il. ; 21 cm. - 85-7164-086-6 HEILBRUN, James
The economics of art and culture : an american perspective /
HISTÓRIA DO VESTUÁRIO -- Ocidente James Heilbrun and Charles M. Gray . - New York : University of
MODA -- Costumes Cambridge, 1993 . - XVII,378 p. ; 22,5 cm. - 0-521-42212-4
391
ECONOMIA DA ARTE -- EUA
82-34 ECO/tre ECONOMIA DA CULTURA -- EUA
ECO, Umberto, 1932- 316.7
Três pequenas histórias / Umberto Eco ; ilustração de Eugenio
Carmi . - Lisboa : Caderno, 2007 . - 110 p. : il. ; 23 cm. - 978- 792.021 SON/tra
972-41-5310-0 SONREL, Pierre
Traité de scénographie / Pierre Sonrel . - Paris : Librairie Thea-
CONTOS trale, 2001 . - 301 p. + [17 p.] : il. ; 24 cm. - 2-7349-0413-6
82-34
CENOGRAFIA
81’22 ECO/tra TRATADOS DE CENOGRAFIA
ECO, Umberto, 1932- 792.021
Tratado geral de semiótica / Umberto Eco ; tradução de António
de Pádua Danesi e Gilson Cesar Cardoso de Souza . - 4.ª ed., 3ª 792.021 SVOBODA
reimpressão . - São Paulo : Perspectiva, 2002 . - XII, 282 p. ; BURIAN, Jarka
22,5 x 12,5 cm . - (Estudos / J. Guinsburg; 73 ). - 978-85-273- The scenography of Josef Svoboda / Jarka Burian . - Middletown.
0120-6 con. : Wesleyan University, copy 1971 . - XXII, 197 p. : il. ; 28,5
cm. - 0-8195-4041-2
SEMIÓTICA
SISTEMAS DE SIGNIFICAÇÃO SVOBODA, Josef
PROCESSOS DE COMUNICAÇÃO CENOGRAFIA
81’22 792.021

82.09 ECO/sob 7.03(469) FRA/art-v.1


ECO, Umberto, 1932- 7.03(469) FRA/art-v.2
Sobre literatura / Umberto Eco ; tradução de José Colaço Barrei- FRANÇA, José-Augusto, 1922-
ros. - Algés : Difel, 2003 . - 343 p. ; 22,5 cm. - 972-29-0634-8 A Arte em Portugal no século XIX : 2 vols / José-Augusto França.
- 3.ª ed. . - Lisboa : Bertrand 1990 . - 2vols. (489 p., 538 p.) : il.;
ESTUDOS LITERÁRIOS 23,5 cm. - 972-25-0016-3. - 972-25-0060-0
FUNÇÕES DA LITERATURA
82.09 7.03(469)

81’22 ECO/sem 75(469) DACOSTA


ECO, Umberto, 1932- ALMEIDA, Bernardo Pinto de, 1954-
Semiótica e filosofia da linguagem / Umberto Eco ; tradução António Dacosta : ou «a imperiosa necessidade de presente» /
Maria de Bragança . - Lisboa : Instituto Piaget, 2001 . - 325 p.; Bernardo Pinto de Almeida . - Lisboa : Caminho, 2006 . - 28p.:
23,5 cm . - ( Teoria das Artes e Literatura / António Oliveira 33 reproduções ; 23,5 cm . - (Caminhos da Arte Portuguesa no
Cruz; 7 ). - 972-8407-807 Século XX / Bernardino Pinto de Almeida e Armando Neves;
20). - 972-21-1786-6
SEMIÓTICA
FILOSOFIA DA LINGUAGEM DACOSTA, António, 1914- / Pintores Portugueses / Pintura
81’22 75(469)

37 38
792.8 BAUSCH Material Não-Livro
VACCARINO, Elisa
Pina Bausch : Falem-me de amor / Elisa Vaccarino, ... et al. ; Cd´s e DVD´s
tradução , Miguel Serras Pereira . - 2.ª ed. . - Lisboa : Fenda,
2006 . - 192 p. ; 23,5 cm. - 989-603-010-3 CARRAPATOSO / 6918
CARRAPATOSO, Eurico, 1962- Orquestra Nacional do Porto
BAUSCH, Pina, 1940- Requiem à memória de Passos Manuel [ Registo sonoro ] / Eu-
DANÇA ALEMÃ - TANZTHEATER rico Carrapatoso ; Orquestra Nacional do Porto ; Coro Sinfónico
792.8 Lisboa Cantat ; maestro do Coro: Jorge Carvalho Vaz ; solista,
Jorge Vaz de Carvalho ; Direcção de João Paulo Santos . - Paços
82-2 CLA/anu de Brandão : Numérica, 2007 . - 1 disco (CD) : (51 min 06 seg).
CLAUDEL, Paul - I. Introittus . - II. Offertorium . - III. Sanctus / Pie Jesu /Sanctus.
A Anunciação a Maria / Paul Claudel ; tradução Sophia de Mello - IV. Lux aeterna / Tropo. - V. Agnus Dei / Communio . - VI. In
Breyner Andresen ; prefácio Luigi Giussani . – São João do paradisum / Regiões ideais
Estoril : Lucerna, 2006 . - 207 p. ; 23 cm. - 972-8835-21-3
BARTÓK - MESSIAEN / 6914
PEÇAS DE TEATRO BARTÓK, Béla, 1881-1945 ESART ENSEMBLE
82-2 Revisitar os mitos [ Registo sonoro ] = Reassessing the mytus/
Béla Bartók, Olivier Messiaen ; Esart Ensemble . - Paços de
316.72 ANS/tej Brandão : Numérica, 2008 . - 1 disco (CD) : (64 min. 12 seg).
ANSÓ DOZ, Reys - Contrasts /Béla Bartók . - Quatour pour la fin du temps / Olivier
Tejiendo la Interculturalidad : actividades creativas para el aula / Messiaen
Reyes Ansó Doz ; prólogo de Martina Tuts . - Madrid : Catarata,
2007 . - 103 p. ; 19,5 cm + CD . - ( Cuadernos de Educación FRANCK - GRIEG / 6908
Intercultural; 14 ). - 978-84-8319-308-1 FRANCK, César, 1822-1890
Debut [ Registo sonoro ] : as sonatas para violino e piano : the
EDUCAÇÃO INTERCULTURAL / PLURALIDADE CULTURAL violin sonates / César Franck, Edward grieg ; Bruno Monteiro,
ACTIVIDADES LÚDICAS -- Vestidos violino; João Paulo Santos, piano. - Paços de Brandão : Numérica,
USOS E COSTUMES -- Vestuário 2007. - 1 disco (CD) : (52 min 26 seg). - Sonata para violino e
316.72 piano em Lá Menor / César Franck . - Sonata para violino e piano
em Dó menor Op. 45 / Edward Grieg
784 CAS/voz
CASTARÈDE, Marie-France SEIXAS / 6920
A Voz e os seus Sortilégios / Marie-France Castarède; tradução SEIXAS, Carlos, 1704-1742
Maria Jorge Vilar Figueiredo . - Lisboa : Caminho, 1998 . - 289 Sonatas [ Registo sonoro ] / Carlos Seixas ; Cremilde Rosado
p. ; 21 cm . - ( Caminho da Música ). - 972-21-1174-4 Fernandes, pianoforte . - Paços de Brandão : Numérica, 2008 .
- 1 disco (CD) : (ca 55 min). - Sonata XIX em ré menor . - Sonata
CANTO -- Formas culturais VII em ré menor . - Sonata XXVII em Lá maior . - Sonata XXII
PSICANÁLISE DA VOZ em mi menor . - Sonata XXVIII em lá menor . - Sonata V em
784 ré menor . - Sonata 43 em fá menor . - Sonata 44 em fá menor .
- Sonata XVII em dó menor . - Sonata II em Dó maior . - Sonata
78.02 AZE/inv VI em ré menor.
AZEVEDO, Sérgio, 1968-
A Invenção dos Sons : uma panorâmica da composição em NUNES / 6909
Portugal hoje / Sérgio Azevedo ; prefácio de Mário Vieira de NUNES / 6200
Carvalho . - Lisboa : Caminho, 1998 . - 629 p. : il. ; 21 cm .
- (Caminho da Música). - 972-21-1232-5 NUNES, Emmanuel REMIX ENSEMBLE
Emmanuel Nunes e a “Consciência interna do tempo” [ Registo
MÚSICA CONTEMPORÂNEA sonoro ] ; Remix Ensemble ; direcção musical Peter Rundel .
COMPOSITORES PORTUGUESES -- Século XX - Paços de Brandão : Numérica, 2007 . - 1 disco (CD) : 57 min
78.02 44 seg). - Épures du serpent vert II . - Duktus

78.01 DEL/cul ALBUM (CORO) / 6912


DELGADO, Alexandre, 1965- CORO DE CÂMARA LISBOA CANTAT
A Culpa é do Maestro : crítica musical 1990-2000 / Alexandre Compositores portugueses XX - XXI [ Registo sonoro ] : Vol. I /
Delgado ; prefácio Mário Vieira de Carvalho . - Lisboa : Cami- Francisco Lopes-Graça, ... et al. ; Coro Sinfónico Lisboa Cantat ;
nho, 2005 . - 458 p. ; 21 cm. - 972-21-1721-1 Coro de Câmara Lisboa Cantat ; direcção: Jorge Carvalho Alves,
Clara Alcobia Coelho . – Paços de Brandão : Numérica, 2007 . - 1
CRÍTICA MUSICAL -- Portugal -- Século XX disco (CD) : (53 min 22 seg). - Coro de Câmara: À Memória de
78.01 Anarda / Pedro Faria Gomes . - Duas Canções Alentejanas / João
Camacho . - Coro Sinfónico: O que me diz o vento de Óbidos /
82-3 WIN/don Eurico Carrapatoso . - Nove Canções Tradicionais Portuguesas,
WINTER, Isabel d’Ávila I - Série / Fernando Lopes Graça . - Coro de Câmara: Salmo 99/
Dona Stella e as suas rivais / Isabel d’Ávila Winter ; tradução Fernando Lopes Graça . - Cinco Encomendações das Almas /
Maria do Carmo Figueira . - Matosinhos : QuidNovi, 2008 . - 216 Fernando Lopes-Graça . - Tomar / Fernando Lopes Graça . - Duas
p. ; 26 cm. - 978-989-628-066-6 canções Heróicas / Fernando Lopes-Graça

ROMANCE
82-3

39 40
LOPES-GRAÇA / 6917 82-34 POTTER - DVD
LOPES-GRAÇA, Fernando, 1906-1994 MILLS, Reginald
Música Regional Portuguesa [ Registo sonoro ] / Recolha: Michel Os Contos de Beatrix Potter [ Registo sonoro ] = Tales of Beatrix
Giacometti, Fernando Lopes-Graça . - Lisboa : Portugal Som, Potter / realizado por Reginald Mills ; protagonizado pelo Royal
2008. - 6 CD : - CD 1 - Cantos e Danças de Portugal. - CD 2 Ballett . - Algés : Universal Pictures Ibéria, 2007 . - 1 DVD (ca.
- Minho. - CD 3 - Trás-os-Montes. - CD 4 - Beiras. - CD 5 - 86 min.) ; color.
Alentejo. - CD 6 - Algarve.
CONTOS
DALLAPICCOLA / 6932 82-344
DALLAPICCOLA, Luigi, 1904-1975
Canti di prigionia [ Registo sonoro ] / Luigi Dallapiccola ; New
London Chamber Choir ; [direcção] James Wood ; Ensemble Partituras
Inter Contemporain ; [direcção] . - [Germany] : Apex, 2001 . - 1
disco (CD). - Canti di prigionia . - Cinque fragmenti di Saffo . JACQUET GUERRE / Vl / 6854 (FS)
- Due liriche di Anacreonte . - Sex carmina Alcaei . - Tempus JACQUET DE LA GUERRE, Elisabeth, 1665-1729
destruendi - Tempus aedificandi . - Due cori di Michelangele Sonates pour Violon et basse continue 1707 [Música impressa]/
Buonarroti il giovante Elisabeth Jacquet de la Guerre ; présentation par Catherine
Cessac. - facsimile . - Courlay : Fuzeau, 1999 . - 1 partitura (80
ALBUM (GUITARRA) / 6933 p.) ; 23x31 cm. . - ( La Musique Française Classique de 1650 à
RUSSEL, David 1800 / Jean Saint-Arroman ; 5633 )
Renaissance favorites for guitar [ Registo sonoro ] / David Russel,
guitarrista ; [compositores] Alfonso Mudarra, ... et al. . - Cleve- SONATAS (VIOLINO, BAIXO CONTÍNUO) / MÚSICA
land : Telarc, 2006 . - 1 disco (CD) : (62 min. 36 seg.) ANTIGA

791.43 (DVD) - FASSBINDER – 6593 PHILIDOR / Fl / 6871 (FS)


FASSBINDER, Rainer Werner, 1945-1982 PHILIDOR, François Danican, 1689-ca.1717
O Mercador das Quatro Estações [ Registo vídeo ] / Rainer Wer- Pièces pour la flute traversière qui peuvent aussi se jouer sur le
ner Fassbinder . - Madrid : Avalon, 2007 . - 1 disco (DVD), 88 violon, 1716 [Música impressa] : premier livre / François-Dani-
min. ; color. . - ( Colecção Rainer Werner Fassbinder ) can Philidor . - facsimile . - Courlay : Fuzeau, 1991 . - 1 partitura
CINEMA -- Drama (17, 48 p.) ; 23x31 cm. . - ( La Musique Française Classique de
791.43 1650 à 1800 / Jean Saint-Arroman; ; 56 ). - Suite en G. Re Sol .
- Suite en A. Mi La . - Suite en D. La Re . - Suite en E. Si Mi
791.43 (DVD) - FASSBINDER – 6594
FASSBINDER, Rainer Werner, 1945-1982 FLAUTA TRANSVERSAL, MÚSICA PARA / MÚSICA AN-
O Casamento de Maria Braun [ Registo vídeo ] / Rainer Werner TIGA
Fassbinder . - Madrid : Avalon, 2007 . - 1 disco (DVD), 120 min.;
color. . - ( Colecção Rainer Werner Fassbinder ) CLÉRAMBAULT / Cr / 6864 (FS)
CLÉRAMBAULT, Nicolas, 1676-1749
CINEMA -- Drama Premier Livre de Pièces de Clavecin 1704 [Música impressa] /
791.43 Nicolas Clérambault . - facsimile . - Courlay : Fuzeau, 1991 .
- 1 partitura (28, 18 p.) ; 23x31 cm. . - ( La Musique Française
791.43 (DVD) - FASSBINDER – 6595 Classique de 1650 à 1800 / Jean Saint-Arroman; ; 58 )
FASSBINDER, Rainer Werner, 1945-1982
As Lágrimas amargas de Petra von Kant [ Registo vídeo ] / Rainer CRAVO, MÚSICA PARA / MÚSICA ANTIGA
Werner Fassbinder . - Madrid : Avalon, 2007 . - 1 disco (DVD),
124 min. ; color. . - (Colecção Rainer Werner Fassbinder ) DAQUIN / Cr / 6869 (FS)
DAQUIN, Louis-Claude, 1694-1772
CINEMA -- Drama Premier Livre de Pièces de Clavecin, 1735 [Música impressa] /
791.43 Louis-Claude Daquin . - facsimile . - Courlay : Fuzeau, 1989. - 1
partitura (12, 49 p.) ; 33 cm. . - ( La Musique Française Classique
791.43 (DVD) - FASSBINDER – 6596 de 1650 à 1800 / Jean Saint-Arroman; ; 40 )
FASSBINDER, Rainer Werner, 1945-1982
O Medo come a Lua [ Registo vídeo ] / Rainer Werner Fassbin- CRAVO, MÚSICA PARA / MÚSICA ANTIGA
der. - Madrid : Avalon, 2007 . - 1 disco (DVD), 93 min. ; color.
- (Colecção Rainer Werner Fassbinder) DUPHLY / Cr / 6857 (FS)
DUPHLY, Jacques, 1715-1789
CINEMA -- Drama Pièces de Clavecin [Música impressa] : second livre / Jacques
791.43 Duphly . - facsimile . - Courlay : Fuzeau, 1990 . - 1 partitura (14,
29 p.) ; 33 cm. . - ( La Musique Française Classique de 1650 à
791.43 (DVD) - FASSBINDER – 6597 1800 / Jean Saint-Arroman; ; 25 )
FASSBINDER, Rainer Werner, 1945-1982
O Direito do mais forte à liberdade [ Registo vídeo ] / Rainer CRAVO, MÚSICA PARA / MÚSICA ANTIGA
Werner Fassbinder . - Madrid : Avalon, 2007 . - 1 disco (DVD),
123 min. ; color. - (Colecção Rainer Werner Fassbinder)

CINEMA -- Drama
791.43

41 42
BOISMORTIER / Cr / 6865 (FS) SCHUMANN / Vl / 7027
BOISMORTIER, Joseph Bodin, 1689-1755 SCHUMANN, Robert, 1810-1856
Quatre Suites de Pièces de Clavecin, 1736 [Música impressa] / Sonaten für Violine und Klavier op.105, 121 [Música impressa] =
Joseph Bodin de Boismortier . - facsimile . - Courlay : Fuzeau, Sonatas for Violin and Piano Op.105 a minor, Op.121 d minor =
1994 . - 1 partitura (15, 21 p.) ; 33 cm. . - ( La Musique Française Sonatas para Violino e Piano op.105 lá menor, op.121 ré menor/
Classique de 1650 à 1800 / Jean Saint-Arroman; ; 82 ) Robert Schumann ; revised by Friedrich Hermann . - partitura e
parte. - Frankfurt : C. F. Peters, cop.1956. - 1 partitura (62 p.);
CRAVO, MÚSICA PARA / MÚSICA ANTIGA ca. 30 cm. + 1 parte (23 p.)

