Você está na página 1de 196
Portugués vie elee ey Livro do Aluno Luisa Coelho | Carla Oliveira (Goole ecto leo M ee ROyCGe) Lites cel Fell} Pron ise oy someon SR eS: . ee sexta assrtia de um potcoo como Games ~ nettuto da Cooperagao ¢ da Lingua, ave ws dest Aide! cu ene cals para promogtoterraioal da ngu portuoesa Sanur de enicades Excios Demeucho Cit sips Tenicas, Ld fun. Esta, 163, De. - 1040057 Lisboa ToL 954213 511 48 get@ielot| Projetos de edgao: edtoraislidel pt writ Lomas Av. Praia da Vitoria, 14 A ~ 1000-247 Lisboa Tel: 4951 219511 48 svara@ide!pt Copyright ©2017, Lidel- Edis Técricas, Lda. ISBN edigdo impressa: 978-989-752-217-8 1 ecigao impress: feverero 2017 Feimpressto de juno 2019 Concepio de layout e paginagio: Pedro Santos Imoressdo e acaberento: Cafes - Solugbes Grficas, Lda, - Venda do Pinheiro Depesito Legal: 421326/17 Capa: José Manuel Reis Fotograias: varios (vr paginas 195-196) Fairas Audio \ozes: Ana Viera, Bérbara Lourengo, José Alves e Paulo Espirito Santo Execugéo Tecnica: Emanuel Lima 46 2017 - Lise! Osa Todos 08 dritos reservados ‘Todos 05 nossos vos passam por um rigoroso controlo de qualidade, no entanto aconselhamos a consulta periddica do nosso site (www.lidel.pt) ara fazer 0 download de eventuais corregdes. Feservads todos 0s direitos. Esta publicago ndo pode ser reproduzida, nem transmitida, no todo ou em parte, por qualquer Processo eetnico, mecdnico,fotocépia, digtalizagdo, gravagdo, sistema de armazenamento @ disponibilzago de informagdo, site Web, blogue ou outros, sem prévia autorzacdo escita da Editora, exceto o permitido pelo CDADC, em termos de cépia privada Pela AGECOP - Associaglo para a Gesto da Gépia Privada, através do pagamento das respetivas taxas. Prefacio Dando sequéncia a0 manual anterior, Portugués em Foco 1, a Editora Lidel promove agora a publicagdo deste novo volume, com 0 titulo de Portugués em Foco 2, dirigido igualmente a estudantes que desejam aprofundar os seus conhecimentos da lingua de Camées. Segue-se aqui também a metodologia da abordagem comunicativa tal como € definida no Quadro Europeu Comum de Referéncia para as Linguas ~ Aprendizagem, Ensino, Avaliagéo (QECR), elaborado pelo Conselho da Europa, que o fez publicar em 2001, e disponivel em versao portuguesa, desde esse mesmo ano, patrocinada pelo Ministério da Educagao de Portugal. Enquanto 0 volume anterior oferecia um curso de iniciacdo, correspondente aos Niveis A1/A2 do QECR, esta nova publicacio visa atingir o Nivel B1, ou seja, 0 3.° nivel do elenco de seis, definidos naquele Quadro (aos quais se juntaréo B2, C1 e C2). Continuamos assim a corresponder ao desafio que nos foi lancado pela Lidel no sentido de levar a cabo a elaboracao de materiais pedagégico-didaticos que possam contribuir eficazmente para o ensino do Portugués a aprendentes estrangeiros. O programa que se apresenta logo no inicio é depois desenvolvido ao longo de 12 unidades didéticas de forma meticulosa e progressiva, procurando propiciar aos aprendentes a aquisi¢ao dos conhecimentos necessérios, quer no que respeita as estruturas gramaticais, quer no que concerne ao vocabulério, para atingir as metas do Nivel B1, ou seja, um dominio satisfatério das capacidades de compreensao e expresso orais, por um lado, mas também das competéncias de leitura e de produgao escrita adequadas, por outro. O manual apresenta didlogos vivos e dinamicos, que visam retratar situacdes de comunicacao assentes na realidade e favorecem a aprendizagem dos usos linguisticos correntes na norma-padrao do Portugués Europeu. ‘Aexplanagao do programa é acompanhada, ao longo das diferentes unidades diditicas, por explicagées gramaticais e vocabulares necessérias ao correto dominio da lingua. O presente manual, tal como o anterior, beneficia da vasta experiéncia de ensino das autoras em cursos de Portugués para Estrangeiros, ministrados na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, ao longo de muitos anos e para publicos diversificados. Portugués em Foco 2, 8 semelhanga do anterior, beneficia desta vasta e rica experiéncia pedagégica. Joao Malaca Casteleiro Introducao Portugués em Foco 260 segundo volume de uma coleco de manuais dirigidos a adolescentes © adultos aprendentes de Portugués como Lingua Estrangeira ¢ esta dividido em doze unidades de aprendizagem. (O manual que agora se apresenta foi organizado em areas tematicas e vocabulares associadas ao nivel B1 — Nivel Limiar. Deste modo, ao continuar a aprendizagem com Portugués em Foco 2, 0 aprendente ird reforgar competéncias comunicativas que Ihe permitirao nao sO formar frases gramaticalmente corretas, mas principalmente interagir com outros falantes, utlizando estruturas apropriadas para cada situacao de comunicago do quotidiano e também ne dominio do estudo e do trabalho. Assim, cada uma das doze unidades permitiré que o aprendente desenvolva estas competincias, quer através do trabalho com o texto escrito (onde as situagdes de comunicagao sao evidentes), quer através de propostas para trabalho oral Portugués em Foco 2 apresenta’ Textos Escritos + Servem de base para 0 trabalho com vocabulario especifico relacionado com as areas tematicas; * Sao utilizados para evidenciar e contextualizar situacdes comunicativas relativas ao nivel limiar; * Esto gravados e disponiveis em www lidel pt, servindo para trabalhar a compreensao oral, a pronincia, a repeti¢ao oral de estruturas, etc.; * Acompanham a progressio na aprendizagem, quer no que se refere 8 sua tematica principal, quer no que se refere aos aspetos estruturais da lingua; * Server para apresentar o léxico da rea tematica em contexto comunicative: * Ostextos sao atuas, fabricados ou reals, cumprindo sempre os objetivos propostos para o nivel de aprendizagem. ‘icios ace ns do uma abordagem tetidos gramaticals, ica eee gramaticais utilizan 1a explicitacao dos con xtos comunicativos @ fur etos «Este manual apresenta 08 SP comunicativa. Assim, embora haja um re utilzados em conte ncionam como um estes serao sem instrumento para uma comunicaga? correta;, ai A cordo com @ * Os aspetos gramaticals apresentam uma progresséo que esta de at progresséo prevista para cada uma das unidades; ios gramaticais para praticar as «Ao longo das unidades existem dversos exere! regras que so ensinadas; «Os exercicios permite que 0s alunos utilizem as novas regras gramaticais que aprenderam e que reutilizem as anteriores. Exercicios de Compreensao Oral Uma vez que a compreensao oral é tao importante como as restantes competéncias, em cada unidade haveré um trabalho exaustivo para o desenvolvimento desta competéncia. Assim, 20 longo do manual poder-se-do encontrar diversas tipologias de exercicios, tais como * Textos gravados com perguntas de interpretagao; * AudigSo de frases simples para detetar vocabulario tematico; * Audicao de frases e pequenos textos para ouvir e responder; Audicao de pequenas frases e textos para relacionar com situagdes de comunicagao tipicas para o nivel limiar. Exercicios de Expressao Oral A expressao oral, tal como todas as outras competéncias, acompanha a tematica de base das unidades e a progressdo gramatical contextualizadas em situagdes comunicativas. Assim, com os exercicios e sugest6es para o trabalho da expresso oral, pretende-se: : * Utilizar oralmente os contetidos tematicos aprendidos; Simular situagées de comunicacao tipicas do nivel limiar; * Dinamizar a interacdo entre os aprendentes no espago de aula, criando situagbes que simulem as realidades que se pretendem trabalhar; * Criar um ambiente comunicativo controlado que permita ao professor acompanhar as situagdes propostas. © manual inclui ainda as solugdes dos exercicios propostos nos Testes de Revisdo. Portugués em Foco 2 apresenta um livro do professor que esté organizado conforme as unidades do livro do aluno. Em cada unidade existem indicagées precisas sobre as atividades a desenvolver na sala de aula Esperamos, pois, que o presente manual seja do seu agrado. Luisa Coelho Carla Oliveira 0. Vamos rever! Pag. 11 1. va era tarde quando tu chegaste! Pag. 23 + Acer dsc + Mostar compreensso * Comtar una hist eazandoa rovenpo += Conta um nciderte ampreende um bletin reser Peg euro «Present do ncicativo «Petro Pedi Smples do Incatvo «Preto inpereito do ndicatvo Pretérito Imperfeito do Indicative + Aspets drat erequntativo «= Compaar ages duratvs no pasado com ages pontais «= Preposges: regia verbal Pretérito Imperfeito do Indicativo + Locaar a narragio no passido '*Nomes: ginero Oey «+ Relembrar algursaspetos ramatcais aesociados aos nivels AVIA “ Rlatracbeshabituzis no passado e compar como presente “ Rlataracbes durativas no passado + Comprar aces duativas com aes portals Pedi eaceltardesculpas = Esrevermensagens «= Informar sobre aspetos cutis porugueses * Locale rarago no pasado + Conta isis incidents + Falar sobre o tempo meteoroligico + Compreender um boltim meteorlgico += Informar sobre aspetoscuturas portuguses chover. : * Veal e expresses sobre Pag. 35 temas 3. ‘Teserutharum acdente Pretéite Mais Que-Perfito Composto do Rlatar um acontecmento aes bonis, ais fel un fotos Indicatvo A polica ou aos seins de saide sooo, aondases Participio Passado “+ Relatr uma aio passadaaterior cua aio «+ Paci auda a um ranseunte «= Formas regulars e inegulares peat Pag. 47 + Fede suds portelefone Pedi juda «Fler sobre o estado fico ‘= Pronomescltics: forma de complemento dito e _* Petguntar sobre estadosfsicos ou mentais celocago do complementodrtonarase + Relatarestados ios ou ments + Relatar um facto jut das autoridades ] * Infomar sobre aspets cultural poruguees 4 * ltr umaviagen Pretérito Perfeito Composte do ‘+ Relatar ages duativas com relearn Tenho andado *£*e"umaninco Indicative terminada @ pensar * Responder aum anindo * Compreender um pequenoanincio em comprar ——* inquéitossobe exerienias _—_* ronomes dticos: forma de complement indeeto_» bora um anncio simples umacasano —_ devagen « clocagio do complement indreto na ase rs eae campo! “Um dia no SPA ou nas termas * Pronomesclticos:regras de colocagio dos “Relat experéncias especiicas sobre os rie. fom tchlncdanas eB + Pronames dics: contrago do complements a Gitoeidieomine ‘Siar sien pees citean crores 5. ** O programa Erasmus * Determinantese pronomes indefnidos varidveis Compara experiéncias de vids Viajar é «= Estudar fora do pais G i '* Relatar experiéncias de vida Ganharnovas — *Escaherumcusoluma pofssio _* Fomaréo do plural dos nomes * Compara sistemas deersin dferetes experiéncias! — + Uma entrevista aum estudante _°*Prosédiardstnguir frases declaratvas de frases + Informar sobre aspetos cuturais porugueses Pag, 69 Erasmus em Portugal interogatias © Lidel-Eaigbes Técnicas, La Ee eee este ee Cd Cee eid «Fazer um inserigo por telefone 6 + Maraces por teleone “Advil cues dri Qual éa * Fer un incigo por telefone _» Ciao dos advrbios «Pair infrmagies sobre bers seus por mensalidade —* *ounent = Diferenga entre tio tanto telefon do gindsio? ——_* Reso deconfitos + Mut adele ive + rguentor * Pepsi: raginiverbal ee oe mer «Infra sobre aspetoscuturasportugueses 7 ‘Pequenasnotasinfomatvas Dac dete nde “fg paz ona cach pr + Caras ifomas "+ Pinpais ves delaratios amigos aia ‘O que é que ‘ de corso sletérico se? *Mersagor de coi lt» Tanfomagi de formas verbs: reete do Eset oa mensagon : eae Cates Foi Indicative, Petita Preto Soles dolndcaivo _aaumainstuo apedrinfrmasies| Pag. 93 Teeuncninane poresstoo _ ¢Petetonperet do dato «= Ezreverua carta frma para ua insigio pests Mis «= rincpes gras de transfomaro de frases: | Vocational de saudagio [carts fois © demenstates, possesivs adverbs de tempo informs) cela et «Fula de despa carts formas © + Prepasges: em de pr, com informa) ‘= Ralatarde forma cota ecoerrte,cxalmente cu por esrto,o que aque dse ‘Completa expicaro significado de proverbs da ngua portuguese 8. ‘Texto nformainosImprensa)_ Vata evo passive Tansormaco de tases» Compreender otis daimprensa excita one ‘Texto dampens esta Passes de argo += Compreender textos ifomatves audio ojomal de ‘+ Texosinfomatvs (cio) ‘Passives de estado “+ Relatarfactos do quotidino hoje? + Paros passados pos “+ Retatanotics Pag. 107 + Prepasges: de, rte com, or em “ Restutra da otica + Completareexplcar significado de proves da ingua portuguesa ‘Testes infomatvos~Inprensa (ll Futuro Imperfeito do Indicative ‘ Compreener textes ifomatvsenaticosos i inp do indi reendr textos ifomat Serd que cle“ Tetsdsinpresn acta Formas verbas regulars ‘watandafaomasice : vai chegar += Textos informatvos(dudio) “+ Formas verbas terminadas em -2er ® Peet ao tore (race suidada e atrasado? * Compreendertetosnoticosos que expimem Pag. 121 ‘Mode Condicional() factos ‘Formas verbaisreqlrseiregures ‘Expres cones, fazer conte dar += Discuso diet e init) ‘= Trarslormaci de frases do dscuso deta Futuro Inger do ato) ods cto (Condiciona ‘+ Preposigesc,em, pa com, por sugestes com o ode Condor + Expresar dvd e incerta no passad com 0 modo Condon '* Completareexpcaro significado de provérios da lingua portuguesa Sani Cee en + Compreende @excrever texts relacionados ftv Pesca Impessal fiers Petree! aa + Fe mas = rape ae mn Procura-se “pepsin pees ve atc ECUMTUMANTICMS espose bol + Exreeruma carta de spreseraio eee «+ Proposes a, sobre, de, pr, com, en, 20 + Apresantarormerte ocurclo Pag. 183 ete pa eM aarp + Fazer proposas,contrapopestaearumentr rua entrevst para um enprego * Completare expla o significado de rovers da ngua portuguese - «= terogatnes: quem, onde, que, quite, quando Relatarsequncias de ages relacionadas com pine «poses poco inca wal eee cee eee epogetee ran lanes alin ait Sociie yao eles este * waexedevany ‘tins ano? : ae nee * Cope aes magi + Alganas rors tui racinados com vages, tase desinos Pag. 149 Pgs “ie + Complete expla sifcado de proverbs de Inga portuguese 12. Portugal Infntivo Pessoal Composto + Compreener texts inforatvslaconadas seeped feed meee «am for Contenal edges ss Portugal Moeda * Uso de frit Pessoal SimpleseComposto i ee Pees bite ave Soe + Apresertaro seu pas olnete pox esto csp les + Caratrzr a popula dose pais Apes _apesertandonimers epecertagers ain * Compltr expla osgnicado de sr ee rovers da ingua portuguesa + Conhecer ma lenda portuguesa + Un ato de Peruse Textos audio néo transcritos Pag. 173 Solucées dos testes de revisio Pag. 79 Glossario Pag, 183 Lista de faixas audio Pag. 193 UNIDADE NT Maka 'A. EXERCICIOS DE EXPRESSAO ESCRITA 4. Envie uma mensagem de correio eletrénico aos seus ar + Explique a razdo do jantar; ‘* Marque @ hora do inicio e do fim da festa; fe fica a sua casa e como chegar 3 * Indique ond idado deve levar. informe o que cada convi 2. Imagine que é um colega convidado para a festa, mas nao pod * Agradesa 0 convite; ‘ Recuse o convite; + Explique 2 razo de recusa. amos rever! 