Você está na página 1de 7

A 1ª Faculdade de São Paulo Especializada em Medicina Chinesa

Apostila

Ramos da Medicina Chinesa


Massoterapia Chinesa
推拿

Material elaborado pelo corpo docente e


para uso da Faculdade EBRAMEC
Direção Geral: Dr. Reginaldo Filho, PhD
www.ebramec.edu.br
Faculdade de Tecnologia EBRAMEC
EBRAMEC – Escola Brasileira de Medicina Chinesa
巴西中医学院

Ramos da Medicina Chinesa – Massoterapia Chinesa


Definição
O Tui Na pode ser definido como sendo um dos ramos da Medicina Chinesa com diversas manipulações (incluindo
movimentação passiva dos membros) aplicadas em localizações bem determinadas do corpo com os principais objetivos de prevenir
e tratar queixas e patologias que afetam a saúde e a qualidade de vida dos pacientes.
推拿 Tuī Ná
Literalmente:
推 Tuī Empurrar
拿 Ná Apreensão

1
Faculdade de Tecnologia EBRAMEC
EBRAMEC – Escola Brasileira de Medicina Chinesa
巴西中医学院

O Tui Na é a massagem terapêutica chinesa, mas nos países asiáticos há outras formas de massagem, muitas delas com
origem diretamente na massagem chinesa:
• Shiatsu
• An Ma
• Seitai (como massagem)
• Do In
• Massagem Ayurvédica
• Massagem Tailandesa

Inserção
O Tui Na está, como observamos, diretamente inserido no contexto teórico e prático da Medicina Chinesa, onde o bom
profissional pode integrar a sua prática com os demais ramos e técnicas para resultados ainda melhores.
As bases teóricas são as mesmas e o bom profissional deve saber estabelecer o princípio de tratamento e eleger a melhor
opção ou combinação terapêutica.
Em sendo parte da Medicina Chinesa, para a boa prática do Tui Na, é importante o conhecimento de seus conceitos:
• Yin e Yang;
• Cinco Movimentos (Wu Xing);
• Órgãos e Vísceras (Zang Fu);
• Qi, Sangue (Xue) e Líquidos Corporais (Jin Ye);
• Canais e Colaterais (Jing Luo);
• Etiologia e Patologia;
• Diagnóstico e Diferenciação de Síndromes;
• Prevenção e Tratamentos.
Mesmo o Tui Na tendo por base o uso das mãos, o profissional pode, de acordo com cada situação, combinar os estímulos
com o uso de outros recursos, métodos ou técnicas:
• Tui Na + Acupuntura
• Tui Na + Moxabustão
• Tui Na + Ventosa
• Tui Na + Gua Sha
• Tui Na + Qi Gong
• Tui Na + Fitoterapia Chinesa
• ...

História, Escolas e Especialidades


É praticamente um instinto do ser humano apertar, friccionar, esfregar ou massagear uma área do corpo que tenha sofrido
um trauma ou uma lesão.
Neste sentido a prática de métodos manuais como forma de terapêutica perde-se no tempo pelo mundo e, não poderia ser
diferente, na China também.
Da mesma forma que a Medicina Chinesa apresenta diferentes escolas, linhas de raciocínio, o Tui Na também apresenta diferentes
fontes acadêmicas, linhagens terapêuticas, familiares, sociais ou provinciais, indicações, dentre outras influências que fizeram com
que o Tui Na apresentasse diversas escolas acadêmicas e ramos no decorrer de sua longa história prática e de desenvolvimento.
Cada uma das escolas de Tui Na possui suas próprias manipulações especiais, normalmente conhecidas por manipulação chefe ou
manipulação da escola, além de diversas outras manipulações acessórias, auxiliares.
Dentro do todo que é o Tui Na, há também algumas especialidades que podem ser seguidas pelos profissionais, que acabam por
atuar com um estilo próprio ou mesmo manipulações bem específicas, como:
• Tui Na Pediátrico;
• Tui Na de Relaxamento;
• Tui Na Ortopédico;
• Tui Na de Correção Vertebral;
• Tui Na para Estética;
• Reflexologia Chinesa.

