Você está na página 1de 190

Angelologia - Parte I - A Doutrina Sobre

os Anjos
Parte I:

“E havendo lançado fora o homem, pôs


querubins ao oriente do jardim do Éden,
e uma espada inflamada que andava ao
redor, para guardar o caminho da árvore da
vida.” (Gn 3:24)

“2 Louvai-o, todos os seus anjos; louvai-o,


todos os seus exércitos. 3 Louvai-o, sol e
lua; louvai-o, todas as estrelas luzentes. 4
Louvai-o, céus dos céus, e as águas que
estão sobre os céus. 5 Louvem o nome do
SENHOR, pois mandou, e logo foram
criados.” (Sl 148:2-5)
Anjos são criaturas pessoais, criadas por
Cristo e confirmadas na Palavra de Deus, a
“E disse o SENHOR a Satanás:
qual os menciona aproximadamente 275
Observaste o meu servo Jó? Porque
vezes entre Gênesis e Apocalipse.
ninguém há na terra semelhante a ele,
Genesis 3:24; Psalm 148:2-5; Job 2:3;
homem íntegro e reto, temente a Deus e que
Colossians 1:16-17
se desvia do mal, e que ainda retém a sua
sinceridade, havendo-me tu incitado contra
ele, para o consumir sem causa.” (Jó 2:3)

“16 Porque nele foram criadas todas as


coisas que há nos céus e na terra, visíveis
e invisíveis, sejam tronos, sejam
dominações, sejam principados, sejam
potestades. Tudo foi criado por ele e para
ele. 17 E ele é antes de todas as coisas, e
todas as coisas subsistem por ele.” (Cl 1:16-
17
Os anjos foram criados [no primeiro dos 6 “E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis
dias da criação, sendo falsa a "Teoria da que era muito bom; e foi a tarde e a
Brecha"] antes de tudo e todos, e manhã, o dia sexto.” (Gn 1:31)
originalmente foram feitos santos e
perfeitos, mas com a capacidade de “Quando as estrelas da alva juntas
escolher se permaneceriam bons e fiéis a alegremente cantavam, e todos os filhos
Deus, ou se se tornariam maus e rebeldes de Deus jubilavam?” (Jó 38:7)
contra Deus. [Caíram depois dos 6 dias da
criação]. “Perfeito eras nos teus caminhos, desde o
Genesis 1:31; Job 38:7; Ezekiel 28:15; dia em que foste criado, até que se achou
Mark 8:38; 1Timothy 5:21; Jude 1:6 iniqüidade em ti.” (Ez 28:15)

“Porquanto, qualquer que, entre esta


geração adúltera e pecadora, se envergonhar
de mim e das minhas palavras, também o
Filho do homem se envergonhará dele,
quando vier na glória de seu Pai, com os
santos anjos.” (Mc 8:38)

“Conjuro-te diante de Deus, e do Senhor


Jesus Cristo, e dos anjos eleitos, que sem
prevenção guardes estas coisas, nada
fazendo por parcialidade.” (1Tm 5:21)

“E aos anjos que não guardaram o seu


principado, mas deixaram a sua própria
habitação, reservou na escuridão e em
prisões eternas até ao juízo daquele
grande dia;” (Jd 1:6)
“Aos quais foi revelado que, não para si
mesmos, mas para nós, eles ministravam
estas coisas que agora vos foram anunciadas
por aqueles que, pelo Espírito Santo
enviado do céu, vos pregaram o evangelho;
Os anjos têm personalidade e são criaturas para as quais coisas os anjos desejam
com vida, não são mitos, metáforas, ou bem atentar.” (1Pe 1:12)
contos de fada.:
“E, no mesmo instante, apareceu com o anjo
Eles exibem inteligência ~ 1Peter 1:12 uma multidão dos exércitos celestiais,
Eles têm emoções ~ Luke 2:13 louvando a Deus, e dizendo:” (Lc 2:13)
Eles têm uma vontade ~ 2Timothy 2:26;
Hebrews 1:6 “E tornarem a despertar, desprendendo-se
dos laços do diabo, em que à vontade dele
estão presos.” (2Tm 2:26)

“E outra vez, quando introduz no mundo o


primogênito, diz: E todos os anjos de Deus
o adorem.” (Hb 1:6)
Anjos são espíritos ~ Hebrews 1:14 “Não são porventura todos eles espíritos
Eles são imortais ~ Luke 20:36 ministradores, enviados para servir a
Eles não se reproduzem nem se casam ~ favor daqueles que hão de herdar a
Matthew 22:30 salvação?” (Hb 1:14)
Eles têm uma posição inferior à de Cristo
~ Ephesians 1:21 “Porque já não podem mais morrer; pois
Eles têm uma posição superior à do são iguais aos anjos, e são filhos de Deus,
homem ~ 2Peter 2:11 sendo filhos da ressurreição.” (Lc 20:36)

“Porque na ressurreição nem casam nem


são dados em casamento; mas serão como
os anjos de Deus no céu.” (Mt 22:30)

“Acima de todo o principado, e poder, e


potestade, e domínio, e de todo o nome
que se nomeia, não só neste século, mas
também no vindouro;” (Ef 1:21)

“Enquanto os anjos, sendo maiores em


força e poder, não pronunciam contra eles
juízo blasfemo diante do Senhor.” (2Pe
2:11)
“Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade
do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos
muitos milhares de anjos;” (Hb 12:22)
Os anjos são inumeráveis ~ Hebrews
12:22; Revelation 5:11
“E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao
redor do trono, e dos animais, e dos anciãos;
e era o número deles milhões de milhões,
e milhares de milhares,” (Ap 5:11)
“Mas o arcanjo Miguel, quando contendia
com o diabo, e disputava a respeito do
corpo de Moisés, não ousou pronunciar
juízo de maldição contra ele; mas disse: O
Senhor te repreenda.” (Jd 1:9)

“E os querubins se elevaram ao alto; estes


Eles estão organizados em diferentes são os mesmos seres viventes que vi junto
classificações, tais como: ao rio Quebar.” (Ez 10:15)

Arcanjo ~ Jude 1:9 “Tu eras o querubim, ungido para cobrir,


Querubim ~ Ezekiel 10:15; Ezekiel 28:14 e te estabeleci; no monte santo de Deus
Serafim ~ Isaiah 6:2 estavas, no meio das pedras afogueadas
Tronos, Domínios, Governantes ~ andavas.” (Ez 28:14)
Colossians 1:16
Anjos Guardiões ~ Psalm 91:11; Matthew “Serafins estavam por cima dele; cada
18:10 um tinha seis asas; com duas cobriam os
seus rostos, e com duas cobriam os seus
pés, e com duas voavam.” (Is 6:2)

“Porque nele foram criadas todas as coisas


que há nos céus e na terra, visíveis e
invisíveis, sejam tronos, sejam
dominações, sejam principados, sejam
potestades. Tudo foi criado por ele e para
ele.” (Cl 1:16)

“Porque aos seus anjos dará ordem a teu


respeito, para te guardarem em todos os
teus caminhos.” (Sl 91:11)

“Vede, não desprezeis algum destes


pequeninos, porque eu vos digo que os seus
anjos nos céus sempre vêem a face de
meu Pai que está nos céus.” (Mt 18:10)
“16 E ouvi uma voz de homem entre as
margens do Ulai, a qual gritou, e disse:
Gabriel, dá a entender a este a visão. 17 E
veio perto de onde eu estava; e, vindo ele,
me amedrontei, e caí sobre o meu rosto;
mas ele me disse: Entende, filho do
homem, porque esta visão acontecerá no
fim do tempo.” (Dn 8:16-17)

“10 ¶ E eis que certa mão me tocou, e fez


com que me movesse sobre os meus joelhos
e sobre as palmas das minhas mãos. 11 E
me disse: Daniel, homem muito amado,
entende as palavras que vou te dizer, e
levanta-te sobre os teus pés, porque a ti sou
enviado. E, falando ele comigo esta palavra,
levantei-me tremendo. 12 Então me disse:
Não temas, Daniel, porque desde o primeiro
Os anjos também trazem mensagens de
dia em que aplicaste o teu coração a
Deus ao homem ~ Daniel 8:16-17; Daniel
compreender e a humilhar-te perante o teu
10:10-21; Luke 1:19, 26
Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim
por causa das tuas palavras. ... 16 E eis que
alguém, semelhante aos filhos dos homens,
tocou-me os lábios; então abri a minha
boca, e falei, dizendo àquele que estava em
pé diante de mim: senhor meu, por causa da
visão sobre-vieram-me dores, e não me
ficou força alguma. .... 18 E aquele, que
tinha aparência de um homem, tocou-me
outra vez, e fortaleceu-me. 19 E disse:
Não temas, homem muito amado, paz
seja contigo; anima-te, sim, anima-te. E,
falando ele comigo, fiquei fortalecido, e
disse: Fala, meu senhor, porque me
fortaleceste. ... 21 Mas eu te declararei o
que está registrado na escritura da verdade;
e ninguém há que me anime contra aqueles,
senão Miguel, vosso príncipe.” (Dn 10:10-
21)
“E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu sou
Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui
enviado a falar-te e dar-te estas alegres
novas.” (Lc 1:19)

“E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel


enviado por Deus a uma cidade da
Galiléia, chamada Nazaré,” (Lc 1:26)
“E saiu do altar outro anjo, que tinha
poder sobre o fogo, e clamou com grande
voz ao que tinha a foice aguda, dizendo:
Lança a tua foice aguda, e vindima os
cachos da vinha da terra, porque já as suas
uvas estão maduras.” (Ap 14:18)

“E o terceiro anjo derramou a sua taça


Os anjos exercem poder sobre a natureza ~
nos rios e nas fontes das águas, e se
Revelation 14:18; Revelation 16:4,8,17
tornaram em sangue.” (Ap 16:4)

“E o quarto anjo derramou a sua taça


sobre o sol, e foi-lhe permitido que
abrasasse os homens com fogo.” (Ap 16:8)

“E o sétimo anjo derramou a sua taça no ar,


e saiu grande voz do templo do céu, do
trono, dizendo: Está feito.” (Ap 16:17)
“1 ¶ E depois destas coisas vi quatro anjos
que estavam sobre os quatro cantos da
terra, retendo os quatro ventos da terra,
para que nenhum vento soprasse sobre a
terra, nem sobre o mar, nem contra árvore
alguma. 2 E vi outro anjo subir do lado do
sol nascente, e que tinha o selo do Deus
vivo; e clamou com grande voz aos
quatro anjos, a quem fora dado o poder
Os anjos estarão envolvidos em efetivarem
de danificar a terra e o mar, 3 Dizendo:
os julgamentos de Deus, durante a
Não danifiqueis a terra, nem o mar, nem
vindoura tribulação ~ Revelation 7:1-3;
as árvores, até que hajamos assinalado
Revelation 8:7-13; Revelation 16:1-21
nas suas testas os servos do nosso Deus.”
(Ap 7:1-3)

“7 ¶ E o primeiro anjo tocou a sua


trombeta, e houve saraiva e fogo
misturado com sangue, e foram lançados
na terra, que foi queimada na sua terça
parte; queimou-se a terça parte das
árvores, e toda a erva verde foi
queimada. 8 E o segundo anjo tocou a
trombeta; e foi lançada no mar uma coisa
como um grande monte ardendo em fogo, e
tornou-se em sangue a terça parte do mar. 9
E morreu a terça parte das criaturas que
tinham vida no mar; e perdeu-se a terça
parte das naus. 10 E o terceiro anjo tocou a
sua trombeta, e caiu do céu uma grande
estrela ardendo como uma tocha, e caiu
sobre a terça parte dos rios, e sobre as
fontes das águas. 11 E o nome da estrela era
Absinto, e a terça parte das águas tornou-se
em absinto, e muitos homens morreram das
águas, porque se tornaram amargas. 12 E o
quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi
ferida a terça parte do sol, e a terça parte da
lua, e a terça parte das estrelas; para que a
terça parte deles se escurecesse, e a terça
parte do dia não brilhasse, e
semelhantemente a noite. 13 E olhei, e ouvi
um anjo voar pelo meio do céu, dizendo
com grande voz: Ai! ai! ai! dos que habitam
sobre a terra! por causa das outras vozes das
trombetas dos três anjos que hão de ainda
tocar.” (Ap 8:7-13)

“1 ¶ E ouvi, vinda do templo, uma grande


voz, que dizia aos sete anjos: Ide, e
derramai sobre a terra as sete taças da ira de
Deus. 2 E foi o primeiro, e derramou a
sua taça sobre a terra, e fez-se uma chaga
má e maligna nos homens que tinham o
sinal da besta e que adoravam a sua
imagem. 3 E o segundo anjo derramou a
sua taça no mar, que se tornou em sangue
como de um morto, e morreu no mar toda a
alma vivente. 4 E o terceiro anjo derramou a
sua taça nos rios e nas fontes das águas, e se
tornaram em sangue. 5 E ouvi o anjo das
águas, que dizia: Justo és tu, ó Senhor, que
és, e que eras, e santo és, porque julgaste
estas coisas. 6 Visto como derramaram o
sangue dos santos e dos profetas, também tu
lhes deste o sangue a beber; porque disto
são merecedores. 7 E ouvi outro do altar,
que dizia: Na verdade, ó Senhor Deus
Todo-Poderoso, verdadeiros e justos são os
teus juízos. 8 ¶ E o quarto anjo derramou a
sua taça sobre o sol, e foi-lhe permitido que
abrasasse os homens com fogo. 9 E os
homens foram abrasados com grandes
calores, e blasfemaram o nome de Deus,
que tem poder sobre estas pragas; e não se
arrependeram para lhe darem glória. 10 E o
quinto anjo derramou a sua taça sobre o
trono da besta, e o seu reino se fez
tenebroso; e eles mordiam as suas línguas
de dor. 11 E por causa das suas dores, e por
causa das suas chagas, blasfemaram do
Deus do céu; e não se arrependeram das
suas obras. 12 ¶ E o sexto anjo derramou a
sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua
água secou-se, para que se preparasse o
caminho dos reis do oriente. 13 E da boca
do dragão, e da boca da besta, e da boca do
falso profeta vi sair três espíritos imundos,
semelhantes a rãs. 14 Porque são espíritos
de demónios, que fazem prodígios; os quais
vão ao encontro dos reis da terra e de todo o
mundo, para os congregar para a batalha,
naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso.
15 Eis que venho como ladrão. Bem-
aventurado aquele que vigia, e guarda as
suas roupas, para que não ande nu, e não se
vejam as suas vergonhas. 16 E os
congregaram no lugar que em hebreu se
chama Armagedom. 17 ¶ E o sétimo anjo
derramou a sua taça no ar, e saiu grande voz
do templo do céu, do trono, dizendo: Está
feito. 18 E houve vozes, e trovões, e
relámpagos, e um grande terremoto, como
nunca tinha havido desde que há homens
sobre a terra; tal foi este tão grande
terremoto. 19 E a grande cidade fendeu-se
em três partes, e as cidades das nações
caíram; e da grande Babilónia se lembrou
Deus, para lhe dar o cálice do vinho da
indignação da sua ira. 20 E toda a ilha
fugiu; e os montes não se acharam. 21 E
sobre os homens caiu do céu uma grande
saraiva, pedras do peso de um talento; e os
homens blasfemaram de Deus por causa da
praga da saraiva; porque a sua praga era
mui grande.” (Ap 16:1-21)
As referências ao "Anjo do Senhor", no “1 ¶ Depois apareceu-lhe o SENHOR nos
Velho Testamento, são teofanias ou carvalhais de Manre, estando ele assentado
cristofanias, um vez que eles são referidos à porta da tenda, no calor do dia. 2 E
não apenas como anjos mas também como levantou os seus olhos, e olhou, e eis três
Deus, e/ou exercem as prerrogativas de homens em pé junto a ele. E vendo-os,
Deus. . correu da porta da tenda ao seu encontro e
Genesis 18; Genesis 32:24-30; Hosea inclinou-se à terra, 3 E disse: Meu Senhor,
12:3-5; Exodus 3:1-5; Judges 6:11-24; se agora tenho achado graça aos teus
Judges 13:2-22 olhos, rogo-te que não passes de teu
servo. 4 Que se traga já um pouco de
água, e lavai os vossos pés, e recostai-vos
debaixo desta árvore; 5 E trarei um
bocado de pão, para que esforceis o vosso
coração; depois passareis adiante,
porquanto por isso chegastes até vosso
servo. E disseram: Assim faze como
disseste. 6 E Abraão apressou-se em ir ter
com Sara à tenda, e disse-lhe: Amassa
depressa três medidas de flor de farinha, e
faze bolos. 7 E correu Abraão às vacas, e
tomou uma vitela tenra e boa, e deu-a ao
moço, que se apressou em prepará-la. 8 E
tomou manteiga e leite, e a vitela que tinha
preparado, e pós tudo diante deles, e ele
estava em pé junto a eles debaixo da árvore;
e comeram. 9 ¶ E disseram-lhe: Onde está
Sara, tua mulher? E ele disse: Ei-la aí na
tenda. 10 E disse: Certamente tornarei a
ti por este tempo da vida; e eis que Sara
tua mulher terá um filho. E Sara escutava
à porta da tenda, que estava atrás dele. 11 E
eram Abraão e Sara já velhos, e adiantados
em idade; já a Sara havia cessado o costume
das mulheres. 12 Assim, pois, riu-se Sara
consigo, dizendo: Terei ainda deleite depois
de haver envelhecido, sendo também o meu
senhor já velho? 13 E disse o SENHOR a
Abraão: Por que se riu Sara, dizendo: Na
verdade darei eu à luz ainda, havendo já
envelhecido? 14 Haveria coisa alguma
difícil ao SENHOR? Ao tempo determinado
tornarei a ti por este tempo da vida, e Sara
terá um filho. 15 E Sara negou, dizendo:
Não me ri; porquanto temeu. E ele disse:
Não digas isso, porque te riste. 16 ¶ E
levantaram-se aqueles homens dali, e
olharam para o lado de Sodoma; e Abraão
ia com eles, acompanhando-os. 17 E disse o
SENHOR: Ocultarei eu a Abraão o que
faço, 18 Visto que Abraão certamente virá a
ser uma grande e poderosa nação, e nele
serão benditas todas as nações da terra? 19
Porque eu o tenho conhecido, e sei que ele
há de ordenar a seus filhos e à sua casa
depois dele, para que guardem o caminho
do SENHOR, para agir com justiça e juízo;
para que o SENHOR faça vir sobre Abraão
o que acerca dele tem falado. 20 Disse mais
o SENHOR: Porquanto o clamor de
Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e
porquanto o seu pecado se tem agravado
muito, 21 Descerei agora, e verei se com
efeito têm praticado segundo o seu clamor,
que é vindo até mim; e se não, sabê-lo-ei.
22 Então viraram aqueles homens os rostos
dali, e foram-se para Sodoma; mas Abraão
ficou ainda em pé diante da face do
SENHOR. 23 ¶ E chegou-se Abraão,
dizendo: Destruirás também o justo com o
ímpio? 24 Se porventura houver cinqüenta
justos na cidade, destruirás também, e não
pouparás o lugar por causa dos cinqüenta
justos que estão dentro dela? 25 Longe de ti
que faças tal coisa, que mates o justo com o
ímpio; que o justo seja como o ímpio, longe
de ti. Não faria justiça o Juiz de toda a
terra? 26 Então disse o SENHOR: Se eu em
Sodoma achar cinqüenta justos dentro da
cidade, pouparei a todo o lugar por amor
deles. 27 E respondeu Abraão dizendo: Eis
que agora me atrevi a falar ao Senhor, ainda
que sou pó e cinza. 28 Se porventura de
cinqüenta justos faltarem cinco, destruirás
por aqueles cinco toda a cidade? E disse:
Não a destruirei, se eu achar ali quarenta e
cinco. 29 E continuou ainda a falar-lhe, e
disse: Se porventura se acharem ali
quarenta? E disse: Não o farei por amor dos
quarenta. 30 Disse mais: Ora, não se ire o
Senhor, se eu ainda falar: Se porventura se
acharem ali trinta? E disse: Não o farei se
achar ali trinta. 31 E disse: Eis que agora
me atrevi a falar ao Senhor: Se porventura
se acharem ali vinte? E disse: Não a
destruirei por amor dos vinte. 32 Disse
mais: Ora, não se ire o Senhor, que ainda só
mais esta vez falo: Se porventura se
acharem ali dez? E disse: Não a destruirei
por amor dos dez. 33 E retirou-se o
SENHOR, quando acabou de falar a
Abraão; e Abraão tornou-se ao seu lugar.”
(Gn 18:1-33)

“24 ¶ Jacó, porém, ficou só; e lutou com


ele um homem, até que a alva subiu. 25 E
vendo este que não prevalecia contra ele,
tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a
juntura da coxa de Jacó, lutando com ele. 26
E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu.
Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não
me abençoares. 27 E disse-lhe: Qual é o teu
nome? E ele disse: Jacó. 28 Então disse:
Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois
como príncipe lutaste com Deus e com os
homens, e prevaleceste. 29 E Jacó lhe
perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber
o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo
meu nome? E abençoou-o ali. 30 E chamou
Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque
dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a
minha alma foi salva.” (Gn 32:24-30)

“3 No ventre pegou do calcanhar de seu


irmão, e na sua força lutou com Deus. 4
Lutou com o anjo, e prevaleceu; chorou, e
lhe suplicou; em Betel o achou, e ali falou
conosco, 5 Sim, o SENHOR, o Deus dos
Exércitos; o SENHOR é o seu memorial.”
(Os 12:3-5)

“1 ¶ E apascentava Moisés o rebanho de


Jetro, seu sogro, sacerdote em Midiã; e
levou o rebanho atrás do deserto, e chegou
ao monte de Deus, a Horebe. 2 E apareceu-
lhe o anjo do SENHOR em uma chama
de fogo do meio duma sarça; e olhou, e eis
que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se
consumia. 3 E Moisés disse: Agora me
virarei para là, e verei esta grande visão,
porque a sarça não se queima. 4 E vendo o
SENHOR que se virava para ver, bradou
Deus a ele do meio da sarça, e disse:
Moisés, Moisés. Respondeu ele: Eis-me
aqui. 5 E disse: Não te chegues para cá; tira
os sapatos de teus pés; porque o lugar em
que tu estás é terra santa.” (Êx 3:1-5)

“11 ¶ Então o anjo do SENHOR veio, e


assentou-se debaixo do carvalho que está
em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e
Gideão, seu filho, estava malhando o trigo
no lagar, para o salvar dos midianitas. 12
Então o anjo do SENHOR lhe apareceu,
e lhe disse: O SENHOR é contigo,
homem valoroso. 13 Mas Gideão lhe
respondeu: Ai, Senhor meu, se o
SENHOR é conosco, por que tudo isto
nos sobreveio? E que é feito de todas as
suas maravilhas que nossos pais nos
contaram, dizendo: Não nos fez o SENHOR
subir do Egito? Porém agora o SENHOR
nos desamparou, e nos deu nas mãos dos
midianitas. 14 Então o SENHOR olhou
para ele, e disse: Vai nesta tua força, e
livrarás a Israel das mãos dos midianitas;
porventura não te enviei eu? 15 E ele lhe
disse: Ai, Senhor meu, com que livrarei a
Israel? Eis que a minha família é a mais
pobre em Manassés, e eu o menor na casa
de meu pai. 16 E o SENHOR lhe disse:
Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás
aos midianitas como se fossem um só
homem. 17 E ele disse: Se agora tenho
achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal
de que és tu que falas comigo. 18 Rogo-te
que daqui não te apartes, até que eu volte e
traga o meu presente, e o ponha perante ti. E
disse: Eu esperarei até que voltes. 19 E
entrou Gideão e preparou um cabrito e pães
ázimos de um efa de farinha; a carne pôs
num cesto e o caldo pôs numa panela; e
trouxe-lho até debaixo do carvalho, e lho
ofereceu. 20 Porém o anjo de Deus lhe
disse: Toma a carne e os pães ázimos, e
põe-nos sobre esta penha e derrama-lhe o
caldo. E assim fez. 21 E o anjo do
SENHOR estendeu a ponta do cajado, que
estava na sua mão, e tocou a carne e os pães
ázimos; então subiu o fogo da penha, e
consumiu a carne e os pães ázimos; e o anjo
do SENHOR desapareceu de seus olhos. 22
Então viu Gideão que era o anjo do
SENHOR e disse: Ah, Senhor DEUS, pois
vi o anjo do SENHOR face a face. 23
Porém o SENHOR lhe disse: Paz seja
contigo; não temas; não morrerás. 24
Então Gideão edificou ali um altar ao
SENHOR, e chamou-lhe: O SENHOR É
PAZ; e ainda até o dia de hoje está em Ofra
dos abiezritas.” (Jz 6:11-24)

“2 E havia um homem de Zorá, da tribo de


Dã, cujo nome era Manoá; e sua mulher,
sendo estéril, não tinha filhos. 3 E o anjo
do SENHOR apareceu a esta mulher, e
disse-lhe: Eis que agora és estéril, e nunca
tens concebido; porém conceberás, e terás
um filho. 4 Agora, pois, guarda-te de beber
vinho, ou bebida forte, ou comer coisa
imunda. 5 Porque eis que tu conceberás e
terás um filho sobre cuja cabeça não passará
navalha; porquanto o menino será nazireu
de Deus desde o ventre; e ele começará a
livrar a Israel da mão dos filisteus. 6 Então
a mulher entrou, e falou a seu marido,
dizendo: Um homem de Deus veio a mim,
cuja aparência era semelhante de um anjo
de Deus, terribilíssima; e não lhe perguntei
donde era, nem ele me disse o seu nome. 7
Porém disse-me: Eis que tu conceberás e
terás um filho; agora pois, não bebas vinho,
nem bebida forte, e não comas coisa
imunda; porque o menino será nazireu de
Deus, desde o ventre até ao dia da sua
morte. 8 ¶ Então Manoá orou ao SENHOR,
e disse: Ah! Senhor meu, rogo-te que o
homem de Deus, que enviaste, ainda venha
para nós outra vez e nos ensine o que
devemos fazer ao menino que há de nascer.
9 E Deus ouviu a voz de Manoá; e o anjo de
Deus veio outra vez à mulher, e ela estava
no campo, porém não estava com ela seu
marido Manoá. 10 Apressou-se, pois, a
mulher, e correu, e noticiou-o a seu marido,
e disse-lhe: Eis que aquele homem que veio
a mim o outro dia me apareceu. 11 Então
Manoá levantou-se, e seguiu a sua mulher, e
foi àquele homem, e disse-lhe: És tu aquele
homem que falou a esta mulher? E disse: Eu
sou. 12 Então disse Manoá: Cumpram-se as
tuas palavras; mas qual será o modo de
viver e o serviço do menino? 13 E disse o
anjo do SENHOR a Manoá: De tudo quanto
eu disse à mulher guardará ela. 14 De tudo
quanto procede da videira não comerá, nem
vinho nem bebida forte beberá, nem coisa
imunda comerá; tudo quanto lhe tenho
ordenado guardará. 15 ¶ Então Manoá disse
ao anjo do SENHOR: Ora deixa que te
detenhamos, e te preparemos um cabrito. 16
Porém o anjo do SENHOR disse a Manoá:
Ainda que me detenhas, não comerei de teu
pão; e se fizeres holocausto o oferecerás ao
SENHOR. Porque não sabia Manoá que era
o anjo do SENHOR. 17 E disse Manoá ao
anjo do SENHOR: Qual é o teu nome,
para que, quando se cumprir a tua
palavra, te honremos? 18 E o anjo do
SENHOR lhe disse: Por que perguntas
assim pelo meu nome, visto que é
maravilhoso? 19 Então Manoá tomou um
cabrito e uma oferta de alimentos, e os
ofereceu sobre uma penha ao SENHOR: e
houve-se o anjo maravilhosamente,
observando-o Manoá e sua mulher. 20 E
sucedeu que, subindo a chama do altar para
o céu, o anjo do SENHOR subiu na chama
do altar; o que vendo Manoá e sua mulher,
caíram em terra sobre seus rostos. 21 E
nunca mais apareceu o anjo do SENHOR a
Manoá, nem a sua mulher; então
compreendeu Manoá que era o anjo do
SENHOR. 22 E disse Manoá à sua
mulher: Certamente morreremos,
porquanto temos visto a Deus.” (Jz 13:2-
22)

Phil V.

Traduzido por Valdenira N. de Menezes Silva.

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até
a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da
Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa,
na Reforma, como o Textus Receptus).

(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)

Angelologia - Parte II - A Doutrina Sobre


Satanás e seus Demônios
“12 Como caíste desde o céu, ó Lúcifer,
filho da alva! Como foste cortado por
terra, tu que debilitavas as nações! 13 E
tu dizias no teu coração: Eu subirei ao
céu, acima das estrelas de Deus exaltarei
o meu trono, e no monte da congregação
me assentarei, aos lados do norte. 14
Subirei sobre as alturas das nuvens, e
serei semelhante ao Altíssimo. 15 E
contudo levado serás ao inferno, ao mais
profundo do abismo.” (Is 14:12-15
tradução da KJB)

“12 Filho do homem, levanta uma


lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe:
Assim diz o Senhor DEUS: Tu eras o selo
da medida, cheio de sabedoria e perfeito
em formosura. 13 Estiveste no Éden,
jardim de Deus; de toda a pedra preciosa
era a tua cobertura: sardónia, topázio,
Satanás já foi um lindo anjo de Deus,
diamante, turquesa, ónix, jaspe, safira,
criado em santidade e em perfeição, mas
carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se
também com uma vontade capaz de
faziam os teus tambores e os teus pífaros;
desobediência a Deus, e caiu de sua
no dia em que foste criado foram
posição original.
preparados. 14 Tu eras o querubim,
Isa 14:12 - 15; Eze 28:12 - 19; Luc 10:18
ungido para cobrir, e te estabeleci; no
monte santo de Deus estavas, no meio
das pedras afogueadas andavas. 15
Perfeito eras nos teus caminhos, desde o
dia em que foste criado, até que se achou
iniqüidade em ti. 16 Na multiplicação do
teu comércio encheram o teu interior de
violência, e pecaste; por isso te lancei,
profanado, do monte de Deus, e te fiz
perecer, ó querubim cobridor, do meio das
pedras afogueadas. 17 Elevou-se o teu
coração por causa da tua formosura,
corrompeste a tua sabedoria por causa
do teu resplendor; por terra te lancei,
diante dos reis te pus, para que olhem para
ti. 18 Pela multidão das tuas iniqüidades,
pela injustiça do teu comércio profanaste os
teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de
ti um fogo, que te consumiu e te tornei em
cinza sobre a terra, aos olhos de todos os
que te vêem. 19 Todos os que te conhecem
entre os povos estão espantados de ti; em
grande espanto te tornaste, e nunca mais
subsistirá.” (Ez 28:12-19 ACF)

“E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio,


cair do céu.” (Lc 10:18 ACF)

“Revesti-vos de toda a armadura de Deus,


para que possais estar firmes contra as
astutas ciladas do diabo.” (Ef 6:11 ACF)

“Por isso alegrai-vos, ó céus, e vós que


neles habitais. Ai dos que habitam na terra
e no mar; porque o diabo desceu a vós, e
tem grande ira, sabendo que já tem
pouco tempo.” (Ap 12:12 ACF)

“E o dragão irou-se contra a mulher, e


Satanás é uma criatura espiritual viva, foi fazer guerra ao remanescente da sua
possuindo personalidade. semente, os que guardam os mandamentos
- Ele tem inteligência - Efé 6:11 de Deus, e têm o testemunho de Jesus
- Ele tem emoção - Apo 12:12,17 Cristo.” (Ap 12:17 ACF)
- Ele tem vontade - Isa 14:13; 14; 2Ti 2:26
“13 E tu dizias no teu coração: Eu
subirei ao céu, acima das estrelas de
Deus exaltarei o meu trono, e no monte
da congregação me assentarei, aos lados
do norte. 14 Subirei sobre as alturas das
nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.”
(Is 14:13-14 ACF)

“E tornarem a despertar, desprendendo-se


dos laços do diabo, em que à vontade dele
estão presos.” (2Tm 2:26 ACF)

O caráter de Satanás é revelado através “Mas temo que, assim como a serpente
de muitos nomes que são dados nas enganou Eva com a sua astúcia, assim
Escrituras. Alguns destes nomes são: também sejam de alguma sorte
- Serpente "astuta" - 2Co 11:3 corrompidos os vossos sentidos, e se
- Diabo "acusador" [também é caluniador] - apartem da simplicidade que há em Cristo.”
Apo 12:9 (2Co 11:3 ACF)
- Satanás "o adversário" - 1Pe 5:8
- Príncipe [governante, dominador] - João “E foi precipitado o grande dragão, a
12:31 antiga serpente, chamada o Diabo, e
- Príncipe - Efé 2:2 Satanás, que engana todo o mundo; ele
- Dragão - Apo 12:3 foi precipitado na terra, e os seus anjos
- Tentador - 1Te 3:5 foram lançados com ele.” (Ap 12:9 ACF)
- O Deus deste século - 2Co 4:4
- O maligno - 1Jo 5:19 “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo,
- Lúcifer - Isa 14:12 ["Lúcifer" significa "o vosso adversário, anda em derredor,
portador ou refletidor da luz". Este era seu bramando como leão, buscando a quem
nome antes da sua queda, mas não mais o possa tragar;” (1Pe 5:8 ACF)
é. "Lúcifer" é a tradução correta e adotada
pela melhor tradução jamais feita, a King “Agora é o juízo deste mundo; agora será
James Bible (e por várias outras boas expulso o príncipe deste mundo.” (Jo
traduções), é uma pena que todas as Bíblias 12:31 ACF)
em português tenham algo como "estrela
matutina", que é título exclusivo do nosso “Em que noutro tempo andastes segundo o
Salvador] curso deste mundo, segundo o príncipe
das potestades do ar, do espírito que agora
opera nos filhos da desobediência.” (Ef 2:2
ACF)

“E viu-se outro sinal no céu; e eis que era


um grande dragão vermelho, que tinha
sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas
cabeças sete diademas.” (Ap 12:3 ACF)

“Portanto, não podendo eu também esperar


mais, mandei-o saber da vossa fé, temendo
que o tentador vos tentasse, e o nosso
trabalho viesse a ser inútil.” (1Ts 3:5 ACF)

“Nos quais o deus deste século cegou os


entendimentos dos incrédulos, para que
lhes não resplandeça a luz do evangelho da
glória de Cristo, que é a imagem de Deus.”
(2Co 4:4 ACF)

“Sabemos que somos de Deus, e que todo o


mundo está no maligno.” (1Jo 5:19 ACF)

“12 Como caíste desde o céu, ó Lúcifer,


filho da alva! Como foste cortado por
terra, tu que debilitavas as nações!” (Is
14:12 tradução da KJB)

“1 ¶ Então foi conduzido Jesus pelo


Espírito ao deserto, para ser tentado pelo
diabo. 2 E, tendo jejuado quarenta dias e
O objetivo de Satanás é tentar frustrar ou quarenta noites, depois teve fome; 3 E,
impedir os planos e os propósitos de Deus. chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és
Mat 4:1 - 11; João 13:21 - 30; Atos 5:1 - o Filho de Deus, manda que estas pedras se
11 tornem em pães. 4 Ele, porém,
respondendo, disse: Está escrito: Nem só
de pão viverá o homem, mas de toda a
palavra que sai da boca de Deus. 5 Então o
diabo o transportou à cidade santa, e
colocou-o sobre o pináculo do templo, 6 E
disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te
de aqui abaixo; porque está escrito: Que
aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E
tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca
tropeces em alguma pedra. 7 Disse-lhe
Jesus: Também está escrito: Não tentarás o
Senhor teu Deus. 8 Novamente o
transportou o diabo a um monte muito alto;
e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e
a glória deles. 9 E disse-lhe: Tudo isto te
darei se, prostrado, me adorares. 10 Então
disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque
está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás,
e só a ele servirás. 11 Então o diabo o
deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o
serviam.” (Mt 4:1-11 ACF)

“21 Tendo Jesus dito isto, turbou-se em


espírito, e afirmou, dizendo: Na verdade,
na verdade vos digo que um de vós me há
de trair. 22 Então os discípulos olhavam
uns para os outros, duvidando de quem ele
falava. 23 Ora, um de seus discípulos,
aquele a quem Jesus amava, estava
reclinado no seio de Jesus. 24 Então Simão
Pedro fez sinal a este, para que perguntasse
quem era aquele de quem ele falava. 25 E,
inclinando-se ele sobre o peito de Jesus,
disse-lhe: Senhor, quem é? 26 Jesus
respondeu: É aquele a quem eu der o
bocado molhado. E, molhando o bocado, o
deu a Judas Iscariotes, filho de Simão. 27
E, após o bocado, entrou nele Satanás.
Disse, pois, Jesus: O que fazes, faze-o
depressa. 28 E nenhum dos que estavam
assentados à mesa compreendeu a que
propósito lhe dissera isto. 29 Porque, como
Judas tinha a bolsa, pensavam alguns que
Jesus lhe tinha dito: Compra o que nos é
necessário para a festa; ou que desse
alguma coisa aos pobres. 30 E, tendo Judas
tomado o bocado, saiu logo. E era já noite.”
(Jo 13:21-30 ACF)

“1 ¶ Mas um certo homem chamado


Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu
uma propriedade, 2 E reteve parte do preço,
sabendo-o também sua mulher; e, levando
uma parte, a depositou aos pés dos
apóstolos. 3 Disse então Pedro: Ananias,
por que encheu Satanás o teu coração,
para que mentisses ao Espírito Santo, e
retivesses parte do preço da herdade? 4
Guardando-a não ficava para ti? E,
vendida, não estava em teu poder? Por que
formaste este desígnio em teu coração?
Não mentiste aos homens, mas a Deus. 5 E
Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e
expirou. E um grande temor veio sobre
todos os que isto ouviram. 6 E, levantando-
se os moços, cobriram o morto e,
transportando-o para fora, o sepultaram. 7
E, passando um espaço quase de três horas,
entrou também sua mulher, não sabendo o
que havia acontecido. 8 E disse-lhe Pedro:
Dize-me, vendestes por tanto aquela
herdade? E ela disse: Sim, por tanto. 9
Então Pedro lhe disse: Por que é que entre
vós vos concertastes para tentar o Espírito
do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que
sepultaram o teu marido, e também te
levarão a ti. 10 E logo caiu aos seus pés, e
expirou. E, entrando os moços, acharam-na
morta, e a sepultaram junto de seu marido.
11 E houve um grande temor em toda a
igreja, e em todos os que ouviram estas
coisas.” (At 5:1-11 ACF)

“43 E, quando o espírito imundo tem saído


do homem, anda por lugares áridos,
buscando repouso, e não o encontra. 44
Então diz: Voltarei para a minha casa, de
onde saí. E, voltando, acha-a desocupada,
varrida e adornada. 45 Então vai, e leva
consigo outros sete espíritos piores do
Satanás tem muitos camaradas do seu que ele e, entrando, habitam ali; e são os
exército para ajudar-lhe em seu trabalho últimos atos desse homem piores do que
maligno, eles são chamados demônios ou os primeiros. Assim acontecerá também a
espíritos imundos. esta geração má.” (Mt 12:43-45 ACF)
Mat 12:43; Luc 8:27
“E, quando desceu para terra, saiu-lhe ao
encontro, vindo da cidade, um homem que
desde muito tempo estava possesso de
demônioS, e não andava vestido, nem
habitava em qualquer casa, mas nos
sepulcros.” (Lc 8:27 ACF)

Eles são os anjos caídos, isto é, que não “Porque, se Deus não perdoou aos anjos
permaneceram obedientes a Deus mas, ao que pecaram, mas, havendo-os lançado no
contrário, alinharam-se ao lado de Satanás inferno, os entregou às cadeias da
durante sua rebelião, pecando contra o escuridão, ficando reservados para o juízo;”
Deus vivo. (2Pe 2:4 ACF)
2Pe 2:4; Jud 6; Apo 12:3,7
“E aos anjos que não guardaram o seu
principado, mas deixaram a sua própria
habitação, reservou na escuridão e em
prisões eternas até ao juízo daquele grande
dia;” (Jd 1:6 ACF)

“E viu-se outro sinal no céu; e eis que era


um grande dragão vermelho, que tinha
sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas
cabeças sete diademas.” (Ap 12:3 ACF)

“E houve batalha no céu; Miguel e os seus


anjos batalhavam contra o dragão, e
batalhavam o dragão e os seus anjos;” (Ap
12:7 ACF)

“E eis que clamaram, dizendo: Que temos


nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste
aqui atormentar-nos antes do tempo?”
(Mt 8:29 ACF)
Os demônios são criaturas espirituais que
possuem personalidade e as Escrituras “Tu crês que há um só Deus; fazes bem.
lhe atribuem: Também os demônios o crêem, e
- Inteligência. Mat 8:29 estremecem.” (Tg 2:19 ACF)
- Emoção - Tia 2:19
- Vontade - Luc 8:32 “E andava ali pastando no monte uma vara
de muitos porcos; e rogaram-lhe que lhes
concedesse entrar neles; e concedeu-lho.”
(Lc 8:32 ACF)

Os demônios ajudam Satanás através de “Mas o Espírito expressamente diz que nos
fazerem a falsificação da verdadeira últimos tempos apostatarão alguns da fé,
adoração e do verdadeiro a Deus, através dando ouvidos a espíritos enganadores, e
de: a doutrinas de demônios;” (1Tm 4:1
- Falsa Doutrina - 1Ti 4:1; 2Ti 4:3,4 ACF)
- Falsos Evangelhos - 2Co 11:4; Gal 1:6-8
- Falsos Cristos - 2Co 11:4; 1Jo 2:18 “3 Porque virá tempo em que não
- Milagres Falsos/Enganadores - Êxo 7:10- suportarão a sã doutrina; mas, tendo
12; 2Te 2:9; Apo 13:13 comichão nos ouvidos, amontoarão para
- Uma forma [aparência externa, sem si doutores conforme as suas próprias
realidade interna] de Piedade - Mat 23:27- concupiscências; 4 E desviarão os
28; 2Ti 3:5 ouvidos da verdade, voltando às
- Falsos Apóstolos - 2Co 11:13-15 fábulas.” (2Tm 4:3-4 ACF)

“Porque, se alguém for pregar-vos outro


Jesus que nós não temos pregado, ou se
recebeis outro espírito que não
recebestes, ou outro evangelho que não
abraçastes, com razão o sofrereis.” (2Co
11:4 ACF)

“6 ¶ Maravilho-me de que tão depressa


passásseis daquele que vos chamou à
graça de Cristo para outro evangelho; 7
O qual não é outro, mas há alguns que
vos inquietam e querem transtornar o
evangelho de Cristo. 8 Mas, ainda que nós
mesmos ou um anjo do céu vos anuncie
outro evangelho além do que já vos tenho
anunciado, seja anátema.” (Gl 1:6-8 ACF)

“Porque, se alguém for pregar-vos outro


Jesus que nós não temos pregado, ou se
recebeis outro espírito que não
recebestes, ou outro evangelho que não
abraçastes, com razão o sofrereis.” (2Co
11:4 ACF)

“Filhinhos, é já a última hora; e, como


ouvistes que vem o anticristo, também
agora muitos se têm feito anticristos, por
onde conhecemos que é já a última
hora.” (1Jo 2:18 ACF)

“10 Então Moisés e Arão foram a Faraó, e


fizeram assim como o SENHOR ordenara;
e lançou Arão a sua vara diante de Faraó, e
diante dos seus servos, e tornou-se em
serpente. 11 E Faraó também chamou os
sábios e encantadores; e os magos do
Egito fizeram também o mesmo com os
seus encantamentos. 12 Porque cada um
lançou sua vara, e tornaram-se em
serpentes; mas a vara de Arão tragou as
varas deles.” (Êx 7:10-12 ACF)

“A esse cuja vinda é segundo a eficácia de


Satanás, com todo o poder, e sinais e
prodígios de mentira,” (2Ts 2:9 ACF)

“E faz grandes sinais, de maneira que até


fogo faz descer do céu à terra, à vista dos
homens.” (Ap 13:13 ACF)

“27 Ai de vós, escribas e fariseus,


hipócritas! pois que sois semelhantes aos
sepulcros caiados, que por fora
realmente parecem formosos, mas
interiormente estão cheios de ossos de
mortos e de toda a imundícia. 28 Assim
também vós exteriormente pareceis justos
aos homens, mas interiormente estais
cheios de hipocrisia e de iniqüidade.” (Mt
23:27-28 ACF)

“Tendo aparência de piedade, mas


negando a eficácia dela. Destes afasta-
te.” (2Tm 3:5 ACF)

“13 Porque tais falsos apóstolos são


obreiros fraudulentos, transfigurando-se em
apóstolos de Cristo. 14 E não é maravilha,
porque o próprio Satanás se transfigura em
anjo de luz. 15 Não é muito, pois, que os
seus ministros se transfigurem em
ministros da justiça; o fim dos quais será
conforme as suas obras.” (2Co 11:13-15
ACF)

“Mas temo que, assim como a serpente


enganou Eva com a sua astúcia, assim
também sejam de alguma sorte
corrompidos os vossos sentidos, e se
apartem da simplicidade que há em
Cristo.” (2Co 11:3 ACF)
Satanás e os demônios são opositores de
todos os crentes verdadeiros e “10 ¶ No demais, irmãos meus, fortalecei-
continuamente trabalham de encontro [em vos no Senhor e na força do seu poder. 11
oposição] a eles . Revesti-vos de toda a armadura de Deus,
Os Crentes, entretanto, são protegidos pelo para que possais estar firmes contra as
soberania de Deus e pela armadura que Ele astutas ciladas do diabo. 12 Porque não
deu a cada crente. temos que lutar contra a carne e o sangue,
2Co 11:3; Efé 6:10-18; 2Te 3:3; Tia 4:7; mas, sim, contra os principados, contra as
1Pe 5:7-10 potestades, contra os príncipes das trevas
deste século, contra as hostes espirituais da
maldade, nos lugares celestiais. 13
Portanto, tomai toda a armadura de Deus,
para que possais resistir no dia mau e,
havendo feito tudo, ficar firmes. 14 Estai,
pois, firmes, tendo cingidos os vossos
lombos com a verdade, e vestida a couraça
da justiça; 15 E calçados os pés na
preparação do evangelho da paz; 16
Tomando sobretudo o escudo da fé, com o
qual podereis apagar todos os dardos
inflamados do maligno. 17 Tomai também
o capacete da salvação, e a espada do
Espírito, que é a palavra de Deus; 18
Orando em todo o tempo com toda a oração
e súplica no Espírito, e vigiando nisto com
toda a perseverança e súplica por todos os
santos,” (Ef 6:10-18 ACF)

“Mas fiel é o Senhor, que vos confirmará,


e guardará do maligno.” (2Ts 3:3 ACF)

“Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao


diabo, e ele fugirá de vós.” (Tg 4:7 ACF)

“7 Lançando sobre ele toda a vossa


ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.
8 ¶ Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo,
vosso adversário, anda em derredor,
bramando como leão, buscando a quem
possa tragar; 9 Ao qual resisti firmes na
fé, sabendo que as mesmas aflições se
cumprem entre os vossos irmãos no
mundo. 10 ¶ E o Deus de toda a graça, que
em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna
glória, depois de haverdes padecido um
pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará,
confirmará, fortificará e fortalecerá.” (1Pe
5:7-10 ACF)

“E disse o SENHOR a Satanás: Eis que


tudo quanto ele tem está na tua mão;
somente contra ele não estendas a tua
mão. E Satanás saiu da presença do
SENHOR.” (Jó 1:12 ACF)

Satanás e seus demônios são limitados no “E disse o SENHOR a Satanás: Eis que ele
que eles podem fazer. está na tua mão; porém guarda a sua
Jó 1:12; Jó 2:6; Luc 8:32 vida.” (Jó 2:6 ACF)

“E andava ali pastando no monte uma vara


de muitos porcos; e rogaram-lhe que lhes
concedesse entrar neles; e concedeu-lho.”
(Lc 8:32 ACF)
“E será que naquele dia o SENHOR
castigará os exércitos do alto nas alturas,
e os reis da terra sobre a terra.” (Is 24:21
ACF)

“Então dirá também aos que estiverem à


sua esquerda: Apartai-vos de mim,
malditos, para o fogo eterno, preparado
para o diabo e seus anjos;” (Mt 25:41
Ao final, eles serão punidos e destruídos ACF)
(serão tornados em ruína inúteis) de acordo
com o julgamento assegurado a eles pela “Agora é o juízo deste mundo; agora será
morte e ressurreição de Cristo. Eles serão expulso o príncipe deste mundo.” (Jo 12:31
confinados eternamente no Lago do Fogo. ACF)
Isa 24:21; Mat 25:41; João 12:31; Col
2:15; Apo 20:10 “E, despojando os principados e potestades,
os expôs publicamente e deles triunfou em
si mesmo.” (Cl 2:15 ACF)

“E o diabo, que os enganava, foi lançado


no lago de fogo e enxofre, onde está a besta
e o falso profeta; e de dia e de noite serão
atormentados para todo o sempre.” (Ap
20:10 ACF)

Phil V.

Traduzido por Valdenira N. de Menezes Silva,

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a
edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma
(Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como
o Textus Receptus).

(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)
Maravilhas de Gênesis 6

Os Filhos de Deus – O arrependimento de Deus – A


origem dos demônios – Os 120 anos

Autor: Alexander da Silva Vasconcelos

São Luís/MA

Os Filhos de Deus – O arrependimento de Deus – A origem dos demônios – Os 120


anos

Alexander da Silva Vasconcelos∗

“Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele. Nada acrescentes
às suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado mentiroso”.[1]

Provérbios 30:5, 6

“Abre tu os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua lei”.[2]

Salmo 119:18
Com estes imperativos em mente vamos analisar a passagem da Bíblia de Gênesis 6:1-
12.

Quando os filhos de Deus tomaram para si as filhas dos homens algo de muito grave
aconteceu. Quem eram eles?

Em todas as outras referências no Antigo Testamento onde aparece a expressão “filhos


de Deus” sempre se referem aos anjos (Jó 1:6, 2:1, 38:7; Dn 3:25). Aqui é diferente?
Vejamos:

O que nos diz Judas a esses respeito?


Está explícito em Judas 6-8 que o pronome demonstrativo “AQUELE” no v. 7
claramente se refere aos anjos do v. 6, dizendo-nos que os habitantes de Sodoma e
Gomorra se entregaram a fornicação como os anjos.

Alegar que a palavra grega neste caso do v. 7 deva ser traduzida por “ESTES” (como
acontece nos outros 6 casos de sua aparição: vv. 8,10,12,14,16 e 19), significando que
Judas se referiu aos “homens ímpios” do v.4, é um grave erro de sintaxe. Leia o v. 7
com o pronome “ESTES” e depois leia o v. 8 e veja se não é confuso!!!

Se Judas falava dos “homens ímpios” (v.4) no v. 7, por que o v. 8 começa com a frase
“E, contudo, também este”?

A conjunção “contudo” liga os exemplos do vv. 5, 6 e 7 com os “homens ímpios” a que


Judas se refere exatamente com a idéia de adversidade ou seja, apesar dos exemplos
registrados na história bíblica de condenação de hereges, os “homens ímpios” do v. 4
ainda assim repetem os mesmos pecados. Se eles são mencionados no v. 7 por que
Judas usou esta conjunção?

Observamos ainda o uso da partícula de inclusão “TAMBÉM” que só seria necessária


se Judas NÃO estivesse mencionando os “homens ímpios” anteriormente no v. 7. Judas
o faz exatamente para AGORA, no v. 8., contabilizá-los no grupo dos ímpios
anteriormente exemplificados.

Ainda perguntamos: onde encaixar os “semelhantemente adormecidos” do v. 8? Os


“homens ímpios” do v. 4 seriam semelhantes a eles mesmos já que foram supostamente
mencionados no v. 7?!!!

Se Judas se referisse aos “homens ímpios” do v. 4 no v. 7, o v. 8 começaria assim:


“Estes são adormecidos, contaminam sua carne, ...”. Mas não começa!!!

Sobre Judas basta!!!

Dizer que os anjos não tem sexo é sem fundamento bíblico. Em Mateus 22:30 (e Mc
12:34-35 e Lc 20:34-36) Jesus não diz que os anjos não têm sexo. Ele diz que nós (os
salvos) seremos como os anjos de Deus NO CÉU.[3] Quando estão aqui na Terra os
anjos adquirem forma humana: corpo e aparência.
Em favor dessa conclusão basta ler Gênesis 18 e 19 (em especifico 18:1-3, 16, 22 e
19:1) onde 2 anjos se “materializam” juntamente com Deus, COMEM[4] uma refeição
com Abrão e vão até Sodoma tirar Ló de lá.[5] Também vemos em Hebreus 13:2 Paulo
dizendo-nos que não devemos esquecer a hospitalidade “porque por ela alguns, NÃO o
sabendo, hospedaram anjos”. Para que nós não reconheçamos um anjo é necessário que
ele assuma forma humana.

Ainda podemos mencionar como evidência que os anjos têm sexo a referência a eles por
palavras de gênero masculino, inclusive substantivos próprios (nomes): vide “ o
HOMEM Gabriel” em Dn 9:21 e “o ANJO Gabriel” em Lc 1:26; vide Dn 10:13,21;
12:1; Jd 9; Ap 12:7 (relacionados ao arcanjo Miguel), bem como chamamos a atenção
para o fato de que até em visões os anjos tem aparência humana , de homem (ver Ez 8 e
9; Dn 10 e 12).[6]

Fato comprovado, voltemos ao texto em questão.

No versículo 4 temos uma frase muito intrigante: “ e também depois”. Conclui-se que
havia alguns homens (filhos de homens com mulheres) pré-diluvianos de grande
estatura; fato este, apesar de existente, pela estrutura do versículo (parte a) percebe-se
não ser fato corriqueiro mas exceções, assim como casos específicos após o dilúvio (ver
Nm 13:32;33 e Dt 3)[7] e alguns raríssimos casos que acontecem ainda hoje.[8]
Contudo, percebe-se que a parte b do versículo 4 deixa claro que as relações entre
mulheres e anjos produziam com grande freqüência, como sendo característico desta
relação, gigantes. Além disso, somente do fruto dessa relação, anjos e mulheres, é que
Moisés nos diz que surgiram “os valentes que houve na antigüidade, os homens de
fama”, comprovado pelo emprego do pronome demonstrativo ESTES no início da parte
c do versículo em questão.

O que de tão grave resultou dessa relação para que Deus decretasse “o fim de toda
carne” ?(v. 13)

Devo ao amigo Wilbur Pickering a resposta: “Sabemos através da medicina moderna


que cada ser humano leva nas veias o sangue do pai, não da mãe, de sorte que a raça
mista mencionada em Gênesis 6:4 levava sangue demoníaco, não humano nas veias; e
sabemos através do Texto Sagrado que o espírito humano é transmitido pelo esperma do
homem, de sorte que aquela raça mista havia perdido o espírito humano, e
presumivelmente a ‘imagem de Deus’ também. Se Satanás tivesse conseguido
corromper todo mundo, teria sido impossível o nascimento do Messias, o segundo
Adão, e Gênesis 3:15 não poderia se cumprir.” [9]

Podemos objetar que não houve uma perda total da ‘imagem de Deus’ por parte da
descendência da relação anjos e mulheres em decorrência da presença do óvulo
feminino[10] nessa relação, motivo pelo qual Deus continua a referir-se a esses
descendentes como ‘homens’ (v. 4, 5, 6, 7).

Quão longe Satanás chegou!!!

Por que então Deus não destruiu tudo e começou do zero? Porque empenhara sua
palavra a Adão fazendo-lhe uma promessa.
Por que fizera tal promessa? “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu
Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.
(Jo 3:16)

Logo, Deus teria de resolver esse problema , até porque “Deus não é homem, para que
minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria?
Ou falaria, e não o confirmaria?” (Nm 23:19).[11]

Daí decorre que o emprego do verbo arrepender-se em Gn 6:6 deve ser entendido como
tristeza profunda e não mudança de planos, senão Deus destruiria a todos sobre a face
da terra sem preservar a ninguém, mas foi exatamente o que Ele não fez. E não o fez por
AMOR (Mt 12:33).

Surge desse incidente ainda uma pergunta: Por que Satanás não tentou outra investida
como esta após o dilúvio?

Resposta: Porque Deus não o permitiu. Como foi que Deus fez isso (frustrou outra
investida satânica até o presente momento)?

Quem nos conta como isso foi feito são Pedro e Judas:

“Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no
inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo”. II Pe
2:4

“O julgamento que se seguiu ao pecado dos anjos incluiu o seu lançamento no inferno
(tartaros; II Pe 2:4), acorrentados na escuridão, e o seu juízo no dia futuro. O uso da
palavra ‘cadeias’ dá a impressão de que seus movimentos são restritos,... As palavras
‘lançado no inferno’ (tartaroo) é um particípio no tempo aoristo e poderia ser traduzido
‘os tartarizando’, portanto é a sua condição e não o seu lugar de habitação que é
mencionada”.[12]

“E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria
habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande
dia”. Jd 5

O castigo de Deus foi reservar os anjos caídos na escuridão sendo as prisões eternas a
incapacidade de se materializar.

É isto mesmo que eu estou afirmando biblicamente!!! Esta é a origem dos


demônios.[13]

Ofereço como argumentação filosófica o seguinte: sabemos que dentro do escopo da


Filosofia (não da Teologia) que todo ser humano tem (ou deveria ter) pelo menos 3
tipos de liberdade: liberdade de ir e vir (locomoção); liberdade de falar o que pensa
(expressão) e liberdade de refletir sobre sua realidade (consciência ou pensamento).[14]

Quando um bandido é preso e colocado no presídio, é-lhe vedado a liberdade de


locomoção.
Durante a ditadura militar no Brasil foram criados diversos organismos (DOPS, SNI) e
até leis (AI-5) para suprimir a liberdade de expressão do povo (em especial dos
estudantes).

Ainda mais profunda é a ALIENAÇÃO, prisão sem muros, onde grande parte da
sociedade está “enclausurada” pelo excesso de “desinformação” com que é
bombardeada diariamente pela mídia, onde os fatos não são apenas apresentados, mas
manipulados para que se pense e propague o que os donos do poder desejam.

Entretanto, quantos foram e são privados de sua liberdade de locomoção e continuaram


livres em suas consciência e expressão. Apresento como exemplo Jonh Bunyan.

Concluí-se que existem vários tipos de prisão, e no caso específico dos anjos caídos essa
prisão seria a impossibilidade de se materializar ou seja, eles ficaram presos em ‘corpos’
imateriais.

Eis o porquê da necessidade da possessão demoníaca HOJE, pois sem corpos, os


demônios não podem atuar em nosso mundo ‘como se fossem humanos’ (materializar),
necessitando de corpos 100% humanos (usados com consentimento dos humanos).[15]

Este é o motivo desse incidente não se repetir até o presente momento ( relações entre
anjos e mulheres) pois, mesmo quando os demônios possuem uma pessoa humana, o
corpo dessa pessoa continua humano, e mesmo que o possesso tenha relações sexuais e
engravide uma humana, o fruto dessa relação continua 100% humano.

Para corroborar essas evidências, e também confirmar biblicamente o “arquiteto” desse


grande ataque, analisemos Apocalipse 12.

Nos versículos 1 e 2 fala-se de “um grande sinal no céu: uma mulher...” que claramente
se identifica com a nação de Israel.[16] Existe um personagem que interage com a
mulher e dentro do contexto da descrição desta personagem (vv. 3 e 4) é que o apóstolo
João nos faz revelações surpreendentes.

“E viu-se outro sinal no céu; e eis que era um grande dragão vermelho...”. Nota-se que
nesta visão João nos mostra o dragão SOZINHO. De repente “a sua cauda levou após si
a terça parte das estrelas DO CÉU” e para provar que “ Deus não é Deus de confusão” e
que “nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação”, pergunto: onde foi
que as estrelas do céu foram parar? O dragão “lançou-as sobre a terra”. Não é uma
incrível coincidência com Gn 6:1,2?!

Observe agora os versículos 7 a 9, onde o Dragão não está mais sozinho mas com “OS
SEUS ANJOS”. Quem mais seriam estes senão a terça parte das estrelas do céu
mencionada no versículo 3?[17]

Analisemos ainda a similaridade de procedimentos de Satanás em sua investida contra


Eva e em sua investida em Gn 6:1,2, onde lemos “VIRAM os filhos de Deus que as
filhas dos homens eram formosas”. Satanás, “que engana todo o mundo”, também
enganou os anjos. Assim como Eva “VIU que aquela árvore era boa para se comer, e
agradável aos olhos...”, os anjos VIRAM também. E Satanás com a “sua cauda levou
após si” Eva também.[18]
Por fim, por que só a terça parte das estrelas do céu? Porque também há decretos de
Deus quanto à eleição de anjos (I Tm 5:21).

Ainda dentro do texto em análise, resta-nos uma pergunta a ser respondida: o que
significam os 120 anos de Gênesis 6:3?

