Você está na página 1de 45

Introdução ao Programa R

Gilberto Rodrigues Liska; Josiane Rodrigues; Juliano Bortolini


gilbertoliska@ufscar.br;josirodrigues@ufscar.br;
julianobortolini@ufmt.br

Material de Apoio

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 1 / 45


Introdução

Sumário

1 Introdução

2 Programa R

3 Primeiros usos

4 Criando Scripts

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 2 / 45


Introdução

Introdução

• O computador está presente nas mais vari-


adas atividades do dia a dia e profissionais.
• Qualquer atividade que envolva o uso de
um computador exige um conjunto de
habilidades mı́nimas para utilizá-lo.
• Especialmente em Estatı́stica o programa
R tem se destacado por ser uma linguagem
de fácil aprendizagem e ser muito utilizada
em análise de dados ou ciência de dados.
• Pesquisas e levantamentos com profissi-
onais da área mostram que a populari- Fonte: https:
//pixabay.com/images/id-2062051/
dade do R aumentou substancialmente nos
últimos anos (The New York Times).

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 3 / 45


Introdução

Introdução

• A popularidade do R tem se expandido para áreas exter-


nas da estatı́stica, como por exemplo, em Matemática,
Morfometria, Ecologia, entre outras.
• Ainda, o R pode ser utilizado para dar suporte a melhor
visualização dos dados, como relatam as publicações Inte-
ractive and Dynamic Graphics for Data Analysis with R e
ggplot2: Elegant Graphics for Data Analysis.
• Com relação à Estatı́stica, tem sido amplamente utilizado Fonte: https:
//pixabay.com/
em tópicos especiais, como por exemplo, em Estatı́stica images/id-48100/

Bayesiana, em Simulação Computacional, no ensino de


Estatı́stica, dentre várias outras aplicações.
• Nesse curso, veremos como o programa R pode nos ajudar
a resolver problemas práticos utilizando-se desse recurso
computacional.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 4 / 45
Introdução

O que veremos nesse curso?

(1) Apresentação, instalação e uma pri-


meira sessão com o R
(2) Conceitos básicos de programação,
estruturas condicionais e de repetição
(3) Principais objetos no R: vetores, ma-
trizes e tabelas. Funções.
(4) Produção e customização de gráficos
de duas e três variáveis.
(5) Aplicações básicas do R em Es-
tatı́stica.

Fonte: https://pixabay.com/images/id-42275/

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 5 / 45


Programa R

Sumário

1 Introdução

2 Programa R

3 Primeiros usos

4 Criando Scripts

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 6 / 45


Programa R

O programa R

• O R é uma linguagem orientada a objetos criada


em 1996 por Ross Ihaka e Robert Gentleman,
do Departamento de Estatı́stica da Universidade de
Auckland na Nova Zelândia, como uma alternativa
ao software S-Plus, o qual exigia o pagamento de
uma licença para seu uso.
• O programa R é de livre distribuição, foi inspirado no
mesmo ambiente do S e permite a manipulação de
dados, realização de cálculos e geração de gráficos. Fonte:
• Seu uso tem aumentado nos últimos anos e usuários https://www.r-project.org/

de todo o mundo têm contribuı́do com o desenvol-


vimento de novos recursos para o R.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 7 / 45


Programa R

O programa R

Figura 2: Evolução da criação de pacotes


no programa R.
Figura 1: Mudança da preferência de uso
de diversos programas computacionais.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 8 / 45
Programa R

Algumas empresas/organizações que patrocinam


e fazem uso do R

Fonte: https://rstudio.com/

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 9 / 45


Programa R

Tela inicial do programa R

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 10 / 45


Programa R

Instalando o programa R

Instalando o R
1 Entrar no site https://www.r-project.
org/
2 Clicar no menu CRAN, parte esquerda da
página, escolher o espelho (mirror) Brasil.
3 Você verá que existem vários mirrors no Bra-
sil. Escolha um, por exemplo o da Uni-
Fonte:
versidade Federal do Parana, no link http: https://www.r-project.org/
//cran-r.c3sl.ufpr.br/
4 Se o seu sistema operacional for Windows, cli-
car em Download R for Windows, subdiretório
base e baixar o programa em Download R
4.0.2 for Windows

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 11 / 45


Programa R

Instalando o R: passo a passo


(1) Entrar no site https://www.r-project.org/

Figura 3: Tela inicial do site do R.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 12 / 45


Programa R

Instalando o R: passo a passo

(2) Clicar no menu CRAN e escolher o espelho (mirror) Brasil.

