Você está na página 1de 8

Roberta Reis​ - ​robertaredatora.com.

br
Portfólio nada mais é do que uma amostra dos seus trabalhos para que os
potenciais clientes tenham a chance de conhecê-los na prática.

Podendo ser aplicado por profissionais de várias áreas, o seu objetivo pode variar
bastante, como mostrar habilidades, qualidades, criatividade ou qualificações, gerar
autoridade, etc.

Mas o mais importante é apresentar os seus melhores trabalhos, afinal, ninguém se


orgulha de trabalhos medíocres, não é mesmo?

E apesar da maior parte dos profissionais utilizarem aqueles realizados para clientes
reais, nós, Redatores Freelancers, não poderemos fazer isso na maioria das vezes.

São 2 os motivos:

1 - Você será o ghost writer de praticamente todos seus clientes, ou seja, eles
publicam os textos como se eles mesmos tivessem escrito.

2 - O Google irá penalizar o ranqueamento de textos iguais na internet.

Sendo assim, é complicado publicar textos de clientes reais porque mesmo que eles
autorizem, você não vai querer prejudicá-los de conquistar a primeira página do
buscador, certo?

Bom, até agora a minha intenção foi apenas explicar o que é e para que serve um
portfólio.

Só que o conteúdo desses primeiros parágrafos você encontra facilmente se fizer


algumas pesquisas na internet.

E eu não quero te dar informações que qualquer um daria.

Como sempre, quero oferecer algo realmente relevante e que ninguém ainda se deu
conta.

É justamente isso que vou mostrar agora!

Roberta Reis​ - ​robertaredatora.com.br


Para que REALMENTE serve o portfólio?

A resposta é curta e grossa: quebrar objeções!

Sim, o real e único objetivo do portfólio é quebrar as objeções dos seus futuros
clientes.

Isso pode parecer estranho, mas você vai ver que não é não.

E é por não entender esse simples objetivo que muitos freelancers colocam em
seus portfólios trabalhos incríveis, mas que não ajudam a conquistar um cliente.

Como assim?

Pensa comigo… ninguém acorda pela manhã com um desejo incontrolável de ver
textos de redatores na internet, certo?

Isso significa que quando um possível cliente vai olhar o portfólio, ele já percorreu
vários pontos da proposta e finalmente está considerando contratar o serviço.

Portanto, esse é o último passo dela!

E é claro que se o portfólio estiver bem feito, a chance de conquistar o cliente vai
aumentar consideravelmente.

Vamos agora entender algumas objeções que ele pode ter ao analisar o portfólio?

Veja só:

- o redator entende do meu mercado?


- o redator é capaz de gerar o resultado que preciso?
- o redator é capaz de escrever na minha linguagem?
- o redator entrega no prazo?
- o redator é um profissional?

Nesse momento você já deve ter percebido que o portfólio vai muito além de um
simples exemplo de texto, certo?

No final das contas, ele é parte extremamente estratégica e fundamental de uma


proposta irresistível.

Roberta Reis​ - ​robertaredatora.com.br


Como usar o portfólio na sua proposta?

Sabendo que o portfólio é parte da proposta e que o seu objetivo é quebrar


objeções, o próximo passo é entender como usá-lo.

Independentemente se você está prospectando em plataformas para freelancers ou


redes sociais ou se está fazendo contato ativo com empresas, analisar a
necessidade dos clientes é fundamental.

Portanto, quanto mais personalizada for a sua proposta, maiores serão as chances
de conquistá-los.

Em outras palavras, quanto mais próximo o seu portfólio estiver da necessidade


desse prospect, melhor.

Vamos criar um cenário possível?

Uma nutricionista precisa publicar artigos em seu blog para gerar acessos no site,
ganho de autoridade no mercado e, possivelmente, o agendamento de consultas.

Você mandou uma proposta, e tanto o preço quanto as suas condições estão dentro
do que ela precisa.

Agora essa profissional vai ver um artigo do seu portfólio que fala sobre “Como
organizar festas infantis” e outro sobre “Como economizar tempo e dinheiro em
reforma residenciais”.

Por mais que sejam ótimos textos, você acredita que ela vai se conectar com esse
portfólio? Não!

E agora? Tudo está perdido?

Também não!

Lembre-se de que a ideia é aumentar as chances do cliente fechar um projeto e,


apesar de a nutricionista não se conectar com esses temas, ela consegue
facilmente analisar a qualidade do seu trabalho.

Mas e se você enviasse um texto sobre “10 formas para se exercitar em casa” e
outro sobre “Como melhorar a qualidade do seu sono”?

Roberta Reis​ - ​robertaredatora.com.br


Acredita que aumentaria a conexão? Certamente!

Afinal, mesmo não sendo textos sobre nutrição, eles estão ligados a saúde e
bem-estar, assuntos bem mais próximos do mercado da nutricionista.

E se esses textos estiverem com a mesma linguagem e CTA (“call to action” ou


“chamada para ação”, em português) que ela precisa, as chances aumentarão ainda
mais.