Existem 2 respostas. Uma delas nos diz que daquele momento em diante os homens
passariam a ter como expectativa de vida ao nascerem 120 anos. O que de fato a Bíblia
nos mostra?

Em primeiro lugar, depois do dilúvio muitas pessoas viveram mais de 120 anos, apesar
das drásticas mudanças climáticas pós-diluvianas. Por exemplo, Noé viveu 350 após o
dilúvio. Mas pode-se alegar que Noé era pré-diluviano, favorecido pela estrutura do
mundo naquela época. Tudo bem!!! Mas como explicar a lista de Gênesis 11? E Abraão
que nasceu 350 anos após o dilúvio e viveu 175 anos (Gn 25:7). E Sara que viveu 127
(Gn 23:1)? E Isaque que viveu 180 (Gn 35:28)? E Jacó que viveu 147 (Gn 47:28)? José
é o primeiro a ser mencionado na Bíblia a morrer de velhice com menos de 120 anos
(Gn 50:26), isto já sendo 713 anos[19] após o dilúvio.

Em segundo lugar, apesar de Moisés ter vivido 120 anos e “os seus olhos nunca se
escureceram, nem perdeu o seu vigor” (Dt 34:7) ele já observava que “os dias de nossa
vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela robustez, chagam a oitenta anos, o orgulho
deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando” (Sl 90:10), evidenciando
não mostrar relacionamento entre Gn 6:6 com expectativa de vida das pessoas a partir
daquele momento (senão Moisés falaria 120 anos e não 80 anos no Sl 90:10). O próprio
destaque em Dt 34:7 demonstra que esta situação [de viver 120 anos] não era
corriqueira nos tempos de Moisés, mas exceção.

Conclui-se que a derrocada da expectativa de vida após o dilúvio ocorreu de forma


gradativa em decorrência das catástrofes geomorfoclimáticas provocadas pelo
dilúvio[20] e não estão relacionadas ao que Deus disse em Gn 6:3.

A segunda resposta nos diz que esses 120 anos representariam o tempo decorrente entre
o chamado de Noé (Gn 6:13,14) e sua entrada na arca (Gn 7:6,13,16).

O “gargalo” que nos incomoda nesta resposta é que Noé tinha 500 anos quando gerou
Sem, Cão e Jafé (Gn 5:32) e tinha 600 anos quando entrou na arca (Gn 6:6,11), sendo
que nos surge a pergunta: onde se encaixam os 20 anos de diferença que faltam? A
resposta está na correta compreensão do caráter missionário de Deus. Vejamos:

Tanto em João 1:1-18 (especialmente os versículos 10 e 11) quanto Romanos 11:11-36


(especialmente os versículos 30 e 31) vemos que Deus tem adotado até agora 3 métodos
para lidar com os humanos:

1º) Rm 11:30a: revelação (comunicação) direta com todos humanos (ler Jó 21:7, 13-15;
22:15-17; Gn 3:8,9; 12:1; 16:7-14; 18:1-33; 20:1-18; 31:24; Ex 3:1-22; 20:1, 18-21; Nm
22:8-13...). Este método vigorou de Adão até o pleno estabelecimento do Estado de
Israel. De Abraão até Moisés percebe-se o período de transição entre o 1º e o 2º
método;[21]
2º) Rm 11:30b-31a: Deus lida diretamente só com Israel, usando-o como nação
sacerdotal a favor dos povos (Gn 12:1-3). Através das maravilhas que Deus operava em
Israel e a seu favor, Ele atraía os outros povos (gentios) à Si (Ex 7:1-5; 9:18-21; Js 2:1-
24; 9:8-11, 21-27...). Este método vigorou desde a saída do Egito (Ex 4:22) até a
descida do Espírito Santo para habitar permanentemente nos crentes em Jesus (At 2).

3º) Rm 11:31a-31b: Deus lida diretamente com ambos (judeus e gentios) através de
pessoas regeneradas e habitadas pelo Espírito Santo, proclamando o evangelho (Rm
1:1-17). O método agora é nós, os crentes, irmos através do poder do Espírito Santo a
toda criatura (At 1:8; Mc 16:15; Mt 28:18-20). A compreensão do papel de Jesus como
missionário medianeiro entre o 2º e 3º métodos está explicitada em Rm 15:1-13.[22]

Tudo isso foi escrito como preâmbulo para se provar que os 120 anos dizem respeito ao
período entre o chamado de Noé e o dilúvio. Atentando para o 1º método,
encontraremos a chave para a compreensão desta afirmativa. Observe a seguinte
pergunta: será que Deus já havia se pronunciado antes do chamado de Noé a respeito da
destruição do mundo pré-diluviano?

Se a resposta for positiva, estaremos provando que o chamado de Noé está ligado a
essas revelações de Deus a seus servos pré-diluvianos, não sendo o nascimento de seus
3 filhos o ponto de referência cronológico para o seu chamado.

Para obtermos a resposta a essa pergunta, recorremos novamente aos autores acima
citados, onde eles citam a análise bíblica feita por Arthur Walkington Pink de Gênesis 5
como referência. Vejamos:

“E certo que os homens crentes daquela época deveriam ter bom testemunho que
revelasse sua fé no Salvador. A conduta desses homens deveria ser bem marcante.
Arthur Pink, em seu livro ‘Gleanings in Genesis’ comenta a história de Enoque e
Matusalém, Gn 5:21-27, sugerindo que, tirando-se todas as pontuações do versículo 22,
pois era a escrita no original, verifica-se que Deus fora ao encontro de Enoque quando
lhe nascera Matusalém e desse encontro se originou o nome de seu filho, cujo
significado é: quando morrer virá ou Matusalém.[23] Judas, na sua epístola, fala de
Enoque, como proclamador da segunda vinda do Messias à geração que viveu antes
dilúvio. ‘Andou Enoque com Deus’ daquele momento em diante e foi arrebatado antes
do dilúvio (v.24).[24] O mesmo também faz um cálculo matemático com respeito à
validade da revelação de Deus: o v. 25 diz que Matusalém gerou Lameque quando tinha
a idade de 187 anos. No v. 28, afirma que com 182 anos Lameque gerou Noé. Logo
quando nasceu Noé, Matusalém tinha 369 anos, que é a soma de 187 mais 182. O
dilúvio começou quando Noé atingiu a idade de 600 anos (Gn 7:11), portanto,
Matusalém deveria ter alcançado a idade de 969 anos e morrido, ou seja a soma de 369
mais 600 anos. Nesse ano de vida de Noé, Deus cumprira a revelação que dera a Enoque
fazendo de Matusalém uma testemunha viva de que, antes do juízo vir, seria muito
longânimo e misericordioso.[25] Através de Matusalém poderiam controlar a época do
juízo. Quando morrer virá... o dilúvio. Por outro lado, quem foi em busca de Noé? Hb
11:4-7 diz literalmente que Noé foi movido a construir uma arca por temor à revelação
recebida. Em Gn 6:9-22 é Deus (Elohim), o Deus de compromisso, contemplando a
criação. ‘Assim fez Noé; conforme a tudo o que Deus (Elohim) lhe mandou, assim o
fez’, por compromisso. Deus ama a raça e tem um compromisso com toda a criação,
preservando-a [Hb 1:1-3; II Pe 3:7-12]. Aqui não é Deus convidando Noé para crer
n’Ele e sim Deus se revelando a um que já era crente. Aparentemente Noé não se
mostra surpreso com aquele modo de Deus se revelar a ele, sendo tal atividade normal
entre eles [comparar com Is 6]. No cap. 7:1 é o Senhor (Jeová) que fala a Noé: aqui é
Jeová julgando e é Jeová salvando também.[26]

Com o acima exposto e comparando com Jó 21:13-15 e 22:15-17 vemos que desde
Enoque Deus decretara o fim da raça pré-diluviana. Isto explica também as palavras de
Lameque que “este ( referindo-se a Noé) nos consolará acerca de nossas obras e do
trabalho de nossas mãos, por causa da terra que o SENHOR amaldiçoou” (Gn 5:29).

Amaldiçoou com que? “com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Espinhos e
cardos também, produzir-te-á...”? Não. Porque se fosse à maldição de Gn 3:17-19 que
Lameque estivesse se referindo então Deus falhou, pois até hoje elas existem. Logo
concluímos que Lameque se refere à profecia revelada a Enoque, sendo o “consolo de
nossas obras” o cumprimento de tudo que os “crentes” daquela época haviam pregado.

Concluímos que o chamado de Noé está intimamente relacionado com as revelações de


Deus aos seus servos pré-diluvianos. Logo, Deus chamou Noé quando ele tinha 480
anos.
Como assim?! E Gn 6:18? No chamado de Noé, Deus lhe revelou que somente sua
família, que ele ainda haveria de constituir futuramente (vinte anos depois falando de
filhos, não do casamento especificamente)[27], é que entrariam na arca, sendo que esta
revelação coincide cronologicamente com a queda dos anjos (que foi a “gota d’água” na
depravação do mundo pré-diluviano), bem caracterizado pelo emprego do advérbio
ENTÃO tanto em Gn 6:3 quanto em Gn 6:13, caracterizando-os como concomitantes,
não havendo relação com o nascimento dos filhos de Noé.[28]

Para concluir, gostaria de fazer duas observações:

A primeira é que a Bíblia é inspirada inerrante por Deus, preservada inerrante por Deus,
suficiente[29] e a sua autoridade se estende por todos os assuntos em que se pronuncia,
quer seja Teologia propriamente dita quer seja Biologia, Física, Química, Matemática,
História, Geografia...[30]

Aprendi enquanto escrevia este artigo que não devemos fazer como alguns, que quando
são perguntados sobre assuntos “cinzentos” (como criacionismo X evolucionismo,
aborto, eutanásia, bebidas alcoólicas,...) dizem “a Bíblia nada fala a respeito disso” ou
“muito pouco se diz sobre este assunto” ou “a Bíblia não tem a intenção de ser um livro
científico” ou..., como se Deus não fosse capaz de se expressar com clareza, concisão e
objetividade nem se expressar sobre outro assunto que não fosse “teologia pura”.

O que de fato devemos dizer é “humildemente falando, em decorrência de minhas


imperfeições (natureza pecaminosa, finitude de compreensão,...), pouco sei o que Deus
nos diz em Sua Palavra sobre este assunto. Preciso ler mais a Bíblia, orar por
discernimento e dedicar mais tempo para pesquisar”.

Nós é que somos imperfeitos, pecaminosos, dispersivos, prolixos,... e não o nosso Deus
nem a Sua Palavra (Dn 9:7,8; Pv 30:5,6).
A segunda observação é que quando Adão pecou, ele morreu espiritualmente MESMO,
e todos nós herdamos isso dele (Rm 3:23; 5:12; I Co 15:21a,22a). De fato, o pecado nos
arruinou por completo, e precisamos ter consciência disso e abandonar a idéia de que
nós podemos buscar a Deus pelos nossos esforços ou por auto-conscientização de
nossos pecados (Rm 3:9-18), pois as únicas coisas que fazemos de fato é deixar o
manancial de águas vivas e cavar cisternas rotas (Jr 2:13), sendo isso plenamente
perceptível já nos primeiros capítulos de Gênesis.

Em Gn 3 vemos mentiras, rebeldia, arrogância, dureza de coração. Em Gn 4 vemos


assassinatos, prostituição, bigamia, violência. Em Gn 6 Deus já diz a respeito do homem
que “toda imaginação de pensamentos de seu coração era SÓ MÁ
CONTINUAMENTE”.

Este artigo tem por finalidade analisar este contexto terrível em que caiu a humanidade,
pois escatologicamente falando, Jesus nos manda atentar para os dias de Noé,
revelando-nos que “como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do
homem”. (Mt 24:37-39; Lc 17:26,27)[31]

Reitero, não foi um tropeço, mas uma queda mortal o que aconteceu no Éden!!! (Rm
5:12; Rm 3). E para não enveredarmos pelo mesmo caminho dos homens de Gênesis 6,
e desta vez sermos destruídos pelo fogo (II Pe 3), nós precisamos nos humilhar perante
Deus, sentir nossas misérias, lamentar e chorar (Tg 4:1-10). Precisamos reconhecer que
não buscamos o bem e não há nada de bom em nós (Is 64:6; Rm 3), que a salvação vem
SOMENTE do Senhor Jesus (At 4:10-12), que é Ele quem nos escolhe (Jo 6:37-
40,44,63-65; 15:16; Ef 1:3-14), que é somente pela graça que somos salvos (Ef 2:8,9),
que até nosso arrependimento e nossa fé são concessões divinas (At 11:18; Rm 2:3,4; II
Tm 2:24-26; Fl 1:29,30) e as boas obras praticadas pelos salvos são feitas porque Deus
as “preparou para que andássemos nelas” (Ef 2:10).

Só assim procedendo é que veremos o quanto somos carentes da graça de Deus e


oraremos como Isaías e Daniel oraram:

“Por que, ó SENHOR, nos fazes errar teus caminhos? Por que endureces o nosso
coração, para que não te temamos? Volta, por amor dos teus servos, às tribos da tua
herança”. Is 63:17

“Inclina, ó Deus meu, os teus ouvidos, e ouve; abre os teus olhos, e olha para a nossa
desolação, e para a cidade que é chamada pelo teu nome, porque não lançamos as
nossas súplicas perante a tua face fiados em nossas justiças, mas em tuas muitas
misericórdias. Ó Senhor, ouve; ó Senhor perdoa; ó Senhor, atende-nos e age sem tardar;
por amor de ti mesmo, ó Deus meu; porque a tua cidade e o teu povo são chamados pelo
teu nome”. Dn 9:18,19

Amém!!!

Concluído em 21/09/2003

Última revisão em 10/2004


[1] Utilizamos como tradução da Bíblia Sagrada para escrever este artigo a Edição Corrigida e Revisada
Fiel ao Texto Original (ACF) da Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil (SBTB) porque é a única a
traduzir para o Português os textos (Texto Massorético – Velho Testamento e Textus Receptus – Novo
Testamento sem nenhuma mistura com o Texto Crítico) que Deus prometeu que não só inspiraria
inerrante como também preservaria inerrante até o seu retorno a este mundo como Rei e Juiz (ver I Cr
16:14,15; Sl 11:3; 12:6,7; 19:7-10; 33:11; 100:5; 102:12; 105:7,8; 111:7,8; 119:89,152,160; 138:2; Is
40:6-8; 59:19-21; Mt 4:4; 5:17,18; 24:35; Lc 4:4; 16:17; 21:33; Jo 12:46-49 ; I Ts 2:13; I Pe 1:23-25; Ap
22:18,19), e que de fato tem cumprido (para detalhes técnicos e análise histórica que comprovam que
Deus tem cumprido o que prometeu ver: www.solascriptura-tt.org e www.esgm.org ). E também
utilizamos esta tradução porque ela utiliza o único método de tradução sancionado por Deus através da
própria Bíblia Sagrada: o método da Equivalência Formal ou seja, traduzir palavra por palavra buscando-
se na língua que se esta traduzindo a palavra que tem o mesmo ou o mais aproximado significado das
palavras nas línguas originais hebraico, aramaico e grego; e se necessário acrescentar algumas palavras
para completar o significado, fato este devido a diferenças gramaticais, destacá-las no texto para que o
leitor saiba que não estão no original. Traduzir por Equivalência Dinâmica ou seja, traduzir o pensamento
de Deus, a “verdadeira” mensagem que Ele queria dizer em qualquer parte da Bíblia que estejamos lendo,
além de ser uma audácia à mente Divina, como se Deus não soubesse ou não pudesse se expressar com
clareza, concisão e objetividade, logo “precisando da ajuda” de tradutores, é principalmente contrário ao
que é outorgado por Deus em Sua Santa Palavra ( ver Dt 12:32; Pv 30:5,6; Ec 3:14,15; Is 55:6-11 com Sl
94:7-11; bem como as 404 vezes no VT onde aparece a expressão “Assim diz o Senhor” e as 14 vezes no
NT onde aparece a expressão “diz o Senhor” ao invés de “estes são os pensamentos do Senhor” ou “isto
é o que o Senhor queria dizer” (para maiores detalhes ver os sites acima citados).

[2] A não ser que esteja EXPLICITAMENTE recomendado, a citação de um livro não configura
aprovação do livro ou do autor, mas sim que naquele ponto do livro, à luz da Palavra de Deus, aquele
comentário é bíblico. Devemos sempre proceder como ordena a Bíblia (Is 8:19,20; Jo 5:39; At 17:10-12; I
Ts 5:21).

[3] Ver: Peter S. Ruckman, PhD. Gênesis 6, In: Série de Comentários para Cristãos Bíblicos. (encontrado
no site http://asverdades.vilabol.uol.com.br/index.htm, link “Os Filhos de Deus”).

[4] Para verificarmos a relevância deste ato basta lermos Lc 24:36-49, onde Jesus, para provar que tinha
um corpo (claro que corpo ressurrecto, mas isso não invalida esta analogia) “tomou e comeu” o favo de
mel e o peixe a Ele apresentados.

[5] Acrescentar o testemunho de Juizes 13, onde o anjo do SENHOR só não comeu o cabrito oferecido
por Manoá, porque Manoá não ofereceu essa refeição como gesto de adoração e gratidão ao Deus Jeová,
mas como se este “homem de Deus” fosse um deus poderoso. Manoá só o reconheceu como anjo do
SENHOR quando este assumiu corpo espiritual.

[6] Em todas as referências da Bíblia Sagrada sobre anjos, ela os apresenta como sendo do sexo
masculino e sem asas. Favor verificar as 289 referências a anjo(s) e as 129 referências a asa(s) na Bíblia
Sagrada.

[7] Em especial atentar para o tamanho da cama de Ogue: cerca de 4m de comprimento por 1,8m de
largura. Inclusive pelo fato de ser citada como prova da vitória de Israel sobre os GIGANTES. Este é o
motivo (ou pelos menos um dos motivos) pelo qual seja raríssimo encontrar gigantes hoje em dia (vv. 11
e 13). Maiores detalhes ver: PFEIFFER, Charles F. e HARRISON, Everett F. ed. Comentário Bíblico
Moody (São Paulo: IBR, 1986), Págs. 169, 170.

[8] “... no programa Globo Repórter da Rede Globo de televisão, exibido em 18/02/2000, foi entrevistado
o homem mais alto do Brasil. O nome dele é Denis Albino, 26 anos. Devido a um distúrbio hormonal,
media 2,27 metros de altura e calçava 54”. J. Pedro M. Almeida, in “Glen Rose – Texas: evidências de
homens e dinossauros contemporâneos” (artigo no site www.baptistlink.com/creationists).
[9] Wilbur Pickering, PhD. In: PATÓGENOS – ORIGEM E SOLUÇÃO, nota de rodapé 3 (Artigo enviado
em comunicação pessoal).

[10] Esta doutrina bíblica chama-se teologicamente de TRADUCIANISMO (lat. Tradux, ramo ou broto)
que diz que herdamos de nossos pais tanto o corpo quanto a alma/espírito. (comparar Gn 1:26 com 5:3; vt
Gn 1:11, 12, 20-25, 28; 46:26; Sl 51:5; Jo 1:12, 13; Hb 7:4-10; referências quanto a solidariedade da raça
humana e o pecado do 1º homem: Rm 5:12-14; I Co 15:21, 22; Ef 2:1-3). Opõe-se a esta doutrina a teoria
de que Deus cria cada alma individualmente no momento em que lhe dá um corpo, conhecida como
criacionismo (citam em sua defesa Ec 12:7; Is 42:5; Zc 12:1; Hb 12:9). Não confundir com o debate
Criação X Evolução, não tem nenhum paralelo. Para uma análise mais detalhada sobre o assunto:
ELWELL, Walter A. ed. Enciclopédia Histórico-Teológica da Igreja Cristã. (São Paulo: Vida Nova,
1990), verbetes ALMA e HOMEM, DOUTRINA DO (nem tudo escrito nestes verbetes é bíblico.
Cuidado!). Para uma interpretação correta das passagens citadas em defesa do criacionismo da alma ver:
DAGG, John L. Manual de Teologia (São Paulo: Fiel, 1998), págs. 126-130.

[11] Sob hipótese alguma estamos dizendo que Deus foi “pego de surpresa”, pois Ele é soberano e tudo
decretou antes da fundação do mundo (Sl 33:6-11; Is 14:24-27; 46). O que estamos fazendo ao escrever
este artigo é que, rogando ao Espírito Santo que retire o véu de nossos olhos (desvelar, I Jo 2:25-29),
possamos compreender no registro bíblico o que Deus decretou e fez, pois “... todos os moradores da terra
são reputados em nada, e segundo a sua vontade ele opera COM O EXÉRCITO DO CÉU e os moradores
da terra; não há quem possa estorvar a sua mão, e lhe diga: que fazes?” (Dn 4:35). Maiores informações
ver: FALCÃO, Samuel. Predestinação. (São Paulo: Casa Editora Presbiteriana, 1989), págs. 27-55
(publicado hoje com o nome “Escolhidos em Cristo”).

[12] McSHANE, Albert e GOODING, A. M. S. Comentário Ritchie do Novo Testamento, vol. 15 (São
Paulo: Edições Cristãs e Shalom Publicações, 1996), pág. 214. (Apesar desta citação, infelizmente o autor
deste livro, por razões sem evidência bíblica ou até mesmo histórica, que sempre se harmoniza com a
exposição bíblica (Pv. 21:30) discorda da análise aqui exposta. Ver págs. 177-179 e 213-215).

[13] O Fruto da relação anjos e mulheres morreu no dilúvio (II Pe 2:5).

[14] A Bíblia nos diz que o homem sem Deus sempre é escravo do pecado (ler Rm. 3) até que Deus o
liberte (ler Ef. 2:1-10). Contudo isto não invalida a argumentação proposta, pois a Filosofia se encontra
dentro do escopo da natureza caída do homem, onde de fato a argumentação é verdadeira.

[15] Analisar as cerca de 61 referências a demônio(s) e 49 a Satanás na Bíblia Sagrada.

[16] Para provas bíblicas irrefutáveis de que a mulher é a nação de Israel ver: PENTECOST, J. Dwight.
Manual de Escatologia ( São Paulo: Editora Vida, 1998), pás 306 – 311.

[17] Para provar o uso da palavra ESTRELA(S) na Bíblia em referência a anjos também, e não
exclusivamente a corpos com luz própria no universo, conferir: Jó 38:1-8; Is 14:10-15; Dn 8:8-11; Ap
1:20 (mesmo que neste caso anjo possa se referir ao pastor da igreja).

[18] Afirmo categoricamente que a Bíblia deixa claro que a origem dos demônios aconteceu após a
criação, especificamente em Gn 6, não sendo um acontecimento concomitante com a origem de Satanás,
que foi antes de Gn 6. Se alguém encontrar versículos na Bíblia que provem o contrário, por favor enviar-
me: iquitus@click21.com.br.

[19] “Jacó gerou José quando tinha 91 anos de idade. Sabemos isto ao comparar várias partes de Gênesis.
José compareceu perante Faraó com 30 anos de idade (Gn 41:46). Jacó veio ao Egito nove anos depois
(sete anos de fartura mais dois anos de fome, Gn 45:6). Nesta ocasião ele tinha 130 anos (Gn 47:9) e José,
39 (30 + 9). Portanto, Jacó tinha 91 anos quando José nasceu (130-39)”. (William Waterson, responsável
pela Editora Sã Doutrina, www.sadoutrina.com , fraternalmente fez esta pesquisa e nos enviou por e-
mail)

[20] Para maiores detalhes sobre as catástrofes provocadas pelo dilúvio ver: MORRIS, Henry M. Criação
ou Evolução (São Paulo: Editora Fiel, 1974), págs. 53-83 e ABOU-RAHME, Farid. E disse Deus... (São
Paulo: Shalom Publicações, 2000), págs. 93-118. Ou acessar www.criacionismo.com;
www.solascriptura-tt.org. (altamente recomendados)

[21] Para não confundir revelação com salvação como se estivéssemos falando a respeito de 3 métodos de
salvar, tenho a dizer sobre a salvação: a salvação sempre foi pela fé. De Adão na fé de que Deus dizia a
verdade sobre a árvore do conhecimento do Bem e do Mal, atuando assim como seu Salvador (ver Gn
1:26,27; 2:15-17; 3:11 comparar com Jo 1:1-5 e Hb 1:1-3). De Adão até Jesus a salvação foi pela fé na
vinda do Salvador, cumprindo a promessa feita em Gn 3:15 (Mt 3:8-12; Jo 8:51-59; Rm 2; 3:9, 21-31;
4:10-16; Hb 11:13-16, 36-40). De Jesus até os novos céus e terra a salvação é pela fé de que Jesus é de
fato nosso Salvador (Rm 10:8-10). Concluímos: a salvação sempre foi e é pela fé nO Salvador, o Senhor
Jesus Cristo.

[22] Resumido e adaptado de: BRENNAN, Robert J. e CORREA, David R. D. Profecias Messiânicas
(São Paulo: editado pelos autores, 1989) págs. 53-57. Reitero em dizer que nada do acima exposto
significa mudança de planos por parte de Deus. Tudo foi decretado antes da fundação do mundo e
claramente registrado na Bíblia. Leia-a!

[23] Na verdade, é possível ter esta compreensão mesmo lendo em uma tradução, desde que seja por
equivalência formal do Texto Massorético, como a nossa Almeida Corrigida Fiel (SBTB).

[24] Discordamos dos autores neste ponto, pois a profecia proferida por Enoque refere-se às pessoas de
seu tempo, dada a ele no tempo do nascimento de seu filho Matusalém. Judas a emprega como analogia
(sendo ao todo 5 analogias relacionadas ao VT em sua curta epístola) aos homens ímpios dos quais Judas
descrevia o comportamento, similar ao da época pré-diluviana (Jd 5-8), comprovado pelo uso do advérbio
TAMBÉM no v. 14.

[25] Neste ponto, mesmo sabendo do debate sobre Judas 9, se citação ou alusão ao livro apócrifo
Assunção de Moisés, que acreditamos que ainda será provado não ter NENHUMA relação entre ambos
também, podemos dizer enfaticamente pela compreensão da origem dos demônios e do caráter
missionário de Deus, que nem Pedro (II Pe 2:4) nem Judas (Jd 6,14,15) citam ou aludem a obra apócrifa
de I Enoque. E daí? E daí que podemos continuar usando como um dos fortes argumentos bíblicos contra
as alegações da Igreja Católica pela inclusão dos apócrifos no Velho Testamento que nem Jesus nem os
apóstolos nem os demais escritores do Novo Testamento citam NENHUM dos apócrifos nas mais de 350
referências que fazem ao Antigo Testamento. Maiores detalhes sobre a rejeição bíblica dos apócrifos ver:
www.solascriptura-tt.org, links sobre Bíblia.

[26] Idem, págs. 57-60, também resumido e adaptado. Para leitura dos comentários de Arthur W. Pink ver
www.pbministries.org.

[27] Não seria preciso necessariamente existir os filhos de Noé para que Deus se pronunciasse a ele
mencionando-os. Para comprovar este modo de proceder de Deus, vejamos o caso de Abrão, onde Deus
lhe prometeu que seria “uma grande nação” sem que Sara nem sequer estivesse grávida, sendo na verdade
que além de estéril, Sara já havia entrado na menopausa (Gn 18:11). Similar também é o caso de Isaque
(Gn 25:19-23).

[28] Mais um motivo para o nome de Noé estar na galeria de Hebreus 11, onde no v. 7 diz “... para
salvação da sua família”, não porque ela já existisse mas porque Deus assim lhe revelou!!!

[29] Sobre a suficiência das Escrituras Sagradas ver: Is 8:19,20; Lc 1:1-4; Jo 20:30,31; Rm 1:16,17; Gl
1:8; II Tm 3:16,17; I Pe 1:1-25 (especificamente vv. 11 e 12); II Pe 3:15,16; I Jo 1:1-4; 5:13; Ap
22:18,19.

[30] A Bíblia é um livro científico sim! Para provas bíblico-científicas irrefutáveis ver os livros de
MORRIS e ABOU-RAHME e os sites já mencionados. Veja também: www.impacto.org/abpc e
www.alfabetizacaopelabiblia.com.br.

[31] Para confirmar a repetição de Gn 6:1-12 no contexto da 2ª vinda de Jesus Cristo ver: Dn 2:40-43 e
Ap 12:7-12.
* Alexander da Silva Vasconcelos tem 24 anos e é muito bem casado com a
bacharelanda em Pedagogia Liang Ramos Jansen de Melo Vasconcelos e pai da
pequena “rainha” Ester (de 4 meses), morando em São Luís/MA; é filho do Pastor José
Luiz dos Santos Vasconcelos e da Educadora Cristã Ruth da Silva Vasconcelos; é
membro há 12 anos da Igreja Batista Nova Vida, onde atualmente é líder do
Departamento de Evangelismo e Missões – DEPEM; é bacharelando em Administração
pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA.

Revisão do texto: Mary Schultze

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a
edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma
(Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como
o Textus Receptus).

Os anjos santos querubins arcanjos e serafins, a queda de lúcifer diabo satanás, os anjos caídos principados poderes tronos dominações e
autoridades, possessão demoníaca, inferno tártaro

5. ANGELOLOGIA
(A DOUTRINA DOS ANJOS)
Pr. Lúcio Pires

INTRODUÇÃO
A doutrina dos anjos, é fundamentalmente o estudo dos ministros da
providência de Deus ( são os agentes especiais de Deus ). Como em toda
doutrina, há uma negligência muito grande desta, nas igrejas e entre os
Teólogos, que chega a ser verdadeira rejeição. Considerado pelos estudiosos
contemporâneos como a mais notável e difícil das matérias. Marco da
implantação de grandes seitas e heresias, do mundo atual.
.VEJAMOS TRÊS ASPECTOS DE NEGLIGÊNCIA DESTA DOUTRINA:

Primeiro. Desde a antigüidade, os gnósticos prestavam adoração aos anjos


(Cl 2:18); depois então, na Idade Média, com as crenças absurdas dos rituais
de bruxarias com culto aos anjos, e agora em nossos dias, os estudos
cabalísticos personalizados no meio esotérico e místico, ensinam novamente o
culto aos anjos, por meio de bruxos sofisticados e modernos. Sabendo que
antes de tudo, a existência e ministério dos anjos são fartamente ensinados nas
escrituras, por isso, não podemos negligenciar os ensinamentos sagrados.

Segundo. A evidência de possessão demoníaca e adoração a demônios de


forma veemente em nossos dias. O apóstolo Paulo parece travar grande luta
com a grande idolatria que considerava adoração a demônios ( I Co.10:19-21
). Nos últimos dias, esta adoração aos demônios e a ídolos deve aumentar
bastante (Apc.9:20-21 G.Trib.). A negligência deixa de existir para dar lugar à
um crescente pensamento sobre o assunto, especialmente do lado do mal. Não
podemos negligenciar tal doutrina.

Terceiro. A prática acentuada do espiritismo que crescerá assustadoramente


nos últimos dias, conduzindo homens, mulheres e crianças a profundos
caminhos de trevas e cegueira espiritual ( I Tm.4:1-2 ). E ainda a obra de
satanás e dos espíritos maléficos, atrapalhando o progresso da graça em
nossos próprios corações e a obra de Deus no mundo ( Ef. 6:12 ).

Deveríamos querer saber mais e mais dos ensinamentos


sagrados para podermos estar firmes contra as astutas
ciladas deste inimigo derrotado, Satanás, o anjo caído. (
Rm.16:20; Ap.12:7-9; 20:1-10).

Dividiremos o assunto de Angelologia em dois capítulos:


1o Cap.– A ORIGEM, A NATUREZA E A QUEDA DOS
ANJOS.
2oCap.- A CLASSIFICAÇÃO, E O DESTINO DOS
ANJOS.
10 Capítulo
A ORIGEM, A NATUREZA E A QUEDA DOS
ANJOS.
5.1. - A ORIGEM DOS ANJOS.
Os anjos não existem desde a eternidade, eles foram criados por Deus no
momento de sua criação ( Ne.9:6 - Sl.148:2; Cl.1:16 ). A bíblia não indica
com precisão em que parte foram criados, mas podemos entender que isso
deve Ter acontecido imediatamente após Ter criado os céus e antes de Ter
criado a terra, segundo podemos ver em Jó 38:4-7 – Gn.1:1; 2:1. Não
podemos também definir número, mas sabemos que um "exercito"
compreende grande quantidade, uma 1"legião" compreende um número
grandioso ( Dn.7:10; Mt.26:53; Hb.12:22 ). Deus certamente criou todos de
uma só vez, pois os anjos não tem capacidade de propagar-se como o homem
( Mt.22:30 ).

A palavra original correspondente no grego é ( α γ γ ε λ ο ζ = angelos ), é


usado tanto para mensageiros humanos ( I Rs.19:2; Lc.7:24 e 9:52 ), quanto
divinos.

5.1. a - EXPRESSÕES USADAS PARA SE REFERIR AOS ANJOS:


2
• Filhos de Elohim{Deus}( Jó.1:6 e 2:1; Sl.29:1; 89:6).

• Santos ( Sl.89:5-7 ).
• Vigias ( Dn.4:13, 17, 23 ).
3
• Espíritos ( Hb.1:14 ).
• Principados, poderes, tronos, dominações e autoridades ( Cl.1:16;
Rm.:38; I Co.15:24; Ef.6:12; Cl.2:15 ).
• Arcanjos ( I Ts.4:16 e Jd.9 ).

5.1. b - COLETIVOS USADOS PARA OS ANJOS:


• Congregação/ assembléia ( Sl.89:6,7 )
• Hostes/ Senhor das hostes ( Lc.2:13; Ef.6:12; Hb.12:22 )

5.1. c- TESTEMUNHOS À ORIGEM E EXISTENCIA DOS ANJOS:


• Cristo comprovou a existência dos anjos ( Jo.1:51 ).
• O Apóstolo Paulo também testemunhou ( Gl.1:8 ).
• O próprio Satanás falou dos anjos ( Mat.4:6 ).
• O Apóstolo João falou mais de 60 vezes no livro de Apc. ( Apc.1:1 ).

Anjos, então, foram comprovados pelos escritores da Bíblia e pelo próprio


Jesus Cristo, como sendo reais. Apesar de toda confusão de todos os tempos,
não podemos negligenciar esta grande doutrina – Angelologia.
1
"LEGIÃO OU TROPA" – ENTRE OS ROMANOS CONSTAVA APROXIMADAMENTE 6000
HOMENS.

2
"FILHOS DE DEUS" -ENFATIZA SUA CRIAÇÃO POR DEUS ( CL.1:16 ).

3
"ESPÍRITOS" - ENFATIZA SUA NATUREZA INCORPÓREA.

5.1.1.- O PROPÓSITO DE SUA ORIGEM:


• Os anjos foram criados para darem glória , honra e ações de graça a
Deus.
• Os anjos foram criados para adorarem a Cristo ( Hb.1:6 )
• Foram criados para cumprirem os propósitos de Deus:

• O ARCANJO: - Proteção de Israel ( Dn.12:1 ).


• -Luta contra Satanás ( Judas 9; Apc.12:7 ).
• -Anuncia a Vinda de Cristo ( I Tess.4:16 ).

o OS QUERUBINS guardam o trono de Deus ( Ez.10:1-4 )4.
o OS SERAFINS se preocupam com a adoração a Deus perante o
Seu Santo Trono ( Is.6:2-7 )
o AS DIFERENTES ORDENS de anjos, assistem a Deus em sua
obra Soberana ( Col.1:16 e 2:10; Ef.1:21 e 3:10 )5.

5.2. - A NATUREZA DOS ANJOS.

5.2.a.- NÃO SÃO SERES HUMANOS GLORIFICADOS6


(Hb.12:22,23):

• SÃO SERES ESPIRITUAIS –Incorpóreos ( Hb.1:14 ). Não tem


corpo físico, mas podem assumir forma corpórea ( Gn.18:19 ).
(Sl.104:4; Hb 1:7; Ef.6:2; Mt.8:16; 12:45; Lc.7:21; Apc.16:14 ).

• SÃO IMORTAIS –Os anjos não estão sujeitos à dissolução: nunca


morrem. A imortalidade dos anjos se deriva de Deus e depende de Sua
vontade. Os anjos são isentos da morte, porque assim Deus os fez. (
Lc.20:35,36 ).

• ** NÃO SE REPRODUZEM CONFORME SUA ESPÉCIE –As


escrituras em parte alguma ensina que os anjos são seres assexuados.
Inferências encontramos referindo-se aos anjos, com o uso de pronomes
do gênero masculino ( Dn.8:16,17; Lc.1:12,29,30; Apc.12:7; 20:1;
22:8,9 ). Mas, não obstante, o casamento, a reprodução, não é da ordem
ou do plano de Deus.

• SÃO PODEROSOS –Dotados de poder sobre-humano ( Sl.103:20; II


Pd.2:11 ). São uma classe de seres criados superiores aos homens (
Sl.8:5; Hb.2:10 ). Contudo, esse poder tem seus limites estabelecidos,
não são Onipotentes ( II Ts.1:7; II Sm.24:16,17 ). Veja demonstração
de poder dos anjos – ( At.5:19; 12:7,23; Mt.28:2 ).

Obs: Quão capazes, portanto, são os anjos bons para ministrar ao


homem; e quão desesperadora pode ser a oposição dos principados, os
dominadores deste mundo tenebroso! Confiemos, portanto, na força do
poder do Senhor e de seus ministros, Amém!

• SÃO SERES VELOZES –( Mt.26:53 ) O pensamento que deve ser


destacado, é que os anjos, cuja residência, supostamente era nos céus,
podiam instantaneamente aparecer em defesa de seu Senhor. Como
essas legiões de anjos poderiam passar, com tal rapidez, do céu até o
triste Getsêmani, ultrapassa nosso entendimento. Sabemos apenas que a
possibilidade do fenômeno indica uma atividade e rapidez
verdadeiramente maravilhosa.

• SÃO SERES PESSOAIS.


o Inteligência – Dn.10:14
o Emoções – Jó 38:7
o Vontade – Is.14:13,14
o Não são Oniscientes – Mt.24:36
o Não são Onipresentes – Dn.9:21-23
o Não são Onipotentes – Dn.10:13

• SÃO PERFEITOS E SEM FALHA – ( Gn.1:31 )


o Parte dos anjos tornaram-se rebeldes e caídos – ( Jd.6; II
Pd.2:4 )
o O restante permaneceu obediente – ( Mt.25:31; Sl.99:7 )

• SÃO SERES GLORIOSOS – ( Lc.9:26 )


o Os anjos são dotados de dignidade e glória sobre-humanos.
** Trechos Principais para considerar: Gn.6:1-4; I Pd.3:18-20; II Pd.2:4
e Judas 6.

Os anjos são chamados "Filhos de Deus" no Velho Testamento nas


referências de Jó 1:6; 2:1; 38:7 e também em Gn.6:2,4. Deve ser observado,
porém, que, apesar de serem assim chamados, os homens também o foram (
Lc.3:38; Jo.1:12; I Jo.5:1-2 ). A palavra original é "Benai-Elohim"= Filhos
de Deus. Por causa do texto de Gn.6:2,4, há polêmica sobre quem foram "OS
FILHOS DE DEUS"??

Que os filhos de Deus se refere aos anjos, neste texto de Gn.6, é a posição
tomada por Josefo, Filo Judeus e os autores do Livro de Enoque e do
Testamento dos Doze Patriarcas; era a posição geralmente aceita pelos
judeus eruditos dos primeiros séculos da era cristã. A impressão que geraram
"gigantes" foi da Septuaginta (LXX), que também traduziu todos os
manuscritos, substituindo "Filhos de Deus" por "anjos de Deus" em Gn.6; Jó
1:6 e 2:1, e por "meus anjos" em Jó 38:7.

OBS:

Gn.6:4- "...Estes eram os valentes que houve na antigüidade, os homens de


fama". Filhos do relacionamento entre "os filhos de Deus" com as "filhas dos
homens". Esta é a definição original dos textos da palavra de Deus e não
"NEFILINS", que encontramos em alguns textos traduzido e não confiáveis,
conforme The Theological Workbook of the Old Testament, por Harris,
Archer e Waltke. Estes homens gerados eram perversos e dominaram a terra,
razão pela qual, Deus viu que havia grande maldade sobre a terra vs 5 e 6.

Argumentos
Teoria de que os "filhos de Deus" eram anjos:

1. As referências de Jó 1:6; 2:1; 38:7.


2. A relação anormal, produziu gigantes impiedosos.
3. Anjos podem aparecer como homens Gn.19:1,5; ou em homens,
Mc.1:23-26/ Mc.5:13 ( O Dr. Henry Morris diz: Os filhos de Deus e as
filhas dos homens são homens e mulheres, mas foram possessos por
demônios.
4. Em Mt.22:30, o Senhor estava apenas explicando que os anjos não se
reproduzem como os humanos. Não há prova que os anjos não tem
sexo. Nos originais, a palavra anjos, sempre é no gênero masculino.
Alguém explico que os anjos não se reproduz porque não existe
"anjas".
5. As referências associadas com judas 6; I Pd.3:18-20; II Pd.2:4-6.
6. Esta teoria foi assegurada por historiadores como Josefo e Plínio.
7. Os livros apócrifos ( 3 deles ), assegura esta posição.
8. É considerado que houve duas quedas dos anjos, uma quando Satanás
liderou a rebelião, antes da queda do homem e outra em Gn.6.(Teor.
Defendida por Clarence Larkin)

Teoria de que os "filhos de Deus" não eram os anjos e sim os descendentes de


Sete.

1. Se anjos de fato se relacionam sexualmente com mulheres, este é um


prodígio espetacular da história que viola as normas da natureza, e não
há nada na bíblia que diga que anjos tem poderes sexuais.
2. Em Gn.6, encontramos em seu contexto a seqüência do termo
"homem", vs 1,2,3.
3. A distinção entre os "filhos de Deus" e Satanás nos textos de Jó 1:6; 2:1
de modo que, claramente entendemos que o título "filhos de Deus" não
se refere aos anjos caídos.
4. Se esta relação entre anjos e mulheres gerou os "Nefilins-gigantes",
como se explica a presença destes, antes deste ato, e depois do dilúvio
em Nm.13:33.
5. A linguagem de Gn.6:2 é normal para expressar relação entre humanos.
6. Os textos do novo testamento não provam que são anjos:

• I Pd.3:18-20- não diz nada sobre estes "espíritos em prisão", sendo


anjos. Pelo contrário, o contexto indica homens, cap.4:6.
• II Pd.2:4 e Judas 6,7- são referências de anjos, mas não provam que
eram envolvidos em Gn.6.

1. Os livros apócrifos, provavelmente foram produzidos pelos essênios, os


quais adotaram a interpretação angélica. Josefo trabalhou com este
grupo.
2. A linguagem de Gn.6:2 é normal para expressar relação entre humanos.

4
SATANÁS antes de sua queda, ocupava um lugar especial entre os querubins ( EZ.28:14 ).

5
SATANAS E SUAS HOSTES CAÍDAS, estão organizadas e preparadas para grandes batalhas do mal.
disto podemos concluir que existem duas forças invisíveis e poderosas --- uma dirigida por Deus e seus
anjos e a outra por satanás e seus anjos, onde a vitória final, será de Deus ( APC.20:7-10; MT.25:41 )
6
HÁ UM CANTICO QUE DIZ: "EU QUERO SER UM ANJO E COM OS ANJOS FICAR"- Contrário
à Bíblia. Não podemos dizer que, ser como anjos é ser anjo, também é ensinado, que crianças quando
morrem, viram anjos ( Lc.20:35,36)

5.3. - A QUEDA DOS ANJOS.


Dividiremos esta seção em quatro pensamentos:

5.3.a – O FATO DE SUA QUEDA.

5.3.b – A ÉPOCA DE SUA QUEDA.

5.3.c – A CAUSA DE SUA QUEDA

5.3.d – O RESULTADO DE SUA QUEDA.

5.3.a.- O FATO DE SUA QUEDA


A origem do mal.

Com exceção de alguns filósofos e cientistas, que chamam de "erro da mente


mortal", todos os homens reconhecem o fato severo e solene do mal no
universo. Verdadeiramente, sua presença no mundo é um dos problemas mais
desconcertantes para a filosofia e para a teologia. Acreditamos que os anjos
foram criados ( originados ) em estado de perfeição. No relato bíblico da
criação, em Gn.1, lemos seis vezes que o que Deus fizera era bom, vs.4, 10,
12, 17, 21, 25, e no vs.31 encontramos as palavras: "Viu Deus tudo quanto
fizera, e eis que era muito bom". Isso certamente inclui a perfeição dos anjos
em santidade, até esse momento.

Não há dúvidas, portanto, que os anjos foram criados perfeitos (Ez.28:15) e


parte destes deixaram seu próprio principado e habitação original perfeita
(Judas 6, II Pd.2:4), para criar raízes do mal (Sl.78:49; Mt.25:41; Ap.9:11 e
12:7-9).Não podemos Ter dúvidas que Satanás foi o "chefe" desta rebelião (
Is.14:12; Ez.28:15-17).

5.3.b.- A ÉPOCA DE SUA QUEDA


_ Acreditamos que se deu após toda a criação perfeita de Deus –Gn.1:31- 2:3.

> Veja nota no item------- 5.1. - A ORIGEM DOS ANJOS. , pg.


2.

5.3.c.- A CAUSA DE SUA QUEDA


Este é um dos profundos mistérios da Teologia. Mostramos que os anjos
foram criados perfeitos, como pode tais seres pecarem?

É aqui que podemos ver a perfeição de toda a criação, os Teólogos Latinos


são autores de uma frase que diz: "Posse pecare et posse non pecare". Isso
traduz a capacidade de pecar e a de não pecar. É a posição de poder fazer
qualquer uma das duas coisas sem ser constrangido a fazer uma ou outra
coisa. Em outras palavras, havia liberdade de escolha.

Deus não coagiu nenhuma de suas criaturas, nem mesmo os anjos. Se


indagarmos que motivo pode Ter estado por trás dessa rebelião, podemos
obter algumas respostas nas Sagradas Escrituras.

1. GRANDE PROSPERIDADE E BELEZA (Rei de Tiro-Tipo de


Satanás-Ez.28:11-19; I Tm.3:6).
2. AMBIÇÃO DESMEDIDA E A CONCUPISCENCIA DE SER MAIS
QUE DEUS (Rei da Babilônia-Tipo da Satanás-Is.14:13,14).

5.3.c.1- Veja os passos que levaram à queda.


a. SUBIREI AO CÉU – vs.13 – Satanás queria a posição ao lado de Deus
no céu, lugar este reservado a Cristo - Ef.1:20.
a. EXALTAREI MEU TRONO – vs.13 – Satanás queria seu trono
sobre todo principado, potestade e domínio, lugar este prometido
a Cristo – Ef.1:21.
b. ME ASSENTAREI NO MONTE DA CONGREGAÇÃO - vs.13
– Satanás queria reinar sobre o povo de Deus, privilégio este
dado ao Messias prometido - Is.9:6-7.
c. SUBIREI ACIMA DAS MAIS ALTAS NUVENS – vs.14 –
Satanás queria a Glória que só Deus tem, e esta pertence a Cristo
– Jo.17:5.
d. SEREI SEMELHANTE AO ALTÍSSIMO – vs.14 – Satanás
queria o poder e a autoridade do altíssimo, e esta pertence
somente a Cristo – Jo.8:58.

5.3.d.- O RESULTADO DE SUA QUEDA


1. Perderam sua santidade original e se tornaram corruptos em natureza e
conduta ( Mt.10:1; Ef.6:11,12; Ap.12:9 ).
2. Alguns deles foram lançados no "inferno-Tártaro", e acorrentados até o
dia do julgamento (II Pd.2:4).
3. Alguns estão em liberdade e trabalham em definida oposição à obra dos
anjos bons (Ap.12:7-9; Dn.10:12,13,20,21; Judas 9).
4. A terra foi amaldiçoada por causa do pecado de Adão (Gn.3:17-19) e a
criação está gemendo por causa da queda ( Rm.8:19-22), tanto de Adão
como dos anjos caídos.
5. Um dia serão lançados sobre a terra (Ap.12:8,9) e, após seu julgamento
serão lançados no "Lago de Fogo" ( I Co.6:3; Mt.25:41; II Pd.2:4; judas
6).

20 Capítulo
A CLASSIFICAÇÃO, E O DESTINO DOS ANJOS.
5.4 - A CLASSIFICAÇÃO DOS ANJOS.
CLASSIFICAM-SE OS ANJOS EM DUAS GRANDES CLASSES:

1. Anjos Bons. – Descritos como seres Alados(voadores-Dn.9:21;


Ap.14:6), PARA NOS FAVORECER ( Sl.91:11; Hb.1:14; Dn.6:22).

a. Guiam e guardam os crentes – ( Sl.91:11; Hb.1:14 ).


b. Ministram ao povo de Deus – ( Hb.1:14; Mt.4:11; Lc.2243 ).
c. Defendem e livram os servos de Deus – ( Gn.19:11; At.5:19-20 ).
d. Guardam os eleitos falecidos – ( Lc.16:22; Lc.24:22-24; Jd.9 ).
e. Cooperam na separação entre justos e ímpios – ( Mt.13:49;
Mt.25:31-32 ).
f. Cooperaram no castigo imposto aos ímpios – ( II Ts.1:7-8 ).

1.1. Classificação em ordem > Veja item 5.1.1.-O Propósito de sua origem –
Pg.3

1. Anjos maus. ( Aprisionados/ Libertos/ Demônios e


Satanás ) – PROPÓSITO DE OPOR-SE E DESTRUIR A OBRA
DE DEUS E SEUS SANTOS.
2. ( Zc.3:1; II Co.12:7; Ff.6:11,12; II Co.11:14, 4:4; I Pd.5:8 ).
1. – Anjos aprisionados – Consiste de estarem confinados
em abismos de trevas e estarem presos por algemas eternas,
reservados para o juízo do grande dia. ( II Pd.2:4 e Jd.6 ).
2. - Anjos Libertos – Estão incluídos em todo "principado,
potestade, poder e domínio. São normalmente mencionados em
conexão com Satanás, seu líder ( Ef.1:21, 6:12; Cl.2:15;
Mt.24:41; Ap.12:7-9, 9:14; I Co. 6:3 )
3. – Demônios – Aparece três vezes no V.T.( Dt.32:17;
Sl.106:37 e Lv.17:7 ).

a. Não são almas dos homens maus.


b. Não são os espíritos desincorporados de uma raça pré-Adâmica

-----( Sl.9:17; Lc.16:26-31; Ap.1:18; Ap.12:7-9 )-----

1.
1. – Satanás – Este ser sobre-humano é mencionado
expressamente no velho testamento ( Gn.3:1-15; Jó 1:6-12, 2:1-
7; Zc.3:1,2 ). Já no N.T., é mencionado freqüentemente ( Mt.4:1-
11; Lc.18:18,19; Jo.13:2,27; I Pd.5:8; Ap. caps.12,12:1-4, 20:1-
3, 7-10 ).

COLEÇÃO DE NOMES: EX: Diabo ( Ap.20:2 )/ Abadom / Apolion /


Belzebu / Belial / Malígno / Adversário / Serpente / Acusador / Enganador /
mal / Homicida / deus deste século / Potestade do ar / Pai da mentira / Sedutor
/ Caluniador / Tentador .

5.5– O DESTINO DOS ANJOS.


Anjos Bons – Continuarão servindo a Deus por toda a Eternidade (
Ap.21:1, 2, 12 ).

Anjos Maus – Temos informação definitiva de que terão sua parte no


LAGO DE FOGO (Gehenna-Mt.25:41 ). Quando Cristo voltar, os crentes
terão parte no julgamento, ou condenação dos anjos maus ( I Co.6:3 ).

O destino de Satanás – Será lançado no abismo (Tartaroo-Ap.20:1-3


), onde ficará confinado e acorrentado por 1.000 anos. Então será solto por
"pouco tempo", durante o qual tentará frustrar os propósitos de Deus aqui na
terra ( Ap.20:7-8 ). E daí, por fim, ele e seus anjos serão lançados no Lago de
Fogo ( Mt.5:41; Ap.20:10 e 14 ), seu destino final, onde serão atormentados
para todo o sempre.

Definições para : INFERNO- Lugar destinado ao suplício das almas dos


perdidos.

Há quatro definições para esta palavra.


1 – SHEOL – hb., V.T., o mundo dos mortos.( Dt.32:22; II Sm.22:6; Sl.18:5 )

2 – HADES – gr., corresponde a Sheol, lugar das almas que partiram deste
mundo. ( Mt.11:23, 16:18; Lc.16:23; At.2:27 )

3 - GEHENNA – gr., vale de Hinom, um vale de Jerusalém, onde se fazia


sacrifícios humanos. Termo usado para designar um lugar de suplício eterno.
( Mt.5:22, 29-30, 10:28, 18:9, 23:15, 33; Lc.12:5; Tg.3:6; Ap.20:10 e 14 )

4 – TARTAROO – gr., derivado de Tartaros, o mais profundo abismo do Hades.( I Pd.2:4; Ap.20:3
)

Amém, Louvado seja Deus pela nossa Salvação e livramento - Ap.21:6-7

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA DE CAMPINA GRANDE - PB

A Bíblia e os anjos, anjo do Senhor, anjos bons, anjos santos, anjos eleitos, anjos caídos, anjos maus, batalha espiritual, Belzebu, Belial,
demônios, demonismo, Diabo, espíritos, espiritismo, exorcismo, exorcistas, expulsão de demônios,expulsar demônios, Gabriel, guerra
espiritual, Lúcifer, Miguel, possessão, potestades, querubins, serafins, Satanás, satanismo

ANGELOLOGIA - A
DOUTRINA DOS
ANJOS

01. INTRODUÇÃO
Os anjos estão sujeitos ao governo divino, e o importante papel
que têm desempenhado na história do homem, torna-os
merecedores de referência especial e de um estudo especial, pois,
nas Escrituras, sua existência é sempre considerada matéria pacífica.
Desta forma, estaremos nos ocupando em estudar a partir do
presente estudo sobre os anjos, ministros de Deus (Hb 1:14).

02. DEFINIÇÃO DO TERMO "ANJO"


A palavra portuguesa anjo possui origem no latim angelus ,
que por sua vez deriva-se do grego angelos . No idioma hebraico,
temos malak . Seu significado básico é "mensageiro" (para
designar a idéia de ofício de mensageiro). O grego clássico emprega
o termo angelos para o mensageiro, o embaixador em assuntos
humanos, que fala e age no lugar daquele que o enviou.

No AT, onde o termo malak ocorre 108 vezes, os anjos


aparecem como seres celestiais, membros da corte de Yahweh, que
servem e louvam a Ele (Ne 9:6; Jó 1:6), são espíritos ministradores
(1Rs 19:5), transmitem a vontade de Deus (Dn 8:16,17)),
obedecem a vontade de Deus (Sl 103:20), executam os propósitos de
Deus (Nm 22:22), e celebram os louvores de Deus (Jó 38:7; Sl
148:2).

No NT, onde a palavra angelos aparece por 175 vezes, os anjos


aparecem como representativos do mundo celestial e mensageiros
de Deus. Funções semelhantes às do AT são atribuídas a eles, tais
como: servem e louvam a Cristo (Fp 2:9-11; Hb 1:6), são espíritos
ministradores (Lc 16:22; At 12:7-11; Hb 1:7,14), transmitem a
vontade de Cristo (Mt 2:13,20; At 8:26), obedecem a vontade dEle
(Mt 6:10), executam os Seus propósitos (Mt 13:39-42), e celebram
os louvores de Cristo (Lc 2:13,14). Ali, os anjos estão vinculados a
eventos especiais, tais como: a concepção de Cristo (Mt 1:20,21),
Seu nascimento (Lc 2:10-12), Sua ressurreição (Mt 28:5,7) e Sua
ascensão e Segunda Vinda (At 1:11).

O termo teológico apropriado para esse estudo que ora iniciamos


é Angelologia (do grego angelos , "anjo" e logia , "estudo",
"dissertação"). Angelologia, se constitui, portanto, de doutrina
específica dentro do contexto daquilo que denominados de Teologia
Sistemática, a qual se ocupa em estudar a existência, as
características, natureza moral e atividades dos anjos. Iniciaremos,
portanto, pelo estudo da existência dos anjos.

03. SUA EXISTÊNCIA


Ao iniciarmos nosso estudo de Angelologia, faz-se necessário
que assentemos biblicamente a verdade da existência dos anjos.

A existência dos anjos, conforme veremos a partir de agora, é


claramente demonstrada pelo ensino, tanto do Antigo, quanto do
Novo Testamentos.
a) Estabelecida pelo Ensino do Antigo Testamento

São inúmeros os textos do AT que comprovam a realidade da


existência dos anjos. Queremos, no entanto, destacar apenas os que
se seguem: Gn 32:1,2; Jz 6:11ss; 1Rs 19:5; Ne 9:6; Jó 1:6; 2:1;
Sl 68:17; 91:11; 104:4; Is 6:2,3; Dn 8:15-17; Nos textos
alistados anteriormente, vemos os anjos em suas funções principais
de servir e louvar a Yahweh, transmitir as mensagens de Deus,
obedecer Sua vontade, executar a vontade de Deus, e também como
guerreiros.

b) Estabelecida pelo Ensino do Novo Testamento

No contexto do NT, os anjos não são apresentados simplesmente


como "mensageiros de Deus", mas também como "ministros aos
herdeiros da salvação" (Hb 1:14). Outrossim, a existência dos anjos é
apresentada de maneira inequívoca no NT. Vejamos, por exemplo,
os textos a seguir: Mt 13:39; 13:41; 18:10; 26:53; Mc 8:38; Lc
22:43; Jo 1:51; Ef 1:21; Cl 1:16; 2Ts 1:7; Hb 1:13,14; 12:22; 1Pe
3:22; 2Pe 2:11; Jd 9; Ap 12:7; 22:8,9.

04. O ARCANJO MIGUEL


Pretendemos a partir de agora estudar a respeito de cinco
classes especiais de anjos, a começar por Miguel, o Arcanjo.

No grego encontramos Michael , heb. mika'el . O nome Miguel


significa "quem é como El (Deus)?".

A tradição sobre a existência de arcanjos não fazia parte


original da fé judaica. Assim, na literatura bíblica, Miguel é
introduzido em Dn 10:13,21 e 12:1 e reaparece no NT em Jd 9 e Ap
12:7. Embora algumas literaturas tenham Gabriel como outro Arcanjo
(totalizando sete na literatura apócrifa e pseudepígrafa, onde quatro
nomes são revelados: Miguel, Gabriel, Rafael e Uriel), a Bíblia só
revela a existência de um único Arcanjo, Miguel. Isto é demonstrado
pelo fato de que nas duas ocorrências da palavra grega archangelos
, "arcanjo", 1Ts 4:16 e Jd 9, o termo só aparece no singular, ligado
unicamente ao nome de Miguel, donde se conclui biblicamente que
só exista um anjo assim denominado Arcanjo, ou anjo-chefe, e que
esse Arcanjo chama-se Miguel.

O Miguel que se pode encontrar no NT, surge no AT apenas no


livro de Daniel. Como Gabriel, é um ser celestial . Tem, no entanto,
responsabilidade especiais como campeão de Israel contra o anjo
rival dos persas (Dn 10:13,21), e ele comanda os exércitos celestiais
contra todas as forças sobrenaturais do mal na última grande
batalha (Dn 12:1). Na literatura judaica recente, bem como nos
apócrifos e pseudepígrafos, o nome de Miguel é apresentado como
guardião militar e intercessor de Israel.

No NT, Miguel aparece apenas em duas ocasiões. Em Jd 9, há


referência a uma disputa entre Miguel e o diabo com respeito ao
corpo de Moisés. Essa passagem é bastante polêmica. Orígenes
acreditava que isto estaria registrado num apócrifo chamado de
"Assunção de Moisés", mas a história não aparece nos textos
existentes, porém incompletos, desta obra. A literatura rabínica
posterior parece ter conhecimento desta história. O outro texto em
que Miguel aparece, é Ap 12:7, que retoma o tema de Dn 12:1,
apresentando-se Miguel como sendo o vencedor do dragão
primordial, identificado como Satanás.

05. OS SERAFINS
O termo hebraico é saraph . Quanto à origem exata e a
significação desse termo, não existe concordância entre os eruditos.
Provavelmente, deriva-se da raiz hebraica saraph , cujo significado
é "queimar", o que daria a idéia de que os Serafins são anjos
rebrilhantes, uma vez que essa raiz também pode significar
"consumir com fogo", mas também "rebrilhar" e "refletir".

A única menção a esses seres celestiais nas páginas das


Escrituras Sagradas fica no livro de Isaías (Is 6). Os serafins
aparecem associados com os Querubins na tarefa de resguardar o
trono divino. Os seres vistos por Isaías tinham forma humana,
embora possuíssem seis asas (Is 6:2). Estavam postos acima do
trono de Deus (Is 6:2a), o que parece indicar que sejam líderes na
adoração ao Senhor. Uma dessas criaturas entoava um refrão que
Isaías registra nas palavras: "Santo, santo, santo é o Senhor dos
Exércitos; a terra inteira está cheia da Sua glória" (Is 6:3). Tão
vigorosa era esta adoração, que é dito que o limiar do Templo divino
se abalava e o santo lugar ficava cheio de fumaça.

