Você está na página 1de 3

Capítulo 1 2. Expressões algébricas.

Quantificadores

_____________________________________________
1. São condições as expressões de: Pág. 29 8.4 Existe pelo menos um número real que é solução da
2 inequação 3 x  2  x.
(1.2) 30
n
(1.4) 2  n Existe pelo menos um número natural que é solução da
8.5
(1.5) 1  3  x inequação 3 x  2  x.
(1.6) 3 x
(1.7) 1  x  1  0 9. ( 8.1) É verdadeiro. Por exemplo para x  1.
As restantes são expressões designatórias.
_____________________________________________ ( 8.2) É falso.
2.1 x  H, x é mortal. Pág. 30
( 8.3) É verdadeiro. Por exemplo para x  1.
2.2 x  P, x tem guelras.
( 8.4) É verdadeiro. Por exemplo para x  0.
2.3 x  , x  .

( 8.5) É falso.
3.1 Todo o quadrado de um número real é não negativo.

3.2 Todo o número natural aumentado de uma unidade é 10.1 É verdadeira. ( Para x  2)
maior que esse número.
10.2 É falsa. ( Admite duas soluções: x  2 ou x  2).
3.3 Todos os peixes respiram por guelras.

10.3 É verdadeira.
3.4 Todo o número real aumentado de quatro unidades é
_____________________________________________
positivo.
x e y são livres.
11.1 Pág. 33
3.5 Todo o número natural aumentado de quatro unidades
11.2 x é muda.
é positivo.

11.3 x é livre e y é muda.


4. A afirmação que não é verdadeira é a 3.4,
x  , x  4  0.
11.4 x é muda.
5.1 Proposição falsa.
12. A expressão de 11.1 é uma condição.
5.2 Proposição verdadeira.
A expressão de 11.2 é uma proposição.
5.3 Proposição verdadeira.
A expressão de 11.3 é uma condição.
5.4 Proposição verdadeira.
A expressão de 11.4 é uma proposição.
6.1 x  0, x  A.
13. Se x  1, vem: 2 y  5.
6.2 x  A, x  2 x. Se x  2, vem: 2 y  4.
_____________________________________________ Se x  3, vem: 2 y  3.
Se x  4, vem: 2 y  2.
7.1 x  , x  50. Pág. 31
Então, em * , o conjunto-solução é 1 , 2.
_____________________________________________
7.2 x  números primos , x é par.
14.1 a) x, y  , x  y  0. Pág. 34
7.3 x  , x2  16.
b) x, y  , x  y  0.

7.4 x  cobras , x é venenosa.


c) x  y  , x  y  0.
_____________________________________________
8.1 Existe pelo menos um número real que é Pág. 32 d) x  y  , x  y  0.
solução da equação x2  3 x  2  0.
14.2 ( a) Quaisquer dois números reais têm soma nula. ( Falso)
8.2 Existe pelo menos um número natural que é solução
da equação x2  3 x  2  0. ( b) Existem pelo menos dois números reai s cuja soma é
nula. ( Verdadeiro)
8.3 Existe pelo menos um número real cujo quadrado aumentado
de três unidades é positivo. ( c) Para todo o número real existe pelo menos um outro nú-
mero real cuja soma com o primeiro é nula. ( Verdadeiro)

1
Capítulo 1 2. Expressões algébricas. Quantificadores

p  p  1
(d) Existe pelo menos um número real que adicionado com up 
2
qualquer outro dá soma nula. (Falso)

Verdadeiro.  y  1 Vamos provar que A n é verdadeira para o inteiro p  1,


15.1
isto é:
15.2 Verdadeiro.  x  0   p  1  p  1  1  p  1 p  2
up1   up1 
_____________________________________________ 2 2

16.1 x  T, x não joga futebol. Pág. 35 Sabemos que:


un  1  2  3  ...  n
16.2 x  T, x não joga xadrez e/ ou x não joga dominó.
un1  1  2  3  ...  n   n  1
Ou seja:
16.3 x  , 2 x  1  x  5.
un1  un   p  1