Figura 4: Menu CRAN e os espelhos disponı́veis. Poderia clicar em qualquer um,


mas vamos dar preferência para o Brasil.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 13 / 45


Programa R

Instalando o R: passo a passo


(3) Você verá que existem vários mirrors no Brasil. Escolha um, por
exemplo o da Universidade Federal do Parana, no link
http://cran-r.c3sl.ufpr.br/

Figura 5: Espelhos disponı́veis no CRAN do R.


Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 14 / 45
Programa R

Instalando o R: passo a passo


(4) Se o seu sistema operacional for Windows, clicar em
Download R for Windows, subdiretório base e baixar o programa em
Download R 4.0.2 for Windows

Figura 6: Escolha do programa R de acordo com o sistema operacional.


Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 15 / 45
Programa R

Instalando o R: passo a passo

(4) Se o seu sistema operacional for Windows, clicar em Download R for


Windows, subdiretório base e baixar o programa em Download R 4.0.2 for
Windows

Figura 7: Escolha do subdiretório base, indicado para usuários do programa que


é, portanto, o foco desse curso. Os outros subdiretórios (por exemplo contrib)
são para desenvolvedores.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 16 / 45


Programa R

Instalando o R: passo a passo


(4) Se o seu sistema operacional for Windows, clicar em Download R for
Windows, subdiretório base e baixar o programa em
Download R 4.0.2 for Windows

Figura 8: Espelhos disponı́veis no CRAN do R.


OBS.: A versão do programa pode ser diferente, mas isso não representa problema
algum. A versão correspondente a essa aula é da data de 22/06/2020.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 17 / 45
Programa R

O programa RStudio

• O programa R genuı́no tem um interface não muito


amigável. Para contornar isso, utilizaremos o RStu-
dio.
• Tendo em vista a crescente difusão do R em nı́vel
mundial, o grupo RStudio, fundado em 2008, inspi-
rados pela inovação dos usuários do R em ciência,
educação e indústria, desenvolveram uma ferra-
Fonte: https://rstudio.com/
menta gratuita que permite uma melhor experiência
entre usuários e hardware, nomeada de RStudio TM ,
como fruto dos projetos desenvolvidos pela Foun-
dation for Open Access Statistics, Boston, Estados
Unidos

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 18 / 45


Programa R

Tela inicial do programa RStudio

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 19 / 45


Programa R

Tela inicial do programa RStudio


Pela figura anterior, podemos identificar os seguintes painéis:
1 Editor de código: No editor de código, você poderá escrever e editar os
scripts. Script nada mais é do que uma sequência de comandos/ordens
que serão executados em sequência pelo R.
2 Environment e History: No Environment ficarão guardados todos os
objetos que forem criados na sessão do R.
3 Console: É no console que o R mostrará a maioria dos resultados dos
comandos.
4 Files, Plots, Packages, HelpeViewer: Nesta janela estão várias fun-
cionalidades do RStudio.

OBS.:
Os painéis 2 e 4 são exclusivos do RStudio e representam uma vantagem
em relação ao R genuı́no.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 20 / 45


Programa R

Instalando o RStudio
Instalando o RStudio
1 Entre no site do RStudio: https://
rstudio.com/;
2 No menu superior direito, clique em Products
⇒ RStudio;
3 O RStudio tem uma versão paga, mas esta-
mos interessados na sua versão gratuita. Pro-
Fonte: https://rstudio.com/
cure por RStudio Desktop;
4 Clique em Download RStudio Desktop ⇒
Procure a opção Free e clique em Download;
5 Escolha de acordo com o sistema operacional
utilizado;
6 No caso do sistema Windows, clicar em
Download RStudio for Windows.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 21 / 45
Programa R

Instalando o RStudio: passo a passo

(1) Entre no site do RStudio: https://rstudio.com/

Figura 9: Tela inicial do site do RStudio.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 22 / 45


Programa R

Instalando o RStudio: passo a passo

(2) No menu superior direito, clique em Products ⇒ RStudio

Figura 10: Tela inicial do site do RStudio.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 23 / 45


Programa R

Instalando o RStudio: passo a passo

(2) No menu superior direito, clique em Products ⇒ RStudio

Figura 11: Tela inicial do site do RStudio.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 24 / 45


Programa R

Instalando o RStudio: passo a passo

(3) O RStudio tem uma versão paga, mas estamos interessados na sua
versão gratuita. Procure por RStudio Desktop

Figura 12: Após clicar em Products ⇒ RStudio, procure por RStudio Desktop.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 25 / 45


Programa R

Instalando o RStudio: passo a passo


(3) Procure por RStudio Desktop ⇒ Download RStudio Desktop

Figura 13: Após clicar em Products ⇒ RStudio, procure por RStudio Desktop ⇒
Download RStudio Desktop
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 26 / 45
Programa R

Instalando o RStudio: passo a passo


(4) Clique em Download RStudio Desktop ⇒ Procure a opção Free e
clique em Download

Figura 14: Após clicar em Products ⇒ RStudio, procure por RStudio Desktop ⇒
Download RStudio Desktop ⇒ Download.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 27 / 45
Programa R

Instalando o RStudio: passo a passo


(5) Escolha de acordo com o sistema operacional utilizado

Figura 15: Escolha o RStudio de acordo com o sistema operacional utilizado


Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 28 / 45
Programa R

Instalando o RStudio: passo a passo


(6) No caso do sistema Windows, clicar em Download RStudio for
Windows

Figura 16: No caso do sistema Windows, a última versão até essa aula foi o
RStudio-1.3.959.

