Você está na página 1de 12

PRODUÇÃO TEXTUAL

INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

PRODUÇÃO TEXTUAL Tecnologia em Gestão Hospitalar

INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI
ADQUIRA ESTE TRABALHO CONOSCO –
TEMOS A PRONTA ENTREGA
WHATSAPP: (91)988309316
E-MAIL: portfoliouniversitario@gmail.com

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar


PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar

Curso: Gestão Hospitalar Semestre: 5º/6º


Legislação e Direito Hospitalar
Gestão de Planos de Saúde
Disciplinas: Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos
Planejamento e Desenvolvimento Organizacional em Saúde
Hotelaria e Arquitetura Hospitalar
Janaina Vargas Testa
Edmarcos Carrara de Souza
Professores Dayane Freire Romagnolo
Ewerton Cangussu
Rosimeire Lima
Compreender e aplicar conceitos teóricos em situações práticas
Competências: relacionadas à Gestão Hospitalar.
Ao concluir as etapas propostas neste desafio, você terá desenvolvido
as seguintes competências e habilidades:
• Fornecer sólida formação humanística e visão global que habilite
o acadêmico a compreender os meios social, político, cultural e
econômico.
• Promover formação teórico-prática possibilitando a vivência
concreta nas organizações, estimulando uma postura
Habilidades: investigativa e de análise crítico-reflexiva.
• Formar profissionais com visão integral, capacidade de
adaptação e flexibilidade, que atuem de forma interdisciplinar.
• Capacitar para que os indivíduos possam tomar decisões
complexas com ética e responsabilidade.
• Permitir que os indivíduos consigam ampliar sua visão de forma
competitiva, promovendo melhorias nas organizações.
A produção textual é um procedimento metodológico de ensino
aprendizagem que tem por objetivos:
• Favorecer a aprendizagem.
• Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo aprendizado
eficiente e eficaz.
• Promover o estudo dirigido a distância.
Objetivos da • Desenvolver os estudos independentes, sistemáticos e o auto
aprendizado.
Aprendizagem:
• Oferecer diferentes ambientes de aprendizagem.
• Auxiliar no desenvolvimento das competências requeridas
pelo Catálogo Nacional de Cursos Superiores em Tecnologia
do Ministério da Educação.
• Promover a aplicação da teoria e conceitos para a solução de
problemas práticos relativos à profissão.
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar


• Direcionar o estudante para a busca do raciocínio crítico e a
emancipação intelectual.

Prezado aluno, seja bem-vindo a este semestre!

A proposta de Produção Textual Interdisciplinar Individual (PTI) terá como temática o Instituto
Dr. Rodrigues. Esta temática possibilita a aprendizagem interdisciplinar, considerando as diversas
disciplinas do semestre, com o objetivo de desenvolver ações referentes à área de atuação.

ORIENTAÇÕES DA PRODUÇÃO TEXTUAL

• A produção textual é um trabalho original e, portanto, não poderá haver trabalhos idênticos
aos de outros alunos.

• O trabalho deve ser postado na pasta específica (na pasta atividades interdisciplinares)
obedecendo ao prazo limite de postagem conforme disposto no cronograma do curso. Não
existe prorrogação para a postagem da atividade.
• É importante que você leia os materiais disponíveis das disciplinas do semestre;

• Além da pesquisa nos materiais das disciplinas, lembre-se de que a Biblioteca Virtual tem
excelentes obras que tratam dos temas propostos - a pesquisa é fundamental para o bom
desenvolvimento do trabalho;

• A Produção Textual deverá ser desenvolvida inteiramente dentro das Normas da ABNT -
Capa, Folha de Rosto, Sumário, Desenvolvimento, Conclusão, Referências etc.

Leitura e interpretação da SGA

Para atingir os objetivos desta produção textual, você deverá seguir as instruções voltadas à
elaboração do trabalho disponibilizadas ao longo do semestre, sob orientação do Tutor a Distância,
considerando as disciplinas norteadoras. A participação na consecução da proposta é fundamental
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar


para que haja o pleno desenvolvimento de competências e habilidades requeridas em sua atuação
profissional.

