Você está na página 1de 302

Bibliografia sobre imigração e colonização alemã no

Rio Grande do Sul

Cyanna Missaglia de Fochesatto


Gabrielli Chaiben Portela
Rosangela Cristina Ribeiro Ramos
Amanda de Campos Cerioli
Carolina Galisteo Diemer Lopes*
René E. Gertz**

Abaixo, está uma bibliografia sobre imigração e colonização alemã no


Rio Grande do Sul, levantada por bolsistas PIBIC/CNPq/PUCRS, nos
anos de 2010-2011, 2011-2012, 2013-2014 e 2015-2016, atualizada em
13 de março de 2019. Pela quantidade de referências, é certo que
ocorreram erros e omissões – por isso, indicações para correções são
bem-vindas. Entre as deficiências, está a de que alguns autores
publicaram mais do que aqui está arrolado, de forma que se recomenda
aos interessados que busquem informações adicionais, sobretudo em
relação àqueles de grande quantidade de referências, e que apresentam
publicações com temas de seu interesse – em relação aos autores
acadêmicos, uma consulta ao seu Currículo Lattes, no CNPq, poderá ser
útil. Entre outros tipos de trabalhos não incluídos, nesta listagem, estão
os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) de graduação, porque
muitos deles não estão publicizados, dificultando o acesso. A ideia inicial
era classificar cada referência bibliográfica por uma ou mais palavras-
chave, mas isso não foi possível – resta aos interessados tentar localizar
palavras de seu interesse.

ABREU, Egon Ziegell de. Aconteceu no Sobrado. Contos da história de um povo da


Lagoa dos Patos. (Sem indicações).
ABREU, Esther Müller. Spritzbier. In: Anais do 6º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto
Histórico de São Leopoldo, 1984.
ABUCHAIM, Vera Rheingantz. O tropeiro que se fez rei. Porto Alegre: Gráfica
Mosca Ltda., 2013.
ACHINSKI, Juliana Bezerra Oliveira; MEDEIROS, Marcia Maria de. A identidade dos
descendentes de alemães em Um rio imita o Reno, de Vianna Moog. História e
Cultura, Franca: UNESP, vol. 3, n. 1, p. 299-311, 2014.

*
As cinco primeiras autoras são licenciadas e/ou bacharéis em História pela Pontifícia Universidade
Católica do Rio Grande do Sul.
**
Ex-professor na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e na Universidade Federal do
Rio Grande do Sul; aposentado.
ACKER, Celso Henrique. Serviço militar e nacionalidade: os tiros de guerra no Rio
Grande do Sul – o Tiro de Guerra 337 de Ijuí (1917-1944). Dissertação (Mestrado em
História) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1996.
ACKERMANN, Franz Xavier. Das Kaiserreich Brasilien: Beobachtungen und
praktische Bemerkungen für deutsche Auswanderer. Heidelberg: Neue akademische
Buchhandlung von Karl Goos, 1834.
A COLONIZAÇÃO allemã no Brasil. Observador Econômico e Financeiro, Rio de
Janeiro, n. XXXIII, p. 107-139, 1938.
ADAM, Júlio Cézar. Um Deus com o rosto do Brasil: um estudo exploratório sobre a
relação entre imagens e imaginários de Deus na cultura e na pregação evangélico-
luterana. Horizonte, Belo Horizonte: PUC Minas, vol. 14, n. 44, p. 1298-1322, 2016.
ADAM, Paulo Rogério Friedrichs. Colônia Ijuhy: colonização e confluências étnicas.
In: TEDESCO, João Carlos; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Colonos, colônias e
colonizadores: aspectos da territorialização agrária no sul do Brasil. Porto Alegre:
Letra&Vida, 2015, p. 45-64.
ADAM, Paulo Rogério Friedrichs. Os colonos, os porcos e a banha. In: Anais
Eletrônicos do III Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo:
UPF, 2015.
ADAM, Paulo Rogério Friedrichs. O olhar do colono. In: MEYRER, Marlise Regina;
NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). História, imagem e representação:
possibilidades de leitura. São Leopoldo: OIKOS, 2015, p. 43-56.
ADAM, Paulo Rogério Friedrichs. “Ouro branco”: o porco e a banha em Ijuí (1890-
1950). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade de Passo Fundo, 2015.
ADAM, Paulo Rogério Friedrichs. A banha no Rio Grande do Sul – final do século XIX
e primeira metade do século XX. Estudios Históricos, Montevideo, ano IX, n. 18,
2017.
ADAM, Paulo. O Die Serra-Post, as fontes em língua alemã e o estudo da história dos
colonos da região serrana do Rio Grande do Sul, na primeira metade do século XX. In:
ZANOTTO, Gizele (org.). Anais do IV Congresso Internacional História, Regiões e
Fronteiras (vol. II). Passo Fundo: UPF, 2018, p. 944-949.
ADAM, Thomas. Germany and the Americas: culture, politics, and history. Santa
Barbara/California: ABC-Clio, Inc., 2005 (3 vols.) (esta obra contém, no mínimo, os
seguintes verbetes referentes à imigração alemã no Rio Grande do Sul: “Becker, João“,
“Brazil“, “Brazil, religion in“, “Brummer“, “Dohms, Hermann Gottlieb“, “German
almanacs in Rio Grande do Sul“, “Koseritz, Karl von“, “Mucker“, “Rotermund,
Wilhelm“.
ADAMI, Vítor Hugo. As distinções do protestantismo histórico entre Brasil e Espanha:
a Paróquia Evangélica de Confissão Luterana Primavera – Novo Hamburgo – RS e a
Igreja Evangélica de Gràcia – Barcelona – Catalunha. In: BORIN, Marta Rosa (org.).
Religiões e religiosidades no Rio Grande do Sul: as religiões protestantes – história,
fontes e metodologia de pesquisa. São Paulo: ANPUH, 2017, p. 117-138.
AGUIAR, Lacy Maria; CASADO, Irene Luciana. Taquara de Tristão José Monteiro.
Taquara/Porto Alegre: Prátika/Pallotti, 1986.

2
AGUIAR, Luciano Vieira de. O preconceito racial na obra “Um rio imita o Reno“:
um paralelo com a atualidade. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade
Estadual do Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2013.
AHLERT, Alvori. Educação, ética e cidadania: referenciais para as escolas da Rede
Sinodal de Educação. Tese (Doutorado em Teologia) – Programa de Pós-Graduação em
Teologia, Faculdades EST, São Leopoldo, 2004.
AHLERT, Jacqueline. Entre alemães que chegam e indígenas missioneiros que
permanecem: as festividades do Divino na Santo Ângelo (RS) de 1877. In: RAMOS,
Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio
(orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos,
2014, p. 301-317.
AHLERT, Lucildo; GEDOZ, Sirlei Terezinha. Povoamento e desenvolvimento
econômico na região do Vale do Taquari, RS – 1822 a 1930. Estudos & Debates,
Lajeado: UNIVATES, ano 8, n. 1, p. 49-91, 2001.
AHLERT, Lucildo. Família Ahlert – três séculos de história. Lajeado: Grafocem,
2002.
AHLERT, Lucildo. A colonização privada no Vale do Taquari em meados do século
XIX e a vinda de westfalianos para a Colônia Teutônia. In: ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e memória: 180 anos de imigração
alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 77-87.
AHRONS, Guilherme. Vier Erzählungen aus Brasilien (I. Band). Porto Alegre:
Gundlach & Becker, 1902.
AHRONS, Guilherme. Deutsche brasilianische Literatur – Erinnerungen in Prosa
und Versen (II. Band). Porto Alegre: Gundlach & Becker, 1902.
AHRONS, Guilherme. Erzählungen, Vorträge und Ausfsätze (III. Band). Porto
Alegre: Gundlach & Becker, 1903.
A HISTÓRIA do livro mais perseguido do Brasil. Porto Alegre: Revisão, 1991.
AHRS (ed.). Gênesis: etnias no Rio Grande do Sul (imigrantes: 1891-1892). Porto
Alegre: EST, 1993.
AHRS (ed.). Povoadores do Rio Grande do Sul: 1857-1863. Porto Alegre: EST, 2004.
AHRS (ed.). Povoadores do Rio Grande do Sul: 1892. Porto Alegre: EST, 2004.
ALARCON, Elvaldo de. “E o sangue brasileiro correrá...”. Porto Alegre: Editora du
Barry, 1942.
ALBRECHT, Elias Kruger. O ensino do alemão por intermédio de imagens: uma
análise das ilustrações presentes nas cartilhas Fibel fuer deutsche Schulen in Brasilien e
Schreiblessfibel für Unterricht der Elementarklassen. In: SANTOS, Amanda Basilio;
VARGAS, Jonas Moreira; LEAL, Elisabete (orgs.). Fronteiras e identidades. Pelotas:
UFPel, 2017, p. 687-696.
ALBRECHT, Elias Kruger. Memórias da alfabetização em escolas sinodais luteranas
(1930-1945). In: BARROSO, Véra Lucia Maciel; ÁVILA, Edna Ribeiro; BOROWSKI,
Leonardo Braga (orgs.). Encontro de memórias. Porto Alegre: SCMPA, 2018, p. 376-
390.

3
ALBRECHT, Elias Kruger. A iconografia religiosa representada em cartilhas alemãs.
In: ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos
(orgs.). Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo:
Oikos Editora, 2018, p. 40-52.
ÁLBUM comemorativo aos 50 anos das Casas Bromberg. Porto Alegre: Bromberg
& Cia., 1913.
ÁLBUM comemorativo do cinquentenário da fundação de Ijuí, 1890-1940. Ijuí: s.
e., 1940.
ALENCASTRO, Luiz Felipe de; RENAUX, Maria Luíza. Caras e modos dos migrantes
e imigrantes. In: ALENCASTRO, Luiz Felipe (org.). História da vida privada –
Império. São Paulo: Companhia da Letras, 1999, p. 291-335.
ALERT, Anja. Der Beginn der deutschen Auswanderung nach Südbrasilien und die
Legende von den Mecklenburgern. Martius-Staden-Jahbuch, São Paulo, n. 47/48,
1999/2000.
ALMEIDA, Carina Santos de. Relações interétnicas nas obras Gaúchos e Beduínos de
Manoelito de Ornellas e Capitania d’ El-Rei de Moysés Vellinho. In: Anais do VI
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos, 2004.
ALMEIDA, Carina Santos de; ALVES, Lucir Reinaldo. Estudo comparativo das
potencialidades econômicas dos municípios regionais de Erechim e Santa Cruz doo Sul
no final do século XX. RACE – Revista de Administração, Contabilidade e
Economia, Joaçaba: Unoesc, vol. 6, n. 2, p. 141-160, 2007.
ALMEIDA, Carina S. de; SCHUSTER, Maria L. R.; COSTA, Carlos G.;
PERUSSATTO, Melina K.; RADÜNZ, Roberto. De “vila” a “cidade”, de “lombo de
mulas” ou “carro de bois” ao “trem”: a chegada da ferrovia e o processo de elevação à
categoria de cidade de Santa Cruz/RS. In: Anais do IX Seminário Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino,
2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
ALMEIDA, Celine Lehmann Escher. A propósito da leitura de altas verdades vitais:
impressão, difusão da palavra escrita em alemão e práticas de leitura do almanaque Der
Familienfreund (RS, 1912-1956). Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.
ALMEIDA, Dóris Bittencourt et al. De Deutscher Hilfsverein ao Colégio Farroupilha:
entre memórias e histórias (1858-2008). In: Anais do 14º Encontro Sul-Riograndense
de Pesquisadores em História da Educação. Pelotas: UPFPel, 2008.
ALMEIDA, Dóris Bittencourt. As marcas do novo: do Colégio Alemão ao Colégio
Farroupilha. In: QUADROS, Claudemir de (org.). Uma gota amarga: itinerários da
nacionalização do ensino no Brasil. Santa Maria: editoraufsm, 2014, p. 233-258.
ALMEIDA, Elmar Soereo de. Aprendizagens para o mundo do trabalho: histórias de
metalúrgicos em Panambi – RS. Dissertação (Mestrado em Educação nas Ciências) –
UNIJUI, 2000.
ALMEIDA, Fábio Py Murta de. Lutheran rebellion in Brazil countryside.
CrossCurrents, New York, vol. 66, n. 2, p. 252-266, 2016.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. A aprendizagem do português em uma comunidade
bilíngue do Rio Grande do Sul: um estudo de redes de comunicação em Harmonia.

4
Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul,
Porto Alegre, 1990.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. Hunsrückisch in Rio Grande do Sul: ein Beitrag zur
Beschreibung einer deutschbrasilianischen Dialektvarietät im Kontakt mit dem
Portugiesischen. Stuttgart: Steiner, 1996.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. O estudo de línguas de imigrantes no Brasil: o exemplo
do "Hunsrückisch" no Rio Grande do Sul. In: Aquisição e ensino de línguas. Porto
Alegre: s. e., 1997, p. 116-125.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. O estudo de línguas de imigrantes no Brasil: o exemplo
do Hunsrückisch no Rio Grande do Sul. Cadernos do Instituto de Letras, Porto
Alegre: UFRGS, n. 18, p. 17-26, 1998.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. O português em contato com as línguas dos imigrantes
no sul do Brasil. In: GÄRTNER, Eberhard; HUNDT, Cristine; SCHÖNBERGER, Axel
(eds.). Estudos de geolinguística do português americano. Frankfurt/M: TFM, 2000,
p. 79-93.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. O conceito de língua materna e suas implicações para o
estudo do bilinguismo (português-alemão). Martius-Staden-Jahrbuch, São Paulo, n.
49, p. 141-161, 2001/2002.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. Áreas lingüísticas do português falado no sul do Brasil: um
balanço das fotografias geolinguísticas do ALERS. In: VANDRESEN, Paulino (org.).
Variação e mudança no português falado na Região Sul. Pelotas: EDUCAT –
Editora da Universidade Católica de Pelotas, 2002, p. 115-145.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; KLASSMANN, Mário Silfredo; KOCH, Walter (orgs.). Atlas
Lingüístico-Etnográfico da Região Sul do Brasil (vol. 1). Porto
Alegre/Curitiba/Florianópolis: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do
Sul/Editora da Universidade Federal do Paraná/Universidade Federal de Santa Catarina,
2002.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; KLASSMANN, Mário Silfredo; KOCH, Walter (orgs.). Atlas
Lingüístico-Etnográfico da Região Sul do Brasil (vol. 2). Porto
Alegre/Curitiba/Florianópolis: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do
Sul/Editora da Universidade Federal do Paraná/Universidade Federal de Santa Catarina,
2002.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. Política linguística, mitos e concepções linguísticas em
áreas bilíngues de imigrantes (alemães) no Brasil. Revista Internacional de
Linguísitica Iberoamericana, Frankfurt/M, vol. 1, n. 3, p. 83-93, 2004.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. A constituição do corpus para um “Atlas linguístico-
contatual das minorias alemãs na Bacia do Prata”. Martius-Staden-Jahrbuch, São
Paulo, n. 51, p. 135-165, 2004.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. Interfaces entre dialetologia e história. In: MOTA, Jacyra;
CARDOSO, Suzana Alice Marcelino (orgs.). Documentos 2: Projeto Atlas Lingüístico do
Brasil. Salvador: Quarteto, 2006, p. 159-185.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; FREY, Jaqueline. Das bresilionische Deitsch unn die
deitsche Bresilioner: en Hunsrickisch Red fo die Sprocherechte. Contingentia, Porto
Alegre: UFRGS, vol. 1, p. 39-50, 2006.

5
ALTENHOFEN, Cléo; FREY, Jaqueline; KÄFER, Maria Lidiane; KLASSMANN,
Mário; NEUMANN, Gerson; SPINASSÉ, Karen. Fundamentos para uma escrita do
Hunsrückisch falado no Brasil. Contingentia, Porto Alegre: UFRGS, vol. 2, p. 73-87,
2007.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. O status de brasilidade das línguas de imigração em contato
com o português. In: ALTENHOFEN, Cléo Vilson et al. (orgs.). Anais do I Fórum
Internacional da Diversidade Lingüística: por uma política para a diversidade
linguística no ensino de línguas. Porto Alegre: Evangraf/Instituto de Letras (UFRGS),
2008, p. 25-40.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. Dialetos alemães falados no Brasil: origem, diversidade e
contato com o português. In: Anais do IX Seminário Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras. São Leopoldo: Casa Leiria, 2008, p.
23-55.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; FREY, Jaqueline; KÄFER, Maria Lidiane; KLASSMANN,
Mário; NEUMANN, Gerson; SPINASSÉ, Karen Pupp. Fundamentos para uma escrita do
Hunsrückisch. In: Imigração e relações interétnicas. São Leopoldo: Oikos, 2008, p.
1199-1216.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. Os estudos de variação linguística e de línguas em contato
com o português: raízes históricas da pesquisa no Instituto de Letras da UFRGS. In:
MITTMANN, Solange; SANSEVERINO, Antônio Marcos Vieira (orgs.). Trilhas de
investigação: a pesquisa no I. L. em sua diversidade constitutiva. Porto Alegre: Instituto de
Letras/UFRGS, 2011, p. 17-31.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; RASO, Tommaso; MELLO, Heliana. Os contatos linguísticos
e o Brasil: dinâmicas pré-históricas, sócio-históricas e políticas. In: MELLO, Heliana;
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; RASO, Tommaso (orgs.). Os contatos linguísticos no
Brasil. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011, p. 13-56.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; MARGOTTI, Felício Wessling. O português de contato e o
contato com as línguas de imigração no Brasil. In: MELLO, Heliana; ALTENHOFEN, Cléo
V.; RASO, Tommaso (orgs.). Os contatos linguísticos no Brasil. Belo Horizonte:
Editora UFMG, 2011, p. 289-315.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; OLIVEIRA, Gilvan Müller de. O in vitro e o in vivo na política
da diversidade linguística do Brasil: inserção e exclusão do plurilinguismo na educação e
na sociedade. In: MELLO, Heliana; ALTENHOFEN, Cléo Vilson; RASO, Tommaso (orgs.).
Os contatos linguísticos no Brasil. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011, p. 187-216.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; BROCH, Ingrid K. Fundamentos para uma “pedagogia do
plurilinguismo” baseada no modelo de conscientização linguística (language
awareness). In: BEHARES, Luis (org.). V Encuentro Internacional de Investigadores de
Políticas Linguísticas. Montevideo: Universidad de la República e Associación de
Universidades Grupo Montevideo/Núcleo Educación para la Integración, 2011, p. 15-
22.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; GEWEHR-BORELLA, Sabrina. Macroanálise pluridimensional
da variação de consoantes oclusivas do português por falantes de hunsriqueano. In:
Anais do IV Seminário Internacional de Fonologia. Porto Alegre, 2012, p. 1-16.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. Bases para uma política linguística das línguas minoritárias
no Brasil. In: NICOLAIDES, Christine et al. (orgs.). Política e políticas linguísticas.
Campinas: Pontes Editores, 2013, p. 93-116.

6
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. Migrações e contatos linguísticos na perspectiva da
geolinguística pluridimensional e contatual. Revista de Letras, Sinop, vol. 6, n. 12, 2013.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; MORELLO, Rosângela. Rumos e perspectivas das políticas
linguísticas para línguas minoritárias no Brasil: entre a perda e o inventário de línguas.
In: FARENZENA, Nalú (org.). Encontro Internacional de Investigadores de Políticas
Linguísticas. Porto Alegre: UFRGS, 2013, p. 19-26.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. O “território de uma língua”: ocupação do espaço
pluridimensional por variedades em contato na Bacia do Prata. In: FERNÁNDEZ, Ana
Lourdes da Rosa Nieves; MOZZILLO, Isabella; SCHNEIDER, Maria Nilse; CORTAZZO,
Uruguay (orgs.). Línguas em contato: onde estão as fronteiras? Pelotas: Editora UFPel,
2014, p. 69-103.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson. Dachsprachenwechsel und Varietäten Abgrenzung im
Kontakt zwischen Hunsrückisch und Portugiesisch in Brasilien. In: Festschrift für
Harald Thun zum 60. Geburtstag. Kiel: Westensee-Verlag, 2014.
ALTENHOFEN, Cléo Vilson; STEFFEN, Joachim. Spracharchipele des Deutschen in
Lateinamerika: Dynamik der Sprachvernetzungen im mehrsprachigen Raum. ZDL
(Zeitschrift für Dialektologie und Linguistik), Stuttgart, Bd. 81, Heft 1, p. 34-60,
2014.
ALTENHOFEN, Cléo V.; NEUMANN, Gerson R.; HABEL, Jussara; PREDIGER,
Angélica (orgs.). Hunsrückisch em prosa & verso: textos do I Concurso Literário de
Poemas e Contos em Hunsrückisch – 2017. Porto Alegre: Editora do Instituto de Letras
– UFRGS, 2018.
ALTENHOFEN, Cléo V.; STEFFEN, Joachim; THUN, Harald. Cartas de imigrantes
de fala alemã: pontes de papel dos hunsriqueanos no Brasil. São Leopoldo: OIKOS
Editora, 2019.
ALTMANN, Friedhold. Hans Sattler, Paul Fräger, Gottlob Holder: três concepções
sobre a escola teuto-brasileira. In: Anais do VII Simpósio de História da Imigração e
Colonização Alemãs no Rio Grnde do Sul (São Leopoldo, 1986). Nova Petrópolis:
Editora Amstad, 2000.
ALTMANN, Friedhold. A Roda: memórias de um professor. São Leopoldo: Editora
Sinodal, 1991.
ALTMANN, Friedhold; DREHER, Martin N. Os primórdios da colônia de Teutônia, no
Rio Grande do Sul. Estudos Leopoldenses – Série História, São Leopoldo: UNISINOS,
vol. 2, n. 2, p. 149-165, 1998.
ALTMANN, Walter. Identidade na comunhão de jornada: reflexões sobre a identidade
da IECLB. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 14, n. 2, p. 3-17, 1974.
ALVES, Darlã de. Tudo parece impossível até que seja feito: educação para as
relações étnico-raciais como perspectiva de desenvolvimento regional. Dissertação
(Mestrado em Desenvolvimento Regional) – FACCAT, Taquara, 2018.
ALVES, Débora Bendocchi. Das Brasilienbild der deutschen
Auswanderungswerbung im 19. Jahrhundert. Berlin: Wissenschaftlicher Verlag
Berlin, 2000.
ALVES, Débora Bendocchi. A propaganda dos expedidores concessionários de
Hamburgo e a emigração alemã para o Brasil no século XIX. Fronteiras: Revista
Catarinense de História, Florianópolis, n. 9, p. 7-27, 2001.

7
ALVES, Eliege Moura. Presentes e invisíveis – escravos em terras de alemães – São
Leopoldo, 1850-1870. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale do
Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2004.
ALVES, Eliege Moura. Uma presença invisível – escravos em terras alemãs. In: Anais
eletrônicos do II Encontro escravidão e liberdade no Brasil meridional. 2005.
ALVES, Eliege Moura. Uma presença invisível: escravos em terras alemãs (1850-
1870). In: NUNES, Margarete Fagundes (org.). Diversidade e políticas afirmativas:
diálogos e intercursos. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2005.
ALVES, Eliege Moura. Presentes e invisíveis – escravos em terras alemãs (São
Leopoldo – 1850-1870). In: ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos
caminhos da Rua Grande: história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo:
OIKOS, 2011, p. 189-201.
ALVES, Eliege Moura. Presentes e invisíveis – escravos em terras de alemães: 1850-
1870. S. l.: Novas Edições Acadêmicas, 2017.
ALVES, Fernando Antonio da Silva. Pelo caminho do avivamento ou pela manutenção
de seu estilo germânico: os caminhos de unidade para a IECLB. Protestantismo em
revista, São Leopoldo: EST, vol. 20, p. 80-89, 2009.
ALVES, Leonice Aparecida de Fátima. Estado, educação e modernização agrária: o
papel da Escola de Engenharia de Porto Alegre (RS: 1889-1930). Tese (Doutorado em
História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2008.
ALVES, Márcio Miranda. Ficção e jornalismo em O continente: o caso dos alemães
Carl Winter e Carl von Koseritz. Antares: Letras e Humanidades, Caxias do Sul, vol. 4,
n. 8, p. 42-66, 2012.
ALVES, Ozias. Parlons hunsrükisch: dialecte allemand du Brésil. Paris: L’Harmattan,
2013.
AMADO, Janaína. Contribuição ao estudo da imigração alemã no Rio Grande do Sul:
São Leopoldo, 1824-1874. Ciência e Cultura, São Paulo, vol. 29, n. 7, p. 735-770,
1977.
AMADO, Janaína. A revolta dos Mucker. Rio Grande do Sul, 1868-1898. São
Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2002.
AMARAL, Armelinda Fofonka; FOFONKA, Lucia. Família Freiberger no Rio dos
Sinos. In: BEMFICA, Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da
Patrulha e Caraá. Porto Alegre: EST, 2000, p. 517-518.
AMARAL, Sandra Maria do. Elite política e relações de poder: o caso de Ijuí – 1938-
1945. Ijuí: Editora da UNIJUI, 2003.
AMBERGER, Carl W. Kreuz und quer – durchs wirtschaftliche Brasilien:
Ausschnitte. Rio de Janeiro: Meier & Blumer, 1938.
AMSTAD, Theodor. Die Deutschen in Rio Grande do Sul. In: WERTHMANN, Lorenz
(ed.). Die Einwanderung und das katholische Deutschtum in Brasilien. Freiburg im
Breisgau: Caritasverband für das katholische Deutschland, 1912, p. 5-26.
AMSTAD, Theodor. Festchrift zum 25jährigen Bestehen der Bauernvereins-
Kolonie Serro Azul. Porto Alegre: Typografia do Centro, 1928.

8
AMSTAD, Teodoro. Memórias autobiográficas. São Leopoldo: Editora da
UNISINOS, 1981.
ANAIS do Primeiro Congresso de História e Geografia de São Leopoldo. Porto
Alegre: Livraria do Globo, 1947.
ANAIS do I e II Simpósios “Raízes do Vale” – 1997-1998. Lajeado: Grafocem, 2000.
ANJOS, Gilson Luiz dos. (Re)conhecimento e negritude: uma questão de educação?
Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul,
Porto Alegre, 2012.
ANNES, Marina Xavier e Oliveira. Johann Adam Schell: e sua descendência. Passo
Fundo: Diário da Manhã, 1980.
ANSCHAU, Fabio. Bases teórico-metodológicas para a elaboração de um
dicionário do Hunsrückisch falado no Brasil. Dissertação (Mestrado em Letras) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.
ANTON, Dörte. Genähte Identität: die Nähmaschine in Sach- und Erinnerungskultur
in den Kolonien deutscher Einwanderer in Rio Grande do Sul in Südbrasilien.
Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Christian-Albert-Universität, Kiel/Alemanha,
2001.
AQUINO, Ivânia Campigotto. A representação da etnia alemã no romance sul-rio-
grandense. Passo Fundo: Editora da Universidade de Passo Fundo, 2007.
AQUINO, Ivânia Campigotto. A representação do imigrante alemão no romance A
Divina Pastora. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
ARANDT, Maria Clarice. História da colonização de Dois Irmãos. Dois Irmãos:
Grafidil Impressos, 1999.
ARAUJO, Rodrigo Cardoso Soares de. Laços e traços de identidade numa leitura de
Karl von Koseritz. Revista de História da UEG, Goiânia: UEG, vol. 1, n. 1, p. 64-85,
2012.
ARAÚJO, Thiago Nicolau de. Cemitérios, etnia e germanidade. In: BELLOMO, Harry
Rodrigues (org.). Cemitérios do Rio Grande do Sul: arte, sociedade, ideologia. Porto
Alegre: EDIPUCRS, 2008, p. 237-242.
ARAÚJO, Thiago Nicolau de. Imigração alemã no município de Rolante. In: Anais do
XIV Simpósio de História da Imigração e Colonização – Colonização e imigração
no contexto das comemorações dos 500 anos: os imigrantes descobrem o Brasil
(São Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
ARAÚJO, Thiago Nicolau de. Patrimônio, germanismo e cemitério: expressões
culturais nos túmulos alemães. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia
(orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e
preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 173-182.
ARAÚJO, Thiago Nicolau de. O que amamos não esquecemos: um estudo teológico
identitário e cultural dos cemitérios teutos no sul do Brasil. Tese (Doutorado em
Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo, 2015.
ARAÚJO, Thiago Nicolau de. Cemitérios teuto-brasileiros no sul do Brasil: análise e
estudo comparado entre os túmulos da Alemanha e das cidades de colonização teuta no

9
Rio Grande do Sul. In: VIII Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos
Cemiteriais – Religiões e religiosidades: práticas, visões e crenças diante da morte e do
morrer. Florianópolis: UFSC, 2017.
ARAVANIS, Evangelia. Movimento Mucker: a necessidade de novos estudos. In:
MAUCH, Cláudia; VASCONCELLOS, Naira (orgs.). Os alemães no sul do Brasil:
cultura, etnicidade, história. Canoas: Editora da ULBRA, 1994, p. 121-127.
ARBEITSGEMEINSCHAFT 25. Juli in Rio Grande do Sul (ed.). Kurze Geschichte
der deutschen Einwanderung in Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Rotermund,
1936.
ARBIVOHN (pseud.). O perigo prussiano no Brasil. Rio de Janeiro: Typ. do Jornal do
Comércio, 1914.
ARDUIN, Joana; COELHO, Izete Lehmkuhl. A variação dos possessivos teu e seu e
suas implicações estilísticas. In: VANDRESEN, Paulino (ed.). Variação, mudança e
contato linguístico no português da região sul. Pelotas: Educat, 2006, p. 185-203.
AREND, Jéssica Fernanda. Entre calúnias, terras e vizinhos: o crime dentro da
comunidade teuto-brasileira de Santa Cruz do Sul na segunda metade do século XIX.
In: WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von
(orgs.). Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 293-
302.
AREND, Jéssica Fernanda; VENDRAME, Maíra Ines. Conflito, justiça e controle
social: apontamentos sobre a relação entre imigração e descendentes numa região de
colonização alemã (Vila de São João de Santa Cruz/RS, 1879-1908). In: KARSBURG,
Alexandre; VENDRAME, Maíra Ines (orgs.). Variações de micro-história no Brasil:
temas, abordagens e desafios. São Leopoldo: OIKOS Editora, 2019, p. 88-104.
ARENDT, Isabel Cristina; MÜLLER, Telmo Lauro. Toponímia: nomes originais das
localidades colonizadas por imigrantes alemães e descendentes. In: Anais do III
Seminário da Associação Nacional de Pesquisadores das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Lajeado, 1999.
ARENDT, Isabel Cristina; KRUG, Marcelo Jacó. Projeto "Memória Teuto-
Riograndense" e o uso da metodologia da história oral. Estudos Leopoldenses – Série
História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 4, n. 1, p. 105-111, 2000.
ARENDT, Isabel Cristina. Representações do colono teuto-brasileiro católico nas cartas
de Pe. Balduino Rambo, S. J. In: Anais do IV e V Seminário Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2000).
Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras, 2002.
ARENDT, Isabel Cristina. A escola comunitária evangélico-luterana e seus condutores
no Rio Grande do Sul (1865-1918). In: Anais do III Congresso Internacional de
Educação: Educação na América Latina, nestes tempos de império. São Leopoldo,
2003.
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antonio. (orgs.). Anais do VI Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. São
Leopoldo: Oikos, 2004.
ARENDT, Isabel Cristina. A escola comunitária evangélico-luterana alemã e escola
pública: discussão no jornal Deutsche Post (1880-1918). In: ARENDT, Isabel Cristina;

10
WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e memória: 180 anos de imigração
alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 345-355.
ARENDT, Isabel Cristina. Imprensa e língua alemã no Brasil: o Jornal para o
Professor e opções de leitura. Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 12, n. 2, p. 29-50,
2006.
ARENDT, Isabel Cristina. Pe. Balduino Rambo e a revista Sankt Paulusblatt: afirmação
de defesa da germanidade. In: RAMBO, Arthur Blasio; GRÜTZMANN, Imgart;
ARENDT, Isabel Cristina. Pe. Balduíno Rambo – a pluralidade na unidade:
memória, religião, ciência e cultura. São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2007, p.
171-187.
ARENDT, Isabel Cristina. A relação da Associação de Professores Evangélicos e
Sínodo Riograndense: encontros e desencontros (1900-1938). In: Anais do IX
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
ARENDT, Isabel Cristina. A Associação de Professores Evangélicos Alemães no RS
(1901-1938). In: SIDEKUM, Antonio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel
Cristina (orgs.). Campos múltiplos: identidade, cultura e história. Festschrift em
homenagem ao prof. Arthur Blasio Rambo. São Leopoldo: Nova Harmonia/Oikos,
2008, p. 169-190.
ARENDT, Isabel Cristina. Representações de germanidade no “Jornal Geral para o
Professor”. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
ARENDT, Isabel Cristina; GOMES, Derti Jost. A formação de professores para a escola
evangélica. In: Instituições formadoras de professores do Rio Grande do Sul.
Pelotas: Editora da UFPel, 2008, p. 123-157.
ARENDT, Isabela Cristina. Educação, religião e identidade étnica. O Allgemeine
Lehrerzeitung e a escola evangélica no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Oikos, 2008.
ARENDT, Isabel Cristina. Escritos do Pe. Balduino Rambo: representação de si através
da negação do outro. In: Anais do XII Simpósio de Imigração e Colonização:
cotidiano e identidade. São Leopoldo: Oikos, 2009.
ARENDT, Isabel Cristina. Opções de leitura no Allgemeine Lehrerzeitung für Rio
Grande do Sul. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História
das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de
Educação/CORAG, 2009.
ARENDT, Isabel Cristina. Educação no Litoral Norte: um estudo comparativo com
outras regiões de imigração alemã no RS. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de
Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
ARENDT, Isabel Cristina. Professores também migram: um levantamento dos anúncios
de emprego no Jornal do Professor. In: Anais do XIX Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Migrações: mobilidade social e espacial. São Leopoldo:
Oikos, 2010.
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio. Entre palestras, conversas de
corredor e cafezinhos: imigração alemã e seus múltiplos espaços de discussão. In:
MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜGGE, Erny; HAUENSTEIN, Iria (orgs.).

11
Construindo diálogos. História, educação e ecumenismo. Homenagem a Martin N.
Dreher. São Leopoldo: OIKOS, 2010, p. 381-390.
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio. Produção bibliográfica e
orientações de Martin Norberto Dreher. In: MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜGGE,
Erny; HAUENSTEIN, Iria (orgs.). Construindo diálogos. História, educação e
ecumenismo. Homenagem a Martin N. Dreher. São Leopoldo: OIKOS, 2010, p. 391-
408.
ARENDT, Isabel Cristina. História da Associação de Professores Evangélicos Alemães
no Rio Grande do Sul (1901-1938). In: GOLDMEYER, Marguit; LIMA, João Francisco
Lopes de; WACHS, Manfredo Carlos; ALVES, Paulo (orgs.). Gestão Escolar. São
Leopoldo: Sinodal/Rede Sinodal de Educação, 2010, p. 47-71.
ARENDT, Isabel Cristina. História da educação no Rio Grande do Sul e em São
Leopoldo. In: ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua
Grande: história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 101-
116.
ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande:
história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011.
ARENDT, Isabel Cristina. O Memorial Jesuíta Unisinos e acervos sobre imigração. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 559-562.
ARENDT, Isabel Cristina. Um periódico para as escolas alemãs no exterior e a tradução
cultural de e(i)migrantes na América Latina. In: MARTINS, Ismênia de Lima;
HECKER, Alexandre. (orgs.). E/Imigrações: questões, inquietações. São Paulo:
Expressão & Arte Editora, 2013, p. 117-132.
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; WEIMER, Günter. A imigração
alemã no Rio Grande do Sul. In: BOLLE, Willi; KUPFER, Eckhard E. (eds.). Cinco
séculos de relações brasileiras e alemãs. São Paulo: Editora Brasileira de Arte e
Cultura, 2013, p. 134-139.
ARENDT, Isabel Cristina; HARRES, Marluza Marques. Deutsches Volksblatt entre os
jornais de língua alemã publicados no Rio Grande do Sul (1870-1940). In: LUCA,
Tania Regina de; GUIMARÃES, Valéria (orgs.). Imprensa estrangeira publicada no
Brasil: primeiras incursões. São Paulo: Rafael Copetti Editor Ltda., 2017, p. 424-450.
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio. Estudo comparado: educação e
imigração nas colônias alemãs de São Leopoldo (Brasil) e Valdivia (Chile). Métis:
História & Cultura, Caxias do Sul: UCS, vol. 17, n. 34, p. 271-294, 2018.
ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.).
Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos
Editora, 2018.
ARENDT, João Claudio; NEUMANN, Gerson Roberto (orgs.). Regionalismus –
regionalismos: subsídios para um novo debate. Caxias do Sul: EDUCS, 2013.
ARNDT, Karl J. R.; OLSON, May E. Die deutschsprachige Presse der Amerikas,
1732-1965. Pullbach bei München: Verlag Dokumentation, 1973.
ARNOLD, Otto. Die ersten Kolonisten auf dem Hochlande von Rio Grande do Sul,
Brasilien. In: Sippenkunde des Deutschtums im Ausland. Stuttgart: Deutsches
Ausland-Institutt, 1938.

12
ARNS, Lehrer. Saga de uma família teuto-brasileira. São Leopoldo: Editora da
UNISINOS, 1998.
ARTÚCIO, Hugo Fernandes. La organización secreta nazi em Sudamerica. México:
Ediciones Minerva, s. d., p. 59-87.
ASHTON, Mary Sandra Guerra. Parque Floresta Imperial: espaço de turismo e lazer
destinado a visitantes e residentes. In: CÂNDIDO, Luciane Aparecida; ZOTTIS
Alexandra Marcella (orgs.). Turismo: múltiplas abordagens. Novo Hamburgo: Feevale,
2008.
ASHTON, Mary Sandra; MÜLLER, Ana Cristina. A presença da gastronomia alemã na
hotelaria de Novo Hamburgo, RS. Rosa dos Ventos, vol. 5, n. 2, 2013.
AS MEMÓRIAS de Joahann Carl Dreher e de Heinrich Georg Bercht. Porto
Alegre: Escola Superior de Teologia e Espiritualidade Franciscana, 1988.
ASSIS, Ana Júlia M. Escola Dom Pedro de Alcântara. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom
Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
ASSIS, Célia de (coord.). Chama empreendedora: a história e cultura do Grupo
Gerdau, 1901-2001. São Paulo: Prêmio Editorial, 2001.
ASSIS, Valesca de. A valsa da Medusa. Porto Alegre: Movimento, 1989.
ASSIS, Valesca de. A colheita dos dias. Porto Alegre: Movimento, 1991.
ASSIS, Valesca de. Uma união desigual? In: Diversidade étnica e identidade gaúcha.
Santa Cruz do Sul: Editora da UNISC, 1994, p. 165-169.
ASSIS, Valesca de Uma frau construída com palavras. In: FISCHER, Luís Augusto;
GETRTZ, René E. (orgs.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da
Universidade/UFRGS, 1996, p. 65-67.
ASSIS BRASIL, Luis Antonio de. Videiras de cristal: o romance dos Mucker. Porto
Alegre: Mercado Aberto, 1990.
ASSMANN, Alice Beatriz. Aspectos históricos da prática do tiro ao alvo nas
associações esportivas de Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul. In: FERNANDES,
Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração:
diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 381-387.
ASSMANN, Alice Beatriz; MAZO, Janice Zarpellon. As Schützenvereine – Sociedades
de Atiradores – de Santa Cruz do Sul: um tiro certo na história do esporte no Rio
Grande do Sul. Esporte e Sociedade, Niterói: UFF, ano 7, n. 20, p. 122-153, 2012.
ASSMANN, Alice Beatriz; MAZO Janice Zarpellon. As sociedades de damas
atiradoras: pelos caminhos da prática do tiro ao alvo em Santa Cruz do Sul, Rio Grande
do Sul. Revista de Educação Física, Maringá: UEM, vol. 24, n. 4, p. 567-580, 2013.
ASSMANN, Alice Beatriz. O associativismo esportivo em Santa Cruz do Sul/Rio
Grande do Sul: configuração de práticas culturais (da década de 1880 à década de
1910). Dissertação (Mestrado em Educação Física/Ciências do Movimento) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.
ASSMANN, Alice Beatriz; MAZO, Janice Zarpellon; SILVA, Carolina Fernandes da.
Sport: uma concepção emergente no jornal Kolonie. Motrivivência, Florianópolis:
UFSC, vol. 29, p. 77-91, 2017.

13
ASSMANN, Alice Beatriz; MAZO, Janice Zarpellon. Turnen para além da ginástica:
configurações dinâmicas em um espaço de práticas esportivas. Revista Brasileira de
Educação Física e Esporte, São Paulo: USP, vol. 32, n. 2, p. 489-503.
ASSMANN, Beatriz Edelweis Steiner. Feliz, ontem e hoje. Porto Alegre: CORAG,
2009.
ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO PARQUE HISTÓRICO DA COLONIZAÇÃO
ALEMÃ. Parque histórico “Deutscher Kolonie Park”. In: Anais do IV e V Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras
(Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
ATAÍDE, Fernando Porto. As várias faces de um perfil: um estudo sobre os
trabalhadores da empresa Mercur (1924-1970). Dissertação (Mestrado em
Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 2018.
ATAÍDE, Fernando Porto. A contratação de jovens e crianças na indústria de Santa
Cruz do Sul: o caso da Mercur entre anos de 1924 e 1970. Ágora, Santa Cruz do Sul:
UNISC, vol. 20, p. 114-125, 2018.
ATKINSON, Roberto. O legado dos imigrantes. In: REINHEIMER, Dalva;
NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-
brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 134-146.
AUER, Peter. A(nother) scenario for new dialect formation: the German koiné in Rio
Grande do Sul. Språk i tid. Studiertillägnade Mats Thelander på 60-årsdagen.
Uppsala: Institutionen för nordiska språk, p. 57-70, 2005.
AUER, Peter; ARNHOLD, Jacinta; BUENO-ANIOLA, Cíntia. Being a ‘colono‘ and
being ‘daitsch‘ in Rio Grande do Sul: language choice and linguistic heterogeneity as a
resource for social categorisation. In: AUER, Peter (ed.). Style and social identities:
alternative approaches to linguistic heterogeneity. Berlin: Mouton de Gruyter, 2007, p.
85-120.
AULER, Tânia; WULFHORST, Ingo. Comunidade São Lucas: 1964-2014 –
resgatando a história. Porto Alegre: Solidus, 2014.
AULICH, Werner. Vom Pathos der Auswanderer: eine Einführung zum Verständnis der
deutschbrasilianischen Dichtung. Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 4, 1956.
AUTZ, Silvia. Linguagem e preconceito: discutindo o bullying nas ambiências
escolares da cidade de Panambi/RS. Dissertação (Mestrado em Práticas
Socioculturais e Desenvolvimento Social) – Universidade de Cruz Alta, 2015.
AVÉ-LALLEMANT, Robert. Reise durch Süd-Brasilien. Leipzig: F. A. Brockhaus,
1859.
AVÉ-LALLEMANT, Robert. Viagem pela província do Rio Grande do Sul (1858).
Belo Horizonte: Itatiaia, 1980.
AVELLO, Adriano Sequeira. A colônia do Pinhal (1850-57) – os imigrantes. Oficina
do Historiador, Porto Alegre: PUCRS, suplemento especial, p. 1870-1883, 2014.
AVELLO, Adriano Sequeira; SCHMITT, Denise Verbes; BORIN, Marta Rosa.
Fichtelgebirge: a colônia alemã de Pinhal no olhar dos viajantes. In: Anais Eletrônicos
do III Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2015.

14
AVELLO, Adriano Sequeira; CUNHA, Jorge Luiz da. Colônia Pinhal: a fundação
(1850-1857), Itaara-RS. História UNICAP, Recife: UNICAP, vol. 3, n. 6, p. 436-450,
2016.
AVELLO, Adriano Sequeira; CUNHA, Jorge Luiz da. À margem da história: o caso da
colônia Pinhal, Itaara-RS (1857-1894). In: WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo
Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações históricas e recentes. Lajeado:
Editora da Univates, 2017, p. 562-570.
AVELLO, Adriano Sequeira. À sombra do sucesso: dinâmica social numa colônia
alemã no sul do Brasil (Colônia do Pinhal – Itaara/RS, 1857-1814. Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade Federal de Santa Maria, 2018.
ÁVILA, Edna Ribeiro de; VILLANOVA, Gabriela. Imigrantes no Rio Grande do Sul:
possibilidades de pesquisa no acervo documental do Centro Histórico-Cultural Santa
Casa. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização: Saúde:
Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
ÁVILA, Luiz Carlos. História de Ijuí através da imprensa. (Sem indicações).
AXT, Gunter. A indústria da energia elétrica em São Leopoldo (1913-1946). Estudos
Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 32, n. 149, p. 91-110, 1996.
AXT, Gunter; KLIEMANN, Luíza H. S. Renner Hermann, 70 anos – uma história
nas cores. São Paulo: Prêmio Editora, 1997.
AXT, Gunter (org.). A. J. Renner: perfil, discursos e artigos (1931-1952). Porto
Alegre: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, 2003.
AXT, Gunter; BUENO, Eduardo. A. J. Renner (1884-1966): capitão de indústrias.
Porto Alegre: Paiol, 2013.
AXT, Gunter. De cavaleiro dos mostruários a capitão de indústria: trajetória empresarial
e política de A. J. Renner. In: FAY, Claudia Musa; RUGGIERO, Antonio de (orgs.).
Imigrantes empreendedores na história do Brasil: estudos de caso. Porto Alegre:
EDIPUCRS, 2014, p. 171-190.
AXT, Gunter (org.). Tradição e arte em receber (1808-2018). Porto Alegre:
SINDHA/SHPOA, 2018.
AZAMBUJA, Bernadete Maria (org.). Atlas escolar de Ijuí. Ijuí: Editora UNIJUI,
1994.
AZAMBUJA, Lissi Iria Bender. A escola comunitária e a preservação da cultura
herdade. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 4, número especial, p. 109-119, 1999.
AZAMBUJA, Lissi Iria Bender. Forno e fogão/Kochen und Backen I. Santa Cruz do
Sul: EDUNISC, 2001.
AZAMBUJA, Lissi Iria Bender. Forno e fogão/Kochen und Backen II. Santa Cruz do
Sul: EDUNISC, 2001.
AZAMBUJA, Lissi Iria Bender. Língua alemã: um legado dos imigrantes alemães para
Santa Cruz do Sul – RS. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2002.
AZAMBUJA, Lissi Iria Bender. Língua alemã – uma herança para ser cultivada. In:
Anais do IV e V Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2002). Lajeado: Associação Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.

15
AZAMBUJA, Lissi Iria Bender. Deutsch in Santa Cruz (do Sul) – Studium und
Analyse der gegenwärtigen Situation der Sprache. Tese (Doutorado em Ciência
Empírica da Cultura) – Universidade de Tübingen/Alemanha, 2016.
AZEVEDO, Paulo Sérgio de Souza de. A “pátria” e o tratamento aos “súditos do Eixo”:
a campanha de nacionalização nas páginas do jornal Correio de São Leopoldo. Anais
do I Colóquio discente de estudos históricos latino-americanos. São Leopoldo:
UNISINOS, 2015 p. 467-474.
AZEVEDO, Paulo Sergio de Souza de. Relações familiares e encontros étnicos em
um povoado rural: solidariedades e conflitos em Ijuí/RS (1890-1924). Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2018.
BAADE, Joel Haroldo. Questões pertinentes para a historiografia da igreja evangélica
no Brasil. In: Anais do XVII Simpósio de Hitória da Imigração e Colonização:
Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
BAADE, Klaus. Friedrich Fabri und der Imperialismus der Bismarckzeit. Freiburg:
Atlantis, 1975.
BACHMANN, E. Theodore. Lutherans in Brazil: a story of emerging ecumenism.
Minneapolis: Augsburg Publishing House, 1970.
BACKES, Wunibaldo. Santo Antônio da Patrulha: memórias do Padre. Porto Alegre:
EST, 1998.
BADER, Wolfgang. Entre a metafísica e o trabalho: os alemães na literatura brasileira.
Humboldt, Bonn: Inter Nationes, n. 52, p. 49-59, 1986.
BÄRNERT-FÜRST, Ute. Mantença e mudanças linguísticas no município de
Panambi: estudo qualitativo e quantitativo. Dissertação (Mestrado em Linguística) –
Universidade de Campinas, 1989.
BÄRNERT-FÜRST, Ute. Conservation and displacement processes of the German
language in the speech community of Panambi, Rio Grande do Sul, Brazil. In:
BEREND, Nina; MATTHEIER, Klaus J. (eds.). Sprachinselforschung. Eine
Gedenkschrift für Hugo Jedig. Frankfurt/M: Peter Lang, 1994, p. 273-287.
BAGUET, A. Viagem ao Rio Grande do Sul, séc. XIX. Santa Cruz do Sul:
EDUNISC, 1997.
BAHIA, Joana; SANTOS, Miriam (org.). Migrações, redes e trajetórias entre a
Alemanha e o Brasil. Porto Alegre: Letra&Vida, 2015.
BAIOTO, Carlos Daniel; LUZ, Renato da. Santa Cruz do Sul. Porto Alegre: Martins
Livreiro, 1998.
BAKOS, Margaret Marchiori. O imigrante europeu e o trabalho escravo no Rio Grande
do Sul. Veritas, Porto Alegre: PUCRS, n. 112, p. 455-461, 1983.
BAKOS, Margaret Marchiori. O imigrante europeu e o trabalho escravo no Rio Grande
do Sul. In: Anais do IV Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no
Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1987.
BALD, Marcela; MACHADO, Neli Teresinha Galarce. A história regional através do
acevo fotográfico do Tiro de Guerra 239/Santa Clara do Sul/RS. Destaques
Acadêmicos, Lajeado: UNIVATES, vol. 1, n. 2, p. 19-26, 2009.

16
BALDAUF, João S. Algo sobre os corais no Rio Grande do Sul. In: Anais do 1º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo, 1974.
BALLER, Gisele Inês. Espaços de memória e construção de identidades: estudo de
dois casos na região de colonização alemã no RS. Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
BALLER, Gisele Inês. O museu de imigração alemã como lugar de estudo da
identidade étnica teuto-brasileira. In: Anais do XVII Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006).
São Leopoldo: Oikos, 2008.
BALZAN, Carina Fior Postingher. Carl Winter: um alemão em Santa Fé. Dissertação
(Mestrado em Letras e Cultura Regional) – Universidade de Caxias do Sul, 2008.
BANCO AGRÍCOLA MERCANTIL S. A.: um símbolo de confiança em negócios
bancários – 1904/1954. Porto Alegre: Gress, Trein e Cia. Ltda., 1954.
BANDEIRA, Moniz. O milagre alemão e o desenvolvimento do Brasil: as relações
com o Brasil e a América Latina (1949-1994). São Paulo: Editora Ensaio, 1994.
BANDEIRA, Pedro Silveira. Algumas hipóteses sobre as causas das diferenças
regionais quanto ao capital social no Rio Grande do Sul. In: CORREA, Sílvio Marcus
de Souza (org.). Capital social e desenvolvimento regional. Santa Cruz do Sul:
EDUNISC, 2003, p. 15-59.
BARANOW, Ulf Gregor. Studien zum deutsch-portugiesischen Sprachkontakt in
Brasilien. Tese (Doutorado em Linguística) – Ludwig Maximilian-Universität,
Munique/Alemanha, 1973.
BARBIAN, Hilário. Círculo Operário e sindicalismo em Ijuí/RS – 1923/1946.
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Santa Catarina,
Florianópolis, 1991.
BARBIAN, Nikolaus. Auswärtige Kulturpolitik und „Auslandsdeutsche” in
Lateinamerika 1949-1973. Wiesbaden: Springer VS, 2014.
BARBIARO, Benjamin. A ocupação da terra e a consequente agressão ao meio natural.
Um estudo da área de colonização alemã no RGS de 1824 a 1830. In: Anais do 6º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.
BARBIERI, Therezinha Jesus P. Castro. Fragatas e bergantins – uma leitura de “Amor
de perdição” e “A ferro e fogo” de Josué Guimarães. Rio de Janeiro: PUCRJ, 1990.
BARBIERI, Therezinha. Colonização a ferro e fogo. In: REMÉDIOS, Maria Luiza
Titzel (org.). Josué Guimarães: o autor e sua ficção. Porto Alegre: Editora da
Universidade-UFRGS/EDIPUCRS, 1997, p. 27-37.
BARBOSA, Eni. O órgão fazendário no Rio Grande do Sul e as finanças leopoldenses.
In: Anais do IV Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1987.
BARBOSA, Fidelis Dalcin. Os fanáticos de Jacobina. Porto Alegre: EST, 1976.
BARBOSA, Fidélis Dalcin. Luís Bugre: o indígena diante dos imigrantes alemães.
Porto Alegre: Escola Superior de Teologia São Lourenço de Brindes, 1977.

17
BARCELLOS, Ramiro Frota. Missão histórico-cultural de Koseritz. In: Rio Grande:
tradição e cultura. Porto Alegre: Flama, 1970, p. 161-165.
BARCELOS, Ramiro Frota. Breves considerações psicanalíticas em torno da
personalidade de Jacobina Maurer. In: Anais do 1º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo, 1974.
BARCELOS, Ramiro Frota. Jubileu médico. In: Anais do Instituto Histórico de São
Leopoldo (vol. II). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1979/1981 e
1981/1983.
BARCELOS, Ramiro Frota. Pe. Pedro Schneider, S. J. In: Anais do Instituto Histórico
de São Leopoldo (vol. II). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo,
1979/1981 e 1981/1983.
BARCELOS, Ramiro Frota. O 50º aniversário da usina da Toca. In: Anais do IV
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1987.
BARDEN, Júlia Elisabete; AHLERT, Lucildo. Fluxos migratórios e distribuição da
renda interna na evolução da economia do vale do Taquari no período de 1930-70.
Estudos do CEPE (UNISC), vol. 17, p. 61-89, 2003.
BARDEN, Júlia Elisabete; SINDELAR, Fernanda Cristina Wiebusch; CONTO, Samuel
Martim de; AHLERT, Lucildo; SANTOS, R. O fluxo migratório no Vale do Taquari/RS
e as implicações sobre a dinâmica da economia. In: Anais do XI Encontro sobre os
aspectos econômicos e sociais da Região Nordeste do RS. Caxias do Sul, 2012.
BARDONI, Ediane E. Azevedo. Flor do Sul e amnésia cultural: um clube de negros,
uma geração e o esquecimento – Taquara/RS – 1975/2014. Protestantismo em revista,
São Leopoldo: EST, vol. 41, p. 3-15, 2016.
BARRETO, Abeillard. Joseph Hörmeyer e sua obra relativa ao Brasil. In:
HÖRMEYER, Joseph. O que Jorge conta sobre o Brasil. Rio de Janeiro: Presença,
1966, p. 7-11.
BARRETO, Eneida Weigert Menna. Demônios e sábios no Ferrabrás: uma leitura de
Videiras de cristal. Porto Alegre: Editora da Universidade-UFRGS, 2001.
BARROSO, Gustavo. O mistério do sangue. In: BARROSO, Gustavo. História secreta
do Brasil. Terceira parte: Da Maioridade à República. Rio de Janeiro: Civilização
Brasileira, 1938, p. 281-298.
BARROSO, Vera Lúcia Maciel (org.). Raízes de Santo Antônio da Patrulha, São
Francisco de Paula e Tramandaí. Porto Alegre: EST Edições, 1992.
BARROSO, Véra Lúcia Maciel. Portugueses: continentais e insulares no Vale do Rio
Pardo. In: Anais do VI Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos,
2004.
BARROSO, Véra Lucia Maciel; BRUSIUS, Liege Lana; SCHENKEL, Dislaine. Raízes
de Igrejinha. Porto Alegre: EST Edições, 2008.
BARROSO, Véra Lúcia Maciel. Alemães na colonização do Caraá. In: ELY, Nilza
Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.

18
BARROSO, Véra Lucia Maciel et al. (orgs.). Raízes de Nova Hartz: XXII Encontro
dos Municípios Originários de Santo Antonio da Patrulha. Novo Hamburgo: Um
Cultural, 2012 (2 vols.).
BARSENWISCH, Julius von. Deutsche Ortsnamen in Rio Grande do Sul. Deutsche
Erde, Gotha/Alemanha, vol. 4, p. 139-143, 1905.
BARSENWISCH, Julius von. Die deutschen Kolonien im 5. und 6. Distrikt des
Munizips Pelotas, Staat Rio Grande do Sul (Brasilien). Deutsche Erde,
Gotha/Alemanha, vol. 11, n. 4/5, p. 125-130, 1912.
BARTEL, Carlos Eduardo. Judeus-alemães e o movimento sionista no Rio Grande do
Sul. In: COSTA, Miguel Ângelo S. da et al. (orgs.). Explorando possibilidades:
experiências e interdependências entre imigrantes alemães, seus descendentes e outros
mais no Brasil Meridional. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2009, p. 99-119.
BARTELT, Dawid D. Die Auslandsorganisation der NSDAP in Brasilien im
Rahmen der deutsch-brasilianischen Beziehungen, 1931 bis 1939. Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade Livre de Berlim, 1991.
BARTH, Jutta. Participação e desenvolvimento local: balanço de uma década de
cooperação técnica alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Sulina, 2002.
BARTH, Marina Amanda. Arqueologia no vale do rio Pardo: da arqueologia
comunitária à arqueologia científica e patrimonial. S. l.: s. e., 2014.
BARTH, Marina et al. Da Caixa Rural à Sicredi: rumo ao centenário do
cooperativismo de crédito no Vale do Rio Pardo. Santa Cruz do Sul: Editora Gazeta
Santa Cruz, 2014.
BARTMANN, Tatiane. Justiça do trabalho: entre a “lei” e a “realidade” (1941-1945).
Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 2014.
BASSAN, Dilani S.; SIEDENBERG, Dieter Rugard. Desenvolvimento desigual na
região do Vale do Rio Pardo. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 8, n. 1, p. 121-
150, 2003.
BASTIAN, Clovis Pedro. Campina das Missões: nossa terra, nossa gente. Campina das
Missões: s. e., 2006.
BASTOS, Fernandes. Noite dos reis. Porto Alegre: Globo, 1935.
BASTOS, Manuel E. Fernandes. Colonização alemã no Rio Grande do Sul: a colônia de
Três Forquilhas. Revista do Museu Júlio de Castilhos e Arquivo Histórico do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, n. 8, p. 5-17, 1957.
BASTOS, Maria Helena Camara. Professorinhas da nacionalização: a representação do
professor riograndense na Revista do Ensino, 1939-1942. Em Aberto, Brasília, n. 61, p.
135-143, 1994.
BASTOS, Maria Helena Camara. Rio Grande do Sul durante o Estado Novo: uma
política de nacionalização do ensino (1937-1945). Educação, Porto Alegre, ano XXI, n.
34, p. 33-69, 1998.
BASTOS, Maria Helena Camara; JACQUES, Alice Rigoni; ALMEIDA, Dóris
Bittencourt (orgs.). Do Deutscher Hilfsverein ao Colégio Farroupilha/RS: memórias
e histórias (1858-2008). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2013.

19
BASTOS, Maria Helena Camara; TAMBARA, Elomar Callegaro. A nacionalização do
ensino e a renovação educacional no Rio Grande do Sul. In: QUADROS, Claudemir de
(org.). Uma gota amarga: itinerários da nacionalização do ensino no Brasil. Santa
Maria: editoraufsm, 2014, p.71-117.
BASTOS, Maria Helena Camara; JACQUES, Alice Rigoni. Liturgia da memória
escolar: Memorial do Deutscher Hilfsverein ao Colégio Farroupilha (2002). Revista
Linhas, Florianópolis, vol. 15, n. 28, p. 29-76, 2014.
BAUM, Loretta. German political designs with reference to Brazil. Hispanic American
Historical Review, vol. 2, 1919.
BAYSDORF, Nataniel Coswig; RODRIGUES, Paulo Roberto Quintana. A etnia
pomerana no sul do Rio Grande do Sul: autonomia, identidade e as influências externas
da globalização e sua preservação através de feriados religiosos. In: XVI CIC –
Pesquisa e Responsabilidade Ambiental. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas,
2007.
BAYSDORF, Nataniel Coswig. Aspectos histórico-geográficos dos feriados pomeranos
no sul do Rio Grande do Sul. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores
da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto
Superior de Educação/CORAG, 2009.
BECKER, Andréia Braun; SINDELAR, Fernanda Cristina Wiebusch. A migração para
o vale do Taquari/RS: análise dos determinantes e expectativas dos migrantes. In:
WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.).
Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 56-67.
BECKER, Bruno Schwanck. Família Schwanck e descendência. In: ELY, Nilza Huyer
(ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
BECKER, Ítala Irene Basile. O índio kaingáng e a colonização alemã. Anais do 2º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1976.
BECKER, Klaus. A fundação e os primeiros 30 anos de Teutônia. In: I Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros. Porto Alegre: Faculdade de Filosofia da Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, 1963.
BECKER, Klaus. O episódio dos Mucker. In: BECKER, Klaus (ed.). Enciclopédia
Rio-Grandense (vol. 2). Porto Alegre: Sulina, 1968, p. 183-190.
BECKER, Klaus (org.). Enciclopédia Riograndense (vol. 5). Porto Alegre: Livraria
Sulina, 1968.
BECKER, Klaus. Imprensa em língua alemã (1852-1889). In: Enciclopédia
Riograndense (vol. 2). Porto Alegre: Livraria Sulina, 1968, p. 267-282.
BECKER, Klaus. Alemães e descendentes do Rio Grande do Sul na Guerra do
Paraguai. Canoas: Hilgert & Filhos Ltda., 1968.
BECKER, Klaus. Apontamentos sobre os judeus alemães no Rio Grande do Sul no
tempo do Império. In: Anais do 1º Simpósio de História da Imigração e Colonização
Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo, 1974.
BECKER, Klaus. Os colonos alemães e sua contribuição para a navegação fluvial no
Rio Grande do Sul de 1842 a 1845. In: Anais do 3º Simpósio de Imigração e

20
Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1980.
BECKER, Klaus. Razões da participação dos alemães na Revolução Farroupilha. In: III
Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980, p. 495-501.
BECKER, Klaus. A Revolução Farroupilha e os Musterreiter. In: Anais do 5º Simpósio
de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1982.
BECKER, Klaus. A introdução do bolão no Rio Grande do Sul. In: Anais do 4º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1987.
BECKER, Klaus. Os primeiros professores particulares evangélicos no antigo
município de São Leopoldo (1825-1865). In: Anais do 7º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1986). Nova
Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
BECKER, Jakob. Unsere Stellung zur Sprachenfrage. Porto Alegre: Typographia do
Centro, 1924.
BECKER, Renato L. Do púlpito ao palanque. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1992.
BECKER, Rudolf. Deutsche Siedler in Rio Grande do Sul: eine Geschichte der
deutschen Einwanderung. Ijuí: Verlag der Serra-Post, 1938.
BECKER, Rudolf. Igrejas Evangélicas. In. BECKER, Klaus (ed.). Enciclopédia
Riograndense (vol. 4). Canoas: Editora Regional Ltda., 1957, p. 129-178.
BECKER, Tiago. Rede Sinodal de Educação: princípios norteadores das escolas
evangélicos-luteranas. Tese (Doutorado em Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo,
2018.
BECKER, Tuio. Todo falado e cantado em alemão. In: SCHILLING, Voltaire et al.
Culturas em movimento: a presença alemã no Rio Grande do Sul. Guaíba: RIOCELL,
1992, p. 76-85.
BECKER, Victor L. Um povoado teuto-brasileiro: desenvolvimento e decadência.
Estudos Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, n. 4, p. 45-79, 1967.
BEER, Otto William. 25 Jahre unter dem Südlichen Kreuz. Schilderung der 25-
jährigen Tätigkeit der Evangelisch-Lutherischen Kirche (Missourisynode) in
Südamerika. Porto Alegre: Casa Publicadora Concórdia, 1925.
BEHREND, Martin Herz. O 5 de Abril. Porto Alegre: Metrópole Ind. Gráfica, 2002.
BEHREND, Martin Herz; MAAHS, Guto. Rio dos Sinos – o sinuoso do sul do Brasil.
Novo Hamburgo: Um Cultural, 2010.
BEHS, Edelberto. O processo de abrasileiramento da “Igreja dos alemães”.
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Santa Catarina,
Florianópolis, 2001.
BEIERSDORF, Cassia; WEIDUSCHADT, Patrícia. Arroio do Padre/RS e sua
identidade luterana: práticas de educação e cultura de uma comunidade (1950-1960).
Revista Latino-Americana de História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 2, n. 7, p.
421-437, 2013.

21
BEILKE, Neubiana Silva Veloso. Do nativo ao pomerano: as línguas, os dialetos e
falares vivos de um Brasil pouco conhecido. Domínios de Lingu@gem, Uberlândia:
UFU, vol. 7, n. 1, p. 263-283, 2013.
BEILKE, Neubiana Silva Veloso. Ach ja! Fraseologismos em pomerano e em alemão.
Domínios de lingu@gem, Uberlândia: UFU, vol. 8, n. 2, p. 178-201 2014.
BEISER, Ana Cristina. Frederico Augusto Ritter: de cervejeiro a doceiro. Porto
Alegre: EDIPUCRS, 2009.
BEISER, Ana Cristina. De uma fábrica de antigamente a uma indústria
racionalizada: o processo de desenvolvimento da Ritter Alimentos. Tese (Doutorado
em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2012.
BELING, Romar Rudolfo (coord.). Terra de bravos: imigração alemã no Brasil, 180
anos. Santa Cruz do Sul: Gazeta de Santa Cruz, 2007.
BEMFICA, Carolina Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da Patrulha e
Caraá. Porto Alegre: EST, 2000.
BEN, Fernanda. Rumo à cidade. In: Anais do XVI Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América
Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
BENDER, Ivo. Trilogia perversa. Porto Alegre: Editora da Universidade-UFRGS,
1988.
BENDER, Ivo. Contos. Porto Alegre: L&PM, 2010.
BENDER, Lissi. Spurensuche: Deutsche Sprache und Kultur in Santa Cruz do Sul –
Rastros da presença alemã em Santa Cruz. Santa Cruz do Sul: Editora Gazeta, 2014.
BENDER, Lissi. Deutsch in Santa Cruz (do Sul): Studium und Analyse der
gegenwärtigen Situation der Sprache. Tese (Doutorado em Ciências Econômicas e
Sociais) – Eberhard Karls Universität, Tübingen, 2016.
BENDER, Simone Manfredini. Capital social e desenvolvimento em São Leopoldo.
Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz
do Sul, 2007.
BENCHIMOL, Jaime L. Relações médicas e científicas entre o Brasil e o mundo
germânico (1850-1918). In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
BENTO, Cláudio Moreira. A imigração e colonização alemã no Rio Grande do Sul nas
obras de viajantes estrangeiros. Os “Brummer”, os primeiros pontoneiros do Exército
Brasileiro. In: Anais do 1º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã
no Rio Grande do Sul. São Leopoldo, 1974.
BENTO, Cláudio Moreira. Estrangeiros e descendentes na história militar do Rio
Grande do Sul (1635 a 1870). Porto Alegre: A Nação/DAC/SEC, 1976.
BENTO, Cláudio Moreira. Os Brummer: a legião alemã a serviço do Brasil na guerra
1851-1852. São Leopoldo: Museu Histórico Visconde de São Leopoldo, 1981.
BENTO, Cláudio Moreira. Bibliografia da Revolução Farroupilha. In: Anais do 6º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.

22
BENTO, Cláudio Moreira. Revista dos 200 anos de Canguçu. Canguçu: ACANDHIS,
2000.
BENTO, Cláudio Moreira. O imigrante alemão e descendentes na história militar do
RS. In: Anais do IV e V Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
BENTO, Cláudio Moreira. Canguçu, reencontro com a história (um exemplo de
reconstituição de memória comunitária). Barra Mansa: ACANDHIS/Gráfica e
Editora Irmãos Drumond Ltda., 2007.
BERCHT, Arnaldo; ENGLERT, Gaston; FRIEDERICHS, J. Aloys. Grundsätzliche
Betrachtungen zur Anschlussfrage. Porto Alegre: Livraria do Centro, 1937.
BERGAMASCHI, Osvaldo. Uma vida de histórias. Lajeado: Darde Editor, 2017.
BERGER, Agenor. Postura da Igreja Evangélica Luterana do Brasil frente ao
regime militar (1964-1985). Dissertação (Mestrado em Teologia) – Programa de Pós-
Graduação em Teologia das Faculdades EST, São Leopoldo, 1994.
BERGER, Manfredo. Einwandererkirche im Umbruch: eine soziologische Studie.
Lutherische Rundschau, Stuttgart, vol. 18, n. 4, p. 358-375, 1969.
BERGER, Manfredo. A função da igreja no processo de aculturação dos teuto-
brasileiros. In: II Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Recife: Editora da
Universidade Federal de Pernambuco, 1974.
BERGESCH, Cecília Adelaide. Política de nacionalização e suas repercussões nas
igrejas e escolas do vale do Taquari (1930-1945). Dissertação (Mestrado em História)
– Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.
BERGESCH, Herbert. A virada do milênio: história e memória (vol. 1). Colinas: s. e.,
2000.
BERGESCH, Herbert. A virada do milênio: história e memória (vol. 2). Colinas: s. e.,
2003.
BERLEPSCH, Hans von; JHERING, Hermann von. Die Vögel der Umgegend von
Taquara do Mundo Novo, Provinz Rio Grande do Sul. Budapest: Buchdruckerei des
Franklin-Vereins, 1885.
BERNARDES, Nilo. A colonização europeia no sul do Brasil. Boletim Geográfico,
Rio de Janeiro, ano X, n. 106, 1952.
BERNARDES, Nilo. Bases geográficas do povoamento do Rio Grande do Sul. Ijuí:
UNIJUI, 1997.
BERNST, Jaime M. Ilsa Bernst Porto – uma vida pela educação em Dom Pedro de
Alcântara. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo.
Porto Alegre: EST, 2010.
BEROLDT, Leonardo; GRISEL, Pierre-Nicolas; SCHMITZ, José A. K. Evolução e
diferenciação da agricultura no Vale do Taquari: um estudo comparado de dois sistemas
agrários. In: MENASCHE, Renata (org.). A agricultura familiar à mesa: saberes e
práticas da alimentação no Vale do Taquari. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007.
BERTAZZO, Cláudio José. A agricultura de base ecológica no Corede Vale do Caí
(RS). Tese (Doutorado em Geografia) – UNESP, Presidente Prudente, 2009.

23
BERVIAN, Frederico. Desde os primórdios: a história de Arroio Veado, hoje
Presidente Lucena. Nova Petrópolis: Associação Theodor Amstad, 2006.
BESCHOREN, Max. Beiträge zur näheren Kenntnis der brasilianischen Provinz
São Pedro do Rio Grande do Sul. Gotha: Perthes, 1889.
BESCHOREN, Maximiliano. Impressões de viagem na província do Rio Grande do
Sul (1875-1887). Porto Alegre: Martins Livreiro, 1989.
BESCHORNER, Luciana. Colégio Teutônia: um estudo de caso na história da educação
no Rio Grande do Sul. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.).
História, cultura e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS,
2005, p. 337-344.
BETING, Gianfranco. VARIG – eterna pioneira. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012.
BETTEGA, Maria Lúcia. Nova Palmira: duas etnias em uma mesma colônia. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 293-302.
BEUTER, Ivo. De Alsenau a Panambi: a história de Panambi desde o tempo dos
índios guaranis até o ano de 1955, ano da instalação do município. Porto Alegre:
Pallotti, 2014.
BICCA, Paulo. Arquiteto Theo Wiederspahn: um eclético no sul do Brasil. Letras de
Hoje, Porto Alegre: PUCRS, vol. 45, n. 4, p. 48-53, 2010.
BIEHL, João Guilherme. Jammerthal, o vale das lamentações – crítica à construção
do messianismo Mucker. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Universidade Federal
de Santa Maria, 1991.
BIEHL, João Guilherme. Apontamentos para uma arqueologia Mucker. Revista da
Associação Psicanalítica de Porto Alegre, Porto Alegre: Artes e Ofícios, n. 10, 1994.
BIEHL, João Guilherme. Jammerthal, the Valley of Lamentation – the Mucker war:
a contribution to the history of local germanism in 19th century southern Brazil. Tese
(Doutorado em Antropologia) – Universidade da Califórnia, Berkeley, 1996.
BIEHL, João Guilherme. Uma tribo que pensa e negocia em alemão: uma contribuição
à história evangélica do germanismo no sul do Brasil, século XIX. In: FISCHER, Luís
A.; GERTZ, René E. (orgs.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da
Universidade-UFRGS, 1996, p. 227-237.
BIEHL, João Guilherme. A guerra dos imigrantes: o espírito alemão e o estranho
Mucker no sul do Brasil. In: Psicanálise e colonização: leituras do sintoma social no
Brasil. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 1999, p. 148-168.
BIEHL, João Guilherme. Cultura e poder no tempo dos Mucker. Martius-Staden-
Jahrbuch, São Paulo, n. 49, p. 163-182, 2001/2002.
BIEHL, João Guilherme; RUPENTHAL, Rejane; BLUME, Sandro. Entre as
Montanhas: o sonho de Ruben Kirschner. Porto Alegre: Literalis, 2004.
BIEHL, João. The Mucker War: a history of violence and silence. In: GOOD, Mary-Jo
DelVecchio et al. (eds.). Postcolonial disorders. Berkeley: University of California
Press, 2008, p. 279-308.
BIER, Augusto Franke. Alles blau: as aventuras do alemão-batata na terra do
cambalacho. Porto Alegre: Sulina, 1989.

24
BIER, [Augusto Franke]. Humor. In: FISCHER, Luís A.; GERTZ, René E. (orgs.). Nós,
os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da Universidade-UFRGS, 1996, p. 352-365.
BIER, Augusto Franke. O desenho de humor no resgate da identidade cultural:
análise de personagens étnicos em um semanário gaúcho. Dissertação (Mestrado em
Comunicação e Informação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto
Alegre, 2002.
BIER, Terezinha Benfica. Uma leitura interessante. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom
Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
BIERI, Frederico. Deutsches Lehr- und Lesebuch für Brasilien. Porto Alegre:
Gundlach, 1894.
BIERI, Frederico. Novo methodo para aprender a língua alemã sem fazer
traduções. Porto Alegre: Gundlach, 1894.
BILDER aus Südbrasilien. Porto Alegre: Cäsar Reinhardt, 1930.
BILHÃO, Isabel. A vida na “babel operária”: inter-relações entre as identidades étnica e
operária no mundo do trabalho (Porto Alegre, 1896-1920). In: Anais do XVII
Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações
Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
BINDE, Ademar Campos. As etnias em Ijuí: os alemães. Ijuí: s. e., 2005.
BINDÉ, Ademar Campos. Ijuí – histórias revividas: 100 anos de emancipação.
Espumoso: Gráfica Lida, 2012.
BINS, Alberto. Relatório apresentado ao Conselho Municipal. Porto Alegre: A
Federação, 1928.
BINS, Alberto. Elementos retrospectivos do problema resolvido em 1928 pela
administração municipal. Porto Alegre: Globo, 1947.
BIRKHEAD, Ceres Boeira. Constructing a home in the New World: the immigrant’s
experience as reflected in German-Brazilian almanacs and newspapers, 1850-1930. In:
SONNTAG, Iliana L. (ed.). Intellectual migrations: transcultural contributions of
European and Latin American Emigres: papers of the Thirty-First Annual Meeting of
Seminar on the Acquisition of Latin American Library Materials – Berlin, 20-25 April
1986. Madison: University of Wisconsin, 1986.
BISCHOFF, Marcelo Belmiro. A importância de Santa Cristina do Pinhal para São
Leopoldo. In: BEMFICA, Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da
Patrulha e Caraá. Porto Alegre: EST, 2000, p. 195-198.
BITTENCOURT, Doris Maria Machado de. Rotas da imigração alemã no Vale do
Rio Pardo: a Rio Pardinho – Sinimbu Strassendorf. Porto Alegre: Marcavisual, 2008.
BITTENCOURT, Dóris Maria Machado de. Rotas da imigração alemã na região do
Vale do Rio Pardo: a Rio Pardinho Strassendorf. Fórum Patrimônio: ambiente
construído e patrimônio sustentável, Belo Horizonte, vol. 3, n. 2, 2009.
BITTENCOURT, Dóris Maria Machado de. Rio Pardinho Strassendorf. Anais do 3º
Colóquio Ibero-Americano Paisagem Cultural, Patrimônio e Projeto – Desafios e
Perspectivas. Belo Horizonte, 2014.

25
BITTENCOURT, Dóris Maria Machado de et al. As primeiras indústrias, a arquitetura
utilitária e o espaço fabril em Santa Cruz do Sul. Revista Jovens Pesquisadores, Santa
Cruz do Sul, vol. 6, n. 2, p. 99-114, 2016.
BITTENCOURT, Dóris Maria Machado de; KELLER, Milton Roberto. Paisagem da
“Maria Fumaça” de Santa Cruz do Sul. In: Anais do 1º Simpósio Científico ICOMOS
Brasil. Belo Horizonte, 2017.
BLACK, Olavo. Colinas da Esperança: Conventos – 150 anos de história. Lajeado:
Evangraf, 2004.
BLANK, Gisleia Simone Devantier. Contando cantando: a memória através da música
pomerana. In: ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo
Luis dos (orgs.). Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São
Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p. 186-200.
BLANK, Renato Leitzke. O catecismo como recurso pedagógico nas escolas paroquiais
do Sínodo de Missouri (1940-1954). In: ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz
da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações: perspectivas e avanços teórico-
metodológicos. São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p. 26-39.
BLAU, Josef. Baiern in Brasilien. Munique: Edmund Ganz Verlag, 1958.
BLIND, Sisi. Ecos de uma história silenciosa: grupos de OASE da IECLB.
Dissertação (Mestrado em Teologia) – Escola Superior de Teologia, São Leopoldo,
2009.
BLOS, Armin Rudy; BLOS, Raul Gilberto. Clube 15 de Novembro – rumo ao
centenário de futebol. São Leopoldo: Editora OIKOS, 2007.
BLUM, Loiva. Empréstimos lexicais do português em falares dos descendentes de
imigrantes alemães. Dissertação (Mestrado em Letras) – Pontifícia Universidade
Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1984.
BLUME, Sandro. Corpo enfermo, corpo morto: doenças e moléstias nas colônias
alemãs. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
BLUME, Sandro. Cemitérios das colônias alemãs: elementos escultórios como
indicativo de prosperidade econômica e mobilidade social. In: Anais do XIX Simpósio
de História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial.
São Leopoldo: Oikos, 2010.
BLUME, Sandro. “O falecido era um homem muito teimoso, de pura teimosia não
pisou mais na igreja nos últimos anos”: práticas discursivas enaltecendo ou depreciando
a conduta religiosa do falecido em vida, contidas em registros de óbitos e necrológios.
In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos Antônio (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 520-536.
BLUME, Sandro. Morte e morrer nas colônias alemãs do Rio Grande do Sul:
recortes do cotidiano. São Leopoldo: OIKOS, 2015.
BLUME, Sandro. “No céu não há mais sofrimento, nenhuma morte ou perecimento; lá
Deus seca nossas lágrimas num reencontro eterno”: relatos de enfermidades, dor e
agonia eternizados em necrológios e lápides. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações: religiões e
espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 300-314.

26
BLUME, Sandro. Resignação na vontade de Deus: dores e sofredores, cura e curadores
nas colônias alemãs do Rio Grande do Sul. In: ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA,
Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações: perspectivas e avanços
teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p. 467-482.
BLUME, Wellington Augusto. Perspectivas de identidade: um estudo comparado entre
a Kolonie Hartz Fest (Rio Grande do Sul/Brasil) e a Fiesta Nacional Del Inmigrante
(Misiones/Argentina). In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 882-898.
BLUME, Wellington Augusto; WITT, Marcos Antônio. Organização social e
mobilidade espacial: estudo sobre imigrantes alemães e descendentes no Brasil e na
Argentina. Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 16, p. 97-111, 2014.
BLUMENTHAL, Gladis Wiener (org.). Em terras gaúchas: a história da imigração
judaico-alemã. Porto Alegre: SIBRA, 2001.
BOBSIN, Augusto da Silva. Galpões do vale do rio Três Forquilhas (RS): hibridismo
e paisagem cultural. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do
Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.
BOBSIN, Oneide. Migração, urbanização e proletarização. Estudos Teológicos, São
Leopoldo: EST, ano 29, n. 2, p. 207-227, 1989.
BOBSIN, Oneide. Os rostos do pentecostalismo gaúcho. In: DREHER, Martin N.
(org.). Populações rio-grandenses e modelos de igreja. Porto Alegre/São Leopoldo:
Edições EST/Sinodal, 1998.
BOBSIN, Oneide. Luteranos em casa, na igreja e na política. Estudos Teológicos, São
Leopoldo: EST, ano 41, n. 1, p. 37-56, 2001.
BOBSIN, Oneide. Ladrões de cavalo e carismáticos – entre Mecklenburg e Buterbach.
In: MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜGGE, Erny; HAUENSTEIN, Iria (orgs.).
Construindo diálogos. História, educação e ecumenismo. Homenagem a Martin N.
Dreher. São Leopoldo: OIKOS, 2010, p. 73-86.
BOBSIN, Oneide. Protestantismo à brasileira: Vale Três Forquilhas. In: BOBSIN,
Oneide; LINK, Rogério Sávio; PAZ, Nivia Ivette Núñez de la; REBLIN, Iuri Andréas
(orgs.). Uma religião chamada Brasil: estudos sobre religião e contexto brasileiro. São
Leopoldo: OIKOS/EST, 2012, p. 138-154.
BOBSIN, Oneide. Igreja e ditadura civil-militar: vozes dissonantes. Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, vol. 56, n. 1, p. 150-165, 2016.
BOCCHESE, Marcell; ARENDT, João Claudio. Sobre cabarés, figurões e prostitutas
em A ferro e fogo I, de Josué Guimarães. Conexão, Caxias do Sul: UCS, vol. 10, n. 19,
p. 127-140, 2011.
BOELITZ, Otto. Vom deutschen Schulwesen in Brasilien. Pädagogisches
Zentralblatt, vol. 8, n. 6, p. 356-375, 1928.
BOFF, Angélica Bersch. Trajetória social e musical de um coral – uma história a ser
escrita. In: RAMOS, Eloísa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São
Leopoldo: Oikos, 2014, p. 20-40.

27
BOFF, Luiz Carlos. O populismo verde – 1945/1950: o caso do PRP em Ijuí.
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade de Passo Fundo, 2003.
BOHN, Ana Paula Juchem. As visões do padre Balduíno Rambo S. J. sobre a imigração
e a colonização alemã no Rio Grande do Sul. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da
Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). A história da
imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 1793-1801.
BOHN, Remídio. Características histórico-religiosas do imigrante alemão no RS.
Teocomunicação, Porto Alegre: PUCRS, vol. 3/4, n. 18/24, p. 143-155, 1973/1974.
BOHN, Selbrício. Os imigrantes do Hunsrück. Nova Petrópolis: Editora Amstad,
2004.
BOHNEN, Aloysio; ULMANN, Reinholdo Aloysio. A atividade dos jesuítas de São
Leopoldo (1844-1989). São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 1989.
BOHNEN, Aloysio. Pe. Theodoro Amstad, S. J.: um eminente apóstolo social. Estudos
Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 29, n. 133, p. 77-88, 1993.
BOHNEN, Aloysio. Pe. Teodoro Amstad, SJ. São Leopoldo: Editora UNISINOS,
2000.
BOHNENBERGER, Ernani Luiz. A resistência dos agricultores familiares às
inovações tecnológicas. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) –
Universidade de Santa Cruz do Sul, 2001.
BOHNS, Neiva Maria Fonseca. Continente improvável: artes visuais no Rio Grande
do Sul – do final do século XIX a meados do século XX. Tese (Doutorado em Artes
Visuais) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.
BOHRER, Patrícia Vianna. Microcorredores da cultura em Dom Pedro de Alcântara:
memória e vida do patrimônio cultural imaterial. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom
Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
BOHRER, Renilda Vahl. Arroio do Padre: etnia e religião. In: Anais do IV e V
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
BOHRER, Renilda Vahl. Escola e religião: a preservação da solidariedade na
comunidade rural de Arroio do Padre. In: Anais do XIV Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Colonização e imigração no contexto das comemorações
dos 500 anos: os imigrantes descobrem o Brasil (São Lepoldo, 2000). São Leopoldo:
Oikos, 2009.
BONES, Elmar; HASSE, Geraldo. Pioneiros da ecologia. Porto Alegre: Já Editores,
2002.
BONES, Elmar. SLC 60 anos: a história. Porto Alegre: L&PM, 2005.
BONHO, Daniel Vicente. A identidade e seus sabores e saberes: estudo sobre o como
o multiculturalismo e a globalização podem interferir na cultura gastronômica colonial
germânica. Dissertação (Mestrado em Diversidade Cultural e Inclusão Social) –
FEEVALE, Novo Hamburgo, 2015.
BONIN, Jiani Adriana. Identidade étnica como matriz configuradora de sentidos na
recepção televisiva. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e

28
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
BONIN, Jiani Adriana. Mídia e memórias: delineamentos para uma investigação da
midiatização da memória étnica desde a recepção. In: Anais do XVII Simpósio de
História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São
Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
BONOW, Imgart. “Onde o sabiá canta e a palmeira farfalha”: a poesia em língua
alemã publicada nos anuários (1874-1941) sul-rio-grandenses. Dissertação (Mestrado
em Letras) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
1991.
BONOW, Stefan Chamorro. A desconfiança sobre as comunidades germânicas de
Porto Alegre durante a Primeira Guerra Mundial: cidadãos leais ou retovados? Tese
(Doutorado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul,
Porto Alegre, 2011.
BONOW, Stefan Chamorro. A cidade de Porto Alegre no início da Primeira Guerra
Mundial: curiosidade, empatia, desconfiança. In: RUGGIERO, Antonio de; FAY,
Claudia Musa; GERTZ, René E. (orgs.). Vivências da Primeira Guerra Mundial:
entre a Europa e o Brasil. São Leopoldo: Oikos Editora/Editora Unisinos, 2015, p. 121-
138.
BOPP, Itamar. Notas genealógicas: 155 anos da família Bopp no Brasil – 1825-1980,
registros e recordações. São Paulo: Sangirard, [1982?].
BORCHARD, Hermann. Die Mission unter den evangelischen Deutschen in
Südbrasilien. Barmen: I. F. Steinhaus, 1865.
BORCIONI, Leonardo. O Museu escolar do CEAP: reflexões sobre a prática museal e
a relação entre memória e história. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) –
Universidade Federal de Santa Maria, 2012.
BORELLA, Sabrina Gewehr. A influência da fala bilíngue hunsrückisch-português
brasileiro na escrita de crianças brasileiras de séries iniciais. Dissertação (Mestrado
em Letras) – Universidade Federal de Pelotas, 2010.
BORELLA, Sabrina Gewehr. Tu dampém fala assim?: macroanálises
pluridimensionais da variação de sonorização e dessonorização das oclusivas do
português de falantes bilíngues hunsriqueano-português. Tese (Doutorado em Letras) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.
BORELLA, Sabrina Gewehr. O sotaque do imigrante em textos escritos. In: RAMOS,
Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio
(orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos,
2014, p. 521-439.
BORGES, Adalberto Lumertz. Vida e passagem do Pe. Luiz José Benini por Dom
Pedro de Alcântara. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas
do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
BORGES, Clarice S.; SEBASTIÃO, Claudia S.; LUMERTS, Daiane C. Maria Benck
Scheffer: mulher forte e solidária. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de
Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.

29
BORGES, Clarissa Leonhardt. Panorama do ensino da língua alemã para alunos da
educação infantil na região metropolitana de Porto Alegre. Dissertação (Mestrado
em Letras) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.
BORGES, Gesmar. Manoel Francisco Webber, administrador público em Cambará do
Sul. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto
Alegre: EST, 2010.
BORIN, Marta Rosa. Tensão e conflito no campo religioso sul rio-grandense (1900-
1930). In: Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
BORN, Bruno. Discurso pronunciado na sessão comemorativa do “Dia do Colono”
em 25 de julho de 1947, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. São
Leopoldo: Rotermund, 1948.
BORN, Bruno. Em torno do monumento ao imigrante alemão. Porto Alegre: Oficina
Oficial da Imprensa Oficial, 1950.
BORN, Joachim. Minderheiten, Sprachkontakt und Spracherhalt in Brasilien. In:
KATTENBUSCH, Dieter (ed.). Minderheiten in der Romania. Wilhelmsfeld:
Gottfried-Egert-Verlag, 1995, p. 129-158.
BORN, Joachim; GÄRTNER, Angelika. Dialekt, Sprachkontakt und Interferenzen im
Deutschen Rio Grande do Suls. Muttersprache, Wiesbaden: Gesellschaft für Deutsche
Sprache e. V., vol. 108, n. 1, p. 15-37, 1998.
BORTOLI, Gabriel Osmar Wilbert de. Gesangvereinsängerbund – Sociedade União de
Cantores de Igrejinha: imigrantes alemães e a construção da memória (1887-1906).
Revista Historiador, Porto Alegre, ano 9, n. 9, p. 59-70, 2017.
BOSENBECKER, Patrícia. Uma colônia cercada de estâncias: imigrantes em São
Lourenço/RS (1857-1877). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal
do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
BOSENBECKER, Patrícia. O motim de 1867: administração colonial, estratégias de
oposição e conflitos na colônia São Lourenço/RS. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla
da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). A história da
imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 952-967.
BOSENBECKER, Patrícia. Colonos nos domínios do diretor Rheingantz: uma revolta
no sul do Brasil. Métis: História & Cultura, Caxias do Sul: UCS, vol. 11, n. 22, p. 41-
65, 2012.
BOSENBECKER, Patrícia. Private companies of colonisation and immigrant
entrepreneurs in Brazil. Journal of migration history, vol. 3, p. 157-172, 2017.
BOSENBECKER, Patrícia. Três gerações de empreendedorismo: capital e laços
sociais entre Brasil e Alemanha a partir do estudo de caso da família Rheingantz. Tese
(Doutorado em Sociologia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2017.
BOSENBECKER, Patrícia. “Onde está meu pesquisado?”: velhos lugares na história da
colonização alemã e as novas perspectivas transnacionais para os estudos migratórios.
In: SALATINO, Alba Cristina C. dos Santos; SERRES, Helenize Soares; SILVA,
Jonathan Fachini da (orgs.). Historiografia: temas, desafios e perspectivas. II
Congresso Internacional de Estudos Históricos Latino-Americanos. São Leopoldo:
PPGH-UNISINOS, 2017, p. 305-316.