BALBASTRE / Cr / 6853 (FS) SONATAS (VIOLINO, PIANO)


BALBASTRE, Claude-Bénigne, 1727-1799 VIOLINO E PIANO, MÚSICA PARA
Pièces de Clavecin (Premier de Clavecin) [Música impressa]/
Claude-Bénigne Balbastre . - facsimile . - Courlay : Fuzeau, SCHUMANN / Vl / 7026
1994 . - 1 partitura (21, 29 p.) ; 33 cm. . - ( La Musique Française SCHUMANN, Robert, 1810-1856
Classique de 1650 à 1800 / Jean Saint-Arroman; ; 32 ) Sonate für Klavier und Violine a-moll Opus 105 [Música impres-
sa] = Sonata for Piano and Violin in a minor op.105 = Sonata
CRAVO, MÚSICA PARA / MÚSICA DE CÂMARA para Piano e Violino Lá menor op.105 / Robert Schumann; edi-
ted by Wiltrud Haug-Freienstein . - Urtext . - partitura e parte.
MONTÉCLAIR / Ca / 6870 (FS) - München : G. Henle Verlag, 1994 . - 1 partitura (31 p.) ; ca.
MONTÉCLAIR, Michel Pignolet, 1667-1737 31 cm. + 1 parte
Cantates a voix seule et avec symphonie [Música impressa] :
Premier livre, aprés 1709 / Michel Pignolet de Montéclair ; pré- VIOLINO E PIANO, MÚSICA PARA / MÚSICA DE CÂMARA
sentation par Bertrand Porot . - facsimile . - Courlay : Fuzeau, (VIOLINO, PIANO)
2005 . - 1 partitura (X, 97 p.) ; 33 cm. . - ( La Musique Française
Classique de 1650 à 1800 / Jean Saint-Arroman; ; 172 ) SCHUBERT / Vl / 7025
SCHUBERT, Franz, 1797-1828
CANTATAS / MÚSICA ANTIGA Duos für Klavier und Violine [Música impressa] = Duos for
Piano and Violin = Duos para Piano e Violino / Franz Schubert;
DANDRIEU/ MC / 6868 (FS) edited by Ernst Herttrich. - Urtext. - partitura e parte. - München:
DANDRIEU, Jean-François, ca.1682-1738 G. Henle Verlag, 2004 . – 1 partitura (91 p.) ; ca. 31 cm. + 1
Livre de Sonates en Trio, 1705 [Música impressa] / Jean-François parte (32 p.)
Dandrieu . - facsimile . - Courlay : Fuzeau, 1988 . - 1 partitura
(XIII, 41 p.) ; 33 cm. . - ( La Musique Française Classique de WEBER / Cl / 7040
1650 à 1800 / Jean Saint-Arroman ; 28 ). - Sonata I . - Sonata II. WEBER, Carl Maria von, 1786-1826
- Sonata III . - Sonata IV Klarinettenkonzert Nr.1 f-moll Opus 73 (klavierauszug) [Músi-
ca impressa] = Clarinet Concerto no.1 in f minor op.73 (piano
MÚSICA DE CÂMARA (VIOLINO 1, VIOLINO 2, VIOLON- reduction) = Concerto para Clarinete nº.1 em Fá menor op.73 /
CELO, BAIXO) / MÚSICA ANTIGA Carl Maria von Weber ; edited by Norbert Gertsch . - Urtext .
- redução para piano . - München : G. Henle Verlag, 2002 . - 1
COUPERIN / MC / 6856 partitura (44 p.) ; ca. 31 cm. + 2 parte (9 p.)
COUPERIN, François, 1668-1733
Apothéose de Corelli [Música impressa] : Grande Sonade en Trio; CONCERTOS (CLARINETE) -- REDUÇÃO PARA PIANO /
Apothéose de Lully / François Couperin . - facsimile . - Courlay: CLARINETE E ORQUESTRA, MÚSICA PARA -- REDUÇÃO
Fuzeau, imp.2006 . - 1 partitura ; 33 cm. . - ( La Musique Fran- PARA PIANO
çaise Classique de 1650 à 1800 / Jean Saint-Arroman ; 2218 )
HOFFMEISTER / Cb / 7031
CONCERTO (VIOLINO, FLAUTA, BAIXO CONTÍNUO) / HOFMEISTER, Franz Anton, 1754-181
MÚSICA ANTIGA Kontrabasskonzert nr.1 mit obligater Violine (Klavierauszug)
[Música impressa] = Doubles Bass Concert no.1 with Violin
BRAUN / MC / 6866 (FS) obbligato (piano reduction) = Concerto para Contrabaixo nº.1
BRAUN, Jean Daniel com Violino obbligato (redução para piano) / Franz Anton Ho-
Six Sonates pour deux bassoons ou deux basses, c.1730 [Música ffmeister ; edited by Tobias Glöckler . - Urtext . - redução para
impressa] : VIe oeuvre / Jean Daniel Braun ; présentation Dépar- piano . - München : G.Henle Verlag, 2002 . - 1 partitura (44 p.);
tement de musique ancienne do Conservatoire National Supérieur ca. 31 cm. + 1 parte (22 p.)
de Musique et de Danse de Paris. . - facsimile . - Courlay : Fuzeau,
2004 . - 1 partitura (IX, 24 p.) ; 33 cm. . - ( La Musique Française CONCERTOS (CONTRABAIXO) -- REDUÇÃO PARA PIANO /
Classique de 1650 à 1800 / Jean Saint-Arroman ) CONTRABAIXO E ORQUESTRA, MÚSICA PARA -- REDUÇÃO
PARA PIANO
MÚSICA ANTIGA / SONATAS (2 FAGOTES)
DANCLA / Va / 6977
PINHO VARGAS / MC / 7001 DANCLA, Charles, 1817-1907
PINHO VARGAS, António, 1951- 15 Etüden für Violine mit Begleitung einer zweiten Violine
Quatro ou cinco movimentos fugidios da água [Música impres- opus 68 [Música impressa] / Charles Dancla ; revidiert von
sa] / António Pinho de Vargas . - partitura e partes . - Póvoa de Carl Hermann ; für 2 Violen eingerichtet von Fritz Brauer .
Varzim : Quantitas, 2003 . - 10 p. ; 30 x 32 cm + 2 partes - partitura . - Frankfurt : C. F. Peters, cop.1968 . - 1 partitura
Música de Câmara (clarinete, violoncelo, piano) (20 p.) ; ca. 30 cm.

CLARINETE, VIOLONCELO, PIANO, MÚSICA PARA VIOLA (2), MÚSICA PARA / ESTUDOS PARA VIOLA

43 44
BERLIOZ / Va / 6990 BEETHOVEN / Vl / 7023
BERLIOZ, Hector, 1803-1869 BEETHOVEN, Ludwig van, 1770-1827
Harold en Italie [Música impressa] : Symphonie en 4 parties Violin-Konzert D-Dur opus 61 [Música impressa] = Concerto
avec un alto principal = Symphony in Four Movements with para Violino Ré maior, op.61 / Ludwig van Beethoven ; edited
Viola Solo = Sinfonia em quatro partes com solo de viola / by Igor Ozim . - urtext - violino solo . - Mainz : Schott, cop.1982.
Berlioz ; piano reduction based on the urtext of the New Berlioz - 1 partitura (22 p.) ; ca. 30 cm. . - ( Classical and Romantic
Edition by Hugh Macdonald . - Urtext . - redução para piano . Music for Violin )
- Kassel: Bärenreiter, 2001 . - 1 partitura (67 p.) ; ca. 30 cm. +
1 parte (23 p.) VIOLINO SOLO, MÚSICA PARA

SINFONIAS (VIOLA, ORQUESTRA) -- REDUÇÃO PARA PENDERECKI / Fl / 7009


PIANO PENDERECKI, Krzysztof, 1933-
Concerto per flauto e orchestra da camera [Música impressa] =
BRAHMS / Vl / 7024 Concerto para flauta e orquestra de câmara / Krysztof Penderecki;
BRAHMS, Johannes, 1833-1897 piano reduction by Claus-Dieter Ludwig . - redução para piano.
Concerto für Violine und Orchester D-Dur opus 77 [Música - Mainz : Schott, cop.1993 . - 1 partitura (40 p.) ; ca. 30 cm. + 1
impressa] = Concerto for Violin and Orchestre D major = parte (12 p.) . - ( Musique for Flute )
Concerto para Violino e Orquestra Ré maior, op.77 / Johannes
Brahms ; revised by Karl Flesch and Artur Schnabel . - redução CONCERTOS (FLAUTA, ORQUESTRA) -- REDUÇÃO PARA
para piano. - Mainz : Schott, cop.1947 . - 1 partitura (39 p.) ; ca. PIANO / FLAUTA E ORQUESTRA, MÚSICA PARA -- RE-
30 cm + 1 parte (17 p.) DUÇÃO PARA PIANO

CONCERTOS (VIOLINO E ORQUESTRA) -- REDUÇÃO SANTÓRSOLA / Git / 7006


PARA PIANO SANTÓRSOLA, Guido, 1904-1994
Triptico [Música impressa]: para dos guitarras / Guido Santórso-
TURINA / Git / 7008 la. - Ancona : Bèrben, cop.1973 . - 1 partitura (12 p.) ; ca. 31 cm.
TURINA, Joaquín, 1882-1949 - ( Collezione di Musiche per Chitarra / Angelo Gilardino )
Ràfaga [Música impressa] / Joaquin Turina ; fingering by Andrés
Segovia . - edition Andrés Segovia . - Mainz : Schott, cop.1958 . - GUITARRA (2), MÚSICA PARA
1 partitura (6 p.) ; ca. 30 cm. . - (Contemporary Guitar Music)
BARTÓK / Vl / 7022
GUITARRA SOLO, MÚSICA PARA BARTÓK, Béla, 1881-1945
Rhapsody no.1 (Folk Dances) [Música impressa] / Béla Bartók.
ASENCIO / Git / 7012 - partitura e parte . - [EUA] : Boosey & Hawkes, cop.1929. - 1
ASENCIO, Vicente, 1903-1979 partitura (21 p.) ; ca. 30 cm. + 1 parte (10 p.) . - (Selected Works
Collectici íntim [Música impressa] / Vicente Asencio ; revision for Violin). - Rhapsody no.1 was firste performed on 1 November
and fingering by Narciso Yepes . - edition Narciso Yepes. 1929 in Königsberg bu Joseph Szigeti (violin) and piano version
- Mainz: Schott, cop.1988 . - 1 partitura (28 p.) ; ca. 30 cm. . was given on 22 November 1929 in Budapest by Szigeti, with
- (Guitar Music of Old Masters). - La Serenor = La Serenidad = the composer at the piano.
The Serenity . - La Joia = El Alborozo = The Joy . - La Calma
= La Calma = The Calm . - La Gaubança = La Alegría = The VIOLINO E PIANO, MÚSICA PARA
Delight . - La Frisança = La Prisa = The Haste
RACHMANINOFF / Va / 6996
GUITARRA SOLO, MÚSICA PARA RACHMANINOFF, Sergey, 1873-1943
Vocalise op.34 no.14 for viola and piano [Música impressa] /
RODRIGO / Git / 7004 Serge Rachmaninoff ; edited by Paul Silverthorne . - partitura e
RODRIGO, Joaquín, 1901-1999 parte . - [EUA] : Boosey & Hawkes, cop.2001 . - 1 partitura (5
Tres Piezas Españolas [Música impressa] = Três peças espanho- p.) ; ca. 30 cm. + 1 parte (2 p.).
las / Joaquín Rodrigo . - edition Andrès Segovia . - Mainz : Schott,
cop.1991 . - 1 partitura (15 p.) ; ca. 30 cm. . - ( Contemporary VIOLA E PIANO, MÚSICA PARA
Guitar Music ). - Fandango . - Passacaglia . - Zapateado
GLINKA / Va / 6994
GUITARRA SOLO, MÚSICA PARA GLINKA, Mikhail, 1804-1857
Sonata for Viola in d minor [Música impressa] = Sonate für
NERUDA / Tpt / 6975 Viola d-moll = Sonata para Viola em ré menor / Michail Glinka;
NERUDA, Johann Baptist, 1708-1780 completed and edited by V. Borisovsky . - partitura e parte. -
Concerto in Eb for Trumpet and String Orchestra [Música im- Wiesbaden : Breitkopf & Härtel, cop.2000 . - 1 partitura (26 p.);
pressa] = Concerto em Mi para Trompete e Orquestra de Cordas/ ca. 30 cm. + 1 parte (8 p.)
Johann Baptist Georg Neruda ; ed. David Hickman . - redução
para piano . - partitura e parte . - Wiesbaden : Breitkopf & Härtel, SONATAS (VIOLA, PIANO) / VIOLA E PIANO, MÚSICA PARA
cop.2000 . - 1 partitura (19 p.) ; ca. 30 cm. + 2 partes (Tpt -Si/Mi).
- (Musica Rara for Brass Instruments) BOWEN / Va / 6991
BOWEN, York, 1884-1961
CONCERTOS (TROMPETE, ORQUESTRA) -- REDUÇÃO Phantasy op.54 for viola and piano [Música impressa] / York
PARA PIANO Bowen ; edited by John White . - partitura e partes . - London :
Josef Weinberger Limited, cop.1997 . - 1 partitura (27 p.) ; ca.
31 cm. + 1 parte (9 p.)

VIOLA E PIANO, MÚSICA PARA

45 46
1.2.4. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de 681.3/84
Felgueiras (ESTGF) MERRITT, Dennis
Building expert systems in prolog / Dennis Merritt . - New York :
Springer-Verlag, 1989 . - 358 p. : il. ; 24 cm. - 0-387-97016-9
Monografias
INFORMÁTICA
681.3/82 681.3
GOLDSMITH, Andrea
Wireless communications / Andrea Goldsmith . - New York : 007/3
Cambridge University Press, 2005 . - 644 p. : il. ; 24 cm. - 978- BRANWYN, Gereth
0-521-83716-3 Absolute beginner´s guide to building robots / Gereth Branwyn.
- Indianapolis, Indiana : Que, 2004 . - 366 p. : il. ; 24 cm. - 0-
INFORMÁTICA 7897-2971-7
681.3
ROBÓTICA
347.6/13 007
CAMPOS, Diogo Leite de
Lições de direito da família e das sucessões / Diogo Leite de 681.3.06/258
Campos . - 2.ª ed. rev. act. . - Coimbra : Almedina, 2008 . - 618 DASGUPTA, Sanjoy
p. : il. ; 24 cm. - 978-972-40-0993-3 Algorithms / Sanjoy Dasgupta, Christos Papadimitriou, Umesh
Vazirani . - 1.ª ed. . - New York : McGraw-Hill, 2008 . - 320 p.:
DIREITO DA FAMÍLIA il. ; 24 cm. - 978-0-07-352340-8
347.6
INFORMÁTICA
349.4/1 681.3.06
OLIVEIRA, Fernando Paula
Direito do urbanismo : curso de especialização em gestão urba- 681.3.06/260
nística / Fernando Paula Oliveira . - 2.ª ed. reimp. . - Coimbra : SHARP, John
CEFA, 2004 . - 196 p. : il. ; 24 cm. - 972-8809-05-0 Microsoft Visual C # : step by step / John Sharp . - Washington:
Microsoft Press, 2006. - 555 p. : il. ; 24 cm + 1 cd-rom . -
DIREITO URBANISMO (Microsoft ). - 978-0-7356-2129-9
349.4
INFORMÁTICA
347.7/77 681.3.06
PORTUGAL
Código da insolvência e da recuperação de empresas : anotado/ 681.3.06/261
Luís Manuel Teles de Menezes Leitão . - 4.ª ed. . - Coimbra : WIGLEY, Andy
Almedina, 2008 . - 470 p. :il. ; 24 cm. - 978-972-40-3430-0 Microsoft mobile development handbook / Andy Wigley, Daniel
Moth, Peter Foot . - Washington : Microsoft press, 2007 . - 651
DIREITO COMERCIAL p. : il. ; 24 cm . - (Microsoft ) . - 978-7356-2358-3
347.7
INFORMÁTICA
349.9/6 681.3.06
PEREIRA, Gil Fernandes
Legislação fiscal : com exemplos de aplicação / Gil Fernandes 331.4/152
Pereira . - 2.ª ed. rev. act. e aument. . - Coimbra : G. F. Pereira, GOODSON, Carl
2004 . - 414 p. : il. ; 24 cm. - 972-9286-39-6 Essentials of fire fighting and fire department operations / Carl
Goodson, Lynne Murnane . - 5.ª ed. . - New Jersey : Brady
DIREITO FISCAL Prentice Hall, 2008 ( 1 cd-rom. - 1407p. : il. ; 30 cm . - 978-0-
349.9 13-515111-2