Situação Geradora de Aprendizagem (SGA)

Instituto Dr. Rodrigues

Fundado em cidade de porte médio, em 17 de março de 1967, como Casa de Saúde Dr.
Rodrigues Ltda, na data de 15 de janeiro de 2003 passou a se chamar Hospital Dr. Rodrigues S/A. Em 15
de Setembro de 2012 foi criado o IDR - Instituto Doutor Rodrigues, reconhecido como Entidade de
Assistência Médico-Hospitalar, o qual passou a arrendar o espaço físico do Hospital Dr. Rodrigues S/A,
com o objetivo de modernização da estrutura e dos equipamentos e a ampliação dos serviços, todos
projetos de curto e médio prazos voltados ao atendimento das necessidades da população.

O Hospital encontra-se localizado numa região que é referência para os municípios


atendidos pela 21° Regional de Saúde, prestando serviços aos pacientes que dele necessitam,
sempre com alto grau de resolutividade, sendo o principal e o maior complexo médico-hospitalar
da região, cuja população chega a 350.000 vidas.

Participa da Rede de Referência do estado para atendimento de Gestantes de Risco


Intermediário, bem como realiza procedimentos em diversas especialidades como ortopedia,
cirurgia vascular, cirurgia geral, urologia, cirurgia obstétrica e ginecológica, e atendimentos clínicos
e pediátricos em geral.

Dedica grande parte de seus leitos a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS),
garantindo a sua atuação na área social e de atendimento universalizado.

A Instituição, em busca de sua missão institucional, promove ações em saúde no âmbito


Municipal, Estadual e Federal, buscando sempre melhorar a qualidade dos serviços oferecidos, com
humanização da assistência prestada à comunidade, qualificando os serviços e adequando a
estrutura física e equipamentos, com intuito de preservar a vida e a saúde.
O volume de pacientes é crescente e incessante, fazendo com que o IDR – Instituto Dr.
Rodrigues faça o papel de prestador de saúde pública de municípios conveniados, inclusive.
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar


A estrutura hospitalar conta ainda com laboratório próprio, organograma com nove
departamentos diferentes e interdependentes, 260 funcionários diretos e outros 100 indiretos e
eventuais.

Como todas as instituições de saúde, o IDR está se havendo com os desafios advindos da
Pandemia da COVID-19. Há demanda crescente por leitos de UTI e respiradores artificiais;
necessidade de um aporte massivo e incomum de equipamentos de proteção individuais; pressão
das autoridades governamentais pelo aumento de leitos destinados aos pacientes da rede pública;
necessidade de maior número de pessoal técnico capaz de responder às demandas dos
tratamentos específicos; construção e abertura de novas alas, bem como adaptação e
transformação da estrutura física atual da unidade.

As condições gerais do IDR permitem que se observe que sua força de trabalho é formada por
profissionais especializados e treinados para atendimento a pacientes críticos, em uma situação de
normalidade operacional, mas o novo e preocupante cenário que se abateu sobre a humanidade e o
IDR mostra que o número de pessoal é insuficiente. Outro fator verificado é que um conjunto de
equipamentos importantes foi emprestado para outra instituição e não há controle sobre esse trânsito.
Os materiais e medicamentos costumam faltar nos momentos mais decisivos, o setor encontra-se
desestruturado, os colaboradores estão realizando as compras de forma desorganizada, medicamentos
são comprados em duplicidade ou a necessidade de compra é verificada tardiamente, apesar de haver
manuais bem elaborados com todas as técnicas e procedimentos descritos de forma bem detalhada. Há
um eficiente controle sobre a satisfação dos clientes internos (pacientes e acompanhantes) e internos
(profissionais). Entretanto, um aumento no rigor da fiscalização e da legislação sanitária devem colocar
ainda mais pressão sobre a Instituição. A isso somam-se o quadro de recessão que está por vir, em
decorrência dos impactos do isolamento social e do desemprego em alta, que deve afetar o acesso da
população aos planos de saúde privados. Inclusive, o IDR tem encontrado dificuldades para a
manutenção de contratos com convênios. A despeito de tudo isso, é intenção da instituição superar os
desafios e passar por um processo de Acreditação Hospitalar.
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar


Desafios Propostos

Atividade 1 – Legislação e Direito Hospitalar

O Hospital Dr. Rodrigues S/A, conforme anunciado, dedica grande parte de seus leitos a
pacientes do Sistema Único de Saúde, por meio de convênios de serviços públicos de saúde, sendo
responsável por atender aos munícipios da região.

Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, os municípios conveniados têm feito


certa pressão para aumentar os leitos destinados aos pacientes da rede pública, bem como imposto
o cumprimento da legislação transitória, criada em âmbito federal, para atender às exigências
desse momento tão difícil.

A partir desse contexto, você deve analisar as problemáticas a seguir e respondê-las de


forma fundamentada:

1.1 Sabe-se que o Sistema Único de Saúde (SUS) tem como objetivo promover um atendimento
preventivo e reparatório de forma regionalizada e descentralizada, tendo como diretrizes o
atendimento integral, universal, gratuito e com equidade. Desse modo, se todos têm direito à
saúde e é dever do Estado promovê-lo por meio de políticas públicas, como se dá a atuação da
iniciativa privada? Há certa preferência para algum tipo de entidade?

1.2 Imagine a seguinte situação hipotética: no caso de um paciente atendido pelo hospital, sem plano
de saúde, ter negada a realização de um procedimento cirúrgico pelo poder público (conveniado ao
hospital), a quem cabe a responsabilidade, caso ele promova uma ação judicial? A responsabilidade é
apenas do município conveniado ou de todos os entes da federação? Fundamente.

1.3 Há atualmente (julho de 2020), em trâmite na Câmara dos Deputados (já aprovado no Senado), um
Projeto de Lei (n° 2324 de 2020), que altera a Lei n° 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, dispondo sobre o
uso compulsório de leitos privados disponíveis, de qualquer espécie, pelos entes federativos para a
internação de pacientes acometidos de Síndrome Aguda Respiratória Grave ou com suspeita ou
diagnóstico de COVID-19. O projeto de lei tem por fundamento a sobrecarga do SUS produzida pela
pandemia, já que alguns estados já tiveram taxa de 100% da utilização dos leitos na rede pública.
Dentre outras medidas, o projeto prevê o uso compulsório dos leitos em hospitais privados mediante
“justa indenização”. Posicione-se, de forma fundamentada, sobre o projeto de lei, informando se
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar


você considera ou não um dever da sociedade como um todo, inclusive instituições privadas não
conveniadas ao SUS, o de prestar essa assistência nesse momento atual.

REFERÊNCIAS
BRASIL. Constituição Federal de 1988. Disponível em:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 21 jul. 2020.
(consultar artigos 196 a 200).

NASCIMENTO, Gisele. O direito à saúde: responsabilidade todos. Disponível em:


https://jus.com.br/artigos/68836/o-direito-a-saude-responsabilidade-de-todos-uniao-estado-e-
municipio. Acesso em: 21 jul. 2020.

SENADO FEDERAL. Projeto de Lei 2324, de 2020. Disponível em: https://legis.senado.leg.br/sdleg-


getter/documento?dm=8102420&ts=1594026130515&disposition=inline. Acesso em: 21 jul. 2020.

SETOR SAÚDE. Notícia. Senado aprova proposta de requisição de leitos privados durante a
pandemia Covid-19. Disponível em: https://setorsaude.com.br/senado-aprova-proposta-de-
requisicao-de-leitos-privados-durante-a-pandemia-de-covid-19/. Acesso em: 21 jul. 2020.

Atividade 2 – Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos

A cadeia de suprimentos pode ser definida como todos os processos e agentes responsáveis,
direta ou indiretamente, por produzir e disponibilizar um produto ou serviço ao mercado
consumidor. Embora uma organização hospitalar demonstre inúmeras particularidades que a
diferencie de uma organização industrial ou comercial, é correto afirmar que sua cadeia de
suprimentos pode apresentar os mesmos subprocessos de qualquer outra empresa. Desse modo,
para que os atendimentos e procedimentos hospitalares ocorram de maneira eficaz e para que
possam efetivamente gerar valor para os pacientes, torna-se imprescindível a integração dos quatro
subprocessos que integram a cadeia de suprimentos. Nesse contexto, discorra sobre esses
subprocessos evidenciando as responsabilidades e incumbência de cada um. Ao final, você deverá
apresentar exemplos que relacione cada subprocesso com as atividades desenvolvidas pelo Instituto
Dr. Rodrigues.

