Você está na página 1de 24

Como aumentar a

produtividade da
indústria de doces

oferecimento:
Índice

03 Introdução

04 Panorama do mercado de doces no Brasil

07 Como otimizar o processo de produção


na indústria de doces

14 Inovações para o mercado de doces:


eleve sua produtividade para aproveitar
essas oportunidades

22 Considerações finais
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Introdução
Resiliente, inovadora, diversificada, relevante: essa é a indústria de doces no Brasil. O setor
de candies tem inovado para oferecer, cada vez mais, variedade e qualidade em termos de
sabores, texturas, aromas, cores, entre tantos outros atributos alinhados a tendências
globais que impactam também o mercado latino-americano.

Isso inclui maior preocupação com saudabilidade, sustentabilidade, praticidade, entre


outras. E, além de acompanhar e responder a essa demanda por inovações, a indústria de
doces precisa lidar também com outros desafios, incluindo aumentar sua produtividade.

Para ajudar sua empresa a se adaptar a tudo isso e conquistar mais e melhores
resultados produtivos, apresentamos este material exclusivo. Nele,
apresentaremos insights, caminhos e tendências para sua indústria de doces ser
ainda mais produtiva e diferenciada nesse que é um mercado tão dinâmico e
competitivo.

Também serão apresentadas as soluções da Argenta BioIngredientes SRL que colaboram


para reduzir os tempos produtivos na fabricação de diversos tipos de doces e elevar seus
atrativos sensoriais.

Boa leitura!

03
Panorama do mercado
de doces no Brasil
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Entre os países produtores de alimentos, segundo a FAO (Organização das Nações Unidas
para a Alimentação e a Agricultura), o Brasil mostra maior potencial para fornecer uma grande
parte da demanda global, que deve aumentar 70% até 2050. E isso deve refletir também no
setor de doces.

A oferta única de sabores exóticos do Brasil combinada com sua posição competitiva já coloca
o país entre os principais players de diversos nichos do mercado de doces. Hoje, há várias
empresas que são referência nesse setor não apenas no mercado interno, como também em
competitivos mercados de exportação.

Essa é mesmo uma indústria dinâmica e que, constantemente, está em busca de formas de se
tornar mais eficiente, produtiva, inovadora e competitiva. Não é à toa que os lançamentos de
novos produtos no mercado de doces no Brasil cresceram 30% entre 2007 e 2013, enquanto
nos Estados Unidos, por exemplo, houve uma queda de cerca de 35% nesse mesmo período.

Esses investimentos das empresas de doces em novas linhas, tecnologias, inovação,


rastreabilidade, entre outras coisas, possibilitaram uma maior sofisticação, diversificação e
capilaridade global para os produtos brasileiros, alcançando novos consumidores em novos
mercados e naqueles onde tradicionalmente já estavam presentes.

Além disso, o setor também está se beneficiando do renascimento da produção de cacau de


qualidade, que está sendo realizada de forma mais sustentável. Quanto a esse nicho, cabe
salientar que o Brasil está entre os seis países que lideram no volume de vendas no
varejo de chocolate. Os outros incluem Estados Unidos, Alemanha, Suíça, Bélgica, Reino
Unido e França, de acordo com a ABICAB (Associação Brasileira do Amendoim de Chocolate e
Indústria de Doces). Ainda conforme a entidade, 75% da população consome chocolate e 35%
escolheriam o chocolate a qualquer outro alimento ou bebida.

Com esse expressivo consumo de chocolate, o país também faz importações para suprir suas
demandas domésticas. As principais fontes são Peru, Chile, Argentina, Coréia do Sul e Japão,
conforme a ABICAB.

Quanto ao mercado de balas e gomas, a entidade indica que a produção no ano de 2019 foi de
257 mil toneladas. e que 55% dos brasileiros consomem esses produtos, pelo menos, entre 3 e
5 vezes por semana.

Outro dado que ajuda a ilustrar o tamanho desse mercado é apresentado pelo Statista: em
2018, a receita líquida anual do setor de chocolates e balas foi de 15,9 bilhões de reais, acima
dos 15,2 bilhões de reais do ano anterior.

05
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Vantagens da indústria brasileira de doces ao importar


ingredientes da América Latina

Para dar suporte ao crescimento da indústria de doces, as empresas brasileiras contam com
qualificados fornecedores de ingredientes na América Latina, muitos dos quais oferecem
insumos com elevados padrões de qualidade e, ainda, sob preços e prazos mais competitivos
do que, por exemplo, importá-los do mercado europeu.