303/5 SEGURANÇA E HIGIENE NO TRABALHO


YIN, Robert K. 331.4
Case study research : design and methods / Robert K. Yin . - 3.ª
ed. . - London : Sage Publications, 2003 . - 181 p. : il. ; 24 cm . 347.4/36
- ( Applied social research methods series ; 5 ) . - 978-0-7619- LEITÃO, Luís Manuel Teles de Menezes
2553-8 Direito das obrigações / Luís Manuel Teles de Menezes Leitão.
- 5.ª ed. . - Coimbra : Almedina, 2008 . - v : il. ; 24 cm. - 3º v.:
MÉTODOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS Contratos em especial. - 622 p. - 978-972-40-3477-5
303
DIREITO DAS OBRIGAÇÕES
621.3/43 347.4
SCHILLER, Jochen H.
Mobile communications / Jochen H. Schiller . - 2.ª ed. . - London :
Addison-Wesley, 2003 . - 492 p. : il. ; 24 cm. - 0-321-12381-6

ELECTRÓNICA
621.3

47 48
Literatura Cinzenta 001.8-CE/40
MACEDO, Solange Daniela
001.8-CE/33 Marketing e a internet / Solange Daniela Macedo . - Felgueiras:
MOURA, Susana Maria Vilela ESTGF, 2006 . - 46 p. : il. ; 30 cm. - Relatório de estágio.
A importância da contabilidade na empresa / Susana Maria Vilela Licenciatura em Ciências Empresariais
Moura . - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 53 p. : il. ; 30 cm. - Rela-
tório de estágio. Licenciatura em Ciências Empresariais METODOLOGIA GERAL
001.8
METODOLOGIA GERAL
001.8 001.8-CE/41
PEIXOTO, Doroteia Alves
001.8-CE/34 Gestão de recursos humanos na FAPOMED / Doroteia Alves
CUNHA, Pedro Ricardo Pimenta da Peixoto . - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 79 p. : il. ; 30 cm +
Logística na NANTA / Pedro Ricardo Pimenta da Cunha . - 1 cd-rom. - Relatório de estágio. Licenciatura em Ciências
Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 34 p. : il. ; 30 cm. - Relatório de Empresariais
estágio. Licenciatura em Ciências Empresariais
METODOLOGIA GERAL
METODOLOGIA GERAL 001.8
001.8
001.8-CE/42
001.8-CE/35 CORREIA, Mariana Costa
SOUSA, António Ricardo Moreira de Gestão de recursos de humanos na Metalocardoso, S.A. / Mariana
Gestão e marketing de serviços / António Ricardo Moreira de Costa Correia . - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - p. : il. ; 30 cm.
Sousa . - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 42 p. : il. ; 30 cm. - Rela- - Relatório de estágio. Licenciatura em Ciências Empresariais
tório de estágio. Licenciatura em Ciências Empresariais
METODOLOGIA GERAL
METODOLOGIA GERAL 001.8
001.8
001.8-CE/43
001.8-CE/36 LEITE, Nuno Miguel Rodrigues
LEÃO, Fernanda Maria Monteiro O marketing na ESTGF / Nuno Miguel Rodrigues Leite . -
A competitividade e a fiscalidade em Portugal : uma aplicação Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 58 p. : il. ; 30 cm. - Relatório de
ao sector do calçado / Fernanda Maria Monteiro Leão . - Felguei- estágio. Licenciatura em Ciências Empresariais
ras: ESTGF, 2006 . -112 p. : il. ; 30 cm. - Relatório de estágio.
Licenciatura em Ciências Empresariais METODOLOGIA GERAL
001.8
METODOLOGIA GERAL
001.8 001.8-CE/44
GONÇALVES, Ana Cristina Baptista
001.8-CE/37 Plano de marketing na visione / Ana Cristina Baptista Gonçalves.
RAMOS, Lisiane Francisco Oliveira Rodrigues - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 92 p. : il. ; 30 cm. - Relatório de
Sistema de Gestão da Qualidade / Lisiane Francisco Oliveira Ro- estágio. Licenciatura em Ciências Empresariais
drigues Ramos . - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 74 p. : il. ; 30 cm.
- Relatório de estágio. Licenciatura em Ciências Empresariais METODOLOGIA GERAL
001.8
METODOLOGIA GERAL
001.8 001.8-CE/45
SILVA, Ângela Cristina Monteiro de
001.8-CE/38 Gestão de recursos humanos Lordelodis, S.A. / Ângela Cristina
CARDOSO, Liziny Santos Monteiro da Silva . - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 22 p.: il. ;
Contabilidade e projecto de investimento / Liziny Santos Cardo- 30 cm. - Relatório de estágio. Licenciatura em Ciências Em-
so. - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 115 p. : il. ; 30 cm + 1 cd-rom. presariais
- Relatório de estágio. Licenciatura em Ciências Empresariais
METODOLOGIA GERAL
METODOLOGIA GERAL 001.8
001.8
001.8-CE/46
001.8-CE/39 FURTADO, Octávio Francisco Gomes
CARVALHO, Hugo Alves de Sistema de informação e marketing / Octávio Francisco Gomes
Administração e gestão nas micro-empresas / Hugo Alves de Furtado . - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 46 p. : il. ; 30 cm + 1
Carvalho . - Felgueiras : ESTGF, 2006 . - 62 p. : il. ; 30 cm. - cd-rom. - Relatório de estágio. Licenciatura em Ciências Em-
Relatório de estágio. Licenciatura em Ciências Empresariais presariais

METODOLOGIA GERAL METODOLOGIA GERAL


001.8 001.8

49 50
1.2.5. Escola Superior de Tecnologia da Saúde 31 MAR
do Porto (ESTSP) MAROCO, João
Análise estatística: com a utilização do SPSS / João Maroco.
– 3.ª ed. - Lisboa: Sílabo, 2007. – 822 p.; 24cm
Monografias
ESTATÍSTICA / SPSS
616.2 LEV CDU: 31
LEVITZKY, Michael G.
Pulmonary Physiology/ Michael G. Levitzky. – 7.ª ed. - New 615.8 GAM
York: Lange, 2007. – 280 p.: il.; 22cm GAMBINO, Donna
Age perfected Pilates: mat exercises designed to improve Pos-
PNEUMOLOGIA / FISIOLOGIA ture, Strength & Movement/ Donna Gambino. - Minneapolis:
CDU: 616.2 OPTP, 2007. – 103 p.: il.; 29 cm

616-073.7 EAR FISIOTERAPIA / PILATES


EARY, James F. CDU: 615.8
Nuclear Medicine therapy/ Janet F. Eary, Winfried Brenner. -
New York: Informa, 2007. – 200 p.; 23cm 616-073.7 LYN
LYNCH, T.B.
MEDICINA NUCLEAR PET/CT in Clinical Pratice/ T.B. Lynch. - London: Springer,
CDU: 616-073.7 2007. – 241 p.: il.; 20cm

616-073 FRA 1 MEDICINA NUCLEAR


FRANK, Eugene D CDU: 616-073.7
Merril’s Atlas of Radiographic Positioning & Procedures / Eu-
gene D. Frank; Bruce W. Long; Barbara J.Smith . – 11ª ed . 616-073.7 MOR
- St.Louis: Mosby ,2007 . - 3 volumes: il; 29cm MORTON, Kathryn A.
Diagnostic imaging Nuclear Medicine / Kathryn A. Morton..
RADIOLOGIA [et al] . - Salt Lake: Amirsys, 2007. – 425 p.: il.; 29cm
CDU: 616-073
MEDICINA NUCLEAR
54 VOL CDU: 616-073.7
VOLLHARDT, K. Peter C.
Organic Chemistry: strutute and function / K. Peter C. Vollhar- 616-073.7 KIM
dt, Neil E. Schore. – 5.ª ed. - New York: W.H. Freeman and KIM, E. Edmund
Company, 2007. – 1354 p.: il.; 29cm Sectional anatomy PET/CT and SPECT/CT / E. Edmund
Kim...[el al]. - New York: Springer, 2007. – 468 p.: il.; 29cm
QUÍMICA / QUÍMICA ORGÂNICA
CDU: 54 MEDICINA NUCLEAR
CDU: 616-073.7
616-073 KEL
KELLEY, Lorrie L. 616.003 WAR
Sectional anatomy for Imaging Professionals: Workbook / Lor- WARD, Elisabeth C.
rie L. Kelley; Connie M. Petersen . - 2.ª ed. - St. Louis: Mosby, Head and Neck Cancer: Treatment, rehabilitation, and Outco-
2007. – 238 p. : il.; 26cm mes/ Elisabeth C. Ward, Corina J. Van As-Brooks. - San Diego:
Plural, 2007. – 414 p.: il.; 29cm + 1 CD-Rom
RADIOLOGIA / ANATOMIA / MEDICINA NUCLEAR
CDU: 616-073 ONCOLOGIA / CABEÇA
CDU: 616.006
615.8 BO
BO, Kari 615.32 CAS
Evidence-based Physical Therapy for the pelvic floor / Kari CASTILLO GARCIA, Encarna
Bo...[et al] . - Philadelphia: Churchill Livingstone, 2007. - Manual de Fototerapia / Encarna Castillo Garcia, Isabel Mar-
435p.: il.; 24cm tinez Solis. - Barcelona: Elsevier Masson, 2007. - 506p.: il.;
24cm
FISIOTERAPIA / UROLOGIA / GINECOLOGIA
CDU: 615.8 FARMÁCIA / FITOTERAPIA
CDU: 615.32
616-073 KEL
KELLEY, Lorrie L. 615.8 McK
Sectional anatomy for Imaging Professionals / Lorrie L. Kelley, McKENZIE, Robin
Connie M. Petersen . – 2.ª ed. - St.Louis: Mosby, 2007 . – 238 The Cervical & Thoracic Spine Mechanical Diagnosis & The-
p.: il.; 26cm rapy / Robin McKenzie, Stephen May. - Reprinted 2007. - Rau-
mati Beach [Nova Zelandia]:Spinal, 2007. - 2 vol.: il.; 24cm
RADIOLOGIA / ANATOMIA / MEDICINA NUCLEAR
CDU: 616-073 FISIOTERAPIA
CDU: 615.8

51 52
31 MOY 616.2 WES
MOYÉ, Lemuel A. WEST, John
Elementary Bayesian biostatistics / Lemuel A. Moyé . - Boca Respiratory Physiology: the essentials / John B.West . -8.ª ed.
Raton [EUA]: Chapman & Hall/ CRC , 2008 . - 377 p. ; 22cm - Philadelphia: Walters Kluger: Lippincott Williams & Wilkins,
2008 . – 186 p. : il.; 22 cm
ESTATÍSTICA
CDU: 31 PNEUMOLOGIA
CDU: 616.2
616.89-003.434 HOW
HOWARD, David M. 615.2 CHI
Voice Science acustics and recording / David M. Howard ; Da- CHISHOLM-BURNS, Marie A.
mian T. Murphy . - San Diego : Plural , 2008 . - 206p. : il. ; Pharmacotherapy Principles and Pratices / Marie A. Chisholm-
23cm Burns..[et al]. - New York: McGraw-Hill, 2008. – 1671 p.: il.;
29 cm
TERAPIA DA FALA / VOZ
CDU: 616.89-003.434 FARMÁCIA / FARMACÓTERAPIA
CDU: 615.2
615.8 PAY
PAYNE, V. Gregory 613.2 ESC
Human motor development: a lifespan approach / V. Gregory ESCOTT-STUMP, Sylvia
Payne; Larry D. Isaacs. – 7.ª ed . - New York: McGraw-Hill, Nutrition and diagnosis-related care / Sylvia Escott-Stump.
2008 . - 503p.: il. ; 23cm – 6.ª ed. – Baltimore [EUA] : Lippincott Willams & Wilkins ,
2008. – 948 p.: il.; 29 cm
FISIOTERAPIA
CDU: 615.8 FARMÁCIA / NUTRIÇÃO
CDU: 613.2
616.89-008.434 MYE
MYERS, Eugene N.
Tracheotomy: airway management, communication, and
swallowing / Eugene N. Myers; Jonas T. Johnson. – 2.ª ed. -
San Diego : Plural ,2008 . – 238 p. : il. ; 24cm

TERAPIA DA FALA
CDU: 616.89-008.434

616.89-008.434 BAU
BAUMAN-WAENGLER, Jacqueline
Articulatory and Phonological Impairments: A Clinical Focus/
Jacqueline Bauman-Waengler . – 3.ª ed. - Boston: Pearson,
2008 . – 450 p.: il.; 23 cm

TERAPIA DA FALA
CDU: 616.89-008.434

616.89-003.434 HAY
HAYDEN, Torey
Filhos do abandono/ Torey Hayden . - 3ª ed. . - Barcarena:
Presença, 2008. - 284p.; 22cm

TERAPIA DA FALA / TERAPIA OCUPACIONAL


CDU: 616.89-008.434

615.8 GJE
GJELSVIK, Bente E. Bassoe
The Bobath Concept in Adult Neurology / Bente E. Bassoe
Gjelsvik . - Stuttgart : Thieme , 2008 . – 237 p.: il.; 24cm

BOBATH / FISIOTERAPIA
CDU: 615.8

616.89-008.434 RUS
RUSCELLO, Dennis
Treating Articulation disorders and Phonological Disorders in
children / Dennis M. Ruscello . - St. Louis: Mosby , 2008 .
– 272 p.: il.; 22cm

TERAPIA DA FALA
CDU: 616.89-008.434

53 54
1.2.6. Instituto Superior de Contabilidade e 821.81’25 ROBn
Administração do Porto (ISCAP) ROBERTS, Nora
Herança de gelo / Nora Roberts ; trad. Carla Ferraz . - 1ª Edição.
Monografias - Lisboa : Chá das Cinco, 2007 . - 319 p. : il. ; 25 cm + . - 978-
989-8032-09-6
30 FENs
FENDLER, Susanne LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA
Crime time - prime time - global time : Intercultural studies in NORTE-AMERICANA
crime serials / Susane Fendler, Ute Fendler. - Aachen : Shaker 821
Verlag 2004 . - 255 p. ; 25 cm + . - 3-8322-3250-8 821.81’25
821.111(73)
CRIMINOLOGIA / CIÊNCIAS SOCIAIS / SOCIOLOGIA /
PSICOLOGIA 821.81’25 ROBn
343 ROBERTS, Nora
316 Herança de fogo / Nora Roberts ; trad. Carla Ferraz . - 3ª Edição.
159.9 - Lisboa : Chá das Cinco, 2008 . - 287 p. : il. ; 25 cm + . - 978-
989-8032-08-9
659.3 KUNm
KUNSCH, Margarida Maria Krohling LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA
Relações públicas e modernidade: novos paradigmas na comu- NORTE-AMERICANA
nicação organizacional / Margarida Maria Krohling Kunsch . 821
- 1ª Edição . - São Paulo : Summus editorial, 1995 . - 156 p. : 821.81’25
il. ; 25 cm + . - (Novas buscas em comunicação ; 56 ) . - 85- 821.111(73)
323-0604-7
821.81’25 ROBn
RELAÇÕES PÚBLICAS / COMUNICAÇÃO EMPRESA- ROBERTS, Nora
RIAL A Chave do saber / Nora Roberts . - 2ª Edição . - Lisboa : O Quinto
659.4 Selo, 2008 . - 268 p. : il. ; 25 cm + . - 978-989-6130-86-2
659.3
LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA
339.9 MARa NORTE-AMERICANA
MARQUES, Alfredo 821
Economia da união europeia / Alfredo Marques. - 1ª Edição. - 821.81’25
Coimbra: Almedina, 2006. 507 p.: il. ; 25 cm +. - 972-40-2909 821.111(73)

ECONOMIA / ECONOMIA INTERNACIONAL 821.81’25 ROBn


330 ROBERTS, Nora
339.9 A Chave da luz / Nora Roberts . - 2ª Edição . – Lisboa : O Quinto
Selo, 2008 . - 277 p. : il. ; 25 cm +. - 978-989-6130-85-5
65.02 DUFm
DUFFY, Mary LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA
Gestão de projectos / Mary Duffy ; Eduardo Lasserre . - 2ª NORTE-AMERICANA
Edição . - São Paulo : Elsevier, 2006 . - 116 p. ; 25 cm +. - 13- 821
978-85-352-2008-7 821.81’25
821.111(73)
GESTÃO DE PROJECTOS / GESTÃO ESTRATÉGICA
658.012.2 821.81’25 ROBn
65.02 ROBERTS, Nora
A Chave da coragem / Nora Roberts . - 2ª Edição . - Lisboa :
340 CROb O Quinto Selo, 2008 . - 266 p. : il. ; 25 cm + . - 978-989-6130-
CRORIE, Benedita Ferreira da Silva Mac 84-8
A Vinculação dos particulares aos direitos fundamentais / Be-
nedita Ferreira da Silva Mac Crorie . - 1ª Edição . - Coimbra : LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA
Almedina, 2005 . - 120 p. : il. ; 25 cm + . - 972-40-2569-1 NORTE-AMERICANA
821
DIREITOS FUNDAMENTAIS / DIREITO GERAL 821.81’25
340 821.111(73)

821.81’25 ROBn 821.81’25 ROBn


ROBERTS, Nora ROBERTS, Nora
Herança de vergonha / Nora Roberts ; trad. Ana Beatriz Manso. Maléfico : nos bosques sombrios de Emmitsboro, algo maléfico
- 1ª Edição . - Lisboa : Chá das Cinco, 2007 . - p. : il. ; 25 cm +. impõe o seu poder / Nora Roberts ; Trad. Fátima Gaspar. - Lisboa:
- 979-989-8032-10-2 Ulisseia, 2008 . - 455 p. : il. ; 25 cm + . - 978-972-568-595-2

LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA


NORTE-AMERICANA NORTE-AMERICANA
821 821
821.81’25 821.81’25
821.811.111(73) 821.111(73)

55 56
821.81’25 ROBn 821.81’25
ROBERTS, Nora 821.111(73)
Marés altas / Nora Roberts ; trad Ana Beatriz Manso . - 1ª
Edição. - Lisboa : Chá das Cinco, 2007. - 270 p. : il. ; 25 cm +. 659.3 MOUr
- 978-989-8032-22-5 MOULINIER, René
Como dirigir reuniões / René Moulinier ; trad. Margarida Robert.
LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA - 1ª Edição . – Lisboa Editorial Presença, 2008 . - 222 p. : il. ;
NORTE-AMERICANA 25 cm +. - 978-972-23-964-3
821
821.81’25 LIDERANÇA / GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS / CO-
821.111(73) MUNICAÇÃO EMPRESARIAL
316.454
821.81’25 ROBn 658.3
ROBERTS, Nora 659.3
O Azul da Baía / Nora Roberts ; trad. Carla Ferraz . - 1ª Edição.
- Lisboa : Chá das Cinco, 2008 . - 270 p. : il. ; 25 cm + . - 978- 159.9 MALj
989-8032-33-1 MALAREWICZ, Jacques-Antoine
O Complexo do principezinho : a adolescência em crise entre a
LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA infância inacabada e a idade adulta impossível de atingir / Jac-
NORTE-AMERICANA ques-Antoine Malarewicz . - 1ª Edição . - Lisboa : Estrela Polar,
821 2007 . - 217 p. : il. ; 25 cm + . - 978-972-8929-63-3
821.81’25
821.111(73) PSICOLOGIA / PSICOLOGIA INFANTIL / PSICOLOGIA
-- ADOLESCÊNCIA
821.81’25 ROBn 159.9
ROBERTS, Nora
Levado pelo mar / Nora Roberts ; Trad. Carla Ferraz . - 1ª 342.5 ANUc
Edição. - Lisboa : Chá das Cinco, 2007 . - 285 p. : il. ; 25 cm . ANUÁRIO PORTUGUÊS DE DIREITO CONSTITUCIONAL
- 978-989-8032-20-1 Anuário português de direito constitucional . - Coimbra : Coimbra
Editora, 2008 . - 390 p. : il. ; 25 cm + . - 978-972-32-1544-1
LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA
NORTE-AMERICANA DIREITO CONSTITUCIONAL -- 2004-2005
821 342.5
821.81’25
821.111(73) 347.72 CUNc
CUNHA, Carolina de Castro Nunes Vicente e
821.81’25 ROBn Controlo das concentrações de empresas : direito comunitário e
ROBERTS, Nora direito português / Carolina Cunha . - Coimbra : Almedina, 2005.
Porto de abrigo / Nora Roberts ; trad. Carla Ferraz . - 1ª Edição. - 262 p. : il. ; 25 cm + .
- Lisboa : Chá das Cinco, 2008 . - 270 p. : il. ; 25 cm +. - 978-
989-8032-25-6 DIREITO COMUNITÁRIO / DIREITO -- EMPRESAS / SO-
CIEDADES COMERCIAIS
LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA 341
NORTE-AMERICANA 334.75
821 347.72
821.81’25
821.111(73) 340 GOUj
GOUVEIA, Jorge Bacelar
821.81’25 ROBn Novíssimos estudos de direito público : direito constitucional,
ROBERTS, Nora direito internacional público, direito administrativo / Jorge
Contos da meia-noite / Nora Roberts ; Trad. Francisco Pereira. Bacelar Gouveia . - Coimbra : Almedina, 2006 . - 364 p. : il. ;
- Lisboa : Ulisseia, 2007 . - 389 p. : il. ; 25 cm +. - 978-972- 25 cm + .
568-584-6
DIREITO GERAL / DIREITO PÚBLICO / DIREITO INTER-
LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA NACIONAL PÚBLICO / DIREITO ADMINISTRATIVO
NORTE-AMERICANA 340
821 341
821.81’25
821.111(73) 341 CUNp
CUNHA, Paulo de Pitta e
821.81’25 ROBn Direito europeu / Paulo de Pitta e Cunha . - Coimbra : Almedina,
ROBERTS, Nora 2006 . - 366 p. : il. ; 25 cm
Vozes do passado / Nora Roberts ; Trad. Fátima Gaspar . - 1ª
Edição . - Lisboa : Ulisseia, 2007 . - 489 p. : il. ; 25 cm +. - 978- DIREITO COMUNITÁRIO / DIREITO EUROPEU
972-568-556-3 341

LITERATURA / LITERATURA TRADUZIDA / LITERATURA


NORTE-AMERICANA
821

57 58
1.2.7. Instituto Superior de Engenharia do Porto 16897-Bib.
(ISEP) 17407-Bib.
FRADEN, Jacob
Handbook of modern sensors: physics, designs, and applications/
Monografias Jacob Fraden. - 3rd ed. -New York: Springer-Verlag, cop. 2004.
- XVII, 589 p.: il. ; 24 cm. - 0-387-00750-4
16622-Bib.
SASAO, Tsutomu SENSORES - manual / DETECTOR - manual
Switching Theory for Logic Synthesis / Tsutomu Sasao. - Boston: 681.586(035)
Kluwer Academic Publishers, 2000. - XIV, 366 p.: il. ; 23 cm.
- 0-7923-8456-3 18428-Bib.
THE BIENNIAL CONFERENCE ON ELECTRONICS AND
SISTEMAS DIGITAIS / SISTEMAS LÓGICOS / ELECTRÓ- MICROSYSTEM TECHNOLOGY, 7th, Tallinn, Estonia, Oc-
NICA DIGITAL tober 8-11, 2000
681.32 Baltic electronics conference : electronic materials and package
621.38 technologies : semiconductor devices and simulation : integrated
electronics and chip design : instrumentation and system design:
16713-Bib. test, diagnostics and fault tolerance : telecommunication and
LOGIC SYNTHESIS AND VERIFICATION optical transmission : biomedical electronics : power electronics :
Logic Synthesis and Verification / ed.: Soha Hassoun, Tsutomu education and training :conference proceedings / org. by Depart-
Sasao; Robert K. Brayton . - Boston: Kluwer Academic Publi- ment of Electronics of Tallinn Technical University ; sponsored
shers, 2003 second print. . - XV, 454 p.: il. ; 24 cm. - (The Kluwer by IEEE, Elcoteq, EMT ; in cooperation with ECS - European
International Series in Engineering and Computer Science). Circuit Society . - Tallinn: Technical University, 2000. - XIII,
- 0-7923-7606-4 [1], 361, [1] p.: il. ; 30 cm. - 9985-59-179-8

ELECTRÓNICA DIGITAL / SISTEMAS DIGITAIS / SÍNTESE ELECTRÓNICA / MICROSISTEMAS / CONGRESSOS -- actas


DE CIRCUITOS LÓGICOS / CIRCUITOS LÓGICOS 621.38(063)
621.38 681.5(063)
681.32
19359-Bib.
18132-Bib. CURSO COMPLETO DE ELETRÔNICA
AIUB, José Eduardo Curso completo de eletrônica / trad. Márcio Pugliesi, Norberto
Eletrônica: electricidade-corrente contínua / José Eduardo Aiub, de Paula Lima; coord. e rev. Equipe Técnica Hemus ; ed. Maxim
Enio Filoni. - 11ª ed . - São Paulo: Editora Érica, 2004. - 190 p.: Behar. - Brasil: Hemus, cop. 2004. - 631 p.: il. ; 23 cm. - Tít.
il ; 23 cm. - 85-7194-810-0 orig.: Basic electronics.. - Edição ilustrada com tabelas, quadros
e mais de 700 figuras. - 85-289-0201-3
ELECTRÓNICA / ELECTRICIDADE / CORRENTE CONTÍNUA
621.38 ELECTRÓNICA
537.3 621.38

19189-Bib. 19592-Bib.
AIUB, José Eduardo BARNES, Malcolm
Electrônica : electricidade - corrente contínua / José Eduardo Practical variable speed drives and power electronics / Malcolm
Aiub, Enio Filoni . - 14ª ed . - São Paulo: Editora Érica, 2006. Barnes. - Amsterdam: Elsevier, reprint. 2007. - XII, 286, [1] p.:
- 190, [2] p.: il.; 24 cm. - 85-7194-810-0 il. ; 27 cm. - (Practical professional books). - 0-7506-5808-8

ELECTRÓNICA / ELECTRICIDADE / CORRENTE CONTÍNUA ELECTRÓNICA DE POTÊNCIA


621.38 621.38

17756-Bib. 19530-Bib.
VLSI: SYSTEMS ON A CHIP TETLEY, Laurie
VLSI: systems on a chip: IFIP TC10 WG10.5 tenth international Electronic navigation systems / Laurie Tetley and David Calcutt.
conference on very large scale integration (VLSI’99) December -3rd ed. - Amsterdam: Elsevier Butterworth Heinemann, cop.
1-4, 1999, Lisboa, Portugal / edited by Luis Miguel Silveira, 2001. - X, [1], 423 p.: il. ; 25 cm. - 0-7506-5138-5
Srinivas Devadas, Ricardo Reis. - Boston: Kluwer Academic
Publishers, cop 2000. - 675 p.: il ; 24 cm. - 0-7923-7731-1 SISTEMAS DE NAVEGAÇÃO / ELECTRÓNICA -- sistemas
de navegação / NAVEGAÇÃO POR SATÉLITE
ELECTRÓNICA / CIRCUITOS INTEGRADOS 629.5.05
621.38 19665-Bib.
621.3.049.77 CIRCUITOS DIGITAIS
8378-Bib. Circuitos digitais / Antonio Carlos de Lourenço, [et al.]. - 5ª ed.
PARKER, Kenneth P. - São Paulo: Editora Érica, 2002. - [8], 321, [5] p. il; 23 cm. - (Co-
The boundary - scan handbook / by Kenneth P. Parker. - Boston: lecção estude e use. Série electrónica digital). - 85-7194-320-6
Kluwer Academic Publishers, cop. 2003. - XXV, [1], 373 p.: il.;
24 cm. - 1-4020-7496-4 CIRCUITOS ELECTRÓNICOS / ELECTRÓNICA DIGITAL
621.38
ELECTRÓNICA / TESTE DE CIRCUITOS / CIRCUITOS
IMPRESSOS
621.38

59 60
18763-Bib. 19843-Bib.
18763-CD. MICROELECTRÓNICA EN EL VEHÍCULO MOTORIZADO
SEDRA, Adel S. Microelectrónica en el vehículo motorizado / Adolf Fritz, [et al.].
Microelectronic circuits / Adel S. Sedra, Kenneth C. Smith. - - Stuttgart: Robert Bosch GmbH, cop. 2002. - 91 p.: il. color. ;
5th ed. - New York: Oxford University Press, 2004. - pag. var.: 30 cm. - (Serie amarilla )- 3-934584-54-3
il.color. ; 26 cm + cd-rom. - 0-19-514252-7
ENGENHARIA DE AUTOMÓVEIS / MICROELECTRÓNICA
MICROELECTRÓNICA -- automóveis
621.38 629.33

18135-Bib. 16058-Bib.
SILVA, Manuel de Medeiros PÁLLAS-ARENY, Ramon
Circuitos com transístores bipolares Mos / Manuel de Medeiros Sensors and Signal Conditioning / Ramón Pallás-Areny, John
Silva. - 2ª ed . - Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2003. G. Webster - 2nd ed. - New York: A Wiley-Interscience Publi-
- XIII, 523 p.: il.; 24 cm. - 972-31-0840-2 cation: John Wiley & Sons cop. 2001. - XVI, 587 p.: il. ; 24 cm.
- 0-471-33232-1
CIRCUITOS ELÉCTRICOS / CIRCUITOS ELECTRÓNICOS
621.3 SENSORES / TRANSDUTORES / DETECTOR
621.38 681.586

18299-Bib. 18836-Bib.
MOURAD, Samiha ZHAO, Feng
Principles of testing electronic systems / Samiha Mourad, Yervant Wireless sensor networks: an information processing approach /
Zorian . - New York: John Wiley & Sons, cop. 2000. - XIX, 420 Feng Zhao, Leonidas J. Guibas - Amsterdam: Elsevier, cop. 2004.
p.: il. ; 25 cm. - 0-471-31931-7 - XVII, 358 p.: il. ; 25 cm. - (The Morgan Kaufmann Series in
Networking) - 1-55860-914-8
CIRCUITOS ELECTRÓNICOS
621.38 REDES SEM FIO / SENSORES SEM FIOS / SISTEMAS DE
COMUNICAÇÃO SEM FIOS
18938-Fis. 681.3
VARADAN, Vijay K. 681.586
Smart material systems and MEMS: design and development
methodologies / Vijay K. Varadan, K. J. Vinoy, S. Gopalakrish- 19063-Bib.
nan. - Chichester : John Wiley & Sons, cop.2006. - XIII, 404 p.: 19064-Bib.
il.; 25 cm. - 0-470-09361-7 KARL, Holger
Protocol and architectures for wireless sensor networks / Holger
MICROELECTRÓNICA / MICROSENSORES / TECNOLO- Karl, Andreas Willig. - Hoboken: John Wiley & Sons, cop. 2005.
GIA INTELIGENTE - XXV, 497 p.: il.; 24 cm. - 0-470-09510-5
621.38
681.5 REDES DE COMPUTADORES / REDES SEM FIO / PRO-
TOCOLOS / SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO SEM FIOS
19559-Bib. -- arquitectura / SENSORES
RAZAVI, Behzad 681.3
RF microelectronics / Behzad Razavi. - Upper Saddle River, 681.586
NJ: Prentice Hall PTR, print. 2006. - XIV, 335 p.: il. ; 25 cm.
- (Prentice Hall communications engineering and emerging 19499-Bib.
technologies series; 2). - 0-13-887571-5 KRISHNAMACHARI, Bhaskar
Networking wireless sensors / Bhaskar Krishnamachari . - Cam-
RÁDIO -- frequência / MICROELETRÓNICA bridge: Cambridge University Press, cop. 2005. - XII, 202 p.:
621.39 il.; 25 cm. - 0521838479

19612-Bib. REDES SEM FIO / SENSORES SEM FIO / SISTEMAS DE


DISTRIBUTED SENSOR NETWORKS COMUNICAÇÃO SEM FIO
Distributed sensor networks / edited by S. Sitharama Iyengar and 681.3
Richard R. Brooks. - Boca Raton: Chapman & HALL/CRC, cop. 681.586
2005. - XVI, 1123 p.: il.; 26 cm. - 1-58488-383-9
19706-Bib.
SENSORES JURDAK, Raja
681.5 Wireless ad hoc and sensor networks: a cross-layer design pers-
19617-Bib. pective / Raja Jurdak. - New York: Springer, cop. 2007. - XIV,
SCOTT, David M. 264, [1] p.: il.; 25 cm. - (Signals and communication technology).
Industrial process sensors / David M. Scott. - Boca Raton: CRC - 9780387390222
Press, cop. 2008. - XV, 240 p.: il.; 25 cm. - 1-4200-4416-8
REDES SEM FIOS / SENSORES SEM FIOS / SISTEMAS DE
SENSORES COMUNICAÇÃO SEM FIOS
681.58 681.586
621.39

61 62
19783-Bib. 19869-Bib.
CORDEIRO, Carlos de Morais FRANK, Randy
Ad Hoc & Networks: theory and applications / Carlos de Morais Understanding smart sensors / Randy Frank. - 2nd. - Boston:
Cordeiro, Dharma Prakash Agrawal. - New Jersey: World Scien- Artech House, cop. 2000. - XXI, 389 p.: il.; 24 cm. - (Artech
tific, cop. 2006. - XIX, 641 p.: il.; 23 cm. - 9789812566829 House sensors library). - 0-89006-311-7

