Você está na página 1de 68

Manual de Serviços

Código do MS MSRF0131 – R1

CRM51AB, CRM51AK,
Modelo do produto CRM52AB, CRM52AK,
CRM55AB, CRM55AK

Categoria do produto Refrigerador

Marcas do produto Consul

Informamos que a partir de 13 de agosto de 2013, iniciamos a comercialização dos


Refrigeradores Consul Frost Free, produzidos em Joinville.
Os produtos possuem portas com acabamento EVOX e apresentam uma resistência
à ferrugem e corrosão muito maior que as antigas portas INOX e, por esse motivo
possuem uma garantia diferenciada de 3 anos, somente contra ferrugem e
corrosão. Quaisquer outras ocorrências com as portas não são cobertas pela
garantia diferenciada.

IMPORTANTE
 Estes produtos não possuem remoção de porta em garantia;
 Estes produtos não possuem reversão de porta.

Página 1
Manual de Serviços
1. Índice
1. Índice ..................................................................................................................... 2
2. Identificação do produto......................................................................................... 4
3. Especificações Gerais ........................................................................................... 5
4. Especificações Técnicas........................................................................................ 5
5. Garantia ................................................................................................................. 6
6. Apresentação do produto....................................................................................... 6
7. Instalação .............................................................................................................. 7
8. Utilizando o refrigerador....................................................................................... 10
9. Limpeza do produto ............................................................................................. 13
10. Rotina inicial automática (“power-up”) .............................................................. 14
11. Rotinas de Degelo e Rotinas Especiais do produto .......................................... 15
11.1 Rotina Termostática...................................................................................... 15
11.2 Rotina de Degelo .......................................................................................... 15
12. Soluções não técnicas, pequenos problemas e ruídos comuns do produto ...... 16
13. Rotinas de teste ............................................................................................... 17
13.1 Senhas de acesso ........................................................................................ 18
13.2 Teste da Interface ......................................................................................... 18
13.3 Rotina de pré-autoteste ................................................................................ 19
13.3.1 Lógica dos códigos de falha ...................................................................... 23
13.4 Autoteste ...................................................................................................... 23
13.4.1 Resultados do autoteste............................................................................ 25
14. Teste dos principais componentes ................................................................... 27
14.1 Valores nominais .......................................................................................... 28
14.2 Testes e diagnósticos dos componentes ...................................................... 35
14.2.1 Motor ventilador do Evaporador ................................................................ 35
14.2.2 Resistência de degelo e termofusível ........................................................ 36
14.2.3 Compressor, relé e PTC............................................................................ 37
14.3 Testes e diagnósticos por defeito reclamado ................................................ 38
14.3.1 Não refrigera no refrigerador ..................................................................... 38
14.3.2 Não congela no freezer ............................................................................. 39
14.3.3 Iluminação interior não acende ................................................................. 40
15. Desmontagem .................................................................................................. 41
15.1 Interruptor de Porta....................................................................................... 42

Página 2
Manual de Serviços
15.2 Portas e dobradiças ...................................................................................... 43
15.3 Gaxetas ........................................................................................................ 46
15.4 Puxadores .................................................................................................... 46
15.5 Iluminação .................................................................................................... 47
15.6 Filtro Bem Estar (filtro de ar antiodor) ........................................................... 49
15.7 Verificação dos pontos de solda ................................................................... 50
15.8 Controle eletrônico........................................................................................ 51
a) Módulo eletrônico ............................................................................................. 52
b) Interface ........................................................................................................... 54
15.9 Fluxo de ar e sistema de insuflamento.......................................................... 55
15.10 Capa do difusor de ar ................................................................................ 56
15.11 Motor ventilador do evaporador ................................................................. 59
15.12 Termofusível ............................................................................................. 60
15.13 Sensores do refrigerador e degelo ............................................................ 61
15.14 Sistema Hermético .................................................................................... 63
15.15 Resistência de Degelo .............................................................................. 64
16. Diagramas Elétricos ......................................................................................... 66

Página 3
Manual de Serviços
2. Identificação do produto

Características

Capacidade

Mercado
Tensão
Versão
Marca

Linha

Cor
1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º

C R M 51 A B/K A NA

C R M 52 A B/K A NA

C R M 55 A B/K A NA

1º Dígito Marca C Brastemp

2º Dígito Linha R Refrigerador

Refrigerador, 2 portas,
degelo automático (Frost
3º Dígito Características M
Free / No Frost Mid),
porta em chapa metálica.

400 L (sem
51
compartimento folhosos)

400 L (com
4º Dígito Capacidade 52
compartimento folhosos)

430 L (com
55
compartimento folhosos)

5º Dígito Versão A Primeira versão

B Branco
6º Dígito Cor
K Cinza

A 127V
7º Dígito Tensão
B 220V

8º Dígito Mercado NA Nacional

Página 4
Manual de Serviços
3. Especificações Gerais
Modelo CRM51 CRM52 CRM55
Dimensões sem embalagem (mm) (mm) (mm)
Altura 1746,5 1747 1871
Largura 711 711 711
Profundidade 730 730 730
Profundidade com a porta aberta a 90º 1325 1325 1325
Largura com a porta aberta a 115º 1015 1015 1015
Cabo de alimentação 1615 1615 1615

Capacidade bruta (litros) (litros) (litros)


Total 412 412 447
Compartimento refrigerador 318 318 331
Compartimento freezer 94 94 116

Capacidade de armazenagem (litros) (litros) (litros)


Total 405 405 437
Compartimento refrigerador 317 317 330
Total freezer 88 88 107
Compartimento superior freezer 12 12 16
Compartimento freezer 76 76 91

Peso máximo sobre os componentes (kg) (kg) (kg)


Prateleiras superior (em cima da frutaria) 3,5 3,5 3,5
Fruteira 3,5 3,5 3,5
Prateleira diversos (intermediária) 12,0 12,0 12,0
Prateleira garrafas 7,5 7,5 7,5
Meu espaço 2,0 2,0 2,0
Porta latas 1,1 1,1 1,1
Espaço mais 1,0 1,0 1,0
Prateleira (cada) 5,0 5,0 5,0
Peso sem embalagem (kg) 71 71 76

4. Especificações Técnicas
Modelos CRM51 CRM52 CRM55
Tensão Nominal (V) 127 220 127 220 127 220
Limites de tensão (V) 104-140 198-242 104-140 198-242 104-140 198-242
Corrente Nominal (A) 2,1 1,3 2,1 1,3 2,1 1,3
Consumo (kWh/mês) 52,5 52,5 52,5 52,5 56 56
Potência (W) 112 127 112 127 112 127
Carga de Gás Refrigerante
48 48 48 48 50 50
R600a (± 2 g)
Compressor EMBRACO EMYe70-CLP

Página 5
Manual de Serviços
Pressão de Alta (kPa) 1550 1550 1550 1550 1550 1550
Pressão de Baixa (kPa) 550 550 550 550 550 550
Capacidade de
3,5 3,5 3,5 3,5 6,0 6,0
Congelamento (kg/24h)
Tempo máximo de
11 11 11 11 11 11
conservação sem energia (h)

5. Garantia
Possui 1 ano de garantia contra defeitos de fabricação, sendo 3 meses de garantia
legal e 9 meses de garantia especial concedida pela Whirlpool. Para maiores detalhes
e informações, verificar manual do consumidor.
A garantia compreende a substituição de peças e mão de obra no reparo de
defeitos devidamente constatados, pelo fabricante ou pela rede autorizada Brastemp,
como sendo de fabricação.

6. Apresentação do produto
CRM51AB / CRM51AK / CRM52AB / CRM52AK / CRM55AB / CRM55AK

Página 6
Manual de Serviços

7. Instalação

ATENÇÃO!
A remoção de portas não é coberta pela garantia.
Esses produtos não possuem reversão de portas.
O refrigerador deve ser movido por no mínimo 2 (duas) pessoas.
Este produto pode ser instalado pelo próprio consumidor, não havendo a necessidade da
presença de um técnico para efetuá-la.

