Você está na página 1de 33

ENGENHARIA CIVIL

Turma T01

PROJETO E CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS I (AULA 26)


Fundações (1/4)

PROF. Me. LUIS CÂNDIDO


FUNDAÇÕES
Fundações
Conceitos básicos
Estrutura de fundação é um elemento de infraestrutura responsável pela
transmissão as cargas de uma edificação para o solo sobre a qual está
assentada

REFERÊNCIA NORMATIVA
ABNT NBR 6122:2010 – Projeto e Execução de Fundações
Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)
Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 3
Fundações
Conceitos básicos

SUPERESTRUTURA

FUNDAÇÕES=SOLO
+ESTRUTURA

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 4
Fundações
Conceitos básicos
GEOTECNIA CÁLCULO ESTRUTURAL

Investigação do Solo Dimensionamento da Peça


Ensaios de Caracterização Aço
Determinação de nível d’água Concreto
NSPT
Capacidade de Carga Carga do prédio

Geometrias e tipo de fundação

Determinação das tensões do solo

Adequação da solução

Determinação de recalques e deformações


no solo
INTERAÇÃO SOLO-ESTRUTURA

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 5
Fundações
Tipos de fundações
FUNDAÇÕES

Rasas Profundas

Profundidade de no mínimo 3m

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 6
Fundações
Tipos de fundações
FUNDAÇÕES

Rasas Profundas

Conforme a NBR 6120, fundação rasa é um


“Elemento de fundação em que a carga é
transmitida ao terreno pelas tensões
distribuídas sob a base da fundação, e a
profundidade de assentamento em relação
ao terreno adjacente à fundação é inferior a
duas vezes a menor dimensão da fundação”
(ABNT, 2010, p. 2)
Fonte: Teixeira e Godoy (1998)

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 7
Fundações
Tipos de fundações
FUNDAÇÕES

Rasas Profundas

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 8
Fundações
Requisitos

▪ Economia
▪ Segurança adequada (capacidade de suporte,
deslizamento, tombamento, dentre outros)
▪ Pequenos recalques (total e diferencial)
▪ Pequenos efeitos sazonais (ressecamento, expansão)
▪ Problemas construtivos (estabilidade das escavações, levantamento do
fundo, problemas de nível d’água, vibrações, etc)
▪ Efeitos ambientais

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 9
Fundações
Bloco de fundação
Elemento de fundação superficial de concreto, dimensionado de modo que as
tensões de tração nele produzidas possam ser resistidas pelo concreto, sem
necessidade de armadura.

▪ Cargas atuantes centradas com valor


moderado

▪ Utilizados normalmente quando a


profundidade da camada resistente
está entre 0,50 e 1,00 m.

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 10
Fundações
Bloco de fundação
▪ Marcação
▪ Escavação (caso seja mecanizada parar no mínimo a 30cm da cota de
assentamento prevista, sendo o resto executado manualmente)
▪ Apiloamento do fundo da vala
▪ Regularização (normalmente com concreto magro ou lona – nunca deixar
em contato direto com o solo)
▪ Formas
▪ concretagem

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 11
Fundações
Bloco de fundação

B
b

h1

H
=>5cm

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 12
Fundações
Bloco de fundação
▪ Concreto do bloco (m³)= 𝐴 × 𝐵 × ℎ1
▪ Concreto do pilarete (m³)= 𝐻 − ℎ1 × 𝑎 × 𝑏
▪ Lastro de concreto (m³)= 𝐴 × 𝐵 × 0,05
▪ Forma da sapata (m²)= 𝐴 + 𝐵 × 2 × ℎ1
▪ Forma do pilarete (m²)= 𝑎 + 𝑏 × 2 × 𝐻 − ℎ1
▪ Escavação (m³)= 𝐴 + 0,5 × 𝐵 + 0,5 × (𝐻 + 0,05)
▪ Reaterro= Escavação- (concreto sapata+concreto pilarete + lastro de
concreto)
▪ Fundo de vala= 𝐴 × 𝐵

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 13
Fundações
Bloco de fundação

A1

B1

h2
B
b

h1

H
5cm

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 14
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

Elemento de fundação comum a vários pilares podendo ser de concreto,


pedra argamassada, tijolo, etc.

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 15
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 16
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

▪ Cargas atuantes pequenas

▪ Construídos de forma contínua em valas de


pouca profundidade, entre 0,70 e 1,00 m e
largura variando conforma a carga das paredes

▪ Podem ser de concreto, alvenaria ou pedra

▪ Pode ou não utilizar ferro

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 17
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 18
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 19
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 20
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 21
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 22
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 23
Fundações
Viga de fundação ou baldrame
▪ Marcação
▪ Escavação (caso seja mecanizada parar no mínimo a 30cm da cota de
assentamento prevista, sendo o resto executado manualmente)
▪ Apiloamento do fundo da vala
▪ Regularização (normalmente com concreto magro ou lona – nunca deixar
em contato direto com o solo)
▪ Assentamento dos tijolos (ou pedras argamassadas, conforme o tipo) até o
nível específico
▪ Impermeabilização da fundação
▪ 1ª Fiada da alvenaria de elevação (ou estrutural)

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 24
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

▪ Em terrenos inclinados, o fundo da vala é formado por degraus, sempre em


nível

▪ mantendo-se o valor "h" em no mínimo 40 cm e h1, no máximo 50cm.