2
Faculdade de Tecnologia EBRAMEC
EBRAMEC – Escola Brasileira de Medicina Chinesa
巴西中医学院

Efeitos e Mecanismos
Com relação aos efeitos terapêuticos do Tui Na, podemos basicamente dividi-los em dois grandes grupos e momentos.
O primeiro deles é quando executamos as manipulações em uma determinada região do corpo, podemos perceber seus
efeitos diretamente sobre o local aplicado, como promoção da circulação de sangue e remoção de possíveis Estases de Sangue (Xue),
restabelecimento e tratamento de tecidos moles lesionados, correções de algumas deformidades e reposicionamento de estruturas
como ossos ou tecidos moles fora de seu devido local..
Em segundo lugar temos os efeitos terapêuticos que as manipulações do Tui Na produzem à distância, influenciando
reflexamente funções fisiológicas e alterando as condições patológicas de todo o corpo através dos pontos de acupuntura e dos
trajetos dos Canais e Colaterais (Jing Luo), assim como os Órgãos e Vísceras (Zang Fu), de modo a recuperar a capacidade de
reação e recuperação de todo o corpo.
De acordo com a visão ocidental, de forma resumida, é possível identificar três grandes grupos de efeitos que atuam direta
ou indiretamente sobre os pacientes:
• Efeitos mecânicos;
• Efeitos fisiológicos;
• Efeitos psicológicos.
Dentre os principais mecanismos de ação da Massoterapia Chinesa destacam-se:
1- Regulagem do Yin e Yang
2- Regulagem das funções dos Canais e Colaterais (Jing Luo), Qi e Sangue (Xue), Órgãos e Vísceras (Zang Fu)
3- Recuperação das funções dos Tendões, Ossos e Articulações
3.1- Relaxamento dos Músculos e Tendões e desobstrução dos Canais e Colaterais (Jing Luo)
3.2- Restaurar e tratar tecidos moles lesionados e reduzir articulações luxadas ou sub-luxadas.
3.3- Desfazer aderências e dispersar estagnações
4- Funções de Tonificação e Dispersão das Manipulações

Tonificação e Dispersão
A Medicina Chinesa possui alguns princípios terapêuticos bastante clássicos e bem definidos, como purgação, transpiração,
emese e assim por diante, porém dois deles são considerados como os mais importantes e amplamente utilizados nos diversos ramos
terapêuticos da Medicina Chinesa, principalmente na acupuntura e moxabustão e, mais especificamente neste caso, no Tui Na, que
são a tonificação e a dispersão.
O objetivo do profissional de Tui Na ao realizar manipulações de tonificação é um fortalecimento do Qi do corpo do
paciente, mais especificamente o Qi Verdadeiro (Zhen Qi, 真气 zhēnqì) ou Qi Correto (Zheng Qi, 正气 zhèngqì), associado com a
capacidade de resistência do corpo às agressões.
Já o objetivo do profissional de Tui Na ao realizar manipulações de dispersão é o enfraquecimento ou eliminação dos mais
diversos agentes patogênicos, sob o termo geral de Qi Patogênico Maligno ou Perverso ou Prejudicial (Xie Qi, 邪气 xiéqì).
Resumidamente, na prática do Tui Na, como importante ramo da Medicina Chinesa, a tonificação visa a melhora do Qi
Verdadeiro (Zhen Qi), a resistência do corpo, enquanto que a dispersão tem por finalidade a eliminação do Qi Patogênico (Xie Qi),
todos os fatores que possam agredir ou prejudicar o funcionamento regular do corpo.
A base principal para a diferenciação da tonificação e da dispersão com diferentes recursos da Medicina Chinesa, em muitos
casos, acaba recaindo sobre a intensidade e duração do estímulo e no caso da Massoterapia Chinesa estes também são fatores muito
importantes e devem ser sempre considerados.
Tonificação: De modo simples e prático, as manipulações que pretendem um efeito de Tonificação são realizadas:
• com uma força menor,
• de um modo mais suave,
• com uma frequência mais baixa lenta,
• no sentido do fluxo regular de Qi pelos Canais,
• de maneira anti-horária quando aplicadas na região abdominal,
• produzindo efeitos e melhora na circulação aquecimento e fortalecimento do corpo.
Dispersão: De modo simples e prático, as manipulações que pretendem um efeito de Dispersão são realizadas:
• com uma força maior de execução,
• de maneira mais vigorosa sem perder a suavidade,
• com uma frequência mais elevada, rápida,
• em sentido contrário ao fluxo regular de Qi pelos Canais,
• em sentido horário na região do abdome,
• por um período de tempo menor,
• produzindo efeitos terapêuticos como restrição, controle, acalmar o corpo e direcionar os agentes patogênicos para o
exterior.

3
Faculdade de Tecnologia EBRAMEC
EBRAMEC – Escola Brasileira de Medicina Chinesa
巴西中医学院

A boa prática do Tui Na e também a adequada diferenciação entre estímulos de tonificação e dispersão requer que o
profissional tenha um bom conhecimento da Teoria de Canais e Colaterais, destacadamente no que diz respeito ao fluxo de Qi ao
longo destes Canais através do corpo.

