Você está na página 1de 13

PRODUÇÃO TEXTUAL

INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINARAdministração
EM GRUPO – PTG

CURSO: ADMINISTRAÇÃO
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
Curso: Administração Semestre: 7º/8º
Disciplinas: • Processos Logísticos
• Gestão de Produção
• Gerenciamento da cadeia de suprimentos
• Gerenciamento e controle da qualidade
• Gestão organizacional
Professores: • Edmarcos Carrara De Souza
• Henrique Gabriel Rovigatti Chiavelli
• Jaqueline dos Santos Ferrarezi
• Luisa Maria Sarábia Cavenaghi
Competências: Desenvolver articulação interdisciplinar, a partir de situações-
problema hipotéticas, que reúnam os saberes teóricos das
disciplinas componentes do semestre.
Habilidades: Ao concluir as etapas propostas neste desafio, você terá
desenvolvido as seguintes competências e habilidades:
• Possibilitar o desenvolvimento de trabalhos em grupo,
promovendo a capacidade de adaptação, comunicação e
integração do espírito de equipe.
• Fornecer sólida formação humanística e visão global que
habilite o acadêmico a compreender os meios social,
político, cultural e econômico.
• Promover formação teórico-prática possibilitando a vivência
concreta nas organizações, estimulando uma postura
investigativa e de análise crítico-reflexiva.
• Formar profissionais com visão integral, capacidade de
adaptação e flexibilidade, que atuem de forma
interdisciplinar.
• Capacitar para que os indivíduos possam tomar decisões
complexas com ética e responsabilidade.
• Permitir que os indivíduos consigam ampliar sua visão de
forma competitiva, promovendo melhorias nas
organizações.
Objetivos da A produção textual é um procedimento metodológico de ensino
Aprendizagem:
aprendizagem que tem por objetivos:
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
• Favorecer a aprendizagem.
• Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo
aprendizado eficiente e eficaz.
• Promover o estudo dirigido a distância.
• Desenvolver os estudos independentes, sistemáticos e o
auto aprendizado.
• Oferecer diferentes ambientes de aprendizagem.
• Auxiliar no desenvolvimento das competências
requeridas ao egresso do curso.
• Promover a aplicação da teoria e conceitos para a
solução de problemas práticos relativos à profissão.
• Direcionar o estudante para a busca do raciocínio crítico
e a emancipação intelectual.
Prezados Alunos!

Sejam bem-vindos a este semestre!

A proposta de Produção Textual Interdisciplinar em Grupo (PTG) terá como temática “A


reinvenção das vendas: As estratégias das empresas brasileiras para gerar receitas na pandemia de
COVID-19”. Com essa temática objetivamos possibilitar a vocês, estudantes, a aprendizagem
interdisciplinar de conteúdos contemplados nas disciplinas desse semestre.

Neste trabalho vocês desenvolverão a atitude de investigação e prática, sistematizando


julgamentos baseados em critérios e padrões qualitativos e quantitativos relacionados a uma
situação geradora de aprendizagem (SGA) e embasados em conhecimentos construídos em cada
disciplina.

ORIENTAÇÕES DA PRODUÇÃO TEXTUAL 

1 - Formação dos grupos

O trabalho deve ser realizado em grupos com, no mínimo, 2 e, no máximo, 7 integrantes.

Importante: O cadastro do trabalho deverá ser feito na pasta específica (“Atividades


Interdisciplinares”) do AVA, obedecendo ao prazo limite de postagem, conforme disposto no
cronograma do curso. Não existe prorrogação para o prazo de postagem da atividade.
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
2 - Leitura e interpretação da SGA

Na Produção Textual em Grupo (PTG) você e sua equipe deverão, primeiramente, conhecer a
Situação Geradora de Aprendizagem (SGA) “A reinvenção das vendas: As estratégias das empresas
brasileiras para gerar receitas na pandemia de COVID-19”.
Posteriormente, deverão se envolver com a Situação Geradora de Aprendizagem (SGA),
inserindo-se nesse contexto para realizar as tarefas previstas. Para realizar essas tarefas, siga as
orientações fornecidas nesse material e embase-se em fundamentações teóricas diversas (livros das
disciplinas, teleaulas, webaulas e outros materiais complementares, sejam estes indicados pelos
professores ou pesquisados por você).

