Você está na página 1de 3

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS


PRÓREITORIA DE GRADUAÇÃO

PLANO DE ENSINO

I. IDENTIFICAÇÃO

UNIDADE ACADÊMICA:EMAC – ESCOLA DE MÚSICA E ARTES CÊNICAS DA UFG

CURSO: LICENCIATURA

DISCIPLINA: INSTRUMENTO 1 – PIANO POPULAR - REMOTO

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 1 hora/aula CARGA HORÁRIA TOTAL: 16 horas/aula

ANO/SEMESTRE:2020/I TURNO: NOTURNO

PROFESSOR: EVERSON RIBEIRO BASTOS

II. EMENTA
Estudo, execução e interpretação de peças do repertório do instrumento com dificuldades
progressivas, abrangendo gêneros e estilos da música ocidental até a contemporaneidade.

III. OBJETIVO GERAL


Desenvolver a performance ao piano com foco na música popular
IV. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- Desenvolver a técnica pianística e compreender as possibilidades sonoras do instrumento.
- Apresentar aspectos harmônicos e melódicos para o desenvolvimento do processo criativo
- Realizar estudos rítmicos inerentes a prática da música popular
.

V. CONTEÚDO
Estudo de escalas e modos em diferentes tonalidades (de acordo com o nível do aluno)
Acordes e Harmonia (progressões harmônicas, aberturas ou voicings e campos harmônicos em diferentes
tonalidades)
Acompanhamentos (variar a cada semestre, ao final do curso o aluno deve ter estudado pelo menos os gêneros a
seguir): Bossa nova e Samba, Choro, Baião, Frevo, Blues, Jazz e Lantin Jazz
Leitura à primeira vista:
Sight-Reading (John Kember)- Livro 1, 2 ou 3 (de acordo com o nível do aluno)
Improvisação:
Leitura de um trecho de improviso transcrito
Patterns (Aebersold ou Coker)
Repertório
- Uma peça do repertório de choro (choro, maxixe, tango brasileiro)
- Um arranjo de música popular escrito para piano ou peça do repertório erudito (de acordo com a necessidade
do aluno)
- 2 Standards de jazz ou música brasileira
VI. METODOLOGIA
 As comunicações serão realizadas pelo SIGAA - informativos, tarefas, recursos, entregas de tarefas e
atividades.
 Utilizaremos os métodos síncrono (encontro ao vivo) e assíncrono (atividades realizadas fora do perído
das aulas ao vivo, como chats, forum e aulas gravadas) conforme explicitado a seguir.
 Serão ministradas aulas presenciais todas as semanas pelo Meet (g-suite) ou pelo ZOOM para
demonstração do conteúdo e considerações sobre os exercícios e vídeos enviados pelos alunos, elas
terão a duração de 50 minutos.
 Serão disponibilizados os seguintes recursos pelo SIGAA: PDF dos conteúdos, partituras, textos
relacionados ao conteúdo, e outros recursos pertinentes.
 As atividades requeridas do aluno serão: participação nas aulas remotas, realização dos exercícios, 3
vídeos de exercícios/repertório indicados pelo professor.
 Os vídeos deverão ser colocados no canal de youtube do aluno e o link enviado pelo SIGAA.
 É importante que o aluno tenha um piano ou teclado disponível para a aula e atividades

VII. PROCESSOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO


N1. Envio do vídeo 1 até a data proposta, cumprindo o que foi solicitado. 2 pontos
N2. Envio do vídeo 2 até a data proposta, cumprindo o que foi solicitado. 2 pontos
N3. Envio do vídeo 3 até a data proposta, cumprindo o que foi solicitado. 2 pontos
N4. Avaliação ao vivo com banca. 4 pontos

VIII. CRONOGRAMA*
Aula 1 – Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório

Aula 2 - Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório

Aula 3 - Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório

Aula 4 - Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório.

Aula 5 - Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório.Disponibilização do vídeo 1

Aula 6 - Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório.