"A possibilidade de se contar com fornecedores de ingredientes na América Latina


apresenta um benefício indiscutível da área de logística, principalmente para os insumos
trazidos da Argentina para o Brasil, que podem ser transportados por via terrestre e
marítima. Além disso, o tempo para recebimento dos produtos é reduzido em relação ao
demandado para importações da Europa e dos Estados Unidos", explica Leonardo Mendoza,
diretor da Argenta BioIngredientes.

O especialista complementa lembrando que também é permitida a consolidação de cargas com


diferentes importadores, melhorando a posição de negociação do cliente com o fornecedor. “Ou
seja, de forma direta e a custos mais adequados. Ainda, há os benefícios fiscais presentes
no Mercosul, e as legislações em vigor nos diferentes países tornam este outro ponto
positivo a destacar nessas importações. Isso, infalivelmente, tem um impacto direto no
custo do insumo colocado na fábrica do cliente. Pertencer à mesma região também implica
compartilhar muitas necessidades entre o produtor de ingredientes e os clientes, tanto em
termos de tendências de mercado como de legislação".

06
Como otimizar
o processo de produção
na indústria de doces
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Otimizar o processo de produção está bastante relacionado a tornar tais processos mais
simples, enxutos e eficientes - preferencialmente sem precisar fazer grandes investimentos
não programados.

E, um dos caminhos possíveis para isso, é optar por ingredientes que colaborem para a
conquista de tais ganhos.

Em consonância, Mendoza explica que o incremento à produtividade pode estar associado à


otimização em diferentes pontos.

Os ingredientes certos podem levar à


redução dos tempos de processo, à
diminuição do trabalho necessário para a
fabricação de um produto e, até mesmo, à
minimização de perdas de produto devido a
devoluções. Este último ponto, para a
América Latina, é importante devido às
longas distâncias de transporte que são
feitas dentro do mesmo país e às possíveis
oscilações de temperatura que o produto
pode sofrer nestes longos trechos".
Leonardo Mendoza, diretor da Argenta BioIngredientes.

08
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Argenta BioIngredientes SRL: soluções para elevar a


produtividade da indústria de doces

A Argenta BioIngredientes SRL desenvolve soluções na Argentina para o mundo, oferendo


padrão internacional de qualidade e ganhos significativos em termos de produtividade para a
indústria de doces.

"Na Argenta, temos nossa série de produtos Prodat que reduzem os tempos de
processamento na indústria de doces e eliminam a necessidade de algumas empresas
desenvolverem soluções para obter o acabamento desejado no produto", explica o diretor
da empresa.

A empresa apresenta três linhas principais para a indústria de doces relacionadas com a
obtenção de um acabamento atraente para itens como drágeas de chocolate, drágeas de
açúcar e gomas. E mais: esses produtos podem ajudar a incrementar a produtividade da
indústria de doces.

Para as drágeas de chocolate, o produto Prodat 2048 é uma solução pronta para uso para dar
mais brilho. Trata-se de uma solução à base de goma arábica (também conhecida como goma
acácia), que é uma goma natural que garante um excelente acabamento - e em tempo de
processamento bastante enxuto. Há, também, o selante Prodat SA-65, que protege o produto
para evitar que perca seu brilho devido às oscilações de temperatura e umidade, mantendo
seus chocolates sempre atrativos.

09
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Saiba mais sobre o Prodat 2048N/2048W:

Os produtos de chocolate requerem uma aparência atraente, sendo o brilho uma das
características para se atingir esse objetivo. E a Argenta BioIngredientes tem a solução para
isso. A série de produtos Prodat 2048, combina goma arábica, carboidratos e óleos vegetais
não hidrogenados para proporcionar excelente acabamento brilhante, reduzindo também o
tempo demandado geralmente para esse processo, o que permite melhores índices
produtivos para a sua empresa.

O Prodat 2048N é formulado para todo tipo de chocolates ou coberturas (chocolate ao leite ou
meio amargo). Por sua vez, o Prodat 2048W destina-se exclusivamente a coberturas.