Situação Geradora de Aprendizagem (SGA)

A reinvenção das vendas: As estratégias das empresas brasileiras para gerar receitas na

pandemia de COVID-19” 1

Besanko et al. (2006) definem estratégia não como sendo respostas de adaptação às
mudanças no ambiente onde operam e, sim, como os princípios das empresas em relação ao
ambiente que as cerca. Todavia, os autores enfatizam que uma estratégia bem-sucedida é resultado
da aplicação destes princípios, que sempre devem ser consistentes, às condições empresariais que
estão em permanente mutação (FERNANDES et al., 2015; BESANKO et al., 2006).
A estratégia bem-sucedida, dado seu caráter inovador, denomina-se como estratégia
emergente. Mintzberg et al. (2010) a caracteriza como sendo aquela na qual a gestão se apresenta
como um desafio na administração estratégica dos dias atuais, visto que, quando emerge a
necessidade de reorientação na empresa, torna-se um ímpeto sair de um cenário seguro para um
futuro não tão bem definido, em que muitas das antigas ações não se aplicam mais.
É neste momento de escolha (trade-off) que os gestores abandonam suas crenças, sejam
elas raízes de seus sucessos passados e desenvolvem novas habilidades e atitudes, situação exigente

1
Fonte: Adaptado de: REZENDE, A.; MARCELINO, J; MIYAJI, M. A Invenção nas vendas: As estratégias das empresas
brasileiras para gerar receitas na Pandemia de COVID-19. Disponível em:
https://revista.ufrr.br/boca/article/view/Rezendeetal Acesso em 18/07/2020
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
para um estrategista (MINTZBERG et al., 2010). Todavia, Rodrigues (2016) salienta que a estratégia
emergente é essencialmente reativa, nascendo das respostas e ameaças competitivas, onde a
rapidez de adequação das mesmas irá sustentar a agilidade competitiva, tal como a que o mundo
enfrenta com a Covid-19 nos dias atuais.
As vendas e comercialização de produtos e serviços que anteriormente eram realizadas
majoritariamente em lojas com pessoas atendendo aos clientes (meio físico) teve que migrar para o
ambiente virtual valendo-se de sites próprios (marketplace4), redes sociais e Whatsapp quase
instantaneamente.
Muitos negócios já possuíam sites, no entanto estes eram inicialmente de informação e
propaganda, mas tiveram que ser readequados para suportar as vendas virtuais. Essa nova situação
impõe a todos estes atores do processo a repensarem sobre as estratégias mais eficientes para
manter as engrenagens da economia em funcionamento. Ou seja, inovar, desenvolver e ampliar
canais que permitam realizar vendas de forma eficiente, cômoda e segura aos consumidores para
que fluxo financeiro mantenha-se e garanta a existência das empresas no período pós-pandemia.
Os consumidores, pelo distanciamento social, vêm evitando as lojas físicas, bares e
restaurantes. Estes por sua vez, estão sofrendo as consequências das restrições ao funcionamento e
a queda nas vendas. Como resultado, o mercado de delivery vem crescendo para equalizar esta
situação.
Serviços de delivery de alimentos como Uber Eats, ifood e Rappi cresceram acima da média.
Segundo a Rappi, o mercado latino-americano cresceu 30% no primeiro bimestre de 2020 se
comparado ao mesmo período de 2019 impulsionado por pedidos em farmácias, restaurantes e
supermercados. Já o ifood e o Uber Eats informaram ser cedo para fazer estimativas do efeito da
Covid-19 sobre suas operações (EXAME, 2020; GATTIS, 2020; PODER360, 2020).
O iFood começou a testar um serviço de entregas sem contato entre cliente e entregador e
criou um fundo de R$ 1 milhão para os colaboradores em quarentena. Já o Uber Eats informou que
oferecerá, por até 14 dias, auxílio financeiro aos motoristas e ciclistas diagnosticados com a Covid-19
(EXAME, 2020; PODER360, 2020).
Em tempos onde o isolamento social é essencial, o e-commerce, que já apresentava uma
trajetória de crescimento no Brasil e no mundo, vem ampliando sua importância durante a pandemia
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
Covid-19 e certamente deverá manter-se em ascensão no período posterior a ela. Dessa forma, é
fundamental a estas empresas construir uma estratégia adequada para este canal de negócios, de
modo a aproveitar todas as oportunidades que se emergem no atual panorama. As empresas devem
ainda se atentar ao eminente aumento da utilização de Serviços de Atendimento, tendo em vista o
maior volume de consumidores iniciantes no mercado virtual pois eles devem apresentar mais
dúvidas e dificuldades no processo de compra.
Agora, é com vocês!

