Você está na página 1de 6

composta de R$ 70 de

amortização e R$ 30 de juros.

No fim do primeiro mês em que


recebemos o empréstimo pagamos a
primeira prestação por meio de um
pagamento que calculamos na célula B5
com a função PGTO. Até este momento
passamos por um mês devendo R$
1.000. Por conta disso, devemos pagar
juros de R$ 30, ou seja, 3% dos R$
1.000 originais. Os R$ 70 restantes
fazem parte da amortização calculada na
célula B7 com a função PGTO.

Avaliar fórmulas
0 grupo Auditoria de fórmulas inclui a
ferramenta Avaliar fórmula, que nos
permite avaliar fórmulas complexas.
Essa ferramenta inicia uma caixa de
diálogo onde poderemos avaliar uma
função passo a passo para poder
depurá-la e analisá-la.

PGTOJURACUM
Descrição: retorna os juros
acumulados nos pagamentos por um
empréstimo situado entre dois períodos
(um período inicial e um período final).

Sintaxe: = PG TOJURA CUM (taxa;


quantidade de períodos; valor,
inicio_período, finalperíodo,tipo_pgto)
Todos os parâmetros são números ou
expressões numéricas:

• taxa: é a taxa de juros do empréstimo


ou do investimento.

• quantidade de períodos: é a quantidade


de prestações ou pagamentos do
empréstimo ou do investimento.
• valor: é o valor atual do empréstimo
ou do investimento.
• inicio_período: é o período inicial a
se considerar.
• fina/ período: o período final a
considerar.
• tipo: indica quando serão feitos os
pagamentos. Se tipo é iguala 1,
considera-se que os pagamentos serão
no princípio do período. Se tipo é
igual a 0, considera-se que os
pagamentos serão feitos ao final desse
período.
A taxa corresponde à mesma unidade
de tempo que os pagamentos: se os
pagamentos são mensais, a taxa também
tem de ser mensal.

Taxa efetiva e nominal


A taxa efetiva e a nominal cumprem a
relação (1+taxa
nominal/períodos)^períodos = 1+taxa
efetiva. Os entusiastas da matemática
financeira poderão comprovar esta
relação com as operações
matemáticas convencionais de Excel.

A prestação de devolução de um
empréstimo tem dois componentes (ver a
explicação da função IPGTO): os juros
e a amortização. Na planilha da Figura
1.7 calculamos os juros acumulados
correspondentes às primeiras seis
prestações de um empréstimo de R$
1.000 que deve ser devolvido em 12
prestações com juros mensais de 3%:
Figura 1.7.: Na célula B7
calculamos os juros das
primeiras seis prestações de um
empréstimo de R$ 1.000 que
deve ser quitado em 12
prestações, com juros mensais

Você também pode gostar