Você está na página 1de 3

Cotação da

Cotação da
questão
questão

2.2 O reduzido corpo cívico da polis grega devia-se:


a) à exiguidade do território da polis;
DEPARTAMENTO CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS ANO LETIVO b) à concessão do direito de cidadania apenas aos homens;
2014_2015 c) às restrições impostas ao acesso à cidadania;
d) às rivalidades entre as várias polis Documento 3
CURSO DE MODELISMO DE VESTUÁRIO gregas.
A B
TESTE DE AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES 3. A situação política, económica e 1. Sócrates - C Comédia
social de Atenas no século V a.C. contribuiu 2. Sófocles - F Medicina
MÓDULO I - A CULTURA DA ÁGORA para um novo impulso no pensamento, nas 3. Hipócrates - B Filosofia
1MV1417 DATA: 20-10-2014 ciências e nas artes: a par do mito, a política,
a lei, a democracia, o Homem e o seu modelo 4. Heródoto - G Literatura
Grupo I de atuação em sociedade passaram a ser os 5. Aristófanes - A Matemática
Observa atentamente o mapa e a figura. assuntos de reflexão e especulação de
Doc. 2 6. Pitágoras - E Teatro - tragédia
1. Organizada em cidades estado, a Grécia muitos filósofos.
7. Homero - D História
antiga cedo se virou cedo para as atividades
marítimo-comerciais e a colonização de 14 3.1 Faz a correta associação entre os elementos das duas colunas do documento 3.
regiões mediterrânicas. 10 3.2 Refere o objetivo da educação para os gregos.
O objetivo da educação grega era a formação integral do cidadão - com uma boa preparação cultural,
cívica e física. O seu lema era "mente sã em corpo são".

Grupo II Doc. 4 - Péricles


1. Lê atentamente o documento
Texto A - Temos um regime político que não nos faz invejar as leis das
cidades vizinhas. Pelo contrário, em vez de querermos imitá-las, somos o seu
modelo e exemplo. O nome desse regime é democracia, porque procura
satisfazer o maior número de pessoas e não apenas uma minoria. As nossas
leis concedem os mesmos direitos a todos os cidadãos [...]. Só o valor de cada
Doc. 1 - Mundo Helénico cidadão conta para atribuição de distinções e honras. O mérito vale mais do que
1.1 Localiza geograficamente a Grécia Antiga no seu núcleo original. a fortuna. A pobreza não impede que um cidadão capaz desempenhe cargos
A Grécia Antiga localizava-se no Mediterrâneo oriental, na península Balcânica e nas lhas do mar Egeu públicos na polis. [...] Somos tolerantes, mas mantemo-nos fiéis aos magistrados
e Costas da Ásia Menor - o seu território era constituído pela Grécia continental, pela Grécia insular e e às leis.
Grécia Asiática, respetivamente. [...] Numa palavra, a nossa cidade é a escola da Grécia.
Péricles citado por Tucídides, História da Guerra do Peloponeso, séc. V a. C.
1.2 Diz para onde se expandiram os Gregos. 5 1.1 Identifica o regime político a que alude o discurso do texto A.
No século VIII a.C., os Gregos expandiram-se para as costas do Mar Negro e costas do Mediterrâneo. 10 O regime criado por este povo foi a democracia.
8 1.2 Diz quem foi Péricles (doc. 4).
1.3 Indica o nome dos monumentos marcados de 1 a 5.
1. Templo de Atena Niké Péricles, hábil político e excelente orador, eleito estratego pela Eclésia, governou Atenas durante
2. Pártenon 9 cerca de 30 anos consecutivos - entre 462 e 429 a.C. e o seu contributo foi tão importante, que o
3. Erectéion século em que viveu – século V a.C. – ficou conhecido como “o século de Péricles”.
4. Os Propileus Durante o seu governo, a riqueza abundou devido aos tributos que obrigou as cidades da Liga de
5. Estátua de Atena Promachos. Delos a pagar a Atenas, conferiu a esta polis a supremacia política e cultural.
Foi o responsável pela reconstrução da acrópole; consolidou os mecanismos da democracia
2. Seleciona a opção correta para responder aos itens 1 e 2. ateniense, aumentando a representatividade do povo; diminuiu o papel dos aristocratas no Tribunal do
Areópago e aumentou a intervenção da Assembleia e do Tribunal do Povo; instituiu um subsídio para
2.1 O termo polis designa:
os menos ricos poderem aceder aos cargos políticos (“misthos”), e defendeu o pan-helenismo -
a) o conjunto das cidades da Grécia Antiga; desenvolveu os cultos e festivais.
b) o conjunto dos homens livres das cidades gregas; Durante o seu governo, muitos artistas, intelectuais e filósofos da Magna Grécia e de outras
c) as pequenas comunidades gregas, aliadas entre si, em torno de um núcleo urbano; cidades-estado gregas vieram viver e trabalhar em Atenas, fazendo dela a Escola da Grécia: centro
d) as pequenas comunidades gregas, independentes, organizadas em torno de um núcleo urbano. da cultura helénica e da democracia, futura capital da Hélade Unificada pela política de Péricles.