Pelo que observamos no texto, parece que para Isaías os


Serafins constituíam uma ordem de seres angélicos responsáveis
por certas funções de vigilância e adoração. No entanto, parecem ser
criaturas morais distintas, e não apenas projeções da imaginação ou
personificação de animais. Suas qualidades morais eram empregadas
exclusivamente no serviço de Deus.
06. OS QUERUBINS
No hebraico, temos keruhbim , plural de kerub . No grego
cheroub . Palavra de etimologia incerta.

No AT esses seres são apresentados como simbólicos e


celestiais. No livro de Gênesis, tinham a incumbência de guardar o
caminho para a árvore da vida, no jardim do Éden (Gn 3:24). Uma
função semelhante foi credita aos dois Querubins dourados, postos
em cada extremidade do propiciatório (a tampa que cobria a arca no
santíssimo lugar - Êx 25:18-22; Cf Hb 9:5), onde simbolicamente
protegiam os objetos guardados na arca, e proviam, com suas asas
estendidas, um pedestal visível para o trono invisível de Yahweh
(veja Sl 80:1 e 99:1, para entender essa figura). No livro de Ezequiel
(Ez 10), o trono-carruagem de Deus, que continuava sustentado por
Querubins, tornava-se móvel. Também foram bordados Querubins
nas cortinas e véus do Tabernáculo, bem como estampados nas
paredes do Templo (Êx 26:31; 2Cr 3:7).

Tem sido objeto de críticas acirradas, o fato de que os povos


vizinhos de Israel possuíam criaturas aladas simbólicas.
Especialmente os heteus popularizaram os grifos, uma criatura
altamente complicada com corpo de leão, cabeça e asas de águia e
com a aparência geral semelhante à de uma esfinge. Por estes
motivos, alguns críticos têm conjeturado que Israel tenha tomado
esse costume por empréstimo desses povos vizinhos. No entanto,
fica bastante claro que a situação é inversa: os povos vizinhos é que
deturparam a simbologia israelita, adaptando-a às suas crendices.
Exemplo disto, é a conhecida "Epopéia de Gilgamesh", uma história
babilônica do dilúvio, obviamente tomada por empréstimo do relato
bíblico.

07. O ANJO GABRIEL


O vocábulo hebraico Gabriel significa "homem de Deus" (heb.
geber , "varão" e El - forma abreviada de Elohim , "Deus").

No AT, Gabriel aparece apenas em Daniel, e ali como


mensageiro celestial que surge na forma de um homem (Dn 8:16;
9:21). Suas funções são: revelar o futuro ao interpretar uma visão
(Dn 8:17), e dar entendimento e sabedoria ao próprio Daniel (Dn
9:22).

No NT, Gabriel surge somente na narrativa de Lucas que


descreve o nascimento de Cristo. Ali, ele é o mensageiro angelical
que anuncia grandes eventos: o nascimento de João (Lc 1:11-20) e
de Jesus (Lc 1:26-38). Também é apresentado como aquele que
"assiste diante de Deus" (Lc 1:19). Destes casos, conclui-se que
Gabriel é o portador das grandes mensagens divinas aos homens.
Pode-se concluir, dizendo que na Bíblia, Gabriel é o "anjo
mensageiro" e Miguel o "anjo guerreiro".

08. O ANJO DO SENHOR


Outro ensino veterotestamentário de grande importância, que por
sua vez está estritamente relacionado com as Teofanias, são as
aparições do Anjo do Senhor. Optamos por estudar, separadamente,
este assunto, em virtude de sua importância crucial, uma vez que as
aparições do Anjo do Senhor se constituem em Teofanias, mas
especificamente Teofanias onde as aparições de Deus se davam de
forma humana.

A expressão "Anjo do Senhor" ou sua variante "Anjo de Deus",


se encontram mais de cinqüenta vezes no AT. Portanto, é
necessário algumas considerações acerca desse personagem, que se
reveste de grande importância quando tratamos da possibilidade da
Encarnação.

A primeira aparição bíblica do "Anjo do Senhor", foi no episódio


de Agar, no deserto (Gn 16:7). Outros acontecimentos incluíram
pessoas como Abraão (Gn 22:11,15), Jacó (Gn 31:11-13), Moisés
(Êx 3:2), todos os israelitas durante o Êxodo (Êx 14:19) e
posteriormente em Boquim (Jz 2:1,4), Balaão (Nm 22:22-36), Gideão
(Jz 6:11), Davi (1Cr 21:16), entre outros.

A Bíblia nos informa que o Anjo do Senhor realizou várias tarefas


semelhantes às dos anjos, em geral. Às vezes, Suas aparições eram
simplesmente para trazer mensagens do Senhor Deus, como por
exemplo em Gn 22:15-18; 31:11-13. Em outras aparições, Ele fora
enviado para suprir necessidades (1Rs 19:5-7) ou para proteger o
povo de Deus de perigos (Êx 14:19; Dn 6:22).

Com relação à identidade do Anjo do Senhor, os eruditos não são


e nunca foram unânimes. Entretanto, não há porque duvidar da
antiquíssima interpretação cristã de que, nesses casos acima citados,
encontramos manifestações preencarnadas da Segunda Pessoa da
Trindade.

Desejamos, portanto, apresentar a seguir três argumentos


bíblicos que comprovam, indubitavelmente, que o Anjo do Senhor é
Jesus Cristo antes de encarnado.
Josué 5:14 - Quando o Anjo do Senhor apareceu a Josué, diz a
Palavra do Senhor que ele "...se prostrou sobre o seu rosto na terra,
e O adorou, e disse-lhE: Que diz meu Senhor ao seu servo?". Se o
Anjo do Senhor não fosse o próprio Senhor (ou melhor, o Senhor
Jesus como Segunda Pessoa da Trindade), o anjo (caso fosse
simplesmente "um anjo") teria proibido a Josué de adorá-lo, como
ocorreu em Ap 19:10 e Ap 22:8,9.

Jz 13:18 - Embora concordemos com o fato de que existem


controvérsias a respeito desta passagem, reputamos a mesma como
factual e elucidativa. Quando Manoá, pergunta ao Anjo do Senhor, o
Seu nome, Ele responde: "...porque perguntas assim pelo meu
nome, visto que é maravilhoso ?" Uma comparação desta resposta
com a passagem de Is 9:6, demonstra que o Anjo do Senhor que
apareceu a Manoá é o Menino que nos fora dado de Isaías. Isto é, o
Anjo do Senhor, cujo Nome é Maravilhoso (YHWH), é o próprio
Senhor, e ao mesmo tempo o Menino que nos fora dado.

A terceira prova escriturística que queremos apresentar, é que


no contexto neotestamentário, a Bíblia deixa de utilizar-se do termo
"o Anjo do Senhor" como pessoa específica. Isto é demonstrado pelo
fato de que o artigo definido masculino singular "o" deixa de ser
utilizado, sendo substituído pelo artigo indefinido "um". Alguns
exemplos disto, são os textos de Lc 1:11; At 12:7 e At 12:23,
dentre muitos outros. Infelizmente, nem todas as ocorrências de Anjo
do Senhor no NT, na versão ARC, se encontram com o artigo
indefinido "um", o que ocorre na versão ARA nos textos citados e em
outros correlatos.

Esta substituição possui um grande significado. Isto é, no


contexto do NT, contemporâneo ou posterior à Encarnação, as
manifestações angelicais não eram do Anjo do Senhor, mas
meramente de um de Seus anjos, pois o Anjo do Senhor já havia sido
manifestado na carne (1Tm 3:16).

09. BIBLIOGRAFIA
A BíBLIA SAGRADA. Edição Revista e Corrigida no Brasil. Rio de
Janeiro, Imprensa Bíblica Brasileira, 1994.

BANCROFT, Dr. Emery H. Teologia Elementar. Trad. João M.


Bentes.3ª ed. SP, Imprensa Batista Regular, 1986.

CHAMPLIN, Russel N. & BENTES, João Marques. Enciclopédia de Bíblia


Teóloga e Filosofia (6 volumes).São Paulo,
Associação Religiosa Editora e Distribuidora Candeia, 1991.

Compilação e responsabilidade: Rev. Dr. LÁZARO SOARES DE


ASSIS, ThD, PhD, DD
Dezembro de 1996.

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica herdeira da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e
traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus Receptus. Para começar
a ter uma idéia da gravidade de muitas das MILHARES de deturpações de todas as "Bíblias" moderninhas, Alexandrinas (baseadas no Texto
dos incessantes Críticos), em relação às Bíblias do TR, leia, por EXEMPLO, http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-
Traducoes/AAlmeidaAtualizadaExposta-Helio.htm
http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/ExpondoErrosNVI-Jun2000-Emidio.htm

A Bíblia e os anjos, anjo do Senhor, anjos bons, anjos santos, anjos eleitos, anjos caídos, anjos maus, batalha espiritual, Belzebu, Belial,
demônios, demonismo, Diabo, espíritos, espiritismo, exorcismo, exorcistas, expulsão de demônios,expulsar demônios, Gabriel, guerra
espiritual, Lúcifer, Miguel, possessão, potestades, querubins, serafins, Satanás, satanismo

ANGELOLOGIA,
A DOUTRINA
DOS ANJOS
[BONS E MAUS]
Vede, não desprezeis algum destes
pequeninos, porque eu vos digo que
os seus anjos nos céus sempre vêem
a face de meu Pai que está nos céus.
(Mateus 18:10)
Ou pensas tu que eu não poderia
agora orar a meu Pai, e que ele não
me daria mais de doze legiões de
anjos? (Mateus 26:53)
Pois pouco menor o fizeste do que

I. DOUTRINA DOS ANJOS os anjos, e de glória e de honra o


coroaste. (Salmos 8:5)
7 Tu o fizeste um pouco menor do
[Bons]
que os anjos, De glória e de honra o
coroaste, E o constituíste sobre as
obras de tuas mãos; 8 Todas as coisas
lhe sujeitaste debaixo dos pés. 9
Vemos, porém, coroado de glória e
A. Existência dos anjos: de honra aquele Jesus que fora feito
um pouco menor do que os anjos,
por causa da paixão da morte, para
1. Anjos são encontrados em trinta e cinco livros da Bíblia, e que, pela graça de Deus, provasse a
em duzentas e setenta e cinco referências. morte por todos. (Hebreus 2:7-9)
E olhei, e ouvi a voz de muitos
anjos ao redor do trono, e dos
2. Cristo ensinou a existência dos anjos (Mat 18:10; 26:53). animais, e dos anciãos; e era o
número deles milhões de milhões, e
3. Os anjos são uma ordem distinta da criação e foi-lhes dado milhares de milhares, (Apocalipse
5:11)
uma posição celestial, ou esfera, acima da esfera do homem E todos os anjos estavam ao redor
(Sal 8:5; Heb 2:7-9; Apo 5:11; 7:11). do trono, e dos anciãos, e dos quatro
animais; e prostraram-se diante do
trono sobre seus rostos, e adoraram
4. Anjo significa "mensageiro". a Deus, (Apocalipse 7:11)
Eles são sempre referidos através do gênero masculino.
... 16 Porque nele foram criadas
todas as coisas que há nos céus e na
terra, visíveis e invisíveis, sejam
tronos, sejam dominações, sejam
principados, sejam potestades. Tudo
foi criado por ele e para ele. 17 E ele
é antes de todas as coisas, e todas as

B. Criação dos Anjos coisas subsistem por ele.


(Colossenses 1:15-17)
E num dia em que os filhos de Deus
Colossenses 1:15-17 vieram apresentar-se perante o
SENHOR, veio também Satanás entre
eles. (Jó 1:6)
6 Sobre que estão fundadas as suas
bases, ou quem assentou a sua
pedra de esquina, 7 Quando as
Anjos não são uma raça, mas uma hoste [exército]. estrelas da alva juntas alegremente
Eles são filhos de Deus (Jó 1:6), e não de outros anjos. cantavam, e todos os filhos de Deus
Foram criados num determinado momento, antes da criação jubilavam? (Jó 38:6-7)
E aos anjos que não guardaram o
do mundo físico (Jó 38:6,7). seu principado, mas deixaram a sua
Os anjos foram criados num estado de santidade (Judas 1:6). própria habitação, reservou na
Eles são inumeráveis (Heb 12:22). escuridão e em prisões eternas até
ao juízo daquele grande dia; (Judas
1:6)
Mas chegastes ao monte Sião, e à
cidade do Deus vivo, à Jerusalém
celestial, e aos muitos milhares de
anjos; (Hebreus 12:22)

Aos quais foi revelado que, não


para si mesmos, mas para nós, eles
ministravam estas coisas que agora
C. Personalidade dos anjos [cada anjo é uma pessoa] vos foram anunciadas por aqueles
que, pelo Espírito Santo enviado do
céu, vos pregaram o evangelho; para
1. [têm] Intelecto (1Pe 1:12). as quais coisas os anjos desejam
2. [têm] Emoções (Luc 2:13). bem atentar. (1 Pedro 1:12)
E, no mesmo instante, apareceu
3. [têm] Arbítrio (resolução dependente da vontade) (Judas com o anjo uma multidão dos
1:6) -- capazes de deixarem o seu primeiro estado. exércitos celestiais, louvando a
Deus, e dizendo: (Lucas 2:13)
E aos anjos que não guardaram o
seu principado, mas deixaram a sua
própria habitação, reservou na
escuridão e em prisões eternas até ao
juízo daquele grande dia; (Judas 1:6)

Não são porventura todos eles


espíritos ministradores, enviados
para servir a favor daqueles que hão
de herdar a salvação? (Hebreus 1:14)
Porquanto, quando ressuscitarem
dentre os mortos, nem casarão, nem
se darão em casamento, mas serão
como os anjos que estão nos céus.
(Marcos 12:25)

D. Natureza dos anjos:


E levantei os meus olhos, e vi, e eis
que saíram duas mulheres; e traziam
vento nas suas asas, pois tinham asas
como as da cegonha; e levantaram o
1. São seres espirituais (Heb 1:14). efa entre a terra e o céu. (Zacarias
5:9)
2. Não se reproduzem (Mar 12:25). [NOTA DO TRADUTOR: Assim como
José sonhou com vacas gordas
ingerindo vacas magras, mas tudo foi
3. São masculinos exceto em Zac 5:9 (gênero feminino usado linguagem figurativa e tais vacas não
duas vEzes). existem realmente, assim também
estas visões e linguagem de Zacarias
são figuradas, não implicam que
4. Não morrem (Luc 20:36). essas mulheres realmente existem e
sejam anjos, nem que hajam anjos
femininos.]
5. São distintos dos seres humanos (Sal 8:4,5). Porque já não podem mais morrer;
--Não são os espíritos dos mortos [embora os demônios finjam pois são iguais aos anjos, e são filhos
ser espíritos de mortos, no Espiritismo]. de Deus, sendo filhos da
ressurreição. (Lucas 20:36)
4 Que é o homem mortal para que
6. Possuem grande poder (2Pe 2:11). te lembres dele? e o filho do
homem, para que o visites? 5 Pois
pouco menor o fizeste do que os
anjos, e de glória e de honra o
coroaste. (Salmos 8:4-5)
Enquanto os anjos, sendo maiores
em força e poder, não pronunciam
contra eles juízo blasfemo diante do
Senhor. (2 Pedro 2:11)

28 ... Salve, agraciada; o Senhor é


E. Ministério dos anjos: contigo; bendita és tu entre as
mulheres. 29 E, vendo-o ela, turbou-
se muito com aquelas palavras, e
1. Para com Cristo: considerava que saudação seria esta.
30 Disse-lhe, então, o anjo: Maria,
não temas, porque achaste graça
a. Predisseram Seu nascimento (Luc 1:26-33). diante de Deus. 31 E eis que em teu
ventre conceberás e darás à luz um
b. Anunciaram Seu nascimento (Luc 2:13). filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus.
32 Este será grande, e será chamado
filho do Altíssimo; e o Senhor Deus
c. Protegeram-No enquanto bebê (Mat 2:13). lhe dará o trono de Davi, seu pai; 33
E reinará eternamente na casa de
Jacó, e o seu reino não terá fim.
d. Fortaleceram-No após Sua tentação (Mat 4:11). (Lucas 1:26-33)
13 ... apareceu com o anjo uma
e. Preparados para O defenderem (Mat 26:53). multidão dos exércitos celestiais,
louvando a Deus, e dizendo: 14
Glória a Deus nas alturas, Paz na
f. Rolaram a pedra e anunciaram Sua ressurreição (Mat terra, boa vontade para com os
homens. (Lucas 2:13-14)
28:2,6). ... o anjo do Senhor apareceu a
José em sonhos, dizendo: Levanta-
g. Na ascensão de Cristo (Atos 1). te, e toma o menino e sua mãe, e
foge para o Egito, e demora-te lá até
que eu te diga; porque Herodes há
de procurar o menino para o matar.
(Mateus 2:13)
Então o diabo o deixou; e, eis que
chegaram os anjos, e o serviam.
(Mateus 4:11)
Ou pensas tu que eu não poderia
agora orar a meu Pai, e que ele não
me daria mais de doze legiões de
anjos? (Mateus 26:53)
2 E eis que houvera um grande
terremoto, porque um anjo do
Senhor, descendo do céu, chegou,
removendo a pedra da porta, e
sentou-se sobre ela ... 6 Ele não está
aqui, porque já ressuscitou, como
havia dito. Vinde, vede o lugar onde
o Senhor jazia. (Mateus 28:2,6)
9 E, quando dizia isto, vendo-o eles,
foi elevado às alturas, e uma nuvem o
recebeu, ocultando-o a seus olhos. 10
E, estando com os olhos fitos no céu,
enquanto ele subia, eis que junto
deles se puseram dois homens
vestidos de branco. 11 Os quais lhes
disseram: Homens galileus, por que
estais olhando para o céu? Esse
Jesus, que dentre vós foi recebido
em cima no céu, há de vir assim
como para o céu o vistes ir. (Atos
1:9-11)

Não são porventura todos eles


espíritos ministradores, enviados
para servir a favor daqueles que hão
2. Para com os crentes: de herdar a salvação? (Hebreus 1:14)
E eis que sobreveio o anjo do
a. Ajudam os crentes em geral (Heb 1:14). Senhor, e resplandeceu uma luz na
prisão; e, tocando a Pedro na ilharga,
o despertou, dizendo: Levanta-te
b. Envolvidos em responder às orações (Atos 12:7). depressa. E caíram-lhe das mãos as
cadeias. (Atos 12:7)
[NOTA DO TRADUTOR: isto foi em
c. Dão encorajamento (Atos 27:23-24). resposta às orações da igreja, verso
5].
d. Anjos da guarda (Heb 1:14 [acima]; Mat 18:10). 23 Porque esta mesma noite UM
anjo de Deus, de quem eu sou, e a
quem sirvo, esteve comigo, 24
e. Observam a experiência dos Cristãos (1Co 4:9; 1Tim 5:21). Dizendo: Paulo, não temas; importa
que sejas apresentado a César, e eis
que Deus te deu todos quantos
f. Interessados no esforço evangelístico (Luc 15:10; Atos navegam contigo. (Atos 27:23-24
8:26). tradução de Berry)
Vede, não desprEzeis algum destes

g. Cuidam dos crentes na morte (Luc 16:22; Judas 1:9). pequeninos, porque eu vos digo que
os seus anjos nos céus sempre vêem
a face de meu Pai que está nos céus.
(Mateus 18:10)
Porque tenho para mim, que Deus a
nós, apóstolos, nos pós por últimos,
como condenados à morte; pois
somos feitos espetáculo ao mundo,
aos anjos, e aos homens. (1 Coríntios
4:9)
Conjuro-te diante de Deus, e do
Senhor Jesus Cristo, e dos anjos
eleitos, que sem prevenção guardes
estas coisas, nada fazendo por
parcialidade. (1 Timóteo 5:21)
Assim vos digo que há alegria
diante dos anjos de Deus por um
pecador que se arrepende. (Lucas
15:10)
E UM anjo do Senhor falou a Filipe,
dizendo: Levanta-te, e vai para o
lado do sul, ao caminho que desce de
Jerusalém para Gaza, que está
deserta. (Atos 8:26 tradução de
Berry)
E aconteceu que o mendigo
morreu, e foi levado pelos anjos para
o seio de Abraão; e morreu também
o rico, e foi sepultado. (Lucas 16:22)
Mas o arcanjo Miguel, quando
contendia com o diabo, e disputava
a respeito do corpo de Moisés, não
ousou pronunciar juízo de maldição
contra ele; mas disse: O Senhor te
repreenda. (Judas 1:9)

E naquele tempo se levantará

3. Para com os descrentes: Miguel, o grande príncipe, que se


levanta a favor dos filhos do teu
povo, e haverá um tempo de
a. Miguel é o guarda de Israel (Daniel 12:1). angústia, qual nunca houve, desde
que houve nação até àquele tempo;
mas naquele tempo livrar-se-á o teu
b. Envolvidos em executar o julgamento no período da povo, todo aquele que for achado
tribulação (Apo capítulos 8 e 9 [os 7 anjos com as 7 escrito no livro. (Daniel 12:1)
trombetas] e capítulo 16 [os 7 anjos com as 7 taças]). E no mesmo instante feriu-o o anjo
do Senhor, porque não deu glória a
Deus e, comido de bichos, expirou.
c. Trazem castigo aos descrentes (Atos 12:23). (Atos 12:23)
O inimigo, que o semeou, é o diabo;
e a ceifa é o fim do mundo; e os
d. Envolvidos quando o Senhor voltar para estabelecer o Seu ceifeiros são os anjos. (Mateus
reino (Mat 13:39). 13:39)

Mas o arcanjo Miguel, quando


F. Classificação dos anjos: contendia com o diabo, e disputava
a respeito do corpo de Moisés, não
ousou pronunciar juízo de maldição
1. Arcanjo -- Miguel cujo nome significa "Quem é como Deus" contra ele; mas disse: O Senhor te
(Judas 1:9). repreenda. (Judas 1:9)
Conjuro-te diante de Deus, e do
Senhor Jesus Cristo, e dos anjos
2. Anjos eleitos (1Ti 5:21). eleitos, que sem prevenção guardes
estas coisas, nada fazendo por
parcialidade. (1 Timóteo 5:21)
3. Principados e potestades -- usado para todos os anjos e por Acima de todo o principado, e
vEzes só em relação aos anjos caídos (Efé. 1:21; 3:10). poder, e potestade, e domínio, e de
todo o nome que se nomeia, não só
neste século, mas também no
4. Querubim -- ou criaturas viventes que defendem a santidade vindouro; (Efésios 1:21)
de Deus da poluição dos seres pecadores (Gên 3:24; Êxo Para que agora, pela igreja, a
multiforme sabedoria de Deus seja
25:17-20; Eze 1:1-18). Note também o propósito original para conhecida dos principados e
o qual Satanás foi criado (Eze 28:14). potestades nos céus, (Efésios 3:10)
E havendo lançado fora o homem,
pôs querubins ao oriente do jardim
5. Serafim (Isa 6:2-7) -- sempre adorando Deus. do Éden, e uma espada inflamada
que andava ao redor, para guardar o
6. O anjo de Jeová -- são usualmente aparições de Cristo no caminho da árvore da vida. (Gênesis
3:24)
Velho Testamento. ... 18 Farás também dois querubins
de ouro; de ouro batido os farás, nas
7. Gabriel (Luc 1:19). duas extremidades do propiciatório.
... 20 Os querubins estenderão as
suas asas por cima, cobrindo com
elas o propiciatório; as faces deles
uma defronte da outra; as faces dos
querubins estarão voltadas para o
propiciatório. (Êxodo 25:17-20)
Tu eras o querubim, ungido para
cobrir, e te estabeleci; no monte
santo de Deus estavas, no meio das
pedras afogueadas andavas.
(Ezequiel 28:14)
2 Serafins estavam por cima dele;
cada um tinha seis asas; com duas
cobriam os seus rostos, e com duas
cobriam os seus pés, e com duas
voavam. 3 E clamavam uns aos
outros, dizendo: Santo, Santo, Santo
é o SENHOR dos Exércitos; toda a
terra está cheia da sua glória. ... 5
Então disse eu: Ai de mim! Pois estou
perdido; porque sou um homem de
lábios impuros, e habito no meio de
um povo de impuros lábios; os meus
olhos viram o Rei, o SENHOR dos
Exércitos. 6 Porém um dos serafins
voou para mim, trazendo na sua
mão uma brasa viva, que tirara do
altar com uma tenaz; 7 E com a
brasa tocou a minha boca, e disse:
Eis que isto tocou os teus lábios; e a
tua iniqüidade foi tirada, e expiado o
teu pecado. (Isaías 6:2-7)
E, respondendo o anjo, disse-lhe:
Eu sou Gabriel, que assisto diante de
Deus, e fui enviado a falar-te e dar-
te estas alegres novas. (Lucas 1:19)

II. DOUTRINA DE O inimigo, que o semeou, é o


diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e

SATANÁS
os ceifeiros são os anjos. (Mateus
13:39)
E disse-lhes: Eu via Satanás, como
raio, cair do céu. (Lucas 10:18)

A. Sua existência: E, se também Satanás está dividido


contra si mesmo, como subsistirá o
seu reino? Pois dizeis que eu expulso
os demônios por Belzebu. (Lucas
1. Ensinada em sete livros do Velho Testamento e reconhecido 11:18)
por todos os escritores do Novo Testamento.
2. Cristo reconheceu e ensinou a existência de Satanás (Mat
13:39; Luc 10:18 e 11:18).
... 3 E, chegando-se a ele o
tentador, disse: Se tu és o Filho de
Deus, manda que estas pedras se
tornem em pães. ... 6 E disse-lhe: Se
tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui
abaixo; porque está escrito: Que aos
seus anjos dará ordens a teu respeito,
E tomar-te-ão nas mãos, Para que
nunca tropeces em alguma pedra. ...
9 E disse-lhe: Tudo isto te darei se,
prostrado, me adorares. ... (Mateus
4:3-11)>
Mas temo que, assim como a
serpente enganou Eva com a sua
astúcia, assim também ... (2 Coríntios

B. Sua personalidade [é uma pessoa]: 11:3)


... 7 E houve batalha no céu; Miguel
e os seus anjos batalhavam contra o
1. [tem] Intelecto (Mat 4; 2Cor 11:3) -- cita as Escrituras. dragão, ... 12 ... Ai dos que habitam
na terra e no mar; porque o diabo
desceu a vós, e tem grande IRA,
2. [tem] Emoções (Apo 12) -- ira. sabendo que já tem pouco tempo. ...
17 E o dragão irou-se contra a
mulher, e foi fazer guerra ao
3. [tem] Arbítrio (resolução dependente da vontade) (2Cor remanescente da sua semente ...
2:26 [erro de digitação?]; Isa 14; Mat 25:41 e 2Ti 2:26) -- (Apocalipse 12:7-17)
moralmente responsável. > ...> 13 E tu dizias no teu coração:
Eu subirei ao céu, acima das estrelas
de Deus exaltarei o meu trono, e no
monte da congregação me
assentarei, aos lados do norte. 14
Subirei sobre as alturas das nuvens,
e serei semelhante ao Altíssimo >...
(Isaías 14:12-15>)
...> Apartai-vos de mim, malditos,
para o fogo eterno, preparado para o
diabo e seus anjos; (Mateus 25:41)
E tornarem a despertar,
desprendendo-se dos laços do diabo,
em que à vontade dele estão presos.
(2 Timóteo 2:26)

C. Sua natureza: ... 15 Perfeito eras nos teus


caminhos, desde o dia em que foste
criado, até que se achou iniqüidade

1. Um ser criado (Eze 28:14,15) -- Portanto tem que responder em ti. (Ezequiel 28:14-15)
11 Revesti-vos de toda a armadura
perante seu criador. de Deus, para que possais estar
firmes contra as astutas ciladas do
2. Um ser espiritual (Efé 6:11,12). diabo. 12 Porque não temos que
lutar contra a carne e o sangue, mas,
sim, contra os principados, contra as
3. Foi um Querubim (Eze 28:14). potestades, contra os príncipes das
trevas deste século, contra as hostes
espirituais da maldade, nos lugares
4. O ser angelical mais elevado (Eze 28:12). celestiais. (Efésios 6:11-12)
Tu eras o querubim, ungido para
5. Limitações: cobrir, e te estabeleci; no monte
santo de Deus estavas, no meio das
pedras afogueadas andavas. (Ezequiel
a. Ele é uma criatura e por conseguinte, não é nem onipotente, 28:14)
nem onipresente nem onisciente. Filho do homem, levanta uma
lamentação sobre o rei de Tiro, e
dize-lhe: Assim diz o Senhor DEUS: Tu
b. Pode ser resistido pelos salvos (Tia 4:7). eras o selo da medida, cheio de
sabedoria e perfeito em formosura.
c. Deus lhe colocou certas limitações (Jó 1:12). (Ezequiel 28:12)
Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao
diabo, e ele fugirá de vós. (Tiago 4:7)
6. Traços da personalidade: E disse o SENHOR a Satanás: Eis que
tudo quanto ele tem está na tua
mão; somente contra ele não
a. É um assassino (Joã 8:44a). estendas a tua mão. E Satanás saiu
da presença do SENHOR. (Jó 1:12)
b. É um mentiroso (Joã 8:44b). Vós tendes por pai ao diabo, e
quereis satisfazer os desejos de
vosso pai. Ele foi homicida desde o
c. É um pecador confirmado (1Jo 3:8). princípio, e não se firmou na
verdade, porque não há verdade

d. É um acusador (Apo 12:10). nele. Quando ele profere mentira,


fala do que lhe é próprio, porque é
mentiroso, e pai da mentira. (João
e. É um adversário (1Pe 5:8). 8:44)
Quem comete o pecado é do diabo;
porque o diabo peca desde o
princípio. Para isto o Filho de Deus se
manifestou: para desfazer as obras
do diabo. (1 João 3:8)
E ouvi uma grande voz no céu, que
dizia: Agora é chegada a salvação, e a
força, e o reino do nosso Deus, e o
poder do seu Cristo; porque já o
acusador de nossos irmãos é
derrubado, o qual diante do nosso
Deus os acusava de dia e de noite.
(Apocalipse 12:10)
Sede sóbrios; vigiai; porque o
diabo, vosso adversário, anda em
derredor, bramando como leão,
buscando a quem possa tragar; (1
Pedro 5:8)

E não é maravilha, porque o próprio

D. Nomes principais: Satanás se transfigura em anjo de


luz. (2 Coríntios 11:14)

Então foi conduzido Jesus pelo


1. Satanás -- adversário (2Co 11:14). Espírito ao deserto, para ser tentado
pelo diabo. (Mateus 4:1)

2. Diabo -- caluniador (Mat 4:1). Como caíste desde o céu, ó Lúcifer,


filha da alva! Como foste cortado por
terra, tu que debilitavas as nações!
(Isaías 14:12 tradução da KJV, etc.)
3. Serpente -- enganador (Apo 12:9).
NOTA DO TRADUTOR EM Isa
14:12 - "Estrela da manhã" é má
4. Lúcifer --portador de luz (Isa 14:12) [Ver NOTA]. tradução pois é título do nosso Senhor
Jesus Cristo em Apo 2:28; 22:16.
Deveria ser adotada a tradução
5. Maligno (1Jo 5:19). "Lúcifer", que significa "portador da
luz" e bem expressa o sentido de
"01966 llyh heylel".
6. Dragão (Apo 12:17).
Sabemos que somos de Deus, e que
todo o mundo está no maligno. (1
7. Príncipe deste mundo (Joã 12:31). Joãn 5:19)

E o dragão irou-se contra a mulher, e


foi fazer guerra ao remanescente da
8. O deus deste século (2Co. 4:4). sua semente, os que guardam os
mandamentos de Deus, e têm o
testemunho de Jesus Cristo.
(Apocalipse 12:17)
9. Acusador dos irmãos (Apo 12:10).
Agora é o juízo deste mundo; agora
será expulso o príncipe deste mundo.
10. Belzebu -- príncipe dos demônios (Mat 12:24). (João 12:31)

Nos quais o deus deste século cegou


11. Belial (2Co 6:15). os entendimentos dos incrédulos, para
que lhes não resplandeça a luz do
evangelho da glória de Cristo, que é a
imagem de Deus. (2 Coríntios 4:4)

E ouvi uma grande voz no céu, que


dizia: Agora é chegada a salvação, e a
força, e o reino do nosso Deus, e o
poder do seu Cristo; porque já o
acusador de nossos irmãos é
derrubado, o qual diante do nosso
Deus os acusava de dia e de noite.
(Apocalipse 12:10)

Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam:


Este não expulsa os demónios senão
por Belzebu, príncipe dos demónios.
(Mateus 12:24)

E que concórdia há entre Cristo e


Belial? Ou que parte tem o fiel com o
infiel? (2 Coríntios 6:15)
.. 11 ¶ Veio a mim a palavra do
SENHOR, dizendo: 12 Filho do
homem, levanta uma lamentação
sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim
diz o Senhor DEUS: Tu eras o selo da

E. Queda de Satanás:
medida, cheio de sabedoria e perfeito
em formosura. 13 Estiveste no Éden,
jardim de Deus; de toda a pedra
preciosa era a tua cobertura:
(compare. Ezequiel 28 e Isaías 14) sardónia, topázio, diamante,
turquesa, ónix, jaspe, safira,
1. Seu pecado (Isa 14:5 e 12-15) -- "Eu. . . ." carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti
se faziam os teus tambores e os teus
pífaros; no dia em que foste criado
a. Eu subirei ao céu (Eu tirarei o lugar a Deus). foram preparados. 14 Tu eras o
querubim, ungido para cobrir, e te
estabeleci; no monte santo de Deus
b. Eu exaltarei meu trono acima das estrelas de Deus (acima estavas, no meio das pedras
dos anjos). afogueadas andavas. 15 Perfeito eras
nos teus caminhos, desde o dia em
que foste criado, até que se achou
c. Eu me assentarei no monte da congregação na banda dos iniqüidade em ti. 16 Na multiplicação
lados do norte. do teu comércio encheram o teu
interior de violência, e pecaste; por

d. Eu subirei acima. . . nuvens (a glória de Deus). isso te lancei, profanado, do monte


de Deus, e te fiz perecer, ó querubim
cobridor, do meio das pedras
e. Eu serei semelhante ao Altíssimo. (Satanás queria ser o afogueadas. 17 Elevou-se o teu
possuidor dos céus e da terra.) - O seu pecado foi a soberba coração por causa da tua formosura,
corrompeste a tua sabedoria por
(1Ti 3:6) e pode ser caracterizado como o de falsificar Deus causa do teu resplendor; por terra te
(ser semelhante ao Altíssimo) [através do engano, tentar lancei, diante dos reis te pus, para
simular e imitar o poder de Deus, para, assim, receber a que olhem para ti. 18 Pela multidão
das tuas iniqüidades, pela injustiça do
adoração devida a Ele e tentar tomar-Lhe o lugar, tentar ser teu comércio profanaste os teus
igual a Deus] . santuários; eu, pois, fiz sair do meio
de ti um fogo, que te consumiu e te
tornei em cinza sobre a terra, aos
olhos de todos os que te vêem. 19
Todos os que te conhecem entre os
povos estão espantados de ti; em
grande espanto te tornaste, e nunca
mais subsistirá. ... (Ezequiel 28:1-26)
... 4 ¶ Então proferirás este provérbio
contra o rei de Babilónia, e dirás:
Como já cessou o opressor, como já
cessou a cidade dourada! 5 Já
quebrantou o SENHOR o bastão dos
ímpios e o cetro dos dominadores. 6
Aquele que feria aos povos com
furor, com golpes incessantes, e que
com ira dominava sobre as nações
agora é perseguido, sem que alguém
o possa impedir. 7 Já descansa, já
está sossegada toda a terra; rompem
cantando. 8 Até as faias se alegram
sobre ti, e os cedros do Líbano,
dizendo: Desde que tu caíste
ninguém sobe contra nós para nos
cortar. 9 O inferno desde o profundo
se turbou por ti, para te sair ao
encontro na tua vinda; despertou por
ti os mortos, e todos os chefes da
terra, e fez levantar dos seus tronos a
todos os reis das nações. 10 Estes
todos responderão, e te dirão: Tu
também adoeceste como nós, e foste
semelhante a nós. 11 Já foi
derrubada na sepultura a tua soberba
com o som das tuas violas; os vermes
debaixo de ti se estenderão, e os
bichos te cobrirão. 12 Como caíste
desde o céu, ó estrela da manhã, filha
da alva! Como foste cortado por
terra, tu que debilitavas as nações!
13 E tu dizias no teu coração: Eu
subirei ao céu, acima das estrelas de
Deus exaltarei o meu trono, e no
monte da congregação me
assentarei, aos lados do norte. 14
Subirei sobre as alturas das nuvens, e
serei semelhante ao Altíssimo. 15 E
contudo levado serás ao inferno, ao
mais profundo do abismo. 16 Os que
te virem te contemplarão,
considerar-te-ão, e dirão: É este o
homem que fazia estremecer a terra
e que fazia tremer os reinos? 17 Que
punha o mundo como o deserto, e
assolava as suas cidades? Que não
abria a casa de seus cativos? (Isaías
14:1-32)

Já quebrantou o SENHOR o bastão


dos ímpios e o cetro dos
dominadores. (Isaías 14:5)

12 Como caíste desde o céu, ó estrela


da manhã, filha da alva! Como foste
cortado por terra, tu que debilitavas
as nações! 13 E tu dizias no teu
coração: Eu subirei ao céu, acima das
estrelas de Deus exaltarei o meu
trono, e no monte da congregação
me assentarei, aos lados do norte. 14
Subirei sobre as alturas das nuvens, e
serei semelhante ao Altíssimo. 15 E
contudo levado serás ao inferno, ao
mais profundo do abismo. (Isaías
14:12-15)

Na multiplicação do teu comércio


encheram o teu interior de violência,
e pecaste; por isso te lancei,
profanado, do monte de Deus, e te fiz
perecer, ó querubim cobridor, do
meio das pedras afogueadas.
(Ezequiel 28:16)

14 ¶ Então o SENHOR Deus disse à


serpente: Porquanto fizeste isto,
maldita serás mais que toda a fera, e
mais que todos os animais do campo;
sobre o teu ventre andarás, e pó
comerás todos os dias da tua vida. 15
E porei inimizade entre ti e a mulher,
e entre a tua semente e a sua
semente; esta te ferirá a cabeça, e tu
lhe ferirás o calcanhar. (Génesis 3:14-
15)

Agora é o juízo deste mundo; agora


2. Seu castigo: será expulso o príncipe deste mundo.
(João 12:31)

a. Expulso da sua posição original do Céu (Eze 28:16). 7 E houve batalha no céu; Miguel e os
seus anjos batalhavam contra o
b. No jardim do Éden (Gen. 3:14-15). dragão, e batalhavam o dragão e os
seus anjos; 8 Mas não prevaleceram,
nem mais o seu lugar se achou nos
c. Na cruz (Joã 12:31). céus. 9 E foi precipitado o grande
dragão, a antiga serpente, chamada o
Diabo, e Satanás, que engana todo o
d. Barrado totalmente o acesso ao Céu durante [a partir de a mundo; ele foi precipitado na terra, e
metade de] o período da Tribulação (Apo 12:7-13). os seus anjos foram lançados com
ele. 10 E ouvi uma grande voz no céu,
que dizia: Agora é chegada a
e. Confinado no abismo (Apo 20:2). salvação, e a força, e o reino do nosso
Deus, e o poder do seu Cristo; porque
f. Lançado para dentro do Lago de Fogo (Apo 20:10). já o acusador de nossos irmãos é
derrubado, o qual diante do nosso
Deus os acusava de dia e de noite. 11
E eles o venceram pelo sangue do
Cordeiro e pela palavra do seu
testemunho; e não amaram as suas
vidas até à morte. 12 ¶ Por isso
alegrai-vos, ó céus, e vós que neles
habitais. Ai dos que habitam na terra
e no mar; porque o diabo desceu a
vós, e tem grande ira, sabendo que já
tem pouco tempo. 13 E, quando o
dragão viu que fora lançado na terra,
perseguiu a mulher que dera à luz o
filho homem. (Apocalipse 12:7-13)

Ele prendeu o dragão, a antiga


serpente, que é o Diabo e Satanás, e
amarrou-o por mil anos. (Apocalipse
20:2)

E o diabo, que os enganava, foi


lançado no lago de fogo e enxofre,
onde está a besta e o falso profeta; e
de dia e de noite serão atormentados
para todo o sempre. (Apocalipse
20:10 )

3 E, chegando-se a ele o tentador,


disse: Se tu és o Filho de Deus, manda
que estas pedras se tornem em pães.
4 Ele, porém, respondendo, disse:
Está escrito: Nem só de pão viverá o
homem, mas de toda a palavra que
sai da boca de Deus. 5 Então o diabo
o transportou à cidade santa, e
F. Trabalho de Satanás relacionado colocou-o sobre o pináculo do
templo, 6 E disse-lhe: Se tu és o Filho
com: de Deus, lança-te de aqui abaixo;
porque está escrito: Que aos seus
anjos dará ordens a teu respeito, E
1. Deus: tomar-te-ão nas mãos, Para que
nunca tropeces em alguma pedra. 7
Disse-lhe Jesus: Também está escrito:
a. Tenta opor-se ao plano de Deus em todas as áreas e por Não tentarás o Senhor teu Deus. 8
todos os meios possíveis. Novamente o transportou o diabo a
um monte muito alto; e mostrou-lhe

b. Tenta falsificar o plano de Deus. todos os reinos do mundo, e a glória


deles. 9 E disse-lhe: Tudo isto te darei
se, prostrado, me adorares. 10 Então
c. Tentou Cristo (Mat 4:3-11). disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás,
porque está escrito: Ao Senhor teu
Deus adorarás, e só a ele servirás. 11
d. Possuiu o corpo de Judas para trair Cristo (Joã 13:27). Então o diabo o deixou; e, eis que
chegaram os anjos, e o serviam.
(Mateus 4:3-11)

E, após o bocado, entrou nele


Satanás. Disse, pois, Jesus: O que
fazes, faze-o depressa. (João 13:27)

Nos quais o deus deste século cegou


os entendimentos dos incrédulos,
para que lhes não resplandeça a luz
do evangelho da glória de Cristo, que
é a imagem de Deus. (2 Coríntios 4:4)

2. Descrentes:
E os que estão junto do caminho,
estes são os que ouvem; depois vem o
diabo, e tira-lhes do coração a
a. Cega-lhes as mentes (2Co 4:4). palavra, para que não se salvem,
crendo; (Lucas 8:12)

b. Rouba-lhes a Palavra dos seus corações (Luc 8:12). Conheço as tuas obras, e onde habitas,
que é onde está o trono de Satanás; e
reténs o meu nome, e não negaste a
c. Usa descrentes para se opor ao trabalho de Deus (Apo 2:13). minha fé, ainda nos dias de Antipas,
minha fiel testemunha, o qual foi
morto entre vós, onde Satanás habita.
d. Reuni-los-á para a batalha do Armagedon (Apo 16:13-16). (Apocalipse 2:13)

e. Atualmente engana-os (Apo 20:3). 13 E da boca do dragão, e da boca da


besta, e da boca do falso profeta vi
sair três espíritos imundos,
semelhantes a rãs. 14 Porque são
espíritos de demónios, que fazem
prodígios; os quais vão ao encontro
dos reis da terra e de todo o mundo,
para os congregar para a batalha,
naquele grande dia do Deus Todo-
Poderoso. 15 Eis que venho como
ladrão. Bem-aventurado aquele que
vigia, e guarda as suas roupas, para
que não ande nu, e não se vejam as
suas vergonhas. 16 E os congregaram
no lugar que em hebreu se chama
Armagedom. (Apocalipse 16:13-16)

E lançou-o no abismo, e ali o


encerrou, e pós selo sobre ele, para
que não mais engane as nações, até
que os mil anos se acabem. E depois
importa que seja solto por um pouco
de tempo. (Apocalipse 20:3)

Disse então Pedro: Ananias, por que


encheu Satanás o teu coração, para
que mentisses ao Espírito Santo, e
retivesses parte do preço da
herdade? (Atos 5:3 BRP)

E ouvi uma grande voz no céu, que


dizia: Agora é chegada a salvação, e a
força, e o reino do nosso Deus, e o
poder do seu Cristo; porque já o
acusador de nossos irmãos é
derrubado, o qual diante do nosso
Deus os acusava de dia e de noite.
(Apocalipse 12:10 BRP)

3. Crentes:
Por isso bem quisemos uma e outra
vez ir ter convosco, pelo menos eu,
a. Tenta os crentes para mentirem (Atos 5:3). Paulo, mas Satanás no-lo impediu.
(1 Tessalonicens. 2:18 BRP)

b. Acusa e calunia os crentes (Apo 12:10). Porque não temos que lutar contra a
carne e o sangue, mas, sim, contra
os principados, contra as
c. Pode impedir o trabalho de um salvo (1Te 2:18). potestades, contra os príncipes das
trevas deste século, contra as hostes
espirituais da maldade, nos lugares
d. Tenta derrotar-nos através de demônios (Efé 6:12). celestiais. (Efésios 6:12 BRP)

Não vos priveis um ao outro, senão


e. Tenta-nos para a imoralidade (1Co 7:5). por consentimento mútuo por algum
tempo, para vos aplicardes ao jejum e
à oração; e depois ajuntai-vos outra
f. Semeia falsificadores entre os crentes (Mat 13:38,39). vez, para que Satanás não vos tente
pela vossa incontinência. (1
Coríntios 7:5 BRP)
g. Incita perseguição contra os crentes (Apo 2:10).
38 O campo é o mundo; e a boa
semente são os filhos do reino; e o
joio são os filhos do maligno; 39 O
inimigo, que o semeou, é o diabo; e
a ceifa é o fim do mundo; e os
ceifeiros são os anjos. (Mateus 13:38-
39 BRP)

Nada temas das coisas que hás de


padecer. Eis que o diabo lançará
alguns de vós na prisão, para que
sejais tentados; e tereis uma
tribulação de dez dias. Sê fiel até à
morte, e dar-te-ei a coroa da vida.
(Apocalipse 2:10 BRP)
Portanto, pode também salvar
perfeitamente os que por ele se
chegam a Deus, vivendo sempre para
interceder por eles. (Hebreus 7:25
BRP)

Não peço que os tires do mundo,


mas que os livres do mal. (João
17:15 BRP)

Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo,


vosso adversário, anda em
derredor, bramando como leão,
buscando a quem possa tragar; (1
Petro 5:8 BRP)

8 ¶ E, contudo, também estes,


semelhantemente adormecidos,
contaminam a sua carne, e rejeitam a
dominação, e vituperam as
dignidades. 9 Mas o arcanjo Miguel,
quando contendia com o diabo, e
G. Defesas do crente contra Satanás: disputava a respeito do corpo de
Moisés, não ousou pronunciar juízo
de maldição contra ele; mas disse:
O Senhor te repreenda. (Judas 1:8-9
1. Intercessão de Cristo (Heb 7:25; Joã 17:15). BRP)

2. Ter a atitude correta para com Satanás (1Pe 5:8 e Judas Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo,
vosso adversário, anda em
1:8,9). derredor, bramando como leão,
buscando a quem possa tragar; (1
Pedro 5:8 BRP)
3. Estar vigilantes contra Satanás (1Pe 5:8).
Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao
diabo, e ele fugirá de vós. (Tiago 4:7
4. Tomar uma atitude de resistência contra Satanás, mas por BRP)
vezes devemos fugir (Tia 4:7 e 2Ti 2:22).
FOGE também das paixões da
mocidade; e segue a justiça, a fé, o
5. Usar a armadura espiritual (Efé 6:11-18). amor, e a paz com os que, com um
coração puro, invocam o Senhor. (2
Timóteo 2:22 BRP)

11 Revesti-vos de toda a armadura


de Deus, para que possais estar
firmes contra as astutas ciladas do
diabo. 12 Porque não temos que
lutar contra a carne e o sangue,
mas, sim, contra os principados,
contra as potestades, contra os
príncipes das trevas deste século,
contra as hostes espirituais da
maldade, nos lugares celestiais. 13
Portanto, tomai toda a armadura de
Deus, para que possais resistir no
dia mau e, havendo feito tudo, ficar
firmes. 14 Estai, pois, firmes, tendo
cingidos os vossos lombos com a
verdade, e vestida a couraça da
justiça; 15 E calçados os pés na
preparação do evangelho da paz; 16
Tomando sobretudo o escudo da fé,
com o qual podereis apagar todos
os dardos inflamados do maligno.
17 Tomai também o capacete da
salvação, e a espada do Espírito,
que é a palavra de Deus; 18 Orando
em todo o tempo com toda a oração
e súplica no Espírito, e vigiando
nisto com toda a perseverança e
súplica por todos os santos, (Efésios
6:11-18 BRP)

III. DOUTRINA DOS


demônios
A. Pontos de vista sobre a origem dos
demônios:
1. A alma dos homens perversos que morreram (Gregos).

2. Espíritos duma raça pré-Adãmica.

3. Descendência [do intercurso] dos anjos caídos com as


mulheres, antes do dilúvio (Gen. 6:1-4).

4. Aqueles anjos que seguiram Satanás na sua queda (posição


bíblica).
XXXX

Todos os
Anjos

Anjos não-
Anjos Caídos (demônios)
Caídos

Esqueceu de
a. demônios livres
PREENCHER?

Esqueceu de
b. demônios confinados
PREENCHER?

c. demônios temporariamente
Esqueceu de
confinados (Apo 9:14 e Luc
PREENCHER?
8:28-31)

B. Características dos demônios:


XXXX
1. Seres espirituais (Mat17:18, compare com Mar 9:25).

2. Conhecem Jesus Cristo (Mar 1:24).


3. Conhecem o seu próprio fim (Mat 8:29).

4. Conhecem o plano da salvação (Tia 2:19).

5. Têm um sistema de doutrina (1Ti 4:1-3).

6. Imorais, perversos, imundos (1Ti 4:1-3).

C. Atividades dos demônios:


1. Em geral:

a. Tentam opor-se à obra de Deus (Apo 16:13-16 e Daniel XXXX


10:11-14).

b. Estendem a autoridade de Satanás (Efé 6:11,12).

c. Demônios podem ser usados por Deus para levar a cabo


Seus propósitos (2Co 12:7; 1Ti 1:19; 1Co 5:5 e 1Sa 16:14).
2. Algumas em particular:

a. Podem infligir doença (Mat 9:33).

b. Podem possuir humanos (Mat 4:24).


XXXX
c. Podem possuir animais (Mar 5:13).

d. Espalham falsa doutrina (1Ti 4:1).

e. Opõem-se ao crescimento espiritual dos filhos de Deus (Efé


6:12).

D. Possessão demoníaca:
1. Definição: Um demônio residindo dentro de uma pessoa,
exercendo controle diretamente na mente/corpo dessa pessoa.

2. Resultado: Doença física ou deficiência (Mat 9:32,33),


desarranjo/perturbação mental (Mat 17:15).
XXXX
3. Marcas de possessão demoníaca de Marcos 5 (o
endemoninhado gadareno):

a. Habitado por um espírito imundo (verso 2).

b. Força física invulgar (verso 3).

c. Ataques de fúria (verso 4).


d. Desintegração ou divisão da personalidade (verses 6 e 7). O
endemoninhado correu para Jesus para obter ajuda, contudo
gritava de medo.

e. Resistência às coisas espirituais (verso 7).

f. Poderes de clarividência (verso 7) -- sabia imediatamente


quem Jesus era.

g. Alteração da voz (verso 9).

h. Transportação pelo ocultismo (verso 13) -- os demônios


deixaram o homem e entraram nos porcos.

E. Destino dos demônios:


1. Temporariamente alguns estão confinados. Por exemplo,
alguns que eram livres durante a vida de Cristo, foram
lançados para o abismo (Luc 8:31) e serão libertos para XXXX

fazerem a sua obra, durante os dias da Tribulação que se


avizinha (Rev. 9:1-11 e 16:13-14).

2. Todos os demônios serão lançados com Satanás no Lago de


Fogo para sempre (Mat 25:41 e Apo 20:10).

BATALHA XXXX

ESPIRITUAL
Parece que os crentes nunca se cansam de aparecer com novas
maneiras de lidar com a vida. Lembram-nos dos Atenienses no
Areópago, que "de nenhuma outra coisa se ocupavam, senão
de dizer e ouvir alguma novidade" (Atos 17:21). Dentro da
"cristandade evangélica" de hoje em dia, existe uma constante
parada de inovadores enfoques para lidar com os nossos
pecados e problemas. Um desses é o que alguns chamam de
"batalha espiritual". Batalha espiritual se tornou a moda em
qualquer círculo cristão de hoje em dia, apesar da sua falta de
suporte bíblico. Isto deve-se a vários fatores: a influência de
elementos carismáticos; pragmatismo; a igreja render-se à
psicologia durante os últimos vinte anos; e o endosso de
teólogos de renome. No entanto, a questão é, como sempre:
Porventura este novo movimento se encaixa na Palavra de
Deus? Iremos descobrir que não somente não se encaixa nas
Escrituras, mas que o movimento da batalha espiritual é anti-
Escriturístico.

O CRISTÃO E A
POSSESSÃO DEMONÍACA
Definição de demonizado [ver NOTA]:
Os ensinadores da batalha espiritual dão uma grande
importância à palavra Grega comumente traduzida,
"endemoninhado (possuído por demônio)" no Novo
Testamento. A palavra simplesmente significa "ser
demonizado". De alguma forma, esta definição é suposta
suavizar o conceito de um Cristão ser possuído por um
demônio. Por exemplo, Neil Anderson diz que significa [em
qualquer forma, extensão, grau e duração] ser [influenciado
ou] controlado por um demônio, e que é uma questão de graus.
No entanto, o Novo Testamento nunca usa o termo para coisa
alguma menor do que ser habitado por um demônio. [O termo
"demonizado"] nunca é usado para descrever a atividade de
Satanás em acusação aos irmãos, tentação, enganação ou
perseguição. Portanto, não importa como traduzimos a palavra
"daimonizomai", ela é sempre usada exclusivamente para
aqueles habitados por demônios.

Pode um Cristão ser possuído por um NOTA DO TRADUTOR: Traduziu-se a


palavra inglesa demonized, para
demônio? demonizado. Poder-se-ia ter optado
pela palavra endemoninhado, pois o
sentido usado para demonized, é o
A questão deve ser colocada, "Pode um salvo ser possuído por mesmo do que para endemoninhado,
um demônio; isto é, habitado e controlado por um demônio?" mas para ser mais fiel ao original,
decidi usar a palavra demonizado,
C.F. Dickenson, no seu livro Demon Possession and the mesmo não aparecendo em nenhum
Christian, devota sério estudo a esta questão. Ele lida com dicionário de português que
todas as principais porções das Escrituras acerca deste assunto consultei, então pelo que me foi dado

e então conclui: "Chegamos à conclusão que que, embora haja a pesquisar, demonizado é um
neologismo. Sempre que a palavra
uma grande quantidade de informação a considerar, e ainda demonizado aparecer no texto, no
que se possa alegar evidências de vários pesos, no entanto não original constava a palavra
havemos chegado a uma conclusão definitiva. ... Temos demonized.

procurado evidências provenientes de considerações bíblicas e


teológicas que suportem a idéia de os crentes puderem ser
demonizados."(p149).

Em outras palavras, de acordo com o Dr. Dickenson, as


mesmas Escrituras que clamam prover tudo o que precisamos
para a vida e santificação (2Pe 1:3), é inadequada para lidar
com este assunto importante. [Daí,] que deve o crente um
fazer? De acordo com Dickenson, Deus negligenciou incluir na
Sua Palavra instruções para vitória sobre um dos mais
poderosos inimigos do crente. Então para onde nos virarmos?
Dickenson assegura-nos que podemos olhar para a experiência
com confiança. Ele admite que, "O perigo de basearmos nossa
teologia em experiência é evidente." No entanto, como a
Palavra de Deus não aborda o assunto da demonização dos
crentes, os ensinadores da batalha espiritual se sentiram livres
para desenvolverem um inteiro sistema de batalha demoníaca,
baseados na suposta experiência de pessoas.

O que a Bíblia diz? 13 O qual nos tirou da


potestade das trevas, e
Antes de examinarmos a defeituosa estrutura da batalha nos transportou para o
espiritual devemos examinar se a Bíblia nos dá alguma pista reino do Filho do seu
acerca se um crente pode ser demonizado. As seguintes amor; 14 Em quem
passagens necessitam ser estudadas -- temos a redenção pelo
seu sangue, a saber, a
Col. 1:13-14 -- Quando os indivíduos são salvos eles são remissão dos pecados;
arrancados do domínio das trevas.
(Colossenses 1:13-14
Rom. 8:37 -- O contexto é o da segurança do crente, no entanto BRP)
encontramos que ao crente é prometida vitória através de
Cristo. Mas em todas estas
coisas somos mais do
1Co 6:19 -- O crente é habitado pelo Espírito Santo. É que vencedores, por
inconcebível que o Espírito Santo fosse partilhar nossos corpos aquele que nos amou.
com um demônio. Durante o tempo do ministério de Jesus na (Romanos 8:37 BRP)
terra os demônios temiam-No e normalmente evitavam-No, se
possível. Porque o mesmo não será verdade com o Espírito Ou não sabeis que o
Santo? vosso corpo é o templo
do Espírito Santo, que
1Jo 4:4 -- O crente tem o Espírito Santo dentro de si. Os habita em vós,
demônios por outro lado, habitam o mundo e os que são do proveniente de Deus, e
mundo. que não sois de vós
mesmos? (1 Coríntios
1Jo 5:18 -- O maligno não pode tocar nos filhos de Deus. 6:19 BRP)

Filhinhos, sois de
2Te 3:3 -- Por causa da fidelidade de nosso Senhor ( não da
nossa) estamos protegidos do maligno. Deus, e já os tendes
vencido; porque maior
1Co 5:5 -- No Novo Testamento nunca encontramos indicação é o que está em vós do
alguma que um crente possa ser habitado por um demônio, que o que está no
nem nos é dado mandamento algum ou instrução alguma mundo. (1 João 4:4
acerca de expulsar demônios. Esta passagem fala de entregar BRP)
um crente a Satanás, para a destruição da sua carne. Nada
jamais é dito acerca de arrancar um crente de uma possessão Sabemos que todo
pelo Diabo. aquele que é nascido de
Deus não peca; mas o
que de Deus é gerado
conserva-se a si
mesmo, e o maligno
não lhe toca. (1 João
5:18 BRP)

Mas fiel é o Senhor,


que vos confirmará, e
guardará do maligno.
(2 Tessalonicens. 3:3
BRP)

Seja entregue a
Satanás para
destruição da carne,
para que o espírito seja
salvo no dia do Senhor
Jesus. (1 Coríntios 5:5
BRP)
Porquê o interesse neste assunto:

Então, porque alguns crêem que um crente possa ser


demonizado?

Aqui estão três razões:

1. Experiência -- Histórias, algumas delas bastante incríveis,


dominam o campo. A teoria parece ser que, se alguém teve
uma experiência, não importa o quão absurda ou antibíblica
possa ser, então ela tem que ser de Deus. "Teologia da
História" [ver NOTA] é o marca predominante na teologia de NOTA DO TRADUTOR: No original
hoje. "Story Theology". Teologia da História
é bastante diferente de Teologia
Histórica. A primeira, é usada no
2. Influência da psicologia -- Meu problemas não podem ser sentido de se basear a teologia em
culpa minha. Tem que existir uma solução, fora das Escrituras. histórias, mas histórias das pessoas,
Este é o mesmo ponto de vista que os psicólogos Cristãos muitas vezes sem veracidade, ou
apoio bíblico, em ultima análise esta
ensinam teologia se baseia na experiência das
pessoas; enquanto a segunda analisa
3. Transferência de culpa [jogar minhas culpas nos outros] -- a Teologia na História.

Anderson diz, "Aqueles que dizem que um demônio não pode


controlar [sequer] uma área da vida dum crente, só nos deixam
com dois culpados para o problema que encaramos: nós
mesmos ou Deus. Se nos culpamos a nós próprios, nos
sentiremos desesperados, pois não conseguiremos fazer nada
para parar o que estamos fazendo. Se culpados Deus, a nossa
confiança n´Ele como nosso Pai benevolente é abalada. De
qualquer das maneiras, não temos chance alguma de obter a
vitória que a Bíblia nos promete" (The Bondage Breaker,
p.174). Como não nos podemos mais culpar a nós próprios
pelos nossos próprios problemas, os demônios tornam-se
convenientes bodes expiatórios.

I. OS ENSINAMENTOS
DOS LIDERES DA
BATALHA ESPIRITUAL
Neil Anderson é o ensinador mais popular da batalha XXXX
espiritual. Anderson foi o chefe do Departamento de Teologia
Prática na Talbot School of Theology of Biola University.
Escreveu vários livros dentro deste assunto, incluindo: The
Bondage Breaker; The Seduction of Our Children; Victory
over the Darkness; Released from Bondage; e Walking
Through the Darkness. Ele também viaja pelo país [USA]
apresentando o seu seminário "Liberdade em Cristo" (Freedom
in Christ). Iremos tratar os ensinamentos de Anderson como
representativos de todo o grupo.

