Você está na página 1de 21

ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ

Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

Aula 00- ADMINISTRAÇÃO GERAL E PÚBLICA

Olá, pessoa l!

Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de ADMINISTRAÇÃO GERAL E


PÚBLICA para o concurso de ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA
ADMINISTRATIVA DO STJ . Meu nome é Marcelo Camacho, sou Sociólogo e
Tecnólogo em Recursos Humanos. Tenho 45 anos e atuo na área de Recursos
Humanos há 19 anos. Atualmente exerço o cargo de Analista de Gestão em
Saúde, perfil Gestão do Trabalho, na FIOCRUZ, aqui no Rio de Janeiro .
Também já exerci o cargo de Analista de Ciência & Tecnologia, perfil Recursos
Humanos, no Instituto Nacional do Câncer (INCA) . O concurso do INCA foi
organizado pela CESPE e eu consegu i o primeiro luga r ! Gosto mu ito de fazer
provas desta banca!

O concurso será organizado pela CESPE e a prova será rea lizada no dia
27/09/2015. Resolveremos cerca de 450 questões em dez aulas. Isto va i
garantir que estejamos afiados com estes itens para a prova. As questões
trabalhadas serão sempre as mais recentes .

Conseguir a aprovação em um concu rso disputado, com bons salários, como


este exige muita dedicação e atenção em detalhes.

Adoto a seguinte dinâmica nos meus cu rsos : apresento alguns pontos teóricos e
veremos como as bancas cobraram estes assuntos em provas recentes . Além
de comenta r a resposta adequada para cada questão, irei também tecer
comentários sobre as respostas consideradas erradas. No fina l da aula eu
apresento a lista de questões e o gabarito.

"Ah, Marcelo, mas tem uma parte teórica muito chata e ás vezes extensa!! !" .

Camaradas, não tem jeito, pa ra dar conta de algumas afirmações precisamos


entender conceitos. E pa ra isto, precisamos estudar!! Estamos aqui para isto !

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 1


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

"Ah, mas o que diferencia então dos livros dos autores clássicos da
Admin istração, Marcelo?"

Pessoal, o diferencial do curso é justamente trazer as perspectivas de diferentes


autores num único lugar focando as questões da CESPE.

Recomendo que após o estudo das aulas, refaçam as questões sem consultar os
gabaritos. A repetição é a mãe da retenção .

Então, animados?

Sempre digo que é necessário estudo e persistência pra conseguir aprovação


em concursos públicos!

O conteúdo do curso e o cronograma das aulas será o seguinte :

Aula Conteúdo Programático


1 A evolução da Administração Pública e a reforma do Estado. 1.1 Do
modelo raciona l-legal ao paradigma pós-burocrático. 1.2 Convergências e
01
d iferenças entre a gestão pública e a gestão privada

1.3 Excelência na gestão dos serviços públicos. 1.4 Empreendedorismo


governamental e novas lideranças no setor público. 2 Gestão de Pessoas
02 2.1 Conceitos e práticas relativas ao servidor público. 2.2 Gestão de
desempenho

2.3 Comunicação. 2.4 Comportamento, clima e cultura organizacional. 2.5


03 Gestão por competências. 2.6 Gestão do conhecimento

2.7 Qualidade de vida no trabalho. 2.8 Liderança, mot ivação e satisfação


04 no trabalho. 2.9 Recrutamento e seleção de pessoas

2.10 Análise e descrição de cargos. 2.11 Educação, Treinamento e


Desenvolvimento. 2.11.1 Educação corporativa. 2.11.2 Educação a
os d istância . 2.11.3 Planejamento, desenvolvimento e objetivos do ensino.
2.11.4 Avaliação.

2.12 Gestão de Conflito. 3 Gestão Organizacional 3.1 Planejamento


06 Estratégico: definições de estratégia, condições necessárias para se

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 2


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

desenvolver a estratégia, questões-chave em estratégia, metas


est ratégicas e resultados pretendidos. 4 Indicadores de desempenho

5 Gestão de Processos. 5.1 Conceitos da abordagem por processos. 5.2


Técnicas de mapeamento, análise e melhoria de processos. 5.3
07 Const rução e mensuração de indicadores de processos. 6 Ferramentas de
análise de cenário interno e externo. 7 Balanced scorecard

8 Gestão de projetos. 8.1 Elaboração, análise e avaliação de projetos. 8.2


Principais características dos mode los de Gestão de Projetos. 8 .3 Projetos
08
e suas etapas. 8.4 Escritório de Projetos

.9 Gestão de risco. 10 Processo decisório. 10.1 O processo racional de


solução de problemas. 10.2 Fat ores que afetam a decisão. 10.3 Tipos de
09 decisões. 11 Processo de mudança : mudança organizacional, forças
internas e externas, o papel do agente e métodos de mudança.