SENSORES SENSORES
681.586 681.586

19769-Bib.
MAGNETIC SENSORS AND MAGNETOMETERS Literatura cinzenta
Magnetic sensors and magnetometers / ed. Pavel Ripka . -
Boston: Artech House, cop. 2001. - XVIII, 494 p.: il ; 24 cm. 739-Teses-B4
- 1-58053-057-5 GERICOTA, Manuel Gradim de Oliveira
Metodologias de teste para FPGAs (Field Programmable Gate Ar-
SENSORES MAGNÉTICOS / MAGNETISMO / CIRCUITOS rays) integradas em sistemas reconfiguráveis / Manuel Gradim de
MAGNÉTICOS Oliveira Gericota ; sob a supervisão do Prof. Doutor José Manuel
681.586 Martins Ferreira. - Porto: Faculdade de Engenharia da Universi-
621.3.04 dade do Porto - Departamento de Engenharia Electrotécnica e de
537 Computadores, 2003. - XXXIV, 334 p.: il.; 30 cm. - Dissertação
submetida para a obtenção do grau de Doutor em Engenharia
19675-Bib Electrotécnica e de Computadores. - Contém CD-ROM
LIU, Donggang
Security for wireless sensor networks / Donggang Liu, Peng DISPOSITIVOS LÓGICOS PROGRAMÁVEIS / ELECTRÓ-
Ning. - New York: Springer, cop. 2007. - XI, 209 p.: il.; 25 cm. NICA / FPGAS / FIELD PROGRAMMABLE GATE ARRAYS/
- (Advances in information security). - 0-387-32723-1 TESTE / DISSERTAÇÃO DE DOUTORAMENTO
621.38
REDES SEM FIOS -- segurança / SENSORES SEM FIOS
-- segurança 612-Teses-B2
681.586 BAPTISTA, José Manuel Rocha Teixeira
Concepção, Análise e Desenvolvimento de Sensores de Fibra
19642-Bib. Óptica de Intensidade Auto - Referenciados / José Manuel Rocha
19643-Bib. Teixeira Baptista; sob a supervisão do Doutor Armindo Luís Vilar
THE MECHATRONICS HANDBOOK Soares Lage, Professor Auxiliar do Departamento de Engenharia
The mechatronics handbook / ed. Robert H. Bishop. - 2nd ed. Electrotécnica e de Computadores da Faculdade de Engenharia
- Boca Raton: CRC Press, cop. 2008. - 2vs. il.; 26 cm . - (The da Universidade do Porto e do Doutor José Luís Campos de
Electrical Engineering Handbook Series; 21). - Contém: Me- Oliveira Santos, Professor Auxiliar do Departamento de Física
chatronic systems, sensors, and actuators fundamentals and da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. - Porto:
modeling/ Robert Bishop; Mechatronic system control, logic, Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores -
and data acquisition/ R. Bishop. - 0-8493-9257-8 Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, 2002. - XVI,
238 p.: il. ; 30 cm. - Tese submetida à Faculdade de Engenharia
MECATRÓNICA / SENSORES / ACTUADORES / CONTRO- da Universidade do Porto para obtenção do grau de Doutor em
LADORES PROGRAMÁVEIS Engenharia Electrotécnica e de Computadores
681.5
19642-A SENSORES / FIBRAS ÓPTICAS / DISSERTAÇÃO DE DOU-
TORAMENTO
19642-Bib. 681.586
MECHATRONIC SYSTEM, SENSORS, AND ACTUATORS 621.39
Mechatronic system, sensors, and actuators: fundamentals and
modeling / ed. Robert H. Bishop. - 2nd ed. - Boca Raton: CRC 689-Teses-B3
Press, 2008. - var p.: il.; 26 cm. - (The mechatronics handbook). DUARTE, Abel José Assunção
- 9780849392580 Modelação da Resposta de Sistemas Sensores Ópticos Fluores-
centes para pH, Mg (II), A1 (III) e Zn (II) / Abel José Assunção
MECATRÓNICA / SENSORES / ACTUADORES Duarte; (orientação do Professor Doutor Joaquim C. G. Esteves
681.5 da Silva). - Porto: Departamento de Química - Faculdade de
Ciências do Porto, 2003. - XIV, 150 p.: il.; 30 cm. - Dissertação
19844-Bib. para Mestrado em Química
LOS SENSORES EN EL AUTOMÓVIL
Los sensores en el automóvil / Erich Zabler, [et al.]. - Stuttgart: OPTRODE / SENSORES ÓPTICOS FLUORESCENTES /
Robert Bosch GmbH, 2002. - 148 p.: il. color.; 30 cm. - ( Serie INDÚSTRIA QUÍMICA / SENSORES QUÍMICOS FLUORES-
amarilla ) CENTES / DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
681.586
ENGENHARIA DE AUTOMÓVEIS / SENSORES -- auto- 661.48
móveis
629.33
681.586

63 64
1.2.8. Museu Parada Leitão 1.3 Para saber mais...

SINGER, George (1817) Élémens d´Électricité et de Galvanisme. 1.3.1 Recursos B-On


Paris: Bachelier Libraire
ACM
GLOESENER, M. (1861)Traité Général des Applicatins de
L´Électricité. Paris; Liège: E. NOBLET, Éditeur J., Albert - Governance transformations through regulations in the
electricity sector: the Dutch case. International Review of Applied
ENDRÉS, E. (1881) Manuel du conducteur des ponts et Economics. [Em linha].(2008). [Consult. 24 Jul. 2008]
chaussées: d´après le dernier programme officiel des examens Disponível em WWW: www.b-on.pt
d´admission, 6ª edição. Paris: Gauthier-Villars, Imprimeur-
Libraire PRAÇA, Isabel [et al.] - A multi-agent system for the support of
producer coalition formation in electricity markets. [Em linha].
NIAUDET, Alfred (1885) Traité Élémentaire de la Pile (2008). [Consult. 24 Jul. 2008].
Électrique,3ª edição. Paris: Librairie Polytechnique Baudry et Disponível em WWW: www.b-on.pt
Cie, Éditeurs
SANCHO, Julia [et al.] - Design and implementation of a de-
GERARD, Eric (1886) Éléments d´Électro-Technique.Liège cision support system for competitive electricity markets. [Em
Imprimerie H. Vaillant-Carmanne linha]. (2008). [Consult. 24 Jul. 2008].
Disponível em WWW: www.b-on.pt
MACHADO, Virgilio (1887) A Electricidade Estudo de algumas
das suas applicações. Lisboa: Typographia da Academia Real W., Igor; G., Fernando - Electricity market simulation: multiagent
das Sciencias system approach. [Em linha]. (2008). [Consult. 24 Jul. 2008].
Disponível em WWW: www.b-on.pt
MONNIER, D. (1889) Électricité Industrielle Production et
Applications : Cours professé a l´école centrale des arts et
manufactures. Paris: Librairie Polytechnique Baudry et Cie, RCS
Libraires-Éditeurs
H., Anne E. [et al.] - Highly efficient high temperature electroly-
GERARD, Eric (1890) Leçons sur l´Électricité Professées a sis. J. Mater. Chem. [Em linha]. Vol. 20 (2008) p. 2331-2340.
l´Institut Électro-Technique Montefuore annexé a l´Université [Consult. 24 Jul. 2008].
de Liège, 2. vol. Paris: Gauthier-Villars et Fils Disponível em WWW: www.b-on.pt

SARTBAEVA, A. [et al.] - Hydrogen nexus in a sustainable


Publicações periódicas energy future. Energy Environ. Sci. [Em linha]. (2008). [Con-
sult. 24 Jul. 2008].
“Electronique” . - Nº 2 (1990)- . - Paris: Groupe tests CEP Disponível em WWW: www.b-on.pt
1990. - 30 cm. - assinatura - Continuação de “Electrónique de
Puissance” - 1157-1152. 109pp EXISTÊNCIAS publicações
periódicas 621.38 (mag) Taylor and Francis

B., Marco - Animal Electricity at the End of the Eighteenth


Century: The Many Facets of a Great Scientific Controversy.
Journal of the History of the Neurosciences: Basic and Clinical
Perspectives. [Em linha]. 2008. [Consult. 24 Jul. 2008].
Disponível em WWW: www.b-on.pt

BAKIS, R. - Alternative Electricity Generation Opportunities.


Energy Sources, Part A: Recovery, Utilization, and Environmen-
tal Effects. [Em linha]. (2008). [Consult. 24 Jul. 2008].
Disponível em WWW: www.b-on.pt

Wiley

K., Jung Rae - Analysis of ammonia loss mechanisms in mi-


crobial fuel cells treating animal wastewater. Biotechnology and
Bioengineering [Em linha] Vol. 99 n.º 5 (2008) p.1120-1127.
[Consult. 24 Jul. 2008].
Disponível em WWW: www.b-on.pt

65 66
1.3.2 Endereços Web 1.3.3 Exposição
“Da Electricidade à Electrotecnia”
Empresas nacionais de produção, distribuição e comercialização:
Efacec:
http://www.efacec.pt As imagens recolhidas representam objectos e equipamentos
da Exposição “Da Electricidade à Electrotecnia” patente ao
Energia de Portugal: público na Biblioteca Central do IPP de 05 de Maio a 25 de
http://www.edp.pt Julho de 2008.

Empresa de electricidade da Madeira:


http://www.eem.pt MEDIDAS ELÉCTRICAS

Energia dos Açores: Condensador Padrão


http://www.eda.pt

Entidades reguladoras:
Comissão de Mercado e Valores Mobiliários (CMVM):
http://www.cmvm.pt

Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE):


http://www.erse.pt

Comisión Nacional de Energía (CNE):


http://www.cne.es

Autoridades Governamentais:
Direcção Geral de Geologia e Energia:
http://www.dge.pt
Este aparelho é constituído por uma caixa com vários condensa-
Dirección General de Politica Energética y Minas (DGPEyM): dores que se podem ligar ou desligar do circuito por intermédio
http://www.mityc.es/energia/ de uma cavilha que estabelece ligação entre duas placas metálicas
fixas no topo da caixa, e às quais estão ligados os condensadores.
Mercados de energia: Este instrumento tem uma caixa para ser guardado quando não
Operador do Mercado Ibérico: está a ser utilizado.
http://www.omel.es (Pólo Espanhol) MPL, Inv. MPL193OBJ
http://www.omip.pt (Pólo Português)
Bibliografia
Bolsa Alemã de Electricidade: GORDON, J. E. H. – Traité Expérimental d´Électricité et de Magnétisme.
http://www.eex.de Tomo I. Paris: Librairie J. B. Ballière et Fils, 1881, p. 519.

Bolsa Escandinava de Electricidade:


www.nordpool.no Galvanómetro Vertical de M. Bourbouze ou Galvanómetro
Balança
Bolsa Francesa de Electricidade:
http://www.powernext.fr

Bolsa Holandesa de Electricidade:


http://www.apxgroup.com

Bolsa Italiana de Electricidade:


http://www.mercatoelettrico.org

Operadores de Sistema:
Red Eléctrica de España (REE):
http://www.ree.es É constituído por um quadro multiplicador, com as suas espi-
ras dispostas horizontalmente e uma barra magnética, que se
Rede Eléctrica Nacional (REN): movimenta em volta da aresta de um prisma de aço. Esta está
http://www.ren.pt convenientemente equilibrada, de modo a ficar horizontal e sen-
sivelmente no plano do meridiano magnético, quando a corrente
Links Internacionais: não passa no fio. Para isso imprime-se uma rotação à coluna em
Associação Mundial das Bolsas de Electricidade (APEX): que ela assenta e desloca-se uma massa sobre uma haste paralela
http://www.theapex.org à barra magnética. Como não podemos observar directamente
os desvios da barra, está implantada perpendicularmente uma
Associação Europeia das Bolsas de Electricidade (EUROPEX): agulha de alumínio, exterior ao quadro, cuja extremidade se
http://www.europex.org desloca diante das divisões de um quadrante, mostrador ou limbo
graduado, onde se apreciam os desvios e, consequentemente, a
Associação Europeia dos Traders de Electricidade (EFET): intensidade da corrente que passa no fio multiplicador.
http://www.efet.org MPL, Inv. MPL209OBJ

67 68
Bibliografia Galvanómetro de Wiedemann
NOBRE, Francisco Ribeiro – Tratado de Física Elementar. 23ª ed. Porto:
Livraria Lelo, L.da, 1934, p. 650.
GOMES, F. J. Sousa e outro – Elementos de Física Geral. 3ª ed. Braga:
Livraria Cruz, 1918, pp. 777 e 778.

Galvanómetro de Nobili ou Galvanómetro diferencial com


4 terminais

Este aparelho é constituído por uma guia metálica horizontal,


colocada sobre uma base circular em latão com três parafusos
niveladores. Duas bobines cilíndricas posicionam-se ao longo da
guia metálica, uma em cada um dos lados do quadro móvel. Este
quadro é composto essencialmente por um pequeno anel magne-
tizado posicionado no eixo da bobine e posto no interior de um
cilindro que constitui o sistema de amortização electromagnética
da oscilação. O chassi do equipamento móvel é suspenso a um
fio de torção, fixado na parte superior do tubo. Quando se fazia
passar a corrente através da bobine criava-se um campo magné-
tico que provoca a rotação do pequeno magnete permanente. É
um instrumento de sensibilidade variável.
Este galvanómetro é composto pelas seguintes partes: MPL, Inv. MPL501OBJ
- um sistema astático suspenso como um fio de prumo por um
simples fio de seda crua ligado a um parafuso e colocado na parte
superior de um suporte de varas de latão. Este parafuso serve Galvanómetro de Deprez-Arsonval com campânula de vidro
para subir ou descer o sistema astático.
- um multiplicador de Schweigger que tem dentro uma agulha
inferior do sistema astático. As duas extremidades do fio do
multiplicador terminam em dois contactos ligadores, destinados a
estabelecer a ligação dos reóforos que conduzem a corrente cuja
intensidade se pretenda medir. Um limbo circular graduado está
fixo no multiplicador com a linha 0º - 180º paralela à direcção
dos fios do multiplicador. A agulha superior ao sistema astático
pode oscilar por cima do limbo graduado.
- um prato ou disco que forma o suporte das peças descritas.
Este disco apoia-se num tripé munido de três parafusos de nive-
lamento, podendo girar em torno dum eixo vertical. Uma pinça
serve para fixar o prato.
Quando este galvanómetro não funcionar, deve descer-se o
sistema astático, a fim da agulha superior pousar sobre o limbo É constituído por um íman formado por várias barras magné-
graduado. Para fazer uso do galvanómetro de Nobili começa-se ticas justapostas em forma de ferradura. Um multiplicador de
por levantar o sistema astático, e nivelar o instrumento até que Shweigger rectangular está colocado entre os pólos magnéticos
a haste que reúne as duas agulhas oscile livremente no meio do deste íman, suspenso por dois fi os de torção metálicos, e no
círculo graduado, faz-se então girar o caixilho do multiplicador seu interior possui um cilindro de ferro macio para aumentar o
até que a linha 0º-180º seja paralela a agulha superior. Estando campo magnético. Dois parafusos, um na base e outro no topo da
assim regulado o instrumento, se uma corrente percorre o fio, o haste de suspensão, permitem regular a posição do multiplicador
desvio da agulha faz logo conhecer o sentido da corrente e a sua e de um pequeno espelho circular colocado logo acima deste,
intensidade e dada pelo valor do ângulo de desvio. e que se destina a determinar opticamente qualquer rotação do
MPL, Inv. MPL176OBJ fio. Ligando o galvanómetro a um circuito através dos ligadores
existentes na base, a corrente que atravessa o multiplicador cria
duas forças iguais de cada lado e perpendiculares quer ao campo
magnético quer à direcção da corrente, fazendo-o rodar em torno
dos fios de suspensão.
MPL, Inv. MPL500OBJ

69 70
Amperímetro Térmico Voltímetro de Demonstração de Correntes Contínuas

À semelhança do amperímetro de demonstração, este aparelho


será colocado em série num circuito para se poder fazer as me-
dições desejadas das correntes eléctricas. É composto por uma
base em madeira com o dispositivo colocado verticalmente sobre
a mesma, dentro de uma caixa com um vidro num dos lados per-
mitindo desta forma fazer as leituras, que neste caso são directas. Este voltímetro de demonstração é colocado em derivação num
Na parte superior temos colocados dois ligadores, um para a circuito para se poder medir a tensão eléctrica entre os pontos a
fonte e outro para a carga. A corrente entra por um dos bornes que está aplicada na experiência. À semelhança do amperímetro,
percorre um fio e como o calor provocado pela sua passagem as leituras são feitas directamente através da simples observação
dilata o referido fio ele alonga-se e acciona um pequeno sistema da posição da agulha que desliza em frente de uma escala, que
com roldana que vai oscilar o ponteiro indicador, marcando numa está graduada de 0 a 25 volts. Todo o aparelho está assente numa
escala (J max = 1,5 A) os amperes, saindo pelo outro borne. base de madeira.
MPL, Inv. MPL229OBJ Dentro de uma caixa em vidro está o dispositivo principal
(escala, ponteiro e bobina) e fora encontram-se três ligadores
em latão. Quando colocado em derivação num circuito liga-se
Amperímetro de Demonstração de Correntes Contínuas um dos bornes da fonte ao ligador esquerdo e o outro borne
ao ligador direito, a leitura é feita através da passagem de um
pequena corrente na bobina. Se a tensão for superior aquela que
o voltímetro pode medir, insere-se uma resistência, que ficará
em série ao ligador central, permitindo fazer a leitura de uma
tensão superior. O número de volts agora indicado pelo ponteiro
terá que ser multiplicado pelo factor introduzido pela resistência
adicional, para se saber qual a tensão eléctrica que mede naquele
ponto do circuito.
MPL, Inv. MPL214OBJ

