Universidade Federal do Ceará- UFC

Centro de Ciências Departamento de Química Analítica e Físico -Química CF684- Fundamentos de Físico-Química

Máquinas Térmicas

Aluna: Maria Fernanda Queiroz da Silva Matrícula: 0302580 Curso: Engenharia de Alimentos Professor: Haroldo C. B. Paula Turma: D

Fortaleza-Ce 25 de Novembro de 2010

Em meados do século XIX o homem descobriu a propriedade criogênica d e gases: a capacidade de retirar calor de um sistema quando submetido à expansão. A partir dessa época. agora denominada má quina de Carnot. tem início a atividade comercial de conservação de alimentos em grande escala. O processo reversível é uma idealização. o dióxido de enxofre e o cloreto de metil. ob tendo um rendimento total (100%) . . Ele demonstrou teoricamente que uma máquina térmica operando em um ciclo ideal. os grandes entrepostos frigoríficos. que é de grande importância tanto do ponto de vista prático como teórico. Um processo reversível é aquele no qual o sistema pode retornar as suas condições iniciais pelo mesmo caminho e no qu al cada ponto ao longo da trajetória é um estado de equilíbrio. E começou a fazer gelo. Isto é. Um processo que não satisfaça essas exigências é irreversível. então. Desde refrigeração dos produtos para alimentação ao ar: condicionado. inflamável e tóxico! Além do que. que seria capaz de transformar toda a energia fornecida em trabalho. em grande escala. passando por alguns processos industriais de produção de bens. mas sim as fábricas de gelo. Não ha via. assim. um engenheiro francês chamado Sadi Carnot descreveu uma máquina teórica. Ainda nos meados do século XIX. Os gases refrigerantes usados neste início da h istória da refrigeração eram a amônia. Essa máquina ideal estabelece um limite superior nos rendimentos de todas as máquinas reais. Para demonstrar que não seria possível e m 1824. Os compressores frigoríficos de então. industrialmente. Por último. sequer. acreditava -se ser possível a construção de uma máquina térmica ideal.INTRODUÇÃO A refrigeração é utilizada praticamente em todas as sociedades para diversos fins. necessitavam de pressão elevada para atingir capacidade criogênica necessária à fabricação econômica de gelo. o trabalho líquido realizado por uma substância de trabalho por meio do ciclo de Carnot é a maior quantidade de trabalho p ossível para uma determinada quantidade de calor fornecida à substância na temperatura superior. Sabe-se que a maioria dos processos naturais é irreversível. faz-se referência da sua utilização em locais lúdicos para a prática de patinagem e outros desportos de inverno. reversível ± chamado de ciclo de Carnot ± entre dois reservatórios de calor é a máquina de maior eficiência possível. Para que melhor seja estudada a máquina de Carnot devemos estudar primeiramente devemos examinar o significado de processos reversíveis e irreversíveis. eram tidos como máquinas perigosas. A refrigeração era. um processo perigoso: explosivo. sujeitas a explosão. dada a limitação tecnológica da época. Nos setores comerciais e residenciais este gelo industrial era usado para fazer essa conservação dos alimentos em pequena escala.

absorve calor a partir de uma fonte cuja temperatura é alta. através de um dínamo.. Os processos de sta máquina sa]ao listado a seguir: 1. Na turbina o vapor realiza uma expansão adiabática que impulsiona as pás. Calor associado pode ser obtido a partir de :reacções químicas. reacções nucleares e termonucleares. por exemplo.combustão/ explosão. que vai absorver o calor da fonte quente (proveniente da combustão) e passar a vapor. Finalmente o líquido é bombeado para dentro da caldeira e o ciclo reinicia-se.etc. O vapor de água ao chegar ao condensador. 4. É uma máquina de combustão externa porque a queima do combustível ocorre fora da máquina. absorção/ emissão de radiação . reduzindo-se o volume específico.. É produzido trabalho mecânico. Nessa central o sistema que executa o ciclo é a água. . várias máquinas foram inventadas a seguir há vários exemplos destas máquinas: CENTRAL TÉRMICA Numa central termoeléctrica a energia consumida provém da queima do combustível. perde calor para a fonte fria e passa ao estado líquido. que é transformado em energia elé trica. carvão. 2. À caldeira chega água no estado líquido. 3. passagem de corrente eléctrica.DESENVOLVIMENTO Uma máquina térmica (motor) é um dispositivo pelo qual um sistema através de um ciclo de transformação num determinado sentido. Vários experimentos foram realizados. fornecendo uma parte da energia em forma de calor a um poço de temperatura inferior e a restante é fornecida ao exterior em forma de trabalho.