Miguel é proprietário da Pizzaria Bela Dona, localizada na bela cidade de Paraisópolis. Trata-
se de um negócio de família que já completou 15 anos. Ele e sua esposa Clarisse se orgulham do
ambiente que oferecem aos seus clientes, aconchegante, com boa música e um atendimento
diferenciado. Nos fins de semana a casa sempre estava lotada. Miguel não trabalhava com delivery,
pois achava que o serviço de entrega poderia comprometer a qualidade de seu produto. Também
não sentia necessidade já que tinha uma boa clientela e sempre recebia elogios pela qualidade de
seus produtos e atendimento.
Porém com a Pandemia, Miguel assim como outros empresários tiveram que adotar o
Lockdown, as refeições só poderiam ser comercializadas para entrega, o consumo no local estava
proibido. A empresa teria que se reestruturar para continuar operando. Você será responsável por
ajudar Miguel nessa reestruturação.
A partir da situação geradora de aprendizagem (SGA), serão apresentados alguns passos
fundamentais com situações e desafios que envolvem as disciplinas: Processos Logísticos; Gestão de
Produção; Gerenciamento e cadeia de suprimentos; Gerenciamento e controle da qualidade; Gestão
Organizacional.

Passo 1 – Determinação do Índice de Pedido Perfeito da Pizzaria Bela Dona

Como mencionado na SGA, a Pizzaria Bela Dona não trabalhava com delivery. Entretanto,
teve que recorrer à essa estratégia para que pudesse dar continuidade a sua operacionalização e
funcionamento no mercado. Porém, ao final do segundo mês, o proprietário constatou que as
reclamações dos clientes tinham aumentado exponencialmente. Ao recorrer a um amigo e lhe
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
explicar o problema, lhe foi sugerido que Miguel calculasse o Índice de Perdido Perfeito da pizzaria a
fim de identificar o nível de serviço logístico que era entregue aos seus clientes. Seguindo o conselho
do amigo, Miguel levantou as seguintes informações referentes aos últimos dois meses:
O total de pizzas vendidas por delivery no período analisado foi de 550 pizzas. Desse
montante, 11 pedidos foram registrados errados no momento da ligação do cliente; 16 pizzas
sofreram atraso no momento da montagem porque os produtos que as compunham haviam sido
separados erroneamente, fato esse que gerou um alto volume de retrabalho; o prazo prometido pela
pizzaria para uma entrega é de, em média, 40 minutos e, 66 pedidos foram entregues com tempo
superior a esse prazo; do total de pedidos que ocorreram ao longo dos dois últimos meses, 46 clientes
reclamaram que seus produtos chegaram avariados (embalagem danificada, massa ou recheios
queimados, entre outros) e, por fim, Miguel ainda verificou que, em 34 ocasiões, a responsável pelo
faturamento e cobrança do pedido, lançou o produto errado que contribui para que produtos fossem
cobrados com preços maiores ou menores daqueles que realmente possuíam. Desse modo, de posse
das informações disponibilizadas, você e sua equipe deverá calcular o Índice de Pedido Perfeito da
Pizzaria Bela Dona e, considerando que o objetivo proposto para esse índice é de 90%, determinar se
a empresa em questão apresenta ou não níveis satisfatórios em relação aos seus processos logísticos
internos e, dessa forma, poder identificar os motivos que tem gerado tanta insatisfação entre os
clientes.
Referências:

FERREIRA, Leonardo. Processos logísticos. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional Ltda, 2016.
BOWERSOX; Donald J.; CLOSS; David J.; COOPER; M. Bixby; BOWERSIX; John C. Gestão logística da
cadeia de suprimentos. 4 ed. Porto Alegre? AMGH, 2014.
PIRES, Marcelo Ribas Simões; SILVEIRA, Rodrigo Mércio. Logística e gestão da cadeia de suprimentos.
Porto Alegre: SAGAH, 2016.