30
BOSENBECKER, Patrícia. Colonização privada: empreendedorismo, redes migratórias
e relações entre Brasil e Alemanha no século XIX. In: ARENDT, Isabel Cristina;
CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações: perspectivas e
avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p. 665-677.
BOSENBECKER, Vanessa Patzlaff. A arquitetura produzida pelos descendentes de
pomeranos na serra dos Tapes. Cadernos do LEPAARQ –Textos de Antropologia,
Arqueologia e Patrimônio. Pelotas: UFPel, vol. VIII, n. 15/16, 2011.
BOSENBECKER, Vanessa Patzlaff. Influência cultural pomerana: permanências e
adaptações na arquitetura produzida pelos fundadores da comunidade Palmeira – Cerrito
Alegre, Terceiro Distrito de Pelotas (RS). Dissertação (Mestrado em Memória Social e
Patrimônio Cultural) – Unversidade Federal de Pelotas, 2012.
BOTH, Agostinho. Linha divisa. Passo Fundo: Edição do autor, s. d.
BOTH, Agostinho. Uma saga: os alemães russos. Passo Fundo: Projeto Passo Fundo,
2013.
BOTH, Arsênio Rambo. Genealogia do imigrante Mathias Rambo e Susanna
Hochscheid: acrescida de aspectos histórico-geográficos, origem e migrações internas
de famílias dos descendentes. Canoas: La Salle, 1994.
BRAGA, Henriqueta Rosa Fernandes. Música sacra evangélica no Brasil: contribuição
à sua história. Rio de Janeiro: Livraria Kosmos Editora, 1961.
BRAKEMEIER, Gottfried (ed.). Glaube in Teilen bewahrt: lutherische Existenz in
Brasilien. Erlangen: Verlag der Ev.-Luth. Mission, 1989.
BRAKEMEIER, Gottfried; ALTMANN, Walter. Lutherans in Brazil: history,
theology, perspectives. São Leopoldo: EST, 1989.
BRAKEMEIER, Gottfried. Teses referentes à compreensão de ministério na Igreja
Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). Estudos Teológicos, São
Leopoldo: EST, ano 35, n. 2, p. 117-123, 1995.
BRAKEMEIER, Ruthild. O surgimento de um modelo de diaconato feminino, sua
implantação no Brasil e perspectiva para o futuro. Dissertação (Mestrado em
Teologia) – Programa de Pós-Graduação em Teologia, Faculdades EST, São Leopoldo,
1998.
BRANDT, Mônica. CEAP – Colégio Evangélico Augusto Pestana: trajetórias e lições
de superação de uma escola – de sua criação (1889) até o fim do Estado Novo (1945).
Ijuí: UNIJUI, 1999.
BRANDT, Mônica. Fragmentos de histórias de vida: dois personagens – dois tempos –
um lugar. In: FLORES, Hilda Agnes Hübner; NEUBERGER, Lotário (orgs.). Cipel 50
anos e biografias. Porto Alegre: EDIPLAT, 2016, p. 139-154.
BRASIL/CONGRESSO/CÂMARA DOS DEPUTADOS. Centro de Documentação e
Informação. Imigração alemã no Rio Grande do Sul: uma história de 160 anos.
Brasília: Coord. de Publicações, 1984.
BRAUER, Pastor Richard Rudolf. Histórico da Comunidade Evangélica de
Confissão Luterana de Agudo. Santa Maria: Editora Pallotti, 1967.
BRAUN, Aloísio Donato; JOHANN, Solange Maria Hamester; SCHMITT, Sérgio
Jacob. Do velho mundo para o BUCHERBERG ou BUGERBERG, um novo
mundo!!!. Santa Maria do Herval: Editora Amstad, 2009.

31
BRAUN, Felipe Kuhn. História da imigração alemã no sul do Brasil. Porto Alegre:
Costoli Soluções Gráficas, 2010.
BRAUN, Felipe Kuhn. Memórias do povo alemão no Rio Grande do Sul. Nova
Petrópolis: Editora Amstad, 2010.
BRAUN, Felipe Kuhn. Cartas e relatos de imigrantes alemães. São Leopoldo:
OIKOS, 2011.
BRAUN, Felipe Kuhn. Memórias de imigrantes alemães e seus descendentes no sul
do Brasil. Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2011.
BRAUN, Felipe Kuhn. Novo Hamburgo: da fundação à emancipação política, 1824-
1927. Novo Hamburgo: Edição do autor, 2012.
BRAUN, Felipe Kuhn. Tramandahy: as idas à praia no início do século XX. São
Leopoldo: OIKOS, 2013.
BRAUN, Felipe Kuhn. Alemães no Brasil. São Leopoldo: OIKOS, 2014.
BRAUN, Felipe Kuhn. São Miguel dos Dois Irmãos: o primeiro século de história.
Dois Irmãos: Edição do autor, 2014.
BRAUN, Felipe Kuhn. História de Linha Nova (1848-1945). São Leopoldo: OIKOS,
2013.
BRAUN, Felipe Kuhn. História de São José do Hortêncio: a antiga Picada dos
Portugueses. São Leopoldo: Editora OIKOS, 2016.
BRAUN, Felipe Kuhn. A morte: antigas tradições e suas representações no sul do
Brasil. São Leopoldo: Editora OIKOS, 2016.
BRAUN, Felipe Kuhn. Alemães no Brasil, 1824-1945. São Leopoldo: Editora OIKOS,
2017.
BRAUN, Felipe Kuhn. Preservando fragmentos do passado. São Leopoldo: OIKOS
Editora, 2018.
BRAUN, Maria Cecília; KINDEL, Eunice; GUIMARÃES, Leandro B. Sobre o
“Roessler” e o “Kaa-Eté”: dois movimentos ambientais escolares. Episteme, Porto
Alegre, vol. 3, n. 7, p. 220-230, 1998.
BRAUN, Maria Cecília. Do vale das matas nativas ao vale do progresso: um estudo
sobre as representações de ambiente em comunidades de imigrantes alemães.
Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul,
Porto Alegre, 1999.
BREDEMEIER, Maria Luísa Lenhard. O significado da produção literária dos
imigrantes. In: CUNHA, Jorge Luiz da; GÄRTNER, Angelika (orgs.). Imigração
alemã no Rio Grande do Sul: história, linguagem, educação. Santa Maria: Editora da
UFSM, 2003, p. 237-250.
BREDEMEIER, Maria Luísa Lehnhard. O português como segunda língua nas
escolas da imigração alemã: um estudo do Jornal da Associação de Professores Teuto-
Brasileiros Católicos do Rio Grande do Sul (1900?-1939). Tese (Doutorado em
Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2010.
BREDEMEIER, Maria Luísa Lehnhard; KNIJNIK, Gelsa. Política linguística e
educação: o que ensina o Jornal da Associação de Professores Teuto-Brasileiros
Católicos do Rio Grande do Sul sobre essa questão? In: RAMOS, Eloisa Helena

32
Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas,
comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 620-
637.
BREITBACH, Áurea Corrêa de Miranda. A região de Santa Cruz do Sul e o fumo:
panorama de uma “especialização” nociva. Indicadores Econômicos, Porto Alegre:
FEE, vol. 41, n. 1, p. 43-62, 2014.
BREITENBACH, Wilhelm. Die Provinz Rio Grande do Sul, Brasilien, und die
deutsche Auswanderung dahin. Heidelberg: Carl Winter, 1885.
BREITENBACH, Wilhelm. Über das Deutschtum in Süd-Brasilien.
Hamburgo/Alemanha: Richter, 1887.
BREITENBACH, Wilhelm. Die deutsche Auswanderung und die Frage der
deutschen Kolonisation in Südbrasilien. Leipzig: Duncker und Humblot, 1887.
BREITENBACH, Wilhelm. Aus Süd Brasilien: Erinnerungen und Aufzeichnungen. S.
l.: Editora do autor, 1913.
BREMM, M. Heinz. Deutsche Auswanderung in den Süden Brasiliens, Hunsrücker-
Deutsch und altes Brauchtum. Frankfurt/M: M. Heinz Bremm Verlag, 1994.
BRENNER, José Antonio. Imigração alemã: a saga dos Niederauer. Santa Maria:
Editora da UFSM, 1995.
BRENNER, José Antonio. Os Cassel de Santa Maria, desde o Glantal. Santa Maria:
Editora da UFSM, 2010.
BRENTATO, Gina Rosane Miron. Cultivando as tradições: a Comenda do imigrante.
In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto
Alegre: EST, 2010.
BRENTANO, Gina R. M.; SILVA, Rosane L. M. Germano: o homem das cobras. In:
ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre:
EST, 2010.
BRENTANO, Gina Rosane Miron; DAITX, Patrícia Boff. Simplesmente colônia. In:
ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre:
EST, 2010.
BREUNIG, Carmen Grellmann. A alternância de código como pedagogia
culturalmente sensível nos contextos de letramento em um contexto bilíngue.
Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto
Alegre, 2005.
BREUNIG, Carmen Grellmann. “Eu tenho que falar alemão, senão eles choram!”:
bilinguismo como pedagogia culturalmente sensível. Calidoscópio, São Leopoldo:
Unisinos, vol. 5, n. 1, p. 31-44, 2007.
BREUNIG, Darli Reneu. Ensino de língua estrangeira em sociedade multicultural.
Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São
Leopoldo, 2003.
BRINCKMANN, Wanderléia E. A pequena propriedade familiar e o desenvolvimento
rural sustentável. Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 1, n. 2, p. 51-75, 1995.
BRINGMANN, Sandor Fernando. Esta terra tinha dono: as frentes de expansão e a
espoliação territorial dos Kaingang do Rio Grande do Sul no século XIX. In: Anais do

33
XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização: Saúde: Corporeidade –
Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
BRUGGER, Rita Bromberg. Diário de um imigrante. Caxias do Sul: Maneco, 2000.
BRUINELLI, Tiago de Oliveira. O mais ilustre filho de São Leopoldo. Mouseion,
Canoas: UNILASALLE, n. 12, p. 87-104, 2012.
BRUINELLI, Tiago de Oliveira. “O Robespierre leopoldense” – memória e
representações de Lindolfo Collor na cidade de São Leopoldo. Revista Latino-
Americana de História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 2, n. 7, p. 172-191, 2013.
BRUINELLI, Tiago de Oliveira. Lindolfo Collor: múltiplas narrativas. Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2013.
BRUM, Argemiro Jacob. Uma experiência de Universidade Comunitária – suas
histórias, suas ideias. Ijuí. Editora da UNIJUI, 1994.
BRUM, Cristiano Enrique de. O patrimônio cultural e as demandas da sociedade civil
organizada: o caso do Salão Holler (Ivoti-RS). In: DHEIN, Cíntia Elisa; DILLY,
Gabriela (orgs.). Patrimônio cultural e histórico: uma rede viva!!! São Leopoldo:
Casa Leiria, 2014.
BRUM Neto, Helena. Regiões culturais: a construção de identidades culturais no Rio
Grande do Sul e sua manifestação na paisagem gaúcha. Dissertação (Mestrado em
Geografia) – Universidade Federal de Santa Maria, 2007.
BRUM NETO, Helena. Regiões culturais: a construção de identidades culturais no Rio
Grande do Sul e sua manifestação na paisagem gaúcha. Sociedade & Natureza,
Uberlândia, vol. 20, n. 2, p. 135-155, 2008.
BRUM Neto, Helena. Os territórios da imigração alemã e italiana do Rio Grande
do Sul. Tese (Doutorado em Geografia) – UNESP, Presidente Prudente, 2012.
BRUN, Marli. Os Wandschoner sob a análise dos estudos de gênero: um patrimônio a
ser salvaguardado. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER,
Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 127-138.
BRUN, Marli. Bordando cidadania: projetos de conhecimento de mulheres na
preservação cultural do Wandschoner em Ivoti (2007-2013). Tese (Doutorado em
Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2013.
BRUNN, Gerhard. Deutschland und Brasilien (1889-1914). Colônia/Alemanha:
Böhlau Verlag, 1971.
BRUNN, Gerhard. Die Bedeutung der Einwanderung und Kolonisation im
brasilianischen Kaiserreich (1818-1889). Jahrbuch für Geschichte von Staat,
Wirtschaft und Gesellschaft Lateinamerikas, Colônia/Alemanha: Böhlau, vol. IX, p.
287-317, 1972.
BRUNNER, Everton Henrique. Coral da Sociedade de Canto “Irmãos Unidos de
Canudos”. In: BARROSO, Véra Lucia Maciel et al. (orgs.). Raízes de Nova Hartz:
XXII Encontro dos Municípios Originários de Santo Antonio da Patrulha. Novo
Hamburgo: Um Cultural, 2012.
BRUNO, Ernani Silva. Senhores, colonos e escravos. Notícia bibliográfica e histórica,
Campinas, n. 180, p. 77-86, 2001.

34
BRUSIUS, Marina; FLECK, Sigrid Izar. Igrejinha: história que o tempo registra.
Igrejinha: Secretaria de Educação, 1991.
BRUXEL, Eleonor João. Bruxel, 1827-1987, 160 anos de Brasil: dados genealógicos e
biográficos de Ernesto Carlos Wild. Vera Cruz: Nestor F. Henn, 1983.
BUBLITZ, Juliana; CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Terra da promissão: uma
introdução à Eco-História da colonização do Rio Grande do Sul. Santa Cruz do
Sul/Passo Fundo: EDUNISC/Editora da UPF, 2006.
BUBLITZ, Juliana; CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Para uma outra História do
Desenvolvimento Regional: aspectos ecológicos da colonização alemã no Rio Grande
do Sul. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
BUBLITZ, Juliana. A fronteira verde da americanização. In: Anais do XVII Simpósio
de Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo,
2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
BUBLITZ, Juliana. O recomeço na mata: notas para uma história ambiental da
colonização alemã no Rio Grande do Sul. História – Unisinos, vol. 12, n. 3, p. 207-218,
2008.
BUBLITZ, Juliana. Forasteiros na floresta subtropical: notas para uma história
ambiental da colonização alemã no Rio Grande do Sul. Ambiente & Sociedade,
Campinas, vol. XI, n. 2, p. 323-340, 2008.
BUBLITZ, Juliana. Imigração, história ambiental e saúde: os perigos da floresta para os
colonos alemães no Rio Grande do Sul do século XIX. In: Anais do XVIII Simpósio
de História da Imigração e Colonização: Saúde: Corporeidade – Educação. São
Leopoldo: Oikos, 2009.
BUBLITZ, Juliana. Forasteiros na floresta subtropical: uma história ambiental da
colonização europeia no Rio Grande do Sul. Tese (Doutorado em História) –
Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2010.
BUBLITZ, Juliana. História ambiental da colonização alemã no Rio Grande do Sul: o
avanço na mata, o significado da floresta e as mudanças no ecossistema. Tempos
Históricos, Marechal Cândido Rondon: UNIOESTE, vol. 15, n. 2, p. 239-267, 2011.
BUBLITZ, Juliana. Os significados da floresta: elementos para uma história ambiental
da colonização alemã no Rio Grande do Sul. In: PEREIRA, Elenita; RÜCKERT,
Fabiano; MACHADO, Neli (orgs.). História ambiental no Rio Grande do Sul.
Lajeado: Editora Univates, 2014.
BUCCELLI, Vittorio. Un viaggio a Rio Grande del Sud. Milão/Itália: L. F. Pallestrini
& C., 1906.
BUCHMANN, Erwin. Die deutschsprachige Presse in Brasilien, ihre Bedeutung im
deutsch-brasilianischen Kultur- und Wirtschaftsaustausch – Leistungen, Probleme,
Aufgaben. Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 4, 1956.
BUCHWEITZ, Suzanne. O tempo compartilhado: 25 anos do CAPA. Porto Alegre:
Centro de Apoio ao Pequeno Agricultor, 2003.
BUCKUP, Ludwig. A fauna e a paisagem do Rio Grade do Sul na visão dos viajantes
alemães do século passado. In: VOLKMER, José Albano; ROCHA, Manoel André da;

35
GERTZ, René E. (orgs.). Retratos de cooperação científica e cultural: 40 anos do
Instituto Cultural Brasileiro-Alemão. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1999, p. 47-62.
BUENO, Alexandre Marcelo. A ameaça germânica no Brasil: os imigrantes alemães e a
questão linguística durante a Primeira República. CASA – Cadernos de Semiótica
Aplicada, Araraquara: UNESP, vol. 6, n. 1, 2008.
BUENO, Allanderson Aloisio Ferreira; MARQUES, Tiago Soares. Os irmãos maristas
nas áreas de colonização alemã no Rio Grande do Sul. In: WEIZENMANN, Tiago;
SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações históricas e
recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 116-123.
BUENO, Eduardo; TAITELBAUM, Paula. Indústria de ponta: uma história da
industrialização do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Buenas Ideias/FIERGS/CIERGS,
2009.
BUENO, Eduardo; TAITELBAUM, Paula. Porto Alegre na vitrine: memória do
comércio varejista da capital gaúcha. Porto Alegre: Buenas Ideias, 2012.
BUENO, Jaison Volnir da Silva. Emancipação política de Parobé. In: ARENDT, Isabel
Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações:
perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p.
766-780.
BUENO-ANIOLA, Cíntia. Soziale Stereotypen und ihre sprachliche Indizierung in
den „deutschen Kolonien” in Südbrasilien. Frankfurt/M: Peter Lang, 2007.
BUGGENHAGEN, Arnold von. Carlos H. Oberacker Jr. como historiador. In: Anais do
3º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
BÜHLER, Neiva Ranft. História da imigração alemã: famílias Bühler e Rost – Caraá
Central. In: BEMFICA, Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da
Patrulha e Caraá. Porto Alegre: EST, 2000, p. 513-516.
BÜHLER, Pedro Ernesto. A casa do imigrante alemão no sul do Brasil: "o sonho e a
técnica". Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 2001.
BUNSE, Heinrich A. W.; KLASSMANN, Mário. Estudos de dialetologia no Rio
Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 1969.
BUNSE, Heinrich A. W. Epitáfios em cemitérios da colônia alemã. In: Anais do 3º
Simpósio de Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo:
Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
BURGER, Germano. Quem assume esta tarefa? Um documentário de uma igreja em
busca de sua identidade. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1977.
BURGOS, Miriam S. et al. Jogos tradicionais e legado histórico dos descendentes
alemães em Santa Cruz do Sul e Sinimbu. In: MAZO, Janice Zarpellon; REPPOLD
Filho, Alberto Reinaldo (orgs.). Atlas do esporte no Rio Grande do Sul. Porto Alegre:
CREF2/RS, 2005.
BURIOL, Juarez; HERRLEIN Júnior, Ronaldo (orgs.). Estudos para o
desenvolvimento local: diagnóstico municipal de Ivoti. Novo Hamburgo: FEEVALE,
2007.

36
BUSS, Paulo Wille. Relations between the Lutheran Church – Missoury Synod and
the Igreja Evangélica Luterana do Brasil. Dissertação (Mestrado em Teologia) –
Concordia Seminary, Saint Louis, 1981.
BUSS, Paulo Wille. Lutero no contexto do luteranismo brasileiro. In: HEIMANN,
Leopoldo (org.). Lutero, o educador. Canoas: Editora da ULBRA, 2005.
BUSS, Paulo Wille. Um grão de mostarda: a história da Igreja Evangélica Luterana do
Brasil. Porto Alegre: Concórdia, 2006.
BUSSE, Valdino. A práxis pastoral entre os imigrantes alemães e seus descendentes
na região Noroeste do Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em Teologia) –
Programa de Pós-Graduação em Teologia, Faculdades EST, São Leopoldo, 2009.
BUTZKE, Paulo Afonso. Gemeindeaufbau in Brasilien: Konzepte in der
Evangelischen Kirche Lutherischen Bekenntnisses in Brasilien seit 1945. Erlangen:
Erlanger Verlag für Mission und Ökumene, 1999.
BUTZKE, Paulo Afonso. Ernesto T. Schlieper – teologia e edificação de comunidade na
IECLB do pós-guerra. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 49, n. 2, p. 252-
267, 2009.
CACHOEIRA do Sul: em busca de sua história. Porto Alegre: Martins Livreiro, 1991.
CADAVIZ, Aline Cassick; FLECK, Eliane Cristina Deckmann. O caos que promove a
igualdade: imigrantes naturalizados por epidemias. In: Anais do XVI Simpósio de
História da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na
América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
CALDEIRA NETO, Odilon. Negacionismo e antissemitismo nos textos da Editora
Revisão. Literatura e Autoritarismo, Santa Maria: UFSM, n. 11, 2008.
CALDEIRA NETO, Odilon. Memória e justiça: o negacionismo e a falsificação da
História. Antítese, Londrina: UEL, vol. 2, n. 4, p. 1097-1123, 2009.
CADONÁ, Marco André. Burguesia industrial em Santa Cruz do Sul e a
internacionalização da indústria fumageira. Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 10,
n. 1/2, p. 249-260, 2004.
CADORE, Marcos César. O borgismo no Alto Taquari: uma análise das relações de
poder coronelistas nas colônias alemãs e italianas (1903-1928). Dissertação (Mestrado
em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2016.
CALDRE FIÃO, Antonio Vale. A divina pastora. Porto Alegre: RBS, 1992 [1847].
CALLAI, Jaeme Luiz. Estudo da dinâmica populacional de Ijuí (RS), 1890-1970.
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1980.
CALLAI, Jaeme Luiz. A agricultura na história de Ijuí. Ijuí: Editora UNIJUI, 1987.
CALLIARI, Maria Lourdes Fritzen Schmatz. "Suor" e sabedoria. In: Anais do IX
Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
CAMARA, Aristóteles de Lima; NEIVA, Arthur Hehl. Colonização nipônica e
germânica no sul do Brasil. Revista de imigração e colonização, Rio de Janeiro, ano
II, n. 1, p. 39-119, 1941.

37
CAMARA, Aristóteles de Lima; NEIVA, Arthur Hehl. Colonização nipônica e
germânica no sul do Brasil (retificações). Revista de imigração e colonização, Rio de
Janeiro, ano II, n. 2 e 3, p. 892-902, 1941.
CÂMARA DE COMÉRCIO TEUTO-BRASILEIRA NO RIO GRANDE DO SUL.
Raio-X do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: s. e., 1973.
CÂMARA, Rinaldo Pereira da. O Visconde de São Leopoldo e um documento inédito.
In: Anais do Primeiro Congresso de História e Geografia de São Leopoldo. Porto
Alegre: Livraria do Globo, 1947, p. 121-137.
CAMARASA, Jorge. Mengele – el ángel de la muerte en Sudamerica. Buenos Aires:
Grupo Norma, 2008.
CAMARGO, César S. Os Mucker: movimento messiânico protestante no Brasil.
Revista Teológica da Associação dos Seminários Teológicos Evangélicos (ASTE),
São Paulo, ano XXI, vol. 7, n. 33, 1990.
CAMPÊLO, Manoel Ramalho; DUHÁ, Paulo Antonio Dutra. Navegação – a indústria
do transporte hidroviário interior no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Centhury,
2009.
CAMPOS, Heleniza Avila; SCHNEIDER, Luiz Carlos. Arquitetura civil rural da
imigração alemã. In: CORREA, Marcus de Souza; ETGES, Virgínia Elizabeta.
Território & população: 150 anos de Rio Pardinho. Santa Cruz do Sul: EDUNISC,
2002. p. 61-87.
CAMPOS, Vinício Stein. Imigração e colonização alemã no Brasil. São Leopoldo:
Pannartz, 1980.
CAMPOS, Vinício Stein. A participação alemã na formação e desenvolvimento do
Brasil. In: Anais do 3º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no
Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
CAMPOS Neto, José Cândido de. Montenegro. Montenegro: Irmãos Gehlen, 1924.
CAMPOS Neto, José Cândido de. Minha pregação patriótico-nacionalista em
Montenegro. Porto Alegre: Tipografia do Centro, 1939.
CANABARRO, Ivo dos Santos. Uma abordagem de um movimento político dos
anos 30: o caso do integralismo em Ijuí. Ijuí: Editora da UNIJUI, 1999.
CANABARRO, Ivo dos Santos. Estudos sobre imigração e fotografia. In: MARTINS,
Ismênia de Lima (org.). História: estratégias de pesquisa. Ijuí: Editora da UNIJUI,
2001, p. 41-58.
CANABARRO, Ivo dos Santos. Uma construção da cultura fotográfica no sul do
Brasil: imagens de uma sociedade de imigração. Tese (Doutorado em História) –
Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2004.
CANABARRO, Ivo dos Santos. Dimensões da cultura fotográfica no sul do Brasil.
Ijuí: Editora da UNIJUI, 2011.
CANAZARO, Carolina Padoin. Política e religião em movimentos sócio-religiosos
brasileiros: o caso Mucker – um estudo sobre a autonomia popular. Dissertação
(Mestrado em Ciência Política) – Instituto Universitário de Pesquisas, Rio de Janeiro,
2005.
CANDELORO, Rosana J. (org.). Herbert Caro. Porto Alegre: Unidade Editorial, 1995.

38
CANDONÁ, Marco André. Expansão e consolidação do capitalismo e formação da
classe industrial em Santa Cruz do Sul (1940 a 1976). Santa Cruz do Sul: UNISC,
2002 (relatório de pesquisa para o Núcleo de Pesquisa Social).
CANSTATT, Oskar. Brasilien: Land und Leute. Berlim: Ernst Siegfried und Sohn,
1877.
CANSTATT, Oskar. Das Republikanische Brasilien in Vergangenheit und
Gegenwart. Leipzig: Ferdinand Hirth & Sohn, 1899.
CANSTATT, Oskar. Kritisches Repertorium der deutsch-brasilianischen Literatur.
Berlim: Dietrich Reimer, 1902.
CANSTATT, Oscar. Nachtrag zum Kritischen Repertorium der Deutsch-
Brasilianischen Literatur. Berlin: Dietrich Reimer, 1906.
CANSTATT, Oskar. Die deutsche Auswanderung. Berlim: Dietrich Reimer, 1906.
CANSTATT, Oscar. Repertório crítico da literatura teuto-brasileira. Rio de Janeiro:
Presença, 1962.
CANSTATT, Oscar. Brasil: terra e gente. Brasília: Senado Federal, 2002.
CANTON, Olides. Cidades vizinhas: amor e ódio. Porto Alegre: Edição do autor,
2002.
CANTON, Olides. Estrela Futebol Clube: histórias e memórias. Porto Alegre: Edições
EST, 2005.
CAPARELLI, Sérgio. Identificação social e controle ideológico na imprensa dos
imigrantes alemães. In: Comunicação de massa sem massa. São Paulo, Cortez, 1982.
CARDOSO Filho, Prof. Grandes figuras ligadas à vida política da colônia. In: Anais do
Primeiro Congresso de História e Geografia de São Leopoldo. Porto Alegre:
Livraria do Globo, 1947, p. 183-194.
CARDOSO, Eduardo Mattos. O turismo como forma de inserção do descendente de
imigrante na vida política de Torres: 1910-1930. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom
Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
CARDOSO, Nancy (org.). Milton Schwantes: escrito de amor e compaixão. São
Leopoldo: CEBI, 2012.
CARDOSO, Raul Róis Schefer. Capítulos de formação de um território negro: a
escravidão rural no Vale do Caí (RS – 1870/1888). Dissertação (Mestrado em História)
– Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2005.
CARDOSO, Sonia Weber. São Leopoldo antigo: a cidade brasileira de colonização
alemã. Porto Alegre: EST Edições/Suliani Letra&Vida, 2007.
CARDOZO, José Carlos da Silva. Menores, órfãos e estrangeiros nos processos de
tutela do Juizado de Órfãos de Porto Alegre. In: Anais do XIX Simpósio de História
da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial. São
Leopoldo: Oikos, 2010.
CARDOZO, José Carlos da Silva. A Sociedade Alemã de Beneficência e a proteção aos
filhos órfãos no final do século XIX. Métis: História & Cultura, Caxias do Sul: UCS,
vol. 11, n. 22, p. 67-80, 2012.

39
CARDOZO, José Carlos da Silva. Proteção aos filhos órfãos: solidariedade entre
alemães no final do século XIX. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane
Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história,
memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 473-483.
CARNEIRO, José Fernando. Imigração e colonização no Brasil. Rio de Janeiro:
Universidade do Brasil, 1950.
CARNEIRO, José Fernando. As colônias alemãs no sul do Brasil em face da política
nacional. Província de São Pedro, Porto Alegre, n. 16, p. 12-21, 1951.
CARNEIRO, José Fernando. Karl von Koseritz. Porto Alegre: Instituto Estadual do
Livro, 1959.
CARNEIRO, José Fernando. O império e a colonização no sul do Brasil. In:
Fundamentos da cultura rio-grandense (4ª série). Porto Alegre: Universidade Federal
do Rio Grande do Sul, 1960, p. 59-96.
CARNEIRO, Lígia Gomes. Trabalhando o couro: do serigote ao calçado “made in
Brazil”. Porto Alegre: L&PM/CIERGS, 1986.
CARRARD, Arno Eugênio. O grito gaúcho pelas emancipações – os últimos 30
municípios criados no século XX. Bom Princípio: s. e., 2014.
CARVALHAL, Tania. A representação literária das origens. In: SCHILLING, Voltaire
et al. Culturas em movimento: a presença alemã no Rio Grande do Sul. Guaíba:
RIOCELL, 1992, p. 47-55.
CARVALHO, Daniela Vallandro de. “Entre a solidariedade e a animosidade”: os
conflitos e as relações interétnicas populares (Santa Maria, 1885-1915). Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2005.
CARVALHO, Daniela Vallandro de. Entre a solidariedade e a animosidade: os limites e
tensões das relações interétnicas populares (Santa Maria – 1885/1915). In: Anais do
XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização – Leituras e interpretações
da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
CARVALHO, Ely Bergo de. Esculhambando o Paraíso: colonização gaúcha, ascese do
trabalho e história ambiental. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane
Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 117-126.
CARVALHO, Enildo de Moura. Brasil e Estados Unidos na ótica de Moog e
Veríssimo. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
CARVALHO, Enildo de Moura. Na lente de lá, a imagem de um Brasil entre o imundo
e o civilizado. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização
– Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
CARVALHO, Enildo de Moura. No romance da imigração alemã, a expressão
intelectual de Vianna Moog. In: COSTA, Miguel Ângelo S. da et al. (orgs.).
Explorando possibilidades: experiências e interdependências entre imigrantes alemães,
seus descendentes e outros mais no Brasil Meridional. Santa Cruz do Sul: EDUNISC,
2009, p. 120-148.

40
CARVALHO, Enildo de Moura. A relação intelectual de Vianna Moog com o Brasil.
Tese (Doutorado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo,
2011.
CARVALHO Filho, Irineu de; MONASTERIO, Leonardo. Immigration and the origins
of regional inequality: government-sponsored European migration to Southern Brazil
before World War I. Regional Science and Urban Economics, vol. 42, n. 5, p. 794-
807, 2012.
CARVALHO Filho, Irineu de; MONASTERIO, Leonardo. Imigração e as origens da
desigualdade regional: colonização subsidiada e imigração para o sul do Brasil antes da
I Guerra Mundial. In: BOTELHO, Tarcísio R; LEEUWEN, Marco H. D. van. (orgs.).
Desigualdades sociais e econômicas na história (vol. 1). Belo Horizonte: Veredas &
Cenários, 2012, p. 163-198.
CARVALHO, Luíza Fabiana Neitzke de. A Antiguidade Clássica na representação
do feminino: pranteadoras do Cemitério Evangélico de Porto Alegre (1890-1930).
Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul,
Porto Alegre, 2009.
CARVALHO, Luiza Fabiana Neitzke de. Memória lapidar ameaçada: obras da Casa
Aloys nas necrópoles São José I e II de Porto Alegre. In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 524-530.
CARVALHO, Luiza Fabiana Neitzke de. A capela de Jacob Aloys Friederichs no
Cemitério São José II em Porto Alegre-RS: a morte de um monumento. Revistainter-
legere, Natal: UFRN, n. 12, p. 99-113, 2013.
CARVALHO, Luiza Fabiana Neitzke de. História e arte funerária nos cemitérios São
José I e II em Porto Alegre (1888-2014). Tese (Doutorado em Artes) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.
CARVALHO, Luiza Fabiana Neitzke de. Preservação dos cemitérios São José em Porto
Alegre (RS). In: VIII Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos
Cemiteriais – Religiões e religiosidades: práticas, visões e crenças diante da morte e do
morrer. Florianópolis: UFSC, 2017.
CASADO, Júlio. Sapucaia do Sul: contribuição para o estudo de sua história. Sapucaia
do Sul: Editora Formação, 1976.
CARDOSO, Sonia Weber. São Leopoldo antigo: a cidade brasileira de colonização
alemã. Porto Alegre: EST, 2007.
CASSIDY, Eugene S. The ambivalence of slavery, the certainty of Germanness:
representations of slavery-holding settlers in Brazil, 1820-1889. German Historry,
Oxford: Oxford University Press, vol. 33, n. 3, p. 367-384, 2015.
CASSIDY, Eugene S. Germanness, civilization, and slavery: Southern Brazil as
German colonial space (1819-1888). Tese (Doutorado em História) – University of
Michigan, Ann Arbor, 2015.
CASTAN, S. E. Holocausto, judeus ou alemão? Nos bastidores da mentira do século.
Porto Alegre: Editora Revisão, 1987.
CASTRO, Renata Brião de; ALBRECHT, Elias Kruger. Cultura material escolar:
reflexões sobre o patrimônio histórico educativo. In: SANTOS, Amanda Basílio;
MACHADO, Juliana Porto; COLVERA, Ronaldo Bernardino (orgs.).

41
Interdisciplinaridades nas Ciências Humanas: caminhos da pesquisa contemporânea.
Jaguarão: Editora CLAEC, 2017, p. 1853-1851.
CAVALHEIRO, Maria Eloisa. Imigração: terra indígena versus relações de poder. In:
Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e
Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
CAVALHEIRO, Maria Eloisa. Imigrações no norte do RS: desenvolvimento agrícola
em Passo Fundo (1930-1945). In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração
e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
CELESTINO, Ana Valéria de S. O coronel Guilherme Gaelzer Netto e o escritório
“Brasil Propaganda” na Alemanha (1914-1954): o arquivo privado Gaelzer Netto no
Instituto Ibero-Americano em Berlim. Contemporâneos, UFABC, n. 9, 2011-2012.
CENTENÁRIO da colonização alemã em Rio Pardinho: município de Santa Cruz do
Sul, 1852-1952. Santa Cruz do Sul: s. e., 1952.
CENTENÁRIO da Comunidade São José – Porto Alegre-RS: 1871-1971 [1º]. Porto
Alegre: s. e., 1971.
CENTENÁRIO de Santa Cruz do Sul, 1878-1978. Prefeitura Municipal de Santa
Cruz do Sul, 1978.
150 ANOS da imigração alemã. Porto Alegre: s. e., 1974.
150 ANOS de colonização de Santa Cruz do Sul (1849-1999): sínteses históricas e
estudos. Redes. Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 4, número especial, 1999.
CENTRALVEREIN für Handelsgeographie und Förderung deutscher Interessen im
Auslande (ed.). Die deutschen Kolonien der Provinz Rio Grande do Sul (Süd-
Brasilien). Berlim: Verlag des Centralvereins für Handelsgeographie etc., 1881.
CENTRO LITERÁRIO DE SÃO LEOPOLDO. Integração Literária – 180 anos de
imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2004.
CENTRO 25 DE JULHO (ed.). História da colonização alemã no Rio Grande do
Sul. São Leopoldo: Rotermund, 1936.
CERETTA, Bruno José Queiroz. Dois juristas imigrantes e o Die Serra-Post. In.
FLORES, Hilda Agnes Hilda; NEUBERGER, Lotário (orgs.). Cipel 50 anos e
biografias. Porto Alegre: EDIPLAT, 2016, p. 95-102.
CERUTTI, Leonel Pedro. História do cooperativismo de crédito: estudo comparativo
entre Rio Grande do Sul e República Argentina. Dissertação (Mestrado em História) –
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2001.
CÉSAR, Guilhermino. Carlos von Koseritz. In: Fundamentos da cultura
riograndense (terceira série). Porto Alegre: UFRGS, 1958, p. 173-191.
CÉSAR, Guilhermino. Koseritz e o naturalismo. Organon, Porto Alegre: UFRGS, n.
12, p. 89-98, 1967.
CÉSAR, Guilhermino. Cultura alemã no espaço gaúcho. In: III Colóquio de Estudos
Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da Universidade Federal
do Rio Grande do Sul, 1980.
CHACON, Vamireh. Presença Manniana em Érico Veríssimo. In: III Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.

42
CHARÃO, Egiselda Brum. Mulheres alemãs em Porto Alegre (1870-1920): aspectos da
imigração alemã no espaço urbano. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos
Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações: religiões e espiritualidades.
São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 686-708.
CHARÃO, Ricardo Brasil. O imigrante alemão e o escravo no Rio Grande do Sul:
uma relação ausente na historiografia sul-riograndense. Dissertação (Mestrado em
Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo, 2002.
CHARÃO, Ricardo Brasil. Negros escravos em brancas e protestantes comunidades. In:
Anais do VI Encontro Regional da ANPUH-RS. 2002.
CHARÃO, Ricardo Brasil. Religiosidade negra em terra estranha: a Irmandade do
Rosário da colônia alemã de São Leopoldo. In: Anais eletrônicos do II Encontro de
escravidão e liberdade no Brasil Meridional. 2005.
CHARÃO, Ricardo Brasil. Devoção a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito na
Colônia Alemã de São Leopoldo. In: Anais do XVI Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América
Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
CHÉRADAME, André. O plano pangermanista desmascarado. Rio de Janeiro:
Garnier, 1917.
CHIAPARINI, Enori José; SMANIOTTO, Maria Lúcia Carraro; FÁBRIS, Neivo
Ângelo; HACHMANN, Roberto. Erechim: retratos do passado, memórias do presente.
Erechim: Editora Graffoluz, 2012.
CHIMITE, Yara Fernanda. O tempo e o templo: história das igrejas de Novo
Hamburgo. In: Anais da Feira de Iniciação Científica. Novo Hamburgo: Universidade
Feevale, 2017.
CHIMITE, Yara Fernanda. As representações das mães em processos de defloramento
de Novo Hamburgo na década de 1930. In: KARSBURG, Alexandre; VENDRAME,
Maíra Ines (orgs.). Variações de micro-história no Brasil: temas, abordagens e
desafios. São Leopoldo: OIKOS Editora, 2019, p. 538-554.
CHRISTENSEN, Teresa Neumann; BINDÉ, Carlos José Rupp. Soja – 80 anos de
produção. Santa Rosa: Kunde Gráfica e Editora, 2004.
CHRISTENSEN, Teresa Neumann. Horizontina: história e memória. Horzontina:
Graficasa, 2007.
CHRISTENSEN, Teresa Neumann. Santa Rosa: histórias e memórias. Canoas: Pallotti,
2008.
CHRISTENSEN, Teresa Neumann. Fenasoja: a feira, a festa, o espetáculo! Santa Rosa:
Kunde Indústrias Gráficas, 2012.
CHRISTILLINO, Cristiano Luís. Estranhos em seu próprio chão: o processo de
apropriações e expropriações de terras na Província de São Pedro do Rio Grande do Sul
(o Vale do Taquari no período de 1840-1889). Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2004.
CHRISTILLINO, Cristiano Luís. A imigração alemã no Vale do Taquari: empresários
empreendedores e uma elite estagnada. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos
Antônio (orgs.). História, cultura e memória: 180 anos de imigração alemã. São
Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 308-317.

43
CHRISTILLINO, Cristiano Luís. A colonização alemã em solos rio-grandenses:
projetos e grilagem no século XIX. In: Anais do X Seminário Nacional dos
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre:
Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
CHRISTILLINO, Cristiano Luís. A colonização não chegou na Campanha: a imigração
no Rio Grande do Sul e as questões ambientais. In: Anais do XVIII Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São
Leopoldo: Oikos, 2009.
CHRISTILLINO, Cristiano Luís. Litígios ao sul do Império: a Lei de Terras e a
consolidação política da Coroa no Rio Grande do Sul (1850-1880). Tese (Doutorado em
História) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2010.
CHRISTILLINO, Cristiano Luís. A Câmara de Vereadores de Taquari em 1852: um
recorte micro da conjuntura da colonização. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN,
Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens.
São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 174-181.
CHRONIK des Verbandes Deutscher Vereine Porto Alegre, 1886-1936. Porto
Alegre: Typographia Mercantil, 1936.
CIBILS, Luiz Alberto. Município de São Lourenço. Revista do Instituto Histórico e
Geográfico do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 141, p. 99-110, 2006/2007.
CIN, Marcos Dal; RADÜNZ, Roberto. O cotidiano em áreas de imigração alemã:
análise dos livros de registro de ofícios eclesiásticos de batismos da localidade de
Conventos – 1860 a 1903 – no RS. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos
Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações: religiões e espiritualidades.
São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 483-497.
CIN, Marcos Alberto Dal. O cotidiano em áreas de imigração alemã: análise dos livros
de registro de ofícios eclesiásticos da localidade de Conventos/RS: registros de óbitos –
1860 a 1903. In: WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN,
Caroline von (orgs.). Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates,
2017, p. 31-45.
CIN, Marcos Alberto Dal. O cotidiano em áreas de imigração alemã: análise dos
livros de registro de ofícios eclesiásticos da localidade de Conventos/RS: 1860-1903.
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade de Caxias do Sul, 2017.
CLAUSS, Romualdo J. Evolução historiográfica de Tucunduva. Porto Alegre: Corag,
1982.
COARACY, Vivaldo. Frida Mayer. São Paulo: Editora Monteiro Lobato, 1924.
COARACY, Vivaldo. A Colônia de São Lourenço e o seu fundador Jacob
Rheingantz. São Paulo: Saraiva, 1957.
COARACY, Vivaldo. Encontros com a vida (memórias). Rio de Janeiro: José
Olympio, 1962.
COERTJENS, Marcelo; GUAZZELLI, Cesar Barcellos; WASSERMAN, Cláudia. Club
de Regatas Guahyba-Porto Alegre: o nacionalismo em revistas esportivas de um clube
teuto-brasileiro (1930-1938). Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São
Paulo: USP, vol. 18, n. 3, p. 249-262, 2004.

44
COGAN, Andréa. Plano museológico e estratégias de sustentabilidade para museus:
estudo de caso – o Museu Histórico Municipal de Dois Irmãos, Rio Grande do Sul,
Brasil. Dissertação (Mestrado em Memória Social e Bens Culturais) – Centro
Universitário La Salle, Canoas, 2012.
COHEN, Esther. O governo federal e o partido nazista no Brasil. Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 1988.
COLE, Dorlei Marcos. Colonos, agricultores familiares e pluriatividade: um estudo
de caso no município de David Canabarro e na microrregião do Alto Taquari/RS.
Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) – Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.
COLÉGIO Evangélico Panambi: 1903-2003 – 100 anos educando para a vida e para o
trabalho. Ijuí: Editora da UNIJUI, 2003.
COLÉGIO Santa Catarina: 100 anos de história. Porto Alegre: Nova Prova, 2000.
COLLING, Ana Maria. O ensino em Ijuí: do barracão à cidade universitária. Ijuí:
Editora da UNIJUI, 1994.
COLLISCHONN, Wolfgang Hans; RICHTER, Günter Heinz. Arquitetura em
enxaimel (Fachwerk): Lajeado, Forquetinha e Canudos do Vale. Lajeado: Edição dos
autores, 2000.
COLLISCHONN, Wolfgang Hans. Uma coluna no Informativo do Vale de Lajeado. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e
memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 94-96.
COLLISCHONN, Wolfgang Hans. Parques históricos ou museus de ar livre. In: Anais
do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
COMUNIDADE Evangélica de Ijuí: 85 anos (1895-1980). Ijuí: Michaelsen e Cia,
1980.
CONHECENDO minhas raízes, valorizo minha história. Tuparendi: Prefeitura
Municipal, 2011.
CONRAD, Sebastian. “Here, the German is not degenerating”: Brazil, emigration and
the nation’s formation of youth. In: CONRAD, Sebastian. Globalisation and the
nation in Imperial Germany. Cambridge: Cambridge University Press, 2010, p. 275-
379. [A edição original em alemão se chama Globalisierung und Nation im deutschen
Kaiserreich. Munique: C. H. Beck, 2006].
CONSTANTINO, Guilherme. A saga de um gaúcho obstinado: a incrível história de
quem perdeu a querência e o nome. Florianópolis: Editora Insular, 2010.
CONTERATO, Marcelo Antonio. Desenvolvimento rural desigual: uma análise entre
microrregiões fumicultoras e não fumicultoras no Rio Grande do Sul. In: SILVEIRA,
Rogerio Leandro Lima da (org.). Tabaco, sociedade e território: relações e
contradições no sul do Brasil. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2013, p. 60-87.
CONTESSA, Margareth Anne Camargo. O imigrante Frederico Jorge Logemann e seus
descendentes. In: KARSBURG, Alexandre; VENDRAME, Maíra Ines (orgs.).
Variações de micro-história no Brasil: temas, abordagens e desafios. São Leopoldo:
OIKOS Editora, 2019, p. 333-345.

45
COPSTEIN, Raphael; COPSTEIN, Gisela. A freguesia de São Pedro do Bom Jardim.
Porto Alegre: UFRGS, 1968.
CORNELIUS, Carl G. Die Deutschen im brasilianischen Wirtschaftsleben. Stuttgart:
Ausland und Heimat, 1929.
CORPO DOCENTE da Faculdade de Teologia da IECLB. O Evangelho e nós. Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 18, n. 2, p. 51-63, 1978.
CORREA, Luis Poock. Fogo cruzado: no tempo dos maragatos. São Paulo: Edicon,
1986.
CORREA, Silvio Marcus de Souza. Zur ethnischen Identität der Deutschstämmigen
in Santa Cruz do Sul/Brasilien. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2001.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Identidade étnica em meio urbano. Ágora, Santa
Cruz do Sul: UNISC, vol. 7, n. 2, p. 119-132, 2001.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Minorias étnicas no Brasil meridional: notas para
uma revisão sociológica. Barbarói, Santa Cruz do Sul: UNISC, n. 15, p. 27-49, 2001.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Mobilidade e desenvolvimento regional: o caso da
comunidade afro-brasileira de Santa Cruz do Sul. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC,
vol. 6, n. 1, p. 53-80, 2001.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Urbanização e identidade étnica. In: Anais do IV e
V Seminário Nacional de Pesquisadores das Comunidades Teuto-Brasileiras
(Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
CORREA, Silvio Marcus de Souza; ETGES, Virgínia Elisabet (org.). Território e
população: 150 anos de Rio Pardinho. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2002.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Urbanização e identidade étnica. Anais do IV e V
Seminário Nacional de Pesquisadores das Comunidades Teuto-Brasileiras.
Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras, 2002, p. 81-90.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Integração e individualidades: a interação étnico-
cultural no Rio Grande do Sul. Paese Nation – Zweite Heimat: o futuro das tradições
italiana e alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Edições EST, 2002, p. 147-152.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Migração e (re)construção do capital social. In:
CORREA, Sílvio Marcus de Souza (org.). Capital social e desenvolvimento regional.
Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2003, p. 303-334.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Identidade alemã e alteridade no Rio Grande do
Sul. In: CUNHA, Jorge Luiz da (org.). Cultura alemã 180 anos – Deutsche Kultur
seit 180 Jahre. Porto Alegre: Nova Prova, 2004, p. 31-41.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Narrativas sobre o Brasil alemão ou a Alemanha
brasileira: etnicidade e alteridade por meio da literatura de viagem. Anos 90, Porto
Alegre: UFRGS, vol. 12, n. 21/22, p. 227-269, 2005.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Migração e mobilidade social no Brasil Meridional:
os afro-brasileiros em Santa Cruz do Sul (RS). Ethnos Brasil: Cultura e Sociedade,
São Paulo, ano 2, n. 4, 104-121, 2005.

46
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Heterologia das gentes do Brasil meridional por
viajantes alemães. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Multiculturalismo e fronteiras étnicas. In:
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf; PADOIN, Maria Medianeira (dir.). História
Geral do Rio Grande do Sul: Império. Passo Fundo: Méritos Editora, 2006, p. 257-
278.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Territorialidade, etnicidade e fronteiras étnicas na
formação do Brasil meridional. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração
e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Mudanças na representação social de uma cidade
em área de colonização alemã no RS. In: Anais do X Seminário Nacional dos
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre:
Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Os banhos medicinais entre imigrantes e seus
descendentes no Rio Grande do Sul. In: Anais do XVIII Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos,
2009.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Germanidade e banhos medicinais nos primórdios
dos balneários no Rio Grande do Sul. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de
Janeiro: FIOCRUZ, vol. 17, n. 1, p. 165-174, 2010.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. Alteridades africanas pela lente de fotógrafos
alemães no Brasil meridional. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane
Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 237-248.
CORREA, Sílvio Marcus de Souza. O “perigo alemão” nas fronteiras do “mundo luso-
afro-brasileiro” (1914-1918). In: PAREDES, Marçal de Menezes (org.). Portugal,
Brasil, África: história, identidade e fronteiras. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 125-
148.
CORSETTI, Berenice; BESCHORNER, Luciana. Colégio Teutônia: um estudo de caso
na História da Educação no Rio Grande do Sul. In: Anais do XVI Simpósio de
História da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na
América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
CORSETTI, Berenice; KISTEMACHER, Dilmar; PADILHA, Alessandra Vieira. A
política educacional no Rio Grande do Sul e a questão da nacionalização do ensino
(1930-1945). História da Educação, Pelotas: UFPel, vol. 11, p. 173-192, 2007.
COSTA, Achyles Barcelos da; PASSOS, Maria Cristina (orgs.). A indústria calçadista
no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: UNISINOS, 2004.
COSTA, Ana Monteiro. A gênese do empresário gaúcho: uma interpretação a partir
dos modelos de matriz institucional e de construção mental de Douglass North. Tese
(Doutorado em Economia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2010.

47
COSTA, Arlete Eli Kunz; PISSAIA, Luís Felipe; FERLA, Noeli Juarez; MORESCHI,
Claudete; MOCCELIN, Jessica Maria. O processo de envelhecimento dos descendentes
de imigrantes açorianos, alemães e italianos no contexto do vale do Taquari/RS, Brasil.
Signos, Lajeado: UNIVATES, vol. 37, n. 2, p. 205-215, 2016.
COSTA, Carlos Gabriel. Migração alemã e fumicultura: a colônia de Santa Cruz (RS)
no período imperial brasileiro. Spartacus: Revista Eletrônica dos Discentes de
História, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 1, 2010.
COSTA, Fernanda Caroline Cassador. Relações transnacionais para a prática
missionária da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil: transformações,
sinuosidades e conflitos. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade Federal
do Rio de Janeiro, 2016.
COSTA, Fernanda Caroline Cassador. O fazer missionário, o fazer política: construção
de relações para a atuação missionária na terra indígena Guarita, nas décadas de 1960 a
1980. Fronteiras: Revista de História, Dourados: UFGD, vol. 19, n. 34, p. 257-279,
2017.
COSTA, Jairo Scholl et al. São Lourenço do Sul, 1884-1984. Porto Alegre: CORAG,
1984.
COSTA, Jairo Scholl. Navegadores da Lagoa dos Patos: a saga náutica de São
Lourenço do Sul. São Lourenço do Sul: Editora Hofstätter, 1999.
COSTA, Jairo Scholl. O pescador de arenques. Pelotas: EDUCAT, 2007.
COSTA, João Paulo Reis. A Revolução Federalista na região de Santa Cruz do Sul: a
atuação dos serranos de Zeca Ferreira. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN,
Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens.
São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 205-212.
COSTA, Licurgo. Ensaios sobre a vida de Lindolfo Collor. Florianópolis: Lunardelli,
1990.
COSTA, Miguel Ângelo Silva da. Confrontos e encontros: o caso de migrantes afro-
brasileiros e seus descendentes em uma cidade de colonização alemã no Rio Grande do
Sul. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e
interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São
Leopoldo: Oikos, 2007.
COSTA, Miguel Ângelo Silva da. “Empresas disparatadas no Brasil”: Wilhelm
Rotermund e algumas facetas do envolvimento político-social de imigrantes alemães e
de seus descendentes nos pleitos eleitorais do período imperial brasileiro. In: Anais do
XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade –
Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
COSTA, Miguel Ângelo S. da et al. (orgs.). Explorando possibilidades: experiências e
interdependências entre imigrantes alemães, seus descendentes e outros mais no Brasil
Meridional. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2009.
COSTA, Miguel Ângelo da Silva; MÜGGE, Miquéias Henrique. Tecendo alianças,
transacionando interesses: disputas fundiárias na antiga fazenda do Padre Eterno – São
Leopoldo (1851-1864). In: COSTA, Miguel Ângelo S. da et al. (orgs.). Explorando
possibilidades: experiências e interdependências entre imigrantes alemães, seus
descendentes e outros mais no Brasil Meridional. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2009,
p. 198-226.

48
COSTA, Rovílio. Povoadores da Colônia Guarani, 1891-1922. Porto Alegre: EST
Edições, 2004.
COSTA, Sérgio. Imigração no Brasil e na Alemanha: contextos, conceitos,
convergências – Immigration in Brazil and in Germany: contexts, concepts,
convergences. Ciências Sociais – Unisinos, São Leopoldo, vol. 44, n. 2, p. 105-118,
2008.
COSTA, Sergio Corrêa da. Crônica de uma guerra secreta: nazismo na América – a
conexão argentina. Rio de Janeiro: Record, 2004.
COSTA FRANCO, Sérgio da. São Leopoldo como distrito de Porto Alegre. In: Anais
do 6º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do
Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.
COSTA FRANCO, Sérgio da. Alemães e luso-brasileiros em confronto. Revista do
Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 141, p. 115-
121, 2006/2007.
CREUTZBERG, Leonhard F. Estou pronto para cantar: subsídios para a hinariologia
da IECLB. São Leopoldo: Sinodal, 2001.
CRIST, Raymond E. German colonization in Rio Grande do Sul. Geographical
Review, vol. 56, 1966.
CRISTO, Tuani; VOLKMER, Márcia Solange. Entre a farda e a moral positivista: o
papel da Guarda Municipal de Lajeado (1891-1905). Destaques Acadêmicos, Lajeado:
UNIVATES, vol. 8, n. 2, p. 223-242, 2016.
CROSSETTI, Odilon. Mais forte foi meu destino. Porto Alegre: Globo, 1949.
CRUZ, Natalia dos Reis. Negando a História: a Editora Revisão e o neonazismo.
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 1997.
CRUZ, Natalia dos Reis. A Editora Revisão: neonazismo, germanismo e nacionalismo
alemão. Praia Grande, Niterói: UFF, ano II, n. 1, p. 77-87, 1998.
CUBER, Antoni. Nas margens do Uruguai. Ijuí: MADP, 1975.
CULTURAS em movimento: a presença alemã no Rio Grande do Sul – Cultures on
the move: the German presence in Rio Grande do Sul – Kulturen in Bewegung: die
deutsche Einwanderung in Rio Grande do Sul. Porto Alegre: RIOCELL, 1992.
CUNDARI, Paula Casari. Limites da liberdade de expressão: imprensa e judiciário no
“caso Editora Revisão”. Tese (Doutorado em Comunicação Social) – Pontifícia
Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.
CUNHA, Jorge Luiz da. Os colonos alemães e a fumicultura: Santa Cruz do Sul, Rio
Grande do Sul 1849-1881. Santa Cruz do Sul: Livraria e Editora da FISC, 1991.
CUNHA, Jorge Luiz da. Rio Grande do Sul und die deutsche Kolonisation: ein
Beitrag zur Geschichte der deutsch-brasilianischen Auswanderung und der deutschen
Siedlung in Südbrasilien zwischen 1824 und 1914. Santa Cruz do Sul: Gráfica Léo
Quatke da UNISC, 1995.
CUNHA, Jorge Luiz da. Fatos históricos da imigração alemã no Rio Grande do Sul e
suas consequências linguísticas. Cadernos do IL, Porto Alegre, n. 17, p. 7-34, 1997.
CUNHA, Jorge Luiz da. Historiografia recente sobre emigração alemã para o Brasil.
Fronteira: Revista de História, Florianópolis: UFSC, n. 6, p. 7-17, 1998.

49
CUNHA, Jorge Luiz da. O Rio Grande do Sul e a colonização entre 1824 e 1830. In:
QUEVEDO, Júlio (org.). Rio Grande do Sul: quatro séculos de história. Porto Alegre:
Martins Livreiro, 1999.
CUNHA, Jorge Luiz da. Conflitos de interesses sobre a colonização alemã do Brasil na
segunda metade do século XIX. Estudos Ibero-Americanos, Porto Alegre: PUCRS,
vol. 26, n. 1, p. 183-233, 2000.
CUNHA, Jorge Luiz da; GÄRTNER, Angelika. As culturas alemãs e brasileiras no
relato da viagem de Hermann Meyer, nos anos 1898 e 1899, pelas colônias alemãs do
Rio Grande do Sul. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 6, n. 3, p. 7-46, 2001.
CUNHA, Jorge Luiz da; GÄRTNER, Angelika (orgs.). Imigração alemã no Rio
Grande do Sul: história, linguagem, educação. Santa Maria: Editora da UFSM, 2003.
CUNHA, Jorge Luiz da (org.). Cultura Alemã – 180 anos – Deutsche Kultur seit 180
Jahre. Porto Alegre: Nova Prova, 2004.
CUNHA, Jorge Luiz da. Os alemães no sul do Brasil. In: CUNHA, Jorge Luiz da (org.).
Cultura alemã 180 anos – Deutsche Kultur seit 180 Jahre. Porto Alegre: Nova
Prova, 2004, p. 15-30.
CUNHA, Jorge Luiz da. Brasileiros. In: CUNHA, Jorge Luiz da (org.). Cultura alemã
180 anos = Deutsche Kultur seit 180 Jahre. Porto Alegre: Nova Prova, 2004, p. 109-
115.
CUNHA, Jorge Luiz da; GÄRTNER, Angelika. Darstellung der deutschen und
brasilianischen Kultur im Reisebericht von Herrmann Meyer aus den Jahren 1898 und
1899 über die deutschen Kolonien in Rio Grande do Sul. In: Anais do VI Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (Santa
Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos, 2004.
CUNHA, Jorge Luiz da. Os limites da emigração. A emigração dos limites: o fracasso
da legislação do 2º Reich alemão sobre emigração aos países platinos. Revista Jurídica
da FADISMA, Santa Maria, vol. 1, n. 1, p. 109-142, 2006.
CUNHA, Jorge Luiz da. Imigração e colonização alemã. In: PICCOLO, Helga Iracema
Landgraf; PADOIN, Maria Medianeira (dir.). História Geral do Rio Grande do Sul:
Império. Passo Fundo: Méritos Editora, 2006, p. 279-300.
CUNHA, Jorge Luiz da. A colonização alemã no Rio Grande do Sul. In: ELY, Nilza
Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
CUNHA, Jorge Luiz da; NICOLOSO, Fabrício Rigo. Os imigrantes alemães em Santa
Maria: estratégias econômico-sociais e inserção política em tempos imperiais. In:
NOVALES, Ana Tereza Frega et al. (orgs.). História, regiões e fronteiras. Santa
Maria: FACOS-UFSM, 2012, p. 307-322.
CUNHA, Jorge Luiz da. Os efeitos práticos das políticas provinciais e imperiais sobre a
colonização de territórios do Rio Grande do Sul com imigrantes europeus no século
XIX. In: RADÜNZ, Roberto; HERÉDIA, Vania Beatriz Merlotti (orgs.). Imigração e
sociedade: fontes e acervos da imigração italiana no Brasil. Caxias do Sul: EDUCS,
2015, p. 80-101.
CUNHA, Jorge Luiz da; BORIN, Marta Rosa; SALDANHA, Rogerio. Religião e
imigração: embate entre católicos e protestantes no Rio Grande do Sul. In: ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.).
Migrações: religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 989-912.

50
CUNHA, Jorge Luiz da; VOGT, Olgário Paulo; RADÜNZ, Roberto. Peter Kleudgen:
um negociador alemão agenciando colonos para o Brasil. In: FRASQUET, Ivana;
ESCRIG, Josep; RENAU, Laura Martínez (eds.). En los márgenes de la Historia
Tradicional. Nuevas miradas de America Latina desde el siglo XXI (XVII Congreso
Ahila). Valencia: Universitat de Valencia, 2017, p. 1708-1727.
CUNHA, Jorge Luiz da. Escrever histórias para convencer os outros: memórias, diários
e cartas de imigrantes. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica, Salvador:
UEB, vol. 3, n. 7, p. 235-256, 2018.
CUNHA, Lauro Pereira da. O botoque e o açúcar: índios Xokleng e colonos no Litoral
Norte do Rio Grande do Sul (século XIX). Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2008.
CUNHA, Neusa Maria Costa. Participação política dos imigrantes alemães em São
Leopoldo. Porto Alegre: IESPE/PUCRS, 1972 (separata de Anuário de 1972).
CURI, Luiz Felipe Bruzzi. Nationalökonomie nos trópicos: pensamento econômico
alemão no Brasil (1889-1945). Tese (Doutorado em História Econômica) –
Universidade de São Paulo, 2018.
DACANAL, José Hildebrando. RS: imigração & colonização. Porto Alegre: Mercado
Aberto, 1996.
DAHMER, Élio. Imigração alemã. Teutônia: Edição do autor, 2015.
DAHME-ZACHOS, Andrea. Zum Zusammenhang von Lebensgeschichte mit
kollektiver Geschichte und kollektiven Identitäten bei der deutschsprachigen
Minderheit und ihren Nachkommen in Brasilien – eine biographieanalytische
Arbeit. Sankt Augustin/Alemanha: Gardez! Verlag, 2003.
DALMÁZ, Mateus. A imagem do Terceiro Reich na Revista do Globo (1933-45).
Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.
DAMKE, Ciro. As interferências do alemão como língua materna na aprendizagem
do português. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 1988.
DAMKE, Ciro. Sprachgebrauch und Sprachkontakt in der deutschen Sprachinsel
in Südbrasilien. Frankfurt/M: Peter Lang, 1997.
DAMKE, Ciro. A (re)construção da identidade dos imigrantes alemães através de
músicas populares alemãs. In: II Seminário Nacional em Estudos de Linguagem –
Diversidade, Ensino e Linguagem. Cascavel, 2010.
DAMO, Arlei Sander. Para o que der e vier: o pertencimento clubístico no futebol
brasileiro a partir do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense e seus torcedores. Dissertação
(Mestrado em Antropologia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto
Alegre, 1998.
DANTAS, Santiago. Ligeiras notícias sobre as operações contra os Muckers. Rio de
Janeiro: Tipografia da Gazeta de Notícias, 1877.
DARCANCHY, Raul. O pan-germanismo no sul do Brasil. Rio de Janeiro: s. e.,
1915.
DARONCO, Leandro Jorge. À sombra da cruz: trabalho e resistência servil no noroeste
do Rio Grande do Sul, 1840-1888. In: Anais do XVII Simpósio de História da

51
Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006).
São Leopoldo: Oikos, 2008.
DAROS, Marília; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Gramado. Porto
Alegre: EST, 1995.
DAROS, Marília. Gramado: 5º distrito de Taquara do Mundo Novo. In: DAROS,
Marilia; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Gramado. Porto Alegre:
EST, 1995, p. 155-156.
DAS DEUTSCHE Krankenhaus in Porto Alegre. Porto Alegre: Verband Deutscher
Vereine, 1927.
DAUDT, Edi. Considerações sobre artes plásticas no vale do Rio dos Sinos. In:
ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande:
história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 225-238.
DAUDT, José Carlos. Álbum Comemorativo ao 75º Aniversário da Sociedade
Ginástica de Porto Alegre, 1867. Porto Alegre: SOGIPA, 1942.
DAUDT, José Carlos. Brasileiros de cabelos loiros e olhos azuis. Porto Alegre:
Gráfica Editora Catos Ltda., 1952.
DE BONI, Luís A. (org.). Padre Werner von und zur Mühlen: textos escolhidos.
Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003.
DEBALD, Blasius Silvano. Nossa História: história da Juventude Católica da Diocese
de Santa Cruz do Sul, durante o episcopado de Dom Alberto Etges – 1959/1986. Porto
Alegre: Alcance, 2001.
DEBALD, Blasius Silvano. A organização dos jovens da Diocese de Santa Cruz após o
golpe militar. História – Unisinos, número especial, p. 201-210, 2002.
DECKER, Aurélio; DECKER, Ismael. Lucila, uma adorável tia colona. Porto Alegre:
Metrópole, 2004.
DEDEKIND, Max. Deutschtum und Evangelium in Brasilien. Leipzig: Sächsische
Verlgasgesellschaft G.m.b.H, 1929.
DEDEKIND, Max. Die deutsch-evangelische Diaspora in Brasilien.
Leipzig/Alemanha: Strauch & Krey, 1930.
DEDEKIND, Max. Verzeichnis der deutschen evangelischen Pfarrer in Südamerika
von 1823 bis 1. April 1937. Wuppertal/Alemanha: Westdeutsche Druckerei, 1938 [?].
DEEKE, Axel Gustavo. Centralidade e configuração urbana no processo de
formação e desenvolvimento da área central de Santa Cruz do Sul/RS (1920-2010).
Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz
do Sul, 2012.
DELAI, Pe. Rizzieri. Três Forquilhas e suas comunidades. Três Cachoeiras: Gráfica
Três Cachoeiras, 1999.
DELHAES-GUENTHER, Dietrich von. Industrialisierung in Südbrasilien.
Colônia/Alemanha: Böhlau Verlag, 1973.
DELHAES-GUENTHER, Dietrich von. Die europäische Kolonisation in Rio Grande do
Sul während des 19. Jahrhunderts – Erfolgsgründe und Grenzen. Staden-Jahrbuch,
São Paulo, n. 21/22, 1973/1974.

52
DELHAES-GUENTHER, Dietrich von. La fondazione delle prime colonie italiane nel
giudizio dei tedeschi. In: MASSA, Gaetano (org.). Contributo alla storia della
presenza italiana in Brasile. Roma: Intituto Italo-Latino Americano, 1975, p. 43-54.
DELHAES-GUENTHER, Dietrich von. La influencia de la inmigración en el desarrollo
y composición étnica de la poplación de Rio Grande do Sul. Jahrbuch für Geschichte
von Staat, Wirtschaft und Gesellschaft Lateinamerikas, Colônia/Alemanha: Böhlau,
vol. XIII, p. 420-433, 1976.
DELHAES-GUENTHER, Dietrich von. Colonização europeia no Rio Grande do Sul
durante o século XIX (causas do êxito e limitações). In: III Colóquio de Estudos
Teuto-Brasileiros. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 1980.
DENIS, Pierre. O Brazil no século XX. Rio de Janeiro: Editora José Bastos, s. d.
DEPPE, Gessy (coord.). Contribuição à história de Nova Petrópolis: depoimentos.
Caxias do Sul: EDUCS, 1988.
DEPPE, Gessy; SENGER, Ladi; WEDIG, Sandra Rejane. Estudos Sociais – Município
de Nova Petrópolis. Nova Petrópolis: Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, 1988.
DEPPE, Gessy; SEIBT, Renato Urbano. Contribuição para a história de Nova
Petrópolis. Porto Alegre: CORAG, 2006.
DER BRAND der Ausstellung in Porto Alegre. Export – Organ des Centralvereins
für Handelsgeographie, Berlim, vol. 6, n. 4, p. 234-243, 1882.
DESAULNIERS, Julieta Beatriz Ramos. Trabalho e socialização na colônia alemã de
São Leopoldo (1824-1846). Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Pontifícia
Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1984.
DETTMANN, Eduard. Brasiliens Aufschwung in deutscher Beleuchtng. Paderborn:
Salzwasser Verlag GmbH, 2011 [1908].
DEVITTE, Natalia; MACHADO, Neli Galarce; JASPER, André. Arqueologia e história
ambiental no vale do Taquari: práticas de descarte de resíduos sólidos no contexto dos
séculos XIX e XX. In: PEREIRA, Elenita; RÜCKERT, Fabiano; MACHADO, Neli
(orgs.). História ambiental no Rio Grande do Sul. Lajeado: Editora Univates, 2014.
DEWES, Miguel José. A história de Cerro Largo. Porto Alegre: Alvorada, 1966.
DHEIN, Cíntia Elisa. A importância da preservação do patrimônio histórico e cultural
como atrativo turístico em Ivoti. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane
Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 617-619.
DHEIN, Cintia Elisa. A interpretação patrimonial da imigração alemã para o
turismo na rota romântica RS/BR. Dissertação (Mestrado em Turismo) –
Universidade de Caxias do Sul, 2012.
DIAS, Adriana Abreu Magalhães. Os anacronautas do teutonismo virtual: uma
etnografia do neonazismo na Internet. Dissertação (Mestrado em Antropologia) –
Universidade de Campinas, 2007.
DIAS, Carolina. Histórias do Instituto de Cultura Física de Porto Alegre (1928-
1937). Dissertação (Mestrado em Educação Física/Ciências do Movimento) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

53
DIAS, Guilherme; SOARES, André Luís Ramos. Reflexões acerca do processo de
tombamento: quando o critério étnico se sobrepõe aos demais, o processo da Casa da
Feitoria Velha em São Leopoldo. In: Anais Eletrônicos do III Congresso
Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2015.
DIAS, Jefferson Luciano Zuch. A ocupação do Vale do Paranhana antes da imigração
teuta. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio
histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São
Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 377-387.
DÍAZ, Norma. “... Und in welcher Sprache träumst Du?” “Da kür ik ma português”
(Apuntes sobre un caso de contacto linguístico en el sur de Brasil). In: RADTKE,
Edgar; THUN, Harald (eds.). Neue Wege de romanischen Geolinguistik: Akten des
Symposiums zur empirischen Dialektologie. Kiel: Westensee-Verlag, 1996, p. 277-306.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. Dos “senhores do sul” aos Brummer: a trajetória da
construção social do trabalho, RS 1824-1880. In: Anais do XIII Encontro Anual da
ANPOCS. Caxambu: ANPOCS, 1989.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. Afetos e circunstâncias: um estudo sobre os Mucker
e seu tempo. Tese (Doutorado em Antropologia) – Universidade de São Paulo, 1996.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. A gravidez de cristo. In: FISCHER, Luís Augusto;
GERTZ, René E. (orgs.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da
Universidade/UFRGS, 1996, p. 290-295.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. A representação de identidade nacional em escolas de
imigração alemã no Rio Grande do Sul. História da Educação, Santa Maria/Pelotas:
ASPHE/FAE-UFPEL, v. 5, n. 3, 1997.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. O milenarismo Mucker revisitado. In: DREHER,
Martin N. (org.). Populações rio-grandenses e modelos de Igreja. São Leopoldo/Porto
Alegre: Sinodal/EST, 1998, p. 295-309.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. A estratégia da inocência – análise do discurso de
João Jorge Klein nos autos dos processos contra os Mucker – 1874-1880. In: Anais do
VII Simpósio de História da Imigração e Colonizaçaão Alemãs no Rio Grande do
Sul (São Leopoldo, 1986). São Leopoldo, 1986. Nova Petrópolis: Editora Amstad,
2000.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. Milenarismo em contexto significativo: os Mucker
como sujeitos. In: MUSUMECI, Leonarda (org.). Antes do fim do mundo:
milenarismos e messianismos no Brasil e na Argentina. Rio de Janeiro: Editora da
UFRJ, 2004, p. 13-34.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. O movimento Mucker, o demônio, a irracionalidade e
o espírito. In: PICCOLO, Helga Iracema L.; PADOIN, Maria Medianeira (org.).
História Geral do Rio Grande do Sul: Império. Passo Fundo: Méritos, 2006, p. 337-
450.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. Os Mucker ou como um mandado de prisão virou
guerra – 1874. In: AXT, Gunter (org.). As Guerras dos Gaúchos. Porto Alegre: Nova
Prova Editora, 2008, p. 200-213.
DICKIE, Maria Amélia Schmidt. Afetos e circunstâncias: os Mucker e seu tempo. São
Leopoldo: Editora OIKOS/Editora UNISINOS, 2018.

54
DIE DEUTSCHEN Kolonien der Provinz Rio Grande do Sul (Süd-Brasilien).
Berlim: Centralverein für Handelsgeographie und Förderung deutscher Interessen im
Auslande, 1881.
DIEGUES Júnior, Manuel. Imigração, urbanização, industrialização. Rio de Janeiro:
Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais, 1964.
DIEGUES Júnior, Manuel; QUINTELA, Maria Madalena. Os alemães no Brasil:
tentativa de estudo da bibliografia existente. In: II Colóquio de Estudos Teuto-
Brasileiros. Recife: Editora da Universidade Federal de Pernambuco, 1974.
DIEHL, Marlise Gertrudes; NEHRING, Santa Edy. Sob um velho umbu: 150 anos de
história da família Jappe. São Leopoldo: Editora OIKOS, 2006.
DIEHL, Marlise Gertrudes; SCHMIDT, Luciano. As pedras na vida da família Jahn. In:
Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades
Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
DIEHL, Marlise Gertrudes. De Picada Nova a Rio Pardinho: o início. São Leopoldo:
OIKOS, 2012.
DIEL, Arnaldo. Revista Jubileu Diamante Estrela. Estrela: Manufatura Estrelense,
1951.
DIEL, Paulo F. „Ein katholisches Volk, aber eine Herde ohne Hirte”: der Anteil
deutscher Orden und Kongregationen an der Bewahrung deutscher Kultur und an der
Erneuerung der katholischen Kirche in Südbrasilien (1824-1935/38). St. Augustin:
Gardez!-Verlag, 2001.
DIENSTBACH, Carlos. Diário de um viajante à América (Luiz Carlos Dienstbach). In:
Anais do IV Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1987.
DIENSTBACH, Carlos. A maçonaria e abolição da escravatura. In: Anais do VIII e IX
Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Garnde do Sul
(São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1998.
DIENSTBACH, Carlos. O primeiro navio das expedições de Schaeffer. In: Anais do
VIII e IX Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1998.
DIENSTBACH, Carlos. A maçonaria gaúcha. Londrina: Editora Maçônica “A Trolha”
Ltda., 1993 (4 vols.).
DIENSTMANN, Roberto. Ancestralidade biografada: resgate histórico dos Dienstmann
de Dois Irmãos. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER,
Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS,
2012, 483-486.
DIETSCHI, Theophil. Vom Werden und Wachsen der Riograndenser Synode. Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, p. 6-20, p. 32-50, 1956; p. 13-32, 1957.
DIETZ, Roberto Eugênio. Colégio Evangélico Panambi: 65 anos de atividade de
ensino particular, 1903-1968. Panambi: s. e., 1968.

55
DILLENBURG, Sérgio Roberto. Carlos Trein Filho. In: Anais do 3º Simpósio de
História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo:
Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
DILLENBURG, Sérgio Roberto. Deutsches Volksblatt – a saga de um jornal. In:
INSTITUTO HISTÓRICO DE SÃO LEOPOLDO. Anais. São Leopoldo (vol. II).
1979/1981 e 1981/1983.
DILLENBURG, Sérgio Roberto. A imprensa teuto-brasileira e a Revolução
Farroupilha. In: Anais do 5º Simpósio de História da Imigração e Colonização
Alemãs no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo,
1982.
DILLENBURG, Sérgio Roberto. Deutsches Volksblatt – a saga de um jornal. Estudos
Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 29, n. 133, p. 55-69, 1993.
DILLENBURG, Sérgio Roberto. Tempos de incerteza: a discriminação aos teuto-
brasileiros no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: EST, 1995.
DILLENBURG, Sérgio Roberto. Carlos von Koseritz. Porto Alegre: Museu de
Comunicação Social Hipólito José da Costa, 1998.
DILLENBURG, Sérgio Roberto. Quatro publicações marcantes no jornalismo rio-
grandense. Nova Petrópolis: Editora Amstad, s. d.
DILLY, Gabriela. Patrimônio cultural e turismo em Ivoti – cultura, história e patrimônio
em Ivoti. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de
Educação/CORAG, 2009.
DILLY, Gabiela; GEVEHR, Daniel Luciano. Educação patrimonial em comunidade: a
colônia japonesa de Ivoti (RS) e a problemática dos lugares de memória e de identidade
étnica. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São
Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1404-1416.
DILLY, Gabriela. Presidente Lucena: nossa terra, nossas raízes. Nova Petrópolis:
Editora Amstad, 2016.
DILLY, Gabriela. “Hab’ auf der Welt die schönsten Stunden doch nur in meinem
Heim gefunden”: experiências de gestão do patrimônio cultural e desenvolvimento
regional no sul do Brasil. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) –
FACCAT, Taquara, 2017.
DILTHEY, Richard. Die deutschen Ansiedlungen in Südbrasilien, Uruguay and
Argentinien. Reisebeobachtungen aus den Jahren 1880 und 1881. Berlim: Allgem.
Verlag-Agentur, 1882.
DILVA, João Barcelos da. O submarino alemão em Torres durante a Segunda Guerra
Mundial. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo.
Porto Alegre: EST, 2010.
DIMAS, Antonio. Uma amizade serena: Erico e Herbert Caro. Revista USP, São Paulo:
USP, n. 68, p. 282-289, 2005-2006.
DIMER, Adilson Maia. Processo de emancipação de Dom Pedro de Alcântara. In: ELY,
Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST,
2010.

56
DIMER, Marisete M. K. Fernandes. A fundação da colônia de São Pedro. In: ELY,
Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST,
2010.
DIRK, Dirceu Adolfo. As cartas de Martin Fischer: estudo da documentação de um
imigrante alemão. In: ZANOTTO, Gizele (org.). Anais do IV Congresso
Internacional História, Regiões e Fronteiras (vol. I). Passo Fundo: UPF, 2018, p.
277-284.
DISCURSO do Sr. Franz Keil, adido cultural da Embaixada Alemã no Brasil, na
reunião de abertura do II C. E. T. B. In: II Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros.
Recife: Editora da Universidade Federal de Pernambuco, 1974.
DOCKHORN, Avelino. Genealogia e história do imigrante Johann Friedrich
Dockhorn (João Frederico) e seus descendentes: 1825-1988. Porto Alegre: Pallotti,
1988.
DOMINGUES, Moacyr. A nova face dos Mucker. São Leopoldo: Rotermund, 1977.
DOMSCHKE, Rainer. Deutschsprachige Brasilienliteratur – Publicações sobre o
Brasil em língua alemã (1500-1900): Bibliografisches Verzeichnis – Resenha
bibliográfica. São Leopoldo/São Paulo: Editora OIKOS/Instituto Martius-Staden, 2011.
DONNER, Sandra Cristina. Os jovens luteranos e a “revolução brasileira”: um
estudo histórico da Congregação dos Estudantes de Porto Alegre, da Associação Cristã
de Acadêmicos e da Revista da Juventude Evangélica na década de 1960. Dissertação
(Mestrado em Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo, 2001.
DONNER Sandra Cristina. Construção da ideia de germanidade nas colônias do litoral
norte gaúcho: o uso dos seminários sobre imigração e dos livros de história local na
busca por uma identidade perdida. In: Anais Eletrônicos do I Congresso
Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2011, p. 2440-2451.
DONNER, Sandra Cristina. Processos de patrimonialização na atualidade. Um estudo
de caso: “Igrejinha” Martin Luther. Revista Latino-Americana de História, São
Leopoldo, vol. 1, n. 2, p. 24-37, 2012.
DONNER, Sandra Cristina. A restauração da identidade germânica no I Simpósio sobre
Imigração Alemã no Litoral Norte/RS. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane
Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história,
memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 419-431.
DONNER, Sandra Cristina. Os eventos de história local e o turismo, estudo de caso
sobre os Simpósios sobre Imigração Alemã no Litoral Norte. In: RAMOS, Eloisa
Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.).
Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p.
851-862.
DONNER, Sandra Cristina. História local, memória e ofício do historiador entre
Raízes e Marcas do tempo (1990-2012). Tese (Doutorado em História) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.
DÖRFFEL, Ottokar. Der südbrasilianische Landwirth: ein Leitfaden für Ansiedler in
Brasiliens südlichen Provinzen Rio Grande do Sul und Santa Catarina: Dona Francisca:
s. e., 1865.
DORFMAN, Paulo. A música sacra de Leo Schneider: uma voz no deserto.
Dissertação (Mestrado em Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo, 2009.

57
DORNELES, Edson Bertin. Gramado: a produção e consumo de uma imagem de
cidade europeia no sul do Brasil. Dissertação (Mestrado em Antropologia) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2001.
DORNELLES, Beatriz; SCHAEDLER, Cândida. Um século de Sankt Paulusblatt:
trajetória da mais longeva revista em língua alemã com circulação mensal no Brasil.
Conexão: Comunicação e Cultura, Caxias do Sul: UCS, vol. 15, n. 30, p. 88-110,
2016.
DORNELLES, Soraya Sales. A História em As vítimas do bugre, ou como tornar-se
bugre na História. Anos 90, Porto Alegre: UFRGS, vol. 18, n. 34, p. 245-278, 2011.
DORNELLES, Soraya Sales. De Coroados a Kaingang: as experiências vividas pelos
índios num contexto de imigração do século XIX. Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
DÖRNTE, Roberto J. A maçonaria em São Leopoldo. In: Anais do 1º Simpósio de
História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo,
1974.
DÖRNTE, Roberto J. Pequena contribuição à biografia de Hillebrand. In: Anais do 6º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.
DORS, Marines. O líder dos imigrantes: por uma biografia a Karl von Koseritz (1834-
1890). In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
DOSSIÊ Brasil-Alemanha: imigração, cidadania e cooperação. Textos de História,
Brasília: UnB, vol. 16, n. 2, 2008.
DRASDO, Christiane. Atividades de língua alemã nas escolas do Rio Grande do Sul:
aconselhamento para o ensino de alemão. VOLKMER, José Albano; ROCHA, Manoel
André da; GERTZ, René E. (orgs.). Retratos de cooperação científica e cultural: 40
anos do Instituto Cultural Brasileiro-Alemão. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1999, p. 137-
145.
DREHER, Carlos; DREHER, Isolde (orgs.). Profecia e esperança: um tributo a Milton
Schwantes. São Leopoldo: OIKOS, 2006.
DREHER, Luís H. O “liberalismo” e a situação religiosa: notas a partir da vida e obra
de Karl von Koseritz. Estudos Leopoldenses – Série História, vol. 3, n. 2, p. 87-102,
1999.
DREHER, Luís H. A identidade evangélico-luterana e o diálogo intra-religioso: ideias
para a busca de um método. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 43, n. 1, p.
83-91, 2003.
DREHER, Martin N. Visão – luta – herança: Hermann Gottlieb Dohms e a identidade
da IECLB. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 18, n. 3, p. 119-134, 1978.
DREHER, Martin N. A Igreja no Brasil diante do problema social do pequeno
agricultor e do operário: na perspectiva histórica. Estudos Teológicos, São Leopoldo:
EST, ano 21, n. 2, p. 119-135, 1981.
DREHER, Martin N. Luteranismo e participação política. In: DREHER, Martin N.
Reflexões em torno de Lutero II. São Leopoldo: Sinodal, 1984, p. 121-132.

58
DREHER, Martin N. Hermann Borchard em São Leopoldo. In: Simpósio de História
da Igreja. São Leopoldo: Rotermund/Editora Sinodal, 1986, p. 23-33.
DREHER, Martin N. Hermann Gottlieb Dohms: tentativa de Teologia Protestante em
uma igreja de imigrantes no Brasil. In: Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo:
Editora Sinodal, 1986.
DREHER, Martin N. O negro na obra de Johann Jacob von Tschudi. In: Anais do VIII
e IX Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do
Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo,
1998.
DREHER, Martin N. O movimento Mucker na visão de dois pastores evangélicos. In:
Dreher, Martin N. (ed.). Peregrinação: estudos em homenagem a Joachim Herbert
Fischer pela passagem de seu 60º aniversário. São Leopoldo: Sinodal, 1990, p. 102-112.
DREHER, Martin N. O negro na obra de Johann Jakob von Tschudi. Estudos
Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 27, n. 121, p. 69-81, 1991.
DREHER, Martin N. Protestantismo de imigração no Brasil: sua implantação no
contexto liberal-modernizador e as consequências desse projeto. In: DREHER, Martin
N. Imigrações e história da Igreja no Brasil. Aparecida: Editora Santuário, 1993, p.
109-131.
DREHER, Martin N. A missão de Deus na Igreja Evangélica de Confissão Luterana no
Brasil. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 33, n. 3, p. 261-277, 1993.
DREHER, Martin N. O mundo evangélico na Revolução Federalista. In: RAMBO,
Arthur Blasio; FÉLIX, Loiva Otero (eds.). A Revolução Federalista e os teuto-
brasileiros. São Leopoldo/Porto Alegre: Editora UNISINOS/Editora da Universidade,
1994, p. 69-81.
DREHER, Martin N. O fenômeno imigratório alemão para o Brasil. Estudos
Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 31, n. 142, p. 59-82, 1995.
DREHER, Martin N. (ed.). Os dois vizinhos e outros textos [de Wilhelm Rotermund].
Porto Alegre/São Leopoldo: EST/Sinodal, 1997.
DREHER, Martin N. O imigrante alemão e sua utopia. Estudos Leopoldenses – Série
História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 2, n. 2, p. 131-147, 1998.
DREHER, Martin N. O protestantismo rio-grandense. In: DREHER, Martin N. (org.).
Populações rio-grandenses e modelos de igreja. Porto Alegre/São Leopoldo: Edições
EST/Sinodal, 1998.
DREHER, Martin N. Rostos da igreja no Brasil Meridional – o cristianismo do sul do
Brasil. In: DREHER, Martin N. (org.). Populações rio-grandenses e modelos de
igreja. Porto Alegre/São Leopoldo: Edições EST/Sinodal, 1998.
DREHER, Martin N. O desenvolvimento econômico do vale do rio dos Sinos. Estudos
Leopoldenses – Série História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 3, n. 2, 1999.
DREHER, Martin N. Protestantismo evangélico da imigração no Brasil: sua
implantação no contexto do projeto liberal-modernizador e as consequências desse
projeto. In: Anais do VII Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs
no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1986). Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
DREHER, Martin N. (org.) Hermann Gottlieb Dohms: textos escolhidos. Porto
Alegre: EDIPUCRS, 2001.

59
DREHER, Martin N.; GUTFREIND, Ieda; ARENDT, Isabel Cristina (orgs.). Catálogo
– imigrantes alemães e descendentes no Rio Grande do Sul: histórias de vida. São
Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2001.
DREHER, Martin N. O desenvolvimento econômico do Vale do Rio dos Sinos. In:
SULIANI, Antônio (org.). Etnias e carisma: poliantéia em homenagem a Rovílio
Costa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001, p. 797-819.
DREHER, Martin N. 500 anos de Brasil e a Igreja na América Meridional. Porto
Alegre: EST Edições, 2002.
DREHER, Martin N. Migrações internas a partir de uma carta. In: Anais do IV e V
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
DREHER, Martin N. (ed.). A imigração alemã para o sul do Brasil até 1859 [de
Ferdinand Schröder]. São Leopoldo/Porto Alegre: Editora da UNISINOS/EDIPUCRS,
2003.
DREHER, Martin N. Igreja e germanidade. São Leopoldo: Sinodal, 2003.
DREHER, Martin N. O movimento Mucker na visão dos pastores evangélicos.
Protestantismo em revista, São Leopoldo: EST, vol. 2, p. 37-53, 2003.
DREHER, Martin N. A participação do imigrante na imprensa brasileira. In: DREHER,
Martin N.; RAMBO, Arthur Blásio; TRAMONTINI, Marcos Justo (orgs.). Imigração
& Imprensa. Porto Alegre: EST Edições, 2004, p. 91-99.
DREHER, Martin N. (org.). Livros de Registro da Comunidade Evangélica de São
Leopoldo, RS (século XIX). São Leopoldo: Editora OIKOS, 2004.
DREHER, Martin N. Os imigrantes alemães e a religião. In: CUNHA, Jorge Luiz da
(org.). Cultura Alemã – 180 anos – Deutsche Kultur seit 180 Jahre. Porto Alegre:
Nova Prova, 2004, p. 57-63.
DREHER, Martin N. História do povo luterano. São Leopoldo: Editora Sinodal, 2005.
DREHER, Martin N. A Câmara Municipal de São Leopoldo e o conflito Mucker. In:
SILVA, Haike Roselane Kleber da; HARRES, Marluza Marques (orgs.). A história da
Câmara e a Câmara da História. São Leopoldo: Oikos, 2006.
DREHER, Martin N. As religiões. In: PICCOLO, Helga Iracema Landgraf; PADOIN,
Maria Medianeira (dir.). História Geral do Rio Grande do Sul: Império. Passo Fundo:
Méritos Editora, 2006, p. 321-336.
DREHER, Martin N. A criança no mundo teuto do Rio Grande do Sul. In: DREHER,
Martin N.; TRAMONTINI, Marcos Justo (orgs.). Leituras e interpretações da
imigração na América Latina. São Leopoldo: OIKOS, 2007, p. 815-826.
DREHER, Martin N. A lenda dos imigrantes de Mecklenburg e a colonização alemã no
Litoral Norte/RS. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Arroio do Sal – marcas do tempo. Porto
Alegre: Edições EST, 2007, p. 135-144.
DREHER, Martin N. Imigração e religião no Rio Grande do Sul do século XIX. In:
GIRON, Loraine Slomp; RADÜNZ, Roberto (orgs.). Imigração e Cultura. Caxias do
Sul: EDUCS, 2007, p. 191-203.

60
DREHER, Martin N. “Um rio imita o Reno” ou “‘Longe do Reno’ também se é feliz”:
considerações sobre uma obra de Clodomir Vianna Moog e uma resposta de Bayard de
Toledo Mercio. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
DREHER, Martin N. Breve história do ensino privado gaúcho. São Leopoldo: Oikos,
2008.
DREHER, Martin N. Espaços políticos. In: GRÜTZMANN, Imgart; DREHER, Martin
N.; FELDENS, Jorge Augusto. Imigração alemã no Rio Grande do Sul. São
Leopoldo: Oikos/UNISINOS, 2008.
DREHER, Martin N. Imigração e política. In: COSTA, Miguel Ângelo S. da;
DREHER, Martin N.; CARVALHO, Enildo de M. (orgs.). Explorando possibilidades.
Experiências e interdependências sociais entre imigrantes alemães, seus
descendentes e outros mais no Brasil Meridional. Santa Cruz do Sul: EDUNISC,
2009, p. 17-45.
DREHER, Martin N. Conversas a partir da margem: dialogando com os Mucker. In:
SIDEKUM, Antonio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel Cristina (orgs.).
Campos múltiplos: identidade, cultura e história. Festschrift em homenagem ao prof.
Arthur Blásio Rambo. São Leopoldo: Nova Harmonia/Oikos, 2008, p. 57-81.
DREHER, Martin N. O local e o abrangente na história da imigração – novos temas. In:
GERBER, Doris Helena Schaun; DILLY, Gabriela; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos Antônio (orgs.). Imigração: do particular ao geral. Porto Alegre: CORAG,
2009, p. 49-63.
DREHER, Martin N. O caso de Maria Olga Duncker, detida no presídio de
Bützow/Mecklenburg (1825). In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração
e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
DREHER, Martin N.; MÜGGE, Erny (orgs.). Dois Irmãos: dos primórdios ao
cinquentenário de emancipação 2009. São Leopoldo: Oikos, 2009.
DREHER, Martin N. Os imigrantes descobrem o Brasil, melhor: Peter Paul Müller
descobre o Brasil. In: Anais do XIV Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Colonização e imigração no contexto das comemorações dos 500 anos: os imigrantes
descobrem o Brasil (São Lepoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
DREHER, Martin N. Degredados de Mecklenburg-Schwerin e os primórdios da
imigração alemã no Brasil/Sträflinge aus Mecklenburg-Schwerin und die Anfänge
deutscher Einwanderung in Brasilien. São Leopoldo: Oikos, 2010.
DREHER, Martin N. Família, morte e sentimentos: reflexões sobre História Social na
Alemanha posterior à Reforma e suas evidências nas áreas de imigração do Rio Grande
do Sul. In: Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Migrações: mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
DREHER, Martin N. Cartas de e para Três Forquilhas. Um triste centenário. In: ELY,
Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST,
2010.
DREHER, Martin N. Migração, mobilidade social e emigração no exemplo de
mecklenburgueses. In: Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e
Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.

61
DREHER, Martin N. Espelhos: histórias de fé e vida. São Leopoldo: Editora Sinodal,
2010.
DREHER, Martin N. Servidão da gleba em Mecklenburg e os primórdios da imigração
alemã no Brasil. Martius-Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 57, 2010.
DREHER, Martin N. O desenvolvimento econômico do Vale do Rio dos Sinos. In:
ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande:
história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 43-53.
DREHER, Martin N. (org.). Igreja de Cristo: um templo centenário. São Leopoldo:
Oikos, 2011.
DREHER, Martin N. Estrangeiros e migrantes: incluídos e excluídos na imigração. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 104-116.
DREHER, Martin N. Histórias de vida e fé: luteranos e luteranas no nordeste do Rio
Grande do Sul. São Leopoldo: OIKOS, 2012.
DREHER, Martin N. Primeiros imigrantes alemães no campo. In: BOLLE, Willi; e
KUPFER, Eckhard E. (eds.). Cinco séculos de relações brasileiras e alemãs. São
Paulo: Editora Brasileira de Arte e Cultura, 2013, p. 116-133.
DREHER, Martin N. Wilhelm Rotermund: seu tempo – suas obras. São Leopoldo:
OIKOS, 2014.
DREHER, Martin N. 190 anos de imigração alemã no Rio Grande do Sul:
esquecimentos e lembranças. São Leopoldo: OIKOS Editora, 2014.
DREHER, Martin N. Considerações sobre a história da família imigrante no Rio Grande
do Sul. In: SCOTT, Ana Sílvia Volpi et al. (orgs.). História da família no Brasil
Meridional: temas e perspectivas. São Leopoldo: OIKOS/Editora UNISINOS, 2014, p.
291-316.
DREHER, Martin N. Lendas e fatos na instituição do Kerb de São Miguel dos Dois
Irmãos. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 366-384.
DREHER, Martin Norberto. Carlos Henrique Oberacker Júnior. Martius-Staden
Jahrbuch, São Paulo: Institut Martius-Staden, vol. 60, p. 131-139, 2014.
DREHER, Martin N. A religião de Jacobina. São Leopoldo: Editora OIKOS, 2017.
DREHER, Scheila dos Santos. “O pontinho da balança”: história do cotidiano de
mulheres teuto-brasileiras no sul do Brasil, na perspectiva do privado e do público.
Dissertação (Mestrado em Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo, 2007.
DREHER, Scheila dos Santos. O processo de construção de “uma” identidade feminina
étnico-confessional. Mulheres teuto-brasileiras evangélicas no sul do Brasil no último
quartel do século XIX e primeira metade do século XX. In: Anais do XVII Simpósio
de História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São
Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
DRESSEL, Heinz. Fatos sociológicos sobre a população rural. Estudos Teológicos, São
Leopoldo: EST, ano 6, n. 4, p. 176-184, 1966.