admissão de nova mistura de gás + ar e existe a transformação 3 p 1 ± explosão isocórica da mistura produzindo subitamente. instalando uma ³vela´. A máquina de Lenoir foi rapidamente substituída pela máquina mais eficiente de Otto (actualmente usada nos automóveis a gasolina e estudada). gases de ³queima´ e grande quantidade de calor Q ent. C para D. A expansão do vapor de água produz trabalho mecânico. em cada extremo do cilindro.MÁQUINA A VAPOR DE WATT A máquina a vapor de Watt é também uma máquina térmica de combustão externa. MÁQUINA DE LENOIR (ETTIENE LENOIR) ‡ Esta motor foi construído a partir duma máquina a vapor de Watt. Usa. OS POSTÚLADOS DE CARNOT Com o desenvolvimento das máquinas e a melhoria do seu rendimento levou Sadid Carnot engenheiro françês a aperfeiçoar os estudos de seu pais e passou a imaginar uma máquina que seria a máquina de funcionamento mais perfeito. Foi o primeiro motor de combustão interna. . Para tal o sistema deveria realizar as seguintes transformações. expansão isotérmica . depois a t ransformação 2 p 3 ± compressão isobárica (calor é cedido e os gases ´queima dos´ da explosão.A locomotiva usava este tipo de máquina. contacto com fonte fria temperatura T f compressão isotérmica. para ignição/explosão de uma mistura de gás. como sistema a água que vai ficar sujeita a transições de fase. termicamente isolado compressão adiabática. também. contacto com fonte quente temperatura Tq. ‡ ‡ ‡ ‡ A para B. Há a transformação 1 p 2 ± expansão adiabática (suficientemente rápida para que não ocorram trocas de calor). são expulsos). termicamente isolado expansão adiabática arrefecimento. B para C.Seu processo se dá da seguinte maneira: os gases a alta pressão e volume reduzido tem elevado conteúdo energético. D para A.

deslocando lentamente o êmbolo e recebendo calor de um reservatório de calor a Tq (fonte quente). Então o ciclo de Carnot se resume no seguinte processo cíclico que corresponde a duas transformações isotérmicas reversíveis e duas transformações adiabáticas reversíveis. Proc. Proc.Características do ciclo de Carnot: O fluxo de calor que entra para o sistema ocorre à temperatura Tq. Graficamente o ciclo da máquina de Carnot Proc. II . o fluxo de calor que sai do sistema ocorre à temperatura Tf (Tq> Tf ).A   B ± expansão isotérmica. III . .D   A ± compressão adiabática ± o sistema volta ao estado inicial deslocando lentamente o êmbolo e isolando termicamente o sistema. Proc. o processo é cíclico e todos os processos são reversíveis. I .C   D ± compressão isotérmica ± deslocando lentamente o êmbolo e cedendo calor de um reservatório de calor a Tf (fonte fria). IV .B   C ± expansão adiabática ± deslocando lentamente o êmbolo e isolando termicamente o sistema.