A. Ensinamentos Bíblicos:
Muitos dos conceitos do Dr. Anderson estão de acordo com as
Escrituras, pelos quais damos graças a Deus. Anderson estaria
de acordo com as doutrinas fundamentais da fé. Em adição a
isto, ele coloca ênfase especial em:
XXXX
- Pensamento correto produzirá emoções certas.

- O maior promotor da saúde mental e emocional, é um


verdadeiro conhecimento de Deus.

- O crente tem que entender a sua identidade em Cristo.

- Perdão é extremamente importante na vida do crente.

B. Cristãos podem ser demonizados ou


possuídos por demônios:
Anderson faz a seguinte afirmação. "É minha observação que
não mais do que 15% da comunidade de cristãos evangélicos é
completamente livre da escravidão a Satanás" (Bondage,
p.107). "Influência demoníaca não é uma força externa no
XXXX
sentido físico; é uma manipulação interna ao nível do sistema
nervoso central" (p.111). "Qualquer coisa má que não consiga
parar de fazer, ou qualquer coisa boa que não consiga pôr-se a
fazer, pode ser uma área de controle demoníaco" (p.179).

Para Anderson, 85% dos cristãos evangélicos estão controlados


por Satanás, em algum grau. Seria um exercício muito
interessante tentar achar nas Escrituras suporte para as
asserções de Anderson.

C. Cristãos podem ser libertos da


demonização:
Felizmente para nós, Anderson descobriu um meio de
libertação para os crentes controlados pelos demônios. Onde
encontrou ele tal plano? Certamente não foi nas Escrituras --
XXXX
relembre que aparentemente [diz ele] a Bíblia não trata de tal
problema. Ele também não encontrou [solução] mesmo nas
tradições dos grandes santos do passado. De fato, ninguém na
história da igreja jamais ensinou os métodos desenvolvidos por
Anderson -- o que nos diz umas quantas coisas:

1. Visto este plano não ser baseado nas Escrituras, e visto ser
total novidade para a igreja, grande precaução é preciso ter.
2. Se Anderson está correto, então a maior parte dos santos do
passado, os quais somente tinham a Palavra de Deus para os
guiar, foram escravizados irremediavelmente por demônios --
aparentemente sem se darem conta disso. Que pensamento tão
triste!
1 ¶ E, convocando os
seus doze discípulos,
D. Ensinos de Anderson, sobre o que o deu-lhes virtude e poder
crente tem que fazer para ser liberto da sobre todos os demônios,
demonização. para curarem
enfermidades. ... 13 Mas
O seu principal foco deve estar contido dentro destes três ele lhes disse: Dai-lhes
conceitos : vós de comer. ...... 41 E
Jesus, respondendo,
1. Entendendo a nossa identidade em Cristo -- disse: O geração
incrédula e perversa! até
Muito do que Anderson ensina nesta secção é bíblico, no quando estarei ainda
entanto, se desvia em duas áreas importantes: convosco e vos sofrerei?
Traze-me aqui o teu filho.
a. A autoridade do crente.
... 54 E os seus discípulos,
O argumento é mais ou menos este: Eu estou sentado nos Tiago e João, vendo isto,
lugares celestiais em Cristo. Cristo tem todo o poder e disseram: Senhor, queres
autoridade. Portanto, eu tenho o poder e autoridade de Cristo. que digamos que desça
E o resultado é que todos os Cristão tem autoridade sobre fogo do céu e os
Satanás e seus demônios. consuma, como Elias
também fez? ... (Lucas
Deverá ser óbvio que a terceira premissa não é verdadeira. 9:1-62 BRP)
Anderson dá como prova textual Luc 9 e 10. No entanto, não
somente estas referências são para os crente pré-pentecostes
(que não estavam em Cristo), mas, são instruções específicas, 1 ¶ E depois disto
para um específico grupo de pessoas, para um específico ato. designou o Senhor ainda
Estas passagens não têm qualquer referência para a igreja. outros setenta, e
mandou-os adiante da
b. Amarrando, soltando, ordenando a Satanás e seus sua face, de dois em dois,
demônios. a todas as cidades e
lugares aonde ele havia
Anderson admite que não existem instruções nas epístolas para de ir. ... 9 E curai os
expulsar demônios porque (diz ele) é da responsabilidade de enfermos que nela
todo crente Cristão o vestir a armadura de Deus, ficar firme e
houver, e dizei-lhes: É
resistir ao diabo.
chegado a vós o reino de
A Escritura usada como suporte é Mat 12:29, mas é errado Deus. ... 17 ¶ E voltaram
concluir que Cristo haja estabelecido um castigador universal os setenta com alegria,
para amarrar espíritos maus. A propósito, quem é que não pára dizendo: Senhor, pelo teu
de os soltar? nome, até os demónios
se nos sujeitam. 18 E
disse-lhes: Eu via Satanás,
como raio, cair do céu. 19
Eis que vos dou poder
para pisar serpentes e
escorpiões, e toda a força
do inimigo, e nada vos
fará dano algum. 20 Mas,
não vos alegreis porque
se vos sujeitem os
espíritos; alegrai-vos
antes por estarem os
vossos nomes escritos
nos céus. ... (Lucas 10:1-
42 BRP)

Ou, como pode alguém


entrar em casa do
homem valente, e furtar
os seus bens, se primeiro
não maniatar o valente,
saqueando então a sua
casa? (Mateus 12:29 BRP)
5 Não te encurvarás a
elas nem as servirás;
porque eu, o SENHOR teu
2. Libertação do nosso passado -- Deus, sou Deus zeloso,
que visito a iniqüidade
Anderson sugere uma abordagem com quatro pontos: dos pais nos filhos, até a
terceira e quarta geração
a. A "integração da psicologia com teologia." daqueles que me
odeiam. 6 E faço
b. Libertar o crente da "escravatura hereditária de demônios". misericórdia a milhares
Anderson está falando de se herdar geneticamente: demônios;
dos que me amam e aos
espíritos guias; maldições Satânicas; e uma pré-disposição
genética para pecados que se transformam em hábitos ou que guardam os meus
vícios. mandamentos. (Êxodo
Êxo 20:5 é a suposta base Escriturística, mas é usado fora do 20:5-6 BRP)
contexto (ver verso 6). No entanto, mesmo se pecado herdado
fosse o contexto, Ezequiel 18:19 o rescindiu. Mas dizeis: Por que
não levará o filho a
c. Perdoar Deus (Released, p.174). iniqüidade do pai?
Porque o filho
Nada mais é necessário dizer aqui. Isto não é um milímetro procedeu com retidão
menos que blasfêmia. e justiça, e guardou
todos os meus
d. Perdoar-se a si próprio. estatutos, e os
praticou, por isso
Nada em toda a Palavra de Deus nos dá a autoridade para nos certamente viverá.
perdoarmos a nós mesmos. (Ezequiel 18:19 BRP)

16 Digo, porém: Andai


em Espírito, e não
3. Liberdade de conflito da Escritura causado por demônios
cumprireis a
concupiscência da carne.
-- Confrontação demoníaca é o ponto fundamental (crux) do
17 Porque a carne cobiça
ministério de Anderson.
contra o Espírito, e o
Note três pressuposições insanas e/ou não bíblicas: Espírito contra a carne; e
estes opõem-se um ao
a. Demônio (não a carne) são a fonte primária da falha dos outro, para que não
crentes (Gal. 5:16-21). façais o que quereis. 18
Mas, se sois guiados pelo
b. Crentes podem ficar possuídos por demônios. Espírito, não estais
debaixo da lei. 19 Porque
c. Batalha espiritual é uma campanha ofensiva em vez de
as obras da carne são
defensiva, e inclui ataques verbais a Satanás. "Devemos
aprender a manietar o homem forte antes de podermos resgatar manifestas, as quais são:
os seus prisioneiros" (Bondage, p.91). adultério, prostituição,
impureza, lascívia, 20
Idolatria, feitiçaria,
inimizades, porfias,
emulações, iras, pelejas,
dissensões, heresias, 21
Invejas, homicídios,
bebedices, glutonarias, e
coisas semelhantes a
estas, acerca das quais
vos declaro, como já
antes vos disse, que os
que cometem tais coisas
não herdarão o reino de
Deus. (Gálatas 5:16-21
BRP)

4. Passos para a liberdade em Cristo

-- Satanás será derrotado somente se o confrontarmos


verbalmente (p.84):

Passo #1 -- Renuncie [todo] envolvimento com práticas


satânicas de inspiração no ocultismo. (Isto inclui qualquer
atividade que um membro da família possa ter participado.)

Passo #2 -- Escolha viver pela verdade em vez de pelo engano.

Passo #3 -- Escolha perdão em vez de ficar amargurado. (Isto XXXX


inclui perdoarmos a nós mesmos, p.196.)

Passo #4 -- Temos que escolher ser submissos em vez de


rebeldes.

Passo #5 -- Viva humildemente em vez de orgulhosamente.

Passo #6 -- Escolha liberdade em vez de escravidão ao pecado.

Passo #7 -- Renuncie os pecados e maldições, as quais possam


ter sido colocadas nos seus ancestrais (ver ex. p.201).

II. AVALIAÇÃO DA 16 Toda a Escritura é


divinamente inspirada, e
BATALHA ESPIRITUAL proveitosa para ensinar,
para redargüir, para
corrigir, para instruir em
A Escritura reivindica prover tudo o que necessitamos para a
salvação e santificação (2Ti 3:16-17 e 2Pe 1:3). Contudo, os justiça; 17 Para que o
próprios ensinadores da batalha espiritual admitem que não homem de Deus seja
existe evidência bíblica que um filho de Deus possa ser perfeito, e
demonizado. Se esse é o caso, então obviamente a Escritura perfeitamente instruído
não provê nenhum "passos para libertação da possessão para toda a boa obra. (2
demoníaca". Agora, Neil Anderson e C. Fred Dickenson estão
Timóteo 3:16-17 BRP)
nos dizendo que estão nos provendo aquilo que a Palavra de
Deus nunca se concedeu nos ensinar. Donde estão estes
homens obtendo tal informação? Da experiência -- a mesma Visto como o seu
fonte donde os carismáticos obtém os seus ensinos divino poder nos deu
antibíblicos. tudo o que diz
respeito à vida e
piedade, pelo
A. Não só o movimento da batalha conhecimento daquele
espiritual deriva de fontes extra- que nos chamou pela
sua glória e virtude; (2
bíblicas, mas também contradiz muito Petro 1:3 BRP)
do que o Novo Testamento nos diz
19 Porque as obras da
acerca de demônios. carne são manifestas, as
quais são: adultério,
1. Nas epístolas existem dez referências a demônios (a maioria prostituição, impureza,
relatando certos fatos), mas existem mais de cinqüenta
lascívia, 20 Idolatria,
referências para "a carne" como sendo o principal inimigo do
crente. A perspectiva do Novo Testamento é que a maior área feitiçaria, inimizades,
de conflito é na área da carne, e não na da influência porfias, emulações, iras,
demoníaca. pelejas, dissensões,
heresias, 21 Invejas,
2. Alguns estão-nos dizendo que demônios têm nomes que homicídios, bebedices,
refletem suas influências. Nomes tais como "luxúria", glutonarias, e coisas
"assassinato", "inveja", "mexerico", etc. Contudo, em nenhum semelhantes a estas,
lugar na Bíblia nós encontramos qualquer suporte para este
acerca das quais vos
ensino. A Escritura explicitamente diz que estas ações são
declaro, como já antes
produto da carne (e.g. Gal. 5:19-21).
vos disse, que os que
3. Anderson clama que quando lidamos com demônios é um cometem tais coisas não
"embate da verdade" , e não um "embate de poder". No herdarão o reino de
entanto, quando Jesus ou os Apóstolos expulsavam demônios Deus. (Gálatas 5:19-21
era sempre um embate de poder. Jesus nunca, nem uma só vez, BRP)
tentou argumentar com um indivíduo endemoninhado. Nunca,
nem uma só vez Ele lhes pediu para acreditarem na verdade. 5 E, descendo Filipe à
Ele sempre energicamente expulsava os demônios dessas cidade de Samaria lhes
pessoas. Ademais, nem uma só pessoa nos Evangelhos jamais pregava a Cristo. 6 E as
veio até Jesus para ser liberta dos demônios. A razão óbvia é multidões
que quando um demônio controla alguém, essa pessoa perdeu a unanimemente
sua capacidade para escolher o bem. [Em contraste,] os prestavam atenção ao
ensinadores da batalha espiritual nos dizem que os crentes que Filipe dizia, porque
estão indo ter com eles em grande número, para serem libertos. ouviam e viam os
sinais que ele fazia; 7
4. Os líderes da batalha espiritual não entendem a distinção Pois que os espíritos
entre Jesus e os apóstolos e o cristão normal. Os encontros de imundos saíam de
Jesus com os demônios estavam diretamente relacionados com muitos que os tinham,
a Sua reivindicação de ser o Messias e Sua oferta do Reino. clamando em alta voz;
Em relação aos Apóstolos, existem três ocasiões em que e muitos paralíticos e
expulsaram demônios após a ascensão de Cristo (Atos 8:5-8; coxos eram curados. 8
16:16-18; 19:11-12). A capacidade para fazer isso, lhes foi E havia grande alegria
dada para atestar a nomeação deles como apóstolos (Mar naquela cidade. (Atos
16:17; 2Co 12:12). No Novo Testamento nós não encontramos 8:5-8 BRP)
crentes a expulsar demônios, a não ser que sejam Apóstolos.
No entanto, mesmo com os Apóstolos, nós não encontramos 16 ¶ E aconteceu que,
que a expulsão de demônios fosse uma parte importante dos indo nós à oração, nos
seus ministérios. Em vez disso, a norma para lidar com saiu ao encontro uma
possessão demoníaca era a apresentação do evangelho. jovem, que tinha
espírito de adivinhação,
5. É interessante nos apercebermos que é exatamente estas a qual, adivinhando,
áreas -- as quais os carismáticos e as pessoas da batalha dava grande lucro aos
espiritual tanto enfatizam -- que Jesus põe em evidência como seus senhores. 17 Esta,
nada provando concernente à relação com Deus (Mat 7:21-23). seguindo a Paulo e a
Posteriormente Paulo até nos ensina que pessoas com nós, clamava, dizendo:
inspiração satânica podem produzir milagres (2Te. 2:9-12). Estes homens, que nos
anunciam o caminho da
6. A principal conclusão é que este método de santificação não salvação, são servos do
é ensinado em parte alguma da Bíblia. Nós, com toda a certeza, Deus Altíssimo. 18 E
podemos confiar que nosso Senhor teria incluído [no registro isto fez ela por muitos
Bíblico] um meio para libertar de demônios se tal fosse dias. Mas Paulo,
necessário. perturbado, voltou-se
e disse ao espírito: Em
nome de Jesus Cristo,
te mando que saias
dela. E na mesma
hora saiu. (Atos 16:16-
18 BRP)

11 E Deus pelas mãos


de Paulo fazia
maravilhas
extraordinárias. 12 De
sorte que até os lenços
e aventais se levavam
do seu corpo aos
enfermos, e as
enfermidades fugiam
deles, e os espíritos
malignos saíam. (Atos
19:11-12 BRP)

E estes sinais seguirão


aos que crerem: Em
meu nome expulsarão
os demónios; falarão
novas línguas; (Marcos
16:17 BRP)

Os sinais do meu
apostolado foram
manifestados entre
vós com toda a
paciência, por sinais,
prodígios e
maravilhas. (2
Coríntios 12:12 BRP)

21 ¶ Nem todo o que


me diz: Senhor,
Senhor! entrará no
reino dos céus, mas
aquele que faz a
vontade de meu Pai,
que está nos céus. 22
Muitos me dirão
naquele dia: Senhor,
Senhor, não
profetizamos nós em
teu nome? e em teu
nome não expulsamos
demónios? e em teu
nome não fizemos
muitas maravilhas?
23 E então lhes direi
abertamente: Nunca
vos conheci; apartai-
vos de mim, vós que
praticais a iniqüidade.
(Mateus 7:21-23 BRP)

9 A esse cuja vinda é


segundo a eficácia de
Satanás, com todo o
poder, e sinais e
prodígios de mentira,
10 E com todo o
engano da injustiça
para os que perecem,
porque não
receberam o amor da
verdade para se
salvarem. 11 E por
isso Deus lhes enviará
a operação do erro,
para que creiam a
mentira; 12 Para que
sejam julgados todos
os que não creram a
verdade, antes
tiveram prazer na
iniqüidade. (2
Tessalonicens. 2:9-12
BRP)
Ou, como pode alguém
entrar em casa do
homem valente, e furtar
os seus bens, se primeiro
não maniatar o valente,
saqueando então a sua
casa? (Mateus 12:29 BRP)

B. Alguns ensinos ANTI-BÍBLICOS E eu te darei as chaves


do reino dos céus; e
adicionais: tudo o que ligares na
terra será ligado nos
1. Amarrar Satanás céus, e tudo o que
desligares na terra
-- baseado na má interpretação de três passagens: Mat 12:29; será desligado nos
16:19 e 18:18. O contexto no entanto revela que Mat 12:29 é céus. (Mateus 16:19
uma ilustração do poder pessoal de Cristo sobre Satanás, e não BRP)
nosso poder. Ademais, Mat 16:19 e 18:18 estão no contexto de
cumprir [plenamente] a vontade de Deus na terra, incluindo a Em verdade vos digo
disciplina pela igreja. que tudo o que
ligardes na terra será
ligado no céu, e tudo o
que desligardes na
terra será desligado
no céu. (Mateus 18:18
BRP)
8 ¶ E, contudo, também
estes, semelhantemente
adormecidos,
contaminam a sua carne,
e rejeitam a dominação,
e vituperam as
dignidades. 9 Mas o
arcanjo Miguel, quando
contendia com o diabo, e
disputava a respeito do
corpo de Moisés, não
ousou pronunciar juízo
de maldição contra ele;
mas disse: O Senhor te
repreenda. 10 Estes,
porém, dizem mal do que
não sabem; e, naquilo
que naturalmente
2. Repreender o diabo conhecem, como animais
irracionais se
-- os crentes nunca são instruídos a repreender o diabo ou seus corrompem. (Judas 1:8-
demônios. O Novo Testamento vê repreender como uma 10 BRP)
prerrogativa exclusiva de Jesus Judas 1:9). Ademais, isto é
marca dum falso profeta (2Pe 2:4-12; Judas 1:8,9). Então, por 4 Porque, se Deus não
que é que as pessoas repreendem o diabo? 2Pe 2:12 e Judas perdoou aos anjos que
1:10 dizem que eles fazem isso porque não entendem o que pecaram, mas,
estão fazendo. 2Pe 2:10 sugere que fazem isso por causa da havendo-os lançado no
arrogância. inferno, os entregou às
cadeias da escuridão,
ficando reservados para
o juízo; 5 E não
perdoou ao mundo
antigo, mas guardou a
Noé, pregoeiro da
justiça, com mais sete
pessoas, ao trazer o
dilúvio sobre o mundo
dos ímpios; 6 E
condenou à destruição
as cidades de Sodoma e
Gomorra, reduzindo-as
a cinza, e pondo-as para
exemplo aos que
vivessem impiamente;
7 ¶ E livrou o justo Ló,
enfadado da vida
dissoluta dos homens
abomináveis 8 (Porque
este justo, habitando
entre eles, afligia todos
os dias a sua alma justa,
vendo e ouvindo sobre
as suas obras injustas);
9 Assim, sabe o
Senhor livrar da
tentação os piedosos, e
reservar os injustos
para o dia do juízo,
para serem
castigados; 10 ¶ Mas
principalmente aqueles
que segundo a carne
andam em
concupiscências de
imundícia, e
desprezam as
autoridades;
atrevidos, obstinados,
não receando
blasfemar das
dignidades; 11
Enquanto os anjos,
sendo maiores em
força e poder, não
pronunciam contra
eles juízo blasfemo
diante do Senhor. 12
Mas estes, como
animais irracionais, que
seguem a natureza,
feitos para serem presos
e mortos, blasfemando
do que não entendem,
perecerão na sua
corrupção, (2 Petro 2:4-
12 BRP)
3. Orar o sangue (praying the blood)
XXXX

-- Esta frase ou idéia não é encontrada no Novo Testamento. O


sangue de Cristo nos purifica/liberta do pecado.
5 Não te encurvarás a
elas nem as servirás;
porque eu, o SENHOR
teu Deus, sou Deus
zeloso, que visito a
iniqüidade dos pais nos
filhos, até a terceira e
quarta geração daqueles
que me odeiam. 6 E faço
misericórdia a milhares
4. Maldições herdadas -- quatro razões porque isto é
dos que me amam e aos
incorreto:
que guardam os meus
mandamentos. (Êxodo
a. A salvação nos liberta de todos os pecados -- incluindo
pecados de ocultismo. A Bíblia não reconhece pecados de 20:5-6 BRP)
ocultismo como uma categoria especial, que não foi tratada na
cruz. ... 17 Desviar do pobre
a sua mão, não receber
b. Êxo 20:5 se refere à escolha de cada geração em seguir os usura e juros, cumprir
pecados dos seus ancestrais. Eze 18:10-20 diz que cada um de os meus juízos, e andar
nós será tratado de acordo com os seus próprios pecado. nos meus estatutos, o
tal não morrerá pela
c. Êxo 20:5-6 e Deut 5:9-10 lidam com Israel -- não com a iniqüidade de seu pai;
igreja. certamente viverá. 18
Seu pai, porque
d. Não existe nem um único exemplo na Bíblia de uma pessoa praticou a extorsão,
salva estar sob uma maldição satânica, que tenha que ser roubou os bens do
"quebrada" por exorcistas Cristãos ou por uma confissão irmão, e fez o que não
especial [distinta da confissão geral da natureza completamente era bom no meio de seu
pecaminosa]. povo, eis que ele
morrerá pela sua
e. Espíritos territoriais. iniqüidade. ... 20 A
alma que pecar, essa
morrerá; o filho não
levará a iniqüidade do
pai, nem o pai levará
a iniqüidade do filho.
A justiça do justo
ficará sobre ele e a
impiedade do ímpio
cairá sobre ele.
(Ezequiel 18:10-20
BRP)
9 Não te encurvarás a
elas, nem as servirás;
porque eu, o SENHOR
teu Deus, sou Deus
zeloso, que visito a
iniqüidade dos pais
nos filhos, até à
terceira e quarta
geração daqueles que
me odeiam. 10 E faço
misericórdia a
milhares dos que me
amam e guardam os
meus mandamentos.
(Deuteronômio 5:9-10
BRP)

III. INSTRUÇÕES
BÍBLICAS
CONCERNENTES AO
LIDAR COM DEMÔNIOS
Sede sóbrios; vigiai;
A. Que Satanás e seus demônios estão porque o diabo, vosso

ativamente envolvidos em tentar adversário, anda em


derredor, bramando
destruir nossas vidas é evidente através como leão, buscando a
de toda a Escritura. quem possa tragar; (1
Petro 5:8 BRP)
1Pe 5:8 talvez resume o esforço e objetivos de Satanás melhor
que qualquer outra passagem na Bíblia A grande questão é
como é que nós devemos lidar com seus furiosos ataques de
emboscada? Hoje, alguns ensinam que devemos repreender ou
amarrar Satanás. Outros nos dizem que devemos expulsar
demônios das pessoas, clamando pelo sangue de Cristo (The
Bondage Breaker, pp.69,84,85,88,107 e 111). Contudo, no
Novo Testamento nunca somos instruídos ou ordenados a
expulsar ou amarrar demônios.

B. Em referência a Satanás, é-nos 6 Humilhai-vos, pois,

ensinado que devemos ter um papel debaixo da potente mão


de Deus, para que a seu
defensivo. tempo vos exalte; 7
Lançando sobre ele toda
Quando crentes tomam a ofensiva contra Satanás, estão a vossa ansiedade,
ultrapassando as suas fronteiras legítimas, e se envolvendo em
porque ele tem cuidado
situações que o Senhor nunca tinha planejado para eles. Ao
invés de instruções concernentes ao exorcismo, amarramento, de vós. 8 ¶ Sede sóbrios;
repreensão, etc., somos ensinados (nos únicos três locais no vigiai; porque o diabo,
Novo Testamento onde instruções são dadas concernentes a vosso adversário, anda
lidar com Satanás) a resistir ao Diabo (1Pe 5:6-9; Tia 4:7 e Efé em derredor, bramando
6:10-18).
como leão, buscando a
quem possa tragar; 9 Ao
qual resisti firmes na fé,
sabendo que as mesmas
aflições se cumprem
entre os vossos irmãos
no mundo. (1 Petro 5:6-9
BRP)

Sujeitai-vos, pois, a
Deus, resisti ao diabo, e
ele fugirá de vós. (Tiago
4:7 BRP)

10 ¶ No demais, irmãos
meus, fortalecei-vos no
Senhor e na força do seu
poder. 11 Revesti-vos de
toda a armadura de
Deus, para que possais
estar firmes contra as
astutas ciladas do diabo.
12 Porque não temos
que lutar contra a carne
e o sangue, mas, sim,
contra os principados,
contra as potestades,
contra os príncipes das
trevas deste século,
contra as hostes
espirituais da maldade,
nos lugares celestiais. 13
Portanto, tomai toda a
armadura de Deus, para
que possais resistir no
dia mau e, havendo feito
tudo, ficar firmes. 14
Estai, pois, firmes, tendo
cingidos os vossos
lombos com a verdade, e
vestida a couraça da
justiça; 15 E calçados os
pés na preparação do
evangelho da paz; 16
Tomando sobretudo o
escudo da fé, com o qual
podereis apagar todos os
dardos inflamados do
maligno. 17 Tomai
também o capacete da
salvação, e a espada do
Espírito, que é a palavra
de Deus; 18 Orando em
todo o tempo com toda a
oração e súplica no
Espírito, e vigiando nisto
com toda a perseverança
e súplica por todos os
santos, (Efésios 6:10-18
BRP)

16 Toda a Escritura é
C. Somente a passagem em Efésios 6 divinamente inspirada, e
proveitosa para ensinar,
nos ensina como resistir para redargüir, para
corrigir, para instruir em
i.e., vestindo a armadura de Deus. Paulo, como prisioneiro na
justiça; 17 Para que o
altura que escreveu a epístola aos Efésios, observava
homem de Deus seja
diariamente a armadura protetora dos soldados que o
guardavam. Usando a armadura como ilustração, Paulo perfeito, e
explica-nos como podemos ficar firmes contras as astutas perfeitamente instruído
ciladas do Diabo. Seis peças da armadura são necessárias para para toda a boa obra. (2
a total proteção do crente contra os ataques de Satanás: Timóteo 3:16-17 BRP)

1. O Cinto da Verdade (6:14) -- Visto como o seu


O cinto era essencial para manter as outras peças da armadura divino poder nos deu
no lugar e para assegurar a liberdade de movimento, segurando tudo o que diz
a longa túnica que os soldados usavam. A verdade aqui respeito à vida e
mencionada é a verdade objetiva da Palavra de Deus. Deus piedade, pelo
quer que sejamos completamente dominados e controlados conhecimento daquele
pela verdade da Bíblia. É por causa de muitos Cristão não que nos chamou pela
estarem completamente compenetrados com a absoluta sua glória e virtude; (2
verdade e autoridade final da Palavra de Deus que eles são Petro 1:3 BRP)
ineficazes na batalha espiritual. Devemos tomar 2Tim 3:16,17
e 2Peter 1:3 seriamente. Isto deve ser a nossa premissa.

2. A Couraça da Justiça (6:14) -- Mas, àquele que não


O órgão vital dos soldados Romanos eram protegidos pela sua pratica, mas crê naquele
couraça. As pessoas necessitam de dois tipos de justiça que que justifica o ímpio, a
protegem seus pensamentos, emoções e vontades: sua fé lhe é imputada
como justiça. (Romanos
a. "Justiça de Salvação" que é nos dada no momento da
4:5 BRP)
conversão (Rom. 4:5). Esta é a justiça de Cristo, e é-nos
imputada sem mérito da nossa parte, quando confiamos em
Cristo para o perdão dos nossos pecados.

b. "Justiça Pessoal" que se refere à justiça produzida nas nossas


vidas pelo Espírito Santo. Isto toma lugar na vida dum crente
quando reconhece o seu pecado e se volta para Cristo. Escolher
viver "corretamente" é uma grande proteção
1 ¶ Tendo sido, pois,
justificados pela fé,
temos paz com Deus, por
3. Sapatos do Evangelho da Paz (6:15) -- nosso Senhor Jesus
[o leitor] Irá notar que devemos ter os pés calçados na Cristo; 2 Pelo qual
preparação do evangelho da paz. Isto fala da prontidão, firmeza
também temos entrada
de pés, mobilidade e proteção que advêm de termos o
pela fé a esta graça, na
evangelho da paz. O que nos assegura a vitória final sobre
Satanás é que temos paz com Deus (Rom 5:1,2). Portanto, qual estamos firmes, e
podemos ficar firmes e inarredáveis porque nossos pés estão nos gloriamos na
firmemente seguros na nossa inabalável relação com Deus. esperança da glória de
Deus. (Romanos 5:1-2
BRP)

4. Escudo da Fé (6:16) --
Isto fala, não da "fé para salvação" (pois essas pessoas já estão
salvas), mas de uma "fé viva", uma confiança nas promessas e
no poder de Deus. A principal arma de Satanás é nos fazer
duvidar da Palavra de Deus. É pela fé em Deus e na Sua
Palavra que somos capazes de lidar com qualquer artimanhas XXXX
que Satanás possa levantar no nosso caminho. Somente por
tirar nosso olhar de nós mesmos e voltá-lo para Deus,
colocando nossa confiança n´Ele tanto para a vida quanto para
a morte e eternidade, confiando somente na Sua Palavra de
revelação e de promessa, é que é possível repelir a chuva de
mísseis inflamados de Satanás.
5. Capacete da Salvação (6:17) -- Mas nós, que somos do
1Te 5:8 clarifica o sentido [da expressão]. [O autor] está dia, sejamos sóbrios,
falando não do [leitor da epístola] tornar-se salvo, mas antes no vestindo-nos da couraça
[leitor ter] a "esperança da salvação". Quer isto dizer, temos a
da fé e do amor, e tendo
certeza absoluta da nossa salvação, não importa o quão feroz se
por capacete a
possa tornar a batalha.
Não fosse pelo fato que, mesmo no meio das maiores esperança da salvação;
dificuldades e perseguições, a segurança de salvação habita em (1 Tessalonicens. 5:8
nossos corações, poderíamos facilmente desertar da batalha. O BRP)
capacete da salvação nos capacita a irmos para a batalha com
completa confiança, não em nós mas no nosso Deus (Fp. 1:6). Tendo por certo isto
mesmo, que aquele
que em vós começou a
boa obra a
aperfeiçoará até ao
dia de Jesus Cristo;
(Filipenses 1:6 BRP)

6. Espada do Espírito (6:17) --


Isto se refere à espada curta, parecida com uma adaga, que era
usada principalmente para defesa, não à espada [longa e]
larga, que era uma arma ofensiva. "A espada que o crente
carrega é descrita aqui como a Palavra de Deus. Mas não é o
Grego "logos", mas sim "rhema". "Rhems" refere-se à xxxx
emanação de uma palavra ou declaração, específicas. Na
batalha espiritual não é suficiente meramente termos um
conhecimento geral das Escrituras; devemos ter também um
conhecimento específico das Escrituras e usar esse
conhecimento corretamente" (A Holy Rebellion, p.145). Note
6:18,19 onde esta armadura deve ser banhada em oração.

Gary E. Gilley, Pastor-teacher, Southern View Chappel,


http://www.svchapel.org/svchapel.html

traduzido por: Humberto Rafeiro

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica
herdeira da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e traduzida somente da Palavra de
Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus
Receptus. Para começar a ter uma idéia da gravidade de muitas das MILHARES de
deturpações de todas as "Bíblias" moderninhas, Alexandrinas (baseadas no Texto dos
incessantes Críticos), em relação às Bíblias do TR, leia, por EXEMPLO,
http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/AAlmeidaAtualizadaExposta-
Helio.htm
http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/ExpondoErrosNVI-Jun2000-
Emidio.htm
Angelologia, a doutrina sobre os anjos. Os anjos bons, anjo do Senhor, anjos eleitos, anjos de Deus, anjo de Jeová, arcanjo, arcanjos,
exército, espíritos, filhos de Deus, Gabriel, hoste, mensageiros, Miguel, principados, potestades, poderes, querubim, querubins, serafim,
serafins.

I. ANGELOLOGIA, A Vede, não desprezeis algum destes


pequeninos, porque eu vos digo que os
seus anjos nos céus sempre vêem a face

DOUTRINA SOBRE OS de meu Pai que está nos céus. (Mateus


18:10)
Ou pensas tu que eu não poderia agora

ANJOS [Bons]
orar a meu Pai, e que ele não me daria
mais de doze legiões de anjos? (Mateus
26:53)
Pois pouco menor o fizeste do que os
anjos, e de glória e de honra o coroaste.

A. Existência dos anjos: (Salmos 8:5)


7 Tu o fizeste um pouco menor do
que os anjos, De glória e de honra o
coroaste, E o constituíste sobre as obras
1. Anjos são encontrados em trinta e cinco livros da Bíblia, e de tuas mãos; 8 Todas as coisas lhe
sujeitaste debaixo dos pés. 9 Vemos,
em duzentas e setenta e cinco referências. porém, coroado de glória e de honra
aquele Jesus que fora feito um pouco
menor do que os anjos, por causa da
2. Cristo ensinou a existência dos anjos (Mat 18:10; 26:53). paixão da morte, para que, pela graça de
Deus, provasse a morte por todos.
(Hebreus 2:7-9)
3. Os anjos são uma ordem distinta da criação e foi-lhes dado E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos
ao redor do trono, e dos animais, e dos
uma posição celestial, ou esfera, acima da esfera do homem anciãos; e era o número deles milhões de
milhões, e milhares de milhares,
(Sal 8:5; Heb 2:7-9; Apo 5:11; 7:11). (Apocalipse 5:11)
E todos os anjos estavam ao redor do
trono, e dos anciãos, e dos quatro
4. Anjo significa "mensageiro". animais; e prostraram-se diante do
Eles são sempre referidos através do gênero masculino. trono sobre seus rostos, e adoraram a
Deus, (Apocalipse 7:11)

... 16 Porque nele foram criadas todas


as coisas que há nos céus e na terra,
visíveis e invisíveis, sejam tronos,
sejam dominações, sejam principados,
B. Criação dos Anjos sejam potestades. Tudo foi criado por
ele e para ele. 17 E ele é antes de todas
as coisas, e todas as coisas subsistem
por ele. (Colossenses 1:15-17)
Colossenses 1:15-17 E num dia em que os filhos de Deus
vieram apresentar-se perante o
SENHOR, veio também Satanás entre
eles. (Jó 1:6)
6 Sobre que estão fundadas as suas
Anjos não são uma raça, mas uma hoste [exército]. bases, ou quem assentou a sua pedra
Eles são filhos de Deus (Jó 1:6), e nunca de outros anjos. de esquina, 7 Quando as estrelas da
alva juntas alegremente cantavam, e
Foram criados num determinado momento, antes da criação todos os filhos de Deus jubilavam? (Jó
38:6-7)
do mundo físico (Jó 38:6,7). E aos anjos que não guardaram o seu
Os anjos foram criados num estado de santidade (Judas 1:6). principado, mas deixaram a sua
própria habitação, reservou na
Eles são inumeráveis (Heb 12:22). escuridão e em prisões eternas até ao
juízo daquele grande dia; (Judas 1:6)
Mas chegastes ao monte Sião, e à
cidade do Deus vivo, à Jerusalém
celestial, e aos muitos milhares de
anjos; (Hebreus 12:22)
Aos quais foi revelado que, não para si
C. Personalidade dos anjos [cada anjo é uma pessoa] mesmos, mas para nós, eles
ministravam estas coisas que agora vos
foram anunciadas por aqueles que,
pelo Espírito Santo enviado do céu, vos
1. Têm intelecto (1Pe 1:12). pregaram o evangelho; para as quais
2. Têm emoções (Luc 2:13). coisas os anjos desejam bem atentar.
(1 Pedro 1:12)
3. Têm arbítrio [resolução dependente da vontade] (Judas 1:6 E, no mesmo instante, apareceu com o
anjo uma multidão dos exércitos
[acima] -- capazes de deixarem o seu primeiro estado. celestiais, louvando a Deus, e dizendo:
(Lucas 2:13)

Não são porventura todos eles


espíritos ministradores, enviados para
servir a favor daqueles que hão de
herdar a salvação? (Hebreus 1:14)
Porquanto, quando ressuscitarem
dentre os mortos, nem casarão, nem se
darão em casamento, mas serão como
os anjos que estão nos céus. (Marcos
12:25)
E levantei os meus olhos, e vi, e eis que
saíram duas mulheres; e traziam vento
nas suas asas, pois tinham asas como as
da cegonha; e levantaram o efa entre a
terra e o céu. (Zacarias 5:9)
[NOTA DO TRADUTOR: Assim
D. Natureza dos anjos: como José sonhou com vacas gordas
ingerindo vacas magras, mas tudo foi
linguagem figurativa e tais vacas não
existem realmente, assim também estas
1. São seres espirituais (Heb 1:14). visões e linguagem de Zacarias são
figuradas, não implicam que essas
mulheres realmente existem e sejam
2. Não se reproduzem (Mar 12:25). anjos, nem que hajam anjos femininos.]
Porque já não podem mais morrer;
pois são iguais aos anjos, e são filhos
3. São masculinos exceto em Zac 5:9 (gênero feminino de Deus, sendo filhos da ressurreição.
(Lucas 20:36)
usado duas vezes). 4 Que é o homem mortal para que te
lembres dele? e o filho do homem,
para que o visites? 5 Pois pouco menor
4. Não morrem (Luc 20:36). o fizeste do que os anjos, e de glória e
de honra o coroaste. (Salmos 8:4-5)
Enquanto os anjos, sendo maiores em
5. São distintos dos seres humanos (Sal 8:4,5). força e poder, não pronunciam contra
eles juízo blasfemo diante do Senhor. (2
--Não são os espíritos dos mortos [embora os demônios Pedro 2:11)
finjam sê-los, no Espiritismo]. [NOTA DO TRADUTOR:
7. Não há anjos bebezinhos, nem
femininos: na Bíblia, anjos sempre têm
gênero masculino, e aspecto de homem
6. Possuem grande poder (2Pe 2:11). adulto e perfeito (portanto másculo).
8. Mat 22:30 e Mar 12:25 não dizem que
os anjos (e seres humanos, glorificados)
não têm gênero, nem que não têm
capacidade de gerar prole da mesma
espécie (se existissem anjas, mas tais não
existem), nem que não têm a capacidade
de gerar prole "híbrida" [com mulheres,
como em Gên 6]: só dizem que os anjos
(e seres humanos, glorificados) não
usarão disto.
9. Anjos, na Bíblia, nunca têm asas,
pois sempre têm a aparência de homem
normal (só querubins e serafins têm
asas).]
28 ... Salve, agraciada; o Senhor é
E. Ministério dos anjos: contigo; bendita és tu entre as mulheres.
29 E, vendo-o ela, turbou-se muito com
aquelas palavras, e considerava que
saudação seria esta. 30 Disse-lhe, então,
1. Para com Cristo: o anjo: Maria, não temas, porque
achaste graça diante de Deus. 31 E eis
que em teu ventre conceberás e darás
a. Predisseram Seu nascimento (Luc 1:26-33). à luz um filho, e por-lhe-ás o nome de
Jesus. 32 Este será grande, e será
chamado filho do Altíssimo; e o
b. Proclamaram Seu nascimento (Luc 2:13). Senhor Deus lhe dará o trono de Davi,
seu pai; 33 E reinará eternamente na
casa de Jacó, e o seu reino não terá
c. Protegeram-No enquanto bebê (Mat 2:13). fim. (Lucas 1:26-33)
8 ¶ Ora, havia naquela mesma comarca
pastores que estavam no campo, e
guardavam, durante as vigílias da noite, o
d. Fortaleceram-No após Sua tentação (Mat 4:11). seu rebanho. 9 E eis que o anjo do
Senhor veio sobre eles, e a glória do
Senhor os cercou de resplendor, e
e. Preparados para O defenderem (Mat 26:53). tiveram grande temor. 10 E o anjo lhes
disse: Não temais, porque eis aqui vos
trago novas de grande alegria, que
f. Rolaram a pedra e anunciaram Sua ressurreição (Mat será para todo o povo: 11 Pois, na
cidade de Davi, vos nasceu hoje o
28:2,6). Salvador, que é Cristo, o Senhor. 12 E
isto vos será por sinal: Achareis o
menino envolto em panos, e deitado
g. Na ascensão de Cristo (Atos 1). numa manjedoura. 13 E, no mesmo
instante, apareceu com o anjo uma
multidão dos exércitos celestiais,
louvando a Deus, e dizendo: 14 Glória
a Deus nas alturas, Paz na terra, boa
vontade para com os homens. (Lucas
2:8-14)
... o anjo do Senhor apareceu a José
em sonhos, dizendo: Levanta-te, e
toma o menino e sua mãe, e foge para
o Egito, e demora-te lá até que eu te
diga; porque Herodes há de procurar
o menino para o matar. (Mateus 2:13)
Então o diabo o deixou; e, eis que
chegaram os anjos, e o serviam.
(Mateus 4:11)
Ou pensas tu que eu não poderia
agora orar a meu Pai, e que ele não me
daria mais de doze legiões de anjos?
(Mateus 26:53)
2 E eis que houvera um grande
terremoto, porque um anjo do Senhor,
descendo do céu, chegou, removendo a
pedra da porta, e sentou-se sobre ela ...
6 Ele não está aqui, porque já
ressuscitou, como havia dito. Vinde,
vede o lugar onde o Senhor jazia.
(Mateus 28:2,6)
9 E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi
elevado às alturas, e uma nuvem o
recebeu, ocultando-o a seus olhos. 10 E,
estando com os olhos fitos no céu,
enquanto ele subia, eis que junto deles
se puseram dois homens vestidos de
branco. 11 Os quais lhes disseram:
Homens galileus, por que estais
olhando para o céu? Esse Jesus, que
dentre vós foi recebido em cima no
céu, há de vir assim como para o céu o
vistes ir. (Atos 1:9-11)
Não são porventura todos eles espíritos
ministradores, enviados para servir a
2. Para com os crentes: favor daqueles que hão de herdar a
salvação? (Hebreus 1:14)
E eis que sobreveio o anjo do Senhor,
a. Ajudam os crentes em geral (Heb 1:14). e resplandeceu uma luz na prisão; e,
tocando a Pedro na ilharga, o despertou,
dizendo: Levanta-te depressa. E
caíram-lhe das mãos as cadeias. (Atos
b. Envolvidos em responder às orações (Atos 12:7). 12:7) [NOTA DO TRADUTOR: isto
foi em resposta às orações da igreja,
verso 5].
c. Dão encorajamento (Atos 27:23-24). 23 Porque esta mesma noite UM anjo
de Deus, de quem eu sou, e a quem
sirvo, esteve comigo, 24 Dizendo:
d. Anjos da guarda (Heb 1:14 [acima]; Mat 18:10). Paulo, não temas; importa que sejas
apresentado a César, e eis que Deus te
deu todos quantos navegam contigo.
e. Observam a experiência dos Cristãos (1Co 4:9; 1Tim (Atos 27:23-24 tradução de Berry)
Vede, não desprEzeis algum destes
5:21). pequeninos, porque eu vos digo que os
seus anjos nos céus sempre vêem a face
de meu Pai que está nos céus. (Mateus
f. Interessados no esforço evangelístico (Luc 15:10; Atos 18:10)
Porque tenho para mim, que Deus a
8:26). nós, apóstolos, nos pós por últimos,
como condenados à morte; pois somos
feitos espetáculo ao mundo, aos anjos,
g. Cuidam dos crentes na morte (Luc 16:22; Judas 1:9). e aos homens. (1 Coríntios 4:9)
Conjuro-te diante de Deus, e do
Senhor Jesus Cristo, e dos anjos
eleitos, que sem prevenção guardes
estas coisas, nada fazendo por
parcialidade. (1 Timóteo 5:21)
Assim vos digo que há alegria diante
dos anjos de Deus por um pecador que
se arrepende. (Lucas 15:10)
E UM anjo do Senhor falou a Filipe,
dizendo: Levanta-te, e vai para o lado
do sul, ao caminho que desce de
Jerusalém para Gaza, que está deserta.
(Atos 8:26 tradução de Berry)
E aconteceu que o mendigo morreu, e
foi levado pelos anjos para o seio de
Abraão; e morreu também o rico, e foi
sepultado. (Lucas 16:22)
Mas o arcanjo Miguel, quando
contendia com o diabo, e disputava a
respeito do corpo de Moisés, não ousou
pronunciar juízo de maldição contra ele;
mas disse: O Senhor te repreenda. (Judas
1:9)

3. Para com os descrentes:


E naquele tempo se levantará Miguel,
a. Miguel é o guarda de Israel (Daniel 12:1). o grande príncipe, que se levanta a
favor dos filhos do teu povo, e haverá
um tempo de angústia, qual nunca
b. Envolvidos em executar o julgamento no período da houve, desde que houve nação até
àquele tempo; mas naquele tempo
tribulação (Apocalipse capítulos 8 e 9 [os 7 anjos com as 7 livrar-se-á o teu povo, todo aquele que
trombetas] e capítulo 16 [os 7 anjos com as 7 taças]). for achado escrito no livro. (Daniel 12:1)
E no mesmo instante feriu-o o anjo do
Senhor, porque não deu glória a Deus
c. Trazem castigo aos descrentes (Atos 12:23). e, comido de bichos, expirou. (Atos
12:23)
O inimigo, que o semeou, é o diabo; e a
ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros
d. Envolvidos quando o Senhor voltar para estabelecer o Seu são os anjos. (Mateus 13:39)
reino (Mat 13:39).

Mas o arcanjo Miguel, quando


contendia com o diabo, e disputava a
F. Classificação dos anjos: respeito do corpo de Moisés, não ousou
pronunciar juízo de maldição contra
ele; mas disse: O Senhor te repreenda.
(Judas 1:9)
1. Arcanjo -- Miguel cujo nome significa "Quem é como Conjuro-te diante de Deus, e do
Deus" (Judas 1:9). Senhor Jesus Cristo, e dos anjos
eleitos, que sem prevenção guardes
estas coisas, nada fazendo por
2. Anjos eleitos (1Ti 5:21). parcialidade. (1 Timóteo 5:21)
Acima de todo o principado, e poder,
e potestade, e domínio, e de todo o
nome que se nomeia, não só neste
3. Principados e potestades -- usado para todos os anjos e século, mas também no vindouro;
por vezes só em relação aos anjos caídos (Efé. 1:21; 3:10). (Efésios 1:21)
Para que agora, pela igreja, a
multiforme sabedoria de Deus seja
4. Querubim -- ou "criaturas viventes", que defendem a conhecida dos principados e
potestades nos céus, (Efésios 3:10)
santidade de Deus da poluição dos seres pecadores (Gên E havendo lançado fora o homem, pôs
querubins ao oriente do jardim do
3:24; Êxo 25:17-20; Eze 1:1-18). Note também o propósito Éden, e uma espada inflamada que
original para o qual Satanás foi criado (Eze 28:14). andava ao redor, para guardar o
caminho da árvore da vida. (Gênesis
3:24)
5. Serafim (Isa 6:2-7) -- sempre adorando Deus. ... 18 Farás também dois querubins
de ouro; de ouro batido os farás, nas
duas extremidades do propiciatório. ...
20 Os querubins estenderão as suas
6. O anjo de Jeová [O Anjo do SENHOR] -- são usualmente asas por cima, cobrindo com elas o
aparições de Cristo no Velho Testamento. propiciatório; as faces deles uma
defronte da outra; as faces dos
querubins estarão voltadas para o
7. Gabriel (Luc 1:19). propiciatório. (Êxodo 25:17-20)
Tu eras o querubim, ungido para
cobrir, e te estabeleci; no monte santo
de Deus estavas, no meio das pedras
afogueadas andavas. (Ezequiel 28:14)
2 Serafins estavam por cima dele; cada
um tinha seis asas; com duas cobriam os
seus rostos, e com duas cobriam os seus
pés, e com duas voavam. 3 E clamavam
uns aos outros, dizendo: Santo, Santo,
Santo é o SENHOR dos Exércitos;
toda a terra está cheia da sua glória. ...
5 Então disse eu: Ai de mim! Pois estou
perdido; porque sou um homem de lábios
impuros, e habito no meio de um povo de
impuros lábios; os meus olhos viram o
Rei, o SENHOR dos Exércitos. 6 Porém
um dos serafins voou para mim,
trazendo na sua mão uma brasa viva,
que tirara do altar com uma tenaz; 7 E
com a brasa tocou a minha boca, e
disse: Eis que isto tocou os teus lábios;
e a tua iniqüidade foi tirada, e expiado
o teu pecado. (Isaías 6:2-7)
E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu
sou Gabriel, que assisto diante de
Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te
estas alegres novas. (Lucas 1:19)

Gary E. Gilley, Pastor-teacher, Southern View Chappel,


http://www.svchapel.org/svchapel.html

traduzido por: Humberto Rafeiro

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica herdeira da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e
traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus Receptus.

A Bíblia e a angelologia, satanalogia, demonologia. Doutrina dos anjos bons e anjos caídos, anjo do Senhor, arcanjos, filhos de Deus,
mensageiros, anjos maus, acusador, adversário, serpente, dragão, Belzebu, Belial, maligno, demônios, demonismo, espíritos, espiritismo,
exorcismo, exorcistas, expulsão de demônios, expulsar demônios, Gabriel, guerra espiritual, Lúcifer, Miguel, possessão, principados,
potestades, querubins, serafins, Satanás, satanismo

ANGELOLOGIA,
SATANOLOGIA
e
DEMONOLOGIA
- Doutrina dos
Anjos Bons E
Caídos

Vede, não desprezeis algum destes


pequeninos, porque eu vos digo que
os seus anjos nos céus sempre vêem
a face de meu Pai que está nos céus.
(Mateus 18:10)
Ou pensas tu que eu não poderia
agora orar a meu Pai, e que ele não

I. DOUTRINA SOBRE OS me daria mais de doze legiões de


anjos? (Mateus 26:53)
Pois pouco menor o fizeste do que

ANJOS [Bons] os anjos, e de glória e de honra o


coroaste. (Salmos 8:5)
7 Tu o fizeste um pouco menor do
que os anjos, De glória e de honra o
coroaste, E o constituíste sobre as
A. Existência dos anjos: obras de tuas mãos; 8 Todas as coisas
lhe sujeitaste debaixo dos pés. 9
Vemos, porém, coroado de glória e de
honra aquele Jesus que fora feito um
1. Anjos são encontrados em trinta e cinco livros da Bíblia, e pouco menor do que os anjos, por
causa da paixão da morte, para que,
em duzentas e setenta e cinco referências. pela graça de Deus, provasse a morte
por todos. (Hebreus 2:7-9)
E olhei, e ouvi a voz de muitos
2. Cristo ensinou a existência dos anjos (Mat 18:10; 26:53). anjos ao redor do trono, e dos
animais, e dos anciãos; e era o
número deles milhões de milhões, e
3. Os anjos são uma ordem distinta da criação e foi-lhes dado milhares de milhares, (Apocalipse
5:11)
uma posição celestial, ou esfera, acima da esfera do homem E todos os anjos estavam ao redor
(Sal 8:5; Heb 2:7-9; Apo 5:11; 7:11). do trono, e dos anciãos, e dos quatro
animais; e prostraram-se diante do
trono sobre seus rostos, e adoraram
a Deus, (Apocalipse 7:11)
4. Anjo significa "mensageiro".
Eles são sempre referidos através do gênero masculino.
... 16 Porque nele foram criadas
todas as coisas que há nos céus e na
terra, visíveis e invisíveis, sejam
tronos, sejam dominações, sejam
principados, sejam potestades.
B. Criação dos Anjos Tudo foi criado por ele e para ele.
17 E ele é antes de todas as coisas, e
todas as coisas subsistem por ele.
(Colossenses 1:15-17)
Colossenses 1:15-17 E num dia em que os filhos de
Deus vieram apresentar-se perante
o SENHOR, veio também Satanás
entre eles. (Jó 1:6)
6 Sobre que estão fundadas as
Anjos não são uma raça, mas uma hoste [exército]. suas bases, ou quem assentou a sua
Eles são filhos de Deus (Jó 1:6), e nunca de outros anjos. pedra de esquina, 7 Quando as
estrelas da alva juntas alegremente
Foram criados num determinado momento, antes da criação cantavam, e todos os filhos de Deus
jubilavam? (Jó 38:6-7)
do mundo físico (Jó 38:6,7). E aos anjos que não guardaram o
Os anjos foram criados num estado de santidade (Judas 1:6). seu principado, mas deixaram a sua
própria habitação, reservou na
Eles são inumeráveis (Heb 12:22). escuridão e em prisões eternas até
ao juízo daquele grande dia; (Judas
1:6)
Mas chegastes ao monte Sião, e à
cidade do Deus vivo, à Jerusalém
celestial, e aos muitos milhares de
anjos; (Hebreus 12:22)
Aos quais foi revelado que, não
C. Personalidade dos anjos [cada anjo é uma pessoa] para si mesmos, mas para nós, eles
ministravam estas coisas que agora
vos foram anunciadas por aqueles
que, pelo Espírito Santo enviado do
1. Têm intelecto (1Pe 1:12). céu, vos pregaram o evangelho;
2. Têm emoções (Luc 2:13). para as quais coisas os anjos
desejam bem atentar. (1 Pedro 1:12)
3. Têm arbítrio [resolução dependente da vontade] (Judas 1:6 E, no mesmo instante, apareceu
[acima] -- capazes de deixarem o seu primeiro estado. com o anjo uma multidão dos
exércitos celestiais, louvando a
Deus, e dizendo: (Lucas 2:13)
Não são porventura todos eles
espíritos ministradores, enviados
para servir a favor daqueles que
hão de herdar a salvação? (Hebreus
1:14)
Porquanto, quando ressuscitarem

D. Natureza dos anjos: dentre os mortos, nem casarão, nem


se darão em casamento, mas serão
como os anjos que estão nos céus.
(Marcos 12:25)
1. São seres espirituais (Heb 1:14). E levantei os meus olhos, e vi, e eis
que saíram duas mulheres; e traziam
vento nas suas asas, pois tinham asas
como as da cegonha; e levantaram o
2. Não se reproduzem (Mar 12:25). efa entre a terra e o céu. (Zacarias 5:9)
[NOTA DO TRADUTOR: Assim
como José sonhou com vacas gordas
3. São masculinos exceto em Zac 5:9 (gênero feminino usado ingerindo vacas magras, mas tudo foi
duas vezes). linguagem figurativa e tais vacas não
existem realmente, assim também
estas visões e linguagem de Zacarias
são figuradas, não implicam que
4. Não morrem (Luc 20:36). essas mulheres realmente existem e
sejam anjos, nem que hajam anjos
femininos.]
5. São distintos dos seres humanos (Sal 8:4,5). Porque já não podem mais morrer;
--Não são os espíritos dos mortos [embora os demônios finjam pois são iguais aos anjos, e são
filhos de Deus, sendo filhos da
sê-los, no Espiritismo]. ressurreição. (Lucas 20:36)
4 Que é o homem mortal para que
te lembres dele? e o filho do
6. Possuem grande poder (2Pe 2:11). homem, para que o visites? 5 Pois
pouco menor o fizeste do que os
anjos, e de glória e de honra o
coroaste. (Salmos 8:4-5)
Enquanto os anjos, sendo maiores
em força e poder, não pronunciam
contra eles juízo blasfemo diante do
Senhor. (2 Pedro 2:11)
[NOTA DO TRADUTOR:
7. Não há anjos bebezinhos, nem
femininos: na Bíblia, anjos sempre
têm gênero masculino, e aspecto de
homem adulto e perfeito (portanto
másculo).
8. Mat 22:30 e Mar 12:25 não dizem
que os anjos (e seres humanos,
glorificados) não têm gênero, nem
que não têm capacidade de gerar
prole da mesma espécie (se existissem
anjas, mas tais não existem), nem que
não têm a capacidade de gerar prole
"híbrida" [com mulheres, como em
Gên 6]: só dizem que os anjos (e seres
humanos, glorificados) não usarão
disto.
9. Anjos, na Bíblia, nunca têm asas,
pois sempre têm a aparência de
homem normal (só querubins e
serafins têm asas).]
28 ... Salve, agraciada; o Senhor é
contigo; bendita és tu entre as
mulheres. 29 E, vendo-o ela, turbou-
se muito com aquelas palavras, e
considerava que saudação seria esta.
30 Disse-lhe, então, o anjo: Maria,
não temas, porque achaste graça
diante de Deus. 31 E eis que em teu
ventre conceberás e darás à luz um
filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus.
32 Este será grande, e será
chamado filho do Altíssimo; e o
Senhor Deus lhe dará o trono de

E. Ministério dos anjos: Davi, seu pai; 33 E reinará


eternamente na casa de Jacó, e o
seu reino não terá fim. (Lucas 1:26-
33)
1. Para com Cristo: 8 ¶ Ora, havia naquela mesma
comarca pastores que estavam no
campo, e guardavam, durante as
vigílias da noite, o seu rebanho. 9 E
a. Predisseram Seu nascimento (Luc 1:26-33). eis que o anjo do Senhor veio sobre
eles, e a glória do Senhor os cercou de
resplendor, e tiveram grande temor.
b. Proclamaram Seu nascimento (Luc 2:13). 10 E o anjo lhes disse: Não temais,
porque eis aqui vos trago novas de
grande alegria, que será para todo o
c. Protegeram-No enquanto bebê (Mat 2:13). povo: 11 Pois, na cidade de Davi,
vos nasceu hoje o Salvador, que é
Cristo, o Senhor. 12 E isto vos será
d. Fortaleceram-No após Sua tentação (Mat 4:11). por sinal: Achareis o menino
envolto em panos, e deitado numa
manjedoura. 13 E, no mesmo
e. Preparados para O defenderem (Mat 26:53). instante, apareceu com o anjo uma
multidão dos exércitos celestiais,
louvando a Deus, e dizendo: 14
Glória a Deus nas alturas, Paz na
f. Rolaram a pedra e anunciaram Sua ressurreição (Mat terra, boa vontade para com os
28:2,6). homens. (Lucas 2:8-14)
... o anjo do Senhor apareceu a
José em sonhos, dizendo: Levanta-
g. Na ascensão de Cristo (Atos 1). te, e toma o menino e sua mãe, e
foge para o Egito, e demora-te lá
até que eu te diga; porque Herodes
há de procurar o menino para o
matar. (Mateus 2:13)
Então o diabo o deixou; e, eis que
chegaram os anjos, e o serviam.
(Mateus 4:11)
Ou pensas tu que eu não poderia
agora orar a meu Pai, e que ele não
me daria mais de doze legiões de
anjos? (Mateus 26:53)
2 E eis que houvera um grande
terremoto, porque um anjo do
Senhor, descendo do céu, chegou,
removendo a pedra da porta, e
sentou-se sobre ela ... 6 Ele não está
aqui, porque já ressuscitou, como
havia dito. Vinde, vede o lugar onde
o Senhor jazia. (Mateus 28:2,6)
9 E, quando dizia isto, vendo-o eles,
foi elevado às alturas, e uma nuvem o
recebeu, ocultando-o a seus olhos. 10
E, estando com os olhos fitos no céu,
enquanto ele subia, eis que junto
deles se puseram dois homens
vestidos de branco. 11 Os quais lhes
disseram: Homens galileus, por que
estais olhando para o céu? Esse
Jesus, que dentre vós foi recebido
em cima no céu, há de vir assim
como para o céu o vistes ir. (Atos
1:9-11)
Não são porventura todos eles
espíritos ministradores, enviados
para servir a favor daqueles que
hão de herdar a salvação? (Hebreus
1:14)
E eis que sobreveio o anjo do
Senhor, e resplandeceu uma luz na
prisão; e, tocando a Pedro na ilharga,
o despertou, dizendo: Levanta-te
depressa. E caíram-lhe das mãos as
cadeias. (Atos 12:7) [NOTA DO
TRADUTOR: isto foi em resposta às
orações da igreja, verso 5].
23 Porque esta mesma noite UM
anjo de Deus, de quem eu sou, e a
2. Para com os crentes: quem sirvo, esteve comigo, 24
Dizendo: Paulo, não temas; importa
que sejas apresentado a César, e eis
a. Ajudam os crentes em geral (Heb 1:14). que Deus te deu todos quantos
navegam contigo. (Atos 27:23-24
tradução de Berry)
Vede, não desprEzeis algum destes
b. Envolvidos em responder às orações (Atos 12:7). pequeninos, porque eu vos digo que
os seus anjos nos céus sempre vêem
a face de meu Pai que está nos céus.
c. Dão encorajamento (Atos 27:23-24). (Mateus 18:10)
Porque tenho para mim, que Deus a
nós, apóstolos, nos pós por últimos,
d. Anjos da guarda (Heb 1:14 [acima]; Mat 18:10). como condenados à morte; pois
somos feitos espetáculo ao mundo,
aos anjos, e aos homens. (1 Coríntios
e. Observam a experiência dos Cristãos (1Co 4:9; 1Tim 5:21). 4:9)
Conjuro-te diante de Deus, e do
Senhor Jesus Cristo, e dos anjos
f. Interessados no esforço evangelístico (Luc 15:10; Atos eleitos, que sem prevenção guardes
estas coisas, nada fazendo por
8:26). parcialidade. (1 Timóteo 5:21)
Assim vos digo que há alegria
diante dos anjos de Deus por um
g. Cuidam dos crentes na morte (Luc 16:22; Judas 1:9). pecador que se arrepende. (Lucas
15:10)
E UM anjo do Senhor falou a
Filipe, dizendo: Levanta-te, e vai
para o lado do sul, ao caminho que
desce de Jerusalém para Gaza, que
está deserta. (Atos 8:26 tradução de
Berry)
E aconteceu que o mendigo
morreu, e foi levado pelos anjos
para o seio de Abraão; e morreu
também o rico, e foi sepultado. (Lucas
16:22)
Mas o arcanjo Miguel, quando
contendia com o diabo, e disputava
a respeito do corpo de Moisés, não
ousou pronunciar juízo de maldição
contra ele; mas disse: O Senhor te
repreenda. (Judas 1:9)
E naquele tempo se levantará
Miguel, o grande príncipe, que se
3. Para com os descrentes: levanta a favor dos filhos do teu
povo, e haverá um tempo de
angústia, qual nunca houve, desde
que houve nação até àquele tempo;
a. Miguel é o guarda de Israel (Daniel 12:1). mas naquele tempo livrar-se-á o teu
povo, todo aquele que for achado
escrito no livro. (Daniel 12:1)
b. Envolvidos em executar o julgamento no período da E no mesmo instante feriu-o o anjo
do Senhor, porque não deu glória a
tribulação (Apocalipse capítulos 8 e 9 [os 7 anjos com as 7 Deus e, comido de bichos, expirou.
(Atos 12:23)
trombetas] e capítulo 16 [os 7 anjos com as 7 taças]). O inimigo, que o semeou, é o diabo;
e a ceifa é o fim do mundo; e os
ceifeiros são os anjos. (Mateus
c. Trazem castigo aos descrentes (Atos 12:23). 13:39)

d. Envolvidos quando o Senhor voltar para estabelecer o Seu


reino (Mat 13:39).

