Você está na página 1de 3

Questões de PROBABILIDADE

ENEM 2015 d)
5
6
1. Em uma central de atendimento, cem pessoas 5
receberam senhas numeradas de 1 até 100. Uma e)
14
das senhas é sorteada ao acaso.

Qual é a probabilidade de a senha sorteada ser um 4. Uma loja acompanhou o número de compradores
número de 1 a 20? de dois produtos, A e B, durante os meses de janeiro,
1 fevereiro e março de 2012. Com isso, obteve este
a) gráfico:
100
19
b)
100
20
c)
100
21
d)
100
80
e)
100

2. Em uma escola, a probabilidade de um aluno


compreender e falar inglês é de 30%. Três alunos
dessa escola, que estão em fase final de seleção de A loja sorteará um brinde entre os compradores do
intercâmbio, aguardam, em uma sala, serem produto A e outro brinde entre os compradores do
chamados para uma entrevista. Mas, ao invés de produto B.
chamá-los um a um, o entrevistador entra na sala e
faz, oralmente, uma pergunta em inglês que pode ser Qual a probabilidade de que os dois sorteados tenham
respondida por qualquer um dos alunos. feito suas compras em fevereiro de 2012?
1
A probabilidade de o entrevistador ser entendido e ter a)
20
sua pergunta oralmente respondida em inglês é
3
a) 23,7% b)
242
b) 30,0%
5
c) 44,1% c)
22
d) 65,7% 6
e) 90,0% d)
25
7
ENEM 2013 e)
15
3. Numa escola com 1200 alunos foi realizada uma
pesquisa sobre o conhecimento desses em duas
línguas estrangeiras, inglês e espanhol. ENEM 2014
Nessa pesquisa constatou-se que 600 alunos falam
inglês, 500 falam espanhol e 300 não falam qualquer 5. Para analisar o desempenho de um método
um desses idiomas. diagnóstico, realizam-se estudos em populações
contendo pacientes sadios e doentes. Quatro
Escolhendo-se um aluno dessa escola ao acaso e situações distintas podem acontecer nesse contexto
sabendo-se que ele não fala inglês, qual a de teste:
probabilidade de que esse aluno fale espanhol?
1 1) Paciente TEM a doença e o resultado do teste é
a) POSITIVO.
2
2) Paciente TEM a doença e o resultado do teste é
5
b) NEGATIVO.
8 3) Paciente NÃO TEM a doença e o resultado do teste
1 é POSITIVO.
c)
4 4) Paciente NÃO TEM a doença e o resultado do teste
é NEGATIVO.
Questões de PROBABILIDADE

e) 0,800
Um índice de desempenho para avaliação de um teste
diagnóstico é a sensibilidade, definida como a
UNICAMP 2018
probabilidade de o resultado do teste ser POSITIVO
se o paciente estiver com a doença. O quadro refere-
8. Lançando-se determinada moeda tendenciosa, a
se a um teste diagnóstico para a doença A, aplicado
probabilidade de sair cara é o dobro da probabilidade
em uma amostra composta por duzentos indivíduos.
de sair coroa. Em dois lançamentos dessa moeda, a
probabilidade de sair o mesmo resultado é igual a
a) 1 2.
b) 5 9.
c) 2 3.
d) 3 5.