Manipulações
Para que o paciente possa usufruir todos os benefícios do Tui Na, tanto com relação aos seus aspectos teóricos como quanto
aos aspectos práticos, o praticante deve ser bem treinado em diversos aspectos teóricos, além de horas de treinamento sob supervisão
de pessoas capacitadas.
Tendo por base as noções elementares mencionadas, os praticantes de Tui Na devem ter amplo conhecimento dos trajetos
dos Canais Principais (Jing Mai), assim como dos Canais Extraordinários (Qi Jing Mai), assim como suas respectivas relações com
os Órgãos e Vísceras (Zang Fu), devem conhecer os pontos de acupuntura mais empregados, em suas localizações, funções,
indicações e contraindicações.
Desde os tempos mais antigos a análise estrutural de cada manipulação, assim como suas diversas etapas, são fundamentais
para a boa prática do Tui Na.
O entendimento, repetição e padronização das manipulações são fortemente indicados na China para que se possam gerar
efeitos específicos no corpo com excelentes respostas terapêuticas, evitando também execuções equivocadas com pouca eficiência
ou ainda prejudicial ao paciente e/ou ao profissional.

Pressão - 按法 àn fǎ
O An Fa é a manipulação onde o praticante do Tui Na exerce uma pressão, literalmente aperta, de maneira terapêutica
determinada região do corpo, de forma continua e gradual, de acordo com a necessidade do paciente e o princípio de tratamento
previamente estabelecido pelo profissional.
O An Fa (pressão) é amplamente utilizado por diversas formas de massagem por todo o mundo, sendo que a partir desta
técnica é que surgiu o Shiatsu (literalmente pressão com os dedos), além de compor o nome An Ma, técnica japonesa de massagem.

4
Faculdade de Tecnologia EBRAMEC
EBRAMEC – Escola Brasileira de Medicina Chinesa
巴西中医学院

Quando empregada nos pontos dos Canais ou mesmo pontos extras de acupuntura, o An Fa (pressão) tem a capacidade de
produzir efeitos bastante similares àqueles obtidos mediante a prática da acupuntura, de modo que este método de tratamento acaba
por ser conhecido como Zhi Zhen Fa (dedo como agulha ou manipulação de acupuntura com o dedo ou acupressão).
指: Dedo
针: Agulha
法: Técnica ou Método
A prática do An Fa (pressão) é considerada uma das manipulações mais tradicionais do Tui Na, com relatos sobre seu uso
terapêutico desde os tempos mais antigos, possuindo uma enorme quantidade de aplicações terapêuticas, além do fato de poder ser
empregada em praticamente todos os pontos e locais do corpo.
Dentre os efeitos terapêuticos do An Fa (pressão) segundo a Medicina Chinesa temos:
• tranquilizar a mente, acalmar a excitação;
• aliviar os espasmos, aliviar as dores;
• induzir a ressuscitação;
• relaxar os músculos e tendões;
• promover a circulação do Sangue (Xue);
• aliviar as condições articulares;
• remover estagnações nos Canais e Colaterais (Jing Luo);
• fortalecer os tendões e os músculos;
• dentre outras inúmeras funções, visto que alguns aplicam exclusivamente o An Fa (pressão).

Amassamento - 揉法 róu fǎ
O Rou Fa é uma manipulação realizada mediante pequenos movimentos circulares ou em vai-vem sobre uma pequena região, sem
que ocorra qualquer deslizamento da região do corpo do praticante empregada para a realização da manipulação e a parte do corpo
do paciente previamente selecionada para esta estimulação.
Dentre os efeitos terapêuticos do Rou Fa (amassamento) segundo a Medicina Chinesa temos:
• aliviar a opressão do peito e regular o Fluxo de Qi;
• fortalecer o Baço (Pi) e regularizar o Estômago (Wei);
• ativar a circulação do Sangue (Xue) e remover a estagnação;
• reduzir inchaços e aliviar as dores;
• expulsar agentes patogênicos como Vento e Frio;
• ativar o Fluxo de Qi, pelo aquecimento dos Canais e Colaterais (Jing Luo);
• tranquilizar a mente;
• aliviar a convulsão.

Recomendações Clínicas
O Acupunturista, profissional com o devido conhecimento sobre a Teoria de Canais e Colaterais, assim como a distribuição,
localização e funções dos pontos de acupuntura, pode e deve utilizar todo este conhecimento para auxiliar seus pacientes e a si
próprio mediante técnicas manuais de estímulo para aqueles que necessitam.
Ao realizar o devido Diagnóstico da Medicina Chinesa, a apropriada Diferenciação de Síndromes, o necessário
estabelecimento dos objetivos e princípios de tratamento, o profissional seleciona os Canais e serem estimulados e os pontos de
maior ênfase, assim como é preconizado para o bom estímulo com Acupuntura.

5
Faculdade de Tecnologia EBRAMEC
EBRAMEC – Escola Brasileira de Medicina Chinesa
巴西中医学院

Você também pode gostar