Você está na página 1de 33

Há uma nova religião na cidade -

E esta vai enganar o mundo inteiro!


Recentemente recebi uma carta em que dizia o seguinte:

"O propósito de estudar a Bíblia é olhar para Deus, observar os Seus


mandamentos e conhecer os israelitas, e sua atividade na história. Meu
texto favorito neste momento é João 4:22, "porque a salvação vem dos
judeus. “ Parece-me que, uma vez que é verdade, eu preciso entender o que
isso significa, a fim de saber se eu estou salvo.

Estou lendo um livro escrito por um ex-jihadista, que costumava odiar Israel
e o Ocidente. Como sendo um cristão, que ama Israel e o Ocidente, agora eu
levo muito sério a promessa de Deus a Abraão: 'Quem te abençoar, eu os
abençoarei”. Então, saio do meu caminho para abençoar os judeus no
trabalho. “E eu posso dizer verdadeiramente que o Senhor tem me abençoado
nesse sentido”.

As crenças do homem, como documentado em um livro, têm se tornado muito


comum entre os supostos "cristãos" na América hoje. Os principais líderes
evangélicos na América, incluindo Tim e Beverly LeHaye, Hal Lindsey, Benny
Hinn, Joyce Meyer, Pat Robertson, Charles Swindoll, Billy Graham, Chuck
Missler, Paul e Jan Crouch, John Hagee, o falecido Jerry Falwell, e,
aparentemente, o Dr. James Dobson, são TODOS dispensacionalistas. ( James
Dobson não é um dispensacionalista, por favor me mostre as provas e eu vou
reconsiderar).
Dispensacionalistas acreditam que os judeus são povo especial escolhidos
como Povo de Deus, que não precisam crer em Jesus Cristo para serem
salvos, mas será salvo apenas por sua raça. Eles também apoiam o massacre
dos palestinos pelos judeus sionistas askenazim para que a terra possa ser
completamente confiscada por Israel, abrindo caminho para os judeus
reconstruírem o Terceiro Templo no Monte do Templo em Jerusalém,
facilitando, então que eles acreditam incorretamente, que vai acelerar a
Segunda Vinda de Cristo. Eles também endossam a destruição de todos os
inimigos dos judeus, incluindo os iraquianos, os iranianos, os libaneses, os
sírios, e etc, porque eles foram enganados em acreditar, que Deus abençoará
aqueles que os abençoarem “os judeus”, não importa quanto assassinos e
ímpios eles forem, e Anti-Cristo for o comportamento de Israel e dos judeus
que esperam ainda por um outro “Messias” desde que não seja Jesus Cristo.
As igrejas evangélicas lideraram o caminho nessa falsa teologia, promovendo
a Israel e aos judeus em cada esquina, até mesmo quando eles negam a Jesus
Cristo como Messias de Israel. Mas o fato é que é impossível ser um
verdadeiro cristão apoiando os atos assassinos de Israel praticados pelos dos
líderes judeus illuminati maçônicos sionistas. O Sionismo não é só ter a posse
de Israel, mais de criar uma Nova Ordem Mundial como os gentios (os goins)
shipados como escravos dos banqueiros internacionais mundial illuminati NO
CONTROLE, no qual ninguém pode comprar ou vender sem o nome da besta
(Apoc.13). Aqueles que alegam ser "cristão" ao apoiar Israel e ao seu político
judeu Anti-Cristo, ingenuamente deram a sua lealdade a Satanás.

http://apologiajudaica.blogspot.com/2011/01/livro-do-mes-o-cuzari.html

Jerusalém nos últimos dias será chamada de:

Apocalipse 11

8 E jazerão os seus corpos mortos na praça da grande cidade que


espiritualmente se chama Sodoma e Egito, onde o seu Senhor também
foi crucificado.

De onde é que estas "crenças" vieram? Como estas “crenças”


iniciaram?