12 Características das organizações formais modernas: tipos de estrutura


10 organizacional, nat ureza, finalidades e critérios de departamentalização.

Sumário
1. Planejamento ............................................................................................................................................. 4
2. Lista de Questões ............................................................................................... ...................................... 19
3. Gabarito .................................................................................................................................................... 21

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 3


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

1. Planejamento

A primeira função da Admin istração é Planejar, que é a especificação dos


objetivos a serem atingidos, definição da estratégia e de ações que perm itam
alcançá-los, e no desenvolvimento de planos que integrem e coordenem as
atividades da organização. Lembram-se da pergunta do gato para a Alice, do
conto infantil Alice no País das Maravilhas? " Pra onde você quer ir?" . Alice não
sabia, por isto pouco importava para onde fosse . Eis a importância de planejar.

~!
ITEM 1. (CESPE I 2013 I ANP I ANALISTA ADMINISTRATIVO)
O planejamento orienta gestores e funcionários quanto às atividades que devem ser
desenvolv idas para que as metas da empresa sejam cumpridas.

Perfeito, m inha gente! O planejamento constitui a primeira das funções


admin istrativas e significa interpretar a missão e estabelecer os objetivos da
organização, bem como os meios necessários para o alcance desses objetivos
com o máximo de eficácia. O processo de planejamento visa nortear as ações
da empresa em prol dos objetivos da organização. Portanto, a afirmativa está
CERTA!

O planejamento deve maxim iza r os resu ltados da organização.

Existem três tipos de planejamento:

a) Estratégico;

b) Tático;

c) Operacional

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 4


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

A dife rença entre eles se refere ao nível hierárquico em que são elaborados, a
abrangência em relação às unidades e o período para o qual se referem, como
está demonstrado na tabela abaixo :

l}cr.to'..C:t Longo
-
1:r:.=ur.t (;,;r~ 1.1!1.~ llffi,,iiTertl

Médio
l!,l•I~Jt;'[llltlltoH
""'!

Curto

Lffiilil rtm; r-l Toda a Determ inado Determinada


organização Setor Atividade
,',

h'wr-11
... ,- .... .. Alta Cúpula Gerências Operacional "
l.ii..II3:ifill• I lll. t Setoriais
-,
l
I ~u.'"111.• J..., Maiores Intermediários Menores

........

Planejamento Estratégico é o mecanismo pelo qual a organização interage


com o ambiente. É esta estratégia que irá guiar o comportamento da
organização frente aos desafios da dinâmica mutável. A estratégia é
cond icionada pela m issão organizacional, pela visão do futuro e pelos objetivos
da organização . Vejamos o que significam cada um deles . Para Peter Drucker
"planejamento estratégico é o processo contínuo de sistematicamente e com o
maior conhecimento possível do futu ro contido, tomar decisões atuais que
envolvem riscos; organizar sistematicamente as atividades necessárias à
execução dessas decisões e, através de uma retroa limentação organizada e
sistemática, medir o resultado dessas decisões em confronto com as
expectativas alimentadas"

O Planejamento Estratégico é um processo que estabelece objetivos a longo


prazo para a organização. Aponta os cam inhos a serem seguidos na interação
com o ambiente. O planejamento estratégico é responsabilidade da alta cúpula
da organização .

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 5


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

O Planejamento Tático é a setorização, desdobramento do planejamento


estratégico . Envolve apenas o setor específico para o qual se elabora o plano .
Ele t rabalha com decomposições dos objetivos, estratég ias e pol ít icas
estabelecidos no planejamento estratégico .

Ele é desenvolvido em níveis organizacionais intermediários, como as gerências


de recursos humanos, de marketing, f inanceira, etc., tendo como principal
função a utilização eficiente dos recursos disponíveis para a consecução de
objetivos previamente fixados . O horizonte de tempo é de médio prazo neste
tipo de planejamento. Segundo Chiavenato, "os planos táticos referem-se a
cada departamento ou unidade da organização e seu foco é no médio prazo,
isto é, no exercício anual".

