Você está na página 1de 4

17/08/2020 Teste: Atividade para avaliação - Semana 3

Pergunta 1 2 pts

Ao longo das primeiras semanas de estudo desta disciplina, muitas referências foram feitas à
forma como a Matemática é abordada na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Logo na
Semana 1, estudamos o texto de Beatriz Vichessi que discorre sobre Letramento Matemático e
de que modo ele se apresenta, na BNCC, como uma das diretrizes para o ensino de Matemática.

Sobre Letramento Matemático, de acordo com Beatriz Vichessi, é correto afirmar que:

diz res peito ao dom ínio dos conceitos m atem áticos m ais elem entares .

o s eu des envolvim ento requer que as crianças já s ejam letradas em língua m aterna.

envolve elaborar conjecturas e hipótes es , form ular conceitos , dis cutir res ultados .

favorece a m em orização, o cálculo m ental, vis ando a abs tração.

privilegia as pectos cons tativos e contem plativos em relação à m atem ática.

Pergunta 2 2 pts

A Educação Matemática Crítica é aquela comprometida com uma formação humana pautada por
ideais e princípios democráticos, combatendo desigualdades e injustiças.

Com relação à Educação Matemática Crítica, avalie as características abaixo.

I. Está ancorada no Paradigma do Exercício.


II. Fundamenta a possibilidade de os alunos e alunas interagirem com a matemática como
análise da realidade social.
III. Elucida relações de opressão em diferentes tipos de ensino e ambientes de
aprendizagem.
IV. Aumenta a produtividade nas aulas.
V. Abarca os aspectos políticos e sociais da Educação Matemática e tem como premissa o
desenvolvimento de competências democráticas.
VI. Forma o cidadão com domínio dos desafios que a matemática traz consigo.
VII. Concebe a sala de aula como espaço onde a aprendizagem deve ser perpassada por
relações dialógicas entre professor(a) e aluno(a).
VIII. Alinhada teoricamente aos pressupostos freireanos de democracia e emancipação.
IX. Estabelece modelos de resolução fornecidos a priori pelo(a) professor(a) nas aulas.

Das características listadas acima, as que estão totalmente relacionadas à Educação


Matemática Crítica são:

I, II, III, V, VII e VIII.

I, IV, V, VI, VIII e IX.

https://cursos.univesp.br/courses/3136/quizzes/11900/take 1/4
17/08/2020 Teste: Atividade para avaliação - Semana 3
II, III, V, VI, VIII e IX.

III, V, VI, VII, VIII e IX.

II, III, V, VI, VII e VIII.

Pergunta 3 2 pts

Identifique se são (V) verdadeiras ou (F) falsas as afirmativas abaixo, de acordo com o texto que
segue:

Mendonça (1999, p. 16 apud FAUSTINO, PASSOS, 2014) explica que a resolução de problemas
pode ser vista sob três maneiras diferentes. Como objetivo, quando “se ensina matemática para
resolver problemas”, com isso, caberia ao professor ou à professora expor a teoria para depois
propor problemas que serão resolvidos pela aplicação da teoria ou dos procedimentos já
explicados. Como processo, cujo interesse é o trabalho com as estratégias de solução;
significaria ter o foco nos processos heurísticos. Segundo a autora, na aula de matemática isso
implicaria em se trabalhar prioritariamente as estratégias de solução de problemas. E, finalmente,
como ponto de partida, que seria um “recurso pedagógico, apresentado no início do processo de
aprendizagem”.
FAUSTINO, Ana Carolina; PASSOS, Carmen Lúcia Brancaglion. Cenários para investigação e resolução de problemas: reflexões para
possíveis caminhos. Educação e Linguagens, v. 2, n. 3, 2014.