O resfriamento ocorre através do processo de trocas de calor. a máquina que opera segundo um ciclo de Carnot é a que tem maior rendimento A máquina térmica que mais se aproxima da máquina ideal é uma central térmica a vapor. . L ! 1 Tf Tq 1 Operando entre as mesmas temperaturas extremas. O refrigerador é uma máquina térmica em que a troca do calor se dá do sistema mais frio (interior da geladeira) para o sistema mais quente (meio externo). Mas isso não viola a Segunda Lei da termodinâmica que diz que a transferência de calor é sempre do sistema mais quente para o mais frio porque o processo não é espontâneo é necessário um fornecimento externo de energia que ocorre através de um compressor que realiza trabalho mecânico sobre uma substância refrigerante. Uma máquina real não opera exactamente num ciclo (o motor do automóvel cada vez que executa um ciclo tem que renovar a mistura de ar e combustível.Quando o sistema é um gás ideal o processo ciclíco se dá com as seguintes variáveis termodinamicas:   Qt = Wt (DU = 0) y y y y Isotérmica A   B: DU = 0   WAB= QAB>0 Isotérmica C   D: DU = 0   W CD=QCD<0 Adiabática B   C: Q = 0   -W CD= DU CD <0 Adiabática D   A: Q = 0   -W DA=DUDA>0 O rendimento de uma máquina térmica é sempre <1. Os objetivos principais da refrigeração são armazenamento de alimentos a baixas temperaturas para evitar ação de bactérias e o surgimento b olor ou fermentação e manter uma temperatura estável em ambientes ou em equipamentos eletrônicos. tornando possível o sentido inverso da troca de calor. refrigeradores e freezers. como ar condicionados. Rendimentos de Máquinas reais: ‡ Motor a gasolina : } 25 % ‡ Motor a gasóleo : } 35 % ‡ Central térmica a vapor: } 50 % As máquinas mais utilizadas na indústria alimentícia : REFRIGERADOR Os sistemas de refrigeração provocam o resfriamento de interiores.

No compressor. É devido a essa troca de calor com o meio que não se recomenda embutir a geladeira em armários com pouca ventilação e nem colocar roupas para secar atrás do refrigerador. Nas geladeiras domésticas. A função do compressor é de au mentar a pressão o suficiente para que liquefaça em temperaturas próx imas da temperatura ambiente. a válvula de admissão se abre permitindo a passagem do gás refrigerante no cilindro. trocando calor com o meio externo e. o freon é uma substância que agride a camada de ozônio e está sendo substituído por outras substâncias. Quando o êmbolo do cilindro desce. o ressalto em rotação faz virar o anel descentralizado contra a parede do cilindro e a barreira faz pressão contra o anel o que garante a pressão do gás que é aquecido à temperatura superior a do ambiente. Depois de liquefeito.Demonstração de um sistema de refrigeração . como o CFC (clorofluorcarbono) ou HCFC (hidroclorofluorcarbono). Para essas mudanças de pressão utiliza-se um compressor e uma válvula descompressora. a alta pressão. a substância utilizada é o freon que. assim. porém. junto à serpentina do congelador. O ciclo começa no compressor. O refrigerador é uma máquina térmica que opera em ciclos semelhantes aos motores de combustão interna . chegando ao congelador e daí volta ao compressor e o ciclo recomeça. o gás passa para a válvula de expansão onde sofre descompressão e se expande. o gás diminui de temperatura. Quando o êmbolo torna a subir. Figura 1. que é acionado por um motor elétrico o trabalho realizado pelo compressor equivale à variação de energia interna da substância refrigerante. onde é comprimido e se liquefaz. a passar para o condensador (serpentina).A primeira substância refrigerante foi o dióxido sulfúrico. A fonte fria é a parte interna. e a fonte quente é o ambiente externo. Hoje a escolha da substância depende da finalidade do refrigerador e do impacto ambiental. a baixa pressão se vaporiza e a alta pressão se condensa. a válvula de admissão se fecha e a de e scape se abre. forçando o gás.

por exemplo´. Um refrigerador ideal opera no sentido contrário do motor de Carnot.A medida de desempenho ou eficiência de um refrigerador é a razão entre o calor removido do reservatório frio. são invertidas em relação às de um motor de Carnot. Qc. e o trabalho recebido W. seja sob forma de calor ou de trabalho. Refrigeradores de Carnot Consideremos um refrigerador ideal. todas as transferências de energia. representada por K (coeficiente de desempenho ou eficiência): Quanto maior o coeficiente de desempenho. também chamado refrigerador de Carnot: ³Em um refrigerador ideal. Logo. todos os processos são reversíveis e não ocorrem transferências de energia com esperdícios devidos ao atrito e à turbulência. Os refrigeradores comuns têm coeficientes de desempenho da ordem de 5 ou 6. ou seja. Costuma-se comparar para máquinas térmicas e refrigeradores reais : L LR e ou COE COER L LCarnot e COE COECarnot (eficiência termodinâmica) operando entre as mesmas temperaturas extremas T1 e T2 . em termos destes coeficientes pode -se enunciar a Segunda Lei da Termodinâmica dizendo que o coefi ciente de eficiência de um refrigerador não pode ser infinitamente grande. melhor a operação do refrigerador.