Mas o arcanjo Miguel, quando


contendia com o diabo, e disputava
a respeito do corpo de Moisés, não
ousou pronunciar juízo de maldição
contra ele; mas disse: O Senhor te
repreenda. (Judas 1:9)
Conjuro-te diante de Deus, e do
Senhor Jesus Cristo, e dos anjos
eleitos, que sem prevenção guardes
estas coisas, nada fazendo por
parcialidade. (1 Timóteo 5:21)
Acima de todo o principado, e
F. Classificação dos anjos: poder, e potestade, e domínio, e de
todo o nome que se nomeia, não só
neste século, mas também no
vindouro; (Efésios 1:21)
1. Arcanjo -- Miguel cujo nome significa "Quem é como Deus" Para que agora, pela igreja, a
(Judas 1:9). multiforme sabedoria de Deus seja
conhecida dos principados e
potestades nos céus, (Efésios 3:10)
E havendo lançado fora o homem,
2. Anjos eleitos (1Ti 5:21). pôs querubins ao oriente do jardim
do Éden, e uma espada inflamada
que andava ao redor, para guardar
3. Principados e potestades -- usado para todos os anjos e por o caminho da árvore da vida.
vezes só em relação aos anjos caídos (Efé. 1:21; 3:10). (Gênesis 3:24)
... 18 Farás também dois
querubins de ouro; de ouro batido
os farás, nas duas extremidades do
4. Querubim -- ou "criaturas viventes", que defendem a propiciatório. ... 20 Os querubins
santidade de Deus da poluição dos seres pecadores (Gên 3:24; estenderão as suas asas por cima,
cobrindo com elas o propiciatório;
Êxo 25:17-20; Eze 1:1-18). Note também o propósito original as faces deles uma defronte da
para o qual Satanás foi criado (Eze 28:14). outra; as faces dos querubins
estarão voltadas para o
propiciatório. (Êxodo 25:17-20)
Tu eras o querubim, ungido para
5. Serafim (Isa 6:2-7) -- sempre adorando Deus. cobrir, e te estabeleci; no monte
santo de Deus estavas, no meio das
pedras afogueadas andavas.
6. O anjo de Jeová [O Anjo do SENHOR] -- são usualmente (Ezequiel 28:14)
aparições de Cristo no Velho Testamento. 2 Serafins estavam por cima dele;
cada um tinha seis asas; com duas
cobriam os seus rostos, e com duas
cobriam os seus pés, e com duas
7. Gabriel (Luc 1:19). voavam. 3 E clamavam uns aos
outros, dizendo: Santo, Santo,
Santo é o SENHOR dos Exércitos;
toda a terra está cheia da sua
glória. ... 5 Então disse eu: Ai de
mim! Pois estou perdido; porque sou
um homem de lábios impuros, e
habito no meio de um povo de
impuros lábios; os meus olhos viram
o Rei, o SENHOR dos Exércitos. 6
Porém um dos serafins voou para
mim, trazendo na sua mão uma
brasa viva, que tirara do altar com
uma tenaz; 7 E com a brasa tocou a
minha boca, e disse: Eis que isto
tocou os teus lábios; e a tua
iniqüidade foi tirada, e expiado o
teu pecado. (Isaías 6:2-7)
E, respondendo o anjo, disse-lhe:
Eu sou Gabriel, que assisto diante
de Deus, e fui enviado a falar-te e
dar-te estas alegres novas. (Lucas
1:19)

II. DOUTRINA SOBRE


SATANÁS O inimigo, que o semeou, é o
diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e
os ceifeiros são os anjos. (Mateus
13:39)
A. Sua existência: E disse-lhes: Eu via Satanás, como
raio, cair do céu. (Lucas 10:18)
E, se também Satanás está
dividido contra si mesmo, como
1. Ensinada em sete livros do Velho Testamento e reconhecido subsistirá o seu reino? Pois dizeis
por todos os [nove] escritores do Novo Testamento. que eu expulso os demônios por
Belzebu. (Lucas 11:18)

2. Cristo reconheceu e ensinou a existência de Satanás (Mat


13:39; Luc 10:18 e 11:18).

... 3 E, chegando-se a ele o


tentador, disse: Se tu és o Filho de
Deus, manda que estas pedras se
tornem em pães. ... 6 E disse-lhe:
Se tu és o Filho de Deus, lança-te de
aqui abaixo; porque está escrito:
Que aos seus anjos dará ordens a
teu respeito, E tomar-te-ão nas
mãos, Para que nunca tropeces em
alguma pedra. ... 9 E disse-lhe:
Tudo isto te darei se, prostrado, me
adorares. ... (Mateus 4:3-11)
Mas temo que, assim como a
B. Sua personalidade [é uma pessoa]: serpente enganou Eva com a sua
astúcia, assim também ... (2
Coríntios 11:3)
... 7 E houve batalha no céu; Miguel
1. Tem intelecto (Mat 4; 2Cor 11:3) -- cita as Escrituras. e os seus anjos batalhavam contra o
dragão, ... 12 ... Ai dos que habitam
na terra e no mar; porque o diabo
2. Tem emoções (Apo 12) -- ira. desceu a vós, e tem grande IRA,
sabendo que já tem pouco tempo. ...
17 E o dragão irou-se contra a
3. Tem arbítrio (resolução dependente da vontade) (2Cor 2:26 mulher, e foi fazer guerra ao
remanescente da sua semente ...
[erro de digitação?]; Isa 14; Mat 25:41 e 2Ti 2:26) -- (Apocalipse 12:7-17)
moralmente responsável. ... 13 E tu dizias no teu coração:
Eu subirei ao céu, acima das
estrelas de Deus exaltarei o meu
trono, e no monte da congregação
me assentarei, aos lados do norte.
14 Subirei sobre as alturas das
nuvens, e serei semelhante ao
Altíssimo ... (Isaías 14:12-15)
... Apartai-vos de mim, malditos,
para o fogo eterno, preparado para
o diabo e seus anjos; (Mateus 25:41)
E tornarem a despertar,
desprendendo-se dos laços do diabo,
em que à vontade dele estão presos.
(2 Timóteo 2:26)

C. Sua natureza: ... 15 Perfeito eras nos teus


caminhos, desde o dia em que foste
criado, até que se achou iniqüidade
em ti. (Ezequiel 28:14-15)
1. Um ser criado (Eze 28:14,15) -- Portanto tem que responder 11 Revesti-vos de toda a armadura
de Deus, para que possais estar firmes
perante seu criador. contra as astutas ciladas do diabo. 12
Porque não temos que lutar contra a
carne e o sangue, mas, sim, contra
2. Um ser espiritual (Efé 6:11,12). os principados, contra as
potestades, contra os príncipes das
trevas deste século, contra as hostes
3. Foi um Querubim (Eze 28:14). espirituais da maldade, nos lugares
celestiais. (Efésios 6:11-12)
Tu eras o querubim, ungido para
cobrir, e te estabeleci; no monte santo
4. O ser angelical mais elevado (Eze 28:12). de Deus estavas, no meio das pedras
afogueadas andavas. (Ezequiel 28:14)
Filho do homem, levanta uma
5. Limitações: lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-
lhe: Assim diz o Senhor DEUS: Tu
eras o selo da medida, cheio de
a. Ele é uma criatura e por conseguinte, não é nem onipotente, sabedoria e perfeito em formosura.
(Ezequiel 28:12)
nem onipresente nem onisciente. Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao
diabo, e ele fugirá de vós. (Tiago
4:7)
b. Pode ser resistido pelos salvos (Tia 4:7). E disse o SENHOR a Satanás: Eis
que tudo quanto ele tem está na tua
mão; somente contra ele não
c. Deus lhe colocou certas limitações (Jó 1:12). estendas a tua mão. E Satanás saiu
da presença do SENHOR. (Jó 1:12)
Vós tendes por pai ao diabo, e
6. Traços da personalidade: quereis satisfazer os desejos de
vosso pai. Ele foi homicida desde o
princípio, e não se firmou na
a. É um assassino (Joã 8:44a). verdade, porque não há verdade
nele. Quando ele profere mentira,
fala do que lhe é próprio, porque é
mentiroso, e pai da mentira. (João
b. É um mentiroso (Joã 8:44b). 8:44)
Quem comete o pecado é do diabo;
porque o diabo peca desde o
c. É um pecador inveterado (1Jo 3:8). princípio. Para isto o Filho de Deus
se manifestou: para desfazer as obras
do diabo. (1 João 3:8)
d. É um acusador (Apo 12:10). E ouvi uma grande voz no céu, que
dizia: Agora é chegada a salvação, e a
força, e o reino do nosso Deus, e o
e. É um adversário (1Pe 5:8). poder do seu Cristo; porque já o
acusador de nossos irmãos é
derrubado, o qual diante do nosso
Deus os acusava de dia e de noite.
(Apocalipse 12:10)
Sede sóbrios; vigiai; porque o
diabo, vosso adversário, anda em
derredor, bramando como leão,
buscando a quem possa tragar; (1
Pedro 5:8)
E não é maravilha, porque o próprio
D. Nomes principais: Satanás se transfigura em anjo de
luz.(2Co 11:14)
... e Satanás estava à sua mão
direita, para se lhe opor. (Zecarias
1. Satanás -- adversário (2Co 11:14 [; Zac 3:1; 1Te 2:18]). 3:1)
... mas Satanás no-lo impediu. (1
Tessalonicenses 2:18)
2. Diabo -- caluniador (Mat 4:1). Então foi conduzido Jesus pelo
Espírito ao deserto, para ser
tentado pelo diabo. (Mat 4:1)
3. Serpente -- enganador (Apo 12:9). E foi precipitado o grande dragão,
a antiga serpente, chamada o
Diabo, e Satanás, que engana todo o
4. Lúcifer -- portador de luz (Isa 14:12) [Ver NOTA]. mundo; ele foi precipitado na terra, e
os seus anjos foram lançados com ele.
(Apo 12:9)
Como caíste desde o céu, ó Lúcifer
5. Maligno (1Jo 5:19). [Ver NOTA], filho da manhã! Como
foste cortado por terra, tu que
debilitavas as nações! (Isa 14:12,
6. Dragão (Apo 12:17). tradução KJV)
NOTA DO TRADUTOR em Isa
14:12: "Estrela da manhã" não é a
7. Príncipe deste mundo (Jo 12:31). melhor tradução, pois é título do
nosso Senhor Jesus Cristo em Apo
2:28; 22:16. Deve ser adotada a
tradução "Lúcifer", tal como está, por
8. O deus deste século (2Co. 4:4). exemplo, em Bíblias da Reforma tais
como a KJV(1611) e a SEV(1596).
"Lúcifer" significa "portador da luz"
9. Acusador dos irmãos (Ap 12:10). ou "transportador da luz", e bem
expressa o sentido de "01966 llyh
heylel".
10. Belzebu -- príncipe dos demônios (Mat 12:24). Sabemos que somos de Deus, e que
todo o mundo está no
maligno.(1João 5:19)
11. Belial (2Co 6:15). E o dragão irou-se contra a
mulher, e foi fazer guerra ao
remanescente da sua semente, os
que guardam os mandamentos de
Deus, e têm o testemunho de Jesus
Cristo. (Apo 12:17)
Agora é o juízo deste mundo; agora
será expulso o príncipe deste
mundo. (João 12:31)
Nos quais o deus deste século cegou
os entendimentos dos incrédulos,
para que lhes não resplandeça a luz
do evangelho da glória de Cristo,
que é a imagem de Deus. (2Co 4:4)
E ouvi uma grande voz no céu, que
dizia: Agora é chegada a salvação, e a
força, e o reino do nosso Deus, e o
poder do seu Cristo; porque já o
acusador de nossos irmãos é
derrubado, o qual diante do nosso
Deus os acusava de dia e de noite.
(Apo 12:10)
Mas os fariseus, ouvindo isto,
diziam: Este não expulsa os
demônios senão por Belzebu,
príncipe dos demônios. (Mat 12:24)
Mas os fariseus, ouvindo isto,
diziam: Este não expulsa os demônios
senão por Belzebu, príncipe dos
demônios. (Mat 12:24)
E que concórdia há entre Cristo e
Belial? Ou que parte tem o fiel com
o infiel? (2 Coríntios 6:15)
11 ¶ Veio a mim a palavra do
E. Queda de Satanás: SENHOR, dizendo: 12 Filho do
homem, levanta uma lamentação
sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim
diz o Senhor DEUS: Tu eras o selo
(compare. Ezequiel 28 e Isaías 14) da medida, cheio de sabedoria e
perfeito em formosura. 13 Estiveste
no Éden, jardim de Deus; de toda a
1. Seu pecado (Isa 14:5,12-15) -- "EU. . . ." pedra preciosa era a tua cobertura:
sardónia, topázio, diamante, turquesa,
ónix, jaspe, safira, carbúnculo,
a. Eu subirei ao céu (Eu tirarei o lugar a Deus). esmeralda e ouro; em ti se faziam os
teus tambores e os teus pífaros; no dia
em que foste criado foram preparados.
b. Eu exaltarei meu trono acima das estrelas de Deus (acima 14 Tu eras o querubim, ungido para
cobrir, e te estabeleci; no monte
dos anjos). santo de Deus estavas, no meio das
pedras afogueadas andavas. 15
Perfeito eras nos teus caminhos,
c. Eu me assentarei no monte da congregação na banda dos desde o dia em que foste criado, até
que se achou iniqüidade em ti. 16
lados do norte. Na multiplicação do teu comércio
encheram o teu interior de violência, e
pecaste; por isso te lancei, profanado,
d. Eu subirei acima. . . das nuvens (a glória de Deus). do monte de Deus, e te fiz perecer, ó
querubim cobridor, do meio das
pedras afogueadas. 17 Elevou-se o
e. Eu serei semelhante ao Altíssimo. (Satanás queria ser o teu coração por causa da tua
formosura, corrompeste a tua
possuidor dos céus e da terra.) - O seu pecado foi a soberba sabedoria por causa do teu
(1Ti 3:6) e pode ser caracterizado como o de falsificar Deus resplendor; por terra te lancei, diante
dos reis te pus, para que olhem para ti.
(ser semelhante ao Altíssimo) [através do engano, tentar (Eze 28:11-17)
simular e imitar o poder de Deus, para, assim, receber a
adoração devida a Ele e tentar tomar-Lhe o lugar, tentar ser
igual a Deus] .
Como caíste desde o céu, ó
Lúcifer [Ver NOTA], filho da
manhã! Como foste cortado por
terra, tu que debilitavas as nações!
(Isa 14:12, tradução KJV)
NOTA DO TRADUTOR em Isa
14:12: "Estrela da manhã" não é a
melhor tradução, pois é título do
nosso Senhor Jesus Cristo em Apo
2:28; 22:16. Deve ser adotada a
tradução "Lúcifer", tal como está, por
exemplo, em Bíblias da Reforma tais
como a KJV(1611) e a SEV(1596).
"Lúcifer" significa "portador da luz"
ou "transportador da luz", e bem
expressa o sentido de "01966 llyh
heylel".
E tu dizias no teu coração: Eu
subirei ao céu, acima das estrelas de
Deus exaltarei o meu trono, e no
monte da congregação me
assentarei, aos lados do norte. (Isa
14:13)
Subirei sobre as alturas das
nuvens, e serei semelhante ao
Altíssimo. (Isa 14:14)
E contudo levado serás ao inferno,
ao mais profundo do abismo. (Isa
14:15)
Não neófito, para que,
ensoberbecendo-se, não caia na
condenação do diabo. (1Ti 3:6)
Na multiplicação do teu comércio
encheram o teu interior de violência, e
pecaste; por isso te lancei,
profanado, do monte de Deus, e te
fiz perecer, ó querubim cobridor,
do meio das pedras afogueadas.
(Eze 28:16)
Então o SENHOR Deus disse à
serpente: Porquanto fizeste isto,
maldita serás mais que toda a fera,
e mais que todos os animais do
2. Seu castigo: campo; sobre o teu ventre andarás,
e pó comerás todos os dias da tua
vida. E porei inimizade entre ti e a
mulher, e entre a tua semente e a sua
a. Expulso da sua posição original do Céu (Eze 28:16). semente; esta te ferirá a cabeça, e tu
lhe ferirás o calcanhar. (Gên 3:14,15)
Agora é o juízo deste mundo;
b. No jardim do Éden (Gen. 3:14-15). agora será expulso o príncipe deste
mundo. (Joã 12:31)
E houve batalha no céu; Miguel e os
c. Na cruz (Joã 12:31). seus anjos batalhavam contra o
dragão, e batalhavam o dragão e os
seus anjos; Mas não prevaleceram,
d. Barrado totalmente o acesso ao Céu durante [a partir de a nem mais o seu lugar se achou nos
céus. E foi precipitado o grande
metade de] a Septuagésima Semana de Daniel (Apo 12:7-13). dragão, a antiga serpente, chamada
o Diabo, e Satanás, que engana todo
o mundo; ele foi precipitado na
e. Confinado no abismo (Apo 20:2). terra, e os seus anjos foram
lançados com ele. E ouvi uma grande
voz no céu, que dizia: Agora é
f. Lançado para dentro do Lago de Fogo (Apo 20:10). chegada a salvação, e a força, e o
reino do nosso Deus, e o poder do seu
Cristo; porque já o acusador de nossos
irmãos é derrubado, o qual diante do
nosso Deus os acusava de dia e de
noite. E eles o venceram pelo sangue
do Cordeiro e pela palavra do seu
testemunho; e não amaram as suas
vidas até à morte. Por isso alegrai-
vos, ó céus, e vós que neles habitais.
Ai dos que habitam na terra e no
mar; porque o diabo desceu a vós, e
tem grande ira, sabendo que já tem
pouco tempo. E, quando o dragão viu
que fora lançado na terra, perseguiu a
mulher que dera à luz o filho homem.
(Apo 12:7-13)
Ele prendeu o dragão, a antiga
serpente, que é o Diabo e Satanás, e
amarrou-o por mil anos. (Apo 20:2)
E o diabo, que os enganava, foi
lançado no lago de fogo e enxofre,
onde está a besta e o falso profeta; e
de dia e de noite serão
atormentados para todo o sempre.
(Apo 20:10)
E, chegando-se a ele o tentador,
disse: Se tu és o Filho de Deus,
manda que estas pedras se tornem

F. Trabalho de Satanás relacionado em pães. Ele, porém, respondendo,


disse: Está escrito: Nem só de pão
viverá o homem, mas de toda a
com: palavra que sai da boca de Deus.
Então o diabo o transportou à cidade
santa, e colocou-o sobre o pináculo do
templo, E disse-lhe: Se tu és o Filho
1. Deus: de Deus, lança-te de aqui abaixo;
porque está escrito: Que aos seus
anjos dará ordens a teu respeito, E
a. Tenta opor-se ao plano de Deus em todas as áreas e por tomar-te-ão nas mãos, Para que
todos os meios possíveis. nunca tropeces em alguma pedra.
Disse-lhe Jesus: Também está
escrito: Não tentarás o Senhor teu
Deus. Novamente o transportou o
b. Tenta falsificar o plano de Deus. diabo a um monte muito alto; e
mostrou-lhe todos os reinos do
mundo, e a glória deles. E disse-lhe:
c. Tentou Cristo (Mat 4:3-11). Tudo isto te darei se, prostrado, me
adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-
te, Satanás, porque está escrito: Ao
d. Possuiu o corpo de Judas para trair Cristo (Joã 13:27). Senhor teu Deus adorarás, e só a ele
servirás. Então o diabo o deixou; e,
eis que chegaram os anjos, e o
serviam. (Mat 4:3-11)
E, após o bocado, entrou nele
Satanás. Disse, pois, Jesus: O que
fazes, faze-o depressa. (Joã 13:27)
Nos quais o deus deste século
cegou os entendimentos dos
incrédulos, para que lhes não
resplandeça a luz do evangelho da
glória de Cristo, que é a imagem de
Deus. (2Co 4:4)
E os que estão junto do caminho,
estes são os que ouvem; depois vem o
diabo, e tira-lhes do coração a
2. Descrentes: palavra, para que não se salvem,
crendo; (Luc 8:12)
Conheço as tuas obras, e onde
a. Cega-lhes as mentes (2Co 4:4). habitas, que é onde está o trono de
Satanás; e reténs o meu nome, e não
negaste a minha fé, ainda nos dias de
b. Rouba-lhes a Palavra dos seus corações (Luc 8:12). Antipas, minha fiel testemunha, o
qual foi morto entre vós, onde Satanás
habita. (Apo 2:13)
E da boca do dragão, e da boca da
c. Usa descrentes para se opor ao trabalho de Deus (Apo 2:13). besta, e da boca do falso profeta vi
sair três espíritos imundos,
semelhantes a rãs. Porque são
d. Reuni-los-á para a batalha do Armagedom (Apo 16:13-16). espíritos de demônios, que fazem
prodígios; os quais vão ao encontro
dos reis da terra e de todo o mundo,
e. Atualmente engana-os (Apo 20:3). para os congregar para a batalha,
naquele grande dia do Deus Todo-
Poderoso. Eis que venho como
ladrão. Bem-aventurado aquele que
vigia, e guarda as suas roupas, para
que não ande nu, e não se vejam as
suas vergonhas. E os congregaram
no lugar que em hebreu se chama
Armagedom. (Apo 16:13-16)
E lançou-o no abismo, e ali o
encerrou, e pôs selo sobre ele, para
que não mais engane as nações, até
que os mil anos se acabem. E depois
importa que seja solto por um pouco
de tempo. (Apo 20:3)
Disse então Pedro: Ananias, por
que encheu Satanás o teu coração,
para que mentisses ao Espírito
Santo, e retivesses parte do preço da
herdade? (Ato 5:3)
E ouvi uma grande voz no céu, que
dizia: Agora é chegada a salvação, e a
força, e o reino do nosso Deus, e o
poder do seu Cristo; porque já o
3. Crentes: acusador de nossos irmãos é
derrubado, o qual diante do nosso
Deus os acusava de dia e de noite.
a. Tenta os crentes para mentirem (Atos 5:3). (Apo 12:10)
Por isso bem quisemos uma e outra
vez ir ter convosco, pelo menos eu,
b. Acusa e calunia os crentes (Apo 12:10). Paulo, mas Satanás no-lo impediu.
(1Te 2:18)
Porque não temos que lutar contra
a carne e o sangue, mas, sim, contra
c. Pode impedir o trabalho de um salvo (1Ts 2:18). os principados, contra as
potestades, contra os príncipes das
trevas deste século, contra as hostes
d. Tenta derrotar-nos através de demônios (Efé 6:12). espirituais da maldade, nos lugares
celestiais. (Efé 6:12)
Não vos priveis um ao outro,
e. Tenta-nos para a imoralidade (1Co 7:5). senão por consentimento mútuo por
algum tempo, para vos aplicardes ao
jejum e à oração; e depois ajuntai-
f. Semeia falsificadores entre os crentes (Mat 13:38,39). vos outra vez, para que Satanás não
vos tente pela vossa incontinência.
(1Co 7:5)
g. Incita perseguição contra os crentes (Apo 2:10). O campo é o mundo; e a boa
semente são os filhos do reino; e o
joio são os filhos do maligno; O
inimigo, que o semeou, é o diabo; e
a ceifa é o fim do mundo; e os
ceifeiros são os anjos. (Mat 13:39)
Nada temas das coisas que hás de
padecer. Eis que o diabo lançará
alguns de vós na prisão, para que
sejais tentados; e tereis uma
tribulação de dez dias. Sê fiel até à
morte, e dar-te-ei a coroa da vida.
(Apo 2:10)
Portanto, pode também salvar

G. Defesas do crente contra Satanás: perfeitamente os que por ele se


chegam a Deus, vivendo sempre
para interceder por eles. (Heb 7:25)
Não peço que os tires do mundo,
1. Intercessão de Cristo (Heb 7:25; Joã 17:15). mas que os livres do mal. (Joã
17:15)
Sede sóbrios; vigiai; porque o
2. Ter a atitude correta para com Satanás (1Pe 5:8 e Judas diabo, vosso adversário, anda em
derredor, bramando como leão,
1:8,9). buscando a quem possa tragar; (1Pe
5:8)
E, contudo, também estes,
3. Estar vigilante contra Satanás (1Pe 5:8). semelhantemente adormecidos,
contaminam a sua carne, e rejeitam a
dominação, e vituperam as
4. Tomar uma atitude de resistência contra Satanás, mas por dignidades. Mas o arcanjo Miguel,
quando contendia com o diabo, e
vezes devemos fugir (Tia 4:7 e 2Ti 2:22). disputava a respeito do corpo de
Moisés, não ousou pronunciar juízo
de maldição contra ele; mas disse:
5. Usar a armadura espiritual (Efé 6:11-18). O Senhor te repreenda. (Jud 1:8-9)
Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti
ao diabo, e ele fugirá de vós. (Tia
4:7)
Foge também das paixões da
mocidade; e segue a justiça, a fé, o
amor, e a paz com os que, com um
coração puro, invocam o Senhor. (2Ti
2:22)
Revesti-vos de toda a armadura
de Deus, para que possais estar
firmes contra as astutas ciladas do
diabo. Porque não temos que lutar
contra a carne e o sangue, mas, sim,
contra os principados, contra as
potestades, contra os príncipes das
trevas deste século, contra as hostes
espirituais da maldade, nos lugares
celestiais. Portanto, tomai toda a
armadura de Deus, para que possais
resistir no dia mau e, havendo feito
tudo, ficar firmes. Estai, pois, firmes,
tendo cingidos os vossos lombos com
a verdade, e vestida a couraça da
justiça; E calçados os pés na
preparação do evangelho da paz;
Tomando sobretudo o escudo da fé,
com o qual podereis apagar todos
os dardos inflamados do maligno.
Tomai também o capacete da
salvação, e a espada do Espírito, que
é a palavra de Deus; Orando em
todo o tempo com toda a oração e
súplica no Espírito, e vigiando nisto
com toda a perseverança e súplica
por todos os santos, (Efé 6:11-18)
"E aconteceu que, como os homens

III. DOUTRINA SOBRE OS


começaram a multiplicar-se sobre a
face da terra, e lhes nasceram filhas,
Viram os filhos de Deus que as

DEMÔNIOS
filhas dos homens eram formosas; e
tomaram para si mulheres de todas
as que escolheram. Então disse o
SENHOR: Não contenderá o meu
Espírito para sempre com o homem;
porque ele também é carne; porém os
A. Pontos de vista sobre a origem dos seus dias serão cento e vinte anos.
Havia naqueles dias gigantes na terra;
demônios: e também depois, quando os filhos de
Deus entraram às filhas dos homens
e delas geraram filhos; estes eram
os valentes que houve na
1. A alma dos homens perversos que morreram (Gregos). antiguidade, os homens de
fama."(Gên 6:1-4)

2. Espíritos duma raça pré-Adãmica. Porque, se Deus não perdoou aos


anjos que pecaram, mas, havendo-
os lançado no inferno, os entregou
3. Descendência [do intercurso] dos anjos caídos com as às cadeias da escuridão, ficando
reservados para o juízo; (2 Pedro
mulheres, antes do dilúvio (Gen. 6:1-4). 2:4)

E aos anjos que não guardaram o


4. Aqueles anjos que seguiram Satanás na sua queda (posição seu principado, mas deixaram a sua
própria habitação, reservou na
bíblica). escuridão e em prisões eternas até
ao juízo daquele grande dia; (Judas
1:6)

Todos os Anjos A qual dizia ao sexto anjo, que tinha


a trombeta: Solta os quatro anjos,
que estão presos junto ao grande
Anjos não-Caídos Anjos Caídos rio Eufrates. (Apocalipse 9:14)
(demônios) 28 E, quando viu a Jesus, prostrou-
se diante dele, exclamando, e dizendo
com grande voz: Que tenho eu
a. demônios livres contigo, Jesus, Filho do Deus
Altíssimo? Peço-te que não me
atormentes. 29 Porque tinha
b. demônios ordenado ao espírito imundo que
confinados [2Pe 2:4; saísse daquele homem; pois já havia
muito tempo que o arrebatava. E
Jud 1:6] guardavam-no preso, com grilhões e
cadeias; mas, quebrando as prisões,
era impelido pelo demônio para os
c. demônios desertos. 30 E perguntou-lhe Jesus,
dizendo: Qual é o teu nome? E ele
temporariamente disse: Legião; porque tinham entrado
nele muitos demônios. 31 E
confinados (Apo 9:14 rogavam-lhe que os não mandasse
para o abismo. (Lucas 8:28-31)
e Luc 8:28-31)

E, repreendeu Jesus o demônio, que


saiu dele, e desde aquela hora o
menino sarou. (MT 17:18)
E Jesus, vendo que a multidão
concorria, repreendeu o espírito
imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo
B. Características dos demônios: e surdo, eu te ordeno: Sai dele, e
não entres mais nele. (Mar 9:25)
Dizendo: Ah! que temos contigo,
Jesus Nazareno? Vieste destruir-
1. Seres espirituais (Mat17:18, compare com Mar 9:25). nos? Bem sei quem és: o Santo de
Deus. (Mar 1:24)
E eis que clamaram, dizendo: Que
2. Conhecem Jesus Cristo (Mar 1:24). temos nós contigo, Jesus, Filho de
Deus? Vieste aqui atormentar-nos
antes do tempo? (Mat 8:29)
3. Conhecem o seu próprio fim (Mat 8:29). Tu crês que há um só Deus; fazes
bem. Também os demônios o
crêem, e estremecem. (Tia 2:19)
Mas o Espírito expressamente diz
4. Conhecem o plano da salvação (Tia 2:19). que nos últimos tempos apostatarão
alguns da fé, dando ouvidos a
espíritos enganadores, e a doutrinas
5. Têm um sistema de doutrina (1Ti 4:1-3). de demônios; Pela hipocrisia de
homens que falam mentiras, tendo
cauterizada a sua própria consciência;
6. Imorais, perversos, imundos (1Ti 4:1-3). Proibindo o casamento, e ordenando a
abstinência dos alimentos que Deus
criou para os fiéis, e para os que
conhecem a verdade, a fim de usarem
deles com ações de graças; (1Ti 4:3)
13 E da boca do dragão, e da boca
da besta, e da boca do falso profeta
vi sair três espíritos imundos,
semelhantes a rãs. 14 Porque são
espíritos de demônios, que fazem
prodígios; os quais vão ao encontro
dos reis da terra e de todo o mundo,
para os congregar para a batalha,
naquele grande dia do Deus Todo-
Poderoso. ... 16 E os congregaram no

C. Atividades dos demônios:


lugar que em hebreu se chama
Armagedom. (Apo 16:13-16)
11 E me disse: Daniel, homem
muito amado, entende as palavras que
1. Em geral: vou te dizer, ... 12 ... desde o primeiro
dia em que aplicaste o teu coração a
compreender e a humilhar-te perante
o teu Deus, são ouvidas as tuas
a. Tentam opor-se à obra de Deus (Apo 16:13-16 e Daniel palavras; e eu vim por causa das tuas
10:11-14). palavras. 13 Mas o príncipe do reino
da Pérsia me resistiu vinte e um
dias, e eis que Miguel, um dos
primeiros príncipes, veio para
b. Estendem a autoridade de Satanás (Efé 6:11,12). ajudar-me, e eu fiquei ali com os
reis da Pérsia. ... (Dan 10:11-14)
... 12 Porque não temos que lutar
c. Demônios podem ser usados por Deus para levar a cabo contra a carne e o sangue, mas, sim,
Seus propósitos (2Co 12:7; 1Ti 1:20; 1Co 5:5 e 1Sa 16:14). contra os principados, contra as
potestades, contra os príncipes das
trevas deste século, contra as hostes
espirituais da maldade, nos lugares
celestiais." (Efé 6:11-12)
E entre esses foram Himeneu e
Alexandre, os quais entreguei a
Satanás, para que aprendam a não
blasfemar. (1 Timóteo 1:20)
"E, para que não me exaltasse
pela excelência das revelações, foi-
me dado um espinho na carne, a
saber, um mensageiro de Satanás
para me esbofetear, a fim de não
me exaltar." (2Co 12:7)
"Seja entregue a Satanás para
destruição da carne, para que o
espírito seja salvo no dia do
SENHOR Jesus." (1Co 5:5)
"E o Espírito do SENHOR se
retirou de Saul, e atormentava-o
um espírito mau da parte do
SENHOR." (1Sa 16:14)
E, expulso o demônio, falou o
2. Algumas em particular: mudo; e a multidão se maravilhou,
dizendo: Nunca tal se viu em Israel.
(Mat 9:33)
a. Podem infligir doença (Mat 9:33). E a sua fama correu por toda a Síria,
e traziam-lhe todos os que padeciam,
acometidos de várias enfermidades e
b. Podem possuir humanos (Mat 4:24). tormentos, os endemoninhados, os
lunáticos, e os paralíticos, e ele os
curava. (Mat 4:24)
c. Podem possuir animais (Mar 5:13). E Jesus logo lho permitiu. E, saindo
aqueles espíritos imundos,
entraram nos porcos; e a manada se
d. Espalham falsa doutrina (1Ti 4:1). precipitou por um despenhadeiro
no mar (eram quase dois mil), e
afogaram-se no mar. (Mar 5:13)
Mas o Espírito expressamente diz
e. Opõem-se ao crescimento espiritual dos filhos de Deus (Efé que nos últimos tempos apostatarão
6:12 [acima]). alguns da fé, dando ouvidos a
espíritos enganadores, e a doutrinas
de demônios; (1Ti 4:1)
E, havendo-se eles retirado,
D. Possessão demoníaca: trouxeram-lhe um homem mudo e
endemoninhado. E, expulso o
demônio, falou o mudo; e a multidão
se maravilhou, dizendo: Nunca tal se
1. Definição: Um demônio residindo dentro de uma pessoa, viu em Israel. (Mat 9:32-33)
15 Senhor, tem misericórdia de
exercendo controle diretamente na mente/corpo dessa pessoa. meu filho, que é lunático e sofre
muito; pois muitas vezes cai no
fogo, e muitas vezes na água; ... 18
2. Resultado: Doença física ou deficiência (Mat 9:32,33), E, repreendeu Jesus o demônio, que
desarranjo/perturbação mental (Mat 17:15). saiu dele, e desde aquela hora o
menino sarou. (Mateus 17:15-18)
2 E, saindo ele do barco, lhe saiu
logo ao seu encontro, dos sepulcros,
3. Marcas de possessão demoníaca de Marcos 5 (o um homem com espírito imundo; 3
endemoninhado gadareno): O qual tinha a sua morada nos
sepulcros, e nem ainda com cadeias
o podia alguém prender; 4 Porque,
a. Habitado por um espírito imundo (verso 2). tendo sido muitas vezes preso com
grilhões e cadeias, as cadeias foram
por ele feitas em pedaços, e os
grilhões em migalhas, e ninguém o
b. Força física invulgar (verso 3). podia amansar. 5 E andava sempre,
de dia e de noite, clamando pelos
montes, e pelos sepulcros, e ferindo-
c. Ataques de fúria (verso 4). se com pedras. 6 E, quando viu Jesus
ao longe, correu e adorou-o. 7 E,
clamando com grande voz, disse: Que
d. Desintegração ou divisão da personalidade (versos 6 e 7). O tenho eu contigo, Jesus, Filho do
Deus Altíssimo? conjuro-te por
endemoninhado correu para Jesus para obter ajuda, contudo Deus que não me atormentes. 8
gritava de medo. (Porque lhe dizia: Sai deste homem,
espírito imundo.) 9 E perguntou-lhe:
Qual é o teu nome? E lhe respondeu,
e. Resistência às coisas espirituais (verso 7). dizendo: Legião é o meu nome,
porque somos muitos. 10 E rogava-
lhe muito que os não enviasse para
fora daquela província. 11 E andava
f. Poderes de clarividência (verso 7) -- sabia imediatamente ali pastando no monte uma grande
quem Jesus era. manada de porcos. 12 E todos aqueles
demônios lhe rogaram, dizendo:
Manda-nos para aqueles porcos, para
g. Alteração da voz (verso 9). que entremos neles. 13 E Jesus logo
lho permitiu. E, saindo aqueles
espíritos imundos, entraram nos
porcos; e a manada se precipitou por
h. Transportação pelo ocultismo (verso 13) -- os demônios um despenhadeiro no mar (eram
quase dois mil), e afogaram-se no
deixaram o homem e entraram nos porcos. mar. (Marcos 5:2-13)

E rogavam-lhe que os não


mandasse para o abismo. (Luc 8:31)
1 ¶ E o quinto anjo tocou a sua
trombeta, e vi uma estrela que do
céu caiu na terra; e foi-lhe dada a
chave do poço do abismo. 2 E abriu
o poço do abismo, e subiu fumaça
do poço, como a fumaça de uma
grande fornalha, e com a fumaça do
poço escureceu-se o sol e o ar. 3 E da
fumaça vieram gafanhotos sobre a
terra; e foi-lhes dado poder, como o
poder que têm os escorpiões da terra.
4 E foi-lhes dito que não fizessem
dano à erva da terra, nem a verdura
alguma, nem a árvore alguma, mas
somente aos homens que não têm

E. Destino dos demônios: nas suas testas o sinal de Deus. 5 E


foi-lhes permitido, não que os
matassem, mas que por cinco meses
os atormentassem; e o seu tormento
1. Temporariamente alguns estão confinados. Por exemplo, era semelhante ao tormento do
escorpião, quando fere o homem. 6 E
alguns que eram livres durante a vida de Cristo, foram naqueles dias os homens buscarão a
morte, e não a acharão; e desejarão
lançados para o abismo (Luc 8:31) e serão libertos para morrer, e a morte fugirá deles. 7 E
fazerem a sua obra, durante os dias da Tribulação que se o parecer dos gafanhotos era ... 11 E
tinham sobre si rei, o anjo do
avizinha (Ap. 9:1-11 e 16:13-14). abismo; em hebreu era o seu nome
Abadom, e em grego Apoliom.
(Apocalipse 9:1-11)
2. Todos os demônios serão lançados com Satanás no Lago de 13 E da boca do dragão, e da boca
da besta, e da boca do falso profeta vi
Fogo, para sempre (Mat 25:41 e Apo 20:10). sair três espíritos imundos,
semelhantes a rãs. 14 Porque são
espíritos de demônios, que fazem
prodígios; os quais vão ao encontro
dos reis da terra e de todo o mundo,
para os congregar para a batalha,
naquele grande dia do Deus Todo-
Poderoso. (Apocalipse 16:13-14)
Então dirá também aos que
estiverem à sua esquerda: Apartai-
vos de mim, malditos, para o fogo
eterno, preparado para o diabo e
seus anjos; (Mateus 25:41)
E o diabo, que os enganava, foi
lançado no lago de fogo e enxofre,
onde está a besta e o falso profeta; e
de dia e de noite serão
atormentados para todo o sempre.
(Apocalipse 20:10)

Gary E. Gilley, Pastor-teacher, Southern View Chappel,


http://www.svchapel.org/svchapel.html

traduzido por: Humberto Rafeiro

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica herdeira da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e
traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus Receptus.
ANGELOLOGY: THE
DOCTRINE OF ANGELS
Gary E. Gilley, Pastor-teacher, Southern View Chappel,
http://www.svchapel.org/svchapel.html

I. ANGELOLOGY
A. Existence of angels:

1. Angels are found in thirty-four books of the Bible in two hundred seventy-
five references.

2. Christ taught the existence of angels (Matt. 18:10; 26:53).

3. The angels are a distinct order of creation and have been given a heavenly
position, or sphere, above the sphere of man (Ps. 8:5; Heb. 2:7-9 and Rev.
5:11; 7; 11).

4. Angel means "messenger." They are always referred to in the masculine


gender.

B. Creation of Angels

-- Colossians 1: 15-17
Angels are not a race but a host. They are the sons of God (Job 1:6), not of
other angels. They were created (Job 38:6,7) at some point in time before the
creation of the physical world. The angels were created in a state of holiness
(Jude 6). They are innumerable (Heb. 12:22).

C. The personality of angels:

1. Intellect (I Pet. 1:12).

2. Emotions (Luke 2:13).

3. Will (Jude 6) -- able to leave their first estate.

D. The nature of angels:


1. They are spirit beings (Heb. 1:14).

2. They do not reproduce (Mark 12:25).

3. They are masculine except in Zech. 5:9 (feminine gender used two times).

4. They do not lie (Luke 20:36).

5. They are distinct from human beings (Ps. 8:4,5).


--They are not the spirits of the dead.

6. They have great power (II Pet. 2:11).

E. The ministry of angels:

1. To Christ:

a. Predicted His birth (Luke 1:26-33).

b. Announced His birth (Luke 2:13).

c. Protected Him as a baby (Matt. 2:13).

d. Strengthened him after His temptation (Matt. 4:11).

e. Prepared to defend Him (Matt. 26:53).

f. Rolled away the stone and announced His resurrection (Matt. 28:2,6).

g. At Christ's ascension (Acts 1).

2. To believers:

a. Help believers in general (Heb. 1:14).

b. Involved in answering prayer (Acts 12; 7).

c. Give encouragement (Acts 27:23-24).

d. Guardian angels (Heb. 1:14; Matt. 18:10).

e. Observe Christians' experiences (I Cor. 4:9; I Tim 5:21).

f. Interested in evangelistic efforts (Luke 15:10; Acts 8:26).

g. Care for believers at death (Luke 16:2; Jude 9).


3. To unbelievers:

a. Michael is Israel's guardian (Daniel 12:1).

b. Involved in executing the judgments of the tribulation period (Rev. 8,9 and
16).

c. Bring punishment to unbelievers (Acts 12:23).

d. Involved when the Lord returns to establish His kingdom (Matt. 13:39).

F. Classification of angels:

1. Archangel -- Michael whose name means "Who is like unto God" (Jude 9).

2. Elect angels (I Tim. 5:21).

3. Principalities and powers -- used of all angels and sometimes of only the
fallen angels (Eph. 1:21; 3:10).

4. Cherubim -- or living creatures who defend God's holiness from the


pollution of sinful beings (Gen. 3:24; Ex. 25:17- 20; Ezek. 1:1-18). Note also
the original purpose for which Satan was created (Ezek. 28:14).

5. Seraphim (Isa. 6:2-7) -- always worshipping God.

6. The angel of Jehovah -- these are usually appearances of Christ in the Old
Testament.

7. Gabriel (Luke 1:19).

II. THE DOCTRINE OF SATAN


A. His existence:

1. Taught in seven Old Testament books and acknowledged by every New


Testament writer.

2. Christ acknowledged and taught the existence of Satan (Matt. 13:39; Luke
10:18 and 11:18).

B. His personality:

1. Intellect (Matt. 4; II Cor. 11:3) -- he quotes Scripture.

2. Emotions (Rev. 12) -- anger.

3. Will (II Cor. 2:26; Isa. 14; Matt. 25:41 and II Tim. 2:26) -- morally
responsible.

C. His nature:

1. A created being (Ezek. 28:14,15) -- Therefore he must answer to His


creator.

2. A spirit being (Eph. 6:11,12).

3. Was a cherubim (Ezek. 28:14).

4. Highest of all angelic beings (Ezek. 28:12).

5. Limitations:

a. He is a creature and therefore, not omnipotent, omnipresent or omniscient.

b. Can be resisted by the Christian (James 4:7).

c. God has placed certain limitations on him (Job 1:12).

6. Personality traits:

a. He is a murderer (John 8:44).

b. He is a liar (John 8:44).

c. He is a confirmed sinner (I John 3:8).

d. He is an accuser (Rev. 12:10).

e. He is an adversary (I Pet. 5:8).

D. Principle names:

1. Satan -- adversary (II Cor. 11:14).

2. Devil -- slanderer (Matt. 4:1).

3. Serpent -- deceitful (Rev. 12:9).

4. Lucifer -- son of the morning (Isa. 14:12).

5. Evil one (I John 5:19).

6. Dragon (Rev. 12:17).

7. Prince of this world (John 12:31).


8. God of this world (I Cor. 2:4).

9. Accuser of the brethren (Rev. 12:10).

10. Beelzebub -- prince of the demons (Matt. 12:24).

11. Belial (II Cor. 6:15).

E. Satan's fall:

(cp. Ezekiel 28 and Isaiah 14)

1. His sin (Isa. 14:5 and 12-15) -- "I wills. . . ."

a. I will ascend into Heaven (I will take God's place).

b. I will exalt my throne above the stars of God (above the angels).

c. I will sit on the mount of the assembly in the far north.

d. I will ascend above. . . clouds (the glory of God).

e. I will be like the most high. (Satan wanted to be the possessor of heaven and
earth.) -His sin was pride (I Tim. 3:6) and it may be characterized as
counterfeiting God (like the Most High).

2. His punishments:

a. Cast out of his original position in Heaven (Ezek. 28:16).

b. In the Garden of Eden (Gen. 3:14-15).

c. At the cross (John 12:31).

d. Barred from all access to Heaven during the tribulation period (Rev. 12:7-
13).

e. Confined to the abyss (Rev. 20:2).

f. Cast into the Lake of Fire (Rev. 20:10).

F. Satan's work as related to:

1. God:

a. Tries to thwart the plan of God in every area and by every means possible.

b. Seeks to counterfeit God's program.


c. Tempted Christ (Matt. 4).

d. Possessed the body of Judas to betray Christ (John 13:27).

2. Unbelievers:

a. Blinds their minds (II Cor. 4:4).

b. Snatches the word out of their hearts (Luke 8:12).

c. Uses unbelievers to oppose the work of God (Rev. 2:13).

d. He will gather them to the battle of Armageddon (Rev. 16:13-14).

e. He deceives them now (Rev. 20:3).

3. Believers:

a. Tempts believers to lie (Acts 5:3).

b. Accuses and slanders believers (Rev. 12:10).

c. Can hinder the work of a Christian (II Thess. 2:18).

d. Tries to defeat us through demons (Eph. 6:12).

e. Tempts us to immorality (I Cor. 7:5).

f. Sows counterfeits among believers (Matt. 13:38,39).

g. Incites persecutions against believers (Rev. 2:10).

G. Defense of the believers against Satan:

1. Intercession of Christ (Heb. 7:25; John 17:15).

2. Have proper attitude toward Satan (I Pet. 5:8 and Jude 8,9).

3. Be on guard against Satan (I Pet. 5:8).

4. Take a stand against Satan, although at times we should flee (James 4:7 and
II Tim. 2:22).

5. Use the spiritual armor (Eph. 6:11-18).

III. THE DOCTRINE OF DEMONS


A. Views on origin of demons:
1. The souls of wicked men who have died (Greeks).

2. Spirits of a pre-Adamic race.

3. Offspring of the fallen angels and the women before the flood (Gen. 6:1-4).

4. Those angels who followed Satan at his fall (biblical position).

All Angels

Unfallen Angels Fallen Angels (demons)

a. Free demons

b. Confined demons

c. Temporarily confined
demons (Rev. 9:14 and Luke
8:28-31)

B. Characteristics of demons:

1. Spirit beings (Matt. 17:18, cp to Mark 9:25).

2. Know Jesus Christ (Mark 1:24).

3. Know their own end (Matt. 8:29).

4. Know the plan of salvation (James 2:19).

5. Have a system of doctrine (I Tim. 4:1-3).

6. Immoral, wicked, unclean (I Tim. 4:1-3).

C. Activities of demons:

1. In general:

a. Attempt to thwart the work of God (Rev. 16:13-16 and Daniel 10:11-14).

b. Extend the authority of Satan (Eph. 6:11,12).

c. Demons may be used by God in carrying out His purpose (II Cor. 12:7; I
Tim. 1:19; I Cor. 5:5 and I Sam. 16:14).

2. Some particulars:

a. Can inflict disease (Matt. 9:33).

b. Can possess humans (Matt. 4:24).

c. Can possess animals (Mark 5:13).

d. Spread false doctrine (I Tim. 4).

e. Oppose the spiritual growth of God's children (Eph. 6:12).

D. Demon possession:

1. Definition: A demon residing within a person, exerting direct control of that


person's mind and/or body.

2. Result: Physical disease or handicaps (Matt. 9:32,33), Mental derangement


(Matt. 17:15).

3. Marks of demon possession from Mark 5 (the demoniac of Gadarene):

a. Indwelling of an unclean spirit (verse 2).

b. Unusual physical strength (verse 3).

c. Fits of rage (verse 4).

d. Disintegration or splitting of the personality (verses 6 and 7). The demoniac


ran to Jesus for help, yet cried out in fear.

e. Resistance to spiritual things (verse 7).

f. Clairvoyant powers (verse 7) -- knew immediately who Jesus was.

g. Alteration of voice (verse 9).

h. Occult transference (verse 13) -- the demons left the man and entered into
the swine.

E. Destiny of demons:

1. Temporarily some are confined. For instance, some who were free during
the lifetime of Christ were cast into the abyss (Luke 8:31) and will be loosed to
do their work during the coming tribulation days (Rev. 9:1-11 and 16:13-14).

2. Eventually all demons will be cast with Satan into the Lake of Fire forever
(Matt. 25:41 and Rev. 20:10).

SPIRITUAL WARFARE
It seems that Christians never tire of trying to come up with a new way of
dealing with life. We are reminded of the Athenians at the Areopagus, who,
"Used to spend their time in nothing other than telling or hearing something
new (Acts 17:21). Within evangelical Christianity today, there is a constant
parade of novel approaches for dealing with our sins and problems. One of
those is what some call "spiritual warfare." Spiritual warfare has become quite
the rage in any Christian circles today, despite the lack of biblical support. This
is due to several factors: the influence of charismatic elements; pragmatism;
the church's surrender to psychology during the last twenty years; and
endorsement by respected theologians. Yet, the question is, as always, does
this new movement square with the Word of God? We will discover that it not
only does not square with Scripture, but that the spiritual warfare movement is
anti-Scriptural.

THE CHRISTIAN AND DEMON POSSESSION

Definition of demonized:

The spiritual warfare teachers make a big deal out of the Greek word often
translated, "demon possessed" in the New Testament. The word itself simply
means "to be demonized." Somehow this definition is supposed to soften the
concept of a Christian being possessed by a demon. For example, Neil
Anderson says that it means to be controlled by a demon and is a matter of
degrees. However, the New Testament never uses the term for anything less
that to be indwelt by a demon. It is never used to describe Satan's activity of
accusing the brethren, temptation, deception or persecution. So, no matter how
we translate the word "daimonizomai," it is always used exclusively of those
indwelt by demons.

Can a Christian be demon possessed?

The question must be asked, "Can a Christian be demon possessed; that is,
indwelt and controlled by a demon?" C.F. Dickenson, in his book Demon
Possession and the Christian, devotes serious study to this question. He deals
with every major portion of Scripture on the subject and then concludes: "We
have found that though there is a great deal of information to consider, and
though men adduce evidence of varying weight, yet we could not come to a
definite conclusion. . . . We have sought evidence from biblical and theological
considerations on whether Christians can be demonized (p149).

In other words, according to Dr. Dickenson, the same Scriptures that claim to
provide everything we need for life and godliness (II Pet. 1:3), is inadequate to
deal with this important subject. What's a Christian to do? According to
Dickenson, God neglected to include in His Word instructions for victory over
one of the Christian's most powerful enemies. So where are we to turn?
Dickenson reassures us that we can look to experience with confidence. He
admits that, "The danger of basing our theology on experience is evident." Yet,
since God's Word does not address the subject of the demonization of
Christians, the spiritual warfare teachers have felt free to develop a whole
system of demonic warfare based on the supposed experiences of people.

What does the Bible say?

Before we examine the faulty spiritual warfare structure we should examine


whether the Bible gives us any clue as to the demonization of believers. The
following passages need to be studied --

Col. 1:13-14 -- When individuals are saved they are delivered from the domain
of darkness.

Rom. 8:37 -- While in the context of the security of the believer, nevertheless,
we find that the Christian is promised victory through Christ.

I Cor. 6:19 -- The Christian is indwelt by the Holy Spirit. It is inconceivable


that the Holy Spirit would share our bodies with a demon. During the time of
Jesus' ministry on the earth demons feared Jesus and usually avoided Him if
possible. Why wouldn't the same be true of the Holy Spirit?

I John 4:4 -- The Christian has the Holy Spirit within him. Demons on the
other hand inhabit the world and those of the world.

I John 5:18 -- The evil one cannot touch God's child.

II Thess. 3:3 -- Because of our Lord's faithfulness (not ours) we are protected
from the evil one.

I Cor. 5:5 -- In the New Testament we never find any indication that a believer
can be indwelt by a demon, nor are we ever given any command or instruction
concerning the casting out of demons. This passage speaks of delivering a
believer to Satan for the destruction of his flesh. Nothing is ever said about
delivering a believer from the possession of the devil.

Why the interest in this subject:

So why do some believe that the Christian can be demonized?

Here are three reasons:

1. Experience -- Stories, some of them quite incredible, dominate the field. The
theory seems to be that if someone has had an experience, no matter how
absurd or unbiblical, it must be from God. "Story Theology" is the
predominate brand of theology today.
2. The influence of psychology -- My problems can't be my fault. There must
be a solution, outside of the Scriptures. This is the same view of the Scriptures
that the Christian psychologist teaches.

3. Blameshifting -- Anderson says, "Those who say a demon cannot control an


area of a believer's life have left us with only two possible culprits for the
problems we face: ourselves or God. If we blame ourselves we feel hopeless
because we can't do anything to stop what we're doing. If we blame God our
confidence in Him as our benevolent Father is shattered. Either way, we have
no chance to gain the victory which the Bible promises us" (The Bondage
Breaker, p.174). Since we can no longer blame ourselves for our own
problems demons become handy scapegoats.

I. THE TEACHINGS OF SPIRITUAL WARFARE LEADERS

Neil Anderson is the most popular teacher of spiritual warfare. Anderson was
the chairman of the Practical Theology Department at Talbot School of
Theology of Biola University. He has written several books on this subject,
including: The Bondage Breaker; The Seduction of Our Children; Victory over
the Darkness; Released from Bondage; and Walking Through the Darkness. He
also travels the country giving his "Freedom in Christ" seminars. We will deal
with Anderson's teachings as representative of the whole group.

A. Biblical teachings:

Many of Dr. Anderson's concepts are in line with the Scriptures, for which we
give God praise. Anderson would be in agreement with the essential doctrines
of the faith. In addition, he places special emphases on -

- Right thinking will produce right emotions.

- The greatest deterrent of mental and emotional health is a true knowledge of


God.

- The believer must understand his identity in Christ.

- Forgiveness is extremely important in the Christian life.

B. Christians can be demonized or demon possessed:

Anderson makes the following statements. "It is my observation that no more


than 15% of the evangelical Christian community is completely free from
Satan's bondage" (Bondage, p.107). "Demonic influence is not an external
force in the physical realm; it is the internal manipulation of the central
nervous system" (p.111). "Anything bad which you cannot stop doing, or
anything good which you cannot make yourself do, could be an area of
demonic control" (p.179).

To Anderson 85% of evangelical Christians are controlled to some degree by


Satan. It would be quite an interesting search to attempt to find Scriptural
support for Anderson's assertions.

C. Christians can be delivered from demonization:

Fortunately for us, Anderson has discovered a means of deliverance for the
demon-controlled Christian. Where did he find his program? Certainly not in
Scripture -- remember the Bible apparently is unfamiliar with this problem. He
didn't find it even in the traditions of the great saints of the past. As a matter of
fact, no one in the history of the church has ever taught the methods developed
by Anderson -- which tells us a couple of things:

1. Since this program is not based upon Scripture, and since it is brand new to
the church, great caution is in order.

2. If Anderson is correct, then most of the saints of the past, who only had
God's Word to guide them, have been hopelessly enslaved to demons --
apparently without realizing it. What a sad thought!

D. Anderson's teachings on what the believer must do in order to be free from


demonization. His primary focus is to be contained within the following three
concepts:

1. Understanding our identity in Christ --

Much of what Anderson teaches in this section is biblical, however he deviates


in two important areas:

a. The authority of the believer.

The argument runs like this: I am seated in the heavenlies in Christ. Christ has
all power and authority. Therefore, I have Christ's power and authority. As a
result, all Christians have authority over Satan and his demons.

It should be obvious that the third premise above is not true. Anderson gives
Luke 9 and 10 as proof texts. However, not only are these references to the
pre-pentecostal believers (who were not in Christ), but, they are specific
instructions to a specific group of people for a specific act. These passages
have no reference to the church.

b. Binding, loosing, commanding Satan and his demons.

Anderson admits that there are no instructions

in the epistles to cast out demons because (he says) it is the responsibility of
every Christian to put on the armor of God, stand firm and resist the devil.

The Scripture used as support is Matthew 12:29, but it is wrong to conclude


that Christ was establishing a universal principal for binding evil spirits. By the
way, who keeps letting them loose?

2. Freedom from our past --

Anderson suggests a four-prong approach:

a. The "integration of psychology with theology."

b. Freeing the Christian of "generational demonic bondage." He is speaking of


genetically inherited demons, spirit guides, Satanic curses, and a genetic pre-
disposition to addictive or habitual sin.

Exodus 20:5 is the supposed Scriptural basis, but it is used out of context (see
verse 6), but even if inherited sin was the context, Ezekiel 18:19 has rescinded
this.

c. Forgive God (Released, p.174).

Nothing more needs to be said here. This is nothing short of blasphemy.

d. Forgive yourself.

Nothing in all the Word of God gives us the authority to forgive ourselves.

3. Freedom from Scriptural conflicts caused by demons -- Demonic


confrontation is the crux of Anderson’s ministry.

Note three unhealthy and/or unscriptural presumptions:

a. Demons (not the flesh) are the primary source of Scriptural failure for the
Christian (Gal. 5:16-21).

b. Christians can become demon possessed.

c. Spiritual warfare is an offensive, rather than defensive, campaign including


verbal assaults on Satan. "We must learn to bind the strong man before we will
be able to rescue his prisoners" (Bondage, p.91).

4. Steps to freedom in Christ -- Satan will be defeated only if we confront him


verbally (p.84):

Step #1 -- Renounce involvement with satanically inspired occultic practices.


(This would include any activity that a family member may have participated
in.)

Step #2 -- Choose to live by truth rather than deception.

Step #3 -- Choose forgiveness rather than being bitter. (This includes forgiving
ourselves, p.196.)

Step #4 -- We must choose to be submissive rather than rebellious.

Step #5 -- Live humbly instead of proudly.

Step #6 -- Choose freedom rather than bondage to sin.

Step #7 -- Renounce the sins and curses, which may have been placed on your
ancestors (see ex. p.201).