62
DRESSEL, Heinz. Der deutschsprachige Kolonist im alten Siedlungsgebiet von São
Leopoldo, Rio Grande do Sul: eine soziologische Studie unter besonderer
Berücksichtigung von Dois Irmãos. Neuendettelsau: Freimund, 1967.
DRESSEL, Heinz. Das reiche Land der Armen: Brasilien – heute und morgen.
Neuendettelsau: Freimund Verlag, 1971.
DRESSEL, Heinz F. 15 Jahre Landpfarrer in Rio Grande do Sul – Brasilien.
Augsburg: FDL-Verlag, 1998.
DRESSEL, Helga. Reflexão sobre brasilidade e Deutschtum em "Um rio imita o Reno"
de Vianna Moog. In: MERTIN, Ray-Güde (ed.). Von Jesuiten, Türken und anderen
Fremden: Aufsätze zu brasilianischer Literatur und literarischer Übersetzung.
Frankfurt/M: Schönberger, 1996.
DRESSEL, Helga. Fronteiras múltiplas – a recepção de Vianna Moog e a questão da
identidade nacional. In: CHIAPPINI, Ligia; BRESCIANI, Maria Stella (eds.).
Literatura e cultura brasileiras: identidades e fronteiras. São Paulo: Editora Cortez,
2002.
DRESSEL, Helga. Serra versus pampa. O Rio Grande do Sul na obra de Vianna Moog.
In: OLIVEIRA, Tito Carlos Machado de (ed.). Território sem limites. Campo Grande:
UFMS, 2005.
DRESSEL, Helga. A Blumental de Vianna Moog. Fronteiras culturais na serra gaúcha.
In: MARTINS, Maria Helena; CHIAPPINI, Ligia (eds.). Cone Sul: fluxos,
representações e percepções. São Paulo: Hucitec, 2006.
DREYER, Adolfo L.; REX, Kátia C. Recuperação da memória teuto-brasileira através
de poesia. Palavra como/vida, São Leopoldo, vol. 4, n. 29, p. 24-25, 1995.
DREYER, Lilian. Sinfonia inacabada: a vida de José Lutzenberger. Porto Alegre:
Vidicom, 2004.
DREYS, Nicolau. Notícia descritiva da Província do Rio Grande de São Pedro do
Sul. Porto Alegre: Secretaria de Educação e Cultura, 1961.
DROPPA, Alisson. Consumo de bebidas alcoólicas e conflitos sociais: a construção
dos bêbados criminalizados para o estudo da formação social da colônia Ijuí (1890 a
1920). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos,
São Leopoldo, 2009.
DROSTE, Rolf (org.). Instituto Pré-Teológico: uma escola singular. São Leopoldo:
Associação dos Ex-Alunos do IPT/Editora Sinodal, 1996.
DUARTE, Ariane dos Reis. A nacionalização do ensino nas páginas do Correio de São
Leopoldo. Diálogo, Canoas: UNILASALLE, n. 27, p. 85-96, 2014.
DUARTE, Eduardo. Tributo de sangue – batalha do Passo do Rosário. In: Anais do
Primeiro Congresso de História e Geografia de São Leopoldo. Porto Alegre:
Livraria do Globo, 1947, p. 271-279.
DUARTE, Eduardo (ed.). O centenário da colonização alemã no Rio Grande do Sul.
(Sem indicações), 1946.
DUARTE, Laura Maria Goulart. Capitalismo e cooperativismo no Rio Grande do
Sul. Porto Alegre: L&PM, 1986.

63
DUDEK, Wamilton Tadeu. Freies Deutschland: o antinazismo na América Latina
em perspectiva transnacional (1933-1945). Tese (Doutorado em História) –
Universidade de Passo Fundo, 2018.
DULLIUS, Werner Mabilde. Cemitérios das colônias alemãs no Rio Grande do Sul.
Porto Alegre: Metrópole, 1985.
DULLIUS, Werner Mabilde; PETRY, Hugo Egon. Cemitérios das colônias alemãs no
Rio Grande do Sul. Porto Alegre: AGE, 1985.
DUMMER, Celeste et al. Vera Cruz: tempo, terra, gente. Vera Cruz: LupaGraf, 2009.
DUMMER, Celeste; BARTH, Marina Amanda; DIEHL, Marlise Gertrudes. Dona
Josefa: o faxinal, a picada e o travessão. Santa Cruz do Sul: LupaGraf, 2015.
DUPONT, Nair T. J. Paverama: ontem e hoje. Porto Alegre: Evangraf, 2012.
DUTRA, Eduardo. Relatório de Dr. João Daniel Hillebrand. Revista do Arquivo
Público do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, p. 336-439, 1934.
EBERLE, Carlos Heinz. Imigração teuto-russa. In: Simpósio de História da Igreja.
São Leopoldo: Editora Sinodal, 1986.
EBERLE, Soraya Heinrich. “Ensaio prá quê?” – Reflexões iniciais sobre a partilha de
saberes: o Grupo de Louvor e Adoração como agente e espaço formador teológico
musical. São Leopoldo: Faculdades EST, 2008.
ECKERT, José Paulo. O povo dos hervaes – entre o extrativismo e a colonização
(Santa Cruz, 1850-1900). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale
do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2011.
ECKERT, José Paulo. Dominar o sertão e “promover o progresso”: o uso da gestão de
floresta subtropical do vale do rio Pardo (século XIX). In: PEREIRA, Elenita Malta;
RÜCKERT, Fabiano Quadros; MACHADO, Neli G. (orgs.). História ambiental do
Rio Grande do Sul. Lajeado: UNIVATES, 2014, p. 101-118.
ECKERT, Kleber. Leituras nativas de região: as relações de regionalidade no Vale do
Taquari, RS. Dissertação (Mestrado em Letras e Cultura Regional) – Universidade de
Caxias do Sul, 2009.
ECKERT, Kleber. Quem é quem? Um estudo antroponímico a partir dos sobrenomes do
município de Lajeado/RS. Domínios de Lingu@gem, Uberlândia: UFU, vol. 7, n. 1, p.
139-158, 2013.
ECKERT, Kleber; FROSI, Vitalina Maria. Os hodônimos da cidade de Lajeado/RS: sua
natureza, suas interfaces. Domínios de Lingu@gem, Uberlândia: UFU, vol. 8, n. 1, p.
228-249, 2014.
ECKERT, Kleber; RÖHRIG, Maiquel. Os sobrenomes dos habitantes de Estrela-RS:
um estudo onomástico. Calestroscópio, Ouro Preto: UFOP. vol. 3, n. 5, p. 61-85, 2015.
ECKERT, Kleber; RÖHRIG, Maiquel. Os nomes das ruas da cidade de Estrela-RS: um
estudo hodonímico. Calestroscópio, Ouro Preto: UFOP. vol. 5, n. 8, p. 198-213, 2017.
ECKERT, Kurt Benno. Quando florescem os arrozais... História da Comunidade
Evangélica de Confissão Luterana de Cachoeira do Sul. Porto Alegre: Martins Livreiro,
1994.
ECKERT, Kurt Benno. O sol nasce para todos – Histórias narradas para meus
netos. Cachoeira do Sul: Edição do autor, 2009.

64
ECKERT, Paulo. As gentes de cor sob o olhar de viajantes alemães. In: Anais do XVI
Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da
imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
ECKL, Marlen. Entre resistência e resignação: as atividades do exílio de língua alemã
no Brasil, 1933-1945. Projeto História: Revista do Programa de Estudos Pós-
Graduados de História, São Paulo: PUCSP, n. 53, p. 121-159, 2015.
EGGERS, José Carlos. Sociedade Orpheu: a poesia estética de suas imagens no
contexto leopoldense. Porto Alegre: Pallotti, 1998.
EGGERS, José Carlos; LINCK, Márcio (coord.). Museu Histórico Visconde de São
Leopoldo: 50 anos de história. Novo Hamburgo: Um Cultural, 2012.
EGGERT, Edla. O voo da águia que quase virou galinha: o educativo projeto de
desenvolvimento “grupos de vizinhança” da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no
Brasil. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 1992.
EGGERT, Edla. Pomeranas parceiras no caminho da roça: um jeito de fazer Igreja,
Teologia e Educação Popular. Cadernos IHU Ideias, São Leopoldo: UNISINOS, vol.
2, n. 13, p. 1-15, 2004.
EHLERT, Anja. Der Beginn der deutschen Auswanderung nach Südbrasilien und die
Legende von den Mecklenburgern. Martius-Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 47/48, p.
31-41, 1999/2000.
EICKHOFF, João. O doutor maragato. Porto Alegre: Editora da
Universidade/UFRGS, 1994.
EIFLER, Ellen Walkiria. Bom Retiro do Sul: sua história... sua vida. Porto Alegre:
FEPLAM, 1992.
EIFLER, Roberto Velloso. Os 40 anos do Doutor Stummer. Porto Alegre: WS Editor,
1988.
ELICKER, Edwin. O colono imigrante evangélico – Três cartas de Philipp Elicker. In:
Anais do VII Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1986). Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2000, p. 54-
66.
ELMIR, Cláudio Pereira. A historiografia gaúcha da imigração: um exemplo de
abordagem tautológica. Estudos Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 27, n.
121, p. 83-96, 1991.
ELMIR, Cláudio Pereira. Carlos Teschauer: “um sacerdote riograndense”. O elogio
patronímico de Milton Valente no Instituto Histórico de São Leopoldo. In: FLECK,
Eliane Cristina Deckmann; ZANOTTO, Gizele (orgs.). Religiões e religiosidades no
Rio Grande do Sul: campo religioso sul-riograndense. São Paulo: ANPUH, 2018, p.
207-226.
ELY, Nilza Huyer. Três Forquilhas e seu círculo de estudos. In: Raízes de Lagoa
Vermelha. Porto Alegre: EST, 1993, p. 174-175.
ELY, Nilza Huyer. Carlos Leopoldo Voges – patriarca de Três Forquilhas. In: DAROS,
Marilia; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Gramado. Porto Alegre:
EST, 1995, p. 368-372.

65
ELY, Nilza Huyer (org.). Vale do Três Forquilhas: imigração alemã 170 anos. Porto
Alegre: EST, 1996.
ELY, Nilza Huyer; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Imigração alemã: 170
anos. Porto Alegre: EST, 1996.
ELY, Nilza Huyer. Tietböhl – uma família educando gerações. In: NEUBEGER,
Lotário (org.). RS: educação e sua história. Porto Alegre: EDIPLAT, 1998, p. 83-106.
ELY, Nilza Huyer; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Terra de Areia.
Porto Alegre: EST, 1999.
ELY, Nilza Huyer (org.). Vale do Três Forquilhas: veredas, vidas e costumes. Porto
Alegre: EST, 1999.
ELY, Nilza Huyer (org.). Terra de Areia: marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2000.
ELY, Nilza Huyer. A colônia alemã de Torres – 175 anos de história. In: Anais do IV e
V Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
ELY, Nilza Huyer (org.). Torres: marcas do tempo: Porto Alegre: EST, 2003.
ELY, Nilza Huyer (org.). Torres tem história – Ruy Ruben Ruschel. Porto Alegre:
EST, 2004.
ELY, Nilza Huyer (org.). Três Cachoeiras: marcas do tempo. Porto Alegre: Edições
EST, 2004.
ELY, Nilza Huyer. A colônia alemã de Torres e as migrações. In: Anais do VI
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras
(Santa Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos, 2004.
ELY, Nilza Huyer. Ruschel e etnia alemã no Litoral Norte do Rio Grande do Sul: uma
visão sobre o pioneirismo. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio
(orgs.). História, cultura e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo:
OIKOS, 2005, p. 114-116.
ELY, Nilza Huyer (org.). Arroio do Sal: marcas do tempo. Porto Alegre: Edições EST,
2007.
ELY, Nilza Huyer. A colônia alemã protestante de Três Forquilhas: relações
interétnicas e interconfessionais. In: Anais do XVII Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006).
São Leopoldo: Oikos, 2008.
ELY, Nilza Huyer. Breve observação sobre a busca pela saúde nas colônias alemãs do
Litoral Norte/RS: parteiras, benzedores, curandeiros, médicos e hospitais. In: Anais do
XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade –
Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
ELY, Nilza Huyer. Japoneses em Itati – a Mata Atlântica agradece. In: Anais do X
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação Ivoti/CORAG, 2009.
ELY, Nilza Huyer (org.). Dom Pedro de Alcântara: marcas do tempo. Porto Alegre:
Edições EST, 2010.

66
ELY, Nilza Huyer. Migrações no século XX: êxodo de descendentes dos formadores da
colônia alemã da Ponta das Torres. In: Anais do XIX Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo:
Oikos, 2010.
ELY, Nilza Huyer. A colônia alemã de Torres: cotidiano dos imigrantes e seus
descendentes. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do
tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
ELY, Nilza Huyer. Caminhos de penetração e a formação de núcleos urbanos – Litoral
Norte/RS. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER,
Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 161-165.
ELY, Nilza Huyer. A Mata Atlântica e a produção de alimentos nas pequenas
propriedades do Litoral Norte/RS. In: MARTÍNEZ, Elda Evangelina González et al.
(orgs.). História da imigração: possibilidades e escritas. São Leopoldo: Editora
UNISINOS/OIKOS Editora, 2013, p. 208-214.
ELY, Nilza Huyer. O paulatino desaparecimento do patrimônio material e imaterial das
colônias alemãs do Litoral Norte/RS. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane
Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história,
memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 113-119.
ELY, Nilza Huyer. Comemorações dos 170 anos da imigração alemã no vale do Três
Forquilhas. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 479-484.
EMMEL, Sinara da Silva. Educação e etnicidade: as representações culturais dos
grupos étnicos em Sobradinho. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do
Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2005.
EM TERRAS gaúchas: a história da imigração judaico-alemã. Porto Alegre:
Sociedade Israelita Brasileira de Cultura e Beneficência, 2001.
ENDRIES, Carrie Anne. Exiled in the tropics: nazi protesters and the Getulio Vargas
regime in Brazil, 1933-1945. Dissertação (Mestrado em História) – Harvard University,
Cambridge, 2005.
ENGELMANN, Erni Guilherme. A saga dos alemães – do Hunsrück para Santa
Maria do Mundo Novo. Igrejinha: E. G. Engelmann, 2004.
ENGELMANN, Erni Guilherme (org.). Sociedade União de Cantores de Igrejinha.
Igrejinha: Comunicação Impressa, 2012.
ENGLERT, Rodolfo. Professor Luiz Englert. In: Anais do 1º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo, 1974.
ENGLERT, Rodolfo et al. Relatório da Comissão Executiva para os Festejos do
Sesquicentenário da Imigração Alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Escola
Gráfica-Educandário São Luiz, 1974.
ENGSTER, Maria Isabel Cristina. Análise do auto de medição de Carlos Schilling e
Companhia. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História,
cultura e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p.
221-223.

67
ENNES, Marcelo Alario. Conflito e ambiguidade: relações étnicas e construção de
identidades. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
EPP, Franz. Rio Grande do Sul oder Neudeutschland. Mannheim: Franz Bender,
1864.
EQUIPE DE PESQUISADORES. A colonização alemã na área de Joanete. In: I
Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Porto Alegre: Faculdade de Filosofia da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1963.
ERBES, Luiz Carlos. Kerb de São Miguel: Dois Irmãos/RS. Novo Hamburgo: Um
Cultural, 2012.
ERNY. Teuton – Ein deutsches Lied aus Brasilien. Porto Alegre: Gundlach &
Schuldt, 1897.
ERNY. Deutsch Brasilianische Literatur (IV. Band). Porto Alegre: Gundlach &
Schuldt, 1903.
ERTZOGUE, Marina Haizenreder. A formação dos sindicatos agrícolas no Rio
Grande do Sul durante a primeira fase do governo de Borges de Medeiros.
Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 1992.
ESCHNER, Max. Die Söhne des Pampas. Reutlingen: Ensslin & Haiblins
Verlagsbuchhandlung, s. d.
ESTRADAS da vida: história de um ramo da família Deschamps. São Pedro de
Alcântara: Edição do autor, 2001.
ESTUDOS Leopoldenses: imigração alemã (1824-1974). São Leopoldo: Unisinos,
1974.
ETGES, Norberto Jacob. Respostas criadas pelas taxas de crescimento populacional
em duas áreas rurais de vales de imigração alemã. São Leopoldo:
UNISINOS/Cedope, 1976.
ETGES, Norberto Jacob. Respostas criadas pelas taxas de crescimento populacional em
duas áreas rurais de vales de imigração alemã. Perspectiva Econômica, São Leopoldo:
UNISINOS, n. 12, p. 3-82, 1976.
ETGES, Virginia Elisabeta. Sujeição e resistência: os camponeses gaúchos e a
indústria do fumo. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1991.
ETGES, Virgínia Elisabeta. Avaliação sócio-econômica das pequenas unidades de
produção da microbacia Vida Nova – Santa Cruz do Sul – RS. Ágora, Santa Cruz do
Sul: UNISC, vol. 1, n. 2, p. 7-25, 1995.
ETGES, Virgínia Elisabeta. Por que comemorar os 150 anos da colonização alemã em
Santa Cruz do Sul? Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 4, número especial, p. 7-16,
1999.
ETGES, Virgínia Elisabeta; SEER, Milene. Estudo da toponímia como expressão da
organziação espacial da região de Santa Cruz do Sul/RS. Redes, Santa Cruz do Sul:
UNISC, vol. 4, número especial, p. 91-108, 1999.

68
ETGES, Virginia Elisabeta. Geografia agrária: a contribuição de Leo Waibel. Santa
Cruz do Sul: Editora da UNISC, 2000.
ETGES, Virginia Elisabeta. A região no contexto da globalização: o caso do Vale do
Rio Pardo. In: VOGT, Olgário Paulo; SILVEIRA, Rogério Leandro Lima da (orgs.).
Vale do Rio Pardo: (re)conhecendo a região. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2001.
ETGES, Virgínia Elisabeta. O impacto da cultura do tabaco no ecossistema e na saúde
humana. Textual, Porto Alegre, vol. 1, n. 1, p. 14-21, 2002.
ETGES, Virgínia Elisabeta; FERREIRA, Marcos Artemio F. (orgs.). A produção de
tabaco: impacto no ecossistema e na saúde humana na região de Santa Cruz do Sul/RS.
Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2006.
EVALDT, Angélica Model; BOFF, Santina Brambila. Histórico da Escola Estadual
José Antônio Rolim. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas
do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
EWALD, Werner. Walking and singing, and following the song. A vision on the role
of music in the life (process of acculturation) of the German-speaking immigrants in
South Brazil. Tese (Doutorado em Teologia) – Lutheran School of Theology, Chicago,
2004.
EWALD, Werner. “... e seguindo as canções”: cantos de diáspora de imigrantes
europeus no Brasil. Em Pauta, Porto Alegre, v. 18, n. 30, 2007.
EWALD, Werner. A música sacra protestante no Brasil: um panorama dos primórdios à
atualidade. In: BORTOLLETO Filho, Fernando (org.). Dicionário Brasileiro de
Teologia. São Paulo: ASTE, 2008.
EWALD, Werner. O rastro da canção: a música como expressão de fé, cultura e
identidade de um povo. Projeto de um banco de dados comentado. In: Anais do X
Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
EWALD, Werner. Walking and singing and following the song: musical practice in
the acculturation of German Brazilians in South Brazil – ethnomusicological and
historical perspectives. Saarbrücken: VDM Verlag Dr. MüllerGmbH & Co. KG, 2011.
EWALD, Werner. Imagens “sonoras”: iconografias e transações musicais na cultura
imigrantista teuto-brasileira. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia;
WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 563-569.
EWALD, Werner. “Deutscher Sängerbund von Rio Grande do Sul”. A Liga Alemã de
Cantores do Rio Grande do Sul e o canto como metáfora do vínculo e da voz de uma
comunidade étnica. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.).
Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e
preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 201-206.
EYE, August von. Der Auswanderer: Winke und Weisungen für Ansiedler in den
deutschen Colonien Süd-Brasiliens. Berlim: Allgemeine Verlags-Agentur, 1885.
FABER, Gustav. Saudade. Bremen: Schünemann Verlag, 1955.
FABRI, Carl. Europäische Einwanderung nach Brasilien. Colonialpolitische
Betrachtungen zur augenblicklichen Lage Brasiliens. Hamburg: Lütcke & Wulff, 1894.

69
FACHEL, José Fraga. Os grupos de bolão e os “Kränzchen” em Santa Cruz do Sul. In: I
Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Porto Alegre: Faculdade de Filosofia da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1963.
FACHEL, José Fraga. O negro no município de Santa Cruz do Sul. Boletim
Informativo do Centro de Estudos Sociais da Faculdade de Filosofia da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1968.
FACHEL, José Fraga. Etnias e mentalidade religiosa na Arquidiocese de Porto Alegre.
In: III Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre:
Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
FACHEL, José Fraga. O negro no município de Santa Cruz do Sul. Barbarói, Santa
Cruz do Sul: EDUNISC, n. 15, p. 7-26, 2001.
FACHEL, José Plínio Guimarães. As violências contra alemães e seus descendentes,
durante a Segunda Guerra Mundial, em Pelotas e São Lourenço. Pelotas: Editora da
UFPel, 2002.
FAÉ, Genevière; ZINANI, Cecil Jeanine Albert. A personagem Sofia em A ferro e fogo,
de Josué Guimarães: entre a solidão e a humanização. Cadernos do IL, Porto Alegre:
UFRGS, n. 37, 2008.
FALEIRO, Silvana Rossetti. Lajeado: perfil histórico étnico-social (do passado
indígena à colonização). Lajeado: s. e., 1996.
FALEIRO, Silvana Rossetti. Colégio Evangélico Alberto Torres: memórias e história.
Lajeado: UNIVATES, 2005.
FALLER, Karl. Deutsche in Brasilien: Hunsrücker, Pfälzer, Schwaben und Pommern
als Kolonisten seit 1824 – Begegnungen 150 Jahre später. Simmern: F. Böhmer, 1974.
FALLER, Karl. Fernweh nach Brasilien, Heimweh nach dem Hunsrück.
Historischer Roman um die Auswanderung von Hunsrückern nach Brasilien um ca
1845. Hunsrück: Böhmer Betriebs-GmbH, 1989.
FARIA, Octavio Augusto. Monografia do Município de Taquari. Porto Alegre:
Instituto Estadual do Livro, 1981.
FARIAS, Jovani. Fazenda Vilanova, sua história. Lajeado: UNIVATES, 2012.
FARIAS, Marta Regina Vargas de. Museu do Trem de São Leopoldo. In: Raízes de
Lagoa Vermelha. Porto Alegre: EST, 1993, p. 172.
[FARIAS, Oswaldo Cordeiro de]. Nacionalização (dois discursos). Porto Alegre: s. e.,
[1941].
FARIAS, Suzana de. Origens de Ivoti. Estância Velha: Edição da autora, 1996.
FAROFA, Renato Rodrigues. Espaço dos mortos, sepulturas dos vivos: uma análise
sobre práticas em edificações tumulares nos cemitérios luteranos de Canguçu – RS. In:
ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.).
Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos
Editora, 2018, p. 438-453.
FASSINI, Frei Dorvalino. Assim nascemos: Paróquia São Cristóvão, Lajeado – RS.
Porto Alegre: Evangraf, 2012.
FAULHABER, Hermann. Pequeno tratado de História do Brasil por perguntas e
respostas para uso nas escolas primárias. Ijuí: Ulrich Löw, 1937.

70
FAULHABER, Marie. Ein schlechter Tausch (Schwank in 4 Akten). Ijuí:
Serrana/Löw & Filhos, [1932-1933].
FAULHABER, Marie. Das verlorene Kind (Schauspiel in 3 Aufzügen). Ijuí:
Serrana/Löw & Filhos, [1933].
FAULHABER, Marie. Fritz (Schauspiel in 4 Akten). Ijuí: Serrana/Löw & Filhos,
[1933].
FAULHABER, Marie. Ein Bubenstreich und seine Folgen (Schwank in 3 Akten).
Ijuí: Serrana, [1934].
FAULHABER, Marie. Nur immer Paciencia (Lustspiel in 4 Aufzügen). Ijuí: Serrana,
[1934].
FAULHABER, Marie. Herrmann, ein deutschbrasilianischer Junge (Schauspiel in 5
Aufzügen). Ijuí: Serrana/Löw & Filhos, [1934?].
FAULHABERSTIFTUNG/Neu-Württemberg. Neu Wurttemberg – eine Siedlung
Deutscher in Rio Grande do Sul/Brasilien. Stuttgart: Ausland und Heimat Verlag,
1933.
FAUSEL, Erich. D. Dr. Rotermund. Ein Kampf um Recht und Richtung des
Evangelischen Deutschtums in Südbrasilien. São Leopoldo: Verlag der Riograndenser
Synode, 1936.
FAUSEL, Erich. Die Auslanddeutsche Dichtung unserer Zeit. Deutsche Evangelische
Blätter für Brasilien, São Leopoldo, n. 9/10, 1936.
FAUSEL, Erich. Die Erde ist unser. São Leopoldo: Rotermund, 1937.
FAUSEL, Erich. Deutschbrasilianische Literatur: Fragen und Aufgaben. Deutsche
Evangelische Blätter für Brasilien, São Leopoldo, n. 4/5, p. 64-74, 1937.
FAUSEL, Erich. Wilhelm Rotermund: ein deutscher Rufer in Brasilien. In: GEISSLER,
Bruno; MICHAELIS, Otto (eds.). An der Front: Evangelische Kämpfer des
Deutschtums im Ausland. Leipzig: Gustav Schloessmann Verlagsbuchhandlung
(Gustav Fick), 1938, p. 179-199.
FAUSEL, Erich. Karl von Koseritz und Wilhelm Rotermund. Zwei deutsch-
brasilianische Führergestalten. In: BEYER, Hans Joachim; LOHR, Otto (eds.). Grosse
Deutsche im Ausland. Stuttgart: Union Deutsche Verlagsgesellschaft, 1939, p. 137-
156.
FAUSEL, Erich. Cinquentenário de Panambi, 1899-1949. S. l.: s. e.,1949.
FAUSEL, Erich. Hochdeutsch, Mundart und Mischsprache bei den Deutschen in
Brasilien. In: ARENDS, Felix (ed.). Wirkendes Wort. Deutsches Sprachschaffen in
Lehre und Leben. Düsseldorf: Schwann, 1951.
FAUSEL, Erich. Literatura rio-grandense em língua alemã. In: BECKER, Klaus (ed.).
Enciclopédia Rio-Grandense (vol. II – O Rio Grande Antigo). Canoas: Editora
Regional, 1956, p. 222-239.
FAUSEL, Erich. Deutsche Stimmen in der Riograndenser Literatur. Intercâmbio, n.
4/6, 1957, p. 82-88.
FAUSEL, Erich. Die deutschbrasilianische Sprachmischung: Probleme, Vorgang und
Wortbestand. Berlim: E. Schmidt, 1959.

71
FAUSEL, Erich. Ideias e pensamentos de A. J. Renner. São Leopoldo: Rotermund,
1962.
FAUSEL, Erich. O alemão falado no Rio Grande do Sul e suas transformações.
Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 2, n. 3, p. 92-112, 1962.
FAUSEL, Erich. Hochdeutsch, Mundart und Mischsprache bei den Deutschen in
Brasilien. Wirkendes Wort, Düsseldorf/Alemanha, n. 12, p. 210-217, 1962.
FAUSEL, Erich. O alemão falado no Rio Grande do Sul e suas transformações.
Organon, Porto Alegre: UFRGS, vol. 8, n. 8/9, p. 49-73, 1963.
FAUSEL, Erich. Alberto Bins: o merlense brasileiro. São Leopoldo: Rotermund, s. d.
FAUSTINO, Elisangela. A produção fumageira e os malefícios causados à saúde do
agricultor. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
FAUTH, Adonis Valdir. Resgate da história das pequenas comunidades em Santa Cruz
do Sul. In: Anais do IV e V Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
FAUTH, Adonis Valdir. Relações interétnicas do imigrante suíço no Rio Grande do Sul.
In: Anais do VI Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos,
2004.
FAUTH, Adonis Valdir. Naturalização e cidadania do colono alemão no século XIX. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e
memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 63-74.
FAVARO, Cleci Eulália; ÁVILA, Adriana; STEMPKOWSKI, Ivete; PEDROSO,
Wagner. Disciplinando corpos: trabalho, lazer e educação. In: Anais do XVI Simpósio
de História da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na
América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
FAY, Claudia Musa. Imigração qualificada na aviação brasileira: o caso do piloto
Rudolf Cramer von Clausbruch. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio;
SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações: religiões e espiritualidades. São
Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 659-670.
FEIX, Eneida; GOELLNER, Silvana. Florescimento dos espaços públicos de lazer e de
recreação em Porto Alegre e o protagonismo de Frederico Guilherme Gaelzer. Licere,
Belo Horizonte: UFMG, vol. 11, n. 3, 2008.
FELDENS, Irwing. Música na educação dos alunos do Instituto de Educação Ivoti:
um século de história. Dissertação (Mestrado em Teologia) – Faculdades EST, São
Leopoldo, 2008.
FELDENS, Jorge Augusto. Jornal Deutsche Post: sua história, seus propósitos. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e
memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 182-198.
FELDENS, Jorge Augusto. Jornal Deutsche Post: sua história, seus propósitos. In:
Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e
interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São
Leopoldo: Oikos, 2007.

72
FELÍCIO, Gilio. Caminho. In: ASSUMPÇÃO, Euzébio; MAESTRI, Mário (coords.).
Nós, os afro-gaúchos. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1996, p. 93-94.
FÉLIX, José Luís. As gramáticas dos imigrantes alemães para aprender português:
índices de brasilidade linguística. Tese (Doutorado em Língua e Literatura Alemã) –
Universidade de São Paulo, 2004.
FÉLIX, José Luís. A escola alemã, a língua portuguesa e as gramáticas dos imigrantes.
In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e
interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São
Leopoldo: Oikos, 2007.
FENNER, Darci et al. Xingu: 100 anos (1897-1997). Constantina: Artes Gráficas
Constantina Ltda., 1997.
FENNER, Mildo Léo. Charlote: sonhos, tristezas e uma história de amor em dois
continentes. São Leopoldo: OIKOS, 2014.
FENNER, Mildo Léo. Cartas para Rose. Santa Cruz do Sul: Editora Gazeta, 2015.
FENNER, Mildo Léo. O casamento de Luíza. Cachoeira do Sul: Editora Charlote,
2018.
FENSELAU, Otto. Hermann Wagner, ein unschuldig Verurteilter im Gefängnisse
zu Porto Alegre. Porto Alegre: Cäsar Reinhardt, 1887.
FENSTERSEIFER, Anique Cristine Barreto. O descendente de alemão no Brasil: um
estudo a partir das representações sociais na comunidade de Agudo – RS.
Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal de Santa Maria, 19997.
FERLA, Josélia Jantsch. Educação musical: uma trajetória de vida no contexto da
imigração teuto-brasileira católica. In: Anais do X Seminário Nacional dos
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre:
Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
FERLA, Josélia Jantsch. Helma Berch e o ensino de música no contexto da
imigração alemã católica no Vale do Taquari. Dissertação (Mestrado em Educação) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
FERNADES, Doris Rejane. Um coronel nas terras do Mundo Novo: Santa Cristina do
Pinhal no século XIX. In: Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e
Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
FERNANDES, Doris Rejane. A inserção de Santa Cristina do Pinhal através do
comércio colonial. In: MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜGGE, Erny; HAUENSTEIN,
Iria (orgs.). Construindo diálogos. História, educação e ecumenismo. Homenagem a
Martin N. Dreher. São Leopoldo: OIKOS, 2010, p. 279-294.
FERNANDES, Doris Rejane. Pelos caminhos da Rua Grande: da colônia à cidade. In:
ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande:
história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 31-41.
FERNANDES, Doris Rejane. Costa da Serra no Império. In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS. 2012, p. 38-47.
FERNANDES, Doris Rejane. No além da Colônia de São Leopoldo: o avanço da
ocupação colonial e os empreendimentos na Colônia do Mundo Novo. In: TEDESCO,
João Carlos; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Colonos, colônias e colonizadoras:

73
aspectos da territorialização agrária no sul do Brasil. Porto Alegre: Letras&Vida, 2013,
p. 68-91.
FERNANDES, Doris Rejane. O trabalho na frente pioneira do Mundo Novo: imigração
natureza e produção. In: MARTÍNEZ, Elda Evangelina González et al. (orgs.). História
da imigração: possibilidades e escritas. São Leopoldo: Editora UNISINOS/OIKOS
Editora, 2013, p. 191-207.
FERNANDES, Doris Rejane. Pelos caminhos de Taquara do Mundo Novo: revelações
através do estudo do patrimônio histórico material e imaterial. In: RAMOS, Eloísa
Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.).
Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p.
58-73.
FERNANDES, Evandro. Os matrimônios mistos na Colônia de São Leopoldo no Brasil
Império. In: DREHER, Martin N. et al. (orgs.). Imigração & imprensa. Porto
Algre/São Leopoldo: EST/Instituto Histórico de São Leopoldo, 2004.
FERNANDES, Evandro. S.O.S. Europa Faminta: comitê de Socorro à Europa Faminta
– SEF. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura
e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 291-297.
FERNANDES, Evandro. SOS Europa Faminta: Comitê de Socorro à Europa Faminta
– SEF. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Santa Catarina,
Florianópolis, 2005.
FERNADES, Evandro. Elites, intelectuais e a SEF. In: Anais do XVI Simpósio de
História da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na
América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
FERNANDES, Evandro. Balduino Rambo e o Comitê de Socorro à Europa Faminta –
SEF. In: RAMBO, Arthur Blasio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel Cristina.
Pe. Balduíno Rambo – a pluralidade na unidade: memória, religião, ciência e
cultura. São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2007, p. 143-169.
FERNANDES, Evandro. Disponibilização do Acervo Documental do Memorial Sogipa.
In: Anais do XIV Simpósio de História da Imigração e Colonização – Colonização e
imigração no contexto das comemorações dos 500 anos: os imigrantes descobrem o
Brasil (São Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
FERNANDES, Evandro. Guilherme Gaelzer Neto: o “Kaiser” dos trópicos. In: Anais
Eletrônicos do I Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF,
2011, p. 965-974.
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012.
FERNANDES, Evandro. Guilherme Gaelzer Netto: um pequeno Kaiser nos trópicos.
In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS. 2012, 182-188.
FERNANDES, Evandro. Guilherme Gaelzer Netto, trajetória biográfica de uma
liderança étnica. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 920-936.
FERNANDES, Evandro. Guilherme Gaelzer Netto: trajetória de uma liderança étnica.
In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico

74
nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo:
OIKOS, 2014, p. 522-531.
FERNANDES, Evandro. Guilherme Gaelzer Neto (1874-1959): o Kaiser dos trópicos.
Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis,
2015.
FERNANDES, Jonathan Maciel Brutschin. A trajetória de um militar prussiano no Rio
Grande do Sul, século XIX. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio;
SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações: religiões e espiritualidades. São
Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 709-716.
FERNANDES, Jorge L. S. As raízes da xenofobia contra os alemães no Litoral
Norte/RS. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo.
Porto Alegre: EST, 2010.
FERRARETO, Maria Karina. Documentos corporativos como fonte para uma história
econômico-social das elites industriais do final do século XIX: um estudo de caso sobre
a Fábrica Rheingantz (Rio Grande, 1884-1895). In: XXVIII Simpósio Nacional de
História. Florianópolis: ANPUH, 2015.
FERRAZ, Ana Paula Moutinho. Vozes e silêncios: memória, identidade, religiosidade e
representação da mulher “colona” do Vale Paranhana. In: RAMOS, Eloisa Helena
Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). A
história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 341-351.
FERRAZ, Ana Paula Moutinho. Vozes e silêncios: memória, identidade, religiosidade e
representação da mulher “colona” na comunidade do Rio da Ilha. In: XI Seminário de
Estudos Históricos: “a democracia ainda é a questão: reflexões sobre a ditatura civil-
militar e a comissão nacional da verdade”. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2013.
FERRAZ, Ana Paula Moutinho. Vozes e silêncios: família, trabalho e religiosidade na
revitalização da memória da mulher colona na comunidade de Rio da Ilha. Dissertação
(Mestrado em Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo, 2014.
FERREIRA, José Silon; CERVEIRA, Luíz Alexandre. A teologia da libertação na zona
norte de São Leopoldo e a atuação do pe. Stragliotto, um estudo de caso. In: ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.).
Migrações: religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 470-482.
FERREIRA, Lúcio Menezes da. Arqueologia do sul do Brasil e política colonial em
Hermann von Ihering. Anos 90, Porto Alegre: UFRGS, vol. 12, n. 21/22, p. 415-436,
2005.
FERREIRA, Marcos Artemio F. Os produtores de fumo da bacia do Rio Pardinho: o
cotidiano subalterno e a difícil mudança. In: ETGES, Virgínia Elisabeta; FERREIRA,
Marcos Artemio F. (orgs.). A produção de tabaco: impacto no ecossistema e na saúde
humana na região de Santa Cruz do Sul/RS. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2006. p.
142-69.
FERREIRA, Maria de Simone. Museus imperiais: uma viagem às Imagens do Brasil
na narrativa de Carl von Koseritz. Rio de Janeiro: Editora Cassará, 2012.
FERREIRA, Maria Letícia Mazzucchi. “Quando o apito da fábrica de tecidos...”:
memória pública e memória coletiva, Fábrica Rheingantz, 1950-1970. Tese (Doutorado
em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2002.

75
FERREIRA, Maria Leticia Mazzucchi; HEIDEN, Roberto. Busca patrimonial e
políticas públicas: o caso de São Lourenço do Sul – Rio Grande do Sul. Cadernos do
CEOM, Chapecó: UNOCHAPECÓ, ano 22, n. 30, 2009.
FERREIRA, Maria Letícia Mazzuchi; HEIDEN, Roberto. Políticas patrimoniais e
reinvenção do passado: os pomeranos de São Lourenço do Sul, Brasil. Cuadernos de
Antropología Social, Buenos Aires: UBA, n. 30, p. 137-154, 2009.
FERREIRA, Maria Letícia Mazzucchi. Os fios da memória: fábrica Rheingantz entre
passado, presente e patrimônio. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre: UFRGS,
ano 19, n. 39, p. 69-98, 2013.
FERREIRA, Samila Pereira. Políticas da memória, políticas do esquecimento: um
estudo sobre a antiga zona portuária de São Lourenço do Sul. Dissertação
(Mestrado em Memória Social e Patrimônio Cultural) – Universidade Federal de
Pelotas, 2010.
FERREIRA, Sérgio Luiz. “Nós não somos de origem”: açorianos e africanos numa
freguesia do sul do Brasil. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
FERRI, Gino. História do Rio Taquari-Antas. Encantado: Grafen Encantado, 1991.
FERRI, Gino. Roca Sales: Cidade da Amizade. Roca Sales: Grafen, 1998.
FESTSCHRIFT zum 25jährigen Bestehen der Bauernvereins-Kolonie Serro Azul.
Porto Alegre: Typographia do Centro, 1928.
FESTSCHRIFT zur Jahrhundertfeier der ersten deutschen Einwanderung in Rio
Grande do Sul: die Deutschen der Kolonie Serra Cadeado (1824-1924). Ijuí: Livraria
Serrana, 1924.
FETTER, Leila Maria Wulff. A colonização ocorrida na área rural de Pelotas na
segunda metade do século XIX. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) –
Universidade Federal de Pelotas, 2002.
FETTER Junior, Adolfo Antônio. Os Vetter/Fetter: 170 anos de Rio Grande do Sul e
de Brasil. Pelotas: Edição do autor, 1997.
FETTER Junior, Adolfo Antônio. Pioneiros, aventureiros, guerreiros e seus
herdeiros. Pelotas: Editora Universitária, 1999.
FIALHO, Raquel Ribas. Os sentidos produzidos pelos agricultores e agricultoras
familiares da cultura do fumo em relação ao trabalho. Dissertação (Mestrado em
Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 2003.
FIEGENBAUM, Ricardo Zimmermann. Midiatização da Igreja Evangélica de
Confissão Luterana no Brasil por meio do Jornal Evangélico: aspectos históricos.
Protestantismo em revista, São Leopoldo: EST, vol. 8, p. 57-93, 2005.
FIGUEIREDO. Milene Moraes de. O Kindergarten do Deutscher Hilfsverein. O Jardim
de Infância da Associação Beneficente Alemã de Porto Alegre/RS (1911-1929). In:
Anais do 17º Encontro Sul-Riograndense em História da Educação. Santa Maria:
UFSM, 2011.
FIGUEIREDO. Milene Moraes de. Valores cívicos nos cadernos escolares do curso
primário (Colégio Farroupilha/RS, década 1950). In: Anais do 19º Encontro da
Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação –

76
História da Educação e Culturas do Pampa: diálogos entre Brasil e Uruguai.
Pelotas: UFPEL, 2013, p. 1279-1296.
FIGUEIREDO, Milene Moraes de. Resistindo à política de nacionalização no ensino:
um estudo a partir do Ginásio Teuto-Brasileiro Farroupilha (1937-1945). In: Anais
Eletrônicos do XIII Encontro Estadual de História/ANPUH-RS: ensino, direitos,
democracia. Santa Cruz do Sul: UNISC, 2016.
FIGUEIREDO, Milene Moraes de. A nacionalização do Ginásio Teuto-Brasileiro
Farroupilha: um complexo jogo de adesões e resistências (1937-1945). Dissertação
(Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2017.
FILATOW, Fabian. Caboclos e estrangeiros na formação do planalto rio-grandense. In:
Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e
Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
FILATOW, Fabian. Jornal Kolonie como fonte para o estudo dos monges barbudos. In:
WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.).
Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 525-535.
FINKE, Theodor. Leben und Arbeit deutschsprachiger Siedler in Südbrasilien und
Paraguay. Bremen: Jaskiewitz, 1988.
FINKLER, Arthur. Os imigrantes alemães em Venâncio Aires. Redes, Santa Cruz do
Sul: UNISC, vol. 4, número especial, p. 25-33, 1999.
FINOKIET, Manuela. Discursos e práticas sociais em escolas de Canguçu – Rio
Grande do Sul: articulações entre racialização e desenvolvimento. Tese
(Desenvolvimento Rural) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2016.
FIORI, Neide Almeida. Rumos do nacionalismo brasileiro nos tempos da Segunda
Guerra Mundial: o nacional e as minorias étnicas inimigas. In: Natureza, História e
Cultura (Cadernos de Sociologia PPGS–UFRGS, n. 4). Porto Alegre: Editora da
Universidade, 1993, p. 131-144.
FIRMBACH, Theodor. Santa Clara: o combate federalista. Porto Alegre: Nova
Dimensão, 1995.
FISCHER, Beatriz T. Daudt; CHAVES, Camila Gonçalves; BONAR, Natália Müller.
Educação infantil nos municípios de São Leopoldo: alguns fragmentos ao longo do
século XX. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de
Educação/CORAG, 2009.
FISCHER, Jacy Waldyr. Toponímia alemã no Rio Grande do Sul. In: ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e memória: 180 anos de
imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 166-181.
FISCHER, Jacy Waldyr. Alforria de escravos de colonos alemães em Três Forquilhas e
Colônia São Pedro. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do
tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
FISCHER, Joachim. Anfänge der Reisepredigt und Diaspora – Die Arbeit in der
Riograndenser Synode. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, vol. 2, n. 3, p. 94-
114, 1966.

77
FISCHER, Joachim. Der Kampf gegen die Pseudopfarrer in Rio Grande do Sul im 19.
Jahrhundert. Die evangelische Diaspora, Kassel/Alemanha, n. 38, p. 94-118, 1967.
FISCHER, Joachim. Die Anfänge der Reisepredigt und Diaspora-Arbeit in der
Riograndenser Synode. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 6, n. 2/3, p. 94-
114, 1966.
FISCHER, Joachim. Dokumente zur Geschichte der Riograndenser Synode (I). Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 7, n. 1, p. 35-50, 1967.
FISCHER, Joachim. Dokumente zur Geschichte der Riograndenser Synode (II).
Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 7, n. 2, p. 94-110, 1967.
FISCHER, Joachim. Dokumente zur Geschichte der Riograndenser Synode (III).
Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 8, n. 1, p. 41-52, 1968.
FISCHER, Joachim. Dokumente zur Geschichte der Riograndenser Synode (IV).
Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 10, n. 1, p. 28-36, 1970.
FISCHER, Joachim; JAHN, Christoph. Es begann am Rio dos Sinos: Geschichte und
Gegenwart der Ev. Kirche Lutherischen Bekenntnisses in Brasilien. Erlangen:
Evangelisch-Lutherische Mission, 1970.
FISCHER, Joachim. Presença luterana. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1970.
FISCHER, Joachim. Sociedade evangélica Pella-Bethania: 90 anos. In: INSTITUTO
HISTÓRICO DE SÃO LEOPOLDO. Anais. São Leopoldo (vol. II). 1979/1981 e
1981/1983.
FISCHER, Joachim (org.). Ensaios Luteranos – dos primórdios aos tempos atuais do
luteranismo no Brasil. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1986.
FISCHER, Joachim. A luta contra os pastores colonos no Rio Grande do Sul no século
XIX. In: FISCHER, Joachim. Ensaios Luteranos. São Leopoldo: Sinodal, 1986, p. 33-
52.
FISCHER, Joachim. Comunidades, Sínodos, Igreja Nacional: o povo evangélico de
1824 a 1986. In: Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo: Sinodal, 1986.
FISCHER, Joachim. Um incidente em Santa Maria. (Rio Grande do Sul). Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, ano. 27, n. 3, p. 239-267, 1987.
FISCHER, Joachim. Das novas áreas de colonização – em 1891/93. In: Anais do VII
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1986). São Leopoldo, 1986. Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
FISCHER, Joachim. Identidade confessional: lições da História. Estudos Teológicos,
São Leopoldo: EST, ano 43, n. 1, p. 29-42, 2003.
FISCHER, Luís Augusto. Videiras de cristal e a imigração alemã. In: Diversidade
étnica e identidade gaúcha. Santa Cruz do Sul: Editora da UNISC, 1994, p. 59-87.
FISCHER, Luís Augusto; GERTZ, René E. (coords.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto
Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1996.
FISCHER, Luís Augusto. Vianna Moog: cadeira 4/ocupante 3. Rio de Janeiro:
Academia Brasileira de Letras, 2011.

78
FISCHER, Martin. Die deutsche Presse in Rio Grande do Sul: ihr Werden und
Wesen, eine Kulturgeschichte des riograndenser Deutschtums. Stuttgart/Alemanha:
Institut für Auslandsbeziehungen, 1925.
FISCHER, Martin. Deutsches Leben in Süd-Brasilien. Hamburgo/Alemanha: Johann
Trautmann, 1936.
FISCHER, Martin. O problema da conservação da cultura alemã. In: I Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros. Porto Alegre: Faculdade de Filosofia da Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, 1963.
FISCHER, Martin. Augusto Pestana: o homem e sua obra. Ijuí: MADP, 1966.
FISCHER, Martin. Etnias diferenciadas na formação de Ijuí. Ijuí: Editora da
UNIJUI, 1987.
FLACH, José Carlos. A nacionalização no vale do Caí. In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 222-228.
FLACH, José Carlos. Cooperativa Ouro do Sul: 80 anos de história. Porto Alegre:
Sescoop/RS, 2016.
FLACH, José Inácio. Unsa gut deitsch Kolonie. Nova Petrópolis: Editora Amstad,
2004.
FLECK, Eliane Cristina Deckmann. Comentários à conferência “A atuação médico-
farmacêutica dos jesuítas alemães na Ibero-América e o surgimento da farmacêutica
missionária” apresentada por Johannes Meier. In: Anais do XVIII Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São
Leopoldo: Oikos, 2009.
FLECK, Lúcio. A história de Sapiranga. Santa Maria: Editora Pallotti, 1994.
FLECK, Lúcio. Uma pesquisa rápida sobre a minha querência antiga, a Vila Padilha
(distrito de Taquara). In: DAROS, Marilia; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.).
Raízes de Gramado. Porto Alegre: EST, 1995, p. 161-165.
FLECK, Lúcio. Maria Oberg: as aventuras de minha bisavó. In: BEMFICA, Coralia
Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da Patrulha e Caraá. Porto Alegre:
EST, 2000, p. 224-228.
FLECK, Lúcio. A saga do vale. Sapiranga: Edição do autor, 2001.
FLECK, Lúcio. Um padilhano: autobiografia e reminiscências de um professor. São
Leopoldo: Editora OIKOS, 2005.
FLEISCHER, Marion. Elos e anelos da literatura em língua alemã no Brasil. São
Paulo: Editora da USP, 1981.
FLORES, Hilda Agnes Hübner (ed.). Memórias do imigrante boêmio J. Ummann.
Porto Alegre: EST, 1981.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. A colônia de São Lourenço. Estudos Ibero-
Americanos, Porto Alegre: PUCRS, vol. VIII, n. 1, p. 63-80, 1982.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Santa Clara na Revolução Federalista de 1893. Notícia
Bibliográfica e Histórica, Campinas, vol. XIV, n. 108, p. 287-290, 1982.

79
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Carolina von Koseritz. Estudos Ibero-Americanos,
Porto Alegre: PUCRS, vol. 9, n. 1/2, p. 101-110, 1983.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Canção dos imigrantes. Porto Alegre: EST, 1983.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Comentário à narrativa de Wilhelm Wiesenbach, S. J.
“Wildes Land und deutsche Hand”. In: Anais do 6º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto
Histórico de São Leopoldo, 1984.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Alemães x vida associativa. In: FLORES, Hilda Agnes
Hübner (org.). Porto Alegre: História e Cultura. Porto Alegre: Martins Livreiro, 1987,
p. 52-58.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Carolina von Koseritz. In: FLORES, Hilda Agnes
Hübner (org.). Porto Alegre: História e Cultura. Porto Alegre: Martins Livreiro, 1987,
p. 76-77.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Tradições em Coqueiros. In: Anais do 6º Simpósio de
História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul. São Leopoldo:
Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Depoimentos da colônia alemã. In: FLORES, Hilda
Agnes Hübner (org.). Revolução Federalista. Porto Alegre: Nova Dimensão, 1993, p.
173-180.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Um médico maragato em Cima da Serra. In: Raízes de
Lagoa Vermelha. Porto Alegre: EST, 1993, p. 160-163.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Doutor Maragato. In: DAROS, Marilia; BARROSO,
Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Gramado. Porto Alegre: EST, 1995, p. 340-341.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Memórias de Brummer. Porto Alegre: EST, 1997.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Memoralistas alemães. In: Anais do IV e V Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras
(Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. História da imigração alemã no Rio Grande do Sul.
Porto Alegre: EST, 2004.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Campanha de nacionalização. In: MORETTO, Fúlvia et
al. A era Vargas. Porto Alegre: EDIPLAT/CIPEL, 2004, p. 51-60.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Santa Clara: combate federalista. Porto Alegre: EST,
2005.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Josefine Wiersch no vale do Rio Seca. In: ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e memória: 180 anos
de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 264-270.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Alemães na Guerra dos Farrapos. Porto Alegre:
EDIPUCRS, 2008.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. O espólio de um alferes legalista. In: Anais do IX
Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.

80
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Caixeiros viajantes: veículo de expansão econômica e
cultural. In: Anais do XIV Simpósio de Imigração e Colonização – Colonização e
imigração no contexto das comemorações dos 500 anos: os imigrantes descobrem o
Brasil (São Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Duas pioneiras renanas. In: Anais do XI Simpósio
de História da Imigração e Colonização: 170 anos de imigração alemã. São
Leopoldo: Oikos, 2009.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Minha infância e a II Guerra. In: FLORES, Hilda
Agnes; NEUBERGER, Lotário (eds.). II Guerra Mundial: reflexos no Brasil. Porto
Alegre: Ediplat, 2015, p. 65-70.
FLORES, Hilda Agnes Hübner. Imigrantes boêmios. Porto Alegre: Martins Livreiro,
2015.
FLORES, Moacyr. O germanismo de Carlos von Koseritz. In: Cultura sul-
riograndense. Porto Alegre: EST/CIPEL, 1981, p. 9-16.
FLORES, Moacyr. Imigração e colonização alemã no Rio Grande do Sul. Veritas,
Porto Alegre: PUCRS, vol. 32, n. 125/128, p. 345-349, 1987.
FLORES, Moacyr; FLORES, Hilda Agnes Hübner. Rio Grande do Sul: aspectos da
revolução de 1893. Porto Alegre: Martins Livreiro, 1993, p. 95-108.
FLORES, Moacyr. O agente de emigração Joseph Hörmeyer. In: Anais do IV e V
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
FLORES, Moacyr. Roma perante o século [de Karl von Koseritz]. Revista do Instituto
Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: IHGRGS, n. 148, p. 119-
130, 2014.
FLORES, Robinson (coord.). Sesquicentenário da imigração alemã. Porto Alegre:
EDEL, 1974.
FLUCK, Marlon. Basler Missionare in Brasilien: Auswanderung, Erweckung und
Kirchwerdung im 19. Jahrhundert. Frankfurt/M: Peter Lang, 2004.
FOCHESATTO, Cyanna Massaglia de. A imagem do imigrante alemão nas telas de
Pedro Weingärtner. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 57-69.
FOCHESATTO, Cyanna Missaglia de. Um olhar sobre o início da colonização alemã
no RS por meio das pinturas de Pedro Weingärtner. Revista Latino-Americana de
História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 2, n. 7, p. 207-218, 2013.
FOCHESATTO, Cyanna Missaglia de. Imagens da imigração alemã nas pinturas de
Pedro Weingärtner: representação do imigrante e do processo de colonização (séculos
XIX e XX). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos
Sinos, São Leopoldo, 2015.
FOCHESATTO, Cyanna Missaglia de. As paisagens de Pedro Weingärtner: trabalho
rural e colonização no sul do Brasil (séculos XIX e XX). In: Anais Eletrônicos do III
Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2015.

81
FOCHESATTO, Cyanna Missaglia de. Patrimônio iconográfico: um olhar para as
pinturas de Pedro Weingärtner como lugar da memória e identidade. Ágora, Santa Cruz
do Sul: UNISC, vol. 17, n. 1, p. 74-82, 2015.
FOCHESATTO, Cyanna Missaglia de. Fragmentos da trajetória de um pintor na
transição do século XIX para o XX: Pedro Weingärtner e suas redes sociais. Métis:
História & Cultura, Caxias do Sul: UCS, vol. 15, n. 30, p. 150-171, 2016.
FOCHESATTO, Cyanna Missaglia de. O imigrante europeu de José Lutzenberger:
entre aquarelas, representações e patrimônio iconográfico. In: ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações:
religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 356-367.
FONSECA, Gen. Mário. Coronel Theodomiro Porto da Fonseca. In: Anais do 1º
Simpósio de Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo,
1974.
FONSECA, Lydia M. da. Não-Me-Toque: Jardim do Alto Jacuí. Porto Alegre: EST,
1990.
FONSECA, Maria Angela Peter da. Estratégias para a preservação do germanismo
(Deutschtum): gênese e trajetória de um colégio teuto-brasileiro urbano em Pelotas
(1898-1942). Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Pelotas,
2007.
FONSECA, Maria Angela Peter da; TAMBARA, Elomar Antonio Callegaro. Primódios
de um colégio teuto-brasileiro em Pelotas no final do século XIX. História da
Educação, Santa Maria, vol. 16, n. 37, p. 156-189, 2012.
FONSECA, Maria Angela Peter da; TAMBARA, Elomar Antonio Callegaro. Collegio
Alemão Pelotas – 1898. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 824-839.
FONSECA, Maria Angela Peter da. Collegio Allemão do Rio Grande e os estatutos da
Sociedade Escolar Allemã de 1938. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz;
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e
rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 604-619.
FONSECA, Maria Angela Peter da. Deutsche Schulen urbanas no Pampa ou o
Pampa dentro de deutsche Schulen? Cultura Escolar Conforme: Collegio Allemão
de Pelotas e Collegio Rio Grandense do Rio Grande (1912-1936). Tese (Doutorado
em Educação) – Universidade Federal de Pelotas, 2017.
FONTANA, Elaine. Sicredi Altos da Serra: 25 anos. Porto Alegre: Secoop, 2013.
FONTOURA, João Paulo da. A Aurora de Taquari. In: Academia Literária do Vale do
Taquari (org.). Escritos/Escritores: coletânea V. Lajeado: Editora UNIVATES, 2015,
p. 160-163.
FONTOURA, J. Waldemar. Guia geral do município de Santa Cruz do Sul. Santa
Cruz do Sul: Prefeitura Municipal, 1956.
FONTOURA, Sandra Regina Haas da. Traços culturais de Santa Cruz do Sul. Redes,
Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 3, n. 2, p. 155-181, 1998.

82
FONTOURA, Sandra Regina Haas da. A cultura no desenvolvimento do turismo em
Santa Cruz do Sul. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) –
Universidade de Santa Cruz do Sul, 1999.
FORSTER, Nicolas. Brasilien am Vorabend des Zweiten Weltkrieges. Eine
Situationsanalyse unter besonderer Berücksichtigung der “Força Expedicionária
Brasileira”. Tese (Doutorado em História) – Universidade de Viena, 2010.
FORTES, Alexandre. As indústrias Renner: paternalismo e identidade coletiva dos
trabalhadores numa empresa teuto-brasileira. História, São Paulo, vol. 21, p. 163-193,
2002.
FORTES, Alexandre. Nós do Quarto Distrito: a classe trabalhadora porto-alegrense e a
era Vargas. Caxias do Sul: EDUCS/Garamond Universitária/ANPUH-RS, 2004.
FORTES, Helena Cornelius. Reminiscências, 1875-1975. São Sebastião do Caí: s. e.,
1975.
FOSSATI, Daniele Maria; FREITAS, Clailton Ataídes de. O caráter familiar da
atividade fumageira em Santa Cruz do Sul/RS. In: Anais do 42º Congresso Brasileiro
de Economia e Sociologia Rural. Cuiabá, 2004.
FOUQUET, Carlos. O imigrante alemão e seus descendentes no Brasil: 1808-1824-
1974. São Paulo: Instituto Hans Staden, 1974.
FOUQUET, Harro. Vor 80 Jahren – Beginn des Luftverkehrs in Brasilien. Martius-
Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 54, 2007.
FRÄGER, Paul. Der Deutsche in Brasilien: I. Rio Grande do Sul. Berlim: Julius Beltz,
[1930].
FRAINER, João (org.). Álbum do município de Erechim. Erechim: Livraria Modelo,
1936.
FRANÇA, Maria Cristina Caminha de Castilhos. A cidade narrada na memória dos
velhos habitantes de Teutônia (RS): estudo etnográfico de memória intrageracional e
compartilhada sobre as experiências transmitidas na relação entre avós e netos.
Dissertação (Mestrado em Antropologia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul,
Porto Alegre, 2002.
FRANÇA, Maria Cristina Caminha de Castilhos. Memórias familiares em festa:
estudo antropológico dos processos de reconstrução das redes de parentesco e trajetórias
familiares. Tese (Doutorado em Antropologia) – Universidade Federal do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 2009.
FRANK, Marcos Rogério de Castro. Sempre aos sábados – uma coletânea. Santa
Maria: Gráfica Pallotti, 2006.
FRANTZ, Walter. Genossenschaftsentwicklung und genossenschaftliche Erziehung:
eine Fallstudie aus Brasilien. Münster: Universidade de Münster/Alemanha, 1980, p. 3-
274.
FRANTZ, Walter. Universidade no contexto regional: uma experiência em construção.
In: NEVES, Clarissa Eckert Baeta; SOBOTTKA, Emil (orgs.). Sociologia, pesquisa e
cooperação: Achim Schrader, homenagem a um cientista social. Porto Alegre: Editora
da UFRGS, 2003, p. 79-96.

83
FRANTZ, Walter; HILGERT, Vagner; CORRÊA, Ricardo. A história do
cooperativismo de crédito em Panambi: uma trajetória de 75 anos. Ijuí: Editora da
UNIJUI, 2006.
FRANZ, Juliana Cristina. A formação de um sistema agrário híbrido: estudo de caso
sobre as continuidades e rupturas na agricultura familiar de Lajeado/RS. Dissertação
(Mestrado em Geografia) – Universidade Federal de Pelotas, 2016.
FRANZEN, Douglas Orestes; MAYER, Leandro (orgs.). Porto Novo 90 anos:
perspectivas históricas e contemporâneas. São Leopoldo: OIKOS, 2016.
FREDERICO, Denise Cordeiro de Souza. Cantos para o Culto Cristão. São
Leopoldo: Sinodal, 2001.
FREGER, Claus Michael. “Doktors”: contos de memória. Porto Alegre: Libretos,
2011.
FREIRE, Ana Luísa Gonçalves. Tony Petzhold: uma vida pela dança. Porto Alegre:
Movimento, 2002.
FREITAG, Éliton Juliano. A participação de afro-brasileiros na Oktoberfest de
Igrejinha. In: WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN,
Caroline von (orgs.). Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates,
2017, p. 470-478.
FREITAS, Aline Marques de; CAREGNATO, Lucas; TOMAZONI, Mario Alberto.
Colônias mistas: denominação e conceituação através da análise das relações
interétnicas na região colonial italiana do RS. In: Anais do XVII Simpósio de História
da Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo,
2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
FREITAS, Aline Marques de; DUTRA, Helen Gelati; FERREIRA, Felipe Valente. De
imigrantes a sesmeiros. In: Anais do X Seminário Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior
de Educação/CORAG, 2009.
FREITAS, Aline Marques de; GIRON, Loraine Slomp. Imigração: morte, loucura e
doença. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
FREITAS, Ana Laura Colombo. A formação do gosto musical na crítica jornalística
de Herbert Caro no Correio do Povo (1968-1980): da torre de marfim ao rés do chão.
Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação) – Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
FREITAS, Ana Laura Colombo. Herbert Caro: crítica jornalística e incentivo da escuta
no Rio Grande do Sul. Revista do Instituto Marc Chagall, Porto Alegre, vol. 4, n. 2,
p. 71-82, 2012.
FREITAS, Francisco E. Cooperativa de Crédito Caixa União Popular Santa Cruz.
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Santa Catarina,
Florianópolis, 1990.
FREITAS, Ingrid Assmann de. A (re)construção do retrato do Brasil: estudo das
imagens na literatura dos imigrantes alemães. Tese (Doutorado em Letras) – UNESP,
Assis, 1997.

84
FREITAS, Ingrid Ani Assmann de. A literatura dos imigrantes alemães. In: Anais do
XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações
da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
FREITAS, Miqueline Ferreira de. Lindolfo Collor: o olhar de um brasileiro exilado na
Europa sobre o regime nazista. Tese (Doutorado em História Social das Relações
Políticas) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2015.
FREITAS, Ubiratã Ferreira. O negro na colonização germânica da Fazenda do Mundo
Novo – Taquara 1814-2012. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia
(orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e
preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 432-444.
FREITAS, Ubiratã Ferreira. “Nóis vivia nas terras dos outros”: o cotidiano de negros
escravos em uma colônia alemã (1861-1887). História UNICAP, Recife: UNICAP,
vol. 1, n. 2, p. 174-191, 2014.
FREITAS, Ubiratã Ferreira. Cotidiano e cultura: a fronteira entre negros e brancos em
uma sociedade germânica. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio;
SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações: religiões e espiritualidades. São
Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 1166-1176.
FREITAS, Ubiratã Ferreira. História, pós-abolição e cotidiano: o negro livre na
sociedade branca no município de Taquara (1888-1920). In: Anais do XIII Encontro
Estadual de História/ANPUH-RS: ensino, direitos, democracia. Santa Cruz do Sul:
UNISC, 2016.
FREITAS, Ubiratã Ferreira. A terra a mercê de quem ocupasse, Antonio Borges de
Almeida Leães. In: ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS,
Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos.
São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p. 707-723.
FREYBERG, B. V. Die Steinkohlenlagerstätten des Staates Rio Grande do Sul
(Brasilien). Internationale Bergwirtschaft, Leipzig, vol. 2, p. 25-30, 1927.
FREYRE, Gilberto. O mundo que o português criou. Rio de Janeiro: José Olympio,
1940.
FREYRE, Gilberto. Uma cultura ameaçada: a luso-brasileira. Rio de Janeiro: Casa do
Estudante do Brasil, 1942.
FREYRE, Gilberto. Em torno das relações culturais do Brasil com a Alemanha. In: II
Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Recife: Editora da Universidade Federal de
Pernambuco, 1974.
FRIDERICHS, Edvino Augusto. O colono no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Typ.
Mercantil, 1950.
FRIDERICHS, Lidiane Elizabete. Entrevista com Marcos Antônio Witt. Revista
Latino-Americana de História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 6, n. 18, p. 160-166,
2017.
FRIEDRICH, Fabiana Helma; WITTER, Nikelen Acosta. A adaptação da culinária dos
imigrantes alemães (Rio Grande do Sul: 1850-1930). Disciplinarum Scientia, Série
Ciências Humanas, Santa Maria: Centro Universitário Franciscano, vol. 13, p. 69-84,
2012.

85
FRIEDRICH, Fabiana Helma; SOARES, André Luís Ramos. Festas de casamentos e
encontros familiares como meio de preservar tradições culturais dos imigrantes alemães
descendentes da colônia de Santo Ângelo. In: RAMOS, Eloísa Helena Capovilla da
Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações
e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 74-86.
FRIEDRICH, Fabiana Helma; SOARES, André Luís Ramos. Alimentação: o trabalho
de preservar e elaborar a identidade e a memória dos imigrantes alemães na colônia de
Santo Ângelo/RS (1850-1900). Oficina do Historiador, Porto Alegre: PUCRS, vol. 1,
p. 614-654, 2014.
FRIEDRICH, Fabiana Helma; SOARES, André Luís Ramos. Trabalho e imigração: a
idealização do papel da mulher nas colônias imigrantes do Rio Grande do Sul no século
XIX. In: Actas de la V Reunión del Comité Académico “Historia, Regiones y
Fronteras”, Asociación de Universidades Grupo Montevideo. Mar del Plata: Faculdad
de Humanidades, 2014, vol. 1, p. 1-8.
FRIEDRICH, Fabiana Helma; SOARES, André Luís Ramos. Alma da casa e o espírito
protetor, uma idealização do papel da mulher nas colônias imigrantes do Rio Grande do
Sul no século XIX. In: XII Encontro Estadual de História – História, Verdade e
Ética. São Leopoldo, 2014.
FRIEDRICH, Fabiana Elma; SOARES, André Luís Ramos. A colônia de Santo Ângelo
no contexto da imigração alemã no Rio Grande do Sul. In: Anais Eletrônicos do III
Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2015.
FRIEDRICH, Fabiana Helma. Gastronomia e imigração alemã na região central do
Rio Grande do Sul: Colônia de Santo Ângelo (segunda metade do século XIX).
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Santa Maria, 2015.
FRIEDERICHS, J. Aloys (org.). Liederbuch. Porto Alegre: Typographia Mercantil,
1927.
FRIEDERICHS, Aloys. Reden bei Feiern der Turnerschaft und des Verbandes
Deutscher Vereine. São Leopoldo: Rotermund, 1928.
FRIEDERICHS, J. Aloys. Die Bismarckrunde in Porto Alegre. Porto Alegre:
Typographia Mercantil, 1929.
FRITSCH, Herbert Jorge. Escola da comunidade evangélica de Ivoti. In: Anais do X
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
FROEHLICH, Graciela. Etnicidade e germanidade no sul do Brasil: a passagem de
Mengele em Cerro Largo – RS. Reunião Brasileira de Antropologia, Porto Seguro,
2008.
FROEHLICH, Graciela. Carne(ar), no passado e no presente: hábitos e práticas
alimentares entre descendentes de imigrantes. Campos, Curitiba: UFPR, vol. 20, p. 69-
82, 2012.
FROEHLICH, José Marcos; DIESEL, Vivien (orgs.). Espaço rural e desenvolvimento
regional – estudos a partir da região central do Rio Grande do Sul. Ijuí: Editora da
UNIJUI, 2004.
FROEMMING, Angela Brandalise. Migração e identidade: formação de comunidades
evangélicas nas colonizações mistas de Três de Maio, Horizontina e Dr. Maurício

86
Cardoso, de 1915 a 1950. Dissertaçaão (Mestrado em Teologia) – Programa de Pós-
Graduação em Teologia, Faculdades EST, São Leopoldo, 2009.
FROHE RUNDE – Volkslieder. Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2004.
FRÖHLICH, Egon Roque; BLUHM, Louis H.; FRAGA, T. E. F.; MENDEL, Patrícia.
Julgamentos de confiança e sua construção e desenvolvimento sócio-econômico no Rio
Grande do Sul: o caso da Cooperativa Piá de Nova Petrópolis. Perspectiva Econômica,
São Leopoldo: UNISINOS, vol. 36, n. 113, p. 57-176, 2001.
FRÖHLICH, Sônia Jaqueline. O cemitério como patrimônio da imigração alemã:
relatório de prática. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia;
WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 531-538.
FRÖMMING, Marione. A poesia da imigração em Santa Cruz do Sul. Redes, Santa
Cruz do Sul: UNISC, vol. 6, n. especial, p. 129-177, 2001.
FUCHINA, Francieli. Construção das personagens femininas em romances da
imigração alemã no Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em Letras –
Universidade de Passo Fundo, 2016.
FUCHS, Carlitos Kurdt. A luta dos trabalhadores pela escola pública em São
Leopoldo. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 1992.
FUCHS, Werner. IECLB: decadência por cima – renovação por baixo. Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 28, n. 3, p. 295-303, 1988.
FUCHS, Willy. Origem da Colônia de Travesseiro: exposição baseada nos subsídios
colhidos nos registros notariais de Taquari, Estrela e Lajeado 1860-1900. Estudos
Leopoldenses – Série História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 3, n. 2, p. 177-187,
1999.
FUCHS, Willy. João Fuchs: perfil de um pioneiro teuto-riograndense (1831-1908). In:
Anais do IV e V Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
FUGER, Alberto. A legião dos estrangeiros: contribuição para a história do Segundo
Império. Porto Alegre: Typographia do Centro, 1938.
FÜLLING, Erich. O desenvolvimento interno da Igreja Evangélica no Brasil (Sínodo
Rio-Grandense) após a 2ª Guerra Mundial (1945-1948). Estudos Teológicos, São
Leopoldo: EST, ano 14, n. 2, p. 29-35, 1974.
75 JAHRE Deutschum Santo Angelo Agudo. São Leopoldo: Rotermund, 1932.
75 JAHRE Riograndenser Synode. São Leopoldo: Sinodal, [1961?].
50 JAHRE Baptistengemeinde “Imanuel” – Panambi, 1906-1956. Porto Alegre:
Editora Metrópole, 1956.
FUNK, Fabiana; PONZI, Luiz Carlos. Região das Missões: duas formas de ocupação do
território e dois usos distintos da terra. In: Anais do XVIII Simpósio de Imigração e
Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.

87
FUNKE, Alfred. Deutsche Siedlung über See: Ein Abriss ihrer Geschichte und ihr
Gedeihen in Rio Grande do Sul. Halle: Gabauer Schwetschke Druckerei und Verlag,
1902.
FUNKE, Alfred. Aus Deutsch-Brasilien. Bilder aus dem Leben der Deutschen im
Staate Rio Grande do Sul. Leipzig/Alemanha: B. G. Teubner, 1902.
FUNKE, Alfred. Die Besiedlung des östlichen Südamerika mit besonderer
Berücksichtigung des Deutschtums. Halle/Alemanha: Gebauer Schwetschke
Druckerei und Verlag, 1903.
FUNKE, Alfred. Unter den Coroados: eine Geschichte von deutschen Bauern und
brasilianischen Indianern. Leipzig: Teubner Verlag, 1905.
FUNKE, Alfred. Stürmische Tage in Deutsch-Brasilien. Berlim/Leipzig: Hillger,
1913.
FUNKE, Alfred. Der Gringo: Roman eines deutschen Mannes auf brasilianischer Erde.
Berlim: Kolonie und Heimat, 1913.
FUNKE, Alfred (org.). O Brasil e a Alemanha (1822-1922). Berlim: Editora
Internacional, 1922.
FUNKE, Alfred. Der Lasso: brasilianischer Roman. Leipzig: W. Vobach, 1922.
FUNKE, Alfred. Brasilien im 20. Jahrhundert. Berlim: Verlag, R. Hobbing, 1927.
FUNKE, Alfred. Der deutsche Kolonist in Brasilien. Bremen: Hauschild, 1932.
FUNKE, Alfred. Paradies im Urwald. Paderborn: Salzwasser Verlag GmbH, 1934.
GABATZ, Celso. Reminiscências. Santa Rosa: Café Pequeno, 2017.
GAELZER, Vejane. Função responsiva na fala de imigrantes alemães no Rio Grande do
Sul. Conexão Letras, Porto Alegre: UFRGS, vol. 5, n. 5, p. 133-141, 2010.
GAELZER, Vejane. A identidade do imigrante alemão: a língua, elemento simbólico de
identificação. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia: UFG, vol. 15, p. 137-158,
2011.
GAELZER, Vejane. Sprachmischung: relação entre sujeito, língua e história. Conexão
Letras, Porto Alegre: UFRGS, vol. 8, n. 10, p. 127-142, 2013.
GAELZER, Vejane. Construções imaginárias e memória discursiva de imigrantes
alemães no Rio Grande do Sul. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Federal
do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012 (publicado sob o mesmo título em Jundiaí:
Paco Editorial, 2014).
GAILLARD, Karl. Die deutschen Ansiedlungs-Unternehmungen in Süd-Brasilien.
Berlim: Büreau des Vereins zur Centralisation deutscher Auswanderung und
Colonisation, 1850.
GAL, Gastão. Estudos genealógicos. In: Anais do IV e V Seminário Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2000).
Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras, 2002.
GALVANI, Walter. A noite do quebra-quebra. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1993.
GALVÃO, Antonio Mesquita; ROCHA, Vilma Guerra da. Mucker: fanáticos ou
vítimas. Porto Alegre: EST, 1996.

88
GALVÃO, Cláudia Andreoli. Sistemas industriais localizados: o Vale do Paranhana –
complexo calçadista do Rio Grande do Sul. Brasília: Instituto de Pesquisa Aplicada
(IPEA), 1999.
GÄLZER, Fernanda. O Estado Novo em São Leopoldo/RS a partir do estudo de
correspondências. In: Anais [do] IX Seminário de Pós-Graduação. Novo Hamburgo:
Feevale, 2016, p. 950-955.
GÄLZER, Fernanda. As medidas repressivas enfrentadas por alemães e italianos
durante o Estado Novo no Rio Grande do Sul. In: Anais do X Seminário de Pós-
Graduação. Novo Hamburgo: Feevale, 2017, p. 738-744.
GÄLZER, Fernanda. Virou notícia: a Quinta-Coluna nas páginas dos jornais. In:
ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.).
Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos
Editora, 2018, p. 752-765.
GANS, Ilse Evers. 100 anos de Escola Comunitária, 1898-1998. Nova Petrópolis:
Editora Amstad, 1998.
GANS, Magda Roswita. Presença teuta em Porto Alegre no século XIX (1850-1889).
Porto Alegre: ANPUH-RS, 2004.
GANSWEIDT, Mathias J. Luis Buger und die Opfer seiner Rache. Porto Alegre:
Tipografia do Centro, 1948.
GANSWEIDT, Matias José. As vítimas do bugre. Porto Alegre: Selbach, s. d.
GARAEIS, Vítor Hugo. Brochier: os fragmentos de memórias e identidades da
colonização francesa no Rio Grande do Sul. Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 12,
n. 2, p. 51-66, 2006.
GARBOSA, Luciane Wilke Freitas. Es tönen die Lieder – um olhar sobre o ensino de
música nas escolas teuto-brasileiras da década de 1930, a partir de dois
cancioneiros selecionados. Tese (Doutorado em Música) – Universidade Federal da
Bahia, Salvador, 2003.
GARBOSA, Luciane Wilke Freitas; SEHN, Juliana. Lehrerseminar: formação musical
do professor comunitário. In: Anais do V Encontro de Pesquisa em Arte & IV
Jornada Interna de Pesquisa – JIPE, Montenegro: UERGS, 2006, p. 334-338.
GARBOSA, Luciane Wilke Freitas. Wilhelm Schüter e o ensino de música no
Lehrerseminar: Es tönen die Lieder... In: Anais do X Seminário Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre:
Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
GARCIA, Maria Elizabeth R. Histórico de Nova Hartz (município sobrinho). In:
DAROS, Marilia; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Gramado. Porto
Alegre: EST, 1995, p. 176-177.
GARDELIN, Mário. Presenças germânicas na imigração e colonização italiana no Rio
Grande do Sul. In: Anais do 5º Simpósio de História da Imigração e Colonização
Alemãs no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo,
1982.
GARDINI, Camila; KERKHOFF, Carla. Como é abordada a questão da saúde nos
atuais livros didáticos destinados ao Ensino de Alemão como Língua Estrangeira. In:

89
Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde:
Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
GÄRTNER, Angelika. O alemão no Rio Grande do Sul: aspectos científicos e político-
linguísticos. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 4, n. especial, p. 71-89, 1999.
GÄRTNER, Angelika. Aprendizagem e ensino de línguas estrangeiras – um caso
especial: alemão para estudantes brasileiros de descendência alemã. Revista da
Faculdade Porto-Alegrense de Educação, Ciências e Letras, Porto Alegre, vol. 1, n.
2, p. 15-39, 1999.
GÄRTNER, Angelika. A influência do dialeto nas estruturas linguísticas em textos de
estudantes teuto-brasileiros bilíngues. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 6,
número especial, 2001, p. 25-52.
GÄRTNER, Angelika. Aprendizagem do alemão padrão por estudantes teuto-
brasileiros. In: CUNHA, Jorge Luiz da; GÄRTNER, Angelika (orgs.). Imigração
alemã no Rio Grande do Sul: história, linguagem, educação. Santa Maria: Editora da
UFSM, 2003, p. 101-131.
GASTAL, Susana. Pedro Weingärtner: sob o olhar fotográfico. 19&20, Rio de Janeiro,
vol. 3, n. 3, 2008.
GAZETA GRUPO DE COMUNICACOES (ed.). Alemães. Uma etnia para a
integração. Os 150 anos da imigração em Santa Cruz do Sul. Santa Cruz do Sul: Gazeta
do Sul, 1999.
GEHEHR, Ana Paula; SCHNEIDER, Joni Roloff. Pella Bethânia celebrando a vida e o
amor em 123 anos. Tear Online, São Leopoldo: EST, vol. 6, n. 1, p. 59-69, 2017.
GEHRKE, Cristiano. Fotografia na Serra dos Tapes: a trajetória profissional e pessoal
de Heinrich Feddern. Conexões Culturais: Revista de Linguagem, Artes e Estudos em
Cultura, vol. 2, n. 1, p. 57-77, 2016.
GEHRKE, Cristiano. A fotografia e a expansão do nacional-socialismo no sul do Rio
Grande do Sul. XXXI Encontro Estadual de História da ANPUH-RS. Santa Cruz do
Sul: UNISC, 2016.
GEHRKE, Cristiano. O “apagamento repressivo” dos traços culturais de teuto-
brasileiros em São Lourenço do Sul (1937-1945). XIII Encontro Nacional de História
Oral. Porto Alegre: UFRGS, 2016.
GEHRKE, Cristiano. Imigração alemã e nacional-socialismo: perseguições e
silenciamentos em São Lourenço do Sul/RS. Em Perspectiva, Fortaleza: UFC, vol. 2,
n. 1, p. 210-230, 2016.
GEHRKE, Cristiano. Fotografias post mortem entre imigrantes pomeranos. In: XVI
Seminário de História da Arte. Pelotas: UFPel, vol. 1, n. 6, 2017.
GEHRKE, Cristiano. Falácia ou ingenuidade? Silenciamentos e ocultações em um
relato sobre repressão durante o Estado Novo em São Lourenço do Sul/RS.
Testemonius: Revista de la Asociación de História Oral de la República Argentina,
vol. 6, p. 71-99, 2017.
GEHSE, Hans. Die deutsche Presse in Brasilien von 1852 bis zur Gegenwart.
Beitrag zur Geschichte und zum Aufgabenkreis auslanddeutschen Zeitungswesens.
Münster: Aschendorffsche Verlag, 1931.

90
GENEALOGIArs (ed.). Famílias de origem alemã no Rio Grande do Sul. Porto
Alegre: Edições EST, 2015.
GERNHARD, Robert. Die Rio Grande Nordwest-Bahn, Gesellschaft mit
beschränkter Haftung. Breslau/Alemanha: Schlesische-Verlagsantalt von S.
Schottlaender, 1901.
GERHARDT, Marcos. Imagens, natureza e colonização no sul do Brasil. In: ARRUDA,
Gilmar (org.). Natureza, fronteiras e territórios: imagens e narrativas. Londrina:
EDUEL, 2005, p. 77-96.
GERHARDT, Marcos. Fragmentos da história da Colônia Serra Cadeado e do Fachinal.
In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e
interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São
Leopoldo: Oikos, 2007.
GERHARDT, Marcos. História ambiental da colônia Ijuhy. Ijuí: Editora da UNIJUI,
2009.
GERHARDT, Marcos. Colonos ervateiros: história ambiental e imigração no Rio
Grande do Sul. Esboços, Florianópolis, vol. 8, n. 25, 2011.
GERHARDT, Marcos. História ambiental da erva-mate. Tese (Doutorado em
História) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2013.
GERHARDT, Marcos. História ambiental, colonização e genealogia. História: debates
e tendências, Passo Fundo: UPF, vol. 14, n. 1, p. 124-140, 2014.
GERHARDT, Marcos. Colonização e extrativismo. In: TEDESCO, João Carlos;
NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Colonos, colônias e colonizadores: aspectos da
territorialização agrária no sul do Brasil. Porto Alegre: Letra&Vida, 2015, p. 274-273.
GERHARDT, Ruben. Colonização de Teutônia e Corvo: imigração alemã no sul do
Brasil. Lajeado: UNIVATES, 2004.
GERSTÄCKER, Friedrich. Achtzehn Monate in Süd-Amerika und dessen deutschen
Colonien. Jena: Hermann Costenoble, 1863.
GERTZ, René E. A revolução de 1930 em São Leopoldo. Estudos Leopoldenses, São
Leopoldo: UNISINOS, n. 33, p. 65-89, 1975.
GERTZ, René E. O integralismo e os teuto-brasileiros no Rio Grande do Sul. In: Anais
do 2º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do
Sul. São Leopoldo, 1976, p. 143-174.
GERTZ, René E. O integralismo e os teuto-brasileiros no Rio Grande do Sul:
contribuição para a interpretação de um fenômeno político controvertido. Dissertação
(Mestrado em Ciência Política) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto
Alegre, 1977.
GERTZ, René E. O luteranismo no Rio Grande do Sul. Teocomunicação, Porto Alegre:
PUCRS, vol. 13, n. 4, p. 359-68, 1983.
GERTZ, René E. A integração política dos imigrantes alemães e de seus descendentes
no sul do Brasil. In: Anais da III Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa
Histórica. São Paulo: SBPH, 1984, p. 21-24.

91
GERTZ, René E. Operários alemães no Rio Grande do Sul (1920-1937) ou Friedrich
Kniestedt também foi um imigrante alemão. Revista Brasileira de História, São Paulo:
ANPUH, vol. 6, n. 11, p. 75-84, 1985/1986.
GERTZ, René E. Cultura operária no Rio Grande do Sul: o caso dos operários alemães
em Porto Alegre. In: Anais da VI Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa
Histórica. São Paulo: SBPH, 1987, p. 177-182.
GERTZ, René E. O fascismo no sul do Brasil. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1987.
GERTZ, René E. Microistória da imigração e da colonização alemã no Rio Grande do
Sul. Veritas, Porto Alegre: PUCRS, vol. 32, n. 125/128, p. 543-551, 1987.
GERTZ, René E. Autobiografia de um imigrante anarquista, Friedrich Kniestedt. In:
Anais VIII e IX Simpósio de Imigração e Colonização Alemãs noRrio Grande do
Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo,
1998.
GERTZ, René E. Nacionalização: um incidente em Caí. In: Anais do VIII e IX
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1998.
GERTZ, René E. (trad.) Memórias de um imigrante anarquista: Friedrich Kniestedt.
Porto Alegre: EST, 1989.
GERTZ, René E. Algumas considerações em torno de "O Partido Republicano
Riograndense e os alemães no Rio Grande do Sul" de Helga Iracema Landgraf Piccolo.
In: Anais do 5º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio
Grande do Sul. (São Leopoldo, 1982). São Leopoldo, 1989.
GERTZ, René E. Um jornal anarquista em Porto Alegre: der freie Arbeiter. Veritas,
Porto Alegre: PUCRS, vol. 35, n. 137/140, p. 606-617, 1990.
GERTZ, René E. O perigo alemão. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS,
1991.
GERTZ, René E. Catolicismo social no Rio Grande do Sul: a União Popular. Veritas,
Porto Alegre: PUCRS, vol. 37, n. 148, p. 553-579, 1992.
GERTZ, René E. O integralismo na zona colonial alemã. In: DACANAL, José H;
GONZAGA, Sergius (orgs.). RS: imigração e colonização. Porto Alegre: Mercado
Aberto, 1992, p. 195-233.
GERTZ, René E. Antecedentes da Revolução Federalista nas regiões de colonização
alemã. In: FLORES, Moacyr (org.). 1893-95: a Revolução dos Maragatos. Porto
Alegre: EDIPUCRS, 1993, p. 61-74.
GERTZ, René E. A revolução de 1893 nas regiões de colonização alemã. In:
POSSAMAI, Zita (ed.). Revolução de 1893. Porto Alegre: SMC, 1993, p. 43-50.
GERTZ, René E. Aspectos da Revolução Federalista nas regiões de colonização alemã.
In: ALVES, Francisco das Neves; TORRES, Luiz Henrique (orgs.). Pensar a
Revolução Federalista. Rio Grande: Editora da FURG, 1993, p. 115-121.
GERTZ, René E. Separatismo e anti-razão. Indicadores Econômicos FEE, Porto
Alegre: FEE, vol. 21, n. 3, 1993.

92
GERTZ, René E. A Revolução Federalista nas regiões de colonização alemã do Rio
Grande do Sul. In: Anais da XIII Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa
Histórica. Curitiba, 1994, p. 273-277.
GERTZ, René E. Os "alemães" no Rio Grande do Sul. In: Diversidade étnica e
identidade gaúcha. Santa Cruz do Sul: Editora da UNISC, 1994, p. 43-57.
GERTZ, René E. A imigração italiana no Rio Grande do Sul na opinião de algumas
lideranças alemãs. In: DE BONI Luís A. (org.). A presença italiana no Brasil (vol.
III). Porto Alegre/Torino: EST/Fondazione Giovanni Agnelli, 1996, p. 126-132.
GERTZ, René E. O nativismo, os teuto-brasileiros católicos e luteranos no Rio Grande
do Sul. Revista de Ciências Humanas, Florianópolis: UFSC, vol. 16, n. 24, p. 43-60,
1998.
GERTZ, René E. Os "quistos étnicos" alemães. Estudos Leopoldenses – Série
História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 2, n. 1, p. 7-25, 1998.
GERTZ, René E. (org.). Karl von Koseritz: seleção de textos. Porto Alegre:
EDIPUCRS, 1999.
GERTZ, René E. D. João Becker e o nacionalismo. Estudos Leopoldenses – Série
História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 3, n. 2, p. 155-175, 1999.
GERTZ, René E. O Estado brasileiro e as comunidades de imigração alemã. In: Anais
do III Congresso Internacional de Estudos Ibero-Americanos – Sociedades Ibero-
Americanas: reflexões e pesquisas recentes (Porto Alegre, 1998). Porto Alegre:
EDIPUCRS, 2000, p. 123-133.
GERTZ, René E. A eleição de 1907 nas regiões de colonização alemã do Rio Grande do
Sul. In: SULIANI, Antônio (org.). Etnias e carisma: poliantéia em homenagem a
Rovílio Costa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001, p. 963-976.
GERTZ, René E. O aviador e o carroceiro: política, etnia e religião no Rio Grande do
Sul dos anos 1920. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.
GERTZ, René E. Os teuto-russos no Rio Grande do Sul. In: Anais do IV e V
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
GERTZ, René E. A Alemanha e os teuto-brasileiros. In: NEVES, Clarissa Eckert Baeta;
SOBOTTKA, Emil (orgs.). Sociologia, pesquisa e cooperação: Achim Schrader,
homenagem a um cientista social. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2003, p. 115-128.
GERTZ, René E. A construção de uma nova cidadania. In: MAUCH, Cláudia;
VASCONCELLOS, Naira (orgs.). Os alemães no sul do Brasil: cultura, etnicidade,
história. Canoas: Editora da ULBRA, 2004, p. 29-40.
GERTZ, René E. Os gaúchos de descendência alemã e a vida política brasileira. In:
CUNHA, Jorge Luiz da (org.). Cultura alemã 180 anos – Deutsche Kultur seit 180
Jahre. Porto Alegre: Nova Prova, 2004, p. 77-87.
GERTZ, René E. Die Lutheraner in der Gesellschaft und Kultur Brasiliens. In:
MEDICK, Hans; SCHMIDT, Peer (eds.). Luther zwischen den Kulturen. Göttingen:
Vandenhoeck & Ruprecht, 2004, p. 164-189.

93
GERTZ, René E. Identidade nacional e etnias no Brasil durante as duas guerras
mundiais. In: SILVA, Gilvan Ventura da et al. (orgs.). As identidades no tempo:
ensaios de gênero, etnia e religião. Vitória: EDUFES, 2006, p. 63-88.
GERTZ, René E. Elite intelectual, religião e religiosidade no Rio Grande do Sul do
entre-guerras. RAMBO, Arthur Blasio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel
Cristina. Pe. Balduíno Rambo – a pluralidade na unidade: memória, religião, ciência
e cultura. São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2007, p. 73-85.
GERTZ, René E. Imigração e história. In: GIRON, Loraine Slomp; RADÜNZ, Roberto
(orgs.). Imigração e cultura. Caxias do Sul: EDUCS, 2007, p. 73-86.
GERTZ, René E. Nacionalização e cidadania. In: Anais do XVI Simpósio de História
da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América
Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
GERTZ, René E. Por uma história política da colonização alemã. In: ELY, Nilza Huyer
(ed.). Arroio do Sal – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2007, p. 59-74.
GERTZ, René E. Colônias mistas. In: Anais do XVII Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006).
São Leopoldo: Oikos, 2008.
GERTZ, René E. A memória da Revolução Farroupilha na colônia alemã. In:
SIDEKUM, Antonio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel Cristina (orgs.).
Campos múltiplos: identidade, cultura e história. Festschrift em homenagem ao prof.
Arthur Blasio Rambo. São Leopoldo: Nova Harmonia/Oikos, 2008, p. 83-104.
GERTZ, René E. O Rio Grande do Sul e a Segunda Guerra Mundial. In: AXT, Gunter
(org.). As Guerras dos Gaúchos. Porto Alegre: Nova Prova Editora, 2008, p. 409-424.
GERTZ, René E. A velha zona de colonização alemã – hoje. In: Anais do X Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras.
Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
GERTZ, René E. Médicos alemães e saúde pública no Rio Grande do Sul. In: Anais do
XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade –
Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
GERTZ, René E. Condutas de vida versus comportamento frente ao Estado, a partidos
políticos e a eleições. In: COSTA, Miguel Ângelo S. da et al. (orgs.). Explorando
possibilidades: experiências e interdependências entre imigrantes alemães, seus
descendentes e outros mais no Brasil Meridional. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2009,
p. 46-67.
GERTZ, René E. Dilemas para escrever uma história da imigração e da colonização
alemãs. In: MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜGGE, Erny; HAUENSTEIN, Iria (orgs.).
Construindo diálogos. História, educação e ecumenismo. Homenagem a Martin N.
Dreher. São Leopoldo: OIKOS, 2010, p. 247-264.
GERTZ, René E. Existem teuto-russos no Brasil? In: Anais do XIX Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial.
São Leopoldo: Oikos, 2010.
GERTZ, René E. Estudos sobre imigração alemã: experiência pessoal. In: TEDESCO,
João Carlos; ZANINI, Maria Catarina C. (orgs.). Migrantes ao sul do Brasil. Santa
Maria: Editora da UFSM, 2010, p. 119-135.