Portanto, escreva textos sobre diversos assuntos diferentes e use para cada cliente
aqueles mais próximos dos seus mercados.

Como fazer isso?

Continue lendo esse material que você já vai descobrir!

Quantos textos devem ter no seu portfólio

Por tudo que eu disse até agora, você deve estar pensando que precisa ter uma
infinidade de textos no seu portfólio para atender todos os mercados.

É quase isso!

Se eu fosse iniciante nessa profissão e tivesse poucos ou nenhum cliente, eu


certamente iria atrás de escrever diversos textos diferentes.

Dessa forma estaria melhorando a minha escrita graças à prática constante e


tornando o meu portfólio cada vez mais poderoso.

E se você refletir sobre o assunto, vai perceber que o número de mercados não é
tão grande assim.

Além disso, você pode apostar em um texto que envolva saúde e bem-estar, por
exemplo, e que pode ser utilizado para uma ampla quantidade de clientes da área
da saúde.

No portfólio do meu site eu tenho 8 artigos visíveis e muitos outros ocultos voltados
para negócios e todos os meus clientes atuais são dessas áreas.

Você acha que é coincidência?

Roberta Reis​ - ​robertaredatora.com.br


Portfólio progressivo

Se você é iniciante, obviamente não terá um portfólio cobrindo todos os mercados,


nichos e subnichos em apenas uma semana.

Mas eu recomendo que tenha no mínimo 3 textos e que desenvolva todos os meses
novos artigos relacionados a mercados e nichos que ainda não escreveu.

Essa é uma boa forma de evoluir o seu portfólio com o tempo até que ele se torne
realmente poderoso!

Como montar o seu portfólio

Como eu disse antes, recomendo que você crie pelo menos 3 textos de mercados e
nichos diferentes.

Eles devem ter entre 600 e 800 palavras e seguir todas as técnicas de escrita para
blogs.

Menos de 600 corre o risco de ficar superficial e mais de 800 fica muito longo e o
que você quer é facilitar a vida do cliente, certo?

Se não tiver ideia de temas, a minha recomendação é que acesse uma plataforma
para redatores, encontre algum projeto interessante e escreva o texto como se
fosse para um cliente real.

É isso mesmo! Pense com a cabeça do seu cliente fictício e não com a sua, afinal, o
texto tem que ficar interessante para o prospect que vai ler e é claro que ele precisa
observar o seu esforço em ajudar qualquer outro cliente.

E não se esqueça de aplicar o SEO, pois essa é uma das habilidades mais
esperadas pelo mercado.

Por fim, escolha uma imagem de capa atraente para publicar na página desse
artigo.

Isso aumenta a sua autoridade, pois mostra que você é um profissional que entende
de internet e está atento aos detalhes.

Roberta Reis​ - ​robertaredatora.com.br


Uma das estratégias avançadas

Lembra que eu falei que o objetivo do portfólio é matar objeções e que se o cliente
parou para analisá-lo é porque já considera contratar o serviço?

Pois bem, com o portfólio certo conseguimos mostrar a qualidade do nosso trabalho,
que entendemos do mercado do cliente e que temos a linguagem que ele se
identifica.

Agora ele está completamente conectado com o nosso texto.

Será que é possível fazer algo mais? O que você acha?

É sim!

Só que durante muitos anos eu não fiz isso que eu vou te ensinar agora.

Então fica atento à frase abaixo:

Adicione depoimentos de clientes.

Simples, não é? É sim, e sabe o que mais?

Ninguém faz isso!

Hoje, quando esse cliente termina de ler o texto, ele já se depara com depoimentos
reais falando sobre o meu trabalho.

Assim eu consigo quebrar ainda mais objeções, além de usar um gatilho mental
infalível: o da prova social.

Agora ele tem a certeza de que pode contratar os meus serviços, afinal, outras
pessoas que contrataram ficaram realmente satisfeitas.

Consegue perceber a real importância do portfólio e quanto ele pode ser estratégico
na sua proposta?

Roberta Reis​ - ​robertaredatora.com.br


Como enviar o portfólio para um cliente

Inclua o link do texto que mais se encaixa naquela proposta que vai direcionar esse
cliente para o seu site.

Você não tem um site?

Envie em PDF, mas aí vai ficar estranho colocar os depoimentos.

Fora que o site mostra muito mais profissionalismo. Lembre-se de que isso também
é uma forma de quebrar objeções.

E aí, quer aprender a escrever para blogs, e-books e montar um


portfólio profissional?

Então dá uma olhada na página do Treinamento Redator 5K.

É ele que vai te tornar um Redator Profissional requisitado no mercado.

Inclusive, os alunos recebem de bônus os seus próprios sites para


publicar o portfólio e divulgar os seus serviços, contatos, blogs,
depoimentos de clientes e muito mais.

Quero conhecer o Treinamento Redator 5K

Caso tenha alguma dúvida, pode me enviar um e-mail ou um direct no Instagram.

Email: ​contato@robertaredatora.com.br

Instagram: ​https://www.instagram.com/redatoraroberta/

Roberta Reis​ - ​robertaredatora.com.br

Você também pode gostar