II. EVALUATION OF SPIRITUAL WARFARE


The Scriptures claim to provide everything we need for salvation and
sanctification (II Tim. 3:16,17 and II Pet. 1:3). Yet, by the spiritual warfare
teacher's own admission there exists no biblical evidence that a child of God
can be demonized. If that is the case, then obviously the Scriptures provide no
steps to freedom from demon possession. We are now being told that Neil
Anderson and C. Fred Dickenson are providing for us what God's Word never
does. Where are these men getting this information? From experience -- the
same source that the charismatics get their unbiblical teachings.

A. Not only is the spiritual warfare movement derived from extrabiblical


sources, but it contradicts much of what the New Testament does tell us about
demons.

1. In the epistles there are ten references to demons (mostly relating certain
facts), but there are over fifty references to "the flesh" as the primary enemy of
the Christian. The New Testament perspective is that the major area of conflict
is in the arena of the flesh, not demonic influence.

2. Some are claiming that demons have names that reflect their influence.
Names such as, "lust," "murder," "envy," "gossip," etc. Yet, nowhere in the
Bible do we find any support for this teaching. Scripture explicitly says that
these actions are a product of the flesh (e.g. Gal. 5:19-21).

3. Anderson claims that when we deal with demons it is a "truth encounter,"


not a "power encounter." However, when Jesus or the Apostles cast out
demons it was always a power encounter. Never once did Jesus attempt to
reason with a demonized individual. Never once did He call on them to believe
the truth. He always forcibly cast demons out of such people. In addition, not a
single person in the Gospels ever came to Jesus for deliverance from demons.
The obvious reason being that when a demon controls someone, that person
has lost his ability to choose right. The spiritual warfare teachers claim that
demonized believers are coming to them for deliverance in great droves.

4. The spiritual warfare leaders do not understand the distinction between Jesus
and the Apostles and the average Christian. Jesus' encounters with the demons
were directly related to His claim to be the Messiah and His offer of the
Kingdom. As for the Apostles, there are three occasions in which they cast out
demons after Christ's ascension (Acts 8:5-8; 16:16-18; 19:11-12). The ability
to do this was given to verify their appointments as Apostles (Mark 16:17; II
Cor. 12:12). In the New Testament we do not find Christians casting out
demons unless they were Apostles. However, even with the Apostles we do not
find the casting out of demons to be a major part of their ministry. Instead, the
norm for dealing with the demon-possessed was the presentation of the gospel.

5. It is interesting to realize that it is these very areas -- the ones the


charismatics and the spiritual warfare people emphasize so heavily -- that Jesus
singles out as proving nothing concerning our relationship to God (Matt. 7:21-
23). Later Paul would even teach that satanically inspired people can produce
miracles (II Thess. 2:9-12).

6. The bottom line is that this method of sanctification is taught nowhere in the
Bible. We surely can trust our Lord to have included a means of demonic
deliverance if it had been needed.

B. Some additional UNBIBLICAL teachings:

1. Binding Satan -- based on the misinterpretation of three passages: Matt.


12:29; 16; 19 and 18:18. The context however reveals that Matt. 12:29 was an
illustration of Christ's personal power over Satan, not ours. Also, Matt. 16:19
and 18:18 are in the context of fulfilling God's will on earth, including church
discipline.

2. Rebuking the devil -- believers are never instructed to rebuke the devil or his
demons. The New Testament views rebuking as the sole prerogative of Jesus
(Jude 9). As a matter of fact, this is a mark of false prophets (II Pet. 2:4-12;
Jude 8,9). Why do people rebuke the devil then? II Pet. 2:12 and Jude 10 says
that they do so because they don't understand what they are doing. II Peter 2:10
suggests that they do so because of arrogance.

3. Praying the blood -- This phrase or idea is found nowhere in the New
Testament. Christ's blood delivers us from sin.

4. Inherited curses -- four reasons why this is inaccurate:

a. Salvation delivers us from all sin -- including occultic sins. The Bible does
not recognize occult sin as a special category that has not been dealt with at the
cross.

b. Exodus 20:5 refers to the choice of each successive generation to follow


after the sins of their ancestors. Ezekiel 18:10-20 says that we will each be
dealt with according to our own sin.

c. Exodus 20:5-6 and Deuteronomy 5:9-10 deals with Israel -- not the church.

d. There is not one example in the Bible of a saved person being under a
satanic curse, which had to be "broken" by Christian exorcism or distinct
confession.

e. Territorial spirits.

III. BIBLICAL INSTRUCTION CONCERNING


DEALING WITH DEMONS
A. That Satan and his demons are actively involved in attempting to destroy
our lives is evident throughout Scripture. I Peter 5:8 perhaps sums up Satan's
efforts and goals better than any other place in the Bible. The big question is
how are we to deal with his onslaughts? Some are teaching today that we are to
rebuke or bind Satan. Others tell us that we are to cast demons out of people by
claiming the blood of Christ, (The Bondage Breaker, pp.69,84,85,88,107 and
111). Yet, in the New Testament we are never instructed or commanded to cast
out or bind demons.

B. When it comes to Satan we are taught to play a defensive role. When


believers go on the offensive against Satan they are stepping out of their
legitimate bounds by becoming involved in situations which the Lord has
never intended for them. Rather than instruction concerning exorcism, binding,
rebuking, etc., we are taught (in the only three places in the New Testament
where instruction concerning dealing with Satan is found) to resist the Devil (I
Pet. 5:6-9; James 4:7 and Eph. 6:10-18).

C. Only the Ephesians 6 passage teaches us how to resist by putting on the


armor of God. Paul, as a prisoner at the time he wrote the epistle of Ephesians,
observed daily the protective armor of the soldiers that guarded him. Using the
armor as an illustration, Paul explained to us how we can stand firm against the
schemes of the Devil. Six pieces of armor are needed to fully protect the
believer against Satan's attacks:

1. The Belt of Truth (6:14) --


The belt was essential to keep the other pieces of armor in place and to secure
freedom of movement by tying back the long tunic that the soldiers wore. The
truth spoken of here is the objective truth of God's Word. God wants us to be
completely dominated and controlled by the truth of the Bible. It is because
many Christians are not committed to the absolute truth and final authority of
the Word of God that they are ineffective in their spiritual warfare. We must
take II Timothy 3:16,17 and II Peter 1:3 seriously. This must be our
presupposition.

2. The Breastplate of Righteousness (6:14) --


The vital organs of the Roman soldier were protected by his breastplate.
People are in need of two types of righteousness that protect their thoughts,
emotions and wills:

a. "Saving righteousness" that is given to us at the moment of conversion


(Rom. 4:5). This is the righteousness of Christ and is credited to us without
merit on our part when we trust in Christ for the forgiveness of sin.

b. "Personal righteousness" which refers to the righteousness produced in our


lives by the Holy Spirit. This takes place in a believer's life as he recognizes
his sin and turns to Christ. To choose to live "rightly" is a great safeguard.

3. Shoes of the Gospel of Peace (6:15) --


You will note that we are to have our feet shod with the preparation" of the
gospel of peace. This speaks of a readiness, firm footing, mobility and
protection that comes from having the gospel of peace. The thing that assures
us of ultimate victory against Satan is that we have peace with God (Rom.
5:1,2). Therefore, we can remain steadfast and immovable because our feet are
firmly grounded on our immovable relationship with God.

4. Shield of Faith (6:16) --


This speaks not of "saving faith," for these people were already saved, but of a
"living faith," a trust in the promises and the power of God. Satan's primary
weapon is to get us to distrust God's Word. It is by faith in God and His Word
that we are able to handle anything Satan throws in our way. Only by looking
away from self to God, placing our trust in Him for life, death and eternity,
relying only on His Word of revelation and promise, is it possible to repel
Satan's shower of flaming missiles.

5. Helmet of salvation (6:17) --


I Thessalonians 5:8 clarifies the meaning here. He is speaking not of becoming
saved but of the "hope of salvation." That is, we have absolute assurance of our
salvation no matter how fierce the battle becomes. Were it not for the fact that
in the midst of hardship and persecution the assurance of salvation dwells in
our hearts we might easily give up the fight. The helmet of salvation enables us
to go into battle with complete confidence, not in ourselves but in our God
(Phip. 1:6).

6. Sword of the Spirit (6:17) --


This refers to the short dagger-like sword that was used primarily for defense,
not the broad sword that was an offensive weapon. "The sword which the
Christian carries is described here as the Word of God. But this is not the
Greek 'logos,' but 'rhema.' 'Rhems' refers to a specific word or utterance. In
spiritual warfare it is not enough to have merely a general knowledge of the
Scriptures; we must also have a specific knowledge of the Scriptures and use
this knowledge correctly" (A Holy Rebellion, p.145). Note 6:18,19 where this
armor is to be bathed in prayer.

(retorne à página ÍNDICE de Sola Scriptura TT / Angelologia )


amarrar, amarrado, anjo, anjos, batalha espiritual, demônio, demônios, demonizado, demonizada, demonização, Diabo, endemoninhado,
endemoninhada, endemoniado, endemoniada, espíritos territoriais, expulsão de demônios, expulsar demônios, exorcizar, exorcista,
exorcismo, guerra espiritual, libertação, Lúcifer, maldições hereditárias, maldição herdada, possuído, possuída, possesso, possessa, possessão
demoníaca, repreender, Satanás, Satan

[o movimento da]

"BATALHA
ESPIRITUAL"

Parece que os crentes nunca se cansam de aparecer com


novas maneiras de lidar com a vida. Lembram-nos dos
Atenienses no Areópago, que "de nenhuma outra coisa
se ocupavam, senão de dizer e ouvir alguma novidade"
(Atos 17:21). Dentro da "cristandade evangélica" de hoje
em dia, existe um constante desfile de inovadores
enfoques para lidar com os nossos pecados e problemas.
Um desses é o que alguns chamam de [movimento da]
"Batalha Espiritual". "Batalha Espiritual" se tornou a
moda em qualquer círculo cristão de hoje em dia, apesar
da sua falta de suporte bíblico. Isto deve-se a vários
fatores: a influência de elementos carismáticos;
pragmatismo; a igreja render-se à psicologia durante os
últimos vinte anos; e o endosso de teólogos de renome.
No entanto, a questão é, como sempre: Porventura este
novo movimento se encaixa na Palavra de Deus? Iremos
descobrir que não somente não se encaixa nas Escrituras,
mas que o movimento da "Batalha Espiritual" é anti-
Escriturístico.

O CRISTÃO E A
POSSESSÃO
DEMONÍACA
Definição de demonizado [ver
NOTA]
Os ensinadores da batalha espiritual dão uma grande
importância à palavra Grega comumente traduzida,
"endemoninhado (possuído por demônio)" no Novo
Testamento. A palavra simplesmente significa "ser
demonizado". De alguma forma, esta definição é
suposta [pelo movimento da "Batalha Espiritual"]
suavizar o conceito de um Cristão ser possuído por um
demônio. Por exemplo, Neil Anderson diz que significa
[em qualquer forma, extensão, grau e duração] ser
[influenciado ou] controlado por um demônio, e que é
uma questão de graus. No entanto, o Novo Testamento
nunca usa o termo para coisa alguma menor do que ser
habitado por um demônio. [O termo "demonizado"]
nunca é usado para descrever a atividade de Satanás em
acusação aos irmãos, tentação, enganação ou
perseguição. Portanto, não importa como traduzimos a
palavra "daimonizomai", ela é sempre usada
exclusivamente para aqueles habitados por demônios.

Pode um Cristão ser possuído por


um demônio?
A questão deve ser colocada, "Pode um salvo ser
possuído por um demônio; isto é, habitado e controlado
por um demônio?" C.F. Dickenson, no seu livro Demon
NOTA DO TRADUTOR: Como os defensores
Possession and the Christian, devota sério estudo a esta do movimento da Batalha Espiritual criaram
questão. Ele lida com todas as principais porções das um novo termo inglês, "demonized",
Escrituras acerca deste assunto e então conclui: pretendendo que fosse diferenciado do
tradicional "demon possessed", também
"Chegamos à conclusão que que, embora haja uma criamos um novo termo em português,
grande quantidade de informação a considerar, e ainda "demonizado", para refletir o pensamento
que se possa alegar evidências de vários pesos, no deles, que querem diferenciá-lo do tradicional
"endemoninhado".
entanto não havemos chegado a uma conclusão
definitiva. ... Temos procurado evidências provenientes Visto como o seu divino poder nos deu tudo
de considerações bíblicas e teológicas que suportem a o que diz respeito à vida e piedade, pelo
conhecimento daquele que nos chamou pela
idéia de os crentes poderem ser demonizados."(p149). sua glória e virtude; (2Ped 1:3)

Em outras palavras, de acordo com o Dr. Dickenson, as


mesmas Escrituras que clamam prover tudo o que
precisamos para a vida e santificação (2Pe 1:3), é
inadequada para lidar com este assunto importante.
[Daí,] que deve o crente fazer? De acordo com
Dickenson, Deus negligenciou incluir na Sua Palavra
instruções para vitória sobre um dos mais poderosos
inimigos do crente. Então para onde nos virarmos?
Dickenson assegura-nos que podemos olhar para a
experiência com confiança. Ele admite que, "O perigo de
basearmos nossa teologia em experiência é evidente." No
entanto, como a Palavra de Deus não aborda o assunto da
demonização dos crentes, os ensinadores [do
movimento] da "Batalha Espiritual" se sentiram livres
para desenvolverem um inteiro sistema de batalha
demoníaca, baseados na suposta experiência de pessoas.

O que a Bíblia diz?


Antes de examinarmos a defeituosa estrutura [do
movimento] da "Batalha Espiritual", devemos examinar
se a Bíblia nos dá alguma pista acerca se um crente pode
ser demonizado. As seguintes passagens necessitam ser
estudadas --

Col. 1:13-14 -- Quando os indivíduos são salvos eles são O qual nos tirou da potestade das trevas, e
nos transportou para o reino do Filho do seu
arrancados do domínio das trevas. amor; Em quem temos a redenção pelo seu
sangue, a saber, a remissão dos pecados; (Col
Rom. 8:37 -- O contexto é o da segurança do crente, no 1:13-14)

entanto encontramos que ao crente é prometida vitória Mas em todas estas coisas somos mais do
através de Cristo. que vencedores, por aquele que nos amou.
(Rom 8:37)

1Co 6:19 -- O crente é habitado pelo Espírito Santo. É Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo
inconcebível que o Espírito Santo fosse partilhar nossos do Espírito Santo, que habita em vós,
corpos com um demônio. Durante o tempo do ministério proveniente de Deus, e que não sois de vós
mesmos? (1Co 6:19)
de Jesus na terra os demônios temiam-No e normalmente
evitavam-No, se possível. Porque o mesmo não será Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes
verdade com o Espírito Santo? vencido; porque maior é o que está em vós do
que o que está no mundo. (1Jo 4:4)

1Jo 4:4 -- O crente tem o Espírito Santo dentro de si. Os Sabemos que todo aquele que é nascido de
demônios por outro lado, habitam o mundo e os que são Deus não peca; mas o que de Deus é gerado
do mundo. conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe
toca. (1Jo 5:18)

1Jo 5:18 -- O maligno não pode tocar nos filhos de Deus. Mas fiel é o SENHOR, que vos confirmará, e
guardará do maligno. (2Te 3:3)

2Te 3:3 -- Por causa da fidelidade de nosso Senhor (não Seja entregue a Satanás para destruição da
da nossa) estamos protegidos do maligno. carne, para que o espírito seja salvo no dia do
SENHOR Jesus. (1Co 5:5)

1Co 5:5 -- No Novo Testamento nunca encontramos


indicação alguma que um crente possa ser habitado por
um demônio, nem nos é dado mandamento algum ou
instrução alguma acerca de expulsar demônios [NOTA
de solascriptura-tt: Ver
So83ApostEDiscTiveramDonsSinais-Helio ] . Esta
passagem [1Co 5:5] fala de entregar um crente a Satanás,
para a destruição da sua carne. Nada jamais é dito acerca
de arrancar um crente de uma possessão pelo Diabo.
Por quê o interesse neste assunto?

Então, porque alguns crêem que um crente possa ser


demonizado?

Aqui estão três razões:

1. Experiência -- Estórias ["causos"], algumas delas


bastante incríveis, dominam o campo. A teoria parece ser
que, se alguém teve uma experiência, não importa o quão
absurda ou antibíblica possa ser, então ela tem que ser de
Deus. "Teologia Baseada em Estórias" [ver NOTA] é o
marca predominante na teologia de hoje.
[NOTA DO TRADUTOR: No original "Story

2. Influência da psicologia -- Meus problemas não Theology", isto é, "Teologia Baseada em


Estórias, em 'causos', em experiências alegadas
podem ser culpa minha. Tem que existir uma solução, por pessoas, muitas vezes sem nenhuma
fora das Escrituras. Este é o mesmo ponto de vista que os veracidade ou apoio bíblico". Tal "Teologia
psicólogos Cristãos ensinam Baseada em Estórias" é bastante diferente da
"Teologia Histórica", que analisa a Teologia
através da História.]
3. Transferência de culpa [colocar as minhas culpas
nos outros] -- Anderson diz, "Aqueles que dizem que um
demônio não pode controlar [sequer] uma área da vida
dum crente, só nos deixam com dois culpados para o
problema que encaramos: nós mesmos ou Deus. Se nos
culpamos a nós próprios, nos sentiremos desesperados,
pois não conseguiremos fazer nada para parar o que
estamos fazendo. Se culpamos Deus, a nossa confiança
n´Ele como nosso Pai benevolente é abalada. De
qualquer das maneiras, não temos chance alguma de
obter a vitória que a Bíblia nos promete" (The Bondage
Breaker, p.174). Como não nos podemos mais culpar a
nós próprios pelos nossos próprios problemas, os
demônios tornam-se convenientes bodes expiatórios.

I. OS ENSINAMENTOS
DOS LÍDERES [do
movimento] da
"BATALHA
ESPIRITUAL"
Neil Anderson é o ensinador mais popular [do
movimento] da "Batalha Espiritual". Anderson foi o
chefe do Departamento de Teologia Prática na Talbot
School of Theology of Biola University. Escreveu vários
livros dentro deste assunto, incluindo: The Bondage
Breaker; The Seduction of Our Children; Victory Over
the Darkness; Released from Bondage; e Walking
Through the Darkness. Ele também viaja pelo país
[USA] apresentando o seu seminário "Liberdade em
Cristo" (Freedom in Christ). Iremos tratar os
ensinamentos de Anderson como representativos de todo
o grupo.

A. Ensinamentos Bíblicos
Muitos dos conceitos do Dr. Anderson estão de acordo
com as Escrituras, pelos quais damos graças a Deus.
Anderson estaria de acordo com as doutrinas
fundamentais da fé. Em adição a isto, ele coloca ênfase
especial em:

- Pensamento correto produzirá emoções certas.

- O maior promotor da saúde mental e emocional, é um


verdadeiro conhecimento de Deus.

- O crente tem que entender a sua identidade em Cristo.

- Perdão é extremamente importante na vida do crente.

B. "Cristãos podem ser


demonizados ou possuídos por
demônios"
Anderson faz a seguinte afirmação. "É minha observação
que não mais do que 15% da comunidade de cristãos
evangélicos é completamente livre da escravidão a
Satanás" (Bondage, p.107). "Influência demoníaca não é
uma força externa no sentido físico; é uma manipulação
interna ao nível do sistema nervoso central" (p.111).
"Qualquer coisa má que você não consiga parar de fazer,
ou qualquer coisa boa que você não consiga pôr-se a
fazer, pode ser uma área de controle demoníaco" (p.179).

Para Anderson, 85% dos cristãos evangélicos estão


controlados por Satanás, em algum grau. Seria um
exercício muito interessante tentar achar nas Escrituras
suporte para as asserções de Anderson.
C. "Cristãos podem ser libertos da
demonização"
Felizmente para nós, Anderson descobriu um meio de
libertação para os crentes controlados pelos demônios.
Onde encontrou ele tal plano? Certamente não foi nas
Escrituras -- relembre que aparentemente [diz ele] a
Bíblia não trata de tal problema. Ele também não
encontrou [solução] mesmo nas tradições dos grandes
santos do passado. De fato, ninguém na história da igreja
jamais ensinou os métodos desenvolvidos por Anderson
-- o que nos diz umas quantas coisas:

1. Visto este plano não ser baseado nas Escrituras, e


visto ser total novidade para a igreja, grande precaução é
preciso ter.

2. Se Anderson está correto, então a maior parte dos


santos do passado, os quais somente tinham a Palavra de
Deus para os guiar, foram escravizados
irremediavelmente por demônios -- aparentemente sem
se darem conta disso. Que pensamento tão triste!

D. Ensinos de Anderson, sobre o


1 ¶ E, convocando os seus doze discípulos,
deu-lhes virtude e poder sobre todos os

que o crente tem que fazer para ser


demônios, para curarem enfermidades. ... 38 E
eis que um homem da multidão clamou,

liberto da demonização
dizendo: Mestre, peço-te que olhes para meu
filho, porque é o único que eu tenho. 39 Eis
que um espírito o toma e de repente clama, e
o despedaça até espumar; e só o larga depois
O seu principal foco deve estar contido dentro destes três de o ter quebrantado. 40 E roguei aos teus
conceitos : discípulos que o expulsassem, e não puderam.
41 E Jesus, respondendo, disse: O geração
incrédula e perversa! até quando estarei ainda
1. Entender a nossa identidade em Cristo -- convosco e vos sofrerei? Traze-me aqui o teu
filho. 42 E, quando vinha chegando, o demônio
Muito do que Anderson ensina nesta secção é bíblico, no o derrubou e convulsionou; porém, Jesus
repreendeu o espírito imundo, e curou o
entanto, se desvia em duas áreas importantes: menino, e o entregou a seu pai. ... 49 E,
respondendo João, disse: Mestre, vimos um
a. A autoridade do crente que em teu nome expulsava os demônios, e
lho proibimos, porque não te segue conosco.
50 E Jesus lhes disse: Não o proibais, porque
O argumento é mais ou menos este: Eu estou sentado nos quem não é contra nós é por nós. ... 1 ¶ E
lugares celestiais em Cristo. Cristo tem todo o poder e depois disto designou o Senhor ainda outros
setenta, e mandou-os adiante da sua face, de
autoridade. Portanto, eu tenho o poder e autoridade de dois em dois, a todas as cidades e lugares
Cristo. E o resultado é que todos os Cristão tem aonde ele havia de ir. ... 17 ¶ E voltaram os
autoridade sobre Satanás e seus demônios. setenta com alegria, dizendo: Senhor, pelo teu
nome, até os demônios se nos sujeitam. 18 E
disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do
Deverá ser óbvio que a terceira premissa não é céu. 19 Eis que vos dou poder para pisar
verdadeira. Anderson dá como prova textual Lucas serpentes e escorpiões, e toda a força do
inimigo, e nada vos fará dano algum. 20 Mas,
capítulos 9 e 10. No entanto, não somente estas não vos alegreis porque se vos sujeitem os
referências são para os crente pré-pentecostes (que não espíritos; alegrai-vos antes por estarem os
estavam em Cristo), mas, são instruções específicas, para vossos nomes escritos nos céus. ... (Lucas 9:1-
10:42)
um específico grupo de pessoas, para um específico ato.
Estas passagens não têm qualquer referência para a
igreja. [NOTA de solascriptura-tt: Ver
So83ApostEDiscTiveramDonsSinais-Helio]

b. Amarrar, soltar, ordenar a Satanás e seus demônios

Anderson admite que não existem instruções nas


epístolas para expulsar demônios porque (diz ele) é da
responsabilidade de todo crente Cristão o vestir a
armadura de Deus, ficar firme e resistir ao diabo.

A Escritura usada como suporte é Mat 12:29, mas é


errado concluir que Cristo haja estabelecido um
castigador universal para amarrar espíritos maus. A
propósito, quem é que não pára de os soltar?
2. Libertação do nosso passado

Anderson sugere uma abordagem com quatro pontos:

a. A "integração da psicologia com a teologia."

b. Libertar o crente da "escravatura hereditária a


demônios". Anderson está falando de se herdar Não te encurvarás a elas nem as servirás;
geneticamente: demônios; espíritos guias; maldições porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus

satânicas; e uma pré-disposição genética para pecados zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos
filhos, até a terceira e quarta geração
[específicos] que se transformam em hábitos ou vícios daqueles que me odeiam. (Êxo 20:5)
[específicos]. E faço misericórdia a milhares dos que me
Êxo 20:5 é a suposta base Escriturística, mas é usado amam e aos que guardam os meus
mandamentos. (Êxo 20:6)
fora do contexto (ver verso 6). No entanto, mesmo se o Mas dizeis: Por que não levará o filho a
contexto fosse que o pecado é herdado, Ezequiel 18:19 o iniqüidade do pai? Porque o filho procedeu
rescindiu. com retidão e justiça, e guardou todos os
meus estatutos, e os praticou, por isso
certamente viverá. (Eze 18:19)
c. Perdoar Deus (Released, p.174).

Nada mais é necessário dizer aqui. Isto não é um


milímetro menos que blasfêmia.

d. Perdoar-se a si próprio.

Nada em toda a Palavra de Deus nos dá a autoridade para


nos perdoarmos a nós mesmos.

3. Liberdade de conflito da Escritura causado por


demônios

-- Confrontar os demônios é o ponto fundamental do Digo, porém: Andai em Espírito, e não


cumprireis a concupiscência da carne. Porque
ministério de Anderson. a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito
contra a carne; e estes opõem-se um ao outro,
Note três pressuposições insanas e/ou não bíblicas: para que não façais o que quereis. Mas, se sois
guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.
Porque as obras da carne são manifestas, as
a. Demônios (não a carne) são a fonte primária da falha quais são: adultério, prostituição, impureza,
dos crentes (Gal. 5:16-21). lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades,
porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões,
heresias, Invejas, homicídios, bebedices,
b. Crentes podem ficar possuídos por demônios. glutonarias, e coisas semelhantes a estas,
acerca das quais vos declaro, como já antes vos
disse, que os que cometem tais coisas não
c. [o movimento da] "Batalha Espiritual" é uma herdarão o reino de Deus. (Gál 5:16-21)
campanha ofensiva em vez de defensiva, e inclui ataques
verbais a Satanás. "Devemos aprender a manietar o
homem forte antes de podermos resgatar os seus
prisioneiros" (Bondage, p.91).

4. Passos para a liberdade em Cristo


-- Satanás será derrotado somente se o confrontarmos
verbalmente (p.84):

Passo #1 -- Renuncie [todo] envolvimento com práticas


satânicas [ou] de inspiração no ocultismo. (Isto inclui
qualquer atividade que um membro da família possa ter
participado.)

Passo #2 -- Escolha viver pela verdade em vez de pelo


engano.

Passo #3 -- Escolha perdão em vez de ficar amargurado.


(Isto inclui perdoarmos a nós mesmos, p.196.)

Passo #4 -- Temos que escolher ser submissos em vez de


rebeldes.

Passo #5 -- Viva humildemente em vez de


orgulhosamente.

Passo #6 -- Escolha liberdade em vez de escravidão ao


pecado.

Passo #7 -- Renuncie os pecados e maldições, as quais


possam ter sido colocadas nos seus ancestrais (ver ex.
p.201).

Toda a Escritura é divinamente inspirada, e

II. AVALIAÇÃO [do proveitosa para ensinar, para redargüir, para


corrigir, para instruir em justiça; Para que o
homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente

movimento] DA instruído para toda a boa obra. (2Ti 3:16-17)


Visto como o seu divino poder nos deu tudo

"BATALHA
o que diz respeito à vida e piedade, pelo
conhecimento daquele que nos chamou pela
sua glória e virtude; (2Pe 1:3)

ESPIRITUAL" E, descendo Filipe à cidade de Samaria lhes


pregava a Cristo. E as multidões
unanimemente prestavam atenção ao que
Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que
A Escritura reivindica prover tudo o que necessitamos ele fazia; Pois que os espíritos imundos saíam
para a salvação e santificação (2Ti 3:16-17 e 2Pe 1:3). de muitos que os tinham, clamando em alta
Contudo, os próprios ensinadores [do movimento] da voz; e muitos paralíticos e coxos eram curados.
E havia grande alegria naquela cidade. (Ato
"Batalha Espiritual" admitem que não existe evidência 8:5-8)
bíblica que um filho de Deus possa ser demonizado. Se E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu
esse é o caso, então obviamente a Escritura não provê ao encontro uma jovem, que tinha espírito de
adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande
nenhum "passos para libertação da possessão lucro aos seus senhores. Esta, seguindo a Paulo
demoníaca". Agora, Neil Anderson e C. Fred Dickenson e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que
estão nos dizendo que estão nos provendo aquilo que a nos anunciam o caminho da salvação, são
servos do Deus Altíssimo. E isto fez ela por
Palavra de Deus nunca se concedeu nos ensinar. Donde muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se
estão estes homens obtendo tal informação? Da e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo,
te mando que saias dela. E na mesma hora
experiência -- a mesma fonte donde os carismáticos saiu. (Ato 16:16-18)
obtém os seus ensinos antibíblicos. E Deus pelas mãos de Paulo fazia maravilhas
extraordinárias. De sorte que até os lenços e
aventais se levavam do seu corpo aos
A. Não só [o movimento de] a "Batalha enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e
os espíritos malignos saíam. (Ato 19:11-12)
Espiritual" deriva de fontes extra- E estes sinais seguirão aos que crerem: Em
meu nome expulsarão os demônios; falarão
bíblicas, como também contradiz novas línguas; (Mar 16:17) [NOTA de
solascriptura-tt: Versos 14 (Cristo repreende
muito do que o Novo Testamento incredulidade) e 20 (crença e sinais cumpridos)

nos ensina acerca de demônios


referem-se aos apóstolos, portanto v. 17
também. Ver
QuemSaoOsCrentesSeguidosPorSinaisMark16-
Keener]
1. Nas epístolas existem dez referências a demônios (a Os sinais do meu apostolado foram
maioria relatando certos fatos), mas existem mais de manifestados entre vós com toda a paciência,
cinqüenta referências para "a carne" como sendo o por sinais, prodígios e maravilhas. (2Co 12:12)
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor!
principal inimigo do crente. A perspectiva do Novo entrará no reino dos céus, mas aquele que faz
Testamento é que a maior área de conflito é na área da a vontade de meu Pai, que está nos céus.
carne, e não na da influência demoníaca. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor,
não profetizamos nós em teu nome? e em teu
nome não expulsamos demônios? e em teu
2. Alguns estão-nos dizendo que demônios têm nomes nome não fizemos muitas maravilhas? E então
que refletem suas influências. Nomes tais como lhes direi abertamente: Nunca vos conheci;
apartai-vos de mim, vós que praticais a
"luxúria", "assassinato", "inveja", "mexerico", etc. iniqüidade. (Mat 7:21-23) [NOTA de
Contudo, em nenhum lugar na Bíblia nós encontramos solascriptura-tt.org: Já lhe ocorreu que a
qualquer suporte para este ensino. A Escritura iniqüidade praticada por essas pessoas é
justamente a de "fazer" o que era exclusivo e
explicitamente diz que estas ações são produto da carne identificador-caracterizador dos 83 apóstolos e
(e.g. Gál. 5:19-21 [acima]). discípulos (que foram especificamente
comissionados para tal, pelo Cristo fisicamente
3. Anderson clama que quando lidamos com demônios é presente)? Ver:
So83ApostEDiscTiveramDonsSinais-Helio]
um "embate da verdade", e não um "embate de poder". A esse cuja vinda é segundo a eficácia de
No entanto, quando Jesus ou os Apóstolos expulsavam Satanás, com todo o poder, e sinais e
demônios era sempre um embate de poder. Jesus nunca, prodígios de mentira, E com todo o engano da
injustiça para os que perecem, porque não
nem uma só vez, tentou argumentar com um indivíduo receberam o amor da verdade para se
endemoninhado. Nunca, nem uma só vez, Ele lhes pediu salvarem. E por isso Deus lhes enviará a
para [os demônios] acreditarem na [se renderem à] operação do erro, para que creiam a mentira;
Para que sejam julgados todos os que não
verdade. Ele sempre energicamente expulsava os creram a verdade, antes tiveram prazer na
demônios dessas pessoas. Ademais, nem uma só pessoa iniqüidade. (2Te 2:9-12)
nos Evangelhos jamais veio até Jesus para ser liberta dos
demônios. A razão óbvia é que quando um demônio
controla alguém, essa pessoa perdeu a sua capacidade
para escolher o bem. Em contraste, os ensinadores [do
movimento] da "Batalha Espiritual" nos dizem que os
crentes estão indo ter com eles em grande número, para
serem libertos.

4. Os líderes [do movimento] da "Batalha Espiritual" não


entendem a distinção entre Jesus e os apóstolos e o
cristão normal. Os encontros de Jesus com os demônios
estavam diretamente relacionados com a Sua
reivindicação de ser o Messias e Sua oferta do Reino.
Em relação aos Apóstolos, existem três ocasiões em que
expulsaram demônios após a ascensão de Cristo (Atos
8:5-8; 16:16-18; 19:11-12). A capacidade para fazer isso
lhes foi dada [exclusivamente a eles] para atestar a
nomeação deles como apóstolos (Mar 16:17; 2Co 12:12).
No Novo Testamento nós não encontramos crentes a
expulsar demônios, a não ser que sejam apóstolos. No
entanto, mesmo com os apóstolos, nós não encontramos
que a expulsão de demônios fosse uma parte importante
dos seus ministérios. Em vez disso, a norma para lidar
com possessão demoníaca era a apresentação do
evangelho.

5. É interessante nos apercebermos que é exatamente


estas áreas -- as quais os carismáticos e as pessoas [do
movimento] da "Batalha Espiritual" tanto enfatizam --
que Jesus põe em evidência como nada provando
concernente à relação com Deus (Mat 7:21-23).
Posteriormente Paulo até nos ensina que pessoas com
inspiração satânica podem produzir milagres (2Te 2:9-
12).

6. A principal conclusão é que este método de


santificação não é ensinado em parte alguma da Bíblia.
Nós, com toda a certeza, podemos confiar que nosso
Senhor teria incluído [no registro Bíblico] um meio para
libertar de demônios, se tal fosse necessário.

B. Alguns ensinos ANTI-


Ou, como pode alguém entrar em casa do
BÍBLICOS adicionais homem valente, e furtar os seus bens, se
primeiro não maniatar o valente, saqueando
então a sua casa? (Mat 12:29)
1. Amarrar Satanás E eu te darei as chaves do reino dos céus; e
tudo o que ligares na terra, acontecerá que já
foi ligado nos céus; e tudo o que desligares na
-- baseado na má interpretação de três passagens: Mat terra acontecerá que já foi desligado nos céus.
12:29; 16:19 e 18:18. O contexto no entanto revela que (Mat 16:19, tradução de Berry)
Mat 12:29 é uma ilustração do poder pessoal de Cristo Em verdade vos digo que tudo o que ligardes
na terra, acontecerá que já foi ligado no céu; e
sobre Satanás, e não nosso poder. Ademais, Mat 16:19 e tudo o que desligardes na terra acontecerá que
18:18 estão no contexto de cumprir [plenamente] a já foi desligado no céu. (Mat 18:18, tradução
vontade de Deus na terra, incluindo a disciplina pela de Berry)
igreja.
8 ¶ E, contudo, também estes,
semelhantemente adormecidos, contaminam
a sua carne, e rejeitam a dominação, e
vituperam as dignidades. 9 Mas o arcanjo
Miguel, quando contendia com o diabo, e
disputava a respeito do corpo de Moisés, não
ousou pronunciar juízo de maldição contra
2. Repreender o diabo ele; mas disse: O Senhor te repreenda. 10
Estes, porém, dizem mal do que não sabem; e,
naquilo que naturalmente conhecem, como
-- os crentes nunca são instruídos a repreender o diabo animais irracionais se corrompem. (Judas 1:8-
ou seus demônios. O Novo Testamento vê repreender 10)
como uma prerrogativa exclusiva de Jesus (Judas 1:9). ... 9 Assim, sabe o Senhor livrar da tentação
os piedosos, e reservar os injustos para o dia
Ademais, isto é marca dum falso profeta (2Pe 2:4-12; do juízo, para serem castigados; 10 ¶ Mas
Judas 1:8,9). Então, por que é que as pessoas repreendem principalmente aqueles que segundo a carne
o diabo? 2Pe 2:12 e Judas 1:10 dizem que eles fazem andam em concupiscências de imundícia, e
desprezam as autoridades; atrevidos,
isso porque não entendem o que estão fazendo. 2Pe 2:10 obstinados, não receando blasfemar das
sugere que fazem isso por causa da arrogância. dignidades; 11 Enquanto os anjos, sendo
maiores em força e poder, não pronunciam
contra eles juízo blasfemo diante do Senhor.
12 Mas estes, como animais irracionais, que
seguem a natureza, feitos para serem presos e
mortos, blasfemando do que não entendem,
perecerão na sua corrupção, (2 Pedro 2:4-12)

3. Orar o sangue (praying the blood)

-- Esta frase ou idéia não é encontrada no Novo


Testamento. O sangue de Cristo nos purifica/liberta do
pecado.

5 Não te encurvarás a elas nem as servirás;


porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus
4. Maldições herdadas -- quatro razões porque tal idéia
zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos
é incorreta filhos, até a terceira e quarta geração
daqueles que me odeiam. 6 E faço
misericórdia a milhares dos que me amam e
a. A salvação nos liberta de todos os pecados -- incluindo aos que guardam os meus mandamentos.
pecados de ocultismo. A Bíblia não reconhece pecados (Êxodo 20:5-6)
de ocultismo como uma categoria especial, que não foi 9 Não te encurvarás a elas, nem as servirás;
porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus
tratada na cruz. zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos
filhos, até à terceira e quarta geração
b. Êxo 20:5 se refere à escolha de cada geração em daqueles que me odeiam. 10 E faço

seguir os pecados dos seus ancestrais. Eze 18:10-20 diz misericórdia a milhares dos que me amam e
guardam os meus mandamentos.
que cada um de nós será tratado de acordo com os seus (Deuteronômio 5:9-10)
próprios pecado. ... 14 E eis que também, se ele gerar um filho
que veja todos os pecados que seu pai fez e,
vendo-os, não cometer coisas semelhantes ...
c. Êxo 20:5-6 e Deut 5:9-10 lidam com Israel -- não com 17 Desviar do pobre a sua mão, não receber
a igreja. usura e juros, cumprir os meus juízos, e andar
nos meus estatutos, o tal não morrerá pela
iniqüidade de seu pai; certamente viverá. ...
d. Não existe nem um único exemplo na Bíblia de uma 20 A alma que pecar, essa morrerá; o filho não
pessoa salva estar sob uma maldição satânica, que tenha levará a iniqüidade do pai, nem o pai levará a
que ser "quebrada" por exorcistas cristãos ou por uma iniqüidade do filho. A justiça do justo ficará
sobre ele e a impiedade do ímpio cairá sobre
confissão especial [distinta da confissão do nosso pecado ele. (Ezequiel 18:10-20)
e confissão de que Cristo é nosso Salvador e Senhor,
confissões feitas na nossa salvação].

e. Espíritos territoriais.

III. INSTRUÇÕES
BÍBLICAS
CONCERNENTES AO
LIDAR COM
DEMÔNIOS
A. Que Satanás e seus demônios
estão ativamente envolvidos em Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso
tentar destruir nossas vidas é adversário, anda em derredor, bramando como
leão, buscando a quem possa tragar; (1Pe 5:8)
evidente através de toda a
Escritura
1Pe 5:8 talvez resume o esforço e objetivos de Satanás
melhor que qualquer outra passagem na Bíblia A grande
questão é como é que nós devemos lidar com seus
furiosos ataques de emboscada? Hoje, alguns ensinam
que devemos repreender ou amarrar Satanás. Outros nos
dizem que devemos expulsar demônios das pessoas,
clamando pelo sangue de Cristo (The Bondage Breaker,
pp.69,84,85,88,107 e 111). Contudo, no Novo
Testamento nunca somos instruídos ou ordenados a
expulsar ou amarrar demônios.

Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão


B. Em referência a Satanás, é-nos de Deus, para que a seu tempo vos exalte;
Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade,
ensinado que devemos ter um papel porque ele tem cuidado de vós. Sede sóbrios;
vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda
defensivo em derredor, bramando como leão, buscando
a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na
fé, sabendo que as mesmas aflições se
Quando crentes tomam a ofensiva contra Satanás, estão cumprem entre os vossos irmãos no mundo.
ultrapassando as suas fronteiras legítimas, e se (1Pe 5:6-9)

envolvendo em situações que o Senhor nunca tinha Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e
ele fugirá de vós. (Tia 4:7)
planejado para eles. Ao invés de instruções concernentes No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no
ao exorcismo, amarramento, repreensão, etc., somos Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de
ensinados (nos únicos três locais no Novo Testamento toda a armadura de Deus, para que possais
estar firmes contra as astutas ciladas do
onde instruções são dadas concernentes a lidar com diabo. Porque não temos que lutar contra a
Satanás) a resistir ao Diabo (1Pe 5:6-9; Tia 4:7 e Efé carne e o sangue, mas, sim, contra os
principados, contra as potestades, contra os
6:10-18). príncipes das trevas deste século, contra as
hostes espirituais da maldade, nos lugares
celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de
Deus, para que possais resistir no dia mau e,
havendo feito tudo, ficar firmes. Estai, pois,
firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a
verdade, e vestida a couraça da justiça; E
calçados os pés na preparação do evangelho
da paz; Tomando sobretudo o escudo da fé,
com o qual podereis apagar todos os dardos
inflamados do maligno. Tomai também o
capacete da salvação, e a espada do Espírito,
que é a palavra de Deus; Orando em todo o
tempo com toda a oração e súplica no Espírito,
e vigiando nisto com toda a perseverança e
súplica por todos os santos, (Efé 6:10-18)

C. Somente a passagem em Efésios


6 nos ensina como resistir
i.e., vestindo a armadura de Deus. Paulo, como
prisioneiro na altura que escreveu a epístola aos Efésios,
observava diariamente a armadura protetora dos
soldados que o guardavam. Usando a armadura como
ilustração, Paulo explica-nos como podemos ficar firmes Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos
contras as astutas ciladas do Diabo. Seis peças da lombos com a verdade, e vestida a couraça da
justiça; (Efé 6:14)
armadura são necessárias para a total proteção do crente Toda a Escritura é divinamente inspirada, e
contra os ataques de Satanás: proveitosa para ensinar, para redargüir, para
corrigir, para instruir em justiça; Para que o
homem de Deus seja perfeito, e
1. O Cinto da Verdade (6:14) -- perfeitamente instruído para toda a boa obra.
O cinto era essencial para manter as outras peças da (2Ti 3:16-17)
armadura no lugar e para assegurar a liberdade de Visto como o seu divino poder nos deu tudo
o que diz respeito à vida e piedade, pelo
movimento, segurando a longa túnica que os soldados conhecimento daquele que nos chamou pela
usavam. A verdade aqui mencionada é a verdade sua glória e virtude; (2Pe 1:3)
objetiva da Palavra de Deus. Deus quer que sejamos
completamente dominados e controlados pela verdade da
Bíblia. É por causa de muitos Cristão não estarem
completamente compenetrados com a absoluta verdade e
autoridade final da Palavra de Deus que eles são
ineficazes na batalha espiritual. Devemos tomar 2Tim
3:16,17 e 2Peter 1:3 seriamente. Isto deve ser a nossa
premissa.

2. A Couraça da Justiça (6:14) --


O [coração e demais] órgãos vitais de cada soldado Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos
Romano eram protegidos pela sua couraça. As pessoas lombos com a verdade, e vestida a couraça da
justiça; (Efé 6:14)
necessitam de dois tipos de justiça que protegem seus Mas, àquele que não pratica, mas crê
pensamentos, emoções e vontades: naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é
imputada como justiça. (Rom 4:5)

a. "Justiça oriunda da salvação" que é nos dada no


momento da conversão (Rom. 4:5). Esta é a justiça de
Cristo, e é-nos imputada sem mérito da nossa parte,
quando confiamos em Cristo para o perdão dos nossos
pecados.

b. "Justiça Pessoal" que se refere à justiça produzida nas


nossas vidas pelo Espírito Santo. Isto toma lugar na vida
dum crente quando reconhece o seu pecado e se volta
para Cristo. Escolher viver "corretamente" é uma grande
proteção.

3. Sapatos do Evangelho da Paz (6:15) --


[o leitor] Irá notar que devemos ter os pés calçados na
preparação do evangelho da paz. Isto fala da prontidão, E calçados os pés na preparação do
firmeza de pés, mobilidade e proteção que advêm de evangelho da paz; (Efé 6:15)
Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos
termos o evangelho da paz. O que nos assegura a vitória paz com Deus, por nosso Senhor Jesus
Cristo; Pelo qual também temos entrada pela fé
final sobre Satanás é que temos paz com Deus (Rom a esta graça, na qual estamos firmes, e nos
5:1,2). Portanto, podemos ficar firmes e inarredáveis gloriamos na esperança da glória de Deus.
(Rom 5:2)
porque nossos pés estão firmemente seguros na nossa
inabalável relação com Deus.

4. Escudo da Fé (6:16) --
Isto fala, não da "fé para salvação" (pois essas pessoas já
estão salvas), mas de uma "fé viva", uma confiança nas
promessas e no poder de Deus. A principal arma de
Satanás é nos fazer duvidar da Palavra de Deus. É pela fé
em Deus e na Sua Palavra que somos capazes de lidar Tomando sobretudo o escudo da fé, com o
com quaisquer artimanhas que Satanás possa levantar no qual podereis apagar todos os dardos
nosso caminho. Somente por tirar nosso olhar de nós inflamados do maligno. (Eé 6:16)

mesmos e voltá-lo para Deus, colocando nossa confiança


n´Ele tanto para a vida quanto para a morte e eternidade,
confiando somente na Sua Palavra de revelação e de
promessa, é que é possível repelir a chuva de mísseis
inflamados de Satanás.

5. Capacete da Salvação (6:17) --


1Te 5:8 clarifica o sentido da expressão. O autor está
falando não do leitor da epístola tornar-se salvo, mas Tomai também o capacete da salvação, e a
antes no leitor ter a "esperança da salvação". Quer isto espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
(Efé 6:17)
dizer, termos a certeza absoluta da nossa salvação, não Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios,
importa o quão feroz se possa tornar a batalha. vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e
Não fosse pelo fato que, mesmo no meio das maiores tendo por capacete a esperança da salvação;

dificuldades e perseguições, a segurança de salvação (1Te 5:8)


Tendo por certo isto mesmo, que aquele que
habita em nossos corações, poderíamos facilmente em vós começou a boa obra a aperfeiçoará
desertar da batalha. O capacete da salvação nos capacita até ao dia de Jesus Cristo; (Flp 1:6)
a irmos para a batalha com completa confiança, não em
nós mas no nosso Deus (Flp 1:6).

Tomai também o capacete da salvação, e a


6. Espada do Espírito (6:17) -- espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
Isto se refere à espada curta, parecida com uma adaga, (Efé 6:17)
Orando em todo o tempo com toda a oração
que era usada principalmente para defesa, não à espada e súplica no Espírito, e vigiando nisto com
[longa e] larga, que era uma arma ofensiva. "A espada toda a perseverança e súplica por todos os
que o crente carrega é descrita aqui como a Palavra de santos, E por mim; para que me seja dada, no
abrir da minha boca, a palavra com confiança,
Deus. Mas não é o Grego "logos", mas sim "rhema". para fazer notório o mistério do evangelho,
"Rhems" refere-se à emanação de uma palavra ou (Efé 6:18-19)
declaração, específicas. Na batalha espiritual não é
suficiente meramente termos um conhecimento geral das
Escrituras; devemos ter também um conhecimento
específico das Escrituras e usar esse conhecimento
corretamente" (A Holy Rebellion, p.145). Note 6:18,19
onde esta armadura deve ser banhada em oração.

Gary E. Gilley, Pastor-teacher, Southern View Chappel,


http://www.svchapel.org/svchapel.html

traduzido por: Humberto Rafeiro

(o tradutor não concorda 100% com tudo o que foi escrito pelo pastor Gary Gilley, mas em cerca de 99%)

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica herdeira da
Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente
preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus Receptus.

Angelologia, demonologia, a doutrina dos anjos caídos, anjos maus, batalha espiritual, Belzebu, Belial, demônio, demônios, demonismo,
Diabo, demoníaco, demoníaca, espíritos, espiritismo, exorcismo, exorcista, expulsão de demônios, expulsar demônios, exorcizar, exorcista,
endemoninhado, endemoninhada, endiabrado, guerra espiritual, Lúcifer, maligno, possessão, possuir, possesso, possessa, Satanás, satanismo

"E aconteceu que, como os homens começaram a

III. DEMONOLOGIA, A multiplicar-se sobre a face da terra, e lhes nasceram


filhas, Viram os filhos de Deus que as filhas dos
homens eram formosas; e tomaram para si

DOUTRINA SOBRE OS
mulheres de todas as que escolheram. Então
disse o SENHOR: Não contenderá o meu Espírito
para sempre com o homem; porque ele também é

DEMÔNIOS
carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos.
Havia naqueles dias gigantes na terra; e também
depois, quando os filhos de Deus entraram às
filhas dos homens e delas geraram filhos; estes
eram os valentes que houve na antiguidade, os
homens de fama."(Gên 6:1-4)
A. Pontos de vista sobre a origem Porque, se Deus não perdoou aos anjos que
dos demônios: pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno,
os entregou às cadeias da escuridão, ficando
reservados para o juízo; (2 Pedro 2:4)

1. A alma dos homens perversos que morreram E aos anjos que não guardaram o seu
principado, mas deixaram a sua própria
(Gregos). habitação, reservou na escuridão e em prisões
eternas até ao juízo daquele grande dia; (Judas
1:6)
2. Espíritos duma raça pré-Adãmica.
A qual dizia ao sexto anjo, que tinha a trombeta:
Solta os quatro anjos, que estão presos junto ao
3. Descendência [do intercurso] dos anjos caídos com grande rio Eufrates. (Apocalipse 9:14)
as mulheres, antes do dilúvio (Gen. 6:1-4). 28 E, quando viu a Jesus, prostrou-se diante dele,
exclamando, e dizendo com grande voz: Que
tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus
4. Aqueles anjos que seguiram Satanás na sua queda Altíssimo? Peço-te que não me atormentes. 29
Porque tinha ordenado ao espírito imundo que
(posição bíblica). saísse daquele homem; pois já havia muito tempo
que o arrebatava. E guardavam-no preso, com
grilhões e cadeias; mas, quebrando as prisões, era
impelido pelo demônio para os desertos. 30 E
Todos os Anjos perguntou-lhe Jesus, dizendo: Qual é o teu nome?
E ele disse: Legião; porque tinham entrado nele
muitos demônios. 31 E rogavam-lhe que os não
Anjos não-Caídos Anjos Caídos mandasse para o abismo. (Lucas 8:28-31)
(demônios)

a. demônios livres

b. demônios
confinados [2Pe
2:4; Jud 1:6]

c. demônios
temporariamente
confinados (Apo
9:14 e Luc 8:28-
31)

E, repreendeu Jesus o demônio, que saiu dele, e


desde aquela hora o menino sarou. (MT 17:18)
B. Características dos demônios: E Jesus, vendo que a multidão concorria,
repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe:
Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai dele, e
não entres mais nele. (Mar 9:25)
1. Seres espirituais (Mat17:18, compare com Mar Dizendo: Ah! que temos contigo, Jesus
9:25). Nazareno? Vieste destruir-nos? Bem sei quem
és: o Santo de Deus. (Mar 1:24)
E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós
contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui
2. Conhecem Jesus Cristo (Mar 1:24). atormentar-nos antes do tempo? (Mat 8:29)
Tu crês que há um só Deus; fazes bem.
Também os demônios o crêem, e estremecem.
3. Conhecem o seu próprio fim (Mat 8:29). (Tia 2:19)
Mas o Espírito expressamente diz que nos
últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando
4. Conhecem o plano da salvação (Tia 2:19). ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de
demônios; Pela hipocrisia de homens que falam
mentiras, tendo cauterizada a sua própria
5. Têm um sistema de doutrina (1Ti 4:1-3). consciência; Proibindo o casamento, e ordenando a
abstinência dos alimentos que Deus criou para os
fiéis, e para os que conhecem a verdade, a fim de
6. Imorais, perversos, imundos (1Ti 4:1-3). usarem deles com ações de graças; (1Ti 4:3)

13 E da boca do dragão, e da boca da besta, e


C. Atividades dos demônios: da boca do falso profeta vi sair três espíritos
imundos, semelhantes a rãs. 14 Porque são
espíritos de demônios, que fazem prodígios; os
quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo
1. Em geral: o mundo, para os congregar para a batalha,
naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso. ... 16
E os congregaram no lugar que em hebreu se
a. Tentam opor-se à obra de Deus (Apo 16:13-16 e chama Armagedom. (Apo 16:13-16)
11 E me disse: Daniel, homem muito amado,
entende as palavras que vou te dizer, ... 12 ... desde
Daniel 10:11-14). o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a
compreender e a humilhar-te perante o teu Deus,
são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa
b. Estendem a autoridade de Satanás (Efé 6:11,12). das tuas palavras. 13 Mas o príncipe do reino da
Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que
Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para
c. Demônios podem ser usados por Deus para levar a ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia.
... (Dan 10:11-14)
cabo Seus propósitos (2Co 12:7; 1Ti 1:20; 1Co 5:5 e ... 12 Porque não temos que lutar contra a
1Sa 16:14). carne e o sangue, mas, sim, contra os
principados, contra as potestades, contra os
príncipes das trevas deste século, contra as
hostes espirituais da maldade, nos lugares
celestiais." (Efé 6:11-12)
E entre esses foram Himeneu e Alexandre, os
quais entreguei a Satanás, para que aprendam a
não blasfemar. (1 Timóteo 1:20)
"E, para que não me exaltasse pela excelência
das revelações, foi-me dado um espinho na
carne, a saber, um mensageiro de Satanás para
me esbofetear, a fim de não me exaltar." (2Co
12:7)
"Seja entregue a Satanás para destruição da
carne, para que o espírito seja salvo no dia do
SENHOR Jesus." (1Co 5:5)
"E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul,
e atormentava-o um espírito mau da parte do
SENHOR." (1Sa 16:14)

2. Algumas em particular:
E, expulso o demônio, falou o mudo; e a
multidão se maravilhou, dizendo: Nunca tal se viu
a. Podem infligir doença (Mat 9:33). em Israel. (Mat 9:33)
E a sua fama correu por toda a Síria, e traziam-
lhe todos os que padeciam, acometidos de várias
b. Podem possuir humanos (Mat 4:24). enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os
lunáticos, e os paralíticos, e ele os curava. (Mat
4:24)
c. Podem possuir animais (Mar 5:13). E Jesus logo lho permitiu. E, saindo aqueles
espíritos imundos, entraram nos porcos; e a
manada se precipitou por um despenhadeiro no
d. Espalham falsa doutrina (1Ti 4:1). mar (eram quase dois mil), e afogaram-se no mar.
(Mar 5:13)
Mas o Espírito expressamente diz que nos
últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando
e. Opõem-se ao crescimento espiritual dos filhos de ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas
Deus (Efé 6:12 [acima]). de demônios; (1Ti 4:1)

E, havendo-se eles retirado, trouxeram-lhe um


D. Possessão demoníaca: homem mudo e endemoninhado. E, expulso o
demônio, falou o mudo; e a multidão se
maravilhou, dizendo: Nunca tal se viu em Israel.
(Mat 9:32-33)
1. Definição: Um demônio residindo dentro de uma 15 Senhor, tem misericórdia de meu filho, que
é lunático e sofre muito; pois muitas vezes cai no
pessoa, exercendo controle diretamente na fogo, e muitas vezes na água; ... 18 E,
mente/corpo dessa pessoa. repreendeu Jesus o demônio, que saiu dele, e
desde aquela hora o menino sarou. (Mateus
17:15-18)
2. Resultado: Doença física ou deficiência (Mat 2 E, saindo ele do barco, lhe saiu logo ao seu
encontro, dos sepulcros, um homem com
9:32,33), desarranjo/perturbação mental (Mat 17:15). espírito imundo; 3 O qual tinha a sua morada nos
sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia
alguém prender; 4 Porque, tendo sido muitas
3. Marcas de possessão demoníaca de Marcos 5 (o vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias
foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões
endemoninhado gadareno): em migalhas, e ninguém o podia amansar. 5 E
andava sempre, de dia e de noite, clamando pelos
montes, e pelos sepulcros, e ferindo-se com pedras.
a. Habitado por um espírito imundo (verso 2). 6 E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-
o. 7 E, clamando com grande voz, disse: Que
tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus
b. Força física invulgar (verso 3). Altíssimo? conjuro-te por Deus que não me
atormentes. 8 (Porque lhe dizia: Sai deste homem,
espírito imundo.) 9 E perguntou-lhe: Qual é o teu
c. Ataques de fúria (verso 4). nome? E lhe respondeu, dizendo: Legião é o meu
nome, porque somos muitos. 10 E rogava-lhe
muito que os não enviasse para fora daquela
província. 11 E andava ali pastando no monte uma
d. Desintegração ou divisão da personalidade (versos grande manada de porcos. 12 E todos aqueles
demônios lhe rogaram, dizendo: Manda-nos para
6 e 7). O endemoninhado correu para Jesus para obter aqueles porcos, para que entremos neles. 13 E
ajuda, contudo gritava de medo. Jesus logo lho permitiu. E, saindo aqueles
espíritos imundos, entraram nos porcos; e a
manada se precipitou por um despenhadeiro no mar
(eram quase dois mil), e afogaram-se no mar.
e. Resistência às coisas espirituais (verso 7). (Marcos 5:2-13)

f. Poderes de clarividência (verso 7) -- sabia


imediatamente quem Jesus era.

g. Alteração da voz (verso 9).

h. Transportação pelo ocultismo (verso 13) -- os


demônios deixaram o homem e entraram nos porcos.

E rogavam-lhe que os não mandasse para o


abismo. (Luc 8:31)
1 ¶ E o quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi
uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe
dada a chave do poço do abismo. 2 E abriu o
poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como a
fumaça de uma grande fornalha, e com a fumaça
do poço escureceu-se o sol e o ar. 3 E da fumaça
vieram gafanhotos sobre a terra; e foi-lhes dado
poder, como o poder que têm os escorpiões da
terra. 4 E foi-lhes dito que não fizessem dano à
E. Destino dos demônios: erva da terra, nem a verdura alguma, nem a árvore
alguma, mas somente aos homens que não têm
nas suas testas o sinal de Deus. 5 E foi-lhes
permitido, não que os matassem, mas que por
1. Temporariamente alguns estão confinados. Por cinco meses os atormentassem; e o seu tormento
exemplo, alguns que eram livres durante a vida de era semelhante ao tormento do escorpião, quando
fere o homem. 6 E naqueles dias os homens
Cristo, foram lançados para o abismo (Luc 8:31) e buscarão a morte, e não a acharão; e desejarão
morrer, e a morte fugirá deles. 7 E o parecer dos
serão libertos para fazerem a sua obra, durante os dias gafanhotos era ... 11 E tinham sobre si rei, o anjo
da Tribulação que se avizinha (Ap. 9:1-11 e 16:13-14). do abismo; em hebreu era o seu nome Abadom, e
em grego Apoliom. (Apocalipse 9:1-11)
13 E da boca do dragão, e da boca da besta, e da
2. Todos os demônios serão lançados com Satanás no boca do falso profeta vi sair três espíritos
imundos, semelhantes a rãs. 14 Porque são
Lago de Fogo, para sempre (Mat 25:41 e Apo 20:10). espíritos de demônios, que fazem prodígios; os
quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo
o mundo, para os congregar para a batalha,
naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso.
(Apocalipse 16:13-14)
Então dirá também aos que estiverem à sua
esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o
fogo eterno, preparado para o diabo e seus
anjos; (Mateus 25:41)
E o diabo, que os enganava, foi lançado no
lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso
profeta; e de dia e de noite serão atormentados
para todo o sempre. (Apocalipse 20:10)

Gary E. Gilley, Pastor-teacher, Southern View Chappel,


http://www.svchapel.org/svchapel.html

traduzido por: Humberto Rafeiro


Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica herdeira da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e
traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus Receptus.

abduções alienígenas discos voadores ET extra-terrestres ovni seqüestros ufo têm a ver com demônios demonismo diabo espiritismo
lúcifer nova era ocultismo possessões satanás satanismo

"ENCONTROS APROXIMADOS – Uma Explicação Melhor"

Resumo de "Close Encounters – A Better Explanation", by Clifford Wilson & John Weldon
(San Diego, Master Books, a division of CLP, 1977, 352 págs.)

Resumido por Hélio e Valdenira de Menezes Silva, para o Pr. João Pereira, Igreja Batista
Regular Emanuel,
João Pessoa, dez/1999.

[1][1]

QUE SÃO "ENCONTROS APROXIMADOS DO 3O GRAU?"