O Planejamento Operacional é o desdobramento do planejamento tático .


Pode ser considerado como a formalização, principalmente através de
documentos escritos, dos planos de ação para implantação daquilo que foi
estabelecido nos planos táticos. É neste nível que são estabelecidos os objetivos
e estratégias operaciona is, que definem as ações específicas que permitem
realizar os objetivos dos níveis anteriores. São planos desenvolvidos nos níveis
mais baixos da organização para delinear as etapas de ação para rea lização das
metas operacionais e para sustentar os planos táticos.

O planejamento operacional é a ferramenta do gerente de departamento para


as operações diárias e semanais. Seu horizonte de tempo é o curto prazo .

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 6


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

~!
ITEM 2. (CESPE/ FUB/ 2009 / ADMINISTRADOR)

O planejamento tático é focalizado no curto prazo e abrange cada uma das tarefas ou
operações individual mente; o planejamento operaciona l se estende pelo méd io prazo e abrange
determinada unidade organizacional.

A afirmativa está ERRADA! Vimos na exposição acima que o planej amento


tático está focado no médio prazo e o operacional no curto prazo. A banca
inverteu as características de cada tipo de planejamento para conf undir o
candidato incauto .

Vamos à outra questão um pouco mais complicada :

ITEM 3. (CESPE / FUB/ 2009 / ADMINISTRADOR)

O planeja mento nas organizações é feito em nível institucional e em níveis gerenciais inf eriores,
com cada gerente construindo o planejamento pa ra a sua unidade .

A afirmativa está CERTA! A banca usou outro vocabulário para comp licar um
pouquinho a questão . O planejamento à nível instituciona l é o planejamento
estratégico e o planejamento a nível gerencia l é o planej amento tático .

~!
ITEM 4. (CESPE / SEBRAE_AC/2007/ CONSULTOR)

Complementando o planejamento estratég ico, o nível tático de planejamento busca ating ir


metas específicas em áreas funcionais da empresa, sempre ali nhadas aos objetivos máximos
definidos para a organ ização como um todo .

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 7


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

A afirmativa está CERTA! Perfeito, o planejamento tático é um desdobramento


do planej amento estratégico para as áreas funcionais da organização, no nível
gerencial .

ITEM S. (CESPE / ABIN / 2010/ 0FICIAL DE INTELIGÊNCIA/ ADMINISTRAÇÃO)

Planejamento refere-se direta mente a competência interpessoa l e gestão de pessoas.

Muito fácil esta pessoa l ! É evidente que está ERRADA! O planejamento refere-
se a especificação dos objetivos a serem atingidos, definição da estratégia e de
ações que permitam alcançá-los, e no desenvolvimento de planos que integrem
e coordenem as atividades da organização .

~!
ITEM 6. (CESPE I 2014 IICMBIO I ANALISTA ADMINISTRATIVO)

Em uma organização na qual se planejam, por tempo pré-fixado, receitas e despesas


correlacionadas à adoção de medidas que orientem o comportamento das pessoas no trabalho,
evidencia-se uma correlação entre os planos orçamentários e os planos comportamenta is ou
regulamentos.

Afirmativa perfeita ! Os orçam entos, os procedimentos e os regu lamentos são


planos operaciona is orientados à rotina, previsibilidade e à toma da de decisões
programadas ou prontas de que dispõe uma organização . Orçamentos cu ida m
da fixação de receit as e previsão de receitas. O regu lam ento estabelece o
comportamento prévio das pessoas no trabalho. No caso, a questão trata d e
orçamentos criados para subsid iar ações que regu lem ta is comportamentos,

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 8


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

evidenciando a cor re lação entre os dois planos . Port anto, a afirmativa está
CERTA!

ITEM 7. (CESPE/2012/TRE-Rl/ ANALISTA JUDICIÁRIO/ ÁREA ADMINISTRATIVA)

O planejamento de recursos humanos, por ser uma área funcional da organização, é definido
como atividade precípua do planeja mento tático.

Exatamente, pessoal! O planejamento departamental é desdobramento do


planejamento estratégico e é denominado planejamento tático. Portanto, a
afirmativa está CERTA!

Missão

É a razão pela qual a organização existe, sua final idade. Para definir a missão
de uma organização é necessário responder a três perguntas:

• Quem somos nós (a organização)?