Passo 2 – Capacidade produtiva e o entendimento do processo

Conforme descrito, os proprietários da pizzaria Bela Dona, Miguel e Clarisse, assim como
outros empresários tiveram que se adaptar à nova realidade em decorrência da pandemia causada
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
pela Covid-19. Para continuar com a pizzaria funcionando, Miguel e Clarisse, se reinventaram, e
começaram a comercializar suas saborosas pizzas de forno à lenha por diversos canais, como por
exemplo, telefone, aplicativos e redes sociais, sendo que seus clientes poderiam optar por retirar a
pizza no próprio estabelecimento ou por delivery (entrega à domicílio). Apesar dessa situação, Miguel
ficou surpreso com o resultado positivo das vendas das pizzas. Assim, Miguel precisa conseguir
atender seus clientes, ou seja, precisa ter a capacidade de produção das pizzas adequada com a
quantidade de pedidos. Diante disto, você deve:

1) Determinar a:

1.1) Capacidade Instalada (ou de Projeto);

1.2) Capacidade Nominal;

1.3) Capacidade Efetiva.

OBS: Para realizar esses cálculos, sabe-se que em média uma pizza fica pronta em 10 minutos e que
a pizzaria Bela Dona funciona das 17:30hs até à 00:30, sendo que em todo início de expediente há
necessidade de organização e preparação dos setores para poder começar a assar as pizzas no forno
à lenha e isto demora cerca de uma hora todos os dias, além disso considera a eficiência de operação
em torno de 84% (pois devemos considerar a fadiga dos colaboradores, bem como as necessidades
pessoais e um tempo para a janta dos mesmos).

2) Elaborar um SIPOC para a pizzaria Bela Dona, pois para atingir a capacidade desejada é importante
conseguir administrar de forma efetiva e entender seus processos.

Referências:

FERREIRA, L. Gestão da Produção. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2016.


ROCHA, H. M., NONOHAY, R. G. Administração da Produção. Porto Alegre: SAGAH, 2016.
SLACK, N., BRANDON-JONES, A., JOHNSTON, R. Administração da Produção. 8. ed. São Paulo: Atlas,
2018.
Passo 3 – Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
A cadeia de suprimentos pode ser definida como todos os processos e agentes responsáveis,
direta ou indiretamente, por produzir e disponibilizar um produto ou serviço ao mercado
consumidor. Embora uma organização comercial do ramo de alimentação demonstre inúmeras
particularidades que a diferencie de uma organização industrial, é correto afirmar que sua cadeia de
suprimentos pode apresentar os mesmos subprocessos de qualquer outra empresa. Desse modo,
para que os procedimentos internos e externos ocorram de maneira eficaz e para que possam
efetivamente gerar valor para os clientes, torna-se imprescindível a integração dos quatro
subprocessos que integram a cadeia de suprimentos: a logística de aquisição; a logística de produção;
a logística de distribuição e a logística reversa. Nesse contexto, discorra sobre esses subprocessos
evidenciando as responsabilidades e incumbência de cada um e, ao final, você e sua equipe deverá
apresentar exemplos que relacione cada subprocesso com as atividades desenvolvidas pela Pizzaria
Bela Dona.
Referências:

BOWERSOX; Donald J.; CLOSS; David J.; COOPER; M. Bixby; BOWERSIX; John C.. Gestão logística da
cadeia de suprimentos. 4 ed. Porto Alegre? AMGH, 2014.
FERREIRA, Leonardo. Gerenciamento da cadeia de suprimentos. Londrina: Editora e Distribuidora
Educacional S.A., 2016.
PIRES, S. R. I. Gestão da cadeia de suprimentos. São Paulo: Atlas, 2016.
Passo 4 – Gestão e Controle da Qualidade na produção e entrega das pizzas Bela Dona