A aceitação da Bíblia de Referência Scofield pelos cristãos evangélicos com


as suas muitas falsas doutrinas era a força dominante na liderança dessas
igrejas que desviaram da verdade.
De acordo com a Enciclopédia Wikipédia:
"A Bíblia de Referência Scofield é uma grande circulação anotada de estudo
da Bíblia editada pelo alunos da American Bible Cyrus I. Scofield. Publicado
pela Oxford University Press e contendo o tradicional o texto King James
Version , que apareceu pela primeira vez em 1909 e foi revisado pelo autor em
1917 .
A Bíblia Scofield tinha várias características inovadoras. O mais importante, é
que equivalia a um comentário impresso em torno do texto da própria Bíblia,
em vez de em um volume separado. Esta também continha um sistema de
referências cruzadas que amarraram relacionados versos junto das Escrituras e
permitia ao leitor acompanhar temas bíblicos a partir de um capítulo e livro
para outro. Finalmente, a edição de 1917 também tentou datar eventos da
Bíblia. Foi nas páginas da Bíblia de Referência Scofield, que muitos cristãos
encontraram pela primeira vez os cálculos do arcebispo James Ussher’ s que
dava a data da criação em 4004 aC , e através da discussão de Scofield em
notas - defendeu a " teoria do hiato "- fundamentalistas iniciaram uma série de
debates sobre a natureza e a cronologia da criação.
A Bíblia Scofield, foi publicada poucos anos antes da I Guerra Mundial que
destruiu o otimismo cultural que tinha visto o mundo como entrar numa nova
era de paz e prosperidade. Assim, em si parecia quase profética, e a venda de
sua Bíblia de Referência ultrapassou os dois milhões de cópias até o final da
Segunda Guerra Mundial. [1]
A Bíblia de Referência Scofield promovia o dispensacionalismo, a crença de que
entre a criação e o juízo final havia sete épocas distintas de Deus lidar com o
homem e que estas épocas foram um quadro para sintetizar a mensagem da
Bíblia. Foi em grande parte através da influência de notas de Scofield que o
Dispensacionalismo cresceu em influência entre os fundamentalistas cristãos
nos Estados Unidos. Notas de Scofield de Apocalipse são uma fonte importante
para os diferentes calendários, julgamentos e pragas elaborada por esses
populares escritores religiosos pré-tribulacionistas como Hal Lindsey , e em
parte por causa do sucesso da Bíblia de Referência Scofield, do século XX,
os fundamentalistas americanos colocavam maior ênfase na especulação
escatológica.” Os opositores do fundamentalismo bíblico criticaram a Bíblia
Scofield pelo seu ar de autoridade total na interpretação bíblica, para o que
consideram seu discorrer sobre as contradições da Bíblia, e por seu foco na
escatologia ". O pré-tribulacionismo entrou nos seminário através da Bíblia
de Referência Scofield, que usou a doutrina de John Nelson Darby.
O pré-tribulacionismo surgiu no século XIX entre 1800 e 1882 em uma
conferência profética na Igreja de Edward Irving (Pastor expulso da Igreja
Presbiteriana) quando uma “irmã” teria tido uma visão de um arrebatamento
secreto. John Nelson Darby um membro dos chamados Irmãos de Plymouth
aceitou a suposta visão como sendo a voz do Espírito Santo. Outros a
rejeitaram e por isso houve uma grande divisão entre os Irmãos Plymouth.
Darby visitou os EUA por seis vezes para expor seus pensamentos envolvendo
a muitos e difundindo suas ideias, Porém o maior impacto na divulgação do
Pré-Tribulacionalismo foi com Scofield (1843-1927) com sua Bíblia de
referência que foi largamente distribuída e aceita pelos meios conservadores
“fundamentalistas” e pelos leigos, como auxílio ao estudo da Palavra de Deus.
Portanto a doutrina Pré-Tribulacionista não veio da revelação bíblica.

http://translate.google.com/translate?hl=pt-
BR&sl=en&tl=pt&u=http://www.ricter.com/wordline/rapture.htm&rurl=translat
e.google.com.br&twu=1

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fwww.demonbuster.com%2Frapture.html

É o Espírito Santo que detem a partida da igreja num arrebatamento em II


Tessalonicenses 2:6,7?
http://apologiajudaica.blogspot.com/2009/10/desmascarando-restricao-de-quem-o-detem.html