o que apresenta uma temperatura de ebulição igual a -40. O condensador deve ficar do lado de fora do ambiente que queremos refrigerar. pois ele aquece e o excesso de calor não deve aquece r o ar do ambiente que queremos resfriar. neste caso. um aquecedor elétrico é utilizado. os condicionadores de ar são máquinas térmicas que transferem calor de uma região fria para uma mais quente. o ar do ambiente passa por um filtro que retém o pó e a umidade nele contidos e. retornando ao ambiente através de um ventilador. depois de filtrado. a troca de calor se dá por convecção.AR. entra em contato com a serpentina onde é resfriado. Os aparelhos de ar condicionados são constituídos por um compressor. Da mesma forma que o refrigerador. porém não utilizam a mesma substância refrigerante que o aparelho de refrigerador dom éstico.CONDICIONADO Da mesma forma que os refrigeradores. No ar condicionado. quando seu objetivo é refrigerar o ambiente. fazendo com que circule água quente ou vapor por um tubo semelhante à serpentina. O ar condicionado também tem a função de aquecer o ambiente e.8oC à pressão atmosférica o que permite sua condensação sob menores pressões que as substâncias utilizadas nos refrigeradores. . Alguns utilizam o freon 22. um condensador e um evaporador.

busca soluções em refrigeração que ofereçam mais vantagens em termos de consumo de energia e nã o agridam o meio ambiente. A indústria alimentícia. sua análise e compreensão facilitam na percepção de problemas cotidianos do referido acadêmico ou profissional. por exemplo. O surgimento de novas tecnologias de refrigeração tornou -se essencial para o desenvolvimento e a manutenção de uma gama de atividades industriais.CONCLUSÃO As Leis da Termodinâmica estão presentes no nosso dia-a-dia sem que possamos nos dar conta disso. preservação do meio ambiente e ao mesmo tempo manter a qualidade e competitividade do produto . os laticínios e a indústria de bebidas. baixo nível de ruído. . Logo. novas tecnologias e o uso de refrigerantes alternativos como. o glicol é o que as empresas procuram para ter uma solução em refrigeração com maior valor agregado. mas a mais eficiente é a de implantação de ozônio no sistema de refrigeração das áreas de produção dos alimentos. como muitos outros segmentos. os frigorí¿cos. dentre elas a indústria alimentícia em geral. É importante ressaltar que o resfriamento rápido aumenta o período de conservação do produto . O desafio para os fabricantes de equipamentos de refrigeração é oferecer uma solução que envolva baixo consumo de energia. a indústria de pescado. Portanto. Várias técnicas de eliminação de pragas são utilizadas nas indústrias alimentícias.

Acesso em: 20/11/2010 às 15:13h Disponível em: <http://www.sofisica.buscar.logic?q=Maquinas%20Termicas >. Acesso em: 20/11/2010 às 16:00h Ministério do Trabalho e Emprego. Disponível em: <http://www. Acesso em: 20/11/2010 às 14:57h Disponível em: <http://www.cursodefisica. php>.br/termica11.REFERÊNCIAS Dá um tempo.br/conteudos/Termologia/Termodinamica/ciclode.br/busca. Refrigeração Industrial por Amônia.fisicaevestibular.htm>. Máquinas Térmicas±Ciclos Termodinâmicos. Disponível em: <http://www.com. motor! .pdf >. Acesso em: 22/11/2010 às 13:18h . Alessandra.Disponível em: <http://www.br/seg_sau/pub_cne_refrigeracao.pdf >.br/curiosidades/206-uma-brevehistoria-das-maquinas-termicas>.com.ebah.fisica. Acesso em: 20/11/2010 às 15:35h COLLI.com.com.gov.net/tc/fis2g28. Acesso em: 20/11/2010 às 15:53h Disponível em: <http://www.mte.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful