Você está na página 1de 1

Tese para a Teoria da arte como forma significativa: Não se deve começar por procurar aquilo que define

uma
obra de arte na própria obra, mas sim no sujeito que a aprecia, ou seja, uma obra é arte se, e só se, provoca nas
pessoas emoções estéticas.”

Argumentos:

 a arte geométrica é uma arte onde a combinação de linhas, formas e cores ostenta a única qualidade
comum em todas as obras de arte visual. Esta arte chama a atenção para a forma da arte e não para o
seu conteúdo.
 Frases como “Este quadro é uma verdadeira obra prima devido à excecional harmonia das cores e ao
equilíbrio da composição”, ou como “Aquele livro é excelente porque está muito bem escrito e
apresenta uma história bem construída apoiada em personagens convincentes e bem caracterizadas”,
exprimem habitualmente uma perspetiva formalista da arte.
 A Composição em Vermelho, Amarelo e Azul de Mondrian. O que faz a singularidade dessa pintura é a
inesperada harmonia entre as cores puras, as formas e dimensões de seus retângulos, o que deve
constituir uma forma significante uma vez que ela produz uma emoção estética em pessoas com
sensibilidade para a arte.

Objeções::

1. Objecção 1: Podemos mostrar que algumas pessoas não sentem qualquer tipo de emoção perante certas
obras que são consideradas arte. Quer dizer que essas obras podem ser arte para uns e não o ser para outros?
Também não é grande ideia responder que quem não sente emoções estéticas em relação a determinadas obras
não é uma pessoa sensível, como sugere Bell, o que parece uma inaceitável fuga às dificuldades.

Objecção 2:. Clive Bell refere, pensando apenas no caso da pintura, que a forma significante reside numa certa
combinação de linhas e cores. Mas que combinação é essa e que cores são essas exatamente? E em que consiste
a forma significante na música, na literatura, no teatro, etc.? A ideia que fica é que a forma significante não
serve para identificar nada.

Objecção 3: Se a forma significante é a propriedade que provoca em nós emoções estéticas, depois de dizer que
as emoções estéticas são provocadas pela forma significante é não só inútil, mas dececionante, já que se trata
de uma falácia: a falácia da circularidade

Respostas ás perguntas:

 2.1- Artista, obra de arte, sentimento, exprimir


 2.2- A obra de arte é uma transfiguração da realidade vivida pelo artista, sendo o mesmo uma pessoa
envolvida na produção de arte. Os artistas utilizam as suas obras para exprimir por vezes um
sentimento, ou seja, um estado afetivo que se produz por causas que o impressionam.
 2.3- Das teorias estéticas, aquela que Herbert Read poderia ser defensor é a teoria do expressivíssimo
estético pois no seu texto é possível encontrar 2 ideias chaves da mesma, a comunicação e a expressão.
 2.4- As teorias acerca da arte que poderão estar em confronto neste afirmação são a Teoria da arte
como expressão e a Teoria da imitação uma vez que a expressão de sentimentos nos encaminha para o
expressivíssimo estético enquanto que o registo das observações é um indicador da Teoria da imitação
pois a mesma se define por representar uma realidade segundo um certo grau de fidelidade.

Você também pode gostar