Entre suas funções, estão:

• Formação de brilho duradouro;


• Proteção contra umidade e variação de temperatura;
• Aumento da resistência mecânica;
• Manutenção do sabor e da cor original do doce;
• Tempos de processo mais curto do que concorrentes convencionais;
• Aumento da vida útil de seu produto.

Tempo de processo Nível de brilho obtido

35 7
30 6
25 5
20 4
minutos

15 3
10 2
5 1
0 0
30% HR 50% HR 60% HR Goma arábiga Almidón Maltodextrina
40-60% modificado
40-60%
* Tiempo de formación de brillo a 19º * Evaluación visual a 19º previo a la aplicación
* Tiempo de proceso previo a la aplicación del agente de sellado del agente de sellado

Goma arábiga 40-60%


Almidón modificado 40-60%
Maltodextrina
Prodat 2048

10
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Saiba mais sobre o Prodat SA-65:

O agente selante Prodat SA-65 oferece o revestimento perfeito para garantir proteção ao
brilho obtido com o Prodat 2048N ou 2048W em drágeas de chocolate. O Prodat SA-65
também evita que a temperatura e a umidade afetem o produto, oferecendo maior resistência
mecânica.

Sua aplicação prepara os centros antes do processo de revestimento. Por meio do


pré-tratamento dos centros, evita-se o problema da transferência de umidade do centro para
a cobertura, aumenta-se a resistência nos centros macios e evitam-se as reações indesejadas.

O Prodat SA-65 contribui para reduzir significativamente os tempos de processo e é muito fácil
de manusear. Para se ter uma ideia, enquanto a goma laca demanda em torno de 20 minutos
de processo, com o Prodat SA-65 é possível diminuir para 10 minutos e, ainda, proporcionar
um nível de brilho muito superior.

Tempo de processo Nível de brilho obtido

25 14
12
20
10
15 8
minutos

10 6
4
5
2
0 0
Goma Laca Prodat SA-65 Goma Laca Prodat SA-65
* Tiempo de sellado a 19º * Evaluación visual a 19º, empleando previamente
Prodat 2048 como agente formador de brillo
Goma Laca
Prodat SA-65

Agora, se o seu desafio é elevar a produtividade em uma indústria de doces com drágeas de
açúcar mais macias ou duras, há duas alternativas: o Prodat CWB600, uma solução à base de
goma laca e ceras para obter um brilho perfeito em menos tempo, e o Prodat CWB1300, que é
um tipo de cera micronizada para aplicações nas quais se deseja eliminar a base alcoólica da
solução. Este último pode ser necessário para a fabricação de produtos Halal, por exemplo. No
catálogo da Argenta, também há variedades que utilizam ou não cera de abelha, de acordo
com a necessidade do cliente.to superior.

11
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Saiba mais sobre o Prodat CWB600:

Esse produto proporciona uma aparência atrativa a seus confeitos e drágeas, com ou sem
açúcar, mantendo sua estabilidade mesmo sob condições armazenamento desfavoráveis e
garantindo alta resistência a temperatura e umidade elevadas.

O Prodat CWB600 é uma emulsão complexa à base de cera de carnaúba e cera de abelha,
formulada para proporcionar brilho duradouro e maior fluidez nos doces, com ou sem adição
de açúcar, mantendo a sua cor padrão. Esse produto é fácil de manusear e aplicar, o que
contribui para reduzir significativamente os tempos de processo e elevar a produtividade.

Entre suas funções, estão:

• Formação de brilho duradouro;


• Proteção contra umidade e variação de temperatura;
• Aumento da resistência mecânica;
• Manutenção do sabor e da cor original do doce;
• Tempos de processo mais curto do que concorrentes convencionais;
• Aumento da vida útil de seu produto.

Tempo de processo Nível de brilho obtido

35 14
30 12
25 10
20 8
minutos

15 6
10 4
5 2
0 0
30% HR 50% HR 60% HR Cera de abeja Parafina Prodat CWB600
* Tiempo de formación de brillo a 19º * Evaluación visual a 19º

Cera de abeja
Parafina
Prodat CWB600

12
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Saiba mais sobre o Prodat CWB1300:

Trata-se de um agente de polimento para todos os tipos de doces duros e moles e drágeas.
Sua composição inclui cera de carnaúba e cera de abelhas. Ele possibilita a formação de brilho
rápido e intenso, menor tempo de processo e o aumento da vida útil de seu produto.