Amperímetro de Deprez et Carpintier com Shunt

Este aparelho, cuja finalidade é medir correntes, é vulgarmente


utilizado em experiências laboratoriais. A sua leitura é directa,
pois o número de amperes presentes no circuito, onde está inse-
rido em série, é nos dado através de uma escala, que neste caso
vai de 1 a 5 amperes. Este valor é indicado por um ponteiro indi-
cador. É composto assim por uma base em madeira que sustenta
verticalmente uma caixa em vidro onde todo o mecanismo se
encontra. Em frente desta existem quatro ligadores em latão. A
corrente entra através do ligador esquerdo, onde fica colocada a Em geral todos os instrumentos conhecidos com o nome de
fonte de alimentação, passa pela bobina central, criando um cam- amperímetros são galvanómetros que se usam na indústria
po magnético, movimentando o ponteiro que nos dá a medição para medir fortes correntes, se bem que não têm a exactidão
e sai pelo ligador da direita para a carga. Se por acaso a carga dos galvanómetros de gabinete, têm a suficiente para as neces-
possuir uma potência superior à indicada na escala, adiciona-se sidades da indústria. As dimensões, forma e construção deste
ao amperímetro um shunt, que ficará posicionado em derivação amperímetro é exactamente igual à dos voltímetros do mesmo
no circuito, ligado aos dois ligadores centrais. Deste modo parte construtor. Provido de um potente meridiano artificial, o ins-
da corrente passa pelo shunt e outra pela bobina. As leituras trumento não necessita de orientação, não tendo influência, nas
terão que ser multiplicadas pelo factor introduzido pelo shunt, suas indicações, o magnetismo terrestre. Consiste no seguinte:
para se saber quantos amperes corresponde a corrente eléctrica entre os dois pólos de um pequeno, mas forte íman, em forma
que percorre o circuito. de C, coloca-se um carreto quase cilíndrico, fixo, formado por
MPL, Inv. MPL213OBJ uma cinta de cobre bem isolada que dá algumas voltas. O eixo
do carreto não é perpendicular à linha dos pólos, mas sim algo
inclinado sobre esta. Dentro do mesmo e no seu centro há uma
agulha, que consiste num pequeno disco de ferro macio, a qual,
como se encontra no campo magnético dos pólos, está sobre
a sua influência e orientada na direcção da linha polar ou nas
linhas de forças do campo; por assim dizer, está naturalmente
orientada quase que perpendicularmente ao eixo do carreto.
Os extremos da cinta que forma o carreto comunicam com os
bornes ou parafusos apreensores do instrumento. Se passa uma
corrente pelo carreto, a agulha se desviará, tendendo a colocar-se

71 72
paralelamente ao eixo do carreto, e o desvio será maior quanto Amperímetro-Voltímetro
maior for a corrente. Como a agulha está dentro do carreto, é
invisível, mas o seu eixo de rotação atravessa o carreto, saí para
o exterior e faz mover uma agulha indicadora leve e comprida,
cuja ponta marca sobre a escala circular o número de amperes
que tem a corrente.
Quando se quer medir a corrente que percorre um circuito,
devemos colocar o amperímetro a intercalar o mesmo. Este
instrumento funciona em qualquer posição: colocado sobre uma
mesa, na mão, etc. As indicações são contínuas e acusa a menor
alteração na corrente medida. Quase todos os amperímetros estão
acompanhados de uma colecção de shunts, para poder aplicar um
ou outro, segundo sejam os valores das intensidades das correntes
que se quer medir. Servem, assim, para reduzir a corrente, por Este amperímetro-voltímetro é composto por duas caixas de me-
maior que ela seja. Ele reduz para metade a corrente que passa de tal, com um mostrador num dos lados, protegidos por um vidro.
modo que este redutor numa corrente de 40 amperes, não marque Uma caixa corresponde ao amperímetro, onde está colocada
mais de 20 amperes no amperímetro. Empregando este shunt uma bobina de corrente, que com a passagem da electricidade
tem que se multiplicar por dois as indicações do amperímetro. activa um pequeno ponteiro que desliza em frente de um limbo
Mas podemos também empregar shunts de 1/3, 1/4, 1/5 ou até graduado (0 a 1,5), dando-nos a leitura em amperes. A outra caixa
1/10. As indicações dadas, empregando estes valores, têm que se corresponde ao voltímetro, contendo igualmente uma bobina,
multiplicar por 3, 4, 5 ou 10 para saber a medida exacta. neste caso de tensão, que também faz mover com a passagem
MPL, Inv. MPL224OBJ da corrente um ponteiro sobre uma escala (6 a 150). Contém
ainda duas roscas, uma em cada extremidade do objecto, onde se
Bibliografia pode colocar a lâmpada e do outro lado a fonte de alimentação.
MIRON, François – L´Éclairage Électrique. Tomo 2. Paris: Librairie Deste modo com a alimentação da lâmpada a leitura é nos dada
Générale Scientifique et Industrielle H. Desforges, 1896, p. 16. separadamente – a da corrente e a da tensão. Multiplicando os
GERARD, Eric – Leçons sur l´Électricité. Vol. 1. Paris: Gauthier-Villars, resultados obtém-se o valor em watts.
Éditeur, 1905. MPL, Inv. MPL250OBJ
PEREZ, Mario – Aparatos Eléctricos de Medición y Comprobación.
Barcelona: Libreria de Feliu y Susanna, 1915, p. 46.
Wattímetro

Voltímetro de Carpentier com Reductor Adicinal

O voltímetro de Carpentier é constituído por um forte íman


em forma de C entre cujos pólos se coloca um carreto fixo
formado por um fio muito fino (1/10 de milímetro de diâmetro)
perfeitamente isolado e de uma resistência de uns 2000 ou mais
Ohmios. Dentro do carreto está uma agulha de ferro macio e, Este wattímetro é composto por uma pequena caixa circular
como nos amperímetros, seu eixo de rotação atravessa o carreto em metal com um mostrador num dos lados. Possui igualmente
saí para o exterior e move uma agulha indicativa que marca duas roscas, uma para colocar a lâmpada e outra para a fonte de
numa escala o número de volts que se procura. Associando a alimentação. No seu interior estão colocadas duas pequenas bo-
este um reductor, como é o caso, vai permitir medir diferenças binas, uma de tensão e outra de corrente. Quando passa a corrente
de potencial superiores ao limite do indicado no instrumento. Os dá-se o movimento de um ponteiro indicador sobre uma escala
reductores consistem numa caixa unida ao voltímetro por meio graduada de 0 a 125, permitindo desta forma a leitura directa da
de grampos, onde se coloca um carreto de resistência igual a potência da lâmpada colocada numa das roscas.
do voltímetro, deste modo teríamos que multiplicar por dois a MPL, Inv. MPL249OBJ
indicação da escala. Postos em série os dois carretos e dobrando
portanto a resistência, uma indicação que antes era, por exemplo,
de 50 volts, agora equivale a 100 volts. Estas indicações não são
exactas, embora sejam suficientes para as exigências da prática.
O mais conveniente seria graduar o voltímetro com duas escalas,
uma para um dos carretos e outra para os dois.
MPL, Inv. MPL195OBJ

Bibliografia
NONNIER, D. – Électricité Industrielle, Production et Applications.
Paris: Librairie Polytechnique Baudry et Cie, Libraires Éditeurs, 1889,
p. 128.
PEREZ, Mario – Aparatos Eléctricos de Medición y Comprobación.
Barcelona: Libreria de Feliu y Susanna, 1915, p. 70.

73 74
Medidas de Resistência Eléctrica e das Capacidades Bobina de Ruhmkorff
de Redução de Potencial

Placa armada em ponte

É composta por uma base de madeira onde está colocada uma


pequena bobina com um núcleo em ferro macio, dois ligadores
em latão, para ligar a fonte de alimentação, e dois fins de curso
colocados um em cada uma das extremidades da bobina. Quan-
do a corrente passa o seu núcleo desloca-se de acordo com o
sentido da corrente que atravessa a bobina. Os referidos fins de
curso servem para delimitar a deslocação que o núcleo faz pela
acção da passagem da corrente.
MPL, Inv. MPL268OBJ

Placa de madeira onde assentam vários elementos que vão APARELHAGEM ELÉCTRICA
constituir uma ponte de medição (ligações em cobre com os
respectivos ligadores em latão) estando colocadas sobre estas Reóstato de Campo
duas bobinas revestidas a fita de seda de cor verde, constituindo
um circuito.
MPL, Inv. MPL177OBJ

CORRENTES DE INDUÇÃO

Bobina de Faraday ou Bobina Indutora

Este reóstato de campo compõe-se por uma caixa em madeira


com dois ligadores na parte da frente e na parte superior en-
contra-se um círculo graduado onde desliza uma manivela,
accionando o sistema interno, garantindo a variação da resis-
tência no circuito indutor onde o reóstato de campo pode ser
incorporado.
MPL, Inv. MPL180OBJ

Reóstato de Manivela
A bobina indutora é composta por uma bobina de dois fios com
as extremidades ligadas a quatro contactos, para se poderem
conservar independentes ou ligados em série, afim de se utilizar
comodamente nas experiências. No centro contém dois cilindros
ou feixes de ferro de fio macio que são magnetizados pela acção
da corrente de uma pilha, as suas correntes orientam-se no mesmo
sentido que as da bobina indutora, por consequência, as correntes
induzidas que se desenvolvem na bobina de dois fios, quando
se abre ou fecha o circuito indutor são derivadas à influência da
corrente indutora da bobina e do magnetismo do núcleo de ferro.
A experiência demonstra que as correntes induzidas são muito
mais intensas do que com a ausência do núcleo de ferro macio.
MPL, Inv. MPL181OBJ

Este reóstato deve estar disposto de maneira que possa fazer va-
riar a sua resistência com a ajuda de cavilhas móveis análogas
às das caixas de resistência ou com a ajuda de um comutador
de manete e com pontos de contactos múltiplos. É composto
por uma base em madeira, onde assenta todo o dispositivo. Os
fios são de cromoniquel contornados em espirais (1 ohm) e co-
locados sobre um suporte isolador. Todas as resistências estão
ligadas em série. Diversos pontos destes fios são ligados a pe-
quenas lâminas metálicas e que estão presos às extremidades
do circuito, dentro do qual a resistência deve entrar nos dois
bornes. Tem uma pequena manivela na parte superior e sempre

75 76
que esta está pousada sobre um ou outro ponto de contacto in- Por consequência há a considerar no indutor dum dínamo um
troduz-se os comprimentos variáveis de fio resistente dentro do parte magnética de ferro fundido ou de aço em que se compre-
circuito. No primeiro, a resistência é nula, no último o circuito ende a carcaça ou culatra, o núcleo no interior das bobinas e as
é interrompido. peças polares que cercam o induzido para produzir um circuito
MPL, Inv. MPL270OBJ magnético sem desperdício de linhas de força que actuam sobre
o induzido. Para este fim têm sido adoptadas diversas formas
Bibliografia de carcaças com dois sistemas: fechados ou abertos, como é o
DUMONT, M. Georges – Dictionnaire Théorique et Pratique caso, em forma de ferradura vertical, podendo no entanto em
d´Électricité et de Magnétisme. Paris: Ve. Larousse et Cie, Imprimeur- alguns casos ser horizontal. A auto-indução pode fazer-se em
Éditeurs, 1889, p. 571. série, ligando ao colector uma das extremidades do fio do elec-
tro-íman e a outra extremidade aos aparelhos de utilização, de
onde vem para o outro extremidade aos aparelhos de utilização,
DÍNAMOS DE CORRENTE CONTÍNUA passando para o outro colector para fechar o circuito. Pode em-
pregar-se a axcitação em derivação, quando as correntes que a
Dínamo com induzido anel de Gramme máquina produz são muito intensas e podem inutilizar o fio do
electro-íman temos ainda a exitação mista ou compensadora,
que consiste em fazer passar por um fio grosso enrolado em lar-
gas voltas ao electro-íman a restante parte da corrente destinada
aos aparelhos de utilização.
MPL, Inv. MPL202OBJ

Bibliografia
NOBRE, Francisco Ribeiro – Tratado de Física Elementar. 23ª ed. Por-
to: Livraria Lelo, L.da, 1934, pp. 690-693

CORRENTES TRIFÁSICAS

Motor Eléctrico de Campo Giratório


O que caracteriza estas máquinas é o induzido, que é o anel
de Gramme. O seu indutor é um eléctro íman. Deste modo há
a considerar no indutor de um dínamo a parte magnética de
ferro fundido, ou de aço, que compõe a carcassa ou culatra, o
núcleo no interior das bobines e as peças polares que cercam o
induzido para produzir um circuito magnético sem desperdício
de linhas de força que actuem sobre o induzido. Aqui o sistema
representado é o aberto em forma de ferradura vertical.
MPL, MPL4082OBJ

Bibliografia
NOBRE, Francisco Ribeiro - Tratado de Física Elementar. 23ª ed.
Porto: Livraria Lelo, L.da, 1934, pp. 692-693.

Motor de Corrente Contínua


Este pequeno motor de campo giratório é constituído por uma
estrutura em ferro, onde está incorporado todo o dispositivo.
Possui três condutores em latão que comunicam com um anel
fixo, que compreende três bobinas iguais recebendo as correntes
trifásicas de dínamo. No interior do anel produz-se um campo
magnético girante que movimenta directamente a parte móvel
formando um circuito fechado sobre ele mesmo, dentro do qual
se formam as correntes de Foulcault. A força electromotriz é
produzida pelas bobinas atrás referidas na zona ente-ferro. Este
funciona sem colector e por conseguinte sem faísca. Invertendo
a corrente, a rotação muda de sentido. Possui ainda uma peque-
na ventoinha, também chamada de ventilador.
MPL, Inv. MPL198OBJ

As máquinas dínamo-eléctricas ou dínamos estão hoje univer- Bibliografia


salmente adoptadas na produção de energia eléctrica. O que ATELIER E. DUCRETET – Catalogue Raisonné des Instruments de
caracteriza estas máquinas é o induzido, que frequentemente Précision de F. Ducretet & E. Roger: Troisième Partie: Électricité. 6ª
é o anel de Gramme, construído como o das máquinas mag- ed. Paris: s/ed., s/d., pp. 220 e 230.
nétoeléctricas, sobre o cilindro colector, em posição perpendi-
cular à linha dos dois pólos magnéticos do indutor, apoiam-se
os pincéis colectores formados por lâminas ou fios metálicos.
Estes pincéis, também chamados de escovas, são sustentados
por suportes condutores munidos de ligadores ou contactos que
são os pólos do gerador, onde se devem ligar os reóforos para
fechar o circuito exterior de utilização da corrente.

77 78
AVISADORES ELÉCTRICOS Quadro de Chamada

Campainha Eléctrica

O quadro de chamada ou quadro indicador é composto por um


caixilho de madeira cuja parte central é composta por um vidro
incolor. São formados usualmente por electro-ímans, há tantos
Esta campainha é composta por uma prancheta de madeira, dis- electro-ímans no quadro como alvos. Cada um destes electros,
posta verticalmente, sobre a qual é fixado um electro-íman. Este assim que o botão de chamada é accionado, são intercalados
é em forma de ferradura em que um dos extremos se liga ao cir- dentro do circuito de uma pilha. Entre as bobinas do electro
cuito pelo ligador da esquerda e o outro extremo liga-se ao pa- encontra-se uma agulha magnetizada que suporta uma placa
rafuso regulador da armadura. A armadura está fixa por uma das móvel comum com um círculo preto. Esta quando accionada
extremidades a uma mola de aço que está por sua vez segura ao desdobre uma outra placa, fixa às duas bobinas, com um núme-
montante da campainha, obrigando a armadura a encostar ao ro, neste caso de 1 a 4, correspondendo cada um deles a uma
parafuso regulador, na outra extremidade a armadura sustenta campainha. De um modo geral, à semelhança de outros quadros
um pequeno martelo destinado a percutir o timbre. A armadura indicadores, este deve ser colocado na parede. Os ligadores são
liga-se electricamente ao ligador da direita da campainha, que colocados na parte superior do interior do quadro, servindo para
por sua vez se liga ao circuito da pilha. Quando se prime o botão fixar os fios condutores.
da campainha a corrente passa pelo circuito estabelecido atra- Os três primeiros correspondem: 1º pólo de cobre/positivo; 2º
vés do ligador da esquerda, passa para o electro-íman, parafuso pólo de zinco/negativo; 3ºcampaínha; os ligadores seguintes
regulador, armadura e ligador direito, tornando activo o electro- correspondem ao número de janelas, neste caso números a des-
íman que atrai a armadura e com esta o martelo que percute no tapar, que o quadro possui.
timbre. Mas, em consequência da atracção da armadura, esta MPL, Inv. MPL285OBJ
abandona o parafuso regulador interrompendo-se aí o circuito e
portanto a corrente, deixando de passar, o elctro-íman torna-se Bibliografia
inactivo abandonando a armadura, a qual, solicitada agora pela FOURNIER, George – Les Sonneries Électriques, Instalations et Entre-
tien. Paris: Bernard Tignol, Éditeur, 1886, pp. 92-94.
mola, volta a encostar ao parafuso regulador, restabelecendo-se
BÉNARD, G. – La Pose des Sonneries Électriques et des Tableux In-
a corrente e assim sucessivamente. Estas atracções continuadas dicateurs. Paris: Librairie Générale Scientifique et Industrielle H. Des-
da armadura, dão lugar a sucessivas pancadas do martelo no forges, 1901.
timbre e a campainha conserva-se tocando, enquanto se premir
o botão.
MPL, Inv. MPL210OBJ Quadro de Chamada
Bibliografia
GANOT – Traité Élémentaire de Physique Expérimentale et Appliquée
et de Météorologia. 23ª ed. Paris: Librairie Hachette et Cie., 1905, p.
916.
BÉNARD, G – L´Essai, l´Entretien, la Réparaction de Sonneries Élec-
triques et dês Tableaux Indicateurs. Paris: Librairie Générale Scientifi-
que et Industrielle H. Desforges, 1901.