Um "Encontro Aproximado do 1o Grau" (EA-1), com um OVNI (não seus ocupantes), foi de mais
perto e de forma mais pessoal, ou mesmo centrada nos observadores, do que uma visão
acidental, fugidia e duvidosa, de muito longe. Um "Encontro Aproximado do 2o Grau" (EA-2)
deixou, adicionalmente, um impacto físico, induzido pelo OVNI, no meio físico (solo, rocha,
plantas, animais, câmera fotográfica, radar, etc.). Um "Encontro Aproximado do 3o Grau" (EA-
3) também envolveu o contato (ou, pelo menos, a visão, próxima) de ocupantes do OVNI.

O termo "percipiente" refere-se ao observador ou alguém envolvido na experiência com o


OVNI.

Um "contatante" com um OVNI é uma pessoa que alega estar em contato pessoal com
ocupantes de OVNI, em base continuada, usualmente por telepatia.

.
UM ENTENDIMENTO SOLUCIONA TODOS OS PROBLEMAS

Somente UMA teoria pode satisfazer TODAS as evidências, e esta é a percepção de que as
atividades dos OVNI's são realmente atividades de DEMÔNIOS.

A percepção de que OVNI's são atividade demoníaca é a única que explica porque há: tanta
obsessão das suas entidades (e contatantes e buscadores e pesquisadores) em sutilmente
enfraquecer a Bíblia e sua teologia (inclusive Escatologia, Soteriologia, Bibliologia, Cristologia,
etc.); tantos males associados com OVNI's; tantos casos de medonhamente enganarem; tantos
paralelos com o "mundo do Oculto" [espiritismo, magia, feitiçaria, adivinhação, demonismo, ...
enfim, tudo simpatizado pela "Nova Era"], incluindo "possessão" de seres humanos; tão
elevada percentagem de insanidade e mortes não naturais entre os contatantes e mesmo
entre os simpatizantes, pesquisadores e buscadores; tantos casos de vidas arruinadas e de
drásticos efeitos sobre seus familiares e relações mais diretas.

ALGUNS DOS PRINCIPAIS PROBLEMAS COM OS OVNI'S

a. Os OVNI's não agem normalmente. Sadicamente, eles: brincam de gato e rato; perseguem
aviões, carros e pessoas; e realizam bizarras e más proezas inverossímeis para uma civilização
avançada.

b. Não se tem realmente achado nenhum destroço das muitas aparentes quedas de OVNI's -
pessoas relatam que as viram, mas até hoje absolutamente nenhum destroço foi achado.

c. OVNI's realmente nunca apareceram aberta, prolongadamente, a grandes multidões de


pessoas da mais alta seriedade, 15 dias nos estacionamentos do MIT, Pentágono e ONU, sendo
examinados e dando entrevistas a todas as TV's, mas apenas a 1 pessoa, ou, quando muito, a
pequeno grupo, nunca a uma grupo de verdadeiros crentes (em Cristo e em toda a Bíblia,
salvos, fiéis).

d. Estranhamente, há incontável variedade de forma e tamanho e características dos objetos e


seus ocupantes! Ao que saibamos, nunca 2 OVNI's ou 2 ocupantes de OVNI's distintos foram
idênticos!

e. Os ocupantes dos OVNI's são mentirosos, enganadores, hostis, maus, algumas vezes
ocasionam mortes.

f. Os ocupantes consistentemente negam as verdades da Bíblia.

g. Os fenômenos correlacionam-se perfeitamente com fenômenos demoníacos, em dúzias de


áreas.
h. A natureza "seletiva" dos OVNI's é uma característica consistente: às vezes podem ser vistos
mas não impressionam os filmes, às vezes aparecem inesperadamente nestes, sem terem sido
vistos; às vezes aparecem em radar, às vezes não; ...!

i. Seres com centenas ou milhares de formas corporais (e de forma de espaçonaves) deveriam


não sobreviver todos na nossa atmosfera, mas o fazem ...

Além disto:

a. OVNI's freqüentemente fazem, de modo absolutamente instantâneo: ângulos absolutos


(sem nenhuma curva de concordância suavizadora!) e reversões! A tremendas velocidades!
(foi registrado até 41000 km/hora!, parecem haver velocidades maiores)! Isto exige tremendas
acelerações que tremendamente violam as leis da Física, nem corpos feitos só de aço
deixariam de se desintegrar! Isto é pior que bater numa montanha a 40.000 km/h!

b. Nessas tremendas velocidades a baixas altitudes, o atrito com o ar geraria tremendas


temperaturas, que nenhum dispositivo possibilitado pelas leis da Física conseguiria baixar o
suficiente para não derreter e volatilizar qualquer metal do universo (como as estrelas
cadentes).

c. Nessas velocidades e altitudes, tremendo estrondo seria causado pela turbulência do ar,
mas quase sempre se ouve suave sussurrar ou absolutamente nada.

d. São inexplicáveis e impossíveis, por todas as leis da Física, as habilidades de cada OVNI
tremendamente mudar de tamanho, forma e cor, de aparecer e desaparecer
instantaneamente, de dividir-se em 2 ou centenas de OVNI's, de fundir 2 ou centenas de
OVNI's em 1 só, etc.

PRINCIPADOS E PODERES

Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios
que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. (Mt 24:24)

A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e
prodígios de mentira, (2Ts 2:9)

"ANIMAIS BIZARROS, COM CABEÇAS DE PÁSSAROS." Jó 1:6; Ap 12:7 (Miguel vs. o


Dragão); Gn 3:1 (a Serpente); 2Co 11:13 (Anjo de Luz).

E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também
Satanás entre eles. (Jó 1:6)
E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o
dragão e os seus anjos; (Ap 12:7)

Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha
feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?
(Gn 3:1)

Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de


Cristo. (2Co 11:13)

MONSTROS [E OVNI'S, AMBOS] ESCONDEM SUAS IDENTIDADES

9 Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as
abominações daquelas nações. 10 Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu
filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; 11
Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem
consulte os mortos; 12 Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por
estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti. 13 Perfeito serás, como o
SENHOR teu Deus. 14 Porque estas nações, que hás de possuir, ouvem os prognosticadores e
os adivinhadores; porém a ti o SENHOR teu Deus não permitiu tal coisa. (Dt 18:9-14)

CORRELAÇÕES GERAIS COM O OCULTO: As Características do Oculto Também são


Vistas nos OVNI's:

a. O "contato" (com entidade superior ou sobrenatural) usualmente ocorre em estado de


transe completo ou parcial (como na mediunidade).

b. O contato geralmente é feito de modo sobrenatural como: psicografia, estados alterados de


consciência, yoga, hipnose, etc.

c. Podem ocorrer manifestações físicas, usualmente violando as leis da Física.

d. Há efeitos físicos e psicológicos [e espirituais] maléficos.

e. Há mensagens com conteúdo não bíblicos.

f. Geralmente a pessoa tem um passado ligado ao ocultismo (espiritismo, etc.) ou já tinha


certas habilidades sobrenaturais, antes dos contatos. (Se não possuía estas habilidades,
desenvolve-as logo após os contatos.)

g. As pessoas envolvidas experimentam uma "iluminação ou transformação sobrenaturais". Se


não tinham um ponto de vista abertamente metafísico e não bíblico, passam a tê-lo e exibi-lo.
.

OUTRAS CORRELAÇÕES COM O OCULTO:


TÓPICO LITERATURA DO OCULTO, FENÔMENOS
DO SOBRENATURAL, E DA DOS
PARAPSICOLOGIA CONTATANTES
OVNI
1. Reencarnação e metafísica comum sim
2. Regressão hipnótica comum sim
3. Filosofia evolucionária comum sim
4. (Psicografia) Escrita automática - o uso de um amanuense por comum sim
um ser espiritual
5. Prática da Yoga comum sim
6. Evidências de enganar sim sim
7. Curas ou cirurgias sobrenaturais comum às vezes
8. Exacerbação ou concessão de poderes sobrenaturais ou comum sim
mediúnicos
9. Predição do futuro comum sim
10. Negação da deidade de Cristo (único+pleno: comum sim
onipotente+onisciente Criador e Senhor)
11. Negação da existência ou da pessoalidade de Deus (o Deus usualmente a maioria das
da Bíblia, único!) vezes
12. Negação da Trindade e/ou da natureza de Deus (o Deus da comum sim
Bíblia, único!)
13. Negação da autoridade e /ou da inerrância da Bíblia comum sim
14. Negação da morte sacrificial e vicária de Cristo, para nossa comum sim
salvação. Ou substituição desta doutrina pela da reencarnação
15. Negação de Cristo ser o único caminho para Deus; do comum sim
julgamento de Deus; do céu ou do inferno; de Satanás; etc.
16. Estados de transe e/ou de perda da consciência comum sim
17. Sensação de formigamento ou de "luzes", antes de contato comum sim
com a entidade
18. Aqueles envolvidos em contato com certas entidades comum sim
usualmente não têm conhecimento das áreas e ciências sobre as
quais a entidade dá informações
19. Crescente conhecimento filosófico "sobrenatural" da parte da comum sim
pessoa contatada
20. Exacerbação na percentagem de insanidade, morte e outras ocorre sim
ocorrências trágicas regularmente
21. A entidade submete a pessoa a um período de treinamento comum sim
22. Tremenda crença (confiança) implícita na entidade comum sim
23. A entidade manda divulgar e publicar as revelações comum sim
24. O contatante tinha (ou passa a ter) habilidades em uma ampla comum sim
faixa de Ocultismo
a) Escrita automática (psicografia) comum sim
b) Visões em sonhos comum sim
c) Clarividência comum sim
d) Clariciência (diagnóstico sobrenatural de doenças) comum às vezes
e) Clariaudiência comum sim
f) Percepção extra-sensorial (PES), em geral comum sim
g) Suposta comunicação com os mortos comum às vezes
h) Magia branca comum às vezes
i) Processo de sugestão mental e/ou de manipulação de comum sim
pensamentos
j) Telecinesia (movimento de objetos à distância) comum sim
k) Projeção astral comum sim
l) Levitação comum às vezes
25. Cheiro pútrido ou como de enxofre queimando, quando a entidade está comum sim
presente ou próxima
26. Ocultismo retrocede três ou quatro comum sim, mas muitos casos não têm sido
gerações na família relatados
27. Uso do contatante em estado de semi-comum (em termos de admissão pela sim
sonho,sonambulismo entidade)
28. Uma variedade de males físicos como resultado às vezes sim
do contato inicial
29. Uma habilidade sobrenatural de compor "Sinfonia Inacabada" "Música de Um Outro
música sob o controle de um espírito de Rosemary Brown Planeta" de Howard Menger
30. Um raio emanando do espírito ocorre comum (emanando do
OVNI)
31d. Um estranho ruído ocorrendo antes das teleportações comum às vezes
32. Uma variedade de criaturas estranhas, monstros, duendes, comum muito similar
anões, fantasmas, etc.
33. Fogos misteriosos comum sim

AS HABILIDADES DOS ANJOS (PARTICULARMENTE DOS CAÍDOS), SEGUNDO A LITERATURA


SEGUNDO A BÍBLIA DOS OVNI's
1. Ap 9:1-11; Mt 12:22 - Poder para atormentar (Lc 8:31 refere-se Sim
a demônios do abismo). Para cegar e emudecer.
2. Ap 9:14 – Quatro anjos serão soltos para matar 1/3 dos seres Sim (habilidade para matar)
humanos.
3. 2Co 4:4 – O mundo estará parcialmente sob a autoridade de OVNI's clamam ser o
Satanás. Em Mt 5, ofereceu-o a Jesus e este não desmentiu este grande poder que salvará o
poder (mesmo que temporário, parcial). mundo.
4. Gn 3:1-13 – Enganam milagrosamente, com um objetivo [mau, Sim
afasta de Deus].
5. 2Cor 11:14-15 – Espíritos maus imitando espíritos bons. Sim
6. Gn 6:1-4 – Coabitação e envolvimento sexual ([só] modernamente surgiram outras Sim
interpretações)
7. Lc 8:26-35 – Produzem insanidade e têm (e dão) grande força Sim
física.
8. Lc 13:11-17 – Causam doença (18 anos!), sofrimento e Sim
deformidades.
9. Ap 13:13 – Satanás faz cair fogo do céu, faz grandes milagres, Sim
seduz a muitos.
10. Jó 1:16-18 – Satanás produz fogo dos céus e grandes ventos Sim
rodopiantes.
11. Jó2:7 – Satanás produz dolorosos tumores/ feridas por todo o Sim
corpo.
12. Mt 9:32-3; 12:22; 17:15,18 – Causam mudez, cegueira e epilepsia; tentam matar Sim
pelo fogo e água.
13. Lc 8:30; 11:24-26 – Possessões múltiplas (Mt12:43-5). Demônios procuram descanso Sim
possuindo humanos.
14. Lc 9:39 – Possessão de crianças, convulsões, espancamento. Sim
15. Mt 8:30-32 – Possessão de animais. Possível
16. At 16:16 – Predição do futuro, da sorte. Sim
17. Sl 103:20; At 19:16 – Ira, grande força. Sim
18. Jz 9:23 – Natureza traiçoeira. Sim
19. Fazem revelações sobrenaturais – He 1:1; 2:2; At 7:53; Gl 3:19; Sim
etc.
20. Nu 22:23-7 – Animais podem reconhecê-los. Sim
21. Gn 3:1-5 – Habilidade de falar através de O símbolo da serpente (antiga adoração) está
um animal (uma serpente). no "uniforme" de algumas entidades UFOs
22. Jó 1:7 – Poder sobrenatural para viajar instantaneamente Sim
(teleportação).
23. Mt 4:8 – Projeção instantânea de uma realidade falsa. Sim
24. Jo 13:2; Mt 13:19,39 – Aparente habilidade de remover e encutir pensamentos, e Sim
manipular a mente.
25. Jo 8:44 – Grandes mentirosos- enganadores e assassinos. Sim
26. Mt 8:28; Jo 13:27 – Possessão de humanos. Sim
27. Ap 12:12 – Grande fúria. Sim
28. Lc 22:21 – Despem um homem mentalmente Sim - temporariamente
29. 2 Co 12:7 – Causam doenças físicas. Sim – uma grande
variedade
30. Ef 6:10-16 – Poderes sobrenaturais. Esquemas perniciosos, Sim
ataques humanos.
31. 2Co 4:4 – Fraude, confundindo mentes. Sim
32. Ap 20:8 – Engana as nações – exigindo Sim – há relatos de que a guerra do Vietnã foi
grande poder. induzida pelos OVNIs.
33. Jó 4:15 – Invisibilidade, mas cientes de suas presenças. Sim
34. 1Sm 16:14-15 – Habilidade de aterrorizar. Sim
35. Gn 19:1-10; Lc 1:26; Jo 20:12; At 12:9; he 13:2 – Anjos Sim
assumem forma humana.
36. Ex 7:10,11,21,22; 8:7 – Duplicação dos milagres de Deus: homens com poderes Sim
demoníacos transformaram varas em cobras, água em sangue e controlam sobre rãs (o
animal do reino). Controle sobre matéria/energia.
37. 'Dt 18:10,11 – Eles imitam os mortos. (cf. "The Eles personificam a vida como com
Challenge Counterfeit" de R. Gasson). estranho chamado telefônico.
38. At 8:39-40 – Teletransportado (por Deus). Mt 24:31; Lc 16:22 – Seres humanos Sim
podem ser transportados.
39. 2Rs 6:17 – "Carruagens de Fogo". Sim
40. 2Ts 1:7; Sl 103:20; 2Pd 2:11 – Grande poder, poderio. Sim
41. 2Sm 24:17; At 12:23 – Pode induzir o processo da morte. Sim
42. Ap 9:15; 1Cr 21:1; Dn 10:13; 1Ts 2:18 – Habilidade para Sim
"impedir" e para um limitado controle de ocorrências e ações
humanas.
43. 1Co 5:5 - Podem destruir a carne. Sim
44. 1Co 7:5 – Podem influenciar pessoas para o mal. Sim
45. Ap 12:9. Enganam o mundo inteiro. Sim
46. Dt 32:17; Cl 2:18 – Envolvidos em adoração de criaturas. Sim
47. Sl 106:37 – Sacrifício e assassinato de crianças (indiretamente). Possivelmente
48. At 10:38 – Opressão. Sim
49. He 2:14 - Poder para mortar. Sim
50. Ap 2:10 – Podem controlar os humanos para garantir seus Sim
próprios fins.
51. At 13:10 – Procuram perverter os caminhos de Deus. Sim
52. Gn 19:13,24 – Fogo e saraiva de pedras caem sobre cidades, destruindo Sim
Sodoma e Gomorra
53. Gn 3:11 Influenciam pessoas no estado de sonho. Sim
54. Jz 6:21 – Causam fogo subir. Sim
55. 2Sm 24:15-16 – Mandam pestilência, têm poder para destruir Sim
cidades.
56. 1Rs 13:18; At 23:98 – Podem comunicar vocalmente, com fala Sim
humana.
57. Gn 1:10,16; 1Rs 19:5 – Contatos físicos com pessoas. Sim
58. Sl 78:49 (literal) – Um bando de Vários seres de OVNI agem juntamente, como um
anjos maus. bando
59. He 1:7 e Sl 104:4– "Faz de seus anjos ... Possível explanação para OVNI's como
labareda de fogo" bolas de fogo
60. Gn 19:11 Habilidade para ferir um homem com cegueira Sim
61. Lc 2:9, 14,15 – Podem materializar-se e desmaterializar-se à Sim
vontade.
62. Lc 24:23 – Uma visão de anjos. Sim (visões)
63. He 12:22; Mt 26:53 – São inumeráveis. Sim – aparentemente.
64. Lc 1:19-20 – Falam aos homens e lhes controlam as cordas Sim
vocálicas (paralisando, ou possuindo e falando através deles).
65. Rm 8:38 – Deus os sobrepuja a todos. Sim
66. 1Co 13:1 – Também têm uma fala diferente. Sim
67. 1Rs 22:19-23; Gl 1:8; 1Tm 4:1; 1Jo 4:1 – Pregam um falso evangelho, para Sim
enganar a respeito de Deus.
68. Ap 8:6-8 – Produzem sons altíssimos (podem ser como de Sim
trombetas).
69. Jr 17:9; 23:16; Ez 13:1-9; Cl 2:18; Gl 1:8; Mt 24:24 – Falsas visões e Sim
experiências.

ADVERTÊNCIAS DA BÍBLIA CONTRA ENVOLVIMENTOS COM O OCULTO (PORTANTO, COM


OVNI'S):

1. Dt 18:10-12 ENTRE TI NÃO SE ACHARÁ quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua
filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador,
nem QUEM CONSULTE A UM ESPÍRITO ADIVINHADOR, NEM MÁGICO, NEM QUEM CONSULTE
OS MORTOS; Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas
abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti.

2. Zc 10:2 Porque os ídolos têm falado vaidade, e OS ADIVINHOS TÊM VISTO MENTIRA, E
CONTAM SONHOS FALSOS; com vaidade consolam, por isso seguem o seu caminho como
ovelhas; estão aflitos, porque não há pastor.

3. Ez 13:9 E a MINHA MÃO SERÁ CONTRA OS PROFETAS QUE VÊEM VAIDADE E QUE
ADIVINHAM MENTIRA; não estarão na congregação do meu povo, nem nos registros da casa
de Israel se escreverão, nem entrarão na terra de Israel; e sabereis que eu sou o Senhor DEUS.

4. At 13:10 + Ap 21:8 Disse: O filho do diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia,
inimigo de toda a justiça, não cessarás de perturbar os retos caminhos do Senhor? (At
13:10) MAS, QUANTO aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e
aos fornicadores, e AOS FEITICEIROS, E AOS IDÓLATRAS E A TODOS OS MENTIROSOS, A SUA
PARTE SERÁ NO LAGO QUE ARDE COM FOGO E ENXOFRE; O QUE É A SEGUNDA MORTE. (Ap
21:8).

5. 1Jo 4:1 Amados, não creiais a todo o espírito, mas PROVAI SE OS ESPÍRITOS SÃO DE DEUS,
porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.

6. 1Tm 4:1 Mas o Espírito expressamente diz que NOS ÚLTIMOS TEMPOS APOSTATARÃO
ALGUNS DA FÉ, DANDO OUVIDOS A ESPÍRITOS ENGANADORES, E A DOUTRINAS DE DEMÓNIOS;

7. Lv 19:26,31 Não comereis coisa alguma com o sangue; não agourareis nem adivinhareis.
NÃO VOS VIRAREIS PARA OS ADIVINHADORES E ENCANTADORES; NÃO OS BUSQUEIS,
CONTAMINANDO-VOS COM ELES. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

8. 1Sm 15:23 Porque A REBELIÃO É COMO O PECADO DE FEITIÇARIA, e o porfiar é como


iniqüidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a
ti, para que não sejas rei.

9. Gl 5:20-21 Idolatria, FEITIÇARIA, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões,


heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das
quais vos declaro, como já antes vos disse, que OS QUE COMETEM TAIS COISAS NÃO
HERDARÃO O REINO DE DEUS.

10. 2Co 11:3,14 Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim
também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade
que há em Cristo. E não é maravilha, porque O PRÓPRIO SATANÁS SE TRANSFIGURA EM ANJO
DE LUZ.

O LIVRO DE URANTIA: UM EXEMPLO CLÁSSICO DE MEDONHO ENGANAR

"Extraterrestres", ao que se observa, sempre procuram distorcer Cristo ou atacar o


Cristianismo, mas não outras religiões. Como exemplo, resumiremos de "The Urantia Book",
2097 páginas, que alega ter sido "assoprado" sobre psicógrafos por uma comissão de 23 ET's
mandados de Uversa, capital do superuniverso Orvonton, para dar este livro à Urantia (o
planeta Terra), ao redor de 1955:

1. "O relato bíblico da criação é mera lenda, Moisés nunca ensinou uma história tão distorcida,
e o homem é o resultado de pan-espermia (vida originada de alienígenas)". Gn 1-3 destrói
tudo isto.

2. "O homem não caiu, é intrinsecamente bom." Gn 3; Rm 5.

3. "Não há nenhum Inferno – somente há aniquilamento." Ap 20; Mt 25:46.


4. "O dilúvio de Noé foi local, não sobre todo o planeta." Gn 7,8.

5. "O reino messiânico dos judeus é uma falsa esperança." Rm 11.

6. "A ressurreição de Cristo só foi figurativa, não real." 1Co 15; Lc 24:39; At 1.

7. "Deus é aquela força que está em todo homem." Rm 3:10-17.

8. "O conceito cristão de Trindade é errado." Mt 28:19.

9. "Cristo não morreu pelos pecados do mundo." Lc 24:25-27, 46-47; Rm 3:23-26.

10. "O Espírito Santo está em todos." Rm 8:9.

11. "Jesus não é a encarnação de Deus, Jesus somente evoluiu para ser divino." Cl 2:9; Jo 1:1.

12. "O Deus do V.T., Jeová, é um 'demônio' selvagem." Ne 9; Jo 5:18.

13. "Evolução é um fato. ... Os ancestrais primordiais do homem foram a água lamacenta do
leito dos oceanos." Mr 10:6.

14. "Os dois maiores erros da igreja antiga foram: (a) a doutrina cristã da expiação; e (b)
enfatizar demais a Jesus e de menos às religiões orientais."

CRENÇAS TRANSMITIDAS PELOS OCUPANTES DE OVNI'S:

1. "Reencarnação, Karma, Maya, Panteísmo" (crenças orientais).

3. "Deus não pune nem condenará ninguém."

5. "O desejo do Pai ("Deus") é que expressemos amor em todas as dimensões." Contraste Jo
6:40 "Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê
nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia." Amor sem salvação não ajudará
uma pessoa eternamente, antes o danará. Demônios sempre falam de amor, mas nunca
biblicamente.

6. "Os anjos da Bíblia são ocupantes de OVNI's."

7. "Cristo não é Deus."

8. "Morte não termina em julgamento, é somente uma transição." Contraste He 9:27 "E, como
aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,"

9. "Evolução é um fato, envolvendo o contínuo aperfeiçoamento do homem."


10. "OVNI's libertaram os judeus do Egito."

13. "Satanás é somente um mito, não existe realmente."

14. "ET's apareceram a Abraão, antes de destruírem Sodoma e Gomorra."

16. "O homem não é intrinsecamente pecador, pelo contrário, é intrinsecamente bom."

17. "Deus é realmente 'Nove Princípios', que são 9 ET's."

OUTRAS DECLARAÇÕES DOUTRINÁRIAS DE ET'S/ SEUS CONTATANTES/ SEUS


DEFENSORES:

1. "Jesus foi um ser exaltado, de outro planeta."

5. "A centelha [isto é, uma da muitas pequenas partes] de Deus está em todos nós."

6. "Aproxima-se a vinda de um grande líder mundial, um governo- economia mundial, uma


religião mundial."

7. "Sexo premarital é perfeitamente permitido. Basta haver algum cuidado anticoncepcional e


anti-doenças."

9. "Todos nós estamos na estrada da perfeição."

10. "Creiamos no 'Cristo Cósmico'; Na 'Grande Irmandade Branca' (um grupo de demônios);
Nas mensagens dos avatares Jesus + Buda + Krisna + Mestres Espirituais; Na próxima vinda de
um 'Cristo' diferente do da Bíblia."

ALGUNS VERSOS BÍBLICOS RELEVANTES:

1Ts 4:17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas
nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

1Co 15:52 Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a
trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

Ap 13:4,7,11-14,16-18 4 E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a


besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela? 7 E foi-lhe
permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua,
e nação. 11 E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um
cordeiro; e falava como o dragão. 12 E exerce todo o poder da primeira besta na sua
presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal
fora curada. 13 E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à
vista dos homens. 14 E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que
fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à
besta que recebera a ferida da espada e vivia. 16 E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos
e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, 17
Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da
besta, ou o número do seu nome. 18 Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento,
calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e
sessenta e seis.

2Ts 2:9-10 9 A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e
prodígios de mentira, 10 E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não
receberam o amor da verdade para se salvarem.

Ef 2:2 Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das
potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência.

Ef 6:12 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados,
contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais
da maldade, nos lugares celestiais.

FALSOS CRISTOS SURGIRÃO

Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito; Porque
surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível
fora, enganariam até os escolhidos. (Mt 24:23-24)

A RESPOSTA CRISTÃ AOS GRITOS POR SOCORRO

A. SEJA UM CRENTE

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por
Cristo Jesus nosso Senhor. (Rm 6:23)

Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus,
aos que crêem no seu nome; (Jo 1:12)

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; (Rm 3:23)

Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo
sempre para interceder por eles. (He 7:25)
Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
não vem das obras, para que ninguém se glorie; Porque somos feitura sua, criados em
Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas. (Ef
2:8-10)

não estais estreitados em nós; mas estais estreitados nos vossos próprios afetos. (2Co
6:12)

B. PERMANEÇA HABITANDO EM CRISTO (pois crentes podem ser atacados por


demônios):

Cristo foi tentado Mt 4:1-11; Paulo teve um espinho na carne, mensageiro de Satanás 2Co
12:7; Podemos resistir Tg 4:7 e ter vitória Tg 4:7; 1Jo 4:4; Mas precisamos provar os espíritos
para reconhecer influência demoníaca nos falsos profetas 1Jo 4:1; Satanás pode disfarçar-se
em anjo de luz 2Co 11:14! Mas cuidado, descrente:

Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam
ali; e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros. Assim acontecerá
também a esta geração má. (Mt 12:45)

E alguns dos exorcistas judeus ambulantes tentavam invocar o nome do Senhor Jesus
sobre os que tinham espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus a quem Paulo
prega. E os que faziam isto eram sete filhos de Ceva, judeu, principal dos
sacerdotes. Respondendo, porém, o espírito maligno, disse: Conheço a Jesus, e bem
sei quem é Paulo; mas vós quem sois? E, saltando neles o homem que tinha o espírito
maligno, e assenhoreando-se de todos, póde mais do que eles; de tal maneira que, nus e
feridos, fugiram daquela casa. E foi isto notório a todos os que habitavam em Éfeso,
tanto judeus como gregos; e caiu temor sobre todos eles, e o nome do Senhor Jesus era
engrandecido. E muitos dos que tinham crido vinham, confessando e publicando os
seus feitos. Também muitos dos que seguiam artes mágicas trouxeram os seus livros,
e os queimaram na presença de todos e, feita a conta do seu preço, acharam que
montava a cinqüenta mil peças de prata. (At 19:13-19)

C. "MAS EU JÁ SOU UM SENSITIVO/ MÉDIUM"

Arrependa-se, creia, receba, entregue-se a Cristo, e confie nas maravilhosas promessas, veja:

não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia, (Sl 91:5)

Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele
disse: não te deixarei, nem te desampararei. (He 13:5)

Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do
que o que está no mundo. (1Jo 4:4)
Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar
contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do SENHOR, e a sua
justiça que de mim procede, diz o SENHOR. (Is 54:17)

não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará
tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a
possais suportar. (1Co 10:13)

Mas viva em união a Cristo:

Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados,
contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes
espirituais da maldade, nos lugares celestiais. (Ef 6:12)

Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo
está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são
da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.
Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis
com ele em glória. (Cl 3:1-4)

E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do
vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita
vontade de Deus. (Rm 12:2)

NÃO PROCURE ENVOLVIMENTO COM OCULTO E OVNI'S

Afaste-se de passatempos aparentemente "inocentes" mas que são porta aberta ou convite
para o mundo do Oculto.

Não super-estime seu próprio poder, a ordem é: se puder, evite ou fuja da tentação! (senão,
viva em união a Cristo, resista e vencerá!). Não se intrometa tolamente em atividades ao
alcance de influências demoníacas. Mt 4:7 "... Também está escrito: 'Não tentarás ao Senhor
teu Deus'".

APÊNDICE A: A UNIDADE DE TODOS FENÔMENOS OVNI E DO OCULTO

Os fenômenos dos "contatantes" são claramente demoníacos, uma vez que, sem exceção, as
mensagens são antibíblicas e transmitidas através de meios do Oculto.

ENCONTRO APROX. DO 1O GRAU


'Filhos de Deus', Gên 6:2: anjos caídos que tiveram intercurso sexual com 'filhas dos homens', geraram gigantes, foram presos no Tártaro,
serão lançados no Lago de Fogo. Na Tribulação aquele pecado voltará, disfarce de ET's gerando super raça e glória na terra, para povoar
outros planetas.

Os filhos de Deus
Considerações Preliminares
Por favor, leia todas as referências bíblicas indicadas. Este é um argumento estritamente
bíblico, e, portanto, demanda compreensão estritamente bíblica. Usamos a Almeida
Corrigida Fiel (ACF), da Sociedade Bíblica Trinitariana Brasileira (SBTB), que tem o
texto mais correto em língua Portuguesa, de acordo com o Texto Massorético
(Hebraico) e o Textus Receptus (Grego Koine), da Reforma Protestante. Outra tradução
que pode ser usada é Almeida Revista e Corrigida (ARC). Qualquer outro texto deve ser
totalmente ignorado, tais como NVI, BLH, "De acordo com os melhores textos", ARA,
Bíblia de Jerusalém, etc., ou qualquer texto derivado das versões americanas ASV,
NASV, LB, NKJV, NIV, etc., ou das inglesas RV e NRV. Devem ser evitados também
todos os textos Alexandrinos, os quais são totalmente espúrios. Nada que venha dos
rolos "Aleph" ou "B", ou seja, Vaticanus e Sinaiticus, merece um segundo de atenção.
Seria excelente se o leitor pudesse consultar uma AUTHORIZED VERSION -1611,
THE KING JAMES BIBLE.

1 E aconteceu que, como os homens

Gênesis 6 começaram a multiplicar-se sobre a face


da terra, e lhes nasceram filhas, 2 Viram
os filhos de Deus que as filhas dos
homens eram formosas; e tomaram
para si mulheres de todas as que
Argumentos baseados na SÉRIE DE COMENTÁRIOS escolheram. 3 ¶ Então disse o SENHOR:
PARA CRISTÃOS BÍBLICOS Não contenderá o meu Espírito para
sempre com o homem; porque ele
Escrita pelo Dr. Peter S. Ruckman, B.A., B.D., M.A., Th.M., também é carne; porém os seus dias
Ph.D. serão cento e vinte anos. 4 ¶ Havia
naqueles dias gigantes na terra; e
também depois, quando os filhos de
Deus entraram às filhas dos homens e
delas geraram filhos; estes eram os
valentes que houve na antiguidade, os
homens de fama. 5 E viu o SENHOR
que a maldade do homem se multiplicara
A interpretação de que os "filhos de Deus" que aparecem em sobre a terra e que toda a imaginação dos
pensamentos de seu coração era só má
Gênesis 6 seriam os "bons filhos de Sete" e de que as "filhas continuamente. 6 ¶ Então arrependeu-se
o SENHOR de haver feito o homem
dos homens" seriam as "más filhas de Caim" surgiu faz sobre a terra e pesou-lhe em seu coração.
pouco tempo, há cerca de 300 anos. Até então, só havia uma 7 E disse o SENHOR: Destruirei o
homem que criei de sobre a face da terra,
análise da passagem: os filhos de Deus são anjos que tiveram desde o homem até ao animal, até ao
relações sexuais com mulheres, gerando filhos. A réptil, e até à ave dos céus; porque me
arrependo de os haver feito. 8 ¶ Noé,
interpretação "antropológica" surgiu porque a mais antiga porém, achou graça aos olhos do
SENHOR. 9 Estas são as gerações de
parecia ser muito bizarra. Homens modernos não podem Noé. Noé era homem justo e perfeito em
acreditar em coisas bizarras. Homens educados estudaram o suas gerações; Noé andava com Deus.
(Gênesis 6:1-9)
suficiente para "corrigir" a Palavra de Deus (e eles sempre a
corrigem quando não a entendem ou quando ela fala de
algum pecado que os atinge). É demais para os homens
educados acreditarem em acontecimentos fantasiosos como
esse: anjos tendo relações sexuais com mulheres. E por aí
vão os argumentos. O fato puro e simples é que não crêem no
que estão lendo.

O verso 2 de Gênesis 6 trata de um dos assuntos mais


disputados de toda a Bíblia. Principalmente os
"fundamentalistas" vez por outra entram em debate sobre a
questão. Muitos livros, artigos, folhetos e crônicas foram
escritos a respeito do assunto, sempre apresentando "provas
definitivas" para tentar por um fim à discussão, tanto de um
lado quanto do outro.

Normalmente a reação mais comum ao caso é "deixe esse


assunto de lado" ou "esqueça isso, pois discutir não leva a
lugar nenhum. Você tem a sua opinião que eu tenho a
minha", ou ainda "isso não faz diferença para a nossa fé"
(ignorando o que foi dito por Jesus: "nem só de pão viverá o
homem, mas de TODA palavra que sai da boca de Deus",
Mateus 4:4), e assim por diante. Tais pessoas, entretanto,
esquecem-se de que não existe uma vírgula sequer na Bíblia
que não seja polêmica. Afinal, um velho dito deriva
exatamente desse fato: "os homens estão contra a Bíblia,
porque a Bíblia está contra eles". É verdade. A Bíblia é o
Livro que aponta todos os defeitos do homem e a sua causa,
a saber, o pecado. Não há boas notícias para o futuro da
maioria das pessoas: julgamentos, condenações e punições
eternas em um lago de fogo e enxofre, que nunca se apaga. A
Bíblia fala mau dos idólatras, dos fornicários, dos adúlteros,
dos mentirosos, etc., características bem humanas. Então, se
não podemos com O Livro, modifiquemo-lo ou escondamo-
nos dele o mais rápido possível. Esse é pensamento básico de
muitos auto-denominados eruditos bíblicos, que na verdade
são ateus práticos, ou dos reconhecidos ateus, em suas
diversas linhas de pensamento. Essa rejeição para encarar de
frente Gênesis 6, e analisar o assunto apenas biblicamente,
ou seja, comparando Escritura com Escritura, só mostra
como muitos ditos cristãos não se importam com A Palavra
de Deus, nem com as palavras de Deus. É evidente que
Satanás não quer ver essa questão resolvida de vez. Ele
planeja cada vez mais dúvida e confusão. "É assim que Deus
disse?" (Gênesis 3:1). Portanto, ele é quem tem muito a
perder, caso tudo seja revelado tal como realmente é. Bob
Jones Senior, fundador da BJU, nos EUA, sempre dizia que
"toda coisa ruim é uma coisa boa, distorcida".
Parafraseando-o, podemos dizer que toda mentira é uma
verdade, distorcida. Ninguém acredita numa mentira
absoluta. "É assim que Deus disse?" (Gênesis 3:1).
Desse jeito, vamos analisar a questão do ponto de vista de
um "crente bíblico". Com isso, queremos dizer que a Bíblia,
As quais também falamos, não com
e somente ela, é a AUTORIDADE FINAL em tudo palavras de sabedoria humana, mas com
concernente à fé e prática. Escritura com Escritura (I as que o Espírito Santo ensina,
comparando as coisas espirituais com
Coríntios 2:13): este será o nosso método de pesquisa sobre a as espirituais. (1 Coríntios 2:13)
verdade escrita em Gênesis 6. Cremos exatamente no que As palavras do SENHOR são
palavras puras, como prata refinada em
está escrito, como foi escrito, quando foi escrito, e para quem fornalha de barro, purificada sete vezes.
(Salmos 12:6)
foi escrito. Procuramos interpretar literalmente as passagens, 5 Toda a Palavra de Deus é pura;
até onde isso é possível, visto que é o meio pelo qual escudo é para os que confiam nele. 6
Nada acrescentes às suas palavras,
entendemos mais de 90% das Escrituras, isto é, literalmente. para que não te repreenda e sejas
Não nos esquecemos, é claro, de levar em conta as figuras de achado mentiroso. (Provérbios 30:5-6)
Então abriu-lhes o entendimento
linguagem ou de estilo. Entretanto, sabemos que a Palavra de para compreenderem as Escrituras.
(Lucas 24:45)
Deus foi escrita para homens comuns, em linguagem Porquanto se, depois de terem
comum, e não para um grupo "seleto" de pastores, doutores escapado das corrupções do mundo, pelo
conhecimento do Senhor e Salvador
ou eruditos bíblicos. O interprete é o próprio Deus, que abre Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos
o entendimento dos que crêem em Sua Palavra Santa, nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último
estado pior do que o primeiro. (2 Pedro
infalível e inerrante (Salmo 12:6; Provérbios 30:5-6; Lucas 2:20)
>10 E com todo o engano da injustiça
24:45; II Pedro 2:20). Quando uma pessoa salva para os que perecem, porque não
simplesmente CRÊ no que está lendo, o Espírito Santo lança receberam o amor da verdade para se
salvarem. 11 E por isso Deus lhes
mais luz na passagem. Quando NÃO CRÊ, o Espírito Santo enviará a operação do erro, para que
fica "desobrigado" de lançar mais luz sobre o texto. Caso creiam a mentira; (2 Tessalonicenses.
2:10-11)
alguém insista em crer numa mentira, Deus manda a
operação do erro, para que continue crendo na mentira (II
Tessalonicenses 2:10,11).

Para começar, quem defende a idéia de que os "filhos de


Deus" são os "bons filhos de Sete", esquece-se do seguinte:

Eles esquecem-se de que Adão caiu. Chamar qualquer


Mas, a todos quantos o receberam,
homem ou qualquer "linha" de homens, no Antigo deu-lhes o poder de serem feitos filhos
Testamento, de um "filho de Deus" seria ridículo. Isso de Deus, aos que crêem no seu nome;
(João 1:12)
porque o "Filho de Deus" tinha a imagem de Deus, e João 1 Este é o livro das gerações de Adão.
1:12 é para aqueles que se tornaram "filhos de Deus", por No dia em que Deus criou o homem, à
semelhança de Deus o fez. 2 Homem e
terem recebido a imagem. Tal afirmativa deve ficar bastante mulher os criou; e os abençoou e chamou
o seu nome Adão, no dia em que foram
clara quando se lê Gênesis 5:1-3. Adão perdeu a imagem de criados. 3 E Adão viveu cento e trinta
Deus. Seu filho, Sete, nasceu à imagem e semelhança do seu anos, e gerou um filho à sua
semelhança, conforme a sua imagem, e
pai decaído, e, do mesmo modo, todos depois dele. Alguém pôs-lhe o nome de Sete. (Gênesis 5:1-3)
só pode receber de novo a imagem de Deus quando torna-se
filho dEle, em Jesus Cristo. Tal fato só pode ser observado
depois da morte e ressurreição do Messias. Até então,
ninguém tinha a imagem de Deus, por ser apenas filho de
Adão, segundo a carne.
Direi ao norte: Dá; e ao sul: Não
Eles esquecem-se de que a designação "filhos e filhas" retenhas; trazei meus filhos de longe e
minhas filhas das extremidades da
(Isaías 43:6) não é o equivalente de "filhos de Deus", porque terra. (Isaías 43:6)
as palavras são escritas e pronunciadas de modo diferente. 22 E viveu Serugue trinta anos, e gerou
a Naor. 26 E viveu Terá setenta anos, e
"Coisas diferentes não são iguais. Termos diferentes têm gerou a Abrão, a Naor, e a Harã.
significados diferentes", como manda o bom Português, (Gênesis 11:22,26)
Inglês, Francês ou qualquer outra língua. [Ademais,] os
"filhos e filhas" de Isaías 43 são todos israelitas, porém os
antediluvianos filhos de Sete não são. Este teve muitos
descendentes que não eram israelitas (Gênesis 11:22,26).

As expressões contrastantes "filhos de Deus e filhas dos


homens" (Gênesis 6:4) não poderiam jamais gerar essa falta
de cuidado sem tamanho, na interpretação do texto, tal como
"os filhos de Sete e as filhas de Caim", a despeito do que "a
uniforme interpretação hebraica e cristã" têm feito. Por que
alguém insiste em fazer o texto dizer o que não diz, tentando
fazê-lo dizer alguma coisa que ele nunca intentou dizer,
apenas para provar o seu próprio ponto de vista? Lembre-se:
"É assim que Deus disse?" (Gênesis 3:1).

Se fossem os "filhos de Sete com as filhas de Caim", como,


então, a operação toda acontece novamente "e também
depois" (Gênesis 6:4 - depois dos dias do dilúvio), quando
todas as filhas de Caim foram mortas pelo dilúvio?

Se fossem os "filhos de Sete com as filhas de Caim", como


poderia esta relação produzir gigantes? Os gigantes
apareceram "quando os filhos de Deus entraram às filhas dos
homens…" , etc., não a todo o tempo. Não conheço nenhum
casamento entre um "filho de Deus", ou seja, um salvo, com
uma pessoa não salva, do qual tenha nascido um "gigante".
Pois é… esta é apenas mais uma mazela que um comentário
"erudito" sobre Gênesis 6 produz.

Como pode ser isso, que a "linha bondosa de Sete" se misturou, quando o termo "linha
bondosa" é uma fabricação ilusória dos personagens mais anti-cristãos e que nos 66
livros da Bíblia não existe nenhuma alusão sequer ao termo "linha bondosa"? Existe
sim uma "linha messiânica", pela qual o Messias veio. Mas esta linha, entretanto, é bem
"maldosa", se qualquer pessoa buscar as suas raízes. Note alguns ascendentes de Jesus
Cristo: Judá, um fornicário (Gênesis 38); Perez, um filho ilegítimo; Raabe, uma
prostituta; Bateseba, uma adúltera (Mateus 1:1-6); Davi, um adúltero e assassino… e
por que continuar? Percebe? Então, uma "linha bondosa", como uma "linha apostólica"
(os papas) é apenas uma invenção humana. Não existe tal coisa nas Escrituras, ou
sequer fora delas. Daí as três premissas básicas do argumento de que os "filhos de
Deus" são "descendentes de Sete", e as "filhas dos homens" são as descendentes de
Caim, estarem 100% erradas. Bem, a OPINIÃO de qualquer um é bem vinda numa
democracia, mas, definitivamente, esta OPINIÃO não faz parte do corpo de verdades
reveladas nas Escrituras.
E num dia em que os filhos de Deus
vieram apresentar-se perante o
Os "filhos de Deus", no Antigo Testamento, são SENHOR, veio também Satanás entre
eles. (Jó 1:6)
identificados e definidos em um livro escrito pouco tempo E, vindo outro dia, em que os filhos
de Deus vieram apresentar-se perante
depois do dilúvio (Jó 1, 2, 38) e eles estão presentes em um o SENHOR, veio também Satanás
tempo antes de Adão ter sido criado (Jó 38:7). Eles são entre eles, apresentar-se perante o
SENHOR. (Jó 2:1)
mencionados numa conexão entre Satanás e a criação (Jó 4 Onde estavas tu, quando eu fundava
a terra? ... 7 Quando as estrelas da alva
38). Os "filhos dos poderosos" do Salmo 89:6 são juntas alegremente cantavam, e todos
indubitavelmente os "deuses" do Salmo 82:1 - note aqui o os filhos de Deus jubilavam? (Jó 38:4-
7)
dilúvio no contexto! Assim, já podemos concluir que existe Pois quem no céu se pode igualar ao
tanta disputa em torno do texto porque estes "filhos de Deus" SENHOR? Quem entre os filhos dos
poderosos pode ser semelhante ao
são os anjos de II Pedro 2 e Judas 6, 7. Então, eles são SENHOR? (Salmos 89:6)
Deus está na congregação dos
machos com aparência de 33 anos de idade, sem asas e poderosos; julga no meio dos deuses.
podem manter relações sexuais com mulheres e se (Salmos 82:1)
4 Porque, se Deus não perdoou aos
reproduzirem, maneira pela qual obtêm sangue. E eles vão anjos que pecaram, mas, havendo-os
retornar a este planeta nos últimos tempos e reproduzir o lançado no inferno, os entregou às
cadeias da escuridão, ficando
cenário original de Gênesis 6, como "deuses que descem na reservados para o juízo; 5 E não
perdoou ao mundo antigo, mas guardou a
forma de homem" (Atos 14, 19; Mateus 24; Lucas 21; Noé, pregoeiro da justiça, com mais sete
Apocalipse 12:7). Aqui nós paramos de comentar e passamos pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o
mundo dos ímpios; ... 7 E livrou o justo
à parte profética do assunto. Então, voltemos ao texto. Ló, enfadado da vida dissoluta dos
homens abomináveis (2 Pedro 2:4-7)
6 E aos anjos que não guardaram o
seu principado, mas deixaram a sua
própria habitação, reservou na
escuridão e em prisões eternas até ao
juízo daquele grande dia; 7 Assim
como Sodoma e Gomorra, e as cidades
circunvizinhas, que, havendo-se entregue
à fornicação como aqueles, e ido após
outra carne, foram postas por exemplo,
sofrendo a pena do fogo eterno. (Judas
1:6-7)
11 E as multidões, vendo o que Paulo
fizera, levantaram a sua voz, dizendo em
língua licaónica: Fizeram-se os deuses
semelhantes aos homens, e desceram
até nós. 12 E chamavam Júpiter a
Barnabé, e Mercúrio a Paulo; ...> queria
com a multidão sacrificar-lhes. (Atos
14:11-13)
E houve batalha no céu; Miguel e os
seus anjos batalhavam contra o
dragão, e batalhavam o dragão e os
seus anjos; (Apocalipse 12:7)

O ensinamento de que anjos "não podem se reproduzir" é Porque na ressurreição nem casam
derivado da adulteração de Mateus 22:30, quando as versões nem são dados em casamento; mas
serão como os anjos de Deus no céu.
modernas omitem as palavras "no céu", e então abortam a (Mateus 22:30)
verdade, ensinando que os anjos "não têm sexo"!
E mediu o seu muro, de cento e
quarenta e quatro côvados, conforme a
Não existe um anjo na Bíblia que seja sem sexo, aparente ser medida de homem, que é a de um anjo.
sem sexo, aja como se fosse sem sexo ou fale como se não (Apocalipse 21:17)
... me recebestes como um anjo de
tivesse sexo. Todo anjo na Bíblia, de Gênesis a Apocalipse, é Deus, como Jesus Cristo mesmo.
macho, sem asas (Apocalipse 21:17; Gálatas 4:14; Atos 1:10; (Gálatas 4:14)
E, estando com os olhos fitos no céu,
Juízes 13: 3-21; Daniel 9; Gênesis 19:10-15, Hebreus 13). enquanto ele subia, eis que junto deles
se puseram dois homens vestidos de
Um anjo "sem sexo" é tão genuíno quanto a Imaculada branco. (Atos 1:10)
Conceição ou a Virgindade Perpétua de Maria, ou árvore de 3 E o anjo do SENHOR apareceu a
esta mulher, e disse-lhe: ... 10 ... Eis
Natal ou o Coelho da Páscoa. "Asas", são próprias de que aquele homem que veio a mim o
demônios femininos [* Ver Nota] (Zacarias 5:9), e elas são outro dia me apareceu. 11 Então Manoá
levantou-se, e seguiu a sua mulher, e foi
desenhadas ou pintadas em anjos por causa dos querubins - àquele homem, e disse-lhe: És tu
aquele homem que falou a esta
que não são anjos - e por causa da passagem de Apocalipse mulher? E disse: Eu sou. (Juízes
14:6. Se um anjo pousasse na Terra, 70% das pessoas salvas 13:3,10>-11)
... 21 Estando eu, digo, ainda falando
enganar-se-iam ao tentar identificá-lo e 100% dos perdidos na oração, o homem Gabriel, que eu
falhariam, por causa da concepção católica dos anjos, que tinha visto na minha visão ao
princípio, veio, voando rapidamente, e
são pintados ou esculpidos como crianças aladas. Assim, os tocou-me, à hora do sacrifício da tarde.
22 Ele me instruiu, e falou comigo,
anjos de Satanás estão protegidos e não podem ser dizendo: ... (Daniel 9:20-22>)
detectados. Nenhum cientista na Terra poderia identificar 10 Aqueles homens porém
estenderam as suas mãos e fizeram
qualquer anjo, caso visse um. E eles vão aparecer, como em entrar a Ló consigo na casa, e fecharam
Gênesis 6! Mas isso é novamente profecia. Voltemos ao a porta; 11 E feriram de cegueira os
homens que estavam à porta da casa ...
texto. (Gênesis 19:10-15)
2 Não vos esqueçais da hospitalidade,
porque por ela alguns, não o sabendo,
[* Nota de Hélio: Parece que aqui temos um escorregão, um hospedaram anjos. (Hebreus 13:1-2)
E levantei os meus olhos, e vi, e eis que
erro de Ruckman ou do tradutor, pois só há anjos e saíram duas mulheres; e traziam vento
demônios do gênero masculino (e Ruckman prega isto!). As nas suas asas, pois tinham asas como
as da cegonha; e levantaram o efa entre
duas mulheres com asas como de cegonha, de Zac 5:9, a terra e o céu. (Zacarias 5:9)
E vi outro anjo voar pelo meio do
parecem ser linguagem figurativa e não reais, do mesmo céu, e tinha o evangelho eterno, para o
modo que a mulher prostituta assentada sobre a besta, em proclamar aos que habitam sobre a terra,
e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo.
Apocalipse, é figurativa da apóstata igreja romana, (Apocalipse 14:6)
assassina de crentes e amasiada com o poder secular]
Porque só Ogue, o rei de Basã, restou
dos gigantes; eis que o seu leito, um leito
de ferro, não está porventura em Rabá
dos filhos de Amom? De nove côvados
[9x0,45m = 4,05m] o seu comprimento,
e de quatro côvados [4x0,45m =
1,80m], a sua largura, pelo côvado
comum. (Deuteronômio 3:11).
E, depois disto, aconteceu que,
"Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois" levantando-se guerra em Gezer, com os
(Gênesis 6:4). Para clarear o pensamento, deve-se manter em filisteus, então Sibecai, o husatita, feriu a
Sipai, dos filhos do gigante; e ficaram
mente que a Bíblia fala de gigantes em outras passagens, e, subjugados. (1 Crônicas 20:4)
em algumas delas, dá nomes aos tais (Deuteronômio 3:11; I E disse-lhes Josué: Se tão grande povo
és, sobe ao bosque, e ali corta, para ti,
Crônicas 20:4; Josué 17:15; II Samuel 21:16,17; Números lugar na terra dos perizeus e dos
refains; pois que as montanhas de
13:33, etc.). Os fatos são históricos. O Antigo Testamento é Efraim te são tão estreitas. (Josué 17:15)
história para o crente bíblico, incluindo Gênesis, E Isbi-Benobe, que era dos filhos do
gigante, cuja lança pesava trezentos
literalmente. siclos de cobre, e que cingia uma espada
nova, intentou ferir a Davi. (2 Samuel
21:16)
Também vimos ali gigantes, filhos de
Enaque, descendentes dos gigantes; e
éramos aos nossos olhos como
gafanhotos, e assim também éramos
aos seus olhos. (Números 13:33)
26 E, como aconteceu nos dias de
Noé, assim será também nos dias do
Filho do homem. 27 Comiam, bebiam,
casavam, e davam-se em casamento, até
ao dia em que Noé entrou na arca, e veio
As expressões "Naqueles dias" e "também depois" podem ser o dilúvio, e os consumiu a todos. 28
Como também da mesma maneira
localizadas facilmente. Existem duas advertências para aconteceu nos dias de Ló: Comiam,
"dias" em Lucas 17; uma é "dias de Noé" (este é o nosso bebiam, compravam, vendiam,
plantavam e edificavam; 29 Mas no dia
texto) e a outra é os "dias de Ló" (Lucas 17: 26,28). Para em que Ló saiu de Sodoma choveu do
confirmar isto com três testemunhas, Simão Pedro adverte céu fogo e enxofre, e os consumiu a
todos. 30 Assim será no dia em que o
sobre os dias de Ló e Noé (II Pedro 2:5,7) [vide acima] e Filho do homem se há de manifestar.
... (Lucas 17:1-37)
Judas diz "amém" para Ló (Judas 6,7) [vide acima]. O leitor 43 Quanto ao que viste do ferro
não vai falhar em notar que o contexto de todas as passagens misturado com barro de lodo,
misturar-se-ão com semente humana,
citadas trata-se de "anjos caídos"! Estes são os homens de mas não se ligarão um ao outro, assim
"ferro" de Daniel 2:43, 44 que são dados como 10 em como o ferro não se mistura com o
barro. 44 Mas, nos dias desses reis, o
número. A hierarquia do penúltimo reino, antes do reino Deus do céu levantará um reino que
não será jamais destruído; e este reino
milenar de Jesus na Terra, será constituída de 10 governantes não passará a outro povo; esmiuçará e
(Apocalipse 17:12-14). consumirá todos esses reinos, mas ele
mesmo subsistirá para sempre, (Daniel
2:43-44)
12 E os dez chifres que viste são dez
reis, que ainda não receberam o reino,
mas receberão poder como reis por uma
hora, juntamente com a besta. 13 Estes
têm um mesmo intento, e entregarão o
seu poder e autoridade à besta. 14 ¶
Estes combaterão contra o Cordeiro, e o
Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor
dos senhores e o Rei dos reis; vencerão
os que estão com ele, chamados, e
eleitos, e fiéis. (Apocalipse 17:12-14)

"Os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos" (Gênesis 6:4).
Bem, nós vamos tomar o significado da passagem exatamente como está escrito, e, se
qualquer cristão, líder, professor, expositor, pregador ou teólogo neste planeta
concordarem que o texto significa alguma coisa a mais, nós vamos ficar com o texto e
somente com ele por AUTORIDADE FINAL.

"Estes eram os valentes que houve na antiguidade, homens de fama"(Gênesis 6:4). Esta
expressão não nega ou torna nulo o fato de que eram "gigantes". "Homens de fama",
obviamente, não é uma interpretação da palavra "gigante", mas sim, uma descrição da
reputação alcançada por esses homens. Esta reputação chegou distorcida nos nossos
dias, tanto pelo tempo quanto pela ciência. O livro de Hislop, intitulado "Two
Babylons", traça muito bem essa distorção: Ulysses, Apolo, Venus, Afrodite, Tamus,
Semiramis, Baco, Zeus, Marduk, o Minotauro, Tezeu, Atlas, Mercúrio, Astarote,
Medusa, Lorelei, Baal, Wotan, Júpiter, Jove, Diana, Thor, etc. Ninguém pode esquecer-
se de que foram os filósofos gregos que lançaram os fundamentos da "ciência
moderna". Os atos heróicos dos "deuses" são lendários em qualquer civilização, e eles
são especialmente fortes no folclore Indo-Europeu, do que em qualquer outro lugar do
mundo. O Super-homem das histórias em quadrinhos modernas, assim como Bat Man,
Cat Man, Fat Man, Capitão Marvel, Paul Bunyan, Gulliver, King Kong, etc, são
maneiras modernas de se preservar uma tradição que só pode ser baseada em fatos. OS
FATOS SÃO PRESERVADOS SEM ERROS EM "A BÍBLIA SAGRADA"
Anjos caídos estiveram aqui e produziram filhos com
E aos anjos que não guardaram o seu
mulheres. principado, mas deixaram a sua
própria habitação, reservou na
escuridão e em prisões eternas até ao
Eles "deixaram a sua própria habitação" (Judas 6), e se juízo daquele grande dia; (Judas 1:6)
reproduziram.
10 Estes todos responderão, e te dirão:
Tu também adoeceste como nós, e foste
semelhante a nós. 11 Já foi derrubada na
sepultura a tua soberba com o som das
tuas violas; os vermes debaixo de ti se

Em resumo:
estenderão, e os bichos te cobrirão. 12
Como caíste desde o céu, ó estrela da
manhã, filha da alva! Como foste cortado
por terra, tu que debilitavas as nações! 13
Anjos caídos visitaram a Terra, aparentando ser homens de E tu dizias no teu coração: Eu subirei
ao céu, acima das estrelas de Deus
33 anos de idade, sem asas; exaltarei o meu trono, e no monte da
congregação me assentarei, aos lados
do norte. 14 Subirei sobre as alturas
Eles vão retornar do mesmo modo como vieram. Desta vez das nuvens, e serei semelhante ao
Altíssimo. 15 E contudo levado serás ao
como "visitantes" de outros planetas; inferno, ao mais profundo do abismo. 16
Os que te virem te contemplarão,
considerar-te-ão, e dirão: É este o
Eles virão para se reproduzir, tendo como objetivo povoar homem que fazia estremecer a terra e que
fazia tremer os reinos? 17 Que punha o
"outros planetas", com uma raça de humanóides que negam mundo como o deserto, e assolava as
a Deus, que rejeitam a Bíblia, criaturas satânicas. Isto vai suas cidades? Que não abria a casa de
seus cativos? (Isaías 14:10-17)
tentar completar o intento de Satanás, expresso em Isaías 14. 19 E vi a besta, e os reis da terra, e os
seus exércitos reunidos, para fazerem
Mas não será bem sucedido (Apocalipse 19). guerra àquele que estava assentado
sobre o cavalo, e ao seu exército. 20 E a
besta foi presa, e com ela o falso
profeta, que diante dela fizera os sinais,
com que enganou os que receberam o
sinal da besta, e adoraram a sua imagem.
Estes dois foram lançados vivos no
lago de fogo que arde com enxofre. 21
E os demais foram mortos com a espada
que saía da boca do que estava assentado
sobre o cavalo, e todas as aves se
fartaram das suas carnes. (Apocalipse
19:19-21)

Para informações detalhadas sobre o assunto, recomendamos as seguintes referências


bibliográficas:
- Dr. I.D.E Thomas, "The Omega Conspiracy".
- Dr. Peter S. Ruckman, "The Book of Genesis - Bible Believer's Commentary Series" e
"Black is Beautiful".

Página copiada de http://asverdades.vilabol.uol.com.br/genesis6.htm, desenvolvida por


Equipe Verdade,
[o que está entre colchetes e a coluna com os textos da Bíblia foram adicionados pelo
site solascriptura-tt.org]

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica herdeira da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e
traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus Receptus. Para começar
a ter uma idéia da gravidade de muitas das MILHARES de deturpações de todas as "Bíblias" moderninhas, Alexandrinas (baseadas no Texto
dos incessantes Críticos), em relação às Bíblias do TR, leia, por EXEMPLO, http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-
Traducoes/AAlmeidaAtualizadaExposta-Helio.htm
http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/ExpondoErrosNVI-Jun2000-Emidio.htm

Gênesis 6:1-12

Os Filhos de Deus
O arrependimento de Deus
A origem dos demônios
Os 120 anos
Alexander da Silva Vasconcelos∗
“Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele. Nada acrescentes
às suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado mentiroso”.[1]
Provérbios 30:5, 6

“Abre tu os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua lei”.


Salmo 119:18

Com estes imperativos em mente vamos analisar a passagem da Bíblia de Gênesis 6:1-
12.

Quando os filhos de Deus tomaram para si as filhas dos homens algo de muito grave
aconteceu. Quem eram eles?

Em todas as outras referências no Antigo Testamento onde aparece a expressão “filhos


de Deus” sempre se referem aos anjos (Jó 1:6, 2:1, 38:7; Dn 3:25). Aqui não é diferente.