Conforme o quadro do teste proposto, a sensibilidade


dele é de UNICAMP 2017
A) 47,5%.
B) 85,0%. 9. Um dado não tendencioso de seis faces será
C) 86,3%. lançado duas vezes. A probabilidade de que o maior
D) 94,4%. valor obtido nos lançamentos seja menor do que 3 é
E) 95,0%. igual a
a) 1 3.
6. O psicólogo de uma empresa aplica um teste para b) 1 5.
analisar a aptidão de um candidato a determinado
cargo. O teste consiste em uma série de perguntas c) 1 7.
cujas respostas devem ser verdadeiro ou falso e d) 1 9.
termina quando o psicólogo fizer a décima pergunta
ou quando o candidato der a segunda resposta
errada. Com base em testes anteriores, o psicólogo
sabe que a probabilidade de o candidato errar uma UNICAMP 2016
resposta é 0,20.
10. Uma moeda balanceada é lançada quatro vezes,
A probabilidade de o teste terminar na quinta pergunta obtendo-se cara exatamente três vezes. A
é probabilidade de que as caras tenham saído
a) 0,02048 consecutivamente é igual a
b) 0,08192 1
a) .
c) 0,24000 4
d) 0,40960 3
e) 0,49152 b) .
8
1
c) .
2
ENEM 2017
3
d) .
7. Um morador de uma região metropolitana tem 50% 4
de probabilidade de atrasar-se para o trabalho quando
chove na região; caso não chova, sua probabilidade UNICAMP ?
de atraso é de 25%. Para um determinado dia, o
serviço de meteorologia estima em 30% a 11. O sistema de numeração na base 10 utiliza,
probabilidade da ocorrência de chuva nessa região. normalmente, os dígitos de 0 a 9 para representar os
números naturais, sendo que o zero não é aceito
Qual é a probabilidade de esse morador se atrasar como o primeiro algarismo da esquerda.
para o serviço no dia para o qual foi dada a estimativa Pergunta-se:
de chuva? a) quantos são os números naturais de cinco
a) 0,075 algarismos formados por cinco dígitos diferentes?
b) 0,150 b) escolhendo-se ao acaso um desses números do
item a, qual a probabilidade de que seus cinco
c) 0,325 algarismos estejam em ordem crescente?
d) 0,600
Questões de PROBABILIDADE

FUVEST 2016 a)
1
3
12. Em um experimento probabilístico, Joana retirará 5
aleatoriamente 2 bolas de uma caixa contendo bolas b)
12
azuis e bolas vermelhas. Ao montar-se o experimento,
colocam-se 6 bolas azuis na caixa. 17
c)
36
Quantas bolas vermelhas devem ser acrescentadas 1
d)
para que a probabilidade de Joana obter 2 azuis seja 2
1 19
? e)
3 36
a) 2
b) 4 FUVEST 2009
c) 6
d) 8 15. Ao lançar um dado muitas vezes, uma pessoa per-
e) 10 cebeu que a face 6 saía com o dobro de frequência da
face 1, e que as outras faces saíam com a frequência
esperada em um dado não viciado.
Qual a frequência da face 1?
FUVEST 2015
13. De um baralho de 28 cartas, sete de cada naipe, a) 1/3
b) 2/3
Luís recebe cinco cartas: duas de ouros, uma de
espadas, uma de copas e uma de paus. Ele mantém c) 1/9
consigo as duas cartas de ouros e troca as demais por d) 2/9
três cartas escolhidas ao acaso dentre as 23 cartas e) 1/12
que tinham ficado no baralho. A probabilidade de, ao
final, Luís conseguir cinco cartas de ouros é:
1
a) GABARITO
130
1 1. C
b)
420 2. D
10 3. A
c)
1771 4. A
25 5. E
d) 6. B
7117
7. C
52
e) 8. B
8117 9. D
10. C
11.
FUVEST 2014 a) 27.216
b) 1/216
14. O gamão é um jogo de tabuleiro muito antigo, para 12. B
dois oponentes, que combina a sorte, em lances de 13. C
dados, com estratégia, no movimento das peças. 14. C
Pelas regras adotadas, atualmente, no Brasil, o 15. C
número total de casas que as peças de um jogador
podem avançar, numa dada jogada, é determinado
pelo resultado do lançamento de dois dados. Esse
número é igual à soma dos valores obtidos nos dois
dados, se esses valores forem diferentes entre si; e é
igual ao dobro da soma, se os valores obtidos nos
dois dados forem iguais. Supondo que os dados não
sejam viciados, a probabilidade de um jogador poder
fazer suas peças andarem pelo menos oito casas em
uma jogada é

Você também pode gostar