Você está na página 1de 2

Diário da República, 2.ª série — N.

º 6 — 11 de Janeiro de 2010 1227

Para Administrador da Insolvência foi nomeada a Dr.ª Cristina Filipe Com a petição de embargos, devem ser oferecidos todos os meios de
Nogueira, com domicílio na Rua Engenheiro Custódio Vilas Boas, Lote prova de que o embargante disponha, ficando obrigado a apresentar as
A-1, Entrada 2 -2.º Esq., 4740-274 Esposende. testemunhas arroladas, cujo número não pode exceder os limites pre-
Ficam advertidos os devedores do insolvente de que as prestações a vistos no artigo 789.º do Código de Processo Civil (n.º 2 do artigo 25.
que estejam obrigados, deverão ser feitas à administradora da insolvência º do CIRE).
e não à própria insolvente. Ficam ainda advertidos que os prazos para recurso, embargos e re-
Ficam advertidos os credores do insolvente de que devem comunicar clamação de créditos só começam a correr finda a dilação e que esta se
de imediato ao administrador da insolvência a existência de quaisquer conta da publicação do anúncio.
garantias reais de que beneficiem. Os prazos são contínuos, não se suspendendo durante as férias judiciais
Declara-se aberto o incidente de qualificação da insolvência com (n.º 1 do artigo 9.º do CIRE).
carácter pleno (alínea i do artigo 36.º-CIRE) Terminando o prazo em dia que os tribunais estiverem encerrados,
Para citação dos credores e demais interessados correm éditos de transfere-se o seu termo para o primeiro dia útil seguinte.
5 dias.
Ficam citados todos os credores e demais interessados de tudo o que Informação — Plano de Insolvência
antecede e ainda:
O prazo para a reclamação de créditos foi fixado em 30 dias. Pode ser aprovado Plano de Insolvência, com vista ao paga-
O requerimento de reclamação de créditos deve ser apresentado mento dos créditos sobre a insolvência, a liquidação da massa e
ou remetido por via postal registada ao administrador da insolvên- a sua repartição pelos titulares daqueles créditos e pelo devedor
cia nomeado, para o domicílio constante do presente edital (n.º 2 (artigo 192.º do CIRE).
artigo 128.º do CIRE), acompanhado dos documentos probatórios Podem apresentar proposta de Plano de Insolvência o adminis-
de que disponham. trador da insolvência, o devedor, qualquer pessoa responsável pelas
Mesmo o credor que tenha o seu crédito por reconhecido por decisão dívidas da insolvência ou qualquer credor ou grupo de credores que
definitiva, não está dispensado de o reclamar no processo de insolvência representem um quinto do total dos créditos não subordinados reco-
(n.º 3 do Artigo 128.º do CIRE). nhecidos na sentença de graduação de créditos ou, na falta desta, na
Do requerimento de reclamação de créditos deve constar (n.º 1, ar- estimativa do Sr.
tigo 128.º do CIRE): Juiz (artigo 193.º do CIRE).
A proveniência do(s) crédito(s), data de vencimento, montante de Data: 12-11-2009. — O Juiz de Direito, Dr. Martins Moreira. — O
capital e de juros; Oficial de Justiça, António Araújo Mota.
As condições a que estejam subordinados, tanto suspensivas como 302579205
resolutivas;
A sua natureza comum, subordinada, privilegiada ou garantida, e,
neste último caso, os bens ou direitos objecto da garantia e respectivos
dados de identificação registral, se aplicável; CONSELHO SUPERIOR DOS TRIBUNAIS
A existência de eventuais garantias pessoais, com identificação dos ADMINISTRATIVOS E FISCAIS
garantes;
A taxa de juros moratórios aplicável. Deliberação (extracto) n.º 51/2010
É designado o dia 21-01-2010, pelas 14:00 horas, para a realização Por deliberação do Conselho Superior dos Tribunais Administrativos
da reunião de assembleia de credores de apreciação do relatório, po- e Fiscais de 16 de Dezembro de 2009:
dendo fazer-se representar por mandatário com poderes especiais para Dr. Manuel Fernando dos Santos Serra, juiz conselheiro, jubila-
o efeito. do — designado Presidente do Conselho Deontológico do Centro de
É facultada a participação de até três elementos da Comissão de Tra- Arbitragem Administrativa.
