Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

Disciplina de Dicção e pronúncia


Professora Virgínia Cavalcanti Santos Castilho
Discente: Edmilson Bruno do Nascimento

Fichamento de leitura
MILLER, Richard. Apêndice 3 – A Fisiologia do Sistema Ressonador do Trato
Vocal. In. MILLER, Richard. A estrutura do canto: Sistema e arte na técnica
vocal. 1 ed. São Paulo: É Realizações, 2019. p. 401-407.
Trato vocal superior e “O trato vocal superior é Alterações na dimensão
os músculos da face: o mecanismo do trato de ressonância,
articulatório para a fala é provocada pelos
e o canto.” p. 401 movimentos dos
articuladores1 do trato
vocal (língua, lábios,
palato, bochechas e
mandíbula). Esses
movimentos são
influenciados pelos
músculos da face e do
pescoço.

Estrutura para os “Os ossos da face, junto Ossos zigomáticos,


músculos da face: Os à mandíbula, fornecem visíveis nas bochechas:
ossos. a estrutura para os Armação superior da
músculos da face.” p. face.
401. Ossos maxilares, ossos
grandes: formam a
arcada superior, teto
para a boca e dão forma
as cavidades nasais.
Osso Mandibular: maior
osso da face. A língua é
conectada a mandíbula
e os dentes inferiores
também estão
enraizados nela.

Os músculos da face: “(...) que respondem a Músculos que


Influenciadores no gestos articulatórios influenciam nos
movimento dos órgãos (...)”. p. 401. movimentos dos
articuladores. ângulos da boca:
Levantador e abaixador
do ângulo da boca, o
zigomático e o risório.
Músculos que
influenciam nas
expressões faciais:
1 Articuladores: órgãos do sistema fonador que possuem função de modificar a configuração do
trato vocal.
Abaixador do lábio
inferior, o mentual, o
orbicular da boca e o
plastima.
Músculos que
influenciam na
mastigação: O
bucinador, o temporal, o
masseter, o pterigoideo
medial e lateral.

Cavidades do trato “A boca é a mais Para a articulação de


vocal superior: Os ajustável (...), por causa alguns sons, existe uma
ressonadores como a da mobilidade dos ligação entre as
boca, cavidades nasais, lábios, da língua e da cavidades nasais, a
a bucofaringe e a mandíbula”. p. 404. boca e a faringe.
nasofaringe.

“Os seios paranasais Contribuição dos seios


(...), tem um papel paranasais (frontal, o
desprezível na etmoidal, o esfenoidal e
ressonância, tanto na os seios maxilares)
fala como no canto”. p. seria possivelmente,
404. aumentar a ressonância
da voz para a fala e o
canto, aquecer e
umidificar o ar inalado,
contribuir para a
secreção de mucos e
outras possíveis
possibilidades que
alguns teóricos
explicam.

Região da nasofaringe:
Parte nasal da faringe,
posterior a cavidade
nasal, acima do palato
mole

Região da bucofaringe:
pequeno espaço na
cavidade bucal,
compreendida entre a
raiz da língua, o palato
mole e a epiglote. Ela
comunica a boca com o
istmo da garganta.