4 UNIDADE 0 3, Complete os didlogos. Na relojoaria pedro: Bom dia. © meu relégio deixou de funcionar e queria saber 0 que se passa. Funcionério: 2 Pedro: Sim. Ainda esta dentro da garantia Esté aqui a garantia e 0 recibo. Faca favor. Muito bem, 2 Provavelmente est pronto daqui a cinco dias, mas eu telefono-Ihe a avisar. Js ae eS Be Pedro: E 0 912345678. Na bilheteira do teatro ‘Ana: Boa tarde, =>) tS Sim, ainda temos bilhetes para hoje a noite. oe : ioe PRES, Funcionaria: A peca comega as 21h30 e acaba as 23h00. _ oe 2 Ana: Queria quatro bilhetes, por favor. _ w pas ee 2 Funcionéria: Sao 30€. B. EXERCICIOS DE EXPRESSAO ORAL 1. A partir das palavras da caixa, faga perguntas ao seu colega. pais / cidade / casa / familia / irmaos / idade 2.A partir das palavras da caixa, faga perguntas ao seu colega. 13 NIDADE 0 $ 3. O seu colega regressou de férias. De acordo com as imagens, faca perguntas a0 seu colega para saber onde foi, como foi, quando foi, o que fez, ete. C. EXERCICIOS DE COMPREENSAO ESCRITA 1. Leia o texto e responda as questées. Regressar as origens © Bernardo nasceu numa pequena aldeia do nordeste transmontano. Quando tinha 16 anos saiu da sua aldeia e foi para 0 Porto trabalhar. Ai viveu, casou aos 27 anos e teve dois flhos. Quando tinha 50 anos, resolveu mudar de vide. Estava farto da cidade, da confusdo, da poluigo, do barulho. Sentia falta do ar puro, da comida fresca e simples, de mexer na terra, de cultivar a sua propria alimentagao. Assim, decidiu voltar a sua aldeia. Com o dinheiro que poupou ao longo da vida de trabalho comprou algumas cabras e transformou-se em pastor, atividade que tinha praticado quando era crianca. Com o leite dos animais faz queljos e vende-os nos mercados lacais. Ganha mais dinhelio do que no anterior emprego na cidade, “E um trabalho duro porque nunca temos dias livres nem férias. Andamos @ chuva e ao ‘rio, mas prefiro isto a estar fechado numa fabrica 0 dia todo sem ver o sol.” ‘A mulher do Bernardo aprendeu a fazer queijos e as criangas brincam em segurens® no campo e ajudam os pais em pequenas tarefas. “Tornam-se mais responssvels 529 mais elizes. Aqui, nem se lembram da televisdo. Quando viviamos no Porto, passaver> horas em frente 8 televiséo. Aqui ha sempre tanta coisa interessante pare fazer © Pt? aprender!” A mae acredita que, no campo, os flhos também podem ter um bom fUtwo: ‘© Udel ages Tenis, Ld, Vamos ever! ¢ UNIDADE 41. Onde nasceu 0 Bemardo? 7. Caracterize 0 trabalho do Bernardo, 2. Com que idade é que deixou a aldeia? 3. Porque € que ele saiu da cidade? 8. Como é que a mulher do Bernardo contribui para a economia doméstica? 4, Qual é a atividade que ele tem agora? 9. Tendo em conta as palavras da mae, acha que as criancas 5. Ele jé alguma vez tinha feito 0 que faz agora? teniney ral elhonscoee borned 6. Ganha mais ou menos do que na cidade? a D. EXERCICIOS ESTRUTURAIS 1. Complete o texto com as formas verbais do Presente e do Pretérito Perfeito Simples do Indicativo. Um piquenique Ontem, a Marta____(decidit) fazer um piquenique com alguns amigos. Eles (9) para uma zona perto de uma praia fluvial, mas que também (ter) pinhal. € importante escolher um bom lugar para o piquenique ter sucesso, nao 6 verdade? Eles {it de carro com o André. © André ndo tem carro, mas ele__-0 (pedir) emprestado ao pai Quando _(chegar), __(estacionar)& sombra, ___(estender) umas mantas no chao e depois (resolver) tomarbanhono rio.__(brincar)na gua, ______(nadarle (fogar)& bola. Quando a fome (epertar), ___(sentarse)nasmantas, ____(p61) todaa comida em cima de uma toalhae ___ (comer) com muito apetite tudoo que ___(trazer) de casa. __tegressar) a casa as 17 horas. Na (poder) ficar maishoras, porque o tempo (comegar) a arrefecer, No entanto, _____(divertirse) menso.__ (ser) um dia muito bem passado 6 UNIDADE 0 2. Responda as perguntas sobre o texto do exercicio anterior. ig0s foram ontem? 4. Onde é que a Marta e 0s 2, Como € que eles foram? 3. O que fizeram quando chegaram ao local do piquenique? 4, A que horas regressaram a casa? Porqué? 5. Eles gostaram do dia? Qual é a expressio do texto que dé essa indicagao? 3. Complete o texto com as formas verbais do Presente, do Pretérito Perfeito Simples e do Pretérito Imperfeito do Indicativo, A festa de anos do Manuel O Manuel (fazer) 19 anos na quinta-feira passada. Em casa, os pais (preparar) um jantar especial. ________(convidar) a avé e a tia Filomena. A mae (fazer) um bolo de aniversario e, no fim do jantar, todos __ (cantar) 0s parabéns. O Manuel (receber) prendas de toda a familia. No entanto, ele ________ (ter) de se deitar cedo, porque o dia seguinte (ser) um dia normal de trabalho e escola. (decidir) fazer uma festa (fica (viajar) pare Apesar de gostar muito do seu jantar de aniversério com a familia, o Manuel (it) todos jantar num restaurante que 1a sexta-feira a noite com todos os amigos. (i) para casa do Miguel. Os pais dele (achar) que era uma boa ideia continuar a festa é em casa. Entre todos, (divertirse) numa zona tipica da cidade e depois. Itdlia por duas semanas e ele (comprar) algumas bebidas e uns aperitivos. (Fi como loucos, Afinal, s6 fazemos 19 anos uma vez na vidal {dangar) muito, imenso e ‘Lie! Ese Es, a Se a Vamos rever! § UNIDADE 4, Responda as perguntas sobre o texto do exer 41, Quando & que o Manuel fez anos? 2, Como € que ele festejou 0 aniversério? 5, Complete 0 texto com as formas verbais do Presente e do Pretérito Perfeito Simples do Indicativo. Um azar nunca vem $6 (© Gongalo trabalha numa empresa de contabilidade. Todos os dias __(ver) contas, despesas, faturas, recibos, enfim, papéis e mais papéis! Ha duas semanas, (resolver) tirar uma semana de férias, (pensar) num destino agradvel, com um clima convidativo para uns mergulhos no mare ___ (comprar) um yoo para. llha da Madeira. ____ (ver) na Internet algumas informagées sobre locais a visitar, {procurar) um hotel em frente do mare, claro,___ (fazer) a mala. ‘Quando __ (chegar) 0 dia do voo, _(levantar-se) muito cedo (chamar) um +éxi para o levar 20 aeroporto. Perto do aeroporto, 0 téxi______{fiear) parado numa enorme fila de transito devido a um grande (pagar) 0 taxi {resolver) continuar 0 caminho a pé. ______ (chegar) ao aeroporto cansadissimo, mas ainda a acidente. Nenhum carro conseguia passar. Muito enervado com a situago, o Gongalo e tempo do voo. (in) a0 baledo de embarque ea funcionaria __-lhe (dizer): “Pedimos imensa desculpa, mas 0 seu voo foi cancelado. Com este nevoeiro, os avides nao podem descolar.” 6. Responda as perguntas sobre o texto do exercicio anterior. 1. Onde € que Goncalo trabalha? 2. © que significa "um clima convidativo"? 3, Para onde é que © Gongalo pensou ir de férias? ‘Como 6 que ele foi para o aeroporto? W 18 '5, Como correu a viagem para 0 aeroporto? ‘© que aconteceu quando chegou a0 aeroporto? 7. Explique 0 titulo do texto, &: imagine o que fez © Gongao a partir do momento em que soube que no podi vai". 7. Complete com os verbos no Pretérito Perfeito Simpl 4. — Joana, ___ (tu /trazer) 0 meu livro? ~Sim, _______ (eu /trazer) Esté em cima da mesa. 2. Martin, jg____ (tu / pdr) a mesa? O teu irmao _ (p61) ontem. 3. Tununca__(querer) ver este filme, mas € muito giro. 4. £u____(ver) esse filme na semana passada e no___(gostar) nada. 5. Hoje, __(nés / chegar) atrasados, mas o Nuno ____(chegaf) cedo. 6. — Maria, js (voc® / er) 0 jornal de hoje? ~ Nao, aindango___(eu/ ler. 7. Desculpe, D. Ana, mas nio (eu / conseguir) chegar a horas & reunio, 8. Ontem, (haver) grandes engarrafamentos em Lisboa. 9. Anteontem, _(eu / sair) muito tarde da escola, _ (ter) de consultar varios livros na biblioteca 410. Na semana passada, (eu / cait) nas escadas do metro, 11. Nofim de semana passado, (eu /passear) por alguns bairros antigos em Lisboa que (ver) pela primeira ver. 12. (tu/ saber) oque__(acontecer) a0 Mario? 13, Ontem, (ou /ficar) em casa. © Pedro__(estar) fora todo 0 dia, Lie - Eades Tericas Lda Vamos rever! 8. Complete o texto com as formas verbais do Presente e do Pretérito Perfeito Simples do Indicativo. ‘Quando a hora muda No fim de semana passado, a hora (mudar) para horério de verdo, como ___(acontecer) sempre no ultimo domingo de marco. 0 Sx Azevedo ______(esquecer-se) completamente da mudanga da hora endo _(acertar) 08 relégios. Na segunda-feira, quando_ (ecordar), __ (ver) ashoras e, de repente, a (lembrar-se): “Ai! Meu Deus! _ (esquecer-se) de acertar 0 despertador! Jé___(ser) to tarde!” ____(levantar-se) rapidamente, nem (tomar) banho, (vestir-se) a pressa e (sair) de casa a correr para apanhar 0 autocarto. Quando __ (chegar) paragem, ____ Wer) 0 autocarro a partir e jé no 0 _ (conseguir) apanhar. (fazer) sinal a um taxi, mas este no ______(parar). Ento, __ (decidir) correr até ao escritério. —__ (chegar) la quase as 10h30. (i020 gabinete do chefe para justificar o atraso. O chefe (ficar) muito zngado com 0 atraso do Sr. Azevedo e -lhe (dizer) para ficar a trabalhar até mais tarde para compensar 0 tempo perdido. Provavelmente, 0 Sr. Azevedo nunca mais se vai esquecer de acertar o relégio. 9. Responda as perguntas sobre o texto do exercicio anterior. |. Porque € que a hora mudou? 2. 0 Sr Azevedo lembrou-se da mudanga da hora? 3. O que é que ele fez para tentar chegar ao escritério o mais depressa possivel? 4. Qual foi a reagao do chefe do Sr. Azevedo? W UNIDADE Vamos rever! 410. Complete as frases com as formas verbais no Pretérito Perfeito Simples do In tern? 41. ~Aque horas (tu / comecar) as aulas ont (eu / comecar) as oito horas. Sabes se 0 Pedro (ficar) em casa ontem? ~ Acho que no, mas eu {ficar) porque estava muito cansado. (chegar)? 3. Quando é que os teus amigos _ 4, Este manha, (eu/ chegar) mais cedo ao trabalho do que é habitual. & (eu / ouvir) dizer que 0 Anténio ja (comegar) a trabalhar na nova empresa. 6. No sabado pasado, (eu / brincar) imenso com o co da Sofia. 7. As criances (brincar) na praia toda a tarde. 8. Eles (descer) a escada a correr. Endo (descer). 9. Sebes quem __ (aparece) lé em casa no domingo? O Frederico! 11. Responda as questdes seguindo os exemplos. 1. Idade no passado xemple: Eu tinha seis anas quando acampei pela primeira vez. A minha amiga Ana também tinha seis anos. 4) Quantos anos tina a Ana quando acampou pela primeira vez? ) Quantos anos tinha vocé quando acabou a escola? 2. Horas no pasado Exemplo: Earn tés horas da mans quando o Pedro chegou a casa. A mie dele ficou muito aborrecida. 8) Que horas eram quando 0 Pedro chegou a casa? ) Que horas eram quando voc8 chegou & escola hoje? 3. Aco habitual no passado Exemplos: Quando era estudante, estudava muitas horas todos os dias. Quando era crianca, ia a0 parque todas as tardes. ‘Quando tinha 16 anos, fazia montanhismo todos os fins de semana. Quando 0 Dr: Monteiro era jovem, sempre a pé para o trabalho. O que € que vocé fazia aos fins de semana quando tinha dez anos? 12. Faca frases idénticas. Siga o exemplo. Comparar agées habituais no passado com acdes no presente Exemplo: Antigamente, o Sr. Jodo andava de transportes publicos. Agora, o Sr. Jodo anda num carro topo de gama. Antigamente, eu sees Agora, 13. Responda seguindo © exemplo. Descrever no pasado Exemplo: Quando era jovem, vivia numa cidade muito pequena. Os prédios ndo eram muito altos. Néo havia centros comerciais. As ruas eram muito tranquilas e havia poucos carros. Nos pediamos brincarna rua. Jogavamos bola e andévamos de patins. Como era a cidade/rua onde vivia quando era crianga? 14. Conte como fol o seu primeiro dia de escola. Estava no jardim quando o Joao chegou. Nagar oY oe ee UNIDADE 1 UNIDADE 1 2) TEXTOA Dois amigos conversam ao telefone, Inés: Miguel: Ines: Miguel: Inds: Miguel: Miguel: Inés. Jd estavas acordada? 018, Miguel! Tudo bem? Entio, 0 que contas? Tentei falar contigo ha bocado, mas ndo Bom dia te 0 telemével. Provavelmente estava a tomar banho quando tutelefonaste, Volteialigar e também néo atendeste! Quanto tempo demoras a tomar banho? Depois do banho fui passear 0 co e esqueci- ime de lever o telemével. Estava a sair de casa quando reparei que nao o tinha. Bom, eu pensei que podiamos ir almogar fora Esté um dia magnifico, O que achas? Agrada-te 2 ideia? Claro que me agrada! Estava justamente a pensar onde podia ir almocar! Adivinhaste 0 meu pensamento! ‘inde ber! Entdo, encontramo-nos no sitio do costume, esté bem? Esta otimo! Ate jé! © VOCABULARIO 1. Leia © Texto Ae apresente um sinénimo ou explique o significado das palavras/expressdes do quadro abaixo. fea oe i eed atender (o telefone) eed © Ldel—agdes Tena, Ja era tarde quando tu chegaste! 4 UNIDADE © ORALIDADE 2. Como seu colega, faa um raz8o nao atendeu o telemével (use frases como no texto: estava a tomar banho quando tu telefonaste). @ ESCRITA 3, Faca frases como no exemplo. or que ilogo idéntico ao Texto A. Mude algumas coisas, como, por exempl 4. eu /estar / tomar banho / tu /telefonar Estava a tomar banho quando tu telefonaste, 2. ela / fazer / um bolo / alguém / tocar / campainha 3. ele / regar / as plantas / comegar / a chover 4, eu! secar / 0 cabelo / faltar / a eletricidade 3.) 4. Sublinhe as expressées do Texto A que ouve. Dois amigos conversam ao telefon Inés: Estou! Miguel: Bom dia, Inés. Jé estavas acordada? Inés: Olé, Miguel! Tudo bem? Entdo, o que contas? Miguel: Tentei falar contigo hé bocado, mas néo atendeste o telemével. Inés: Provavelmente estava a tomar banho quando tu telefonaste. Miguel: Voltei a ligar e também nao atendeste! Quanto tempo demoras a tomar banho? Inés: Depois do banho fui passear 0 cao e esqueci-me de levar o telemével. Estava a sair de casa quando reparei que ndo o tinha, Miguel: Bom, eu pensei que podiamos ir almocar fora, Esté um dia magnifico. © que achas? Agrada-te a ideia? Inés: Claro que me agradal Estava justamente a pensar onde podiair almogar! Adivinhaste o meu pensamento! Miguel: Ainda bem Entdo, encontramo-nos no sitio do costume, esté bem? Inés: Esta timo! Ate jé! UNIDADE Ja era tarde quando tu che: 4.) 5: 0uga sass complet oquadro ere ee ka 1. quando tu telefonast. 2, Quando tu telefonaste, 3. quando tu telefoneste 4, Quando tu telefonaste, © GRAMATICA Pretérito Imperfeito do Indicativo (age prolongada no passado) ¢ Pretérito Perfeito Simples (agdo pontual no pasado) do Indicative Para referrduas ages de realizacdo diferente (aco prolongada e a¢ao pontual) usa-se, habitualmente, a construcao estar a + Infinitive para a acéo prolongeda e o Pretérto Perfeito Simples para a agao pontual. Nestes casos, 2 ‘expresso de tempo quando marca a entrada da pontualidade. Exemplos: Estava a chover quando sai de casa, = Quando sai de casa, estava a chover. Jestar a chover{ => aco prolongada [ssir de'casa] => agao pontual ‘Quando tu telefonaste, eu estava a falar com a Rita. Estava a tomar banho quando 0 carteiro tocou 8 campainha Estava a fazer o jantar quando tu chegaste. 6. Faca frases idénticas as dos exemplos acima. 1. dar benho a0 co /0 telefone tocar a) z a) b) Baebes Wecicas. Lda 5) TEXTOB Dois amigos conversam sobre um incidente. Raul: Marta: Raul: Marta: Raul: Marta: Raul: Marta: Raul: Marta: Raul: Marta: Raul: Marta: Raul: UNIDADE (Olé, Marta! Tudo bem? Ja estavas & minha espera hé muito tempo? Desculpa o atraso, mas nem imaginas o que me aconteceu! Olé, Raul! Tem calma! Cheguei agora mesmo, Senta-te e conta-me © que te aconteceu porque pareces muito COlha, hoje, de manha, tinha uma entrevista de emprego. Tusabes que eu ando a tentar mudar de empresa, nao €? Sim, sim. E depois? Sai de casa e ndo encontrei o meu carro. Primeiro, pensei ‘que estava do outro lado da rua, mas nao estava ld. Andel pela rua toda e no vi o carro em lado nenhum, ‘Que estranho! Achas que alguém roubou 0 teu carro? Foi o que eu pensei. Telefonei para a policia e tive de ira esquadra para apresentar queixa e apanhei um taxi para ira entrevista Devias estar uma pilha de nervos, nao? Claro! Telefonei e explicar 0 sucedido e pedi desculpa por estar 130 atrasado. Lamento muito, Raul. Que grande chatice! Mas ainda nao sabes o que aconteceu! Hé bocado recebi um telefonema da policia Encontraram o teu carro? Encontraram. Estava na rua 20 lado. Sé nesse momento é que me lembrei de que ontem, quando cheguei a.casa, como nao havia lugar na minha rua, deixei o carro na rua ao lado. Como nao é habitual, esqueci-me completamente desse pormenor! Deixa [é! O importante € que encontraste o teu carro. Entdo, e como correu a entrevista? ‘Apesar de tudo, acho que correu bastante bem. Vamos ver o que vai acontecer. Cement Ja era tarde quand © ATOS DE FALA Dar uma explicacdo para um atraso / Pedir desculpa Desculpa, mas nem sabes 0 que aconteceu! Desculpa © atraso, mas nem imaginas o que me aconteceul! Ja estavas & espera ha muito tempo? Peco desculpa, mas havia muito transito! Lamento imenso este atraso! Nao consegui apanhar um taxi! Mostrar compreensio Lamento muito! / Que pena! / Que (grande) chatice! Deixa la! / Nao faz mal! / Esté tudo bern! / Nao te preocupes! importante & que correu tudo bern! @ ESCRITA 7. Responda as perguntas sobre o Texto B. 1. A Marta jé estava 3 espera do Raul hé muito tempo? Qual é a expresso do texto que dé essa indicagao? . O que fez Raul quando no encontrou 0 carro? 3. Como é que o Raul foi para a entrevista? ‘4. A policia encontrou o carro do Raul? Onde estava o carro? 5. Resuma o texto, © ORALIDADE 8. Trabalho de pares. Faca o seguinte didlogo com o seu colega: Aluno A: Voc ga atrasado a um encontro, pede desculpa e explica 0 motivo do atraso, ‘Aluno B: © seu colega aceita as desculpas e mostra compreensio e simpatia pela sua explicagao. ‘Aluno A: Pe ced Aluno B: ere ‘Mostra compreensio e simpatia 5.) 9. Ousa o Texto B e assinale se as frases so verdadeiras (V) ou falsas(F). 4.0 Raul estava muito nervoso quando se encontrou com a Marta, 2. 0 Raul quer mudar de emprego i a pes [ 3.0 Raul perdeu 0 carro. Ea) 4. Raul chegou atrasado a entrevista 5. A policia néo encontrou 0 carro do Raul. 29 eke UNIDADE 6.) 10. ougaas rave complete 0 edo rT culpa? 4.Cheguei atrasado | porque 2. Nao fz as compras, 3. Nao estude! 4, Perdi o autocarro 5. Cheguei tarde ds aulas 7) 11. Ouca 0 Texto C e faga a descrigdo da casa. ed @ GRAMATICA Pretérito Imperfeito do Indicativo (ago durativa) e Pret (ago pontual) Perfeito Simples do Indi Usamos 0 Pretérito Imperfeito do Indicativo quando referimos ages durativas e agées prolongadas num tempo indefinido, no pasado. Exemplos: Estavas a minha espera hé muito tempo? Devias estar numa pilha de nervos! na rua ao lado, Ocarro Nao havia lugar na minha rua. A casa dos meus avés era grande e tinha um jardim maravilhoso! © Preterito Perfeito Simples do Indicativo ¢ usado para expressar aces pontuais e acabadas Exemplos: Cheguei agora mesmo, Sai de casa e nao encontrei o meu carro. Andei pela rua toda e nao vi o meu carro. Telefonei para a policia Ja era tarde quando tu chegaste! © Lidel- EdigBes Técni 12. Complete as frases com as formas verbais no Pretérito Imperfeito ou no Pretérito Per Indies 4. -Onde (tu / estar) quando te (eu /telefonar}? = Quando tu (telefonan, eu (estar) no metro, 2.-Jé (tu / chegar) ha muito tempo? —NBo. (eu/ chegar) ha cinco minutos. 3. Antigamente, tu nunca (atrasar-se) (chegar) sempre a horas. 4 Ela ___ (sain) de casa tarde, por isso (perder) o autocarro, 5. Quando a poli (chegar) ao local do acidente, ja 16 ___(estar) os bombeiros. 6. 0 Pedro (ficar) muito surpreendido quando__(receber) 2 noticia, 7. Acasa da minha avé (ter) um jardim onde ela (Plantar) flores e (cultivar legumes. Tambem haver) uma grande rvore onde nés, as criancas, (costumar) brincar. 13, Escreva uma mensagem para um amigo a dizer que vai chegar atrasado a um encontro e ex; 32 Ral ARC el ® GRAMATICA Preposicdes net gn ciate a Exemplos: O Jodo falowme do livro que ganhou o prémio. Esquecime de pagar a conta do.gés. Este ano lembreime do aniversério da av6. A Carina mudou de visual. Cortou o cabelo. ‘ Recebi um telefonema da empresa de telecomunicacdes Nao sei se as criancas jd sairam de casa. 15. Complete as frases com as preposigdes adequadas. Faca as alteragdes necessarias. _____teus projetos. __chaves? 41. O Pedro nunca me falou___ 2. Entdo, Joana, esqueceste-te outra vez — 3. J € 2 terceire ver que ndo me lembro __ meu ntimero de telefone! 4. Sabes que a Patricia mudou___casa? 5. Ontem, recebi um telefonema muito simpatico Maria. 6. Aque horas saiste_____ cinema? Exemplos: Voltel a esquecer-me das chaves. J 6 a terceira vez esta semana. Deixei o telemével na cozinha, por isso, tive de veltar a casa. ‘A Maria demorou a ficar bem de satide. Esteve muito doente. Nao sei 0 que aconteceu ao Jogo. Nao responde aos meus telefonemas. 16. Complete as frases com as preposigdes adequadas. Faca as alteracdes necessarias. 1. O Jaime voltou __ __ reprovar no exame de matematica 2, Voltei__ casa porque me esqueci dos livros, 3. Demoraste tanto tempo ______acabar 0 teste! Era dificil? 4, Sabes 0 que aconteceu___ Ana? Ganhou o Euromilhdes! Exemplos: Telefonei aos meus primos ontem a noite. Telefonaste a tua mae? Ela telefona para casa todos os dias. Ele telefonou para a empresa a pedir informacoes. 17. Complete as frases com as preposigdes adequadas. Faca as alteragdes necessérias, 4. AAna telefonou v6, Telefonou casa dela, 2. Or. Pires telefonou filho. Telefonou — a empresa onde ele trabalha. ages Tec Lda, Lise! id ontem a noite. 3, A Joana telefon 4, Evtelefonei a clinica hoje de manha. Vera? Ela faz anos hoje! 5, J telefonas © TESTE A SUA CULTURA PORTUGUESA! 48. Leia o texto e, tendo em conta a situagao social, escolha a opsao correta. "Em Roma, sé romano.” Este proverbio aconselha as pessoas a seguirem as normas e os costumes do lugar onde esto. Devemos fazer ‘como os outros fazem. Quando estudamos uma lingua, deverios conhecer também a cultura do povo que fala essa lingua. Os habitos e ‘05 costumes so diferentes de pais para pafs, de cultura para cultura. Nao s3o melhores nem piores, sao diferentes! Deveros conhecé-los para uma melhor integrago cultural. Entao, em Portugal, sé portugués! eke 1. Em Portug 2) ... deve lever um presente. ») ... nao deve levar nada. <)... $6 pode levar comida, Oe Cee ©)... paga antes de comegar a comer. - lf 33 UNIDADE 1 § Ja era tarde quan © TESTE DE REVISAO a ‘a + Infinitivo / Pretérit 1.Complete as frases com as formas verbais adequadas. Use a construsso estar a + In 4 Perfeito Simples. (fazor| 0 Janter Guando » Sara (chega. 1.0 Paulo _ 20 {passear) 0 co quando 0 acidente _—[acontecer. 3. Eles _ Wer televiséo quando o Lufs ___(telefonan). 4, Quando tu (chegat) & cantina, eu ja _____ (comer). 2. Complete o texto com as formas verbais adequadas. Quando eu ___ (ser) crianga, nés — __(viver) numa casa que mar, A nossa casa — (ter) um jardi (haver) muitas arvores. Habitualmente, nés (passer) muito tempo no jardim ou na praia. Nos (costumar) brincar ao ar livre: __ (corre, __ogar) & bolae __ (subir) as arvores. Quando eu {comecar)a ira escola, _____ (sentir) muitas saudades desse tempo de liberdade ede brincadeira (ficar) perto do onde 3. Complete © quadro. ete @ ‘A: Desculpa 0 atraso! Esqueci-me da hora do nosso encontro, Fiz confusdo! Cee ered a a estavas & minha espera hé muito tempo? Desculpa la! Havia muito transito! 4. Complete as frases com de ou a, Fasa a contracio com o artigo quando necessério. 1. Hoje, 0 professor vai falar_Descobrimentos Portugueses 2. No consegui atender o telefonema do Daniel, Provavelmente, no volta ligar. 3, Oh Ana! Esqueceste-te outra vez chaves? Cor ai aa mo & iat me ue no te consegues lembrar uma coisa tao 4, Quando 0 Jogo sai discoteca, ja passava_trés da manha, 5. Tenhc ir j : fenho de casa mudar roupa para o jantar de aniversério da Ana 6, Recebeste algum telefonema nova empresa? N Lu fan) < = y= a Tic ikcidealbtee UNIDADE Quando sai d +) Textoa Um dia diferente a € 0 vento fazia voor as folhas das arvores. De tava o céu escuro. Ao longe ouvia 1. A chuva cai quando, um relémpego ‘Alnés saiu de case eolhou, triste, para o céu. Tinha tantas saudades do tol da luz, do calor! Deu um pequeno passeio pelo bairra para fazer um 1a as casas em volta. As janelas mostravam pouco de exercicio. Olhou p de luzes coloridas. Es enfeites de Natal eas arvores natalicias cheias Parevia tudo to alegre! De repente, a chuva aumentou de intensidade vento levantou Go chéo montes de folhas e atirou-as contra @ Inés. Decidu volar para casa. A casa estava escura. Nao se via luz em lado nenhum A Inés oui um pequeno miado e vu um vulto escuro junto ds pore, Beixou-se pare ver 0 que era e viu um gatinho a tremer de fro. Agarou nele com cuidado e levou-o para dentro de casa. Foi para = cosinha,limpouo gatinho e deuslhe um pouco de comida. Depois de comet gato satou para 0 colo da Inés muito satisfeit. lom, disse 2 Inés, parece que arranjaste uma nova casa e também uma dona. Ache que nos vamos dar muito bem os dois. E vou chamar- TrovBo, se no te importas! @ ESCRITA 1. Responda as perguntas sobre o Texto A. 41. Qual 6a estagdo do ano referida no texto? 2. Como estava o tempo no dia em que se passa este episédio? 3. A Inés gosta do inverno? Porque? 4, Em que més se passa esta historia? © idel ~ Eaigdes Técnicas, Lda, 5, Porque 6a) 6 que ela encontrou & porta de casa? 7.0 que aconteceu no fim? 8, Relacione o nome do animal com o tempo que fazia naquele dia. @rocaswino 2. Leia o Texto A e apresente um sinénimo ou explique o significado das palavras/expressbes do quadro abaixo. a ee oy satisfeito oe @ onus 3, Vamos conversar... 1. Sem olhar para 0 Texto A, conte © que aconteceu. Nao se esqueca de situar a historia no tempo. 2. Qual éa sua estacéo do ano preferida? Porque? 3. Qual é a estagao do ano de que menos gosta? Porque? 4. Tem algum animal doméstico? Se tem, diga como se chama e descreva-o 20 seu colega. Se néo tem, que animal gostava de ter? Porque? 5. No Texto A, a Inés encontrou um gatinho abandonado e adotou-o. No 5€U pals, ha instituigdes que protegem os animals? O que é que elas fazem? Ache que os animais também tém direitos? UNIDADE 2 UNIDADE 2 $ Quando sai de casa, estava a chover. 8 )) 4. Ouga.o Texto A e assnale se as frases sio verdadeiras (V) ou falsas (F). 4. Havia vento e chuva, J i 2. A Inds tinha saudades do bom tempo. 