Você está na página 1de 26

DISCIPLINA:

HISTÓRIA

Tema: Povos Originários do Brasil


Profª Fabiana Xavier
6º Ano ‘’A,B,C,D”
Data:10/09/2020 1 / 26

A Lei 11.645/08 obrigou a inclusão do ensino da
História e Cultura Afro-Brasileira e indígena na
LDB.

Antes da lei, apenas as escolas indígenas
abordavam a história e a cultura desse povo.

2 / 26
3 / 26
4 / 26
OS DONOS DA TERRA...

“Os índios eram donos de


Todas as matas,
De todos os rios,
De todos os campos...
Nossa gente vivia feliz,
Tinha muita caça, muito peixe,
Muita fruta,
Nunca faltava terra boa
Para fazer roça.” 5 / 26

Imagem: Pedro Reinel, Jorge Reinel, Lopo Homem (mapmakers), and António de Holanda (miniaturist) / Map of Brazil in the Miller Atlas of
6 / 261519 /
Domínio Público.
7 / 26
8 / 26
9 / 26
NAÇÕES INDÍGENAS DO BRASIL

Jê Charrua
Pano Aruaque
Cariri Tupi-Guarani
Caraíba Pano
Tucano
10 / 26
Imagem: CIA / Bemoeial2 / Mapa remixado / Domínio Público.
11 / 26
12 / 26
“Não se pode respeitar e valorizar o que não se
conhece. Ou pior ainda, não se pode respeitar ou
valorizar o que se conhece de forma deturpada,
equivocada e pré-conceitualmente”.

Gersem Baniwa

13 / 26
“Não existem índios no Brasil! É comum se afirmar que os antigos habitantes do
Brasil são índios. Isso não é verdade. Este é um equívoco muito grande, que tem
diminuído a complexa diversidade indígena. É um apelido engendrado na mente
do povo brasileiro. Somos mais que um apelido. Somos mais que um conceito
vazio. Somos povos! Somos gente verdadeira. Somos ancestralidade”.
“As sociedades indígenas têm diferentes relações com a sociedade brasileira.
Algumas possuem 500 anos de contato; outras, trezentos, duzentos anos; outras
têm apenas quarenta ou cinquenta anos e acredita-se que existem outras cinquenta
comunidades que não possuem contato algum com a sociedade nacional”.
Daniel Munduruku

https://www.youtube.com/watch?v=DCTEsPlfbww
Edson Kaiapó
A LUTA DOS POVOS INDÍGENAS PELO
RECONHECIMENTO DO DIREITO À POSSE DA
TERRA


Desde a colonização, os povos indígenas lutam
por seus direitos ao uso da terra que já
pertencia aos seus antepassados. Essa luta
contínua demonstra o papel ativo dos
indígenas na construção da História brasileira .
15 / 26
16 / 26
17 / 26

Imagem: Oscar Pereira da Silva / Desembarque de Pedro Álvares Cabral em Porto Seguro em 1500, 19002 / Museu Paulista /
Public Domain 18 / 26
“Por isso que os nossos velhos dizem: “Você não pode se esquecer de
onde você é e nem de onde você veio, porque assim você sabe quem
você é e para onde você vai”. Isso não é importante só para a pessoa do
indivíduo, é importante para o coletivo, é importante para uma
comunidade humana saber quem ela é, saber para onde ela está indo”.
“O Brasil foi fundado sobre cemitérios”
Aílton Krenak
“Tem trabalho de homem.
Tem trabalho de mulher.
Homem não faz trabalho de mulher.
Mulher não faz trabalho de homem.
Mulher precisa do trabalho do homem.
Homem precisa do trabalho da mulher.
A comunidade precisa do trabalho de cada um.”
20 / 26
Por que a História e a cultura dos Povos
Indígenas são pouco trabalhadas nas
nossas escolas?
Na história do ensino do Brasil, a visão
eurocêntrica predomina, colocando como
exemplo de “civilização” os padrões da
sociedade europeia e considerando
qualquer outro modo de vida como
estando aquém de uma sociedade dita
civilizada.
21 / 26
POVOS INDÍGENAS EM
PERNAMBUCO

