Você está na página 1de 44

O que faz um Paliativista?

Ana Claudia Arantes


Motivação consciente
da escolha de ser
profissional da
saúde..

Descobrir o Mistério da
Vida..
Ter poder e
reconhecimento..
Salvar Vidas..
Cuidar e ajudar
pessoas..
Ana Claudia Arantes
•  Envelhecimento
•  Sofrimento
•  Doença
•  Morte

Ana Claudia Arantes


Por que eu faço o que eu faço??

•  Fiz Medicina para


“cuidar bem dos
pacientes terminais,
esquecidos pelos
médicos tradicionais”

Cecily Saunders

Ana Claudia Arantes


Aonde faz?
•  “Os Cuidados Paliativos não dizem respeito
primordialmente a cuidados institucionais, mas
trata-se fundamentalmente de uma filosofia de
cuidados que pode ser utilizada em diferentes
contextos e instituições” Leo Pessini

•  Os Cuidados Paliativos podem ser bem feitos


desde que feitos por alguém que sabe o que
está fazendo.

Ana Claudia Arantes


O que faz o Paliativista ?

•  Cuidar
•  Ensinar
•  Aprender

Ana Claudia Arantes


Exercício de prioridades
Cuidar, Ensinar ou Aprender?

Ana Claudia Arantes


Paliativista que Cuida:
Avaliação Multidimensional do Sofrimento Humano

Dimensão Biológica

Dimensão Familiar Dimensão Emocional

Dimensão Social Dimensão Espiritual


Ana Claudia Arantes
Prover o controle impecável da dor e
sintomas estressantes

•  Isto exigirá uma


avaliação completa de
cada doente, levando
em conta sua história
detalhada, exame físico
e pesquisas
laboratoriais, se
indicado.

Ana Claudia Arantes


Tratar a dor e outros sintomas de desconforto adequadamente,
com o mesmo empenho que dispensamos às doenças,
utilizando todos os recursos possíveis para aliviar o sofrimento
do paciente não deve ser apenas um ato de compaixão.

Tratar a dor e o sofrimento é um Ato Médico.


Ana Claudia Arantes
Oferecer um sistema de suporte que permita ao
paciente viver tão ativamente quanto possível

•  Afirmam a vida e encaram o morrer como um processo normal.


•  Visam assegurar que os doentes sejam capacitados e encorajados
a viver sua vida de uma forma útil, produtiva e plena, até o
momento de sua morte.
•  A morte deve ser um dia que vale a pena viver.

Ana Claudia Arantes


Não usar recursos que diminuam o tempo de vida e não
imprimir terapêuticas fúteis que acarretem no
prolongamento do sofrimento humano

•  Os médicos não são obrigados a


continuar tratamentos que são
considerados fúteis, da mesma
forma, os pacientes podem
recusar tratamentos que
aumentem ou prolonguem seu
sofrimento.

•  O Paliativista não pratica


Eutanásia ou Suicídio Assistido

Ana Claudia Arantes


Integração dos aspectos
psicológicos e espirituais
ao trabalho de cuidar

•  “O homem não é
destruído pelo
sofrimento, mas pelo
sofrimento sem
sentido”.
Victor Frankl

Ana Claudia Arantes


Paliar é trabalhar em Equipe a serviço
do paciente e de suas prioridades

Ana Claudia Arantes


Cuidar (Paliar) para Viver Mais
•  Melhorar a qualidade de vida pode
influenciar positivamente o tempo de
vida do paciente

Ana Claudia Arantes


Quando começa o trabalho do
Paliativista que cuida?
•  São aplicáveis desde o
estágio inicial da doença,
concomitantemente com as
terapias que prolongam a
vida.

•  Isto exige que os serviços de


Cuidados Paliativos estejam
intimamente integrados com
toda a gama de serviços de
saúde, seja no hospital ou em
instituições comunitárias.

Ana Claudia Arantes


Paliativista que Cuida:
Arte e Ciência juntos, à serviço do
paciente, à favor da vida.

Ana Claudia Arantes


Paliar é Educar
•  O papel do profissional da
saúde é capacitar e assistir
o paciente em atingir seu
objetivo identificado.

•  As prioridades de um
paciente podem mudar
dramaticamente com o
tempo e devem ser
respeitadas em seu tempo.