3. Aacdo passa-se na época de natal. | 4, O gato da Inés fugiu de casa. [ 5. Complete as frases com as palavras das caixas. [nee Vo ee es ie feo ae 2. Era_ As folhas das arvores com 0 vento. O céu estava farsa Pn 3Ee ‘Aneve___eovento __comforga. Asruas_desertas aquela hora. Gene newacn ery 4. Ere 0 céuestava azul. As aves nos jardins e o ar cheio de perfumes frescos. A natureza ! @ GRAMATICA Pretérito Imperfeito do Indicative Para localizar a narragao no passado usa-se o Pretérito Imperfeito do Indicativo, Exemplos: Era inverno. A chuva eafa e o vento fazia voar as folhas das érvores. A casa estava escura. Nao se via luz em lado nenhum, 6, Fasa frases idénticas aos exemplos indicados acima. Lide-Eices TEenles Ud. 7. Complete o texto com as formas verbais adequadas. ‘A minha casa de férias Quando eu : (ter) cinco ou seis anos, os meus pais (comprar) uma casa para férias. A casa (fice) em frente do mar, numa pequena vila do Sul de Portugal ____ {ter} s6 um andar, mas. ___ (ser) espacosa Em frente da casa (haver) um terreno grande, um pouco selvagem, onde nés _— (gostar) de brincar a0s policia e ladies e de fazer outras brincadeiras cheias de imaginacso, (Os meus pais ______(costumar) sentar-se & sombra no enorme terraco, protegido por trepadeiras que (ester sempre em flor. Todos os dias____(n6 / it) para a praia que (ficar) mesmo em frente de casa. (ogar) & bola, a (fazer) castelos na areia, ____(nadar), ae (corer) e (per) os nossos pais completamente loucos com tanta correria € tantos gritos. Todos nés _ (adorar) aquela casa e aquelas férias de verdo que —_ (parecer) nao ter fim, Nos (ser) criancas muito felizes! @ 8. Imagine a continuagao da historia. O que aconteceu? ‘A casa estava silenciosa, Nao se via luz em lado nenhum. De repente, 0 Martim ouviu um ruido na outra sala, 39 é UNIDADE 2 } 9) Texto8 Boletim meteorolégico: o tempo para hoje yuco nublado Bom dia. Hoje vamos terum dia com cé a norte e céu limpo na regido sul. O vento vai soprar moderado em todo o pais, exceto na zona costeira, conde pode haver, ocasionalmente, algumas rjadas mais fortes. mar vai estarcalmo, com ondulagao de meio metro. As temperatures v8o subir a partir de amanhi, mito, prevernos chu e descida da temperatura 2 partir do fim de semana em todo o pais. VOCABULARIO Meteorologia a chuva nevado eas ees brilhar UNIDADE 0s pontos cardeais N (norte); S (sul E (este); Ooeste), © VOCABULARIO Meteorologia —_Timpo “hublado fraco forte ligeiro moderado. __anuvem evento esol a temperatura o litoral @ interior soprer nevar chover descer subir brilhar 10 )) 10. Ouca 0 Texto C sobre o boletim meteorolégico ¢ desenhe no mapa de Portugal o tempo que vai fazer no fim de semana. df Coe imei Quando sai de casa, UNIDADE 11. Vamos conversar... Qual é © tempo (meteorolégico) que prefere? Porqué? ere para um dia frio e ventoso? 2 2. Que atividades sug 3. Que atividades sugere para um dia muito quente? 4, Imagine que é locutor de rédio. Redija um boletim meteorolégico ® GRAMATICA, Nomes - © género Normalmente, os nomes terminados em -0 so do género masculine e os que terminam em -a s8o do género feminino. Exemplos: 0 livo; a cadeira 12. Complete as frases com os artigos definidos. 1 Maria prefere carro vermelho. 3. __meninos perderam bola. 4, Terra é redonda 2 Pedro comeu__ bananas. Alguns nomes que terminam em -a so do género masculino, o.clima; o planeta Exemplos: 0 mapa; o pijama; o cinema; 0 teorema; o telefonema; o fantasma; 13. Complete as frases com os artigos definidos e indefinidos. 4: alunos estudam mapa de Africa 3. Addona Ana fez___ telefonema muito longo. 25 pijama do Manuel é azul 4, cinema fica perto de casa, Alguns nomes so comuns aos dois géneros. Exemplos:o atsta ~ a artista; o estudante - a estudante; 0 pacionte ~ a paciente; 0 intérprete - a intérprete: 2 colega ~ 9 colegao cliente ~a cliente; o jovem = a jovem; 0 jomalista a jomalista 14. Complete as frases com os artigos definidos ¢ indefinidos, 1. OAmaldo é pianista famoso, 3. A Ana comprou ténis vemelhos, 2. A dona Rosinda é ‘minha florista preferida 4.0 Luis é excelente intérprete © Lidet -Eaigdes Teemcas, Lda Cee Rect Miche Me eel Exemplos: 2 crianga; a vitima; a testemunha; a pessoa; 0 individuo; o cénjuge 45. Complete as frases com os artigos definidos @ indefinidos. 1 cciangas vao 20 circo amanha. 2 vitimas do acidente jé estao bem, 3, O advogado nao consegue falar com testemunha. ‘Os nomes terminados em -a0 podem ser do género masculino ou feminino. Geralmente, séo do género masculine os nomes que designam objetos concretos. Sao do género feminino os que designam conceitos abstratos.(Excecaor amao) Exemplos: 0 coragdo: 0 limo; a imaginagao; a emogao 46. Complete as frases com os artigos definidos e indefinidos. 41. Em Portugal televisio tem muitos canais em lingua inglesa. 2, ____estacdo de metro do Rossio fica perto da minha casa, 3. Eutenho __ grande imaginacao, (Os nomes terminados em -dade séo do género feminino. Exemplos: a cidede; a universidade; a idade; a humildade; a piedade; a humidade; a faculdade 17. Complete as frases com os artigos definidos. 4. As orquideas apreciam humidade. 2. O campo € mais tranquilo do que ___ cidade. 3. A caracteristica principal do Joso é ___humildade. Os nomes terminados em -agem so, geralmente, do género feminino, Exemplos: a margem; @ paragem: a coragemi a imagem 18. Complete as frases com os artigos definidos indefinidos. 1 _margens do rio sao verdejantes. 2. Admiro coragem dos bombeiros. 3. A minha televiséo tem imagem 6tima 43 UNIDADE @ ESCRITA 19. Complete as frases com as preposig: 1s da caixa. Faga as alteragées necessarias. 6... A SUA CULTURA PORTUGUESA! 20. Escolha 2 opco correta para cada situacao. 1. Em Portugal, quando alguém Ihe oferece um presente. 2)... deve abrilo imediatemente e agradecer, b) .. no 0 deve abrir em frente de pessoa. ©) ~. no deve aceitar. ae ee en 4) ... cumprimentam toda a gente com beijos. b) ... cumprimentam com beijos ou aperto de mao. ) ... nunca apertam a mao, Peter OT i Rrra ikctebelshathal Cote (ip coe ia olh as montras iluminadas, 8. Eles sairam tarde empresa nho muitas saudades verdo 9. O passaro voou a arvore. 8 pai parque, 10. Ela esqueceu-se chaves. 4. Voltaram porque estava muito fri. 11. Ele pegou pasta e saiu 5 casaco e saiu casa 12, Eugosto__ gatos. 6 a mesa 13. Volto © meu pais em janeiro, 7 um passeio__cidade? 14, Oladréo entrou__janela Ces DE REVISAO 4. Complete o texto com as formas verbais adequadas. ‘A minha primeira bicicleta (Os meus pais (comprar) a minha primeira bicicleta quando eu ____(ter) 10 anos. Até ai, eu ____fficar) sempre com a bicicleta do meu imo mais velho. Ele (receber) uma nova, e eu 2 therdar) a que ele jé ndo __ (usar), Ser 0 irmo mais novo tem estas desvantagens. No dia do meu décimo aniversério, ___(levantar-se) cedo, —_ (lavar-se) cuidadosamente, _______westinseye ____(descer) a procura dos meus pais. Eles__ (estar) na cozinha a preparar © pequeno-elmogo e a mesa__(ter) um aspeto fantastico, cheia de coisas boas. Os meus pais e o meu irmao -me (dar) os parabénse __(nés/ comecar) a comer. Eu__ (querer) acabar de comer rapidamente porque ____(desejar) ver as minhas prendas. Quando, finalmente, —_____ (06s / levantarse) da mesa, o meu pai disse-me: "Vem at6 ao jardim. Tenho uma coisa para ti!” ___ in) todos Ié para fora e em frente da porta da garagem (estar) 2 bicicleta mais bonita do mundo e era toda minha! Masculino ou feminino? Complete com o artigo definido correto. —— mapa 16, ___testemunha dima 17, ___ mao 3. __cénjuge 18.____ emogdo 4. pijama 19, __idade 5. cinema 20. ___ margem 6 fantesma 21, __ cidade z crianga 22, ___ imagem 8. ___vitima 23, _faculdade 9 televisio 24, ____ teorema Ap 2 ee 25. telefonema 11. __estagdio. 26, ___ planeta 12, imaginagao 27, _____iluséo 13, coragéo 28, ___ humanidade 14, pao 29, paragem 18. __limao 30. aragem 45 UNIDADE ‘omplete as frases com as preposicdes da caixa. Face a5 ° A a/ de / por! a casa. 4. 0 Joao mudou — _casaco. 2, AMarta esqueceu-se __ Maria. Anda tao triste! 3. Nao sei o que aconteceu — 4, Vou telefonar __casa dos meus pais hoje & noite §, Ela nao se lembrou__ meu aniversério. © meu pais depois do Natal norte do pais. 6. Volto _ , vamos passear 7. Amani reprovar no exame 8. O Pedro voltou 4. Escreva um texto sobre a prenda mais bonita que recebeu. UNIDADE 3 1) TEXTOA Um acidente nunca vem s6! COntem a tarde, © Sven, um jovem sueco que esté a estudar em Portugal, teve um acidente. la para a universidade de bicicleta e, num seméforo, um carro chocou com ¢le. Ail Meu Deus! Peco desculpa, mas néo 0 vi Condutora: Como esta? Sente-se bem? Est a ouvir-me? Sven: Ail All Condutora: Alguém pode ajudar? Preciso de ajudal Peso: Eu vou chamar 0 112, Tenha calmal Parece-me que 0 repaz nao esté muito ferido. Sven: Ail O meu brago! Condutora: Deixe-se estar quieto. Nao se levante! Nés jé chamdmos 0 112. Olhe, jé estao a chegar! Médica: Onde & que Ihe déi? Sven Eomeu brace direito... Ail Ail Médica: Vamos transporté-lo para o hospital e vou darlhe um medlicamento para as dores. Parece-me que nao é nada de muito grave, mas acho que tem o brago partido, Sven Ail Ail © ATOS DE FALA Pedir ajuda / Pedir socorro ‘Alguém me pode ajudar? / Podia ajudarme? Socorro! / Ajudem-me! Perguntar sobre estados fisicos ou mentais / Relatar estados fisicos ou mentais A: Como se sente? B: Sinto-me mal. / Estou com tonturas A; Onde lhe doi? B: Déi-me o braco. A: O que tem? B: Estou ferido. AvEstébem? ___ |B: Jé estou melhor, Como se sente? ¢ UNIDADE VOCABULARIO 1. Complete o quadro. ocstudo a desculpa a ajuda ferir ‘transportar © ORALIDADE 2. Vamos conversar 41. Resuma oralmente 0 Texto A. 2. Com base no vocabulério e nos atos de fala, imagine o didlogo entre o Sven e a médica dentro da ambulancia, ‘A médica pede alguns dados pessoais do Sven: o nome, a nacionalidade, a morada, 0 telefone de um familiar ou de alguém conhecido. Faga 0 didlogo com o seu colega. 3. Com os seus colegas, faca um didlogo idéntico ao Texto A. Faga algumas alteragdes, como, por exemplo: déi-me a pera, déi-me a cabega, doem-me as costas, etc. assinale se as frases so verdadeiras (V) ou falsas (F). 12) 3. Ouga 0 Texto B Depois, corrija as frases falsas. 4. Atestemunha do acidente telefona para o 102, [_] 2. Uma bicicleta atropelou uma pessoa 3. A vitima tem um brago partido. © Ldel - Eddies Tecricas Uda, UNIDADE Como se sente? inale se as frases so verdadeiras (V) ou falsas (F). Depois, corrija as frases falsas, ssinale se as frases $80 ver 13) 4.0ugao Texto Ce a 41, A vitima do acidente & um rapaz checo 2. A condutora bateu com o carro na bicicleta 3. O rapaz caiu com 0 choque } 4, O ciclista tinha capacete. @ GRAMATICA Pronomes de complemento direto Os pronames de complemento direto usam-se para evitar repetir a forma nominal. O complemento direto é 0 elemento nominal que se encontra & direita das formas verbais e nunca é regido por preposicao. © complemento direto pode referirse a uma pessoa, a um objeto ou a um conceito abstrato, Gee ee ee Eu ‘A Ana encontrou-me no jardim. Tu Eu vi-te na escola. Voce / Ele condutor atropelou o Chol. Atropelou-o no semaforo. Vocé / Ela FIED 4 testemunha acalmou a vitima. Acalmou-a até chegar a ambuléncia. Nes Ela chamou-nes quando famos na rua. Vocés / Eles Ontem, vi o Pedro e 0 Joao. Vi-es na cantina, Vocés / Elas Anteontem, encontrei a Ana e a irma. Encontrei-as na sapataria. Os pronomes de complemento direto relativos a terceira pessoa (-0, -a, -0s, -as) sofrem transformagées quando as formas verbsis terminam em --s e -z. Nestes casos, as consoantes 1, $e z caem e os pronomes adauirem as formas -lo, -a,-los, as. Exemplos: @ A Laura tentou acalmar a vitima. Tentou acalmé-la, As pessoas foram ver o acidente. Foram vé-lo. © Em caso de acidente, chamas a policia. Chama-la imediatamente Bebes sempre leite 4 noite, Bebe-lo frio, © © condutor fez 0 relato do acidente. Fé-lo a policia. Paulo traz um filme 0 Sven. Tré-lo para ele se entreter Como se Pee Quando as formas verbais terminam em som nasal (-m, -Ao, -6e), os pronomes de complemento direto relatives & 3." pessoa tomam as formas -no, -na, -nos, -nas. Exemplos: @) Eles usam capacete no trabalho. Usam-no sempre. Eles venderam a bi icleta, Venderam-na por um bom prego. © Os estudantes dao os trabalhos a0 professor. Daéo-nos no final da aula. @ Ela propse um debate sobre o acidente. Propée-no para hoje a tarde. Com a 2* pessoa do singular do Presente do Indicativo do verbo ter (tu tens) seguimos a regra geral das formas verbais terminadas em -s: 0-s cai e 0s pronomes tomiam a forma lo, -Ia, -Ios, -las. Como em portugués nao hi, reagra geral, palavras terminadas em -n, esta consoante toma a forma -m. (tens => temo) Exemplo: Tens o capacete? Temlo ai? A3.* pessoa do singular do Presente do Indicativo do verbo querer (ele quer) toma a forma quere quando a forma verbal esta acompanhada de um pronome de complemento direto (-o, -a, -05, -23) Exempl Nunca se pode contrair a preposicdo de com os pronomes de complemento direto. A preposico de so se pode contrair com os artigos definidos. Ele quer o livro. Ele quere-o imediatamente. Exemplos: Gosto de ler os livros de Saramago. Gosto de os ler. (os livros => complemento direto do verbo ler) Gosto des livros de Saramago. Gosto muito deles. ‘A regre pare a colocagio dos pronomes de complemento direto antes da forma verbal é igual 3 dos pronomes reflexos, (ver Portugués em Foco 1, Unidade 9) Exemplo: Vou comprar o carro, Vou compré-lo amanh3. Nao 0 vou comprar hoje. 5. Complete as frases substituindo as palavras sublinhadas pelos pronomes de complemento direto. 1. Ela viu 0 acidente. Ela __ ontem a tarde. 2. A Laura chamou a ambuléncia. Ela __ __ imediatamente. 3. A Ana encontrou o Luis e @ Daniela ontem. _ na praia, 4. Vamos comprar uma bicicleta nova. ___ no préximo fim de semana. 5. Vendes os teus livros usados? _ — barato? 6. A Maria faz sempre os trabalhos de casa. Ela______ assim que chega a casa. : 2 7. Sara, tens 0 meu diciondrio? Tu — na tua pasta’ 8. Ele disse que vai trocar os pneus. Vai © mais depressa possivel mes de complemento direto, 6. Antes ou depois do verbo? Substitua as palavras sublinhadas pelos pronomes de comp! 4, Vocés jf alugaram a casa? Ja 5, Ninguém trouxe os dicio 2, Eu também comprel o mesmo DVD. Ninguém ambém s sane srilcee: . Alguém vai comprar os bolos 3. Jé disse que no quero vsitar 0s teus amigos. 