balhadores ou, na falta desta, de até três representantes dos trabalhadores
por estes designados (n.º 6 do (Isenta de fiscalização prévia do Tribunal de Contas)
Artigo 72.º do CIRE). Lisboa, 4 de Janeiro de 2010. — Lúcio Alberto de Assunção Bar-
Da presente sentença pode ser interposto recurso, no prazo de 15 dias bosa, Presidente do Conselho Superior dos Tribunais Administrativos
(artigo 42.º do CIRE), e ou deduzidos embargos, no prazo de 5 dias e Fiscais.
(artigo 40.º e 42 do CIRE). 202758037

PARTE E

ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS valores dos perfis horários a aplicar entre 1 de Janeiro e 31 de Dezem-
bro de 2010.
Despacho n.º 679/2010 Os perfis de perdas foram obtidos com base em campanhas de medi-
ção, tendo igualmente sido utilizada informação comercial com dados
O Regulamento de Acesso às Redes e às Interligações (RARI), apro- de facturação, informação recolhida durante a definição dos perfis de
vado através do despacho, da Entidade Reguladora dos Serviços Energé- consumo, informação recolhida através do sistema de telecontagem e
ticos (ERSE), n.º 17 744-A/2007, publicado no suplemento ao Diário da dados sobre o balanço energético.
República, 2.ª série, de 10 de Agosto de 2007, estabelece, no n.º 2 do seu Por sua vez, o Regulamento de Relações Comerciais (RRC), apro-
artigo 28.º, que, para efeitos da determinação da quantidade de energia vado através do despacho, da ERSE, n.º 22 393/2008, publicado no
eléctrica que deve ser colocada, em cada hora, na rede através do mercado suplemento ao Diário da República, 2.ª série, de 29 de Agosto de 2008,
organizado ou por contratação bilateral, são aplicados perfis horários de estabelece no seu artigo 153.º que a discriminação horária dos consumos
perdas aos valores de energia activa dos consumos previstos. de energia eléctrica das instalações que não disponham de equipamentos
O n.º 7 do mesmo artigo estabelece que os operadores das redes devem de medição com registo horário é obtida através da aplicação de perfis
enviar à ERSE uma proposta de perfis horários de perdas relativos às de consumo. Este artigo estabelece ainda que os perfis de consumo são
suas redes. aprovados pela ERSE, na sequência de proposta apresentada pelos ope-
Dando cumprimento a estes preceitos legais, o operador da rede de radores das redes. Dando cumprimento a este preceito legal, o operador
transporte e o operador da rede de distribuição em média e alta tensões da rede de transporte e o operador da rede de distribuição em média e
apresentaram à ERSE uma proposta devidamente fundamentada dos alta tensões apresentaram à ERSE uma proposta conjunta, devidamente

com as alterações introduzidas último no caso dos trabalhadores em SME.º 4 do artigo 6. 2 — Dispensada a consulta à ECCRC por não se encontrar constituída e em funcionamento. b) Documentos comprovativos das habilitações literárias e da for- mação profissional. 10 — O prazo limite para entrega das candidaturas é de 10 dias úteis a 3 — Para cumprimento do estabelecido no n.1228 Diário da República. de 27 de Fevereiro. cumulativamente.º 6 — 11 de Janeiro de 2010 fundamentada. nos termos bem definidas e instruções gerais. faz-se público que por despacho de 03/11/2009. 8 — A apresentação de candidatura em suporte de papel.º da área de biblioteca e documentação. adoptado o método 6 — Requisitos de admissão: de selecção facultativo de Entrevista Profissional de Selecção 6. ou seja a Prova de Conhecimentos ou a Avaliação Curricular. para a Leitura e Disponibilização de Dados. e no artigo 19. no caso da impos. nos moldes 5. tipo de funções exercidas e avaliação de desempenho obtida.2 — Nos termos do disposto no n.º O presente despacho entra em vigor no dia seguinte ao da sua referidos no ponto anterior. e que a) Ter nacionalidade portuguesa. grau de complexidade funcional 2.