Teste de HCA – Módulo I 5 Professora: Teresa Gonçalves


4
5
Cotação da

Cotação da
questão
questão

1.3 Partindo da leitura atenta do texto A, refere quatro aspetos referidos por Péricles faziam 3. Texto C - “O Pártenon dá a impressão
da democracia ateniense um modelo a seguir. de estar baseado em linhas absolutamente
Segundo Péricles, a democracia ateniense era um modelo a seguir, pois: retas (…). No entanto, não só a base e o
 Atenas tinha um regime político – a democracia – que procurava satisfazer o maior número de entablamento são curvos, como também não
pessoas e não apenas uma minoria; existe uma única linha reta em todo o edifício
 As suas leis concediam os mesmos direitos a todos os cidadãos; (…). As colunas apresentam o que Vitrúvio
 Só o valor de cada cidadão contava na atribuição de distinções e honras, já que o mérito valia chamou de entasis, isto é, uma inclinação curva
mais do que a riqueza;
impercetível que começa a um nível de dois
 A pobreza não impedia um cidadão capaz de desempenhar cargos públicos, pois a cidade
concedia-lhes um subsídio – as mistoforias; quintos da altura do fuste (…). Doc. 5 - Pártenon
 Eram tolerantes, mas mantinham-se fiéis aos magistrados e às leis. Leland M. Roth, Entender la Arquitetura.
Barcelona: Gustavo Gili, 1993, p. 219.
1.4 Identifica 3 imperfeições deste regime criado pelos atenienses. 3.1 Evidencia quatro características a nível formal, funcional e estrutural que distinguem o
A democracia ateniense apresentava profundas limitações e contradições quando comparada com os
regimes democráticos atuais: Pártenon.
 os cidadãos, que representavam uma minoria da população, eram os únicos com direitos  Dedicado a Atena Párthenos, o Pártenon é um templo períptero (apresenta um peristilo – colunas
políticos já que as mulheres, os metecos e os escravos não tinham direitos políticos (de exercer o a toda a volta) dórico.
direito de voto e governar a cidade);  É anfiprostilo (com dois pórticos) e octástilo (com 8 colunas nas fachadas), com 17 colunas
 a prática da escravatura contraria a igualdade de direitos defendida pela democracia; laterais.
 havia limites à liberdade de expressão como testemunha a prática do ostracismo (castigo  É construído com mármore Pentélico e policromado;
aplicado aos cidadãos, que consistia na condenação ao exílio por 10 anos) e a condenação à morte;  O acesso ao seu interior efetuava-se pelo pronaos ou átrio, por onde se entrava na cella, que
 Atenas liderou a Liga de Delos, uma aliança defensiva que unia várias cidades-estado contra estava dividida em três naves por duas fileiras de colunas, entre as quais estava colocada a
as invasões dos Persas. A partir de 449 a. C., com o fim das guerras médicas (contra os Persas), estátua criselefantina, em ouro e marfim, de Atena – da autoria de Fídias.
Atenas serviu-se da Liga de Delos para impor a sua supremacia económica e política sobre os seus  A divisão chamada Pártenon, ficava situada atrás da cella e era reservada unicamente ao serviço
aliados, obrigando-as a pagar-lhe um tributo e exercendo um imperialismo marítimo no mar Egeu. das sacerdotisas ("parthénos").
 Neste templo misturam-se as ordens dórica e jónica: a ordem jónica decora o friso pan-atenaico
que circunda a cella, assim como está presente nos capitéis das quatro colunas da cella,
2. Interpreta documentos. enquanto a dórica está presente nos restantes elementos do templo.
Texto B - «Xerxes – Desventurado de mim, terrível e inesperada foi a sorte que me coube! Com que
 A decoração escultórica das métopas apresenta cenas de gigantomaquia, amazonomaquia,
crueza o destino feriu a raça dos Persas! [...] Quebram-se-me os membros na presença dos venerandos
centauromaquia e da guerra de Troia.
homens da cidade. Porque não partilhei eu, ó Zeus, a sorte dos meus guerreiros que o destino
mergulhou na morte?  O friso jónico da cella mostra a procissão das Pan-Ateneias.
Corifeu – Ai de nós, ó rei! Deploro o nosso soberbo exército, glória do império persa; deploro esta veste  Os frontões, também atribuídos a Fídias, apresentam o nascimento de Atena e a sua luta com
de guerreiros que o Destino ceifou. Posídon pela posse da Ática.
Coro – O país chora a juventude que brotou do seu solo, massacrada por Xerxes, fornecedor do Hades
que abasteceu de Persas. [...] Choremos, choremos os nossos valentes defensores! A Ásia, ó rei desta 3.2 Partindo da observação do doc. 5 e da leitura do Texto C, explicita os objetivos das
terra, lastimavelmente, lastimavelmente dobrou os joelhos.» curvaturas impostas aos elementos estruturais do edifício.
Excerto do Diálogo entre o Coro e Xerxes, na tragédia Os Persas, 472 a. C. A busca da perfeição foi da tal forma importante para os Gregos, que eles procuraram corrigir até
as ilusões de ótica: as colunas e os frisos do Pártenon parecem, a quem os observa, linhas
2.1 Indica o acontecimento de que se lastimam Xerxes e o coro no texto B. perfeitamente verticais e horizontais, mas foram construídos com diferentes graus de curvatura,
Xerxes lastimava-se da pesada derrota dos Persas na batalha de Salamina. para que fosse corrigida uma ilusão ótica de distorção das formas, a qual faria o templo, se feito
2.2 Refere o nome do conflito bélico em que se inseriu esta batalha. com linhas retas, parecer ligeiramente côncavo. Para compensar, os Gregos criaram esta
Esta batalha inseriu-se nas Guerras Médicas. correção técnica, conhecida por Entasis, tornando as colunas e o entablamento ligeiramente
2.3 Diz quem escreveu a tragédia Os Persas. convexos.
Ésquilo foi o autor de “Os Persas”.
2.4 Explica o significado da expressão do coro quando afirma «A Ásia, ó rei desta terra,
lastimavelmente, lastimavelmente dobrou os joelhos.»
Esta expressão significa que a Pérsia, a que o coro chamou “Ásia”, tinha sido derrotada (dobrar os
joelhos corresponde à posição de vencido).