• O que fazemos?
• Porque fazemos o que fazemos?

A missão envolve descrever os objetivos da organização e geralmente está


associada ao cumprimento de demandas da sociedade. É o propósito orientador
das pessoas que trabalham em uma organização. Ela traduz a fi losofia da
organização, seus valores fundamentais.

Segundo Djalma de Olivei ra,a definição da m issão da empresa é o ponto inicia l


para as macroestratégias e macropolíticas a serem estabelecidas, bem como
fornece a direção em que a empresa vai implementar-se e determina os limites
dentro dos quais será escolhida as postura estratégica relevante.

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 9


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

Já Maximiano nos informa que:

" Estudar a m issão da organização é uma das tarefas mais importantes no


desenvolv imento de um plano estratégico . O entendimento da missão possibilita
compreender o papel que a organização desempenha para seus cl ientes e sta keholders
relevantes."

Visão

É a v isão que a organização tem a respeito de si mesma e do seu futuro. Ela


define a ideia de futuro da organização, pa ra onde esta se imagina caminhando.
É aquilo que a organização pretende ser no futuro. A Visão é um norteador
estratégico . A partir de sua concepção são elaborados planos para se atingir
aqui lo que foi idea lizado na visão. A visão deve ser desafiadora . Ela deve
conduzir à mudança do status quo. Deve ser capaz de conduzir a organização
de um patamar para outro mais elevado. Deve contagiar as pessoas que
traba lham na organização e motivá - las pa ra o atingimento dos objetivos
planejados. A missão oferece as bases para a formulação da visão.

Em conjunto, a missão e a visão proporcionam os elementos para formulação


dos objetivos e da estratégia organizaciona l.

Valores organizacionais

Representam as crenças básicas na organização, aquilo em que a maioria


acredita como posturas que devem ser cu ltivadas na empresa. Os va lores
servem como uma orientação e inspi ração ao desenvolvimento do trabalho no
dia-a-dia da empresa . Alguns exemplos genéricos de valores : Exce lência;
Inovação; Participação; Parceria; Serviço ao Cliente; I gualdade;
Transparência; Criatividade .

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 10


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

Objetivos Organizacionais

Um objetivo é um resultado que se pretende alcança r dentro de um


determinado período de tem po. A visão oferece as bases para a formulação dos
objetivos organizacionais. Segundo Chiavenato, os objetivos devem atender a
seis critérios :

1. Ser foca lizado em um resultado a atingir e não em uma t arefa;


2 . Ser consistentes, precisam estar ligados coerentemente com os outros
objetivos e as demais metas da organização;
3 . Ser específicos, ou sejam, bem definidos;
4 . Ser mensuráveis, devem ser quantitativos e obj etivos;
S. Ser relacionados com um determinado período de tempo;
6 . Ser alcançáveis, precisam ser desaf iadores, mas não impossíveis.

Os objetivos podem ser classificados em três tipos :

1. Objetivos rotineiros: são os que cuidam do cotidiano da empresa e


determinam o padrão de desempenho;
2. Objetivos inovadores: são os que incorporam inovação à organização;
3 . Objetivos de aperfeiçoamento: são os que servem para alavancar os
atua is resultados da organização .

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 11


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

ITEM 8 . {CESPE/ CNl/ 2013/ ANALISTA ADMINISTRATIVO)

Os resu ltados que a empresa deseja alca nçar são definidos pelos objetivos estratégicos
propostos em seu planejamento estratégico .

Perfeito minha gente ! Os objetivos estratégicos espelham os resu ltados


desejados no planejamento estratégico. Portanto, a afirmativa está CERTA!

Estratégia Organizacional

Uma estratégia refere-se ao comportamento da organização f rente ao ambiente


que a ci rcunda. A estratégia procura aproveitar as oportunidades potenciais do
ambiente e neutralizar as ameaças que rondam a organização. É o caminho
escolhido pela organ ização para enfrentar as turbu lências do am biente externo .

A estratégia envolve os seguintes aspectos :

1. É definida pelo nível institucional da organização, com am pla participação;


2 . É projetada a longo prazo;
3 . Envolve a organização como um todo;
4. É um mecan ismo de aprendizagem organizacional.

ITEM 9. {CESPE/ SEBRAE_AC/ 2007 / CONSULTOR)

O plano estratégico de uma organ ização deve contemplar pelo menos t rês elementos básicos :
missão, objetivos e estratégias.

