Você está na página 1de 5

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA


INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA
DEPARTAMENTO DE ENSINO – DEN/SETOR PEDAGÓGICO

PLANO DE ENSINO 2020.1


1. Identificação
CURSO: PÓS – GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL

TURMA: MÓDULO: SEMESTRE/ANO: CARGA HORÁRIA:


Boa Vista “A” / Boa Vista “B” I 2020/1 30 HORAS
Mucajaí / Caracaraí /
Rorainópolis São Luiz
COMPONENTE CURRICULAR: INDICADORES SOCIOECONÔMICOS NA GESTÃO PÚBLICA
DOCENTE: SANDRA MARIA LEOCÁDIO DE MENEZES
2. Ementa
As atividades de formulação, monitoramento e avaliação de políticas públicas vêm requerendo, em
nível crescente, o uso de informações estatísticas e indicadores referidos às diferentes áreas de atuação
governamental. Indicadores fornecem bases mais consistentes para justificar a demanda de recursos
para um determinado projeto social a ser encaminhado a alguma instância de governo ou agência de
fomento, para sustentar tecnicamente a relevância dos programas especificados nos Planos Plurianuais
ou para monitorar periodicamente os efeitos da ação governamental. Diagnósticos socioeconômicos
com escopo abrangente e com detalhamento geográfico adequado são insumos básicos para orientar o
planejamento governamental e para formulação de programas públicos mais ajustados à natureza e
gravidade dos problemas sociais vivenciados. Sistemas de Monitoramento, por sua vez, contribuem
para a gestão mais eficiente dos programas sociais. Enfim, os indicadores socioeconômicos são a base
informacional de Diagnósticos para Programas Sociais e Sistemas de Monitoramento. Além da
aplicabilidade nas atividades inerentes à gestão de políticas públicas, nos últimos anos, os indicadores
vêm sendo usados para conferir maior transparência, accountability e controle social do gasto público.
Os órgãos de controle, como as controladorias e tribunais de contas, passaram a avaliar o desempenho
dos programas e dos órgãos públicos com base não apenas na legalidade dos atos, mas nos indicadores
de desempenho estabelecidos. Respondendo a essas demandas o IBGE, as agências e departamentos de
estatísticas dos Ministérios e várias outras instituições públicas vêm produzindo e organizando um
conjunto mais amplo de dados e indicadores sociais, econômicos e ambientais, disponibilizando-o em
diferentes suportes e formatos como publicações, CD-ROMs e aplicativos de consulta na Internet.
3. Competências

Habilidades para o conhecer:

Compreender o conceito de indicadores sociais;


Compreender o Índice de Desenvolvimento Humano – IDH;
Conhecer o Índice de GINI;
Conhecer as medidas de desigualdades sociais;
Conhecer as propriedades desejáveis dos indicadores socioeconômicos;
Compreender as diferenças de monitoramento, objetivos, metas e indicadores;
Compreender como estabelecer indicadores úteis ao seu propósito;
Avaliar os indicadores socioeconômicos para implementação de políticas pública municipal;
Analisar os dados de indicadores oficiais e transformar em informações;
Interpretar os indicadores;
Conhecer a classificação de indicadores de desempenho institucional.
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA
DEPARTAMENTO DE ENSINO – DEN/SETOR PEDAGÓGICO

4. Habilidades

Habilidades para o fazer:

Interpretar indicadores socioeconômico para implementar políticas públicas municipal;


Elaborar plano, programa e projetos baseados em indicadores socioeconômicos para a gestão pública
municipal;
Reconhecer a importância dos dados e indicadores econômicos na elaboração de diagnósticos para
programas sociais;
Identificar as principais fontes de dados e pesquisas econômicas no país;
Conhecer os Indicadores de qualidade de vida;
Conhecer as medidas de desigualdades sociais.
5. Bases Tecnológicas

SÃO OS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

UNIDADE 1: Indicadores Socioeconômico em Gestão Pública

UNIDADE II: Indicadores Aplicados na Gestão Pública

6. Procedimentos Metodológicos

A disciplina será ministrada através de vídeo-aulas; Trabalho em grupo com Pesquisa de Campo;
Orientações via WhatsApp, através de vídeo e através das atividades do ambiente virtual.
UNIDADE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PERIODO DE CARGA
REALIZAÇÃO HORÁRIA
Apresentação da Pesquisa de Campo 1º Encontro
realizado na comunidade - Taxa de Presencial:
alfabetização (Percentual da população que Boa Vista 4 horas
sabe ler e escrever), e Taxa de analfabetismo 25/02/20
(Percentual da população que não sabe ler e Rorainópolis
escrever) 28/02/20
I
Indicadores e os diagnósticos socioeconômicos
Dados e Indicadores Econômicos e Qualidade
de Vida AVA 11 horas
Uso de indicadores nas Políticas Públicas
Etapas para definir indicadores
Propriedades desejáveis dos indicadores
Índices Socioeconômicos
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA
DEPARTAMENTO DE ENSINO – DEN/SETOR PEDAGÓGICO

