Você está na página 1de 32

EXERCÍCIOS PARA O CURSO DO “PJE-CALC SEM MEDO”

CONFIGURAÇÕES PADRÃO

Alguns parâmetros iniciais precisam ser configurados antes de darmos início ao cálculo
propriamente dito.

Sugiro que estas configurações iniciais sejam feitas em todos os cálculos antes do lançamento
das verbas, pois há uma grande chance de esquecermos de configurar algum parâmetro e
gerar erro no cálculo, gerando retrabalho e baixa produtividade.

TENHA EM MÃOS UM RESUMO DA CONDENAÇÃO COM OS DADOS NECESSÁRIOS;

CRIAR NOVO CÁLCULO

Para informações mais


detalhadas consulte o Manual
do PJECALC no TRT8:

https://pje.csjt.jus.br/manual/index.php/PJE-Calc#Novo_C.C3.A1lculo

TABELAS

Checar/atualizar a tabela a ser


utilizada

DADOS DO PROCESSO

Número do processo se houver;

Dados das partes e advogados;

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
PARÂMETROS DO CÁLCULO

Estado/ Município – dados


contratuais/distribuição do
processo/modalidade da rescisão
(aviso prévio)

Comentários

Você pode utilizar este campo para


colocar o nome do escritório, algo
que identifique seu cálculo, ou ainda
o resumo da condenação.

APÓS SALVAR OS PARÂMETROS E DADOS DO PROCESSO, À ESQUERDA APARECERÃO AS VERBAS

DO CÁLCULO:

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
SUGIRO SEGUIR A ORDEM INVERSA DAS VERBAS:

Correção, juros e multa: Selecione a C.M desejada, a forma


de apuração dos juros (pelo líquido/bruto); juros simples ou
fazendário; períodos sem juros; Taxa Selic; Multa
previdenciária.

Custas: Lançar custa de forma calculada pelo sistema ou


informada (conforme sentença por exemplo), abater custas
pagas.

Honorários: Honorários periciais e advocatícios, recte e


recda.

Multas e indenizações: Ex: Multas por obrigação de fazer;


litigância de má-fé (posteriores ao contrato);

Imposto de Renda: Tipo de apuração; deduções

Pensão Alimentícia; Opção de abater dos créditos do recte

Previdência Privada; apura alíquotas devidas, se necessário;

Contribuição social: INSS recda, SAT, isenção, empregado


doméstico, percentuais editáveis;

FGTS: Multa de 40%, abater valores depositados/sacados;


Multa do Art. 467 sobre os 40%;

Seguro Desemprego: Apura parcelas de forma automática


ou informada;

Salário Família: Informar dependentes quando necessário;

Faltas: Injustificadas, justificadas, afastamentos, atestados,


interfere nas férias e verbas (horas extras, insalubridade, etc);

Férias: Lançamento automático e editável, com


possibilidade de mais fracionamento e abono;

Histórico Salarial: Bases salariais pagas e/ou devidas (ex.


comissões, ats; equiparação) e de verbas a serem
calculadas (ex. vale refeição, vale transporte)

Verbas: Lançamento Manual (sem parâmetros) e


Lançamento Expresso (possui quase todas as verbas
necessárias, editável)

Cartão de ponto: Jornadas fixa, digitável, diversas escalas,


art. 384, art. 253, art. 66, art. 71 híbrido (antes e depois da
reforma)

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
VERBAS

As verbas podem ser apuradas de duas formas:

MANUAL

Não há parâmetros, é mais trabalhoso, mas é mais editável que nas verbas expressas, exige
maior conhecimento em cálculos;

EXPRESSO:

Configuradas de acordo com a legislação vigente (majoritária), com divisores,


multiplicadores, e incidências adequadas a verba escolhida, no entanto permite edições.
Exige menos conhecimento técnico para manuseá-las, e trazem algumas previsões que
alertam quando há erro no lançamento da verba.

As verbas de lançamento expresso podem ser utilizadas para gerar outras verbas, exemplo:

Estabilidade Gestante 6 meses após o contrato com reflexos em 13º, férias e FGTS;

Você pode utilizar uma verba que contenha os mesmos reflexos, como a COMISSÃO,
bastando alterar o nome e período das verbas.

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
VERBAS REFLEXAS E MÉDIAS

Algumas verbas estão configuradas com reflexos, ex. horas extras, adicional de insalubridade,
periculosidade. Para visualizar os reflexos clique em Exibir:

Para configuras as verbas reflexas, selecione o box corresponde e clique na seta que
surgirá à esquerda:

Para as verbas reflexas Férias e 13º salários sugerimos utilizar a média por valor absoluto, é a
que mais se aproxima das apurações realizadas em Excel;

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Média pelo Valor Absoluto: A base de cálculo da verba reflexa é a média dos valores
absolutos (sem correção monetária), apurados na verba principal e nas verbas reflexas
selecionadas.