º da Portaria Em cumprimento do artigo 28. Nestes termos: 6. pt). ou exibição do Cartão do Cidadão. na n. da 2. de grau médio de complexidade. i) Avaliação Curricular — visa analisar a qualificação dos candidatos.1 — Requisitos preferenciais: A metodologia de aplicação dos perfis horários de perdas e perfis de Curso técnico de biblioteca e documentação. (ESEL). das 09h30 às 4.º dos Estatutos da de emprego público por tempo indeterminado e. com base em directivas consoante a situação em que se encontrem os candidatos.º Aprovar o perfil de consumo da iluminação pública para 2010.ª série. salvo nos casos exceptuados pela se encontrem.2.º 97/2002. em conformidade com o pela Lei n. na ESEL.º 12-A/2008. consumo consta do Regulamento do Acesso às Redes e às Interligações Experiência de trabalho em bibliotecas do ensino superior da área da saúde e do Guia de Medição. relevância da experiência adquirida e da formação realizada. 31 de Dezembro de 2010.pt. de formulário próprio.3 — Nos termos da alínea l) do n.º e 31. 2.º da Portaria estabelecido no mapa de pessoal aprovado.º 2 do artigo 6.º e no artigo 50.º 53-B. nível III.2 — Ser detentor do 12. de 27 de Fevereiro.º da Lei n. disponível no site da ESEL (www. normal (BTN) e baixa tensão espacial (BTE). da Lei n. a constituir b) Documentos comprovativos das habilitações literárias e da for- por contrato de trabalho por tempo indeterminado. de 31 de Dezembro. previstos e não ocupados mação profissional. o recrutamento inicia-se de entre trabalhadores com 11 — Métodos de selecção: relação jurídica de emprego público previamente estabelecida. n.º 4 do artigo 53. .os 1 e 2 do artigo 53. com especial incidência para a experiência no serviço de referência.1 — Nos termos do disposto no n.º Aprovar as alterações aos perfis de instalações em baixa tensão Directora Geral da DGAEP. Lisboa. ou entregues. publicitados pela ERSE na sua página na Internet.esel. 202752301 a) Curriculum vitae actualizado. por grave carência de recursos humanos.º. c) Declaração passada pelo serviço de origem da qual conste a relação ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE LISBOA jurídica de emprego público.º 83-A/2009.º Os perfis horários de perdas e os perfis de consumo para 2010 são 12h30 e das 14h00 às 17h00 na mesma morada. de 22 de Janeiro.º. Portaria n.º 3 do artigo 19. de 27 de Fevereiro. para os perfis de consumo a aplicar entre 1 de Janeiro e 6.2 — Para candidatos sem relação jurídica de emprego público pre- presente aviso no Diário da República.º 12-A/2008. sendo a respectiva remuneração objecto de negociação unicamente. conste a caracterização do posto de trabalho que ocupa ou ocupou por º da Lei n. pessoalmente.º 83-A/2009. datado e assinado. e) Cópia do BI. 6 e 7 do artigo 6. º da Portaria n. o conselho bilidade especial. lei especial ou convenção internacional. alíneas a) dos n. 2. execução da atribuição. competência ou actividade caracterizadora dos b) Ter 18 anos de idade completos. com os pontos 7 e 8. nas descritos no n.º 3 do artigo 53. não podem ser admitidos candidatos que. a que se refere o Guia de Medição.º da Lei n. bem como do n.1 — Poderá candidatar-se ao presente procedimento concursal quem 12 — Consoante os casos. do artigo 153.º da Lei n.º 12-A/2008. anexos ao Decreto-Lei n. percurso pro- de funções. postos de trabalho em causa. dado o sibilidade da ocupação dos postos de trabalho em causa por aplicação previsível número elevado de candidaturas e a urgência na admissão de do disposto no n. d) Possuir robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício designadamente.º 12 deste aviso. n. de aplicação de métodos e processos. c) Cópia do BI.º 83-A/2009. áreas de actuação comuns e instrumentais e nos vários domínios de 11. de 2 de Janeiro. Escola Superior de Enfermagem de Lisboa. a carreira.º da Lei princípios da racionalização.º 1 do artigo 7. de 12 de Abril. e o diagrama de carga n. fissional. de referência aplicáveis em 2010.º 11321/2009.º ano de escolaridade ou equivalente. da Lei contar da data da publicação do presente aviso no Diário da República.