REFERÊNCIAS INDICADAS:
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar

BOWERSOX; D. J.; CLOSS; D. J.; COOPER; M. B.; BOWERSIX; J. C. Gestão logística da cadeia
de suprimentos. 4 ed. Porto Alegre: AMGH, 2014.

FERREIRA, L. Gerenciamento da cadeia de suprimentos. Londrina: Editora e


Distribuidora Educacional S.A., 2016.

PIRES, S. R. I. Gestão da cadeia de suprimentos. São Paulo: Atlas, 2016.

Atividade 3 – Gestão de Planos de Saúde

Como vimos na SGA, o Instituto Dr. Rodrigues também realiza atendimentos a usuários de
planos e seguros privados de saúde. Com a Covid-19, a implantação de novos padrões de
atendimento e mudanças na dinâmica de trabalho têm gerado dúvidas nos mais de 260
colaboradores que trabalham diariamente no local.

Por isso, a gestão do hospital optou por elaborar manuais práticos para sanar dúvidas dos
funcionários sobre diversos assuntos internos (logística, atendimento, planos de saúde privados
etc.) e que podem ser acessados de qualquer dispositivo móvel.

Sua tarefa é contribuir para o “Manual explicativo de planos e seguros de saúde privada”,
respondendo aos seguintes itens a partir de dados oficiais e recentes:

3.1 Quais os direitos dos consumidores de planos privados de saúde em relação aos procedimentos
e tratamentos para a Covid-19 segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)?
3.2 O rol de procedimentos da ANS sofreu alguma alteração devido à pandemia? Se sim, quais?

3.3 Há especificidades em relação à modalidade do plano e à cobertura oferecida por ele? Se sim,
quais?

3.4 Qual estratégia pode ser adotada pelo Instituto Dr. Rodrigues em relação à prática da
telemedicina (telessaúde) para a redução do contato físico na pandemia? É possível realizar essa
prática?

3.5 Quais os canais de comunicação disponibilizados pela ANS para dúvidas referentes à Covid-19?
DICA: utilize o site oficial da ANS e as leis aprovadas no âmbito da saúde suplementar, pois isso
dará maior confiabilidade às informações. Você deve apresentar todas as fontes utilizadas.
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar

REFERÊNCIAS

ROMAGNOLO, D. F.; LIMA, C. E. Gestão de planos de saúde. Londrina: Editora e Distribuidora


Educacional S.A, 2017.

Atividade 4 – Planejamento e Desenvolvimento Organizacional em Saúde

Considerando a presente situação do IDR, é evidente que será necessário realizar alterações no seu
planejamento para dar conta de seus novos desafios. Para isso, é preciso que você:

4.1 Realize uma análise estratégica do ambiente no qual a instituição está inserida e desempenha
as suas ações organizacionais de saúde, com a ferramenta Matriz SWOT, apontando as forças e
fraquezas do IDR e as ameaças e oportunidades do ambiente em que ele atua.

4.2 Indique uma ferramenta de acompanhamento e medição das estratégias organizacionais, que
traduza a nova estratégia empresarial em indicadores para que todos os envolvidos (stakeholders)
no IDR possam entender e implementar a estratégia adotada, detalhando o seu funcionamento e
aplicação.

REFERÊNCIAS

BSC. Balanced Scorecard. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=iNJBQrcYNLM.


Acesso em: 13 jul. 2020

CANGUSSU, Ewerton Taveira. Teleaulas da disciplina planejamento e desenvolvimento


organizacional em saúde. Londrina: 2019.

HEADLEY, Samara da Silva; BORSATO, Fabiane Gorni. Planejamento e desenvolvimento


organizacional em saúde. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2015.