94
GERTZ, René E. República Velha, emancipações, Estado Novo. In: ARENDT, Isabel
C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande: história(s) da São
Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 89-99.
GERTZ, René E. A colonização no período republicano – segunda fase. In: CARELI,
Sandra da Silva; KNIERIM, Luiz Claudio (orgs.). Releituras da História do Rio
Grande do Sul. Porto Alegre: CORAG, 2011, p. 243-264.
GERTZ, René E. O neonazismo no Rio Grande do Sul. Porto Alegre:
EDIPUCRS/AGE, 2012.
GERTZ, René E. Conflitos intraétnicos em uma região de colonização alemã: o
processo de emancipação de Novo Hamburgo. In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 48-60.
GERTZ, René E. Médicos alemães no Rio Grande do Sul, na primeira metade do século
XX: integração e conflito. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro:
FIOCRUZ, vol. 20, n. 1, p. 141-157, 2013.
GERTZ, René E. O associativismo entre alemães e descendentes no Rio Grande do Sul.
In: BASTOS, Maria Helena Camara; JACQUES, Alice Rigoni; ALMEIDA, Dóris
Bittencourt (orgs.). Do Deutscher Hilfsverein ao Colégio Farroupilha/RS: memórias
e histórias (1858-2008). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2013, p. 25-50.
GERTZ, René E. Imigração alemã: trajetória do nazismo ao neonazismo. In:
MARTÍNEZ, Elda Evangelina González et al. (orgs.). História da imigração:
possibilidades e escritas. São Leopoldo: Editora UNISINOS/OIKOS Editora, 2013, p.
313-333.
GERTZ, René E. Etnias e nacionalização no sul do Brasil. In: QUADROS, Claudemir
de (org.). Uma gota amarga: itinerários da nacionalização do ensino no Brasil. Santa
Maria: editoraufsm, 2014, p. 13-41.
GERTZ, René E. Imigração e empreendedorismo industrial no Rio Grande do Sul. In:
FAY, Claudia Musa; RUGGIERO, Antonio de (orgs.). Imigrantes empreendedores na
história do Brasil: estudos de caso. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2014, p. 157-170.
GERTZ, René E. O pós-guerra nas regiões de colonização alemã do Rio Grande do Sul
(1945-1955). In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1593-1608.
GERTZ, René E. Descendentes de alemães no Rio Grande do Sul após a Segunda
Guerra Mundial. In: Anais do XXVIII Simpósio Nacional de História. Florianópolis:
ANPUH, 2015.
GERTZ, René E. Reflexos da Primeira Guerra Mundial no Brasil: a Liga Germânica.
In: RUGGIERO, Antonio de; FAY, Claudia Musa; GERTZ, René E. (orgs.). Vivências
da Primeira Guerra Mundial: entre a Europa e o Brasil. São Leopoldo: Oikos
Editora/Editora Unisinos, 2015, p. 139-157.
GERTZ, René E. “Gringos” e “alemãos” no Rio Grande do Sul. In: RADÜNZ, Roberto;
HERÉDIA, Vania Beatriz Merlotti (orgs.). Imigração e sociedade: fontes e acervos da
imigração italiana no Brasil. Caxias do Sul: EDUCS, 2015, p. 206-231.
GERTZ, René E. A Segunda Guerra Mundial nas regiões de colonização alemã no Rio
Grande do Sul. Licencia&acturas, Ivoti: ISEI, vol. 3, n. 2, p. 15-25, 2015.

95
GERTZ, René E. Acervo Benno Mentz. In: NASCIMENTO, José Antonio Moraes do
(org.). Centros de documentação e arquivos: acervos, experiências e formação. São
Leopoldo: OIKOS Editora, 2016, p. 83-94.
GERTZ, René E. Política, religião e etnia: vida religiosa nas regiões de colonização
alemã do Rio Grande do Sul durante a Segunda Guerra Mundial e no imediato pós-
guerra. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís
dos (orgs.). Migrações: religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016,
p. 953-967.
GERTZ, René E. O Vale do Rio Taquari como antro de “neonazismo”? In:
WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.).
Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, 422-433.
GERTZ, René E. Imigração, história, literatura: a Segunda Guerra Mundial no Rio
Grande do Sul. Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul,
Porto Alegre, n. 152, p. 97-113, 2017.
GERTZ, René E. As comemorações do 25 de julho de 1956, no Rio Grande do Sul. In:
ZANOTTO, Gizele (org.). Anais do IV Congresso Internacional História, Regiões e
Fronteiras (vol. II). Passo Fundo: UPF, 2018, p. 965-976.
GERTZ, René E. A sombra da Segunda Guerra Mundial sobre o Rio Grande do Sul. In:
CARVALHO, Bruno Leal Pastor de; LUCAS, Taís Campelo (orgs.). Expressões do
nazismo no Brasil: partido, ideias, práticas e reflexos. Salvador: Sagga Editora, 2018,
p. 214-231.
GERTZ, René E. Articulações político-cultuais na “colônia alemã” do Rio Grande do
Sul após 1945: a Federação dos Centros Culturais 25 de Julho. In: ARENDT, Isabel
Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações:
perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p.
781-794.
GEVEHR, Daniel Luciano. O Ferrabraz: um veículo de representações anti-Mucker
(1950-1965). Protestantismo em revista, São Leopoldo: EST, vol. 2, p. 80-87, 2003.
GEVEHR, Daniel Luciano. O Ferrabraz: um veículo de representações antimucker
(1950-1965). In: DREHER, Martin N.; RAMBO, Arthur Blásio; TRAMONTINI,
Marcos Justo (orgs.). Imigração e imprensa. Porto Alegre/São Leopoldo:
EST/Instituto Histórico de São Leopoldo, 2004, p. 147-156.
GEVEHR, Daniel Luciano; MARTINS, C.; VIANA, E.; ASSIS, F. A.; RODRIGUES,
M. D.; SANTOS, T. S.; BREYER, A. Sociedades de canto: história e memória da
sociedade germânica. In: Histórias e fatos do Mundo Novo. Taquara: Faccat/Prefeitura
Municipal de Taquara, 2006, p. 223-228.
GEVEHR, Daniel Luciano. Pelos caminhos de Jacobina: memórias e sentimentos
(res)significados. Tese (Doutorado em História) – Universidade do Vale do Rio dos
Sinos, São Leopoldo, 2007.
GEVEHR, Daniel Luciano. Pelos caminhos de Jacobina: memórias e sentimentos
(res)significados. In: Raízes de Taquara. Porto Alegre: EST, 2008 (vol. 2), p. 1344-
1361.
GEVEHR, Daniel Luciano; MARTINS, C.; VIANA, E.; ASSIS, F. A.; RODRIGUES,
M. D.; SANTOS, T. S. Centro de memória virtual da Sociedade 5 de Maio – Taquara.
In: Raízes de Taquara. Porto Alegre: EST, 2008 (vol. 2), p. 1228-1229.

96
GEVEHR, Daniel Luciano. Jacobina Maurer: rivalizando representações com seu
combatente. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009, p. 133-144.
GEVEHR, Daniel Luciano. Pelos caminhos de Jacobina: a líder dos Mucker como guia
do turismo histórico-cultural na contemporaneidade. In: III Anais do Congresso
Latino-Americano de Gênero e Religião. São Leopoldo: Faculdades EST, 2009, vol.
3, p. 128-139.
GEVEHR, Daniel Luciano. Memórias de uma colônia no sul do Brasil: o caso da
colônia japonesa de Ivoti – RS. In: Anais do X Seminário Nacional de Pesquisadores
da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto
Superior de Educação/CORAG, 2009, p. 99-104.
GEVEHR, Daniel Luciano; MORAES, Jaciara Brizzola; RODRIGUES, Maicon Diego;
WICHINHESKI, Leonardo Cardoso. Onde estão os lugares malditos da cidade: a
imprensa e a difusão de imagens sobre o meretrício de Taquara. In: Anais do XIX
Simpósio de História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e
espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010, p. 813-823.
GEVEHR, Daniel Luciano. Imagens que não se apagam: a líder dos Mucker e seu
combatente. Revista Espaço Dialógico – IENH, vol. 4, p. 9-12, 2010.
GEVEHR, Daniel Luciano. Videiras de Cristal: produção e difusão de uma memória
sobre a líder dos Mucker. In: Anais do I Seminário Internacional de Língua,
Literatura e Processos Culturais: regionalidade e interdisciplinaridade. Caxias do Sul:
Universidade de Caxias do Sul, 2011, p. 488-503.
GEVEHR, Daniel Luciano; MEYRER, M. R. A produção da memória nos registros
fotográficos da imigração alemã no Vale do Paranhana (RS). In: Anais do X Seminário
de Estudos Históricos – Quando o passado já não existe: desafios da História do
Tempo Presente. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2011, vol. 10, p. 1-16.
GEVEHR, Daniel Luciano; WICHINHESKI, L. C.; RODRIGUES, M. D.; MORAES,
Jaciara B. Festa, devassidão e violência: as imagens do meretrício e a idealização de um
cenário, de suas personagens e de seu enredo (Taquara, RS). Revista Espaço Dialógico
– IENH, p. 20-28, 2011.
GEVEHR, Daniel Luciano; LIMA, Jocemar P. Os lugares de memória da cidade: os
imaginários urbanos de Taquara na República Velha (1889-1930). História e-História,
p. 1-16, 2011.
GEVEHR, Daniel Luciano; MEYRER, M. R. Memória visual da imigração: a história
dos alemães no Vale do Paranhana (RS) nos registros fotográficos familiares. In: Anais
do III Encontro Nacional de Estudos da Imagem. Londrina: Universidade Estadual
de Londrina, 2011, p. 2994-3008.
GEVEHR, Daniel Luciano. Os lugares de memória dos Mucker e a construção da
imagem de sua líder Jacobina Mentz Maurer. In: Anais do III Encontro Nacional de
Estudos da Imagem. Londrina: Universidade Estadual de Londrina, 2011 (vol. 3), p.
758-772.
GEVEHR, Daniel Luciano; BRIZOLLA, J.; RODRIGUES, M. D.; WICHINHESKI, L.
C. As páginas do jornal contam história(s): o meretrício de Taquara (RS) e suas
personagens no contexto urbano (décadas de 1970 e 1980). In: Anais do Raízes de

97
Nova Hartz: XXII Encontro dos municípios originários de Santo Antônio da Patrulha.
Novo Hamburgo: Um Cultural, 2012 (vol. 2), p. 316-329.
GEVEHR, Daniel Luciano. O exemplo a não ser seguido: a líder dos Mucker na
narrativa jesuítica e a idealização da mulher imigrante no final do século XIX. In: Anais
do XII Corredor das Ideias: nosso rosto latino-americano. As ideias. As experiências.
As culturas. São Leopoldo/Nova Petrópolis: Oikos/Nova Harmonia, 2012, p. 570-590.
GEVEHR, Daniel Luciano; MEYRER, M. R. São Leopoldo Republicana: a história
contada através das imagens da cidade. In: WITT, Marcos Antônio; ARENDT, Isabel
Cristina (orgs.). Pelos Caminhos da Rua Grande: História(s) da São Leopoldo
Republicana. São Leopoldo: Oikos, 2011, p. 117-128.
GEVEHR, Daniel Luciano; MEYRER, M. R. Para sempre lembrar: as fotografias da
imigração alemã no Mundo Novo e a construção da memória social. In: REINHEIMER,
Dalva; GEVEHR, Daniel Luciano; FERNANDES, Doris Rejane; SMANIOTTO,
Elaine; DIAS, Jefferson Luciano Zuch; MEYRER, Marlise Regina (orgs.).
Caminhando pela cidade: apropriações históricas de Taquara em seus 125 anos. Porto
Alegre: Evangraf, 2011, p. 153-165.
GEVEHR, Daniel Luciano; RODRIGUES, M. D. Sociedade 5 de Maio: um espaço de
sociabilidade e etnicidade da cidade (Taquara – RS, 1930-1940). In: REINHEIMER,
Dalva; GEVEHR, Daniel Luciano; FERNANDES, Doris Rejane; SMANIOTTO,
Elaine; DIAS, Jefferson Zuch; MEYRER, Marlise Regina (orgs.). Caminhando pela
cidade: apropriações históricas de Taquara em seus 125 anos. Porto Alegre: Evangraf,
2011, p. 178-189.
GEVEHR, Daniel Luciano; LIMA, Jocemar. P. Os lugares de memória da cidade: os
imaginários urbanos de Taquara na República Velha (1889-1930). In: REINHEIMER,
Dalva; GEVEHR, Daniel Luciano; FERNANDES, Doris Rejane; SMANIOTTO,
Elaine; DIAS, Jefferson Luciano Zuch; MEYRER, Marlise Regina (orgs.).
Caminhando pela cidade: apropriações históricas de Taquara em seus 125 anos. Porto
Alegre: Evangraf, 2011, p. 266-280.
GEVEHR, Daniel Luciano; MORAES, Jaciara B.; RODRIGUES, M. D.;
WICHINHESKI, L. C. Um lugar para (não) lembrar: a imprensa e a produção da
memória sobre as mulheres no contexto do meretrício de Taquara (RS). In: Anais do
XII Corredor das Ideias: nosso rosto latino-americano. As ideias. As experiências. As
culturas. São Leopoldo/Nova Petrópolis: Oikos/Nova Harmonia, 2012, p. 597-616.
GEVEHR, Daniel Luciano; MORAES, Jaciara. B.; RODRIGUES, M. D.;
WICHINHESKI, L. C. Festa, devassidão e violência: as imagens do meretrício e a
idealização de um cenário, de suas personagens e de seu enredo (Taquara, RS). In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diáologos e novas abordagens. São Leopoldo: Oikos, 2012, p. 429-437.
GEVEHR, Daniel Luciano. “Os (des)encantos da imigração alemã através da
literatura”: as memórias e as narrativas sobre Jacobina em Videiras de cristal. In:
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos
(orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p.
563-582.
GEVEHR, Daniel Luciano; MEYRER, M. R. Esses alemães tiradores de foto: a
produção da memória da imigração alemã no Vale do Paranhana (RS) através dos

98
registros fotográficos familiares. Revista Espaço Dialógico – IENH, vol. 6, p. 31-35,
2012.
GEVEHR, Daniel Luciano. Os (des)caminhos da memória da imigração alemã: o
conflito Mucker nas trilhas dos lugares de memória da cidade. Revista Memória em
Rede, vol. 2, p. 1-16, 2012.
GEVEHR, Daniel Luciano. A líder dos Mucker na narrativa jesuítica de Ambrósio
Schupp e a produção de uma memória sobre a personagem central do conflito. Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, vol. 52, p. 158-171, 2012.
GEVEHR, Daniel Luciano. Entre a cruz e a espada: a batalha simbólica pela produção
da imagem e dos lugares de memória dos Mucker. História em Revista, Pelotas:
UFPel, vol. 17-18, p. 115-127, 2012.
GEVEHR, Daniel Luciano. As diferentes temporalidades de Jacobina Maurer: de líder
religiosa a guia do turismo histórico cultural. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN,
Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens.
São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 411-418.
GEVEHR, Daniel Luciano. A mulher no universo imigrante alemão do sul do Brasil no
século XIX: uma análise de Videiras de Cristal e a difusão da memória sobre Jacobina
Mentz Maurer. In: Anais do I Congresso Internacional das Faculdades EST:
Religião e Sociedade: desafios contemporâneos. São Leopoldo: EST, 2012, p. 1412-
1426.
GEVEHR, Daniel Luciano; RODRIGUES, M. D.; BRIZOLLA, J.; WICHINHESKI, L.
C. As vivências de um espaço mundano: as representações da zona do meretrício em
terras de imigração alemã (Taquara-RS, décadas de 1970 e 1980). In: Anais do I
Congresso Internacional das Faculdades EST: Religião e Sociedade: desafios
contemporâneos. São Leopoldo: EST, 2012, p. 1484-1499.
GEVEHR, Daniel Luciano. “As palavras do padre” ecoam na Colônia Alemã de São
Leopoldo (RS): a produção da memória sobre a líder dos Mucker na perspectiva
jesuítica do final do século XIX. In: Anais do XIV Encontro Estadual de História –
V Encontro Estadual do GT Gênero de Santa Catarina. Florianópolis: ANPUH-SC e
Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, 2012, p. 1-12.
GEVEHR, Daniel Luciano. A produção da crença na Colônia Alemã: o padre Ambrósio
Schupp e a construção da imagem da líder dos Mucker no final do século XIX. In:
Anais do Raízes de Nova Hartz: XXII Encontro dos municípios originários de Santo
Antônio da Patrulha. Novo Hamburgo: Um Cultural, 2012 (vol. 2), p. 264-277.
GEVEHR, Daniel Luciano. O gigante sarraceno Fier-à-bras se debruça sobre o vale: o
morro Ferrabraz como lugar de memória e de celebração da história da imigração. In:
Anais do Raízes de Nova Hartz: XXII Encontro dos municípios originários de Santo
Antônio da Patrulha. Novo Hamburgo: Um Cultural, 2012, (vol. 2), p. 284-304.
GEVEHR, Daniel Luciano. Os (des)encantos da imigração alemã através da literatura:
as memórias e as narrativas sobre os Mucker em Videiras de Cristal. In: Anais do II
Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo: Universidade de Passo
Fundo, 2013.
GEVEHR, Daniel Luciano. Ao sul do Brasil uma voz feminina desperta sensibilidades:
a produção de uma memória sobre a líder dos Mucker na perspectiva jesuítica (Antiga
Colônia Alemã de São Leopoldo, RS, século XIX). In: Anais do XVIII Encontro

99
Regional da Associação Nacional de História (ANPUH-MG): Dimensões do poder
na história. Ouro Preto: Editora da Universidade Federal de Ouro Preto – EDUFOP,
2013, p. 1-13.
GEVEHR, Daniel Luciano. Os lugares de memória nos contam história(s): a
problemática dos lugares de memória no ensino da história. Revista Acadêmica
Licencia&acturas, Ivoti: ISEI, vol. 1, p. 68-76, 2013.
GEVEHR, Daniel Luciano. Fier-à-bras: as diferentes representações do cenário do
conflito Mucker. Mouseion, Canoas: UniLasalle, vol. 1, p. 75-95, 2013.
GEVEHR, Daniel Luciano. A (i)materialidade dos Caminhos de Jacobina: a produção
dos espaços turísticos da cidade através dos lugares de memória. Colóquio, Taquara,
vol. 10, p. 83-110, 2013.
GEVEHR, Daniel Luciano. Abaixo os miseráveis! Morram os assassinos! – os soldados
avançam sempre: a heroicização do Coronel Genuíno Sampaio na batalha contra os
Mucker. História: debates e tendências, Passo Fundo: UPF, vol. 14, n. 1, p. 49-62,
2014.
GEVEHR, Daniel Luciano. A literatura contando a história de Jacobina Maurer: a
perspectiva ficcional sobre os Mucker na obra Videiras de Cristal. Revista Ampliar,
vol. 1, p. 1-18, 2014.
GEVEHR, Daniel Luciano. Um jesuíta alemão no Brasil Meridional conta a história dos
Mucker: o cenário e sua protagonista através da narrativa de Ambrósio Schupp.
História, histórias – Revista do Programa de Pós-Graduação em História, Universidade
de Brasília, vol. 2, p. 61-76, 2014.
GEVEHR, Daniel Luciano; DILLY, Gabriela. Para não espetacularizar nosso passado:
memória, identidade étnica e educação patrimonial na construção do Memorial da
Colônia Japonesa de Ivoti. Colóquio, Taquara, vol. 11, p. 55-70, 2014.
GEVEHR, Daniel Luciano; VIDAL, Roger Pierre; NANDI, Aline. Natal Luz de
Gramado: um patrimônio cultural da comunidade promovendo desenvolvimento
regional na Serra Gaúcha. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, vol. 2, p.
197-221, 2014.
GEVEHR, Daniel Luciano; MEYRER, M. R. Gênero, identidade étnica e poder:
mulheres na imigração alemã no Rio Grande do Sul. Passo Fundo: UPF Editora, 2014.
GEVEHR, Daniel Luciano; RODRIGUES, Maicon Diego. “Os alemães se encontram
na Sociedade 5 de Maio”: sociabilidade e etnicidade no contexto da imigração alemã no
Rio Grande do Sul (Taquara/RS, 1930-1940). In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN,
Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras:
história, memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 352-364.
GEVEHR, Daniel Luciano. Patrimônio, identidade e memória: os Caminhos de
Jacobina e as rememorações do passado Mucker. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla
da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas,
comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 731-
749.
GEVEHR, Daniel Luciano; DILLY, Gabriela. Educação Patrimonial em Comunidade: a
Colônia Japonesa de Ivoti (RS) e a problemática dos lugares de memória e de identidade
étnica. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,

100
Marcos Antonio; SANTOS, Rodrigo (orgs.). Festas, comemorações e rememorações
na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1-10.
GEVEHR, Daniel Luciano. A mulherzinha doida e histérica que pregava na Colônia:
Jacobina Mentz Maurer no imaginário religioso do século XIX. In: BOBSIN, Oneide;
SCHAPER, Valério Guilherme; REBLIN, Iuri Andréas (orgs.). Cartografias do
sagrado e do profano: religião, espaço e fronteira. São Leopoldo: EST, 2014, p. 323-
340.
GEVEHR, Daniel Luciano. Se o padre fala mal dela é verdade: representações da líder
do movimento Mucker na perspectiva jesuítica do século XIX. In: Anais do III
Simpósio Gênero e Políticas Públicas. Londrina: Universidade Estadual de Londrina,
2014, p. 1-8.
GEVEHR, Daniel Luciano; NANDI, Aline; VIDAL, Roger P. Natal Luz de Gramado: o
Patrimônio Cultural da comunidade promovendo Desenvolvimento Regional na Serra
Gaúcha. In: Anais do II Seminário Nacional de Planejamento e Desenvolvimento e
XIV SIMGeo Simpósio de Geografia da UDESC. Florianópolis: Universidade do
Estado de Santa Catarina – UDESC, 2014, vol. 1, p. 1-19.
GEVEHR, Daniel Luciano. O exemplo que não deve ser seguido pelas mulheres da
Colônia Alemã: a produção da memória sobre Jacobina através das narrativas de
Koseritz e Schupp. In: Anais do II Seminário Internacional de Língua, Literatura e
Processos Culturais – SILLPRO – Espaço, Território, Região. Caxias do Sul:
Universidade de Caxias do Sul – UCS, 2014, vol. 2, p. 1320-1330.
GEVEHR, Daniel Luciano; DILLY, Gabriela. Colônia Japonesa de Ivoti (RS): lugar de
memória, identidade étnica e educação patrimonial da comunidade nipônica. In: Anais
do VIII Seminário Internacional de Memória e Patrimônio – Lugares de Memória.
Pelotas: Editora da Universidade Federal de Pelotas, 2014, p. 180-187.
GEVEHR, Daniel Luciano. Patrimônio, memória e turismo: as apropriações do passado
Mucker e a (re)invenção dos lugares da cidade. In: Anais do II Encontro
Internacional Interdisciplinar em Patrimônio Cultural (ENIPAC) e do III
Workshop Catarinense de Indicação Geográfica. Joinville: Editora da Universidade
Regional de Joinville/UFSC, 2014, p. 59-68.
GEVEHR, Daniel Luciano. O inferno fica ao norte da Colônia Alemã: o cenário dos
Mucker na perspectiva do Padre Ambrósio Schupp. In: Anais do II Encontro
Internacional Fronteiras e Identidades. Pelotas: Universidade Federal de Palotas –
UFPel, 2014, p. 1-12.
GEVEHR, Daniel Luciano; NANDI, Aline; VIDAL, Roger P. Casa Major Nicoletti:
espaço de imagens, representações e memória de Gramado (RS). In: Anais do V
Encontro Nacional de Estudos da Imagem e II Encontro Internacional de Estudos
da Imagem. Londrina: Universidade Estadual de Londrina (UEL), 2015, vol. 8, p. 244-
263.
GEVEHR, Daniel Luciano; DILLY, Gabriela. Memória, identidade étnica e educação
patrimonial: a construção do Memorial da Colônia Japonesa de Ivoti (RS). In: Anais do
V Encontro Nacional de Estudos da Imagem e II Encontro Internacional de
Estudos da Imagem. Londrina: Universidade Estadual de Londrina (UEL), 2015, vol.
8, p. 62-82.
GEVEHR, Daniel Luciano; KASPARY, Rosane Maria. A natureza selvagem
desbravada pela conquista dos alemães: representações da transformação do espaço

101
natural na história da imigração alemã no Vale do Paranhana (RS). In: Anais do V
Encontro Nacional de Estudos da Imagem e II Encontro Internacional de Estudos
da Imagem. Londrina: Universidade Estadual de Londrina (UEL), 2015, vol. 9, p. 88-
110.
GEVEHR, Daniel Luciano. Narrativas visuais da imigração alemã: os museus de
imigração como espaços de (re)produção de memória e de identidade étnica. In:
XXVIII Simpósio Nacional de História. Florianópolis: ANPUH, 2015.
GEVEHR, Daniel Luciano; NANDI, Aline; DILLY, Gabriela. A produção de narrativas
do progresso nos museus de imigração no sul do Brasil. In: Anais Eletrônicos do III
Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2015.
GEVEHR, Daniel Luciano. Com nossa emancipação política veio o progresso: a
manipulação dos símbolos e dos lugares de memória na produção da identidade da
cidade dos Mucker. In: MEYRER, Marlise Regina; NEUMANN, Rosane Marcia
(orgs.). História, imagem e representação: possibilidades de leitura. São Leopoldo:
OIKOS, 2015, p. 221-252.
GEVEHR, Daniel Luciano. Patrimônio, memória e turismo: a produção dos lugares de
memória da cidade, a partir da (res)significação do passado (Sapiranga, RS). In:
RADÜNZ, Roberto; HERÉDIA, Vania (orgs.). 140 anos da imigração italiana no Rio
Grande do Sul: IV Simpósio Internacional – XII Fórum de Estudos Ítalo-Brasileiro.
Caxias do Sul: EDUCS, 2015, p. 37-54.
GEVEHR, Daniel Luciano. Pelos caminhos de Jacobina: memória e sentimentos
(res)significados. S. l.: Novas Edições Acadêmicas, 2015.
GEVEHR, Daniel Luciano. Deutsche Evangelische Vereinsschule Sapyranga e Genuíno
Sampaio: lugares de memória e espaços de formação entre a germanidade e a
brasilidade no sul do Brasil. História UNICAP, Recife: UNICAP, vol. 2, n. 4, p. 186-
203, 2015.
GEVEHR, Daniel Luciano; DILLY, Gabriela. Os estranhamentos entre aqueles que
estavam e aqueles que chegam: representações sobre o espaço e as relações entre
indígenas e imigrantes alemães no Rio Grande do Sul. História UNICAP, Recife:
UNICAP, vol. 3, n. 6, p. 383-398, 2016.
GEVEHR, Daniel Luciano. Cozinhas, salas de visitas e quartos de dormir: as
representações do gênero feminino nos museus de imigração no Rio Grande do Sul. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.).
Migrações: religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 671-685.
GEVEHR, Daniel Luciano. As mulheres, seus saberes, fazeres e afazeres: as narrativas
visuais sobre o gênero feminino nos museus da imigração alemã no Vale do Sinos (RS).
In: XIII Encontro Estadual de História/ANPUH-RS: ensino, direitos, democracia.
Santa Cruz do Sul: UNISC, 2016.
GEVEHR, Daniel Luciano. Patrimônio cultural da imigração alemã: etnicidade e gênero
através das ambiências museológicas no Rio Grande do Sul. In: WEIZENMANN,
Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações
históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 192-203.
GEVEHR, Daniel Luciano. Diferentes escritos sobre um mesmo passado: as
(re)atualizações do conflito Mucker na historiografia sobre imigração alemã no Rio

102
Grande do Sul (1874-1977). Historiæ, Rio Grande: FURG, vol. 8, n. 1, p. 109-132,
2017.
GEVEHR, Daniel Luciano; FETTER, Shirlei Alexandra. Pertencimento e tradição: a
identidade germânica de Rio da Ilha frente à multiculturalidade. Ágora, Santa Cruz do
Sul: UNISC, vol. 20, n. 1, p. 35-47, 2018.
GEVEHR, Daniel Luciano; SANTELLANO, Greice Caroline. Memórias e registros
biográficos de afro-brasileiros no Vale do Paranhana (RS). In: ARENDT, Isabel
Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações:
perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p.
693-706.
GIERUS, Renate. “Além das grandes águas”: mulheres alemãs imigrantes que vêm ao
sul do Brasil a partir de 1850. Uma proposta teórico-metodológica de historiografia
feminista a partir de jornais e cartas. Tese (Doutorado em Teologia) – Programa de Pós-
Graduação em Teologia, Faculdades EST, São Leopoldo, 2006.
GIESEBRECHT, Franz. Die deutsche Schule in Brasilien. Berlim/Alemanha:
Deutsch-Brasilianischer Verlag, 1899.
GILES, Cristian. O retorno às origens – Ijuí. In: Associação Psicanalítica de Porto
Alegre (APPOA). Imigração e fundações. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 2000, p. 59-
62.
GIMENO, Alejandro Jesus Fenker. Apropriações e comércio de terras na cidade de
Cachoeira, no contexto da imigração europeia (1850-1889). Dissertação (Mestrado
em História) – Universidade Federal de Santa Maria, 2014.
GIONGO, Susane Elise (org.). Histórias entrelaçadas: CEAT 120 anos (1892-2012).
São Leopoldo: Sinodal, 2014.
GIRARDI, Jussara Prates dos Santos et al. Conhecer para amar e respeitar a ... nossa
história. Portão: Secretaria Municipal de Educação/Secretaria Municipal de Cultura,
Esporte e Turismo, 2013.
GIROLA, Maristela Kirst de Lima. O imigrante alemão na literatura brasileira. In:
Anais do IX Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades
Teuto-Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
GIRON, Loraine Slomp; HERÉDIA, Vania Beatriz Merlotti. Imigração e o perfil étnico
do Rio Grande do Sul. In: Anais do XVII Simpósio de História a Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
GOERL, Otto A. Lembrando dos dias da antiguidade: uma história do Seminário.
Revista Igreja Luterana, Porto Alegre, vol. 52, n. 2, p. 153-174, 1993.
GOETTEMS, Lori Edith. Memórias de uma descendente de imigrantes alemães. In:
Anais do VI Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades
Teuto-Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos, 2004.
GODINHO, Rute E.; MONTALI, Lilia; CAMARGO, Cândido P. F. Santa Cruz do Sul
– estudo de caso: dinâmica populacional, transformações socioeconômicas, atuação das
instituições. São Paulo: CEBRAP, 1980.

103
GOLDMEYER, Marguit Carmem. O lúdico numa comunidade teuto-brasileira.
Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São
Leopoldo, 2003.
GOLDMEYER, Marguit Carmem. O lúdico numa comunidade teuto-brasileira. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e
memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 160-165.
GOLDMEYER, Marguit Carmem. Teias de saberes nas redes de relações: educação
nas escolas sinodais. Tese (Doutorado em Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo,
2009.
GOLDMEYER, Mártin Brackmann. Da Picada 48 ao Palácio das Laranjeiras: as
contribuições pedagógicas das excursões artísticas para a formação integral dos
educandos do IEI. Dissertação (Mestrado em Teologia) – Faculdades EST, São
Leopoldo, 2004.
GOLFETO, Norma Viapiana. Imigração, nacionalismo e educação: a transição da
escola comunitária para a pública no Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em
Educação) – Universidade Federal de Santa Maria, 1994.
GOLKE, Marlete. A abordagem de categorias universais na sociologia na construção do
teuto-brasileiro. In: XIII Encontro Estadual de História/ANPUH-RS: ensino,
direitos, democracia. Santa Cruz do Sul: UNISC, 2016.
GOLKE, Marlete. O pensamento antropológico de Emílio Willems na história
intelectual do Brasil. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de
Santa Maria, 2016.
GOMES, Carla Renata Antunes de Souza. De rio-grandense a gaúcho: o triunfo do
avesso – um processo de representação regional na literatura do século XIX (1847-
1877). Porto Alegre: Editoras Associadas/Secretaria Municipal de Cultura de Porto
Alegre, 2009.
GOMES, Derti Jost. Seminário Evangélico de Formação de Professores: origens e
trajetória da instituição e perfil dos egressos. Dissertação (Mestrado em Teologia) –
Programa de Pós-Graduação em Teologia, Faculdades EST, São Leopoldo, 2005.
GOMES, Derti Jost. O perfil do professor e da professora formados pelo antigo
Seminário Evangélico de Formação. In: Anais do IX Seminário Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino,
2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
GOMES, Derti Jost. O perfil de egresso formado pelo Seminário Evangélico Alemão de
Formação de Professores e pela Escola Normal Evangélica. In: Anais do X Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras.
Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
GOMES, Derti Jost; FERRARO, Alceu Ravanello. Formação de professores para as
escolas comunitárias protestantes. In: Anais do XVI Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América
Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
GOMES, Fabrício Romani; MAGALHÃES, Magna Lima. Sport Club Cruzeiro e Sport
Club Gaúcho: associativismo e visibilidade negra em terras de imigração europeia no
RS. In: SILVA, Gilberto; SANTOS, José Antonio; CARNEIRO, Luiz Carlos (orgs.).

104
RS negro: cartografia sobre a produção do conhecimento. Porto Alegre:
EDIPUCRS, 2008, p. 46-62.
GOMES, Luiz (ed.). Emoções Masson. Porto Alegre: Edição Casa Masson, 2001.
GOMES, Paulo César Ribeiro. Pedro Weingärtner – sein Werdegang und Werk im 19.
Jahrhundert. Martius-Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 59, p. 187-209, 2012.
GONÇALVES, Dilza Pôrto. Os conflitos étnicos entre alemães e brasileiros em
Canguçu. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
GONÇALVES, Dilza Pôrto. “Os sonhos de um jovem engenheiro alemão”.
Representações sobre conflitos interétnicos na Literatura. In: Anais do XVII Simpósio
de História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São
Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
GONÇALVES, Dilza Pôrto. A memória na construção de identidades étnicas: um
estudo sobre as relações entre “alemães” e “negros” em Canguçu. Dissertação
(Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto
Alegre, 2008.
GONÇALVES, Dilza Pôrto. A construção de identidades “negras” e “alemãs” a partir
de uma congregação da Igreja Evangélica Luterana do Brasil, em Canguçu/RS. In:
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos
(orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p.
1516-1537.
GONÇALVES, Dilza Pôrto. A Congregação da Igreja Evangélica Luterana do Brasil
“Manuel do Rego” na construção de identidades “negras” e “alemãs” em Canguçu/RS.
In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico
nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo:
OIKOS, 2014, p. 365-376.
GONÇALVES, Ivani Calvano. Dois desafios, dois mundos: a construção da
personagem feminina em Eça de Queiroz e Josué Guimarães. Dissertação (Mestrado em
Letras) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre 2006.
GONÇALVES, Regina; ROSA, Régis Lima de Almeida. D. Pedro II e o jornalista
Koseritz. Rio de Janeiro: Viajante do Tempo, 2010.
GONZALES, Anita R. Marta Fritz: romance teuto-rio-grandense. Porto Alegre:
Martins Livreiro, 1984.
GONZÁLEZ, Silvia. Bilingialismus in Südbrasilien. Heidelberg: s. e., 1995.
GOODMAN, Glen S. From “German danger” to German-Brazilian President:
immigration, ethnicity, and the making of Brazilian identities, 1924-1974. Tese
(Doutorado em História) – Emory University, Atlanta, Estados Unidos, 2015.
GOODMAN, Glen S. The enduring politics of German-Brazilian ethnicity. German
History, Oxford: Oxford University Press, vol. 33, n. 3, p. 423-438, 2015.
GOODMAN, Glen S. Consuming the café colonial: German ethnicity and tourist
migrant marketplaces in Southern Brazil. Global Food History, Universidade de
Toronto/Canadá, vol. 4, n. 1, p. 40-58, 2018.

105
GOVERNO do Estado do Rio Grande do Sul. Biênio da Colonização e imigração.
Porto Alegre: s. e., 1974.
GRANDI, Celito De. Caso Kliemann: a história de uma tragédia. Santa Cruz do Sul:
EDUNISC, 2010.
GRANZOW, Klaus. Pomeranos unter dem Kreutz des Südens: deutsche Siedler in
Brasilien. Tübingen/Alemanha: Horst Erdmann Verlag, 1975.
GRASSI, Marlise Heemann. Alfabetização e docência no vale do Taquari: relações
com a história, com a cultura e com as identidades teuto-brasileiras. Tese (Doutorado
em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2000.
GRAZZIOTIN, Luciane Sgarbi Santos. Museu Escolar Arnildo Hoppen do Colégio
Sinodal de São Leopoldo/RS (1996-2015). História da Educação, Porto Alegre:
UFRGS, vol. 19, n. 47, p. 319-322, 2015.
GREGORY, Valdir. Capitalismo, latifúndio, migrações. A colonização do período
republicano no Rio Grande do Sul: Zona Norte e região do Grande Santa Rosa.
Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 1988.
GREGORY, Valdir. Imigração e colonização no sul do Brasil: o caso do Oeste do
Paraná. In: Anais do IV e V Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
GREGORY, Valdir. Migrações e germanidade: Oeste do Paraná e Marechal Cândido
Rondon. In: Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
GREGORY, Valdir. Zur deutschen Einwanderung in Brasilien. Cadernos Adenauer,
Rio de Janeiro, edição especial, p. 113-132, 2013.
GRELA, Ewa Angoneze. Architektura Brasil pomeranian domy pommern urbanizacja
Zródla. Tese (Doutorado em Arquitetura) – Universidade de Poznan/Polônia, 2018.
GRESSLER, Paulo. Os velhos Gressler. Candelária: Tipografia Francisco Schmidt,
1949.
GRIENEISEN, Vera. As origens de quatro arquitetos imigrantes alemães e sua obra
habitacional no Rio Grande do Sul no início do século XX. Dissertação (Mestrado
em Arquitetura) – Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Universidade Federal
do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
GRIJÓ, Luiz Alberto. Apóstata do germanismo ou alemão arrivista: a trajetória de
Lindolfo Collor até a Revolução de 1930. Anos 90, Porto Alegre: UFRGS, n. 15, p. 25-
35, 2001-2002.
GRIJP, Klaus van der. Protestantismo brasileiro à procura de identidade. Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, ano. 14, n. 1, p. 14-26, 1974.
GRIMALDI, Lucas. O jornal “Das Band” da Hilfsvereinschule e as escritas escolares
sobre imigração alemã. In: Anais do 17º Encontro Sul-Riograndense em História da
Educação. Santa Maria: UFSM, 2011.
GRIMALDI, Lucas. Memorial do Deutscher Hilfsverein ao Colégio Farroupilha: um
lugar de memórias da escola (2002-2012). In: Anais do 18º Encontro da Associação

106
Sul-Riograndense de Pesquisadores em História da Educação. Porto Alegre:
PUCRS, 2012.
GRIMM, Theodor. Heimatkunde des Staates Rio Grande do Sul. Santa Cruz: Verlag
von Stutzen & Hermsdorf, 1891.
GRITTI, Isabel Rosa. Poloneses, italianos e alemães no processo de colonização do Rio
Grande do Sul. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
GROSS, Alfredo. Hunsrücker Mundart in Brasilien. Porto Alegre: Edição do autor,
2001.
GROTHE, Hugo. Im Kamp und Urwald Süd-Brasiliens. Ein Skizzenbuch zur
Siedlungs- und Deutschtums-Kunde. Halle-Berlim: Buchhandlung des Waisenhauses,
1936.
GRUBER, H. A. Kurzgefasste Berichte über die südbrasilianischen Kolonien mit
besonderer Berücksichtigung kommerzieller, industrieller oder kolonisatorischer
Unternehmungen. Berlim: Allgemeine Verlags-Agentur, 1885.
GRÜTZMANN, Imgart. A mágica flor azul: a canção em língua alemã e o germanismo
no Rio Grande do Sul. Tese (Doutorado em Letras) – Pontifícia Universidade Católica
do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1999.
GRÜTZMANN, Imgart. “Deus, germanidade e pátria”: a presença do germanismo no
Kalender für die deutschen evangelischen Gemeinden in Brasilien. In: DREHER,
Martin Norberto (org.). 500 anos de Brasil e Igreja na América Meridional. Porto
Alegre: EST Edições, 2002 (vol. 1), p. 308-334.
GRÜTZMANN, Imgart. Lições e representações de almanaque em torno de uma
identidade teuto-brasileira. In: Anais do IV Seminário Internacional de História da
Literatura, Porto Alegre, 2002, p. 1-8.
GRÜTZMANN, Imgart. Imagens em resistência: a nacionalização e a germanidade. In:
Anais do Encontro Estadual de História – ANPUH-RS, 2002.
GRÜTZMANN, Imgart. O carvalho entre palmeiras: representações e estratégias
identitárias no germanismo. História – Unisinos, São Leopoldo, vol. 7, n. 8, 2003, p.
115-169.
GRÜTZMANN, Imgart. Em todo amor ao Brasil, manter a fidelidade ao modo de ser
alemão: as canções em língua alemã e a construção de identidades. In: Anais do
Simpósio Nacional da ANPUH. João Pessoa, 2003.
GRÜTZMANN, Imgart. O almanaque Der Heimatbote: histórias, informações e
notícias em língua alemã. In: Anais do VI Seminário Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 2002). São
Leopoldo: Oikos, 2004, p. 160-177.
GRÜTZMANN, Imgart. O almanaque (Kalender) na imigração alemã na Argentina, no
Brasil e no Chile. In: DREHER, Martin Norberto; RAMBO, Arthur Blásio;
TRAMONTINI, Marcos Justo (orgs.). Imigração & Imprensa. Porto Alegre: EST
Edições, 2004, p. 48-90.

107
GRÜTZMANN, Imgart. Leituras sob o céu do Cruzeiro do Sul: almanaques em língua
alemã no Rio Grande do Sul (1855-1941). In: SIDEKUM, Antônio (ed.). Às sombras
do carvalho. São Leopoldo: Nova Harmonia, 2004, p. 177-254.
GRÜTZMANN, Imgart. A memória étnica em festa. In: CUNHA, Jorge Luiz da (org.).
Cultura alemã 180 anos – Deutsche Kultur seit 180 Jahre. Porto Alegre: Nova
Prova, 2004, p. 67-76.
GRÜTZMANN, Imgart. Produção de livros em língua alemã no Rio Grande do Sul: a
Südamerikanische Literatur. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio
(orgs.). História, cultura e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo:
OIKOS, 2005, p. 318-333.
GRÜTZMANN, Imgart. Canções alemãs tecendo os fios da germanidade no Rio
Grande do Sul. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
GRÜTZMANN, Imgart. De malandros, religiosos, colonos e católicos: identidade e
diferença nos contos de Balduino Rambo. In: RAMBO, Arthur Blasio; GRÜTZMANN,
Imgart; ARENDT, Isabel Cristina (eds.). Pe. Balduíno Rambo – a pluralidade na
unidade: memória, religião, ciência e cultura. São Leopoldo: Editora da UNISINOS,
2007, p. 123-141.
GRÜTZMANN, Imgart. Intelectuais de fala alemã no Brasil do século XIX: o caso Karl
von Koseritz (1830-1890). História Unisinos, São Leopoldo, vol. 11, n. 1, p. 123-133,
2007.
GRÜTZMANN, Imgart. Por uma poética dos frutos da terra: questões identitárias e
estéticas em textos fundadores da literatura de expressão alemã no Brasil. In: Anais do
IX Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
GRÜTZMANN, Imgart. Litertura de expressão alemã no Brasil em almanaques (1874-
1941): uma introdução ao tema. In: SIDEKUM, Antonio; GRÜTZMANN, Imgart;
ARENDT, Isabel Cristina (orgs.). Campos múltiplos: identidade, cultura e história.
Festschrift em homenagem ao prof. Arthur Blasio Rambo. São Leopoldo: Nova
Harmonia/Oikos, 2008, p. 285-314.
GRÜTZMANN, Imgart. Diversos falares. In: GRÜTZMANN, Imgart; DREHER,
Martin Norberto; FELDENS, Jorge Augusto. Imigração alemã no Rio Grande do Sul.
– Recortes. São Leopoldo: Oikos/Unisinos, 2008.
GRÜTZMANN, Imgart. Lehrer-Kalender: história de produção e publicidade de
material didático (1923-1938). In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara –
marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
GRÜTZMANN, Imgart. V Festa Alemã de Ginástica, cançõs e identidade no Concurso
Literário de 1907. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 967-985.
GRÜTZMANN, Imgart. Imigração alemã, história dos livros e da leitura e comércio
livreiro: a atuação de Heinrich Rosenhaim em Porto Alegre (1864-1870). In
POSSAMAI, Paulo César et al. (orgs.). Imigração e cultura: Anais do 7º Seminário de

108
História do Rio Grande do Sul. Pelotas/São Leopoldo: Núcleo de Pesquisa em História
Regional-UFPel/OIKOS, 2015, p. 11-36.
GRÜTZMANN, Imgart. As comemorações do Deutscher Tag (1923-1937) em Porto
Alegre. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos Antônio (orgs.). Imigração, práticas culturais e sociabilidade: novos
estudos para a América Latina. São Leopoldo: OIKOS Editora/Editora UNISINOS,
2016, p. 155-189.
GRÜTZMANN, Imgart. “Por Deus, Pátria, Família“: integralismo, germanismo e
nacional-socialismo no almanaque Der Heimatbote (1935; 1937-1938). In: SILVA,
Giselda Silva; GONÇALVES, Leandro Pereira; PARADA, Maurício (orgs.). História
da política autoritária: integralismos, nacional-sindicalismo, nazismo e fascismos.
Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016, p. 117-216.
GRÜTZMANN, Imgart. NSDAP – Ortsgruppe Porto Alegre, comemorações do 1º de
maio (1933-1937), participantes. História Unisinos, São Leopoldo, vol. 22, n. 2, p.
274-289, 2018.
GRZYBOWSKI, Cândido. Estudo da participação em grupos da experiência de
educação comunitária de Ijuí, RS, Brasil. Ijuí: Editora da FIDENE, 1973.
GUBERT, Renzo. Cultura e valores dos descendentes de imigrantes italianos e alemães
no sul do Brasil: as respostas ao questionário. In: GUBERT, Renzo; e POLLINI,
Gabrielle (orgs.). Cultura e desenvolvimento. Porto Alegre: Edições EST, 2005, p. 84-
130.
GUERRA, Lidiane. Videiras de fogo: Luiz Antônio de Assis Brasil, leitor de Josué
Guimarães. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade de Passo Fundo, 2010.
GUERRA, Rogério F. Os alemães no Brasil: expedições científicas, colonização e
herança intelectual. Revista de Ciências Humanas, Florianópolis: UFSC, vol. 46, n. 1,
p. 9-82, 2012.
GUIDINI, Ian Lucas Dalbosco. Porque combatemos o nazismo: o jornal Diário da
Manhã de Passo Fundo e seu discurso antinazista (1938-1945). Revista Historiador,
Porto Alegre, ano 10, n. 10, p. 123-138, 2018.
GUIDO, Angelo. Pedro Weingärtner. Porto Alegre: Secretaria da Educação e Cultura,
1956.
GUIMARÃES, Anete Rosane Krebs. Caminhos percorridos pelos alemães da Rússia
– na Colônia Guarani/Santa Rosa. Santa Rosa: Fundo Municipal de Cultura, 2015.
GUIMARÃES, Arthur. O allemanismo no sul do Brasil. Réplica a uma crítica
paranaense. Rio de Janeiro: Typ. Jornal do Comércio, 1907.
GUIMARÃES, Gustavo Henrique Kunsler. O anticomunismo na eleição de 1947
retratado nas páginas do jornal rio-grandense Gazeta de Santa Cruz. Revista Latino-
Americana de História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 7, n. 19, p. 207-223, 2018.
GUIMARÃES, Gustavo Henrique Kunzler. Por quem Heuser fala: atuação na
Assembleia Legislativa (1951-1954). In: ZANOTTO, Gizele (org.). Anais do IV
Congresso Internacional História, Regiões e Fronteiras (vol. I). Passo Fundo: UPF,
2018, p. 466-470.
GUIMARÃES, Josué et al. Pega pra kapput!. Porto Alegre: L&PM, 1978.
GUIMARÃES, Josué. A ferro e fogo I: tempo de solidão. Porto Alegre: L&PM, 2003.

109
GUIMARÃES, Josué. A ferro e fogo II: tempo de guerra. Porto Alegre: L&PM, 2003.
GÜNKEL, Ulrike. Robert Avé-Lallemants Reise durch Südbrasilien im Jahre 1858.
Wiener ethnohistorische Blätter, n. 28, p. 59-86, 1985.
GUTFREIND, Ieda; ARENDT, Isabel Cristina; DREHER, Martin Norberto. Catálogo
– imigrantes alemães e descendentes no Rio Grande do Sul: histórias de vida. São
Leopoldo: UNISINOS, 2001.
GUTIÉRREZ, Juan Maria. Apuntes sobre la colonia alemana de San Leopoldo en la
Prov. de Rio Grande del Sur en el Brasil. Recojidos sobre los miesmos lugares en el
mes de setiembre de 1845. Biblioteca del Comercio de Plata, Montevideu, 3º tomo, p.
224-233, 1846. [Este texto foi reproduzido em Boletim Municipal de São Leopoldo, n.
1, p. 99-118, 1946].
GUZMAN, Ramiro Alberto Flores. A Manchester brasileira não tem esgoto: análise
histórica da gestão das águas na bacia hidrográfica do rio dos Sinos. Tese (Doutorado
em Qualidade Ambiental) – FEEVALE, Novo Hamburgo, 2016.
GUZZO, Valdemir. Antônio Prado: religião, política e etnia no conflito de maio de
1936. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2013.
HAAG, Ernani. Imigração, genealogia e nós. Porto Alegre: Renascença/Edigal, 2010.
HAAG, Jurema Henkel. Vó Bertha: entre linhas, tecidos e botões, uma história de vida.
In: BARROSO, Véra Lucia Maciel et al. (orgs.). Raízes de Nova Hartz: XXII
Encontro dos Municípios Originários de Santo Antonio da Patrulha. Novo Hamburgo:
Um Cultural, 2012.
HAAS, Terezinha Marina Kuhn. A germanidade como eixo condutor de um processo
turístico: o caso da Rota Romântica, 1995-2005. Dissertação (Mestrado em Turismo e
Hospitalidade) – Universidade de Caxias do Sul, 2007.
HABEL, Jussara Maria. Mapeamento de comunidades boêmias no Rio Grande do Sul.
Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n.
150, p. 115-134, 2016.
HABEL, Jussara Maria. Das böhmische Deutsch: perda e coineização de variantes do
alemão de imigrantes boêmios no Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em Letras)
– Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.
HABEL, Jussara Maria. Os nomes do Hunsrückisch: aspectos linguísticos e
extralinguísticos da denominação de línguas de imigração. Entrepalavras, Fortaleza:
UFC, vol. 7, n. 2, p. 314–330, 2017.
HACKMANN, Berenice. Igrejinha: cidade do calçado e da Oktorberfest (município
irmão). In: DAROS, Marilia; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de
Gramado. Porto Alegre: EST, 1995, p. 178-183.
HÄDRICH, Caroline; RAMOS, Paula. José Lutzenberger (1882-1951) e a obra de arte
total no Palácio do Comércio em Porto Alegre (1936-1940). In: XVI Seminário de
História da Arte. Pelotas: UFPel, vol. 1, n. 7, 2018.
HAEUSSLER, Ernst; HARBST, Fritz. Kolonisation in Rio Grande do Sul und das
“Taquari”-Projekt. Berlim: Pass & Garleb, 1903.
HAETINGER, Armindo Frederico. 70 anos de ensino privado: crônica histórica do
Ginásio Evangélico Escola Técnica de Comércio Alberto Torres. Lajeado: Selbach,
1962.

110
HAIGERT, Francisco Evaldo Vieira. São Francisco de Assis: ancestrais alemães.
Santiago: Grupo Editorial Expressão, 1999.
HAISKE, André. Imigrantes austríacos no município de Ijuí: relato da imigração por
Ludwig Streicher. In: WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos;
MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da
Univates, 2017, p. 14-24.
HAMMES, Edilberto Luiz. São Lourenço do Sul - Radiografia de um Município -
Das origens ao ano 2000. São Leopoldo: Studiozeus, 2010 (4 vols.).
HAMMES, Edilberto Luiz. Os pioneiros Hammes de São Lourenço (Rio Grande do
Sul) e seus descendentes. São Lourenço do Sul: Edição do autor, 2012.
HAMMES, Edilberto Luiz. A imigração alemã para São Lourenço do Sul - da
formação de sua Colônia aos primeiros anos após seu Sesquicentenário. São
Lourenço do Sul: Edição do autor, 2014.
HAMMES, Edilberto Luiz. Quebra-quebra em São Lourenço do Sul. In: FLORES,
Hilda Agnes; NEUBERGER, Lotário (eds.). II Guerra Mundial: reflexos no Brasil.
Porto Alegre: Ediplat, 2015, p. 37-64.
HAMMES, Edilberto Luiz. Dicionário de sobrenomes de origem alemã de São
Lourenço do Sul e das colônias adjacentes. São Leopoldo: Studio Zeus, 2017.
HAMMES, Hugo. Hoffmann. Êxito e coerência. Porto Alegre: EST, 2006.
HAMMES, Roque. A participação do jovem nos movimentos sociais. Redes, Santa
Cruz do Sul: UNISC, vol. 4, n. 3, p. 151-170, 1999.
HAMMES, Roque. Os movimentos sociais na região de Santa Cruz do Sul. Redes,
Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 5, n. 3, p. 239-255, 2000.
HAMMES, Roque; HELFER, Inácio. Carnaval e movimentos sociais. Redes, Santa
Cruz do Sul: UNISC, vol. 6, n. 1, p. 137-147, 2001.
HAMMES, Roque; HELFER, Inácio. Desafios do atual contexto sócio-cultural para a
atuação dos movimentos socias, sindicatos e igrejas cristãs. Redes, Santa Cruz do Sul:
UNISC, vol. 6, n. 2, p. 179-194, 2001.
HAMMES, Roque. Igreja Católica, sindicatos e movimentos sociais. Santa Cruz do
Sul: UDUNISC, 2003.
HAMMES, Roque. As relações da Igreja Católica na diocese de Santa Santa Cruz
do Sul com os sindicatos e os movimentos sociais na defesa e promoção da vida.
Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz
do Sul, 2002.
HÄNEL, Wolfgang. Hermann Rauschnings „Gespräche mit Hitler“: eine
Geschichtsfälschung. Ingolstadt: Veröffentlichung der Zeitgeschichtlichen
Forschungsstelle Ingolstadt, 1984.
HARMS-BALTZER, Käte. Die Nationalisierung der deutschen Einwanderer und
ihre Nachkommen in Brasilien als Problem der deutsch-brasilianischen
Beziehungen 1930-1938. Berlim: Colloquium Verlag, 1970.
HARNISCH, Wolfgang Hoffmann. O Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Globo, 1952.
HARRES, Marluza Marques; RÜCKERT, Fabiano Quadros. A conquista e o controle
das águas do Rio dos Sinos. In: ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos

111
caminhos da Rua Grande: história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo:
OIKOS, 2011, p. 55-65.
HARRES, Marluza Marques; RÜCKERT, Fabiano Quadros. A natureza, o tempo e as
marcas da ação humana: políticas públicas e ambiente em perspectiva histórica – São
Leopoldo, RS. São Leopoldo: Editora OIKOS/Editora UNISINOS, 2015.
HARTFIEL, Monica. A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil: uma
igreja em transformação e os contornos da pastoral popular luterana. Dissertação
(Mestrado em Ciências Sociais) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 1990.
HARTMANN, Maria Lourdes Backes. Interação família-escola da Katholische
Gemeindeschule à conquista do conhecimento com diferentes culturas. Dissertação
(Mestrado em Educação) – Universidade de Passo Fundo, 2000.
HARTMANN, Vanessa Motta; GARCIA, Roslaine Kovalczuck de Oliveira. “Cidade
das flores”: um estudo sobre a relação com a identidade local e a contribuição para o
turismo de Ivoti/RS. In: Feira de Iniciação Científica 2012: ciência, tecnologia e
inovação – livro de destaques. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2012, p. 296-308.
HASE, Ragnild Fiebing von. Lateinamerika als Konfliktherd der deutsch-
amerikanischen Beziehungen 1890-1903. Göttingen: Vandenhoeck und Ruprecht,
1986.
HASS, Ani Maria Schiphorst. O empresariado industrial do Rio Grande do Sul.
Dissertação (Mestrado em Ciências Econômicas) – Universidade Federal do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 1971.
HASSE, Geraldo. O Brasil da soja: abrindo fronteiras, semeando cidades. Porto
Alegre: LP&M, 1996.
HAUSCHILD, Astor Francisco. Estrella. Bragança Paulista: Agência GH Propaganda e
Marketing, s. d.
HAUSEN, Enio Costa. AEBA e meio-ambiente: uma experiência bem sucedida de
cooperação Brasil-Alemanha. In: VOLKMER, José Albano; ROCHA, Manoel André
da; GERTZ, René E. (orgs.). Retratos de cooperação científica e cultural: 40 anos do
Instituto Cultural Brasileiro-Alemão. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1999, p. 85-98.
HAUSSEN, Doris Fagundes. Cinema brasileiro: um olhar sobre a solidão e a nostalgia
dos imigrantes alemães. Revista Fronteiras: estudos midiáticos, São Leopoldo, vol. 9,
n. 2, p. 104-110, 2007.
HEBDLER, José Alisson E. Histórico da sociedade esportiva Coqueiro Alto. In: ELY,
Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST,
2010.
HEBERLE, Roberto. Os Dillenburg. In: Anais do 6º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto
Histórico de São Leopoldo, 1984.
HEBERLE, Roberto Dillenburg. O Dillenburg no Brasil: genealogia. Nova Petrópolis:
Editora Amstad, 1996.
HEBERLE, Roberto Dillenburg. Os Diefenthaeler no Brasil. Nova Petrópolis: Editora
Amstad, 1997.

112
HECK, Rita Maria. Suicídio, um grito sem eco no contexto social de Santo Cristo.
Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) – Universidade Federal de Santa Maria,
1993.
HECK, Rita Maria. Suicídio, um grito sem eco: contexto social de Santo Cristo.
Pelotas: UFPel, 1994.
HECK, Rita Maria. Contexto sociocultural dos suicídios de colonos alemães: um
estudo interdisciplinar para a enfermagem. Tese (Doutorado em Enfermagem) –
Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2000.
HECK, Rita Maria. Percepção social sobre categorias de risco do suicídio entre colonos
alemães do noroeste do Rio Grande do Sul. Texto & Contexto Enfermagem,
Florianópolis: UFSC, vol. 13, n. 4, p. 559-567, 2004.
HEHL, R. A. Die deutsche Colonisation in Süd-Brasilien. In: BEHM, E. (ed.). Dr. A
Petermann’s Mittheilungen aus Justus Perthes’ Geographischer Anstalt (Band 28).
Gotha: Justus Perthes, 1882, p. 456-466.
HEIM, Alexandre. Comunidade Evangélica de Ijuí: 85 anos (1895-1980). Ijuí:
Gráfica Michaelsen, s. d.
HEINE, Siegfried. Als deutscher Pfarrer und Schulleiter in Südbrasilien.
Fürstenwalde/Spree/Alemanha: Verlag H. Richter, 1936.
HEINEMANN, José Carlos. 150 anos de imigração pomerana no Brasil. In: ELY, Nilza
Huyer (ed.). Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
HEINEMANN, José Carlos. Exposição dos pomeranos. In: Anais do X Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Porto
Alegre: Instituto Superior de Educação Ivoti/CORAG, 2009.
HEINEMANN, José Carlos. Pomeranos e suas práticas com ervas medicinas. In: Anais
do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade
– Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
HEINRICHS, Franz. Sollen wir auswandern? Erlebnisse eines Kolonisten in
Südbrasilien. Essen: Fredebeul und Koenen, 1920.
HEINSCH, Egon Theophilo. Três de Maio: um pouco de sua história. Porto Alegre:
Edições EST, 2002.
HEINSCH, Egon Theophilo. Crissiumal (município). Porto Alegre: EST, 2005.
HEINZ, Flávio M. Representação política e imigração: apontamentos sobre a elite
política de Santa Cruz do Sul (RS), 1878/1929. In: Anais da XX Reunião da
Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica. Curitiba: SBPH, 2001, p. 309-313.
HEISLER, Cláudio Affonso. A mais bela canção natalina – Noite Feliz. In: Anais do
IX Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
HEISLER, Claudio Affonso. A Revolução Federalista em Santa Clara do Sul – 1895.
In: Anais do VI Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos,
2004.

113
HEISLER, Cláudio Affonso. Imigrantes boêmios no Vale do Sampaio. In: ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e memória: 180 anos
de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 271-275.
HELFENSTEIN, Janaína. Kirchenblatt, Sonntagsblatt e Der Lutheraner: a imprensa
periódica luterana no Brasil. Temporalidades, Belo Horizonte: UFMG, vol. 8, n. 3, p.
95-112, 2016.
HELFER, Felipe. Viagem insólita: a experiência da arquitetura moderna em Santa
Cruz do Sul. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) – Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 2002.
HELL, Jürgen. Das “südbrasilianische Neudeutscheland”: der annexionistische
Grundzug der wilhelminischen und nazistischen Brasilienpolitik (1995 bis 1938). In:
STROECKER, Helmuth et al. (eds.). Der deutsche Faschismus in Lateinamerika
1933-1943. Berlim: Humboldt-Universität, 1966.
HELL, Jürgen. Die Politik des Deutschen Reiches zur Umwandlung Südbrasiliens
in ein überseeisches Neudeutschland (1880-1914). Tese (Doutorado em História) –
Universidade de Rostock/Alemanha, 1966.
HELLMANN, Oswaldo. A identidade teuto-russo-brasileira através de elementos
culturais e educacionais resgatados entre os imigrantes do Alto Uruguai Rio-
Grandense. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 1991.
HELMS, Henrique. O panorama da aviação de 1986 a 2006 e a quebra da VARIG.
Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 2010.
HENCKEL, Wilson. Nos meus tempos de rapazote. In: BARROSO, Véra Lucia Maciel
et al. (orgs.). Raízes de Nova Hartz: XXII Encontro dos Municípios Originários de
Santo Antonio da Patrulha. Novo Hamburgo: Um Cultural, 2012.
HENDLER, Mirian K. H; SILVA, Rosane L. M. Francisco Pedro Hainzenreder: uma
história de dedicação, empenho e doação. In: ELY, Nilza Huyer (ed.). Dom Pedro de
Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
HENNES, Maria Cristina. A interferência fonológica de um dialeto alemão no
português. Dissertação (Mestrado em Letras) – Pontifícia Universidade Católica do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 1979.
HENSEL, Reinhold Friedrich. Beiträge zur näheren Kenntniss der brasilianischen
Provinz São Pedro do Rio Grande do Sul. Zeitschrift der Gesellschaft für Erdkunde
zu Berlin, vol. 2, p. 342-376, 1867.
HENTSCHKE, Jens R. Reconstructing the Brazilian Nation: public schooling in the
Vargas era. Baden-Baden/Alemanha: Nomos Verlagsgesellschaft, 2007.
HENTZ, Aline. Dinâmica migratória alemã no Rio Grande do Sul: o lugar do agricultor
familiar nessa trajetória. In: WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos;
MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da
Univates, 2017, p. 584-593.
HERMANN, Doris. Brasilien und seine Deutschen und andere Beiträge. Sersheim:
Hartmann, 1994.

114
HERMANN, E.; SILVEIRA, Rogério Leandro Lima da. As cidades e a urbanização do
Vale do Rio Pardo. In: VOGT, Olgário; SILVEIRA, Rogério Leandro Lima da (orgs.).
Vale do rio Pardo: (re)conhecendo a região. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2001, p.
217-257.
HERTEL, Hildegard (org.). Valores do berço: trajetória da família Germano e Rosa
Hertel. São Leopoldo: OIKOS, 2012.
HERTZOG, Patrícia M. Um porto que deixou saudades. In: ELY, Nilza Huyer (ed.).
Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
HERWIG, Tutz Culmey. Die Tochter des Pioniers. São Leopoldo: Federação dos
Centros Culturais 25 de Julho, 1984.
HERZIG, C. Zwischen Pampa und Urwald. Würzburg: Echter, 1935.
HESLER, Lilian Zielke. Suicídio em municípios do sul do Brasil: um enfoque de
gênero. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Universidade Federal do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 2013.
HESSEL, Lothar. Germanismo, nazismo, patriotismo. Revista do Instituto Histórico e
Geográfico do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: IHGRGS, n. 1, p. 93-102, 1998.
HESSEL, Lothar. Município de Imigrante. Porto Alegre: Edições EST, 1998.
HESSEL, Lothar. O município de Estrela: história e crônica. Porto Alegre: Editora da
Universidade/UFRGS, 1983.
HESSEL, Lothar. Brava gente (romance). Porto Alegre: EST, 1986.
HESS-LÜTTICH, Ernest W. B. Deutschsprachige Enklaven in Südamerika:
Hunsrückisch in Brasilien und Wallisisch in Argentinien – zur Sprachinselforschung in
Rio Grande do Sul und San Jerónimo Norte. Zeitschrift für interkulturelle
Germanistik, Luxemburgo: Universidade de Luxemburgo, vol. 4, n. 1, p. 11-28, 2013.
HETTNER, Alfred. Das südlichste Brasilien (Rio Grande do Sul). Zeitschrift der
Gesellschaft für Erdkunde, n. XXVI, p. 85-144, 1891.
HETTNER, Alfred. Das Deutschtum in Südbrasilien und Südchile. Leipzig: Teubner,
1903.
HEYE, Jürgen. Bilingualism and language maintenance among German speaking
immigrants in Brazil. In: NICKEL, Gerhard (ed.). Sociolinguistics. Stuttgart:
Hochschulverlag, 1978, p. 93-106.
HILLEBRAND, Márcia. Cantos tradicionais: uma leitura da cultura germânica.
Dissertação (Mestrado em Letras e Cultura Regional) – Universidade de Caxias do Sul,
2006.
HINTZ, Marli Marlene. Retalhos de Candelária, RS: da pré-história à colonização
europeia – os imigrantes (vol. II). São Leopoldo: OIKOS, 2005.
HINTZ, Marli Marlene. Cemitérios em Candelária, RS e adjacências. São Leopoldo:
OIKOS, 2010.
HISTÓRIA da colonização allemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo:
Rotermund, 1936.
HISTÓRIA da imigração no Brasil: as famílias. São Paulo: Serviço Nacional de
Divulgação Cultural do Brasil, 1986.

115
HOCH, Lothar (ed.). Formação teológica em terras brasileiras: Faculdade de
Teologia da IECLB, 1946-1986. São Leopoldo: Sinodal, 1986.
HOCH, Lothar et al. Estações da formação teológica: 60 anos de história da EST. São
Leopoldo: Faculdades EST/Sinodal, 2008.
HOFF, Victor. Do Reno ao Guaíba: notas sobre o imigrante alemão Johann Adam Hoff
– ascendência e descendência. Porto Alegre: Grafosul, 1990.
HOFFMANN, Alberto. Participação dos imigrantes alemães e seus descendentes na
vida pública do Brasil. Porto Alegre: Evangraf, 2007.
HOFFMANN, Patrícia. Escola, igreja e juventudes: revitalizando pérolas de
protagonismo juvenil na IECLB. In: Anais do I Congresso Estadual de Teologia. São
Leopoldo: EST, 2013, p. 160-174.
HOFMEISTER, Carlos Bento. O pote de geléia. Porto Alegre: EST, 1980.
HOFMEISTER, Carlos Bento. O tacho e a cuia. Porto Alegre: EST, 1981.
HOFMEISTER Filho, Carlos. Pequena história do remo gaúcho. Porto Alegre:
CORAG, 1979.
HOFMEISTER Filho, Carlos. Colégio Farroupilha: 100 anos de pioneirismo. Porto
Alegre: Pallotti, 1986.
HOFMEISTER Filho, Carlos. Doze décadas de história – SOGIPA, 120 anos. Porto
Alegre: SOGIPA, 1987.
HOFMEISTER Filho, Carlos. 90 anos do Grêmio Náutico União: “o clube das três
sedes” – 1906/1996. Porto Alegre: s. e., 1996.
HOHLFELDT, Antonio. Uma perspectiva protestante da colonização do Rio Grande. In:
REMÉDIOS, Maria Luíza Ritzel (org.). Josué Guimarães: o autor e sua ficção. Porto Alegre:
Editora da Universidade-UFRGS/EDIPUCRS, 1997.
HOHLFELDT, Antonio. Doce fera: fragmentos biográficos de Eva Sopher. Porto
Aleger: Opus Assessoria e Promoções Artísticas Ltda., 1991.
HOHLFELDT, Antonio. O teatro alemão no Rio Grande do Sul. In: SCHILLING,
Voltaire et al. Culturas em movimento: a presença alemã no Rio Grande do Sul.
Guaíba: RIOCELL, 1992, p. 96-105.
HOLSTON, Mark. At home in Europe … in Southern Brazil. Americas, vol. 44, n. 1,
1992.
HOMRICH, Maria Henriqueta; BAPTISTA, Luis Rios de Moura; LORSCHEITTER,
Maria Luísa; PORTO, Maria Luíza (orgs.). O legado de Schultz: uma vida dedicada à
botânica. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2014.
HONORATO, Mirella de Jesus. Museus, turismo e identidades: estudo de caso sobre
a Aldeia do Imigrante, Nova Petrópolis/RS. Dissertação (Mestrado em Turismo e
Hospitalidade) – Universidade de Caxias do Sul, 2014.
HOPPE, Leani Dânia Schumacher. Conhecer Agudo. Agudo: Secretaria Municipal de
Educação e Cultura, 1992.
HOPPE, Stefan; SCHALLENBERGER, Erneldo. Associativismo e fundação de Porto
Novo. In: FRANZEN, Douglas Orestes; MAYER, Leandro (orgs.). Porto Novo 90

116
anos: perspectivas históricas e contemporâneas. São Leopoldo: OIKOS, 2016, p. 107-
121.
HOPPEN, Arnildo. Fundação do Ginásio Sinodal no contexto do sistema escolar do
Sínodo Riograndense. In: Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo: Editora
Sinodal, 1986.
HOPPEN, Arnildo (ed.). 50 anos Colégio Sinodal. São Leopoldo: Rotermund, [1986].
HOPPEN, Arnildo. A realização de Felippe Alberto Schweitzer. In: Anais do VII
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1986). Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
HOPPEN, Arnildo. Formação de professores evangélicos no Rio Grande do Sul
(1909-1939). São Leopoldo: Sinodal, s. d.
HORBACH, Aline Regina. A variação do ditongo nasal ão nas comunidades
bilíngues de Panambi e Flores da Cunha, no Rio Grande do Sul. Dissertação
(Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2012.
HÖRMEYER, Joseph. Beschreibung der Provinz Rio Grande do Sul in Südbrasilien
mit besonderer Rücksicht auf deren Kolonisation. Koblenz/Alemanha:
Hildebrandt’sche Buchdruckerei, 1854.
HÖRMEYER, Joseph. Südbrasilien. Ein Handbuch zur Belehrung für Jedermann
insbesondere für Auswanderer. Hamburgo: G. C. Würger, 1857/58.
HÖRMEYER, Joseph. Was Georg seinen deutschen Landsleuten über Brasilien zu
erzählen weiss. Leipzig: Rein’sche Buchhandlung, 1863.
HÖRMEYER, Joseph. O que Jorge conta sobre o Brasil. Rio de Janeiro: Presença,
1966.
HÖRMEYER, Joseph. O Rio Grande do Sul de 1850: descrição da Província do Rio
Grande do Sul no Brasil Meridional. Porto Alegre: DC Luzzatto/EDUNI-Sul, 1986.
HORN, Lucas; MAZO, Janice. Um estudo histórico sobre a torcida do Grêmio
Esportivo Renner de Porto Alegre/RS (1945-1959). Pensar a Prática, Goiânia: UFG,
vol. 12, p. 1-20, 2009.
HORNES, Luciana Gerundo. Rheingantz: no passado símbolo de progresso, hoje
esquecimento – um projeto pautado na educação histórica. Revista Latino-Americana
de História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 2, n. 6, p. 507-519, 2013.
HORST, Aline. A variedade vestfaliana no contexto sócio-histórico do vale do Taquari.
In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 710-728.
HORST, Aline. Variação e contatos linguísticos do vestfaliano rio-grandense falado
no Vale do Taquari. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.
HORST, Cristiane. O pensamento teuto-riograndense refletido na imprensa teuta do Rio
Grande do Sul. In: Anais do XIV Simpósio de História da Imigração e Colonização:
– Colonização e imigração no contexto das comemorações dos 500 anos: os
imigrantes descobrem o Brasil (São Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.

117
HORST, Cristiane; SPENGLER, Cristina. Identidade étnica e comunidade nacional. In:
Anais do VI Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades
Teuto-Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos, 2004.
HORST, Cristiane. Quando o Heinrich casa com a Iracema, a Urmutter vira bisa: a
dinâmica dos nomes próprios de pessoas e comuns de parentesco em uma comunidade
de contato alemão-português do sul do Brasil. Kiel: Westensee-Verlag, 2011.
HORST, Cristiane; KRUG, Marcelo Jacó. Línguas em contato no sul do Brasil: um
estudo de caso do português e da variedade alemã Hunsrückisch. Papia, São Paulo:
USP, vol. 22, n. 2, p. 367-383, 2012.
HORTAL, Jesus. 25 anos de diálogo católico-luterano no Brasil. Estudos Teológicos,
São Leopoldo: EST, ano 22, n. 3, p. 264-270, 1982.
HOSPITAL Moinhos de Vento: 1912-1972. Porto Alegre: s. e., [1972?].
HUBER, Valburga. Saudade e esperança – o dualismo do imigrante alemão
refletido em sua literatura. Blumenau: Editora da FURB, 1993.
HUBER, Valburga. A literatura da imigração alemã e a imagem do Brasil. Curitiba:
UFPR, 2002.
HUBER, Valburga. A ponte edênica: da literatura dos imigrantes de língua alemã a
Raul Bopp e Augusto Meyer. São Paulo: Anablume/FAPESP, 2009.
HUFF Júnior, Arnaldo Érico. Espiritualidade, processos e práticas sociais – um estudo
sobre luteranismo confessional no Brasil. Revista Correlatio, Juiz de Fora, vol. 4, n. 7,
p. 77-103, 2005.
HUFF Júnior, Arnaldo Érico. Vozes da ortodoxia – o Sínodo de Missouri e a Igreja
Luterana do Brasil: processos de formação e relações nos contextos da I Guerra
Mundial e do final do regime militar. Tese (Doutorado em Ciências da Religião) –
Universidade Federal de Juiz de Fora, 2006.
HUGGER, Anton. Schiff ahoi! Eine Fahrt ins blaue Land. Reisebilder aus
Südbrasilien. Porto Alegre: Typographia do Centro, 1930.
HUNGER, Daniel Rodrigo. Ensino superior no RS: tecnologias que rodeiam o fazer
musical. In: Anais do V Encontro de Pesquisa em Arte & IV Jornada Interna de
Pesquisa – JIPE, Montenegro: UERGS, 2006, p.264-270.
HUNGER, Daniel Rodrigo. Produção musical na IECLB: uma análise sobre a
produção musical na região sul. Dissertação (Mestrado em Teologia) – Faculdades EST,
São Leopoldo, 2013.
HUNGER, Daniel Rodrigo. Produção musical no Morro do Espelho: um resgate
histórico da música no campus da Faculdades EST. Tear Online, São Leopoldo:
Faculdades EST, vol. 3, n. 1, p. 45-59, 2014.
HUNSCHE, Karl-Heinrich. Der brasilianische Integralismus. Stuttgart: Verlag von
W. Kohlhammer, 1938.
HUNSCHE, Carlos H. Trein/Moog: eine 1825 nach Brasilien ausgewanderte Familie
und deren rheinische Vorfahren. São Paulo: Melhoramentos, 1960.
HUNSCHE, Carlos H. Ritter, Roth und Kessler: zwei 1846 nach Brasilien
eingewanderte Familien und deren rheinische Vorfahren. São Paulo: Melhoramentos,
1961.

118
HUNSCHE, Carlos Henrique. Uma ponte: poesias teuto-brasileiras. Curitiba: s. e.,
1966.
HUNSCHE, Carlos Henrique. Epílogo da tragédia do Ferrabrás. In: Anais do 1º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo, 1974.
HUNSCHE, Carlos Henrique. As causas do sucesso da imigração e colonização alemã
no Rio Grande do Sul. Veritas, Porto Alegre: PUCRS, vol. 20, n. 77/80, p. 197-202,
1975.
HUNSCHE, Carlos H. O biênio 1824/25 da imigração e colonização alemã no Rio
Grande do Sul: (Província de São Pedro). Porto Alegre: Instituto Estadual do Livro,
1975.
HUNSCHE, Carlos Henrique. O ano 1826 da imigração e colonização alemã no Rio
Grande do Sul: Província de São Pedro. Porto Alegre: Metrópole, 1977.
HUNSCHE, Carlos Henrique. Neue Gedichte zwischen Herbst und Winter.
Gramado: Metrópole, 1977.
HUNSCHE, Carlos H. História da imigração alemã no Brasil. São Paulo: Editora
Cultura Brasileira, 1978.
HUNSCHE, Carlos Henrique. Primórdios da vida judicial de São Leopoldo: o
primeiro livro do Juízo de Paz (1832-1845). Porto Alegre: Escola Superior de Teologia
São Lourenço de Brindes, 1979.
HUNSCHE, Carlos Henrique. Uma carteira de trabalho de 1818. In: Anais do 3º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
HUNSCHE, Carlos Henrique. O primeiro livro do Juízo de Paz de São Leopoldo. In:
Anais do 3º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio
Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
HUNSCHE, Carlos H. Pastor Heinrich Wilhelm Hunsche e os começos da igreja
evangélica no sul do Brasil. São Leopoldo: Rotermund, 1981.
HUNSCHE, Carlos Henrique. Hillebrand no centenário de sua morte (elogio
patronímico). In: Anais do Instituto Histórico de São Leopoldo (vol. II). São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1979/1981 e 1981/1983.
HUNSCHE, Carlos H. Protestantismo no sul do Brasil nos quinhentos anos do
nascimento de Lutero (1483-1983). Porto Alegre/São Leopoldo: EST/Editora Sinodal,
1983.
HUNSCHE, Carlos H. Kaleidoskop heiterer und besinnlicher Geschichten. São
Leopoldo: Rotermund, 1983.
HUNSCHE, Carlos Henrique. A carta do imigrante Mathias Franzen. In: Anais 6º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.
HUNSCHE, Carlos Henrique. Novas revelações sobre os náufragos do “Cäcilia”. In:
Anais do 6º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio
Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.

119
HUNSCHE, Carlos Henrique. O pastor farrapo Klingelhöfer. In: Anais do 6º Simpósio
de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul. São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.
HUNSCHE, Carlos Henrique. Sieben Unglücksschiffe am Anfang der deutschen
Einwanderung in Brasilien. Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 33, 1985.
HUNSCHE, Carlos Henrique. Das erste Kirchenbuch von Dois Irmãos in Rio Grande
do Sul (1827-85). Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 34/35, 1986/1987.
HUNSCHE, Carlos Henrique. Hillebrand e os primeiros jesuítas em São Leopoldo. In:
Anais do 4º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1987.
HUNSCHE, Carlos Henrique. P. Heinrich Hunsche, pioneiro do Evangelho. In: Anais
do 4º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do
Sul (São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1987.
HUNSCHE, Carlos Henrique; ASTOLFI, Maria. O quadriênio 1827-1830 da
imigração e colonização alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora G & W,
2004.
HUPPES, Ivete (org.). Vale do Taquari: sinais de uma identidade. Lajeado:
UNIVATES, 2002.
HUTTER, Arlinda Rocha; NOGUEIRA, Lucy Maffei. A colonização em São Pedro
do Rio Grande do Sul durante o Império (1824-1889). Porto Alegre:
Garatuja/DAC/SEC, 1973.
HUYER, André. Os prédios em falso enxaimel e seus efeitos nefastos para a cultura. In:
ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.).
Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos
Editora, 2018, p. 306-321.
IEPSEN, Airton Fernando; SILVA, Rogério Piva da. Memória, tradição e identidade: o
canto coral no município de São Lourenço do Sul – RS. Momento, Rio Grande: FURG,
vol. 25, n. 2, p. 129-144, 2016.
IEPSEN, Eduardo. Jacob Rheingantz e a colônia de São Lourenço: análise da
construção de um mito histórico. In: Anais do XVII Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006).
São Leopoldo: Oikos, 2008.
IEPSEN, Eduardo. Jacob Rheingantz e a colônia São Lourenço: da desconstrução de
um mito à reconstrução de uma história. Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2008.
IEPSEN, Eduardo. Da contestação à conquista do poder – ou os colonos que se
revoltaram contra a administração Rheingantz na Colônia de São Lourenço. In: Anais
do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade
– Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
IEPSEN, Eduardo. O agrimensor que media de menos: os conflitos agrários na Colônia
de São Lourenço. In: TEDESCO, João Carlos; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.).
Colonos, colônias e colonizadoras: aspectos da territorialização agrária no sul do
Brasil. Porto Alegre: Letras&Vida, 2013, p. 92-116.

120
IERVOLINO, Ana. Teuto-brasileiros na Força Expedicionária Brasileira (FEB). In:
Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades
Teuto-Brasileiras. Porto Alegre: Instituto Superior de Educação Ivoti/CORAG, 2009.
IERVOLINO, Ana Paula. A participação de teuto-brasileiros na FEB (1944-1945):
memória e identidade. Dissertação (Mestrado em História Social) – Universidade de
São Paulo, 2011.
IERVOLINO, Ana Paula. Nazismo no sul do Brasil: o discurso de autoridades policiais.
In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 229-236.
IGREJA Batista “Emanuel“. 75º aniversário: 1906-1981. Panambi: s. e., 1981.
IHERING, Hermann von. Die deutsch-brasilianische Ausstellung in Porto Alegre.
Unsere Zeit, Leipzig, 1883.
IHERING, Hermann von. Die Lagoa dos Patos. Deutsche Geographische Blätter,
Paris, vol. 8, p. 164-203, 1885.
IHERING, Hermann von. Rio Grande do Sul. Gera-Reuss.: Taschenbibliothek f.
deutsche Auswanderer, 1885.
IHERING, Hermann von. Am Guahyba – brasilianische Erinnerungen. Unsere Zeit,
Leipzig, vol. 2, p. 245-268, 1886.
IHERING, Hermann von. Die Ameisen von Rio Grande do Sul. Berliner
Entomologische Zeitschrift, Berlim, vol. 39, p. 321-447, 1894.
ILG, Karl. Pioniere in Brasilien: durch Bergwelt, Urwald und Steppe erwanderte
Volkskunde der deutschsprachigen Siedler in Brasilien und Peru. Munique/Alemanha:
Tyrolia, 1972.
IMBERGER, Eliane Terezinha dos Santos. Neu-Württemberg: uma colônia alemã no
século XX (RS). Dissertação (Mestrado em História) — Universidade de Passo Fundo,
2005.
IMIGRAÇÃO Alemã 1824-1974. Estudos Leopoldenses, n. 28, 1974.
IMIGRAÇÃO alemã no Rio Grande do Sul: história, linguagem, educação. Santa
Maria: Universidade Federal de Santa Maria, 2003.
IMIGRAÇÃO e colonização alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Escola
Superior de Teologia São Lourenço de Brindes, 1980.
INSEL, Claire Elisabeth. Shifting publics and shifting alignments in a Sprachinsel of
Southern Brazil. Tese (Doutorado em Antropologia) – Universidade de Michigan, Ann
Arbor, 2011.
ISAIA, Arthur César. Catolicismo e autoritarismo no Rio Grande do Sul. Porto
Alegre: EDIPUCRS, 1998.
ISAIA, Arthur César. D. João Becker e o crescendo autoritário nos anos 30. In:
DREHER, Martin N. (org.). 500 anos de Brasil e Igreja na América Latina. Porto
Alegre/São Leopoldo: EST/Sinodal, 2002.
ISOLAN, Flaviano B. Das páginas à tela: cinema alemão e imprensa na década de
1930. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2006.

121
ISOLAN, Flaviano B. A guerra pelos cinemas: o cinema como instrumento da política
externa alemã para o Brasil. In: SILVA, Francisco Carlos Teixeira da; SCHUSTER,
Karl; LAPSKY, Igor; CABRAL, Ricardo; FERRER, Jorge (orgs.). O Brasil e a
Segunda Guerra Mundial. Rio de Janeiro: Multifoco, 2010.
ISOLAN, Flaviano Bugatti. Cinema alemão em Santa Cruz do Sul nas décadas de 1920
e 1930: discutindo a política cultural exterior alemã para o Brasil. In: RAMOS, Eloisa
Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história
da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 1608-1622.
IUNG, Silvio. Ensino superior na IECLB: uma primeira história. Dissertação
(Mestrado em Teologia) – Programa de Pós-Graduação em Teologia, Faculdades EST,
São Leopoldo, 2010.
JACOB, Gerhard. O Instituto Cultural Brasileiro-Alemão de Porto Alegre. In:
FISCHER, Luís Augusto; GERTZ, René E. (coords.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto
Alegre: Editora da Universidade-UFRGS, 1996.
JACQUES, Alice Rigoni. 150 anos de Associação Beneficente e Educacional de
1858. Porto Alegre: Pallotti, 2008.
JACQUES, Alice Rigoni; ERMEL Tatiane. O velho casarão: um estudo sobre o
“Knabenschule des Deutschen Hilfsvereins” (Colégio Farroupilha) em Porto Alegre
(1895-1962). In: Anais do 15º Encontro Sul-Riograndense de Pesquisadores em
História da Educação. Caxias do Sul: UCS, 2009.
JACQUES, Alice Rigoni. As marcas de correção dos cadernos escolares do curso
primário do Colégio Farroupilha (1948-1958). Dissertaação (Mestrado em Educação)
– Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
JACQUES, Alice Rigoni; GRIMALDI, Lucas Costa.O jornal Das Band da Deutsche
Hilfsvereinschule e as escritas escolares sobre imigração alemã (Colégio
Farroupilha/RS, 1929-1938). História da Educação, Porto Alegre: UFRGS, vol. 14, n.
40, p. 99-119, 2013.
JACQUES, Alice Rigoni; ERMEL, Tatiane de Freitas. O velho casarão do Colégio
Farroupilha nas fotografias dos Relatórios de Inspeção de Ensino (1937-1949). In:
Anais do II Encontro História, Imagem e Cultura Visual. Porto Alegre: PUCRS,
2013.
JACQUES, Alice Rigoni. O ensino primário no Colégio Farroupilha: do processo de
nacionalização do ensino à LDB nº 4.024/61 (Porto Alegre/RS: 1937/1961). Tese
(Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul,
Porto Alegre, 2015.
JACQUES, Alice Rigoni. Entre lápis, cadernos e memórias: o memorial do Deutscher
Hilfsverein ao Colégio Farroupilha. História da Educação, Porto Alegre: UFRGS, vol.
19, n. 47, p. 323-326, 2015.
JACQUES, Alice Rigoni. O curso primário do Colégio Farroupilha/RS sob as lentes da
nacionalização do ensino (1937/1961). In: RUGGIERO, Antonio de; MURARI,
Luciana; MAIA, Tatyana (orgs.). Anais do XI Congresso Internacional de Estudos
Ibero-Americanos: os 80 anos do Estado Novo. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2018.
JAEGER, Luís Gonzaga; NEIS, Rubem. São Leopoldo no seu primeiro centenário.
Porto Alegre: Globo, 1947.

122
JAEGER, Luís Gonzaga. Filhos ilustres de São Leopoldo. In: Anais do Primeiro
Congresso de História e Geografia de São Leopoldo. Porto Alegre: Livraria do
Globo, 1947, p. 95-119.
JAEGER, Luís Gonzaga. Fundação de escolas e colégios – Colégio Nossa Senhora da
Conceição de São Leopoldo. In: Anais do Primeiro Congresso de História e
Geografia de São Leopoldo. Porto Alegre: Livraria do Globo, 1947, p. 281-303.
JAEGER, Sérgio Mello; DEXHEIMER, Samuel (orgs.). “Sem título”: as crônicas de
Paquito – Francisco Merino Filho. Lajeado: Editora UNIVATES, 2015.
JAHN, Adalbert. Die Kolonien von São Leopoldo in der kaiserlich brasilianischen
Provinz Rio Grande do Sul, sowie allgemeine Betrachtungen über freie
Einwanderung und Kolonisation in Brasilien. Leipzig: F. A. Brockhaus, 1871.
JAHN, Adalbert. Wichtige Beiträge zur Einwanderung und Kolonisation in
Brasilien. Berlim: Guttentag, 1874.
JANNASCH, Robert (ed.). Ratschläge für Auswanderer nach Süd-Brasilien. Berlim:
Allgemeine Verlags-Agentur, 1898.
JANNASCH, Robert. Land und Leute von Rio Grande do Sul. Berlim:
Sonderabdruck aus dem Export, 1905.
JAMES, Preston E. The expanding settlements of Southern Brazil. Geographical
Review, vol. 30, 1940.
JARDIM, Marco (coord.). A História da Oktoberfest de Santa Cruz do Sul. Santa
Cruz do Sul: Gráfica Garten Sul, 2010.
JESUS, Carlos Gustavo Nóbrega de. Anti-semitismo e nacionalismo, negacionismo e
memória: Revisão Editora e as estratégias da intolerância (1987-2003). São Paulo:
Editora da UNESP, 2006.
JESUS, Carlos Gustavo Nóbrega de. Revisão Editora e o integralismo: antissemitismo
como estratégia de discurso: In: SILVA, Giselda Silva; GONÇALVES, Leandro
Pereira; PARADA, Maurício (orgs.). História da política autoritária: integralismos,
nacional-sindicalismo, nazismo e fascismos. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2016, p. 303-
334.
JESUS, Gilmar Mascarenhas de. Imigrantes desportistas: os alemães no sul do Brasil.
Revista Eletrônica de Geografia y Ciencias Sociales, Barcelona, vol. 5, n. 94, 2001.
JESUS, Gilmar Mascarenhas de. A bola nas redes e o enredo do lugar: uma geografia
do futebol e de seu advento no Rio Grande do Sul. Tese (Geografia Humana) – USP,
2001.
JHERING, H. v.; LANGHANS, P. Das südliche Koloniegebiet von Rio Grande do Sul.
In: SUPAN, A. (ed.). Dr. A Petermanns Mitteilungen aus Justus Perthes’
Geographischer Anstalt (Band 33). Gotha/Alemanha: Justus Perthes, 1887, p. 289-
302; 328-343.
JOB, Luciana da Costa. Os colonos do fumo: tobacco pays my bills. Estudo
antropológico sobre política, etnia e identidade no universo da agricultura familiar
fumageira em Santa Cruz do Sul vale do Rio Pardo – RS. Dissertação (Mestrado em
Antropologia Social) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.
JOCHEM, Toni Vidal. A epopéia de uma imigração. Águas Mornas: Editora do
Autor, 1997.