Página 7
Manual de Serviços

Página 8
Manual de Serviços

Página 9
Manual de Serviços
8. Utilizando o refrigerador

Página 10
Manual de Serviços
Timer latas:

A substituição do filro de ar não é


coberta pela garantia do produto

Página 11
Manual de Serviços

Porta latas:

Os produto possui dois porta latas que podem


ser deslocados do refrigerador para o freeezer
de acordo com as necessidades do
consumidor.
Cada um possui capacidade para 3 latas.
No freezer, utilize-o com a função “timer latas”
ativada para garantir um resfriamento mais
rápido e a conveniência de evitar o
esquecimento e o congelamento das latas no
freezer.

IMPORTANTE
As instruções de uso devem ser transmitidas ao usuário no ato da instalação do produto
ou em qualquer eventual atendimento de manutenção ou prevenção. Vale lembrar que a
Garantia para Orientação de USO é de 180 dias.

Página 12
Manual de Serviços
ATENÇÃO!
Se a posição “Freezer Máx.” tiver sido acionada por mais de 24 horas, poderá
haver uma ineficiente refrigeração do refrigerador, prejudicando a conservação
dos alimentos.
O congelamento irregular de itens que no compartimento do refrigerador pode
ocorrer caso a posição “Refrigerador Máx.” tenha sido acionada por longos
períodos de tempo.

9. Limpeza do produto

Página 13
Manual de Serviços
10. Rotina inicial automática (“power-up”)

Sempre que o produto é ligado a rotina inicial é executada automaticamente. A


temperatura medida no sensor de degelo vai indicar se esta rotina acontecerá na
condição quente ou fria.
A rotina pode ajudar o técnico a identificar se o produto está se comportando de
acordo, realizando o acionamento das cargas nos tempos determinados.

Modelos
CONDIÇÃO QUENTE
Se a inversão de sensor é
Potência (W)

detectada e os sensores
estão conectados, o
compressor desliga 5min
após sua partida

Detecção falha sensores


Se algum sensor falha o
RESISTÊNCIA DEGELO

MOTOR VENTILADOR

compressor desliga 5min


10s após sua partida
COMPRESSOR +

EVAPORADOR

Final da rotina

SEM CARGA SEM CARGA

6” 12” 18” 5’18” Tempo


Início 0”
Ponto de verificação: 5’28”
O produto está quente ou 5’48”
frio?

CONDIÇÃO FRIA
Potência (W)

RESISTÊNCIA DEGELO

Final da rotina

SEM CARGA SEM CARGA SEM CARGA


Início 0” 6” 6” 6” 5‟48" Tempo
Ponto de Verificação:
O produto está quente ou frio?

ATENÇÃO!
Quando o produto for desligado e religado na tomada após longos períodos funcionando
normalmente, o sensor de degelo entrará na condição fria, fazendo com que o
compressor e o motor ventilador permaneçam desligados nos primeiros 6 minutos. Isso
não é um defeito do produto!

Página 14
Manual de Serviços
OBSERVAÇÃO
Estas rotinas são iniciadas sempre que o produto for ligado na tomada e tem prioridade
sobre qualquer comando executado na placa de interface. Se após 5 minutos e 10
segundos ocorrer uma falha em um dos Sensores, o Compressor será desligado. Se não
houver falhas nos Sensores, o Compressor manterá o seu estado (ligado / desligado),
até o final da rotina de teste inicial. A rotina terminará depois de 5 minutos 48 segundos.

11. Rotinas de Degelo e Rotinas Especiais do produto

O produto pode estar ligado operando em 2 rotinas distintas: termostática e de


degelo.
Na rotina termostática o compressor é ligado / desligado de acordo com as
temperaturas registradas pelos sensores de dentro do produto.
Na rotina de degelo, o compressor é mantido desligado enquanto a resistência é
ligada para garantir que todo o gelo formado no evaporador durante a rotina
termostática seja eliminado e não prejudique a operação.

11.1 Rotina Termostática

A temperatura real poderá variar um pouco em torno da temperatura ideal do


compartimento mas sempre deverá se encontrar entre a temperatura máxima e a
temperatura mínima admitidas para ele.
Sempre que a temperatura mínima for atingida, o compressor será ligado. Sempre
que a temperatura máxima for atingida ele será desligado.

Temperatura máxima
(desliga compressor)

Temperatura ideal

Temperatura mínima
(liga compressor)
11.2 Rotina de Degelo

A rotina de degelo irá ocorrer quando qualquer uma das situações abaixo ocorrer:

 Tempo de compressor ligado por mais de 40 horas somadas sem que tenha
havido um degelo
 Número elevado de aberturas de portas em um determinado período de tempo
 Diferença de temperatura entre

Página 15
Manual de Serviços
O tempo necessário para realizar a rotina de degelo é variável, sendo definido por
um algoritmo de cálculo que leva em consideração diversos fatores, tais como número
de vezes que a porta é aberta, tempo de abertura da porta, etc. O tempo de execução
da rotina de degelo irá variar de 4 até 36 horas, dependendo das condições de
utilização.
Se não houver abertura de porta, o degelo ocorrerá de 12 a 36 horas. O tempo
médio de degelo está entre 20 minutos, sendo limitado por segurança em 40 minutos
(caso o sensor de degelo não atinja a temperatura final de 20ºC em 40 minutos, o
processo se encerra). Após 5 minutos do término do degelo o Controle Eletrônico
acionará o Compressor. Depois de ligar o compressor, o motor ventilador do
evaporador leva outros 5 minutos para ser ligado.
Quando o produto encontra-se em uma das funções a seguir acionadas: latas,
espumante, ou turbo freezer, o primeiro degelo ocorrerá após 3 horas de
funcionamento do Compressor, contando a partir do acionamento dessa função. O
próximo degelo ocorrerá 9 horas após o primeiro degelo.

12. Soluções não técnicas, pequenos problemas e ruídos


comuns do produto

Página 16
Manual de Serviços

Alguns ruídos são considerados próprios ao funcionamento do refrigerador. A


seguir, apresentamos uma relação descritiva desses ruídos característicos do
funcionamento:

13. Rotinas de teste

Apresentaremos aqui as senhas para acesso às rotinas de diagnóstico e testes dos


componentes, que garantirão a identificação e a solução dos possíveis problemas
relacionados a esse produto. A ordem correta de execução das rotinas é:

Página 17
Manual de Serviços
13.1 Senhas de acesso
Teste Responsável Senha de acesso
 Pressionar simultaneamente os botões
1. Teste da Interface Técnico controle temperatura + modos especiais por
3 segundos
 Garantir que o produto esteja ligado há
Consumidor
mais de 30 segundos
2. Pré-autoteste +
 Pressionar o botão controle temperatura
Técnico
por 5 segundos
 Desligar e religar na tomada
 Nos 30 primeiros segundos após religado
3. Autoteste Técnico
o produto, pressionar o botão controle
temperatura por 5 segundos

O Teste da interface deve ser o primeiro a ser realizado pelo técnico, visto que sem a
interface estar em perfeitas condições de uso os demais testes não poderão ser
viabilizados. Ao constatar de um dano grave à interface, substitua-a por uma nova
para prosseguir com os testes. A ordem de testes a ser seguido:

1.Teste da 2. Pré-
3.Autoteste
interface autoteste

13.2 Teste da Interface

Siga os passos abaixo para realizar o teste da interface e checar possíveis problemas
existentes:

1. Desligue e ligue o produto na


2. Assim que a senha de teste da
tomada. Nos primeiros 30
interface for reconhecida todos os
segundos pressionar e segurar os
ícones serão acesos e um som será
2 botões (controle temperatura e
emitido;
modos especiais) por 3 segundos.
3. O teste da interface consiste em apagar um a um estes ícones com o toque do
dedo. A ordem que se toca os botões da interface não importa. Abaixo segue a
condição em que se deve trocar a interface.

Página 18
Manual de Serviços

Se algum botão não acender


(LED da interface queimado) ou
TROCAR A INTERFACE
não conseguir apagar com o
toque.
RESULTADOS Se todos os ícones acenderem e
conseguir apagar com o toque,
NÃO TROCAR A INTERFACE
todos os LEDs e botões estão
funcionando adequadamente.