Atividade 5 – Hotelaria e Arquitetura Hospitalar

Em inspeção realizada por fiscais da vigilância sanitária ao centro de material esterilizado


do Instituto Dr. Rodrigues, na última semana, foi constatado que a estrutura física não atende aos
requisitos das resoluções da Agência Nacional de Vigilância Sanitária-ANVISA. Dentre as
irregularidades: ausência de vestiário de barreira, sala única para lavagem e esterilização de
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar


materiais, fluxos de entrada de materiais contaminados e de materiais esterilizados inadequados e,
portanto, o serviço de saúde foi intimado a adequar a referida estrutura física.
Considerando que você já tem um planejamento para suspensão das atividades do setor e
que conta com recursos financeiros liberados para a realização de reformas no hospital, quais
providências você, como futuro gestor hospitalar, precisará tomar para que as adequações na

REFERÊNCIAS

ANVISA. AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Resolução da diretoria colegiada- RDC


nº 50 de 21 de fevereiro de 2002. ANVISA. 2002. Disponível em:
https://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/legislacao/item/rdc-50-de-21-de-
fevereiro-de-2002. Acesso em: 20 jul. 2020.

ANVISA. AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Resolução da diretoria colegiada- RDC


nº 51 de 6 de outubro de 2011. ANVISA. 2011. Disponível em:
https://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/legislacao/item/rdc-51-de-6-de-
outubro-de-2011. Acesso em: 20 jul. 2020.

ANVISA. AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Resolução da diretoria colegiada- RDC


nº 12 de 15 de março de 2012. ANVISA. 2012. Disponível em:
https://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/legislacao/item/rdc-15-de-15-de-
marco-de-2012. Acesso em: 20 jul. 2020.
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E ENTREGA DA PRODUÇÃO TEXTUAL

CONFIGURAÇÕES DO TRABALHO: Mínimo 8 e no máximo 15 páginas; A estrutura do trabalho deverá


ser a seguinte: capa, folha de rosto; apresentar o relatório contendo um diagnóstico dos fatos
analisando detalhadamente os aspectos pertinentes a cada disciplina; Referências. O trabalho deve ser
realizado de acordo com as normas da ABNT (NBRs correspondentes – Citações e Referências).

A resolução da situação-problema deverá ser registrada em forma de um texto que deverá ser
postado em seu Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

• Este trabalho deve ser realizado INDIVIDUALMENTE;


• A capa do trabalho deverá conter o nome do(a) aluno(a);
• Todos os procedimentos devem ser realizados dentro do prazo devido.

• A produção textual deve ter, no mínimo, 8 e, no máximo, 15 laudas (páginas). No entanto,


as referências não compõem o número de laudas especificadas.
• A produção textual deve ser cadastrada em arquivo Word;
• A produção textual deverá obedecer às normas técnicas da ABNT. O aluno deve acessar a

“Biblioteca Digital”, clicar em “Padronização” e escolher as opções “Trabalhos acadêmicos –


Apresentação” e “Modelo para elaboração de Trabalho Acadêmico”.
Importante: Não serão aceitos trabalhos enviados em PDF.

Para o desenvolvimento do trabalho, você deverá consultar e se fundamentar nas


teleaulas, webaulas, sugestões de leitura e no livro-texto disponível na Biblioteca Digital, bem como
contar com a orientação dos Tutores a Distância por meio do sistema de mensagens.
PRODUÇÃO TEXTUAL
INTERDISCIPLINAR
INDIVIDUAL – PTI

Tecnologia em Gestão Hospitalar


CRITÉRIOS AVALIATIVOS

Apresentamos os critérios avaliativos que nortearão a devolutiva escrita e o conceito a ser


atribuído pelo Tutor a Distância ao seu trabalho:

CRITÉRIO SIGNIFICADO
Coerência interna O texto apresenta uma argumentação crítica e fundamentada.
Aplicação dos
No texto escrito (com as justificativas e argumentações) as ideias
conteúdos
apresentam relação direta com a situação-problema e explicitam
interdisciplinares no
conteúdos trabalhados nas disciplinas de forma clara.
texto argumentativo
As ideias apresentadas no texto (com as justificativas e
Riqueza de
argumentações) têm relação direta com o tema e traduzem uma
argumentação
perspectiva crítica e variedade de pontos de vista.
As ideias apresentadas no texto (com as justificativas e
Abrangência da argumentações) têm relação direta com a situação-problema
argumentação incluindo tudo o que deveria ser dito, ou seja, na resposta nada
importante foi deixado de fora.
Respeito às normas da ABNT, respeito a escrita ortográfica e estrutura
Normalização
solicitada.

Ótimo semestre.
Equipe de professores!

Você também pode gostar