Você está na página 1de 22

AGRICULTURA FLUMINENSE NA PANDEMIA

OPORTUNIDADES, DESAFIOS E
APRENDIZADOS NO SETOR
COOPERACIONISTA
Balcão Digital de Negócios
11.018.000

AVICULTURA – RJ
IBGE - 2017
333.260.000

AVICULTURA – PR
IBGE - 2017
44%
35.228.000

AVICULTURA – ES
IBGE - 2017
- Maior produtora de Sardinha do Brasil

- Maior Fabrica de Gelo do Sul Fluminense

- Em parceria com o Sistema OCB-SESCOOP-


RJ profissionalizou mais de 400 pescadores da
região
Leite e Cana
Única produtora de açúcar no Estado do Rio de janeiro

Produz 5% de todo o Etanol que o Rio de Janeiro consome

Formada por 11.334 pequenos produtores

Gera 3.700 empregos diretos


Eleita a linha de leite mais eficiente das Américas
3º mais eficiente do Mundo

Maior empregadora da cidade de Macuco,


superando até mesmo a Prefeitura
• A Agropecuária apresentou queda de 2,0% em volume e manteve-
se como atividade de menor participação na economia
fluminense, tendo reduzido seu peso de 0,57% para 0,52%, entre
2016 e 2017.
• Em valores, o PIB Agro do Estado foi de R$ 563.244 milhões.
• O faturamento total das Cooperativas agropecuárias em 2019 foi
de R$ 367.542.698,02, um ano que teve queda, ou seja, a
participação das cooperativas na formação do PIB Agro do
Estado é de aproximadamente 65,25%.
Fonte : Secretaria de Desenvolvimento Econômico
• Rio de Janeiro 2º maior mercado Consumidor do Brasil
• A atividade que mais gerou resultados em 2020 para o Brasil
foi o Agro.
• Mais de 40% da população do Estado vivendo em cidades de
características agropecuárias, mas somente 3,5% atuam na
atividade Rural.
• Sem educação voltada ao setor e sem apoio a sucessão nas
propriedades rurais, gerando problemas fundiários que
impactam o crédito, logo esse numero será ainda menor.
• Agro cresce onde tem Cooperativas fortes e Crédito Rural
viável.
Espirito Santo
• PIB AGRO 30,3 Bilhões, dos quais 5,3 bilhões foram
produzidos apenas por cooperativas.
• O Agro é responsável por cerca de 30% do PIB do Estado.
• Por aproximadamente 33% dos empregos gerados na
economia estadual.
• Mais de 80% dos municípios do estado, têm nesse segmento,
sua principal fonte de renda.
• No Brasil, o PIB do Agronegócio é de 25%, portanto menor que
no Espírito Santo.
Será que não é o momento de revermos
nossas estratégias de Desenvolvimento
Econômico do Rio de Janeiro para o setor
Agropecuário?