6. Alg Ja disse que nao Alguem 14) Texto D Depois do acidente do Sven, a policiainterragou-o para saber o que se tinha passado, Policia: Boa tarde. Entdo, sente-se melhor? ‘Sven: Sim, obrigado. Neste momento, nao sinto dores, Policia: Otimo! Pode contar:nos © que aconteceu no dia do acidente? Sven: Bom... foi tudo tao répido! Eu parel no semaforo porque estava vermelho. De cepente, um carro travou bruscamente e chocou comigo! Cai e quando tenteilevantar-me vi que ndo conseguia, Entretanto, um senhor jé tinha chamado a ambulancia Policia: Sim, é verdade. Quando a policia chegou ao local do acidente, a ambuléncia jé tinha chegado. Foram muito répidos. O senhor nao € portugues, pois 1ndo? Pode mostrar-me o seu passaporte? Sven: Nao 0 consigo encontrar. Depois do acidente, néo sei onde esté a minha mochila. Tinha tudo lé dentro: Passaporte, cartéo de estudante, chaves de casa, livros. N38 € due ¢azartPrimeiro tem um acidente, e depois é roubado? Tem de apresentar uma queixa. € muito “Portante quando alguém nos rouba os documentos e as chaves de casa. Agora vou falar com a condutora © atropelou, As suas melhoras! E espero que encontre a sua mochila! ages Tens, ia Somosesenies } UNIDADES @ (ATOS DE FALA Relatar um facto junto das autoridades ’A: O que aconteceu? B: Ful attopelado/assaltado, A Qual foi a ocorréncia? B: Roubaram-me a certeira/mochila ‘A: Quel é 0 problema? B: Perdi os meus documentos. ‘A: Aue horas aconteceu? B: Por volta do meio-dia, B: Era um rapaz com cerca de 20 anos, alto e magro. A: Viu o assaltante? / Pode descrever o assaltante? B Tinha uma tatuagem na mao direita © VOCABULARIO 7. Qual é 0 oposto? Complete o quadro. oo timo depressa bruscamente 14 ) 8. Ouca 0 Texto D e complete os espacos. TEXTO D Depois do acidente do Sven, a policia para saber o que se tinha pasado. Bos tarde. Entéo, melhor? Sim, obrigado. Neste momento, jé nao sinto dores. timo! Pode contar-nos_ no dia do acidente? foi tudo téo répido! Eu parei no seméforo porque estava vermelho. De repente, um carro travou. ! Cai e quando tentei levantar-me vi que néo conseguia. Entretanto, um senhor Bom. bruscamente e {8 tinha chamado a ambuléncia Sim, é verdade. Quando @ policia chegou a0 local do acidente, a ambulancia jé tinha chegado. Foram Policia: senhor no é portugués, pois ndo? Pode mostrarme o seu passaporte? Sven: No____ encontrar. Depois do acidente, no sei onde esta a minha mochila, Tinha tudo lé dentro: passaporte, cartdo de estudante, _ livros. ‘sso € que é azar! Primeiro tem um acidente, e depois ¢ roubado? Tem de apresentar__. Emuito importante quando alguém nos rouba os documentos e as chaves de casa. Agora vou falar com a condutora que _ As suas melhores! E espero que encontre a sua mochila! UNIDADE Corey ee © GRAMATICA Pretérito Mais-Que-Perfeito Composto do Indicative ‘aconteceu antes de outra agio é erfeito Composto usa-se para referir uma ago passada que e eee i ee ree com verbo tor no Prteito iperfeto do Inicatvo mals © Patcipo Pessado do é fa. Forma-se cor também passada. Forma s6 tem uma forma verbo principal. © Participio Passado, neste caso, é invariével, ou seja, Exemplo: Quando a policia chegou, a ambulancia jé tinha chegado. Pretérito Mais-Que-Perfeito Composto do Indicativo Eu tinha chegado tinhas chamado wu Vocé / Ele / Ela tinha corrido Nos tinhamos partido. Vocés / Eles / Elas tinham lido O Participio Passado forma-se juntando as terminacoes -ado e -ido ao radical do verbo. fg eee chegar => chegado comer => comido partir => partide Contudo, ha alguns verbos que tém o Participio Passado irregular. Participio Passado Irregular fazer => feito ver=> visto dizer => dito vir=> vindo pOr=> posto escrever=> escrito 9. Complete as frases com as formas verbais corretas do Participio Passado. 1. Quando cheguei 8 estago,ometrojé______ (partir) 2. A Marta fol morar para a casa onde j___(morar) quando era erianca, 3, O Gongalo jé _ (correr) 15 quilémetros quando se sentiu mal 4, © Miguel foi ao cinema com a Joana, mas elejé_______(ver)o filme. 5. O professor pediu ao Daniel para fazer o exercicio, mas ele jéo________(fazen), 6 Euaindando (p61) a mesa quando eles chegaram para jantar. 7, Eujé___ (escrever a carta de apresentacio quando me telefonaram da nova empresa 5 ON eyNP See) 40. Complete 0 texto com as formas verbais corretas. Ontem, quando a policia (falar) com 0 Sven, este ainda nao (encontrar) a sua mochila Ele (estar) muito preocupado porque (ter) 1 todos os documentos e as chaves de casa Depois de a policia se ir embora, 0 Sven (receber) a visita da condutora que 0 (etropelar) no dia anterior. A condutora (trazer) uns presentes para 0 Sven, mas melhor de tudo foi que ela (ter) a mochila perdida, © Sven (agradecer) ¢ disse-lhe que pensava que alguém {roubar) a mochila e, por isso, ele (estar) muito preocupado. No final, tudo esté bem quando acaba bem! @ ESCRITA | 11. Complete as frases com as preposigées da Faga a contragao com o artigo quando necessario. 1. Sven agradeceu condutora os presentes que ela trouxe. 2. Estou muito preocupado a Teresa, Ja € tio tarde e ainda nao chegou! 3. Sven vai sempre bicicleta__a universidade. 4. 0 Sven partiu um brago, por isso, precisa _ ajuda para tudo. 5. Preciso telefonar © hospital. Quero saber como est o meu amigo. 6. Hoje, vou metro para a escola. Nao vou carro. © TESTE A SUA CULTURA PORTUGUESA! 12. Escolha a opcdo correta para cada situagao. 56 0s homens bebem vinho as refeigées. b)... homens e mulheres bebem vinho as refeigées. @)... beber vinho é considerado um mau habito. PE eee a)... arotar depois de comer. b).... palitar os dentes a mesa. <1. limpar a boca com o guardanapo antes de bebe UNIDADE eres a DE REVISAO 4, Substitua as palavras sublinhadas pelos pronomes de complemento direto. 41. Compre os livos na livraria da universidade. 5. Jé enviaste a tua inscricdo? contom & tarde uae endo me disseste nada? 2. Encontro xmeus tin no cle 6. Os meus pais compara um aro novo ees depois do jantar. ons anteontem e eu ainda no 0 vi 3. Podes trazer 0 meu livro amanha? 7. ~Achas que os teus professores do notas ats 20s alunos? Podes para a escola? __ quando os alunos estudam muito 44, O Joo nunca faz a festa de aniversério com a familia, Ele__ comos amigos. 2. Complete o texto com as formas verbais corretas. (cheger a casa, o meu pai jé (air) para o emprego. Ele eas Ontem, quando eu (trabelhar) pare um canal de televisdo e, as vezes, (chegar) muito tarde a casa e tem de sair muito cedo no dia seguinte. Eu (querer) falar com ele sobre 0 passeio do fim de semana porque a minha {costumar) sair 20s fins de semana, mas no préximo eu nao. (poden ir com eles farniia porque _ (precisar) de estudar. Eujé______(dizer) isso 20 meu pai, mas no (saber) se ele ainda se lembra. Ele anda tao cansado! 3. Complete o texto com as formas verbais corretas.. Ontern, eu € osmeus colegas _{itjantar a casa do nosso professor. O curso _____—_—__(acabar) na semana passade e este jantar (ser) a nossa despedida. O nosso professor (fazer) um prato tipico portugués: bacalhau com natas. Eu nunca _— (comer) antes, mas alguns colegas ja (prover, {estar} muito bom! No fim do jantar, nés (rovar) vinho Moscatel, Acho que (ser) @ primeira vez para todos. Ninguém —__ (Geber) antes este vinho tao delicioso! UNIDADE 4 Sty Eero UNIDADE em comprar uma 15) TEXTOA Uma viagem ao norte de Portugal No fim de semana passado, a Silvia, @ Agata e 0 Peter decidiram ir 20 norte do pais para uma visita especial: ver as amendoeiras em flor Ukimamente, eles t8m estudado muito e acham que merecem um fim de semana diferente de vez em quando, Ver as amendoeires em flor na primavera é uma imagem inesquecivel. As amendoeiras estdo espalhadas por vastas dreas, nos montes que ladeiam © rio Douro. Muites portugueses organiza passeios familiares para ver este censrio maravilhoso. A Slivia, a Agata e © Peter ficaram num pequeno hotel, perto do rio Douro, com uma paisagem fantéstica. Como 0 tempo tem estado bom ‘nas tltimas semanas, os montes em volta estavam cheios de amendoeiras floridas. Proveram as especialidades da regiao: trutas, brite assado, doces variados, beberam vinho do Porto provaram o famoso vinho Moscatel ‘Adoraram cada minuto desta viagem inesquecivel. @ ESCRITA 1. Responda as perguntas sobre 0 Texto A. 1. Onde € que os trés amigos foram no fim de semana? 2. Quais so os adjetivos usados no texto para caracterizar a paisagem das amendoeiras em flor? 3. Onde € que os trés amigos ficaram hospedados? 4, O que é que eles comeram e beberam? aigdes Técnicas, Lda © ORALIDADE 2. Procure na Internet informago sobre as “amendoeir ‘as em flor em Portugal”. Partilhe oralmente essa informacao oan gal”. Partilhe oralment. formas MNT) 3 QUINTA base TET 0)-1 OFERTA 16) TEXTOB Um aniincio Quando os trés amigos voltaram para Lisboa, falaram muito sobre aquele maravilhoso fim de semana. © Peter viu um anuincio & beira da estrada e ficou muito interessado. 17) 3. Ouga.o Texto C e assinale se as frases sdo verdadeiras (V) ou falsas (F). 1. O Peter gostave de comprar uma casa em Portugal fd 4 2. A Silvia acha que © Peter deve pensar melhor antes de comprar casa. |_| 3. O Peter quer ver a casa antes de tomar uma decisdo. O 1 4. A Agata jé tem uma casa naquele lugar. J @ ESCRITA | 4, De acordo com o aniincio do Texto B, redija dois aniincios seguindo as indicacées abaixo. ere a ee Tee ee cn ac: ee aca Crom Lunt 59 UNIDADE jedades do exercicio anterior. Escreva uma mensagem de correig 5. Imagine que comprou uma das proj eletrénico a um amigo a dar-lhe a boa noticia. © ORALIDADE 6. Vamos conversar... 1. Telefone a um amigo e conte-lhe que acabou de comprar uma casa em Portugal. Diga 2 érea, a zona, etc. Simule esta conversa com um colega. como é a case 2. Que tipo de turista é voc? Gosta de viajar s6 no seu pais ou para fora do pals? Prefere viajar sozinho ou acompanhado? Faga estas perguntas ao seu colega 3. Quando escolhe o destino, prefere lugares ricos em patriménio com museus, monumentos, etc., ou prefere lugares exoticos com praias e vida noturna animada? 4. Quando viaja, experimenta a gastronomia local ou anda & procura de restaurantes iguais 08 do seu pais? 5. Quando esté noutro pais, tenta falar a lingua local, fala sempre a sua lingua ou fala inglés? @ ESCRITA 7. Imagine que foi acampar na semana passada. Escreva o que aconteceu, BTL) em comprar uma casa oy paar ® GRAMATICA pretérito Perfeito Composto do Indicative UNIDADE 0 Pretérito Perfeito Composto usa-se para referir uma ago que teve inicio no pasado, mas que se repete ou continua até ao presente. Forma-se com 0 verbo terno Presente do Indicativo mais 0 Partcipio Passado do verbo principal. O Participio Passado, neste caso, é invaridvel, ou seja, 56 tem uma forma estudado muito, Exemplos: Ultimamente, eles tempo tem estado bom nestas titimas semanas. oie Eu ‘tenho chegado ju tens chamado | Vocé / Ele / Ela temeorrido | Nos temos partido Voces / Eis /Elas temlido Expressdes de tempo usadas frequentemente com o Pretérito Perfeito Composto: Ultimamente, eles tém viajado bastante. ‘Nas tiltimas semanas, 0 euro tem descido muito. Nos tltimos tempos, tem chovido imenso. Nos ditimos dias, tem havido muito trénsito na cidade. 8. Complete as frases com as formas verbais corretas. 41.014, Maria! Ha muito tempo que nao te via! © que ___ fazer) ultimamente? (eu/ estar) a trabalhar num hotel no Algarve. (aumentar) bastante em Portugal 2. Nas ltimas semanas, _ 3. Nos tltimos anos, o numero de turistas ___ (eu / escrever) muitos e-mails para agéncias de viagens. (haves) muitos 4, Ultimamente, = turistas @ pedir informagées sobre as amendoeiras em flor. 9. Complete o texto com as formas verbais corret: .) 0 curso de Engenharia no ano pasado, Desde ento, ___{inscrever-se) no Centro de Emprego, jé (ser facil para os jovens que opiate — [acaba (tentar) encontrar trabalho, mas néo____(ser) facil. Ele ja —_— (responder) a mais de 30 andncios e... nadal Hoje em dia, a vida nao — {estar) a procura do primeiro emprego. desludidoe,utimamente, pense] em sairdo pals para procurar tale, Comosle feu elas austell 6 ur pahicom lc parepatias de-emprage pam onjovss (procure informacées sobre a Australia e, se calhar,— (partir) em {escolher) 0 curso de Engenharia, ha cinco anos, nunca —__ encontrar emprego. Mas viverias em tempo de crise, no a OMiguel __ (eentirse) bastante ‘nas Gltimas semanas breve para lg. Quando o Miguel _— (pensar) que __ (ser) téo aif él UNIDADE 4 as (sain). Ele 10. Complete o texto com _ a atrasado, A Ana ioe Segui hepa hoes imeenie (ea sare cena telfoarhe pare telemvel mes —_ = acl fan se (ir) embora para 0 aeroporte le (esse chamar uti @ Tae _depedi0) do mardo ae imas semanas porque ambos lea Ana e o André quase ndo se____(ver) nas 4 ssimo. Mas, paciéncial Ele (oltar) na proxima semai 8) Texto Uma tarde no SPA Na semana passade, a Miriam comprou uma evista de moda & ganhou um vale para uma sess3o num SPA. Foi a primeira vez que ele experimentou todas as maravilhas que um lugar destes. pode proporcionaz: Hoje, endo encontrou a sua amiga Leonor, contoushe como fo Leonor: Entéo, Miriam? Como foia ida 20 SPA na sexta-feira? Gostaste? Miriam: —Adoreil Nunca pensei que podia ser t3o bom! Leonor: Mas o que é que fizeste? Conta li! Miriam: Primeiro, fui nadar 15 minutos. A agua da piscina estava a 33 graus, Estava dtimal Depois da natagéo, fui para uma sala com camas de agua para fazer hidromassagem, E uma maravilha sentir 0s jatos de agua quente a trabalhar todos os teus misculos, Depois da hidromassagem, fiz uma massagem com pedras quentes, Quase que adormeci! Parece fantastico, Eu também gostava de experimentar Ah! Esquecimme de que também passei pelo banho ‘urco. Uma delicia pare limpar a pele! Leonor: Nao contes mais. Jé estou chela de invejal © ORALIDADE 11. Vamos conversar. 4, Imagine que vocé passou umas horas num SPA. Conte a um(a) amigola) como foi 2. Jé alguma ver esteve numas termas? Se esteve, conte como fol © que fez, se gostou, etc. 13, Na sua opinilo, as termas so lugares para pessoas de todas as idades ou s6 para pessoas mais velhas? 4, Sabe 0 que & a talassoterapia? Se nao sabe, procure informagdo na net e fale sobre isso com 0 seu colega. 