Você está na página 1de 27

Introdução aos Sistemas Estruturais

Aula 4

Pilares
Vigas
Objetivos desta aula

1. Entender o comportamento estrutural dos pilares e vigas:


Verificando como a carga chega à estrutura para então analisar como
serão as respectivas deformações.
Pilares
Conceito
São elementos lineares de eixo reto, usualmente dispostos na vertical, em
que as forças normais de compressão são preponderantes.

A função principal dos pilares é receber as ações atuantes nos


diversos níveis e conduzi-las até as fundações.
Pilares
Exemplos
Os pilares podem ser trabalhados de maneira a gerar um efeito
estético único e interessante ao projeto.

Unité d’Habitation de Le Corbusier e seus pilotis junto ao nível térreo


Pilares
Conceito
Os pilares da rodoviária de Jaú, projetada pelo Vilanova Artigas, são
um bom exemplo desta situação. Os pilares de concreto da rodoviária
resolvem bem o projeto. Seu formato é justificado na necessidade de
trazer luz natural para o interior do escuro edifício sem atrapalhar a
circulação das pessoas no piso.
Pilares
Seção transversal
A seção ideal de um pilar de concreto é a circular uma vez que esse
formato homogêneo e de distâncias iguais de todas as faces ao centro
do elemento tem melhor desempenho na hora de garantir a
resistência aos esforços de flambagem.
Pilares
Seção transversal
Quanto mais parecidas são as faces do pilar => menos esbeltas são
suas seções => maior será a resistência à flambagem.
O formato ideal é o circular, mas este pode ser difícil de ser executado
dependendo da mão-de-obra. Por isso a seção quadrada também é
bastante utilizada.
Pilares

Antes de meros elementos decorativos, os pilares possuem função


estrutural importantíssima às edificações e devem ser a prioridade
número 1 de um arquiteto na hora de projetá-los.

Garantidas as condições estruturais mínimas, é sempre prudente se


certificar se com a tecnologia e a mão-de-obra disponível será possível
construir os pilares no formato que se deseja. E acima de tudo,
certifique-se de justificar funcionalmente a escolha formal dos
elementos.
Pilares
Grelha, Malha ou Modulação Estrutural

Por isso, ao se pensar na estrutura de uma edificação, os pilares são


os primeiros a serem lançados sobre a arquitetura.
A esse processo damos o nome de “Grelha”, “Malha” ou
“Modulação Estrutural”.

Exemplo de grelha (locação dos pilares)


Pilares
Exemplos de grelhas

Grelha quadrada
Grelha retangular

Grelha tartã Grelha radial


Pilares
Observações

• A elaboração de uma grelha estrutural deve ser realizada pelo


arquiteto;
• Padrões regulares e menos espaçados são mais econômicos;
• A solução estrutural, a escolha do material estrutural e as
dimensões de todos os elementos estruturais dependerão do
espaçamento entre os pilares.
Vigas
Conceito
Vigas são elementos estruturais sujeitos à cargas transversais.

VIGA
Vigas
Exemplos
Vigas
Analogia com gangorras
Vigas
Analogia com pilha de livros
Vigas
Analogia com pilha de livros

Edifício Palmas, Cidad de México, 1975 (Arq. Juan Sordo Madaleno)


Vigas
Analogia com pilha de livros
Vigas
Analogia com pilha de livros

Edifício Casa do Comércio, Salvador / BA


Vigas
Analogia com pilha de livros

Edifício Casa do Comércio, Salvador / BA


Vigas
Comportamento estrutural

• Quando uma barra horizontal, apoiada em seus dois extremos, é


solicitada por cargas transversais ao seu eixo, ela se deforma.
• O eixo da viga, antes, reto, deforma-se verticalmente.
• Aos deslocamentos verticais dá-se o nome de flecha.
Vigas
Classificação
Vigas

Para grandes vãos em pisos, o pior problema é a deformação devido à


flexão, que causa internamente o esforço de momento fletor. Por
isso, é necessária a concepção de sistemas suficientemente rígidos à
flexão.

Deformação de uma viga convencional


(seção transversal constante)
Vigas
Solução arquitetônica para reduzir o momento fletor

Uso de balanços diminuem os esforços em vigas!

Proporção ótima de balanços em vigas


Vigas
Solução arquitetônica para reduzir o momento fletor

Rodoviária de São Carlos / SP


Vigas
Solução arquitetônica para reduzir o momento fletor
A forma em arco nas
faces inferiores das vigas
dificultam a flexão e,
consequentemente, o
esforço interno de
momento fletor.

Rodoviária de São Carlos / SP


Vigas
Solução arquitetônica para reduzir o momento fletor
Exercício proposto

Faça uma pesquisa virtual sobre estruturas não convencionais de vigas e


pilares. Em seguida, escolha uma obra em que foi executada essa estrutura e
elabore uma síntese contendo:
• Nome da obra;
• Arquiteto responsável;
• Detalhe da solução não convencional para viga e/ou pilar;
• Material estrutural utilizado;
• Vantagens da solução estrutural escolhida.

Você também pode gostar