I. A Resolução de Problemas pode ser utilizada com o objetivo de ensinar a matemática


para resolver problemas.
II. A Resolução de Problemas pode ser utilizada com o objetivo de resolver problemas para
ensinar matemática.
III. A Resolução de Problemas pode ser utilizada com o objetivo de ensinar a resolver
problemas, mas, nesse caso, torna-se imprescindível um repertório prévio de
conhecimentos de matemática.
IV. A Resolução de Problemas pode ser utilizada com o objetivo de desencadear uma
situação motivadora inicial para o ensino de matemática.
V. A Resolução de Problemas pode ser utilizada com o objetivo de ensinar matemática,
mas nesse caso, torna-se imprescindível um repertório prévio de conhecimentos sobre
resolução de problemas.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, respectivamente:

F– V– V– V– V

V– V– F– V– V

V– V– F– V– F

V– V– F– F– F

F– V– F– V– V

https://cursos.univesp.br/courses/3136/quizzes/11900/take 2/4
17/08/2020 Teste: Atividade para avaliação - Semana 3

Pergunta 4 2 pts

A influência da tecnologia na sociedade e a consequente necessidade de contextualizá-la no


ensino da Educação Básica são frequentemente discutidas. O impacto da tecnologia na vida de
cada indivíduo e a exigência de desenvolvimento de competências que estão além do simples
lidar com as máquinas são premissas aceitas no debate educacional. Esse debate passou a
incluir um outro elemento para discussão: o pensamento computacional. Sobre pensamento
computacional, analise as seguintes afirmações:

Resolver um problema aplicando o pensamento computacional significa reduzir problemas


grandes e aparentemente insolúveis a problemas menores e mais simples de resolver, PORQUE
envolve competências relacionadas a abstração e decomposição de problemas.

Analisando essas afirmações, conclui-se que:

as duas afirm ações s ão fals as .

as duas afirm ações s ão verdadeiras e a s egunda jus tifica a prim eira.

a prim eira afirm ação é verdadeira e a s egunda é fals a.

a prim eira afirm ação é fals a e a s egunda é verdadeira.

as duas afirm ações s ão verdadeiras e a s egunda não jus tifica a prim eira.

Pergunta 5 2 pts

Ao longo do texto “Cenários para investigação e resolução de problemas: reflexões para


possíveis caminhos” (FAUSTINO, PASSOS, 2014), as autoras apresentam concepções de Ole
Skovsmose (SKOVSMOSE, 2008) sobre as formas como as aulas de matemática se
organizavam e como poderiam se organizar, fazendo distinção entre dois tipos: o paradigma do
exercício e os cenários para investigação. O primeiro deles está baseado na educação
tradicional. Nos cenários de investigação,

ao organizar a s ala de aula, o m onólogo é neces s ário para a relação entre educandos e educadores , e o
s ilêncio pos s ibilita que os alunos e alunas cons truam s uas diferentes vis ões s obre o objeto cognos cível.

a aprendizagem é potencializada pela interação entre educadores e educandos por interm édio do diálogo,
oportunizando um a organização que privilegie ouvir as es tratégias do outro, apres entar as s uas , organizando
e expondo form as de pens ar.

o aluno ou aluna precis a s e s atis fazer com os elem entos dados pelo problem a e tom á-lo com o verdade
inques tionável, bus cando apenas m anipular os dados para bus car a res pos ta correta.

haver um a única res pos ta certa é um a condição central, excluindo a pos s ibilidade de os alunos
ques tionarem a relevância, as condições e os elem entos do problem a fornecido.

https://cursos.univesp.br/courses/3136/quizzes/11900/take 3/4
17/08/2020 Teste: Atividade para avaliação - Semana 3
há pos s ibilidade de concretizar o diálogo des de que o educador organize a aula de m atem ática de form a a
criar am bientes que ofereçam m odelos de res olução de problem as do m undo real.

Nenhum dado novo para salvar. Última verificação às 20:00 Enviar teste

https://cursos.univesp.br/courses/3136/quizzes/11900/take 4/4