5. Qual éa ciferenca entre tratamentos termais e SPA? Discuta com o seu colega, 6, Ja utilzou um SPA? Gostou? Como foi a experiéncia? @ GRAMATICA Pronomes de complemento indireto Os pronomes de complemento indireto usam-se para evitar repetir a forma nominal do complemento indireto. © complemento indireto & 0 elemento nominal que se encontra a direita das formas verbais e € regido por preposicdo. O complemento indireto refere-se, geralmente, a uma pessoa. Exemplo: Jé telefonei ae Jodo. Telefonei-the agora mesmo. ‘Atengéo! Ha verbos que tém os dois complementos: 0 direto e o indireto. Exemplo: O pai deu um presente & Maria pelo aniversério, “ N complemento direto _complemento indireto peer i unc uaacd O Joao ofereceu-me um livro. Eu tu Eu dei-te o meu numero de telefone. Voce / Ele / Ela Senhor Fonseca, eu pedi-the para vir mais cedo! ties Eles emprestam-nos sempre o dicionério. Vocés Disseram-vos a que horas comeca o filme? files / Elas Telefonei aos meus avés. Telefonei-thes ontem 63 5 “ay BL roreda ae UNIDADE em comprar uma ca: om formas verbais compostas sie: = ndiueto © 0s pronomes reflexos colocam-se entre 0 auxiiar Colocagao dos pronomes c: pronomes de complement diet bo principal café do bairro. mas ele ndo gostou. Regra geral, os (verbo ter) € 0 Participio Passado do ver Exemplos: Tenho-o visto todos os dias no Tinhasthe comprado um casaco novo, © Pedro tem-se sentido doente nos ultimes tempos. ‘Atengbo! Com os tempos compostes, seguem-se as mesmas regras que JA vimos para a colocacao dos pronomes antes das formas verbais. Exemplos: Nao 0 tenho visto ultimamente. ‘Nunca the tinha dado um presente anteriormente. (© Pedro nao se tem sentido bem. PD Por vezes, & possivel contra o pronome de complemento direto @ indireto quando nao queremos repetir os complementos e 0 sentido das frases é absolutamente claro. Exemplos: Dei o livo a0 Joo. => Dei-lho ontem. {the + 0=> Iho) “ x complemento direto fo) complemento indireto (the) A Sandre comproume o carro, => Comprou-me por 10 000 euros. Eu dei-te os resultados dos testes. => Dei-tos ontem. Ofereci flores & minha mae. => Oferect-has pelo aniverséro. Eu emprestei-te as minhas chaves, => Emprestei-tas na semana passada. 12, Reescreva as frases substituindo as palavras sublinhadas pelos pronomes correspondentes. 1. Tu viste 0 Pedro ontern? 2. Ela deu as chaves a ima. 3. Perdi o quarda-chuva no metro. Escreveste aos teus pais? Tenho andado a em comprar uma casa no ey '5, AMaria convidou os amigos para a festa de anos. 6. Quando vi o Paulo fiquei surpreendido. 7. Eles nunca encontraram o livro, 8, Elas escrevem as mensagens rapidamente Vamos comprar os livros amanh3. UNIDADE 10, Ele faz 0 trabalho muito depressa: 11, Tutens 2 minha caneta na pasta 12. Nés temos telefonado ao Jodo semanalmente. 13. Ultimamente, nao temos visto a Ana. 414, Ele disse que tinhe visto o filme, 15. Nos tltimos dias, tenho encontrado 0 Joao no ginasio. 16. Ofereci os chocolates as criangas. 17. 0 Jorge deu-me os livros ontem. tide ~ Egbes Tecnica, Ld 18. Ja te tinha dado 0s exercicios na semana passeda 65 i PTR EL: Cal aegloape Pers ey ete kL abbas casa UNIDADE que faltam nas frases abaixe 19) 13. Ouga.o Texto E e complete as informasses les vio convidar cerca de pessoas. 1. Aave fe computadore: 4. Ek d 2. A Lucia vai casa neipio de 5, Depois do casamento, ela vai vive ro pals porque de casamento 6. ALuicia vai viver para out dda caixa. Faga a contragao com o artigo definide quando necessirio, 14. Complete as frases com as preposi brinquedos das criangas estdo espalhados _¢ levar o pai ao aeroporto 1.0 2. A Daniela saiu mais cedo do trabalho 3..O senhor Vicente vendeu a quinta um bom prego. 4. Js respondeste __telefonema do Gon¢alo? 5.0 Manvel nunce chega horas. Esté sempre atrasado! 6. Nao consigo falar ao telemével. Estou rede. 7. Fiquei muito aborrecido nao chegar tempo. © TESTE A SUA CULTURA PORTUGUESA! 15. Escolha a opsao correta para cada situagao. 1. Em Portugal, 2) ... as pessoas, geralmente, respeitam as fas, 1} b) ... as pessoas nao fazem fila. a 1. 88 pessoas nao respeitam as filase tentam passar a frente. Bee 2) ... 08 pedes tém sempre prioridade nas passadeiras sem semsforo, b) .. 08 veiculos t8m sempre prioridade. a, ) passa primeiro quem é mais répido. UNIDADE & TESTE DE REVISAO 4. Leia o Texto F e assinale se as frases so verdadeiras (V) ou falsas (F). TEXTO F Turismo de Saude e Bem-estar Em Portugal, hd uma nova aposta em termos turisticos: o Turismo de Satide e Bem-Estar. A estratégia consiste em melhorar condigées que ja existiam, criar novas ofertas, requalificar recursos humanos e gestéo de empresas e aumentar oferta de servicos complementares de qualidade. Portugal tem muitos recursos termais e instalagdes de SPA. Uma grande parte dos SPA e centros de talassoterapla estd instalada em Lisboa e no Algarve. As termas, pelo contrério, estéo espalhadas pelo pais, sobretudo no norte e no centro. Foram, em tempos, exploradas e muito apreciadas pelos romanos. Arainha D. Leonor mandou construir nas Caldas da Rainha o primeiro hospital termal do mundo para dar assisténcia a todas as pessoas necessitadas, sem cistingdo. Estas dquas curativas, que descem pela sera, tém cerca de oito mil anos. 1. O Turismo de Satide e Bem-estar é um conceito novo em Portugal. 2. Pretende-se aproveitar e melhorar os recursos que jé existiam. 3. Em Portugal, hé muitas termas em todo o pals, especialmente em Lisboa e no Algarve. \— 4. As Sguas termais foram exploradas pelos romanos, 5. O hospital das Caldas da Rainha existe hé oito mil anos. 2. Leia novamente o Texto F e responda as perguntas. 4. Segundo o texto, o que 6 necessirio fazer para promover oTurisme de Sade = BermEstar am Portugal? 2 2. Onde estao localizadas as termas? E 08 centros de SPA? 61 i Tenho andado a Latin at em comprar uma C 4. Quem é que mandou construir primero hospital termal do, mundo? obre ela. «4 Procure ne Internet informagBo tobre 2 rainhe Dona Leonor @ escreva um pequeno texto & 3. Complete as frases com as formas verbais corretas. (dormir) bem. 41. Nos ditimos tempos, eles no __ 2. Ontem, eu (ir) a um concerto na Sé Catedral 3. Antigamente, eles ___ (viajar) sempre de carro. 4, Nos iltimos tempos, a Graga (andar) maldisposta. 5. Ultimamente, 0 poder de compra dos europeus (diminuir). 6. Dantes, as pessoas — (confiar) mais no futuro. 4, Reescreva as frases substituindo as palavras sublinhadas pelos pronomes correspondentes. 1. Enviei uma encomenda ao Paulo. 2. Os pais compraram um telemével novo a filha. 3. Visitei a Fatima ontem, 4. No préximo fim de semana, vou visitar os meus amigos ao Porto. 6, Preparas o jantar hoje? UNIDADE 20) TEXTOA Partir rumo ao futuro Hoje em dia, é cada vez mais importante para o mercado de trabalho ter uma mente flexivel ¢ possvir eapacidade de adaptagao. Por este motivo, muitos jovens consideram importantissimo para a sua vida profissional ter experiéncias diferentes, conhecer culturas diferentes, outros idiomas, enfim, um mercado de trabalho com caracteristicas diversas e que enriqueca 0 seu curriculo, Na hora de escolher um candidsto, muitas empresas multinacionais preferem jovens com iniciativ e capacidade, néo sé de adaptacdo mas também imaginativa. Ter experincia de conhecer outros paises e outros contextos culturais também € ume mais-valia, Vera Soares, 23 anos, estudante de Engenharia Eletrotécnica, decidiu partir pare 2 Austréia e continuar ai os seus estudos: "Escolhi a Austrdlia porque, primero, € um pais que sempre me atraiu. Acho que é totalmente diferente de todos os paises europeus. Depois, penso que ainda & ume terra de oportunidades. De qualquer modo, se ndo conseguir encontrar trabalho Ié depois de acabar 0 curso, posso sempre voltar pera Portugal. A experiéncia de viver num pafs to diferente &, com certeze, uma mais-valia para encontrar trabalho aqui.” @ ESCRITA 1, Responds as perguntas sobre o Texto A. 1. Quais sdo as vantagens para os jovens de estudar noutros patses? 3, Porque € que @ Vera escolheu a Australia? NEY ECM tLe Sasha 4 Ot ed 2, Tendo em conta o texto, explique o sentido das seg} 4. “mente flexivel’ apacidade de adaptacao" de oportunidades’ 4, *mais-val VOCABULARIO 3, Lela o Texto A e apresente um sino 10 ou explique o significado das palavras/expressdes do quadro abaixo. eared peor Ee) Geese ed eee Coed © ORALIDADE 4, Vamos conversar... 4. Jé estudou fora do seu pats ou pensa fazer isso no futuro? Quais foram ou séo as suas expectativas? 2. Com que idade é que acha que um jovem esta preparado para escolher a sua carreira esquire profissional? E no seu pais, com que idade tem de escolher o curso que vai seguir? 3. Em Portugal, os jovens, aos 16 anos, tém de escolher a érea de estudo que mais terde sde, saber que profissao é melhor para eles? irdo seguir. Acha que os jovens, com esta ida UNIDADE STEVENS imei Ro tacucaniman 1p) Sonam rares'e comptes em dia, é cada ver 1 capacidade de adaptacso. também é uma mais-valia, 3s paises e outros decidiu partir para a Austrilia e continuar ai os seus estudos Ter a experiéncia de conhec 2 3. Vera Soares 4. Escolhis Australia porque, primeio, & um pais que 5. Depois, penso que ainda 6 uma 22)) 6. era veipartc par Austra om breve la di rms asta das cosas qu precisa de fazer antes de partic Ouga Texto B, tome nota do que a Vera di e complete oquadro absixo. @ GRAMATICA Determinantes indefinidos @ esquerda do nome. Os determinantes indefinidos usam-se com nomes e colocamae. Exemplos: Comprei muitos livros, Temos pouco dinheiro. Seonome jéfoi mencionado antes, ndo é necessério repet-lo. O indefinido. ue representa o nome ja mencionado € um pronome indefinido. Exemplos: A: Compraste algum chocolate? 8: Nao. Nao compre’ nenhum, Comprei tantos livros e jé os li todos. Atensio! Em geral, os determinantes e os pronomes indefnides fo variéveis. Concordam com o nome em género e em numero, _Exemplo: Compre’ algumas roupas alguns sapatos. Gostei multo dinheiro, det sil enema 3 UNIDADE ued eae algum alguma alguns algumas nenhum nenhuma nenhuns nenhumas muito muita muitos muitas pouco pouca poucos poucas tanto tanta tantos tantas todo toda todos todas outro outra outros outras oy alguém Para pessoa: ninguém tudo Para coisas nada @ ESCRITA 7. Complete as frases com as palavras da caix Faca as concordancias, se necessario. Tina ae 1. daleste livro em portugues? 2. 0 26 ndo gosta de ler. Ele 6 __— 3. Eu nunca li ____ autor coreano. 4 4. AMadalena comprou joupss@ === sepatosnosealcen, Gastou = imenso dinheiro! 5. Ela esta muito magra. Come _doces e__—gorduras. 6. Ainda nao li livro do tltimo Nobel da Literatura, Nao encontre! nada dele nas livrarias. 7. Javiste filme portugués? Ha historias muito interessantes. n 8. Complete as frases com as palavras da caixa. Faca as concordancias, se necessario. PINitnwe toad na cantina?’ Encontraste Nao. Nao encontrei 2, Naovi conhecido no seminério. 3. Acho que no me esqueci de Jé arrumei__ 4, -Sabes se vem a conferéncia amanha? —Da nossa turma nao vem. 5. — Ja estudaste _ para o teste? = Ja, mas parece que ndo sei 9. Escreva um pequeno texto sobre o seguinte tema: Na hora de escolher um curso, o que é mais importante para sit a saida profissional e o salario ou a satisfacao pessoal de fazer aquilo de que mais gosta? Porqué? 23) TEXTOC Entrevista a um estudante Erasmus Jornalista: Markus: Markus: Jornalista: Markus: Jornalista: Markus: Jornalista: Markus: Jornalista: Markus: Jornalista: Markus: (la! Boa tarde. Queria fazer-the algumas perguntas sobre a sua cexperiéncia aqui em Portugal como. estudante do programa Erasmus, Pode ser? Esté bem, mas nao prometo falar um portugués correto. Ainda estou a aprender! Nao tem importéncia. Hé quanto tempo esté em Portugal? Estou aqui ha cinco meses. ‘Quanto tempo vai ficar 8? Vou ficar 0 ano letivo todo, até ao fim de maio ou de junho. Ainda no sei muito ber, por causa dos exames. Como tem sido a sua adaptacdo a uma lingua e cultura diferentes? Tem sido dificil? No inicio, quando cheguei, foi mais dificil. Estranhei a comida, a lingua. Tive de me adaptar a uma nova universidade, a outro tipo de ensino. Quvir todas as aulas em portugués era muito cansativo. No fim do dia, ainda ia duas vezes por semana frequentar aulas de portugués, mas estava to cansado que, 8s vezes, nem ouvia a professora. Qual é 0 balango que faz desta experiéncia? Voltava a fazé-la? Voltava a fazer tudo! Acho que tem sido uma experiéncia de vide fantéstica! Esta foi a primeira vez que sai de casa dos meus pais. Sinto falta da familia e dos amigos, mas também jé fiz novos amigos aqui. ‘Aprendi a fazer tudo sozinho, a ser mais responsével, a saber gerir melhor 0 meu dinheiro, Foi muito positivo ‘Afinal, Markus, 0 que © levou a inscrev acho que 6 uma boa oportunidade para conhecer outros paises, outras undo, esta experiéncia dé-nos a possibilidade de conhecer melhor jer-se num programa como 0 Erasmus? Ha varias razdes. Primeiro, culturas, aprender outras linguas. Seat ‘mercado de trabalho que existe fora do nosso pals e abre-nos outras porta. Hoje em dia, as empresas modernaspreferem candidatos que mastram capacidade de adaptacio flexibilidade de pensamento, Muito Lem, Markus. Jd termindmos. Desejo-he muita sore para o futuro e obrigada pela entrevista. De nada. Foi um prazer! UNIDADE NEY EDR A Ls colina @ ESCRITA 10. Responda as perguntas sobre 0 Texto C. sm Portugal? Até quando vai ficar? 41. Hé quanto tempo € que © Markus esté et experiéncia em Portugal? 2, O que 6 que foi mais dificil para o Markus na sua experiéncia e 9% 3. © que é que o Markus considera mais positivo nesta experiéncia? 4. Sabe 0 que é 0 programa Erasmus? Se nunca ouviu felar sobre este programa, informagdes e escreva um pequeno texto sobre o assunto. Gioia pesquise na Internet algumas 23.) 11. Cuca o Texto C e assinale se as frases so verdadeiras (V) ou falsas (F). 4. A jornalista entrevista um estudante Erasmus. 2. Markus esté em Portugal ha 15 meses. 3. O Markus va ficar em Portugal até julho. 4, © Markus acha que foi facil aprender portugués. JO 5. O Markus considera que esta experiéncia ndo foi positiva 6. O Markus acha que o programa Erasmus é uma boa oportunidade para os jovens. 24) 12. Ouga as frases e assinale se sio declarativas (D) ou i 41. Voltava a fazer tudo_ a 5. Sentia falta da familia e da comida_ 2, Voltava a fazer tudo_ a) 6, Sentia falta da famtla e da comida. 3. Esta experiéncia foi muito positive. [_] 7. Viver fora do pats é uma mais-valia_ 4, Esta experiénci foi muito positiva. | 8. Viver fora do pats é uma mais-valia_ ferrogativas (I). Acrescente a pontuacéo. A 7 elicit © ORALIDADE 43. Vamos conversar 4. Como éosistema de ensino no seu pais? Faga uma pesquisa na Internet e compare o sistema de ensino no seu pas com o sistema de ensino em Portugal 2, Acha que escolheu o curso dos seus sonhos ou o curso ‘que Ihe vai dar mais saida profissional? Esta arrependido da sua escolha? 