De maneira geral, a administração de todo e qualquer tipo de processo produtivo,


independentemente do campo de atuação, requer a gestão da qualidade e sua aplicação nos
processos e práticas inerentes a fabricação que resulta nos produtos ofertados ou na prestação de
serviços.
Na pizzaria de Miguel e Clarisse, as mudanças estratégias necessárias para a continuidade
do negócio em um novo contexto, implicou em novos processos e controles de qualidade pensando,
agora, nas possíveis adequações necessárias para que as pizzas pudessem manter os aspectos e sabor
mesmo não sendo consumidas na hora!
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
Uma das preocupações do Miguel – anteriormente à pandemia – era justamente a questão
da entrega que, segundo ele, poderia prejudicar a qualidade de suas pizzas. Agora, sem uma
alternativa, ele precisa então pensar como adequar os processos de entrega para acomodar as pizzas
de modo que cheguem aos seus consumidores saborosas, fresquinhas, e com a mesma consistência
e aspecto tal como se fossem recebidas em sua mesa na pizzaria! Ainda, cuidados com a higiene no
processo de embalagem e entrega das pizzas precisam ser totalmente repensados a fim de abarcar
os cuidados necessários não só com a higiene de maneira geral, mas também com relação ao
COVID19.
Para entendermos ainda melhor as implicações desta nova forma de atuação da pizzaria em
questão, vamos entender a produção de pizzas para entrega como um novo produto! E a produção
deste novo produto demanda a utilização de ferramentas importantes em qualidade no que tange
ao desenvolvimento de produtos a fim de definir, identificar e eliminar falhas, problemas ou erros
potenciais antes que o produto final chegue ao usuário.
Partindo do exposto, você e sua equipe deverão então aplicar o método de Análise dos
Modos e Efeitos de Falha – ou Failure Mode and Effects Analysis – (FEMEA) a fim de gerenciar um
dos aspectos da qualidade neste processo produtivo, das pizzas oferecidas pela Pizzaria Bela Dona
oferecem. Para isto, conforme teoria proposta, você e sua equipe deverão seguir o roteiro a seguir,
o qual compõe tal mecanismo para controlar o processo de fabricação a partir da lógica de redução
de riscos de ocorrência das falhas.
Pensem em uma etapa central do processo produtivo deste novo produto envolvendo a
questão da embalagem e entrega e responda:
1. Descrição do item e/ou funções (atividade, tarefa etc.)
2. Qual seria a falha potencial que poderia acontecer nesta atividade?
3. Qual seria o problema acarretado ao usuário decorrente da ocorrência desta falha?
4. Quais foram os motivos que levaram a esta falha?
5. Como seria feito o controle para prevenir que esta falha viesse a ocorrer?
6. Como seria feito o acompanhamento para detecção da falha?
7. Quais as ações práticas para prevenção ou até mesmo extinção da falha?
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
8. Qual o responsável pela ação a ser realizada e em qual etapa do processo produtivo?
9. Como será acompanhado o plano de ação e seus respectivos resultados para a produção deste
produto?
10. Quais foram os principais aspectos do produto levados em consideração para este processo
analisado?
Referências:

CARPINETTI, L. C. R. Gestão da qualidade: conceitos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2016.
OLIVEIRA, O. de. Gestão da qualidade, higiene e segurança na empresa. São Paulo: Cengage, 2016.
FERREIRA, L.; SILVA, E. B. Gerenciamento e controle de qualidade. Londrina: Editora e Distribuidora
Educacional S.A., 2016.
Passo 5 – Liderança em tempos de crise

Atualmente as organizações estão diante de desafios complexos que exigem uma liderança
flexível e inovadora, pronta a discernir seu contexto e sempre pronta a influenciar pessoas. Flexível
e inovadora de modo que consiga adaptar a organização às mudanças e mesmo antecipá-las.
Discernir de forma que se caracterize por uma capacidade de leitura holística de seu contexto e
vislumbre possibilidades futuras para os direcionamentos da organização (DOMINGUES, 2012).