123
JOHN, Helder. A imigração alemã no Rio Grande do Sul na literatura alemã
contemporânea: a formação de uma identidade híbrida. Dissertação (Mestrado em
Letras) – Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 2015.
JORDAN, Terry G. Aspects of German colonization in Southern Brazil. Southwestern
Social Science Quartely, vol. 43, 1962.
JOST, Derti; STEIN, Lucia Hilda Gewehr. Os caminhos da família Gewehr. São
Leopoldo: OIKOS Editora, 2017.
JUNG, Greisi Fabiane Griesang. O aliciamento de presidiários de Mecklenburg: a
presença da mulher entre os apenados. In: Anais do X Seminário Nacional dos
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre:
Instituto Superior de Educação Ivoti/CORAG, 2009.
JUNG, Greisi Fabiane Griesang; SEIFERT, Keity Link. O aliciamento de presidiários
de Mecklenburg: um grupo heterogêneo. In: Anais do XVIII Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos,
2009.
JUNG, Theno. Na trilha de um imigrante. Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2001.
JUNGBLUT, Airton Luiz. O protestantismo luterano dos teuto-brasileiros: algumas
considerações necessárias para uma abordagem antropológica. In: MAUCH, Cláudia;
VASCONCELLOS, Naira (orgs.). Os alemães no sul do Brasil: cultura, etnicidade,
história. Canoas: Editora da ULBRA, 1994, p. 139-147.
JUNGBLUT, Roque. Documentário histórico de Porto Novo. São Miguel do Oeste:
Arco Íris Gráfica e Editora, 2000.
JUNGBLUT, Roque. Assim surgiu Porto Novo. In: FRANZEN, Douglas Orestes;
MAYER, Leandro (orgs.). Porto Novo 90 anos: perspectivas históricas e
contemporâneas. São Leopoldo: OIKOS, 2016, p. 49-57.
JUNGES, Débora de Lima Velho. Família, escola e educação matemática: um estudo
em localidade de colonização alemã do Vale do Rio dos Sinos – RS. Dissertação
(Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo,
2012.
JUNGES, Débora de Lima Velho. Educação matemática e processos de subjetivação
em formas de vida da imigração alemã no Rio Grande do Sul, na campanha de
nacionalização. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos
Sinos, São Leopoldo, 2017.
JÜRGEN, P.; JUNGE, G. A formação das comunidades evangélicas. In: Simpósio de
História da Igreja. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1986.
JUSTUS, Fernanda Braga; SPISILA, Fábio; MENEGHETTI, Janira; MENDONÇA,
Juliana; LINDNER, Eduardo. A trajetória do punhobol no sul do Brasil: da inserção ao
declínio. Efdeportes.com, Buenos Aires, ano 10, n. 80, 2005.
KADLETZ, Theodor. Heimat- und Naturkunde für deutsche Schulen in Rio
Grande do Sul. São Leopoldo: Rotermund, s. d.
KAERCHER, Nestor José. Registros históricos de Santa Cruz do Sul. Santa Cruz do
Sul: Câmara Municipal, 2004.

124
KÄFER, Maria Lidiani. A conscientização linguística como fundamento para uma
abordagem plural no ensino de alemão-padrão em contextos de contato português-
Hunsrückisch. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
KANNENBERG, Hilmar. Fundação Evangélica: um século a serviço da educação
1886-1986. São Leopoldo: Rotermund, 1987.
KÄRCHER, Silvia Meirelles. Carola. Vera Cruz: Editora Novitas, 2011.
KARNOPP, Erica. Kleinbauern zwischen konventioneller und ökologischer
Landwirtschaft: das Beispiel der Region Vale do Rio Pardo (Brasilien).
Tübingen/Alemanha: Selbstverlag des Geographischen Instituts der Universität
Tübingen, 2006.
KARNOPP, Erica; MIORIN, Vera Maria Favila. A pequena produção familiar de
hortifrutigranjeiros. Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 1, n. 2, p. 27-49, 1995.
KARSBURG, Alexandre de Oliveira. A cidade de todos os santos. In: Anais do XVII
Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações
Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
KASINGER, Günter Otto. A voz profética na canção da Pastoral Popular Luterana
(PPL). Protestantismo em revista, São Leopoldo: EST, vol. 33, p. 53-67, 2014.
KASPARY, Rosane Maria; GEVEHR, Daniel Luciano. A natureza selvagem
desbravada pela conquista dos alemães: transformações do espaço natural na história da
imigração alemã no Vale do Paranhana (RS). In: RADÜNZ, Roberto; HERÉDIA, Vania
(orgs.). 140 anos da imigração italiana no Rio Grande do Sul. Caxias do Sul:
EDUCS, 2015, p. 69-86.
KASPER, Rafael. Evangelizare missit me – enviado para evangelizar: Dom Vicente
Scherer e os desafios de seu tempo. In: Anais Eletrônicos do I Congresso
Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2011, p. 2244-2258.
KASPER, Rafael. Movendo as peças do tabuleiro: a atuação de Dom Vicente Scherer
à frente da Arquidiocese de Porto Alegre (1961-1981). Dissertação (Mestrado em
História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2012.
KATHÖFER, Gabi. Travel writing, emmigration laws, and racial whitening in
nineteenth-century German-Brazilian history. BRISSON, Ulrike; SCHWEIZER,
Bernard (eds.). Not so innocent abroad: the politics of travel and travel writing.
Newcastle upon Tyne/Grã Bretanha: Cambridge Scholars, 2009.
KAUER, Eduardo. Alemão batata. Montenegro: Artegraf Computação Gráfica, 2011.
KAUER, Eduardo. Seu nome é nossa herança: 150 anos de história da Comunidade
Evangélica de Montenegro, 1864-2014. Montenegro: Edição do autor, 2014.
KAUTZMANN, Maria Eunice Müller. Montenegro de ontem e de hoje. São
Leopoldo: Rotermund, 1979.
KAUTZMANN, Maria Eunice Müller. Raízes: Müller, Huyer, Hampe, Fischer. Porto
Alegre: Pallotti, 1998.
KAUTZMANN, Maria Eunice Müller. Colégio Elementar de Taquara. In:
NEUBEGER, Lotário (org.). RS: educação e sua história. Porto Alegre: EDIPLAT,
1998, p. 167-173.

125
KAUTZMANN, Maria Eunice Müller. Raízes: Kautzmann, Kley, Petry, Sander. Porto
Alegre: Pallotti, 2000.
KAUTZMANN, Maria Eunice Müller (org.). História de Taquara. Taquara: Prefeitura
Municipal de Taquara, 2004.
KEHL, Lydia Maria. Memórias – 1932-1988. São Leopoldo: OIKOS, 2015.
KEHL, Urbano; KUHN, Diva Walzer. Os Fröhlich/Froehlich (1829-2015): origem e
descendência. São Leopoldo: OIKOS, 2015.
KEIDANN, Daltro Miguel. Os rostos batistas rio-grandenses. In: DREHER, Martin N.
(org.). Populações rio-grandenses e modelos de igreja. Porto Alegre/São Leopoldo:
Edições EST/Sinodal, 1998.
KEIL, Thomas. O Círculo de Bismarck em Porto Alegre: da festa privada à festa
patriótica. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1285-1301.
KELLENBENZ, Hermann. As relações econômicas teuto-brasileiras no período de
1815 a 1820. In: II Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Recife: Universidade
Federal de Pernambuco, 1974.
KELLENBENZ, Hermann. Mercadores alemães no Brasil Meridional na primeira
metade do século XIX. In: III Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre,
1974). Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
KELLER, Hansheinz. Hunsrücker Auswanderung im 19. Jahrhundert nach Brasilien. In:
Hunsrückverein e. V. zur Feier seines 75-jährigen Bestehens (ed.). Hunsrücker
Beiträge zur Natur, Kultur und Geschichte. (Sem indicações), 1965, p. 187-231.
KELLER, Milton Roberto. Arquitetura eclética em Santa Cruz do Sul. Santa Cruz do
Sul: EDUNISC, 2014.
KELM, M.; SCHROEDER, M. R.; FESTER, K. A. Raízes de nossa história: Linha Dr.
Pederneiras. Horizontina: SR Indústria Gráfica, s. d.
KERBER, Alessander; SCHEMES, Cláudia; PRODANOW, Cleber Cristiano. O
patrimônio material e a construção da identidade de Novo Hamburgo (RS): a fotografia
e a cidade. História Revista, Goiânia: UFGO, vol. 12, n. 2, p. 187-208, 2007.
KERBER, Alessander; PRODANOW, Cleber Cristiano; PUHL, Paula. Representações
étnicas no folhetim Maria Bugra: episódio dos princípios da colonização alemã e
construção da identidade da cidade de Novo Hamburgo. Anos 90, Porto Alegre:
UFRGS, vol. 14, n. 26, p. 191-214, 2007.
KERBER, Alessander. Wilhelm Pommer: memória e trajetória de um pastor imigrante
no sul do Brasil. São Leopoldo: Oikos, 2008.
KERBER, Alessander; SCHEMES, Cláudia; PUHL, Paula. Datas comemorativas e
construção de identidade através da imprensa: lutas de representação entre a identidade
nacional brasileira e a cidade de Novo Hamburgo (RS). Projeto História, São Paulo,
PUCSP, vol. 36, p. 293-312, 2008.
KERBER, Alessander; PRODANOW, Cleber Cristiano. Identidades relacionadas ao
espaço geográfico: a nação brasileira e a cidade de Novo Hamburgo/RS (1927-1945).
Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, vol. 11, n. 2, p. 119-137, 2009.

126
KERBER, Alessander. Memória musical da campanha da nacionalização no vale do rio
dos Sinos/RS. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 669-683.
KERBER, Alessander; PRODANOW, Cleber Crisitiano. Identidades relacionadas ao
espaço geográfico: a nação brasileira e a cidade de Novo Hamburgo (1927-1945). In:
MARONEZE, Luiz Antonio Gloger (org.). Histórias de Novo Hamburgo: 90 anos.
Novo Hamburgo: FEEVALE, 2017, 105-142.
KERBER, Alessander; SCHEMES, Claudia; PRODANOW, Cleber Cristiano.
Memórias das práticas educativas durante o primeiro governo Vargas na cidade de
Novo Hamburgo/RS. In: MARONEZE, Luiz Antonio Gloger (org.). Histórias de Novo
Hamburgo: 90 anos. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2017, p. 235-269.
KERBHOFF, Carla Karine. Uma viagem colorida por um mundo escuro. In: Anais do
X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
KERKHOFF, Dieter. São Leopoldo: Rio Grande do Sul/Brasilien 1824-2004.
Konstanz: Debras-Verlag, 2013.
KERN, Paulo Henrique. Ruas e praças de Novo Hamburgo: quem é quem. Novo
Hamburgo: s. e., 2002.
KERST, Samuel Gottfried. Die Colonien der brasilianischen Provinz Rio Grande do
Sul: Auszug aus dem Bericht des Vice-Präsidenten der genannten Provinz Luiz Alvez
Leite d’Oliveira Bello an die gesetzgebende Provinzial-Versammlung bei deren
Eröffnung am 1. Oktober 1852. Berlim: Central-Verein für Deutsche Auswanderungs-
und Colonisations-Angelegenheit, 1853.
KERST, Samuel Gottfried. Ueber brasilianische Zustände der Gegenwart, mit
Bezug auf die deutsche Auswanderung nach Brasilien und das System der
brasilianischen Pflanzer, den Mangel an afrikanischen Sklaven durch deutsche
Proletarier zu ersetzen. Berlim: Veit u. Comp., 1853.
KERTECZ, Isabella. Os Glufke no Brasil: pequena crônica familiar. Nova
Petrópolis: Editora Amstad, 1998.
KESKE, Cátia. O trabalho e a educação de jovens e adultos – compreensões a
partir do (re)encontro de trabalhadores-estudantes com a escola em Panambi/RS.
Dissertação (Mestrado em Educação nas Ciências) – Universidade Regional do
Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul/UNIJUI, Ijuí, 2011.
KICH, Bruno Canísio. Isto é São Leopoldo: a história e muitas histórias. Porto Alegre:
Renascença, 1998.
KICH, Natasche Carolina. Prosit, salute!: o sentido da festa da colônia de Gramado
para as comunidades de interior. Dissertação (Mestrado em Processos e Manifestações
Culturais) – FEEVALE, Novo Hambrugo, 2016.
KIEFER, Charles. Quem faz gemer a terra. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1991.
KIEFER, Charles. A face do abismo. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1988.
KIEFER, Charles. Valsa para Bruno Stein. Rio de Janeiro: Record, 2006.
KIEFER, Charles. Os ossos da noiva. São Paulo: Amarilys, 2009.

127
KIEFER, Charles. Dia de matar porco. Porto Alegre: Dublinense, 2014.
KIEFER, Lea Roland. Farrapos: em busca de uma identidade. Dissertação (Mestrado
em Música) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1992.
KILPP, Cecília Elisa; ASSMANN, Alice Beatriz; MAZO, Janice Zarpellon. Turnverein
Estrela: ginástica e esportes (1907-1930). Revista Contemporânea, Niterói: UFF, ano
4, n. 2, p. 1-18, 2004.
KILPP, Cecília; MAZO, Janice; LYRA, Vanessa Bellani. Um olhar histórico sobre a
emergência dos primeiros clubes esportivos na cidade de Teutônia no Rio Grande do
Sul. Pensar a Prática, Goiânia: UFG, vol. 13, p. 1-16, 2010.
KILPP, Cecília; ASSMANN, Alice; MAZO, Janice. O abrasileiramento das associações
esportivas de Teutônia/Estrela no Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Educação
Física e Esporte, São Paulo: USP, vol. 26, n. 1, p. 77-85, 2012.
KILPP, Cecília Elisa. Emergência do associativismo esportivo na cidade de Teutônia,
no Rio Grande do Sul. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia;
WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 388-394.
KILPP, Cecília Elisa. O Turnen e o esporte nas associações teuto-brasileiras de
Estrela/Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em Educação Física/Ciências do
Movimento) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.
KIPPER, Maria Hoppe. Sociedades de cavalaria entre os imigrantes alemães: ulanos e
lanceiros em Santa Cruz do Sul, RS. Estudos Leopoldenses, São Leopoldo, n. 6, p. 57-
96, 1968.
KIPPER, Maria Hoppe. A campanha de nacionalização do Estado Novo em Santa
Cruz (1937-1945). Santa Cruz do Sul: APESC, 1979.
KIPPER, Maria Hoppe. Síntese sobre a implantação e evolução da colônia de Santa
Cruz. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 4, número especial, p. 17-24, 1999.
KIPPER, Maria Hoppe. Raízes da colonização do Vale do Rio Pardo: a colônia de Santa
Cruz. In: Anais do do IV e V Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
KIPPER, Maria Hoppe; NEUMANN, Roque Aloisio. APESC: uma história de
desafios e conquistas. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2012.
KIRST, Marcos Fernando. Fruki: uma história com sabor. Caxias do Sul: Belas Letras,
2009.
KIRST, Nelson. IECLB entre Társis e Níneve. Estudos Teológicos, São Leopoldo:
EST, ano 18, n. 1, p. 3-16, 1978.
KIST, Benno Bernardo. Terra e esperança: 160 anos de imigração Kist no Brasil.
Santa Cruz do Sul: Editora Gazeta, 2014.
KISTEMACHER, Dilmar. Educação e identidade nacional no governo Vargas. In: I
Fórum de Pedagogia e X Semana Acadêmica do Curso de Pedagogia –
Epistemologias, políticas educacionais da pedagogia. São Leopoldo: Casa Leiria,
2008, p. 1-6.

128
KISTEMACHER, Dilmar; MÜLHEN, Caroline von. Nacionalização e repressão: a
educação gaúcha na era Vargas. In: Anais do X Seminário Nacional dos
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras – Imigração: do
particular ao geral. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação Ivoti/Corag,
2009, p. 319-325.
KITTLESON, Roger. Jacobina Maurer: German-Brazilian mystic. In: BEATTI, Peter
M. The human tradition in modern Brazil. Wilmington/Delaware: Scholarly
Resources Inc., 2004, p. 69-87.
KLAFKE, Mauro. Invenção de Santa Cruz: 150 anos de imigração alemã. Sinimbu:
Singram, 1999.
KLAGENBERG, Neiva Andréa. Migração, exílio e nação: no Tempo das tangerinas,
Um rio imita o Reno. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Regional
Integrada, Frederico Westphalen, 2009.
KLAJN, Elisa Maria. Vidas a fero e fogo: um diálogo entre a história e a literatura.
Dissertação (Mestrado em Letras) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 1999. [Publicada sob o mesmo título em: Passo Fundo: Editora da
UPF, 2000).
KLARMANN, Herbert. Região e identidade regional: um estudo da espacialidade e
representatividade regional do Vale do Rio Pardo. Dissertação (Mestrado em
Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 1999.
KLARMANN, Herbert. A industrialização e o comércio regional no Vale do Rio Pardo.
In: VOGT, Olgário; SILVEIRA, Rogério Leandro Lima da (orgs.). Vale do rio Pardo:
(re)conhecendo a região. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2001, p. 259-280.
KLASSMANN, Mário Silfredo. Caminhos e descaminhos da toponímia em ambientes
multilíngües: o exemplo de Wallachai. In: Anais do XVI Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Leituras e interpretações da imigração na América
Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
KLASSMANN, Mário Silfredo. Kirchenbuch – Bom Jardim. In: Anais do X Seminário
Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras Ivoti/Porto
Alegre: Instituto Superior de Educação Ivoti/CORAG, 2009.
KLAUCK, Samuel. O apostolado da imprensa: a revista St. Paulus-Blatt como
instrumento de informação e catequese no Rio Grande do Sul (1912-1934). Tese
(Doutorado em História) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2009.
KLAUCK, Samuel. A ação mediadora da revista St. Paulus-Blatt na relação leitor e
Estado, no Rio Grande do Sul, entre 1912 a 1934. In: Anais do XIX Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial.
São Leopoldo: Oikos, 2010.
KLAUCK, Samuel. O papel da revista Skt. Paulus-Blatt no estímulo político dos teuto-
brasileiros católicos no Rio Grande do Sul (1912-1934). In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 166-173.
KLAUCK, Samuel. Representações da organização familiar e comunitária dos teuto-
brasileiros católicos do Rio Grande do Sul a partir da revista St. Paulus-Blatt (1912-
1934). História: debates e tendências, Passo Fundo: UPF, vol. 14, n. 1, p. 141-152,
2014.

129
KLAUS, Willy. Soja: sua fantástica história. Porto Alegre: Imprensa Livre, 2005.
KLEIN, Cleci Eulália Favaro. Aparência e realidade social no Brasil: o caso de
Teutônia. Estudos Ibero-Americanos, Porto Alegre: PUCRS, vol. X, n. 1, p. 41-77,
1984.
KLEIN, Karl Kurt. Literaturgeschichte des Deutschtums im Ausland vom
Mittelalter bis zur Gegenwart. Hildesheim: Georg Ohms, 1977.
KLEIN, Maria Regina. Migrações internas: uma análise do município de Novo
Hamburgo (RS). In: Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e Colonização
– Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
KLEIN, Renato; STEFFEN, Alex. A construção do paraíso. São Sebastião do Caí:
Editora Fato Novo, 2003.
KLEIN, Renato. Um milagre chamado Tupandi. Caí: Fato Novo, 2004.
KLEIN, Renato; STEFFEN, Alex. Bom Princípio – uma colônia exemplar, um modelo
de município. São Sebastião do Caí: s. e., 2005.
KLEIN, Renato. Bernardo Padeiro: uma vida caiense. Caí: Fato Novo, 2009.
KLEINE, Gerhard Rudolf. Associação cultural Gramado – Casa da Juventude como
polo cultural no sul do Brasil e projeto de preservação do patrimônio cultural. In: VI
Encontro das Comunidades Alemãs da América Latina. Juiz de Fora, 2008.
KLEINE, Theo. Die Grundlagen der evangelischen Gemeindeschule. Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, n. 1, p. 36-45, 1951.
KLEINE, Theo. Die Deutschbrasilianer. Im Einklang mit dem Rhytmus ihrer „neuen
Welt”. In: NASARSKI, Peter E. (ed.). Wege und Wandlungen. Die Deutschen in der
Welt heute (vol. 2). Berlim: Westkreuz-Verlag, 1981.
KLEINE, Theo. Die Deutschbrasilianer im Spiegel ihres Wirtschafts- und
Vereinslebens. In: NASARSKI, Peter E. (ed.). Wege und Wandlungen. Die Deutschen
in der Welt heute (vol. 2). Berlim: Westkreuz-Verlag, 1981.
KLEINGÜNTHER, Wilhelm. Ein Pfarrer berichtet 1866 aus Porto Alegre. Staden-
Jahrbuch, São Paulo, vol. 17, p. 63-72, 1969.
KLEINKAUF, Renan William. Uma história da imigração através dos escritos do Pe.
Arthur Rabuske SJ. Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 20, n. 1, p. 26-34, 2018.
KLEUDGEN, Peter. Die deutsche Kolonie Santa Cruz, Provinz Rio Grande do Sul,
Süd-Brasilien. Hamburg: Druck von J. J. Nobilig, 1852.
KLEUDGEN, Peter. Die deutsche Kolonie Santa Cruz – Provinz Rio Grande do Sul
– Südbrasilien. Hamburgo: Verlag R. Kittler, 1852/1853.
KLIEMANN, Luíza Helena Schmitz. RS: terra e poder. Porto Alegre: Mercado
Aberto, 1986.
KLIEWER, Gerd Uwe. Uma comunidade evangélica frente aos problemas sociais e à
atuação sócio-política da Igreja. Estudos Teológicos, São Leopoldo, ano 17, n. 1, p. 5-
23, 1977.
KLIEWER, Gerd Uwe. A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil e o Estado
Brasileiro. Cadernos ISER, São Paulo: Instituto Superior de Estudos da Religião, n. 7,
p. 3-14, 1977.

130
KLIEWER, Gerd Uwe. Estratificação social e filiação religiosa: reflexões sobre a
inserção da IECLB no contexto sócio-religioso brasileiro. Estudos Teológicos, São
Leopoldo: EST, ano 29, n. 1, p. 45-56, 1989.
KLIEWER, Gerd Uwe. IECLB – o declínio do crescimento natural. Protestantismo em
revista, São Leopoldo: EST, vol. 5, p. 82-93, 2004.
KLINGER, Bertoldo. Narrativas autobiográficas. Rio de Janeiro: O Cruzeiro, 1949.
KLIPPEL, Sandra Regina. Retratos de uma época. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro
de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
KLOSS, Heinz. Zentralverbände der deutschen Bauern im Staate Rio Grande do Sul
(Brasilien). Vom völkischen über den konfessionellen zum übervölkischen Verband.
Volksforschung, Stuttgart/Alemanha, ano 4, n. 2, p. 79-94, 1940.
KLUCK, Patricia Ann. Decision-making among descendants of German immigrant
farmers in Rio Grande do Sul, Brazil. Tese (Doutorado em Sociologia) – Cornell
University, Ithaca/Estados Unidos, 1975.
KLUG, João. Igreja e escola: aspectos do comensalismo institucional nas colônias
alemãs do sul do Brasil. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
KLUMB, Guilherme P. A cultura dos imigrantes pomeranos como atrativo do turismo
rural em São Lourenço do Sul. In: V ENECULT – Encontro de Estudos
Multidisciplinares em Cultura. Universidade Federal da Bahia, 2009.
KNAACK, Nara Teresinha. Um encontro com o passado. In: Academia Literária do
Vale do Taquari (org.). Escritos/Escritores: coletânea V. Lajeado: Editora
UNIVATES, 2015, p. 146-149.
KNIESTEDT, Friedrich. Memórias de um imigrante anarquista. Porto Alegre: EST,
1989.
KNIESTEDT, Friedrich. Fuchsfeuerwild: Erinnerungen eines anarchistischen
Auswanderers nach Rio Grande do Sul – Memórias de Friedrich Kniestedt (1873-1947).
Hamburgo/Alemanha: Verlag Barrikade, 2013.
KNIJNIK, Gelsa; BREDEMEIER, Maria Luísa. O ensino de língua estrangeira/língua
oficial do país: um estudo sobre os jornais endereçados a professores das escolas de
imigração alemã do Rio Grande do Sul, nas décadas iniciais do século XX. In: VII
Congresso Internacional de Educação. São Leopoldo: Edunisinos, 2011.
KNOB, Frei Pedro. Paróquia de São Bonifácio, Agudo, 1889-1989. Porto Alegre:
Nova Dimensão, 1990.
KNOB, Frei Pedro OFM; KNOB, Darcísio. Poço das Antas: primeiro lugar no ranking
de alfabetização. Porto Alegre: Evangraf, 1998.
KNOB, Gláucia. O sujeito teuto-brasileiro e o (des)uso do dialeto alemão em
Chapada. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade de Passo Fundo, 2018.
KNOBELOCH, Márcio Darlan Rosa. Traços do discurso religioso fundador de
Glorinha/RS: suas histórias e aspectos religiosos. Dissertação (Mestrado em Teologia)
– Programa de Pós-Graduação em Teologia, Faculdades EST, São Leopoldo, 2008.

131
KNÖLLER, Christian. Der Tabakanbau in Rio Grande do Sul. Porto Alegre:
Typographia do Centro, 1932.
KNORR, Ilga Korndörfer. Wo der Minuano weht. São Leopoldo: Federação dos
Centros Culturais 25 de Julho, 1985.
KNORR, Ilga Korndörfer. Thaira: Tochter des Südens. Porto Alegre: Edição da autora,
1993.
KNORR, Ilga Korndörfer. Parque Knorr: por um ideal. In: DAROS, Marilia;
BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Gramado. Porto Alegre: EST, 1995,
p. 108-114.
KNORR, Ilga K.; BOLL, Godofredo G. (orgs.). Mosaico vivo: vidas que edificam a
comunidade. Porto Alegre: CEPA, 1998.
KNORST, Benno. História de Santa Maria do Herval – RS. Santa Maria do Herval:
Gráfica São Luís, 2003.
KÖB, Edgar. Como a cerveja se tornou bebida brasileira: a história da cerveja no Brasil,
desde o início até 1930. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Rio
de Janeiro, ano 161, n. 409, p. 29-58, 2000.
KOCH, Angélica. A história de Margeretha. Porto Alegre: EST Edições, 2004.
KOCH, Bárbara Gisele; WOLTZ, Ana Maria Argenton. A simbologia dos trajes
alemães e a transposição de seus elementos para moda em festividades típicas.
ModaPalavra: e-periódico, Florianópolis: UDESC, vol. 8, n. 15, p. 97-120, 2015.
KOCH, Eva Wysk. Dr. Erich Fausel und die “Allgemeine Lehrerzeitung”. Staden-
Jahrbuch, São Paulo, n. 18, p. 47-61, 1970.
KOCH, Eva Wysk. Bibliografia cronológica de Erich Fausel. In: II Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 1974.
KOCH, Eva Wysk. Discriminação de ecos ou Rio-baldo no contexto de Johan Spies
para Luciana Waquil. In: Anais do VIII e IX Simpósios de História da Imigração e
Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1998.
KOCH, Eva Wysk. A German connection? Context-description of literacy translation
efforts in Southern Brasil. Meta, Montreal, vol. 35, n. 3, p. 467-655, 1990.
KOCH, Eva Wysk. "Resíduos" da imigração alemã. In: Anais [de] Literatura e
Memória Cultural. Belo Horizonte: Abralic, 1991, vol. 2, p. 330-335.
KOCH, Eva Wysk. A Torre Negra de Erich Fausel. Parte de uma leitura referencial. In:
Anais do VII Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1986). Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
KOCH, Eva Wysk. Sociologia das relações interétnicas. In: Anais do XI Simpósio de
História da Imigração e Colonização: 170 anos de imigração alemã. São Leopoldo:
Oikos, 2009.
KOCH, Eva Wysk. Identidades emprestadas. In: Anais do XII Simpósio de História
da Imigração e Colonização: Cotidiano e identidade. São Leopoldo: Oikos, 2009.
KOCH, Herbert. Das deutsche Schulwesen in Brasilien. Langensalza/Alemanha:
Hermann Beyer & Söhne, 1923.

132
KOCH, Ingelore Starke (ed.). Brasil. Outros 500. Protestantismo e a resistência
indígena, negra e popular. São Leopoldo: Sinodal/COMIN/IEPG, 1999.
KOCH, Jandiro Adriano. Um baile misturado: (sobre)vivências LGBT e negras no
Vale do Taquari. Lajeado: Univates, 2017.
KOCH, Mário Silfredo. Os Brummers Jansen e Koseritz e Memórias Póstumas de Brás
Cubas. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
KOCH, Siziane; MENDOZA, Susana. Estrela, nosso município. Estrela: Prefeitura
Municipal, 1999.
KOCH, Siziane; WINK, Susiane. Teutônia, nosso município. Teutônia: Prefeitura
Municipal, 2000.
KOCH, Walter. O Brasil, sua terra e sua gente, nos contos do Koseritz’ Deutscher
Volkskalender für die Provinz Rio Grande do Sul (1874-1890). In: I Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros. Porto Alegre: Faculdade de Filosofia da Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, 1963, p. 203-216.
KOCH, Walter. Der Kolonist im Spiegel der Erzählungen des Koseritz-Kalenders
(Versuch einer Deutung). Porto Alegre: Editora Meridional “EMMA“, 1964.
KOCH, Walter. Notas etnológico-linguísticas sobre a moenda de cana-de-açúcar nas
colônias alemãs do Rio Grande do Sul. Organon, Porto Alegre: UFRGS, ano 14, p. 51-
58, 1970.
KOCH, Walter. Aspectos da interferência linguística num texto literário. In: II
Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Recife: Universidade Federal de Pernambuco,
1974.
KOCH, Walter. Falares alemães no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 1974.
KOCH, Walter. Gegenwärtiger Stand der deutschen Sprache im brasilianischen
Gliedstaat Rio Grande do Sul. In: ENGEL, Ulrich; VOGEL, Irmgard (eds.). Deutsch in
der Begegnung mit anderen Sprachen. Beiträge zur Soziologie der Sprachen.
Tübingen/Alemanha: Narr, 1974, p. 79-117.
KOCH, Walter. Deutsche Sprachinseln in Südbrasilien. Möglichkeiten und Probleme
ihrer Untersuchung. In: RADTKE, Edgar; THUN, Harald (eds.). Neue Wege der
romanischen Geolinguistik: Akten des Symposiums zur empirischen Dialektologie.
Kiel/Alemanha: Westensee-Verlag, 1996, p. 307-322.
KOCH, Walter. A escola evangélica teuto-brasileira. In: FIORI, Neide Almeida et al.
(orgs.). Etnia e educação: a escola “alemã” do Brasil e estudos congêneres.
Florianópolis/Tubarão: Editora da UFSC/Editora Unisul, 2003.
KOCH, Walter. Apresentação dos dados (Projeto ALERS). In: ZILLES, Ana Maria
Stahl (ed.). Estudos de variação linguística no Brasil e no Cone Sul. Porto Alegre:
Editora UFRGS, 2005, p. 181-196.
KOELLN, Arno. Porto Feliz, a história de uma colonização às margens do rio
Uruguai. São Leopoldo: Rotermund S. A., 1980.
KOGAN, Andréa. Plano museológico e estratégias de sustentabilidade para museus:
estudo de caso – o Museu Histórico Municipal de Dois Irmãos, Rio Grande do Sul,

133
Brasil. Dissertação (Mestrado em Memória Social e Bens Culturais) – UNILASSALLE,
Canoas, 2012.
KÖHLER, Fritz. Brasilien heute und morgen. Leipzig/Alemanha: F. A. Brockhaus,
1926.
KÖHLER, Leo. Biografia completa: P. João Baptista Reus. Porto Alegre: Livraria
Selbach, 1950.
KÖHLER, Luiz. Pequeno manual homeopático do Laboratório de Luiz Köhler.
Porto Alegre: Livraria Americana, 1902.
KÖHLER, Mirna (org.). Raízes: São Paulo das Missões, nossa missão, nosso futuro.
Santo Ângelo: EDIURI, 2010.
KÖHLER, Neiva Ester Corrêa. Memorial da Colônia Santo Ângelo. Cachoeira da Sul:
s. e., 1992.
KOHLHEPP, Gerd. Contribuições geográficas alemãs para a formação de um
conhecimento científico do Brasil no século XIX. In: II Colóquio de Estudos Teuto-
Brasileiros. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 1974.
KOHLHEPP, Gerd. Contribuição da população teuto-brasileira ao processo de
colonização e ao desenvolvimento econômico do Brasil meridional. In: III Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
KOHLHEPP, Gerd. Die Musterreiter in Rio Grande do Sul. Staden-Jahrbuch, São
Paulo, n. 31/32, p. 7-27, 1982/1983.
KÖHNE, Reinhard. Die Auswirkungen der Kulturkampfzeit auf das Deutschtum in Rio
Grande do Sul. In: Auslanddeutschtum und evangelische Kirche, 1936. Munique:
Chr. Kaiser Verlag, 1936, p. 310-321.
KÖHNE, Reinhard. Karl von Koseritz und die Anfänge einer deutsch-
brasilianischen Politik. Bochum/Alemanha: Heinrich Pöppinhaus, 1937.
KOLB, Marianne. Análise fenomenológico-existencial de professores de língua
alemã de Porto Alegre. Dissertação (Mestrado em Letras) – Faculdade de Filosofia,
Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 1995.
KOLIVER, Isete Maria. Taquara do Mundo Novo: suas ruas, suas casas, genealogia
de sua gente. Porto Alegre: Pallotti, [1969?].
KOLIVER, Lisete Maria. Pioneiros do Mundo Novo: genealogia dos pioneiros
habitantes de Taquara. (Sem indicações), 1995.
KOLLING, Nilo Bidone. Educação e escolas em contextos de imigração pomerana
no sul do Rio Grande do Sul – Brasil. Dissertação (Mestrado em Educação) –
Universidade Federal de Pelotas, 2000.
KOLLING, Nilo Bidone. Nos caminhos das sociedades escolares sul-rio-grandenses:
pomeranidade e cidadania. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
KOLLING, Nilo Bidone. Presença teuta a partir de São Lourenço do Sul/RS. In: Anais
do IX Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.

134
KOLLING, Nilo Bidone. Presença teuto-brasileira entre os rios Aripuanã, Juruena e
Guariba/MT. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de
Educação/CORAG, 2009.
KOLLING, Nilo Bidone. Um sul-rio-grandense revisitado: memórias centenárias. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e
memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 255-263.
KOLONISATION in Rio Grande do Sul. Berlim: Pass & Gorleb, 1903.
KÖNIGH, Georg. Die Politik Brasiliens während des Weltkrieges und die Stellung
des brasilianischen Deutschtums. Hamburgo/Alemanha: Hans Christians Druckerei
und Verlag, 1935.
KÖNIGSWALD, Gustav. Rio Grande do Sul. Berlim/Alemanha: Druck von Otto
Elsner, 1898 [existe edição brasileira: KOENIGSWALD, Gustavo. Rio Grande do Sul.
São Paulo: s. e., 1898].
KONRAD, Adriana; MARONEZE, Luiz Antônio Gloger; OLIVEIRA, Suzana Vielitz
de. O processo de revitalização do núcleo de casas enxaimel e a reconstrução étnico-
cultural-alemã no município de Ivoti – RS. Métis: história & cultura, Caxias do Sul:
UCS, vol. 16, n. 31, p. 195-226, 2017.
KONRAD, Adriana; BRUM, Cristiano Enrique de; OLIVEIRA, Suzana Vielitz de;
MARONEZE, Luiz Antonio Gloger. Recurso patrimonial: as ações de preservação para
o Salão Holler da cidade de Ivoti/RS. Revista do Instituto Histórico e Geográfico do
Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 155, p. 123-148, 2018.
KONRAD, Adriana. A política cultural desenvolvida para o Núcleo de Casas Enxaimel
e os seus resultados para o município de Ivoti/RS. Mouseion, Canoas: UNILASALLE,
n. 30, p. 43-59, 2018.
KOPITTKE, Guido. Na companhia das tias. Porto Alegre: WS Editor, 2004.
KOPPE, Beatriz. Mulheres de papel: contratos de leitura e imagens femininas nos
contos de Balduino Rambo. In: RAMBO, Arthur Blasio; GRÜTZMANN, Imgart;
ARENDT, Isabel Cristina. Pe. Balduíno Rambo – a pluralidade na unidade:
memória, religião, ciência e cultura. São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2007, p.
189-201.
KOPPE, Leani Veiga. O comércio das trocas e a casa Trein. In: Anais do X Seminário
Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras.
Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
KOPPE, Leani Veiga. Viajando com esperança para o desconhecido – Eine
hoffnungsvolle Reise ins Unbekannte. São Leopoldo: OIKOS, 2010.
KOPPER, Moisés. Pelos caminhos da Rota Romântica: etnografia da constituição de
um roteiro turístico no sul do Brasil. Campos: Curitiba: UFPR, vol. 14, n. 1-2, p. 217-
241, 2013.
KORFMANN, Michael. Herbert Caro ou o tradutor como lenda. Revista Contingentia,
Porto Alegre: UFRGS, vol. 2, p. 29-35, 2007.
KORNDÖRFER, Ana Paula; FLECK, Eliane Cristina Deckmann. Sobre a regeneração
da Nação e a exclusão social: uma análise da representação dos imigrantes (Porto
Alegre: 1890-1920). In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e

135
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
KOSERITZ, Karl von. Relatório da administração central das colônias da província
de São Pedro do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Tipografia do Jornal do Comércio,
1867.
KOSERITZ, Carlos de. Resumo de economia nacional, especialmente aplicado às
circunstâncias atuais do país. Porto Alegre: Typ. do Jornal do Comércio, 1870.
KOSERITZ, Carl von. Roma perante o tribunal do século. Porto Alegre: Typ. do
Jornal do Comércio, 1871.
KOSERITZ, Carl von. Rom vor dem Tribunal des Jahrhunderts. Porto Alegre:
Buchdruckerei der Deutschen Zeitung, 1872.
KOSERITZ, Carlos von. A terra e o homm à luz da moderna ciência. Porto Alegre:
Typographia de Gundlach &Comp., 1884.
KOSERITZ, Carlos von. Bosquejos etnológicos. Typographia de Gundlach & Comp.,
1884.
KOSERITZ, C. von. Aus beiden Hemisphären: Reisebriefe. Porto Alegre:
Buchdruckerei von Gundlah & Comp., 1887.
KOSERITZ, Karl von. Ratschläge für Auswanderer nach Südbrasilien.
Berlim/Alemanha: Allgemeine Verlags-Agentur, 1897.
KOSERITZ, Carlos von. Imagens do Brasil. Belo Horizonte/São Paulo: Editora
Itatiaia/EDUSP, 1980.
KOTHE, Flavio René. Distorções culturais da imigração alemã no Brasil. Pau Brasil,
ano II, n. 7, 1985.
KOTHE, Flavio René. Teuto-gaúchos: a irredutível diferença. In: FISCHER, Luís
Augusto; GERTZ, René E. (eds.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da
UFRGS, 1996, p. 205-215.
KOTHE, Flávio René. Imigração e colonização: utopia e identidade. Redes, Santa Cruz
do Sul: UNISC, vol. 9, número especial, p. 105-127, 2001.
KOTHE, Flávio René. A hermenêutica teuto-brasileira. In: Anais do XI Simpósio de
História da Imigração e Colonização: 170 anos de imigração alemã. São Leopoldo:
Oikos, 2009.
KOTHE, Flávio René. Cotidiano e identidade. In: Anais do XII Simpósio de História
da Imigração e Colonização: Cotidiano e identidade. São Leopoldo: Oikos, 2009.
KOTHE, Mercedes Gassen. Die deutsche Auswanderung nach Brasilien 1890-1914.
Tese (Doutorado em História) – Universidade de Rostock/Alemanha, 1992.
KOTHE, Mercedes Gassen. O papel de organizações alemãs de emigração para o
Brasil: 1890-1924. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 6, número especial, 2001, p.
75-104.
KOTHE, Marcedes Gassen. Land der Verheissung: die deutsche Auswanderung nach
Brasilien 1890-1914. Rostock/Alemanha: Meridian, 2003.

136
KOTHE, Mercedes Gassen. Os descendentes alemães. In: RECKZIEGEL, Ana Luiza
Setti; AXT, Gunter (dir.). República Velha (1889-1930) (vol. 3, tomo I). Passo Fundo:
Méritos, 2007, p. 377-392.
KOTHE, Mercedes Gassen. O Brasil no século XIX: restrições aos imigrantes não
católicos. In: Anais do XII Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Cotidiano e identidade. São Leopoldo: Oikos, 2009.
KOTHE, Mercedes Gassen. Os alemães no Brasil: questão da adaptação e identidade.
In: Anais do XI Simpósio de História da Imigração e Colonização: 170 anos de
imigração alemã. São Leopoldo: Oikos, 2009.
KRAKHECKE, Carlos Cristiano. O assentamento do núcleo agrícola estadual
Fazenda Lemmertz, em Taquari, e os modelos históricos de minifúndio no Rio
Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica
do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.
KRÁS, Maria Ulda O. A vida de Cyro Krás Borges – seu Pitoza. In: ELY, Nilza Huyer.
Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
KRÁS, Maria Ulda O.; KRÁS, Nildo. A família Krás em Torres. In: ELY, Nilza Huyer.
Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
KRAUSE, Silvana. Migrantes do tempo: vida econômica, política e religiosa de uma
comunidade de imigrantes alemães na República Velha. Santa Cruz do Sul: EDUNISC,
2002.
KRAUSE, Silvana. A diversidade de comportamento político nas zonas coloniais
alemãs no sul do Brasil: indícios sob uma perspectiva histórica. Textos de História,
Brasília: UnB, vol. 16, n. 2, 2008.
KRELING, Helaine Maria. O bolão: o esporte nas colônias alemãs do RS. Porto
Alegre: Martins Livreiro, 1984.
KRENZINGER, Fr. Vom Urwald zum Kamp in Sudbrasilien. Porto Alegre:
Typographia Germano Gundlach, s. d.
KREUTZ, Lúcio. Magistério e imigração alemã: a formação do professor católico teuto-
brasileiro do Rio Grande do Sul. Educação & realidade. Porto Alegre, vol. 12, n. 1, p.
15-44, 1987.
KREUTZ, Lúcio. O professor paroquial: magistério e imigração alemã. Porto Alegre:
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1991.
KREUTZ, Lúcio. Material didático e currículo na escola teuto-brasileira do Rio
Grande do Sul. São Leopoldo: UNISINOS, 1994.
KREUTZ, Lúcio. Escolas da imigração alemã no Rio Grande do Sul: perspectiva
histórica. In: MAUCH, Cláudia; VASCONCELLOS, Naira (orgs.). Os alemães no sul
do Brasil: cultura, etnicidade, história. Canoas: Editora da ULBRA, 1994, p. 149-161.
KREUTZ, Lúcio; RAMBO, Arthur Blásio. Germanismo pedagógico no Rio Grande do
Sul: perspectivas de pesquisa. Estudos Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol.
30, n. 137, p. 79-92, 1994.
KREUTZ, Lúcio. Literatura escolar dos imigrantes alemães no Rio Grande do Sul: a
representação de educação e processo identitário. Estudos Leopoldenses, São
Leopoldo: UNISINOS, vol. 32, n. 147, p. 73-83, 1996.

137
KREUTZ, Lúcio. Literatura escolar dos imigrantes alemães no Rio Grande do Sul: a
representação de educação e processo identitário. Estudos Leopoldenses, São
Leopoldo: UNISINOS, vol. 32, n. 147, p. 73-83, 1996.
KREUTZ, Lúcio. Literatura escolar dos imigrantes alemães no Rio Grande do Sul:
fonte inexplorada na história da educação. Educação em revista: a imprensa periódica
e a história da educação. São Paulo: Escrituras, p. 111-125, 1997.
KREUTZ, Lúcio. Modelo de uma igreja imigrante: educação e escola. In: DREHER,
Martin N. (org.). Populações rio-grandenses e modelos de igreja. Porto Alegre/São
Leopoldo: Edições EST/Sinodal, 1998.
KREUTZ, Lúcio. O imigrante teuto-brasileiro católico e sua utopia. Estudos
Leopoldenses – Série História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 3, n. 2, p. 71-85, 1999.
KREUTZ, Lúcio. A representação de identidade nacional em escolas da imigração
alemã no Rio Grande do Sul. História da educação, Pelotas, vol. 3, n. 5, p. 141-164,
1999.
KREUTZ, Lúcio. A imigração alemã em O tempo e o vento. In: GONÇALVES, Robson
Pereira (org.). O tempo e o vento: 50 anos. Santa Maria: UFSM, 2000, p. 117-146.
KREUTZ, Lúcio. Escolas comunitárias de imigrantes no Brasil: instâncias de
coordenação e estruturas de apoio. Revista brasileira de educação, Belo Horizonte, n.
15, p. 159-176, 2000.
KREUTZ, Lúcio. Imigração alemã e processo escolar na Argentina, no Brasil e no
Chile, de 1824 a 1939. Estudos Leopoldenses – Série Educação, São Leopoldo:
UNISINOS, vol. 4, n. 6, p. 23-36, 2000.
KREUTZ, Lúcio; KREUTZ, Sofia. Impressos pedagógicos, afirmação do projeto
republicano e contraposições (1870 a 1920). História da Educação (ASPHE), Pelotas,
vol. 6, n. 11, p. 97-117, 2002.
KREUTZ, Lúcio. Um pastor elaborando e imprimindo material didático: desvio de
função? In: Histórias e memórias da educação no Rio Grande do Sul. Pelotas: Seiva,
2002.
KREUTZ, Lúcio. Língua de referência na escola teuto-brasileria. In: CUNHA, Jorge
Luiz da; GÄRTNER, Angelika (orgs.). Imigração alemã no Rio Grande do Sul:
história, linguagem, educação. Santa Maria: Editora da UFSM, 2003, p. 133-157.
KREUTZ, Lúcio. Sugestiva articulação entre escola, família e comunidade. In:
CUNHA, Jorge Luiz da (org.). Cultura alemã 180 anos – Deutsche Kultur seit 180
Jahre. Porto Alegre: Nova Prova, 2004, p. 45-56.
KREUTZ, Lúcio. A nacionalização do ensino no Rio Grande do Sul: medidas
preventivas e repressivas. Fronteira: Revista de História, Florianópolis: UFSC, n. 13,
p. 65-89, 2005.
KREUTZ, Lúcio. Escolas étnicas dos imigrantes alemães no Brasil. Martius-Staden-
Jahrbuch, São Paulo, n. 52, 2005.
KREUTZ, Lúcio. Uma tradição que lançou raízes. In: Anais do XVI Simpósio de
História da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na
América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
KREUTZ, Lúcio. A imprensa educacional periódica e os livros escolares dos imigrantes
alemães no Rio Grande do Sul, 1870-1939. In: Anais do XVII Simpósio de História

138
da Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo,
2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
KREUTZ, Lúcio. Escolas de imigração alemã na Argentina, no Brasil e no Chile, de
1824 a 1939. In: SIDEKUM, Antonio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel
Cristina (orgs.). Campos múltiplos: identidade, cultura e história. Festschrift em
homenagem ao prof. Arthur Blasio Rambo. São Leopoldo: Nova Harmonia/Oikos,
2008, p. 153-168.
KREUTZ, Lúcio. Os cuidados com a saúde na imprensa educacional dos imigrantes
alemães. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
KREUTZ, Lúcio. Escola, família e comunidade: o esforço pela articulação entre essas
instâncias na imigração alemã. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara –
marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
KREUTZ, Lúcio. Igreja, Estado e processos educativos na imigração de língua alemã,
no RS. In: MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜGGE, Erny; HAUENSTEIN, Iria (orgs.).
Construindo diálogos. História, educação e ecumenismo. Homenagem a Martin N.
Dreher. São Leopoldo: OIKOS, 2010, p. 265-278.
KREUTZ, Lúcio. Migrações e educação: referências conceituais para pesquisar o
diálogo intercultural na história da educação. In: Anais do XIX Simpósio de História
da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial. São
Leopoldo: Oikos, 2010.
KREUTZ, Lúcio. Escolas étnicas de imigrantes alemães no Rio Grande do Sul. In:
LUCHESE, Terciane Ângela; KREUTZ, Lúcio (orgs.). Imigração e educação no
Brasil: histórias, práticas e processos escolares. Santa Maria: Editoraufsm, 2011, p.
285-307.
KREUTZ, Lúcio (org.). Imigração e educação no Brasil: histórias, práticas e
processos escolares. Santa Maria: Editora da UFSM, 2011.
KREUTZ, Lúcio; KUIAVA, Evaldo Antônio; NODARI, Paulo César. Representação do
magistério sob o movimento da restauração católica e seu reflexo nas escolas da
imigração alemã no RS. História Unisinos, São Leopoldo, v. 15, n. 1, p. 91-99, 2011.
KREUTZ, Lúcio. A nacionalização do ensino no Rio Grande do Sul: medidas
preventivas e repressivas. In: QUADROS, Claudemir de (org.). Uma gota amarga:
itinerários da nacionalização do ensino no Brasil. Santa Maria: editoraufsm, 2014, p.
153-190.
KREUTZ, Marcos Rogério. O contexto ambiental e as primeiras ocupações
humanas no Vale do Taquari. Dissertação (Mestrado em Ambiente e
Desenvolvimento) – UNIVATES, Lajeado, 2008.
KREUTZ, Marcos Rogério; MACHADO, Neli Teresinha Galarce. Os sacerdotes da
Companhia de Jesus que atuaram como vigários na Paróquia Santo Inácio/Lajeado –
RS, entre 1881 a 1928. Destaques Acadêmicos, Lajeado: UNIVATES, vol. 1, n 2, p.
93-107, 2009.
KREUTZ, Marcos Rogério et al. Arroio do Meio: entre rios e povos. Lajeado: Editora
da Univates, 2011.
KREUTZ, Marcos Rogério; MACHADO, Neli Teresinha Galarce. O povoamento do
Vale do Taquari, Rio Grande do Sul. Lajeado: Editora da UNIVATES, 2017.

139
KREUTZ, Roque Amadeu. Alguns indicadores e fatos da história de Ivoti. In: Anais do
X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
KREUTZ, Roque Amadeu. Histórico da “Igreja Velha” de Ivoti. In: Anais do X
Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
KREUTZ, Roque Amadeu. Revolução Farroupilha e seus reflexos locais. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 189-198.
KREUTZ, Roque Amadeu (org.). Bom Jardim/Ivoti no palco da História. Novo
Hamburgo: FEEVALE, 2013.
KREUTZ, Roque Amadeu; SCHNECK, Andréa Cristina Baum (orgs.). Dramas,
comédias e tragédias nas picadas de Bom Jardim/Ivoti: ecos do passado. Novo
Hamburgo: FEEVALE, 2014.
KREY, Leonido. Cancioneiro teuto-brasileiro. Porto Alegre: Faculdade Porto-
Alegrense de Educação, Ciências e Letras, 1974.
KRISCHKE, Jair. O Movimento de Justiça e Direitos Humanos e a luta contra a Editora
Revisão no Brasil: relato da minha militância. In: MILMAN, Luis; VIZENTINI, Paulo
Fagundes (orgs.). Neonazismo, negacionismo e extremismo político. Porto Alegre:
Editora da Universidade-UFRGS/CORAG, 2000, p.207-216.
KROETZ, Ketlin. Etnomatemática e relações de poder: uma análise das narrativas de
colonos descendentes de alemães do vale do rio dos Sinos. Dissertação (Mestrado em
Educação em Ciências e Matemática) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 2015.
KRONBAUER, Selenir Corrêa Gonçalves. O negro e a educação em escolas
luteranas no Rio Grande do Sul: o jeito branco de ser negro. Dissertação (Mestrado
em Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo, 2005.
KRONE, Evander Eloí; MENASCHE, Renata. Turismo e patrimônio: a busca do
consumo dos sabores rurais pomeranos. In: 29ª Reunião Brasileira de Antropologia –
RBA, Natal, 2014.
KRONE, Evander Eloí; MENASCHE, Renata. Festa e comida típica: o uso ideológico
da tradição alimentar pomerana na afirmação de fronteiras étnicas. In: II Seminário
sobre Alimentos e Manifestações Culturais Tradicionais, Aracaju, 2014.
KRONE, Evander Eloí. Comida, memória e patrimônio cultural: a construção da
pomeranidade no extremo sul do Brasil. Dissertação (Mestrado em Antropologia) –
Universidade Federal de Pelotas, 2014.
KRUG, Marcelo Jacó. Identidade e comportamento linguístico na percepção da
comunidade plurilíngue alemão-italiano-português de Imigrante – RS. Dissertação
(Mestrado em Estudos de Linguagem) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul,
Porto Alegre, 2004.
KRUG, Norbeto. História e genealogia da família Krug. Porto Alegre: Allprint
Produções Ltda., 2002.

140
KRUG, Pronila. Templo da comunidade evangélica de Picada 48 Baixa. In: Anais do X
Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
KRUG, Pronila. Crônicas da Pronila. Estância Velha: Z Multi Editora, 2018.
KRUMMENAUER, Claudio. Município de Portão – 50 anos: Portão de ontem e de
hoje – terra boa de viver. São Leopoldo: OIKOS, 2012.
KÜCHEMANN, Berlindes Astrid. O minifúndio gaúcho: ajuda técnica como
alternativa? Porto Alegre: EST, 1980.
KUDE, Heino Willy. A formiguinha da democracia: biografia de um insucesso. Porto
Alegre: AGE, 2005.
KUDE, Heino Willy. Professor do interior. Porto Alegre: AGE Editora, 2009.
KUDER, Manfred. Ernst Niemeyer, ein deutsch-brasilianischer Dichter: Leben, Wesen
und Werk. Ibero-Amerikanisches Archiv, Berlim, vol. 9, n. 2, p. 109-121, 1935.
KUDER, Manfred. Die deutschbrasilianische Literatur und das
Bodenständigkeitsgefühl der deutschen Volksgruppe in Brasilien. Berlin: Ferd.
Dümmler, 1937.
KUDER, Manfred. Die deutsch-brasilianische Literatur. Zeitschrift für
Kulturaustausch, Stuttgart, ano 13, n. 4, p. 295-299, 1963.
KUHLMANN, Gustav; KRAHE, Friedrich. Neu-Würtemberg: eine Siedlung
Deutscher in Rio Grande do Sul. Stuttgart: Ausland- u. Heimat-Verlags A. G., 1933.
KUHLMANN, Mariana Corallo M. de A. A imigração alemã na literatura brasileira:
uma breve análise. Revista Anagrama, São Paulo: USP, ano 3, edição 3, p. 1-11, 2010.
KUHN, Emerson R. S.; MARONEZE, Luiz A. G. O trabalho e a modernidade na
cidade de Novo Hamburgo segundo o jornal O 5 de abril. Conexão – Comunicação e
Cultura, Caxias do Sul: UCS, vol. 15, n. 29, p. 167-187, 2016.
KUHN, Emerson Ranieri Santos. A Novo Hamburgo de Ercílio Rosa: crônicas da
cidade imaginada na materialidade de um projeto moderno (1945-1949). Dissertação
(Mestrado em Processos e Manifestações Culturais) – FEEVALE, Novo Hambrugo,
2017.
KUHN, Guido Ernani. Desafiando o poder da farda. In: SCHNEIDER, Elenor José
(ed.). Fragmentos de vida. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1999.
KUHN, Guido Ernani. Um homem de fibra: Francisco J. Franz & outras memórias.
Santa Cruz do Sul: Gazeta de Santa Cruz, 2007.
KUHN, Malcus Cassiano. O ensino da matemática nas escolas evangélicas luteranas
do Rio Grande do Sul, durante a primeira metadae do século XX. Tese (Doutorado
em Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade Luterana do Brasil, Canoas, 2015.
KÜLZER, E. (org.). Síntese histórica de Salvador das Missões. Cerro Largo: Gráfica
Lenz, 2004.
KUNERT, Augusto E. Aspectos da relação IECLB e Estado, em uma compreensão
histórica e teológica. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 22, n. 3, p. 215-242,
1982.

141
KUNERT, Udo Ingo. Vida e obra do pastor Ernest August Kunert. In: Anais do 3º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
KUNERT, Udo Ingo. Tentativas de organização política na colônia alemã de São
Sebastião do Caí. In: Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo: Editora Sinodal,
1986.
KUNTZLER, Herberto. Minhas raízes, minha biografia e meu legado. S. l.: s. e.,
2004.
KUNZ, Jaqueline Anschau. A religião de Jacobina em “Os Mucker”, de Ambrósio
Schupp. In: Anais do IX Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
KUNZ, Jaqueline Anschau. Imigração e relações interétnicas. Observações a partir de
carta do imigrante João Diemer I. In: Anais do XVII Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006).
São Leopoldo: Oikos, 2008.
KUNZ, Marinês Andrea; SCHMELZER, Valério. O ensino do alemão no RS. Palavra
Como/vida, São Leopoldo, vol. 3, n. 18, p. 12, 1994.
KUNZ, Marinês Andrea. Jacobina Mentz Maurer: a representação de uma líder.
Protestantismo em revista, São Leopoldo: EST, vol. 2, p. 54-63, 2003.
KUNZ, Marinês Andrea. Mosaico discursivo: Jacobina Maurer nos textos históricos,
literários e fílmicos. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2006.
KUNZ, Marinês Andrea; WEBER, Roswithia. Identidade étnica alemã na produção
literária. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER,
Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS,
2012, 601-605.
KUNZ, Marinês Andrea; WEBER, Roswithia. O movimento Mucker e suas relações
com a igreja católica e protestante. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais,
São Leopoldo, vol. 4, n. 8, 2012.
KUNRATH, Paulino. O sol volta a brilhar (Família Kunrath). S. l.: Edição do autor,
2004.
KUPFER, Eckhard E.; BOLLE, Willi. Relações diplomáticas entre o Brasil e a
Alemanha, 1889-1942. In: BOLLE, Willi; KUPFER, Eckhard E. (eds.). Cinco séculos
de relações brasileiras e alemãs. São Paulo: Editora Brasileira de Arte e Cultura, 2013,
p. 160-169.
KURZER Leitfaden für Auswanderer nach Süd Brasilien. São Paulo: Typographia
Hennies Irmãos, 1920.
LACMANN, Wilhelm. Ritte und Rasttage in Südbrasilien. Berlim: Dietrich Reimer,
1906.
LAGEMANN, Eugênio. A industrialização no Rio Grande do Sul. Porto Alegre:
IEPE/UFRGS, 1978.
LAGEMANN, Eugênio. O setor coureiro-calçadista na história do Rio Grande do Sul.
Ensaios FEE, Porto Alegre: FEE, ano 7, n. 2, p. 69-82, 1986.

142
LAGEMANN, Eugênio. Imigração e industrialização. In: DACANAL, José
Hildebrando; GONZAGA, Sérgius (orgs.). RS: imigração e colonização. Porto Alegre:
Mercado Aberto, 1992, p. 114-134.
LAGUE, Maria Mabilde. Vida e obra de Alphonse Mabilde. In: Anais do 3º Simpósio
de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
LAMBERG, Moritz. Brasilien: Land und Leute. Leipzig/Alemanha: Hermann Zieger,
1899.
LAMPERT, Leandro. Crime bárbaro em Lajeado. In: Academia Literária do Vale do
Taquari (org.). Escritos/Escritores: coletânea V. Lajeado: Editora UNIVATES, 2015,
p. 52-55.
LANDO, Aldair Marli; BARROS, Eliane Cruxen. A colonização alemã no Rio
Grande do Sul. 2ª ed. Porto Alegre: Movimento, 1982.
LANDO, Aldair M.; BARROS, Eliane C. Capitalismo e colonização – os alemães no
Rio Grande do Sul. In: DACANAL, José H; GONZAGA, Sérgius (orgs.). RS:
imigração e colonização. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1992, p. 9-46.
LANG, Guido. Aspectos históricos da colônia Teutônia. In: Anais do VIII e IX
Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1998.
LANG, Guido. Jacob Lang – a história de um imigrante e pioneiro. São Leopoldo:
Rotermund, 1992.
LANG, Guido. Colônia Teutônia: história e crônica, 1858-1908. São Leopoldo:
Editora Sinodal, 1995.
LANG, Guido. Campo Bom: História e crônica, 1820/1996. Campo Bom: Prefeitura
Municipal, 1996.
LANG, Guido. Reminiscências da memória comunitária de Campo Bom. Novo
Hamburgo: Papuesta Gráfica e Editora, 1997.
LANG, Guido. História do cotidiano campobonense. Novo Hamburgo: Papuesta
Gráfica e Editora, 1998.
LANG, Guido. Destinos inseparáveis (narrativa histórica). Novo Hamburgo: s. e.,
1999.
LANG, Guido. Contos do cotidiano colonial. Novo Hamburgo: Papuesta Gráfica e
Editora, 2000.
LANG, Guido. As sombras do passado. Novo Hamburgo: Edição do autor, 2005.
LANG, Guido. Reminiscências da memória colonial – Teutônia-RS. Novo
Hamburgo: Papuesta, 2008.
LANGE, Francisco Lothar Paulo. Frederico Lange: história de um resmungão da
Legião Alemã de 1851 no Brasil. Curitiba: s. e., 1995.
LANGE, Heinrich. Südbrasilien, die Provinz São Pedro do Rio Grande do Sul,
Santa Catharina und Paraná mit Rücksicht auf die deutsche Kolonisation.
Leipzig/Alemanha: Verlag Paul Frohberg, 1885.

143
LANGENDONCK, Madame van. Uma colônia no Brasil. Santa Cruz do Sul:
UDUNISC, 2002.
LANGHANS, Paul. Die mittleren Serra-Kolonien in Rio Grande do Sul. In: SUPAN, A.
(ed.). Dr. A. Petermanns Mitteilungen aus Justus Perthes’ Geographischer Anstalt
(Band 35). Gotha: Justus Perthes, 1889, p. 185-187.
LARA, Claudia Camila. Variação fonológica, redes e práticas sociais numa
comunidade bilíngue português-alemão no Brasil meridional. Dissertação (Mestrado
em Letras) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
LARA, Claudia Camila. Variação fonético-fonológica e atitudes linguísticas: o
desvozeamento das plosivas no português brasileiro em contato com o Hunsrückisch no
Rio Grande do Sul, Brasil. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.
LAROQUE, Luís Fernando da Silva; BARDEN, Julia Elisabete; CASTOLDI, Ana
Paula; ROSA, Cibele Caroline da. Imigrantes açorianos e seus descendentes no vale do
Taquari, Rio Grande do Sul: processo histórico envolvendo movimentações e práticas
socioculturais. Signos, Lajeado: UNIVATES, vol. 37, n. 2, p. 104-123, 2016.
LASSBERG, Max von. Reminiscências. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2002.
LAUCK, Fernando Rocha. Fronteiras da linguagem: discurso histórico e discurso
literário em “Noite de Reis” de Manoel E. F. Bastos. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro
de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
LAUFFER, Armindo. Os nobres germânicos e a sua contribuição ao Rio Grande do Sul.
In: Anais do 1º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio
Grande do Sul. São Leopoldo, 1974.
LAUFFS, Hans-Winfried. Regionale Entwicklungsplanung in Südbrasilien: am
Beispiel des Rio dos Sinos-Gebietes. Paderborn: Schöningh, 1972.
LAUSCHNER, Roque; LENZ, Martinho. Associativismo no contexto da reforma
agrária no Rio Grande do Sul. Anais da Semana Social do Rio Grande do Sul (vol. 4).
Porto Alegre: ISCRE, 1969, p. 169-232.
LAUTERT, Vladimir. A dinâmica da concentração geográfica da indústria no Rio
Grande do Sul: 1940-2000. Dissertação (Mestrado em Economia) – Pontifícia
Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.
LAYTANO, Dante de. Açorianos e alemães no desenvolvimento da colonização e
agricultura do Rio Grande do Sul. In: Anais do Primeiro Congresso de História e
Geografia de São Leopoldo. Porto Alegre: Livraria do Globo, 1947, p. 373-454.
LAZZAROTTO, Danilo. Capuchinhos na história e desenvolvimento de Ijuí. Porto
Alegre: Escola Superior de Teologia São Lourenço de Brindes, 1981.
LAZZAROTTO, Danilo. A presença italiana em Ijuí. Ijuí: Editora da UNIJUI, 1991.
LAZZAROTTO, Danilo. História de Ijuí. Ijuí: Editora da UNIJUI, 2002.
LEAL, Carmen Beatriz Pereira. Escolas étnico-comunitárias / imigrantes alemães. In:
WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.).
Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 124-128.

144
LEÃO, Michele de. Reforma eleitoral (1878-1881) e a elegibilidade dos acatólicos. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.).
Migrações: religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 913-924.
LEÃO, Paula Biegelmeier. Transmissão intergeracional do alemão em contato com
o português em Vale Real – RS. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.
LEÃO, Paula Biegelmeier. A repressão lingüística na história dos imigrantes alemães
no sul do Brasil. In: Anais do IX Seminário Nacional de Pesquisadores da História
das Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos,
2008.
LEHMANN, Oscar Miguel. Entre o público e o privado: o comunitário no ensino
superior da Rede Sinodal de Educação. Dissertação (Mestrado em Educação) –
Universidade do Oeste de Santa Catarina, Joaçaba, 2009.
LEHNEN, Doraci. Escola Superior de Teologia da IECLB. In: HASTENTEUFEL,
Zeno (org.). História dos cursos de Teologia no Rio Grande do Sul. Porto Alegre:
EDIPUCRS, 1995, p. 46-76.
LEITE, Luiz Oswaldo. Jesuítas cientistas no sul do Brasil. São Leopoldo: Editora
UNISINOS, 2005.
LEITE, Luiz Oswaldo. Vianna Moog e a filosofia no Rio Grande do Sul. In:
MORETTO, Fúlvia (org.). O universo de Quintana e a obra de Vianna Moog. Porto
Alegre: CIPEL/EDIPLAT, 2006, p. 57-60.
LEITE, Luiz Oswaldo; KONZEN, Paulo Roberto. Sistemas filosóficos e Pe. Locher, na
era Vargas. In: NEUBERGER, Lotário (org.). A era castilhista. Porto Alegre:
CIPEL/EDIPLAT, 2009, p. 121-132.
LEITE, Luiz Oswaldo. Aspectos biográficos de Borges de Medeiros, segundo Pe. Luiz
Gonzaga Jaeger S. J. In: NEUBERGER, Lotário (org.). E era borgista. Porto Alegre:
CIPEL/EDIPLAT, 2010, p. 53-70.
LEITE, Luiz Oswaldo. Presença jesuítica no IHGRGS. Revista do Instituto Histórico
e Geográfico do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: IHGRGS, n. 148, p. 167-183, 2014.
LEITE, Luiz Oswaldo. Filosofia na Europa, no Brasil e no Rio Grande do Sul durante a
2ª Guerra Mundial. In: FLORES, Hilda Agnes; NEUBERGER, Lotário (orgs.). II
Guerra Mundial: reflexos no Brasil. Porto Alegre: Ediplat, 2015, p. 97-126.
LEITZKE, Eugen. Pontos de nossa história. In: ASSOCIAÇÃO dos Escritores de
Panambi (ed.). Porções de bem querer. Panambi: s. e., 1997.
LEITZKE, Eugen. Carlos Ernesto Knorr, Anna Müdsam Knorr: cem anos de
história familiar em terras brasileiras. S. l.: s. e., 2002.
LEMKE, Marli Dockhorn. Os princípios da educação cristã luterana e a gestão de
escolas confessionais no contexto das idéias pedagógicas no sul do Brasil (1824-
1997). Canoas: Editora da ULBRA, 2001.
LEMMERS-DANFORTH, Fedor von. A índole da Legião Alemã de 1851 a serviço do
Brasil. Boletim do Centro Rio-Grandense de Estudos Históricos, Rio Grande, vol.
III, 1943.

145
LEMOS, Fernanda Cardoso de. Alemão como língua de imigração em contextos
urbanos. In: Anais do IX Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
LEMOS, Juvêncio Saldanha. Os batalhões mercenários alemães no Primeiro Império.
In: Anais do VIII e IX Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs
no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico
de São Leopoldo, 1998.
LEMOS, Juvêncio Saldanha. Os mercenários do imperador: a primeira corrente
imigratória alemã no Brasil (1824-1830). Porto Alegre: Palmarinca, 1993.
LEMOS, Juvêncio Saldanha. Brummers: a legião alemã contratada pelo império
brasileiro em 1851. Porto Alegre: Edigal, 2015.
LEMOS, Vanessa dos Santos. Propaganda e coerção política educacional do Estado
Novo (1937-1945), em Pelotas/RS. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade
Federal de Pelotas, 2012.
LENZ, Cristóvão; SCHÄFER, Henrique; SCHNACK, Jorge Júlio. Memórias de
Brummer. Porto Alegre: EST, 1997.
LENZ, Matias Martinho. Presença dos jesuítas na história de Itapiranga/SC. In:
FRANZEN, Douglas Orestes; MAYER, Leandro (orgs.). Porto Novo 90 anos:
perspectivas históricas e contemporâneas. São Leopoldo: OIKOS, 2016, p. 58-87.
LENZI, Branca Regina (org.). Semana da Pátria 1940. Porto Alegre: s. e., 1940.
LÉONARD, Émile-G. Os “Mucker” do Rio Grande do Sul. In: LÉONARD, Émile-G. O
iluminismo no protestantismo de constituição recente. São Bernardo do Campo:
Programa Ecumênico de Pós-Graduação em Ciências da Religião, 1988, p. 14-20.
LEOPOLDO Geyer: 75 anos de trabalho na Casa Masson. Porto Alegre: Gráfica
Metrópole, [1978?].
LERMEN, Alaide M. Groth; SPECHT, Suzimary. Kappesberg, unser Heimatland –
Salvador do Sul, nossa Terra Natal. Salvador do Sul: A Editora e Gráfica Ltda., 1999.
LERMEN, Benno João. As famílias Lermen e suas raízes. São Leopoldo: Edição do
Autor, 1998.
LERMEN, Benno João. Superando desafios: a história da família Marhöfer Müller.
São Leopoldo: Edição do autor, 2003.
LERMEN, Gisela Anna Büttner. Processos de adaptação e de construção de
identidades: ensaio de análise de cartas duma família imigrante alemã, escritas de 1883
a 1938. História – Uisinos, São Leopoldo, vol. 6, n. 5, p. 205-258, 2002.
LERMEN, Gisela Anna Büttner. Mulheres e Igreja: memórias desafiadoras:
contribuição ao resgate da história de mulheres imigrantes alemãs católicas, na região
colonial alemã do Brasil Meridional, durante a época da Restauração Católica (1850-
1939). Tese (Doutorado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São
Leopoldo, 2004. [Publicada em versão alemã como: Deutsche Auswanderinnen in
Südbrasilien: Lebenswelt und Erfahrungen von Frauen in Kolonie und katholischer
Kirche (1824-1939). Heidelberg/Alemanha: Verlag Regionalkultur, 2006].
LERMEN, Gisela Anna Büttner. Mulheres imigrantes alemãs e igreja no Brasil:
dificuldades e possibilidades para uma pesquisa histórica. Protestantismo em revista,
São Leopoldo: EST, vol. 10, p. 36-48, 2006.

146
LERMEN, Gisela Anna Büttner. Mulheres católicas na década de 1930. In: SIDEKUM,
Antonio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel Cristina (orgs.). Campos
múltiplos: identidade, cultura e história. Festschrift em homenagem ao prof. Arthur
Blasio Rambo. São Leopoldo: Nova Harmonia/Oikos, 2008, p. 191-209.
LERSCH, Inês Martina. A busca do ideário urbanístico no início do século XX: der
Städtebau e a Escola de Engenharia de Porto Alegre. Tese (Doutorado em Planejamento
Urbano e Regional) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.
LERSCH, Inês Martina. A busca de um ideário urbanístico através dos indícios: der
Städtebau e a presença de um ideário germânico sobre a construção de cidades na Porto
Alegre do início do século. Mouseion, Canoas: UNILASALLE, n. 20, p. 57-68, 2015.
LEVIEN, Ana Luiza Angelo. Histórias do Turnen na Leopoldenser Turnverein
(Sociedade Ginástica de São Leopoldo). Dissertação (Mestrado em Ciências/Educação
Física) – Universidade Federal de Pelotas, 2011.
LEVIEN, Ana Luiza Angelo; RIGO, Luiz Carlos. Considerações sobre o “Turnfest” e
“Gauturnfest” no Rio Grande do Sul (1890-1930). Revista Didática Sistêmica, Rio
Grande: FURG, p. 159-176, edição especial, 2013.
LEWINSKI, Cinara Isolde Koch. A ferrovia na região de imigração alemã observada
através da fotografia e do relato do viajante Michael G. Mulhall. In: ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações:
religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 332-345.
LIA, Cristine Fortes; RADÜNZ, Roberto. Úteis e indesejáveis: as transformações nas
percepções sobre imigrantes judeus e alemães no Brasil. In: Anais Eletrônicos do I
Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2011, p. 595-610.
LIA, Cristine Fortes. A constituição da identidade de grupos de imigrantes a partir das
relações interétnicas: o caso dos judeus e dos alemães. In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 285-292.
LICHT, Henrique. O remo através dos tempos. Porto Alegre: CORAG, 1986.
LICHT, Henrique. História do ciclismo no Rio Grande do Sul (1896-1905). Porto
Alegre: Editora da UFRGS, 2003.
LICHT, Otavio Augusto Boni. Povoadores alemães do Rio Grande do Sul, 1847-
1849: o recenseamento dos moradores das colônias de São Leopoldo e Mundo Novo,
província de São Pedro do Rio Grande. Porto Alegre: EST Edições, 2005.
LIMA, Angela Bernadete. “Nós declaramos guerra ao latifúndio!”: propostas, ações e
ideais de imigração/colonização da Sociedade Central de Imigração (1883-1891).
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Santa Catarina,
Florianópolis, 2015.
LIMA, Carlos Roberto Velho Cirne. Balduino Rambo – et si fractus illabatur orbis
impavidum ferient ruinae. In: RAMBO, Arthur Blasio; GRÜTZMANN, Imgart;
ARENDT, Isabel Cristina. Pe. Balduíno Rambo – a pluralidade na unidade:
memória, religião, ciência e cultura. São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2007, p. 57-
64.
LIMA, Maria Imaculada da Fonseca. Paisagem, território e sistemas agrários: um
estudo em São Lourenço do Sul. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

147
LIMA, Ronaldo Guedes de. Implicações socioeconômicas e técnico-sanitárias da
lavoura de tabaco na região de Santa Cruz do Sul. Sociedade em Debate, Pelotas:
UCPel, vol. 10, n. 2, p. 91-109, 2004.
LIMA, Tatiane de. Monumentos à imigração alemã no sul do Brasil: representações da
identidade teuto-brasileira. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia
(orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e
preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 164-172.
LIMA, Tatiane de. Os usos políticos do passado: o papel das comissões executivas na
organização do biênio da colonização e imigração do Rio Grande do Sul. Revista do
Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 149, p. 171-
182, 1915.
LIMA, Tatiane de. Os “usos políticos do passado” nas comemorações do Biênio da
Colonização e Imigração do Rio Grande do Sul (1974/1974). Dissertação (Mestrado
em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2017.
LIMA, Tatiane de. As comemorações do Biênio da Colonização e Imigração do Rio
Grande do Sul (1974-1975) e o discurso oficial de integração étnica. In: ARENDT,
Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.).
Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos
Editora, 2018, p. 983-995.
LIMBERGER, Eliane Terezinha dos Santos. Neu-Württemberg: uma colônia alemã no
século XX (RS). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade de Passo Fundo,
2005.
LIMBERGER, Emiliano J. K. Amstad & o cooperativismo na região de Gramado. In:
DAROS, Marilia; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Gramado. Porto
Alegre: EST, 1995, p. 106-108.
LIMBERGER, Emiliano J. K. Colônia de São Pedro: reflexões toponímicas. In: ELY,
Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
LIMBERGER, Emiliano J. K. “Deutscher“ & “Teuter“. In: ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e memória: 180 anos de imigração
alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 334-336.
LIMBERGER, Emiliano J. K. Os “Deutschenfresser” de nossa “nacionalização”. In:
Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades
Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
LIMBERGER, Emiliano. São Vendelino: caleidoscópio. In: Anais do IX Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (São
Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
LIMBERGER, Miguel (org.). Coletânea literária santa-cruzense. Passo Fundo:
Berthier, 1984.
LINCK, Márcio. Para além do ambientalismo – uma história em duas décadas. São
Leopoldo: Editora OIKOS, 2007.
LINCK, Márcio. Gestão ambiental e ambientalismo em São Leopoldo. In: ARENDT,
Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande: história(s) da
São Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 211-223.

148
LINDOLFO Collor: homenagem por ocasião do centenário do seu nascimento. Estudos
Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 27, n. 122, p. 3-94, 1991.
LINK, Edegar. Die Anfänge der Freikirche der Siebenten-Tags-Adventisten in
Brasilien unter besonderer Berücksichtigung ihrer deutschen Wurzeln (1890-
1914/15). Dissertação (Mestrado em Teologia) – Theologische Hochschule Friedensau,
Möckern-Friedensau/Alemanha, 2014.
LINK, Eugênio Roberto. Elevação das vogais médias átonas em posição final
absoluta em Esquina Barra Funda – Novo Machado – RS. Dissertação (Mestrado
em Letras) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.
LISBOA, Karen Macknow. Mundo novo, mesmo mundo: viajantes de língua alemã no
Brasil (1893-1942). São Paulo: HUCITEC/FAPESP, 2011.
LOCKS, Eliane Conceição Santos. Os imigrantes alemães e a conquista do território
leopoldense. In: Anais do XIV Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Colonização e imigração no contexto das comemorações dos 500 anos: os
imigrantes descobrem o Brasil (São Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
LOEFFLAD, F. et al. Centenário da colonização alemã em Rio Pardinho –
Município de Santa Cruz do Sul –1852-1952. Santa Cruz do Sul: Bins & Rech, 1952.
LOEW, Ulrich. Cinquentenário de Panambi. Ijuí: s. e., 1949.
LOHBAUER, Christian. Aproximação e distanciamento: as relações entre o Brasil e a
República Federal da Alemanha, de 1964 a 1994. Tese (Doutorado em Ciência Política)
– Universidade de São Paulo, 1999.
LOHMANN, Eloi. O Lohmanismo no Brasil. In: Anais do 4º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1980). São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1987.
LOHMANN, Werno. Dados sobre a história das igrejas no município de Teutônia. In:
Anais do IV e V Seminário Nacional de Pesquisadores das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
LOHMANN, Werno. Museu familiar: museu da família Lohmann. In: Anais do VI
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos, 2004.
LOIMEIER, Manfred. Theo Kleine und die deutsch-brasilianische Litertaur: ein
Interwiew. Martius-Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 43/44, 1995/1996.
LOPES, Aristeu Elisandro Machado. “Não vos peço aplausos, a vós que pensais de
maneira diversa”: uma breve introdução à trajetória do imigrante alemão Karl von
Koseritz (1830-1890). In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
LOPES, Maíne Barbosa. A imigração no museu – os museus-casa como espaços de
representação. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização
– Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
LOPES, Maíne Barbosa. Do que se preserva ao que se silencia: João Pedro Schmitt
revisitado. In: Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.

149
LOPES, Renato José. Presença teuta na Câmara Municipal de Santo Antônio da
Patrulha. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto
Alegre: EST, 2010.
LOPES, Rodrigo Alberto. Semear-se (em) um campo de dilemas: uma autoetnografia
de um professor de educação física principiante na zona rural de Ivoti/RS. Dissertação
(Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo,
2012.
LOVATO, Diego Hennig et al. Qualidade visual do patrimônio arquitetônico eclético na
paisagem urbana da área central de Santa Cruz do Sul: o impacto das mídias exteriores.
Revista Jovens Pesquisadores, Santa Cruz do Sul, vol. 6, n. 1, 2016.
LÖW, Robert. Ratschläge und Auskünfte über den Staat Rio Grande do Sul für
Auswanderer und Kolonisten. Porto Alegre: Gundlach, 1909.
LUCAS, Taís Campelo. Nazismo d’além mar: conflitos e esquecimento (Rio Grande
do Sul, Brasil). Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 2011.
LUCAS, Taís Campelo. Cortando as asas do nazismo: a DOPS-RS contra os “súditos do
Eixo”. In: VIANNA, Marly de Almeida Gomes; SILVA, Érica Sarmiento da;
GONÇALVES, Leandro Pereira (orgs.). Presos políticos e perseguidos estrangeiros
na Era Vargas. Rio de Janeiro: Mauad X/FAPERJ, 2014, p. 179-195.
LUCIANO, Evandro Machado; MAGALHÃES, Magna Lima. Liberdade silenciada:
negros no vale do Sinos no período pós-abolição. In: Feira de Iniciação Científica
2012: ciência, tecnologia e inovação – livro de destaques. Novo Hamburgo: FEEVALE,
2012, p. 42-48.
LUCIANO, Evandro Machado. Escravidão no vale do rio dos Sinos: perspectivas e
possibilidades a partir da micro-história. In: XI Seminário de Estudos Históricos: “a
democracia ainda é a questão: reflexões sobre a ditatura civil-militar e a comissão
nacional da verdade”. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2013.
LÜCKER, Reinhold; DICKER, Arno. Entwicklung am Rande des Rio dos Sinos-
Tals. Tübinger Beiträge zur geographischen Lateinamerika-Forschung.
Tübingen/Alemanha: Geographisches Institut der Universität Tübingen, 1987.
LUDWIG, Alfredo. Uma viagem pelo Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Tipografia do
Centro, 1940.
LUEBKE, Frederick C. A prelude to conflict. The German ethnic group in Brazilian
society 1890-1917. Ethnic and Racial Studies, London: Taylor & Francis, vol. 6, n. 1,
p. 1-17, 1983.
LUEBKE, Frederick C. Germans in Brazil: a comparative history of cultural conflict
during World War I. Louisiana/Estados Unidos: Louisiana State University Press, 1987.
LUEBKE, Frederick C. Germans in the New World: essays in the history of
immigration. Urbana/Estados Unidos: University of Illinois Press, 1990.
LUERSEN, Rosane Werkhausen. O vestfaliano em contato com o português no sul do
Brasil. In: Anais do I Fórum Internacional da Diversidade Linguística: por uma
política para a diversidade linguística no ensino de línguas. Porto Alegre: UFRGS,
2007, p. 496-505.

150
LUERSEN, Rosane Werkhausen. A situação de contato plurilíngue no sul do Brasil.
Visões – On Line: Revista Científica da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora,
Macaé, vol. 1, n. 7, p. 70-87, 2009.
LUFT, Lya. As parceiras. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980.
LUFT, Lya. Reunião de família. São Paulo: Siciliano, 1991.
LUFT, Lya. A asa esquerda do anjo. Rio de Janeiro: Record, 2005.
LUMERTZ, Daiane M.; HENDLER, Magali Paulo. Centro ecológico em Dom Pedro de
Alcântara. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto
Alegre: EST, 2010.
LUMERTZ, Lilia K. B.; SCHARDOSIM, Maria L. K. B. Encontros da família Krás
Borges (Kreuzburg). In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do
tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
LUNCKES, Marisete Cristina Soares. Um velho projeto com novos rostos: uma
colônia alemã para a Ponta das Torres. Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 1998.
LUNCKES, Marisete Cristina. Uma colônia alemã para a Ponta das Torres: as razões da
instalação. Estudos Leopoldenses – Série História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 3,
n. 2, p. 33-48, 1999.
LUNELLI, João Paulo. Razões do desenvolvimento sócio-econômico distintivo de
Colônia Nova, distrito do município de Aceguá – RS. Dissertação (Mestrado em
Administração) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2001.
LUNKES, Luciano. Os sons da cozinha – evocação de memórias através dos sons
produzidos no ato de cozinhar. Dissertação (Mestrado Profissional em Memória
Social e Bens Culturais) – Centro Universitário La Salle, Canoas, 2014. [Publicado sob
o mesmo título em: Caxias do Sul: EDUCS, 2015).
LUTTERBECK, Pe. Jorge Alfredo, S. J. Jesuítas no sul do Brasil: capítulos de história
da Missão e Província Sul-Brasileira da Companhia de Jesus. São Leopoldo: Instituto
Anchietano de Pesquisas/UNISINOS, 1977.
LUTZ, Larine. Johann Heinrich Peters – pastor e médico em Forromeco. In: Anais do
XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade –
Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
LUTZENBERGER, José. Gaia: o planeta vivo. Porto Alegre: L&PM, 1990.
LUTZENBERGER, José. Do jardim ao poder. Porto Alegre: L&PM, 1992.
LÜTZOW, Oskar. Deutschtum und Kirche: Anmerkungen zu einem zeitgenössischen
Thema. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 6, n. 1, p. 41-45, 1966.
LÜTZOW, Oskar. “Was denken Sie über die Kirche?”: ein Querschnitt durch die
Meinungsäusserungen in drei Gemeinden der IECLB. Estudos Teológicos, São
Leopoldo: EST, ano 7, n. 2, p. 74-80, 1967.
LUVIZOTTO, Caroline Kraus. Cultura gaúcha e separatismo no Rio Grande do Sul.
São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.
LUZ, João Hecker. Jacob Kroeff – Jacob Kroeff Filho – Jacob Kroeff Netto: o
hoteleiro, o coronel, o intendente – 1855 a 1966. Dissertação (Mestrado em História) –
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

151
LUZ, Maturino Salvador Santos de. Ides todos a José: a arquitetura de José Franz
Seraph Lutzenberger. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) – Universidade Federal do
Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.
MAACK, Reinhard. Die deutsche Literatur ueber die deutsche Einwanderung und
Siedlung in Suedbrasilien. In: Handbook of Latin America Studies. Cambridge
(Mass.)/Estados Unidos: Harvard University Press, 1939.
MACHADO, Alisson. Os Brasis alemães nos documentários de “sotaque” no Rio
Grande do Sul: figurações das identidades sob o signo das diferenças em “Walachai” e
“Berlim Brasil”. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Universidade Federal de
Santa Maria, 2014.
MACHADO, Fábio. Centro de pesquisas históricas: parque Histórico de Lajeado. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e
memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 57-58.
MACHADO, Janete da Rocha. Família Bromberg: da Alemanha para a zona sul de
Porto Alegre (1900-1930). In: Anais do 2º Encontro História, Imagem e Cultura
Visual. Porto Alegre: PUC, 2013.
MACHADO, Janete da Rocha. O veraneio dos alemães na zona sul do Porto Alegre. In:
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos
Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São
Leopoldo: Oikos, 2014, p. 802-818.
MACHADO, Janete da Rocha. O veraneio de antigamente: Ipanema, Tristeza e os
contornos de um tempo passado na zona sul de Porto Alegre (1900-1960). Dissertação
(Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto
Alegre, 2014.
MACHADO, Janete Rocha. Empreendedorismo teuto-rio-grandense: o caso das
Empresas Bromberg & Cia. Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, n. 155, p. 77-104, 2018.
MACHADO, José Antônio Pinheiro. Schneider-Logemann, 50 anos. Porto Alegre:
L&PM, 1995.
MACHADO, Lucas Löff; RADÜNZ, Willian. A pesquisa da língua alemã em
cemitérios do sul do Brasil. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e
rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 540-552.
MACHADO, Lucas Löff. Standard e substandard do alemão em contato com o
português: variação na competência de fala em Hochdeutsch de falantes de
Hunsrückisch. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 2016.
MACHADO, Neli T G.; KREUTZ, Marcos Rogério. Os sacerdotes da Companhia de
Jesus que atuaram como vigário na Paróquia Santo Inácio/Lajeado-RS, entre 1881 a
1928. Revista Destaques Acadêmicos, Lajeado: UNIVATES, ano 1, n. 2, p. 93-107,
1009.
MACHADO, Paulo Pinheiro. Colonizar para atrair: a montagem da estrutura imperial
de colonização no Rio Grande do Sul (1845-1880). Dissertação (Mestrado em História)
– Universidade de Campinas, 1996.

152
MACHADO, Paulo Pinheiro. A política de colonização do Império. Porto Alegre:
Editora da UFRGS, 1999.
MACHADO, Regina Vieira Valle. História e estória em "A ferro e fogo". Estudos
Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, n. 28, p. 101-130, 1974.
MACHADO, Silvio Romero Martins. Nery & Beck: encordoando histórias do tênis.
Porto Alegre: s. e., 2016.
MACIEL, Maria Eunice de Souza. Considerações sobre gaúchos e colonos. In:
Diversidade étnica e identidade gaúcha. Santa Cruz do Sul: Editora da UNISC, 1994,
p. 31-42.
MAGALHÃES, Álvaro. Contribuição alemã no ensino do Rio Grande do Sul através da
ação de padres da Companhia de Jesus. Estudos Leopoldenses, São Leopoldo:
UNISINOS, vol. 16, n. 54, p. 23-30, 1980.
MAGALHÃES, Doris Rejane Fernandes. Fazenda Leão: história da ocupação de uma
fronteira no Rio Grande do São Pedro. Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 1998.
MAGALHÃES, Doris Rejane Fernandes. A família Leão e a ocupação das terras de
Sapiranga, Araricá e Nova Hartz. In: BEMFICA, Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes
de Santo Antônio da Patrulha e Caraá. Porto Alegre: EST, 2000, p. 209-224.
MAGALHÃES, Doris Rejane Fernandes. Terras, senhores, homens livres, colonos e
escravos na ocupação da fronteira no vale do Sinos. Tese (Doutorado em História) –
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2003.
MAGALHÃES, Doris Rejane Fernandes. Sapiranga: 50 anos de município, mais de
200 de História. Porto Alegre: Alcance, 2005.
MAGALHÃES, Doris Rejane Fernandes. As questões de terra: comparando casos no
vale do Sinos. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
MAGALHÃES, Doris Rejane Fernandes. A construção da fronteira no vale do Sinos:
diversidade e inserção no projeto sulino de ocupação português/brasileiro. In: Anais do
XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações
Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
MAGALHÃES, Doris Fernandes. Lugar de memória: estudo de caso do Museu
Municipal de Sapiranga. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia
(orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e
preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 255-271.
MAGALHÃES, Magna Lima. Negras memórias: a trajetória da Sociedade Cruzeiro do
Sul. In: NUNES, Margarete F. (org.). Diversidade e políticas afirmativas: diálogos e
intercursos. Novo Hamburgo: Feevale, 2005, p. 117-133.
MAGALHÃES, Magna Lima. Espaço negro em reduto alemão: a Associação Cruzeiro
do Sul, ações e contribuições. In: Anais do VIII Encontro Estadual de História da
ANPUH-RS. 2006.
MAGALHÃES, Magna Lima. Entre a presteza e a brancura brilha o Cruzeiro do
Sul: associativismo e identidade negra em uma localidade teuto-brasileira (Novo

153
Hamburgo/RS). Tese (Doutorado em História) – Universidade do Vale do Rio dos
Sinos, São Leopoldo, 2010.
MAGALHÃES, Magna Lima. Entre a presteza e a brancura brilha o Cruzeiro do Sul:
associativismo negro em uma localidade teuto-brasileira. In: ARENDT, Isabel C.;
WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande: história(s) da São
Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 203-210.
MAGALHÃES, Magna Lima. Entre a presteza e a brancura brilha o Cruzeiro do Sul:
associativismo negro em uma localidade teuto-brasileira. In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 84-90.
MAGALHÃES, Magna Lima. Associativismo e sociabilidade negra em Novo
Hamburgo/RS. In: MARTINS, Maria Cristina Bohn; MOREIRA, Paulo Roberto Staudt.
Uma história em escalas: a microanálise e a historiografia latino-americana. São
Leopoldo: OIKOS, 2012.
MAGALHÃES, Magna Lima; SCHEMES, Claudia. Mulheres e o associativismo negro
em Novo Hamburgo (RS). Revista Latino-Americana de História, São Leopoldo:
UNISINOS, vol. 2, n. 9, p. 217-232, 2013.
MAGALHÃES, Magna Lima. Maria: emoções e ações de uma cativa em São Leopoldo
no século XIX. In: XXVIII Simpósio Nacional de História. Florianópolis: ANPUH,
2015.
MAGALHÃES, Magna Lima. Crônicas e notas: a imprensa hamburguense e o 13 de
maio. In: MARONEZE, Luiz Antonio Gloger (org.). Histórias de Novo Hamburgo: 90
anos. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2017, 197-216.
MAGALHÃES, Magna Lima; BENDER, Lucas Petry. Histórias desveladas: os
processos-crime como fonte histórica. In: MARONEZE, Luiz Antonio Gloger (org.).
Histórias de Novo Hamburgo: 90 anos. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2017, p. 217-
234.
MAGALHÃES, Magna Lima. Associativismo negro no Rio Grande do Sul. São
Leopoldo: Trajetos Editorial, 2017.
MAGALHÃES, Marionilde Dias Brepohl de. Pangermanismo e nazismo: a trajetória
alemã rumo ao Brasil. Campinas: UNICAMP, 1998.
MAGALHÃES, Symphronio de. Contra o hitlerismo: pela integridade das nações
americanas. Rio de Janeiro: Estabelecimento Graphico Apollo, 1939.
MAGEDANZ, Ariberto. Linha Clara, Teutônia, e os 180 anos de imigração alemã
no RS. Teutônia: Edição do autor, 2004.
MAGNO, Gabriela Luiza; NEUMANN, Rosane Marcia. A propaganda de terras da
Sociedade Territorial Mosele, Eberle, Ahrons & Cia (década de 1920). In: ZANOTTO,
Gizele (org.). Anais do IV Congresso Internacional História, Regiões e Fronteiras
(vol. I). Passo Fundo: UPF, 2018, p. 423-430.
MAGNUS, Fátima Hainzenreder. Trajetória da educação das escolas municipais de
Dom Pedro de Alcântara. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas
do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
MAHP. Panambi: de colônia a município. Panambi: Editora Brüning Ltda., 2003.