OBS.: A versão do programa pode ser diferente, mas isso não representa problema
algum. A versão correspondente a essa aula é da data de 22/05/2020.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 29 / 45
Programa R

Como citar o R

Ao utilizar o programa R, bem como o RStudio, é im-


portante mencionar nas referências bibliográficas.
• R CORE TEAM (2019). R: A language and en-
vironment for statistical computing. R Foundation
for Statistical Computing, Vienna, Austria. URL
https://www.R-project.org/. Fonte:
https://www.r-project.org/

• RSTUDIO TEAM (2015). RStudio: Integrated De-


velopment for R. RStudio, Inc., Boston, MA URL
http://www.rstudio.com/.

Fonte: https://rstudio.com/

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 30 / 45


Primeiros usos

Sumário

1 Introdução

2 Programa R

3 Primeiros usos

4 Criando Scripts

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 31 / 45


Primeiros usos

Uma primeira sessão com o R


• Vamos começar com algo bas-
tante simples, que é fazer um
cálculo.
• Na tela 3, no prompt de comando
(onde o cursor está piscando) di-
gite 10/5.
• Para executar o comando, deve-
mos teclar Enter.
• Veja que uma nova linha foi cri-
ada, só que algo aconteceu. Foi
impresso na tela o resultado da
conta 10/5, cujo resultado é 2. Figura 17: Tela do Exemplo 1.

No R:
10/5
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 32 / 45
Primeiros usos

Uma primeira sessão com o R

• Vamos utilizar agora uma função


simples do R.
• Vamos calcular a raiz quadrada
de 9.
• Na tela 3, no prompt de comando
digite sqrt(9).
• Execute, clicando Enter.
• O que aconteceu?

No R:
sqrt(9)
Figura 18: Tela do Exemplo 2.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 33 / 45


Primeiros usos

Uma primeira sessão com o R

Pedindo ajuda para o R


• O comando anterior requer uma No R:
informação, que colocamos entre ?sqrt

parênteses.
• A função sqrt(9) tem como ar-
gumento o número 9.
• No R é possı́vel obter
mais esclarecimentos so-
bre uma função com o co-
mando ?nome da função ou
help(nome da função) Figura 19: Tela do Exemplo 3.
• Na tela 3, Digite ?sqrt e execute.
• O que aconteceu?

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 34 / 45


Primeiros usos

Uma primeira sessão com o R


Pedindo ajuda para o R OBS.:
Veja que apareceu algo na tela 4. Essa tela é de grande utilidade no
Nesta tela, algumas informações im- R, especialmente os exemplos!
portantes são exibidas:
• Nome da função (em negrito).
• Descrição da função (Descrip-
tion).
• Sintaxe da função (Usage).
• Argumentos da função (Argu-
ments).
• Detalhes
• Veja também (See also)
• Exemplos (Examples)
Figura 20: Tela do Exemplo 3.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 35 / 45
Primeiros usos

Uma primeira sessão com o R


Atribuindo objetos no R
• É de grande utilidade armazenar alguma
informação (número, vetor, matriz etc.) em
algum objeto no R.
• Isso permite otimizar os recursos do pro-
grama, não tendo que digitar novamente o
objeto armazenado toda vez que precisar dele.
• Em várias rotinas no R essa tarefa constitui
um passo necessário na programação.
• Qualquer objeto armazenado ficará disponı́vel Fonte: https://pixabay.com/
images/id-3689669/
na memória do programa.
• IMPORTANTE: o nome do objeto pode ser
qualquer letra ou sequência de letras e o R
diferencia letras maiúsculas de minúsculas.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 36 / 45
Primeiros usos

Uma primeira sessão com o R

Atribuindo objetos no R
• Vamos armazenar uma amostra No R:
de 5 números. x = c(2, 3, 4, 5.1, 3.2)

• Considere os números: 2, 3, 4,
5.1, 3.2
• Vamos chamar um objeto de “x”
e armazenar a amostra nesse ob-
jeto.
• Na tela 3, Digite:
x = c(2, 3, 4, 5.1, 3.2)
• Clique Enter.
• O que aconteceu? Figura 21: Tela do Exemplo 4.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 37 / 45