É possível ainda tratar as frações de mês: Para os meses incompletos você pode optar por
Manter, o valor será utilizado como base sem nenhum tratamento, ou optar por Integralizar o
sistema utilizará como Base o valor correspondente a mês completo, ou ainda Desprezar
Menor que 15 dias.

BASE DE CÁLCULO DA VERBA REFLEXA

Via de regra, a base de cálculo da verba reflexa é uma VERBA PRINCIPAL, ex: INTRAJORNADA;

No entanto, é possível acrescer outra verba reflexa na base de cálculo, ex: DSR sobre as
demais verbas reflexas:

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
EXERCÍCIOS PARA O CURSO DO “PJE-CALC SEM MEDO”

EXERCÍCIO 1A – ATUALIZAÇÃO DE VALORES HOMOLOGADOS

CÁLCULO/NOVO CÁLCULO EXTERNO

LITIGANTES: FULANO X MERCADINHO


ADM: 01/10/2015
DEM: 30/09/2016
DISTRIBUIÇÃO: 01/11/2016

DADOS DO PROCESSO (PARTES)

Após salvar os dados do campo


parâmetros (inclusive número de
meses) à esquerda aparecera as
opções para lançamento dos valores
homologados.

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado sem prévia autorização.
Clique em Parcelas Atualizáveis

Preencha as abas:

“Créditos do Reclamante”

“Descontos dos Créditos do Recte” ou “Débitos do Reclamante” (nunca os dois);

“Outros Débitos do Reclamado”

DADOS DO EXEMPLO:

VALORES HOMOLOGADOS COM ATUALIZAÇÃO ATÉ 01/10/2017

PRINCIPAL CORRIGIDO => R$ 65.050,36 (FGTS INCLUSO)

JUROS DE MORA => R$ 7.155,54

ÍNDICE DE CORREÇÃO => TR

TAXA DE JUROS => PADRÃO

INSS RECLAMANTE => R$ 4.251,36

INSS RECLAMADA => R$ 12.222,66

CUSTAS PROCESSUAIS => R$ 1.200,00

H.O PERICIAIS DEVIDOS PELA RECDA => R$ 2.500,00

H.O ADVOCATÍCIOS DEVIDO PELO AUTOR => R$ 7.220,59

H.0 ADVOCATÍCIOS DEVIDOS PELA RECDA => R$ 2.500,00

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado sem prévia autorização.
Após lançar todas as informações
necessárias, vá para a aba Atualização

clique em Liquidar Atualização

Selecionar a Data De Liquidação


(atualização);

Se preferir, identifique com Fls. Ou ID;

Clique em Liquidar;

Após Liquidar deve aparecer a mensagem:

Agora, no menu esquerdo clique em


Imprimir Atualização (salve em PDF);

Em seguida, clique na Aba


Operações/Exportar

Salve o arquivo .PJC

Ele deve ser anexado ao PJECALC online

ou enviado para o e-mail da vara/cliente;

PARABÉNS!!!!
VOCÊ CONCLUIU A ATUALIZAÇÃO DE UM CÁLCULO HOMOLOGADO.

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado sem prévia autorização.
EXERCÍCIOS PARA O CURSO DO “PJE-CALC SEM MEDO”

EXERCÍCIO 1B – ATUALIZAÇÃO DE VALORES HOMOLOGADOS C/ ABATIMENTOS

*OS MESMOS DADOS DO EXERCÍCIO ANTERIOR;

** DEDUÇÃO DPR RECEBIDO – R$ 8.235,26 (VALOR LEVANTADO EM 08/10/2018) (Priorizar juros);

*** DEDUÇÃO PAGTO PARCELAMENTO (ART. 916 CPC) 30% - R$ 22.235,36 EM 25/02/2019;

Na pagina inicial escolha a opção Buscar Cálculo

Na pagina seguinte a busca pode ser feita por:

Número de processo, reclamante, reclamado ou número do cálculo (aparece no canto direito do PDF)

Clique em Abrir

Na guia Dados do Processo o


sistema trará automaticamente os
dados das partes, não precisa
alterar nada.

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Na guia Parâmetros do Cálculo Externo, informe a Data da última Atualização, Correção Monetária, Base
de Juros (liquido/bruto); Juros de Mora, Contribuição Social (Selic ?); Dados para apuração do imposto de
renda e Custas, tudo conforme o CÁLCULO HOMOLOGADO.

Não esqueça de salvar as alterações!!

Aparecerá a seguinte mensagem:

Clique em Parcelas Atualizáveis

Escolha as verbas que deseja abater o valor pago.

Não esqueça de salvar as alterações!!