Por fim, para gomas ou balas, há o produto já clássico nesse mercado, Prodat CW50, que é um
agente antiaderente e de brilho para garantir que o produto seja estável em comparação a
outras alternativas. Há também uma nova versão chamada Prodat CW-50 A, na qual o óleo de
palma é removido e substituído por um óleo vegetal muito estável. Também estão disponíveis
variedades que não utilizam cera de abelha.

"O Prodat CW-50 A foi desenvolvido levando em consideração as exigências dos


produtores de goma natural, funcional e saudável", explica Mendoza.

Saiba mais sobre o Prodat CW50:

Para que os consumidores de gomas tenham a experiência desejada e desfrutem das formas
e sabores característicos desses produtos, é necessário que o fabricante obtenha um
excelente revestimento que impeça as gomas de grudarem-se umas às outras e que
proporcione um acabamento brilhante.

O Prodat CW-50, dispersão de cera de carnaúba e cera de abelha em óleo vegetal, é um aliado
para se vencer esse desafio. Trata-se de um agente antiaderente para todos os tipos de goma
e gelatina moldada, bem como para marshmallows e balas duras, sendo especialmente
indicado para centro de textura moldados sobre a base de pectina.

Seus diferenciais incluem não transferir sabor ou aroma desagradável ao produto final, ser
100% biodegradável e não conter derivados de petróleo.

É utilizado à temperatura ambiente e é de fácil aplicação, contribuindo significativamente para


elevar a produtividade das empresas que adotam essa solução. Se misturas de óleo e ceras
vegetais têm um tempo de processo que fica em torno de 15 minutos, o Prodat CW-50
demanda apenas 10 minutos e, ainda, proporciona um nível de brilho muito maior.

13
Inovações para o mercado
de doces: eleve sua
produtividade para aproveitar
essas oportunidades
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Fernando Mendoza resume algumas das inovações que a indústria de ingredientes já trabalha
para impulsionar a inovação também para as fábricas de doces.

A indústria de ingredientes está em busca de


produtos que apresentem uma gama mais ampla de
funcionalidades, minimizando a quantidade de
insumos. Trabalhamos em conjunto com os clientes
para obter produtos com a mesma qualidade, porém
alinhados às novas demandas dos consumidores e
governos. Aqui, na América Latina, o tipo de
alimentação básica da população, rica em açúcares e
gordura, está levando as legislações dos diversos
países a serem modificadas para controlar esses
parâmetros e a indústria de ingredientes deve
colaborar com o mercado de alimentos para
desenvolver produtos mais saudáveis e naturais,
sem perder os aspectos sensoriais que caracterizam
cada produto.

Ao mesmo tempo, a tendência dos produtos


fortificados, com vitaminas e minerais, que se
verifica na produção de gomas e outros itens
semelhantes, é um dos setores nos quais a indústria
de ingredientes pode colaborar mais ativamente."

A seguir, confira algumas das inovações que demandarão, cada vez mais,
produtividade das empresas de doces.

15
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Doces com açúcar reduzido

No mercado de doces, diversas inovações também estão sendo feitas para lançar produtos
alternativos com menos açúcar. Progressos significativos já foram alcançados e mais devem
surgir em breve para ajudar na obtenção de perfis de sabor e estruturas semelhantes aos
produtos com açúcar.

Doces mais naturais e alinhados à saudabilidade

Inovações também devem surgir para o desenvolvimento de doces com ingredientes mais
naturais e alinhados ao conceito de saudabilidade, tanto por demandas da indústria quanto
para atender às exigências do consumidor e mudanças nas leis - especialmente quando se visa
mercados estrangeiros.
Doces que consigam alinhar as demandas de consumo indulgente com o conceito de
saudabilidade também poderão se destacar. Conforme indicado no estudo Brasil Food Trends
2020, o brasileiro quer produtos mais saudáveis, porém que sejam saborosos.

Ainda, cresce também a demanda por produtos com ingredientes naturais. E, em um país
privilegiado por sua biodiversidade, com seis biomas diferentes, sempre há algo novo para
descobrir, testar e aplicar, principalmente na forma de ingredientes e sabores.

De fato, a indústria de ingredientes está trabalhando fortemente na busca de alternativas de


produtos de origem natural para satisfazer essas demandas do mercado.

Um exemplo disso é o desenvolvimento de novos corantes naturais, trabalho realizado em


adoçantes como a estévia, entre tantos outros.

