Você está na página 1de 3

RESISTENCIA SHUNT EM APERÍMETRO.

José Luis Barbosa Silva, Guilherme Gomes Ferreira, Vinícius Costa Ribeiro,
Dyego Pereira Soares,
Faculdade Independente do Nordeste - FAINOR
Avenida Luis Eduardo Magalhães, 1305 – CEP 45028-440 – Vitória da Conquista, BA
Dyego3d@hotmail.com, Zellinho_fitness@hotmail.com, Guy.g.f@hotmail.com,
Vynycyus.cost@hotmail.com

Resumo. O seguinte relatório apresenta


a execução de uma aula prática resistência RG e a resistência shunt
realizada no laboratório de eletricidade paralela a ele constitui o amperímetro,
que servirá como avaliação parcial na que se transforma num galvanômetro de
disciplina de Laboratório de escala ampliada.
Eletricidade orientada pelo professor
especialista José Valderi Cavalcante
Silva. Este relatório faz parte da série
de aulas práticas da disciplina em
questão e será demonstrado o passo a
passo da realização da medição de
tensão e corrente em um circuito de CC Figura 01. Galvanômetro com resistor shunt
utilizando lâmpada e uma ponte para se tornar em amperímetro.
retificadora.
Quando uma corrente elétrica
Palavras-chave: Amperímetro, percorre um eletroímã, surge à sua volta
Resistencia, Laboratório. um campo magnético que interage com
o campo magnético criado pelo ímã na
região. A força magnética que surge
1. INTRODUÇÃO dessa interação, entre o campo
magnético do ímã e o campo magnético
Um galvanômetro é um do eletroímã, move o eletroímã que está
dispositivo eletromecânico no qual se fixo a um eixo móvel, que por fim
produz um torque como resultado da desloca consigo o ponteiro.
interação entre uma corrente elétrica, Como sabemos que a força
que passa pela bobina do instrumento e magnética é proporcional à corrente
o campo magnético existente no entorno elétrica, podemos dizer que quanto
da bobina. Quando você quer que o maior for a corrente elétrica mais o
galvanômetro meça correntes maiores ponteiro girará. Quando gira o
que as de seu fundo de escala eletroímã, comprime uma mola de
(funcionando como amperímetro) você formato espiral, assim o ponteiro
deve associar, em paralelo a ele, um estabiliza-se quando as forças
resistor (RS) denominado shunt (em magnética e elástica se equilibram. O
inglês, desvio). galvanômetro é um aparelho de medida
O conjunto todo, galvanômetro com eletromagnética bastante sensível que

Laboratório de Eletricidade - 2018.2


Esp. José Valderi Cavalcante Silva
pode ser usado para medir correntes
elétricas de baixa intensidade.

2. OBJETIVOS

 Verificar como um
galvanômetro pode ser
transformado num amperímetro
para correntes maiores que do
seu fundo de escala

3. MÉTODOS E MATERIAIS
UTILIZADOS Figura 03. Galvanômetro com resistor shunt
para se tornar em amperímetro.
3.1. MATERIAIS UTILIZADOS

Os materiais utilizados no
experimento foi :

 Fonte Variavel
 Resistores : 6,8 K ohms
Figura 04. Circuito a ser montado.
 Potenciometro: 100 Ohms
 Multimetro
 Galvanômetro

3.2. MÉTODOS

Inicialmente será montado o


circuito da figura 03, e determinado a
resistência interna do galvanômetro,
depois calculado o valor do resistor para
converter o galvanômetro de 1mA em Figura 05. Circuito da figura 04 montado.
2mA. Depois é montado o circuito da
figura 04.

4. RESULTADOS

O circuito montado funcionou


como se esperava no diagrama. No qual
obteve do primeiro circuito o valor da
primeira resistência que foi:

Figura 02. Galvanômetro com resistor shunt


para se tornar em amperímetro.

Laboratório de Eletricidade - 2018.2


Esp. José Valderi Cavalcante Silva
n = (1 + RG/RS)=1 + 100/(100/99)
=100 n = 100 (quando deveria
marcar 0,01 A estará marcando
100×0,01 = 1 A).

Rs 99 ohms
Rg 100 ohms

E o valor da corrente do segundo


circuito é:
I: 1,14mA

5. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

BOYLESTAD, Robert L. Dispositivos


Eletrônicis e Teoria de Circuitos. 6.
Ed. Rio de Janeiro: Prentice-hall do
Brasil LTDA.

ALEXANDER, Charles K.; SADIKU,


Matthew NO; SADIKU,
Matthew. Fundamentals of electric
circuits. New York: McGraw-Hill,
2009.

Laboratório de Eletricidade - 2018.2


Esp. José Valderi Cavalcante Silva

Você também pode gostar