Site do Projeto Ômega, tem uma seção de Estudos muito bom sobe escatologia
Bíblica:

http://www.projetoomega.com/

Há evidências significativas de que Cyrus Scofield, um homem de duvidosa


moralidade extrema, foi pago por fontes judaicas para trazer esta nova
teologia, promovendo a ideia de que os judeus sionistas askenazin da
khazaria , são o povo de "Deus" eleitos, independentemente do que fazem
e como eles se comportam, que estes prosélitos “judeus” banqueiros
mundiais, têm o direito de governar o mundo, e que todos os "gentios"
devem apoiar a nação de Israel e os judeus do mundo, não importando quão
perverso os seus comportamentos pessoais ou as suas políticas internacionais
possam ser.

LEIA O LIVRO "O Cuzarí"

http://apologiajudaica.blogspot.com/2011/01/livro-do-mes-o-cuzari.html

No Dispensacionalismo significa que desde a destruição do templo de


Jerusalém nos anos 70 d.C, os não-judeus (os "gentios") é que foram
permitidos por Deus para governar o mundo. Os judeus verdadeiros foram ao
exílio por decreto de Deus, começando com o cativeiro para a Babilônia em
598 a.C e depois finalmente em 132/135 d.C o exílio, com a invasão de
Adriano.
O romano que rechaçou o exército de Bar Cocheba (Bar Cocheba, significa
“O Filho das Estrelas” – querendo imitar o verdadeiro Messias, Jesus Cristo
Nazareno que diz em Número 24:17), um falso Messias que se levantou
contra Roma. Mas esta é apenas uma interrupção, um pontinho na tela – um
tempo “intermediário” - que agora termina, abrindo caminho para os judeus
sionistas iluminati dominarem o mundo - e todas as nações - para sempre.

A reconstrução da cidade foi retomada e terminada e todos os judeus foram


banidos de lá. O seu nome passou a ser Colonia Aelia Capitolina, indicando que
era uma colônia romana assim denominada em honra de Adriano, cujo nome
completo era Publius Aelius Hadrianus, tendo também sido dedicada a
Jupiter Capitulinus. O templo a este deus romano foi construído no local do
antigo templo. Os cristãos também se instalaram em Jerusalém e no século IV,
esta tornou-se praticamente numa cidade cristã. Helena, mãe de Constantino,
construiu uma igreja no Monte das Oliveiras em 326 DC e em 333 DC,
Constantino construiu a Igreja do Santo Sepulcro no local onde, supostamente,
Jesus terá ressuscitado. A interdição contra os judeus foi levantada nessa
altura.
Os verdadeiros cristãos evangélicos são, em oposição ao total controle vindo
da Nova Ordem Mundial. Eles acreditam que é mau porque o livro do
Apocalipse assim nos adverte. Mas eles estão em trevas de modo que eles não
percebem que é o mesmo grupo que estão a apoiar com suas finanças e suas
falsas doutrinas - O Estado de Israel e os judeus sionistas maçons
illuminati do mundo - é a força por trás da Nova Ordem Mundial, uma
força cujo objetivo é a destruição de todos os governos e TODAS as
religiões, principalmente o cristianismo.

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&ie=UTF-
8&sl=en&tl=pt&u=http://www.texemarrs.com/

ESTE VÍDEO DO SITE BRASILEIRO CRISTÃO SIMCEROS, E SÓ ABRE NO


NAVEGADOR INTERNET EXPLORER. NO FIREFOX NÃO ABRE.

http://www.simceros.org/index.php?
option=com_content&view=section&id=6&Itemid=62

Existem dois principais textos da Bíblia, um dos quais é muito mal traduzido e
outro gravemente mal interpretado, que levaram a esta falsa doutrina do
Dispensacionalismo.

O primeiro texto:
João 4:22
Jesus disse à mulher junto ao poço, "Vós adorais o que não sabeis; nós
adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. "

Esta é a tradução mal entendia da King James Version e outras traduções


da Bíblia, também.

Aqui está a questão: A salvação é somente por Jesus Cristo, ou a salvação


vem através dos "judeus" com “S” de plural?