3, Gostava de mudar o sistema de ensino no seu pais? O que 6 que mudava? 4. Imagine que podia estudar um ano letivo noutro pais. Em que pais gostava de es porqué? O que é que is, fs gostava de estudar e porqué? O que ¢ gostava de estudar? ® GRAMATICA Formago do plural dos nomes Em geral, quando as palavras terminam em vagal ou ditongo, acrescenta-se um s 2o singular. Exemplos: 0 carro => 0s carros 2 casa => as casas a mae => as mées As palavras terminadas em -r,-2.e -s formam o plural acrescentando es a0 singular. Cr) (2) (s) eg Area eee Plural oprofessor —_os professores © rapaz (0s rapazes © pals 0 paises omar ‘os mares aluz as luzes ofregués os fregueses a mulher as mulheres avez as vezes o francés 0s franceses ‘tengo! Alguns nomes terminados em -s séo uniformes, ou seja, s6 tem uma forma Exemplos: 0 lapis => 08 lapis a sandes => as sandes (© Lidel -Eaigdes Técnicas, Lda. 7 UNIDAD NE aC Tn i Bite) cated sxeabeubicnancl ‘As palavras terminadas em ~3o formam o plural de tés formas diferentes. 25 Es = Goo Sigur Purl : ae ae SS SEORNG jeiTl nso on Ske Saas fell (eee ere] | escidechass osctindtcs Sita oP cs ‘As palavras terminadas em -Iformam o plural retando ‘As palavras que terminam em -m formam o plural © I final e acrescentando -is, Se Ee Ee em-ns o hospital os hospitais ohomem os homens. © papel 6s papéis aimagem as imagens bari os barris a paragem as paragens © espanhol cs espanhéis aviagem as viagens oazul os azuis a margem as margens (Os nomes com acento ténico na dkima silaba mudam 0 + por-s. (Os nomes com acento ténico na peniitima slaba substtuem -ilpor-eis (féssil=> fésseis; réptl => réptes) @ ESCRITA 14. Complete as frases fazendo a concordancia. 1. OGongalo e a Daniela querem ser_______ (professor) 2. Quando ponho a mese, esqueco-me sempre das_______(colher 68% (enands) dos Acores so os melhores que eu jé com 4. Na nossa turma, hé poucos______ (rapa). 5. Devemos respeitar e tratar bem todos os —_ (animal). 6. Hé muitos _(espanhol no nosso curso de Portugués 7. Os __ (hospital) portugueses estdo sempre cheios 8. Os prédios mais recentes tém todos___(garagem), 9. Tenho ouvido muitas_ (cango) portuguesas. 10, Em Lisboa, as ~ [estagao) de metro so muito limpas, 14. Os meus (irméo) séo mais velhos do que eu. 12. O Vasco tem muitos (lépis) de cor. 13, Eles comem muitas (andes) por dia, UNIDADE 5 15.Complete as Frases com as preporigSes da cala, Faca acontragdo com o artigo deflnido quando necessiio RTL 1A U0 VoO para o Brasil esta raz60, 66 val vejat na préxima semana 2. A Ana esqueceu-se passaporte em casa, isso no pode viajar. Ela s6 reparou que nao tinha o passaporte momento de embarca 3, AMaria tem 0 péssimo habito deixar tudo © tltimo minuto, 4.0 Luis ndo se péde inscrever no curso porque deixou passar 0 prazo, Deixa sempre tudo © tltimo dia. 5, Temos de comegar reparar a viagem, Nao gosto de deixar tudo fim 6. A Beatriz ajudou a irma fazer as malas, 7. Os rapazes ajudam sempre limpeza da casa, | 8, —Posso ajudar alguma coisa? Sim, Ajuda-me arrumar os livros estante. 9. & Luisa fez um programa Erasmus na Finlandia e voltava fazer tudo de novo. Adorou a experiéncia familia quando esteve a estudar fora do pais. 10. A Renata sentiy falta 11. 0 Jodo jé ouviu falar programa Erasmus. 6 TESTE A SUA CULTURA PORTUGUESA! 16. Escolha 2 opeao correta para cada situagao. Deen ee ee eee aks beard keene 2) ...@5 pessoas apresentadas devem cumprimentar-se apertando a mao. b)... nunca se deve apertar a mao. <)... a8 pessoas no dizem nada, nem apertam a mao. 2) ... deve contar pormenores da doenca. b) ... do deve contar pormenores da doenca. ) ... deve falar sobre outro assunto, 9 UNIDADE & TESTE DE REVISAO 1. Complete as frases com os ind elados. 41. Este verdo esteve muito calor, por isso com! 9 2. Nao tenho colega da Australia 3. Temos leite em casa. Ja o bebemos quase —___— 4, Hoje, nao tenho coisas para fazer, por isso vou & praia. 5. - Sabes se telefonou _ da loja de informatica? — Acho que, até agora, no telefonou __- 2. Qual é 0 plural? 11. 0 doutor 1. 0 leo eee 6. oca0 ‘ie 2. ama ~ eee 7. oirmao - . 12. o lapis 3. a estagio iii 8. a garagem 13. asandes _ 4, a televisio 9. aparagem 14. oalemio 5. 0 coragéo 10. 0 professor 15. oréptil Complete as frases com as preposicées da caixa. Faca as alteracdes necessarias. ECVE eas eed 1. ASandra comegou__ aprender mandarim més passado. 2. O Joo deixou o exame final setembro. 3, AMaria esqueceu-se __ telemével__ empresa. 4. Pedro ajuda a mée__preparar o jantar. 5. Nao gosto de café, __isso, bebo cha. 6. momento de comegar o exame, a Ana viu que se tinha esquecido do cartdo de cidadso. UNIDADE 6 UNIDADE 25) TEXTOA Inscrever-se no gindsio Gindsio Hércules, bom dia! Em que posso ajudar? Bom dial Estava a pensar em frequentar © vosso gindsio, porisso queria saber os pregos e as condicées. ‘Temos dois tipos de horério: todos os dias, chamado livre Funcionéria: {ransito, e duas vezes por semana. O preco do livre-transito 6 de 70 €. Duas vezes por semana custa 35 €. Depois das 18 horas é um pouco mais caro, mais cinco euros por més, ‘Ana: Qual 6 0 vosso horério? Funciondria:_ Abrimos as sete e fechamos s 22, sete dias por semana. Ana: Dao as toalhas ou € preciso levar? Funciondria: Damos 36 uma toalha, Se precisa de mais, tem de trazer a sua. Ana: Tem SPA ou piscina? Funcionéria: Sim. Temos SPA e temos uma piscina aquecida Ana: E preciso levar algum atestado médico? Funcionaria: Para ter direito a0 seguro de acidentes tem de ter um atestado médico, Nao se esqueca de que para utilizar a piscina tem de usar touca e chinelos Obrigada pelas informagdes e bom dia, Dernada. Bom cia, @ ESCRITA 1. Responda as perguntas sobre o Texto A. 1. O que quer dizer “livre-transito” no gindsio? 2. Na sua opiniao, por que razo se paga mais depois das 18 horas? 3. Explique o que é um atestado médico. UNIDADE 6 opinido, € importante mostrar atestado mé 01 nédico quando se inscreve n\ ssio? Porqué? serev sio? Pora) 4. Nasu 5, Na sua opinido, € importante usar touca e chinelos para utilizar a piscina? Por .0u pais é necessério ter um atestado médico para se inscrever num gindsio? € necessario usar touca e chinelos nas piscinas? CP csi 2. Complets dro. ae ase Ks. f: Ta rar y_ = a ajuda frequentar a abertura fechar aquecer oatestado esquecer Qual é a Peay cased roe: UCC 4, Vamos conversar... um telefonema para um ginésio. Peca informacoes 41, Simule como seu coleg: sobre o horério, gas e as condicdes. 2. Voce frequenta ou frequentou algum ginésio? Que tipo de atvidades fsicas é que goste de fazer? indsio no seu pais? Descreva 0 tipo de funcionamento, os precos, 2s condigdes, quem frequenta, 0 tipo de equipamento, etc. 44. No seu pais, s pessoas pratcem atvidades fiscas com frequéncia? Que tipo de atividades s0 mais populares? 25 )) 5. Ouge 0 Texto A e complete o quadro sem olhar para 0 texto. ‘Que tipo de horérios tem 0 ginésio? Qual é 0 prego? Qual é o horério do gindsio? Tem piscina? Qusis s80 as condicdes para usar a piscina? 26) 6. Ousa 0 Texto B e responda as perguntas. 1. O que é que a Sare vai fazer no cabeleireiro? 2. Quando é que ela quer ir? 3. Quando € que ela vai? 84 Ce ececoced eared @ GRAMATICA Os advei Ozadvérbios 250 palavrasinvariévels em género e em nimero. Podem ser classiticados quanto a ideia que tansmitern, rr Ai, ali, aqui, atrés, dentro, for, [a, longe, onde, perto, ete. | rs ‘Agora, amanha, anteontem, antes, antigamente, cedo, dantes, hoe, js, logo, nunca, ontem, sempre, tarde, etc. ord ‘Assim, bem, depressa, devagar, lentamente, mal, rapidamente, etc PEEEEPEPE Demais, mais, menos, muito, pouco, tanto, téo, etc. Esco Certamente, realmente, sim, ete. eed Nao, nunca bead Possivelmente, provavelmente, talvez, etc. Ordem Depois, finalmente, primeiramente, seguidarente, etc 85 se com adjetivos e advérbios. Tanto usa-se com verbos. Habitualmente, ta0 (O Jose 6 tao falador! (Q.Jodo é muito falador. Ele fala tanto! O Joss fala to depressa! es Alguns edvérbios tém formas irregulares de variago As locugGes adverbiais sdo expresses equivalentes a emgrau advérbios e sio compostas por duas ou mais palavras ee ers bem => melhor adireita de vez em quando ee a mal => pior aesquerda em frente 0 contrério em geral bem => otimamente i Formas superlatives cada vez mais em silencio mal => pessimamente com certeza mais ou menos 8. Complete as frases usando os advérbios ou as locucdes adverbiais da caixa. Eee Cerne ere a . gosto de comer um bolo de chocolate. 2. A Daniela ests gorda 3 _ fazla gindstica trés vezes por semana, 4, Aquele peixe sabia ! 5. Oladrao correu muito ! Ninguém o apanhou! 9. Complete as frases com advérbios de divida, 4, ‘amanha vai chover. 2. Hoje, no vou jantar fora 3. © Pedro esqueceu-se do jantar. 4.Eleé, 10 mais inteligente dos irmaos, Qual ¢ a mensalidade do ginasio?_$ UNIDADE @ ESCRITA 40. Complete 0 texto com advérbios de ordem, Meus senhores, Esta reuni8o serve para, dar A \ 1s boas-vindas aos novos inguilinos deste prédio. . vamos verificar as contas do _, vamos votar ano que passou. © novo orgamento. = + vamos mmbinar 2 festa para 0 “dia do vizinho", que é ja no proximo més. roby Se estio todos de acordo, podlemos inicar a reuniéo. E 11. Complete as frases com os advérbios de intensidade da caixa. ETLCURrva ee cee td 41. Os novos alunos s0___estudiosos. Trabalham | 2. 0 Zeca come Esté magro! 3. Acho que comi Estou __ cheio! 4. 0 Rui é compreende a lingua portuguesa, mas fala_ depressa! 5. A Silvia foi a primeira a chegar a meta. Correu 6. Os meus vizinhos s80 simpaticos. Fizeram uma festa girissima no “dia do vizinho" O wos DE FALA Argumentar / Discutir Convencer / Apresentar uma Defender uma ideia Apresentar argumentos conclusao {As pessoas estio gordas. Umadieta Nao queremos bolos na cantina saudével aumenta a produtividade e diminui as doengas. Queremos fruta na cantina 87 UNIDADE 412. Na cantina da sua escola resolveram tirar todos os bolo: fruta e sanduiches saudaveis, mas nem toda a gente gostou da di Imagine um debate entre varios colegas em que uns esto de acordo e outros ‘estéo em desacordo com a medida tomada. 5 ¢ substituilos por sao. 13. Os seus vizinhos estéo sempre a fazer festas até muito tarde. O barulho é muito e voce no consegue dormir. Imagine um didlogo com eles para tentar resolver a situacao. a) Tex100 Reunio de alunos Hoje, os alunos do curso de Portugués tém uma reuniao para discutir © passeio do fim do semestre opiniao a favor Anders: Eu sou a favor de visitar o Museu da Cidade. Assim, ficamos @ conhecer melhor a historia da cidade onde vivemos. opiniao contra Carol: Desculpa, mas eu sou contra. Para mim, um museu 6 muito aborrecido. Além disso, detesto pedras e fosseis. concordncia Pablo: Tens raxao, Carol. Por #12280, Carol. Porque é que néo vamos passear pela cidade e almogar? Detesto ficar fechado dentro de um museu, argumentar Ritat Mas nés no vamos s6 ver pedras. © pedras, © museu conta a historia a evolugdo da cidade até ao século XX, Podemos aprender imenso sobre a cult rf sobre a cultura portuguesa, néo acham? Qual é a mensalidade do ginasio? § UNIDADE @ ATOS DE FALA Concordar Discordar Estou de acordo com... / Concordo consigo / Nao estou de acordo com... Nao concordo com... / {Tem raz20 / Sou a favor de. Nao tem taz50 / Nao sou a favor de... ss Argumentar Nao acha que pode ser diferente? / Estd a ver... / Mas, pense bem... : 15. Faga um diélogo idéntico ao Texto D com o seu colega. Exprima concordancia ou ndo concordancia ¢ defend 0s seus pontos de vista, Escolha uma das situagdes abaixo e preencha o quadro com as estruturas que utlizou. + Construir um parque infantil no meio do jardim, em frente da sua casa; + Proibir as pessoas de andar com cées nos jardins e nos parquesi + Autorizar a carta de condugio a partir dos 16 anos; * Proibir os cartos de entrar no centro da cidade. oe Pea Re Maccd 8 CTT dubarene UNIDADE da caixa. Faca a contragao com 0 artigo definido quando necessério, 16. Complete as frases com as preposi¢d Cree 4. Na minha escola substituiram os bolo fruta. acordo esta medida, 2. Nem tada a gente esteve teruma dieta mais saudavel 3. Os alunos precisa estas medidas inovadoras. 4, Os professores deram as boas-vindas 5. A diregdo da nossa escola pense ___satide de todos. hora da reuniso. 6. Esquecime 7. Tenho de agradecer_Danie!__me lembrar da reuniéo. 8. Todes as pessoas séo ber-vindas nossa reunigo. 9. Eu no gostei__deciso_diretor. 10. Nao estou__acordo_a deciso da maioria. 11. Acho boa ideia substituir 0 agicar__mel. 12. Nos precisamos comer mais fruta © TESTE A SUA CULTURA PORTUGUESA! 17. Escolha a opséo correta para cada situacao. 1. Em Portugal, se alguém the oferece uma lembranca ou um presente, 2). deve recusar sempre [| b).... aceita, agradece, mas ndo precisa de retribuir | | ©)... aceita, mas tem de retribuir obrigatoriamente. a ee 2)... n0 inicio de refeigso, b).... a meio da refeigio, ).. no fim de refeigéo, : ee @resre DE REVISAO 4, Faga frases com os advérbios de tempo indicados abaixo 2. Complete as frases com os advérbios da caixa. Se necessério, use as variagdes em grau. CEE ey ce 4. Omeu avo conduz ! Jé teve varios acidentes. do que a Sara 3. A Andreia fala inglés __ do que eu. Ela dé muitos erros. 4, As pessoas devem comer E mais saudavel mastigar bem os alimentos. 5. Nao fales a0 __! Nao percebo nada! 6 ,comia pouca fruta. Agora, como mais. 3. Complete as frases com as locugées adverbiais da caixa. rom silencio / cada vez mais / mais ou menos / em frente / de vez em quando / em geral 1. Sabes onde fica 0 novo centro comercial? direita na préxima safda e, depois, vais sempre —— Por fim, acho que tens -Sei . Viras & de virarna primeira rua a esquerd. 