Você está na página 1de 2

SEMANA FARROUPILHA SÍMBOLOS DO RIO GRANDE DO SUL

Conhecida como o DIA DO GAÚCHO, é celebrada em 20 de BANDEIRA: a Bandeira do Rio Grande do Sul traz no centro o
setembro. Esta data é considerada feriado estadual no Rio Grande do Brasão de Armas.
Sul. Neste dia é homenageado um dos episódios históricos mais Suas cores são:
importantes para a comunidade gaúcha: A REVOLUÇÃO  O verde representa a mata dos pampas gaúchos.
FARROUPILHA ou GUERRA DOS FARRAPOS, que teve início em  O vermelho simboliza o ideal revolucionário e a coragem
20 DE SETEMBRO DE 1835 e terminou em 1º DE MAIO DE 1845, do povo.
com duração de quase 10 anos.  O amarelo representa as riquezas nacionais do território
O Dia do Gaúcho está incluído dentro da semana farroupilha, gaúcho.
uma celebração de cultura e das tradições gaúchas, que ocorre
anualmente entre 14 a 20 de setembro, no estado brasileiro do Rio
Grande do Sul.
Tradicionalmente, nessa época são organizados festas (bailes)
nos CTGS (Centro de Tradições Gaúchas) que ressaltam os costumes
típicos desse povo, como: culinária, vestimentas, danças e
apresentações musicais.

O POVO GAÚCHO
O Gaúcho é tipo característico do Rio Grande do Sul, ou seja, é
todo aquele que nasce no RS, que luta e trabalha pelo progresso
desta Terra querida.
As vestimentas típicas do gaúcho são: camisa, lenço,
bombacha, botas, guaiaca, chapéu, pala e poncho.
A prenda é a companheira do gaúcho. Ela veste vestido
rodado, sapatilhas e flor no cabelo. BRASÃO: fica no centro da Bandeira, onde encontramos os
O povo gaúcho costuma tomar chimarrão feito da erva-mate dizeres: REPÚBLICA RIO-GRANDENSE, 20 DE SETEMBRO DE
amarga, gostam de comer churrasco, carreteiro, pirão, ensopado de 1835, logo abaixo do escudo há uma faixa com três palavras:
mandioca e entre outras delícias da culinária gaúcha. LIBERDADE, IGUALDADE, HUMANIDADE.
Em quase todas as cidades
do Rio Grande do Sul há um CTG,
com grandes galpões, onde todos HINO RIO-GRANDENSE: o hino do nosso estado foi composto
se reúnem para bailar num bom em 1838, durante a Guerra dos Farrapos, com letra diferente da atual.
fandango, ao toque de gaita e violão. A versão que conhecemos foi atualizada em 1966.
HINO DO RIO GRANDE DO SUL

LETRA: Francisco Pinto da Fontoura


MÚSICA: Joaquim José de Mendanha

COMO AURORA PRECURSORA


DO FAROL DA DIVINDADE
FOI O 20 DE SETEMBRO
O PERCURSOR DA LIBERDADE

MOSTREMOS VALOR CONSTÂNCIA


NESTA ÍMPIA E INJUSTA GUERRA
SIRVAM NOSSAS FAÇANHAS
DE MODELO A TODA TERRA
DE MODELO A TODA TERRA
SIRVAM NOSSAS FAÇANHAS
DE MODELO A TODA TERRA

MAS NÃO BASTA PRA SER LIVRE


SER FORTE, AGUERRIDO E BRAVO
POVO QUE NÃO TEM VIRTUDE
ACABA POR SER ESCRAVO

MOSTREMOS VALOR CONSTÂNCIA


NESTA ÍMPIA E INJUSTA GUERRA
SIRVAM NOSSAS FAÇANHAS
DE MODELO A TODA TERRA
DE MODELO A TODA TERRA
SIRVAM NOSSAS FAÇANHAS
DE MODELO A TODA TERRA

AGUERRIDO – CORAJOSO
CONSTÂNCIA – PERSEVERANÇA
FAÇANHAS – ATO HERÓICO
PRECURSORA – VAI ADIANTE

Você também pode gostar