Você está na página 1de 19

RETOMAPARÁ

PROJETO DE RETOMADA SEGURA

MAIO/2020
RETOMADA ECONÔMICA

O Governo do 1. RESPONSÁVEL
Estado do Pará e
2. GRADATIVA
as premissas para
uma retomada 3. CONTROLADA
econômica segura
4. MONITORADA

5. TRANSPARENTE

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


2
PILARES ESTRATÉGICOS

SAÚDE
ECONOMIA PROTOCOLOS

A saúde é o pilar central da tomada de decisão


sobre a volta das atividades econômicas suspensas.

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


3
SEGMENTAÇÃO DOS PILARES

SISTEMA DE SAÚDE ECONOMIA E SOCIEDADE


DISSEMINAÇÃO CAPACIDADE DO TESTAGEM E PROTOCOLOS E ENGAJAMENTO ABORDAGEM
DA DOENÇA SISTEMA DE SAÚDE MONITORAMENTO VULNERABILIDADE DO CIDADÃO REGIONAL
DA TRANSMISSÃO ECONÔMICA
Cenários de Leitos disponíveis, Adesão da Definição
evolução da insumos de proteção Capacidade de Protocolos de população às por região e
epidemia aos profissionais testagem (PCR saúde e higiene restrições sociais cidade das
(crescimento de de saúde e e “teste rápido”) no trabalho, e conhecimento medidas da
casos, impacto disponibilidade de e rastreamento considerando sobre as medidas retomada
em grupos de recursos humanos de contato vulnerabilidade de higiene
risco) dos setores

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


4
INDICADORES ATUAIS DA SAÚDE

31.132 5.046 252 23.252 2.785 7.93%


CONFIRMADOS DESCARTADOS AMOSTRAS RECUPERADOS ÓBITOS LETALIDADE
EM ANÁLISE
11% • era 31.671 último dia 0,84% • era 5.004 último dia 9,1% • era 231 último dia 9,6% • era 21.219 último dia 6,9% • era 2.605 último dia 3,6% • era 8,23% último dia

CASOS ACUMULADOS Confirmados Recuperados Óbitos CASOS POR DIA Confirmados Óbitos

1.200
30.000
1.100
1.000
900
25.000 800
700
600

Nº de casos
20.000 500
400

15.000 300

200

10.000
100

5.000

0
01/04/2020 01/05/2020
01/04/2020 01/05/2020

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ Dados: 28/05/2020 - 21h00 5


PANORAMA DAS AÇÕES PARA A SAÚDE

CONSTRUÇÃO DE 8 CONCLUSÃO DE
HOSPITAIS DE CAMPANHA OBRAS DE HOSPITAIS

14 HOSPITAIS DE REFERÊNCIA FORNECIMENTO DE INSUMOS


PARA COVID-19 NO ESTADO PARA DIAGNÓSTICOS DE
(Policlínica e Abelardo - 70 mil atendimentos) VÍRUS RESPIRATÓRIOS

AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS


DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL DO PROTOCOLO COVID-19

AQUISIÇÃO DE MATERIAL
AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS
HOSPITALAR DE LIMPEZA
MÉDICO-HOSPITALARES
E HIGIENIZAÇÃO

CONTRATAÇÃO ADICIONAL DE DECRETO DE LOCKDOWN


EQUIPE MÉDICA MULTIDISCIPLINAR PARA 17 MUNICÍPIOS

CRIAÇÃO DE 1212 LEITOS


CLÍNICOS E 525 UTIS (ATÉ 29/05)

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


6
HISTÓRICO DE EVOLUÇÃO DE
LEITOS REGULADOS PELO ESTADO
LEITOS UTI (por mês e dia)
500
525
448
406
400
390
345
303
300

249

200
152
116
100

45
14 22
3
0
março 16 março 30 abril 10 abril 14 abril 19 abril 25 maio 6 maio 14 maio 16 maio 17 maio 23 maio 24 maio 26

LEITOS CLÍNICOS (por mês e dia)


1.400

1223 1223 1223 1212 1212


1.200
1117 1212

1.000 946

800 761
656
600

487
400

200

87
26
0

março 16 março 30 abril 10 abril 14 abril 19 abril 25 maio 6 maio 14 maio 16 maio 17 maio 23 maio 24 maio 26

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


7
CRITÉRIOS PARA DEFINIÇÃO DAS ZONAS DE RISCO
Variáveis para construção do índice

CAPACIDADE DE RESPOSTA DO SISTEMA DE SAÚDE BAIXO MÉDIO ALTO


Taxa de leitos de UTI com ventiladores disponíveis < 15% 15% - 30% > 30%

Taxa de leitos clínicos disponíveis < 15% 15% - 30% > 30%

Taxa de testes diagnósticos realizados na região < 1% 1% - 2% > 2%

Taxa de equipamentos de proteção individual, consumido em 7 dias em relação


> 50% 25% - 50% < 25%
ao estoque, em unidades de atendimento COVID-19 (leitos clínicos e de UTI)

Taxa de equipe de saúde não afastada do trabalho < 15% 15% - 30% > 30%

NÍVEL DE TRANSMISSÃO
BAIXO MÉDIO ALTO
Taxa de crescimento - Novos casos < 10% 10% - 20% > 20%

Taxa de crescimento - Casos hospitalizados < 10% 10% - 20% > 20%

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


8
CLASSIFICAÇÃO DAS ZONAS POR NÍVEL DE RISCO
MENOR NÍVEL DE RESTRIÇÕES / MENOR RISCO PARA O SISTEMA DE SAÚDE

ZONA 1 ZONA 2 ZONA 3 ZONA 4 ZONA 5


ALERTA MÁXIMO CONTROLE I CONTROLE II ABERTURA PARCIAL NOVO NORMAL

Capacidade Capacidade hospitalar Capacidade Capacidade hospitalar Total controle sobre a


hospitalar em risco em risco e/ou hospitalar em risco controlada e evolução capacidade hospitalar e
e/ou evolução evolução da doença e/ou evolução da da doença em fase a evolução da doença.
acelerada da em fase de atenção. doença relativamente decrescente.
contaminação. controladas.
Liberação de todas
Maior parte dos Liberação de atividades atividades econômicas
Zona atual do setores ainda Maior liberação de econômicas com com protocolos de
Estado, com permanece restrita a atividades econômicas menores restrições se controle.
eventuais liberações atividades essenciais. com mecanismos de comparadas a fase de
de serviços. controle e limitações. flexibilização.
Monitoramento
Flexibilização de contínuo de indicadores.
setores conforme Flexibilização de Flexibilização de setores
sugestão estadual, setores conforme conforme sugestão
Flexibilização de setores
CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO desde que sejam sugestão estadual, estadual, desde que
conforme sugestão
CAPACIDADE DE seguidos os desde que sejam sejam seguidos os
estadual, desde que
RESPOSTA DO protocolos alinhados seguidos os protocolos alinhados
SISTEMA DE SAÚDE sejam seguidos os
com os municípios. protocolos alinhados com os municípios.
protocolos alinhados
NÍVEL DE com os municípios.
TRANSMISSÃO com os municípios.

Foram definidas 5 zonas por nível de risco em ordem decrescente de gravidade. As ações de isolamento e de retomada serão
moduladas para assegurar o atendimento à população e a garantia de controle da contaminação, a partir desta classificação.

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


9
RELAÇÃO MUNICÍPIOS POR REGIONAL
Segmentação baseada nas regiões de regulação de saúde

Ananindeua, Belém, Benevides, Marituba e Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá,


METROPOLITANA I Santa Barbara do Pará BAIXO Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte
Acará, Bujaru, Colares, Concórdia do Pará, AMAZONAS Alegre, Óbidos, Oriximiná, Placas,
Prainha, Santarém e Terra Santa
RMB/MARAJÓ METROPOLITANA II
Santa Izabel do Pará, Santo Antônio do
Tauá, São Caetano de Odivelas, Tomé-Açu
ORIENTAL/ e Vigia
Altamira, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia,
BAIXO Afuá, Cachoeira do Ararari, Chaves, Muaná,
MARAJÓ I XINGU Pacajá, Porto de Moz, Senador José,
TOCANTIS Ponta de Pedras, Salvaterra, Santa Cruz do
Arari, São Sebastião da Boa Vista e Soure
Porfírio, Vitória do Xingu e Uruará

Abaetetuba, Baião, Barcarena, Cametá,


TOCANTIS Igarapé-Miri, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Abel Figueiredo, Bom Jesus do Tocantins,
Moju e Oeiras do Pará Brejo Grande do Araguaia, Canaã
dos Carajás, Curionópolis, Dom Eliseu,
Eldorado dos Carajás, Itupiranga,
MARAJÓ Anajás, Bagre, Breves, Curralinho, CARAJÁS Marabá, Nova Ipixuna, Palestina do Pará,
MARAJÓ II
OCIDENTAL Gurupá, Melgaço e Portel Parauapebas, Piçarra, Rondon do Pará,
São Domingos do Araguaia, São Geraldo
do Araguaia e São João do Araguaia
Aurora do Pará, Capitão Poço, Castanhal,
Curuçá, Garrafão do Norte, Igarapé-Açu, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá,
Inhangapi, Ipixuna do Pará, Irituia, Mãe
LAGO DO TUCURUÍ Novo Repartimento, Tailândia e Tucuruí
do rio, Magalhães Barata, Maracanã,
Marapanim, Nova Esperança do Piria,
METROPOLITANA III Paragominas, Santa Maria do Pará, São Aveiro, Itaituba, Jacareacanga,
Domingos do Capim, São Francisco do TAPAJÓS Novo Progresso, Rurópolis e Trairão
Pará, São João da Ponta, São Miguel do
NORDESTE Guamá, Terra Alta e Ulianópolis
Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Água Azul do Norte, Bannach, Conceição
Cachoeira do Piria, Capanema, Nova do Araguaia, Cumaru do Norte, Floresta do
Araguaia, Ourilândia do Norte, Pau D’Arco,
RIO CAETÉS Timboteua, Ourém, Peixe-Boi, Primavera,
Quatipuru, Salinópolis, Santa Luzia do
ARAGUAIA Redenção, Rio Maria, Santa Maria das
Pará, Santarém Novo, São João de Barreiras, Santana do Araguaia, São Félix
Pirabas, Tracuateua e Viseu do Xingu, Sapucaia, Tucumã e Xinguara

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


10
SEGMENTAÇÃO REGIONAL
Segmentação baseada nas regiões de regulação de saúde

RISCO MÍNIMO
Taxa de transmissão mínima e alta
capacidade de resposta do sistema
de saúde

BAIXO
RISCO BAIXO AMAZONAS
Municípios paraenses taxa de
RMB/
transmissão baixa e alta capacidade MARAJÓ
de resposta do sistema de saúde. MARAJÓ
ORIENTAL/
BAIXO
OCIDENTAL
TOCANTIS NORDESTE
RISCO INTERMEDIÁRIO
Municípios paraenses taxa de transmissão
intermediária e média capacidade de
resposta do sistema de saúde.
XINGU
RISCO MÉDIO
Municípios paraenses taxa de CARAJÁS
transmissão média e média capacidade
de resposta do sistema de saúde.
TAPAJÓS
RISCO ALTO
Municípios paraenses com taxa de
transmissão alta e baixa capacidade
de resposta do sistema de saúde. ARAGUAIA

LOCKDOWN
Municípios paraenses com restrição
severa de cargas e pessoas. Somente
serviços essenciais permanecem abertos.

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ Fonte: Adaptado da McKinsey & Company. Acesso em 2020. 11
PANORAMA
ECONÔMICO
PANORAMA ECONÔMICO
PARTICIPAÇÃO DOS SETORES ECONÔMICOS NO PIB/2017 EMPREGO FORMAL POR SETOR ECONÔMICO/2019

Administração pública 360.359


Serviços
35,4% Serviços 315.647

Comércio 203.384
Indústria Indústria de transformação 76.498
30,9% Construção Civil 61.792

Agropecuária 54.210
Administração Pública
21,9% Indústria extrativista 21.043

Água e esgoto 5.907


Agropecuária Eletricidade e gás 2.461
11,8%  TOTAL 1.101.301

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


13
MATRIZ DE PRIORIZAÇÃO
Como gerar o ranking?

ETAPA 1 ETAPA 2 ETAPA 3 ETAPA 4


Divisão dos Pontuação dos Divisão dos Ranking dos
setores setores de acordo com segmentos setores essenciais
econômicos o impacto econômico essenciais e e não essenciais
por CNAE dividido em 3 critérios. não essenciais para reabertura