Este quadro é composto por uma base em madeira que suporta


todos os componentes, uma moldura, também ela em madeira
com um vidro preto com fio dourado à volta do mesmo e das
seis janelas. A cada uma delas corresponde um electro-íman,
composto por duas bobinas e uma haste indicadora. Cada um
destes electros, assim que o botão de chamada é accionado são
intercalados dentro do circuíto de um pilha. Entre as bobinas
do electro encontram-se uma agulha magnetizada que suporta
uma placa indicadora móvel, em redor de um eixo horizontal.
Quando o circuito da pilha está aberto, não se premindo o botão
de chamada, e consequentemente nenhuma corrente passa en-
quanto não se voltar a pressionar o mesmo. Este serve também
para fechar o circuito local activando as bobinas no sentido in-
verso do precedente. Em sequência destes movimentos, a peça
que suporta a placa indicadora é libertada e vem-se colocar em
frente da janela correspondente no quadro. Como a cada botão
corresponde um indicador, pelo alvo que aparece sabe-se qual o
botão que foi premido.

79 80
Este quadro deve estar colocado na parede, os ligadores são ELÉCTRO-ÍMANS
colocados na parte superior do interior do quadro, servindo
para fixar os fios condutores. Os três primeiros correspondem
ao pólo de cobre/positivo, pólo de zinco/negativo e campainha, Electro-íman
os restantes correspondem ao número de janelas que o quadro
possui.
MPL, Inv. MPL286OBJ

Bibliografia
FOURNIER, George – Les Sonneries Électriques, Instalations et Entre-
tien. Paris: Bernard Tignol, Éditeur, 1886, pp. 92-94.
BÉNARD, G. – La Pose des Sonneries Électriques et des Tableux In-
dicateurs. Paris: Librairie Générale Scientifique et Industrielle H. Des-
forges, 1901.

Quadro de Chamada Estamos perante um electro-íman em que cada ramo é formado


por um cilindro de ferro, sendo os dois unidos por uma travessa
do mesmo material. Esta disposição dá menos força mas é mais
cómoda para o seu emprego em diversos aparelhos. Posto isto,
uma bobina de fio condutor isolado, fio de cobre coberto com
fio de seda enrolado sobre carcaças de latão, com um núcleo de
ferro macio, constitui um magnete temporário, sempre que uma
corrente eléctrica percorre o enrolamento. As duas bobinas e a
travessa de ferro estão assentes numa base de madeira com dois
ligadores em latão onde a fonte de alimentação é ligada. Com
este podemos efectuar medição dos esforços de atracção.
MPL, Inv. MPL253OBJ

Bibliografia
BENEVIDES, Francisco da Fonseca – Noções de Physica Moderna
Este quadro é composto por uma base em madeira que suporta com Numerosas Applicações. 4ª ed. Tomo II. Lisboa: Typographia da
todos os componentes, uma moldura também ela em madeira Academia Real das Sciencias, 1883, pp. 247-249.
com um vidro preto com fio dourado à volta do mesmo e das MALHEIROS, Arthur – Lições de Physica. Porto: Typographia Occi-
oito janelas com os números, possuindo ligadores em latão na dental, 1913, pp. 162 e 163.
parte superior do mesmo. A cada uma delas corresponde um FRAGOSO, Luiz Campos – Elementos de Physica e de Telegraphia
electro-íman, composto por duas bobinas e uma haste indica- Eléctrica. 2ª ed. Lisboa: Typographia do Commercio, 1904, p. 233.
dora. Cada um destes electros, assim que o botão de chamada
é accionado são intercalados dentro do circuito de um pilha.
Entre as bobinas do electro encontram-se uma agulha magneti- Motor de Electro-ímans
zada que suporta uma placa indicadora móvel, em redor de um
eixo horizontal. Quando o circuito da pilha está aberto, não se
premindo o botão de chamada, e consequentemente nenhuma
corrente passa enquanto não se voltar a pressionar o mesmo.
Este serve também para fechar o circuito local activando as bo-
binas no sentido inverso do precedente. Em sequência destes
movimentos, a peça que suporta a placa indicadora é libertada
e vem-se colocar em frente da janela correspondente no qua-
dro. Como a cada botão corresponde um indicador, pelo alvo
que aparece sabe-se qual o botão que foi premido. Este quadro
deve estar colocado na parede, os ligadores são colocados na
parte superior do interior do quadro, servindo para fixar os fios
condutores. Os três primeiros correspondem ao pólo de cobre/
positivo, ao pólo de zinco/negativo e à campainha, os restantes
correspondem ao número de janelas que o quadro possui.
MPL, Inv. MPL288OBJ Os pequenos motores eléctricos são muito cómodos em certas
circunstâncias, nomeadamente em trabalhos de laboratório para
Bibliografia fazerem movimentar por exemplo comutadores rápidos. Este
FOURNIER, George – Les Sonneries Électriques, Instalations et Entre- motor é constituído por quatro conjuntos de electro-ímans, cada
tien. Paris: Bernard Tignol, Éditeur, 1886, pp. 92-94. um com duas bobinas, formadas por uma barra de ferro ma-
BÉNARD, G. – La Pose des Sonneries Électriques et des Tableux In- cio colocado dentro dum solenoide constituído por uma bobina
dicateurs. Paris: Librairie Générale Scientifique et Industrielle H. Des- com diversas camadas helicoidais de fio de cobre coberto de
forges, 1901. seda. As armaduras, também elas em ferro macio, que vão ser
atraídas pelos electro-ímans, estão presas a uma charneira, que
os permite moverem-se livremente. Pela acção dos mesmo vão
fazer movimentar uma pequena roda, que por sua vez, através
de uma barra colocada no seu eixo, faz movimentar uma gola, a
qual irá estar ligada por intermédio de uma correia ao aparelho
que se pretende por em marcha, ainda neste eixo está colocado
um pequeno cilindro, com contactos a ângulos diferentes, que
permite definir a sequência da ligação aos electro-ímans.

81 82
Tudo isto é alimentado através de uma fonte de energia, uma
pilha por exemplo, que liga ao motor através de dois bornes
em latão permitindo accionar todo o dispositivo para fazer mo-
vimentar, de modo alternado, os quadro conjuntos de electro-
ímans, transformando deste modo energia eléctrica em energia
mecânica. Motor aberto
MPL, Inv. MPL247OBJ 0,5x0,5 m

Bibliografia
DUMONT, M. Georges – Dictionnaire Théorique et Pratique
d´Électricité et de Magnétisme. Paris: Ve. Larousse et Cie, Imprimeur-
Éditeurs, 1889, pp. 565 e 566.

Histeresimetro de Ewing

Transformador de distribuição com vidro

Tipo - T84-364
Potencia Nominal 250 Kva
Peso 900Kg
Ano 2000

Neste aparelho o íman permanente em forma de C (de cor ver-


melho), que oscila entre dois encaixes, comporta uma agulha,
que desliza em frente a uma régua graduada. O histeresímetro
possui igualmente pesos reguladores e um disco que desliza
dentro de uma cavidade com uma prega de óleo, que serve para
amortizar as oscilações da parte móvel.
O íman e o conjunto de lâminas de ferro apertadas dentro de
uma pequena prensa, formam um circuito magnético, tendo
dois entreferros, que por indução do conjunto de lâminas são
independentes da permeabilidade destes. Esta indução é cerca
de 4.000 gauss. Em face da rotação do conjunto de lâminas de
ferro, ele puxa o íman num ou noutro sentido mas, por causa
das histeréticas, a atracção é mais forte num sentido e dá origem
à inclinação do íman no ângulo correspondente. Esta disposição
é proporcional à das perdas histeréticas por ciclo.
Ele é praticamente independente da velocidade de rotação, tan-
to que as perdas por correntes de Foucault são negligenciadas.
Neste aparelho o conjunto de lâminas de ferro são formadas
por seis a oito placas de 76,5 x 15,9 mm2 de superfície e de
pequena espessura, e está colocado sobre um suporte especial,
que pode girar em torno de um eixo, perpendicular ao plano das
placas. Produzimos uma rotação com o auxílio de uma mane-
te. O histeresimetro tem algumas analogias com o de Rony. A
perda por histeréticas deve ser tanto mais forte quanto maior
for o desvio.
Era utilizado para medir as perdas histeréticas dos materiais
ferro-magnéticos.
MPL215OBJ

83 84
2
EM DESTAQUE

85
2.1. Vida académica - IPP

2.1.1. Política de Qualidade no Politécnico do


Porto
O universo IPP orienta a sua actuação por um Sistema de Gestão
de Qualidade (SGQ), com base na ISO 9001, que garante a
planificação, acompanhamento e avaliação das actividades que
desenvolve, por critérios de excelência, nas três áreas funda-
mentais da sua acção no ensino superior: ensino/ formação, in-
vestigação e transferência do conhecimento.

A Política de Qualidade 2008 definida pela Presidência que ori-


enta o funcionamento de todos os serviços concebe o Instituto
como uma rede de escolas e assenta em sete eixos estratégicos
de desenvolvimento:

1. Qualidade do processo de ensino-aprendizagem;


2. Promoção harmoniosa da investigação;
3. Reforço das relações com parceiros sociais;
4. Apoio a redes de cooperação e parcerias para a inovação
científica e tecnológica;
5. Condições de desenvolvimento pessoal;
6. Cultura organizacional de qualidade;
7. Melhoria contínua das infraestruturas e serviços prestados.

Todo o processo SGQ é regularmente assessorado por reuniões


com o Gabinete da Qualidade dos Serviços Centrais do IPP e
monitorado através de auditorias internas e externas.

2.1.2 “Falar Azul”

O Politécnico do Porto (IPP) passou a editar e divulgar online e


em suporte papel, um boletim de periodicidade bimestral com
o apelativo título “Falar Azul” e um muito cuidado arranjo grá-
fico, de que foram já publicados dois números.

Este projecto editorial, como salienta o senhor Presidente do


Politécnico do Porto, Engenheiro Vítor Santos, logo na abertura
do nº 0 dirige-se “essencialmente, mas não só, ao interior do
Politécnico do Porto, aos seus docentes, discentes e funcionári-
os, e…tem como objectivo primeiro dar a conhecer aquela que
é a identidade específica de cada Escola ou Unidade Orgânica
no todo que é o seu Instituto. E, simultaneamente, aproximar a
gestão do Instituto do quotidiano das suas Escolas e dos seus
universos, pela referência e explicitação das políticas e dos
projectos que conduz, assim permitindo um melhor conheci-
mento mútuo das orientações e estratégias em curso, dos rumos
que se prosseguem, dos caminhos que se percorrem.”

Destaque neste primeiro número para, entre outras rubricas, en-


trevistas a docentes da ESE, entrevista dada pelo presidente do
Politécnico do Porto ao Rádio Clube Português, comemoração
do 23º aniversário do IPP e Grupos Académicos do IPP que
editaram recentemente um CD.

Por sua vez, o editorial “Vamos falar azul!” do nº 001 Abr/Maio


2008 assinado também pelo presidente do Instituto, releva “a
visita do Senhor Presidente da República a três Unidades de
Investigação do ISEP|IPP… [para além dos] resultados do
esforço que fizemos, nas Escolas do Politécnico do Porto, na
criação e consolidação das actividades de I&D, e mostra-nos
como tal ganha agora um carácter estruturante no actual man-
dato de gestão. Releve-se a imodéstia do signatário ao lembrar
que, no ISEP/IPP, esteve, com vários outros, na frente deste
esforço, ligado que está ao aparecimento do CIEA – Centro de
Investigação em Engenharia Aplicada, nome de que nunca

88
gostamos totalmente para um “grande” guarda-chuva que 2.2. Biblioteca Central - Ensino e Formação
abrigava todos – e eram, nessa altura, não mais de uma dúzia
– quantos produziam trabalho científico nas poucas áreas
em que tínhamos investigação, num esforço aglutinador de 2.2.1 Língua e Cultura Chinesa
massa crítica que produziu os seus frutos: o CIEA acabou por
ser reconhecido pela FCT, sendo um dos primeiros centros A Biblioteca Central do IPP através do seu Centro de Língua
politécnicos de I&D a obter esse reconhecimento, e cumpriu e Cultura Chinesa criado por protocolo entre os Institutos
o seu papel, até muito recentemente, de canal de aglutinação Politécnicos do Porto e de Macau, tem promovido desde 2002,
de competências emergentes na Escola. Foi esta estratégia, o ensino da língua e cultura chinesa. Esta actividade prolonga-se
complementada com um grande investimento institucional na e desenvolve-se no ano lectivo 2008/2009 através dos seguintes
formação do pessoal docente, catalisador do estabelecimento cursos, cujas inscrições se encontram abertas:
de novas competências, e o apoio praticamente não selectivo a 1. No âmbito de protocolo entre o Politécnico do Porto e a
todos quantos tiveram a capacidade empreendedora de pôr a Associação Comercial do Porto terá lugar o 3º Curso de curta
investigação “na rua do politécnico” que permitiu o apareci- duração de mandarim comercial no Palácio da Bolsa, Porto,
mento da estrutura de I&D que se vê claramente reconhecida Setembro-Outubro de 2008, a leccionar pela professora Drª Yu
nesta visita que o Senhor Presidente da República nos faz.” Yong;
2. Em protocolo com o Instituto Português de Sinologia, vai
Para além das duas rubricas de fundo “A Ciência e o Portugal iniciar-se em 15 de Setembro, na Biblioteca Central do IPP, o 1º
de Excelência” e “O Politécnico do Porto marca a diferença” Curso Livre de Caligrafia e Pintura Clássica Chinesa, de duração
destacam-se neste número mais recente do boletim outras ac- anual, da responsabilidade do Mestre Ye Pei Rong da Associação
tividades de relevo da rede do Politécnico do Porto, no conjunto Luso Chinesa de Artistas, curso entretanto noticiado no jornal
diverso e multidisciplinar das suas Escolas e Serviços. diário do Metro do Porto;
3. Sétima edição dos Cursos Livres de Mandarim (4 níveis:
iniciação, desenvolvimento, aprofundamento e especialização),
2.1.3 Fundação IPP (FIPP) de duração anual e regime pós laboral que, são leccionados
também pela Drª Yu Yong, nas instalações da Biblioteca
A Fundação IPP tem vindo a patrocinar e oferecer a todo o Central.
universo IPP, no quadro do seu Plano de Formação anual, um
conjunto diversificado de cursos e acções de formação contínua
de média duração, em diferentes áreas e domínios técnicos e 2.2.2 Horizon
científicos. Destacamos, a título de exemplo, alguns dos mais
recentemente promovidos: SIADAP (novo modelo); Electrici- Em colaboração com os Serviços de Informação e Comunicação
dade, Manutenção e Energia; Área Ambiental e Segurança. (SIC) do IPP, a Biblioteca Central promoveu durante este ano
de 2008, para os seus técnicos e pessoal da Rede de Bibliotecas
do IPP, em vários módulos, a actualização e aprofundamento
de formação no sistema de gestão integrada de informação
Horizon que utilizam na produção das suas bases de dados.
Em Setembro e Outubro realizar-se-ão as últimas sessões de
formação programadas.

2.2.3 Formação de utilizadores das Bibliotecas IPP


Neste âmbito, a Biblioteca Central promoverá em articulação
com a Rede de Bibliotecas IPP, como vem sendo já hábito, a
8ª “Semana do Aluno nas Bibliotecas IPP” que envolve toda a
comunidade académica do Instituto e sua rede de escolas e que
este ano terá lugar na última semana de Outubro, de 27 a 31,
estando já prevista uma exposição/Mostra do livro da Imprensa
Nacional Casa da Moeda entretanto agendada, bem como a
participação das Associações de Estudantes e actividades de
animação cultural pelas Tunas, Grupos de Música e de Teatro
das várias escolas e institutos do Politécnico do Porto.

89 90
2.3. Estatísticas 2008

Estatísticas Semestrais B-On 2008

Edit. aip ebscohost sciencedirect taylor Total


francis
Jan 1 204 2517 2033 4755
Fev 3 224 1728 1644 3599
Mar 6 357 2944 2190 5497
Abr 3 460 3679 N/D 4142
Mai 9 318 3782 N/D 4109
Jun N/D 358 3405 N/D 3763
Total 22 1921 18055 5867 25865
N/D - Dados Não Disponíveis

Estatísticas Semestrais B-On 2007

Edit. aip ebscohost sciencedirect taylor Total


francis
Jan 3 193 1322 N/D 1518
Fev 1 497 1233 N/D 1731
Mar 3 249 3382 N/D 3634
Abr 3 197 1776 N/D 1976
Mai 1 250 1223 412 1886
Jun 4 373 1141 970 2488
Total 15 1759 10077 1382 13 233
N/D - Dados Não Disponíveis

3
APÊNDICE
(IN)FORMATIVO

91
Apêndice (In)formativo

Eng. Alberto Sousa Guimarães (FIPP)

A Electrotecnia no início do Século XX:

Uma visita guiada por entre textos e


instrumentos da época

Nos dias de hoje é difícil imaginar o estado do conhecimento


sobre a electricidade no início do século XX.

É muito usual, quando nos referimos a algum acontecimento


que presenciámos em tempos já afastados, dizermos “parece
que foi ontem”. No entanto, quando entramos no campo da tec-
nologia, e da Electrotecnia em particular, a rapidez da evolução
dos conhecimentos em particular na segunda metade do século
passado, ficamos atónitos ao verificar quão incipiente estava o
desenvolvimento científico nestas matérias há pouco mais de
sessenta ou setenta anos.

Para ilustrar o que acabo de dizer vou referir alguns excertos de


um volume de Lições de Electricidade coligidas a partir das au-
las da respectiva cadeira leccionada na Faculdade de Ciências
Universidade do Porto nos finais dos anos 30.