Isto está explícito em Judas 6-8 [“6 E aos anjos que não guardaram o seu principado,
mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao
juízo daquele grande dia; 7 Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades
circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra
carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno. 8 ¶ E, contudo,
também estes, semelhantemente adormecidos, contaminam a sua carne, e rejeitam a
dominação, e vituperam as dignidades.”], onde o pronome demonstrativo “AQUELES”
no v. 7 claramente se refere aos anjos do v. 6, dizendo-nos que os habitantes de Sodoma
e Gomorra se entregaram a fornicação como os anjos.

Alegar que a palavra grega neste caso do v. 7 deva ser traduzida por “ESTES” (como
acontece nos outros 6 casos de sua aparição: vv. 8,10,12,14,16 e 19), significando que
Judas se refira aos “homens ímpios” do v.4, é um grave erro de sintaxe. Leia o v. 7 com
o pronome “ESTES” e depois leia o v. 8 e veja se não é confuso!!!

Se Judas falava dos “homens ímpios” (v.4) no v. 7, por que o v. 8 começa com a frase
“E, contudo, também estes”?

A conjunção “contudo” liga os exemplos do vv. 5, 6 e 7 com os “homens ímpios” a que


Judas se refere exatamente com a idéia de adversidade ou seja, apesar dos exemplos
registrados na história bíblica de condenação de hereges, os “homens ímpios” do v. 4
ainda assim repetem os mesmos pecados. Se eles são mencionados no v. 7 por que
Judas usou esta conjunção?

Observamos ainda o uso da partícula de inclusão “TAMBÉM” que só seria necessária


se Judas NÃO estivesse mencionando os “homens ímpios” anteriormente no v. 7. Judas
o faz exatamente para AGORA, no v. 8., contabilizá-los no grupo dos ímpios
anteriormente exemplificados.

Ainda perguntamos: onde encaixar os “semelhantemente adormecidos” do v. 8? Os


“homens ímpios” do v. 4 seriam semelhantes a eles mesmos já que foram supostamente
mencionados no v. 7?!!!

Se Judas se referisse aos “homens ímpios” do v. 4 no v. 7, o v. 8 começaria assim:


“Estes são adormecidos, contaminam sua carne, ...”. Mas não começa!!!

Sobre Judas basta!!!

Dizer que os anjos não têm sexo é sem fundamento bíblico. Em Mateus 22:30 [c1][c2](e
Mc 12:35 e Lc 20:35, 36) Jesus não diz que os anjos não têm sexo. Ele diz que nós (os
salvos) seremos como os anjos de Deus NO CÉU.[2] Quando estão aqui na Terra os
anjos adquirem forma humana: corpo e aparência.

Em favor dessa conclusão basta ler Gênesis 18 e 19 (em especifico 18:1-3, 16, 22 e
19:1) onde 2 anjos se “materializam” juntamente com Deus, COMEM[3] uma refeição
com Abrão e vão até Sodoma tirar Ló de lá.[4] Também vemos em Hebreus 13:3 Paulo
dizendo-nos que não devemos esquecer a hospitalidade “porque por ela alguns NÃO o
sabendo, hospedaram anjos”. Para que nós não reconheçamos um anjo é necessário que
ele assuma forma humana.

Ainda podemos mencionar como evidência que os anjos têm sexo a referência a eles por
palavras de gênero masculino, incluindo substantivos próprios: vide “ o HOMEM
Gabriel” em Dn 9:21 e “o ANJO Gabriel” em Lc 1:26; vide Dn 10:13,21; 12:1; Jd 9;
Ap 12:7 (relacionados ao arcanjo Miguel), bem como chamamos a atenção para o fato
de que até em visões os anjos tem aparência humana , de homem (ver Ez 8 e 9; Dn 10 e
12).[5]

Fato comprovado, voltemos ao texto em questão.


“1 ¶ E aconteceu que, como os homens começaram a multiplicar-se sobre a face da
terra, e lhes nasceram filhas, 2 Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram
formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. 3 ¶ Então disse o
SENHOR: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem; porque ele
também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos. 4 ¶ Havia naqueles dias
gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos
homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os
homens de fama. 5 E viu o SENHOR que a maldade do homem se multiplicara sobre a
terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente.
6 ¶ Então arrependeu-se o SENHOR de haver feito o homem sobre a terra e pesou-lhe
em seu coração. 7 E disse o SENHOR: Destruirei o homem que criei de sobre a face da
terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; porque me
arrependo de os haver feito. 8 ¶ Noé, porém, achou graça aos olhos do SENHOR. 9
Estas são as gerações de Noé. Noé era homem justo e perfeito em suas gerações; Noé
andava com Deus. 10 E gerou Noé três filhos: Sem, Cão e Jafé. 11 ¶ A terra, porém,
estava corrompida diante da face de Deus; e encheu-se a terra de violência. 12 E viu
Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque toda a carne havia corrompido o seu
caminho sobre a terra.”
No versículo 4 temos uma frase muito intrigante: “ e também depois”. Conclui-se que
havia alguns homens (filhos de homens com mulheres) pré-diluvianos de grande
estatura; fato este, apesar de existente, pela estrutura do versículo (parte a) percebe-se
não ser fato corriqueiro mas exceções, assim como casos específicos após o dilúvio (ver
Nm 13:32;33 e Dt 3)[6] e alguns raríssimos casos que acontecem ainda hoje.[7]
Contudo, percebe-se que a parte b do versículo 4 deixa claro que as relações entre
mulheres e anjos produziam com grande freqüência, como sendo característico desta
relação, gigantes. Além disso, somente do fruto dessa relação, anjos e mulheres, é que
Moisés nos diz que surgiram “os valentes que houve na antigüidade, os homens de
fama”, comprovado pelo emprego do pronome demonstrativo ESTES no início da parte
c do versículo em questão.

O que de tão grave resultou dessa relação para que Deus decretasse “o fim de toda
carne” ?(v. 13)

Devo ao amigo Wilbur Pickering a resposta: “Sabemos através da medicina moderna


que cada ser humano leva nas veias o sangue do pai, não da mãe, de sorte que a raça
mista mencionada em Gênesis 6:4 levava sangue demoníaco, não humano nas veias; e
sabemos através do Texto Sagrado que o espírito humano é transmitido pelo esperma do
homem, de sorte que aquela raça mista havia perdido o espírito humano, e
presumivelmente a ‘imagem de Deus’ também. Se Satanás tivesse conseguido
corromper todo mundo, teria sido impossível o nascimento do Messias, o segundo
Adão, e Gênesis 3:15 não poderia se cumprir.” [8]

Podemos objetar que não houve uma perda total da ‘imagem de Deus’ por parte da
descendência da relação anjos e mulheres em decorrência da presença do óvulo
feminino[9] nessa relação, motivo pelo qual Deus continua a referir-se a esses
descendentes como ‘homens’ (v. 4, 5, 6, 7).

Quão longe Satanás chegou!!!

Por que então Deus não destruiu tudo e começou do zero? Porque empenhara sua
palavra a Adão fazendo-lhe uma promessa.

Por que fizera tal promessa? “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu
Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.
(Jo 3:16)

Logo, Deus teria de resolver esse problema , até porque “Deus não é homem, para que
minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria?
Ou falaria, e não o confirmaria?” (Nm 23:19).[10]

Daí decorre que o emprego do verbo arrepender-se em Gn 6:6 deve ser entendido como
tristeza profunda e não mudança de planos, senão Deus destruiria a todos sobre a face
da terra sem preservar a ninguém, mas foi exatamente o que Ele não fez. E não o fez por
AMOR (Mt 12:33).

Surge desse incidente ainda uma pergunta: Por que Satanás não tentou outra investida
como esta após o dilúvio?

Resposta: Porque Deus não o permitiu. Como foi que Deus fez isso (frustrou para
sempre outra investida satânica)?

Quem nos conta como isso foi feito é Pedro e, também, Judas:
“Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no
inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo”. II Pe
2:4

“O julgamento que se seguiu ao pecado dos anjos incluiu o seu lançamento no inferno
(tartaros; II Pe 2:4), acorrentados na escuridão, e o seu juízo no dia futuro. O uso da
palavra ‘cadeias’ dá a impressão de que seus movimentos são restritos,... As palavras
‘lançado no inferno’ (tartaroo) é um particípio no tempo aoristo e poderia ser traduzido
‘os tartarizando’, portanto é a sua condição e não o seu lugar de habitação que é
mencionada”.[11]

“E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria
habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande
dia”. Jd 5

O castigo de Deus foi reservar os anjos caídos na escuridão, endo as prisões eternas a
incapacidade de se materializar.

É isto mesmo que eu estou afirmando biblicamente!!! Esta é a origem dos


demônios.[12]

Ofereço como argumentação filosófica o seguinte: sabemos que dentro do escopo da


Filosofia (não da Teologia) que todo ser humano tem (ou deveria ter) pelo menos 3
tipos de liberdade: liberdade de ir e vir (locomoção); liberdade de falar o que pensa
(expressão) e liberdade de refletir sobre sua realidade (consciência ou pensamento).[13]

Quando um bandido é preso e colocado no presídio, é-lhe vedado a liberdade de


locomoção.

Durante a ditadura militar no Brasil foram criados diversos organismos (DOPS, SNI) e
até leis (AI-5) para suprimir a liberdade de expressão do povo (em especial dos
estudantes).

Ainda mais profunda é a ALIENAÇÃO, prisão sem muros, onde grande parte da
sociedade está “enclausurada” pelo excesso de “desinformação” com que é
bombardeada diariamente pela mídia, onde os fatos não são apenas apresentados, mas
manipulados para que se pense e propague o que os donos do poder desejam.

Entretanto, quantos foram e são privados de sua liberdade de locomoção e continuaram


livres em suas consciência e expressão. Apresento como exemplo Jonh Bunyan.
Concluí-se que existem vários tipos de prisão, e no caso específico dos anjos caídos essa
prisão seria a impossibilidade de se materializar,ou seja, eles ficaram presos em ‘corpos’
imateriais.
Eis o porquê da necessidade da possessão demoníaca HOJE, pois sem corpos, os
demônios não podem atuar em nosso mundo ‘como se fossem humanos’ (materializar),
necessitando de corpos 100% humanos (usados com consentimento dos humanos).[14]

Este é o motivo desse incidente nunca mais se repetir ( relações entre anjos e mulheres)
pois, mesmo quando os demônios possuem uma pessoa humana, o corpo dessa pessoa
continua humano, e mesmo que o possesso tenha relações sexuais e engravide uma
humana, o fruto dessa relação continua 100% humano.

Para corroborar essas evidências, e também confirmar biblicamente o “arquiteto” desse


grande ataque, analisemos Apocalipse 12.

Nos versículos 1 e 2 fala-se de “um grande sinal no céu: uma mulher...” que claramente
se identifica com a nação de Israel.[15] Existe um personagem que interage com a
mulher e dentro do contexto da descrição desta personagem (vv. 3 e 4) é que o apóstolo
João nos faz revelações surpreendentes.

“E viu-se outro sinal no céu; e eis que era um grande dragão vermelho...”. Nota-se que
nesta visão João nos mostra o dragão SOZINHO. De repente “a sua cauda levou após si
a terça parte das estrelas DO CÉU” e para provar que “ Deus não é Deus de confusão” e
que “nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação”, pergunto: onde foi
que as estrelas do céu foram parar? O dragão “lançou-as sobre a terra”. Não é uma
incrível coincidência com Gn 6:1,2?!

Observe agora os versículos 7 a 9, onde o Dragão não está mais sozinho mas com “OS
SEUS ANJOS”. Quem mais seriam estes senão a terça das estrelas do céu mencionada
no versículo 3?[16]

Analisemos ainda a similaridade de procedimentos de Satanás em sua investida contra


Eva e em sua investida em Gn 6:1,2, onde lemos “VIRAM os filhos de Deus que as
filhas dos homens eram formosas”. Satanás, “que engana todo o mundo”, também
enganou os anjos. Assim como Eva “VIU que aquela árvore era boa para se comer, e
agradável aos olhos...”, os anjos VIRAM também. E Satanás com a “sua cauda levou
após si” Eva também.[17]

Por fim, por que só a terça parte das estrelas do céu? Porque também há decretos de
Deus quanto à eleição de anjos (I Tm 5:21).

Ainda dentro do texto em análise, resta-nos uma pergunta a ser respondida: o que
significam os 120 anos de Gênesis 6:3?

Existem 2 respostas. Uma delas nos diz que daquele momento em diante os homens
passariam a ter como expectativa de vida ao nascerem 120 anos. O que de fato a Bíblia
nos mostra?

Em primeiro lugar, depois do dilúvio muitas pessoas viveram mais de 120 anos, apesar
das drásticas mudanças climáticas pós-diluvianas. Por exemplo, Noé viveu 350 após o
dilúvio. Mas pode-se alegar que Noé era pré-diluviano, favorecido pela estrutura do
mundo naquela época. Tudo bem!!! Mas como explicar a lista de Gênesis 11? E Abraão
que nascera 390 anos após Noé e viveu 175 anos (Gn 25:7). E Sara que viveu 127 (Gn
23:1)? E Isaque que viveu 180 (Gn 35:28)? José é o primeiro a ser mencionado na
Bíblia a morrer de velhice com menos de 120 anos (Gn 50:26), isto já sendo pelo menos
700 depois que foi proferido Gn 6:3.

Em segundo lugar, apesar de Moisés ter vivido 120 anos e “os seus olhos nunca se
escureceram, nem perdeu o seu vigor” (Dt 34:7) ele já observava que “os dias de nossa
vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela robustez, chagam a oitenta anos, o orgulho
deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando” (Sl 90:10), evidenciando
não mostrar relacionamento entre Gn 6:6 com expectativa de vida das pessoas a partir
daquele momento (senão Moisés falaria 120 anos e não 80 anos no Sl 90:10). O próprio
destaque em Dt 34:7 demonstra que esta situação não era corriqueira nos tempos de
Moisés, mas exceção.

Conclui-se que a derrocada da expectativa de vida após o dilúvio ocorreu de forma


gradativa em decorrência das catástrofes geomorfoclimáticas provocadas pelo
dilúvio[18] e não estão relacionadas ao que Deus disse em Gn 6:3.

A segunda resposta nos diz que esses 120 anos representariam o tempo decorrente entre
o chamado de Noé (Gn 6:13,14) e sua entrada na arca (Gn 7:6,13,16).

O “gargalo” que nos incomoda nesta resposta é que Noé tinha 500 anos quando gerou
Sem, Cão e Jafé (Gn 5:32) e tinha 600 anos quando entrou na arca (Gn 6:6,11), sendo
que nos surge a pergunta: onde se encaixam os 20 anos de diferença que faltam? A
resposta está na correta compreensão do caráter missionário de Deus. Vejamos:

Tanto em João 1:1-18 (especialmente os versículos 10 e 11) quanto Romanos 11:11-36


(especialmente os versículos 30 e 31) e Hebreus 2:14 vemos que Deus tem adotado até
agora 3 métodos para lidar com os humanos:

1º) Rm 11:30a: revelação direta (comunicação direta) com todos humanos (ler Jó 21:7,
13-15; 22:15-17; Gn 3:8,9; 12:1; 14:18-20; 16:7-14; 18:1-33; 20:1-18; 31:24; Ex 3:1-
22; 20:1, 18-21; Nm 22:8-13...). Este método vigorou de Adão até o pleno
estabelecimento do Estado de Israel. De Abraão até Moisés percebe-se o período de
transição entre o 1º e o 2º método;[19]

2º) Rm 11:30b-31a: Deus lida diretamente só com Israel, usando-o como nação
sacerdotal a favor dos povos (Gn 12:1-3). Através das maravilhas que Deus operava em
Israel e a seu favor, Ele atraía os outros povos (gentios) aSi (Ex 7:1-5; 9:18-21; Js 2:1-
24; 9:8-11, 21-27...). Este método vigorou desde a saída do Egito (Ex 4:22) até a
descida do Espírito Santo para habitar permanentemente nos crentes em Jesus (At 2).

3º) Rm 11:31a-31b: Deus lida diretamente com ambos (judeus e gentios) através de
pessoas regeneradas e habitadas pelo Espírito Santo, proclamando o evangelho (Rm
1:1-17). O método agora é nós, os crentes, irmos através do poder do Espírito Santo a
toda criatura (At 1:8; Mc 16:15; Mt 28:18-20). A compreensão do papel de Jesus como
missionário medianeiro entre o 2º e 3º métodos está explicitada em Rm 15:1-13.[20]

Tudo isso foi escrito como preâmbulo para se provar que os 120 anos dizem respeito ao
período entre o chamado de Noé e o dilúvio. Atentando para 1º método, encontraremos
a chave para a compreensão desta afirmativa. Observe a seguinte pergunta: será que
Deus já havia se pronunciado antes do chamado de Noé a respeito da destruição do
mundo pré-diluviano?

Se a resposta for positiva, estaremos provando que o chamado de Noé está ligado a
essas revelações de Deus a seus servos pré-diluvianos, não sendo o nascimento de seus
3 filhos o ponto de referência cronológico para o seu chamado.

Para obtermos a resposta a essa pergunta, recorremos novamente aos autores acima
citados, onde eles citam a análise bíblica feita por Arthur Walkington Pink de Gênesis 5
como referência. Vejamos:

“E certo que os homens crentes daquela época deveriam ter bom testemunho que
revelasse sua fé no Salvador. A conduta desses homens deveria ser bem marcante.
Arthur Pink, em seu livro ‘Gleanings in Genesis’ comenta a história de Enoque e
Matusalém, Gn 5:21-27, sugerindo que, tirando-se todas as pontuações do versículo 22,
pois era a escrita no original, verifica-se que Deus fora ao encontro de Enoque quando
lhe nascera Matusalém e desse encontro se originou o nome de seu filho, cujo
significado é: quando morrer virá ou Matusalém.[21] Judas, na sua epístola, fala de
Enoque, como proclamador da segunda vinda do Messias à geração que viveu antes
dilúvio. ‘Andou Enoque com Deus’ daquele momento em diante e foi arrebatado antes
do dilúvio (v.24).[22] O mesmo também faz um cálculo matemático com respeito à
validade da revelação de Deus: o v. 25 diz que Matusalém gerou Lameque quando tinha
a idade de 187 anos. No v. 28, afirma que com 182 anos Lameque gerou Noé. Logo
quando nasceu Noé, Matusalém tinha 369 anos, que é a soma de 187 mais 182. O
dilúvio começou quando Noé atingiu a idade de 600 anos (Gn 7:11), portanto,
Matusalém deveria ter alcançado a idade de 969 anos e morrido, ou seja a soma de 369
mais 600 anos. Nesse ano de vida de Noé, Deus cumprira a revelação que dera a Enoque
fazendo de Matusalém uma testemunha viva de que, antes do juízo vir, seria muito
longânimo e misericordioso.[23] Através de Matusalém poderiam controlar a época do
juízo. Quando morrer virá... o dilúvio. Por outro lado, quem foi em busca de Noé? Hb
11:4-7 diz literalmente que Noé foi movido a construir uma arca por temor à revelação
recebida. Em Gn 6:9-22 é Deus (Elohim), o Deus de compromisso, contemplando a
criação. ‘Assim fez Noé; conforme a tudo o que Deus (Elohim) lhe mandou, assim o
fez’, por compromisso. Deus ama a raça e tem um compromisso com toda a criação,
preservando-a [Hb 1:1-3; II Pe 3:7-11]. Aqui não é Deus convidando Noé para crer
n’Ele e sim Deus se revelando a um que já era crente. Aparentemente Noé não se
mostra surpreso com aquele modo de Deus se revelar a ele, sendo tal atividade normal
entre eles [comparar com Is 6]. No cap. 7:1 é o Senhor (Jeová) que fala a Noé: aqui é
Jeová julgando e é Jeová salvando também.[24]

Com o acima exposto e comparando com Jó 21:13-15 e 22:15-17 vemos que desde
Enoque Deus decretara o fim da raça pré-diluviana. Isto explica também as palavras de
Lameque que “este ( referindo-se a Noé) nos consolará acerca de nossas obras e do
trabalho de nossas mãos, por causa da terra que o SENHOR amaldiçoou” (Gn 5:29).

Amaldiçoou com que? “com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Espinhos e
cardos também, produzir-te-á...”? Não. Porque se fosse à maldição de Gn 3:17-19 que
Lameque estivesse se referindo então Deus falhou, pois até hoje elas existem. Logo
concluímos que Lameque se refere à profecia revelada a Enoque, sendo o “consolo de
nossas obras” o cumprimento de tudo que os “crentes” daquela época haviam pregado.

Concluímos que o chamado de Noé está intimamente relacionado com as revelações de


Deus aos seus servos pré-diluvianos. Logo, Deus chamou Noé quando ele tinha 480
anos.

Como assim?! E Gn 6:18? No chamado de Noé, Deus lhe revelou que somente sua
família, que ele ainda haveria de constituir futuramente (vinte anos depois falando de
filhos, não do casamento especificamente)[25], é que entrariam na arca, sendo que esta
revelação coincide cronologicamente com a queda dos anjos (que foi a “gota d’água” na
depravação do mundo pré-diluviano), bem caracterizado pelo emprego do advérbio
ENTÃO em Gn 6:3, e não havendo relação com o nascimento dos filhos de Noé.[26]

Para concluir, gostaria de fazer duas observações:

A primeira é que a Bíblia é inspirada inerrante por Deus, preservada inerrante por Deus,
suficiente[27] e a sua autoridade se estende por todos os assuntos em que se pronuncia,
quer seja Teologia propriamente dita quer seja Biologia, Física, Química, Matemática,
História, Geografia...[28]

Aprendi enquanto escrevia este artigo que não devemos fazer como alguns, que quando
são perguntados sobre assuntos “cinzentos” (como criacionismo X evolucionismo,
aborto, eutanásia, bebidas alcoólicas,...) dizem “a Bíblia nada fala a respeito disso” ou
“muito pouco se diz sobre este assunto” ou “a Bíblia não tem a intenção de ser um livro
científico” ou..., como se Deus não fosse capaz de se expressar com clareza, concisão e
objetividade nem se expressar sobre outro assunto que não fosse "teologia pura".

O que de fato devemos dizer é “humildemente falando, em decorrência de minhas


imperfeições (natureza pecaminosa, finitude de compreensão,...), pouco sei o que Deus
nos diz em Sua Palavra sobre este assunto. Preciso ler mais a Bíblia, orar por
discernimento e dedicar mais tempo para pesquisar”.

Nós é que somos imperfeitos, pecaminosos, dispersivos, prolixos,... e não o nosso Deus
nem a Sua Palavra (Dn 9:7,8; Pv 30:5,6).

A segunda observação é que quando Adão pecou, ele morreu espiritualmente MESMO,
e todos nós herdamos isso dele (Rm 3:23; 5:12; I Co 15:21a,22a). De fato, o pecado nos
arruinou por completo, e precisamos ter consciência disso e abandonar a idéia de que
nós podemos buscar a Deus pelos nossos esforços ou por auto-conscientização de
nossos pecados (Rm 3:9-18), pois as únicas coisas que fazemos de fato é deixar o
manancial de águas vivas e cavar cisternas rotas (Jr 2:13), sendo isso plenamente
perceptível já nos primeiros capítulos de Gênesis.

Em Gn 3 vemos mentiras, rebeldia, arrogância, dureza de coração. Em Gn 4 vemos


assassinatos, prostituição, bigamia, violência. Em Gn 6 Deus já diz a respeito do homem
que “toda imaginação de pensamentos de seu coração era SÓ MÁ
CONTINUAMENTE”.

Este artigo tem por finalidade elucidar ainda mais este contexto terrível em que caiu a
humanidade, pois escatologicamente falando, Jesus nos manda atentar para os dias de
Noé, revelando-nos que “como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho
do homem”. (Mt 24:37-39; Lc 17:26,27)[29]

Reitero, não foi um tropeço, mas uma queda mortal o que aconteceu no Éden!!! (Rm
5:12; Rm 3). E para não enveredarmos pelo mesmo caminho dos homens de Gênesis 6,
e desta vez sermos destruídos pelo fogo (II Pe 3), precisamos nos humilhar perante
Deus, sentir nossas misérias, lamentar e chorar (Tg 4:1-10). Precisamos reconhecer que
não buscamos o bem e não há nada de bom em nós (Is 64:6; Rm 3), que a salvação vem
SOMENTE do Senhor Jesus (At 4:12), que é Ele quem nos escolhe (Jo 6:37-40,44,63-
65; 15:16; Ef 1:16-20), que é somente pela graça que somos salvos (Ef 2:8,9), que até
nosso arrependimento e nossa fé são concessões divinas (At 11:18; Rm 2:2:3,4; II Tm
2:24-26; Fl 1:29,30) e as boas obras praticadas pelos salvos são feitas porque Deus as
“preparou para que andássemos nelas” (Ef 2:10).

Só assim procedendo é que veremos o quanto somos carentes da graça de Deus e


oraremos como Isaías e Daniel oraram:

“Por que, ó SENHOR, nos fazes errar teus caminhos? Por que endureces o nosso
coração, para que não te temamos? Volta, por amor dos teus servos, às tribos da tua
herança”. Is 63:17

“Inclina, ó Deus meu, os teus ouvidos, e ouve; abre os teus olhos, e olha para a nossa
desolação, e para a cidade que é chamada pelo teu nome, porque não lançamos as
nossas súplicas perante a tua face fiados em nossas justiças, mas em tuas muitas
misericórdias. Ó Senhor, ouve; ó Senhor perdoa; ó Senhor, atende-nos e age sem tardar;
por amor de ti mesmo, ó Deus meu; porque a tua cidade e o teu povo são chamados pelo
teu nome”. Dn 9:18,19

Amém!!!

[1] Utilizamos como tradução da Bíblia Sagrada para escrever este artigo a Edição
Corrigida e Revisada Fiel ao Texto Original (ACF) da Sociedade Bíblica Trinitariana do
Brasil (SBTB) porque é a única a traduzir para o Português os textos (Texto
Massorético – Velho Testamento e Textus Receptus – Novo Testamento sem nenhuma
mistura com o Texto Crítico) que Deus prometeu que não só inspiraria inerrante como
também preservaria inerrante até o seu retorno a este mundo como Rei e Juiz (ver I Cr
16:14,15; Sl 11:3; 12:6,7; 19:7-10; 33:11; 100:5; 102:12; 105:7,8; 111:7,8;
119:89,152,160; 138:2; Is 40:6-8; 59:19-21; Mt 4:4; 5:17,18; 24:35; Lc 4:4; 16:17;
21:33; Jo 12:46-49 ; I Ts 2:13; I Pe 1:23-25; Ap 22:18,19), e que de fato tem cumprido
(para detalhes técnicos e análise histórica que comprovam que Deus tem cumprido o
que prometeu ver: www.solascriptura-tt.org e www.esgm.org ). E também utilizamos
esta tradução porque ela utiliza o único método de tradução sancionado por Deus
através da própria Bíblia Sagrada: o método da Equivalência Formal ou seja, traduzir
palavra por palavra buscando-se na língua que se está traduzindo a palavra que tem o
mesmo ou o mais aproximado significado das palavras nas línguas originais hebraico,
aramaico e grego; e se necessário acrescentar algumas palavras para completar o
significado, fato este devido a diferenças gramaticais, destacá-las no texto para que o
leitor saiba que não estão no original. Traduzir por Equivalência Dinâmica ou seja,
traduzir o pensamento de Deus, a “verdadeira” mensagem que Ele queria dizer em
qualquer parte da Bíblia que estejamos lendo, além de ser uma audácia à mente Divina,
como se Deus não soubesse ou não pudesse se expressar com clareza, concisão e
objetividade, logo “precisando da ajuda” de tradutores, é principalmente contrário ao
que é sancionado na Bíblia Sagrada ( ver Pv 30:5,6; Ec 3:14,15; Is 55:6-11 com Sl 94:7-
11; bem como as 404 vezes no VT onde aparece a expressão “Assim diz o Senhor” e as
14 vezes no NT onde aparece a expressão “diz o Senhor” ao invés de “estes são os
pensamentos do Senhor” ou “isto é o que o Senhor queria dizer” (para maiores detalhes
ver os sites acima citados).

[2] Ver: Peter S. Ruckman, PhD. Gênesis 6, in Série de Comentários para Cristãos
Bíblicos. (encontrado no site http://asverdades.vilabol.uol.com.br/index.htm, link “Os
Filhos de Deus”).

[3] Para verificarmos a relevância deste ato basta lermos Lc 24:36-49, onde Jesus, para
provar que tinha um corpo (claro que corpo ressurrecto, mas isso não invalida esta
analogia) “tomou e comeu” o favo de mel e o peixe a Ele apresentados.

[4] Acrescentar o testemunho de Juizes 13, onde o anjo do SENHOR só não comeu o
cabrito oferecido por Manoá, porque Manoá não ofereceu essa refeição como gesto de
adoração e gratidão ao Deus Jeová, mas como se este “homem de Deus” fosse um deus
poderoso. Manoá só o reconheceu como anjo do SENHOR quando este assumiu corpo
espiritual.

[5] Em todas as referências da Bíblia Sagrada sobre anjos, ela os apresenta como sendo
do sexo masculino e sem asas. Favor verificar as 289 referências a anjo(s) e as 129
referências a asa(s) na Bíblia Sagrada.

[6] Em especial atentar para o tamanho da cama de Ogue: cerca de 4m de comprimento


por 1,8m de largura. Inclusive pelo fato de ser citada como prova da vitória de Israel
sobre os GIGANTES. Este é o motivo (ou pelos um dos motivos) pelo qual seja
raríssimo encontrar gigantes hoje em dia (vv. 11 e 13). Maiores detalhes ver:
PFEIFFER, Charles F. e HARRISON, Everett F. ed. Comentário Bíblico Moody (São
Paulo: IBR, 1986), Págs. 169, 170.

[7] “... no programa Globo Repórter da Rede Globo de televisão, exibido em


18/02/2000, foi entrevistado o homem mais alto do Brasil. O nome dele é Denis Albino,
26 anos. Devido a um distúrbio hormonal, media 2,27 metros de altura e calçava 54”. J.
Pedro M. Almeida, in “Glen Rose – Texas: evidências de homens e dinossauros
contemporâneos” (artigo no site www.baptistlink.com/creationists).

[8] Wilbur Pickering, PhD. In: PATÓGENOS – ORIGEM E SOLUÇÃO, nota de rodapé
3 (Artigo enviado em comunicação pessoal).
[9] Esta doutrina bíblica chama-se teologicamente de TRADUCIANISMO (lat. Tradux,
ramo ou broto) que diz que herdamos de nossos pais tanto o corpo quanto a alma.
(comparar Gn 1:26 com 5:3; vt Gn 1:11, 12, 20-25, 28; 46:26; Sl 51:5; Jo 1:12, 13; Hb
7:9, 10; referências quanto a solidariedade da raça humana e o pecado do 1º homem:
Rm 5:12-14; I Co 15:21, 22; Ef 2:1-3). Opõe-se a esta doutrina a teoria de que Deus cria
cada alma individualmente no momento em que lhe dá um corpo, conhecida como
criacionismo (citam em sua defesa Ec 12:7; Is 42:5; Zc 12:1; Hb 12:9). Não confundir
com o debate Criação X Evolução, não tem nenhum paralelo. Para uma análise mais
detalhada sobre o assunto: ELWELL, Walter A. ed. Enciclopédia Histórico-Teológica
da Igreja Cristã. (São Paulo: Vida Nova, 1990), verbetes ALMA e HOMEM,
DOUTRINA DO. Para uma interpretação correta das passagens citadas em defesa do
criacionismo da alma ver: DAGG, John L. Manual de Teologia (São Paulo: Fiel, 1998),
págs. 126-130.

[10] Sob hipótese alguma estamos dizendo que Deus foi “pego de surpresa”, pois Ele é
soberano e tudo decretou antes da fundação do mundo (Sl 33:6-11; Is 14:24-27; 46). O
que estamos fazendo ao escrever este artigo é que, rogando ao Espírito Santo que retire
o véu de nossos olhos (desvelar, I Jo 2:25-29), possamos compreender no registro
bíblico o que Deus decretou e fez, pois “... todos os moradores da terra são reputados
em nada, e segundo a sua vontade ele opera COM O EXÉRCITO DO CÉU e os
moradores da terra; não há quem possa estorvar a sua mão, e lhe diga: que fazes?” (Dn
5:35). Maiores informações ver: FALCÃO, Samuel. Predestinação. (São Paulo: Casa
Editora Presbiteriana, 1989), págs. 27-55 (publicado hoje com o nome “Escolhidos em
Cristo”).

[11] McSHANE, Albert e GOODING, A. M. S. Comentário Ritchie do Novo


Testamento, vol. 15 (São Paulo: Edições Cristãs e Shalom Publicações, 1996), pág. 214
( esta citação não quer dizer que o autor concorde com o acima exposto).

[12] O Fruto da relação anjos e mulheres morreu no dilúvio (II Pe 2:5).

[13] A Bíblia nos diz que o homem sem Deus sempre é escravo do pecado (ler Rm. 3)
até que Deus o liberte (ler Ef. 2:1-10). Contudo isto não invalida a argumentação
proposta, pois a Filosofia se encontra dentro do escopo da natureza caída do homem,
onde de fato a argumentação é verdadeira.

[14] Analisar as cerca de 61 referências a demônio(s) e 49 a Satanás na Bíblia Sagrada.

[15] Para provas bíblicas irrefutáveis de que a mulher é a nação de Israel ver:
PENTECOST, J. Dwight. Manual de Escatologia ( São Paulo: Editora Vida, 1998), pás
306 – 311.

[16] Para provar o uso da palavra ESTRELA(S) na Bíblia em referência a anjos


também, e não exclusivamente a corpos com luz própria no universo, conferir: Jó 38:1-
8; Is 14:10-15; Dn 38:8-11; Ap 1:20 (mesmo que neste caso anjo possa se referir ao
pastor da igreja).

[17] Afirmo categoricamente que a Bíblia deixa claro que a origem dos demônios
aconteceu após a criação de Gn 1, e que a origem de Satanás foi antes, não sendo
acontecimentos concomitantes. Se alguém encontrar versículos na Bíblia que provem o
contrário, por favor enviar-me: iquitus@click21.com.br.

[18] Para maiores detalhes sobre as catástrofes provocadas pelo dilúvio ver: MORRIS,
Henry M. Criação ou Evolução (São Paulo: Editora Fiel, 1974), págs. 53-83 e ABOU-
RAHME, Farid. E disse Deus... (São Paulo: Shalom Publicações, 2000), págs. 93-118.
Ou acessar www.criacionismo.com; www.solascriptura-tt.org.

[19] Para não confundir revelação com salvação como se estivéssemos falando a
respeito de 3 métodos de salvar, tenho a dizer sobre a salvação: a salvação sempre foi
pela fé. De Adão na fé de que Deus dizia a verdade sobre a árvore do conhecimento do
Bem e do Mal, atuando assim como seu Salvador (ver Gn 1:26,27; 2:15-17; 3:11
comparar com Jo 1:1-5 e Hb 1:3). De Adão até Jesus a salvação foi pela fé na vinda do
Salvador, cumprindo a promessa feita em Gn 3:15 (Mt 3:8; Jo 8:51-59; Rm 2; 3:9, 21-
31; 4:10-16; Hb 11:13-16, 37-40). De Jesus até os novos céus e terra a salvação é pela
fé de que Jesus é de fato nosso Salvador (Rm 10:8-10).

[20] Resumido e adaptado de: BRENNAN, Robert J. e CORREA, David R. D.


Profecias Messiânicas (São Paulo: editado pelos autores, 1989) págs. 53-57. Reitero em
dizer que nada do acima exposto significa mudança de planos por parte de Deus. Tudo
foi decretado antes da fundação do mundo e claramente registrado na Bíblia. Leia-a!

[21] Na verdade, é possível ter esta compreensão mesmo lendo em uma tradução, desde
que seja por equivalência formal do Texto Massorético como a nossa Almeida
Corrigida Fiel (SBTB).

[22] Discordamos dos autores neste ponto, pois a profecia proferida por Enoque refere-
se às pessoas de seu tempo, dada a ele no tempo do nascimento de seu filho Matusalém.
Judas a emprega como analogia (sendo ao todo 5 relacionadas ao VT em sua curta
epístola) aos homens ímpios dos quais Judas descrevia o comportamento, similar ao da
época pré-diluviana (Jd 5-8), comprovado pelo uso do advérbio TAMBÉM no v. 14.

[23] Neste ponto, mesmo sabendo do debate sobre Judas 9, se citação ou alusão ao livro
apócrifo Assunção de Moisés, que acreditamos que ainda será provado não ter
NENHUMA relação entre ambos também, podemos dizer enfaticamente pela
compreensão da origem dos demônios e do caráter missionário de Deus, que nem Pedro
(II Pe 2:4) nem Judas (Jd 6,14,15) citam ou aludem a obra apócrifa de I Enoque. E daí?
E daí que podemos continuar usando como um dos fortes argumentos bíblicos contra as
alegações da Igreja Católica pela inclusão dos apócrifos no Velho Testamento que nem
Jesus nem os apóstolos nem os demais escritores do Novo Testamento citam NENHUM
dos apócrifos nas mais de 350 referências que fazem ao Antigo Testamento. Maiores
detalhes sobre a rejeição bíblica dos apócrifos ver: www.solascriptura-tt.org, links sobre
Bíblia.

[24] Idem, págs. 57-60, também resumido e adaptado. Para leitura dos comentários de
Arthur W. Pink ver www.pbministries.org.

[25] Não seria preciso necessariamente existir os filhos de Noé para que Deus se
pronunciasse a ele mencionando-os. Para comprovar este modo de proceder de Deus,
vejamos o caso de Abrão, onde Deus lhe prometeu que seria “uma grande nação” sem
que Sara nem sequer estivesse grávida, sendo na verdade que além de estéril, Sara já
havia entrado na menopausa (Gn 18:11). Similar também é o caso de Isaque (Gn 25:19-
23).

[26] Mais um motivo para o nome de Noé estar na galeria de Hebreus 11, onde no v. 7
diz “... para salvação da sua família”, não porque ela já existisse mas porque Deus
assim lhe revelou!!!

[27] Sobre a suficiência das Escrituras Sagradas ver: Is 8:19,20; Lc 1:1-4; Jo 20:30,31;
Rm 1:16,17; Gl 1:8; I Pe 1:1-25 (especificamente vv. 11 e 12); II Pe 3:15,16; I Jo 1:1-4;
5:13; Ap 22:18,19.

[28] A Bíblia é um livro científico sim! Para provas bíblico-científicas irrefutáveis ver
os livros de MORRIS e ABOU-RAHME e os sites já mencionados. Veja também:
www.impacto.org/abpc e www.alfabetizacaopelabiblia.com.br.

[29] Para confirmar a repetição de Gn 6:1-12 no contexto da 2ª vinda de Jesus Cristo e


nos aspectos assinalados por Ele em Mt 24 e Lc 21 ver: Dn 2:40-43 e Ap 12:7-12.

∗ Alexander da Silva Vasconcelos tem 23 anos e é muito bem casado com a


bacharelanda em Pedagogia Liang Ramos Jansen de Melo Vasconcelos, morando em
São Luís/MA; é filho do Pastor José Luiz dos Santos Vasconcelos e da Educadora
Cristã Ruth da Silva Vasconcelos; é membro há 11 anos da Igreja Batista Nova Vida,
onde atualmente é líder do Departamento de Evangelismo e Missões – DEPEM; é
bacharelando em Administração pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA.

Revisão do texto: Mary Schultze

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a
edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma
(Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como
o Textus Receptus).

(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)
Satanalogia, a doutrina sobre Satanás, o Diabo, Lúcifer, acusador, adversário, Belzebu, serpente, dragão, Belial, maligno. angelologia, anjo,
abismo, Armagedon, anticristo, batalha espiritual, besta, demônios, endemoninhado, falso profeta, guerra espiritual, inferno, lago de fogo,
possessão, possesso, pecado, Satanás, satanismo, tártaro

II. SATANALOGIA, A
DOUTRINA SOBRE
SATANÁS O inimigo, que o semeou, é o diabo; e
a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros
são os anjos. (Mateus 13:39)

A. Sua existência: E disse-lhes: Eu via Satanás, como


raio, cair do céu. (Lucas 10:18)
E, se também Satanás está dividido
contra si mesmo, como subsistirá o seu
1. Ensinada em sete livros do Velho Testamento e reino? Pois dizeis que eu expulso os
demônios por Belzebu. (Lucas 11:18)
reconhecido por todos os [nove] escritores do Novo
Testamento.

2. Cristo reconheceu e ensinou a existência de Satanás (Mat


13:39; Luc 10:18 e 11:18).

... 3 E, chegando-se a ele o tentador,


disse: Se tu és o Filho de Deus, manda
que estas pedras se tornem em pães. ...
6 E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus,
lança-te de aqui abaixo; porque está
escrito: Que aos seus anjos dará
ordens a teu respeito, E tomar-te-ão
nas mãos, Para que nunca tropeces em
alguma pedra. ... 9 E disse-lhe: Tudo
isto te darei se, prostrado, me
adorares. ... (Mateus 4:3-11)
B. Sua personalidade [é uma pessoa]: Mas temo que, assim como a serpente
enganou Eva com a sua astúcia, assim
também ... (2 Coríntios 11:3)
... 7 E houve batalha no céu; Miguel e
1. Tem intelecto (Mat 4; 2Cor 11:3) -- cita as Escrituras. os seus anjos batalhavam contra o
dragão, ... 12 ... Ai dos que habitam na
terra e no mar; porque o diabo desceu
2. Tem emoções (Apo 12) -- ira. a vós, e tem grande IRA, sabendo que
já tem pouco tempo. ... 17 E o dragão
irou-se contra a mulher, e foi fazer
3. Tem arbítrio (resolução dependente da vontade) (2Cor guerra ao remanescente da sua
semente ... (Apocalipse 12:7-17)
2:26 [erro de digitação?]; Isa 14; Mat 25:41 e 2Ti 2:26) -- ... 13 E tu dizias no teu coração: Eu
moralmente responsável. subirei ao céu, acima das estrelas de
Deus exaltarei o meu trono, e no monte
da congregação me assentarei, aos
lados do norte. 14 Subirei sobre as
alturas das nuvens, e serei semelhante
ao Altíssimo ... (Isaías 14:12-15)
... Apartai-vos de mim, malditos, para o
fogo eterno, preparado para o diabo e
seus anjos; (Mateus 25:41)
E tornarem a despertar,
desprendendo-se dos laços do diabo,
em que à vontade dele estão presos. (2
Timóteo 2:26)
... 15 Perfeito eras nos teus caminhos,
C. Sua natureza: desde o dia em que foste criado, até
que se achou iniqüidade em ti. (Ezequiel
28:14-15)
11 Revesti-vos de toda a armadura de
1. Um ser criado (Eze 28:14,15) -- Portanto tem que Deus, para que possais estar firmes
contra as astutas ciladas do diabo. 12
responder perante seu criador. Porque não temos que lutar contra a
carne e o sangue, mas, sim, contra os
principados, contra as potestades,
2. Um ser espiritual (Efé 6:11,12). contra os príncipes das trevas deste
século, contra as hostes espirituais da
maldade, nos lugares celestiais.
3. Foi um Querubim (Eze 28:14). (Efésios 6:11-12)
Tu eras o querubim, ungido para
cobrir, e te estabeleci; no monte santo de
4. O ser angelical mais elevado (Eze 28:12). Deus estavas, no meio das pedras
afogueadas andavas. (Ezequiel 28:14)
Filho do homem, levanta uma
5. Limitações: lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-
lhe: Assim diz o Senhor DEUS: Tu eras
o selo da medida, cheio de sabedoria e
perfeito em formosura. (Ezequiel
a. Ele é uma criatura e por conseguinte, não é nem 28:12)
onipotente, nem onipresente nem onisciente. Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao
diabo, e ele fugirá de vós. (Tiago 4:7)
E disse o SENHOR a Satanás: Eis que
b. Pode ser resistido pelos salvos (Tia 4:7). tudo quanto ele tem está na tua mão;
somente contra ele não estendas a tua
mão. E Satanás saiu da presença do
SENHOR. (Jó 1:12)
c. Deus lhe colocou certas limitações (Jó 1:12). Vós tendes por pai ao diabo, e
quereis satisfazer os desejos de vosso
pai. Ele foi homicida desde o princípio,
6. Traços da personalidade: e não se firmou na verdade, porque
não há verdade nele. Quando ele
profere mentira, fala do que lhe é
a. É um assassino (Joã 8:44a). próprio, porque é mentiroso, e pai da
mentira. (João 8:44)
Quem comete o pecado é do diabo;
b. É um mentiroso (Joã 8:44b). porque o diabo peca desde o princípio.
Para isto o Filho de Deus se manifestou:
para desfazer as obras do diabo. (1 João
c. É um pecador inveterado (1Jo 3:8). 3:8)
E ouvi uma grande voz no céu, que
dizia: Agora é chegada a salvação, e a
força, e o reino do nosso Deus, e o poder
d. É um acusador (Apo 12:10). do seu Cristo; porque já o acusador de
nossos irmãos é derrubado, o qual
diante do nosso Deus os acusava de dia
e. É um adversário (1Pe 5:8). e de noite. (Apocalipse 12:10)
Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo,
vosso adversário, anda em derredor,
bramando como leão, buscando a
quem possa tragar; (1 Pedro 5:8)
E não é maravilha, porque o próprio
D. Nomes principais: Satanás se transfigura em anjo de
luz.(2Co 11:14)
... e Satanás estava à sua mão direita,
para se lhe opor. (Zacarias 3:1)
1. Satanás -- adversário (2Co 11:14 [; Zac 3:1; 1Te 2:18]). ... mas Satanás no-lo impediu. (1
Tessalonicenses 2:18)
Então foi conduzido Jesus pelo
2. Diabo -- caluniador (Mat 4:1). Espírito ao deserto, para ser tentado
pelo diabo. (Mat 4:1)
E foi precipitado o grande dragão, a
3. Serpente -- enganador (Apo 12:9). antiga serpente, chamada o Diabo, e
Satanás, que engana todo o mundo; ele
foi precipitado na terra, e os seus anjos
4. Lúcifer -- portador de luz (Isa 14:12) [Ver NOTA]. foram lançados com ele. (Apo 12:9)
Como caíste desde o céu, ó Lúcifer
[Ver NOTA], filho da manhã! Como
foste cortado por terra, tu que
5. Maligno (1Jo 5:19). debilitavas as nações! (Isa 14:12,
tradução KJV)
NOTA DO TRADUTOR em Isa 14:12:
6. Dragão (Apo 12:17). "Estrela da manhã" não é a melhor
tradução, pois é título do nosso Senhor
Jesus Cristo em Apo 2:28; 22:16. Deve
7. Príncipe deste mundo (Jo 12:31). ser adotada a tradução "Lúcifer", tal
como está, por exemplo, em Bíblias da
Reforma tais como a KJV(1611) e a
8. O deus deste século (2Co. 4:4). SEV(1596). "Lúcifer" significa
"portador da luz" ou "transportador da
luz", e bem expressa o sentido de
"01966 llyh heylel".
9. Acusador dos irmãos (Ap 12:10). Sabemos que somos de Deus, e que
todo o mundo está no maligno.(1João
5:19)
10. Belzebu -- príncipe dos demônios (Mat 12:24). E o dragão irou-se contra a mulher, e
foi fazer guerra ao remanescente da
sua semente, os que guardam os
11. Belial (2Co 6:15). mandamentos de Deus, e têm o
testemunho de Jesus Cristo. (Apo 12:17)
Agora é o juízo deste mundo; agora
será expulso o príncipe deste mundo.
(João 12:31)
Nos quais o deus deste século cegou os
entendimentos dos incrédulos, para
que lhes não resplandeça a luz do
evangelho da glória de Cristo, que é a
imagem de Deus. (2Co 4:4)
E ouvi uma grande voz no céu, que
dizia: Agora é chegada a salvação, e a
força, e o reino do nosso Deus, e o poder
do seu Cristo; porque já o acusador de
nossos irmãos é derrubado, o qual
diante do nosso Deus os acusava de dia
e de noite. (Apo 12:10)
Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam:
Este não expulsa os demônios senão
por Belzebu, príncipe dos demônios.
(Mat 12:24)
Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam:
Este não expulsa os demônios senão por
Belzebu, príncipe dos demônios. (Mat
12:24)
E que concórdia há entre Cristo e
Belial? Ou que parte tem o fiel com o
infiel? (2 Coríntios 6:15 BRP)
11 ¶ Veio a mim a palavra do
SENHOR, dizendo: 12 Filho do homem,
levanta uma lamentação sobre o rei de

E. Queda de Satanás: Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor


DEUS: Tu eras o selo da medida, cheio
de sabedoria e perfeito em formosura.
13 Estiveste no Éden, jardim de Deus;
(compare. Ezequiel 28 e Isaías 14) de toda a pedra preciosa era a tua
cobertura: sardônia, topázio, diamante,
turquesa, ônix, jaspe, safira, carbúnculo,
esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus
1. Seu pecado (Isa 14:5,12-15) -- "EU. . . ." tambores e os teus pífaros; no dia em que
foste criado foram preparados. 14 Tu
eras o querubim, ungido para cobrir, e
a. Eu subirei ao céu (Eu tirarei o lugar a Deus). te estabeleci; no monte santo de Deus
estavas, no meio das pedras
afogueadas andavas. 15 Perfeito eras
b. Eu exaltarei meu trono acima das estrelas de Deus (acima nos teus caminhos, desde o dia em que
foste criado, até que se achou
dos anjos). iniqüidade em ti. 16 Na multiplicação
do teu comércio encheram o teu interior
de violência, e pecaste; por isso te lancei,
c. Eu me assentarei no monte da congregação na banda dos profanado, do monte de Deus, e te fiz
lados do norte. perecer, ó querubim cobridor, do meio
das pedras afogueadas. 17 Elevou-se o
teu coração por causa da tua
formosura, corrompeste a tua
d. Eu subirei acima. . . das nuvens (a glória de Deus). sabedoria por causa do teu resplendor;
por terra te lancei, diante dos reis te pus,
para que olhem para ti. (Eze 28:11-17)
e. Eu serei semelhante ao Altíssimo. (Satanás queria ser o
possuidor dos céus e da terra.) - O seu pecado foi a soberba
(1Ti 3:6) e pode ser caracterizado como o de falsificar Deus
(ser semelhante ao Altíssimo) [através do engano, tentar Como caíste desde o céu, ó Lúcifer
simular e imitar o poder de Deus, para, assim, receber a [Ver NOTA], filho da manhã! Como
foste cortado por terra, tu que
adoração devida a Ele e tentar tomar-Lhe o lugar, tentar ser debilitavas as nações! (Isa 14:12,
tradução KJV)
igual a Deus] . NOTA DO TRADUTOR em Isa 14:12:
"Estrela da manhã" não é a melhor
tradução, pois é título do nosso Senhor
Jesus Cristo em Apo 2:28; 22:16. Deve
ser adotada a tradução "Lúcifer", tal
como está, por exemplo, em Bíblias da
Reforma tais como a KJV(1611) e a
SEV(1596). "Lúcifer" significa
"portador da luz" ou "transportador da
luz", e bem expressa o sentido de
"01966 llyh heylel".
E tu dizias no teu coração: Eu subirei
ao céu, acima das estrelas de Deus
exaltarei o meu trono, e no monte da
congregação me assentarei, aos lados
do norte. (Isa 14:13)
Subirei sobre as alturas das nuvens,
e serei semelhante ao Altíssimo. (Isa
14:14)
E contudo levado serás ao inferno, ao
mais profundo do abismo. (Isa 14:15)
Não neófito, para que,
ensoberbecendo-se, não caia na
condenação do diabo. (1Ti 3:6)
Na multiplicação do teu comércio
encheram o teu interior de violência, e
pecaste; por isso te lancei, profanado,
do monte de Deus, e te fiz perecer, ó
querubim cobridor, do meio das
pedras afogueadas. (Eze 28:16)
Então o SENHOR Deus disse à
serpente: Porquanto fizeste isto, maldita
serás mais que toda a fera, e mais que
todos os animais do campo; sobre o teu
ventre andarás, e pó comerás todos os
dias da tua vida. E porei inimizade entre
ti e a mulher, e entre a tua semente e a
sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu
2. Seu castigo: lhe ferirás o calcanhar. (Gên 3:14,15)
Agora é o juízo deste mundo; agora
será expulso o príncipe deste mundo.
a. Expulso da sua posição original do Céu (Eze 28:16). (Joã 12:31)
E houve batalha no céu; Miguel e os
seus anjos batalhavam contra o dragão, e
batalhavam o dragão e os seus anjos;
b. No jardim do Éden (Gen. 3:14-15). Mas não prevaleceram, nem mais o seu
lugar se achou nos céus. E foi
precipitado o grande dragão, a antiga
c. Na cruz (Joã 12:31). serpente, chamada o Diabo, e Satanás,
que engana todo o mundo; ele foi
precipitado na terra, e os seus anjos
d. Barrado totalmente o acesso ao Céu durante [a partir de a foram lançados com ele. E ouvi uma
grande voz no céu, que dizia: Agora é
metade de] a Septuagésima Semana de Daniel (Apo 12:7- chegada a salvação, e a força, e o reino
13). do nosso Deus, e o poder do seu Cristo;
porque já o acusador de nossos irmãos é
derrubado, o qual diante do nosso Deus
e. Confinado no abismo (Apo 20:2). os acusava de dia e de noite. E eles o
venceram pelo sangue do Cordeiro e pela
palavra do seu testemunho; e não
amaram as suas vidas até à morte. Por
f. Lançado para dentro do Lago de Fogo (Apo 20:10). isso alegrai-vos, ó céus, e vós que neles
habitais. Ai dos que habitam na terra e
no mar; porque o diabo desceu a vós, e
tem grande ira, sabendo que já tem
pouco tempo. E, quando o dragão viu
que fora lançado na terra, perseguiu a
mulher que dera à luz o filho homem.
(Apo 12:7-13)
Ele prendeu o dragão, a antiga
serpente, que é o Diabo e Satanás, e
amarrou-o por mil anos. (Apo 20:2)
E o diabo, que os enganava, foi
lançado no lago de fogo e enxofre, onde
está a besta e o falso profeta; e de dia e
de noite serão atormentados para todo
o sempre. (Apo 20:10)
E, chegando-se a ele o tentador, disse:
F. Trabalho de Satanás relacionado Se tu és o Filho de Deus, manda que
estas pedras se tornem em pães. Ele,

com: porém, respondendo, disse: Está escrito:


Nem só de pão viverá o homem, mas
de toda a palavra que sai da boca de
Deus. Então o diabo o transportou à
1. Deus: cidade santa, e colocou-o sobre o
pináculo do templo, E disse-lhe: Se tu és
o Filho de Deus, lança-te de aqui
abaixo; porque está escrito: Que aos
a. Tenta opor-se ao plano de Deus em todas as áreas e por seus anjos dará ordens a teu respeito,
todos os meios possíveis. E tomar-te-ão nas mãos, Para que
nunca tropeces em alguma pedra.
Disse-lhe Jesus: Também está escrito:
Não tentarás o Senhor teu Deus.
b. Tenta falsificar o plano de Deus. Novamente o transportou o diabo a um
monte muito alto; e mostrou-lhe todos os
reinos do mundo, e a glória deles. E
c. Tentou Cristo (Mat 4:3-11). disse-lhe: Tudo isto te darei se,
prostrado, me adorares. Então disse-lhe
Jesus: Vai-te, Satanás, porque está
d. Possuiu o corpo de Judas para trair Cristo (Joã 13:27). escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás,
e só a ele servirás. Então o diabo o
deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o
serviam. (Mat 4:3-11)
E, após o bocado, entrou nele
Satanás. Disse, pois, Jesus: O que fazes,
faze-o depressa. (Joã 13:27)
Nos quais o deus deste século cegou
os entendimentos dos incrédulos, para
que lhes não resplandeça a luz do
evangelho da glória de Cristo, que é a
imagem de Deus. (2Co 4:4)
E os que estão junto do caminho, estes
são os que ouvem; depois vem o diabo, e
tira-lhes do coração a palavra, para
que não se salvem, crendo; (Luc 8:12)
2. Descrentes: Conheço as tuas obras, e onde habitas,
que é onde está o trono de Satanás; e
reténs o meu nome, e não negaste a
a. Cega-lhes as mentes (2Co 4:4). minha fé, ainda nos dias de Antipas,
minha fiel testemunha, o qual foi morto
entre vós, onde Satanás habita. (Apo
b. Rouba-lhes a Palavra dos seus corações (Luc 8:12). 2:13)
E da boca do dragão, e da boca da
besta, e da boca do falso profeta vi sair
c. Usa descrentes para se opor ao trabalho de Deus (Apo três espíritos imundos, semelhantes a rãs.
Porque são espíritos de demônios, que
2:13). fazem prodígios; os quais vão ao
encontro dos reis da terra e de todo o
mundo, para os congregar para a
d. Reuni-los-á para a batalha do Armagedon (Apo 16:13-16). batalha, naquele grande dia do Deus
Todo-Poderoso. Eis que venho como
ladrão. Bem-aventurado aquele que
e. Atualmente engana-os (Apo 20:3). vigia, e guarda as suas roupas, para que
não ande nu, e não se vejam as suas
vergonhas. E os congregaram no lugar
que em hebreu se chama armagedon.
(Apo 16:13-16)
E lançou-o no abismo, e ali o
encerrou, e pôs selo sobre ele, para que
não mais engane as nações, até que os
mil anos se acabem. E depois importa
que seja solto por um pouco de tempo.
(Apo 20:3)
Disse então Pedro: Ananias, por que
3. Crentes: encheu Satanás o teu coração, para
que mentisses ao Espírito Santo, e
retivesses parte do preço da herdade?
a. Tenta os crentes para mentirem (Atos 5:3). (Ato 5:3)
E ouvi uma grande voz no céu, que
dizia: Agora é chegada a salvação, e a
b. Acusa e calunia os crentes (Apo 12:10). força, e o reino do nosso Deus, e o poder
do seu Cristo; porque já o acusador de
nossos irmãos é derrubado, o qual
diante do nosso Deus os acusava de dia
c. Pode impedir o trabalho de um salvo (1Ts 2:18). e de noite. (Apo 12:10)
Por isso bem quisemos uma e outra vez
ir ter convosco, pelo menos eu, Paulo,
d. Tenta derrotar-nos através de demônios (Efé 6:12). mas Satanás no-lo impediu. (1Te 2:18)
Porque não temos que lutar contra a
carne e o sangue, mas, sim, contra os
e. Tenta-nos para a imoralidade (1Co 7:5). principados, contra as potestades,
contra os príncipes das trevas deste
século, contra as hostes espirituais da
maldade, nos lugares celestiais. (Efé
f. Semeia falsificadores entre os crentes (Mat 13:38,39). 6:12)
Não vos priveis um ao outro, senão
por consentimento mútuo por algum
g. Incita perseguição contra os crentes (Apo 2:10). tempo, para vos aplicardes ao jejum e à
oração; e depois ajuntai-vos outra vez,
para que Satanás não vos tente pela
vossa incontinência. (1Co 7:5)
O campo é o mundo; e a boa semente
são os filhos do reino; e o joio são os
filhos do maligno; O inimigo, que o
semeou, é o diabo; e a ceifa é o fim do
mundo; e os ceifeiros são os anjos. (Mat
13:39)
Nada temas das coisas que hás de
padecer. Eis que o diabo lançará alguns
de vós na prisão, para que sejais
tentados; e tereis uma tribulação de
dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a
coroa da vida. (Apo 2:10)

Portanto, pode também salvar


perfeitamente os que por ele se chegam a
Deus, vivendo sempre para interceder
por eles. (Heb 7:25)
Não peço que os tires do mundo, mas
que os livres do mal. (Joã 17:15)
Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo,
vosso adversário, anda em derredor,
bramando como leão, buscando a
quem possa tragar; (1Pe 5:8)
E, contudo, também estes,
semelhantemente adormecidos,
contaminam a sua carne, e rejeitam a
dominação, e vituperam as dignidades.
Mas o arcanjo Miguel, quando
G. Defesas do crente contra Satanás: contendia com o diabo, e disputava a
respeito do corpo de Moisés, não ousou
pronunciar juízo de maldição contra
ele; mas disse: O Senhor te repreenda.
1. Intercessão de Cristo (Heb 7:25; Joã 17:15). (Jud 1:8-9)
Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao
diabo, e ele fugirá de vós. (Tia 4:7)
2. Ter a atitude correta para com Satanás (1Pe 5:8 e Judas Foge também das paixões da
mocidade; e segue a justiça, a fé, o
1:8,9). amor, e a paz com os que, com um
coração puro, invocam o Senhor. (2Ti
2:22)
3. Estar vigilante contra Satanás (1Pe 5:8). Revesti-vos de toda a armadura de
Deus, para que possais estar firmes
contra as astutas ciladas do diabo.
4. Tomar uma atitude de resistência contra Satanás, mas por Porque não temos que lutar contra a
carne e o sangue, mas, sim, contra os
vezes devemos fugir (Tia 4:7 e 2Ti 2:22). principados, contra as potestades,
contra os príncipes das trevas deste