Você está na página 1de 3

29/03/2019 Colaborar - Aap2 - Ética, Política e Sociedade

 

(/notific
 Ética, Política e Sociedade (/aluno/timeline/i…

Aap2 - Ética, Política e Sociedade


Sua avaliação foi confirmada com sucesso ×

Informações Adicionais

Período: 18/03/2019 00:00 à 09/06/2019 23:59


Situação: Cadastrado
Protocolo: 374161787

Avaliar

1) Sócrates nunca escreveu. O que sabemos de seus pensamentos encontra-se nas obras de seus vários
discípulos, e Platão foi o mais importante deles.
Considere as afirmações analisando se são (V) verdadeiras ou (F) falsas. Sobre as características do
período socrático podemos dizer que:
( ) Apresenta a confiança no homem como um ser racional, capaz de conhecer-se a si mesmo e, portanto,
capaz de reflexão. Reflexão é a volta que o pensamento faz sobre si mesmo para conhecer-se; é a
consciência conhecendo-se a si mesma como capacidade para conhecer as coisas, alcançando o conceito ou
a essência delas.
( ) Busca compreender a capacidade de conhecimento do homem, a preocupação se volta para estabelecer
procedimentos que nos assegurem que a verdade foi encontrada, isto é, o pensamento deve oferecer a si
mesmo caminhos próprios, critérios próprios e meios próprios para saber o que é o verdadeiro e como
alcançá-lo em tudo o que investigamos.
( ) Considera a opinião, as percepções e imagens sensoriais como falsas, mentirosas, mutáveis,
inconsistentes, contraditórias, devendo ser abandonadas para que o pensamento siga seu caminho próprio
no conhecimento verdadeiro.
Escolha a alternativa que contém a resposta correta, respectivamente:

Alternativas:

a) V – V – V.  Alternativa assinalada

b) F – F – V.

c) V – F – F.

d) F – V – F.

e) V – V – F.

https://www.colaboraread.com.br/aluno/avaliacao/index/2190875601?atividadeDisciplinaId=7495228 1/3
29/03/2019 Colaborar - Aap2 - Ética, Política e Sociedade

2) Platão se dedicou a definir as formas de conhecer e as diferenças entre o conhecimento verdadeiro e a


ilusão. Para ele há diferentes maneiras de conhecer, diferentes graus de conhecimento. 

Sobre as formas de conhecimento para Platão podemos afirmar que:


I. Há quatro formas diferentes, quatro graus de conhecimento que vão do grau inferior ao superior: crença,
opinião, raciocínio e intuição intelectual.
II. Os graus de conhecimento, por sua vez, se dividem em dois grupos: conhecimento sensível e
conhecimento inteligível.
III. Devemos nos aproximar do conhecimento sensível e nos afastar do conhecimento inteligível.
Está correto o que se afirma em:

Alternativas:

a) I e II.  Alternativa assinalada

b) II e III.

c) Apenas I.

d) Apenas II.

e) I, II e III.

3) (UEL – 2004 – Adaptado) "O Estado ou a Cidade mais que uma pessoa moral, cuja vida consiste na união
de seus membros, e se o mais importante de seus cuidados é o de sua própria conservação, torna-se-lhe
necessária uma força universal e compulsiva para mover e dispor cada parte da maneira mais conveniente
a todos. Assim como a natureza dá a cada homem poder absoluto sobre todos os seus membros, o pacto
social dá ao corpo político um poder absoluto sobre todos os seus, e é esse mesmo poder que, dirigido pela
vontade geral, ganha, como já disse, o nome de soberania". (ROUSSEAU, Jean-Jacques. Do contrato social.
Tradução: Lourdes Santos Machado. 3. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1994. p. 48).
Considerando o texto e também seus conhecimentos sobre Rousseau, é correto afirmar:

Alternativas:

A soberania é estabelecida como poder absoluto orientado pela vontade geral e


a)  Alternativa assinalada
legitimado pelo pacto social para garantir a conservação do Estado.

b) A conservação do Estado independe de uma força política coletiva.

A soberania surge como resultado da imposição da vontade de alguns grupos sobre outros, como o
c)
objetivo de conservar o poder do Estado.

d) O estabelecimento da soberania está desvinculado do pacto social que funda o Estado.

O Estado é uma instituição social dependente da vontade impositiva da maioria, e compõe a


e)
democracia.

4) Os dois filósofos que iniciam o exame da capacidade humana para o erro e a verdade são o inglês
Francis Bacon e o francês René Descartes:

Tendo por base o pensamento desses dois filósofos, analise as afirmações colocando (V) para
as verdadeiras e (F) para as falsas.
( ) Esses filósofos conheciam as questões dos gregos antigos que queriam saber: como o erro é possível?
Mas, como filósofos modernos, Bacon e Descartes tinham outra pergunta: como a verdade é possível?

https://www.colaboraread.com.br/aluno/avaliacao/index/2190875601?atividadeDisciplinaId=7495228 2/3
29/03/2019 Colaborar - Aap2 - Ética, Política e Sociedade

( ) Para os modernos a busca é pela compreensão e explicação de como relatos mentais – que são as nossas
ideias – podem corresponder ao que se apresenta verdadeiramente na realidade.
( ) Para chegar a abordar o conhecimento verdadeiro, Bacon e Descartes examinaram de forma exaustiva as
causas e as formas do erro. Inauguraram um estilo filosófico que permanecerá na Filosofia: a análise dos
preconceitos e do senso comum.
Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

Alternativas:

a) V – F – F.

b) V – V – F.

c) V – V – V.  Alternativa assinalada

d) F – F – V.

e) F – V – F.

https://www.colaboraread.com.br/aluno/avaliacao/index/2190875601?atividadeDisciplinaId=7495228 3/3