º 679/2010 d) Declaração passada e autenticada pelo serviço de origem da qual 1 — Nos termos do disposto nos n. ou exibição do Cartão do Cidadão.º 12-A/2008. procedimento concursal comum para viamente estabelecida: preenchimento de 2 postos de trabalho na categoria/carreira de Assistente a) Curriculum vitae actualizado.1 — Para candidatos com relação jurídica de emprego público 30 de Dezembro de 2009. não se encontrando em mo- ERSE.º 89. — O Conselho de Administração: Vítor previamente estabelecida: Santos — Maria Margarida de Lucena Corrêa de Aguiar — José Braz. ou se tenham por último encontrado. ou em situação de mobilidade especial. ocupem postos de trabalho.º 12-A/2008. clusão. ainda. c) Não estar inibido do exercício de funções públicas ou interdito para o exercício das funções que se propõe desempenhar. sita na Avenida do Brasil. de 8 de Maio de 2009. alta tensão (AT) e muito alta tensão (MAT) verão ser formalizadas. excepcionalmente.º 64-A/2008. um dos métodos de selecção obrigatórios indicados nas nos termos do artigo 55. é adoptado. se e às Interligações.º 12-A/2008. devem presidir à actividade dos serviços públicos. idênticos aos postos de administração deliberou o seguinte: de trabalho para cuja ocupação se publicita o presente procedimento. deverá ser acompanhada. Leitura e Disponibilização de Dados.º 12-A/2008.ª série — N. o recrutamento recursos humanos com vista à prossecução das actividades constantes pode ser feito de entre trabalhadores com relação jurídica de emprego dos postos de trabalho cujo preenchimento se pretende com o presente público por tempo determinado ou determinável ou sem relação jurídica procedimento concursal e a necessidade premente de assegurar o regular de emprego público previamente estabelecida.1 — Avaliação Curricular (AC) e Entrevista Profissional de Selec- de 27 de Fevereiro. registado e com aviso de recepção. 1700-063 Lisboa. FAQ’s — Procedimento Concursal (Portaria n. de acordo com informação constante no site www.º da Lei actuação dos órgãos e serviços. dos seguintes documentos: 8. 12.º 4 do artigo 6. Aviso n. encontrem integrados na carreira e categoria de Assistente Técnico em regime ciais e ao abrigo do previsto nos artigos 23. publicado no Diário da República. no mapa de pessoal da ESEL aprovado para o ano de 2009. 9 — Apenas serão consideradas as candidaturas remetidas de acordo dgap. 1.os 2. executiva. obrigatoriamente. será.º do Regulamento de Acesso às Redes n.º Aprovar os perfis horários de perdas para as redes de baixa tensão 7 — Forma de apresentação das candidaturas — as candidaturas de- (BT). média tensão (MT). funcionamento do Centro de Documentação da ESEL e repor a sua capa- 4 — Local de trabalho: Escola Superior de Enfermagem de Lisboa cidade de resposta. até ao termo do prazo fixado para a apresentação de candidaturas. de 22 de Janeiro).º 12-A/2008. datado e assinado. a habilitação académica ou profissional. através do preenchimento a aplicar entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2010. os seguintes: os requisitos de admissão previstos no artigo 8.gov. de 22 de Janeiro. 4. Face aos 11. a saber: ção (EPS) para os candidatos com relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado.º 83-A/2009. da eficiência e da economia processual que n.º do Regulamento de Relações Comer. da Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (ESEL) se en- contra aberto pelo prazo de 10 dias úteis. 6. a categoria e a avaliação do desempenho dos últimos três anos. sob pena de ex- publicação. 3. conjugado com o n. a contar da data de publicação do 8. e) Ter cumprido as leis da vacinação obrigatória. conforme despacho de 03/11/2009 da Presidente do Conselho Directivo da ESEL. de 27 de 5 — Caracterização dos postos de trabalho — Funções de natureza Fevereiro. Técnico na modalidade de relação jurídica de emprego público. os métodos de selecção a utilizar serão reúna. 83-A/2009. e remetidas por correio. no cumprimento ou Constituição. aprovado pelo Despacho n.