OBSERVAÇÃO
O produto não sai de sua operação normal nem tem seu funcionamento alterado devido
à realização do teste da interface. Finalizado o teste da interface, a interface voltará a
exibir a mesma configuração dos LEDs que tinha antes.

ATENÇÃO!
Sempre que a interface apresentar problemas, leve a nova interface dentro da própria
EMBALAGEM. Retire a interface com defeito e recoloque-a dentro da mesma
embalagem, garantindo assim sua segurança e a preservação de seu estado para o
retorno ao DOPP.

13.3 Rotina de pré-autoteste

A rotina de pré-autoteste é uma ferramenta embutida no produto que auxilia o técnico


a identificar se há algum problema em algum componente do produto, através de um
código de falha.

Técnico executa o DfD


e depois o auto teste

Página 19
Manual de Serviços
O consumidor que possui alguma reclamação sobre o produto entra em contato com
a central de atendimento, que o instrui a executar a rotina de pré-autoteste. Havendo
um código de falha indicando defeito de uma peça do produto, esta peça será indicada
à rede através do SIMPS.
Peça sempre ao assistente de sua AT para que visualize a sugestão de peças desse
produto no sistema (entrar na OS >> aba “defeitos” >> “diagnóstico de fábrica”), antes
de atender uma OS relativa a qualquer um dos modelos.
Quando estiver atendendo o consumidor, como o próprio nome já diz, sempre
execute o pré-autoteste antes do autoteste. Isso é importante para garantir que a peça
sugerida na abertura da pré-OS está correta e dá ao técnico uma grande pista de onde
se encontra o defeito do produto.
Caso a ordem seja invertida o autoteste seja feito antes do pré-autoteste, códigos de
falha serão apagados da memória do produto e só serão disponibilizados novamente
em algumas horas e o técnico perderá o benefício dessa ferramenta.

IMPORTANTE
 Sempre pergunte ao assistente de sua Autorizada se há sugestão de peças para
atender OS‟s desse produto.
 Sempre execute o pré-autoteste antes do autoteste.

Para acessar a rotina de pré-autoteste siga os seguintes passos e o código de falha


pode ser consultado na tabela a seguir:

1. Verifique qual o nível de temperatura ajustado para o produto: mín, mín/med,


med, med/Max, ou máx
2. Insira a senha de acesso à rotina de pré-autoteste, conforme informado no item
13.1 (botão controle temperatura)
3. Ao reconhecer que a senha de pré-autoteste foi digitada, a interface emitirá um
som e todos os LEDs de temperatura se acenderão momentaneamente. A
seguir destravar painel, trocar filtro, porta aberta e modos especiais passarão a
piscar.

4. Pressione o botão controle temperatura e anote o 1ª código, denominado pelos


LED‟s acesos.
5. Pressione o botão controle temperatura. Os LEDs destravar painel, trocar filtro,
porta aberta e modos especiais piscarão novamente.

Página 20
Manual de Serviços
6. Volte a pressionar o botão controle temperatura e anote o 2º código,
denominado pelos códigos acesos.
7. Com os códigos em mãos, observe a tabela abaixo e associe-os à peça com
falha.
8. Ao sair do pré-autoteste, verifique se o nível de temperatura foi modificado
durante a rotina e retorne-o ao nível inicial caso seja necessário.
IMPORTANTE
Cada um dos passos da rotina para extrair os códigos de falha deve durar menos de 30
segundos, caso contrário, a interface será travada e sairá automaticamente da rotina.

Página 21
Manual de Serviços

Motor ventilador ou Resistência ou


Peça

Sensor Degelo Sensor Refrigerador Sistema cooling* Comunicação** Sem falhas


Dutos Obstruídos Termofusível
Falha

A2 A3 A5 A6 A7 F1 FF

1º código 2º código 1º código 2º código 1º código 2º código 1º código 2º código 1º código 2º código 1º código 2º código 1º código 2º código
Informação dos ícones

*Compressor, relé, PTC, vazamentos ou falta de gás estão incluídos nesse mesmo código.
**Falha de comunicação entre o controle eletrônico e a interface do produto. Checar conexões e continuidade das fiações.

ATENÇÃO!
Se houver mais de 1 falha com o produto, a interface sempre mostrará somente a mais prioritária.
Após qualquer reparo no produto, volte a executar o pré-autoteste e garanta que o código de falha seja „FF‟.

Página 22
Manual de Serviços
13.3.1 Lógica dos códigos de falha

A7 – Resistência ou termofusível: tal falha é identificada pelo produto quando ele


observa que nas 3 últimas rotinas de degelo, após 40 minutos do início do degelo, a
temperatura no sensor de degelo ainda é inferior a -10ºC. Tal situação não ocorreria,
exceto quando a Resistência ou o Termofusível apresentam alguma falha.

A6 – Motor Ventilador ou Dutos Obstruídos: tal falha é identificada pelo produto


quando ele observa que as 3 últimas rotinas de degelo foram acionadas por haver
uma grande diferença de temperatura registrada entre sensor de degelo e sensor do
refrigerador. Além disso, no início das 3 últimas rotinas a temperatura do sensor de
degelo deve ser observada inferior a -33ºC e, ao fim, superior a -5ºC. Tal situação não
ocorreria, exceto quando há falha no Motor Ventilador ou dutos de passagem de ar
estejam obstruídos.

A5 – Sistema Cooling: tal falha é identificada pelo produto quando ele observa que as
3 últimas rotinas de degelo duraram tempo inferior a 1 minuto, a diferença de
temperatura entre o sensor de degelo e o sensor do refrigerador for inferior a 2ºC e o
período de compressor ligado for superior a 3 horas. Tal situação não ocorreria,
exceto quando há falha no Sistema Cooling, isto é, Compressor / Rele / PTC
queimados, vazamentos ou falta de gás, ou mesmo entupimento de tubos capilares.

13.4 Autoteste

O objetivo do autoteste é checar se os periféricos estão funcionando devidamente. O


técnico deve estar atento para reconhecer os sinais de acionamento e
desacionamento de cada um deles e, só então, avançar à próxima fase do teste.
A senha para dar início ao autoteste deve ser digitada, conforme o item 13.1 (desligar
e religar o produto da tomada).
Para avançar nas etapas bem como finalizar o autoteste é necessário apertar o botão
controle temperatura. Ao final, a interface exibirá um código que identificará
possíveis problemas relacionados aos componentes do produto.
O autoteste seguirá a sequência descrita abaixo.

Início Fim
Compressor e
Lâmpadas
ventilador Resistência
LED
evaporador

Página 23
Manual de Serviços
1. Desligue e ligue o produto na
tomada. Nos primeiros 30
segundos pressionar o botão
controle temperatura por 5
segundos. Neste momento o
produto sinaliza que entrou no
modo de autoteste através de um
bip, apagando todos os LEDs. Por
fim, somente o LED controle
temperatura ficará aceso e ele
será utilizado para avançar nas
etapas.

2. As informações das etapas de


autoteste são representadas em 4
ícones: destravar painel, trocar
filtro, porta aberta, e modos
especiais, como mostra a figura
ao lado.

Cada vez que o botão controle temperatura for pressionado, o sistema irá
passar para a próxima etapa, energizando ou desligando um componente por vez.
Portanto, ao pressioná-lo pela primeira vez, o LED destravar painel irá se acender
(sem que nada seja acionado), pressionando-o novamente o mesmo LED irá se
apagar. Ao pressioná-lo novamente, o LED trocar filtro será ligado e o compressor e
o motor ventilador do evaporador deverão ser ligados; pressionando-o outra vez os
mesmos são desligados e assim por diante, conforme mostra a tabela a seguir:
Passo

01 02 03 04 05 06 07 08 09

Início NÃO NÃO Compr / Compr / Resist Resist Lâmp Lâmp LED
USADO USADO motor motor degelo degelo
LED
Carga

vent vent
evap evap
LIGA DESLIG LIGA DESLIG LIGA DESLIG

Página 24
Manual de Serviços
Ícones

ATENÇÃO!
Existe um tempo de estabilização do sistema entre uma etapa e outra. Este tempo (por
volta de 3 segundos) é necessário para que haja boa comparação da voltagem nas
cargas. Durante este pequeno período, não é possível avançar a etapa e por este
motivo o botão controle temperatura fica apagado.