A partir dessa reflexão e diante do contexto apresentado no que diz respeito, a


reestruturação da Pizzaria Bela Dona, que precisa implantar o sistema de delivery, responda:

1. Como um bom líder pode ser um diferencial diante dos impactos da pandemia e Lockdown.
Qual a importância de uma liderança que consiga lidar com as constantes mudanças que se
apresentam no mundo dos negócios e como essa liderança impacta nas ações de seus
liderados.
2. Enumere no mínimo três estratégias e ações que considera ser um diferencial de gestão para
as organizações que conseguiram ter êxito nas suas vendas durante o período de pandemia.
Justifique utilizando artigos e cases. A partir do benchmarking [1], desenvolva no mínimo três
estratégias de gestão para Pizzaria Bela Dona. Justifique suas escolhas, explicando com suas
palavras.

Referências:
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
ADMINISTRADORES. O papel da liderança nas organizações contemporâneas. Portal
Administradores. Disponível em: <http://www.administradores.com.br/artigos/economia-e-
financas/o-papel-da-lideranca-nas-organizacoes-contemporaneas/63489/>. Acessado em 18 de
julho de 2019.
COLUCCI, Cláudio. Gestão Organizacional. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A.,2016.
REZENDE, A.; MARCELINO, J; MIYAJI, M. A Invenção nas vendas: As estratégias das empresas
brasileiras para gerar receitas na Pandemia de COVID-19. Disponível em:
https://revista.ufrr.br/boca/article/view/Rezendeetal Acesso em 18/07/2020
[1]
Benchmarking é uma análise estratégica das melhores práticas usadas por empresas do mesmo setor que
o seu.

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E ENTREGA DA PRODUÇÃO TEXTUAL

Este trabalho deve ser realizado com participação de 2 a 7 integrantes em cada grupo.

• Ao definir quem serão os participantes do grupo, informe seu tutor de sala. Isto é importante
para ele acompanhar e saber quem são os grupos que já estão formados. Lembre-se que é
responsabilidade do aluno acompanhar o cadastro do grupo pelo aluno responsável, bem
como acompanhar a inserção da atividade.
• Quando o aluno responsável pelo cadastro do grupo e pelo cadastro de atividade não realiza
os procedimentos dentro do prazo devido, todo o grupo fica prejudicado.
• Salientamos que todos os alunos devem acompanhar a formação do grupo e a inserção da
atividade direta de sua área restrita.
• A capa do trabalho deverá conter os nomes de todos os alunos do grupo.
• Todos os procedimentos devem ser realizados dentro do prazo devido.
• A produção textual deve ter, no mínimo, 8 e, no máximo, 15 laudas (páginas). No entanto,
as referências não compõem o número de laudas especificadas.
• A produção textual deve ser cadastrada em arquivo Word;
• A produção textual deverá obedecer às normas técnicas da ABNT.
• A produção interdisciplinar é um trabalho original e, portanto, não poderá haver trabalhos
idênticos aos de outros alunos ou com reprodução de materiais extraídos da internet. Os
trabalhos plagiados serão invalidados, sendo os alunos reprovados na atividade. Lembre-se
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
EM GRUPO – PTG

Administração
de que a prática do plágio constitui crime, com pena prevista em lei, e deve ser evitada no
âmbito acadêmico.
• Importante: Não serão aceitos trabalhos enviados em PDF.
Para o desenvolvimento do trabalho, deve-se consultar e se fundamentar nas teleaulas, webaulas,
sugestões de leitura e no livro-texto disponível na Biblioteca Digital, bem como, contar com a
orientação dos tutores a distância por meio do sistema de mensagens.

CRITÉRIOS AVALIATIVOS

A seguir, apresentamos a você alguns dos critérios avaliativos que nortearão a análise para o
conceito a ser atribuído pelo Tutor a Distância à produção textual:

a) Normalização correta do trabalho, em respeito às normas da ABNT.

b) Apresentação de uma estrutura condizente com a proposta apresentada.

c) Uso de linguagem acadêmica adequada, com clareza e correção, atendendo à norma padrão.

d) Abordagem de todos os itens propostos para reflexão, considerando os seguintes aspectos:


clareza de ideias, objetividade, criatividade, originalidade e autenticidade.

e) Fundamentação teórica do trabalho, com as devidas referências dos textos e sites citados.

Ótimo trabalho a todos!


Equipe de professores