O segundo texto:

Genesis 12:2,3
E o Senhor disse a Abrão. "Eu farei de ti uma grande nação...” e eu os
abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te
amaldiçoarem; e em ti todas as famílias da terra serão abençoadas.”

A questão neste caso é: De acordo com a Palavra de Deus, A quem Deus fez
esta promessa, aos que são os descendentes de Abrão (Abraão)?

Vamos analisar primeiro João 4:22.

A salvação vem dos judeus?

É a "salvação dos judeus", como a Biblia King James traduz João 4:22? Uma
preposição no grego é muito mais específica. “A palavra grega usada aqui é
"Ek" (# 1537), que significa "origem de". A tradução correta dessa palavra é
"sair fora de" “dentro de” e não "dos".

http://www.blueletterbible.org/lang/lexicon/lexicon.cfm?
Strongs=G1537&t=KJV

http://www.blueletterbible.org/Bible.cfm?b=Jhn&c=4&t=KJV#conc/22

Olhe para os textos a seguir. Todos os outros lugares a palavra "Ek" é usado, é
sempre traduzida como "para fora de" “de dentro de” não "dos".

NO EXEMPLO EM LETRAS AZUL EM PORTUGUÊS É MESMO QUE O AZUL


NO GREGO.

Mateus 2:6
E tu, Belém, terra de Judá, De modo nenhum és a menor entre as capitais de
Judá; porque [para fora (" Ek "# 1537)] DE TI [Judá] sairá o Guia que
há de apascentar o meu povo Israel.

http://www.blueletterbible.org/Bible.cfm?b=Mat&c=2&t=KJV#conc/6]

Miqueias 5:2

E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, [para fora
(verbo hebraico => "yatsa' "#H3318)] de ti me sairá o que governará em
Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da
eternidade.

http://www.blueletterbible.org/lang/lexicon/lexicon.cfm?
Strongs=H3318&t=KJV
http://www.blueletterbible.org/Bible.cfm?b=Mic&c=5&t=KJV#conc/2

Hebreus 7:14

["Ek” G1537 / Ioudas G2455]

Visto ser manifesto que de [EK] judá [ Ioudas] nosso Senhor surgiu, e
concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.

http://www.blueletterbible.org/Bible.cfm?b=Hbr&c=7&t=KJV#conc/14

É claro que a palavra "Ek" no grego deveria ser traduzido como " fora de"
“dentro de” pela frase ‘que de Ioudas...‘ - 'QUE DE JUDÁ...'

“ Agora vamos olhar a última palavra do texto – “A palavra judeus”.

A palavra "judeu" nunca aparece nas Escrituras Original nos originais gregos.

A palavra “judeu”.

Olhe para Grande Concordância de Strong que é popularmente usado um.


A palavra "judeu" (# 2453 no grego) é a sigla para a palavra judeu,
mais preciso seria Ioudas, pronunciado ee-oo-dahs , clique no auto falante
no primeiro link abaixo a frente da palavra Ioudaios em João 4:22 para ver
de como seria a pronuncia no grego. A letra "J" não está presente no Novo
Testamento no alfabeto grego e sim no Latim. O alfabeto Inglês não tinha "J"
antes do século 14, e não era predominantemente usado até o século 17.

http://www.blueletterbible.org/Bible.cfm?b=Jhn&c=4&t=KJV#conc/22

http://www.blueletterbible.org/lang/lexicon/lexicon.cfm?
Strongs=G2453&t=KJV

Desde que a palavra "judeu" é uma palavra em português que não existia na
época da escrita do Novo Testamento, sabemos que esta seria realmente a
palavra "judéia". A Bíblia King James em 1611, por exemplo, usou a palavra
Ioudaia G2449 não a nossa presente “Judéia", e foi pronunciado yo-dae-a.
Assim, a palavra "judeu" é uma abreviação para da palavra "Judéia",
significando que um residente de uma área específica - de Judéia, ao sul de
Canaã, mais tarde conhecida como a Palestina, cuja presença Deus estava em
um templo em Jerusalém da Judéia.. A palavra “judeu” ou mais corretamente
a “judéia”, não tinha nada a ver com a etnia.
Mateus 2:1