 Verifique e comprove a energização e a desernegização de cada


componente, a cada etapa do autoteste, conforme o descrito no item 15
(Teste dos principais componentes);
 O produto sai da rotina de autoteste automaticamente após 5 minutos de
inatividade seguirá para a Rotina Inicial Automática, descrita no item 10;
 Ao final do autoteste, após o desligamento das lâmpadas LEDs, havendo
falha em um dos sensores de temperatura ou em alguma das cargas, o
produto exibirá um código que representa o resultado do autoteste.
Observe a tabela abaixo para identificar mais facilmente as falhas.

OBSERVAÇÃO
Quando mais de uma falha for detectada pelo autoteste, os ícones da interface acusarão
somente a falha mais prioritária. Exemplo: o sensor do freezer e o sensor do refrigerador
apresentam falhas, no entanto os ícones acusarão somente falha no sensor do
refrigerador.

ATENÇÃO!
Após efetuar a substituição de alguma peça a partir de uma falha mostrada no autoteste,
rodar novamente a rotina até que o produto passe pelo autoteste sem apresentar
nenhuma falha.

13.4.1 Resultados do autoteste

Página 25
Manual de Serviços

Falha na
Controle Sensor Sensor Sem

carga
Comunicação
Eletrônico Degelo Refrig Falhas
Indicators Information

RESULTADOS DO AUTOTESTE
APROVADO
Condição Ação do sistema
- Nenhum código de falha relativo a
- Finalizar o autoteste; peças será disponibilizado
- Todas as cargas e sensores de - A interface do usuário será
temperatura sem defeito. reiniciada e retornará para o
estado inicial.

REPROVADO
Condição Ação
- Os ícones da interface se
- Finalizar o autoteste; acenderão de acordo com a tabela
- Código de falha indicando algum acima, indicando a falha
sensor temperatura ou carga com correspondente
defeito. - Guarda na memória não volátil o
código de falha;

- Troque o Controle Eletrônico

Página 26
Manual de Serviços

- Troque o Sensor de Degelo

- Troque o sensor do Refrigerador

- Falha de comunicação com a interface;


- Verificar conexões e testar a
continuidade da fiação que conecta o
controle eletrônico à interface;
- Se tudo estiver correto e ainda assim o
código de falha persistir, troque o controle
eletrônico.

IMPORTANTE
Antes da Troca de qualquer componente, certifique-se que o problema não está nas
conexões e chicote de fios, fazendo o teste de Continuidade.

14. Teste dos principais componentes

Nas próximas seções disponibilizamos as informações necessárias para que


problemas com os produtos sejam corretamente diagnosticados. Na seção 12.1,
exibimos os valores nominais de todos os componentes eletromecânicos e na seção
12.2 as árvores de falhas técnicas relacionadas a eles.
Caso tenha alguma dúvida em como ter acesso a esses componentes para realizar
as medições, vá ao item 15, onde é mostrada, passo a passo, a desmontagem do
produto.

Página 27
Manual de Serviços
14.1 Valores nominais

Resistência de degelo

Tensão nominal (Vac) Resistência (Ω) Corrente (A) Potência (W)


127 71 – 85 1,5 – 1,8 190
220 280 – 330 0,4 – 0,8 190

Foto 14.2 Medição da corrente elétrica na


resistência de degelo energizada

Foto 14.1 Medição da resistência ôhmica da


resistência de degelo

Alternativamente, com o auxílio de um


Com o auxílio de um multímetro, coloque amperímetro alicate, coloque em escala
em escala de resistência ôhmica (Ω) e de corrente (A). Através do autoteste
meça o valor. energize a resistência de degelo e meça
o valor.

Termofusível

O desconecte o conector do termofusível, localizado na parte direita do


evaporador e, com o auxilio de um multímetro meça a continuidade entre os 2
terminais do termofusível

Página 28
Manual de Serviços

Foto 14.3 Medição da continuidade do termofusível

CONTINUIDADE NOS TERMINAIS TERMOFUSÍVEL OK


SEM CONTINUIDADE NOS TERMINAIS TROCAR TERMOFUSÍVEL

Motor ventilador do evaporador


Tensão nominal (Vac) Freqüência (Hz) Resistência (Ω) Potência (W) Velocidade (RPM)
127 60 140 – 150 6,0 2600
220 60 390 – 410 6,0 2600

Foto 14.4 Medição da resistência ôhmica do motor ventilador

Com o auxílio de um multímetro, coloque em escala de resistência ôhmica (Ω) e


meça o valor.

Página 29
Manual de Serviços
Compressor
Enrolamento Enrolamento Potência Velocidade
Tensão nominal (Vac) Frequência (Hz)
principal (Ω) auxiliar (Ω) (W) (RPM)
127 60 3-5 6–9 5,0 2200
220 60 13 - 16 15 - 19 5,0 2200

O compressor possui 2 enrolamentos: o enrolamento principal/marcha e o


enrolamento auxiliar/partida. Os enrolamentos estão ligados entre si, portanto temos 3
pontos de teste nos compressores, os pinos de enrolamento marcha, partida e
comum, conforme mostra a figura a seguir:

A P

Para verificar o enrolamento principal/marcha com o auxilio de um multímetro


meça o valor ôhmico entre os pinos principal (P) e comum (C) e anote-o.
Para verificar o enrolamento auxiliar/partida com o auxilio de um multímetro
meça o valor ôhmico entre os pinos principal (A) e comum (C) e anote-o.
Meça também, com o auxílio de um multímetro, o valor ôhmico entre os pinos
auxiliar (A) e principal (P). O resultado desta medição deve ser próximo à soma dos
dois valores medidos anteriormente, que é a soma dos enrolamentos principal e
auxiliar.
Para ambos modelos de compressor, os valores medidos entre a bobina
auxiliar e comum deve ser superior aos valores medidos entre a bobina principal e
comum.

Ex:
Valor medido entre os Pinos principal P e comum C = 6 Ohms
Valor medido entre os Pinos auxiliar A e comum C = 10 Ohms +
Valor medido entre os Pinos principal P e auxiliar A = 16 Ohms

Teste de aterramento:
 Com o auxilio de um multímetro, verifique a não existência de continuidade
entre o terminal comum (C) do compressor e o terminal Terra. Portanto, deve
estar em aberto.

Página 30
Manual de Serviços
Não deve existir continuidade.

ATENÇÃO!
 NÃO UTILIZE AGENTES ANTI-CONGELANTES (ex. Álcool metílico), na
reoperação da Unidade Selada, pois estes agentes danificarão o Compressor. O
EMPREGO DE ANTI-CONGELANTE ANULARÁ A GARANTIA DO
COMPRESSOR.
 Faça corretamente os procedimentos para recolhimento do fluido refrigerante e
reoperação do sistema hermético (unidade selada). Maiores informações,
consulte a apostila de RUS, no Filme de Treinamento de RUS com R600a e no
Boletim Técnico BTRF0168.
 Utilize SEMPRE a Bomba de Vácuo (28‟‟ de vácuo por 10 minutos, fechar o
mano vacuômetro, aguardar 1 minuto, abrir novamente e verificar se ainda
permanece em 28‟‟. Se não permanecer, existe vazamento, se permanecer em
28‟‟, fazer vácuo por mais 20 minutos).
 NÃO deverão ser realizados testes de partida do Compressor sem que o
mesmo esteja ligado ao sistema hermético (unidade selada).
 Ao reoperar o Produto SEMPRE SUBSTITUA o Filtro Secador por um NOVO. A
não aplicação de um novo filtro secador na reoperação acarretará em FALHA
GRAVÍSSIMA para o DOPP.
 Somente utilize Filtro exclusivo para R600a.

OBSERVAÇÃO
O sistema de Controle Eletrônico possui uma proteção para que o Compressor somente
seja ligado após decorridos 7 minutos da sua última desenergização, evitando que ele
tente partir enquanto as pressões internas do sistema hermético não estiverem
equalizadas.