Aula 7 – Aula 1 à 16 – Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório

Aula 8 –Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório

Aula 9 –Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório

Aula 10-Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório.Disponibilização do vídeo 2

Aula 11 - Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório.


Aula 12 - Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório.
Aula 13 – Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório.

Aula 14 – Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório.

Aula 15-Estudos técnicos, escalas, progressões harmônicas, improvisação e repertório.Disponibilização do vídeo 3

Aula 16 – AVALIAÇÃO COM BANCA (AO VIVO)

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

ADAM, A. A. Sandy. Superlung power & breath control. Vancouver. Canada: A. A. (Sandy) Adam, 1987.
_________. For the wind performer. Lebanon, USA: Studio 224, 1978.
ALVES, Luciano. Escalas para improvisação em todos os tons para vários instrumentos. São Paulo: Irmãos Vitale,
1997.
GELB, Michael. O aprendizado do corpo: introdução à técnica de Alexander. São Paulo: Martins Fontes, 1987.
LABOISSIERE, Marília. Interpretação musical: a dimensão recriadora da “comunicação” poética. São Paulo:
Anablume, 2007.
LOUREIRO, Maurício e Hugo B. De Paula. Timbre de um instrumento musical: caracterização e representação. Per
Musi. Belo Horizonte, v.14, 2006, p. 57-81.
RAY, Sonia (Org). Performance musical e suas interfaces. Goiânia: Vieira/Irokun, 2005b.
SÁVIO, Araújo. Aspectos físicos da emissão sonora: a embocadura e a respiração na qualidade do som.
Campinas, 2000.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

ADOLFO, A. O livro do músico: Harmonia e improvisação para piano, teclado e outros instrumentos. Rio de
Janeiro: Lumiar Editora. 1989.
___________. Songbook: As 101 melhores canções do século XX. 2ªed. Rio de Janeiro: Lumiar, 2004, 2 v.
BRAGA, Leandro. A música de Dona Ivone Lara. Rio de Janeiro: Gryphus, 2003.
CHEDIAK, A. Songbook Bossa Nova. Rio de Janeiro: Lumiar, 1990. 3 v.
CHEDIAK, A. Harmonia e Improvisação. Rio de Janeiro: Lumiar, 1986. 2 v.
CÚRIA, Wilson. Moderno Método para Bossa Nova. São Paulo: Fermata do Brasil, 1970.
CÚRIA. Wilson. Harmonia moderna e improvisação. São Paulo: Fermata. 1990
FARIA, Nelson. The brazilian guitar book: samba, bossa-nova and other brazilian styles. Petaluma: Chuck
Sher, 1995.
GIFFONI, Adriano. Música brasileira para contrabaixo: Demonstração e exercícios com ritmos brasileiros. São
Paulo: Irmãos Vitale, 1997.
_______________. Música brasileira para contrabaixo. Rio de janeiro: Lumiar Editora, 2002.v.2.
GUEST, Yan. Harmonia Método Prático. 2ªed. Rio de Janeiro: Lumiar Editora, 2006, 2 v.
__________ _____Arranjo Método Prático: incluindo revisão dos elementos das música.Rio de Janeiro: Lumiar
Editora, 1996, 3 v.
HOBSBAWM, Eric. História Social do Jazz. Rio de Janeiro: ed. Paz e Terra, 1990.
LEVINE, Mark.The Jazz Piano Book. Sher Music/Advance Music, 1990.
NACHMANOVITCH, Stephen. Ser criativo: o poder da improvisação na vida e na arte. São Paulo: Summus,
1993.
PASCOAL, Hermeto. Calendário do Som. São Paulo: SENAC, 2000.
SYLLOS, Gilberto; MONTANHAUR, Ramon. Bateria e contrabaixo na música popular brasileira. Rio de Janeiro:
Lumiar, 2002.

* O cronograma poderá ser alterado no decorrer do período letivo.

Goiânia, 18 de agosto de 2020.

Dr. Everson Ribeiro Bastos