Você está na página 1de 6

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

MIRELLA FERREIRA DE MELO

ATIVIDADE 2

MEIO AMBIENTE E SANEAMENTO BÁSICO

São Paulo

2020
INTRODUÇÃO

É de conhecimento geral que a água é o elemento essencial para a vida do ser


humano na Terra. O planeta em questão é constituído em sua maior parte por água,
sendo que apenas 3% dela é doce, distribuída em sua maior parte nas geleiras existentes
nos polos e o resto em rios e lagos espalhados pelo mundo. Porém, nem toda água doce
é própria para consumo humano; alguns parâmetros foram definidos ao longo dos anos
para a caracterização da água como própria ou não para consumo. Através de estudos, é
possível determinar a qualidade da água, sua composição química, suas propriedades e
as influências que esses fatores exercem para que a água seja considerada potável ou
não. É o que falaremos a seguir.

1. O que é água potável?


A água potável é a aquela considerada própria para consumo, devendo
ser límpida, sem sabor ou cheiro, além de ser livre de sólidos, substâncias
ou organismos que podem ser nocivos à saúde humana de quaisquer
maneiras.

2. Determine de forma descritiva cada um dos parâmetros de qualidade de


água apontados abaixo

a) Ph
PH é a abreviação de “potencial hidrogeniônico”, que é uma
escala utilizada para medição e definição de substâncias em ácidas,
neutras ou básicas. São atribuídos números de 0 a 14, sendo que as
substâncias que obtiverem PH menor do que 7 na escala serão
consideradas ácidas, as que obtiverem PH igual a 7 serão consideradas
neutras e as que obtiverem PH maior do que 7 serão consideradas
básicas.

b) Acidez
É a capacidade que uma substância tem de produzir íons de
hidrogênio ao entrar em contato com a água. Uma substância ácida, é
uma substância que possui o seu PH abaixo de 7 na escala. Em geral,
têm sabor azedo ou amargo, algumas até possuem propriedades
corrosivas, sendo tóxicas ou impróprias ao consumo humano.

c) Alcalinidade
É a capacidade que uma substância possui de neutralizar outras
substâncias com propriedades ácidas.

d) Sólidos
Um material no estado sólido possui volume e forma invariáveis
(fixos) devido ao fato de suas moléculas estarem muito próximas, o
que aumenta sua resistência às forças.

e) Oxigênio dissolvido
É a quantidade de oxigênio (O2 ) que se encontra dissolvido em água,
também chamado de OD e utilizado em medições na qualidade das
águas.

f) Matéria Orgânica
É todo material que possui origem animal ou vegetal que faz parte do
solo ou água. Pode ser encontrada como organismos vivos (biomassa),
restos ou resíduos de organismos mortos ou ainda resíduos de
organismos mortos em fase avançada de decomposição.

g) Nitrogênio e fósforo
São dois elementos químicos não-metálicos, sendo o Nitrogênio um
gás e o fósforo uma combinação distinta de fosfatos encontrados na
natureza. Juntos possuem influência nos processos de eutrofização.

h) Óleos e graxas
Óleos são substâncias viscosas que, devido aos seus tipos de ligação
química, não se misturam com a água, podendo ser origem animal,
vegetal ou mineral. Graxas são substâncias com origem mineral que
possuem alta viscosidade podendo ou não ser dissolvidas em água.
3. Descreva a influência/importância de cada parâmetro na qualidade da
água potável.

Os conceitos de Ph, acidez e alcalinidade estão diretamente relacionados,


pois a água potável deve ter um Ph de 7 (neutro), entretanto, algumas
substâncias podem influenciar no Ph da água, tornando-a um pouco mais ácida.
Com o intuito de “normalizar” o Ph da água, adicionam-se substâncias alcalinas
para neutralizar o efeito dos ácidos na água.

Também estão diretamente relacionados os conceitos de sólidos, matéria


orgânica e oxigênio dissolvido. A quantidade de oxigênio dissolvido em água,
influencia diretamente no ecossistema aquático natural que contribui para a
qualidade e estabilidade natural da água; quanto maior a concentração de matéria
orgânica sólida na água, menor será a qualidade da água, pois diminui a
quantidade de oxigênio existente, prejudicando o ecossistema existente e
provocando reações químicas entre si, gerando impurezas ou substâncias nocivas
que tornam a água imprópria para consumo humano.

A multiplicação em grande escala de algas nos ecossistemas aquáticos é


conhecida como o fenômeno da “eutrofização”. Normalmente ocorre devido à
grandes concentrações de Nitrogênio e Fósforo, oriundos de esgotos domésticos,
que diminuem a quantidade de oxigênio dissolvido em água, proliferando o
número de algas e provocando a morte de inúmeros organismos. Esse conjunto
de fatores alteram a cor, cheiro e sabor da água, além de proliferar substâncias
tóxicas e nocivas ao ser humano, fazendo a água deixar de ser considerada
potável pelos padrões de qualidade.

Graxas e óleos em geral são materiais com pouca solubilidade e


densidade, fatores que impedem a dissolução de oxigênio na água e processos de
degradação biológicos dos organismos existentes em água, contribuindo para o
aumento de substâncias nocivas e para o processo conhecido como “poluição
difusa”. Quando a quantidade de óleos e graxas é excessiva há o risco de
contaminação dos efluentes. Esses fatores alteram negativamente a qualidade da
água, impossibilitando-a de ser classificada como potável.
Referências Bibliográficas:

http://www.splabor.com.br/blog/phmetro/bate-papo-tecnico-tudo-sobre-ph-informacoes-
curiosidades-e-dicas-para-aumentar-a-eficiencia-de-suas-leituras/

http://kurita.com.br/index.php/artigos-tecnicos/alcalinidade-e-dureza-das-aguas/

http://www.ufrrj.br/institutos/it/de/acidentes/alc.htm

https://brasilescola.uol.com.br/quimica/estados-fisicos-materia.htm

http://www.cnpma.embrapa.br/projetos/ecoagua/eco/oxigdiss.html

https://cetesb.sp.gov.br/mortandade-peixes/alteracoes-fisicas-e-quimicas/oxigenio-
dissolvido/

https://www.resumoescolar.com.br/quimica/materia-organica/

https://www.estudopratico.com.br/alcalinidade/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Alcalinidade

https://www.infoescola.com/elementos-quimicos/fosforo/

https://www.tratamentodeagua.com.br/artigo/qualidade-da-agua/

http://site.sabesp.com.br/uploads/file/audiencias_sustentabilidade/Efeitos%20de%20%C3%9
3leos%20e%20Graxas%20na%20Tratabilidade%20de%20Esgotos%20e%20Polui%C3%A7%C3%
A3o%20Difusa.pdf

https://www.saneamentobasico.com.br/remocao-nitrogenio-fosforo-tratamento-efluentes/

Você também pode gostar