Você está na página 1de 6

PALAVRA

+ èséíritoÑãanto
eus criou todos os homens para 1Co 2:1~16

D viverem segundo a sua vontade.


Porém, os homens não quiseram viver
dessa maneira e passaram a fazer o lhes
dava prazer. Deus sempre falou com os
homens, porém o pecado só se tornou pecado na
vida das pessoas porque elas se recusaram a ouvir
as palavras de Deus.

Deus enviou profetas, servos, porta-vozes, muitas pessoas boas e sinceras. Porém, as
pessoas continuaram a desobedecê-lO. Até que Deus resolveu enviar o seu único Filho
para revelar definitivamente o seu amor a todo mundo. Esse é o teor do que temos dentro
de nossas bíblias como sendo a Palavra de Deus!

Como é o seu relacionamento com a Palavra? Estamos em um acampamento onde o


tema é conhecer o Espírito Santo. Pois bem, será que Ele pode nos ajudar a sermos mais
próximos, a entendermos melhor e praticarmos tudo o que Deus nos deixou escrito na
bíblia? O texto que nós lemos revela que absolutamente sim!

O apóstolo Paulo escreveu aos seus irmãos da igreja de Corinto, uma importante cidade
da Grécia. Essa igreja era grande, tinha muitas pessoas. Havia um mover muito intenso
do Espírito Santo, mas por causa disso, também existia muito abusos e exageros. Paulo
escreveu para corrigir várias distorções que estavam ocorrendo naquele lugar. Um desses
grandes problemas era com respeito à relação que as pessoas tinham com a Palavra de
Deus.

Naquela época, não havia a bíblia com seus 66 livros completos. O único livro escrito que
eles tinham era o Antigo Testamento. Todo o ensinamento de Jesus era basicamente oral.
Os primeiros Evangelhos estavam começando a ser escritos. Por isso Paulo deu uma
ênfase à "pregação" pública da palavra de Deus e da nossa necessidade de a ouvirmos
bem.

As pessoas achavam muito bonito ver pessoas pregando a mensagem de Jesus com
muita eloqüência, muita filosofia. Porém, o que o apóstolo Paulo quer nos ensinar é que o
nosso relacionamento com a Palavra de Deus não deve ser pautada em nosso orgulho ou
conhecimento intelectual, mas sim, da total dependência do Espírito Santo.

Isso faz muito sentido, porque em 2Tm 3:16, Paulo dirá que "Toda a Escritura é inspirada"
por Deus. Sendo assim, somente com a ajuda Dele podemos entendê-la e vivê-la. O
convite do Espírito Santo hoje é: "dependa de mim para ler o viver conforme a palavra de
Deus".

Estudo 2 - Acampamento de Verão 2011, Holiness Central, Paulo Sung Ho Won


1. Jesus Cristo é o centro da Palavra de Deus.
"Pois decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado." (v. 2).
Muitas pessoas estavam "colando" muitas ideias do mundo, da filosofia, opiniões
pessoais à Palavra de Deus. Mas para Paulo, não deve ser assim. Para ele, o centro e o
foco único da Palavra de Deus é Jesus Cristo.

Não é de qualquer Jesus que estamos falando, é do


"Jesus Cristo, e este, crucificado." (v. 2). O centro da
Mensagem de Deus revelado aos homens é a salvação
que Jesus Cristo nos trouxe através de seu sacrifício
vicário na cruz. Nós fomos salvos por um Deus
gracioso e amoroso, ainda não merecendo essa graça.
A justiça de Deus foi completada na cruz. Por isso, se
Jesus é a pessoa central da Bíblia, a cruz é o evento
mais importante da Palavra de Deus.

Todas as coisas no mundo e no universo encontram o


seu centro em Jesus. Ele é razão de todas as coisas
existirem. João expressa muito bem essa ideia: "Todas
as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele,
nada do que existe teria sido feito." (Jo 1:3). Sendo
assim, toda a palavra de Deus aponta para uma só
pessoa: Jesus Cristo, o Filho de Deus!

Quando você for ler a sua Bíblia, meditar, ter um momento devocional, nunca se esqueça
que toda a Bíblia aponta para Jesus. Assim como Ele é o centro da Bíblia, Jesus deve ser
o único centro de nossas vidas. Se entregue a Ele, renda-se a Ele, descubra Nele que a
vida só tem sentido e beleza com Ele.

2. A mensagem de Jesus deve ser recheada do poder de Deus.


"Minha mensagem e minha pregação não consistiram de palavras persuasivas de
sabedoria, mas consistiram de demonstração do poder do Espírito" (v. 4)

Paulo era uma pessoa muito inteligente, acima da média. Ele aprendeu com um dos
maiores professores da época, o rabino Gamaliel. Era fariseu e judeu fervoroso, enfim,
uma pessoa extremamente culta e capaz. Paulo conhecia muito bem a filosofia da época
bem como os seus filósofos. Ele tinha todas as condições de pregar a palavra de Deus
com toda a pompa e recheada de ideias e filosofias humanas. Porém, Paulo não faz isso.