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 25
Fundações
Viga de fundação ou baldrame
Eixo
Face da fundação

Escavação min 20cm

Impermeabilização
10cm

Fundo da vala
Concreto magro 150kg apiloado
de cimento/m³

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 26
Fundações
Viga de fundação ou baldrame
L2
▪ Escavação
▪ Fundo de vala

h2 h3
▪ Alvenaria de pedra (m³)
▪ Baldrame (alvenaria de embasamento) (m³)
▪ Cinta impermeabilizada

h1
▪ Reaterro

L1

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 27
Fundações
Viga de fundação ou baldrame

▪ Note-se que a nomenclatura “cinta”


também é usada e refere-se a “viga
de fundação” sobre o baldrame de
pedra argamassada
▪ Quando este mesmo elemento é de
alvenaria ela é chamada de
alvenaria de embasamento

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 28
Fundações
Viga de fundação ou baldrame
Exemplo: Considerando que a fundação em questão tem 161,78m de
comprimento, qual o seu custo de execução?

40
15

ϕ 6.3 c/20
Cotas em cm (S/E) c=119cm

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 29
Fundações
Viga de fundação ou baldrame
▪ Considere:
▪ Material 1ª categoria Bitola kg/m
▪ Empolamento de 30% 5 0,154
▪ Redução volumétrica: 10% 6.3 0,245
8 0,395
10 0,617
12.5 0,963
16 1,578
20 2,466
22 2,984
25 3,853
32 6,313

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 30
Fundações
Viga de fundação ou baldrame
▪ Tabela de custos 024 SEINFRA-CE (Sem desoneração) (CLIQUE AQUI):

Item Descrição Unidade Custo Unitário Quantidade Custo total


1 Alvenaria de embasamento de pedra argamassada m³ R$ 309,90
2 Concreto (inclusive lançamento) m³ R$ 378,05
3 Concreto Magro m³ R$ 673,50
4 Forma para concreto "in loco", inclusive desforma m² R$ 107,40
5 Escavação manual solo de 1a.cat. prof. até 1.50m m³ R$ 27,98
6 Reaterro (m³) m³ R$ 17,95
7 Apiloamento de piso ou fundo de valas c/maço de 30 a 60 kg m² R$ 17,95
8 Aço - Ø 6.3 a 10mm kg R$ 6,22
9 Aço - Ø 12.5 a 25mm Kg R$7,62
10 Bota Fora M³ R$ 25,80

Custo Total Final=

Curso: Engenharia Civil Aula 26 – Fundações (1/4)


Disciplina: Projeto e Construção de Edifícios I Prof. Me. Luis Cândido 31
DÚVIDAS?

Obrigado!
Prof. Me. Luis Cândido
E-mail: candido@crateus.ufc.br
Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ______. Elementos de Terraplenagem. In:____.


NBR 6122 – Projeto e Execução de Fundações. Rio Como preparar orçamentos de obras. 2. ed. São
de janeiro: ABNT, 2010 Paulo: Pini, 2014.p. 137-167.
AZEREDO, H. A. Fundações. In:______. O Edifício até SALGADO, J. C. Fundações. In:____. Técnicas e
Sua Cobertura. São Paulo: Edgard Blucher, 1998. p. Práticas Construtivas: da implantação ao
29-52 acabamento. São Paulo: Editora Érica, 2014.p. 31-40.
BORGES, A. C. Alicerces. In:____. Pratica das TEIXEIRA, A. H.; GODOY, N. S. Análise, Projeto e
pequenas construções. 9. ed. São Paulo: Edgard Execução de Fundações Rasas. In: HACHICH, W., et
Blucher, 2009. v.1.p. p. 50-68 al. (ed.). Fundações: teoria e prática. 2ª ed. São
Paulo: Pini, 1998. p. 227-264.
VELLOSO, D.; LOPES, F. R. Concepção de obras de
Fundações. In: HACHICH, W., et al. (ed.). Fundações: YAZIGI, W. Fundações. In:____. A Técnica de edificar.
teoria e prática. 2ª ed. São Paulo: Pini, 1998. p. 211- 14. ed. São Paulo: Pini, 2014.p. 171-209.
226.
MATTOS, A. D. Levantamento de Quantidades.
In:____. Como preparar orçamentos de obras. 2. ed.
São Paulo: Pini, 2014.p. 44-61.

Você também pode gostar