1. Densidade demográfica
dos empregados
2. Arrecadação per capita
3. Impacto na crise

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


14
VISÃO GERAL DAS BANDEIRAS
Variáveis para construção do índice
RMB/Marajó
SETORES TEMÁTICOS Araguaia Baixo Oriental/Baixo Carajás Marajó Nordeste Tapajós Xingu
Amazonas Tocantins Ocidental
Espaços públicos
Atividades imobiliárias
Concessionárias
Escritórios
Bares, restaurantes e similares
Comércio de rua
Shopping center
Salão de beleza
Academia
Teatro, cinemas
Promover eventos que geram
aglomeração, incl. esportivos
Indústria
Construção civil
Educação
Igreja
Turismo

Em todas as zonas de risco da fase de modulação, deve haver manutenção das pessoas do grupo de risco em isolamento social.
IMPORTANTE: Todos os setores estão sujeitos ao protocolo correspondente à sua bandeira.
LEGENDA: ZONA 1 - ALERTA MÁXIMO ZONA 2 - CONTROLE I ZONA 3 - CONTROLE II ZONA 4 - ABERTURA PARCIAL ZONA 5 - NOVO NORMAL

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


15
PROTOCOLOS
PROTOCOLO GERAL
Foram desenvolvidos procedimentos operacionais padrão para trabalhadores
e empresas, de modo a assegurar a proteção à saúde no local de trabalho

PROMOVER BOA HIGIENIZAR AMBIENTE,


HIGIENE DAS MÃOS EQUIPAMENTOS E SUPERFÍCIES

ABRIR JANELAS E DESLIGAR


UTILIZAR MÁSCARAS
O AR CONDICIONADO

ESTIMULAR
ADIAR VIAGENS A NEGÓCIOS
TRABALHO REMOTO

AFASTAR TRABALHADORES LIMITAR A ENTRADA


DO GRUPO DE RISCO DE VISITANTES

IMPLEMENTAR AFASTAMENTO DE
DISTANCIAMENTOS TRABALHADORES
FÍSICO NECESSÁRIO COM SINTOMAS

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


17
PROTOCOLOS ESPECÍFICOS
Foram desenvolvidos 39 protocolos específicos para os setores abertos ou que
serão abertos gradativamente de acordo com a realidade de cada município.

1. Agências Bancárias 15. Lavanderias 29. Locadoras de Veículos


e Casas Lotéricas
16. Comércio de Água 30. Clínicas Médicas e Laboratórios
2. Alimentação: e/ou Gás (GPL)
Produção e Delivery 31. Clínicas Odontológicas
17. Informação e Comunicação
3. Comércio Varejista 32. Rede Hoteleira
18. Serviços para Edifícios e
4. Comércio Atacadista Atividades Paisagísticas 33. Igrejas

5. Lojas de Conveniência 19. Atividades Imobiliárias 34. Serviços de Transporte de


Carga Estadual e Municipal
6. Comércio de Materiais 20. Agências de Viagens,
de Construção Operadores Turísticos 35. Serviço Público e
e Serviços de Reserva Privado de Transportes
7. Comércio de Veículos,
Oficinas e Auto-Peças 21. Estética: Salões de Beleza, 36. Pet Shops, Produtos para
Barbearia e afins Animais, Medicamentos Vet. e
8. Lojas de Conveniência fora Comércios de Insumos Agrícolas
dos Postos de Gasolina 22. Clubes sociais
37. Serviços de Escritório, de
9. Empregados Domésticos 23. Postos de Combustíveis Apoio Administrativo, Serviços
Financeiros, Serviços de
10. Shopping Centers e Galerias 24. Farmácias e Drogarias Seguros e outros serviços
11. Feiras, Aviários, Açougues, 25. Construção Civil prestados – escritórios e
Peixarias e Hortifrútis profissionais liberais
26. Indústria de Transformação
12. Comércio de Rua e similares 38. Óticas

13. Academias e Fitness Centers 27. Depósitos e Distribuidoras 39. Instituições de Ensino

14. Hipermercados, Supermercados, 28. Correios


Mercados e Mercearias

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PROJETO DE RETOMADA DO PARÁ


18
RETOMAPARÁ - PROJETO DE RETOMADA SEGURA
CONFIDENCIAL/NÃO DISTRIBUIR MAIO/2020