Como devemos nos aproximar da palavra de Deus? A resposta é clara no texto: pela
demonstração do poder do Espírito, ou seja, dependendo totalmente do poder do
Espírito Santo. Se foi o Espírito quem inspirou as Sagradas Escrituras (cf. 2Tm 3:16), é
muito normal depender de Seu poder para a pregação, aplicação e vivência da Palavra.
Devemos ser cheios do Espírito Santo a fim de que tudo o que está escrito venha a fazer
parte da nossa vida!

A palavra é o poder de Deus! Só poderemos ter "prazer" na bíblia na medida em que o


nosso coração for cheio e tomado pelo poder do Espírito Santo. O amor à palavra de
Estudo 2 - Acampamento de Verão 2011, Holiness Central, Paulo Sung Ho Won
Deus é um dos primeiros resultados de uma vida no Espírito. Se você ama a palavra você
viverá de acordo com a vontade de Deus, porém se você tem dificuldade em relacionar-se
com aquilo que Deus tem como revelação, você precisa ter um encontro mais profundo
com o Espírito Santo.

John Wesley (1703~1791), grande pregador inglês do séc. XVIII, e fundador da Igreja
Metodista, era um homem cheio do Espírito Santo. Isso se mostra claro na paixão e no
amor que ele tinha com relação à Palavra de Deus. Ele não somente se esforçou em
viver, mas também em pregar para outros a mensagem que um dia o salvou:

Ó dê-me aquele livro!


Dê-me a qualquer custo o livro de Deus.
Que eu seja um homem de apenas um
livro.

Por que Paulo dependia tanto do poder de Deus?


Paulo sabia que a sabedoria humana poderia tomar o lugar de Deus na sua vida cristã.
Há uma luta constante em nossas vidas entre aquilo que é a "vontade de Deus" e a
"vontade do homem", a "sabedoria de Deus" e a "sabedoria do homem". Por isso, Paulo
diz que ele precisava do poder de Deus para pregar "para que a fé que vocês têm não se
baseasse na sabedoria humana, mas no poder de Deus".

Nossa vida deve estar baseada 100% no poder de Deus expresso em Sua palavra!

3. O Espírito Santo nos faz entender a Palavra de Deus.


A Palavra de Deus nos traz a verdadeira sabedoria! Essa sabedoria não é aquela do
mundo. As sabedorias do mundo "estão sendo reduzidos a nada" (v. 6), porque aquela
que vem de Deus é perfeita e superior a tudo.

Porém a palavra de Deus, que foi revelada aos homens pelo Espírito Santo, muitas vezes
é difícil de ser entendida pelas pessoas que não tem um contato com Deus. Paulo até fala
que se as pessoas tivessem entendido corretamente a Palavra de Deus, não teriam
crucificado Jesus. As pessoas não entendem que Deus tem o melhor para todos nós. A
palavra dele expressa tudo àquilo que é o melhor para o homem:

"Olho nenhum viu,


ouvido nenhum ouviu,
mente nenhuma imaginou
o que Deus preparou
Estudo 2 - Acampamento de Verão 2011, Holiness Central, Paulo Sung Ho Won
para aqueles que o amam".

Quem nos revela essa maravilhosa vontade de Deus para as nossas vidas? O Espírito
Santo: "mas Deus o revelou a nós por meio do Espírito" (v. 10). Paulo nos explica nesses
termos o porquê do Espírito Santo ser imprescindível no entendimento correto da Palavra
de Deus: "O Espírito sonda todas as coisas, até mesmo as coisas mais profundas de
Deus. Pois, quem conhece os pensamentos do homem, a não ser o espírito do homem
que nele está? Da mesma forma, ninguém conhece os pensamentos de Deus, a não ser o
Espírito de Deus." (v. 10,11). O Espírito Santo conhece tudo de Deus porque Ele é o
Espírito de Deus, Ele é Deus. Como Ele sabe tudo de Deus, Ele sabe tudo o que Deus
quer de nossas vidas.

Você acha difícil ler a bíblia? Com certeza não é das tarefas mais fáceis. Porém, peça a
ajuda do Espírito Santo. Peça a Ele que a leitura da Palavra te dê extremo prazer! Que
possamos dizer: "Tenho prazer nos teus mandamentos; eu os amo." (Sl 119:47).

4. Somente os espirituais podem entender a Palavra de Deus.


"Nós, porém, não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito procedente de Deus,
para que entendamos as coisas que Deus nos tem dado gratuitamente. Delas também
falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras
ensinadas pelo Espírito, interpretando verdades espirituais para os que são espirituais" (v.
12, 13).

Todo aquele que é nascido de novo, ou seja, aquele que é salvo, tem o Espírito Santo
morando dentro de si. Por isso, não recebemos o espírito do mundo, mas sim, o
maravilhoso Espírito Santo que nos acompanha e nos ensina a viver da maneira de Deus.
É surpreendente quando Paulo diz que recebemos toda a revelação de Deus de graça! A
maravilhosa e inefável Palavra de Deus nos foi dada gratuitamente! A Palavra de Deus é
o maior tesouro de todo o universo, pois é a Palavra do próprio Deus! Deus! Deus!