154
MAHRENHOLTZ, Hans. Auswanderungen nach Brasilien in den Jahren 1823, 1824
und 1825. Nord-deutsche Familienkunde, vol. 6, 1962-1964.
MAIA, Camila Jacob. Trajetória de Pe. Roberto Egydio Pezzi em Dom Pedro de
Alcântara. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto
Alegre: EST, 2010.
MALHEIROS, Adil Alves. Panambi, o vale das borboletas azuis. Santa Rosa: Kunde,
1990.
MALLMANN, Josiane. Patrimônio cultural de Joaneta: história, memória e paisagem
natural. In: In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 39-56.
MALLMANN, Orestes Josué. Família Mallmann: do Hunsrück para o mundo. São
Leopoldo: OIKOS, 2015.
MALSCHITZKY, Harald. O tema da IECLB para 1982: terra de Deus – terra para
todos. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 23, n. 1, p. 98-104, 1983.
MALTZAHN, Gislaine Maria. A transmissão do saber-fazer o peito de ganso defumado
entre famílias pomeranas na região sul do Rio Grande do Sul. In: Anais do II Encontro
Internacional de Ciências Sociais: as ciências sociais e os desafios para o século
XXI. Pelotas: UFPEL, 2010.
MALTZAHN, Gislaine Maria. Família, ritual e ciclos de vida: estudo etnográfico
sobre narrativas pomeranas em Pelotas (RS). Dissertação (Mestrado em Ciências
Humanas) – Universidade Federal de Pelotas, 2012.
MALTZAHN, Paulo César. Construção e formação da identidade étnica do teuto-
brasileiro na região sul (RS – São Lourenço do Sul – e SC – Pomerode) na atualidade
(final do século XX até os dias atuais). In: Anais do XVIII Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos,
2009.
MALTZAHN, Paulo César. A construção da identidade étnica teuto-brasileira em
São Lourenço do Sul (década de 1980 até os dias atuais). Tese (Doutorado em
História) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.
MALTZAHN, Paulo César. A língua alemã como marcador de identidade étnica em
São Lourenço do Sul. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 684-709.
MALTZAHN, Paulo César. A construção da identidade étnica teuto-brasileira em São
Lourenço do Sul (década de 1980 aos dias atuais). In: RAMOS, Eloisa Helena
Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da
imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 1751-1765.
MANFROI, Lília Sentinger. Caringi – agora estou ali em bronze. Porto Alegre: AGE,
2005.
MANFROI, Olívio. Imigração alemã e italiana – estudo comparativo. In: Instituto
Superior Brasileiro-Italiano de Estudos e Pesquisa (ed.). Imigração italiana: estudos.
Porto Alegre/Caxias do Sul: Escola Superior de Teologia São Lourenço de
Brindes/Universidade de Caxias do Sul, 1979, p. 185-197.

155
MANGANELLI, Ernani Raupp. Família Raupp: migrações. In: ELY, Nilza Huyer.
Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
MANN, Henrique. História da música do Rio Grande do Sul no século XX. Porto
Alegre: Tchê, 2002.
MARCHANT, Alexander. Writings in English, French, Italian and Portuguese
concerning the German colonies in southern Brazil. In: Handbook of Latin American
Studies. Cambridge/Mass./Estados Unidos: Harvard University Press, 1939.
MARCHI, Olga P. Saudação ao imigrante. In: Anais do 3º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1978). São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
MARCON, Itálico. A poesia de Augusto Meyer e Raul Bopp. In: Anais do 1º Simpósio
de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São
Leopoldo, 1974.
MARLOW, Sérgio Luiz. Nacionalismo e Igreja: a Igreja Luterana – Sínodo Missouri –
nos “porões” do Estado Novo. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade
Federal do Espírito Santo, Vitória, 2006.
MARLOW, Sérgio Luiz. Igreja Luterana-Sínodo de Missouri: uma igreja de imigrantes
no cenário estado-novista. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
MARLOW, Sérgio Luiz. O discurso dos luteranos-“missourianos” durante a Segunda
Guerra Mundial. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 507-519.
MARLOW, Sérgio Luiz. Confessionalidade a toda prova: o Sínodo Evangélico
Luterano do Brasil e a questão do germanismo e do nacional-socialismo alemão durante
o governo de Getúlio Vargas no Brasil. Tese (Doutorado em História) – Universidade
de São Paulo, 2013.
MARLOW, Sérgio Luiz. A perseguição a luteranos durante as décadas de 1930 e 1940
no Brasil: o caso do Sínodo Missouri no Rio Grande do Sul. Horizonte, Belo
Horizonte: PUCMG, vol. 12, n. 33, p. 121-140, 2014.
MARLOW, Sérgio Luiz. Festas entre os luteranos: comemorações e controvérsias em
torno do germanismo. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 404-416.
MARLOW, Sergio Luiz. O “bom imigrante”: as religiosidades católica e protestante
luterana como fator de identidade nacional (ou não) durante o Estado Novo. Oficina do
Historiador, Porto Alegre: PUCRS, vol. 10, n. 2, p. 77-92, 2017.
MARONEZE, Luiz Antonio Gloger (org.). Histórias de Novo Hamburgo: 90 anos.
Novo Hamburgo: FEEVALE, 2017.
MARONEZE, Luiz Antonio Gloger; SILVA, Cristina Ennes; PRODANOW, Cleber
Cristiano. A cidade de Ercílio Rosa: crônica e imaginário de Novo Hamburgo na década
de 1940. In: MARONEZE, Luiz Antonio Gloger (org.). Histórias de Novo Hamburgo:
90 anos. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2017, p. 83-104.

156
MARQUES, Elisa Paula. O imigrante desejável, segundo a medicina psiquiátrica dos
anos 30. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
MARQUES, Flávia Charão; MENASCHE, Renata; TONEZER, Cristiane;
GENESSINI, Alex. Circulação de alimentos: dádiva, sociabilidade e identidade. In:
MENASCHE, Renata (org.). A agricultura familiar à mesa: saberes e práticas da
alimentação no Vale do Taquari. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007.
MARQUES, Luiz Alberto de Souza. Memórias de um professor: a instigante história de
vida do professor Frederico Michaelsen – de imigrante contratado como soldado
mercenário na guerra contra Rosas em 1851 (Argentina) a professor primário em
colônia alemã do Rio Grande do Sul. História da Educação, Pelotas: UFPel, vol. 14, n.
30, p. 181-205, 2010.
MARQUES, Mário Osório. Universidade emergente. O Ensino Superior Brasileiro em
Ijuí, de 1957 a 1983. Ijuí: FIDENE, 1984.
MARQUES, P. E. M. et al. A agricultura familiar, conselhos municipais de
desenvolvimento rural e políticas públicas no Vale do Taquari, Rio Grande do Sul. In:
SABOURIN, Eric et al. (orgs.). Agricultura familiar, interação entre políticas
públicas e dinâmicas locais: ensinamentos a partir de casos. Porto Alegre: Editora da
UFRGS, 2007.
MARQUES, Teresinha Maria Furlanetto. Navegar era preciso, ainda é?: a Companhia
de Navegação Arnt e o Vale do Taquari. Dissertação (Mestrado em História) –
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1999.
MARRERO, Andrea Rita. História genética dos gaúchos: dinâmica populacional do
sul do Brasil. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.
MARSCHALCK, Peter. Deutsche Überseewanderung im 19. Jahrhundert: ein
Beitrag zur soziologischen Theorie der Bevölkerung. Stuttgart: Ernst Klett Verlag,
1973.
MÁRSICO, Gladstone O. Cogumelos de outono. Porto Alegre: Movimento, 1972.
MARSON, Ana Maria Rodrigues. Vianna Moog, ensaísta e ficcionista – cotejo entre
suas concepções e suas práticas narrativas. Dissertação (Mestrado em Letras) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
MARTIN, Clairto. Da história da árvore lunar à moderna consciência ecológica em
Santa Rosa. Santa Rosa: Editora Café Pequeno, 2013.
MARTIN, Hardy Elmiro. Santa Cruz do Sul: de colônia a freguesia 1849-1859. Santa
Cruz do Sul: APESC, 1979.
MARTIN, Hardy Elmiro. Participação da comunidade evangélica de Santa Cruz na
fundação do Sínodo Riograndense. In: Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo:
Editora Sinodal, 1986.
MARTIN, Hardy Elmiro. A comunidade evangélica de Santa Cruz do Sul no século
passado. In: Anais do 4º IV Simpósio de História da Imigração e Colonização
Alemã no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico
de São Leopoldo, 1987.

157
MARTIN, Hardy Elmiro. Recortes do passado de Santa Cruz do Sul. Santa Cruz do
Sul: EDUNISC, 1999.
MARTIN, Hardy Elmiro. A imprensa em Santa Cruz do Sul. In: Anais do VII
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1986). Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
MARTINELLI, Adriana M. H; NEUMANN, Rosane Marcia. Novo Xingu: colônia –
distrito – município. São Leopoldo: OIKOS, 2012.
MARTINELLI, Ursula Axt. Imagens de um álbum de família. Porto Alegre: Editora
Paiol, 2016.
MARTINS, Liége; TEIXEIRA, Maria M. Schefer. Memórias do tempo: fatos de Arroio
do Sal. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto
Alegre: EST, 2010.
MARTINS, Regiani Müller. O nacionalismo em Taquara 1942/45. In: Anais do IV
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1987.
MARTINS, Rodrigo Perla; BECKER, Gisele. O vale do Rio dos Sinos e a inserção
internacional do Brasil no contexto do nacional-desenvolvimentismo: 1968-1978. In:
ARAÚJO, Margarete Panerai; BAUER, Maristela Mercedes (orgs.) Desenvolvimento
regional e responsabilidade social. Novo Hamburgo: Feevale, 2005, p. 81-88.
MARTINS, Rosani Milbrath. Os pomeranos e a formação das comunidades livres: o
caso da comuna escolar religiosa Palmeira. Pelotas: s. e., 1995.
MARTINS, Tiago Costa (org.). (Re)pensar o desenvolvimento de Itaara: discussões
acadêmicas em prol do município – quatro estudos sobre história, geografia, economia e
turismo. Itaara: Câmara Municipal de Vereadores, 2008.
MARTINS, Tiago C. Os alemães no território de Itaara. In: MARTINS, Tiago C.;
GUIMARÃES E SILVA, Marcela (orgs.). Breve História da Colônia Philippson,
Itaara, RS. São Borja: Conceito, 2012, p. 29-31.
MARTINY, Carina. Das presenças e ausências: as Atas da Câmara Municipal de São
Sebastião do Caí (1875 a 1892) como fonte de pesquisa. Anais do 9º Encocntro
Estadual de História – Vestígios do Passado: a História e suas fontes. Porto Alegre:
ANPUH/RS, 2008.
MARTINY, Carina. O ordenamento da vila: o Código de Posturas de São Sebastião do
Caí (final do século XIX). Anais da 6ª Mostra de Pesquisa do Arquivo Público do
Estado do Rio Grande do Sul: Produzindo História a partir de fontes primárias.
Porto Alegre: CORAG, 2008, p. 295-318.
MARTINY, Carina. A elite política local de uma região marcada pela imigração (final
do século XIX). In: Anais do 25º Simpósio Nacional de História: por uma (est)ética
da beleza na História. Fortaleza: ANPUH, 2009.
MARTINY, Carina. “[...] a fim de preservar-se a população deste município [...]”: a
saúde pública na pauta da municipalidade de São Sebastião do Caí no final do século
XIX. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
MARTINY, Carina. Para além da política: considerações acerca do surgimento da Vila
de São Sebastião do Caí (segunda metade do século XIX). In: Anais do X Seminário

158
Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras.
Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
MARTINY, Carina. A presença teuta na política local: família e poder em São
Sebastião do Caí no final do século XIX. In: COSTA, Miguel Ângelo S. da et al.
(orgs.). Explorando possibilidades: experiências e interdependências entre imigrantes
alemães, seus descendentes e outros mais no Brasil Meridional. Santa Cruz do Sul:
EDUNISC, 2009, p. 68-98.
MARTINY, Carina. Uniões estratégicas: uma família que se fez elite. In: Anais do XIX
Simpósio de História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e
espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
MARTINY, Carina. “Os seus serviços públicos e políticos estão de certo modo
ligados à prosperidade do município”: constituindo redes e consolidando o poder:
uma elite política local (São Sebastião do Caí, 1875-1900). Dissertação (Mestrado em
História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2010.
MASCHLER, Elisabeth. Im Gürtel des Orion: Geschichten um ein Leben in
Südbrasilien und Deutschland. Waldburg/Alemanha: Drumlin Verlag, 2003.
MASCHLER, Elisabeth. De longe também se ama: recordações de uma vida no sul do
Brasil e Alemanha. São Leopoldo: Rotermund/Sinodal, 2004.
MASCHLER, Elisabeth. Manchmal. Martius-Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 52,
2005.
MASCHLER, Max. Kommt und singet! Deutschbrasilianisches Liederbuch für Schule
und Haus: Es tönen die Lieder, neue Folge. São Leopoldo: Rotermund, 1938.
MASSING, Egon Ricardo. Genealogia de Peter Massing e Bárbara Scheib e Martin
Massing e Catharina Altenhofen. São Leopoldo: s. e., 1997.
MASSMANN, Bárbara Teresa. A Empresa Colonizadora Schmitt & Cia. e seu
complexo colonial. In: Anais Eletrônicos do II Congresso Internacional de História
Regional. Passo Fundo: UPF, 2013.
MASSMANN, Bárbara Teresa. A Empresa Colonizadora Schmitt & Cia. e seu
complexo colonial, 1897-1923. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz;
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e
rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p.1338-1353.
MASSMANN, Bárbara Teresa. Movimentos migratórios: a migração interna no Rio
Grande do Sul – Colônia Alto Jacuhy. In: Anais Eletrônicos do III Congresso
Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2015.
MASSON, Alceu. Caí – monografia. São Sebastião do Caí: Prefeitura Municipal,
1940.
MATTE, Hubert. O luteranismo desbotado: um estudo sobre as escolas luteranas na
região metropolitana de Porto Alegre. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) –
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
MATTER, Suelen Scholl. Construções de identidade étnica entre grupos teuto-
brasileiros católicos de canto coral. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz;
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e
rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1035-1051.

159
MATTER, Suelen Scholl. “A encantadora tradição germânica”: uma etnografia da
música entre “coralistas católicos” e “descendentes de alemães” na encosta da serra
gaúcha. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Federal do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 2014.
MAUCH, Cláudia; VASCONCELLOS, Naira (orgs.). Os alemães no sul do Brasil –
cultura, etnicidade, história. Canoas: Editora da ULBRA, 1994.
MAURO, Suzeli. Uma história da matemática escolar desenvolvida por
comunidades de origem alemã no Rio Grande do Sul no final do século XIX e
início do século XX. Tese (Doutorado em Matemática) – Universidade Estadual
Paulista, Rio Claro, 2005.
MAY, Aparecida Mendes et al. Pesquisa sobre arquitetura eclética em Santa Cruz do
Sul e mídias exteriores. Revista Jovens Pesquisadores, Santa Cruz do Sul, vol. 3, n. 2,
p. 48-58, 2013.
MAYER, Leandro. O medo e o silêncio no contexto da campanha de nacionalização do
Estado Novo (1937-1945). In: FRANZEN, Douglas Orestes; MAYER, Leandro (orgs.).
Porto Novo 90 anos: perspectivas históricas e contemporâneas. São Leopoldo: OIKOS,
2016, p. 161-178.
MAYER, Leandro. “O triste fim de Anton Kliemann”: a campanha de nacionalização
e seus desdobramentos no oeste de Santa Catarina. Dissertação (Mestrado em História)
– Universidade de Passo Fundo, 2016. [Publicado como O retrato da repressão: as
perseguições a alemães no oeste de Santa Catarina durante o Estado Novo (1937-
1945). São Leopoldo, OIKOS, 2017].
MAZO, Janice Zarpellon. A emergência e a expansão do associativismo desportivo
em Porto Alegre (1867-1945): espaço de representação da identidade cultural teuto-
brasileira. Tese (Doutorado em Ciências do Desporto) – Universidade do Porto,
Porto/Portugal, 2003.
MAZO, Janice Zarpellon. Associações esportivas de Porto Alegre – RS, 1871-1941. In:
MAZO, Janice Zarpellon; REPPOLD Filho, Alberto Reinaldo (orgs.). Atlas do esporte
no Rio Grande do Sul. Porto Aleger: CREF2/RS, 2005.
MAZO, Janice Zarpellon; REPPOLD Filho, Alberto Reinaldo. Sports associativism,
German-Brazilian identity and the rise of sports in Porto Alegre, Brazil. In:
PAPANIKOS, Gregory T. (org.). International research of sports economics and
production. Atenas/Grécia: Athens Institute of Education and Research, 2005, p. 309-
314.
MAZO, Janice; GAYA, Adroaldo Cesar Araujo. As associações desportivas em Porto
Alegre (Brasil): espaço de representação da identidade cultural teuto-brasileira. Revista
Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto/Portugal: Universidade do Porto, vol. 6, n.
2, p. 205-216, 2006.
MAZO, Janice Zarpellon; GAYA, Adroaldo. As associações desportivas em Porto
Alegre, Brasil: espaço de representação da identidade cultural teuto-brasileira. Revista
Portuguesa de Ciências dos Desportos, Porto/Portugal, vol. 6, n. 2, p. 205-213, 2006.
MAZO, Janice. A nacionalização das associações esportivas em Porto Alegre (1937-
1945). Movimento, Porto Alegre: UFRGS, vol. 13, p. 43-63, 2007.
MAZO, Janice. Associativismo Esportivo Intercultural em Porto Alegre: a fundação dos
primeiros clubes teuto-brasileiros no século XIX. In: MORANGAS, Miguel de;

160
COSTA, Lamartine Pereira da (orgs.). Universidad y Estudios Olímpicos –
Universidade e estudos olímpicos – University and Olympic Studies: Seminários
España-Brasil (2006). Barcelona/Rio de Janeiro: Universitat Autónoma de
Barcelona/Centre d’Estudis Olimpics/Editora Gama Filho, 2007, vol. 1, p. 491-503.
MAZO, Janice; MADURO, Paula. A trajetória de um atleta olímpico gaúcho: Willy
Seewald, o admirável lançador. In: REPPOLD Filho, Alberto Reinaldo; PINTO, Leila
Mirtes Magalhães; RODRIGUES, Rejane Penna; ENGELMAN, Selda (orgs.).
Olimpismo e Educação Olímpica no Brasil. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009,
vol. 1, p. 231-240.
MAZO, Janice. Banco de dados das associações esportivas e de educação física de
Porto Alegre (1867-1945). Novo Hamburgo: FEEVALE, 2010.
MAZO, Janice Zarpellon; LYRA, Vanessa Bellani. Nos rastros da memória de um
“Mestre da Ginástica”. Motriz, Rio Claro, vol. 16, n. 4, p. 967-976, 2010.
MAZO, Janice; FROSI, Tiago; MADURO, Paula. O atleta olímpico brasileiro Willy
Seewald: memórias do primeiro recordista nacional de lançamento de dardo. Revista
Brasileira de Ciências do Esporte, Curitiba: Colégio Brasileiro de Ciências do
Esporte, vol. 34, p. 537-555, 2012.
MAZO, Janice Zarpellon; PEREIRA, Ester Liberato. Primórdios do esporte no Rio
Grande do Sul: os imigrantes e o associativismo esportivo. In: GOELLNER, Silvana
Vilodre; MÜHLEN, Johanna Coelho von (orgs). Memórias do esporte e do lazer no
Rio Grande do Sul. Porto Alegre: FUNDERGS, 2013, p. 15-26.
MAZO, Janice Zarpellon; SILVA, Carolina Fernandes da; BAIA, Anderson da Cunha.
O itinerário de um atleta olímpico não medalhista: Willy Seewald (*1900+1929).
Motrivivência, Florianópolis: UFSC, vol. 29, p. 157-173, 2017.
MEIER, Johannes. “Totus mundus nostra fit habitatio”: Jesuitas del territorio de lengua
alemana en la América portuguesa y española. In: Anais do XVIII Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São
Leopoldo: Oikos, 2009.
MEINERZ, Marcos Eduardo. O imaginário da formação do IV Reich na América
Latina após a Segunda Guerra Mundial (1960-1970). Dissertação (Mestrado em
História) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2013.
MEINERZ, Marcos Eduardo. “O Reich de mil anos”: o imaginário conspiratório da
sobrevivência nazista após a Segunda Guerra Mundial. Tese (Doutorado em História) –
Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2018.
MEINKE, Silvio. Horizontes e raízes – histórias de sesmarias e de picadas. São
Leopoldo: OIKOS, 2011.
MEIRELLES, Suzi Schefer. Outra vez... o Vale das Borboletinhas Azuis. Panambi:
Bühring, 2008.
MEISINGER, Luiz. Humor aus der Kolonie: heitere Erlebnisse und Begebnisse aus
den riograndenser deutschen Kolonien. Ijuí: Livraria Serrana, s. d.
MELLO, Angélica Maria Ruiz. Efeitos subjetivos da campanha de nacionalização de
Getúlio Vargas sobre os descendentes de imigrantes alemães na região de Santa
Cruz do Sul/RS. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Santa
Maria, 2002.

161
MELLO, Angélica Maria Ruiz. Efeitos subjetivos da campanha de nacionalização de
Getúlio Vargas sobre os descendentes imigrantes alemães na região de Santa Cruz do
Sul/RS. In: Anais do II Congresso Brasileiro de História da Educação. Natal, 2002.
MELLO, Angélica Maria Ruiz. Efeitos subjetivos da campanha de nacionalização de
Getúlio Vargas sobre os descendentes de imigrantes alemães na região de Santa Cruz do
Sul/RS. In: Anais do VI Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos,
2004.
MELLO, Angélica Maria Ruiz. A campanha de nacionalização e os teuto-brasileiros. In:
DREHER, Martin N. et al. (orgs.). Imprensa & imigração. Porto Alegre/São
Leopoldo: EST/Instituto Histórico de São Leopoldo, 2004, p. 449-455.
MELLO, Eliane de. “Esses alemão têm que se convencer que não mandam mais na
cidade...”: relações entre sociedade receptora e (i)migrantes em Panambi na década de
1970. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos,
São Leopoldo, 2006.
MELLO, Eliane de. A construção das relações interétnicas num núcleo de colonização
alemã: o caso de Panambi. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
MELLO, Eliane de. “Agora tu tá no Brasil e tu tem que aprender falar alemão...”:
relações entre nacionais, imigrantes e teutos em Neu-Württemberg – atual Panambi. In:
Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e
Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
MELLO, Juliane Cardozo de. Novelas de Carlos de Koseritz: resgate e análise. In:
OURIQUE, João Luís Pereira; BORGES, Francieli Daiane; HOFF, Patrícia Cristine
(orgs.). Anais do II Seminário Interinstitucional de Pesquisa. Pelotas: UFPel/Centro
de Letras e Comunicação, 2012.
MELLO, Juliane Cardozo de. Carlos de Koseritz: reiluminando sua biografia e suas
obras românticas esquecidas. Dissertação (Mestrado em História da Literatura) –
Universidade Federal de Pelotas, 2013.
MELLO, Leda Collor (org.). Retrato de Lindolfo Collor. Santos: s. e., 1990.
MEMÓRIA de Santa Cruz do Sul: preservação e valorização da paisagem em núcleos
de imigração alemã e italiana no Rio Grande do Sul. Santa Cruz do Sul: Prefeitura
Municipal, s. d.
MENASCHE, Renata (org.). A agricultura familiar à mesa: saberes e práticas da
alimentação no Vale do Taquari. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007.
MENASCHE, Renata; SCHMITZ, Leila Claudete. Agricultores de origem alemã,
trabalho e vida: saberes e práticas em mudança em uma comunidade rural gaúcha. In:
MENASCHE, Renata (org.). A agricultura familiar à mesa: saberes e práticas da
alimentação no Vale do Taquari. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007.
MENASCHE, Renata; SCHMITZ, Leila Claudete. Agricultores de origem alemã:
trabalho e vida. In: GODÓI, Emilia Pietrafesa de; MENEZES, Marilda Aparecida de;
MARIN, Rosa Acevedo (orgs.). Diversidade do campesinato: expressões e categorias
– História Social do Campesinato no Brasil (tomo IV). São Paulo: Editora da UNESP,
2009 (vol. I), p. 163-184.

162
MENDES, Nicolau. Combatendo a 5ª coluna. Ijuí: s. e., 1943.
MENDONÇA, Renato. O homem que enganou o tempo: a vida do doutor Gabriel
Schlatter. (sem indicações).
MENDONÇA, Renato. Hospital Schlatter. Porto Alegre: Palotti, 2010.
MENDONÇA, Renato. A trilha de Luiz e Malvina Englert e seus filhos. Porto
Alegre: Edição do autor, 2012.
MENEGHEL, Stella Nazareth; HENNINGTON, Élida Azevedo. A rota crítica das
mulheres no Brasil – aspectos preliminares do estudo em São Leopoldo. In:
MENEGHEL, Stella Nazareth (org.). Rotas Críticas: mulheres enfrentando a violência.
São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2007.
MENEGHEL, Stella Nazareth; MOURA, Rosylaine. Suicídio, cultura e trabalho em
município de colonização alemã no sul do Brasil. Interface – comunicação, saúde e
educação, Botucatu: UNESP, vol. 22, n. 67, p. 1135-1146, 2017.
MENEZES, Albene Miriam F. O Brasil e Alemanha: a questão da complementaridade
econômica nos anos trinta. In: Anais do XI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: 170 anos de imigração alemã. São Leopoldo: Oikos, 2009.
MENEZES, João B. Município de Santa Cruz do Sul. Santa Cruz do Sul: Typografia
Lamberts & Riedel, 1914.
MENEZES, João Bittencourt de. Município de Santa Cruz. Santa Cruz do Sul:
EDUNISC, 2005.
MENEZES, Naida. O passar dos tempos e a educação: a excelência na história do
Colégio Farroupilha. Porto Alegre: s. e., 2012.
MENGUE, Deise C. História da Gruta Na. Sra. de Lourdes. In: ELY, Nilza Huyer. Dom
Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
MENGUE, Deise C.; BERNST, Marília K. Paulo. Histórico do grupo de danças alemãs
Tanz macht Freunde. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do
tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
MENKE, Josef. Unter Gauchos und deutschen Siedlern in Südbrasilien. Trier:
Paulinos Verlag, 1960.
MENTZ, Claudia Martins. Em busca de um paraíso: o messianismo em La guerra del
fin del mundo e Videiras de cristal. Dissertação (Mestrado em Letras) – Pontifícia
Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1998.
MENZ, Aloysio. A longa espera: a história comovente de dois casais de imigrantes.
Nova Petrópolis: Editora Amstad, 1992.
MENZ, Maximiliano M. Os escravos da Feitoria do Linho Cânhamo: trabalho, conflito
e negociação. Afro-Ásia, Salvador: UFBA, n. 32, p. 139-158, 2005.
MÉRCIO, Bayard de Toledo. Longe do Reno: uma resposta a Vianna Moog. Porto
Alegre: Oficinas Gráficas do Instituto Técnico Profissional do Rio Grande do Sul, 1940.
MERTIN, Ray-Güde. Anotações sobre a situação de autores alemães exilados no Brasil.
In: III Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre:
Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.

163
MERTZ, Marli. A agricultura familiar no Rio Grande do Sul – um sistema agrário
“colonial”. Ensaios, Porto Alegre: FEE, vol. 25, n. 1, p. 277-298, 2004.
MESSA, Rosângela Markmann. O papel do dialeto no desempenho de alunos na prova
de proficiência Deutsches Sprachdiplom I. Contingentia, Porto Alegre: UFRGS, vol. 3,
n. 1, p. 51-68, 2008.
MESSA, Rosângela Markmann. O papel do dialeto no aprendizado do alemão
padrão. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Universidade do Vale do
Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2009.
MESSELE-WIESER, Sandra; WIESER, Lothar. Neues Heimatland Brasilien: Texte
und Bilder zur kulturellen Entwicklung der deutsch-brasilianischen Bevölkerung in
Südbrasilien. Göttingen/Alemanha: Niedersächsische Staats- und
Universitätsbibliothek, 1993.
MESSELE-WIESER, Sandra. Brasilien – Brasil: Ferdinand Schlatter, der Lindauer
Maler in Rio Grande do Sul – o pintor de Lindau no Rio Grande do Sul.
Baunau/Alemanha: Spurbuch Verlag, 2013.
METTMANN, Walter. A literatura brasileira na Alemanha. In: II Colóquio de Estudos
Teuto-Brasileiros. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 1974.
METZEN, Bruno. Harmonia – colmeia do trabalho, sementeira de vocações, celeiro
de músicos. São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2000.
METZEN, Bruno; SCHMITZ, Vera Maria Steffen. São Pedro da Serra: uma história
de trabalho, respeito e honestidade. Erechim: Edelbra, 2000.
METZLER, Franz. Katholikenversammlung in Colonia Selbach, 1932. Porto Alegre:
Tipografia do Centro, 1932.
METZLER, Franz. Die Katholikenversammlung Porto Novo. Porto Alegre:
Typographia do Centro, 1934.
METZLER, Franz. Um Volkstum und Vaterland. Porto Aleger: Comp. Metzler, 1936.
METZLER, Franz. Volkstum und Volksgemeinschaft – Was ist Volkstum – was
Volksgemeinschaft? Porto Alegre: Comp. Metzler, 1937.
METZLER, Franz. Pelo tradicionalismo e pela pátria. Porto Alegre: Tipografia do
Centro, s. d.
METZLER, Franz. Deutschbrasilianische Auseinandersetzung. Porto Alegre:
Companhia Metzler, 1937.
METZLER, Hedwig. A família Hugo Metzler no Brasil. Porto Alegre: A Nação,
1972.
METZLER, Hugo. Bei den Deutschen in Rio Grande Nordwest – Ein Ritt durch's
Land der „Sieben Missionen“. Porto Alegre: Hugo Metzler, 1911.
METZLER, Hugo. Vor 25 Jahren – Erinnerungen und Erlebnisse. Porto Alegre:
Typographia do Centro, 1916.
METZLER, Hugo. Durch Südbrasilien: Reiseeindrücke. Hamburgo/Alemanha: St.
Raphaelsverein, 1924.
METZLER, Hugo. Aus 60 Jahren! Bildausschnitte aus meinem Leben. Porto Alegre:
Typographia do Centro, 1928.

164
METZLER, Hugo. Em 60 anos. Recortes e detalhes da minha vida: memórias de um
imigrante. Porto Alegre: Gráfica La Salle, 1989.
METZLER, Rudolf. Hugo Metzler Filho – vida dedicada a um trabalho nobre. Porto
Alegre: Tipografia do Centro, 1968.
METZLER, Wolfram. Pulverizando infâmias. Porto Alegre: Tipografia do Centro,
1947.
METZLER, Wolfram. Retten wir unsere Kolonien. Porto Alegre: A Nação, 1953.
MEYER, Augusto Souza. As “Cartas da Corte” de Carlos von Koseritz. Revista do
Livro, Rio de Janeiro, vol. 2, n. 7, p. 149-176, 1957.
MEYER, Dagmar Elisabeth Estermann. Pesquisa sobre mulher e gênero na Alemanha:
relatos de estágio. In: Coletâneas do Programa de Pós-Graduação em Educação,
Porto Alegre, vol. 4, n. 11, p. 90-95, 1997.
MEYER, Dagmar E. Estermann. Identidades traduzidas: cultura e docência teuto-
brasileira-evangélica no Rio Grande do Sul. São Leopoldo/Santa Cruz do Sul: Editora
Sinodal/EDUNISC, 2000.
MEYER, Dagmar Elisabeth Estermann. Cultura teuto-brasileiro-evangélica no Rio
Grande do Sul: articulando gênero com raça, classe, nação e religião. Educação &
realidade, Porto Alegre, vol. 25, n. 1, p. 135-163, 2000.
MEYER, Dagmar E. Estermann. A arquitetura de um regime de representação cultural:
a escola elementar teuto-brasileiro-evangélica no Rio Grande do Sul (1909-1939).
Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 9, número especial, p. 53-73, 2001.
MEYER, Dagmar E. Estermann. Língua e religião como instituintes da nacionalidade.
In: CUNHA, Jorge Luiz da; GÄRTNER, Angelika (orgs.). Imigração alemã no Rio
Grande do Sul: história, linguagem, educação. Santa Maria: Editora da UFSM, 2003,
p. 187-213.
MEYER, Dagmar E. Estermann. Etnia, raça e nação: o currículo e a construção de
fronteiras políticas e sociais. In: COSTA, Marisa Vorraber et al. (orgs.). O currículo
nos limiares do contemporâneo. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.
MEYER, Dagmar E. Estermann. Uma escola em movimento. O Seminário Evangélico
de Formação de Professores no Rio Grande do Sul. In: Anais do XIV Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Colonização e imigração no contexto das
comemorações dos 500 anos: os imigrantes descobrem o Brasil (São Leopoldo,
2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
MEYER, Hermann. Meine Reise nach den deutschen Kolonien in Rio Grande do
Sul, 1898-1899. Leipzig/Alemanha: Carl Meyers Bibliographisches Institut, 1899.
MEYER, Hermann. Die Privatkolonien von Dr. Hermann Meyer in Rio Grande do
Sul (Südbrasilien). Leipzig/Alemanha: Bibliographisches Institut, 1901.
MEYER, Hermann. Die deutsche Auswanderung nach Südamerika, besonders nach
Südbrasilien. Berlim/Alemanha: Verhandlungen des Deutschen Kolonialkongresses,
1902.
MEYER, Hermann. Ansichten aus Dr. Hermann Meyers Ackerbaukolonien Neu-
Würtemberg und Xingu in Rio Grande do Sul (Südbrasilien). Leipzig/Alemanha:
Bibliographisches Institut, 1904.

165
MEYER, Hermann. Ackerbaukolonien. Neu-Würtemberg und Xingu in Rio Grande do
Sul (Südbrasilien). Leipzig/Alemanha: Bibliographisches Institut, 1906.
MEYER, Lucila Marelli. A relação entre produtores e a indústria fumageira em
Santa Cruz do Sul, RS. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de
Santa Catarina, Florianópolis, 1993.
MEYER, Maximiliano. A questão da recente vilegiatura marítima através da imigração
alemã. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
MEYER, Maximiliano. O pioneirismo teuto-brasileiro no turismo do litoral gaúcho. In:
Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades
Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
MEYER, Otto. Der Fall Eickhoff. Porto Alegre: Tipografia do Centro, 1949.
MEYER, Otto Ernst. Apontamentos sobre a história da sociedade Independência
(ex-Sociedade Germânia de Porto Alegre). (Sem indicações), 1955.
MEYER, Otto Ernst. Die Anfänge der Verkehrsfliegerei in Brasilien. Staden-
Jahrbuch, São Paulo, n. 11/12, 1963/1964.
MEYRER, Marlise Regina. Evangelisches Stift: uma escola para “moças das melhores
famílias”. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos
Sinos, São Leopoldo, 1997.
MEYRER, Marlise Regina. Evangelisches Stift: uma escola para moças das melhores
famílias. Estudos Leopoldenses – Série História, São Leopoldo, vol. 3, n. 2, p. 133-
154, 1999.
MEYRER, Marlise Regina; GEVEHR, Daniel Luciano. São Leopoldo republicana: a
história contada através de imagens da cidade. In: ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos
A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande: história(s) da São Leopoldo republicana.
São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 117-128.
MEYRER, Marlise Regina. As mulheres teuto-sul-riograndenses: a produção da
distinção social. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 322-340.
MEYRER, Marlise Regina. As mulheres teuto-sul-rio-grandenses: a produção da
distinção social. História: debates e tendências, Passo Fundo: UPF, vol. 14, n. 1, p.
153-166, 2014.
MEYRER, Marlise Regina; GEVEHR, Daniel Luciano. Gênero, identidade étnica e
poder: mulheres na imigração alemã no Rio Grande do Sul. Passo Fundo: Editora da
UPF, 2014.
MEYRER, Marlise Regina. Imagem em movimento: uma narrativa fílmica da colônia
alemã. In: MEYRER, Marlise Regina; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). História,
imagem e representação: possibilidades de leitura. São Leopoldo: OIKOS, 2015, p.
11-24.
MEYRER, Marlise Regina; NEUMANN, Rosane Marcia; GEVEHR, Daniel Luciano.
Ambiências expográficas e seus objetos: a imigração alemã no sul do Brasil a partir das
narrativas museológicas. História: Questões e Debates, Curitiba: UFPR, vol. 16, n. 2,
p. 408-425 2017.

166
MICHAELSEN, Eugênio. Memórias. Ijuí: s. e., 1998.
MICHAELSEN, Ido Inácio. A família Michaelsen no sul do Brasil. Nova Petrópolis:
Editora Amstad, 1995.
MICHELS, Carmen. A ferro e fogo: romance sobre os primeiros colonizadores alemães
do Rio Grande do Sul – narrado em tempo de solidão e de guerra por Josué Guimarães.
Humboldt, Bonn: Inter Nationes, n. 58, p. 80-85, 1989.
MICHELS, Sérgio Ervino. A história ensinada na colônia particular de Neu-
Würtemberg sob a ótica do protestantismo, da germanidade e da educação.
Dissertação (Mestrado em Educação nas Ciências) – Universidade de Ijuí, 2001.
MIDDELDORF, Carl. Porto Novo – Urwaldsiedlung deutscher Katholiken in
Südbrasilien. Porto Alegre: Typographia do Centro, s. d.
MILBRADT, Lucia Regina da Rosa. Poder e morte: uma leitura de Érico Veríssimo e
Josué Guimarães. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 1996.
1824 – ANTES e DEPOIS: o Rio Grande do Sul e a imigração alemã. Porto Alegre:
Consulado Geral da Alemanha, 1999.
MINAMI, Edison. Ecumenismo entre católicos e luteranos no Brasil: um estudo de
caso. In: Anais do XXVI Simpósio Nacional de História. São Paulo: ANPUH, 2011.
MINUZZI, Marcus Vinícius. O fumo na folha do jornal: realidades em construção
pela trama do discurso jornalístico – o caso Gazeta do Sul e o complexo agroindustrial
fumageiro. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade de
Santa Cruz do Sul, 2002.
MIRANDA, Adriana Eckert. Planos e projetos de expansão urbana: industriais e
operários em Porto Alegre (1935-1961). Tese (Doutorado em Planejamento Urbano e
Regional) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
MIRITZ, Rui Carlos. A escola comunitária, educação e cultura da colonização alemã
em São Lourenço, Cangussu e Pelotas. In: Anais do VII Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemãs no io Grande do Sul (São Leopoldo, 1986). Nova
Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
MITCHELL, Ana Stumpf. Fragmentos e vínculos territoriais: Colônia São Pedro de
Alcântara. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 2011.
MODES, Josemar Valdir. O jornal Boletim Informativo da Convenção dos Igrejas
Batistas Independentes de língua alemã (1989): estabelecendo limites e ultrapassando
fronteiras. In: ZANOTTO, Gizele (org.). Anais do IV Congresso Internacional
História, Regiões e Fronteiras (vol. I). Passo Fundo: UPF, 2018, p. 647-658.
MODOLO, Heloísa Mara Luchesi. Delírios religiosos e estruturação psíquica: o caso
Jacobina Mentz e o Episódio Mucker – uma releitura fundamentada na Psicologia
Analítica. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) – Universidade Mackenzie,
São Paulo, 2006.
MOEHLECKE, Germano Oscar. O vale do Sinos era assim. São Leopoldo:
Rotermund, 1978.
MOEHLECKE, Germano Oscar. A mulher que não sabia amar – e outras
considerações. São Leopoldo: Rotermund, 1979.

167
MOEHLECKE, Germano Oscar. Quartel do 8º BC. In: INSTITUTO HISTÓRICO DE
SÃO LEOPOLDO. Anais. São Leopoldo (vol. II), 1979/1981 e 1981/1983.
MOEHLECKE, Germano Oscar. Alemães na retomada de Porto Alegre. In: Anais do 6º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.
MOEHLECKE, Germano Oscar. Polêmica na comunidade evangélica de São Leopoldo.
In: Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1986.
MOEHLECKE, Germano Oscar. Os imigrantes alemães e a Revolução Farroupilha.
São Leopoldo: s. e., 1986.
MOEHLECKE, Germano Oscar. Contribuição à história de Dois Irmãos. In: Anais do
IV Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1987.
MOEHLECKE, Germano Oscar. O colono alemão e o negro. In: Anais do VIII e IX
Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1998.
MOEHLECKE, Germano Oscar. Uma estatística de Feitoria Velha em 1º de julho de
1867. In: Anais do VIII e IX Simpósios de História da Imigração e Colonização
Alemãs no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto
Histórico de São Leopoldo, 1998.
MOEHLECKE. Germano Oscar. São Leopoldo: obras e iniciativas públicas. São
Leopoldo: s. e, 1998.
MOEHLECKE, Germano Oscar. Uma defesa que conta a história. In: Anais do VII
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1986). Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
MOEHLECKE, Germano Oscar. Estrada de ferro – contribuição para a história da
primeira ferrovia do Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Rotermund, 2004.
MOEHLECKE, Germano Oscar. Aos vinte e cinco anos da imigração: os números
falam pela história. In: Anais do XI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: 170 anos de imigração alemã. São Leopoldo: Oikos, 2009.
MOEHLECKE, Germano Oscar. O Professor Dr. Martin N. Dreher e o Instituto
Histórico de São Leopoldo. In: MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜGGE, Erny;
HAUENSTEIN, Iria (orgs.). Construindo diálogos. História, educação e ecumenismo.
Homenagem a Martin N. Dreher. São Leopoldo: OIKOS, 2010, p. 231-232.
MOEHLECKE, Germano Oscar. São Leopoldo: contribuição à história da vida política
e administrativa (1824-2010). São Leopoldo: OIKOS, 2011.
MOEHLECKE, Germano Oscar. Trajetória de vida e produção historiográfica. In:
ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande:
história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 83-87.
MOELLER, Clarice Elisa. Três Coroas – Rainha do Paranhana, neta de Santo Antônio
da Patrulha. In: BEMFICA, Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da
Patrulha e Caraá. Porto Alegre: EST, 2000, p. 232-236.
MOESCH, Norma Martini. Cortina de cristal: processo imigratório, identidade
cultural e comunicação turística. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social) –
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1997.

168
MOESCHLIN, Felix. Ich suche Land in Südbrasilien – Erlebnisse und Ergebnisse
einer Studienreise. Zurique/Suíça; Leipzig/Alemanha: Verlag Albert Müller, 1936.
MOLINA, Glória Silvina Lia Fernández. Um estudo comparado sobre o
desenvolvimento industrial de Caxias do Sul e de Santa Cruz do Sul. Tese
(Doutorado em Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 2010.
MOLINA, Lucas Giehl. O universal e o local na obra de Pedro Weingärtner (1853-
1929). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 2014.
MOLTMANN, B. H. Deutsche Siedlung in Süd-Brasilien: ein erfolgreiches
Jahrhundert deutscher überseeischer Siedlungsarbeit. Gotha/Alemanha: Friedrich
Andreas Perthes, 1918.
MOMBACH, Clarissa Kristen. Reflexos da globalização: os descendentes alemães na
literatura gaúcha contemporânea. In: Anais do XVII Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Lepoldo, 2006).
São Leopoldo: Oikos, 2008.
MOMBACH, Clarissa Kristen. A representação da cultura brasileira teuto-gaúcha
na literatura sul-rio-grandense contemporânea. Dissertação (Mestrado em Letras
Comparadas) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
MOMBACH, Clarissa Kristen. O governo Vargas e suas implicações na produção
literária teuto-brasileira. Revista Eletrônica Literatura e Autoritarismo, Santa Maria:
UFSM, dossiê n. 10, p. 31-44, 2012.
MONASTERIO, Leonardo. Estatura y inmigración en el sur de Brasil (1889-1914).
America Latina em la História Economica, México, vol. 21, n. 1, p. 115-133, 2014.
MONTALI, Lilia. Do núcleo colonial ao capitalismo monopolista: produção de fumo
em Santa Cruz do Sul. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade de São
Paulo, 1979.
MOOG, Vianna. Um rio imita o Reno. Porto Alegre: Globo, 1939.
MOOG, Clodomir Vianna. Lindolfo Collor, o leopoldense. In: MELLO, Leda Collor de
(org.). Retrato de Lindolfo Collor. Santos: s. e., 1990, p. 133-160.
MORAES, Carlos de Souza. O colono alemão: uma experiência vitoriosa a partir de
São Leopoldo. Porto Alegre: EST, 1981.
MORAES, Carlos de Souza. Centenário de nascimento de Leopoldo Petry. In:
INSTITUTO HISTÓRICO DE SÃO LEOPOLDO. Anais. São Leopoldo (vol. II),
1979/1981 e 1981/1983.
MORAES, Carlos de Souza. Sesmarias: legislação e seus reflexos na colônia alemã. In:
Anais do 3º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1978). São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1980.
MORAES, Carlos. Feitoria do Linho Cânhamo. Porto Alegre: Editora Parlenda, 1994.
MORAES, Carlos de Souza. Crônicas de minha cidade. São Leopoldo: Editora da
UNISINOS, 1996.
MORAES, Luís Edmundo de Souza. Imigrante em construção: o uso de conceitos de
identidade nacional na pesquisa sobre “os imigrantes alemães” no Brasil. In:

169
SEYFERTH, Giralda; PÓVOA, Helion; ZANINI, Maria Catarina; SANTOS, Miriam de
Oliveira (orgs.). Mundos em movimento: ensaios sobre migrações. Santa Maria:
UFSM, 2007, p. 313-336.
MORAES, Luís Edmundo de Souza. NSDAP no Brasil: problemas de pesquisa. In:
PARADA, Mauricio (org.). Fascismos: conceitos e experiências. Rio de Janeiro: Ed.
Mauad, 2008, p. 201-231.
MORAES, Luís Edmundo de Souza. Cultura como política: espaços públicos de língua
alemã e as lutas pela definição de "ser alemão" no Brasil. In: FERREIRA, Ademir
Pacelli; VAINER, Carlos Bernardo; PÓVOA Neto, Helion; SANTOS, Miriam de
Oliveira (orgs.). A experiência migrante: entre deslocamentos e reconstruções. Rio de
Janeiro: Garamond, 2010.
MORAES, Luís Edmundo de Souza; GAK, Igor. O partido nazista e o mito da quinta-
coluna no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Estratégicos, Niterói: UFF, vol. 7, n.
14, p. 197-235, 2015.
MORAES, Luís Edmundo de Souza. O problema da etnicidade nos estudos históricos
sobre imigração alemã no Brasil. In: PÓVOA Neto, Helion; SANTOS, Miriam de
Oliveira; PETRUS, Regina (orgs.). Migrações: rumos, desafios e tendências. Rio de
Janeiro: Polo Books, 2016, p. 19-40.
MORAES, Ronaldo Dreissig de. O ciclismo nos clubes de Porto Alegre/RS: entre o
passado e o presente. Dissertação (Mestrado em Educação Física/Ciências do
Movimento) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.
MORÉ, Jean Charles. De la colonosation, dans la province de St. Pierre de Rio
Grande do Sul. Hambourg/Alemanha: Imprimerie de Langhoff, 1863.
MOREIRA, Maria Eunice. O arquipélago cultural brasileiro: a interpretação de Vianna
Moog. Letras de Hoje, Porto Alegre: PUCRS, vol. 46, n. 4, p. 83-88, 2011.
MOREIRA, Paulo Roberto Staudt. Se era negro, não era da sua cozinha! Experiências
e interdependências entre escravos, imigrantes e forros no Brasil Meridional. In:
COSTA, Miguel Ângelo S. da et al. (orgs.). Explorando possibilidades: experiências e
interdependências entre imigrantes alemães, seus descendentes e outros mais no Brasil
Meridional. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2009, p. 227-254.
MOREIRA, Paulo Roberto Staudt. Não poderá em tempo algum, nem por nenhuma
circunstância, servir aos meus descendentes – experiências de cativeiro e liberdade entre
teutos no Brasil meridional (Porto Alegre/século XIX). In: MÜGGE, Miquéias
Henrique; MÜGGE, Erny; HAUENSTEIN, Iria (orgs.). Construindo diálogos.
História, educação e ecumenismo. Homenagem a Martin N. Dreher. São Leopoldo:
OIKOS, 2010, p. 313-332.
MOREIRA, Paulo Roberto Staudt; MÜGGE, Miquéias Henrique. Ana Blauth, filha do
africano Joaquim e da crioula Eva, ex-escravo do alemão Nicolau Blauth: notas sobre a
interdependência entre escravos e seus senhores teuto-brasileiros em zonas de imigração
europeia (São Leopoldo, RS, século XIX). In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da
Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e
sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 1388-1407.
MOREIRA, Paulo Roberto Staudt; MUGGE, Miqueias Henrique. Anna Blauth, filha do
africano Joaquim e da crioula Eva, ex-escravo do alemão Nicolau Blauth: notas sobre a
interdependência entre escravos e seus senhores teuto-brasileiros em zonas de imigração

170
europeia (São Leopoldo, RS, século XIX). In: Simpósio Nacional História do Crime,
Polícia e Justiça Criminal. Uberlândia: Universidade de Uberlândia, 2012.
MOREIRA, Paulo Roberto Staudt; MÜGGE, Miquéias Henrique. Negros em terras de
alemães: escravos e libertos em zona de imigração europeia – Stumpf, Schneider e seus
escravos. In: BARROSO, Véra Lúcia Maciel et al. (orgs.). Raízes de Nova Hartz.
Novo Hamburgo: Um Cultural, 2012, p. 387-402.
MOREIRA, Paulo Roberto Staudt; MÜGGE, Miquéias Henrique. Histórias de
escravos e senhores em uma região de imigração europeia. São Leopoldo: OIKOS,
2014.
MOREIRA, Paulo Roberto Staudt; MÜGGE, Miquéias Henrique. A negra família
Müller e outras histórias: saúde, morte e parentesco escravo. In: TEDESCO, João
Carlos; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Colonos, colônias e colonizadores:
aspectos da territorialização agrária no sul do Brasil. Porto Alegre: Letra&Vida, 2015,
p. 176-196.
MOREIRA, Paulo Roberto Staudt; MÜGGE, Miquéias Henrique. Um terço na casa do
preto José Mina: pluralismo religioso e sociabilidades negras em uma região de
imigração europeia (São Leopoldo/RS). In: VENDRAME, Maíra Ines; MAUCH,
Cláudia; MOREIRA, Paulo Roberto Staudt (orgs.). Crime e justiça: reflexões, fontes e
possibilidades de pesquisa. São Leopoldo: Oikos/Unisinos, 2018, p. 221-253.
MOREIRA, Paulo Roberto Staudt; MÜGGE, Miquéias Henrique. Todos de bons
costumes e amantes do culto do Divino: devoção negra em uma zona de imigração
europeia (a irmandade do Rosário e São Benedito de São Leopoldo, RS). In: OSÓRIO,
Helen; XAVIER, Regina Célia Lima (orgs.). Do tráfico ao pós-abolição: trabalho
compulsório e livre e a luta por direitos sociais no Brasil. São Leopoldo: Oikos, 2018, p.
392-423.
MOREIRA, Simone Xavier. Os limites epistemológicos no romance Videiras de
cristal. S. l.: Novas Edições Acadêmicas, 2015.
MORSCH, Maria Luíza Azevedo. A ideologia educacional brasileira como fator de
integração forçada do descendente do imigrante alemão à cultura nacional, 1937-
1945. Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 1988.
MOSER, Vinícius. O futebol colonial no Rio Grande do Sul. In: RAMOS, Eloisa
Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história
da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 1658-1672.
MOSER, Vinícius. Futebol e identidade em Novo Hamburgo (RS): 1927-1931.
Dissertação (Mestrado em Processos e Manifestações Culturais) – Universidade
FEEVALE, Novo Hamburgo, 2012.
MOSER, Vinícius; MARTINS, Rodrigo Perla. Indústria, cidades e sociabilidades no
Vale do Rio dos Sinos: 1970-1980. In: XI Seminário de Estudos Históricos: “a
democracia ainda é a questão: reflexões sobre a ditatura civil-militar e a comissão
nacional da verdade”. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2013.
MOSMANN, Lígia. Parobé e suas origens históricas (município irmão). In: DAROS,
Marilia; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Gramado. Porto Alegre:
EST, 1995, p. 157.

171
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto (org.). Histórias e fatos do Mundo Novo.
Taquara: FACCAT/Prefeitura Municipal de Taquara, 2007.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto; BARROSO, Véra Lucia Maciel. Raízes de
Taquara. Porto Alegre: EST Edições, 2008.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto. Mundo Novo – as colônias de imigrantes. In:
BARROSO, Véra Lucia Maciel et al. (orgs.). Raízes de Igrejinha. Porto Alegre: EST,
2008.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto. Museu de Taquara “do Mundo Novo” –
preservação, memória e história. In: Anais do X Seminário Nacional dos
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre:
Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto. A atuação do deputado Karl von Koseritz na
emancipação de Taquara. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia;
WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 153-160.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto. Os Deutsch-Brasilianer na constituição
política sul-rio-grandense, no final do século XIX: uma ameaça ao PRR no alto vale do
Sinos. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 1061-1075.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto. Presença e “ameaça” teuta na constituição
política com a transição da monarquia para a república no Rio Grande do Sul. In:
MARTINS, Ismênia de Lima; HECKER, Alexandre. (orgs.). E/Imigrações: questões,
inquietações. São Paulo: Expressão & Arte Editora, 2013, p. 247-260.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto. Os Deutsch-Brasilianer na compleição política
sul-rio-grandense, no início da República: uma ameaça ao projeto de hegemonia política
do PRR no alto Vale do Sinos. Historiæ, Rio Grande: FURG, vol. 4, n. 1, p. 147-160,
2013.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto. Presença e “ameaça” teuta na constituição
política com a transição da Monarquia para a República no Rio Grande do Sul. In:
REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas
comunidades teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo:
OIKOS, 2014, p. 532-542.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto. As influências teóricas do nacionalismo teuto-
brasileiro do século XIX. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e
rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1561-1578.
MOSSMANN Sobrinho, Paulo Gilberto. Os Deutsch-Brasilianer em oposição ao
PRR: um estudo de caso a respeito dos municípios de origem germânica que derrotaram
o PRR nas eleições de 1891. Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia
Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.
MOTTA, Lisiane da. O choque cultural entre nativos e colonizadores em terras do atual
município de Montenegro – séculos XVIII e XIX. In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 275-284.

172
MOTTER, Ana Elisete. As relações entre as bancadas teuta e luso-brasileira na
Assembléia Legislativa provincial rio-grandense (1881-1889). Dissertação (Mestrado
em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 1998.
MOTTER, Ana Elisete. As relações entre as bancadas teuta e luso-brasileira na
assembléia legislativa provincial rio-grandense (1881-1889). Estudos Leopoldenses –
Série História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 3, n. 2, p. 103-114, 1999.
MOURA, Rosylaine. Narrativas sobre suicídio, cultura e trabalho em um município
de colonização alemã. Tese (Doutorado em Enfermagem) – Universidade Federal do
Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.
MOURE, Telmo. A inserção da economia imigrante na economia gaúcha. In:
DACANAL, José Hildebrando; GONZAGA, Sérgius (orgs.). RS: imigração e
colonização. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1992, p. 91-113.
MOUSQUER, Germano S. Horizontina, cidade das trilhadeiras. Horizontina:
Prefeitura Municipal, 1966.
MUELLER, Airton Adelar. Lokale Entwicklung und soziales Kapital im Süden von
Brasilien. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Universidade Livre de Berlim,
2015.
MÜGGE, Miquéias Henrique. Um interrogatório para saber notícias a respeito do
destino dos presidiários emigrados de Mecklenburg: morte e doença no Rio de Janeiro
(1824-1828). In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização
– Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜHLEN, Caroline von. Os apenados de Mecklenburg:
a emigração de presidiários alemães para o Brasil – “o destino dos emigrantes de
Bützow, Dömitz e Güstrow”. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores
da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto
Superior de Educação/CORAG, 2009.
MÜGGE, Miquéias Henrique. Entre súplicas, qualificações e eleições: redes sociais e
Guarda Nacional no Brasil meridional (1850-1870). In: Anais do XIX Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial.
São Leopoldo: Oikos, 2010.
MÜGGE, Miquéias Henrique. Das “delícias da paz” ao “teatro da guerra”: de
qualificado a qualificador – Guarda Nacional (São Leopoldo/RS – ca. 1850-1870). In:
MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜGGE, Erny; Hauenstein (orgs.). Construindo
diálogos – História, Educação e Ecumenismo. Homenagem a Martin N. Dreher. São
Leopoldo: Oikos, 2010, p. 333-350.
MÜGGE, Miquéias H. Prontos a contribuir: guardas nacionais, hierarquias sociais e
cidadania (Rio Grande do Sul – século XIX). São Leopoldo: Editora
UNISINOS/OIKOS Editora, 2012.
MÜGGE, Miquéias Henrique; MOREIRA, Paulo Roberto Staudt. “A fim de adquirir
algum escravo, que possa aplicar ao serviço da lavoura nas terras que lhe foram
destinadas”: notas sobre imigração alemã e escravidão no Brasil meridional nos
oitocentos. Métis: História & Cultura, Caxias do Sul: UCS, vol. 11, n. 22, p. 175-196,
2012.
MÜGGE, Miquéias Henrique, MOREIRA, Paulo Roberto Staudt. O inadmissível roubo
da carta de alforria do nagô Pedro Allgayer: a escravidão em uma zona de imigração

173
alemã (RS, séc. XIX). Revista Ciências Sociais Unisinos, São Leopolo, vol. 49, p. 30-
46, 2013.
MÜHLEN, Caroline von. A religião de Jacobina e “o mistério do sangue”: visão do
historiador Gustavo Barroso acerca do movimento messiânico Mucker. In: Anais do
XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações
Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
MÜHLEN, Caroline von. “Quem quiser viver mais uma vez feliz deve viajar para o
Brasil”: a trajetória dos degredados de Mecklenburg ao Rio Grande do Sul. In: VI
Mostra de Pesquisa do Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul. Porto
Alegre: CORAG, 2008, p. 239-258.
MÜHLEN, Caroline von. "Viagem ao paraíso" – "Viagem ao inferno": a trajetória de
outsiders de Mecklenburg-Schwerin no Rio Grande do Sul. In: Anais do IX Encontro
Estadual de História – Vestígios do passado: a história e suas fontes. Porto Alegre:
ANPUH-RS, 2008, p. 1-11.
MÜHLEN, Caroline von. Ao raiar do sol... Saúde ou morte entre imigrantes alemães em
São Leopoldo no século XIX. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração
e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
MÜHLEN, Caroline von. Eram os mecklenburgueses “ladrões de cavalos”?: análise do
perfil dos prisioneiros de Mecklenburg-Schwerin (1824-1826). In: VII Mostra de
Pesquisa do Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul. Porto Alegre:
CORAG, 2009, p. 39-59.
MÜHLEN, Caroline von. Sociabilidade e estratégia matrimonial entre ex-prisioneiros
mecklenburgueses no Rio Grande de São Pedro oitocentista. In: COSTA, Miguel
Ângelo S. da et al. (orgs.). Explorando possibilidades: experiências e
interdependências entre imigrantes alemães, seus descendentes e outros mais no Brasil
Meridional. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2009, p. 149-176.
MÜHLEN, Caroline von; MÜGGE, Miquéias Henrique. Estabelecidos e outsiders: uma
possibilidade de análise da imigração alemã no sul do país. In: Anais do X Seminário
Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras.
Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
MÜHLEN, Caroline von. Exclusão e criminalidade no Grão-Ducado de Mecklenburg-
Schwerin, século XIX. In: Anais do XXV Simpósio Nacional de História. Fortaleza:
ANPUH, 2009, vol. 1.
MÜHLEN, Caroline von. Problemas de sociabilidade: o cotidiano e a Colônia Alemã
em São Leopoldo (século XIX). In: Anais do X Encontro Estadual de História – o
Brasil no sul: cruzando fronteiras entre o regional e o particular. Santa Maria:
ANPUH-RS, 2010.
, Relações interpessoais: muitos parentes: uma análise do apadrinhamento de
mecklenburgueses no Rio Grande de São Pedro Oitocentista. Revista Historiador,
Porto Alegre, ano 3, n. 3, p. 9-28, 2010.
von. Sob o olhar dos viajantes: a colônia e o imigrante alemão no Rio Grande do Sul
(século XIX). Métis: História & Cultura, Caxias do Sul: UCS. Vol. 1, 2011, p. 11-25.
MÜHLEN, Caroline von. Estratégias matrimoniais entre ex-prisioneiros: o caso da
família Klinger (século XIX). In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane

174
Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 419-428.
MÜHLEN, Caroline von. “Uma massa de vadios, um bando de desocupados ou
criminosos”: quem eram os mecklenburgueses emigrados para o Brasil, a partir de
1824? In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 1042-1060.
MÜHLEN, Caroline von. Por uma história social do crime e da justiça: uma nova
possibilidade de estudo. In: Anais eletrônicos do II Congresso Internacional de
História Regional. Passo Fundo: UPF, vol. II, 2013, p. 1-15.
MÜHLEN, Caroline von. Criminalidade na Vila de São Leopoldo na segunda metade
do Século XIX. In: Anais da VIII Semana de História Política e V Seminário
Nacional de História: política, cultura e sociedade. Rio de Janeiro: UERJ, vol. I,
2013, p. 700-708.
von. Exclusão, criminalidade e prisão: ser mulher no Grão Ducado de Mecklenburg-
Schwerin. Emblemas, Catalão: UFG, vol. 10, p. 39-57, 2013.
MÜHLEN, Caroline von. Degredados e imigrantes: trajetórias de ex-prisioneiros de
Mecklenburg-Schwerin no Brasil Meridional (século XIX). Santa Maria: Editora
UFSM, 2013.
MÜHLEN, Caroline von. Primórdios da vida judicial de São Leopoldo: o Juiz de Paz e
sua atuação. História: debates e tendências, Passo Fundo: UPF, vol. 14, n. 1, p. 36-48,
2014.
von. Levantou-se dentro da sala um forte barulho seguido de gritos e choro...: a venda
como espaço de transações comerciais e desentendimentos (1846-1865). Oficina do
Historiador, Porto Alegre: PUCRS, vol. 1, p. 719-736, 2014.
MÜHLEN, Caroline von. O que podemos extrair dos processos judiciais? A presença de
imigrantes e seus descendentes na fonte judicial. In: Anais eletrônicos do XII
Encontro Estadual de História: História, Verdade e Ética. Porto Alegre: ANPUH-
RS, 2014.
MÜHLEN, Caroline von. “Achando-se recolhido à cadeia de justiça desta villa...”: o
sustento dos presos pobres. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e
rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p.1370-1387.
MÜHLEN, Caroline von. Réus e vítimas: criminalidade, justiça e cotidiano em uma
região de imigração alemã (São Leopoldo, 1846-1871). Tese (Doutorado em História) –
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.
MÜHLEN, Caroline von. Conflitos e desentendimentos em espaços de lazer e
sociabilidade: a violência em uma região de imigração alemã do sul do Brasil. In:
WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.).
Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 280-292.
MÜHLEN Caroline von. (Re)leitura da história de São Leopoldo e da imigração alemã
do século XIX através de fontes judiciais: questões teóricas e metodológicas. In:
SALATINO, Alba Cristina C. dos Santos; SERRES, Helenize Soares; SILVA, Jonathan
Fachini da (orgs.). Historiografia: temas, desafios e perspectivas. II Congresso

175
Internacional de Estudos Históricos Latino-Americanos. São Leopoldo: PPGH-
UNISINOS, 2017, p. 343-353.
MÜHLEN, Caroline von. Atuação e funcionamento da justiça do Brasil imperial: o caso
do tribunal do júri de São Leopoldo/RS. Anos 90, Porto Alegre: UFRGS, vol. 25, n. 47,
p. 305-338, 2018.
MÜHLEN, Caroline von; SANTOS, Rodrigo Luis dos. “Não vim para trazer a paz, mas
sim a espada”: política, religião e os “inimigos da pátria” no Rio Grande do Sul (1937-
1945). In: FLECK, Eliane Cristina Deckmann; ZANOTTO, Gizele (orgs.). Religiões e
religiosidades no Rio Grande do Sul: campo religioso sul-riograndense. São Paulo:
ANPUH, 2018, p. 157-176.
MÜHLEN, Caroline von; SANTOS, Rodrigo Luis dos. Os caixeiros viajantes como
agentes formuladores de redes sociais no Rio Grande do Sul. Ágora, Santa Cruz do Sul:
UNISC, vol. 20, n. 1, p. 124-133, 2018.
MUJICA, Marina Marchi. Atitude, orientação e identidade linguística dos
pomeranos residentes na comunidade de Santa Augusta, São Lourenço do Sul – RS
– Brasil. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal de Pelotas, 2013.
MULHALL, Michael George. O Rio Grande do Sul e suas colônias alemãs. Porto
Alegre: Bels, 1974.
MULHALL, Michael George. Inauguração da estrada de ferro de São Leopoldo.
Estudos Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, n. 28, p. 94-108, 1974.
MÜLLER, Alex Juarez. O patrimônio histórico em Taquara. In: Anais do X Seminário
Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras.
Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
MÜLLER, Alex Juarez. As origens da cidade moderna: a república velha no vale do
Sinos. Oficina do Historiador, Porto Alegre: PUCRS, suplemento especial, p. 1510-
1525, 2014.
MÜLLER, Alex Juarez. Uma análise ambiental da ocupação do vale do Sinos –
1824/1930. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.).
Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e
preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 493-507.
MÜLLER, Alex Juarez. A cidade retratada: fotografias urbanas do vale do Sinos na
Primeira República (1889-1930). In: MEYRER, Marlise Regina; NEUMANN, Rosane
Marcia (orgs.). História, imagem e representação: possibilidades de leitura. São
Leopoldo: OIKOS, 2015, p. 77-92.
MÜLLER, Alex Juarez. Um espaço “entre” o urbano e o rural: representações
visuais de São Leopoldo, Taquara e Novo Hamburgo (RS) – 1889-1930. Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade de Passo Fundo, 2015.
MÜLLER, Armindo L. O começo da igreja evangélica no Vale do Rio Pardo. In:
Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1986.
MÜLLER, Armindo L. A comunidade evangélica de Nova Colônia Sobradinho. In:
Anais do 4º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio
Grande do Sul (São Lepoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1987.

176
MÜLLER, Armindo L. Comunidade Evangélica de Conventos/RS, 1860-1903 (duas
partes). Lajeado: Grafocem Impressos Gráficos Ltda., 1998.
MÜLLER, Armindo L. Dicionário histórico e geográfico da região de Santa Cruz do
Sul. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1999.
MÜLLER, Armindo L. Como era Santa Cruz em 1855? In: Anais do IV e V Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras
(Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
MÜLLER, Armindo L. A origem dos sobrenomes alemães. In: Anais do IV e V
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
MÜLLER, Armindo L. Cemitério dos imigrantes no Vale do Rio Pardo. Porto
Alegre: EST, 2003.
MÜLLER, Armindo L. Começo do protestantismo no Brasil. Porto Alegre: EST,
2003.
MÜLLER, Armindo L. O protestantismo em terras gaúchas. Porto Alegre: Edições
EST, 2003.
MÜLLER, Armindo L. O começo da igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil
contado a partir da atividade dos assim chamados pseudo-pastores (1824-1886). In:
Anais do VI Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades
Teuto-Brasileiras (Santa Cruz do Sul, 20002). São Leopoldo: Oikos, 2004.
MÜLLER, Arno. Cerveja. Canoas: ULBRA, 2002.
MÜLLER, Arno; HEINRICHS, Lori. Redescobrindo a cozinha colonial alemã no RS.
Porto Alegre: EST, 2003.
MÜLLER, Arno. O imigrante alemão e a indústria cervejeira do Rio Grande do
Sul. Porto Alegre: Edição do Autor, 2011.
MÜLLER, Arno. A imigração alemã no Rio Grande do Sul e o Hunsrück. Nova
Petrópolis: Editora Amstad, 2014.
MÜLLER, Dalila. Imigrantes alemães e recreação: a sociabilidade segundo Emílio
Willems e Jean Roche. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
MÜLLER, Dalila; HALLAL, Dalila Rosa. A participação dos imigrantes no
desenvolvimento de espaços de sociabilidade e de lazer na cidade de Pelotas-RS, no
século XIX. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 713-730.
MÜLLER, Elio Eugênio. Apontamentos do pastor Voges em Três Forquilhas. In: Anais
do 5º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do
Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1982.
MÜLLER, Elio Eugênio. Três Forquilhas (1826-1899): fase de formação. Curitiba:
Fonte Gráfica e Editora, 1992.

177
MÜLLER, Elio Eugenio. Três Forquilhas: o livro que Padre Benini quis escrever.
Curitiba: Italprint Gráfica e Editora, 1992.
MÜLLER, Elio Eugênio. Três Forquilhas (1900-1949): tempos de república. Curitiba:
Italprint, 1993.
MÜLLER, Elio Eugênio. Gente de Dois Mundos: 25 anos da Colônia Japonesa de
Itati. Curitiba: Italprint, Gráfica e Editora, 1993.
MÜLLER, Elio Eugênio. Missionárias na solidão de Três Forquilhas. Curitiba:
Italprint, 1994.
MÜLLER, Elio Eugênio. Afrodescendentes da colônia alemã de Três Forquilhas.
Estudos Teológicos, São Leopoldo: Escola Superior de Teologia, vol. 41, n. 2, 2001.
MÜLLER, Elio Eugênio. Município de Itati. In: Enciclopédia dos Municípios. Porto
Alegre: Academia de Letras dos Municípios do Rio Grande do Sul – ALMURS, 2006.
MÜLLER, Elio Eugênio. De pés e a ferros: o início da colonização alemã no vale do
Rio Três Forquilhas. São Paulo: Editora AVBL, 2009.
MÜLLER, Elio Eugênio. Sangue de inocentes: episódios da Guerra dos Farrapos. São
Paulo: Editora AVBL, 2009.
MÜLLER, Elio Eugênio. Dos bugres aos pretos: a tragédia de duas raças. São Paulo:
Editora AVBL, 2009.
MÜLLER, Elio Eugênio. Os peleadores: episódios da Revolução Federalista no Rio
Grande do Sul. São Paulo: Editora AVBL, 2009.
MÜLLER, Elio Eugênio. Amores da guerra: histórias da Guerra do Paraguai. São
Paulo: Editora AVBL, 2010.
MÜLLER, Elio Eugênio. Face morena: a miscigenação cultural e étnica na Colônia
Alemã de Três Forquilhas. São Paulo: Editora AVBL, 2011.
MÜLLER, Elio Eugênio. E a vida continua: o drama humano diante da violência, da
enchente e do flagelo da cólera. São Paulo: Editora AVBL, 2014.
MÜLLER, Estêvão. Os ventos sopram liberdade: alemães do Volga, a epopéia de um
povo. São Paulo: Centro Marista de Estudos e Pesquisas, 2003.
MÜLLER, Paul. Desenvolvimento e planejamento do ecossistema. In: III Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Universidade Federal
do Rio Grande do Sul, 1980.
MÜLLER, Telmo Lauro. São Leopoldo 1878. In: Anais do 1º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo, 1974.
MÜLLER, Telmo Lauro. Museu histórico Visconde de São Leopoldo. In: Anais do 1º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo, 1974.
MÜLLER, Telmo L. Cozinha alemã. São Leopoldo: Museu Histórico, 1976.
MÜLLER, Telmo Lauro. Colônia alemã: histórias e memórias. Caxias do Sul: EDUCS,
1978.
MÜLLER, Telmo Lauro. Monumentos em São Leopoldo. S. l.: s. e., 1979.

178
MÜLLER, Telmo Lauro. A primeira lei orgânica republicana de São Leopoldo, 1892.
In: Anais do 3º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio
Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
MÜLLER, Telmo Lauro. Colônia alemã: histórias e memórias. Porto Alegre: Editora
da Escola Superior de Teologia e Espiritualidade Franciscana, 1981.
MÜLLER, Telmo Lauro. Colônia alemã: imagens do passado. Porto Alegre: EST,
1981.
MÜLLER, Telmo Lauro. Frutos da imigração alemã no esporte: Willy Seewald. In:
Anais do 5º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio
Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1982.
MÜLLER, Telmo Lauro. Colônia Alemã: 160 anos de história. Porto Alegre/Caxias do
Sul: Escola Superior de Teologia São Lourenço de Brindes/EDUCS, 1984.
MÜLLER, Telmo Lauro. Sociedade de Ginástica: cem anos de história. São Leopoldo:
Rotermund, 1986.
MÜLLER, Telmo Lauro. O Popularium Sul-Rio-Grandense e as palavras correntes em
uma colônia alemã. In: Anais do IV Simpósio de História da Imigração e
Colonização Alemã no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1980). São Leopoldo:
Instituto Histórico de São Leopoldo, 1987.
MÜLLER, Telmo Lauro. Herança de geração em geração. São Leopoldo: Rotermund,
1988.
MÜLLER, Telmo Lauro. Um “INPS” em São Leopoldo em 1915. In: Anais do VIII e
IX Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do
Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo,
1998.
MÜLLER, Telmo Lauro. A Real Feitoria do Linho-Cânhamo e sua decadência. In:
Anais do VIII e IX Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no
Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de
São Leopoldo, 1998.
MÜLLER, Telmo Lauro. Das Schinderhannes Kochbuch oder: Das Kleine Kochbuch
aus dem Hunsrück – Tradução: Pequeno Livro de Receitas do Hunsrück. In: Anais do
VIII e IX Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1998.
MÜLLER, Telmo Lauro. Lindolfo Collor, fruto da imigração. In: Anais do VIII e IX
Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1998.
MÜLLER, Telmo Lauro. Amor ao próximo: história da Casa da Matriz de Diaconisas
da I.E.C.L.B. São Leopoldo: Rotermund, 1990.
MÜLLER, Telmo Lauro (org.). Nacionalização e imigração alemã. São Leopoldo:
Editora da UNISINOS, 1994.
MÜLLER, Telmo Lauro. Negros de fala alemã. In: FISCHER, Luís A.; GERTZ, René
E. (coords.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS,
1996, p. 238-239.

179
MÜLLER, Telmo Lauro. A memória dos teuto-gaúchos. In: FISCHER, Luís A.;
GERTZ, René E. (coords.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da
Universidade/UFRGS, 1996, p. 243-248.
MÜLLER, Telmo Lauro. História da imigração alemã para crianças. Porto Alegre:
EST, 1996.
MÜLLER, Telmo Lauro. Os imigrantes alemães e sua cozinha. Porto Alegre:
Consulado Geral da Alemanha, 1999.
MÜLLER, Telmo Lauro. Palavrões em Hunsrück. In: Anais do VII Simpósio de
História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul (São Leopoldo,
1986). Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
MÜLLER, Telmo Lauro. 175 anos de imigração alemã. Porto Alegre: EST, 2001.
MÜLLER, Telmo Lauro. Imigração alemã: sua presença no RS há 180 anos. Porto
Alegre: EST, 2005.
MÜLLER, Telmo Lauro. Vianna Moog. Revista do Instituto Histórico e Geográfico
do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 141, p. 235-237, 2006/2007.
MUNHOZ, Alcides. A teutophobia do dr. Sylvio Romero. Curitiba: Livraria
Econômica Aníbal Rocha, 1910.
MUSEU e Arquivo Histórico de Panambi. Panambi: múltiplos olhares. Passo Fundo:
UPF, 2007.
MUSEU e Arquivo Histórico Professor Hermann Wegermann. Revista – Panambi, de
colônia a município. Panambi: Editora Bühring Ltda., 2013.
MUSEU Municipal de Cachoeira do Sul (ed.). 100 anos de Concórdia: a história da
Sociedade Rio Branco 1896-1996. Cachoeira do Sul: Gráfica Jaem, 1996.
MUSSKOPF, Egon Hilário. Construindo: formação de professores evangélicos no Rio
Grande do Sul. II parte (1939-1999). São Leopoldo/Ivoti/Novo Hamburgo: Echo
Editora e Gráfica Ltda., 1999.
MUSSKOPF, Marili Closs. Canto coral religioso e a “benção da bandeira”, a forte voz
masculina que embala a despedida funesta. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da
Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações
e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 347-365.
MUXFELDT, Hugo. Os Mucker, 100 anos depois. Porto Alegre: Edição do autor,
1983.
MUXFELD, Hugo. A chacina Mucker: crônicas. Porto Alegre: Pallotti, 1991.
NADLER, Josef. Literaturgeschichte des deutschen Volkes: Dichtung und Schrifttum
der deutschen Stämme und Landschaften. Berlim/Alemanha: Propyläen Verlag, 1941
(vol. 4).
NAIDITCH, Suzana. “50 metros a mais...”. Porto Alegre: UNA Histórias Únicas, 2018
[biografia sobre Anton Karl Biedermann].
NASCIMENTO, José Antônio Moraes do. Inserção de Hermann Meyer no comércio da
terra no Rio Grande do Sul. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.

180
NASCIMENTO, José Antonio Moraes do. As companhias particulares de colonização
entre a etnicidade e o comércio de terras. In: Anais do IX Seminário Naional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino,
2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
NASCIMENTO, José Antonio Moraes do. O processo de imigração e migração resultou
em ocupação e apropriação. In: Anais do XIV Simpósio de História da Imigração e
Colonização – Colonização e imigração no contexto das comemorações dos 500
anos: os imigrantes descobrem o Brasil (São Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos,
2009.
NASCIMENTO, Natanael Inocêncio. São João Batista – Oratório de Leo Schneider.
São Bernardo do Campo: Imprensa Metodista, 1966.
NATH, Rosane Maria Pietrobelli. Questões de gênero em A ferro e fogo – tempo de
solidão, de Josué Guimarães. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade de
Passo Fundo, 2009.
NAUMANN, Hans Günther. Ivoti und IFPLA: aus de Arbeit zweier
Lehrereausbildungsinstitute. Martius-Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 43/44,
1995/1996.
NAUMANN, Hans Günther. O início da Escola Superior de Teologia. Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 36, número especial, p. 9-11, 1996.
NAUMANN, Hans Günther. Se você não assumir... Ivoti/São Leopoldo: Echo Editora
Gráfica/Editora Sinodal, 2009.
NAUMANN, Hans Günther. A história do Instituto de Educação Ivoti: um século de
formação de professores para todo o Brasil. In: SCHAUN, Doris Helena Gerber;
DILLY, Gabriela; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.).
Imigração: do particular ao geral. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de
Educação/CORAG, 2009, p. 17-45.
NAZÁRIO, Sílvio. Os padres da minha vida. Porto Alegre: Evangraf, 2007.
NEDEL, Airton Moacyr. São Paulo das Missões: teu passado é nossa história. Cerro
Largo: Gráfica Lenz, s. d.
NEDEL, Rui. Te arranca, alemão batata. Porto Alegre: Tchê, 1986.
NEIS, Ruben. Fundação de escolas e colégios – o Seminário Central e o Colégio
Máximo de Cristo Rei. In: Anais do Primeiro Congresso de História e Geografia de
São Leopoldo. Porto Alegre: Livraria do Globo, 1947, p. 305-341.
NEIS, Ruben. Padre Teodoro Amstad: iniciador do cooperativismo de crédito no Brasil.
Perspectiva Econômica, São Leopoldo: UNISINOS, n. 13, p. 65-87, 1976.
NEITZKE, Cristiane; HAAS, Sandra Regina Herrmann (orgs.). Tecendo nossa
história: Travesseiro/RS. Travesseiro: Secretaria Municipal de Educação e Cultura,
[2008?].
NEIVA, Artur Hehl. Uma família teuto-brasileira. In: I Colóquio de Estudos Teuto-
Brasileiros. Porto Alegre: Faculdade de Filosofia da Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, 1963.
NEPOMUCENO, Davino Valdir Rodrigues; MORAES, Demétrio Dias de; DUCATTI
Neto, Antônio. O Grande Erechim e sua história. Porto Alegre: EST, 1981.

181
NEUBARTH, Fernando. Olhos de guia. Porto Alegre: WS Editor, 1993.
NEUBARTH, Fernando. Às sombras das tílias. Porto Alegre: WS Editor, 1999.
NEUGEBAUER, uma história. Porto Alegre: Florestal Alimentos S. A., 2009.
NEUMANN, Erica Margita. Escapando do paraíso vermelho: uma trajetória de
milhares de quilômetros, da escravidão comunista à liberdade. Porto Alegre: Editora
Alternativa, 2001.
NEUMANN, Gerson Roberto; ARENDT, Isabel Cristina. O currículo escolar da escola
teuto-brasileira. Palavra Como/vida, São Leopoldo, vol. 4, n. 32, p. 16-17, 1995.
NEUMANN, Gerson Roberto. A “Muttersprache” (língua materna) na obra de
Wilhelm Rotermund e Balduíno Rambo e a construção de uma identidade cultural
híbrida no Brasil. Dissertação (Mestrado em Literatura Comparada) – Universidade
Federal do Rio de Janeiro, 2000.
NEUMANN, Gerson Roberto. Brasil na literatura alemã do século XIX: Amalia
Schoppe e Friedrich Gerstäcker. Tópicos, Bonn/Alemanha, vol. 3, p. 40-43, 2003.
NEUMANN, Gerson Roberto. Die brasilianische Einwanderungspolitik Ende des 19.
Jahrhunderts. In: NITSCHACK, Horst (org.). Brasilien im amerikanischen Kontext
vom Kaiserreich zur Republick: Kultur, Gesellschaft, Politik. Frankfurt-M/Alemanha:
TFM, 2005, p. 73-89.
NEUMANN, Gerson Roberto. Brasilien ist nicht weit von hier! Die Thematik der
deutschen Auswanderung nach Brasilien in der deutschen Literatur im 19. Jahrhundert
(1800-1871). Frankfurt-M/Alemanha: Peter Lang, 2005.
NEUMANN, Gerson Roberto. A temática da emigração alemã para o Brasil em obras
de três autores da literatura alemã do século XIX: Amália Schoppe, Friedrich
Gerstäcker e Joseph Hörmeyer. Métis: História & Cultura, Caxias do Sul: UCS, vol.
4, n. 8, p. 37-59, 2005.
NEUMANN, Gerson Roberto; SPINASSÉ, Karen Pupp. Arbeiten mit Texten im
Deutschunterricht an brasilianischen Schulen. In: SCHERNER, Maximilian; ZIEGLER,
Arne (orgs.). Angewandte Textlinguistik. Perspektiven für den Deutsch- und
Fremdsprachenunterricht. Tübingen/Alemanha: Narr, 2006, vol. 2, p. 237-244.
NEUMANN, Gerson Roberto. Amalia Schoppe e a emigração alemã para o Brasil no
conto “Die Auswanderer nach Brasilien oder die Hütte am Gigitonhonha”.
Contingentia, Porto Alegre: UFRGS, vol. 1, p. 28-38, 2006.
NEUMANN, Gerson Roberto. Conhecendo Herbert Caro. Contingentia, Porto Alegre:
UFRGS, vol. 2, p. 23-28, 2007.
NEUMANN, Gerson Roberto. Brasileiros sobre a Europa – Brasil: além do centro e da
periferia. Contingentia, Porto Alegre: UFRGS, vol. 2, p. 29-35, 2007.
NEUMANN, Gerson Roberto; ALTENHOFEN, Cléo Vilson; FREY, Jaqueline;
KÄFER, Maria Lidiane; KLASSMANN, Mário S; SPINASSÉ, Karen Pupp.
Fundamentos para uma escrita do Hunsrückisch falado no Brasil. Contingentia, Porto
Alegre: UFRGS, vol. 2, p. 73-87, 2007.
NEUMANN, Gerson Roberto. A temática da imigração alemã para o Brasil na literatura
alemã do século XIX (1800-1871). In: Anais do XVI Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América
Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.

182
NEUMANN, Gerson Roberto. O Brasil na literatura alemã do século XIX e a temática
da emigração: as obras em prosa. Espaço Plural, Marechal Cândido Rondon: Unioeste,
vol. IX, p. 9-19, 2008.:
NEUMANN, Gerson Roberto. A oralidade no universo literário de minorias falantes de
Hunsrückisch no ambiente brasileiro: aspectos literário-lingüísticos. In: Anais do IX
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
NEUMANN, Gerson Roberto. A tradição escrita do Hunsrückisch. In: Anais do XVII
Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações
Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
NEUMANN, Gerson Roberto. Os dois vizinhos. Cenas da colônia, de Wilhelm
Rotermund. Contingentia, Porto Alegre: UFRGS, vol. 4, p. 43-59, 2009.
NEUMANN, Gerson Roberto. A Guerra do Paraguai na literatura em Knittelvers:
Nicolau Engelmann. Seu valor literário. In: Anais do X Seminário Nacional dos
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre:
Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
NEUMANN, Gerson; SPINASSÉ, Karen Pupp. A linguagem da saúde no almanaque
Kalender für die Deutschen in Brasilien. In: Anais do XVIII Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos,
2009.
NEUMANN, Gerson Roberto. Dr. Wilhelm Rotermund – Leben und Werk. Martius-
Staden-Jahrbuch, São Paulo, vol. 57, p. 65-79, 2010.
NEUMANN, Gerson Roberto. Täuschungen – Ilusões. Conto em forma de cartas de
Wilhelm Rotermund – palavras transmitidas entre dois continentes. In: Anais do XIX
Simpósio de História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e
espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
NEUMANN, Gerson Roberto; OURIQUE, João Luis Pereira; CUNHA, João Manuel
dos Santos. Literatura: crítica comparada. Pelotas: Editora e Gráfica Universitária
PREC – UFPel, 2011.
NEUMANN, Gerson Roberto. A busca por um local? Uma literatura sem lugar definido
no contexto brasileiro. Antares: Letras e Humanidades, Caxias do Sul: UCS, vol. 3, p.
105-119, 2011.
NEUMANN, Gerson Roberto. Perder a terra, perder tudo. O sentimento de perda
constante na obra Quem faz gemer a terra, de Charles Kiefer. Literatura e
Autoritarismo, Santa Maria: UFSM, vol. 10, p. 70-95, 2012.
NEUMANN, Gerson Roberto. Friedrich Gerstäcker, o viajante alemão que palestrou ao
imperador d. Pedro. In: MONTEZ, Luiz Barros (org.). Viagens e deslocamentos.
Questões de identidade e representação em textos, documentos e coleções. Rio de
Janeiro: Mobile, 2012, vol. 1, p. 12-22.
NEUMANN, Gerson Roberto. Eine Literatur ohne festen Platz. Die Suche nach einer
Definition. Ibero-Amerikanisches Jahrbuch fuer Germanistik, Madrid/Espanha, vol.
1, p. 189-202, 2012.
NEUMANN, Gerson Roberto. Friedrich Gerstäcker, o viajante alemão que palestrou no
Salão da Real Academia Militar do Rio de Janeiro. Estudos Ibero-Americanos, Porto
Alegre: PUCRS, vol. 38 (edição suplementar), p. 108-115, 2012.

183
NEUMANN, Gerson Roberto. A emigração de soldados alemães para o Brasil em dois
poemas do poeta alemão Ernst Moritz Arndt. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da
Luz; MARTÍNEZ, Elda Evangelina González; ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA,
Jorge Luiz da; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História da imigração: possibilidades
de escrita. São Leopoldo: Oikos/UNISINOS, 2013, p. 375-396.
NEUMANN, Gerson Roberto; LUDWIG, Paula. A constituição da identidade em meio
ao conflito de diferentes: um estudo de caso no contexto da imigração. Antares: Letras
e Humanidades, Caxias do Sul: UCS, vol. 5, p. 134-156, 2013.
NEUMANN, Gerson Roberto; ARENDT, João Cláudio (orgs.). Regionalismus –
regionalismos. Subsídios para um novo debate. Caxias do Sul: Educs, 2013.
NEUMANN, Gerson Roberto. Os alemães e seus descendentes na literatura brasileira –
sua representação em novos autores. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane
Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São
Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 573-579.
NEUMANN, Gerson Roberto. A literatura em língua alemã produzida no Brasil:
imigração e literatura entre duas culturas. Cadernos de Hipogrifo – Revista de
Literatura Hispanoamericana y Comparada, Roma, n. 8, p. 93-107, 2017.
NEUMANN, Marines Teresinha. A cultura germânica durante o Estado Novo: o caso
de São Martinho em Santa Cruz do Sul/RS. In: Anais do IV e V Seminário Nacional
de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2000).
Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras, 2002.
NEUMANN, Marinês Teresinha. Narrativas identitárias e associativismo de
tradição germânica na região de Santa Cruz do Sul: o discurso da identidade
regional (1850-1950). Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2006.
NEUMANN, Rosane Marcia. "Quem nasce no Brasil, é brasileiro ou traidor!": as
colônias germânicas e a campanha de nacionalização. Dissertação (Mestrado em
História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2003.
NEUMANN, Rosane Marcia. Correio Serrano: órgão dos interesses regionais In:
Imigração e Imprensa. Porto Alegre/São Leopoldo: EST/Instituto Histórico de São
Leopoldo, 2004, p. 190-209.
NEUMANN, Rosane Marcia. Semana da pátria no Estado Novo: “gauchinhos, entrem
que a casa é de vocês“. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.).
História, cultura e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS,
2005, p. 151-159.
NEUMANN, Rosane Marcia. A migração rumo às Colônias Novas. In: Anais do XVI
Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da
imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
NEUMANN, Rosane Marcia. Resistência e repressão: Neu-Württemberg/Panambi no
contexto da Campanha de Nacionalização. In: Panambi: múltiplos olhares. Passo
Fundo: Editora da Universidade de Passo Fundo, 2007, p. 276-301.
NEUMANN, Rosane Marcia. Imagens das colônias da Empresa de Colonização Meyer
no Rio Grande do Sul. Urbana – Revista Eletrônica do Centro Interdisciplinar de
Estudos da Cidade, Campinas: UNICAMP, vol. 2, 2007.

184
NEUMANN, Rosane Marcia. O colono migrante. Alguns apontamentos sobre a
mobilidade espacial dos imigrantes alemães no Brasil. In: Anais do IX Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (São
Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
NEUMANN, Rosane Marcia. Protestantes, batistas e católicos na colônia Neu-
Württemberg. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
NEUMANN, Rosane Marcia. A iniciativa privada da colonização do noroeste do Rio
Grande do Sul: a Colonizadora Meyer. In: SIDEKUM, Antonio; GRÜTZMANN,
Imgart; ARENDT, Isabel Cristina (orgs.). Campos múltiplos: identidade, cultura e
história. Festschrift em homenagem ao prof. Arthur Blasio Rambo. São Leopoldo: Nova
Harmonia/Oikos, 2008, p. 123-140.
NEUMANN, Rosane Marcia. Colonização particular: do ideal ao real possível. In:
Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde:
Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
NEUMANN, Rosane Marcia. Neu-Württemberg: uma colônia étnica no noroeste do
estado. In: TEDESCO, João Carlos; HEINSFELD, Adelar (orgs.). Colonos, colônias &
colonizadores: aspectos da territorialização agrária no Sul do Brasil. Erechim: Habilis
Press Editora, 2009, p. 163-178.
NEUMANN, Rosane Marcia. O cotidiano da colônia nas peças de teatro de Marie
Faulhaber. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de
Educação/CORAG, 2009.
NEUMANN, Rosane Marcia. Um “vôo para tão longe”: a migração para/na colônia
Neu-Württemberg. In: Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e
Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
NEUMANN, Rosane Marcia. Os prospectos da Colonizadora Meyer: leituras e
interpretações. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER,
Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 395-403.
NEUMANN, Rosane Marcia. “Nós” e “eles”: imigrantes alemães e teuto-brasileiros na
colônia Neu-Württemberg (1898-1932). In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz;
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s)
escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 1442-1454.
NEUMANN, Rosane Marcia. Colonização e exclusão: lavradores nacionais e colonos
no complexo colonial da Colonizadora Meyer (Planalto Rio-Grandense, 1897-1932).
Tempos Históricos, Marechal Cândido Rondon: UNIOESTE, vol. 16, n. 2, p. 303-327,
2012.
NEUMANN, Rosane Marcia. Colonizadora Meyer e Empresa Chapecó-Pepery. In:
TEDESCO, João Carlos; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Colonos, colônias e
colonizadoras: aspectos da territorialização agrária no sul do Brasil. Porto Alegre:
Letras&Vida, 2013, p. 170-194.
NEUMANN, Rosane Marcia. Lugares de memória dos (i)migrantes em Passo Fundo.
In: Momento Patrimônico (vol. II). Passo Fundo: Aldeia Sul/Berthier, 2013, p. 27-43.