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 12


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

A af irmativa está CERTA! Vimos acima que outros elementos além destes
fazem parte do planejamento estratégico, mas estes sem dúvida devem estar
presentes. Esta é uma boa questão para sabermos como a banca pensa os
elementos essenciais do planejamento estratégico.

ITEM 10. ( CESPE/ 2013/ ANP/ ANALISTA ADMINISTRATIVO)

No planejamento estratég ico, a missão proporciona o referencia l para o qual devem convergir
todas as ações da organização.

Perfeito Pessoal! A missão é a razão de existência da organização. É atemporal,


mas pode mudar. Portanto, a m issão determina o que a organização deve fazer,
quais serão as suas ações. Desta forma, a afirmativa está CERTA!

Vejamos outra parecida

ITEM 11. (CESPE/ 2013/ INPI/ ANALISTA DE PLANEJAMENTO - ARQUIVOLOGIA)

A missão é parte integ rante da aná lise da situação estratégica, por meio da qua l se estabelece o
propósito ou a razão de ser da organização.

Exatamente ! A m issão é elemento da análise estratégica e determina a razão


de ser da organização . Sem m istérios !!! Portanto a afirmativa está CERTA!

~!
ITEM 12. (CESPE/ 2012/ TJ-AC/ ANALISTA JUDICIÁRIO- ADMINISTRAÇÃO )

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 13


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

A definição da missão da organ ização é o ponto principal para estabelecer macro estratégias e
macro políticas, bem como orientar o desenvolvimento da instituição .

Perfeito Galera! A m issão orienta o plano de ação da organização, portanto é a


partir desta que são estabelecidas macro-estratég ias e macro pol ít icas para a
orga nização . Mudaram um pouco a afirmação do Djalma de Oliveira, mas não
penso que comprometa o sentido de que é através da m issão que se
desdobram os outros elementos da estratégia organizaciona l. Portanto, a
afirmativa está CERTA!

ITEM 13. (CESPE/ 2013/ ANP/ ANALISTA ADMINISTRATIVO)

A visão de futu ro desenvolvida no planeja mento estratégico deve ser com posta por um
enunciado genérico, que seja aplicável a qualquer organização.

Nada disso Minha gente! A VI SÃO da empresa é algo "personalizado",


"pessoa l", é a determinação de onde ela quer chegar, onde ela pretende estar
daqui a alguns anos . Portanto, a afirmativa está ERRADA!

São os segu intes os elementos constituintes do processo de planej amento


estratégico :

1. Missão;
2 . Visão;
3 . Diagnóstico estratégico externo : é a análise do ambiente externo e o
mapeamento das ameaças e oportun idades que circundam a organização;

4. Diagnóstico estratég ico interno : é análise das forças e fraquezas da


organização para competir no ambiente em que atua;

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 14


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

S. Fatores-chave de sucesso: modelo proposto por Ansoff na década de


1980 e que consiste em evidenciar as questões críticas pa ra a
organização, em resultado da análise dos diagnósticos interno e externo
realizados através do modelo de Harvard de análise de SWOT (Forças,
Fraquezas, Ameaças e Oportunidades).

6. Definição dos objetivos: Há autores que inserem os objetivos no processo


de formulação da estratégia, como os seguidores do modelo de Harvard,
e há outros que trabalham a definição dos objetivos como parte separada
da formulação da estratégia, como os seguidores do modelo de Ansoff. De
qualquer forma estes devem ser perseguidos pela organização.

7 . Aná lise dos públicos de interesse (stakeholders): a estratégia deve


atender aos interesses e necessidades dos diversos grupos que
influenciam ou são influenciados pela organização. O stakeholder é uma
pessoa, grupos de pessoas ou organizações. São consumidores,
empregados, funcionários, usuários, dirigentes, governos, instituições
financeiras, opinião pública, acionistas.

8. Formalização do plano: um plano estratégico é um plano para a ação. Não


basta a intenção é necessário implementação.

9. Auditoria de desempenho e resultados: t rata-se de rever o que foi


implementado, seus resultados, e decidir pelos novos rumos do processo.

~!
ITEM 14. (CESPE/Tl-PA/2006/ ANALISTA JUDICIÁRIO ADMINISTRAÇÃO)

Análise situaciona l é a etapa do planeja mento estratégico responsável pelo estudo do histórico,
exa me das condições atuais e previsão de situações futuras, com foco nas forças internas que
agem na organização e nos fatores do am biente externo que infl uenciam a organização.