"Em nosso departamento de desenvolvimento, buscamos utilizar hidrocólidos de origem


natural e reduzir a variedade mantendo a mesma operação. Também estamos avaliando
alternativas naturais a ingredientes, como o pó de sabugueiro para atuar como
antioxidante e corante em produtos funcionais. Essas avaliações ainda são preliminares,
mas o mercado as exige e estamos fazendo nosso trabalho para avançar nesse sentido e
contribuir para a inovação da indústria de alimentos", explica o diretor da Argenta
BioIngredientes.

16
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Doces veganos, vegetarianos e plant-based

Opções de doces vegetarianos e veganos também devem ser cada vez mais requisitados. Esse
é um público crescente e que é ampliado pelos flexitarianos/reducetários - pessoas que
escolhem reduzir seu consumo de alimentos com ingredientes de origem animal.

Nessa categoria, a tendência dos plant-based, produtos feitos à base de plantas, também deve
movimentar o mercado de doces.

Doces funcionais

Doces funcionais também devem impulsionar a inovação e a demanda por produtividade


neste mercado. Os produtos funcionais estão ganhando mercado e a expectativa é de que,
especialmente entre as grandes marcas do setor, esse tipo de produto ganhe espaço no
portfólio.

Na Argentina, por exemplo, há mais de um ano uma marca de balas mundialmente conhecida
desenvolve gomas funcionais em parceria com um laboratório médico. E essa tendência deve
se evidenciar também no mercado brasileiro, por meio de doces funcionais, mas que
mantenham um sabor agradável, o que antes não era uma demanda tão expressiva.

17
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Inovações para produtos mais sustentáveis

A responsabilidade das empresas produtoras de doces com o meio ambiente também deve se
refletir nas inovações dessa indústria. Hoje, já há diversos players, por exemplo, buscando a
certificação de matérias-primas derivadas do óleo de palma, como explica Mendoza.

"Essa é uma tendência que já vem ganhando força há alguns anos, mas que agora se
estende a outros aspectos para os quais as empresas devem exercer responsabilidade com
o meio ambiente, garantindo o mínimo possível de contaminação nos processos de
produção e também em outras questões, como na apresentação de seus produtos -
reduzindo embalagens ou utilizando opções biodegradáveis, por exemplo”

Tudo isso requer também o uso de matérias-primas que respeitem esse compromisso de
cuidar do planeta. Isso pode ser tangibilizado, por exemplo, na obtenção de certificação de
produtos como o óleo de palma.

"Outro ponto importante que desafia o mercado de candies é a produção de doces com
produtos orgânicos, com certificação não-OGM (livre de Organismos Geneticamente
Modificados), de origem conhecida. Tudo isso culmina na ascensão de produtos clean label
e a indústria de doces deverá buscar formas de simplificar suas formulações da melhor
forma possível para se alinhar a essa demanda", afirma o executivo.

18
Saiba mais sobre as soluções da
Argenta para impulsionar a
produtividade e a inovação
no mercado
de doces
Para que a sua indústria de
doces inove e aproveite as
oportunidades de mercado
que vimos anteriormente,
é preciso que, além de ser
funcional, saudável ou
vegano, por exemplo, seus
doces também tenham
uma apresentação
visualmente atrativa - e que
isso seja atingido sem abrir
mão de sua produtividade.

A Argenta BioIngredientes desenvolve


algumas soluções para ajudar nesse desafio.

19
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Inovações para drágeas de chocolate

As drágeas de chocolate estão entre os produtos de chocolate mais populares. E elas agradam
os mais diversos paladares, podendo ser produzidas com amêndoas, amendoins, frutas, balas,
gomas, entre outros.

O processo de polimento e selagem, os últimos processos na produção da drágea, torna o produto


mais brilhante e resistente a fatores externos - como umidade e oscilações de temperatura.

Para indústrias que querem inovar oferecendo drágeas ainda mais atrativas e brilhantes, o
Prodat 2048-W é o agente de brilho clássico e mais amplamente utilizado da Argenta.

Aqui, apenas a utilização de um agente de polimento pronto para uso já representa uma
otimização nos tempos de processo, eliminando a etapa de preparação da solução que irá gerar
o brilho. Mas a solução da Argenta vai além: seus agentes de brilho garantem um melhor
acabamento em comparação aos agentes convencionais e isso, por sua vez, também exerce
impacto na redução dos tempos de processo, gerando uma melhoria na produtividade da planta.