IMPORTANTE
Para realizar o teste do compressor favor utilizar o BTRF0162

Iluminação LED
Produto Tensão (Vdc)
127V
12 - 13
220V

Página 31
Manual de Serviços

Foto 14.5 Medição da tensão de alimentação da iluminação LED

Com o auxílio de um multímetro, coloque em escala de tensão contínua (Vdc).


Através do autoteste energize a iluminação LED e meça o valor.
Os LEDs, apesar de estarem em série, não dependem um do outro para funcionar.
Caso um deles venha a queimar, o outro LED permanecerá acendendo normalmente,
exceto por um problema de descontinuidade na fiação.
Dessa forma, quando ambos os LED‟s não estiverem acendendo, verifique eventuais
problemas com a tensão da rede, verifique a integridade do interruptor, na fiação e
conectores do produto. (ver diagrama elétrico no item 16)

IMPORTANTE
Quando ambos os LED‟s não estiverem acendendo, verifique eventuais problemas no
interruptor, na fiação ou conexões do produto. Na dúvida em como testar, consulte as
árvores técnicas de diagnóstico no item 14.2 deste manual.

Página 32
Manual de Serviços
Placa Interface
Produto Tensão (Vdc)
127V
12 - 13
220V

Foto 14.6 Medição da tensão de alimentação da


Foto 14.7 Medição da tensão de alimentação da
placa interface
placa interface na dobradiça superior da porta

Com o auxílio de um multímetro, coloque Com o auxílio de um multímetro, coloque


em escala de tensão contínua (Vdc). em escala de tensão contínua (Vdc).
Meça a tensão entre os fios preto e Meça a tensão entre os fios preto e
amarelo. vermelho.

Sensor de degelo / refrigerador


Abaixo encontra-se a tabela com as curvas de resistência ôhmica dos sensores de
degelo e do refrigerador para a comparação das medições.

T [˚C] Ω [mín] Ω [máx] T [˚C] Ω [mín] Ω [máx]


0 8114 9459 18 3426 3930
1 7715 8985 19 3275 3753
2 7338 8537 20 3131 3586
3 6981 8114 21 2995 3426
4 6644 7715 22 2865 3275
5 6325 7338 23 2741 3131
6 6023 6981 24 2623 2995
7 5737 6644 25 2512 2865
8 5466 6325 26 2405 2741
9 5210 6023 27 2304 2623
10 4967 5737 28 2207 2512
11 4737 5466 29 2115 2405
12 4519 5210 30 2027 2304
13 4312 4967 31 1944 2207
14 4116 4737 32 1864 2115
15 3930 4519 33 1788 2027
16 3753 4312 34 1716 1944
17 3586 4116 35 1647 1864

Página 33
Manual de Serviços
18 3426 3930

Foto 14.8 Medição da resistência ôhmica dos sensores do refrigerador e de degelo

Com o auxílio de um multímetro, e do chicote multiteste (BTRF0207) coloque em


escala de resistência ôhmica (Ω) e meça o valor associado ao sensor de degelo (fios
vermelhos) e ao sensor do refrigerador (fios brancos). Compare com os valores da
tabela apresentada acima e consulte o BTRF0151 para testar ambos sensores.

Página 34
Manual de Serviços
14.2 Testes e diagnósticos dos componentes

14.2.1 Motor ventilador do Evaporador

Início

Acesse o auto teste e


mantenha o compressor /
motor ventilador energizado

sim OK. Não há


Funcionou? problemas com o
componente
não

Meça a tensão nos


terminais do motor
ventilador

sim Meça a resistência


Chega a tensão ôhmica do motor e
correta? compare com os valores
da tabela no item 12.3
não

Busque por conectores não


mal conectados e Resistência Substitua o motor
descontinuidades na ôhmica ok? ventilador
fiação.
Meça a tensão de saída
sim
do controle eletrônico.
(Ver diagrama elétrico
do item XX) Verifique conectores ou
descontinuidade na fiação

não
Tensão de saída do Substitua o controle
controle eletrônico ok? eletrônico

sim
Verifique
conectores ou
descontinuidade na
fiação

Página 35
Manual de Serviços
14.2.2 Resistência de degelo e termofusível

Início

Acesse o autoteste e mantenha o


sistema de degelo energizado

Meça a tensão nos terminais


da resistência

Com o auxílio de um alicate


amperímetro, meça a
corrente que circula o sistema

Tensão / sim OK. Não há


corrente problemas com o
correta? componente

não

Meça a resistência não


ôhmica da resistência de Substitua a
Resistência
degelo e compare com resistência de
ôhmica correta?
os valores da tabela no degelo
item 12.3 sim

não
Continuidade no Substitua o
termofusível? termofusível

sim

Meça a tensão de saída do


controle eletrônico para a
resistência de degelo (ver
diagrama elétrico do item XX)

não
Tensão de saída do controle Substitua o controle
eletrônico correta? eletrônico

sim

Verifique conectores ou
descontinuidade na fiação

Página 36
Manual de Serviços
14.2.3 Compressor, relé e PTC

Início

Acesse o autoteste e
mantenha o compressor/
motor ventilador energizado

sim Ok.Não há
Compressor
problemas com o
partiu?
componente
não

Meça a tensão nos


terminais do
compressor

sim não Espere o


Chega a tensão Esperou o compressor esfriar,
compressor resfriar
correta? desligado, por 7 min?
por 7 minutos
não
sim
Busque por conectores mal
conectados e descontinuidades na Meça a resistência ôhmica
fiação. das bobinas do compressor e
Meça a tensão de saída do compare com os valores da
controle eletrônico (ver diagrama tabela no item 12.3
elétrico do item XX).

não
Resistência das Substitua o
bobinas, ok? compressor

sim

sim Verifique
Tensão de saída do controle conectores ou
eletrônico correta? descontinuidade na
fiação

não

Substitua o controle
eletrônico

Página 37
Manual de Serviços
14.3 Testes e diagnósticos por defeito reclamado

14.3.1 Não refrigera no refrigerador


Início

Desbloqueie o
dreno e verifique se
não a vedação está
O ar refrigerado está sendo insuflado através das intacta
saídas do refrigerador?
sim

sim
não
sim Havia sinais de bloqueio de gelo no
Há objetos tampando as saídas de Desobstrua as OK, problema evaporador ou nos dutos do dreno?
ar do refrigerador? saídas de ar resolvido

Destravar painel,
porta aberta e
não não
modos especiais

Destravar painel e
O botão de controle de circulação de ar não porta aberta sim Ao final do autoteste foi
(botão verde, localizado no fundo do freezer) Qual?
apresentado algum código?
está na posição FREEZER MÁXIMO?
Trocar filtro

sim Destravar painel e


modos especiais
Coloque-o na posição
NORMAL.
Trocar o sensor de
Trocar filtro
degelo
Trocar o controle
Destravar painel e Trocar o sensor do eletrônico
não trocar filtro refrigerador
A temperatura regulada na porta
está na posição MÍN ou MÍN/MED?
Qual o 2º código de sim
Verifique/repare/troque
falha apresentado?
Destravar painel e o compressor, relé, PTC,
sim porta aberta vazamentos ou falta de
gás no sistema Verifique/repare/ não
Ajuste-o para posições Durante o autoteste todos os
troque o
MED ou acima da MED. Destravar painel, componentes funcionaram
Verifique/repare/troque componente que
trocar filtro, porta corretamente?
Trocar filtro e o motor ventilador ou apresentou falha.
modos especiais abert e modos
dutos obstruídos
especiais

Execute o pré-autoteste, Qual o 1º


código de falha apresentado?