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 15


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

A afirmativa está CERTA! As etapas de diagnóstico interno e externo, análise


das forças, fraquezas, ameaças e oportunidades equivalem ao diagnóstico
situacional, f undamental para o planejamento estratégico .

Djalma de Oliveira apresenta em seu livro "Planejamento estratégico" quatro


etapas do Planejamento Estratégico :

a) Diagnóstico estratégico: abrange a definição da visão, a análise externa,


análise interna e análise dos concorrentes;

b) Definição da missão: esta nós j á vimos : é a definição da razão de ser da


empresa e as conseqüências de tal definição;

c) Definição dos instrumentos prescritivos e quantitativos: instrumentos


prescritivos são aqueles que irão dizer como a organização deve atuar para
alcançar os objetivos definidos.

Instrumentos quantitativos são aqueles ligados ao planejamento orçamentário;

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 16


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

d) Controle e avaliação : são verificações, etapas em que se avalia se o que


está sendo feito corresponde ao que foi planejado.

Já segundo Maxim iano, o p lanejamento estratégico compreende quatro etapas


principais :

A) Análise da situação estratégica presente. Esta etapa busca compreender


a situação atua l da empresa, e as decisões que foram tomadas e levaram a tal
posição. Deve considerar o referencia l estratégico, os produtos e mercados
atuais ou potenciais da organização, as vantagens competitivas (elementos
capazes de diferenciar a organização de outras no mercado), o desempenho
atua l e o uso de recursos .

B) Análise do ambiente . Na classificação do Maximiano, esta etapa abrange


apenas o ambiente externo .

C) Análise interna. É a análise do ambiente interno .

D) Elaboração do plano estratégico. As etapas B e C co rrespondem ao que


acabamos de estudar quanto aos ambientes interno e externo . Uma questão
que costuma ser muito cobrada em provas de concursos diz respeito à análise
de ambiente, que corresponde à avaliação de variáveis do ambiente interno
(pontos fortes e pontos f racos) e variáveis do ambiente externo (oportunidades
e ameaças) relevantes para a organização . As variáveis do ambiente interno
normalmente são controláveis, enquanto as va riáveis do ambiente externo
estão fora da governabilidade da organização .

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 17


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

~!
ITEM 15.(CESPE/ ABIN/ 2010/ 0FICIAL DE INTELIGÊNCIA/ ADMINISTRAÇÃO)

A primeira ta refa do planejador é definir um plano, parte mais importante do processo de


planejamento. Em seguida, ele deve coletar e processar dados relevantes pa ra a
implementação desse plano, a partir de novas informações e decisões.

Negativo, m inha gente! O plano é consequência da sistemática análise de


situações internas e externas que auxiliam o planejamento das ações, que são
materializadas no plano . A coleta de informações é feita anteriormente para
subsidiar o planejamento . Assim, a afirmativa está ERRADA!

ITEM 16. (CESPE/ 2008/ SERPRO/ ANALISTA- GESTÃO EMPRESARIAL)

Há consenso entre as metodologias de que o planejamento estratégico deve ter início com o
estabelecimento dos obj etivos gera is da organização.

Nada disso Pessoa l! Como vimos não há consenso sobre a ordem das etapas
do processo de planej amento entre os principais autores. Alguns postulam que
o planej amento começa com a defi nição de objetivos, j á outros creem que deve
iniciar- se com o diagnóstico estratégico. Para Chiavenato o inicio se dá com o
estabelecimento dos objetivos gerais . Para Dja lma de Oliveira o inicio se dá com
o diagnóstico estratégico. Portanto, a afirmativa está ERRADA!

Bem, pessoal, f ico por aqui espero encontrá - los na aula 1.

Até lá!

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 18


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

2. Lista de Questões

ITEM 1. {CESPE / 2013 / ANP /ANALISTA ADMINISTRATIVO)

O planejamento orienta gestores e funcionários quanto às atividades que devem ser


desenvolvidas para que as metas da empresa sejam cumpridas.

ITEM 2. {CESPE/FUB/2009/ADMINISTRADOR)

O planejamento tát ico é focali zado no curto prazo e abrange cada uma das tarefas ou
operações individualmente; o planej amento operaciona l se estende pelo méd io prazo e abrange
determinada unidade organizacional.