Teste de HCA – Módulo I Professora: Teresa Gonçalves


Cotação da

Cotação da
questão
questão

Grupo III 2.2 Ordena cronologicamente cada uma dessas formas de arte, da peça mais antiga
1. A arquitetura grega incluiu vários tipos de construções, mas teve a sua versão mais perfeita para a mais recente, escrevendo os números na tua folha de respostas.
nos templos, morada dos deuses e símbolos da polis.
1.1 Faz a legenda das Doc. 14, doc. 10, doc. 9, doc. 13, doc. 11, doc. 12, doc. 7 e doc. 8.
Doc. 6
partes constituintes do templo
assinaladas no doc. 5. 2.3 Indica o primeiro cânone da escultura grega.
O primeiro cânone da escultura grega verificou-se com Policleto, que determinou que o
corpo humano ideal deveria ser 7 vezes o tamanho da cabeça.
1.2 Identifica a ordem
arquitetónica deste templo.
A ordem arquitetónica a que 3. “O vaso de Pronomos é uma cratera de volutas de grandes dimensões (75 cm de
pertence o Pártenon é a ordem altura, 33,5 cm de diâmetro na parte mais larga, encontrado em Ruvo di Puglia, na Magna
dórica. Grécia, Itália, em 1838”.

3.1 Caracteriza, estilisticamente, o vaso de Pronomos.


O vaso de Pronomos pertence ao estilo de figuras
vermelhas.
3.2 Indica o assunto da sua decoração.
1.1 Legenda do templo
2. Observa o conjunto documental que se segue. O tema do vaso é o teatro e os atores.
1. Envasamento
3.3 Explica por que razão se diz que a cerâmica grega é
2. Coluna
3. Entablamento
um arquivo de imagens.
4. Frontão A importância fundamental da cerâmica grega reside no
5. Estereóbata seu valor documental. As suas pinturas constituem relatos
6. Estilóbata de cenas míticas, representação de reis e atletas, de cenas
7. Fuste do quotidiano. Na falta de outros documentos históricos,
8. Cochim como o da pintura mural, que desapareceu quase toda, é à
9. Ábaco cerâmica que vamos colher as informações necessárias
10. Capitel para o entendimento da cultura, da civilização e da plástica
11. Arquitrave gregas. Doc. 16 – Vaso de
12. Friso
Pronomos
13. Cornija
14. Tríglifo
15. Métopa
16. Tímpano

2.1 Identifica 4 obras de


arte representadas nos
documentos (do doc. 7
ao doc. 15).

Doc. 7 – Apoxiómeno, de Lísipo – séc. IV a.C. – 7.º


Doc. 8 – Vitória de Samotrácia – séc. II a.C. – 8.º
Doc. 9 – Auriga, de Delfos – início do séc. V a.C. – 3.º
Doc. 10 – Kouros de Anavyssus – séc. VII a.C. – 2.º
Doc. 11 – Discóbolo, de Míron – séc. V a.C. – 5.º
Doc. 12 – Pórtico das Cariátides, do Erectéion – séc. V a.C. (finais) – 6.º
Doc. 13 – Vaso de cerâmica do período clássico – séc. V a.C. – 4.º
Doc. 14 – Ânfora de estilo geométrico, do período arcaico – séc. VIII a.C. – 1.º
Doc. 15 – Templo de Atena Niké – séc. V a.C. – 5.º

Teste de HCA – Módulo I Professora: Teresa Gonçalves

Você também pode gostar