Indicadores Aplicados na Gestão Pública 2º Encontro


Presencial:
Boa Vista 4 horas
28/02/20
Rorainópolis
29/02/20
II Propriedades de indicador AVA 11 horas
Indicadores do PPA
Considerações para Construção de Indicadores
A Utilização de Indicadores nas Políticas
Públicas
Fontes de Dados e de Informações Estatísticas
Questionário I
Objetivos do Desenvolvimento Sustentável
Fórum I
ODS na Gestão Pública Municipal

7. Atividades Integradas com outros Componentes Curriculares /Área de Conhecimento/Eixo


Tecnológico;

NÃO SE APLICA

8. Atividades Extraclasse

PESQUISA DE CAMPO:

Baseado nos estudos da Unidade I. Faça uma pesquisa de campo em uma comunidade do seu
município, e identifique os indicadores primários e/ou secundários, sobre a educação básica
como: Taxa de alfabetização (Percentual da população que sabe ler e escrever), e Taxa de
analfabetismo (Percentual da população que não sabe ler e escrever), Diante dessas informações,
você deve elaborar uma planilha com gráficos, analisar e propor uma política pública no seu
município.
Esta pesquisa pode ser feita por até 03 alunos.

9. Atividades a Distância

Este componente curricular será cumprido na modalidade a distância sendo sua carga horária
distribuída no tópico 6 - Procedimentos Metodológicos

10. Acompanhamento Pedagógico


Acompanhamento da equipe de Tutores, equipe pedagógica e do professor da disciplina.
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA
DEPARTAMENTO DE ENSINO – DEN/SETOR PEDAGÓGICO

11. Avaliação

Atividades – AVA – 40 PONTOS

1. Pesquisa de Campo com apresentação de trabalho escrito e apresentação do resultado da


pesquisa no polo – 20 pontos;
2. Questionário de perguntas fechadas e abertas (10pontos);
3. Fórum (10 pontos).

ATIVIDADES PRESENCIAIS – 60

1 Avaliação Presencial de 20 perguntas fechadas – Questionário online – valor: 60 pontos.

AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO PARALELA – 60 PONTOS.

Questionário com perguntas fechadas e abertas;

EXAME FINAL – 100 PONTOS

Questionário com perguntas fechadas e abertas.

12. Recursos didáticos

Será utilizado livros em PDF para leitura complementar:

Leitura complementar I - Livro Texto PNAP – Módulo Básico – GP – Indicadores Socioeconômicos na


Gestão Pública.
Leitura complementar II – Livro SESI ORBIS – Construção e análise de Indicadores.
Leitura complementar III– Livro texto Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - Indicadores
Orientações Básicas Aplicadas à Gestão Pública.
Leitura complementar IV – Livro texto Guia Indicadores PPA 2016-2019 - Orientações Básicas
Aplicadas à Metodologia do Plano Plurianual.

13. Referências Básica e Complementar conforme o Projeto Pedagógico de Curso

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Planejamento e Investimentos


Estratégicos. Plano Plurianual 2012-2015: projeto de lei (mensagem presidencial). Brasília: MP, 2011a.
______. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Planejamento e Investimentos
Estratégicos. Orientações para elaboração do Plano Plurianual 2012-2015. Brasília: MP, 2011b.
BONNEFOY, C.; ARMIJO, M. Indicadores de desempeño en el sector público. Santiago do Chile:
ILPES, 2005.
CARDOSO JÚNIOR, J. C. Planejamento governamental e gestão pública no Brasil: elementos para
ressignifi car o debate e capacitar o Estado. Texto para Discussão, nº 1584. Brasília: IPEA, 2011.
CARDOSO JÚNIOR, J. C (Org.). A reinvenção do planejamento governamental no Brasil. Diálogos
para o Desenvolvimento Vol 4. Brasília: IPEA, 2011.
CARNEIRO, R.; MENICUCCI, T. M. G. Gestão pública no século XXI: reformas pendentes. Texto
para Discussão , n. 1686. Brasília: IPEA, 2011.
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA
DEPARTAMENTO DE ENSINO – DEN/SETOR PEDAGÓGICO

CHAVES, M. Sistema de apoio ao monitoramento das metas presidenciais. In IX Congreso


Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública. Madrid: CLAD,
2004.
COSTA, F. L.; CASTANHAR, J. C. Avaliação de programas públicos: desafi os conceituais e
metodológicos. Revista de Administração Pública. Rio de Janeiro: FGV, 2003.
FERREIRA, H.; CASSIOLATO, M.; GONZALEZ, R. Uma experiência de desenvolvimento
metodológico para avaliação de programas: o modelo lógico do programa segundo tempo. Texto para
discussão 1369. Brasília: IPEA, 2009.
GUIMARÃES, J.R.S.; JANNUZZI, P. M. IDH, indicadores sintéticos e suas aplicações em políticas
públicas: uma análise crítica. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais – Vol 7, nº 1.
Salvador: ANPUR, 2005.

_________________________________
Docente

__________________________________ Recebido em ___/___/2020


Coordenação de Curso

__________________________________ Recebido em ___/___/2020


Setor Pedagógico

Boa Vista-RR _____ de _____de 2020