Você está na página 1de 11

Sistemas de Informação

(Logística) - ISUTC
Engenharia Civil
Instituto Superior de Ciências e Tecnologia de Moçambique (ISCTEM)
10 pag.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
Índice

1. INTRODUÇÃO ................................................................................................................................ 2
2. TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO .............................................................................................. 3
2.1 PAPEL DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA ..................................................................................... 3
2.2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ........................................................................................................... 4
2.3 IMPORTÂNCIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA ..................................................................... 5
2.4 DIVISÕES DAS TECNOLOGIAS (SISTEMAS) DE INFORMAÇÃO .............................................. 5
2.4.1 Sistema Transacional .................................................................................................................................. 6
2.4.2 Controle Gerencial ........................................................................................................................................ 7
2.4.3 Apoio à Decisão .............................................................................................................................................. 7
2.4.4 Planeamento Estratégico ........................................................................................................................... 7
3. CONCLUSÃO ................................................................................................................................... 8
4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ............................................................................................. 9

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
1. INTRODUÇÃO

A globalização impõe uma maior competitividade, as empresas vivem um momento

extremamente desafiador em que é incessante a busca por estratégias que possibilitem

distinção. O desenvolvimento de novas metodologias associadas ao uso intensivo da

Tecnologia da Informação é imprescindível para o adequado gerenciamento da cadeia de

suprimentos.

Dentro da estratégia empresarial, pode proporcionar redução de custos, agregar valor

ao consumidor e elevar os níveis de serviços. Uma visão limitada da logística pode gerar

excessos de estoques, mau processamento dos pedidos, atrasos nas entregas, dentre outros

problemas que afetam a competitividade e confiabilidade da empresa.

O cenário atual exige para a atividade logística um maior controle dos processos,

identificação de oportunidades que possibilitem a redução de custos e prazos, aumento da

qualidade, disponibilidade constante dos produtos, entregas programadas e facilidade na

gestão dos pedidos, além de flexibilização da fabricação, análises de longo prazo com

incrementos em inovação tecnológica, novas metodologias de custeio, novas ferramentas para

redefinição de processos e adequação dos negócios para obter um nível de excelência no

atendimento ao cliente.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
2. TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

É um termo comumente utilizado para designar o conjunto de recursos não humanos

dedicados ao armazenamento, processamento e comunicação da informação, bem como o

modo de como esses recursos estão organizados num sistema capaz de executar um conjunto

de tarefas. Esta não se restringe a equipamentos (hardware), programas (software) e

comunicação de dados. Tecnologia da Informação (TI), abrange todas as atividades

desenvolvidas na sociedade pelos recursos da informática. Seu acesso pode ser de domínio

público ou privado, na prestação de serviços das mais variadas formas.

O processamento de informação, seja de que tipo for, é uma atividade de importância

central nas economias industriais avançadas por estar presente com em áreas como finanças,

planeamento de transportes, design e produção de bens. Além disso, tal desenvolvimento

facilitou e intensificou a comunicação pessoal e institucional, através de programas de

processamento de texto, de formação de bancos de dados e de tecnologias que permitem a

transmissão de documentos, envio de mensagens e arquivos.

2.1 PAPEL DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA

O fluxo de informações é de extrema importância nas operações logísticas, tais como:

pedidos de clientes, necessidades de stock, movimentações nos armazéns, etc. Antigamente,

este fluxo se dava através de papéis, o que tornava a comunicação lenta, pouco confiável e

propensa a erros. A transferência e o gerenciamento electrónico de informações proporcionam

uma oportunidade de reduzir custos logísticos mediante sua melhor coordenação, junto a um

aperfeiçoamento de serviço (menos propenso a erros) e uma melhor oferta de informações ao

cliente.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
2.2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

“Os Sistemas de Informação são os sistemas ou práticas utilizadas pelas empresas para

melhorar o seu desempenho incluindo ter um custo operacional adequado, processos

logísticos inteligentes e integração com fornecedores e clientes através de ferramentas que

serão discutidas ao longo deste artigo. Um dos fatores mais relevantes ao desenvolvimento

dos processos administrativos é a aplicação de tecnologia de informação, proporcionando um

grande aumento de eficiência. Tais sistemas abrangem todas as ferramentas que a tecnologia

disponibiliza para o controle e gerenciamento do fluxo de informação de uma organização”

(BALLOU, 1993)

Existem, no mercado, alguns tipos de ferramentas que facilitam e tornam a informação

mais acurada para aplicação na cedeia de suprimentos, alguns exemplos desde sistemas são:

• O código de barras;

• EDI (Electronic Data Interchange);

• ECR (Efficient Consumer Response);

• ERPs (que integram todos os outros).

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
2.3 IMPORTÂNCIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA

A logística foca-se na eficiência do fluxo de bens ao longo dos canais e distribuição. O

fluxo de informação não era sempre visto como de vital importância para o cliente. Para além

disso, a velocidade das trocas de informações era limitada à velocidade de circulação de

papéis.

A informação exata, é vista como sendo de interesse crítico para o projeto de sistemas

logísticos pelas seguintes razões:

• Os clientes observam informações sobre o estado da encomenda, disponibilidade do

produto, tempo de entrega e faturação, sendo estes elementos necessários de um

conjunto de serviços prestados;

• Com o objetivo de reduzir stock ao longo da cadeia de abastecimento, os gestores

aperceberam-se que a informação pode ser eficiente na redução dos mesmos e das

necessidades de mão-de-obra;

• A informação de certa forma beneficia no estudo prévio de como, quando e onde

devem os recursos ser aplicados para ganhar vantagem.