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Após lançar todas as informações necessárias, vá para a aba Atualização e clique em

Dados para Pagamento

Informe a Data do Pagamento, o Valor Total Do Pagamento a Identificação (Se preferir, identifique com
Fls. Ou ID ) e se deseja Priorizar o Pagamento dos Juros (padrão);

Voce também pode usar parte do crédito para abater outros débitos do reclamante ou do reclamado, desde que
o total não ultrapasse o valor pago.

Nesta fase também é possivel incluir novas verbas posteriores a homologação, como Pensão Alimentícia, Multas
E Indenizações, Honorarios, Ou Custas;

Em seguida, clique em Liquidar Atualização, escolha a Data para a qual deseja atualizar, identifique o cálculo
base (fls ou ID) e clique em Liquidar

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Após Liquidar deve aparecer a mensagem:

Agora, no menu esquerdo clique em Imprimir Atualização (salve em PDF);

Em seguida, clique na Aba Operações/Exportar;

Salve o arquivo .PJC Ele deve ser anexado ao PJECALC online ou enviado para o e-mail da vara/cliente;

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Na tela inicial clique em Criar Novo Cálculo

Após configurar os parâmetros externos ao cálculo (Configurações Padrão) vá para a Aba Verbas –
Lançamento Expresso e selecione as verbas deferidas:

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
OBS: As verbas FGTS+40% devem ser configuradas nas Aba FGTS e no Histórico Salarial quando for
deferido FGTS contratual/vínculo.

Como há verba saldo salarial, desmarque o FGTS sobre o salário base do mês da rescisão, pra evitar
duplicidade de apuração.

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
As verbas Saldo de Salário, Aviso Prévio e Multa do art. 477 não precisam de adequação, são apuradas de forma
automática com base nos dias trabalhados e na maior remuneração informada nos parâmetros do cálculo.

Via de regra as férias também são apuradas com base na maior remuneração, mas podem ser editadas para
considerar o salário histórico.

O Adicional De Insalubridade é automaticamente calculado com base no salário mínimo e nos percentuais
escolhidos no Lançamento Expresso.

Após lançar todas as verbas, marque os reflexos devidos, e configure os parâmetros das verbas reflexas (média
pelo valor absoluto);

Após configurar verbas principais e reflexas, vá para a Aba Operações e clique em Liquidar, escolha a Data
desejada para a liquidação e forma de Acumular Índices De Correção;

ATENÇÃO!! SE APARECER INFORMAÇAO DE ERRO, VOCE DEVE IDENTIFICÁ-LO E CORRIGI-LO E EM


SEGUIDA LIQUIDAR NOVAMENTE O CÁLCULO. ALERTAS NÃO IMPEDEM A LIQUIDAÇÃO!

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Após liquidar o cálculo, na mesma Aba Operações, clique em Imprimir (salve o PDF), e em seguida em Exportar
(salve o .PJC).

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Na tela inicial clique em Criar Novo Cálculo

Após configurar os parâmetros externos ao cálculo (Configurações Padrão) vá para a Aba Verbas –
Lançamento Expresso e selecione as verbas deferidas:

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado sem prévia autorização.
OBS: As verbas FGTS 8% devem ser configuradas nas Aba FGTS e no Histórico Salarial quando for deferido
FGTS contratual/vínculo;

As verbas Saldo de Salário e Multa do art. 477 não precisam de adequação, são apuradas de forma
automática com base nos dias trabalhados e na maior remuneração informada nos parâmetros do
cálculo.

Via de regra as férias também são apuradas com base na maior remuneração, mas podem ser editadas
para considerar o salário histórico.

O Adicional De Periculosidade é automaticamente calculado com o salário base, se houver mais de uma
base salarial no histórico será necessário escolher qual base deseja usar.

Após lançar todas as verbas, marque os reflexos devidos, e configure os parâmetros das verbas reflexas
(média pelo valor absoluto);

Quantos a apuração dos intervalo intrajornada, será necessário gerar 2 (dois) cartões de pontos:

1) Um do período anterior a Reforma Trabalhista, de forma salarial e com reflexos, com apuração da hora
integral;

ESCALA 04 X 02 - 09:00 AS 18:00 COM 30 MIN INTERVALO DA ADMISSÃO ATÉ 10/11/2017

2) Outro com período posterior a Reforma Trabalhista (DE 11/11/2017), de forma indenizada e com
pagamento apenas da diferença de intervalo não gozado.

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado sem prévia autorização.
Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado sem prévia autorização.
Quanto ao Preenchimento de Jornadas, clique na opção Escala, escolha a opção Outra e em Quantidade de Dias
digite 30, gerando um relatório mensal de acordo com a jornada fixada

Após lançadas as jornadas, salve o cartão de ponto e clique na opção Apurar Cartão de Ponto, onde você pode
escolher a data de fechamento (25/30 etc).