O Espírito Santo nos ensina tudo o que


devemos saber sobre a revelação de
Deus que nos foi dado, sobre a Bíblia!
Esse ensino é diferente. Não é como o
ensinamento dos homens, mas é algo
tão real que pode ser vivenciado todos
os dias! Mas somente as pessoas
"espirituais" terão a capacidade de
entender o ensino do Espírito Santo.
Afinal, o que é ser "espiritual"?

Pelo contexto, podemos chegar à conclusão de que ser "espiritual" para Paulo é pertencer
à esfera do Espírito Santo. É tê-lO habitando em nossas vidas, é ter o coração "cheio do
Espírito" e ser dominado e controlado e cuidado completamente por Ele. Isso não quer
dizer que ser espiritual signifique ser superior aos outros, muito pelo contrário, ser
espiritual significa saber exatamente quem você é diante de Deus: "completamente
dependente"! O "espiritual" é humilde com relação à Palavra: ele não acha que sabe tudo,
mas dia-a-dia depende do Espírito para ser ensinado a viver da melhor maneira possível!
Somente quem está na sintonia do Espírito pode entender e viver a Palavra revelada
através do Espírito Santo, a Bíblia.
Estudo 2 - Acampamento de Verão 2011, Holiness Central, Paulo Sung Ho Won
É tão verdade que somente as pessoas "espirituais" entendem a vontade de Deus
expressa em Sua Palavra que "Quem não tem o Espírito1 não aceita as coisas que vêm
do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são
discernidas espiritualmente" (v. 14). Quem não tem um relacionamento com o Espírito
Santo não somente não entende, mas como também acha "sem sentido", uma "loucura" ,
seguir a Bíblia. Quem sabe você ache a Bíblia algo muito "careta", "sem graça". Creio que
você deva ter um encontro real com o Espírito Santo agora!

"Mas quem é espiritual discerne todas as coisas, e ele mesmo por ninguém é discernido;
pois “quem conheceu a mente do Senhor para que possa instruí-lo?” 2" (v. 15,16). Aquelas
pessoas que são "espirituais" sabem todas as coisas porque o conhecimento de Deus é a
base para tudo: "O temor do SENHOR é o princípio do conhecimento, mas os insensatos
desprezam a sabedoria e a disciplina." (Pv 1:7).

5. O Espírito Santo nos faz ter a "mente de Cristo".


"Nós, porém, temos a mente de Cristo " (v. 16b).

Mente, noos no grego, significa percepção, entendimento, discernimento. Aqueles que


são guiados pelo Espírito são levados ao encontro da Palavra. Esse encontro nos faz, dia
a dia, termos essa mente de Cristo. Passamos a pensar e agir da mesma maneira que
Jesus pensou e agiu quando estava na terra.

Você gostaria de ter a mente de quem? Quem sabe de um Einstein, de um grande


filósofo, de um grande empresário, etc. Porém, nós como cristãos devemos ter a mente
de Jesus.

Quem faz toda essa obra? O Espírito Santo! Qual é o meio para isso? A palavra! Qual é a
finalidade disso tudo? Termos a mente de Cristo! A bíblia não quer que coheçamos
intelectualmente, ou que sintamos Deus apenas
emocionalmente. Para muito além disso, Deus
deseja que possamos viver e existir à semelhança
de Jesus. René Descarte disse: "Cogito, ergo
sunt"3, pensar diz respeito a ser e existir. Que
possamos ser de Cristo, na medida em que o
Espírito Santo, mediante a Palavra, nos dá poder
para isso!

1 i.e. os "incrédulos"
2 Cf. Is 40.13
3 Expressão latina que significa: "Penso, logo existo" ou "Penso, logo, sou".
Estudo 2 - Acampamento de Verão 2011, Holiness Central, Paulo Sung Ho Won
Espírito + Palavra ➙ Vida cristã
O Espírito Santo é uma Pessoa. Sem Ele não podemos viver uma vida que agrade a
Deus! Sem a Palavra de Deus não podemos sequer saber o que Ele deseja para nossas
vidas. Espírito + Palavra é a química de todo o cristão! Vamos orar para que o Espírito
Santo nos ajude a termos a sabedoria de Deus. Que Ele nos guie ao entendimento
correto de Jesus, e que ao final, possamos ter, todos os dias, a mente de Cristo. Que a
palavra de Deus seja confirmada em nossas vidas mediante a "demonstração do poder
do Espírito Santo" (v. 4).

Pegue sua bíblia. Olhe para ela. É a revelação de Deus a você. Com ela em mãos, ore a
Deus, peça ajuda ao Espírito Santo para que Ele possa fazer você compreender melhor a
vontade de Deus para a sua vida. Nunca mais largue da Palavra de Deus. O seu sucesso
ou fracasso como cristão depende das Sagradas Escrituras.

Estudo 2 - Acampamento de Verão 2011, Holiness Central, Paulo Sung Ho Won