185
NEUMANN, Rosane Marcia. Migração: mobildiade social e espacial dos imigrantes
alemães e seus descendentes no Rio Grande do Sul. In: Anais Eletrônicos do II
Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2013, p. 1-14.
NEUMANN Rosane Marcia. Imigração e identidade étnica: a construção do “ser
alemão” no sul do Brasil. História: debates e tendências, Passo Fundo: UPF, vol. 14,
n. 1, p. 94-107, 2014.
NEUMANN, Rosane Marcia. Colonizadora Meyer: impasses na compra e registro de
propriedade da Posse Boi Preto e colônia Erval Seco. Ágora, Santa Cruz do Sul:
UNISC, vol. 16, p. 83-96, 2014.
NEUMANN, Rosane Marcia. Colonos: os “heróis do trabalho”. In: REINHEIMER,
Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades
teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p.
484-492.
NEUMANN, Rosane Marcia. A construção de lugares de memória pelos (i)migrantes
em Passo Fundo. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1628-1645.
NEUMANN, Rosane Marcia. Colonizadora Meyer: um esboço de seu projeto de
colonização. In: TEDESCO, João Carlos; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.).
Colonos, colônias e colonizadoras: aspectos da territorialização agrária no sul do
Brasil. Porto Alegre: Letra&Vida, 2015, p. 26-44.
NEUMANN, Rosane Márcia. Cartões-postais: representações do espaço colonial no
início do século XX. In: MEYRER, Marlise Regina; NEUMANN, Rosane Marcia
(orgs.). História, imagem e representação: possibilidades de leitura. São Leopoldo:
OIKOS, 2015, p. 25-42.
NEUMANN, Rosane Marcia; MEYRER, Marlise Regina. Os museus e a construção de
uma narrativa da memória do processo de imigração e colonização alemã no Rio
Grande do Sul. In: Anais do VII Simpósio Nacional de História Cultural – Escrita,
circulação, leituras e recepções. São Paulo, 2015, p. 1-14.
NEUMANN, Rosane Marcia. A nacionalização do ensino na colônia Neu-Württemberg,
noroeste do Rio Grande do Sul, durante o Estado Novo (1937-1945). História
UNICAP, Recife: UNICAP, vol. 2, n. 4, p. 204-217, 2015.
NEUMANN, Rosane Marcia. Porto Novo: a Canãa dos colonos e imigrantes alemães
católicos na década de 1920. In: FRANZEN, Douglas Orestes; MAYER, Leandro
(orgs.). Porto Novo 90 anos: perspectivas históricas e contemporâneas. São Leopoldo:
OIKOS, 2016, p. 36-48.
NEUMANN, Rosane Marcia. Uma Alemanha em miniatura: o projeto de imigração e
colonização étnico particular da Colonizadora Meyer no noroeste do Rio Grande do Sul
(1897-1932). São Leopoldo: Oikos Editora/Editora da UNISINOS, 2016.
NEUMANN, Rosane Marcia. História e região: movimentos migratórios na dinâmica
da colonização sul-rio-grandense (1889-1930). In: HEINSFELD, Adelar;
RECKZIEGEL, Ana Luíza Setti (orgs.). América de múltiplas regiões. Passo Fundo:
UPF Editora, 2016, p. 253-269.

186
NEUMANN, Rosane Marcia. O diretor da colônia: a atuação de Hermann Faulhaber no
sul do Brasil. Revista de História Regional, Ponta Grossa: UEPG, vol. 23, n. 2, p. 199-
220, 2018.
NEUMANN, Rosane Marcia. O diretor da colônia: Hermann Faulhaber, sua trajetória e
redes sociais. In: KARSBURG, Alexandre; VENDRAME, Maíra Ines (orgs.).
Variações de micro-história no Brasil: temas, abordagens e desafios. São Leopoldo:
OIKOS Editora, 2019, p. 130-154.
NEUMANN, Valmi Terezinha Endres. Histórias de imigrantes: os núcleos e as
religiões. Estância Velha: Floresta Impressões Serigráficas Ltda., 2006.
NEU-WUERTTEMBERG: eine Siedlung Deutscher in Rio Grande do Sul (Brasilien).
Neu-Wuerttemberg: Faulhaberstiftung, 1933.
NEVES, Clarissa Eckert Baeta; NEVES, Abílio Afonso Baeta. As Ciências Sociais e a
cooperação Brasil e Alemanha. In: VOLKMER, José Albano; ROCHA, Manoel André
da; GERTZ, René E. (orgs.). Retratos de cooperação científica e cultural: 40 anos do
Instituto Cultural Brasileiro-Alemão. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1999, 255-267.
NEVES, Clarissa Eckert Baeta; LIEDKE Filho, Enno Dagoberto. O desenvolvimento da
Sociologia no Rio Grande do Sul e a cooperação acadêmica Brasil e Alemanha. In:
NEVES, Clarissa Eckert Baeta; SOBOTTKA, Emil (orgs.). Sociologia, pesquisa e
cooperação: Achim Schrader, homenagem a um cientista social. Porto Alegre: Editora
da UFRGS, 2003, p. 11-29.
NICKLAS, Fr.; KRAMER, H. 50 Jahre Schule des Deutschen Hilfsvereins Porto
Alegre (von der Hilfsvereinsschule zur Hindenburgschule). Porto Alegre: Typographia
Mercantil 1936.
NICOLINI, Cristiano. A construção da identidade territorial a partir das
manifestações culturais no Vale do Taquari: etnografia dos grupos de danças
folclóricas alemãs de Estrela e do 47º Festival do Chucrute. Dissertação (Mestrado em
Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 2013.
NICOLINI, Cristiano. Manifestações culturais e identidade germânica no Vale do
Taquari: os grupos de danças folclóricas de Estrela e o Festival do Chucrute. In:
REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas
comunidades teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo:
OIKOS, 2014, p. 91-101.
NICOLINI, Cristiano; FELIPPI, Angela Cristina Trevisan. Identidade territorial nas
festividades germânicas no sul do Brasil. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 20, p.
268-285, 2015.
NICOLINI, Cristiano. A Associação Nacional dos Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (APHCTB) como lugar de memória. In:
WEIZENMANN, Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.).
Migrações históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 25-30.
NICOLOSO, Fabrício Rigo; CUNHA, Jorge Luiz da. A inserção social e política dos
imigrantes alemães em Santa Maria na segunda metade do século XIX. In: RAMOS,
Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A
história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 365-384.

187
NICOLOSO, Fabrício Rigo. Fazer-se elite em Santa Maria – RS: os imigrantes
alemães entre as estratégias políticas e sociais – 1830/1891. Dissertação (Mestrado em
História) – Universidade Federal de Santa Maria, 2013.
NICOLOSO, Fabrício Rigo; CUNHA, Jorge Luiz da; KÜHN, Fábio. O perfil
socioeconômico dos imigrantes e descendentes de alemães em Santa Maria no século
XIX. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São
Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1211-1226.
NIEDERHUT, Carl Friedmund. 100 Jahre deutsches Leben in Brasilien. São
Leopoldo: Rotermund, 1924.
NIEDERHUT, Carl Friedmund. Die Prophetin vom Ferrabraz. Porto Alegre:
Germano Gundlach Cia., 1931.
NIEMEYER, Ernesto. Die Deutschen in Brasilien. Curitiba: Impressora Paranaense –
Max Schrappe, 1926.
NIEMEYER, Ernesto. Naturbilder aus Brasilien. Leipzig/Alemanha: Hesse & Becker,
s. d.
NIETIEDT, Tanara Emanoêlle Torres. Kinderleseecke: uma coluna para crianças no
jornal Deutsche Post. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e Interpretações da Imigração na América Latina (São
Leopolod, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
NOAL, Fernando Oliveira. O movimento ecologista no Rio Grande do Sul: uma
abordagem histórico-social de sua trajetória no período 1970-1995. Dissertação
(Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 1999.
NOAL Filho, Valter Antonio; COSTA FRANCO, Sérgio da. Os viajantes olham Porto
Alegre: 1890-1941. Santa Maria: Anaterra, 2004.
NOGUEIRA, Arlinda Rocha; HUTTER, Lúcia Maffei. A colonização em São Pedro
do Rio Grande do Sul durante o império (1824-1889). Porto Alegre: Garatuja, 1975.
NÖRNBERG, Sebaldo. É dando que se recebe: a caminhada com a Comunidade
Evangélica Floresta Imperial e suas instituições. São Leopoldo: Sinodal, 1984.
NORONHA, Andrius Estevam. Instituições e elite política de Santa Cruz do Sul no
contexto de internacionalização da economia fumageira (1960-1970). Dissertação
(Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 2006.
NORONHA, Andrius Estevam. O posicionamento da elite política regional nas
instituições de uma comunidade de imigrantes alemães no interior do estado do Rio
Grande do Sul: o caso de Santa Cruz do Sul no contexto de internacionalização da
economia fumageira. Fronteiras: Revista de História, Dourados: UFGD, vol. 10, n.
18, p. 167-193, 2008.
NORONHA, Andrius Estevam. O uso da prosopografia para o estudo de elites locais: o
caso dos empresários de Santa Cruz do Sul. In: HEINZ, Flávio Madureira (org.).
História social de elites. São Leopoldo: Oikos, 2011, p. 97-113.
NORONHA, Andrius Estevam. Beneméritos empresários: história social de uma elite
de origem imigrante do sul do Brasil (Santa Cruz do Sul, 1905-1966). Tese (Doutorado
em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2012.

188
NORONHA, Andrius Estevam. A internacionalização da economia fumageira em duas
realidades sul-americanas: Santa Cruz do Sul e Buenos Aires. In: NORONHA, Andrius
Estevam; CAVLAK, Iuri; PORTO, Jadson (orgs.). Faces da Fronteira: transformações
e dinamismo históricos das lindes setentrional e meridional sul-americana. Macapá/Rio
de Janeiro: EDUNIFAP/Autografia, 2016, p. 165-188.
NÖTZOLD, Ana Lúcia Vulfe; SOUZA, Andréia Mendes de. O imigrante e o indígena:
a discursividade e as práticas oficiais nos embates pela terra. In: Anais do XIV
Simpósio de História da Imigração e Colonizaçaão – Colonização e imigração no
contexto das comemorações dos 500 anos: os imigrantes descobrem o Brasil (São
Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
NOVA PETRÓPOLIS – Prefeitura Municipal. Contribuição para história de Nova
Petrópolis: depoimentos. Caxias do Sul: EDUCS, 1989.
NOVO DA SILVA, Fernanda; SCHWARTZ, Losane Hartwig; MENASCHE, Renata.
O tradicional e o moderno na alimentação de famílias rurais pomeranas. Revista de la
Facultad de Agronomía, La Plata, vol. 112, p. 93-102, 2013.
NUNES, Alda Maria Capalonga. et. al. Tapera: a caminhada de um povo. Tapera:
SEDIGRAF – Prefeitura Municipal de Tapera, 1996.
NUNES, Margarete Fagundes. O negro no mundo alemão: cidade, memória e ações
afirmativas no tempo da globalização. Tese (Doutorado em Antropologia) –
Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.
NUNES, Margarete Fagundes. A cidade, a diversidade etnorracial e os jogos de
memória. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER,
Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 91-103.
NUNES, Margarete Fagundes et al. Trabalho negro, memória negra no Vale do Sinos
(RS): narrativa etnográfica de Vó Nair. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre:
UFRGS, ano 19, n. 39, p. 269-292, 2013.
O RIO GRANDE DO SUL e suas colônias alemãs. Porto Alegre: Bels, 1974.
OBERACKER [Senior], Karl Heinrich. Aus meines Herzens Grunde.
Edda/Alemanha: Verlag Cassel, 1922.
OBERACKER [Senior], Karl Heinrich. Im Sonnenland Brasilien – Bilder und
Gestalten. Karlsruhe/Alemanha: Heinrich Schneider, 1932.
OBERACKER {Junior], Karlheinrich. Die volkspolitische Lage des Deutschtums in
Rio Grande do Sul (Südbrasilien). Jena/Alemanha: Verlag von Gustav Fischer, 1936.
OBERACKER [Junior], Karl Heinrich. Karl von Koseritz und der Kampf des
brasilianischen Deutschtums um seinen staats- und volkspolitischen Standort im
Kaiserreich Brasilien. Leipzig/Alemanha: Verlag von S. Hirzel, 1938.
OBERACKER Jr., Carlos H. Vocabulário de palavras portuguesas que os descendentes
de colonos alemães acolheram na língua vulgar. Sociologia, São Paulo, vol. 1, n. 3,
1939.
OBERACKER Jr., Karl Heinrich. Die sozialgeschichtliche Bedeutung der deutschen
Einwanderung. Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 2, p. 175-180, 1954.
OBERACKER [Junior], Karl-Heinrich. Karl von Koseritz und der 25. Juli-Gedanke in
Brasilien. Südamerika, Buenos Aires, vol. 7, n. 4, p. 232-325, 1954.

189
OBERACKER [Junior], Carlos Henrique. Die sozialgeschichtliche Bedeutung der
deutschen Einwanderung. Staden-Jahrbuch, São Paulo: Instituto Hans Staden, n. 2, p.
175-181, 1954.
OBERACKER Jr., Karl Heinrich. Das Werden der brasilianischen Nation. Staden-
Jahrbuch, São Paulo, n. 3, 1955.
OBERACKER Jr., Carlos Henrique. Jorge Antônio von Schaeffer: criador da primeira
corrente emigratória alemã para o Brasil. Porto Alegre: Instituto Estadual do Livro,
1957.
OBERACKER Jr., Carlos Henrique. Transformações da língua alemã no Brasil.
Revista de Antropologia, São Paulo, vol. 5, n. 1, p. 1-36, 1957.
OBERACKER Jr., Karl Heinrich. Neuschöpfungen der deutschen Sprache in Brasilien.
Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 5, 1957.
OBERACKER [Junior], Karl-Heinrich. Karl von Koseritz, ein Deutscher als
brasilianischer Politiker. Staden-Jahrbuch, São Paulo: Instituto Hans Staden, n. 7/8, p.
65-117, 1959/1960.
OBERACKER Jr., Carlos Henrique. Carlos von Koseritz, Anhembi, São Paulo, ano 10,
vol. 40, n. 120, p. 490-500, 1960.
OBERACKER Jr., Carlos Henrique. Carlos von Koseritz, Anhembi, São Paulo, ano 11,
vol. 41, n. 121, p. 85-97, 1960.
OBERACKER Jr., Carlos Henrique. Carlos vom Koseritz. São Paulo: ANAHAMBI,
1961.
OBERACKER, Jr., Karl Heinrich. Brauchtum und Aberglaube bei Kolonisten
pommerscher Abstammung. Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 9/10, 1961/1962, p. 59-
64.
OBERACKER [Junior], Carlos Henrique. A colonização baseada na pequena
propriedade agrícola. In: HOLANDA, Sérgio Buarque de (ed.). História geral da
civilização brasileira (t. II, vol. 3). São Paulo: DIFEL, 1967, p. 220-244.
OBERACKER [Junior], Carlos Henrique. Jorge Antônio Schaeffer: criador da
corrente emigratória alemã para o Brasil. Porto Alegre: Editora Metrópole/IEL, 1975.
OBERACKER Jr., Carlos H. Transformações da língua alemã no Brasil. In:
SCHADEN, Egon (org.). Homem, cultura e sociedade no Brasil. Petrópolis: Vozes,
1977, p. 383-432.
OBERACKER [Junior], Carlos Henrique. A. J. Renner. Skizze eines
deutschbrasilianischen Unternehmers. In: SCHNEIDER, Jürgen (ed.).
Wirtschaftskräfte und Wirtschaftswege. Stuttgart/Alemanha: Klett-Cotta, 1978, p.
487-500.
OBERACKER [Junior], Karl H.; ILG, Karl. Die Deutschen in Brasilien. In:
FRÖSCHLE, Hartmut (ed.). Die Deutschen in Lateinamerika: Schicksal und
Leistung. Tübingen/Basel: Erdmann, 1979, p. 169-300.
OBERACKER Jr., Carlos Henrique. Novos traços para a imagem do Dr. Jorge Antônio
von Schaeffer. In: Anais do 3º Simpósio de História da Imigração e Colonização
Alemã no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1978). São Leopoldo: Instituto Histórico
de São Leopoldo, 1980.

190
OBERACKER Jr., Carlos Henrique. A contribuição teuta à formação da nação
brasileira. Rio de Janeiro: Presença Edições, 1985.
OBERACKER Jr., Carlos Henrique. Vila Amália. Estudos Leopoldenses, São
Leopoldo: UNISINOS, vol. 25, n. 109, p. 33-45, 1989.
OBERACKER Jr., Karl Heinrich. Karl von Koseritz und die deutschen Einwanderer in
Brasilien: zum 100. Todestag des grossen Deutschbrasilianers. Martius-Staden-
Jahrbuch, São Paulo: Instituto Hans Staden, n. 37/38, 1989/1990.
OBERACKER Jr., Carlos Henrique. A. J. Renner – esboços do perfil de um empresário
teuto-brasileiro. In: Anais do VII Simpósio de História da Imigração e Colonização
Alemãs no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1986). Nova Petrópolis: Editora
Amstad, 2000.
OBERACKER [Senior], Karl Heinrich. Fahrt und Tat des Jakob Rheingantz.
Sponheim/Alemanha: Freundeskreis der Burg Sponheim e. V., 2010.
OBERMEIER, Franz. Robert Avé-Lallemant (1812-1884) und seine Brasilienbücher.
Martius-Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 54, p. 221-239, 2007.
ODERICH, Max Adolfo. Memórias. S. l: s. e., [1985?].
O’DONELL, K. Molly; BRIDENTHAL, Renate; REAGIN, Nancy. The Heimat
abroad: the boundaries of Germanness. Ann Arbor/Estados Unidos: The University of
Michigan Press, 2005.
OLIVEIRA, Ângela Maria da Silva de. Mala histórica – Museu itinerante, história e
aprendizagem. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 18-31.
OLIVEIRA, Daiane Arend Flores de; MAGALHÃES, Magna Lima. Ocupação e
resistência: Paredão Baixo, uma comunidade remanescente quilombola em zona de
colonização europeia. In: Anais [do] IX Seminário de Pós-Graduação. Novo
Hamburgo: Feevale, 2016, p. 980-985.
OLIVEIRA, Everton. Promover a saúde, produzir famílias: a implementação da
Estratégia Saúde da Família na Encosta da Serra Gaúcha. Dissertação (Mestrado em
Sociologia) – Universidade Federal de São Carlos, 2013.
OLIVEIRA, Everton. Saúde, alianças e disposições: implementação e organização de
uma política pública de saúde na Encosta da Serra Gaúcha. Cadernos de Campo,
Araraquara, n. 17, p. 21-34, 2013.
OLIVEIRA, Everton. A boa índole moral: como o governo se constitui em uma
comunidade de alemães da Encosta da Serra, RS. Tomo, Aracaju: UFS, n. 27, p. 49-79,
2015.
OLIVEIRA, Everton de. Os tempos da colônia: etnografia sobre movimentos, dores e
cuidados entre os colonos alemães do sul do Brasil. Tese (Doutorado em Ciências
Sociais) – Universidade de Campinas, 2018.
OLIVEIRA, Flávio. Confluências na música. In: SCHILLING, Voltaire et al. Culturas
em movimento: a presença alemã no Rio Grande do Sul. Guaíba: RIOCELL, 1992, p.
86-95.

191
OLIVEIRA, Geneci K.; MENGUE, Glace M.; SCHWANCK, Marilu M. Fundação da
Sociedade Mundo Encantado. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara –
marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
OLIVEIRA, Ione de Fátima. Leituras sobre a cooperação entre o Brasil e a República
Federal da Alemanha (1960-1982). Anais do XXVI Simpósio Nacional de
História/ANPUH. São Paulo, 2011, p. 1-17.
OLIVEIRA, Josiléia Valim de. Pedro Mathias: uma história de amor ao trabalho. In:
ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST,
2010.
OLIVEIRA, Josué de; FASSBINDER, Carla T. K. Museu, cultura e identidade:
equação possível? In: XI Seminário de Estudos Históricos: “a democracia ainda é a
questão: reflexões sobre a ditatura civil-militar e a comissão nacional da verdade”.
Novo Hamburgo: FEEVALE, 2013.
OLIVEIRA, Júlio César de. Fibra de linha num palmo de terra: a ocupação das terras da
Feitoria do Linho Cânhamo. História UNICAP, Recife: UNICAP, vol. 1, n. 2, p. 166-
173, 2014.
OLIVEIRA, Kátia Ferreira de. Atafona e Moinho Henkel. Nova Hartz/RS – estudo
sobre o patrimônio material e imaterial. Dissertação (Mestrado em Memória Social e
Patrimônio Cultural) – Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas,
2009.
OLIVEIRA, Leonardo Pianta de; TRAMONTINI, Marcos Justo. Os registros de título
de propriedade de terras na zona colonial do Rio Grande do Sul, a partir da
regulamentação da Lei de Terras. In: DREHER, Martin N. (org.). Imigração &
Imprensa. Porto Alegre/São Leopoldo: EST/IHSL, 2004, p. 362-365.
OLIVEIRA, Leonardo Pianta de. A expansão da área de colonização e a titulação das
terras. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura
e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 117-122.
OLIVEIRA, Luciana da Costa de. Da imagem nascente à imagem consagrada: a
construção da imagem do gaúcho pelos pincéis de Cesáreo Bernaldo de Quirós e Pedro
Weingärtner. Tese (Doutorado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.
OLIVEIRA, Marinês de Aguiar. Transportando as riquezas da Colônia Três Forquilhas.
In: BEMFICA, Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da Patrulha e
Caraá. Porto Alegre: EST, 2000, p. 283-284.
OLIVEIRA, Paulo Gilberto de. A imigração alemã e a introdução do punhobol no
Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento) –
Universidade Federal de Santa Maria, 1987.
OLIVEIRA, Paulo Gilberto de. Esportes trazidos pela imigração. In: FISCHER, Luís
A.; GERTZ, René E. (coords.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da
UFRGS, 1996, p. 158-163.
OLIVEIRA, Pedro. Canela por muitas razões. Porto Alegre: Edições EST, 2000.
OLIVEIRA, Pedro; BARROSO, Véra Lucia Maciel. Raízes de Canela. Porto Alegre:
Edições EST, 2007.

192
OLIVEIRA, Ryan de Souza. Etnicidade e poder: a construção da cidadania entre os
colonos de origem alemã e seus descendentes no Rio Grande do Sul (1824-1889). In:
XXIV Simpósio Nacional de História – ANPUH. São Leopoldo: UNISINOS, 2007.
OLIVEIRA, Ryan de Sousa. Colonização alemã e poder: a cidadania brasileira em
construção e discussão (Rio Grande do Sul, 1863-1889). Dissertação (Mestrado em
História) – Universidade de Brasília, 2008.
OLIVEIRA, Ryan de Souza. Colonização alemã e cidadania: a participação política dos
teuto-brasileiros no Rio Grande do Sul (século XIX). Textos de História, Brasília:
UnB, vol. 16, n. 2, p. 79-104, 2008.
OLIVEIRA, Suzana Vielitz de. Planos diretores e ações de preservação de
patrimônio edificado em Novo Hamburgo. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) –
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
OLIVEIRA, Suzana Vielitz de. Novo Hamburgo: caminhos da urbanização. In:
MARTINS, Luciana Néri et al. (orgs.). Arquitetura e comunidade: projetos de
reurbanização fundiária de Novo Hamburgo. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2012, p. 28-
38.
OLIVEIRA, Vinícius Pereira de. O estudo de trajetórias escravas como possibilidade
historiográfica: o caso do africano Manoel Congo (Rio Grande do Sul/Brasil, século
XIX). In: Anais eletrônicos do II Encontro escravidão e liberdade no Brasil
meridional. 2005.
OLIVEIRA, Vinícius Pereira de. De Manoel Congo a Manoel de Paula – um africano
ladino em terras meridionais. Porto Alegre: EST Edições, 2006.
OLIVEIRA, Vinícius Pereira de. O negro, o imigrante e a construção da nação brasileira
no século XIX: miscigenação, racismo e branqueamento no Rio Grande do Sul. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 266-274.
OLIVEIRA Júnior, Alcidésio de Oliveira. “Da raça ninguém cuida”: os efeitos da
imigração nos caracteres físicos e morais e na saúde da população brasileira. In: Anais
do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade
– Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
OLIVEN, Klaus. 25 anos de existência da SIBRA. Porto Alegre: Seleções Sionistas,
1961.
OLKOSKI, Wilson. História agrária do Médio Alto Uruguai – RS: colonização,
(re)apossamento das terras e exclusão (1900-1970). Dissertação (Mestrado em História)
– Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2002.
OPPERMANN, Everson. Itinerários da primeira previdência privada no Brasil: de
uma iniciativa eclesial (1864) à consolidação de uma entidade de previdência
complementar, sem fins lucrativos (1993). Rio de Janeiro: Fundação Escola Nacional de
Seguros Funenseg, 2014.
ORIGEM e descendência da família Kepler. Porto Alegre: Gráfica Editora Estela,
1987.
ORTIZ, Eduardo. Josué Guimarães leitor de Jean Roche: ressonâncias da
historicidade em A Ferro e Fogo. Dissertação (Mestrado em Letras e Cultura Regional)
– Universidade de Caxias do Sul, 2016.

193
ORTIZ, Eduardo. Representações identitárias nos romances A ferro e fogo. In:
RUGGIERO, Antonio de; MURARI, Luciana; MAIA, Tatyana (orgs.). Anais do XI
Congresso Internacional de Estudos Ibero-Americanos: os 80 anos do Estado Novo.
Porto Alegre: EDIPUCRS, 2018.
OSTERMANN, Ruy Carlos. Fried de olhos verdes. In: SCHILLING, Voltaire et al.
Culturas em movimento: a presença alemã no Rio Grande do Sul. Guaíba: RIOCELL,
1992, p. 66-75.
OSTERMANN, Ruy Carlos. São Leopoldo: a cidade se revela. Porto Alegre: Pallotti,
2012.
OSWALD, Tamara. As igrejas evangélicas luteranas livres e independentes em São
Lourenço do Sul. In: Anais do XI Encontro Estadual de História: história, memória
e patrimônio. Rio Grande: FURG, 2012.
OSWALD, Tamara. Comunidades luteranas livres em São Lourenço do Sul (1886-
1945). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pelotas, 2014.
OTT, Fernanda. Os centros de documentação e memória criados por empresas
privadas no Brasil das décadas de 1990 a 2000 e o caso Gerdau: a construção de
patrimônio, memórias e identidade. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
PACHECO, Eliezer. Colonização e racismo (relações raciais em uma zona de
colonização européia). Rio de Janeiro: Editora Artenova S. A, 1976.
PÁDUA, Jorge Hage. Germanidade, luteranismo e catolicismo: uma reflexão acerca
das relações de sobrevivência e dependência entre a religião e a cultura teuto-brasileira
no Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em Teologia) – Programa de Pós-
Graduação em Teologia, Faculdades EST, São Leopoldo, 2000.
PAES, Augusto Moreira. A Colônia São Lourenço. In: RODRIGUES, Alfredo Ferreira.
Almanak literário e estatístico do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Pinto e
Cia/Livraria Americana, 1909, p. 164-167.
PAIANI, Flavia Renata Machado; ROB, Daniela Machado. Os Mucker: a dialética de
Jacobina e a defesa de um passado ultrapassado. In: Anais do XVII Simpósio de
História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São
Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
PAIVA, César. Die deutschsprachigen Schulen in Rio Grande do Sul und die
Nationalisierungspolitik. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de
Hamburgo/Alemanha, 1984.
PAIVA, César. Escolas de língua alemã no Rio Grande do Sul, o nazismo e a política de
nacionalização. Educação e Sociedade, São Paulo, vol. IX, n. 26, p. 5-28, 1987.
PAIVA, César. Escolas de língua alemã no Rio Grande do Sul: o nazismo e a política de
nacionalização. In: FIORI, Neide Almeida (org.). Etnia e educação: a escola “alemã”
do Brasil e estudos congêneres. Florianópolis/Tubarão: UFSC/UNISUL, 2003, p. 103-
125.
PAIXÃO, Márcia Eliane Leindecker. A experiência educativa da extensão na
Faculdades EST analisada sob a perspectiva da hermenêutica feminista. Tese
(Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo,
2011.

194
PANAMBI: múltiplos olhares. Passo Fundo: Editora da UPF, 2007.
PANAMBI ontem – hoje. Panambi: Publipan, 1985.
PANKE, Luís. Memórias de Luís Panke: relato de um descendente de imigrante
alemão. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2005.
PANORAMA von São Leopoldo – Província de São Pedro do Rio Grande do Sul
Brazil. (Sem indicações), 1930.
PARKER, Marcelo. Cruzando as fronteiras (da razão) no Novo Mundo: o Hospício São
Pedro e os imigrantes (Porto Alegre/RS, 1884-1948). In: Anais do XIX Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial.
São Leopoldo: Oikos, 2010.
PATRE, Nathan Ferrari. As fronteiras da identidade: demarcação simbólica das regiões
de etnicidade no sul do Brasil. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e
rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1544-1560.
PATRO, Herta Sporket. Ivoti, um pontinho no mapa. Ivoti: Edição da autora, s. d.
PAUL, Roland. Die Auswanderung aus den Gebieten des heutigen Rheinland-Pfalz
nach Brasilien im 19. Jahrhundert. Auswanderung nach Amerika, n 43, p. 19-42,
2009.
PAULA, José Fabiano de. O que a escola começa, o exército continua: a campanha de
nacionalização durante o Estado Novo nos núcleos coloniais teuto-brasileiros do Rio
Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em Educação nas Ciências) – Universidade de
Ijuí, 2006.
PAULA, José Fabiano de. A participação do exército na Campanha de Nacionalização.
In: Anais do IX Seminário Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
PAULA, José Fabiano de Paula. A ação educativa do exército na campanha de
nacionalização: a construção de uma nação e de uma língua nos núcleos coloniais teuto-
brasileiros durante o Estado Novo. In: Anais do XVII Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006).
São Leopoldo: Oikos, 2008.
PAULA, Ricardo Pires de. Contestações à nação: um estudo do movimento separatista
O Sul é o meu país (1990-1997). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade
Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, 2001.
PAULITSCH, Vivian da Silva. Rheingantz, uma vila operária em Rio Grande. Rio
Grande: Editora da FURG, 2008.
PAULITSCH, Vivian da Silva. Impasses no exercício da feminilidade e da
maternidade no tríptico La Faiseuse D’Anges (A Fazedora de Anjos) do pintor
Pedro Weingärtner (1853-1929). Tese (Doutorado em História) – Universidade de
Campinas, 2009.
PAULY, Evaldo L. Pastoral urbana da IECLB na nova realidade constitucional
brasileira. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 32, n. 1, p. 40-53, 1992.
PAZ, Elisete de Souza Ramão. Identidades e representações do urbano na imprensa: um
estudo sobre a “Cidade do Oktoberfest” no vale do Paranhana (RS, Brasil). In:

195
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.).
Migrações: religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 254-270.
PAZ, Elisete de Souza Ramão. O processo de construção da identidade cultural do
município de Igrejinha (RS) e seu impacto para o desenvolvimento regional.
Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Faculdades Integradas de
Taquara, 2016.
PAZ, Ivoni Nör. Nova Petrópolis: da submissão à rebeldia (1858-1937). Caxias do Sul:
EDUCS, 1998.
PAZ, Ivoni Nör; DEPPE, Gessy; DEPPE, Lori Schaal; SEIBT, Renato Urbano.
Evolução política e econômica de Nova Petrópolis: de colônia provincial a município,
da pequena propriedade ao turismo. Porto Alegre: CORAG, 2006.
PEDDE, Valdir. Carismáticos luteranos e católicos: uma abordagem comparativa da
performance dos rituais. Dissertação (Mestrado em Antropologia) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2000.
PEDDE, Valdir. Apontamentos sobre o surgimento do Movimento Carismático
(Movimentos de Renovação Espiritual) na IECLB. Estudos Teológicos, São Leopoldo:
EST, ano 42, n. 3, p. 29-51, 2002.
PEDDE, Valdir. Corpo e prazer no movimento carismático luterano. Lecturas
Educación Fisica y Deportes, Buenos Aires, vol. 1, p. 1-15, 2008.
PEDDE, Valdir; FIGUEIREDO, João Alcione Sganderla; TUNDISI, José G.; LENZ,
Cátia A. The environmental risk as a culture in the Sinos Valley, Brazil. Anais da
Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, vol. 86, p. 2145-2690, 2014.
PEIXOTO, Angelita Vargas. Parobé: seu povo, sua história. Porto Alegre: Posenato
Arte e Cultura, 1990.
PEIXOTO, Eduardo Marques. Questão Maurer, os Mucker. Revista do Instituto
Histórico e Geográfico Brasileiro, Rio de Janeiro, tomo 2, parte 2, 1907.
PEIXOTO, José Tadeu Leal. Panambi: uma história da formação social de uma
comunidade de imigrantes no noroeste gaúcho. Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade Estadual de Londrina, 2003.
PEIXOTO, Laura. Intrigas da colônia. São Paulo: Scortecci Editora, 2012.
PELLANDA, Ernesto. A colonização germânica no Rio Grande do Sul. Porto
Alegre: Globo, 1925.
PELLANDA, Ernesto. A. J. Renner: um capitão da indústria. Porto Alegre: Globo,
1944.
PELLANDA, Ernesto. O colono alemão, o Deutschtum, o nazismo e sua recuperação
nacional. Província de São Pedro, Porto Alegre, n. 2, p. 110-123, 1945.
PELLANDA, Ernesto. 40 anos Renner – indústria do vestuário. Porto Alegre: s. e.,
1952.
PENA, Karen P. Uncertain patriots in the fragant kingdom of palms: a historical
presentation of German-Brazilian documents 1824-1974. Undergrate Thesis
(Humanities) – Standford University, 1993.

196
PENNY, H. Glenn. Historiographies in dialogue: beyond the categories of Germans and
Brasilians. German Historry, Oxford: Oxford University Press, vol. 33, n. 3, p. 347-
366, 2015.
PEREIRA, André Luís Metidieri; PIAIA, Miquela. Para alemão ler: Alencar e Taunay
por Arno Philipp. Fronteiraz, São Paulo: PUCSP, n. 10, p. 259-278, 2013.
PEREIRA, Éderson da Rosa. Grupos neonazistas no Rio Grande do Sul: da realidade
virtual à ficção histórica. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) – Universidade
de Santo Amaro/UNISA, 2016.
PEREIRA, Elenita Malta. Um protetor da natureza: trajetória e memória de Henrique
Roessler. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 2011.
PEREIRA, Elenita Malta. Henrique Luiz Roessler e a proteção à natureza no Rio
Grande do Sul. In: ARRUDA, Gilmar; CARVALHO, Ely Bergo; KLANOWICZ, Jó
(orgs.). História ambiental do sul do Brasil. São Paulo: Alameda, 2012.
PEREIRA, Elenita Malta. Henrique Roessler e a proteção à natureza no Rio Grande do
Sul. Historiæ, Rio Grande: FURG, vol. 3, n. 3, p. 201-222, 2012.
PEREIRA, Elenita Malta. Roessler: o homem que amava a natureza. São Leopoldo:
OIKOS, 2013.
PEREIRA, Elenita Malta. A guerra da laranja: a luta de José Lutzenberger pela
citricultura ecológica no vale do Caí – RS (anos 1980). In: PEREIRA, Elenita;
RÜCKERT, Fabiano; MACHADO, Neli (orgs.). História ambiental no Rio Grande
do Sul. Lajeado: Editora Univates, 2014.
PEREIRA, Elenita Malta. Cartas pela natureza: a correspondência entre José
Lutzenberger e o almirante José Luiz Belart (1973-1979). HALAC, Guarapuava, vol.
IV, n. 2, p. 288-310, 2015.
PEREIRA, Elenita Malta. Pressupostos econômicos na ética de convívio
ecossustentável de José Lutzenberger. In: XIII Encontro Estadual de
História/ANPUH-RS: ensino, direitos, democracia. Santa Cruz do Sul: UNISC, 2016.
PEREIRA, Elenita Malta. A ética do convívio ecossustentável: uma biografia de José
Lutzenberger. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 2016.
PEREIRA, Elenita Malta. Lutzenberger e a materialização da ética ecológica: o Parque
Estadual da Guarita (Torres – RS, 1972-1979). Métis: história & cultura, Caxias do
Sul: UCS, vol. 15, n. 30, p. 68-89, 2016.
PEREIRA, Elenita Malta. Movimentos ambientalistas no Rio Grande do Sul (décadas
1970-80). Oficina do Historiador, Porto Alegre: PUCRS, vol. 11, n. 1, p. 21-42, 2018.
PEREIRA, Jair Luiz. Identidade e desenvolvimento regional: o caso de uma
comunidade afro-brasileira no Vale do Rio Pardo (RS). Dissertação (Mestrado em
Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 2005.
PEREIRA, Josei Fernandes. Da ausência ao intervencionismo do Estado: relações de
poder entre o Estado Novo e as cooperativas de crédito gaúchas. Tempos Acadêmicos,
Criciúma: UNESC, n. 5, 2007.
PEREIRA, Josei Fernandes. Sicredi Augusto Pestana, 85 anos: da caixa rural ao
sistema de crédito cooperativo. Ijuí: Sintegraf Gráfica e Editora Ltda., 2010.

197
PEREIRA, Josei Fernandes. Imigração, colonização e cooperativismo de crédito no
noroeste do RS nas primeiras décadas do século XX. In: Anais Eletrônicos do I
Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2011, p. 1454-
1469.
PEREIRA, Josei Fernandes. Cooperativismo de crédito na região colonial do RS:
convergências e contradições. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade de
Passo Fundo, 2012.
PEREIRA, Josei Fernandes. Elos e correntes: história do cooperativismo e do crédito
no Rio Grande do Sul (1902-1930). Porto Alegre: SESCOOP, 2012.
PEREIRA, Lucia Serrano. O imigrante e o laço social – questões a partir de um
fragmento da história dos colonos alemães no Rio Grande do Sul. In: SOUZA, Edson
Luiz André de (org.). Psicanálise e colonização: leituras do sintoma social no Brasil.
Porto Alegre: Artes e Ofícios, 1999, p. 169-179.
PEREIRA, Lúcia Serrano. O zumbido dos rezadores – religiosidade e identidade
colona. In: Associação Psicanalítica de Porto Alegre (APPOA). Imigração e
fundações. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 2000, p. 175-182.
PEREIRA, Lúcia Serrano. Função paterna e imigração: o episódio Mucker à luz da
psicanálise. Protestantismo em revista, São Leopoldo: EST, vol. 2, p. 64-72, 2003.
PERES, Sebastião. Coronéis e colonos: das crises internas do poder coronelístico à
emergência dos colonos como sujeitos autônomos. Dissertação (Mestrado em História)
– Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1994.
PERTILE, Marley Terezinha. Bilinguismo passivo: um ponto de recomeço. In: Anais
do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações
Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
PERTILE, Marley Terezinha. Manutenção e/ou substituição linguístico-cultural e a
representação cultural. In: Anais do IX Seminário Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo:
Oikos, 2008.
PERUSSATTO, Melina Kleinert. Experiências sociais e práticas de cura: um preto que
se dizia doutor – últimos anos da escravidão, Rio Pardo/RS. In: Anais do XVIII
Simpósio de História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade –
Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
PESAVENTO, Sandra Jatahy. O imigrante na política rio-grandense. In: DACANAL,
José Hildebrando; GONZAGA, Sérgius (orgs.). RS: imigração e colonização. Porto
Alegre: Mercado Aberto, 1992, p. 156-194.
PESAVENTO, Sandra Jatahy. De como os alemães tornaram-se gaúchos pelos
caminhos da modernização. In: MAUCH, Cláudia; VASCONCELLOS, Naira (orgs.).
Os alemães no sul do Brasil: cultura, etnicidade, história. Canoas: Editora da ULBRA,
2004, p. 199-207.
PESCHKE, Rudolf. Bevölkerungsbewegung und Einwanderung in Brasilien.
Südamerika: Monatsschrift in Deutscher Sprache, Buenos Aires, vol. 1, n. 12, p. 854-
856, 1951.
PESCHKE, Rudolf. Die Revolution der Farrapen und ihre Einwirkung auf die
Kolonisation. Staden-Jahrbuch, São Paulo: Instituto Hans Staden, n. 3, p. 79-90, 1955.

198
PESSOA, Lilian de A. A imagem do Brasil na literatura de viagem alemã do século
XIX. Tese (Doutorado em Língua e Literatura Alemã) – Faculdade de Filosofia, Letras
e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, 1991.
PESTANA, Marlon Borges. A pertença do patrimônio cultural pelo campesinato de São
Lourenço do Sul através das escolas do campo. Historiæ, Rio Grande: FURG, vol. 8, n.
1, p. 133-144, 2017.
PETER, Silvio Silmar; FERNANDES, Doris Rejane. Pelas linhas e colônias: paisagens
rurais e construções em técnica enxaimel na região das Hortênsias. In: REINHEIMER,
Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades
teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p.
147-163.
PETER, Silvio Silmar; FRENANDES, Doris Rejane. Estudo da paisagem cultural do
meio rural no município de Nova Petrópolis: segunda metade do século XIX até meados
do século XX. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS,
Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações: religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos
Editora, 2016, p. 1150-1165.
PETERS, Ernani A. Die Musik fürs Herz (A música para o coração). In: Anais do IV e
V Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
PETERSEN, Júlio. Santa Cristina do Pinhal/Taquara: distrito de Santo Antônio da
Patrulha ou de Porto Alegre. In: DAROS, Marilia; BARROSO, Véra Lucia Maciel
(orgs.). Raízes de Gramado. Porto Alegre: EST, 1995, p. 196-204.
PETRONE, Maria Tereza Schorer. O imigrante e a pequena propriedade. São Paulo:
Brasiliense, 1982.
PETRY, Andrea Helena. O processo de nacionalização permitiu a preservação das
características étnicas? Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 7, n. 2, p. 93-118, 2001.
PETRY, Andrea Helena. “É o Brasil gigante, liberto do estrangeiro, uno coeso e
forte, o Brasil do brasileiro!...”: campanha de nacionalização efetivada no Estado
Novo. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos,
São Leopoldo, 2003.
PETRY, Andrea Helena; NEUMANN, Rosane Marcia. Imigrantes alemães e seus
descendentes no contexto da campanha de nacionalização. In: ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e memória: 180 anos de
imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 32-54.
PETRY, Hugo Egon et al. (orgs.). Os Dillenburg no Brasil: genealogia. Nova
Petrópolis: Editora Amstad, 1996.
PETRY, Leopoldo. O município de São Leopoldo no ano do 1º Centenário da
Independência do Brasil. São Leopoldo: Rotermund, 1923.
PETRY, Leopoldo. Zur Erinnerung an die munizipale Industrie- und
Ackerbauaustellung. São Leopoldo: Rotermund, 1924.
PETRY, Leopoldo. A emancipação de Novo Hamburgo: análise do “parecer”
aprovado pelo Conselho Municipal e outras notas. Novo Hamburgo: Typographia de
Hans Behrend, 1925.

199
PETRY, Leopoldo. Maria bugra. Novo Hamburgo: Typographia Hans Behrend, 1931.
PETRY, Leopoldo. História da colonisação allemã no Rio Grande do Sul. São
Leopoldo: Rotermund, 1936.
PETRY, Leopoldo. O município de Novo Hamburgo. Monografia. Porto Alegre: A
Nação, 1944.
PETRY, Leopoldo. O município de São Leopoldo. In: Anais do Primeiro Congresso
de História e Geografia de São Leopoldo. Porto Alegre: Livraria do Globo, 1947, p.
143-182.
PETRY, Leopoldo. O 25 de Julho (Dia do Colono) em 1946 e 1947. São Leopoldo:
Oficina Gráfica Rotermund, 1948.
PETRY, Leopoldo. Der 25. Juli (Dia do Colono). Porto Alegre: Tipografia do Centro
S. A., 1949.
PETRY, Leopoldo. O 125º aniversário da colonização alemã no Rio Grande do Sul:
25 de julho de 1949 (dia do colono): coletânea de discursos e comentários sobre a
colonização no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Rotermund, 1950.
PETRY, Leopoldo. Instrução, pátria, imigração e cultura. São Leopoldo: Rotermund,
1956.
PETRY, Leopoldo. São Leopoldo: berço da colonização alemã do Rio Grande do Sul.
2ª ed. São Leopoldo: s. e., 1964.
PETRY, Leopoldo. São Leopoldo (vol. II). São Leopoldo: Prefeitura Municipal de São
Leopoldo, 1966.
PETRY, Leopoldo. O episódio do Ferrabraz: os Mucker. São Leopoldo: Rotermund,
1966.
PETRY, Leopoldo. Carvalhos e palmeiras. Porto Alegre: A Nação, s. d.
PETRY, Leopoldo. Línguas estrangeiras – problema de atualidade. Porto Alegre:
Fundação Frederico Mentz, s. d.
PEZZINI, Anete Amorim. Maria Emília de Paula: a primeira prefeita do Rio Grande
do Sul. São Leopoldo: Edição da autora, 2009.
PFEIFER, Johannes. Auf Luthers Spuren in Lateinamerika. Erlangen/Alemanha:
Verlag der Ev.-Luth. Mission, 1969.
PHILIPP, Arno. Drei Bagatellen. Dresden/Alemanha: E. Piersons Verlag, 1924.
PHILIPPSEN, Adair; WALLAU, Renato de. Naqueles tempos... Santo Cristo: Coli
Gráfica Editora Ltda, 2001.
PHILIPPSEN, Adair. Histórias da história de Santo Cristo. Porto Alegre: WS Editor,
2011.
PHILIPPSEN, Rosane. As origens do fórum de reflexão da mulher luterana e relações
de poder entre mulheres da IECLB. In: Anais do II Congresso Internacional da
Faculdades EST. São Leopoldo: Faculdades EST, 2016, p. 255-261.
PIAIA, Miquela. Acervo literário Arno Philipp: rastros da literatura brasileira na
história da colônia Neu-Württenberg. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade
Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Frederico Westphalen, 2009.

200
PIAIA, Miquela; PEREIRA, André Luís Metidieri. Micro-História de uma tradução
literária no acervo Arno Philipp. Miscelânea, Assis: UNESP, vol. 14, p. 51-70, 2013.
PIAIA, Miquela; PEREIRA, André Luís Meditieri. Inocência e Taunay na colônia de
Neu-Württenberg. RevLet: Revista Virtual de Letras, Jataí: UFG, vol. 5, p. 183-203,
2013.
PIASSINI, Carlos Eduardo; PADOIN, Maria Medianeira. A biografia de um imigrante:
barão von Kahlden, homem de seu tempo. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da
Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações
e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1354-1369.
PIASSINI, Carlos Eduardo; PADOIN, Maria Medianeira. A Guerra Grande (1839-
1852) e os Brummer: fronteira e imigração germânica no Rio Grande do Sul do século
XIX. In: XXVIII Simpósio Nacional de História. Florianópolis: ANPUH, 2015.
PIASSINI, Carlos Eduardo. A colônia de imigração alemã Santo Ângelo: apontamentos
sobre a instalação da colônia, questões de terra e sua administração colonial. In: Anais
Eletrônicos do III Congresso Internacional de História Regional. Passo Fundo:
UPF, 2015.
PIASSINI, Carlos Eduardo. Imigração alemã e política: os deputados provinciais
Koseritz, Kahlden, Brüggen e Bartholomay. Porto Alegre: Assembleia Legislativa do
Rio Grande do Sul, 2017.
PIASSINI, Carlos Eduardo. A atuação dos funcionários do governo imperial brasileiro
na província de São Pedro do Rio Grande do Sul como agentes da colonização alemã no
séc. XIX: um estudo possível. In: ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da;
SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações: perspectivas e avanços teórico-
metodológicos. São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p. 741-751.
PIAZZA, Walter F. Modernização e as elites emergentes: a contribuição alemã. In: III
Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
PIAZZA, Walter F. As pré-condições do estabelecimento dos colonos alemães no
Brasil-Meridional: povoamento açoriano. In: Anais do XI Simpósio de História da
Imigração e Colonização: 170 anos de imigração alemã. São Leopoldo: Oikos, 2009.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Imigração Alemã: 1824-1874. Estudos
Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, n. 28, 1974.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. O sistema político imperial e a colonização no Rio
Grande do Sul. In: Anais do 3º Simpósio de História da Imigração e Colonização
Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo,
1980.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. O Partido Republicano Rio-Grandense e os
alemães no Rio Grande do Sul. In: Anais do 5º Simpósio de História da Imigraçao e
Colonizaçao Alemãs no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1982.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. A Revolução Farroupilha e sua repercussão no
Parlamento Brasileiro. In: Anais do 6º Simpósio de História da Imigração e
Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1984.

201
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. A questão religiosa e os protestantes no Rio
Grande do Sul. In: Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo: Editora Sinodal,
1986.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Alemães no Rio Grande do Sul no período
imperial: réus e vitimas. In: Anais do VIII e IX Simpósios de História da Imigração e
Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1998.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. A colonização alemã e o discurso abolicionista no
Rio Grande do Sul. In: Anais do VIII e IX Simpósios de História da Imigração e
Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1998.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Século XIX: alemães protestantes no Rio Grande
do Sul e a escravidão. In: Anais da VIII Reunião da Sociedade Brasileira de
Pesquisa Histórica. São Paulo: SBPH, 1989, p. 103-107.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Contribuição para história de Nova Petrópolis:
colonização e evolução da colônia. Caxias do Sul: EDUCS, 1989.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Alemães e italianos no Rio Grande do Sul:
fricções interétnicas e ideológicas no século XIX. In: DE BONI, Luís A. (org.). A
presença italiana no Brasil (vol. II). Porto Alegre/Torino: Escola Superior de
Teologia/Fondazione Giovanni Agnelli, 1990, p. 577-593.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no
Brasil e a separação Igreja/Estado. In: Anais da XI Reunião da Sociedade Brasileira
de Pesquisa Histórica. Porto Alegre: SBPH, 1992, p. 43-47.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Reflexões sobre repercussões da política agrária
no Partido Republicano Riograndense em áreas de coloniais. In: Anais da XI Reunião
da Sociedade Brasileira de Pesquisa Histórica. Porto Alegre: SBPH, 1992, p. 25-27.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Transformações sócio-econômicas em São
Leopoldo (1824-89). In: Anais da XI Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa
Histórica. Porto Alegre: SBPH, 1992, p. 207-211.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Da descolonização à consolidação da República: a
questão do separatismo versus Federação no Rio Grande do Sul, no século XIX.
Indicadores Econômicos, Porto Alegre: FEE, vol. 21, n. 3, 1993.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Imigração alemã e construção do Estado Nacional
brasileiro. Rio Grande do Sul, século XIX. Acervo, Rio de Janeiro: Arquivo Nacional,
vol. 10, n. 2, p. 165-178, 1997.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. A comunidade alemã de Porto Alegre:
considerações sobre suas relações com o Estado e com a Igreja durante o Império. In:
Anais do 7º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1986). São Leopoldo, 1986. Nova Petrópolis: Editora
Amstad, 2000.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Rio Grande do Sul, século XIX: a imigração
alemã e o processo de construção de identidades. A questão da nacionalidade. Revista
da SBPH, Curitiba: SBPH, n. 18, p. 131-140, 2000.

202
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. O Instituto Histórico de São Leopoldo e sua
produção. In: Anais do I Encontro dos Institutos Hitóricos da Região Sul do Brasil.
Florianópolis: IHCSC, 2001, p. 127-138.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Emigração alemã para o sul do Brasil no século
XIX: propaganda e expectativas. Experiências de imigrantes no Rio Grande do Sul.
Ibero-Americana Pragensia. Praga: Centro de Estudos Ibero-Americanos de la
Universidad Carolina, Supplementum, n. 13, p. 85-99, 2004.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Imigração alemã no Rio Grande do Sul:
considerações historiográficas. In: CUNHA, Jorge Luiz da (org.). Cultura alemã 180
anos – Deutsche Kultur seit 180 Jahre. Porto Alegre: Nova Prova, 2004, p. 99-108.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Imigração alemã no Rio Grande do Sul: práticas e
discursos – século XIX. In: Anais da XXV Reunião da Sociedade Brasileira de
Pesquisa Histórica. Curitiba: SBPH, 2005, p. 199-205.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Cartas: recordações e testemunhos do vivenciado.
Ibero-Americana Pragensia, Praga: Centro de Estudos Ibero-Americanos de la
Universidad Carolina, Supplementum n. 17, p. 95-107, 2006.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Leituras e interpretações da imigração alemã no
Brasil. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Visões sobre emigração/imigração na
historiografia. In: Anais do XIV Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Colonização e imigração no contexto das comemorações dos 500 anos: os
imigrantes descobrem o Brasil (São Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Considerações sobre a causa mortis de imigrantes
alemães. In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. A imigração e a questão do trabalho no Brasil. In:
Anais do XI Simpósio de História da Imigração e Colonização: 170 anos de
imigração alemã. São Leopoldo: Oikos, 2009.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Quando o mais não é o mesmo. In: MÜGGE,
Miquéias Henrique; MÜGGE, Erny; HAUENSTEIN, Iria (orgs.). Construindo
diálogos. História, educação e ecumenismo. Homenagem a Martin N. Dreher. São
Leopoldo: OIKOS, 2010, p. 295-299.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Mobilidade espacial nos Estados alemães. In:
Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e Colonização – Migrações:
Mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Cruzando informações. A colônia de São Pedro na
historiografia. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo.
Porto Alegre: EST, 2010.
PILLMANN, Heinrich. Was muss der Ansiedler in Südbrasilien notwendig wissen?
Porto Alegre: Typographia do Centro, 1921.
PIMENTEL, Fortunato. Aspectos gerais de Cachoeira. Porto Alegre: Tipografia
Gundlach, 1941.

203
PIMPÃO, Altair Carlos. Vieram em busca da liberdade: os 150 anos da imigração
alemã no Brasil. Rio de Janeiro: Olímpica, 1975.
PINHEIRO, Douglas Antônio Rocha. Às margens do caso Ellwanger: visão
conspiracionista da História, ecos tardios do integralismo e judicialização do passado.
Tese (Doutorado em Direito) – Universidade de Brasília, 2013.
PINHEIRO, José Feliciano Fernandes. Anais da província de São Pedro: história da
colonização alemã no Rio Grande do Sul. Petrópolis: Vozes, 1978.
PINTO, Céli Regina Jardim; SCHÜTZ, Liane S.; NOLL, Maria Izabel. Estudo dos
relatórios e falas dos presidentes da província do Rio Grande do Sul – 1850/1889.
Política econômica do Governo referente à imigração alemã. In: III Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
PINTO, Maria Luciane Silva. A imagem da cidade/sociedade de São Leopoldo na
revista Rua Grande. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
PIRE, Maria Isabel. O imigrante alemão no romance brasileiro da segunda metade do
século XX. In: BESSE, Maria Graciete; TONUS, José Leonardo; DALCASTAGNÈ,
Regina (coords.). La littérature brésilienne contemporaineIberic@l. Revue d'études
ibériques et ibéro-américaines, Madrid: REDIAL & CEISAL, n. 2, p. 97-105, 2012.
PIRES, Itaara Gomes; SOUZA, José Edimar de; ROSA, Sônia Maria de Oliveria da.
Relações políticas locais no contexto de influência em políticas educacionais (Novo
Hamburgo/RS-1952). Revista Contemporânea de Educação, Rio de Janeiro: UFRJ,
vol. 8, n. 16, 2013.
PIRES, Jéssica Elen S.; SCHOENARDIE, Lidiane Lima. Festa de integração afro-
brasileira de Parobé/RS: entre o esquecimento e a visibilidade. In: WEIZENMANN,
Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações
históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 479-492.
PIRES, Karen Daniela. O trabalho escravo e suas implicações na paisagem urbana e
rural de Taquari, Estrela e Santo Amaro – final do século XIX. Dissertação
(Mestrado em Ambiente e Desenvolvimento) – UNIVATES, Lajeado, 2016.
PIRES, Lívia Claro. Os inimigos da nação: a Liga Brasileira pelos Aliados e os
discursos sobre o “perigo alemão” durante a Grande Guerra (1915-1919). Oficina do
historiador, Porto Alegre: PUCRS, vol. 8, n. 1, p. 61-80, 2015.
PIRES, Luiz Antônio Ribeiro. Coisas de minha cidade. São Leopoldo: Rotermund,
1964.
PIRES-RODRÍGUES, Elizabeth. Conflitos de teor religioso e moral em A ferro e
fogo de Josué Guimarães. Dissertação (Mestrado em Artes) – Vanderbilt University,
Nashville, 1984.
PISATTO, Edy Job. Dom Vicente Cardeal Scherer no seu tempo. Porto Alegre: EST,
2005.
PLETSCH, José Raimundo. Apontamentos sobre o passado de Crissiumal.
Crissiumal: SEDIFRAF, 1995.

204
PLITZLAMP, Jacó Rudi [pseud. de WINTER, Gilberto]. Truff Catuch. Novo
Hamburgo: Edição do autor, 2011.
POEMA humorístico da vida de um famigerado cavalheiro d‘industria. Porto
Alegre: Typographia do Deutsche Zeitung, 1876.
POLLINI, Gabriele. Italianos e alemães no sul do Brasil: as características principais do
fenômeno imigratório. In: GUBERT, Renzo; POLLINI, Gabrielle (orgs.). Cultura e
desenvolvimento. Porto Alegre: Edições EST, 2005, p. 57-83.
PORCHER, Ruddi. O menino do Ferrabraz. São Leopoldo: OIKOS, 2014.
PORTELA, Rodrigo. Imigrantes alemães no Brasil e religião: as peculiaridades e
tensões do desenvolvimento de uma igreja teuto-evangélica em solo brasileiro no século
XIX. Rhema, Juiz de Fora, vol. 11, n. 36, p. 89-105, 2005.
PORTELA, Rodrigo. Fé, cultura e norma eclesiástica: a gênese da Igreja Luterana no
Brasil – organização popular e tutela eclesiástica. Fragmentos de Cultura, Goiânia:
PUC-Goiás, vol. 16, n. 7/8, p. 593-607, 2006.
PORTELA, Vitorino; CARVALHO, Manoel de. Cachoeira histórica e informativa.
Cachoeira do Sul: Tip. Portela, 1941.
PORTO ALEGRE, Augusto. A defeza da Allemanha e dos allemães do sul do Brasil.
Rio de Janeiro: Pap. e Typ. Sportiva, 1915.
PORTO, Ana Paula. Videiras de cristal: estereótipos e deslocamentos. Dissertação
(Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2002.
PORTO, Aurélio. Coronel Dr. João Daniel Hillebrand. Revista do Instituto Histórico e
Geográfico do Rio Grande do Sul, Porto Alegre: IHGRGS, ano IV, p. 113-132, 1924.
PORTO, Aurélio. O trabalho alemão no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Santa
Terezinha, 1934.
PORTO, Letícia Oracilda Acosta. Oktoberfest SOGIPA: o patrimônio cultural de
origem bávara através de uma exposição museológica. Dissertação (Mestrado
Profissional em Patrimônio Cultural) – Universidade Federal de Santa Maria, 2015.
PORTO, Patrícia Pereira; DHEIN, Cíntia Elisa. O patrimônio de imigração alemã na
Rota Romântica – RS. In: Anais do VII Seminário de Pesquisa em Turismo do
Mercosul. Caxias do Sul: UCS, 2012.
PORTUGUEIS, Diane. Quem somos nós, descendentes? De história à socialização na
constituição de identidades “teuto-brasileiras”. Dissertação (Mestrado em Psicologia
Social) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2013.
PORTUGUEIS, Diane. O reconhecimento do sujeito migrante a partir do levantamento
histórico da colonização alemã no Brasil – um passado presente. Revista do
Observatório das Migrações, Lisboa: ACM, n. 14, p. 104-120, 2017.
PORZELT, Hans. Der deutsche Bauer in Rio Grande do Sul. Ochsenfurt am
Main/Alemanha: Buchdruckerei Fritz & Rappert, 1937.
POSTAL, Irmã Liani. Presença e influência cultural e religiosa das irmãs de Santa
Catarina – V. M. na história de Bom Jardim (Ivoti). In: Anais do X Seminário
Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras.
Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.

205
POZENATO, Kenia Maria Menegotto. A influência do turismo na Zona Rural. In:
Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades
Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
POZENATO, Kenia Maria Menegotto; GIRON, Loraine Slomp. História e retórica em
jornais regionais (1920-1925). In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
PRADE, Helga Guttenkunst. O linguajar do alemão gaúcho. In: CUNHA, Jorge Luiz
da; GÄRTNER, Angelika (orgs.). Imigração alemã no Rio Grande do Sul: história,
linguagem, educação. Santa Maria: Editora da UFSM, 2003, p. 81-100.
PRADO, Ary G. do. O capitão Pedro Werlang e seu “diário de campanha”: escrito
durante e após a guerra do Uruguai e a do Paraguai. Canoas: Hilgert, 1969.
PRADO, Daniel Porciuncula. A figueira e o machado – raízes da educação
ambiental no sul do Brasil: práticas educativas e militância ambiental na perspectiva
do cronista Henrique Luiz Roessler. Tese (Doutorado em Educação Ambiental) –
Universidade Federal de Rio Grande, 2008.
PRATO, Doroti (org.). Integração literária – antologia 2004: 180 anos da imigração
alemã. São Leopoldo: Editora OIKOS, 2005.
PREGER, Claus Michael. “Doktors” – contos de memória: médicos alemães,
austríacos e húngaros no Rio Grande do Sul durante o século 20. Porto Alegre: Libretos,
2011.
PREFEITURA de Estrela. Álbum do Cinquentenário de Estrela, 1876-1926. Estrela:
Prefeitura Municipal de Estrela, 1926.
PREFEITURA Municipal de Panambi. Panambi ontem – hoje. Panambi: Publipan,
1985.
PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ DO SUL (ed.). Centenário de Santa
Cruz do Sul:1878-1978. Porto Alegre: Edel, 1978.
PREFEITURA Municipal de São Leopoldo. São Leopoldo. São Leopoldo: Editora
Terra e Gente, 1958.
PREFEITURA Municipal de Três Arroios. Três Arroios: nossa história. Porto Alegre:
CORAG, 2013.
PREFEITURA Municipal de Três Arroios. Cem anos de história: Três Arroios – RS.
Porto Alegre: Novograff, 2017.
PRESSER, Marcos Marcio. Fé, cultura e luta. Igreja de São João. Há 158 anos contando
a História de Lindolfo Collor. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores
da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto
Superior de Educação/CORAG, 2009.
PRESTES, Juliana dos Santos. A atuação feminina no Grêmio estudantil do Colégio
Farroupilha (Porto Alegre/RS, 1946-1964). In: SALATINO, Alba Cristina C. dos
Santos; SERRES, Helenize Soares; SIILVA, Jonathan Fachini da (orgs.).
Historiografia: temas, desafios e perspectivas. II Congresso Internacional de Estudos
Históricos Latino-Americanos. São Leopoldo: PPGH-UNISINOS, 2017, p. 995-1010.

206
PREUSSE-SPERBER, Otto. Unter Ansiedlern, Gauchos und Indianern: Erlebtes und
Erlauschtes eines deutschen Auswanderers in Südamerika. Leipzig/Alemanha:
Dieterich’sche Verlagsbuchhandlung, 1925.
PRIAMO, Vania Inês Avila. Alimentação: cultura, memória, transmissão. In: RAMOS,
Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A
história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 86-101.
PRIAMO, Vania Inês Avila. Entre a história e o turismo: as cidades e seu patrimônio
cultural (Nova Hartz-RS). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale
do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2013.
PRIAMO, Vania Inês Avila; RAMOS, Eloísa Helena Capovilla da Luz. Museu
Histórico de Nova Hartz: projetos e possibilidades para além da casa-museu. In:
REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas
comunidades teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo:
OIKOS, 2014, p. 316-332.
PRIAMO, Vania Inês Avila. O que comem os novohartzenses? A memória
gastronômica dos imigrantes alemães no município de Nova Hartz/RS. In: RAMOS,
Eloísa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio
(orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos,
2014, p. 189-220.
PRIAMO, Vania Inês Avila. O museu na comunidade e a comunidade no museu: o caso
do Museu Histórico de Nova Hartz. História UNICAP, Recife: UNICAP, vol. 3, n. 6,
p. 427-435, 2016.
PRIAMO, Vania Inês Avila. O processo de patrimonialização do cemitério de Campo
Vicente – Nova Hartz/RS: relatos de uma experiência em andamento. In: ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.).
Migrações: religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 406-423.
PRIAMO, Vania Inês Avila. Pesquisa de público em museus – conhecer para planejar e
aproximar: o caso do Museu Histórico de Nova Hartz/RS. In: ARENDT, Isabel
Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações:
perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p.
399-421.
PRIEN, Hans-Jürgen. Kirche – Volkstum – Politik: das Verständnis des
Öffentlichkeitsauftrages der Riograndenser Synode in den dreissiger Jahren im Lichte
ihrer Publikationen. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 11, n. 1, p. 15-41,
1971.
PRIEN, Hans-Jürgen. Die “Deutsche-Evangelische” Kirche in Brasilien im
Spannungsbogen von nationaler Wende (1933) und Kirchenkampf. Jahrbuch für
Geschichte von Staat, Wirtschaft und Gesellschaft Lateinamerikas,
Colônia/Alemanha: Böhlau, vol. XXV, p. 511-533, 1988.
PRIEN, Hans-Jürgen. Formação da Igreja Evangélica no Brasil: das comunidades
teuto-evangélicas de imigrantes até a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil.
São Leopoldo/Petrópolis: Sinodal/Vozes, 2001.
PRODANOV, Cleber C.; SCHEMES, Claudia; KERBER, Alessander. O patrimônio
material e a construção da identidade em Novo Hamburgo (RS): a fotografia e a cidade.
História Revista, Goiânia, vol. 12, n. 2, p. 187-208, 2007.

207
PRUS, Camila; RACHOR, Daniela Elisa; KELLER, Milton Roberto; BITTENCOURT,
Dóris Maria Machado de. As primeiras indústrias, a arquitetura utilitária e o espaço
fabril em Santa Cruz do Sul. Revista Jovens Pesquisadores, Santa Cruz do Sul:
UNISC, vol. 6, n. 2, p. 99-114, 2016.
PRUTSCH, Ursula. Die österreichische Auswanderung nach Brasilien am Beipiel Rio
Grande do Suls (1820-1938) und ihr Verschwinden in der Immigrationsgeschichte.
Ibero-Amerikanisches Archiv, Berlim/Alemanha: IAI, ano 24, n. 1-2, p. 31-59, 1998.
PUTZ, Ernesto. A maçonaria no Rio Grande do Sul. In: Anais do 1º Simpósio de
História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo,
1974.
PY, Aurélio da Silva. A 5ª coluna no Brasil. Porto Alegre: Globo, 1942.
PY, Aurélio da Silva. O nazismo no Rio Grande do Sul (Relatório apresentado pelo
Major Aurélio da Silva Py, chefe de polícia, ao Snr. Coronel Osvaldo Cordeiro de
Farias, Interventor Federal). (sem indicações), [1942?].
PY, Fábio; PEDLOWSKI, Marcos Antonio. Atuação de religiosos luteranos nos
movimentos sociais rurais no Brasil (1975-1985). Tempo: Niterói: UFF, vol. 24, n. 2, p.
233-252, 2018.
QUADROS, Claudemir de. Estado Novo e nacionalização do ensino no Rio Grande do
Sul: a população e a educação como um problema de governo. In: RUGGIERO,
Antonio de; MURARI, Luciana; MAIA, Tatyana (orgs.). Anais do XI Congresso
Internacional de Estudos Ibero-Americanos: os 80 anos do Estado Novo. Porto
Alegre: EDIPUCRS, 2018.
QUADROS, Eduardo Gusmão de. Conquistando o mundo estudantil para Cristo:
uma história da Aliança Bíblica Universitária do Brasil (1957-1987). Dissertação
(Mestrado em Teologia) – Universidade Metodista de São Paulo: São Bernardo do
Campo, 1998.
QUINTANA, Caroline Beskow. Hotéis coloniais em Pelotas no início do século XX. In:
SANTOS, Amanda Basílio; MACHADO, Juliana Porto; COLVERA, Ronaldo
Bernardino (orgs.). Interdisciplinaridades nas Ciências Humanas: caminhos da
pesquisa contemporânea. Jaguarão: Editora CLAEC, 2017, p. 1572-1581.
QUITZAU, Evelise Amgarten. Associativismo ginástico e imigração alemã no sul e
sudeste do Brasil (1858-1938). Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de
Campinas, 2016.
RABUSKE, Arthur (org.). Die deutsche Jesuiten-Mission in Rio Grande do Sul
(Brasilien). São Leopoldo: Instituto Anchietano de Pesquisa, 1974.
RABUSKE, Arthur. Eles se empenharam pelo erguimento do bem-estar material da
colônia alemã no Rio Grande do Sul. In: Anais do 1º Simpósio de História da
Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo, 1974.
RABUSKE, Arthur. A nobre família do Barão de Jacuí, doadora de um monumento aos
jesuítas alemães em São Leopoldo (RS). In: II Colóquio de Estudos Teuto-
Brasileiros. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 1974.
RABUSKE, Arthur. A contribuição teuta à igreja católica no Rio Grande do Sul.
Estudos Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, n. 28, p. 131-150, 1974.

208
RABUSKE, Arthur. Padre Ambrósio Schupp. S. J. Descritor da paisagem natural e
humana. In: II Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Recife: Universidade Federal
de Pernambuco, 1974.
RABUSKE, Arthur. As duas primeiras visitas pastorais na colônia alemã de São
Leopoldo. Estudos Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, n. 28, p. 67-93, 1974.
RABUSKE, Arthur. Os “Bruder” jesuítas no sul do Brasil. In: Anais do 1º Simpósio de
História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo,
1974.
RABUSKE, Arthur. A contribuição teuta à Igreja Católica no Rio Grande do Sul.
Teocomunicação, Porto Alegre: PUCRS, vol. 7, n. 35/38, p. 194-214, 1977.
RABUSKE, Arthur; SPOHR, Gastão J. Resenha histórica da Paróquia São Luiz
Gonzaga de Novo Hamburgo, 1926-1976. Novo Hamburgo: s. e., 1977.
RABUSKE, Arthur. Os inícios da colônia italiana do Rio Grande do Sul em escritos
de jesuítas alemães. Caxias do Sul/Porto Alegre: UCS/EST, 1978.
RABUSKE, Arthur. Algo sobre a gênese dos nomes geográficos na região colonial
alemã no Rio Grande do Sul. In: III Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto
Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul,
1980.
RABUSKE, Arthur. Em torno do onomástico de São Leopoldo, RS: a propósito do
sesquicentenário da primeira comunidade católica de São Leopoldo. In: Anais do 3º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul
(São Leopoldo, 1978). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1980.
RABUSKE, Arthur. Presença e integração construtiva do elemento germânico. In: III
Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
RABUSKE, Arthur. Nova et vetera com respeito à obra Die Mucker de Ambrósio
Schupp. In: III Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto
Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
RABUSKE, Arthur. Uma biblioteca sui generis em São Leopoldo. In: Anais do 5º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1982.
RABUSKE, Arthur. A Revolução Farroupilha e a colonização alemã em geral. In:
Anais do 6º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio
Grande do Sul. São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1984.
RABUSKE, Arthur. São Sebastião do Caí: fase jesuítica da paróquia. São Leopoldo:
Instituto Anchietano de Pesquisas, 1985.
RABUSKE, Arthur. Algo na obra caritativa dita SEF, segundo o diário pessoal de
Balduíno Rambo. In: Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo: Editora Sinodal,
1986.
RABUSKE, Arthur. Nova fisionomia da Igreja no Rio Grande do Sul, a partir de 1850
(visão geral desde o imigrante teuto e seus descendentes). Pesquisas – Série História,
São Leopoldo: UNISINOS, n. 25, p. 53-67, 1986.
RABUSKE, Arthur. Balduíno Rambo, S. J. Sacerdote, naturalista, escritor e líder
popular. Pesquisas, São Leopoldo: Unisinos, n. 26, p. 7-117, 1987.

209
RABUSKE, Arthur. O jesuíta alemão e o negro em São Leopoldo. In: Anais do VIII e
IX Simpósios de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do
Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo,
1998.
RABUSKE, Arthur. Componentes étnicos do Rio Grande do Sul. Estudos
Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 25, n. 112, p. 5-16, 1989.
RABUSKE, Arthur. Balduino Rambo und sein persönliches Tagebuch. Martius-
Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 37/38, 1989/1990.
RABUSKE, Arthur. Padre Ambrósio Schupp. S. J., o pioneiro: aspectos de sua vida e
obra. Pesquisas Históricas, São Leopoldo: UNISINOS, n. 28, p. 7-177, 1993.
RABUSKE, Arthur. Padre Werner: a serviço da inteligência gaúcha (1923-1939). São
Leopoldo: Editora da UNISINOS, 1999.
RABUSKE, Arthur. Os dialetos teutos no Rio Grande do Sul brasileiro – generalidades.
In: Anais do 7º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio
Grande do Sul (São Leopoldo, 1986). Nova Petrópolis: Editora Amstad, 2000.
RABUSKE, Arthur. Empenho pela saúde colonial no Rio Grande do Sul da segunda
metade do século XIX. In: SULIANI, Antônio (org.). Etnias e carisma: poliantéia em
homenagem a Rovílio Costa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001, p. 272-280.
RABUSKE, Arthur. A Igreja Católica e a colonização teuto-brasileira: o caso do Rio
Grande do Sul. In: FIORI, Neide Almeida (ed.). Etnia e educação: a escola “alemã” do
Brasil e estudos congêneres. Florianópolis/Tubarão: Editora da UFSC/Editora UNISUL,
2003.
RABUSKE, Arthur. Balduíno Rambo: cientista e religioso. In: RAMBO, Arthur Blasio;
GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel Cristina. Pe. Balduíno Rambo – a
pluralidade na unidade: memória, religião, ciência e cultura. São Leopoldo: Editora da
UNISINOS, 2007, p. 35-55.
RABUSKE, Arthur; RAMBO, Arthur. Pe. João Evangelista Rick, SJ: cientista,
colonizador, apóstolo social, professor. São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2004.
RACHOR, Vanessa; BITTENCOURT, Dóris Machado de; KELLER, Milton Roberto.
Santa Cruz do Sul, arquitetura e urbanismo. Revista Jovens Pesquisadores, Santa Cruz
do Sul: UNISC, vol. 5, n. 3, p. 121-136, 2015.
RADEMAKER, Sebastião. Unter Gottes Himmel. S. l: s. e., s. d.
RADEMAKER, Sebastião. Cruz e coroa de Três Passos: padres seculares
martirizados pelos anticlericais gaúchos de sempre. S. l.: s. e., s. d.
RADEMAKER, Sebastião. Herdeiros das missões dos mártires rio-grandenses. S. l.:
s. e., s. d.
RADEMAKER, Sebastião. Ketzerbub. Porto Alegre: Selbach, s. d.
RADEMAKER, Sebastião. Hornalarm und Notgeläut – wahre sozialhistorische
Geschichten vom Uruguay nebst Gedichten derselben Art. São Paulo: Tipografia
Aurora, s. d.
RADÜNZ, Roberto. Colônia – um modelo falido. Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC,
vol. 1, n. 2, p. 77-84, 1995.
RADÜNZ, Roberto. Do poder de Deus depende. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1996.

210
RADÜNZ, Roberto. “A Terra de Deus”. Coletânea CCHA – Cultura e Saber, Caxias
do Sul: UCS, vol. 1, n. 1, p. 101-109, 1997.
RADÜNZ, Roberto. A organização cultural dos alemães no Vale do Rio Pardo. In:
SILVEIRA, Rogério L. L. da; VOGT, Olgário Paulo. Vale do Rio Pardo:
(re)conhecendo a região. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2001, p. 147-154.
RADÜNZ, Roberto. A formação luterana em Santa Cruz do Sul. Ágora, Santa Cruz do
Sul: UNISC, vol. 12, n. 2, p. 113-132, 2006.
RADÜNZ, Roberto. Comunidade ou sociedade religiosa: do discurso ao cotidiano. In:
Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e
interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São
Leopoldo: Oikos, 2007.
RADÜNZ, Roberto. Deutschtum e Italianità: uma introdução à historiografia
comparada no sul do Brasil. In: GIRON, Loraine Slomp; RADÜNZ, Roberto (orgs.).
Imigração e cultura. Caxias do Sul: EDUCS, 2007, p. 117-128.
RADÜNZ, Roberto. A terra da liberdade – o luteranismo gaúcho do século XIX.
Caxias do Sul/Santa Cruz do Sul: Educs/Edunisc, 2008.
RADÜNZ, Roberto. Pastor e religião é bom para crianças. In: Anais do IX Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (São
Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
RADÜNZ, Roberto; ENGELMANN, Emigdio. Santa Cruz do Sul: um olhar sobre o
passado. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 2009.
RADÜNZ, Roberto. Mulheres protestantes: suicida feliz. Revista Brasileira de
História das Religiões, Maringá, vol. III, n. 9, 2011.
RADÜNZ, Roberto. Suicida feliz: protestantes em face à morte diferente. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 438-449.
RADÜNZ, Roberto; LIA, Cristine Fortes. Tensões entre os indesejáveis: a campanha de
nacionalização e seu impacto entre alemães e judeus. In: MARTINS, Ismênia de Lima;
HECKER, Alexandre. (orgs.). E/Imigrações: questões, inquietações. São Paulo:
Expressão & Arte Editora, 2013, p. 279-292.
RADÜNZ, Roberto; LIA, Cristine Fortes. Luteranos como protestantes no período
imperial no sul do Brasil. In: BORIN, Marta Rosa (org.). Religiões e religiosidades no
Rio Grande do Sul: as religiões protestantes – história, fontes e metodologia de
pesquisa. São Paulo: ANPUH, 2017, p. 17-34.
RADÜNZ, Willian. “Por que não unir o útil ao agradável?”: mobilizações simbólicas
de linguagem como valor econômico na Festa do Colono de um município no sul do
Brasil em que a língua alemã hunsrückisch é cooficial. Dissertação (Mestrado em
Letras) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.
RAHMEIER, Andrea Helena Petry. Nacionalismo varguista e as festas comemorativas
da chegada dos imigrantes. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
RAHMEIER, Andrea Helena Petry. Conflitos culturais entre descendentes de
imigrantes e recém-imigrados. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração

211
e Colonizaçaão: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
RAHMEIER, Andrea Helena Petry. A identidade brasileira descrita em algumas
publicações alemãs. In: Anais do IX Seminário Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo:
Oikos, 2008.
RAHMEIER, Andrea Helena Petry; STRASBURG, Quênia Renee (orgs.). Memória
escolar: escolas municipais de São Leopoldo. São Leopoldo: CEBI, 2008.
RAHMEIER, Andrea Helena Petry. Relações diplomáticas e militares entre a
Alemanha e o Brasil: da proximidade ao rompimento (1937-1942). Tese (Doutorado
em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
2009.
RAHMEIER, Andrea Helena Petry; STRASBURG, Quênia Renee. Projeto memória
escolar. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisdores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras, Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de
Educação/CORAG, 2009.
RAHMEIER, Andrea Helena Petry. A política de segurança no primeiro governo
Vargas (1930-1945). In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do
tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
RAHMEIER, Andrea Helena Petry. Vale do rio Rolante, colonização e colonizadores.
In: TEDESCO, João Carlos; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Colonos, colônias e
colonizadoras: aspectos da territorialização agrária no sul do Brasil. Porto Alegre:
Leras&Vida, 2013, p. 53-67.
RAHMEIER, Andrea Helena Petry. Getúlio Vargas e a identidade nacional. In:
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos
Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São
Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1320-1337.
RAIMANN, Adriane Maria. O arquiteto Ernst Seubert como agente histórico na
construção da cidade de Novo Hamburgo. In: Anais do XIV Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Colonização e imigração no contexto das comemorações
dos 500 anos: os imigrantes descobrem o Brasil (São Leopoldo, 2000). São
Leopoldo: Oikos, 2009.
RAMBO, Arthur Blásio. A escola comunitária teuto-brasileira: gênese e filosofia.
Estudos Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 21, n. 86, p. 5-109, 1985.
RAMBO, Arthur Blásio. O associativismo teuto-brasileiro e os primórdios do
cooperativismo no Brasil. São Leopoldo: UNISINOS, 1988.
RAMBO, Arthur Blásio. A Sociedade União Popular. Perspectiva Econômica – Série
Cooperativismo, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 27, n. 32, p. 31-56, 1992.
RAMBO, Arthur Blásio. As contribuições dos imigrantes vindos da Europa central e do
norte. Estudos Leopoldenses, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 29, n. 132, p. 47-79,
1993.
RAMBO, Arthur Blásio. Imigração alemã e ecologia. Estudos Leopoldenses, São
Leopoldo: UNISINOS, vol. 30, n. 136, p. 71-90, 1994.

212
RAMBO, Arthur Blásio. A escola comunitária teuto-brasileira católica. São
Leopoldo: Editora da Unisinos, 1994.
RAMBO, Arthur Blásio; FÉLIX, Loiva Otero. Revolução Federalista e os Teuto-
Brasileiros. São Leopoldo/Porto Alegre: Editora da UNISINOS/Editora da
Universidade-UFRGS, 1995.
RAMBO, Arthur Blásio. A trajetória da integração do imigrante alemão. In: FISCHER,
Luís A.; GERTZ, René E. (coords.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da
UFRGS, 1996, p. 196-204.
RAMBO, Arthur Blásio. A escola comunitária teuto-brasileira: Associação de
Professores e Escola Normal. São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 1996.
RAMBO, Arthur Blásio. Nacionalização e ação policial no Estado Novo. Estudos
Leopoldenses – Série História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 1, n. 1, p. 149-182,
1997.
RAMBO, Arthur Blásio. Nacionalização e ação policial no Estado Novo (II). Estudos
Leopoldenses – Série História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 1, n. 2, p. 75-112,
1997.
RAMBO, Arthur Blásio. Cortejo dos condenados de 1943. Estudos Leopoldenses:
Série História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 2, n. 1, p. 27-42, 1998.
RAMBO, Arthur Blásio. A igreja da restauração católica no Brasil Meridional. In:
DREHER, Martin N. (org.). Populações rio-grandenses e modelos de igreja. Porto
Alegre/São Leopoldo: Edições EST/Sinodal, 1998.
RAMBO, Arthur Blásio. Dom João Becker, perfil de um bispo rio-grandense. In:
DREHER, Martin N. (org.). Populações rio-grandenses e modelos de igreja. Porto
Alegre/São Leopoldo: Edições EST/Sinodal, 1998.
RAMBO, Arthur Blásio. A identidade teuto-brasileira em debate. Estudos Ibero-
Americanos, Porto Alegre: PUCRS, vol. 25, n. 2, p. 185-196, 1999.
RAMBO, Arthur Blásio. Theodor Amstad. Perspectiva Econômica – Série
Cooperativismo, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 35, n. 47, p. 5-37, 2000.
RAMBO, Arthur Blásio. A dinâmica da expansão colonial. In: Anais do IV e V
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.
RAMBO, Arthur Blásio. Restauração católica no sul do Brasil. História: questões e
debates, Curitiba, n. 36, p. 279-304, 2002.
RAMBO, Arthur Blásio. A Igreja dos imigrantes. In: DREHER, Martin Norberto (org.).
500 anos de Brasil e Igreja na América Meridional. Porto Alegre: EST Edições, 2002
(vol. 1), p. 587-73.
RAMBO, Arthur Blásio. A presença alemã na América Latina no período colonial.
História Unisinos, São Leopoldo, vol. 6, n. 5, p. 89-122, 2002.
RAMBO, Arthur Blásio. Modelos de colonização. In: Anais do IV e V Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras
(Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras, 2002.

213
RAMBO, Arthur Blásio. Imigração alemã na AL nos séculos 19 e 20: Argentina, Brasil
e Chile. Estudos Ibero-Americanos, Porto Alegre: PUCRS, vol. 29, n. 1, p. 107-135,
2003.
RAMBO, Arthur Blasio. O teuto-brasileiro e sua identidade. In: FIORI, Neide Almeida
(ed.). Etnia e educação: a escola “alemã” do Brasil e estudos congêneres.
Florianópolis/Tubarão: Editora da UFSC/Editora UNISUL, 2003, p. 63-90.
RAMBO, Arthur Blásio. A história da imprensa teuto-brasileira. In: CUNHA, Jorge
Luiz da; GÄRTNER, Angelika (orgs.). Imigração alemã no Rio Grande do Sul:
história, linguagem, educação. Santa Maria: Editora da UFSM, 2003, p. 59-79.
RAMBO, Arthur Blásio; RABUSKE, Arthur. Pe. João Evangelista Rick, SJ. Cientista,
colonizador, apóstolo social, professor. São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2004.
RAMBO, Arthur Blásio. Imprensa em língua alemã no Rio Grande do Sul. In: CUNHA,
Jorge Luiz da (org.). Cultura alemã 180 anos – Deutsche Kultur seit 180 Jahre.
Porto Alegre: Nova Prova, 2004, p. 89-98.
RAMBO, Arthur Blásio (trad.). Cem anos de germanidade no Rio Grande do Sul
(1824-1924). São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2005.
RAMBO, Arthur Blásio. Jesuítas no sul do Brasil após a Restauração da Ordem: o
projeto educacional. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
RAMBO, Arthur Blásio. Novas respostas para velhas perguntas. In: RAMBO, Arthur
Blasio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel Cristina. Pe. Balduíno Rambo – a
pluralidade na unidade: memória, religião, ciência e cultura. São Leopoldo: Editora da
UNISINOS, 2007, p. 11-33.
RAMBO, Arthur Blásio. Os dez primeiros anos da imigração. Relações interétnicas. In:
Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e
Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
RAMBO, Arthur Blásio. Deitando raízes: os primeiros 70 anos de Ivoti. In: Anais do X
Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
RAMBO, Arthur Blásio. Práticas de medicina. In: Anais do XVIII Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São
Leopoldo: Oikos, 2009.
RAMBO, Arthur Blásio. A religiosidade no quotidiano dos imigrantes. In: ELY, Nilza
Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
RAMBO, Arthur Blásio. O catolicismo social no sul do Brasil. In: ARENDT, Isabel C.;
WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande: história(s) da São
Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 129-143.
RAMBO, Arthur Blásio. Somando forças: o projeto social dos jesuítas do sul do Brasil.
São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2011.
RAMBO, Arthur Blásio; ARENDT, Isabel Cristina (orgs.). Cooperar para prosperar:
a terceira via. Porto Alegre: Sescoop/RS, 2012.
RAMBO, Arthur Blásio. Jesuítas no sul do Brasil: o projeto pastoral. São Leopoldo:
Editora UNISINOS, 2013.

214
RAMBO, Balduíno. A imigração alemã. In: BECKER, Klaus (Org.). Enciclopédia rio-
grandense (vol. 1). Canoas: Regional, 1956.
RAMBO, Balduíno. Die Väter der Botanik in Rio Grande do Sul. Staden-Jahrbuch,
São Paulo, n. 4, 1956.
RAMBO, Balduíno. Drei Jahre auf dem Mars. São Leopoldo: Federação dos Centros
Culturais 25 de Julho, 1987.
RAMBO, Balduíno. A nacionalização. Pesquisas Históricas: São Leopoldo:
UNISINOS, n. 27, 1989, p. 73-113.
RAMBO, Balduíno. O rebento do carvalho. Contos em Hunsrück. São Leopoldo:
Editora da UNISINOS, 2002.
RAMBO, Balduíno. Em busca da grande síntese. São Leopoldo: Unisinos, 1998.
RAMBO, Balduíno. A imigração alemã no Rio Grande do Sul: 1824-1914. S. l: s. e.,
s. d.
RAMELOW, Hans. Reiseberichte über Brasilien. Band 3: Staat Rio Grande do Sul.
Berlim/Alemanha: s. e., 1905.
RAMELOW, Hans. Reiseberichte über Brasilien. Band 4: Staat Rio Grande do Sul.
Berlim/Alemanha: s. e., 1905.
RAMOS, Andrea; SMANIOTTO, Elaine. Quilombos e quilombolas: a trajetória de
resistência e luta na comunidade remanescente do Paredão Baixo em Taquara/RS.
Universo Acadêmico, Taquara: FACCAT, vol. 7, n. 1, p. 215-230, 2014.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. O Partido Republicano Riograndense e o
poder local no Litoral Norte do Rio Grande do Sul – 1882/18985. Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,
1990.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. Memória (re)construída: a história da
Sociedade Orpheu – 1858/1995. In: Anais da XIV Reunião da Sociedade Brasileira
de Pesquisa Histórica. Curitiba: SBPH, 1995, p. 229-232.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. Gesangvereine, uma marca da identidade
étnica teuto-brasileira. In: Anais da XVI Reunião da Sociedade Brasileira de
Pesquisa Histórica. Curitiba: SBPH, 1997, p. 237-240.
RAMOS, Eloisa H. Capovilla da Luz; FIALKOW, Miriam Zeltzer; EGGERS, José
Carlos. Sociedade Orpheu: da história de um nome à identidade de um clube. São
Leopoldo: Sociedade Orpheu, 1998.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; BLAY, Jean Pierre. Sociabilidade e
comunidades estrangeiras – os ingleses de Chantilly, os alemães de São Leopoldo, no
século XIX. In: Anais da XVIII Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa
Histórica. Curitiba: SBPH, 1999, p. 299-302.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. O teatro da sociabilidade: um estudo dos
clubes sociais como espaço de representação das elites urbanas alemãs e teuto-
brasileiras: São Leopoldo. 1850/1930. Tese (Doutorado em História) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2000.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. O teatro da sociabilidade, um estudo dos
clubes sociais como espaços de representação das elites urbanas alemãs e teuto-

215
brasileiras: São Leopoldo – 1858/1930. In: Anais da XX Reunião da Sociedade
Brasileira de Pesquisa Histórica. Curitiba: SBPH, 2001, p. 303-308.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. Museus como espaços de representação da
diversidade cultural. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
RAMOS, Eloisa Capovilla da Luz. (Re)leituras de São Leopoldo. In: SIDEKUM,
Antonio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel Cristina (orgs.). Campos
múltiplos: identidade, cultura e história. Festschrift em homenagem ao prof. Arthur
Blasio Rambo. São Leopoldo: Nova Harmonia/Oikos, 2008, p. 271-283.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. Segredos e revelações de um arquivo. In:
Anais do XI Simpósio de História da Imigração e Colonização: 170 anos de
imigração alemã. São Leopoldo: Oikos, 2009.
RAMOS, Eloísa Helena Capovilla da Luz. Os museus da imigração no Cone Sul:
espaços de memória e de representação. In: Anais do XVIII Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos,
2009.
RAMOS, Eloísa Helena Capovilla da Luz. Onde estão as “marcas” da imigração no
Litoral Norte? Questões de memória, de museologia e de identidade étnica. In: ELY,
Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. Martin Norberto Dreher – um intelectual
filho de imigrantes. In: MÜGGE, Miquéias Henrique; MÜGGE, Erny; HAUENSTEIN,
Iria (orgs.). Construindo diálogos. História, educação e ecumenismo. Homenagem a
Martin N. Dreher. São Leopoldo: OIKOS, 2010, p. 29-42.
RAMOS, Eloísa Helena Capovilla da Luz. Pelos caminhos da Rua Grande:
sociabilidades e espaços de memória e lazer – clubes e associações esportivas. In:
ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua Grande:
história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 155-164.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; VARGAS, Bianca de; LIMA, Titiane de.
Imigrantes em monumentos: da gratidão às homenagens. In: MARTÍNEZ, Elda
Evangelina González et al. (orgs.). História da imigração: possibilidades e escritas.
São Leopoldo: Editora UNISINOS/OIKOS Editora, 2013, p. 266-282.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. Homenagem, gratidão e tensão: um estudo
sobre três monumentos à imigração no sul do Brasil. In: XXVII Simpósio Nacional de
História, Natal: ANPUH, 2013.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; WITT, Marcos Antônio. Pequenas, mas
inúmeras: as crianças na imigração. In: CARDOZO, José Carlos da Silva et al. (orgs.).
História das crianças no Brasil Meridional. São Leopoldo: Editora OIKOS/Editora
UNISINOS, 2016, p. 57-82.
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz. O sentido das comemorações e das festas na
cidade de São Leopoldo: três momentos de civilidade e de sociabilidade. In: RAMOS,
Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio
(orgs.). Imigração, práticas culturais e sociabilidade: novos estudos para a América
Latina. São Leopoldo: OIKOS Editora/Editora UNISINOS, 2016, p. 135-154.