Verifique/repare/troque as
Desativar painel, conexões e continuidade
trocar filtro, porta Qual o 2º código de Destravar painel Execute o autoteste
nas fiações do controle
aberta e modos falha apresentado? eletrônico com a interface
especiais
Destravar painel,
trocar filtro, porta
Sem falhas detectadas
abert e modos
especiais

Página 38
Manual de Serviços
14.3.2 Não congela no freezer
Início

Desbloqueie o
dreno e verifique se
não a vedação está
O ar refrigerado está sendo insuflado através das intacta
saídas do refrigerador?
sim

sim
não
sim Havia sinais de bloqueio de gelo no
Há objetos tampando as saídas de Desobstrua as OK, problema evaporador ou nos dutos do dreno?
ar do refrigerador? saídas de ar resolvido

Destravar painel,
porta aberta e
não não
modos especiais

Destravar painel e
O botão de controle de circulação de ar não porta aberta sim Ao final do autoteste foi
(botão verde, localizado no fundo do freezer) Qual?
apresentado algum código?
está na posição FREEZER MÁXIMO?
Trocar filtro

sim Destravar painel e


modos especiais
Coloque-o na posição
NORMAL.
Trocar o sensor de
Trocar filtro
degelo
Trocar o controle
Destravar painel e Trocar o sensor do eletrônico
não trocar filtro refrigerador
A temperatura regulada na porta
está na posição MÍN ou MÍN/MED?
Qual o 2º código de sim
Verifique/repare/troque
falha apresentado?
Destravar painel e o compressor, relé, PTC,
sim porta aberta vazamentos ou falta de
gás no sistema Verifique/repare/ não
Ajuste-o para posições Durante o autoteste todos os
troque o
MED ou acima da MED. Destravar painel, componentes funcionaram
Verifique/repare/troque componente que
trocar filtro, porta corretamente?
Trocar filtro e o motor ventilador ou apresentou falha.
modos especiais abert e modos
dutos obstruídos
especiais

Execute o pré-autoteste, Qual o 1º


código de falha apresentado?

Verifique/repare/troque as
Desativar painel, conexões e continuidade
trocar filtro, porta Qual o 2º código de Destravar painel Execute o autoteste
nas fiações do controle
aberta e modos falha apresentado? eletrônico com a interface
especiais
Destravar painel,
trocar filtro, porta
Sem falhas detectadas
abert e modos
especiais

Página 39
Manual de Serviços
14.3.3 Iluminação interior não acende

Início

Os dois LED’s no
1
Quantos LED’s OK, problema interior do
Substitua o LED
não acendem? resolvido refrigerador
acendem?
2

Não O produto está Não


O produto funciona Ligue o produto na
ligado na tensão
normalmente? tensão correta
correta?
Sim
Sim

Teste o interruptor de porta. O


interruptor só deve apresentar Ligue o produto
Não
descontinuidade quando os 2 O produto está bem diretamente na
botões forem pressionados conectado na tomada sem usar
tomada? T’s, benjamins ou
extensões
Execute o autoteste. Sim
Sim
Avance até a etapa O interruptor
em que os LED’s são está OK?
energizados. Sim
O cabo de alimentação Substitua o cabo de
Não apresenta problemas de alimentação do
continuidade? produto
Meça a tensão que Substitua o
Não
chega aos LED’s no interruptor.
interior do
refrigerador Meça a continuidade e verifique
(observe os as conexões dos conectores do
diagramas elétricos) cabo de rede com o controle
eletrônico

Sim
A tensão medida
está entre 12 e Substitua os 2 LED’s
13V?

Não

O conector dos LED’s Não Conecte-o com firmeza e


está bem conectado no garanta o bom contato do
controle eletrônico? conector com a placa

Sim Execute o autoteste.


Meça a tensão de saída do controle A tensão medida Não
Avance até a etapa Substitua o controle
eletrônico para os LED’s (observe os está entre 12 e
em que os LED’s são eletrônico.
diagramas elétricos) 13V?
energizados. Sim

Página 40
Manual de Serviços
15. Desmontagem

FERRAMENTAS NECESSÁRIAS PARA A MANUTENÇÃO DO PRODUTO


Chave Torx T-30;
Chaves de Fenda pequena, média e grande;
Chaves Philips pequena, média e grande;
Chave Canhão ¼”
Multímetro;
Alicate Amperímetro
Alicate de bico, de corte e convencional.
Chicote Multiteste (BTRF0207)

ATENÇÃO
Faça uso das ferramentas com cuidado para não riscar, manchar, marcar nem avariar as
peças e o gabinete.

Página 41
Manual de Serviços
15.1 Interruptor de Porta

Abra as portas do refrigerador e do


freezer. Posicione uma chave de
fenda fina na parte inferior do
interruptor, destravando as travas
inferiores com cuidado. Não
esqueça antes colocar uma fita
adesiva para evitar riscos ao
gabinete

Após as travas inferiores terem


serem destravadas, destrave o
interruptor por completo efetuando
um movimento de cima para baixo,
conforme mostra a figura.

Retire o interruptor e desconecte


seus terminais com cuidado.

Página 42
Manual de Serviços
O interruptor só estará aberto se
AMBOS botões estiverem
pressionados, em qualquer outra
situação, ele apresentará
continuidade.
Dessa forma, a iluminação no
interior do refrigerador será
ligada se qualquer uma das
portas for aberta.
Faça os testes de continuidade e
troque-o se for necessário.

15.2 Portas e dobradiças

Da mesma forma que o Gabinete, as portas do Refrigerador e do Freezer possuem


paredes mais espessas visando melhor isolação térmica. Além disso, na formulação
da espuma de poliuretano (PU) está sendo utilizado o gás Ciclo pentano (C-pentano)
que não agride a camada de ozônio atendendo normas internacionais de proteção
ambiental.

A grande vantagem trazida pelo projeto: as portas passam a ter acabamento EVOX,
apresentam uma resistência à ferrugem e corrosão muito maior que as antigas portas
INOX e, por esse motivo possuem uma garantia diferenciada de 3 anos, somente
contra ferrugem e corrosão. Quaisquer outras ocorrências com as portas não são
cobertas pela garantia diferenciada.
Basicamente, o acabamento EVOX é formado por uma chapa de aço, cuja
resistência e características materiais, em qualidade, atingem e até superam as
características do INOX. Além disso, possui uma camada de metal de sacrifício que
protege dos efeitos de corrosão e ferrugem, e uma camada de filme PVC e PET
escovado que dão o acabamento estético visível ao consumidor.

Página 43
Manual de Serviços

Foto 15.1- As diferentes portas em diferentes dimensões dos modelos CRM55/CRM52 e CRM51

As portas embaladas do refrigerador já vêm acompanhadas pelo policarbonato


complementar da interface, assim como as portas embaladas do freezer já vem
acompanhadas do emblema Consul, assim não é necessário pedir esses itens quando
houver necessidade de troca das portas.

Foto 15.2- Policarbonato complementar da


interface Foto 15.3- Emblema da Consul

IMPORTANTE
Estes produtos não possuem remoção nem reversão de porta em garantia

ATENÇÃO!
As portas EVOX possuem garantia diferenciada de 3 anos, somente contra
ferrugem e corrosão. Amassados, riscados ou quaisquer outras ocorrências e

Página 44
Manual de Serviços
avarias com as portas não são cobertas pela garantia diferenciada. Em caso de
dúvidas, consulte o Termo de Garantia do Manual do Consumidor.

Inicie removendo a capa da dobradiça


superior. Caso não consiga fazê-lo com
as mãos, utilize uma chave de fenda
fina e uma fita crepe que evite
quaisquer riscos ao gabinete.

Conectores da
interface
Desconecte os conectores da interface.
Com o auxílio de uma chave Torx T-30,
remova os 3 parafusos que fixam a
dobradiça superior ao produto.

Após removida a dobradiça superior e a


porta do freezer, com o auxílio da
mesma chave Torx T-30, ou mesmo de
uma chave de fenda grande, remover
os 2 parafusos que fixam a dobradiça
intermediária.

Página 45
Manual de Serviços

Feito isso, a porta do refrigerador


poderá ser removida, assim como o
pino da dobradiça inferior, conforme
mostra a figura ao lado.

15.3 Gaxetas

As gaxetas desta linha de produto são do tipo


“Push-in”, que é o melhor conceito do ponto de
vista de Serviços.
Para realizar a substituição, basta puxá-las e
instalar as novas que são fixadas por encaixe
no painel interno das portas.

15.4 Puxadores

Os puxadores desse produto não são peças de reposição e, portanto, não deverão
ser trocados sozinhos em campo. Riscos, amassados ou qualquer outra avaria com
esses itens levarão à troca da porta inteira.