ITEM 3. {CESPE/FUB/2009/ADMINISTRADOR)

O planejament o nas organizações é feito em nível in st itucional e em níveis gerenciais inferiores,


com cada gerente const ruindo o planej amento para a sua unidade.

ITEM 4. {CESPE/SEBRAE_AC/2007 /CONSULTOR)

Complementando o planejamento estratég ico, o nível tático de planej amento busca ating ir
metas específicas em áreas funcionais da empresa, sempre alinhadas aos objetivos máxi mos
definidos para a organ ização como um t odo.

ITEM S. {CESPE/ ABIN/2010/0FICIAL DE INTELIGÊNCIA/ ADMINISTRAÇÃO)

Planej amento refere- se di ret ament e a compet ência int erpessoal e gestão de pessoas .

ITEM 6. (CESPE / 2014 /ICMBIO I ANALISTA ADMINISTRATIVO)

Em uma organização na qual se planejam, por tempo pré-fixado, receitas e despesas


correlacionadas à adoção de medidas que orientem o comportamento das pessoas no trabalho,
evidencia-se uma correlação entre os planos orçamentários e os planos comportamentais ou
regulamentos.

ITEM 7. {CESPE/2012/TRE-Rl/ ANALISTA JUDICIÁRIO/ ÁREA ADMINISTRATIVA)

O planejamento de recursos humanos, por ser uma área funcional da organização, é defin ido
como atividade precípua do planejamento tático.

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 19


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

ITEM 8. {CESPE/ CNJ/ 2013/ ANALISTA ADMINISTRATIVO)

Os resultados que a empresa deseja alcançar são definidos pelos objetivos estratégicos
propostos em seu planejamento estrat égico .

ITEM 9. {CESPE / SEBRAE_AC/2007 /CONSULTOR)

O plano estratégico de uma organização deve contemplar pelo menos três elementos básicos:
missão, objetivos e estratégias.

ITEM 10. {CESPE/ 2013/ANP/ANALISTA ADMINISTRATIVO)

No planejament o estratég ico, a missão proporciona o referencial para o qual devem convergi r
todas as ações da organização .

ITEM 11. {CESPE/2013/ INPI/ ANALISTA DE PLANEJAMENTO - ARQUIVOLOGIA)

A missão é parte int egrante da análise da sit uação est ratégica, por meio da qual se estabelece o
propósito ou a razão de ser da organização.

ITEM 12. {CESPE/2012/TJ-AC/ ANALISTA JUDICIÁRIO- ADMINISTRAÇÃO)

A definição da missão da organização é o ponto principal para estabelecer macro estratégias e


macro políticas, bem como orientar o desenvolvi mento da instituição.

ITEM 13. {CESPE/2013/ANP/ANALISTA ADMINISTRATIVO)

A visão de futuro desenvolvida no planejament o estratégico deve ser composta por um


enunciado genérico, que sej a aplicável a qualquer organização.

ITEM 14. {CESPE/TJ-PA/2006/ ANALISTA JUDICIÁRIO ADMINISTRAÇÃO)

Análise situaciona l é a etapa do planejament o estratégico responsável pelo estudo do histórico,


exame das condições atuais e previsão de situações fu t uras, com foco nas forças internas que
agem na organização e nos fatores do ambiente externo que influenciam a organização.

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 20


ANALISTA JUDICIÁRIO- ÁREA ADMINISTRATIVA -STJ
Aula 00
Prof. Marcelo Camacho

ITEM 15.(CESPE/ ABIN/ 2010/ 0FICIAL DE INTELIGÊNCIA/ ADMINISTRAÇÃO)

A primeira tarefa do planejador é definir um plano, parte ma is importante do processo de


planejamento. Em seguida, ele deve coletar e processar dados relevantes para a
implementação desse plano, a partir de novas informações e decisões.

ITEM 16. (CESPE/ 2008/ SERPRO/ ANALISTA- GESTÃO EMPRESARIAL)

Há consenso entre as metodologias de que o planejamento estratégico deve ter início com o
estabelecimento dos obj etivos gera is da organ ização.

3. Gabarito

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

CERTO ERRADO CERTO CERTO ERRADO CERTO CERTO CERTO CERTO CERTO

11 12 13 14 15 16

CERTO CERTO ERRADO CERTO ERRADO ERRADO

www.pontodosconcursos.com.br I Prof. Marcelo Camacho 21