Ana Claudia Arantes


Paliativista que ensina

“Se você quiser construir


um barco, não reúna os
seus homens para
arranjar madeira e dividir
o trabalho, mas ensine-
os a sentir saudade do
imenso e infinito mar”

A. Saint Exupéry

Ana Claudia Arantes


Paliativista que aprende a diferença
entre Ouvir e Escutar

Ana Claudia Arantes


•  Aprende a diferença
entre Ver e Olhar

Ana Claudia Arantes


•  Aprende a prever
problemas e
cuidar antes que
possa terminar
mal..

Ana Claudia Arantes


Paliativista que aprende...
•  “Durante este período chamado
vida todos temos lições a
aprender. Este fato fica muito
claro quando trabalhamos com os
que estão à beira da morte.

•  Essas pessoas aprendem muito


no final da vida, geralmente
quando já é muito tarde para que
apliquem esses conhecimentos”.

Elizabeth Kubbler-Ross

Ana Claudia Arantes


Cuidar é a nossa essência. Cuidados Paliativos é o Resgate
de nossa escolha.
Ana Claudia Arantes
Cuidados Paliativos. Onde?

Dra Ana Claudia Quintana


26
Arantes
Tempo
Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Mario Quintana

Dra Ana Claudia Quintana


27
Arantes
Você tem gente que sabe fazer
isso?
Riscos de uma equipe sem formação:

•  Fadiga de Compaixão
•  Burnout
•  Luto complicado
•  Insatisfação do cliente e de sua família
•  Aumento da futilidade terapêutica
Dra Ana Claudia Quintana
28
Arantes
Antes de mais nada..
•  Considerar a avaliação do paciente

–  Qual a doença?
–  Qual a fase de evolução da doença de base?
–  Presença de comorbidades? Compensadas ou não?
–  Qual o impacto funcional?
–  Quais os sintomas de sofrimento? – avaliação multidimensional
–  Plano de cuidados
–  Avaliação objetiva das necessidades e dos recursos disponíveis

Dra Ana Claudia Quintana


29
Arantes
Intervenções em Cuidados
Paliativos
–  Avaliação (sempre) Multidimensional
–  Discussão e planejamento (sempre)
Interprofissional
–  Níveis de intervenção considerados segundo
tipo, estágio da doença e impacto funcional
–  Implantação do plano de cuidados de maneira
modular – reavaliações planejadas e com a
participação do paciente e da família

Dra Ana Claudia Quintana


30
Arantes
Onde você deseja morrer?

Dra Ana Claudia Quintana


31
Arantes
Então temos tudo. Onde fazemos?

•  Ambulatório
•  Hospital geral
–  Equipe consultora
–  Unidade de agudos
•  Assistência Domiciliar
•  Hospice

Dra Ana Claudia Quintana


32
Arantes
Controle do sofrimento
Todo sofrimento é
uma urgência.

Dra Ana Claudia Quintana


33
Arantes
Ambulatório
Dra Ana Claudia Quintana
34
Arantes
Em oncologia - ESMO Policy on Supportive and
Palliative Care: Definições

•  Cuidados de Suporte: cuidado que visa otimizar


conforto, funcionalidade e suporte social ao
paciente e sua famía em todos os estágios da
doença.
•  Cuidados Paliativos: cuidado que visa otimizar
conforto, funcionalidade e suporte social ao
paciente e sua família quando a cura não for
possível.
•  Cuidados de fim de vida: Cuidados Paliativos
quando amorte é um fato iminente.

Dra Ana Claudia Quintana


35
Arantes
Medicina de Evidências

n engl j med 363;8 nejm.org august 19, 2010

Dra Ana Claudia Quintana


36
Arantes
Dra Ana Claudia Quintana
37
Arantes
Hospital Geral
Equipe consultora
Unidade de Agudos

Dra Ana Claudia Quintana


38
Arantes
Unidade de agudos

Dra Ana Claudia Quintana


39
Arantes
Assistência Domiciliar

Dra Ana Claudia Quintana


40
Arantes
Hospice

Dra Ana Claudia Quintana


41
Arantes
Suporte ao Luto

•  Atendimento
ambulatorial e
domiciliar

Dra Ana Claudia Quintana


42
Arantes
“Eu quero o que tiver de melhor
na sua mente e no seu coração.

David Tasma for Cicely Saunders

Dra Ana Claudia Quintana


43
Arantes
Para aprender mais

www.casadocuidar.org.br

www.casadocuidar.org.br

Dra Ana Claudia Quintana


44
Arantes