Página 46
Manual de Serviços

15.4- Foto dos puxadores nas portas em detalhe

15.5 Iluminação

O produto é iluminado à base de 2 lâmpadas LED, localizados na parte superior do


refrigerador e na lateral direita, conforme indicado na figura abaixo:

Os LEDs, apesar de estarem em série, não dependem um do outro para funcionar.


Caso um deles venha a queimar, o outro LED permanecerá acendendo normalmente,
exceto por um problema de descontinuidade na fiação.
Dessa forma, quando ambos os LED‟s não estiverem acendendo, verifique eventuais
problemas com a tensão da rede, verifique a integridade do interruptor, na fiação e
conectores do produto. (ver diagrama elétrico no item 16)

Página 47
Manual de Serviços

1) Retire o LED do gabinete com o auxílio


da espátula ou de uma chave de fenda
pequena. Note que qualquer outro objeto
pode machucar a pintura ou mesmo
danificar o gabinete, tenha muito cuidado
ao remover o LED pressionando sobre a
trava indicada pela seta.

2) Com o auxílio do alicate de corte, corte


os fios que ligam o LED o mais próximo
possível da placa, deixando assim uma
quantidade grande de fio para possíveis
futuras trocas.

3) Tendo o novo conjunto de LED em mãos


refaça as conexões e utilize os
conectores, enviados no “kit LED para
campo” para efetuar a ligação entre fios.

4) Finalize as conexões e volte a encaixar o


LED no gabinete

Página 48
Manual de Serviços

5) Caso a lâmpada LED no teto do produto


apresente problemas, o procedimento é
o mesmo. Tome o cuidado de
desencaixá-lo de sua trava por sua parte
posterior conforme mostra a foto ao lado.

6) Desconecte os 2 conectores que estão


ligados na placa do LED e substitua-a
pela nova. Repita os passos 2, 3 e 4.

15.6 Filtro Bem Estar (filtro de ar antiodor)

O filtro antiodor é o elemento responsável por retirar odores associados a alimentos e


bebidas de dentro do compartimento do refrigerador. Ele fica instalado no retorno de ar
do refrigerador para o freezer, e não na saída de ar para o refrigerador.
O filtro possui uma vida útil de 6 meses e o aviso “trocar filtro” acende na interface
informando que o filtro deve ser trocado após esse período de tempo.

ATENÇÃO!
A troca do filtro não é coberta pela garantia. Quando o aviso “trocar filtro” for
aceso na interface, o consumidor deverá adquirir um novo filtro através da rede de
Serviços Consul.

Página 49
Manual de Serviços

Para remover o filtro pressione as travas


laterais e puxe o filtro para frente. Retire o novo
filtro da embalagem e encaixe-o no mesmo
local até que seja travado.

Concluída a troca, na interface do produto,


mantenha a tecla “trocar filtro” pressionada por
3 segundos para reiniciar a contagem de vida
útil do filtro.

15.7 Verificação dos pontos de solda

Na suspeita de vazamentos de gás refrigerante através dos dutos do produto,


atentar-se inicialmente para os pontos de solda mapeados nas figuras abaixo. Nesses
pontos há maior probabilidade de falhas nas soldas e no lokring e, portanto, maiores
as chances de vazamento.

Página 50
Manual de Serviços

Lokring

Lokring

15.8 Controle eletrônico

O controle eletrônico é dividido em duas partes: a placa principal que também é


chamada de controle eletrônico ou módulo eletrônico, e a interface.
Para consultar os diagramas elétricos, pictóricos e convencionais desse produto, por
favor consulte o item 16 deste manual.
O módulo está localizado na parte traseira do produto, no nicho do compressor, e a
interface está localizada na porta do freezer.

Os componentes do sistema eletrônico podem ser descritos como:

Página 51
Manual de Serviços
 Interface
 Módulo do controle eletrônico
 Resistência de degelo
 Compressor
 Motor ventilador do evaporador
 Sensores de temperatura (refrigerador e degelo)
 Lâmpadas LED
 Interruptor da porta
 Termofusível

O módulo é responsável por:


 Estabelecer a comunicação com a Interface
 Controlar os ciclos do compressor
 Controlar os ciclos do ventilador
 Controlar os ciclos da resistência de degelo
 Monitorar os sensores de temperatura (degelo e refrigerador)

As lâmpadas são controladas por um interruptor de porta duplo (um para cada
porta) e um sinal é enviado para o módulo cada vez que uma das portas é aberta. O
módulo será responsável por energizar as lâmpadas LED do produto.

a) Módulo eletrônico
1. Com o auxílio de uma chave de boca, ou de 2. Com o auxílio de uma chave de fenda média,
uma chave canhão ¼, retire o parafuso de solte as travas da tampa.
fixação da tampa.

3. Com o auxílio de uma chave canhão ¼, solte 4. Acesso a todos os conectores do controle
os 2 parafusos que fixam a caixa do controle eletrônico. Para tomar medições do controle
eletrônico ao pé do gabinete. eletrônico, utilize o Chicote Multiteste
(BTRF0207)

Página 52
Manual de Serviços

ATENÇÃO!

Cuidado ao retirar os conectores da placa


eletrônica, pois eles possuem trava.
Sentido
Eles devem ser retirados perpendicularmente
da
(sentido do compressor).
retirada
Não faça movimentos laterais.

Cuidado ao utilizar as pontas de prova do


Multímetro quando for realizar testes, pois os
terminais dos conectores podem ser
danificados. Sempre meça os terminais por trás
dos fios, nunca pela frente.
ERRADO!

Página 53
Manual de Serviços

CERTO!
CUIDADO.
DESCARGA ELETROSTÁTICA
Não toque nos componentes do circuito, pois poderá danificar / queimar a placa.
Sempre toque nas laterais da placa / suporte plástico.

b) Interface

Somente troque a interface quando houver a constatação de algum problema


através do teste da interface (especificado no item 13.2). NUNCA troque a interface do
produto sem antes ter feito o teste da interface.
Siga os passos a seguir para retirá-la e testar sua alimentação / continuidade nas
conexões.

1. Com o auxílio de uma chave de


fenda fina, destrave a interface
por meio dos orifícios
localizados na base da porta do
freezer, conforme mostrado na
figura ao lado.

2. Acesso a placa de interface


desconectando o conector que
contém os fios de alimentação
e comunicação da interface.

Página 54
Manual de Serviços

3. O policarbonato complementar
da interface na porta do
refrigerador pode ser facilmente
trocado ou substituído. Para
isso, basta retirá-lo com o
auxilio de uma chave de fenda
fina.
Tome o cuidado de revestir a
porta com fita isolante ou fita
crepe evitando assim riscos e
avarias durante o procedimento.

15.9 Fluxo de ar e sistema de insuflamento

Observe a vista em perfil do produto


para obter mais detalhes sobre o
trajeto percorrido pelo ar refrigerado,
da saída dos dutos até o retorno.
O ar refrigerado é representado pelas
setas azuis e, o ar mais quente que
retorna ao evaporador após trocar
calor com os itens, é representado
pelas setas laranjas e vermelhas

Página 55
Manual de Serviços

Esta é a vista frontal do produto, onde


consta o sistema de insuflamento do
refrigerador.
A saída do ar refrigerado é
representada pelas setas azuis e o
retorno do ar mais quente acontece
pelo filtro Bem Estar antiodor, é
representado pelas setas laranjas e
vermelhas.

15.10 Capa do difusor de ar

Saída
Ao lado visualizamos o sistema de Ar frio
insuflamento através da capa do
evaporador. As setas azuis
representam as saídas de ar frio
enquanto as setas vermelhas
representam o retorno do ar quente.

Retorno
Ar quente

Página 56
Manual de Serviços

Inicie retirando as 2 capas dos


parafusos que fixam a capa do
evaporador, com o auxílio de uma
chave de fenda fina.

Desparafuse, com o auxílio de uma


chave Philips média, os 2 parafusos
que fixam a capa do evaporador.