2.4 DIVISÕES DAS TECNOLOGIAS (SISTEMAS) DE INFORMAÇÃO

Os sistemas logísticos constituem processos integrados constituídos por 4 níveis de

funcionalidade:

• Transação, esta inicia e regista atividades logísticas individuais, tais como entrada de

encomendas, seleção de encomendas, envio de encomendas, preços, faturação e

inquéritos de clientes.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
• Controlo gerencial, foca-se nos relatórios e medições de índice de desempenho. Estes

índices de desempenho são necessários para poder fornecer à gestão de um ”feedback”

sobre os níveis de serviço e utilização de recursos.

• Análise de decisão, foca-se na decisão de aplicações para assistir os gestores a

identificar, avaliar e comparar estratégias logísticas e alternativas estratégicas.

• Planeamento estratégico, tem como objetivo o suporte de infirmação ao

desenvolvimento e melhoramento de estratégias logísticas.

2.4.1 Sistema Transacional


É a base para as operações logísticas e fonte para atividades de planeamento e

coordenação. Através de um sistema transacional, informações logísticas são compartilhadas

com outras áreas da empresa, tais como: marketing, finanças, entre outras. Um sistema

transacional é caracterizado por regras formalizadas, comunicações interfuncionais, grande

volume de transações e um foco operacional nas atividades cotidianas. A combinação de

processos estruturados e grande volume de transações aumentam a enfase na eficiência do

sistema de informação. A partir dele, ocorre o principal processo transacional logístico: o

ciclo do pedido. Com isso, todas as atividades e eventos pertencentes a este ciclo devem ser

processados: entrada de pedidos, verificação de crédito, alocação de estoque, emissão de

notas, expedições, transportes e chegada de produtos ao cliente, Informações sobre tais

atividades/eventos, devem estar prontamente disponíveis, visto que o status do pedido é uma

questão cada vez necessária para um bom serviço ao cliente.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
2.4.2 Controle Gerencial
Este nível permite com que se utilize as informações disponíveis no sistema

transacional para o gerenciamento das atividades logísticas. A mensuração de desempenho

inclui indicadores: financeiros, de produtividade, de qualidade e de serviço ao cliente.

2.4.3 Apoio à Decisão


Esta funcionalidade caracteriza-se pelo uso de softwares para apoiar atividades

operacionais, tácticas e estratégias que possuem elevado nível de complexidade. Sem o uso de

tais ferramentas, muitas decisões são tomadas baseadas apenas em suposições, o que em

muitos casos aponta para um resultado distante do ótimo. Entretanto, se elas forem usadas,

existe significativa melhoria na eficiência das operações logísticas, possibilitando, além do

incremento do nível de serviço, reduções de custos que justificam os investimentos

realizados.

2.4.4 Planeamento Estratégico


No planeamento estratégico as informações logísticas são sustentáculos para o

desenvolvimento e aperfeiçoamento da estratégia logística. Com frequência, as decisões

tomadas são extensões do nível de apoio à decisão, embora sejam mais abstratas, menos

estruturadas e com foco no longo prazo. Como exemplo, podemos citar as decisões baseadas

em resultados de modelos de localização de instalações e na análise da receptividade dos

clientes à melhoria de um serviço.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
3. CONCLUSÃO

O avanço das mudanças tecnológicas, em particular da Tecnologia da Informação

associado ao processo de globalização tem contribuído para que as empresas consigam

vantagem competitiva num mercado em constante evolução. Uma das áreas que mais cresce

dentro da logística é a Tecnologia de Informação (TI). A globalização pede velocidade,

praticidade, eficiência, baixos custos. A tal da globalização que se impõe cada vez mais e esta

cada vez mais presente nos dias de hoje. Ela é responsável por essa série de mudanças e

transformações no mercado mundial. E mais, ela pede tecnologia, informática, mais

precisamente TI (TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO) que adquire uma importância sem

precedentes nos dias de hoje que esta no processo produtivo, na distribuição, no transporte, na

comunicação, na venda e nas finanças. No mercado já existe um grande numero de empresas

que desenvolvem software e hardware para a área da Logística. O maior problema esta na

alimentação de dados, na eficiência, na velocidade, para que todas as informações sejam

executadas em tempo hábil para serem feitas as decisões.

Então a tecnologia de processamento de informações permite o estabelecimento de

sistemas de informações gerenciais ao qual antes não se tinha tanto controle como se possui

nos dias de hoje, possibilitando esse controle em áreas de gerenciamento de estoque,

programação da produção e programação da força de vendas entre outras áreas.

Um recurso tecnológico bem empregado em um ambiente empresarial pode tornar-se

um grande aliado, no que diz respeito às vantagens competitivas. O único fator indesejável

que um recurso tecnológico pode trazer é na sua implementação, pois a um grande custo com

a sua compra e uma perda de tempo para que os funcionários das empresas se adequem ao

novo método de trabalho.

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)
4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Wikipédia a enciclopédia livre, Logística [consultado: 2016-11-02]. Disponível em:


<https://pt.wikipedia.org/wiki/Log%C3%ADstica>

Wikipédia a enciclopédia livre, Logística [consultado: 2016-11-02]. Disponível em:


<https://pt.wikipedia.org/wiki/Tecnologia_da_informação>

Informática na Logística [consultado: 2016-11-02]. Disponível em:


<http://www.slideshare.net/felipezenihedlund/informtica-na-logstica>

Importância da tecnologia de informação na Logística [consultado: 2016-11-02]. Disponível


em: <http://www.zemoleza.com.br/trabalho-academico/outras/diversos/a-importancia-da-
tecnologia-da-informacao-na-logistica/>

Document shared on www.docsity.com


Downloaded by: prince-bc-9 (abdul.suale.xavier@gmail.com)