Primeiros usos

Uma primeira sessão com o R

Atribuindo objetos no R
• Veja que apareceu algo na tela 2.
• No caso, diz que na memória
do R tem um objeto x, do tipo
numérico (num), com cinco ele-
mentos e mostra quais são eles.
• Se quisermos ver o objeto x no
console, basta digitar x e Enter

No R:
x = c(2, 3, 4, 5.1, 3.2)
x
# alternativamente Figura 22: Tela do Exemplo 5.
z = c(2.4, 1.3, 3.4, 2.1, 5.7);z

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 38 / 45


Criando Scripts

Sumário

1 Introdução

2 Programa R

3 Primeiros usos

4 Criando Scripts

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 39 / 45


Criando Scripts

Arquivos externos
Criando um script
• Até o momento, digitamos tudo diretamente
na tela 3 do R (prompt de comando).
• O prompt de comando do R é interessante
quando estamos programando, mas imagina
ter que digitar novamente todos os códigos
para poder executá-lo?
• Chega um momento que usar apenas o
prompt se tornará inviável, uma vez que pode-
mos nos perder facilmente sobre algum código Fonte: https:
que foi/não foi digitado. //pixabay.com/images/id-1300226/

• Por isso, para resolver este problema podemos


criar scripts (ou rotinas) especı́ficos.
• Ou seja, vamos trabalhar com a tela 1 no R.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 40 / 45


Criando Scripts

Arquivos externos

Criando um script
• SUGESTÃO: Crie uma pasta es-
pecı́fica em seu computador para
guardar os scripts de R. Sugestão de
nome: rotinas-R-aluno
• IMPORTANTE: para nomes de ar-
quivos, evite caracteres especiais e
nomes com acentos.
• Vá em File ⇒ New File ⇒ R Script.
• Será aberta uma nova tela, onde
você poderá escrever os novos co-
mandos. Figura 23: Criando um script no
R.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 41 / 45


Criando Scripts

Arquivos externos
Criando um script
• Então escreva os comandos anteriores
em tela. Neste caso, estamos traba-
lhando no modo script do R.
• Para executar um comando a partir da
tela 1, clique com o cursor na linha que
se quer executar, no nosso caso a li-
nha 1, e clique no botão Run ou ctrl
+ enter.
• Repita esse procedimento para todas
as linhas, terminando na linha 4, como
pode ser visto nas figuras 24 e 25. Figura 24: Script do exemplo 5.
• SUGESTÃO: Vamos salvar este ar-
quivo na pasta que criamos “rotinas-
R-aluno”.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 42 / 45
Criando Scripts

Arquivos externos

Criando um script
• IMPORTANTE: Veja que para cada
linha executada a partir da tela 1, a
mesma linha é projetada para a tela 3 e
é impresso na tela o resultado da linha
de comando.
• Salve o arquivo com o nome rotina-
aula1.
• O script criado é salvo com a extensão
“rotina-aula1.r”.
• Com isso, o arquivo salvo pode ser le-
vado pra casa, ser compartilhado e/ou Figura 25: Execução do script do
editado. exemplo 5.

Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 43 / 45


Criando Scripts

Arquivos externos
Criando um script
• Feche o programa. Abra o arquivo salvo
em File ⇒ Open File ⇒ procure o script
no computador.
• Irá abrir a tela inicial. Execute no-
vamente o arquivo salvo apertando o
botão Run ou ctrl + enter
• Podemos executar o mesmo script (pro-
grama) várias vezes.
• OBS.: Na linha 3 do script, usamos o
#. Veja que tudo que estiver na frente
de # fica verde, porque o R interpreta Figura 26: Abrindo um script no
isso como texto, e não como linha de R.
comando. Isso é muito útil para fazer
comentários no script.
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 44 / 45
Criando Scripts

Prática
Exercı́cio
• Crie um novo script no R e execute os comandos
abaixo. Tente entender o que cada linha de co-
mando faz.
• Utilize o comando de ajuda no R quando necessário.
• Utilize o comentário (#) quando necessário.
• No R:

x = c(2, 3, 4, 5.1, 3.2); x Fonte: https://pixabay.


y <- c(x,0,1,x); y com/images/id-4997565/
# veja que = faz a mesma coisa que <-
z <- c(2.4, 1.3, 3.4, 2.1, 5.7)
w <- 2*x+z+1; w
rx <- range(x); rx
lx <- length(x); lx
x1 <- seq(from=1, to=10, by=0.5); x1
xr1 <- rep(x,times=5); xr1
xr2 <- rep(x,each=5); xr2
x[2:5]
Liska, Rodrigues & Bortolini Material de apoio 45 / 45

Você também pode gostar