2. Meninos, por favor, leiam o texto ___— 3. © mundo esté pobre! ‘ | gosto da comida tailandesa e vou a um restaurante japonés: " UNIDADE 4, Comente o seguinte text CN eae ok ubbenenedd Hoje em dia, somos quase todos escravos da mode: 2 moda das dietas, da magreza extrema, do exercicio fisico cexagerado, etc, Ira0 gindsio é uma isso a cumprir,n30 para ser saudével, mas para assegurar que a5 gordurinhas ficam longe de nés. Somos reféns do nosso personal trainer. € a nova escravatura ditada pela moda, UNIDADE 7 © que é que ele disse? UNIDADE 29) TEXTOA Querida Marianne, ° Recebi o teu e-mail na semana passada, mas 66 agora consegui responder porque o meu computador 4 estava avariado e eu tive de leva-lo a uma loja de informatica Por aqui estétuclo bem. E por ai? Como esti todos? Ja voltaste & tua universidade? Cheque’ do Algarve na semana passada. Como sabes, todos os anos passo férias no sul do pais e este ano fiz: 2 mesma coisa. © tempo estava étimo. Tivemos uns dias cheios de sol as praias estavam linclssimas, mas cheias de gente, Fui 2 praia todos os dias, apanhel sol e nadei no mar. Adorei a gastronomia do Algarve - sabes que ld comem muito peixe, ndo é? ‘Amanhé comeco novamente as minhas aulas na universidade. Como sabes, ja fiz muitos amigos na minha turma estamos a pianear fazer uma viagem em conjunto no préximo ano, nas férias da Pascoa. Gostavamos de visitar Londres « Pars, Primeito, iamos a Londres e, depois, a Paris, a tua cidade. Nés chegavamos a Paris no dia 12 de abril e podiamos ficar Ia durante quatro dias. Podias organizar-nos uma visita por Paris durante esses dias? Nés adorévamos conhecer os monumentos mais famosos. Bom, por agora é tudo. Um beijo muito grande da tua amiga, Luisa @ ESCRITA 1. Responda as perguntas sobre o Texto A, 1. Porque é que a Luisa demorou uma semana para responder ao e-mail da Marianne? 2. O que ¢ que a Luisa fez para arranjar o computador? 3. Quando o seu computador esté avariado, como resolve o problema? qonde € que @ Lulsa passou a frias este ano? Como estavao tompo? . stava 0 tempo 5,0 que é que @ Luisa fez durante as férias? 6, Oque é que a Luisa pensa sobre a comida do Algarve? Porque? 7. Quais s20 0 planos da Luisa para as préximas férias da Pascoa? 8, Quando é que ela pensa chegar a Paris? VOCABULARIO 2. Leia 0 Texto A e apresente um sinénimo ou explique o significado das palavras/expressées do quadro abaixo. oa Sie Erg Sr) Coe eg © ORALIDADE 3. Vamos conversar... gastronomia do Algarve e apresentera 20 1.Faca uma pesquisa na Internet sobre 2 ia da sua cidade, mi Sus colegas, Diga se gosta ou ndo compare-a com a gastronom! 2 Fale sobre as suas times fas (onde foi, com quam fi, .que fe) 3. Fale sobre o que gosta de fazer quando esta de férias. 4. ; Conte 0 que fez no seu primeiro dia de aulas. UNIDADE 7 $ Oque e que 40) 4,01 0TextoB complete o undo com informatio ® Quando vai? Para onde vai? Durante quanto tempo vai ficar 18? Come vai para ls? Quanto tempo demora viagem? Qual é0 pedido que faz? i Oque vai fazer is? 31) 5. Ouga o Texto Ce complete o quadro com a informacio correta. Quancio wot ssn sa Para onde v8o? __ Durante quanto tempo véo ficar? ‘Como vao para la? Quanto tempo demora a viagem? Qual é 0 pedido que faz? O que vio fazorts?__ ie Bae ES * Iniciar a carta ~ Vocativo inicial de correspondéncia Regras para correspondéncia e correio eletrénico (+ formal) Exmo.(a) Sr(a) + (cargo/titulo): Exmo. Sr, Diretor da Faculdade de Letras {- formal) (Meu) Caro amigo / (Minha) Cara colega: (Meu) Caro colega (+ informal / + intimo) Meu querido amigo / Minha querida amiga / Querido(a) + nome: (Minha) Querida filha * Terminar a carta - Saudasio final (+ formal) Cumprimentos / Muitos cumprimentos / Atencio: samente / Com os meus/nossos rimentos / / Agradecendo antecipadamente pales sass (+ informal / + intimo) Um beijo / Beijinhos / Muitos bejinhos / Um abrago (entre dois homens) crs disse? § UNIDADE @ ESCRITA 4 Escreva as seguintes mensagens de correio eletrénico, Iago. 4. (tuaclo informal) Escreva um e-mail a um(a) utilizando as regras de correspondéncia adequadas para cada amigo{a) € conte-the 0 que tem feito nos iltimos tempos. eerste ts) l 2. (Stuagdo formal) Vocé vai frequentar um curso de Lingua Portuguesa na Faculdade de Letras de Lisboa. Envie um e-mail para pedir as seguintes informacdes: * Calendério dos cursos; * Alojamento; * Horério dos cursos; * Preco dos cursos. * Niveis de ensino; aE | 1000 GD) CEE 7 UNIDADE COR RRM ee 32) TEXTOD Sandra, ‘Ontem a tarde, quando chegou a casa, a Sandra viu que tinha uma nota colada na porta do frigorifico. Veste a tua roupa mais elegante © vai buscar om , Quando leu a nota, ficou muito surpreendida. Foi até a sala e apa que esta em cima dq mesa da sala. O ma até a0 local onde d da noite. encontrou o mapa em cima da mesa. © maps tinha informacoes PA tem o caminho pare chegar 20 outro lado da cidade, mas ela néo conhecia eves estar as city bbem esse lugar. Até logo Unt amigo secreto A Sandra estava muito intrigada, mas como era uma pessoa aventureira, decidiu aceitar aquele desafio. Saiu de casa perto das sete da tarde e apanhou 0 autocarro numero 33, tal como estava escrito no mapa. Depois, contou @s paragens e, quando chegou a citava, saiu. A rua era lindissima, tinha érvores muito verdes e casas antigas. De repente, viv no final da rua uma casa enorme — era a casa amarela onde tinha de entrar. Como nao havia ninguém na rua e jd eram quase oito horas, a Sandra ficou um pouco apreensiva, mas, ainda assim, no desistiu de entrar na casa, Tocou 2 campainha e esperou. Alguém veio a porta e abriu-a. Ela entrou, mas dentro da casa ndo havia luz, por isso ela no conseguia ver nada. Ela tentou perceber onde estava e, de repente, ou Parabéns, Sandrall! {A Sandra assustou-se com o barulho repentino, mas vu imediatamente a cara dos seus melhores amigos. Estava numa sala cheia de gente, os seus amigos e a sua familia. Ao centro havia um bolo de aniversério cheio de velas. Era 0 SeU dia de anos e ela tinha-se esquecido completamente. Ultimamente, tem andado tao ocupada que nem se lembrou de que fazia anos naquele dia, Os amigos e a familia deram-the os parabéns e ofereceram-lhe muitos presentes. Foi um dia muito emocionante e a Sandra nunca se vai esquecer dele. UNIDADE 7 QDescana z,Responda as perguntas sobre o Texto D. 4.Ontem, porque € que @ Sandra ficou surpreendida quando cheqou a casa? 2, Porque € que a Sandra decidiu fazer o que estava escrito na nota? 43, Aque horas € que ela tinha de estar no local de destino? 4, Como € que 2 Sandra tinha de chegar a esse local? 5, Como era 2 rua onde ficava a casa amarela? 6. Qual era 2 surpresa que tinham preparado para a Sandra? | 7, Porque é que ela se tinha esquecido do seu aniversério? VOCABULARIO 8. Complete o quadro. eric a surpresa colar | aventureiro ‘a deciséo. esquecer-se emocionante 9 UNIDADE oe M Cees xercicio anterior. 9. Faga frases com algumas das palavras do quadro do exercicio ante dra izeram-the uma surpresa. A Sandia ficou surpreendida Exemplos: Os amigos da Sandia fizeram-l ppresa No dia a seguir festa, a Sandra encontrou uma colega da faculdade, 2 Carla, e contou-lhe como tinha sido a sua festa de aniversario surpresa. Ol, Sandra. Entéo, como foi o teu dia de aniversério? Sandra: Olé, Carla, Foi étimo, Os meus amigos prepararam uma festa surpresa Ah... Que giro! E o que é que eles fizeram? © Paulo deixou uma notana porta do meu frigorifico. Anota tinha informag&es sobre um mapa que estava em cima da mese da minha sala. Depois, no mapa havia instrugdes para chegar a uma rua onde havia uma casa amarela. A festa foi 5 Carla: Os teus amigos so muito criativos. E depois? Sandra: Depois, ful de autocarro até & rua onde ficava a casa amarela Quando entrei nessa casa, apanhei um grande susto, porque todos gritaram “Parabéns, Sandral”, e eu nao esperava aquilo Carla: — Ficaste assustada? Sandra: Nao. Fiquei apenas surpreendida, mas gostei imenso da festa, Carla: E 0s teus pais? Gostaram da surpresa? Sandra: Claro. Eles disseram que tinha sido a festa mais gira que tinham visto, @ GRAMATICA curso indir () bi afirmaram, Inperteito do Indicatvo, presente do indicative + Pretérto Imperteto do Indicative « Preterto Perfeito Simples do Indicativo * Pretérito Mais-Que-Perfeito Composto do Indicativo « Pretérto Imperteito do Indicativo + Pretérito Imperteito do Indicative xen tasond eee Ed + Eu, tu, nds * Ele, ela, eles, elas Penk anon eu Ld eed 3 pessoa + Estels), esta(s), esse(s), essa(s) * Aquele(s), aquelals) * isto, isso + Aquilo *Meu(s), minha(s), teuls), tua(s), nosso(s), nossa(s}, | * Seuls), suals), dele(s), detats) vo0ss0(3), vossats) Pec a ile * Aqui, cé © Ali, 18 Al ali ls 6 * Agora, ja * Naquele momento, imediatamente Stile + Naquele/Nesse dia * Ontem + No dia anterior * No dia seguinte + Depois 101 UNIDADE CoM RRs Rad Cee INTERROGATIVA DIRETA Prt cereals Carla: Luisa, sentes-te bem? ‘A Carla perguntou a Luisa se ela se sentia bem, Rui: Paula, que horas s80? O Rui perguntou a Paula que horas eram. pps Tr ceiete-cikekarsctseseaaaeialie + observar que pensar que + perguntar se / quem / onde / quando * achar que + acreditar que + acrescentar que * afirmar que + referir que + dizer que + responder que + exclamar que + sentir que + intuir que ver que Exemplos: => A Carla afirmou que naquele dia estava cansada. => A Ana referiu que no dia anterior se tinha deitado tarde. Rui: Onde vai amanhé, Paula? =} O Rui perguntou & Paula onde ela ia no dia seguinte Paula: Vou encontrar-me com uns amigos. => Ela disse que ia encontrar-se com uns amigos. Luisa: Posso entrar, senhor diretor? => A Luisa perguntou ao diretor se podia entrar @ ESCRITA 10. Passe as frases do discurso direto para o discurso indireto. Carla: Hoje, estou cansada, ‘Ana: Ontem, deitei-me tarde. 1. Rute: Hoje, sinto-me muito contente. 2. Nuno: Posso falar com a Elisabete? 3. Carolina e Filipa: Ontem, chegamos mais tarde & faculdade porque perdemos 0 autocarro, 4, Carlos: Como est a sua mée, Bérbara? 5, Eduardo: Nao encontro as minhas chaves. Eu deixei-as nesta mesa, mas agora nao estdo aqui 6. Professor: Tém de fazer este exercicio com atengao. 34) 11. Ouca as frases ¢ passe-as oralmente para o discurso direto. @ ORALIDADE 4p. Vamos conversa. 4. Fara pequenas frases no discurso direto e diga-as a0 seu colega, Depois,o ten de 2s pasar oralmente para o dscursoindireto. Em sequida, ore teucolega no discurso direto e transforme-as também para 6 ee seu colega as frases do ; indireto g.folecomum colega sobre 0 seu tikimo aniverstio, Conte onde fi, oque f 7 © que fez, que presentes recebeu, etc, Depois, conte © que ouviu ao resto da turma @ ESCRITA 43. Complete o texto com as preposigées da caixa. Faca a contragéo com o artigo defi (ido quando necessario. Cua. [eed ___semana passada, a Paula saiu casa sete.e mela__manha. Ela costuma sair mais tarde, mas, ontem tinha_____ passar_____ banco porque precisava ‘abrir uma nova conta, Quando chegou trabalho, viu que se tinha esquecido __carteira_ banco ¢ assustou-se © que tinha acontecide. Assim, teve voltar 1d. Quando la chegou, perguntou um funcionario se tinha visto a sua carteira. O ‘uncionério perguntou-lhe como era a carteira e ela disse-Ihe que era pequena e azul fim alguns ‘emprego. Entretanto, jé era meio-dia e a Paula estava muito __viagens e ia chegar muito tarde ___ trabalho. Ha dias, rinutos, encontraram a carteira e ela regressou aborrecida porque tinha perdido imenso tempo —_ mesmo, mesmo terriveis! @ BURRO VELHO NAO APRENDE LINGUAS.. 14, Faga a correspondéncia de modo a completar os provérblos. Depois, explque 0 seu significado. le mais do que dinhelro. 1. Quem muito dorme 2. Quem tudo quer 3. Amigo verdadeiro f = 1 cs 103 CoRR kts UNIDADE & TESTE DE REVISAO 1. Escreva notas de acordo com as informagées que se seguem. Destinatario Pao Sabado ~ 20h Largo do Leal Senado ~ meia hora antes do jantar Jantarde turma | Na sua casa Colegas de turma ee ee | Cees Cree Estudar para teste juntos | Bibliotec 1 2, Excreva um e-mail a0 seu professor / & sua professora de Portugués e conte-he o que tem feito nos iltimos tempos. Fale sobre a sua vida escolar, os seus gostos e preferéncias. 3. Passe as frases para o discurso indireto. 4. Luis: © Carlos escreveu uma carta aos pais ontem & tarde. 2 Ana: Edgar, sabes que horas sé0? a ee jo 105 UNIDADE 4. Jomnalista: Esta manhé, ocorreu um acidente na autoestrada do Norte. O acidente envolveu trés viaturas que sq deslocavam para 0 Sul 5. Laura: Na préxima semana vai chover, por isso, ndo podemos ir & praia 6. Paulo: César, quando € que volta para o seu pais? 4. Escreva um texto, com cerca de 200 palavras, sobre as suas férias mais interessantes ou uma viagem que fez para o estrangeiro. See UNIDADE 8 _m UNIDADE 35) TEXTOA Idosa ataca ladrées com mala e impede assalto Uma idosa, armada apenas com a sua mala de mao, impediu um grupo de assaltar uma joalharia em Inglaterra. O episédio insdlito aconteceu na segunda-feira, quando seis homens tentavam arrombar a montra da loja, em plena luz do dia .quanto os funcionérios do estabelecimento se escondiam com medo, de rua apareceu uma mulher com cerca de 75 anos. Com a mala na mao, a idose comecou a bater nos assaltantes e impedit-os de continuar 0 assalto, "Estévamos assustados. Trancémos a porta e escondemo-nos”, afirmou uma das testemunhas do incidente. "Quando olhémos para fora da loja, a senhora estava a correr pela rua com a sua mala no 2, a bater nos ladrSes, acrescentou Dois dos assaltantes ficaram no local, provavelmente paralisados de espanto com 0 que estava a acontecer. Um terceiro membro do grupo de assaltantes tentou fugir, mas quase foi atropelado por uma carrinha , por causa disso, fo! apanhado por um grupo de populares. Segundo as autoridades, um quarto assaltante fol igualmente detido. Quanto a identidade da idosa, ainda nao ¢ conhecida, Correio da Manha (texto adaptado) @ ESCRITA 1. Responda as perguntas sobre 0 Texto A. 1, Onde se passa esta noticia? 2. Onde e quando aconteceu o assalto? 3. Como € que a idosa conseguiu impedir o assalto? 4, Qual foi a atitude dos funcionérios quando viram os assaltantes? O que diz o Jornal de hoje?