216
RAMOS, Flávia Brochetto. O que vamos ouvir hoje?: histórias da infância de
descendentes de alemães. Signo, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 30, n. 48, p. 25-36,
2005.
RAMOS, Lucas Eduardo. Imigrantes teutos e suas relações interétnicas no século XIX
aos olhos da intelectualidade brasileira. Revista de Educação, Ciência e Cultura,
Canoas: La Salle, vol. 16, n. 2, p. 39-49, 2011.
RAMOS, Lucas Eduardo. A história da nação brasileira nos livros escolares teuto-
brasileiros. Dissertação (Mestrado em Educação) – UNILASALLE, Canoas, 2011.
RAMOS, M. G. Sport Club Rio Grande: centenário do futebol brasileiro. Rio Grande:
Editora da FURG, 2000.
RAMOS, Rosangela Cristina Ribeiro. “Outra pessoa a quem devo muito, foi o meu
saudoso concunhado Frederico Mentz”: relações de amizade e parentesco como
possibilidades de empreendedorismo para alguns teuto-brasileiros do Rio Grande do
Sul. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São
Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1646-1657.
RAMOS, Rosangela Cristina Ribeiro. Benno Mentz: um acervo, uma trajetória,
múltiplas fontes e suas possibilidades. Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2015.
RAUCH, Henrique. Verbotene Deutsche: o silêncio dos esquecidos – a voz alemã na
obra Os farrapos, de Oliveira Bello. Dissertação (Mestrado em Letras/Cultura
Regional) – Universidade de Caxias do Sul, 2005.
RAUNEGGER, Hans. Volk und Staat – ein Beitrag zur Klarstellung
deutschbrasilianischer Probleme. Ijuhy: Serra Post, 1937.
RAVAZZOLO, Ângela. Poesia e precisão: as aquarelas de José Lutzenberger como
representação da história e do cotidiano (1920-1951). Dissertação (Mestrado em
História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.
RAYMUNDO, Ícaro Estivalet; SANTOS, Rodrigo Luís dos; WITT, Marcos Antônio.
Abrindo caminhos, ampliando horizontes: economia e política como meio de inserção
social (imigração – Rio Grande do Sul – século XIX). In: RAMOS, Eloisa Helena
Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da
imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 1161-1175.
RAYMUNDO, Ícaro Estivalet; SANTOS, Rodrigo Luís dos; WITT, Marcos Antônio.
Expandir para consolidar: a estratégia de participação em múltiplas atividades de
negócios como meio de inserção social e política dos imigrantes alemães (o caso de
João Pedro Schmitt). In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.).
Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e
preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 465-472.
RAYMUNDO, Ícaro Estivalet. A sociabilidade retratada em obras de Pedro
Weingärtner e Theodor Ohlsen – imigração alemã (século XIX). In: RAMOS, Eloísa
Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (Orgs.).
Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p.
87-108.
REALE, Ebe. Lindolfo Collor: uma vida dedicada à questão social no Brasil. São
Paulo: DBA Artes Gráficas, 1991.

217
RECH, Moina Marion Fairon. Uma janela para o passado. Santa Cruz do Sul:
EDUNISC, 2015.
REDEL, Elisângela; FORTES, Rita Felix. Maria Perutz e Marta Wolff: subversão do
racismo alemão em Canaã e Um rio imita o Reno. Estação Literária, Londrina: UEL,
vol. 10B, p. 98-110, 2013.
REDEL, Elisângela. Entre a ciência, a ecrita e o drama: o imigrante alemão em
Canaã, Um rio imita o Reno e A ferro e fogo. Dissertação (Mestrado em Letras) –
UNIOESTE, Cascavel, 2014.
REHFELDT, Márcia; TÁVORA, Ronaldo. A educação no Vale do Taquari. Lajeado:
UNIVATES, 2008.
REHFELDT, Mario L. The first fifty years of the history of the Igreja Evangélica
Luterana do Brasil, the Brazilian District of the Missouri Synod. Dissertação
(Mestrado em Teologia) – Concordia Seminary, Saint Louis/Estados Unidos, 1962.
REHFELDT, Mário L. Um grão de mostarda: a história da Igreja Evangélica Luterana
do Brasil (vol. I). Porto Alegre: Concórdia, 2003.
REICHERT, Inês Caroline. Aqui não dá para arrodear a casa: paisagens,
desenraizamento e memória de migrantes rurais. In: Anais do XVI Simpósio de
História da Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na
América Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
REICHERT, Inês Carolina; MAGALHÃES, Magna Lima. Uma trajetória de valor: os
90 anos da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo
Bom e Estância velha. Novo Hamburgo: Feevale, 2010.
REICHERT, Joel; REICHERT, Isa; SCHNEIDER, Henrique. Novo Hamburgo – a
cidade se revela. Novo Hamburgo: R. Cardoso, 2009.
REICHERT, Leici Maria Machado. Ancestralidade e demografia genética na
amostra da população humana no Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em
Ciências Biológicas) – Universidade Federal do Pampa, São Gabriel, 2013.
REICHSVERBAND für die Katholischen Auslanddeutschen (ed.). Katholisches
Deutschtum in Brasilien. Köln/Rhein/Alemanha: Verlag J. P. Bachen, 1935.
REIMANN, Marcos Francisco. Quando os diabos eram loiros. Porto Alegre: Murici
Editor, 2017.
REINHARDT, Cäsar. Cyklopiade – Dichtungen von Alfred Wiedemann. Porto Alegre:
Cäsar Reinhardt, 1921.
REINHER, Altair. A língua espelha a alma de um povo. In: Anais do VI Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (Santa
Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos, 2004.
REINEHR, Altair. A cultura alemã no dia-a-dia dos brasileiros. In: ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e memória: 180 anos de
imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 97-102.
REINHEIMER, Dalva Neraci. Colônias alemãs, rios e Porto Alegre: um processo de
integração e desenvolvimento no século XIX. Estudos Leopoldenses – Série História,
São Leopoldo: UNISINOS, vol. 3, n. 2, p. 115-132, 1999.

218
REINHEIMER, Dalva Neraci. As colônias alemãs, rios e Porto Alegre: estudo sobre
imigração alemã e navegação fluvial no Rio Grande do Sul (1850-1900). Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 1999.
REINHEIMER, Dalva Neraci. Colônias alemãs, rios e Porto Alegre: um processo de
integração e desenvolvimento no século XIX. In: Anais do IV e V Seminário Nacional
de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (Lajeado, 2000).
Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras, 2002.
REINHEIMER, Dalva Neraci (org.). Terra, gente e fé: aspectos históricos de Taquara
do Mundo Novo. Taquara: FACCAT, 2005.
REINHEIMER, Dalva Neraci; SMANIOTTO, Elaine. 160 anos da cultura alemã em
Igrejinha. Igrejinha: AMIFEST/SME, 2006.
REINHEIMER, Dalva Neraci; SMANIOTTO, Elaine. 160 anos da cultura alemã em
Igrejinha: memórias, registros e preservação. Igrejinha: Gráfica Treze de Maio, 2007.
REINHEIMER, Dalva Neraci. “Não são os rios que devem ir ao encontro das
embarcações, mas as embarcações que devem vir ao encontro dos rios”. As obras de
melhorias nas vias de navegação fluvial sob uma perspectiva ambiental (RS 1901-
1919). In: Anais do XVIII Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos, 2009.
REINHEIMER, Dalva Neraci. A navegação fluvial na República Velha gaúcha. São
Leopoldo: Editora OIKOS, 2010.
REINHEIMER, Dalva Neraci. “A Princesa do Rio dos Sinos” – a navegação no Rio dos
Sinos e a inserção de São Leopoldo no processo político e econômico do estado (1889-
1930). In: ARENDT, Isabel C.; WITT, Marcos A. (orgs.). Pelos caminhos da Rua
Grande: história(s) da São Leopoldo republicana. São Leopoldo: OIKOS, 2011, p. 67-
82.
REINHEIMER, Dalva et al. Caminhando pela cidade: apropriações históricas de
Taquara em seus 125 anos. Taquara: FACCAT, 2011.
REINHEIMER, Dalva Neraci; SMANIOTTO, Elaine. Inventário do patrimônio
histórico e arquitetônico de Igrejinha: instrumento que garante a memória e a
identidade. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER,
Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 495-508.
REINHEIMER, Dalva Neraci; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio
histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São
Leopoldo: OIKOS, 2014.
REINHEIMER, Dalva Neraci; SMANIOTTO, Elaine. Patrimônio histórico
arquitetônico e artístico de Igrejinha: uma proposta em educação patrimonial. In:
REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas
comunidades teuto-brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo:
OIKOS, 2014, p. 57-68.
REINHEIMER, Dalva Neraci; SMANIOTTO, Elaine. Narrativas orais sobre o passado
presente na casa da família Linden. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane
Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história,
memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 243-254.

219
REINHEIMER, Dalva Neraci; SMANIOTTO, Elaine. Ciranda musical teuto-rio-
grandense: relações interétnicas através da música. In: RAMOS, Eloisa Helena
Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas,
comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 945-
966.
REINHEIMER, Dalva Neraci. Caixa Rural União Popular de Rolante: colonos
administrando negócios (1923-1964). In: Anais Eletrônicos do III Congresso
Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2015.
REINHEIMER, Dalva Neraci; SMANIOTTO, Elaine. De Caixa Rural União Colonial
a Sicredi Nordeste: uma história de esperança que nem o tempo foi capaz de apagar.
Porto Alegre: Editora Imprensa Livre, 2015.
REINHEIMER, Dalva; BORTOLI, Gabriel Osmar Wilbert de. A memória da indústria
calçadista de Igrejinha, no vale do Paranhana. In: WEIZENMANN, Tiago; SANTOS,
Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações históricas e recentes.
Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 382-392.
REINHEIMER, Dalva Neraci. Caixa Rural União Popular de Rolante: colonos
administrando negócios (1923-1964). In: ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge
Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações: perspectivas e avanços
teórico-metodológicos. São Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p. 558-572.
REIS, Maria de Lourdes Flores Soares. Introdução ao estudo do comércio teuto-
brasileiro. In: Anais do IV Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã
no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São
Leopoldo, 1987.
REKOWSKY, Carmen Janete; DORFMAN, Adriana. Lugares, mesas e falas: comida
alemã e italiana em restaurantes de Porto Alegre/RS. Ateliê Geográfico, Goiânia: UFG,
vol. 7, n. 1, p. 122-142, 2013.
REKOWSKY, Carmen Janete. A geografia dos restaurantes alemães de Porto
Alegre – RS. Dissertação (Mestrado em Geografia) – UNESP, Presidente Prudente,
2013.
RELLY, Eduardo; MACHADO, Neli T. G.; SCHNEIDER, Patrícia. Do Taiaçuapé a
Colinas. Lajeado: UNIVATES, 2008.
RELLY, Eduardo; MACHADO, Neli Teresinha Galarce. A picada teuto-brasileira:
capital social e comunidade em Felipe Essig, Travesseiro/RS. In: RAMOS, Eloisa
Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história
da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 900-918.
RELLY, Eduardo. Floresta, capital social e comunidade: imigração e as picadas
teuto-brasileiras (1870-1920). Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e
Desenvolvimento) – UNIVATES, Lajeado, 2013.
RELLY, Eduardo. Imigração alemã ao Brasil (século XIX) e Prússia: fronteiras
permeáveis e diálogos entre história global e micro-história. História Unisinos, São
Leopoldo: UNISINOS, vol. 20, n. 3, p. 273-286, 2016.
RELLY, Eduardo. Paisagem cultural e patrimônio da imigração alemã no Brasil
meridional: por uma floresta das migrações. In: Anais do IV Jornadas Mercosul.
Canoas: La Salle, 2016, p. 48-61.

220
RELLY, Eduardo. Memórias do Urwald no Brasil meridional: negociações e riscos da
colonização florestal teuto-brasileiras. Mouseion, Canoas: UNILASALLE, n. 27, p.
127-142, 2017.
RELLY, Eduardo. Construindo a “picada”: colonização florestal, capital social e
obrigações comunitárias em Picada Felipe Essig, Travasseiro/RS. Ágora, Santa Cruz do
Sul: UNISC, vol. 20, n. 1, p. 112-123, 2018.
REMPEL, Marciane Cristina. A representação da mulher alemã em “A ferro e fogo” e
“Videiras de cristal”. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal de
Santa Maria, 2000.
REMPEL, Viandara C.; MARTINS, Lucelia R. Os alemães na ficção sul-rio-grandense:
um estudo temático. Ideias – Revista do Curso de Letras, UFSM, vol. 12, p. 69-72,
2000.
REMPEL. Viandara Cristina. Racismo e ideologia em Um rio imita o Reno, de
Clodomir Vianna Moog. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal de
Santa Maria, 2004.
RENNER, A[nton] J[acob]. 25 Annos. Porto Alegre: Indústrias Renner, 1937.
RENNER, A[nton] J[acob]. Socialismo e legislação social. Porto Alegre: Tipografia do
Centro, 1948.
RENNER, A[nton] J[acob]. Assuntos econômicos e sociais. Porto Alegre: Globo,
1950.
RENNER, Darci et al. Xingu – Cem anos. Constantina: Artes Gráficas Ltda., 1997.
RENNER, Sofia. A Oma: anotações despretenciosas. Porto Alegre: Gráfica VS
Digital, 2011.
REVISTA Comemorativa ao 50º Aniversário do Club de Regatas Guahyba – Porto
Alegre (188-1938). Porto Alegre: GPA, 1938.
REVISTA Comemorativa – 25 Anos Colônia Rio Negro. Bagé, s. e.,1950.
RHEINGANTZ, Carlos Guilherme. Colônia de São Lourenço: breve histórico de sua
fundação por Jacob Rheingantz. Rio Grande: Oficina da Livraria Americana, 1907.
RHEINGANTZ, Carlos Guilherme. Die Gründung der Kolonie São Lourenço und
ihr Gründer Jakob Rheingantz. Porto Alegre: Cäsar Reinhardt, 1907.
RHEINGANTZ, Carlos Guilherme. Jacob Rheingantz (1817-1877), fundador da colônia
de São Lourenço, seus antecedentes e descendentes. Revista Genealógica Brasileira,
São Paulo, vol. 2, n. 4, p. 261-181, 1941.
RHEINHEIMER, Liti Belinha. Entre a selva e o sonho. Gramado: Editora das
Hortênsias, 2006.
RHEINHEIMER, Liti Belinha. Casa de órfãos. Gramado: Letras em Cores Ltda., 2009.
RHEINHEIMER, Liti Belinha. O fim da eternidade. Gramado: Editora das Hortênsias,
2011.
RHEINHEIMER, Liti Belinha. A trilogia “O campanário do tempo” – romance
histórico sobre a imigração e miscigenação das raças no Rio Grande do Sul. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 570-572.

221
RIBEIRO, Antonio Carlos. Protestantismo de imigração: chegada e re-orientação
teológica. Protestantismo em revista, São Leopoldo: EST, vol. 16, p. 49-65, 2008.
RIBEIRO, Carmem Adriane. A prática de educação em organizações cooperativas: o
caso COTRIPAL. Dissertação (Mestrado em Educação nas Ciências) – Universidade de
Ijuí, 2005.
RIBEIRO, Carmem Adriane. Museu e arquivo histórico de Panambi (MAHP): 40 anos
preservando a memória do cotidiano. In: Anais do X Seminário Nacional dos
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre:
Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
RIBEIRO, Carmem Adriane. Educação cooperativa em Panambi/RS. In: ELY, Nilza
Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
RIBEIRO, Carmem Adriane. Estúdio Foto Klos: três gerações de fotógrafos. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 509-515.
RIBEIRO, Carmen Adriane. A produção fotográfica de Frieda D. Klos em Panambi-RS
nas décadas de 1930-1940. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e
rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 1178-1191.
RIBEIRO, Carmen Adriane. Estúdio Foto Klos – 1913 a 1950 (Panambi-RS). In:
MEYRER, Marlise Regina; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). História, imagem e
representação: possibilidades de leitura. São Leopoldo: OIKOS, 2015, p. 57-76.
RIBEIRO, Carmen Adriane. Imagens negociadas: retratos de família pelas lentes do
Estúdio Foto Klos nas décadas de 1930 e 1940 em Panambi-RS. Tese (Doutorado em
História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.
RIBEIRO, Ester Rosa. “Nós queremos unicamente abrasileirar o Ginásio...”: o caso dos
professores estrangeiros em Rio Grande – RS, 1936. In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 332-338.
RIBEIRO, Ester Rosa; WEBER, Ângela Caroline. A trajetória educacional de Novo
Hamburgo/RS como hipótese e sucesso atribuído pelo Banco Mundial. In: RAMOS,
Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio
(orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos,
2014, p. 571-585.
RICHTER, Eneida Izabel Schirmer. Comunicação e luteranismo: um estudo sobre a
comunidade evangélica de Santa Maria. Dissertação (Mestrado em Comunicação) –
Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1999.
RICHTER, Waldemar L.; COLLISCHONN, Wolfgang. Nossas origens. Lajeado: s. e.,
1994.
RICHTER, Waldemar. Língua, cultura alemã e turismo. In: Anais do VI Seminário
Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (Santa
Cruz do Sul, 2002). São Leopoldo: Oikos, 2004.
RICHTER, Waldemar. Família Doebber – um século de história no Brasil 1851-2006.
Lajeado: Grafocem Impressos Gráficos Ltda., 2006.

222
RICHTER, Waldemar. Família Richter – dois séculos de História. Lajeado: Grafocem
Impressos Gráficos Ltda., 2006.
RICHTER, Waldemar; SCHMIDT, Heinz. Pioneiros de Conventos. Lajeado: s. e.,
2018.
RICK, J. E. Colonização alemã católica no sul do Brasil. Pesquisas Históricas, São
Leopoldo: UNISINOS, n. 27, p. 115-125, 1998.
RIEDEL, Mário; VOGT, Olgário Paulo. Associativismo e desenvolvimento:
considerações sobre a existência de capital social. In: CORREA, Sílvio Marcus de
Souza (org.). Capital social e desenvolvimento regional. Santa Cruz do Sul:
EDUNISC, 2003, p. 149-211.
RIEGEL, Romeo Ernesto. Quatro raízes e uma árvore. In: PREFEITURA MUNICIPAL
de Gramado. Raízes de Gramado. Gramado: Prefeitura Municipal, 1995.
RIETH, Ricardo Willy. Dois modelos de igreja luterana: IECLB e IELB. In: DREHER,
Martin N. (org.). Populações rio-grandenses e modelos de igreja. Porto Alegre/São
Leopoldo: Edições EST/Sinodal, 1998.
RIETH, Ricardo Willy. Imigração, colonização e associativismo evangélico: acerca da
presença da “Associação/Obra Gustavo Adolfo” no Brasil. Estudos Teológicos, São
Leopoldo: EST, ano 43, n. 1, p. 114-123, 2003.
RIETH, Ricardo Willy. Associativismo e protestantismo na imigração e colonização: o
caso da Associação Gustavo Adolfo. In: Anais do XVI Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América
Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
RIETH, Ricardo Willy. Associativismo e protestantismo na imigração e colonização: o
caso da Associação Gustavo Adolfo. Estudos Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 47,
n. 2, p. 27-43, 2007.
RIETH, Ricardo Willy. Teuto e afro-descendentes no protestantismo luterano rio-
grandense. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
RIETH, Ricardo Willy. Cotidiano e espiritualidade na colônia teuto-brasileira: uma
abordagem a partir do “Tägliches Handbuch…” (1727/28) de Johann Friedrich Starck
(1680-1756). In: Anais do XII Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Cotidiano e identidade. São Leopoldo: Oikos, 2009.
RIETH, Ricardo Willy. Raízes históricas e identidade da Igreja Evangélica Luterana do
Brasil (IELB). Estudos Teológicos, São Leopoldo, vol. 9, n. 2, 2009.
RIGATTI, Ana Paula. Realização do rótico no onset em falantes de Luzerna – SC e
Panambi – RS, regiões de imigração alemã. Dissertação (Mestrado em Linguística) –
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.
RIGO, Kate Fabiani; ARAÚJO, Thiago Nicolau de. Imigração alemã no município de
Taquara. In: BEMFICA, Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da
Patrulha e Caraá. Porto Alegre: EST, 2000, p. 198-201.
RIGO, Kate Fabiani; ARAÚJO, Thiago Nicolau de. Imigração alemã em Rolante. In:
BEMFICA, Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da Patrulha e
Caraá. Porto Alegre: EST, 2000, p. 202-203.

223
RIGO, Kate Fabiani. Conflitos e identidades: a ação marista nos núcleos teutos do Rio
Grande do Sul. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.
RIGO, Kate Fabiani. Conflitos e identidades: a ação marista nos núcleos teutos do Rio
Grande do Sul. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
RIGO, Kate Fabiani. Contribuição alemã no município de Taquara. In: Anais do XIV
Simpósio de História da Imigração e Colonização – Colonização e imigração no
contexto das comemorações dos 500 anos: os imigrantes descobrem o Brasil (São
Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
RIGO, Kate Fabiani. Educação patrimonial e o uso do cemitério como recurso
pedagógico para a manutenção da identidade teuta. In: REINHEIMER, Dalva;
NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-
brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 308-315.
RIO GRANDE DO SUL. Secretaria de Estado da Cultura. Povoadores do Rio Grande
do Sul: 1857-1863. Porto Alegre: EST, 2004.
RISSI, Edson Roberto; MACHADO, Neli Teresinha Galarce. Castelinho: patrimônio,
história e memória. Revista Destaques Acadêmicos, Lajeado: UNIVATES, ano 3, n. 2,
p. 75-81, 2011.
RISTOW, Arno. Memórias e conquistas. 120 anos de história da família Ristow. Rio
de Janeiro: State-of-the-Art, 1992.
RITT, Miron. Pesquisas de 57 cemitérios da região do Alto Taquari e Santa Rosa. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e
memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 136-142.
RITTER, Octavio. Sängergruss: Liederheft mit 34 ausgewählten Liedern für
mehrstimmigen Männerchor. São Leopoldo: s. E., 1964.
RITTER, Samanta. Representações do feminino: as produções de Rudolfo Philippi e
Pedro Weingärtner sobre a mulher imigrante. In: WEIZENMANN, Tiago; SANTOS,
Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações históricas e recentes.
Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 226-236.
RITTER, Samanta. Mulheres imigrantes alemãs no Rio Grande do Sul: uma análise das
construções e discursos. Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 20, n. 1, p. 102-111,
2018.
RITZ-DEUTCH, Ute. Hermann von Ihering: shifting realities of a German-Brazilian
scientist from the late empire to World War I. German Historry, Oxford: Oxford
University Press, vol. 33, n. 3, p. 385-404, 2015.
ROBINSON, Edelaine Weber; WEBER, Roswithia. Revitalização de espaço de
memórias: Casa do Imigrante – São Leopoldo, RS. In: RAMOS, Eloisa Helena
Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da
imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 32-38.
ROBINSON, Edelaine Weber; WEBER, Roswithia. A construção de parceria com a
comunidade no espaço do museu. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane
Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história,
memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 272-275.

224
ROCHA Filho, Moacyr Pinto da. A empresa familiar e a distribuição dos produtos
industrializados: um estudo de caso da Filler S. A. de Santa Cruz do Sul. Dissertação
(Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 1999.
ROCHA, Roberto Monte de; HEBERLE, Roberto Dillenburg. Os Achenbach no
Brasil: genealogia. Porto Alegre: Letra&Vida, 2015.
ROCHA, Roseli Müller da. Memórias e cultura da imigração alemã: um estudo na
comunidade do distrito de Buriti, Santo Ângelo, RS. Dissertação (Mestrado Profissional
em Ensino Científico e Tecnológico) – URI, Erechim, 2016.
ROCHA, Sílvio (org.). Escola cidadã em Novo Hamburgo: participação, qualidade e
aprendizagem. Novo Hamburgo: Prefeitura Municipal, 2012.
ROCHE, Jean. L’agriculture des colons allemands dans le Rio Grande do Sul. Annales
de Géographie, Paris, vol. 68, n. 367, p. 224-237, 1959.
ROCHE, Jean. A contribuição da colonização alemã à valorização do Rio Grande do
Sul. Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros, São Paulo, vol. 14, p. 228-239,
1968.
ROCHE, Jean. Qual foi a causa fundamental do êxito da colonização alemã em várias
regiões do Brasil? In: II Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Recife: Universidade
Federal de Pernambuco, 1974.
ROCHE, Jean. Die Deutschen im brasilianischen Schrifttum. Bonn/Alemanha:
Romanisches Seminar der Universität Bonn, 1968.
ROCHE, Jean. A colonização alemã. In: Rio Grande do Sul: terra e povo. Porto
Alegre: Globo, 1969, p. 129-143.
ROCHE, Jean. A colonização alemã e o Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Globo,
1969.
ROCHE, Jean. Sesquicentenário da colonização alemã no Rio Grande do Sul –
1824/1974. In: III Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto
Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
ROCKENBACH, Paulo José (coord.). A saga da família Rockenbach. São Leopoldo:
OIKOS, 2013.
ROCKENBACH, Sílvio Aloysio; FLORES, Hilda Agnes Hübner. Imigração alemã –
180 anos: história e cultura. Porto Alegre: CORAG, 2004.
RODEGUIERO, Luzia Costa. Centenário da Oktoberfest da SOGIPA. Porto Alegre:
SOGIPA. 2012.
RODEGHIERO, Luzia Costa. Visualidades da Oktoberfest da SOGIPA e de Porto
Alegre em uma edição comemorativa: memória e patrimônio cultural em fotografias.
Revista Latino-Americana de História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 2, n. 7, p.
219-231, 2013.
RODEGHIERO, Luzia Costa. Do Photo-Club Helios ao DECIFOTOS: memória e
patrimônio em Porto Alegre no século XX. Dissertação (Mestrado em Memória Social e
Patrimônio Cultural) – Universidade Federal de Pelotas, 2014.
RODRIGUES, Aristides Carlos. Candelária: sua gente e sua história. Porto Alegre:
Palotti, 1993.

225
RODRIGUES, Cíntia Régia. A legislação para o nativo e o imigrante no século XIX na
Província de São Pedro: incompatibilidade ou complementaridade. In: Anais do X
Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
RODRIGUES, Cíntia Régia. O nativo e o colono: o projeto de modernização no estado
do Rio Grande do Sul: In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia;
WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 61-75.
RODRIGUES, Cíntia Régia. Evangelische Indianermission: a IECLB e a missão entre
os índios. Anos 90, Porto Alegre: UFRGS, vol. 23, n. 43, p. 367-388, 2016.
RODRIGUES, Hugo Thamir. A função social da propriedade. Santa Cruz do Sul: um
caso em estudo. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 2, n. 1, p. 39-64, 1992.
RODRIGUES, Maicon Diego. Festa, devassidão e violência: as imagens do meretrício e
a idealização de um cenário, de suas personagens e de seu enredo (Taquara, RS). In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 429-437.
RODRIGUES, Maicon Diego et al. Patrimônio oculto: uma discussão sobre a influência
maçônica na arquitetura taquarense. In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz;
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s)
escrita(s). São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 134-149.
RODRIGUES, Mara Cristina de Matos. A imigração européia do século XIX na visão
dos intelectuais da revista Província de São Pedro (1945-1949). In: Anais do XIV
Simpósio de História da Imigração e Colonização – Colonização e imigração no
contexto das comemorações dos 500 anos: os imigrantes descobrem o Brasil (São
Leopoldo, 2000). São Leopoldo: Oikos, 2009.
RODRIGUES, Ricardo Vélez. Lindolfo Collor e a plataforma modernizadora da
Aliança Liberal. In: Anais do VIII e IX Simpósios de História da Imigração e
Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul (São Leopoldo, 1988 e 1990); São
Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1998.
ROEHE, Nara Simone Viegas Rocha. O sesquicentenário da imigração alemã no Rio
Grande do Sul em 1974 como corolário das relações econômicas Brasil-Alemanha.
Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande
do Sul, Porto Alegre, 2005.
ROESSLER, Henrique Luís. O Rio Grande do Sul e a ecologia: crônicas escolhidas de
um naturalista contemporâneo. Porto Alegre: Martins Livreiro, 1986.
ROESSLER, Maria Luíza. O homem do rio: paisagens de uma paixão. Porto Alegre:
AGE, 1999.
ROHDE, Maria. Pioniergeist der Väter Erbe. Porto Alegre: Tipografia do Centro,
1926.
ROHDE, Maria W. Espírito pioneiro: a herança dos antepassados. Itapiranga: Gráfica
e Editora Porto Novo, 2011 [tradução da obra anterior].
RÖHNELT, Luiz Fernando Guimarães. Os teuto-gaúchos no bairro Três Vendas –
Pelotas-RS: uma abordagem sobre cultura, espaço e lugar. Dissertação (Mestrado em
Geografia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

226
RÖHSIG, Erni. O projeto pedagógico do Colégio Evangélico Alberto Torres: uma
análise a partir da noção de liberdade cristã. Dissertação (Mestrado em Educação) –
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2001.
RÖHSIG, Erni. O imigrante teuto-brasileiro: vida e influência em nossa sociedade. In:
ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História, cultura e
memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p. 218-220.
RÖHSIG, Henrique Frederico. O impacto da campanha de nacionalização na
comunidade evangélica de Santa Cruz do Sul. In: Anais do IX Seminário Nacional de
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras (São Vendelino,
2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
ROMERO, Sylvio. O alemanismo no sul do Brasil: seus perigos e meios de os
conjurar. Rio de Janeiro: Heitor Ribeiro, 1906.
ROMIG, Karen Laiz Krause; WEIDUSCHADT, Patrícia. As narrativas e memórias dos
pomeranos na Serra dos Tapes – o rito da confirmação e evasão escolar na década de
1960. In: ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo Luis
dos (orgs.). Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São Leopoldo:
Oikos Editora, 2018, p. 119-133.
ROOS, Alana. Análise da transformação da paisagem do município de Agudo (RS)
a partir da história ambiental, ao longo do século XX. Dissertação (Mestrado em
Geografia) – Universidade Federal de Santa Maria, 2013.
ROQUETE-PINTO, Edgard. Relatório da excursão ao litoral e à região das lagoas
no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 1962.
ROSA, Angelita da. A educação patrimonial como instrumento de estudo da
colonização alemã. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.).
História, cultura e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS,
2005, p. 199-206.
ROSA, Angelita da. O mosaico da memória: Museu de Venâncio Aires. Dissertação
(Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto
Alegre, 2009.
ROSA, Camila Francisca da. Sujeitos e culturas governadas: o negro e o carnaval em
Santa Cruz do Sul. In: XIII Encontro Estadual de História/ANPUH-RS: ensino,
direitos, democracia. Santa Cruz do Sul: UNISC, 2016.
ROSA, Gilson Justino da. Imigrantes alemães: 1824-1853. Porto Alegre: EST, 2005.
ROSA, Leonardo Soares da. Blocos e escolas de samba: a presença negra na folia
carnavalesca do Vale do Sinos. Dissertação (Mestrado em Processos e Manifestações
Culturais) – FEEVALE, Novo Hamburgo, 2015.
ROSA, Leonardo Soares da; MAGALHÃES, Magna Lima; SCHEMES, Claudia.
Cobras e dragões: as feras da folia carnavalesca de São Leopoldo/RS. Revista de
História Regional, Ponta Grossa: UEPG, vol. 22, n. 1, p. 148-170, 2017.
ROSENFELD, Ernst. Verschickung freiwilliger auswanderer Insassen der Gefängnisse
von Mecklenburg nach Brasilien in den Jahren 1824 und 1825. Zeitschrift für die
gesamte Strafrechtswissenschaft. Berlim/Alemanha: J. Guttentag
Verlagsbuchhandlung, 1904.

227
ROSIRES, Maria Magnus da Cunha. A trajetória de vida da parteira Ana Maia. In:
ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST,
2010.
ROSSATO, Monica; PADOIN, Maria Medianeira. Trajetória e atuação política de
Gaspar Silveira Martins: a imigração como um projeto político ao Brasil. In: RAMOS,
Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio
(orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos,
2014, p. 1266-1284.
ROST, Ademir. Primórdios de Bom Jardim. In: Anais do X Seminário Nacional dos
Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre:
Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
ROST, Ademir et al. Do coração verde da mata virgem – Thee Walt – Santa Maria do
Herval. Porto Alegre: Martins Livreiro, 2010.
ROST, Ademir. O povoamento do Herval. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN,
Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens.
São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 145-152.
ROST, Ademir. Os caminhos históricos pelo Rolante. In: REINHEIMER, Dalva;
NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-
brasileiras: história, memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 446-456.
ROST, Cláudia Andrea. A identidade do teuto-brasileiro na região sul do Brasil.
Interdisciplinar: Revista de Estudos em Língua e Literatura, São Cristóvão: UFSE,
ano 3, vol. 5, n. 5, p. 215-236, 2008.
ROTERMUND, Fritz. 25 de Julho de 1824: seu sentido nacional e reflexo sobre a vida
política, social, cultural do país. São Leopoldo: Federação dos Centros Culturais 25 de
Julho, 1964.
ROTERMUND, Guilherme. Pastor D. Dr. Wilhelm Rotermund: aspectos do homem e
de sua vida. In: Simpósio de História da Igreja. São Leopoldo: Rotermund/Sinodal,
1986, p. 101-122.
ROTERMUND, Wilhelm. Vollständige Grammatik der portugiesischen Sprache in
Regeln und Übungsstücken. São Leopoldo: Rotermund, 1937.
ROUSSELET, Antonio Carlos; ROSENTHAL, Helmut Cramer. Imigrantes alemães e
italianos: repressão e tortura na era Vargas. Santo Ângelo: Editora URI, 2013.
RUSCHEL, Ruy Ruben. A colonização alemã no quadrante histórico patrulhense. In:
DAROS, Marilia; BARROSO, Véra Lucia Maciel (orgs.). Raízes de Gramado. Porto
Alegre: EST, 1995, p. 243-248.
RÜCKERT, Aldomar. A trajetória da terra: ocupação e colonização do centro-norte
do Rio Grande do Sul – 1827/1831. Passo Fundo: EDIUPF, 1997.
RÜCKERT, Fabiano Quadros. História e memória do ambientalismo no Vale do Rio
dos Sinos. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos
Sinos, São Leopoldo, 2007.
RÜCKERT, Fabiano Quadros; HARRES, Marlusa Marques. A natureza, o tempo e as
marcas da ação humana: políticas públicas e ambiente em perspectiva histórica – São
Leopoldo, RS. São Leopoldo: OIKOS, 2012.

228
RÜCKERT, Fabiano Quadros. Leituras da história do saneamento na cidade de São
Leopoldo, RS. Aedos, Porto Alegre: UFRGS, vol. 5, n. 12, p. 229-242, 2013.
RÜCKERT, Fabiano Quadros. Degradação e preservação dos banhados do rio dos Sinos
na cidade de São Leopoldo/RS. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia
(orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e
preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 508-521.
RÜCKERT, Fabiano Quadros; HARRES, Marluza Marques. Os banhados do rio dos
Sinos e a história ambiental da cidade de São Leopoldo – RS. In: PEREIRA, Elenita;
RÜCKERT, Fabiano; MACHADO, Neli (orgs.). História ambiental no Rio Grande
do Sul. Lajeado: Editora Univates, 2014.
RÜDIGER, Francisco R. Imprensa e esfera pública. In: FISCHER, Luís Augusto;
GERTZ, René E. (coords.). Nós, os teuto-gaúchos. Porto Alegre: Editora da
Universidade, 1996, p. 131-137.
RÜDIGER, Sebalt. Koseritz’ deutscher Volkskalender, 1874-1938: notícia descritiva.
Porto Alegre: Faculdade de Filosofia/UFRGS, 1963.
RÜDIGER, Sebalt. Karl von Koseritz. In: Sesquicentenário da imigração alemã
(Álbum oficial). Porto Alegre: Editora Edel, 1974, p. 166-171.
RUIZ, Angelica Maria. Efeitos subjetivos da campanha de nacionalização de
Getúlio Vargas sobre os descendentes alemães na região de Santa Cruz do Sul/RS.
Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Santa Maria, 2002.
RUNGE, E. Wie wandere ich nach Südamerika aus? Ratgeber für
Auswanderungslustige. Teil I: Brasilien. Berlim/Alemanha: Wilhelm Süsserott, 1908.
RUPPENTHAL, Janis Elisa. Perspectivas do setor couro do estado do Rio Grande
do Sul. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Santa
Catarina, Florianópolis, 2001.
RUSCHEL, Dulce Maria Simon; FLACH, José Carlos. Alto Feliz e os ecos de sua
história. Alto Feliz, s. e., 2017.
RUSCHEL, Ruy R. Torres tem história. Porto Alegre: EST, 2004.
SÁ, Carlos Augusto Trojaner de. A cultura material na cidade de Nova Petrópolis:
educação patrimonial nos museus. Revista Historiador, Porto Alegre, ano 2, n. 2, p.
270-277, 2009.
SÁ, Jauri dos Santos; WERLE, Flavia Obino Correa. Imigrantes eruditos e sua
contribuição para a arquitetura escolar gaúcha. In: WEIZENMANN, Tiago; SANTOS,
Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações históricas e recentes.
Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 129-143.
SAAKE, Guilherme. Eine Reise durch die deutschen Kolonien in Rio Grande do Sul.
Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 4, 1956.
SACHINSKI, Juliana Bezerra de Oliveira; MEDEIROS, Márcia Maria de. A identidade
dos descendentes de alemães em “Um rio imita o Reno”, de Vianna Moog. História e
Cultura, Franca: UNESP, vol. 3, n. 1, p. 299-311, 2014.
SAENGER, Rudolfo. Crônica da Paróquia Evangélica de Marques de Souza.
Lajeado: s. e., 1998.
SAGA: retrato das colônias alemãs no Brasil. São Paulo: Terra Virgem, 1997.

229
SALAMONI, Giancarla et al. Os pomeranos: valores culturais da família de origem
pomerana no Rio Grande do Sul – Pelotas e São Lourenço do Sul. Pelotas: Editora
Universitária, 1995.
SALAMONI, Giancarla. A imigração alemã no Rio Grande do Sul: o caso da
comunidade pomerana de Pelotas. História em Revista, Pelotas: UFPel, vol. 7, n. 1,
2001.
SALAMONI, Giancarla; WASKIEVICZ, Carmen. Serra dos Tapes: espaço, sociedade e
natureza. Tessituras, Pelotas: UFPel, vol. 1, n. 1, p. 73-100, 2013.
SALATINO, Alba Cristina dos Santos; MARTINS, Maria Cristina Bohn; HARRES,
Marluza Marques (orgs.). Círculo Operário Leopoldense – 80 anos de história. São
Leopoldo: Oikos, 2015.
SALATINO, Alba Cristina dos Santos. “O pequeno padre e pai dos colonos”: as
representações sociais de Theodor Amstad e suas práticas no sul do Brasil. Métis:
história & cultura, Caxias do Sul: UCS, vol. 16, n. 32, p. 175-197, 2017.
SALATINO, Alba Cristina Couto dos Santos. O cooperativismo e as associações
étnicas: tecendo comparações entre o Rio Grande do Sul e a província de Buenos Aires
(1900-1930). In: SILVA, Camila et al. (orgs.). Estudos históricos latino-americanos:
conexões Brasil e América Latina. Porto Alegre: Forma Diagramação, 2017, p. 1497-
1512.
SALATINO, Alba Cristina Couto dos Santos. “Tudo para todos” – um estudo
comparado de princípios e de práticas cooperativas: de Pigüé (BS AS) e Nova
Petrópolis (RS) (1898-1920). Tese (Doutorado em História) – Universidade do Vale do
Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2018.
SALATINO, Alba Cristina Couto dos Santos. O pensamento social-cristão nas Caixas
Rurais de Crédito do Rio Grande do Sul (1902-1925). In: FLECK, Eliane Cristina
Deckmann; ZANOTTO, Gizele (orgs.). Religiões e religiosidades no Rio Grande do
Sul: campo religioso sul-riograndense. São Paulo: ANPUH, 2018, p. 137-156.
SALOMOM, Marlon. O clima, a imigração e a invenção do sul do Brasil no século
XIX. In: ARRUDA, Gilmar (org.). Natureza, fronteiras e territórios: imagens e
narrativas. Londrina: EDUEL, 2005.
SAMBAQUY-WALLNER, Virginia. A língua alemã em São José do Hortêncio –
RS. Caxias do Sul: EDUCS, 1998.
SAMBAQUY-WALLNER, Virginia. Das Deutsche in Rio Grande do Sul
(Südbrasilien). Munique: LINCOM EUROPA, 1998.
SAMPAIO, Assis. Nas barrancas: crônicas de Estrela de 1970. Estrela: Nova
Dimensão, 1997.
SAMPAIO, Assis. Divagações e relembranças. Estrela: Edição do autor, 1999.
SANDER, Berenice Fülber; MOHR, Flávia Corso. Igrejinha: uma história em
construção. Igrejinha: SME, 2004.
SANDRI, Arlindo. Meu pé de louro: uma janela aberta para Três Saltos e Travesseiro.
Lajeado: Edição do autor, 2013.
SANDRI, Simone Regina. Julgamento moral, etnia e personalidade: um estudo
introdutório em busca de possíveis relações. Dissertação (Mestrado em Psicologia do
Desenvolvimento) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1995.

230
SANMARTIN, Olintho. O capitão Dantas e o episódio dos Mucker. In: Anais do
Primeiro Congresso de História e Geografia de São Leopoldo. Porto Alegre:
Livraria do Globo, 1947, p. 63-93.
SANSEVERINO, Antonio Marcos V. Videiras de cristal: Jacobina Maurer – a
identidade do imigrante. In: MAUCH, Cláudia; VASCONCELOS, Naira. Os alemães
no sul do Brasil. Canoas: Editora da ULBRA, 1994, p. 129-136.
SANT’ANA, Elma. Jacobina, a líder dos Mucker. Porto Alegre: AGE, 2001.
SANT’ANA, Elma. Jacobina: a líder dos Mucker. Protestantismo em revista, São
Leopoldo: EST, vol. 2, p. 27-36, 2003.
SANT’ANA, Elma. Minha amada Maria: cartas dos Mucker. Canoas: Editora da
ULBRA, 2004.
SANTANA, Nara Maria Carlos de. Colonização alemã no Brasil: uma história de
identidade, assimilação e conflito. Dimensões: Revista de História da UFES, Vitória:
UFES, vol. 25, p. 235-248, 2010.
SANT’ANNA, Sérgio Bairon Blanco. A História Palinódica (migrações culturais de
uma regionalidade teuto-brasileira). Tese (Doutorado em História) – Universidade de
São Paulo, 1991.
SANT’ANNA, Sérgio Bairon Blanco. O fantasma da unidade cultural na metáfora
palinódica do brasileiro alemão. Revista de História, São Paulo: USP, n, 129-131, p.
19-30, 1993/1994.
SANTIN, Stela Ana. A religião de Jacobina no contexto mundial. In: Anais do IX
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (São Vendelino, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
SANTIN, Stela Ana. O movimento Mucker: reação contra diferentes vertentes
ideológicas do século XIX. In: Anais do XVII Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São
Leopoldo: Oikos, 2008.
SANTOS, Alba Cristina Couto dos. A Igreja Católica na promoção de uma cultura
cooperativa no Rio Grande do Sul (1950-1970). In: Anais do XIX Simpósio de
História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial.
São Leopoldo: Oikos, 2010.
SANTOS, Alba Cristina Couto dos. As marcas de Amstad no cooperativismo e no
associativismo gaúcho: as rememorações da Associação Theodor Amstad e da
SICREDI Pioneira. Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade
Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
SANTOS, Alba Cristina Couto dos. A igreja da imigração e o cajado do poder de Dom
João Becker: um estudo de caso sobre as lembranças “censuradas” de Theodor Amstad.
In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 1118-1133.
SANTOS, Alba Cristina Couto dos. Fotografia de família: a construção de uma
narrativa a partir de uma coleção particular. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN,
Rosane Marcia (orgs.). Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras:
história, memória e preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 76-90.

231
SANTOS, Alba Cristina Couto dos. As marcas de Amstad no cooperativismo e no
associativismo gaúcho: as rememorações da Associação Theodor Amstad e da Sicredi
Pioneira. Porto Alegre: SESCOOP/RS, 2014.
SANTOS, Ângela Kroetz dos; BRISOLARA, Valéria; PIRES, Vera Lúcia. Identidade,
cultura e linguagem no contexto da imigração alemã: análise do filme “Walachai”.
Polifonia, Cuiabá: UFMT, vol. 22, n. 31, p. 241-266, 2015.
SANTOS, Ângela Kroetz dos. Práticas identitárias em Walachai. In: FREITAS, Ernani
Cesar de; SARAIVA, Juracy Assmann; HAUBRICH, Gislene Feiten (orgs.). Diálogos
interdisciplinares: cultura, comunicação e diversidade no contexto contemporâneo.
Novo Hamburgo: FEEVALE, 2016, p. 114-128.
SANTOS, Ângela Kroetz dos. Identidade entre línguas e culturas: vozes e olhares em
Walachai. Dissertação (Mestrado em Letras) – Centro Universitário Ritter dos Reis,
Canoas, 2016.
SANTOS, Elza Helena Lourenço Gomes dos. Negacionismo no Brasil: as obras de S. E.
Castan. In: Anais do XIII Encontro de História Anpuh-Rio. Rio de Janeiro, 2008.
SANTOS, Everton Rodrigo. Políticas públicas em Novo Hamburgo e no vale do rio dos
Sinos: quando a confiança faz a diferença. In: MARONEZE, Luiz Antonio Gloger
(org.). Histórias de Novo Hamburgo: 90 anos. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2017, p.
271-302.
SANTOS, Gustavo José dos. Danças parafolclóricas alemãs no Brasil. In: ARENDT,
Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.).
Migrações: religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 1068-
1082.
SANTOS, Gustavo José dos. Danças folclóricas alemãs no Brasil e o imaginário
cultural teuto-brasileiro: entre o saudosismo e a tradição. In: WEIZENMANN, Tiago;
SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações históricas e
recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 330-342.
SANTOS, Gustavo José dos. Embates culturais: danças folclóricas alemãs e o Grupo
de Danças do Centro Cultural Eintracht – Campo Bom/RS (1980-2017). Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2017.
SANTOS, Jair Pereira dos. Desenvolvimento dos meios de transporte em Três
Forquilhas. In: BEMFICA, Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da
Patrulha e Caraá. Porto Alegre: EST, 2000, p. 280-283.
SANTOS, João Aníbal dos. Televisão: cultura local e cultura de massa global.
Etnografia da audiência entre descendentes de imigrantes alemães no Rio Grande do
Sul. Dissertação (Mestrado em Antropologia) – Universidade Federal do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 1995.
SANTOS, João Aníbal Gottems dos. Memória e identidade étnica teuto-riograndense:
histórias de vida com idosos santacruzenses. Redes, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 4,
número especial, p. 35-69, 1999.
SANTOS, João Aníbal Gottems dos. Identidade étnica teuto-rio-grandense: análise
comparativa entre Porto Alegre, Santa Cruz do Sul e Santa Maria do Herval. In:
CUNHA, Jorge Luiz da; GÄRTNER, Angelika (orgs.). Imigração alemã no Rio
Grande do Sul: história, linguagem, educação. Santa Maria: Editora da UFSM, 2003,
p. 215-235.

232
SANTOS, José Marçal Gonçalves dos. A religião em “A paixão de Jacobina”.
Protestantismo em revista, São Leopoldo: EST, vol. 2, p. 73-79, 2003.
SANTOS, Júlio Ricardo Quevedo dos. O movimento dos Muckers. Teocomunicação,
Porto Alegre: PUCRS, vol. 19, n. 83, p. 79-91, 1989.
SANTOS, Lyndon de Araújo; SILVA, Elizete da; ALMEIDA, Vasni de (orgs.). Os 500
anos de reforma protestante no Brasil: um debate histórico e historiográfico.
Curitiba: Editora CRV, 2017.
SANTOS, Nara Nilcéia da Silva; KLUMB, Guilherme Peglow. Caminho pomerano: o
turismo rural baseado no patrimônio cultural e a pluriatividade. Anais do V Seminário
de Pesquisa em Turismo do MERCOSUL. Caxias do Sul: UCS, 2008.
SANTOS, Roberta Barbosa dos. Os lugares dos livros e dos leitores no Colégio
Farroupilha: a trajetória de uma biblioteca escolar (Porto Alegre/RS, 1968-1988). In:
XXVIII Simpósio Nacional de História. Florianópolis: ANPUH, 2015.
SANTOS, Roberta Barbosa dos; ALMEIDA, Doris Bittencourt. Entre silêncios e
murmúrios: a biblioteca escolar do Colégio Farroupilha (Porto Alegre/RS, 1949-2000).
Revista Latino-Americana de História, São Leopoldo: UNISINOS, vol. 5, n. 15, p.
46-68, 2016.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Reações diante das imposições: as estratégias adotadas nas
escolas luteranas durante o Estado Novo (o caso da Fundação Evangélica de Hamburgo
Velho). In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina;
WITT, Marcos (orgs.). A história da imigração e sua(s) escrita(s). São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 840-855.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Um isolamento opcional: a construção da imagem do
imigrante não integrado ao Brasil na obra Um rio imita o Reno. Mnemosine – Revista
do Programa de Pós-Graduação em História da UFCG, Campina Grande, vol. 5, n. 2,
2014.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. A influência religiosa e as consequentes estratégias
políticas no processo de emancipação e instalação do município de Novo Hambrugo/RS
(1924-1930): um estudo de caso. Oficina do Historiador, Porto Alegre: PUCRS, vol.
especial, 2014.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Um evento cívico como instrumento de apoio político: a
festa do Dia da Bandeira de 1943 na Escola Fundação Evangélica de Novo Hamburgo
(um estudo de caso). In: RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na
imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p. 654-671.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Clodomir Vianna Moog e a não integração do grupo
étnico alemão no Brasil estadonovista: uma análise a partir da construção do romance
Um rio imita o Reno. História Unicap, Recife, vol. 1, n. 2, p. 192-205, 1914.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. O nacionalismo brasileiro em uma área de imigração: São
Leopoldo e as ações da Sociedade dos Amigos de Alberto Torres durante o Estado
Novo (1937-1945). Métis: História & Cultura, Caxias do Sul: UCS, vol. 14, n. 27, p.
217-231, 2015.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. O acervo documental do Museu Histórico Visconde de
São Leopoldo: trajetória e contribuições para uma historiografia renovada da imigração
alemã. In: XXVIII Simpósio Nacional de História. Florianópolis: ANPUH, 2015.

233
SANTOS, Rodrigo Luis dos. “Mas o que eles querem com aquele fim de mundo?”:
espaços rurais e disputas políticas entre os municípios de São Leopoldo e Novo
Hamburgo nas décadas de 1930 e 1940. In: Anais Eletrônicos do III Congresso
Internacional de História Regional. Passo Fundo: UPF, 2015.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. As redes sociais de imigrantes e descendentes:
contribuições para uma história política renovada nas áreas de imigração. In: RADÜNZ,
Roberto; HERÉDIA, Vania (orgs.). 140 anos da imigração italiana no Rio Grande do
Sul: IV Simpósio Internacional – XII Fórum de Estudos Ítalo-Brasileiro. Caxias do Sul:
EDUCS, 2015, p. 199-214.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Entre nomes, laços e interesses: formação de redes
sociais e estratégias políticas de católicos e evangélico-luteranos em Novo
Hamburgo/RS (1924-1945). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do
Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2016.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Um forasteiro para governar a Manchester do Brasil? O
governo de Odon Cavalcanti em Novo Hamburgo e suas relações políticas e sociais com
católicos e evangélico-luteranos. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio;
SANTOS, Rodrigo Luis dos (orgs.). Migrações: religiões e espiritualidades. São
Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 982-996.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Palavras, ideias e tensões: as relações conflituosas entre o
Sínodo Riograndense e a Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul (1938-1943).
Ágora, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 18, n. 2, p. 127-135, 2016.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Análise da atuação partidária de Theodomiro Porto da
Fonseca em São Leopoldo durante a década de 1930. In: WEIZENMANN, Tiago;
SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações históricas e
recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 434-439.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Convergências de interesses e disputas: as interações e
conflitos políticos e religiosos entre católicos e evangélico-luteranos no Rio Grande do
Sul (análises sobre o município de Novo Hamburgo, década de 1920). Revista de
História Regional, Ponta Grossa: UEPG, vol. 22, n. 1, p. 220-242, 2017.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Aspectos da inserção política de protestantes no Rio
Grande do Sul na Primeira República: o caso dos evangélico-luteranos do Sínodo Rio-
Grandense. In: BORIN, Marta Rosa (org.). Religiões e religiosidades no Rio Grande
do Sul: as religiões protestantes – história, fontes e metodologia de pesquisa. São Paulo:
ANPUH, 2017, p. 59-74.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Tramas entrelaçadas: política, religião e educação no
Rio Grande do Sul da primeira metade do século XX. Porto Alegre: Editora Fi, 2018.
SANTOS, Rodrigo Luis dos. Entre papeis, representações e discursos: o acervo
documental do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo e as mudanças na
historiografia sobre a imigração alemã no sul do Brasil. Revista de História Bilros:
História(s), Sociedade(s) e Cultura(s). Fortaleza: UECE, vol. 6, n. 11, p. 78-92, 2018.
SANTOS, Sérgio de Paula. Os primórdios da cerveja no Brasil. Cotia: Ateliê
Editorial, 2004.
SANTOS, Silda Erenita dos. Um tesouro a ser despertado: o capital social no
município de Santa Cruz do Sul, RS. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento
Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 2013.

234
SANTOS, Tiara Cristina Pimentel; COLVERO, Ronaldo Bernardino. Migração italiana
a alemã: o caso da comunidade de Boa Esperança – Crissiumal/RS. In: ZANOTTO,
Gizele (org.). Anais do IV Congresso Internacional História, Regiões e Fronteiras
(vol. II). Passo Fundo: UPF, 2018, p. 1099-1108.
SANTUCCI, Natália de Noronha. Clubes de ciclismo – modernidade e identidades na
Belle Époque porto-alegrense. In: XXVIII Simpósio Nacional de História.
Florianópolis: ANPUH, 2015.
SANTUCCI, Natália de Noronha. O elegante sport: conexões entre a moda, a
modernidade e o ciclismo em Porto Alegre (1895-1905). Dissertação (Mestrado em
História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.
SARDI, Telmo João Kurtz. Genealogia de Jacob Kurtz. Passo Fundo: Artegraf, 2005.
SARLET, Erica. Ainda hoje plantaria minha macieira: 160 anos – Escola Pindorama.
São Leopoldo: Sinodal, 1993.
SARLET, Erica. Os 40 anos de Calçados Azaléia S. A. (1958-1998). Novo Hamburgo:
Azaléia, 1998.
SARTORI, Sonia Jane; CHRISTENSEN, Teresa Neumann; SEGAT, Vera Maria
Mendoza. Pelos caminhos de Santa Rosa. Santa Rosa: Barcellos Livreiro e Editor,
1981.
SAUER, Sergio. The land issue as a theological problem: the Roman Catholic and
Lutheran Churches’ social and political commitment to the struggle for land in Brazil.
Dissertação (Mestrado em Filosofia da Religião) – Faculty of Arts, University of
Bergen – UNIBERGEN, Noruega, 1996.
SAUL, Marcos Vinícios de Almeida. Classe operária e sindicalismo no Rio Grande
do Sul: Novo Hamburgo (1945-1964). Santo Ângelo: FUNDAMES, 1988.
SAVEDRA, Lisiane Alves. (Contra)mobilidade social e espacial na obra ficcional
Quem faz gemer a terra, de Charles Kiefer. In: Anais do XIX Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo:
Oikos, 2010.
SAVEDRA, Lisiane Alves. A terra como elemento de dignidade para o
imigrante/descendente alemão na obra Quem faz gemer a terra de Charles Kiefer. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 585-591.
SAVIANI Filho, Hermógenes. O processo de colonização no Rio Grande do Sul: o
caso de São Leopoldo no século XIX. Tese (Doutorado em Economia) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
SAVIANI Filho, Hermógenes. Análise da comarca de São Leopoldo (RS) – 1837/1887
– a partir de uma análise econométrica. Anais do 17º Encontro de Economia da
Região Sul. Maringá: UEM, 2014.
SAWAIA, Paulo. Contribuição de naturalistas alemães para o desenvolvimento das
ciências no Brasil. In: III Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre,
1974). Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
SAWITSKI, Marli Iolanda Dockhorn (org.). Três de Maio: sua história... sua gente.
Três de Maio: s. e., 1984.

235
SAWOFF, Raquel Inês Zuglianello. O olhar dos cronistas no Jornal da Serra, de
Carazinho-RS: “Respingos” e “Cousas da cidade” (1930-1945). Dissertação (Mestrado
em História) – Universidade de Passo Fundo, 2007.
SCHADEN, Egon. Der Deutschbrasilianer – ein Problem. Staden-Jahrbuch, São
Paulo, n. 2, p. 181-194, 1954.
SCHADEN, Egon. Aspectos históricos e sociológicos da escola rural teuto-brasileira.
In: I Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Porto Alegre: Faculdade de Filosofia da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1963.
SCHADEN, Egon. O estudo sócio-antropológico da aculturação dos alemães no Brasil.
In: II Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Recife: Universidade Federal de
Pernambuco, 1974.
SCHADEN, Egon. Alguns problemas e aspectos do folclore teuto-brasileiro. In:
SCHADEN, Egon (org.). Homem, cultura e sociedade no Brasil. Petrópolis: Vozes,
1977, p. 433-450.
SCHADEN, Egon. Contribuição alemã à etnologia brasileira. In: III Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
SCHADEN, Francisco. O cacique Doble e sua horda. In: SCHADEN, Francisco.
Índios, caboclos e colonos: páginas da etnografia, sociologia e folclore. São Paulo:
USP, 1963, p. 67-75.
SCHAEDLER, Cândida. Influência do padre Theodor Amstad: líder de opinião junto a
teuto-católicos por meio da revista Sankt Paulusblatt (1912-1934). In: ARENDT, Isabel
Cristina; WITT, Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações:
religiões e espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 215-227.
SCHÄFER, Georg Anton von. O Brasil como império independente: analisado sob o
aspecto histórico, mercadológico e político – 1824. Santa Maria: editoraufsm, 2007.
SCHÄFFER, Neli. Vida cotidiana e identidade étnica teuto-brasileira (1947-1961).
Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São
Leopoldo, 1997.
SCHÄFFER, Neiva Otero. Os alemães no Rio Grande do Sul: dos números iniciais aos
censos demográficos. In: MAUCH, Cláudia; VASCONCELLOS, Naira (orgs.). Os
alemães no sul do Brasil: cultura, etnicidade, história. Canoas: Editora da ULBRA,
1994, p. 163-183.
SCHALLENBERGER, Erneldo; HARTMANN, Hélio Roque. Nova terra, novos
rumos. Santa Rosa: Barcellos, 1981.
SCHALLENBERGER, Erneldo. Os teuto-brasileiros: ação católica, cooperativismo e
terceira via política. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.).
História, cultura e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS,
2005, p. 143-150.
SCHALLENBERGER, Erneldo. Imigração, redes de associações e desenvolvimento
rural. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras
e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São
Leopoldo: Oikos, 2007.

236
SCHALLENBERGER, Erneldo. Catolicismo social e redes de cooperação no sul do
Brasil. In: SIDEKUM, Antonio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel Cristina
(orgs.). Campos múltiplos: identidade, cultura e história. Festschrift em homenagem ao
prof. Arthur Blásio Rambo. São Leopoldo: Nova Harmonia/Oikos, 2008, p. 211-233.
SCHALLENBERGER, Erneldo. Associativismo cristão e desenvolvimento
comunitário: imigração e produção social do espaço colonial no sul do Brasil.
Cascavel: EDUNIOESTE, 2009.
SCHALLENBERGER, Erneldo. Comunidades teuto-brasileiras: dimensões estética e
cívica. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das
Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de
Educação/CORAG, 2009.
SCHANZ, Moritz. Das heutige Brasilien – Land, Leute und wirtschaftliche
Verhältnisse. Hamburgo/Alemanha: Peter Besser & Mauke, 1893.
SCHAPPELLE, Benjamin Franklin. The German element in Brazil: colonies and
dialect. Americana Germanica, Philadelphia: Americana Germanica Press, n. 26,
1917.
SCHAUMLOEFFEL, Marco Aurélio. Estudo da interferência do português da
variedade dialetal hunsrück falada em Boa Vista do Herval. Dissertação (Mestrado
em Letras) – Faculdade de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do
Paraná, Curitiba, 2003.
SCHAUMLOEFFEL, Marco Aurélio. Interferenz des Portugiesischen im deutschen
Dialekt von Boa Vista do Herval, Rio Grande do Sul. In: Anais do X Seminário
Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-Brasileiras.
Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
SCHAUREN, Décio Aloisio. A busca das origens: história e genealogia da família
Schauren. São Leopoldo: OIKOS, 2011.
SCHAUREN, Décio Aloisio; BRAUN, Felipe Kuhn. Família Kuhn – 500 anos:
origens e descendência dos Kuhn de Picada Café. São Leopoldo: OIKOS, 2014.
SCHAUREN Décio Aloísio. Família Rauber: origem, história e descendência. São
Leopoldo: OIKOS Editora, 2018.
SCHEEREN, Norma Theolina. Perfis de uma pequena comunidade Arroio do Ouro
– Estrela – RS: 150 anos do pioneirismo alemão: 1860-2010. Lajeado: Editora da
Univates, 2010.
SCHEFFEL, Ernesto Frederico. Scheffel por ele mesmo. Novo Hamburgo: Um
Cultural, 2013.
SCHEIBE, Aline; PICCININI, Lívia; BRAGA, Andrea. Evolução urbana do município
de Lajeado: um estudo configuracional. Revista Políticas Públicas & Cidade, n. 3,
2015.
SCHEIBLE, Karl. Kurze Chronik zur Jahrhundertfeier der Evangelischen
Gemeinde Sapiranga. Sapiranga: Gráfica Sapiranga, 1950.
SCHEID, Cleci Maria; PRIEBE, Gretel. Novo Machado conta sua história (1918-
1996). Novo Machado: Prefeitura Municipal, s. d.
SCHELER, C. F. Nachklänge zur Brasilienreise des Herrn Dr. Robert Jannasch.
Berlim/Alemanha: Limbach, 1905.

237
SCHELER, Klaus Fridtjof. Söldner und Siedler im brasilianischen Kaiserreich –
tropische Realität. Köln: Universität Köln, 2017.
SCHELSKY, Helmut. A cooperação teuto-brasileira nas ciências sociais e suas bases
educacionais. In: II Colóquio de Estudos Teuto-Brasileiros. Recife: Universidade
Federal de Pernambuco, 1974.
SCHEMES, Claudia; SILVA, Cristina Ennes da. ASPEUR: uma trajetória comunitária
– memórias de seus colaboradores. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2003.
SCHEMES, Claudia et al. Memória do setor coureiro-calçadista: pioneiros e
empreendedores do vale do Rio dos Sinos. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2005.
SCHEMES, Cláudia. Pedro Adams Filho: empreendedorismo, indústria calçadista e
emancipação de Novo Hamburgo (1901-1935). Tese (Doutorado em História) –
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.
SCHEMES, Claudia; FAY, Cláudia Musa; PRODANOW, Cleber Cristiano. Arriscar e
inovar: uma geração de empreendedores gaúchos no século XX. História Econômica
& História de Empresas, Curitiba, vol. 13, n. 1, p. 157-186, 2010.
SCHEMES, Claudia; MARONEZE, Luiz Antônio Gogler; KUHN Júnior, Norberto.
Imaginário e relações de trabalho no jornal O 5 de Abril: o discurso da cidade industrial
harmônica na Novo Hamburgo dos anos 1920 e 1930. Sessões do Imaginário, Porto
Alegre, vol. 18, n. 30, p. 36-47, 2013.
SCHEMES, Claudia. Pedro Adams Filho: empreendedorismo, indústria calçadista e
emancipação de Novo Hamburgo (1901-1935). In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT,
Marcos Antônio; SANTOS, Rodrigo Luís dos (orgs.). Migrações: religiões e
espiritualidades. São Leopoldo: Oikos Editora, 2016, p. 578-593.
SCHEMES, Claudia; MENDES, Catiuscia Cabreira; MAGALHÃES, Magna Lima. A
mulher hamburguense nos anos 1920 e 1930 e o jornal O 5 de Abril: representações
construídas. In: MARONEZE, Luiz Antonio Gloger (org.). Histórias de Novo
Hamburgo: 90 anos. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2017, p. 29-51.
SCHEMES, Claudia; MARONEZE, Luiz Antonio Gloger; KUHN Junior, Norberto.
Imaginário e relações de trabalho no jornal O 5 de Abril: o discurso da cidade industrial
harmônica na Novo Hamburgo dos anos 1920 e 1930. In: MARONEZE, Luiz Antonio
Gloger (org.). Histórias de Novo Hamburgo: 90 anos. Novo Hamburgo: FEEVALE,
2017, p. 53-81.
SCHERER, Ana Regina. Ambiente cultural e patrimonial da cidade: um testemunho
de identidade. Estudo de caso: bairro de Hamburgo Velho. Dissertação (Mestrado em
História) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 1993.
SCHERER, Cristina; TRESPACH, Tiago L. Divulgar para preservar: um breve
histórico de casas coloniais de Itati/RS. In: ELY, Nilza Huyer. Dom Pedro de
Alcântara – marcas do tempo. Porto Alegre: EST, 2010.
SCHERER, Ilse. Associativismo e sindicalismo rural no Rio Grande do Sul. Tese
(Doutorado em Sociologia Rural) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto
Alegre, 1972.
SCHERER, Leonor Paulo. Odilo Vier – o rei verde. Santa Rosa: Coli, 2003.

238
SCHERER, Lisiane. Roteirização turística no espaço rural: estudo longitudinal da
Rota Colonial Baumschneis – Dois Irmãos, Rio Grande do Sul, Brasil. Dissertação
(Mestrado em Turismo e Hospitalidade) – Universidade de Caxias do Sul, 2014.
SCHERER, Rudinéia Rejane. Tamancos de madeira: a presença holandesa no
município de Não-Me-Toque/RS. In: Anais do XVI Simpósio de História da
Imigração e Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América
Latina (São Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
SCHIAVON, Carmem Gessilda Burgert; SBABO, Janaina Schaun. Patrimônio
industrial em Rio Grande: a estrutura da fábrica Rheingantz a partir do olhar de um
operário. Historiæ, Rio Grande: FURG, vol. 6, n. 2, p. 36-49, 2015.
SCHIERHOLT, José Alfredo. O imigrante frente a ideologias. In: Anais do 5º
Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul.
São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1982.
SCHIERHOLT, José Alfredo. A Revolução Federalista no Vale do Taquari. In: Anais
do 4º Simpósio de História da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do
Sul (São Leopoldo, 1980). São Leopoldo: Instituto Histórico de São Leopoldo, 1987.
SCHIERHOLT, José Alfredo. A Revolução Federalista no Vale do Taquari. Lajeado:
Grupo Cartel, 1989.
SCHIERHOLT, José Alfredo. Lajeado I. Lajeado: Edição do autor, 1993.
SCHIERHOLT, José Alfredo. A sombra de plátanos: História da saúde no Vale de
Taquari. Lajeado: Edição do autor, 1997.
SCHIERHOLT, José Alfredo. Estrela: ontem e hoje. Estrela: Edição do autor, 2002.
SCHIERHOLT, José Alfredo. Dicionário de Estrela. Estrela: Edição do autor, 2002.
SCHIERHOLT, José Alfredo. Turnverein no Vale do Taquari. In: Anais do IV e V
Seminário Nacional de Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras (Lajeado, 2000). Lajeado: Associação Nacional de Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-brasileiras, 2002.
SCHIERHOLT, José Alfredo. Rolante, rio que gera a história: homenagem pelos 50
anos do município. Rolante: J. A. S./Câmara Municipal de Vereadores, 2004.
SCHIERHOLT, José Alfredo. Cruzeiro do Sul e sua história. Porto Alegre: Evangraf,
2010.
SCHILLING, Suzana Porcello. Vivência de uma descendente alemã no 4° Distrito.
História – Unisinos, São Leopoldo, número especial, p. 247-257, 2002.
SCHILLING, Suzana Porcello. Edith Travi – uma mulher de fibra. Porto Alegre:
Movimento, 2012.
SCHILLING, Suzana Porcello; COIMBRA, David; LUZ, Loraine. Associação
Leopoldina Juvenil – 150 anos história e tradição. Porto Alegre: ALJ, 2013.
SCHILLING, Suzana Porcello. Um olhar sobre a história da Óptica Foernges.
Caxias do Sul: Editora São Miguel, 2015.
SCHILLING, Voltaire et al. Culturas em movimento: a presença alemã no Rio Grande
do Sul. Guaíba: RIOCELL, 1992.

239
SCHINKE, Werner. O caráter germânico da sociedade Ginástica Estrela. In: Anais do
X Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
SCHINKE, Werner. SOGES: as andanças de documentos antigos. In: Anais do X
Seminário Nacional dos Pesquisadores da História das Comunidades Teuto-
Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior de Educação/CORAG, 2009.
SCHINKE, Werner (org.). Perfis de Estrela: Rudolfo Maria Rath (obra póstuma).
Lajeado: Editora UNIVATES, 2012.
SCHINKE, Werner. Erich Schulz, 1898-1974: vida e obra de um imigrante alemão.
Lajeado: Editora UNIVATES, 2013.
SCHIRMER, Christa. Floresta Negra, melhores receitas. Porto Alegre: Tchê, 1992.
SCHLEICH, Paulo César. Identidades, rivalidades e paixões: o futebol no Vale do Rio
dos Sinos (1950-1970). In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e
Colonização: Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São
Leopoldo, 2004). São Leopoldo: Oikos, 2007.
SCHLÜTER, Wilhelm. Es tönen die Lieder... Deutschbrasilianisches Liederbuch für
Schulen und Haus. São Leopoldo: Rotermund, 1924.
SCHMACHTENBERG, Ricardo. A saúde pública em Santa Cruz do Sul na República
Velha. In: Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização:
Leituras e interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004).
São Leopoldo: Oikos, 2007.
SCHMACHTENBERG, Ricardo. Tradição e modernidade nas práticas de cura em
Santa Cruz do Sul na República Velha. In: Anais do XVIII Simpósio de História da
Imigração e Colonização – Saúde: Corporeidade – Educação. São Leopoldo: Oikos,
2009.
SCHMACHTENBERG, Ricardo. Os eleitores, os juízes almotacés e as redes familiares
na Câmara Municipal de Rio Pardo, 1811 a 1830 – algumas considerações. In: Anais do
XIX Simpósio de História da Imigração e Colonização – Migrações: Mobilidade
social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
SCHMAHL, Helmut. Emigração da Alemanha: um balanço historiográfico. In: Anais
do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e
interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004). São
Leopoldo: Oikos, 2007.
SCHMID, Albert. Die Brummer – Eine deutsche Fremdenlegion in brasilianischen
Diensten im Kriege gegen Rosas. Porto Alegre: “A Nação“, 1949.
SCHMID, Albert. Os “Rezimgões” – Uma lejião estramjeira, de alemães, a serviso do
Brazil, na gérra contra Rozas. Rio de Janeiro: Imprensa Militar, 1951.
SCHMID, Albert. Indianer und Kolonisten: aus der Geschichte der deutschen
Urwaldsiedlungen Südbrasiliens. Staden-Jahrbuch, São Paulo, n. 5, p. 247-257, 1957.
SCHMIDT, Artur Gustav. Plauderei beim Chimarrão. Augsburg/Alemanha: FDL-
Verlag, 1980.
SCHMIDT, Benito Bisso. A sapateira insubordinada e a mãe extremosa: disciplina
fabril, táticas de gênero e lutas por direitos em um processo trabalhista (Novo
Hamburgo-RS, 1958-1961). In: GOMES, Ângela de Castro; SILVA, Fernando Teixeira

240
da. A Justiça do Trabalho e sua história. Campinas: Editora da UNICAMP, 2013, p.
157-199.
SCHMIDT, Diogo Serafim. Valores étnicos e empreendedorismo: um estudo sobre a
mentalidade empreendedora de descendentes de alemães e de italianos no Rio Grande
do Sul. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade Federal do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 2015.
SCHMIDT, F. Grundzüge einer geregelten Auswanderung der Deutschen mit
besonderer Rücksicht auf Süd-Brasilien. Hamburgo/Alemanha: Perthes-Besser &
Mauke, 1842.
SCHMIDT, João Pedro. Sindicatos de trabalhadores dos vales do Rio Pardo e Taquari.
Cadernos de Pesquisas, Santa Cruz do Sul: UNISC, 1994.
SCHMIDT, João Pedro; GOES, Cesar Hamilton Brito. Cooperativismo no Vale do Rio
Pardo. In: CORREA, Silvio Marcos de Souza; ETGES, Virginia Elisabeta (orgs.).
Território e população: 150 anos de Rio Pardinho. Santa Cruz do Sul: EDUNISC,
2002, p. 125-164.
SCHMIDT, João Pedro. Capital social e participação política em Santa Cruz do Sul. In:
CORREA, Sílvio Marcus de Souza (org.). Capital social e desenvolvimento regional.
Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2003, p. 213-263.
SCHMIDT, Kelly Raquel. Tradição e (re)invenção da tradição: a Oktoberfest de
Igrejinha/RS. Dissertação (Mestrado em Memória Social e Patrimônio Cultural) –
Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, 2012.
SCHMIDT, Laura Saltiel. Família Saltiel – da Alemanha para o Caraá. In: BEMFICA,
Coralia Ramos et al. (orgs.). Raízes de Santo Antônio da Patrulha e Caraá. Porto
Alegre: EST, 2000, p. 521-528.
SCHMIDT, Luciano. Chácara do Tio Bernardo: fragmentos para recordar. In:
FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.).
Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 371-380.
SCHMIDT, Mônica Renata. O perfil profissional dos trabalhadores imigrantes de
origem alemã que solicitaram a sua carteira profissional a partir do acervo da DRT-RS,
1933-1943. In: Anais Eletrônicos do II Congresso Internacional de História
Regional – Relações Estado-Sociedade na América Latina. Passo Fundo: UPF, 2013.
SCHMIDT, Rémis Alice Perin. Erechim, cidade construída para imigrantes – poder
simbólico na conquista do espaço urbano. Dissertação (Mestrado em História) –
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
SCHMITT, Daniele. Discurso e prática: a função social do Museu Histórico Visconde
de São Leopoldo sob a ótica das políticas culturais. Dissertação (Mestrado em Processos
e Manifestações Culturais) – FEEVALE, Novo Hambrugo, 2016.
SCHMITT, Denise Verbes; PADOIN, Maria Medianeira. Lembrar para esquecer: as
bodas de prata da comunidade luterana de Neu-Württemberg. In: RAMOS, Eloísa
Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (Orgs.).
Festas, comemorações e rememorações na imigração. São Leopoldo: Oikos, 2014, p.
252-266.
SCHMITT, Denise Verbes; PADOIN, Maria Medianeira. Marie Faulhaber e a Colônia
germânica de Panambi, RS, Brasil. Oficina do Historiador, Porto Alegre: PUCRS, vol.
1, p. 1766-1779, 2014.

241
SCHMITT, Denise Verbes; BIASOLI, Vitor. Marie Faulhaber: a trajetória de uma
imigrante. In: RADÜNZ, Roberto, HERÉDIA, Vania Beatriz Merlotti (orgs.). 140 anos
da imigração italiana no Rio Grande do Sul – IV Simpósio Internacional – XII
Fórum de Estudos Ítalo-Brasileiros. Caxias do Sul: EDUCS, 2015, p. 329-341.
SCHMITT, Denise Verbes. Sociedade de Leitura Hermann Faulhaber: a biblioteca
dos imigrantes de “Panambi”/RS (1927-1963). Dissertação (Mestrado em História) –
Universidade Federal de Santa Maria, 2017.
SCHMITT, Jane. A imprensa em Novo Hamburgo. In: Anais do 5º Simpósio de
História da Imigração e Colonização Alemãs no Rio Grande do Sul. São Leopoldo:
Instituto Histórico de São Leopoldo, 1982.
SCHMITT-PRYM, Elmar et al. Paróquia São João Batista de Panambi, 45 anos.
Sarandi: A Região, 1997.
SCHMITZ, Arsênio José. Uma nova imagem para Nova Petrópolis: estudo sobre a
imigração e a aculturação. Roma/Itália: Gregoriana, 1975.
SCHMITZ, Arsênio José. Neue Heimat in Nova Petrópolis: deutsche Einwanderer in
Südbrasilien. Nova Petrópolis: Edição do autor, 1977.
SCHMITZ, Kalinka de Oliveira. Colônias de quadros e guerras: colonização no norte
do Rio Grande do Sul. In: Anais Eletrônicos do III Congresso Internacional de
História Regional. Passo Fundo: UPF, 2015.
SCHMITZ, Kalinka de Oliveira. Relações entre indígenas, caboclos, colonos e o Estado
na formação da pequena propriedade no norte rio-grandense. In: WEIZENMANN,
Tiago; SANTOS, Rodrigo Luis dos; MÜHLEN, Caroline von (orgs.). Migrações
históricas e recentes. Lajeado: Editora da Univates, 2017, p. 404-412.
SCHMITZ, Pedro Ignácio. Balduíno Rambo, S. J. e o começo da Antropologia na
UFRGS. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre: UFRGS, ano 3, n. 7, p. 232-238,
1997.
SCHMITZ, Pedro Ignácio. Balduíno Rambo, S. J., professor de Antropologia na
UFRGS. In: RAMBO, Arthur Blasio; GRÜTZMANN, Imgart; ARENDT, Isabel
Cristina. Pe. Balduíno Rambo – a pluralidade na unidade: memória, religião, ciência
e cultura. São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2007, p. 67-71.
SCHMITZ, Pedro Ignácio. A trajetória da Arqueologia no Rio Grande do Sul narrada
por testemunha ocular. In: SALATINO, Alba Cristina C. dos Santos; SERRES,
Helenize Soares; SIILVA, Jonathan Fachini da (orgs.). Historiografia: temas, desafios
e perspectivas. II Congresso Internacional de Estudos Históricos Latino-Americanos.
São Leopoldo: PPGH-UNISINOS, 2017, p. 834-845.
SCHMÖKEL, Alex Marciano; DUMMER, Celeste. 100 anos de ensino, pregação e
testemunho: Comunidade Evangélica Luterana Trindade – Vila Progresso – Vera Cruz
– RS – Brasil – 1902-2002. Santa Cruz do Sul: LupaGraf, 2002.
SCHNECK, Andréa Cristina Baum. De Lindolfo Collor – tecendo retalhos do passado,
o presente e o futuro. In: Anais do X Seminário Nacional dos Pesquisadores da
História das Comunidades Teuto-Brasileiras. Ivoti/Porto Alegre: Instituto Superior
de Educação/CORAG, 2009.
SCHNECK, Andréa Cristina Baum. Imagens pintadas de Flávio Scholles: evocadores
de memórias e narrativas de vida. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

242
SCHNECK, Andréa Cristina Baum. Imagens e memórias no âmbito da História da
Educação. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER,
Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo: OIKOS,
2012, p. 516-523.
SCHNEID, Carla Rejane Barz Redmer. Educação patrimonial: projetos de ensino por
meio de bens patrimoniais do município de São Lourenço do Sul (RS). Dissertação
(Mestrado Profissional em História, Pesquisa e Vivências do Ensino-Aprendizagem) –
Universidade de Rio Grande/FURG, 2014.
SCHNEIDER, Alberto Luiz. Sílvio Romero, hermeneuta do Brasil. São Paulo:
Anablume, 2005.
SCHNEIDER, Bernardo. A Estação da Esperança: histórias e memórias de Maratá e
de sua comunidade evangélica. São Leopoldo: OIKOS Editora, 2011.
SCHNEIDER, Bernardo. Primórdios: relato sobre a colonização de Maratá, Nova
Holanda, Campestre e Linha São João, segundo o pastor Lentz. São Leopoldo: OIKOS,
2014.
SCHNEIDER, Bernardo; SCHERER, Cristiane. De geração em geração: genealogia
das famílias evangélicas de Maratá, Nova Holanda, Linha São João e Campestre. São
Leopoldo: OIKOS Editora, 2017.
SCHNEIDER, Cristiane. Garimpando memórias: o processo de desocupação dos
barranqueiros da Rua da Praia no município de Estela/RS na década de 1960. Lajeado:
Univates, 2016.
SCHNEIDER, Cristina Seibert. “Viribus unitis”: a constante busca da aproximação do
social e do econômico. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade do Vale do
Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2004.
SCHNEIDER, Cristina Seibert. A Cooperativa de Laticínios Real de São Vendelino: um
estudo de caso. In: ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos Antônio (orgs.). História,
cultura e memória: 180 anos de imigração alemã. São Leopoldo: OIKOS, 2005, p.
298-307.
SCHNEIDER, Cristina Seibert. Das onças de ouro ao movimento cooperativista. In:
Anais do XVI Simpósio de História da Imigração e Colonização: Leituras e
interpretações da imigração na América Latina (São Leopoldo, 2004. São Leopoldo:
Oikos, 2007.
SCHNEIDER, Cristina Seibert. “O Bauerverein”. In: Anais do XVII Simpósio de
História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações Interétnicas (São
Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
SCHNEIDER, Cristina Seibert; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, M. A. (orgs.). Entre
vales e serras: fronteiras. São Leopoldo: Casa Leiria, 2008.
SCHNEIDER, Cristina Seibert; GALAFASSI, Gabriele. A importância do olhar
pedagógico no museu. In: FERNANDES, Evandro; NEUMANN, Rosane Marcia;
WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas abordagens. São Leopoldo:
OIKOS, 2012, p. 539-547.
SCHNEIDER, Cristina Seibert. O patrimônio cultural e a construção de uma política
pública local. In: REINHEIMER, Dalva; NEUMANN, Rosane Marcia (orgs.).
Patrimônio histórico nas comunidades teuto-brasileiras: história, memória e
preservação. São Leopoldo: OIKOS, 2014, p. 45-56.

243
SCHNEIDER, Daniel. A construção de uma cultura técnica agropecuária no sul do
Brasil: o caso da Colônia Ijuí. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade
Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.
SCHNEIDER, Diéle de Souza; OLIVEIRA, Moacir Almeida de. Imigração alemã no
Rio Grande do Sul: o “luteranismo comunitário”. In: FERNANDES, Evandro;
NEUMANN, Rosane Marcia; WEBER, Roswithia (orgs.). Imigração: diálogos e novas
abordagens. São Leopoldo: OIKOS, 2012, p. 347-351.
SCHNEIDER, Edson Pedro. Cooperativismo de Crédito – organização sistêmica,
ênfase no sistema SICREDI. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Economia)
– Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2006.
SCHNEIDER, Elenor José (org.). Fragmentos de vida. Santa Cruz do Sul: EDUNISC,
2002.
SCHNEIDER, Elenor José; HELFER, Nadir Emma; BECKER, Fabiana Lismeia;
TOLEDO, Andréa Queiroz de. A inserção dos estrangeiros no universo de Santa Fé.
Signo, Santa Cruz do Sul: UNISC, vol. 30, p. 47-66, 2005.
SCHNEIDER, Ivo Alberto; SILVEIRA, Gisele Maria Costa da. Funções sociais da
habitação e sua diferenciação em populações de etnia alemã e italiana. Revista de
Ciências Sociais, Porto Alegre: UFRGS, vol. 1, n. 1, p. 123-137, 1986.
SCHNEIDER, Joni Roloff. Escola comunitária: trama entre sujeitos e instituição.
Dissertação (Mestrado em Teologia) – EST, São Leopoldo, 2005.
SCHNEIDER, José Odelso. Resgate de aspectos da história do cooperativismo do
Rio Grande do Sul, 1902-1960. São Leopoldo: UNISINOS, s. d.
SCHNEIDER, Jürgen. Emigração alemã para o Brasil – 1815/1870. In: III Colóquio de
Estudos Teuto-Brasileiros (Porto Alegre, 1974). Porto Alegre: Editora da
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1980.
SCHNEIDER, Léo. Desenvolvimento musical: bosquejo histórico. Porto Alegre:
Colégio Cruzeiro do Sul, [1938?].
SCHNEIDER, Luiz Carlos. O patrimônio cultural a partir do estudo da paisagem: o
caso de Santa Cruz do Sul (RS). Tese (Doutorado em Planejamento Urbano e Regional)
– Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2018.
SCHNEIDER, Maicon Fabiel; PUERTO, Charlene Brum Del; MÜLLER, Dalila.
Stippen: comemoração da Páscoa dos “pomeranos“ da zona rural de Pelotas. In:
RAMOS, Eloisa Helena Capovilla da Luz; ARENDT, Isabel Cristina; WITT, Marcos
Antônio (orgs.). Festas, comemorações e rememorações na imigração. São
Leopoldo: Oikos, 2014, p. 833-850.
SCHNEIDER, Maikel Gustavo. A imprensa a serviço do projeto de restauração da
Igreja Católica (1871) e da implantação da colônia Porto Novo (1926). In: SALATINO,
Alba Cristina C. dos Santos; SERRES, Helenize Soares; SILVA, Jonathan Fachini da
(orgs.). Historiografia: temas, desafios e perspectivas. II Congresso Internacional de
Estudos Históricos Latino-Americanos. São Leopoldo: PPGH-UNISINOS, 2017, p.
2929-304.
SCHNEIDER, Maiquel Gustavo. “Talvez nunca mais eu veja a minha terra natal”: a
trajetória de imigrantes na colonização de Porto Novo/SC (1932-1942). Dissertação
(Mestrado em História) – Universidade de Passo Fundo, 2018.

244
SCHNEIDER, Marcelo. Manifestos e iniciativas da IECLB referentes ao Programa
"Justiça e Integridade da Criação" e seu desdobramento ecumênico. Dissertação
(Mestrado em Teologia) – Faculdades EST, São Leopoldo, 2002.
SCHNEIDER, Marcelo. A influência das questões candentes contemporâneas para a
identidade da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil. Estudos Teológicos,
São Leopoldo: EST, ano 49, n. 2, p. 241-251, 2009.
SCHNEIDER, Maria Nilse. Atitudes e concepções linguísticas e sua relação com as
práticas sociais de professores em comunidades bilíngues alemão-português do Rio
Grande do Sul. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Federal do Rio Grande do
Sul, Porto Alegre, 2007.
SCHNEIDER, Maria Nilse. Implicações da política lingüística na educação e na
manutenção do Hunsrückisch em comunidades teuto-brasileiras. In: Anais do XVII
Simpósio de História da Imigração e Colonização: Imigração e Relações
Interétnicas (São Leopoldo, 2006). São Leopoldo: Oikos, 2008.
SCHNEIDER, Maria Nilse. A língua e cultura alemãs na região de Pelotas: projetos e
perspectivas. In: Anais do XIX Simpósio de História da Imigração e Colonização –
Migrações: Mobilidade social e espacial. São Leopoldo: Oikos, 2010.
SCHNEIDER, Maria Nilse. A manutenção do Hunsrückisch e do pomerano e o ensino
de alemão em comunidades teuto-brasileiras no Rio Grande do Sul. In: Anais do X
Encontro do CELSUL – Círculo de Estudos Linguísticos do Sul. Cascavel:
UNIOESTE, 2012.
SCHNEIDER, Marlene Lemke. O desenvolvimento econômico de Canguçu. In:
SCHIAVON, Carmem G. B. (org). Anais do seminário regional de História: o
município de Canguçu em debate. Pelotas: Educat, 2003.
SCHNEIDER, Maurício. Entre a agroecologia e a fumicultura: uma etnografia sobre
trabalho na terra, cosmologias e pertencimentos entre camponeses pomeranos.
Etnográfica, Lisboa, vol. 18, n. 3, p. 651-669, 2014.
SCHNEIDER, Maurício; MENASCHE, Renata. Quilombolas e pomeranos na Serra dos
Tapes: fumicultura e acesso à terra. In: VI Encontro da Rede de Estudos Rurais,
Campinas, 2014.
SCHNEIDER, Maurício. Entre a agroecologia e a fumicultura: uma etnografia sobre
trabalho na terra, cosmologias e pertencimentos entre camponeses pomeranos.
Etnográfica – Revista do Centro em Rede de Investigação em Antropologia,
Lisboa, vol. 18, n. 3, p. 651-669, 2014.
SCHNEIDER, Maurício. Saberes e sabores da colônia: Schmier de melancia de porco.
Novos Debates, Brasília, vol. 2, n. 1, 2015.
SCHNEIDER, Maurício; MENASCHE, Renata; GILL, Lorena Almeida. A trajetória de
uma fitoterapeuta camponesa: notas acerca do uso de plantas medicinais entre colonos
pomeranos de São Lourenço do Sul. In: 5º Encontro da Rede de Estudos Rurais,
Belém, 2012.
SCHNEIDER, Patrícia. Um patrimônio “adormecido”: a cultura material
arqueológica pré-colonial nos lugares de memória do vale do Taquari/RS. Dissertação
(Mestrado em Patrimônio Cultural) – Universidade Federal de Santa Maria, 2010.
SCHNEIDER, Rodolfo. Que espera a IECLB dos estudantes de Teologia? Estudos
Teológicos, São Leopoldo: EST, ano 14, n. 1, p. 27-30, 1974.

245
SCHNEIDER, Sérgio. Os colonos da indústria calçadista: expansão industrial e as
transformações da agricultura no Rio Grande do Sul. Dissertação (Mestrado em
Sociologia) – Universidade de Campinas, 1994.
SCHNEIDER, Sérgio. Agricultura familiar e industrialização: pluriatividade e
descentralização industrial no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora da UFRGS,
1999.
SCHNEIDERS, Michele. Panorama da variação Gurke/Kummre e Pfirsich/Pesch do
alemão falado no ALMA-H. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal
da Fronteira Sul, Chapecó, 2017.
SCHOENARDIE, Fernanda Wisniewski. Memória em ação: a importância do museu,
da representação e utilização da memória no espaço escolar. História UNICAP, Recife:
UNICAP, vol. 3, n. 6, p. 416-426, 2010.
SCHOENARDIE, Lidiane Lima. Projeto – História em jogos digitais: “A conquista do
Paranhana”. In: ARENDT, Isabel Cristina; CUNHA, Jorge Luiz da; SANTOS, Rodrigo
Luis dos (orgs.). Migrações: perspectivas e avanços teórico-metodológicos. São
Leopoldo: Oikos Editora, 2018, p. 293-304.
SCHOENBORN, Ulrich. Evangelisch-lutherische Kirche in Braslien: Nachfolge Jesu
– Wege der Befreiung. Methingen/Alemanha: Brasilienkunde-Verlag, 1989.
SCHOLLES, Flávio. F. Scholles. São Leopoldo: Editora Sinodal, 2000.
SCHOMMER, Luciane Roseli. Turismo, eventos e etnicidade: Festival Internacional
do Folclore Nova Petrópolis – RS – Brasil. Dissertação (Mestrado em Turismo e
Hospitalidade) – Universidade de Caxias do Sul, 2013.
SCHOMMER, Luciane Roseli. Turismo no Rio Grande do Sul: a presença histórica em
Nova Petrópolis.