Após retirados os parafusos, com o


auxílio de uma chave de fenda fina,
destrave as travas ao fundo que fixam
a capa do evaporador, à direita e à
esquerda da caixa interna.
O movimento para que seja
corretamente destravado, está
representado na figura ao lado pelas
setas, ou seja, de fora para dentro.

A seguir, a capa do evaporador pode


ser retirada, num movimento de baixo
para cima, conforme mostra a figura ao
lado.

Página 57
Manual de Serviços
Sensor de
degelo

Acesse todo o evaporador para


possíveis diagnósticos e reparos.

Resistência de
degelo Termofusível

Saída
Ar frio

No compartimento do refrigerador, o ar
refrigerado proveniente do freezer é
difundido pelo compartimento extra
frio, através das 2 aberturas
superiores.

Retorno
Ar quente

Saída
Ar frio
E difundido pelo restante do
refrigerador através de outras 2
aberturas, localizadas logo abaixo da
prateleira do compartimento extra frio,
atrás do filtro bem estar anti odor.

Retorno
Ar quente

Página 58
Manual de Serviços
15.11 Motor ventilador do evaporador

Com o auxílio de uma chave canhão


¼, retire os 2 parafusos que fixam o
suporte do motor ventilador.

Desconecte os conectores de
alimentação do motor ventilador. Para
tanto, basta puxá-los para baixo,
conforme mostra a figura ao lado.

Com o auxílio de uma chave canhão


1/4, retire o parafuso que fixa o motor
ventilador ao suporte.

Puxe a hélice do eixo motor ventilador


de modo a ter o conjunto ventilador
desmontado: suporte, hélice, motor e
amortecedores

Página 59
Manual de Serviços

15.12 Termofusível

Encaixado em um orifício junto à lateral do evaporador e ligado em série com a


resistência de degelo, o termo fusível visa proteger o produto para que a resistência
não fique ligada continuamente. Em caso de falhas no sistema de degelo, ele abrirá
em torno de 72°C.

Desencaixe o conector do termofusível.

Com o auxílio de um multímetro, meça a


continuidade entre os terminais do
termofusível.

Desencaixe o termofusível de seu nicho


no entre as aletas do evaporador.

IMPORTANTE
Verifique o motivo que levou a queima do Termo fusível antes de trocá-lo e religar
o produto.
Para mais detalhes sobre o teste do termofusível consulte o BTRF0178.

Página 60
Manual de Serviços
Para verificar se o componente deve ser substituído, realizar o teste de valor ôhmico
entre seus terminais:

Se a resistência for infinita (aberto): Substituir termo fusível


Se a resistência for zero ou muito
Componente está bom – não substituir
baixa (curto):

15.13 Sensores do refrigerador e degelo

O sensor de degelo está localizado no compartimento do freezer, junto ao duto de


entrada do evaporador. O sensor de degelo é responsável por enviar sinais ao módulo
eletrônico, que comandará o degelo adaptativo ligando e desligando a resistência de
degelo, atuando de modo semelhante ao bimetal de degelo. Este sensor informa
também as condições de temperatura do Evaporador quando o produto é inicializado
(ligado a tomada) indicando ao Módulo qual a correta programação que deve ser
seguida, por exemplo: Compressor e / ou Motores Ventiladores ligados ou desligados,
próximo degelo, etc.

Conforme já mostrado anteriormente, no


item 15.10, o sensor de degelo fica
localizado no parte superior direita do
evaporador, no duto de entrada do
evaporador. Ele estará coberto por uma
folha condutora de alumínio e preso ao
duto por meio de uma cinta Hellermann.

Caso seja necessária a troca do sensor, utilize o kit sensor de campo (consultar o
catálogo de peças do produto), não esquecendo de envolvê-lo novamente na folha
condutora e, fixá-lo novamente na mesma posição com uma nova cinta Hellermann.

O sensor do refrigerador localizado no acoplado ao suporte do filtro de ar, no


compartimento Refrigerador. Este sensor é o responsável por ler a temperatura do
refrigerador e passar esta informação para o módulo. A partir desta informação o
módulo controla o número e a duração dos ciclos do compressor. Sua faixa de
atuação será de acordo com a seleção de temperatura feita na Placa de Interface.

Página 61
Manual de Serviços

Para ter acesso ao sensor do


refrigerador, inicialmente remova a
Etiqueta Filtro Consul localizada logo
abaixo do filtro de ar, indicada por uma
linha pontilhada na figura ao lado.

A seguir, com o auxílio de uma chave


canhão ¼, remova o parafuso que fixa o
suporte do filtro de ar à caixa interna.

Remova o suporte do filtro com cuidado,


pois o sensor do refrigerador estará
conectado a ele em sua parte direita.
Remova-o do suporte empurrando-o
com uma chave de fenda fina até que
ele desencaixe do suporte.

Caso seja necessária a troca do sensor, utilize o kit sensor de campo (consultar o
catálogo de peças do produto).

IMPORTANTE
Só substitua os sensores do produto caso tenha havido um código de falha relacionado a
algum deles na rotina de pré-autoteste ou ao final da rotina de autoteste.
Em todos outros casos, deve ser descartada a troca de sensores.

Página 62
Manual de Serviços
IMPORTANTE
A Etiqueta Filtro Consul é um item de reposição e deve ser substituída por uma etiqueta
nova toda vez que for retirada. Sempre que necessária a troca do sensor do refrigerador,
substitua a Etiqueta Filtro Consul.

15.14 Sistema Hermético

a) Compressor

Todos os modelos utilizam um compressor EMYeCLP, produzidos pela Embraco.


Somente devem ser substituídos por um do mesmo tipo. Utilizam como fluido
refrigerante o R600a. Assim, todos os cuidados ao efetuar uma RUS devem ser
tomados.

b) Evaporador

O Evaporador está localizado no compartimento do Freezer e é conectado as


tubulações através de anéis Lokring. Para reposição será disponibilizado o conjunto
Evaporador, formado pelo Evaporador, Calha e Resistência de Degelo.

Página 63
Manual de Serviços

Resistência de Sensor de
degelo degelo

Calço EPS
esquerdo
Termofusível

Calço EPS
direito

Calha de
degelo

IMPORTANTE
Tenha cuidado ao manuseá-lo, pois poderá cortar a mão.
Use sempre luvas de proteção.

IMPORTANTE
Nas laterais do Evaporador existem calços de EPS que não devem ser retirados.
Eles fazem que todo o ar de retorno passe pelo Evaporador e não pelas laterais.
Se os calços não estiverem posicionados, pode ocorrer problema de baixa
refrigeração além de formação de gelo nas paredes do compartimento freezer, por
exemplo.

Para eventuais dúvidas em como efetuar a reoperação da unidade selada, troca do


filtro secador, carga de gás, consulte o BTRF0168.

15.15 Resistência de Degelo

Para efetuar a troca da resistência de degelo, caso seja necessário, proceda da


seguinte forma:

Página 64
Manual de Serviços

Retire os calços de EPS que suportam


o evaporador nas laterais. Com o
auxílio de uma chave de fenda fina,
acesse a calha e desprenda as travas
da calha que mantêm a resistência de
degelo fixa em sua base.

Desprenda a resistência de degelo da


frente, de trás e das partes laterais do
evaporador. Tenha muito cuidado para
não entortar as aletas do evaporador e
nem danificar os dutos por onde circula
o gás refrigerante.

Mover o conjunto todo do evaporador


um pouco para a frente pode ajudar na
remoção da resistência de degelo.

Por fim, retire os conectores da


resistência e efetue a substituição dela.

IMPORTANTE
Tenha cuidado ao manuseá-lo, pois poderá cortar a mão.
Use sempre luvas de proteção.

Página 65
Manual de Serviços

16. Diagramas Elétricos

Página 66
Manual de Serviços

Página 67
Manual de Serviços

Páginas Revisado
Revisão Motivo Elaborado Por Data
Alteradas Por
Lançamento do
novo
0.0 Refrigerador Felipe P Lordello 12/08/13
Consul Frost
Free
Revisão sobre
remoção e
1.0 1e7 74181 12/01/2018
reversão de
portas.

Página 68

Você também pode gostar