Logo no início desse texto, no capítulo referente aos Conduto-


res da Electricidade, afirma-se que existem dois tipos de con-
dutores:
- Uns, como os fios metálicos (de cobre, por ex.) em que da pas-
sagem de uma corrente eléctrica através deles apenas resultam
certos fenómenos físicos mas não são modificadas as proprie-
dades deste condutor. São os condutores de 1ª espécie;
- Outros, como as soluções de ácidos, bases ou sais, em que a
passagem da corrente eléctrica provoca a sua decomposição.
São os chamados condutores de 2ª espécie ou electrólitos.
Ao fenómeno de decomposição dá-se o nome de electrólise.
Verifica-se que os produtos da decomposição aparecem unica-
mente à superfície dos eléctrodos, nunca na massa líquida:
- A parte constituída pelo metal (no caso dos sais ou das bases)
ou pelo hidrogénio (se o electrólito for um ácido) aparece no
pólo negativo (o cátodo);
- O radical OH (se o electrólito for uma base) ou o resto da
molécula (no caso dos ácidos ou dos sais) aparece no ânodo (o
pólo positivo).

A electrólise de uma solução diluída de Cloreto de Sódio (ClNa)

Para explicar os fenómenos da electrólise admitia-se a hipótese


de Arrhenius que postulava que a decomposição não é produzi-
da pela passagem da corrente, resultando apenas da dissolução.
Assim, a molécula do electrólito encontra-se dissociada em
elementos carregados de electricidade positiva e negativa cuja
soma algébrica é nula. Estas partículas electricamente activas
chamam-se iões.

94
Como consequência da medição da massa dos produtos depo-
sitados em cada um dos eléctrodos concluía-se que cada ião
electrolítico transportava uma carga igual a um múltiplo de uma
carga elementar que, pelo facto de nunca se terem observado
cargas de uma ordem de grandeza inferior à da carga de um ião
electrolítico conduzia a supor que elas não podiam existir.

Experiência para provar a electricidade num condutor isolado

No texto que vem a ser seguido referia-se em seguida que exis-


tem vários processos de electrização: por fricção, por contacto,
por compressão, por aquecimento, por incidência de luz ultra-
violeta e por influência. Vamos referir apenas duas pelas suas
aplicações práticas à época.

Electricidade positiva e Electricidade negativa


A Electrização por Contacto
É curiosa também a teoria referente ao Campo Electrostático.
Verificava-se que friccionando uma vareta de vidro e aproxi- Se se colocasse em contacto um sector de zinco e outro de co-
mando-a de um pêndulo eléctrico este era atraído. Mas se se bre, uma vez que o número atómico do zinco é 30 e o do cobre
repetisse o processo com uma vareta de resina o pêndulo era é 29, o número de electrões que passariam do zinco para o cobre
repelido. Daí a conclusão da existência de dois tipos de elec- seria, antes de se estabelecer o equilíbrio, maior do que os que
tricidade: passariam em sentido contrário. Assim o zinco ficará electriza-
- Uma electricidade vítrea ou positiva; do positivamente. Designava-se este fenómeno por Efeito de
- Outra resinosa ou negativa. Volta, por explicar o funcionamento das pilhas eléctricas cujo
percursor foi a chamada Pilha de Volta, o primeiro dispositivo
Daí ter sido proposta a Teoria de Symmer, segundo a qual todos a gerar electricidade sem a intervenção de animais, frequente-
os corpos no estado neutro contêm dois fluidos, o vítreo e o re- mente rãs, devido à humidade da sua pele.
sinoso, em partes iguais de modo que os seus efeitos se neutra-
lizam. O excesso de fluido vítreo corresponderia a o corpo estar
electrizado positivamente; se o excesso fosse do fluido resinoso
a carga eléctrica seria negativa.

No entanto, esta teoria era já considerada ultrapassada, se bem


que o simples facto da sua referência faz supor que não estaria
totalmente posta de lado.

Para a substituir apareceu a chamada Teoria “Moderna”, se-


gundo a qual os átomos seriam constituídos por corpúsculos de
electricidade, havendo um núcleo e os electrões satélites. Os Efeito de Volta – Pilha de Volta
corpos condutores teriam um grande número de electrões sa-
télites que podiam facilmente passar de umas moléculas para
outras, o que já não acontecia nas substâncias más condutoras.

É de lembrar que a teoria de Niels Bohr para a estrutura do


átomo só começou a ser levada a sério nos anos 20 do século
passado.

Assim, se conseguirmos tirar electrões a um corpo este fica


electrizado positivamente; se lhe conseguimos juntar electrões
ele fica electrizado negativamente.

- Nos corpos condutores a electricidade se pode deslocar livre-


mente; Pilha de Léclanché

- Nas substâncias más condutoras a electricidade fica limitada à


zona onde foi introduzida. A resistência oposta pelos electrões
nestas substâncias à modificação do seu estado de equilíbrio é
comparável à oposta pela corda de um relógio!!!

Apesar do que acima se referia verificava-se, no entanto, que


num condutor isolado a electricidade não existe senão na su-
perfície exterior.

95 96
A Electrização por Influência Uma constatação: numa barra magnetizada a Virtude Magné-
tica manifesta-se com mais intensidade na vizinhança das suas
A Electrização por Influência ou por Indução verificava-se extremidades, que se chamam pólos do íman.
quando se aproximava um corpo electrizado de um corpo con-
dutor. Na experiência que ilustrava este fenómeno e que se re- Uma outra constatação: a magnetização induzida também pode
produz na figura, ao aproximar-se a esfera carregada do cilindro ser produzida colocando-se a barra de ferro no interior de uma
metálico observava-se o afastamento entre os pares de lâminas bobina percorrida por uma corrente eléctrica. Assim surgiram
de ouro (metal usado por ser muito dúctil e maleável) coloca- os electroímanes como o da figura.
das nas extremidades do mesmo. Este afastamento era devido
à deslocação das cargas do mesmo sinal das da esfera para a
extremidade oposta do cilindro e das de sinal contrário para
a extremidade mais próxima de esfera. Afastando-se as duas
metades do cilindro o afastamento mantinha-se uma vez que
as duas metades ficavam então carregadas, se bem com sinal
contrário.

Electrização por influência


Electroíman
O afastamento das folhas de ouro, como resultado da repulsão
que se verifica entre cargas do mesmo sinal, está na base da Finalmente, uma breve referência ao capítulo da Indução.
criação dos primeiros aparelhos destinados a medir diferenças
de potencial os Electrómetros de folhas de ouro, ainda utiliza- Corrente induzida é aquela que tem lugar num circuito fechado
dos na altura, pelo menos em experiências laboratoriais. pelo facto de se fazer variar, por um processo qualquer, o fluxo
de indução magnética que o atravessa. A demonstração era feita
usando um íman permanente ou uma bobina percorrida por uma
corrente eléctrica conforme se mostra nas figuras juntas.

Indução através de uma bobina

Electrómetro

Um outro capítulo interessante, particularmente pela linguagem


utilizada que reflecte um certo mistério, é o respeitante aos fe-
nómenos magnéticos.

Era conhecido que existem na natureza substâncias, chamadas


ímanes naturais, que apresentam a propriedade de atrair a lima-
lha de ferro.

Se se aproximar uma barra de ferro de um íman ela adquire as


propriedades de um íman. Indução com íman permanente

Trata-se de Magnetização Induzida. No primeiro caso era necessário movimentar o íman para den-
tro e para fora da bobina, verificando-se o desvio da agulha do
Se se usarem barras de aço e campos magnéticos intensos, a medidor de corrente num e no outro sentido, respectivamente;
magnetização torna-se permanente. É assim que se fabricam os no segundo caso, o estabelecimento e a da corrente na bobina
chamados ímanes artificiais. indutora e a sua extinção produziam o mesmo efeito.

97 98
Passemos agora à descrição resumida de alguns aparelhos e má- No capítulo dos aparelhos de medida a diversidade encontrada
quinas que se encontram na literatura técnica da época. era enorme. Nas figuras abaixo apresentam-se dois medidores
de intensidade de corrente.

Bússola de tangentes Galvanómetro Deprez e d’Arsonval

Primeiro uma Bússola de Tangentes que não é mais do que


Máquina Electrostática de Ramsden uma bússola colocada no interior de uma bobina que vai ser
percorrida pela corrente eléctrica a medir. Quanto maior esta
Os primeiros aparelhos utilizados para carregar condutores for maior será o desvio da agulha da sua posição de equilíbrio
eram as Máquinas Electrostáticas. Usavam a fricção sobre um podendo assim avaliar-se o seu valor.
disco de vidro rotativo e umas escovas metálicas recolhiam as
cargas eléctricas para umas esferas. Eram utilizadas para provo- O segundo aparelho é um galvanómetro, cujo princípio já é
car descargas, muitas vezes em animais e até pessoas!!! mais aproximado dos aparelhos actuais. Neste caso a corrente
eléctrica a medir percorre uma bobina suspensa por um fio en-
tre os pólos de um íman. A bobina rodará de um ângulo tanto
maior quanto maior for a corrente que a percorre. Um pequeno
espelho acoplado permitirá medir esse ângulo por reflexão de
um feixe de luz sobre uma escala graduada.

A medição de resistências era feita a partir de resistências pa-


drão colocadas em caixas apropriadas, as chamadas Caixas de
Resistências como a da figura.

Bobina de Ruhmkorff

Posteriormente apareceram as Bobinas de Ruhmkorff, que se


baseavam no princípio da indução: a uma bobina com um nú-
cleo de ferro era aplicada uma corrente eléctrica; essa bobina
induzia uma corrente eléctrica numa bobina secundária com um Caixas de Resistências Resistências Padrão
número muito mais elevado de espiras, provocando assim uma
diferença de potencial muito elevada nos terminais desta; para Um sistema de chaves metálicas como as representadas permi-
haver variação do campo magnético e, consequentemente, cor- tia seleccionar os valores pretendidos. Para se determinar o va-
rente induzida o núcleo de ferro actuava como um electroíman lor de uma resistência desconhecida usavam-se vários métodos
que atraía um peça de ferro acoplada a um seccionador que cor- de medida, dos quais o mais comum era a Ponte de Wheatstone,
tava a corrente na bobina primária; deixando de haver corrente cujo princípio de funcionamento é conhecido. Na figura apre-
o electroíman deixava de actuar e o seccionador estabelecia de senta-se uma destas pontes.
novo a corrente eléctrica.

A aplicação destes aparelhos era também a produção de des-


cargas eléctricas.

Outros dispositivos curiosos eram as Garrafas


de Leyden. Consistiam inicialmente em garra-
fas de vidro revestidas externamente com um
invólucro metálico cheias de água, eventual-
mente com sal ou ácido, nas quais se introduzia
um condutor metálico isolado por uma rolha. Ponte de Wheatstone
Electrizando-se o condutor interior este manti-
nha a carga: eram os primeiros condensadores. Como vimos atrás, a variação do campo magnético ao qual es-
Eram mais uma vez utilizados, principalmente, tava sujeita uma bobina produzia corrente eléctrica nesta. Como
para provocar descargas eléctricas. Na figura não era prático movimentar o íman surgiu a ideia de fazer girar
apresenta-se um aparelho deste tipo do que se a bobina onde iria ser induzida a corrente eléctrica.
pode chamar de última geração…
Garrafa de Leyden

99 100
As figuras apresentam um modelo de cada um destes tipos.

Dínamo Desroziers Dínamo Brown-Bovery e Cª


O colector
A tracção eléctrica surgiu nesta altura. A figura apresenta-nos
Para obviar à mudança de sentido desta quando o fluxo mag- um exemplo de aplicação nos Carros Eléctricos ainda na me-
nético atravessasse a bobina em sentido oposto foi criado o mória, e na saudade, de muitos dos portuenses.
chamado colector, que era apenas um anel metálico interrom-
pido sobre o qual duas escovas metálicas recolhiam a corrente
alternando assim a extremidade da bobina com que estavam em
contacto. Foi o princípio das máquinas eléctricas como as co-
nhecemos hoje.
No que diz respeito a máquinas eléctricas encontra-se uma mui-
to vasta descrição de diferentes modelos, fazendo sobressair a
evolução tecnológica da altura e os diversos centros de pesquisa
e fabrico que, cada um à sua maneira, procuravam as melhores Vejamos também, muito rapidamente e para terminar, as apli-
soluções técnicas. cações da electricidade nas compôs da iluminação e das comu-
nicações.

Arco eléctrico

A iluminação eléctrica começou por ser baseada no arco eléc-


trico:
Magneto Gramme Quando se aplica uma diferença
de potencial elevada entre dois
eléctrodos consegue-se fazer
saltar uma faísca; se se conse-
guir manter em permanência
essa faísca tem-se uma fonte
luminosa. Uma vez que os eléc-
trodos vão sendo corroídos era
necessário um sistema mais ou
menos complicado como o da
Alternador Labour Alternador d’Oerlikon figura para manter a distância
Iluminação por arco eléctrico entre eles constante.
Nas imagens mostram-se três máquinas de corrente contínua,
escolhidas por representarem três estádios distintos de desen- Foi assim que se iluminou a exposição de Bruxelas do final do
volvimento: uma primeira em que o campo magnético indutor século XIX.
é proporcionado por um grande íman permanente; no segundo
caso o íman é substituído por um electroíman, visível do lado Um sistema mais simples foi o das chamadas velas eléctricas,
exterior; e uma terceira máquina em que há várias bobinas in- em que os eléctrodos eram colocados paralelamente e a faísca
dutoras embebidas na carcaça da máquina. ia-se deslocando ao longo deles à medida que estes se iam des-
gastando.
Todas estas máquinas são de corrente contínua. A corrente
alterna surgiu posteriormente mas teve a oposição de muitos
cientistas da época que se recusavam a utilizá-la, como foi o
caso de Edison.

No entanto as suas evidentes vantagens e versatilidade acaba-


ram por impô-la nas instalações industriais de todo o género. As
primeiras máquinas seguiam o mesmo princípio das de corrente
contínua mas com colector não interrompido, pois não era ne-
cessário manter a corrente eléctrica sempre no mesmo sentido.
Só mais tarde apareceu a ideia de, uma vez que a corrente ge-
rada era muito maior do que a das bobinas indutoras, trocar a
posição relativa dos circuitos, passando as bobinas indutoras
a girar e colocando os induzidos embutidos na carcaça da má-
Vela eléctrica Candeeiro com vela eléctrica
quina.

101 102
Foi Thomas Edison que, como se Entretanto Bell inventou o telefone.
sabe, inventou a lâmpada eléctri- Uma pastilha muito fina vibrando sob a
ca. Depois de muitas experiências acção de ondas sonoras fazia mover um
e usando um filamento de bambu núcleo ferromagnético no interior de
carbonizado dentro de uma am- uma bobina. Esse movimento provocava
pola em que fez o vazio, conse- correntes induzidas na bobina que estava
guiu que a sua lâmpada funcio- fechada através da linha de transmissão.
nasse durante quarenta horas. No lado do receptor produzia-se o fenó-
Ele próprio, bem como muitos outros cientistas e inventores, meno inverso e obtinha-se a reprodução
procurou melhorar os resultados obtidos usando os mais di- do som que tinha originado a variação da
versos tipos de filamento e de enchimento das ampolas com corrente eléctrica.
gases inertes que obstassem à fusão desses filamentos. As figu- Telefone de Edison
ras apresentam alguns dos muitos tipos de lâmpadas que foram
sendo patenteadas por essa altura. Posteriormente este sistema foi sendo aperfeiçoado, inclusive
por Edison (quem mais poderia ser!). As figuras apresentam
estes dois tipos de microfone.

Telefone de Bell

Antes de terminar gostaria de fa-


O primeiro sistema de comunicações a longa distância foi o zer referência a um curioso livro de
telégrafo eléctrico. “Electrotecnia para Amadores” dos
finais dos anos 30 e onde se ensinam
os amadores a construir um varia-
díssimo número de curiosos apare-
lhos eléctricos, o que demonstra o
interesse que estes assuntos já então
despertavam. Por falta de espaço vou
apenas referir três que ilustro com
imagens retiradas do referido livro.

Telégrafo Morse

Nesse sistema o operador usava um interruptor que ligava uma


bateria à linha que o interligava ligava ao destino para onde se
queria enviar a mensagem. Aqui a linha actuava sobre um elec-
troíman ao qual estava acoplada uma caneta que era empurrada
sobre uma tira de papel em movimento contínuo accionada por
um sistema de pesos. Conforme o tempo em que o interruptor Um motor eléctrico
estava fechado fosse menor ou maior obtinha-se nessa fito um
ponto ou um traço. Um alfabeto formado por grupos de traços e
pontos, o alfabeto Morse, permitia então a codificação de letras
e, consequentemente, palavras e frases completas.
Este sistema foi o avô do actual SMS!

Uma campainha eléctrica Um relógio eléctrico

Esquema do telégrafo Morse

103 104
Para fazer lembrar estes tempos pioneiros a Biblioteca do IPP
promoveu, com a colaboração do Museu Parada Leitão uma
exposição que intitulou “Da Electricidade à Electrotecnia”.

Esta exposição contou com um pequeno número de aparelhos


pertencentes ao espólio do Museu. Para não alongar ainda mais
este texto referirei apenas a peça mais curiosa em exibição: um
raro Motor de Electroímanes em perfeito estado de funciona-
mento.

Motor de Electroímanes

105

Você também pode gostar