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado sem prévia autorização.
Após gerar o cartão de ponto clique em visualizar e verifique se as verbas deferidas foram corretamente
apuradas e demonstradas, aqui aparecerá somente as quantidades mensais, as quantidades diárias serão
impressas no cartão de ponto diário (pdf).

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado sem prévia autorização.
Ao configurar a verba intrajornada em Quantidade escolha a opção importada do cartão de ponto, selecione
Horas Intrajornadas e clique no sinal de +

Após configurar verbas principais e reflexas, vá para a Aba Operações e clique em Liquidar, escolha a Data
desejada para a liquidação e forma de Acumular Índices De Correção;

ATENÇÃO!! SE APARECER INFORMAÇAO DE ERRO, VOCE DEVE IDENTIFICÁ-LO E CORRIGI-LO E EM SEGUIDA


LIQUIDAR NOVAMENTE O CÁLCULO. ALERTAS NÃO IMPEDEM A LIQUIDAÇÃO!

Após liquidar o cálculo, na mesma Aba Operações, clique em Imprimir (salve o PDF), e em seguida em Exportar
(salve o .PJC).

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado sem prévia autorização.
Na tela inicial clique em Criar Novo Cálculo;

Após configurar os parâmetros externos ao cálculo (Configurações Padrão) vá para a Aba Verbas –
Lançamento Expresso e selecione as verbas deferidas:

Neste caso precisaremos lançar 2 (duas) vezes a verba Horas extras 50%, pois uma delas será alterada
para o adicional de 60% e a outra será utilizada para a apuração das horas extras noturnas à 50%.

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Para o presente cálculo será necessário apurarmos 2 (dois) cartões de ponto, conforme
exemplos a seguir:

JORNADA DE TRABALHO DA ADMISSÃO ATÉ 31/12/2016


Jornada 12 x 36 – Horário noturno

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
JORNADA DE TRABALHO DE 01/01/2017 ATÉ A DEMISSÃO

Jornada 6x1 – Excedente 8/44

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Após lançadas as jornadas, salve o cartão de ponto e clique na opção Apurar Cartão de Ponto, onde você pode
escolher a data de fechamento (25/30 etc).

Após gerar o cartão de ponto clique em visualizar e verifique se as verbas deferidas foram corretamente
apuradas e demonstradas, aqui aparecerá somente as quantidades mensais, as quantidades diárias serão
impressas no cartão de ponto diário (pdf).

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Após configurar verbas principais e reflexas, vá para a Aba Operações e clique em Liquidar, escolha a Data
desejada para a liquidação e forma de Acumular Índices De Correção;

ATENÇÃO!! SE APARECER INFORMAÇAO DE ERRO, VOCE DEVE IDENTIFICÁ-LO E CORRIGI-LO E EM SEGUIDA


LIQUIDAR NOVAMENTE O CÁLCULO. ALERTAS NÃO IMPEDEM A LIQUIDAÇÃO!

Após liquidar o cálculo, na mesma Aba Operações, clique em Imprimir (salve o PDF), e em seguida em Exportar
(salve o .PJC).

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
Na tela inicial clique em Criar Novo Cálculo

Após configurar os parâmetros externos ao cálculo (Configurações Padrão) vá para a Aba Verbas –
Lançamento Expresso e selecione as verbas deferidas:

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
ATENÇÃO!!

Para apurar estabilidade com reflexos:

Sempre que houver verbas posteriores a demissão como estabilidade, pensão ou dano moral é
necessário alterar a Data final – data do último pagamento da estabilidade ou data do dano moral se
posterior.

Alterar as datas de admissão e demissão para as datas do período estabilitário sempre que for necessário
apurar reflexos

Criar histórico salarial “estabilidade”

Escolher verba que tenha os reflexos desejados, ex: comissão e alterar o nome para a verba desejada.

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.
A verba Dano Moral vem automaticamente configurada para contabilizar os juros desde o ajuizamento.

Após configurar verbas principais e reflexas, vá para a Aba Operações e clique em Liquidar, escolha a Data
desejada para a liquidação e forma de Acumular Índices De Correção;

ATENÇÃO!! SE APARECER INFORMAÇAO DE ERRO, VOCE DEVE IDENTIFICÁ-LO E CORRIGI-LO E EM SEGUIDA


LIQUIDAR NOVAMENTE O CÁLCULO. ALERTAS NÃO IMPEDEM A LIQUIDAÇÃO!

Após liquidar o cálculo, na mesma Aba Operações, clique em Imprimir (salve o PDF), e em seguida em Exportar
(salve o .PJC).

Este material de apoio é de autoria dos Prof. Marcos Montanhani e Ana Lourenço, não podendo ser divulgado
sem prévia autorização.