16.4 x  , x  2  2 x  5  0.
Partindo daqui, pode-se escrever:
up1  up   p  1
17. x  y  , x  3 y.
_____________________________________________
p p  1
Mas sabe-se, por hipótese de indução, que up  .
18.1 A n  1  21 n Pág. 37 2

A1 : u1  1  211 Então, substituindo up , vem:


Ora, u1  2 e 2  1  211 p p  1
up1    p  1
Logo, A1 é verdadeira. 2
p p  1  2  p  1
up1 
2
Suponhamos que A n é verdadeira para o inteiro p, ou seja:
 p  1 p  2
up  1  21 p up1 
2
isto é,
Vamos provar que A n é verdadeira para o inteiro p  1, A( p  1)
isto é:
up1  1  21  p1  up1  1  2 p
A n : un   3  2 
n
b)
1  un
Sabemos que un1  A 1 : u1   3  2
1
2
Ora, u1  31  21  6 e 6   3  2 
1

Partindo daqui, pode-se escrever: Logo, A1 é verdadeira.


1  up
up1 
2 Suponhamos que A n é verdadeira para o inteiro p,
ou seja:
Mas sabe-se, por hipótese de indução, que up  1  21 p.
up   3  2
p

Vamos provar que A n é verdadeira para o inteiro p  1,


Então, substituindo up , vem:
isto é:
1  1  21 p 
up1   3  2
p1
up1 
2
2  21 p
up1  Sabemos que:
2
2  1  2 p  un  3n  2n e
up1  un1  3n1  2n1  un1  3n  3  2n  2
2
up1  1  2 p Ou seja:
isto é, un1  un   3  2
A( p  1)
Partindo daqui, pode-se escrever:
n  n  1
18.2 a) A n : un  up1  up   3  2
2
1   2  1
A1 : u1 
Mas sabe-se, por hipótese de indução, que up   3  2  .
p
2
1   2  1
Ora, u1  1 e 1 
2 Então, substituindo up , vem:
Logo, A1 é verdadeira.
up1   3  2   3  2
p

up1   3  2
p1
Suponhamos que A n é verdadeira para o inteiro p,
ou seja: isto é,
A( p  1)

2
Capítulo 1 2. Expressões algébricas. Quantificadores

_____________________________________________
1. Resposta: ( D) . Pág. 38 12.1 Falso.

2. Resposta: ( A) . 12.2 Verdadeiro.

3. Resposta: ( C) .
13.1 ( a) O produto de dois números reais existe sempre e
4. Resposta: ( C) . é único.
( b) Propriedade comutativa.
5. Resposta: ( B) . ( c) Propriedade associativa.
( d) Existência de elemento neutro.
6. Resposta: ( A) . ( e) Existência de inverso em \ 0 .

7. Resposta: ( B) . 13.2 Verdadeiro.


_____________________________________________ Falso.

8.1 x  , x  0. Pág. 39
14.1 x, y  , x  y  y  x.

8.2 x  , x  0.
14.2 u  x  , x  u  u  x  x.

8.3 x  , x  0.
14.3 x  y  , x  y  y  x  0.

8.4 x  , x  x  6.

8.5 x  , x  5 , 5 .

8.6 x  , x  4 , 5 .

9.1 Todo o número natural é real. ( Verdadeiro)

9.2 Em L a conjunção é indempotente. ( Verdadeiro)

9.3 Há pelo menos um número real cujo valor absoluto é não


superior a sete. ( Verdadeiro)

9.4 Todo o número natural é maior que o seu inverso. ( Falso)

9.5 Há pelo menos um número real que é maior que o seu


inverso. ( Verdadeiro)

9.6 Existe pelo menos um número do intervalo 1 , 5 que é


igual a 5. ( Falso)

10.1 a) Existe pelo menos um ser vivo que esteve na Lua.

b) Todo o número inteiro é igual ao seu dobro.

10.2 A proposição de 10.1 a) é verdadeira.


A proposição de 10.1 b) é falsa.

10.3 Proposição de 10.1 a)


x  H, x não esteve na Lua.
Proposição de 10.1 b)
x  , x  2 x.

11.1 a) x  y  , y  x.

b) x  y  , x  y.

11.2 A proposição de 11.1 a) é verdadeira.


A proposição de 11.1 b) é falsa.

Você também pode gostar