22 / 26
● “O desconhecimento da realidade indígena, em
Pernambuco, está associado basicamente à
imagem do índio que é tradicionalmente
veiculada pela mídia: um índio genérico com um
biótipo formado por características
correspondentes aos indígenas de povos
habitantes na Região Amazônica e no Xingu,
com cabelos lisos, pinturas corporais e
abundantes adereços de penas, nus, moradores
das florestas, de culturas exóticas etc.. "
Professor Edson Silva.
23 / 26
: Mapa do Estado de Pernambuco Remixado / color-light / GNU Fre Documentation License.
Trucá
Tuxá Xucuru
Os limites estão sendo revisados. Parte Pipipã
Vivem na Fazenda Funil, em Inajá, São 10.333 pessoas em duas áreas. Uma,
vive em 5.769 hectares na ilha Nossa A Funai ainda identifica a
depois de deslocados de Rodelas território tradicional homologado, é a serra
Senhora de Assunção e ilhotas (cabrobó), e área, em Floresta. São
(Bahia) pela barragem de do Ororubé, e abriga 23 aldeias em 27.555
a outra nas ilhas de Tapera e São Felix dez aldeias e 2350
Itaparica. A Funasa conta 253 hectares de 9.400 pessoas. Outro grupo
(Orocó). São 2.942 pessoas conforme a indígenas, segundo
pessoas, assentadas em 164 menor, Xucuru de Cimbres, vive na Fazenda
Funasa, mas o índios calculam mais de 5 lideranças.
hrctares adquiridos pela Chesf. Santa helena e no centro de Pesqueira,
mil.
aguardando reassentamento.
Aticum
Vivem em 45 aldeias que tomam
16.290 hectares já demarcados e
homologados, na Serra Umã, entre Mirandiba
Salgueiro RECIFE
Carnaubeiras, Salgueiro e mirandiba. ATICUM E
TRUCÁ PANCARÁ
São 5.600 pessoas, conforma PIPIPÃ
XUCURU
Cabrobó
Orocó Carnaubeira CAMBIUÁ
lederanças e 4.296, de acordo com a Floresta
Pesqueira
De Penha Ibimirim CAPINAUÁ
Funasa. TUXÁ Buíque
PANCARARÚ Inajá Capinuá
Pancará Tacaratu FULNI-Ô
Águas Belas Ocupam 21 aldeias em Buique, Ibimirim e
Reconhecidos em 2003, mas a população Jatobá PANCAIUCÁ
Tupanatinga. No território de 12.403
ainda ão foi estudada pela Funai. Estão
Pancararu hectares, homologados, há 5.111 índios,
em 47 aldeias na Serra do Arapuá, em
São dois grupos. A primeira conforme lideranças e 3.645 nas contas da
Carnaubeira da Penha, e somam 3 mil Cambuiá
área demarcada, de 8.100 Funasa.
pessoas. A Funasa já contabilizou 2.489. São oito aldeias na território
hectares em Petrolândia, Fulni-ô
Jatobá e Tacaratu. A mais de 31.495 hectares, já Cerca de 6 mil de acordo com lideranças.
Pancaiucá homologado, nas cidades de
recente , Entre Serras, tem A Funasa conta 3.903. Vivem em 11,5 mil
Ocupam área de Fazenda Cristo Rei em Inajá, Ibimirim e Floresta. A
7.750 hectares em hectares de terra em Águas Belas (a
Jatobá. Foram reconhecidos há cinco Funasa conta 2.867, mas os
Petrolândia e Tacaratu. A cidade cresceu na área indígena) e Itaíba,
anos e a área ocupada ainda está em índios dizem que chegam a
Funasa conta 6.404 pessoas área ainda em processo de identificação
processo de identificação pela Funai. 4500.
nas duas. pela Funai.
25 / 26
26 / 26