Você está na página 1de 3

TRANSMISSÕES 41TES, 42RLE e 62TE

CÓDIGO DE FALHA P1745 – LINHA CHRYSLER


TRANSMISSÕES 41TES, 42RLE e 62TE

VEICULOS: PT CRUISER, CHEROKEE, 300M, JOURNEY, FIAT


FREEMONT.

41TE

CAUSA: Estas novas transmissões da Chrysler foram equipadas com


um novo solenoide de controle de pressão. Estes solenoides possuem
a função de baixar a pressão de linha durante a marcha lenta do
veículo, e possuem incorporados uns sensores de pressão em seu
circuito.

O motivo de este solenoide ter sido adicionado ao corpo de válvulas é


que quando o veículo para e está engatado, ele reduz a pressão de
linha de maneira que o motor não é forçado a girar o conversor e a
bomba de óleo à uma pressão constante de 120 psi devido ao fato que
a transmissão A604 mais antiga funciona com a pressão de linha de
120 psi em primeira e segunda marchas, e diminui para 95 psi em 3ª e
4ª marchas.

Esta pressão permanece estática, ou seja, permanece em 120 psi


sempre, mesmo em 3ª e 4ª marchas pois são os solenoides que
pulsam com pressão modulada, aplicando uma pressão
proporcional às embreagens aplicadas. Mas a bomba permanece
produzindo uma pressão constante de 120 psi. Em marcha à Ré a
bomba produz uma pressão superior à 250 psi.

http://www.cambioautomaticodobrasil.com.br/ Página 1
Desta forma, em marcha lenta, temos um motor tentando acionar o
conversor de torque e a bomba de óleo com cerca de 200 psi ou
120 psi. Assim, foi adicionado um solenoide nesta linha para
diminuir a pressão enquanto o motor estiver em marcha lenta, e se
se puder baixar a pressão para 50 ou 60 psi, para o motor isto seria
muito mais fácil. (Girar o motor e a bomba à uma pressão bem
menor e ajuda muito na economia de combustível)
Agora, este código em particular (P1745) é realmente o resultado de
alguma coisa dando errado com aquele solenoide.

Pode mesmo ser um problema elétrico. Assim este código


geralmente sempre vem acompanhado de outros códigos para que
seja armazenado..
O solenoide poderá estar com mau funcionamento, porém quando
ele não funciona direito, a transmissão não gera um código que joga
a transmissão em modo de segurança imediatamente, porque tudo
que ele faz é reduzir a pressão de linha com o veículo em marcha
lenta e engatado. Desta maneira a falha do solenoide simplesmente
significa que a transmissão se comporta como um modelo mais
antigo, com pressão de linha alta.

62TE
E haverá um cliente a mais reclamando de consumo elevado, devido
ao solenoide não funcionar corretamente.
O código P1745 significa que o módulo reconhece que este
solenoide está trabalhando incorretamente. Este código somente é
armazenado após 3.200 quilômetros percorridos com problemas no
solenoide, ou após
1.000 mudanças de marcha de 2ª para 3ª , o qual ocorrer primeiro.

http://www.cambioautomaticodobrasil.com.br/ Página 2
Desta maneira o código P1745 é armazenado na memória de falhas
e só então o TCM joga a transmissão em emergência. E a coisa
interessante nisto tudo é que uma vez que você corrija os demais
códigos de falha que o acompanham, o que quer que esteja errado
com o solenoide regulador de pressão, o código P1745 permanecerá.
Agora, sabemos que muitos escâneres oferecidos no mercado não
possuem a habilidade de apagar este código P1745 e teremos de
levar o veículo até um concessionário, porque este código é gerado
mais como se fosse um contador de eventos do que um código em
si, e teremos de reiniciar o contador. Desta maneira os escâneres
convencionais não são compatíveis com esta função, sendo
necessário utilizar o escâner original para isto. Resolvemos assim o
problema de uma vez por todas.
Lembre-se que uma vez que os problemas que geraram este código
tenham sido resolvidos, deve-se apagar este código também para
que a transmissão volte a mudar de marchas.

42RLE

http://www.cambioautomaticodobrasil.com.br/

http://www.cambioautomaticodobrasil.com.br/ Página 3