As doses necessárias desse agente dependerão do produto e do equipamento em questão.


Existem diferentes versões de agentes de brilho, podendo ser à base d'água, geralmente
contendo goma arábica, amidos ou uma combinação de ambos.

A última etapa do processo consiste


na selagem com Prodat SA65, um
agente à base de goma laca (goma
Shellac). Isso agrega ao produto
resistência extra contra fatores
externos. Este é um produto
diferenciado para o acabamento
perfeito de doces, fazendo com que
as devoluções recebidas dos
clientes sejam significativamente
reduzidas, já que o produto chegará
em excelentes condições ao
mercado e apresentará brilho
duradouro.

20
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Inovações para drágeas de açúcar

As drágeas de açúcar caracterizam-se pela variedade de recheios que podem conter. Eles podem
ser realmente variados, indo desde frutas secas e pedaços de chocolate a balas doces ou licores.

Para inovar nesse nicho, o Prodat CWB600 é um aliado. Trata-se de uma emulsão formulada
para proporcionar um brilho duradouro e proteger todos os tipos de doces, com ou sem
açúcar, mantendo a cor original inalterada.

O Prodat CWB600 tem aplicação direta, é fácil de manusear e dosar e contribui


significativamente para a redução dos tempos de processo. Isso quer dizer que seus doces
terão mais brilho sem demandar mais tempo produtivo.

O polimento de drágeas de açúcar requer relativo controle da temperatura ambiente,


podendo variar entre 18 e 25 °C. Um pré-requisito para o processo de polimento é garantir
que a superfície do produto seja lisa, sólida, seca e livre de poeira.

A dosagem necessária pode variar, dependendo da forma e do tamanho do produto e, até


mesmo, do tamanho do lote.

Outra alternativa eficiente de polimento é a combinação da cera micronizada Prodat CWB1300


da Argenta, ou outra de suas versões, com o agente selante Prodat SA65. Além disso, com a
expertise da Argenta, torna-se possível fornecer soluções personalizadas conforme as
necessidades do cliente.

Ambos os métodos garantem uma alta resistência a fatores externos que podem afetar a vida
útil do doce. Para fornecer proteção máxima ao brilho, um selante à base de goma laca pode
ser aplicado adicionalmente.

No processo, deve-se garantir o cumprimento de alguns parâmetros, de modo que um técnico


da Argenta estará disponível para trabalhar diretamente na linha de produção do cliente,
otimizando o processo e alcançando o brilho desejado.

21
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Considerações finais
O Brasil é um país que já alcançou a excelência em vários setores da pecuária e da
indústria alimentícia, sendo altamente competitivo na produção e comercialização de
commodities e percebido em grandes mercados como um produtor e exportador de
classe mundial. E a indústria de doces, que já é reconhecida em tantos mercados,
apresenta grande potencial de se desenvolver ainda mais.

Para isso, é preciso adotar inovações que elevem sua competitividade e atratividade diante
de novas demandas e tendências do setor. E, para conseguir isso, é necessário também
otimizar sua produtividade.

Neste material, foram apresentadas soluções em ingredientes da Argenta BioIngredientes


SRL que contribuem com esses aspectos. Seus diferenciais principais estão em reduzir
significativamente tempos de processos para elevar a produtividade das indústrias de
doces e, ainda, agregar outros ganhos como maior brilho e melhor apresentação visual
para os produtos.

Para saber mais sobre os produtos da Argenta, acesse: http://www.bioargenta.com.ar/.

22
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

Referências
https://thebrazilbusiness.com/article/sweets-market-in-brazil

https://www.statista.com/statistics/809141/revenue-chocolate-cocoa-candies-brazil/

https://fgveurope.fgv.br/sites/fgveurope.fgv.br/files/Food-Industry-in-Brazil.pdf

http://clientes.focoimg.com.br/abicab/storage/app/public/editor/15918888235ee24bb72f99f.pdf

https://abad.com.br/mercado/cesta-de-delicias/

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/ultimas-noticias/pesquisa-traca-perfil-do-consumo-de-alimentos-n
a-proxima-decada/

23
Como aumentar a produtividade da indústria de doces

fi-events.com.br

foodconnection.com.br

oferecimento:

www.bioargenta.com.ar

Produzido por

Você também pode gostar