1 E, TENDO nascido Jesus em Belém de Judéia [no grego Ioudaia G2449],


no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém,

http://www.blueletterbible.org/Bible.cfm?b=Mat&c=2&t=KJV#conc/1

“No Inglês a palavra judeu evoluiu foneticamente a partir do prefixo “Iou”, a


partir da palavra grega” Ioudas que significa Judéia. A Judéia é o mesmo
que Judá, e Judá, a tribo de Israel (antes Jacó, pois Deus mudou o nome de
Jacó para Israel – Gên. 32:28) que habitavam a região geográfica, quando
as doze tribos conquistou os habitantes de Canaã por volta de 1.400 a.C, foi a
Tribo de Judá, sendo a maior das doze e mais influentes. Deus disse que o
Messias viria por essa tribo.

A Bíblia fala de apenas de dois grandes grupos: os crentes e os


descrentes.

Deus não está interessado em tipo de sexo (se masculino ou feminino), etnia
ou se uma pessoa é um escravo ou livre. Ele não tem nenhum sistema de
castas. Ele só está interessado em saber se nós aprendemos a confiar nele
ou não. Somos um crente no verdadeiro Deus Único, ou somos um
descrente?
Todos os outros subgrupos na Bíblia são membros de um ou de outro desses
dois grupos principais: os crentes ou descrentes. O apóstolo Paulo deixa isso
muito claro em Romanos 15:8,9 e em Gálatas 2:9.
Agora eu digo que Jesus Cristo era um ministro (servo) da circuncisão (os
crentes - aqueles que acreditavam em Deus) para a verdade de Deus,
para confirmar as promessas feitas aos pais (os antepassados dos crentes -
como Abraão).
E que os pagãos (os "gentios" - nações - incrédulos) glorifiquem a Deus pela
sua misericórdia, como está escrito: "Por isso eu te louvarei entre os gentios
("gentios" - incrédulos), e cantarei ao teu nome . Romans 15:8,9 Romanos
15:8,9

"E quando Tiago, Pedro e João, que eram considerados as colunas (da eclesia -
dos crentes), conheceram a graça que foi dada a mim (Paulo), e a Barnabé as
destras de comunhão, que fôssemos aos gentios (incrédulos), e eles à
circuncisão (crentes em Deus - embora muitos constantemente desviados
de Deus).” Gálatas 2:9.

A palavra "judeu".
A palavra "judéia" que significava originalmente na Bíblia (mais tarde
incorretamente encurtada para "judeu").
Aqueles que tinham conhecimento de Deus do céu – os Crentes. Em um
estudo das Escrituras, particularmente O Velho Testamento (O Tanach),
deixa claro que a designação "judéia" ou Ioudas se refere àqueles que
tiveram conhecimento do Deus do céu - aqueles que eram crentes em Deus,
em oposição àqueles que não tinham conhecimento de Deus Altíssimo, ou
aqueles que adoravam deuses pagãos, referido como as "Nações"- os
incrédulos gentios.

A palavra "gentios".

Na Concordância de Strong’s, a palavra "nações" no grego é o Strong #


1484 e em hebraico, #1471. Agora procure a palavra "gentios". Você verá
que o número é idêntico ao da palavra "nações" no grego é ethnos, Tanto é
no grego (#1484) e em hebraico é gowy (#1471). Isso mostra que os
tradutores da Bíblia usaram a palavra "gentios" em seu próprio critério
arbitrário, enquanto tivesse um impacto sociológico ou teológico que eles
desejavam, ao invés de usar a palavra grega ethnos como "nações" em
todas as instâncias, como a tradução imparcial ditaria.

Faça você mesmo a pesquisa pelos # números de Strongs de número (#


1471) aqui:

http://www.blueletterbible.org/search.cfm#strongs

Não há nenhum exemplo na Bíblia, onde a palavra "gentios" é


apropriada. A palavra deve ser sempre para significar os povos das
Nações ou pagãos - referindo-se aos incrédulos antes do cristianismo
aparecer.
Estas duas palavras "judeu" e "gentios" são traduções mal feitas e não
têm nada a ver com a etnia. Estas só têm a ver com as crenças
espirituais dos dois grupos. Ou eles adoraram a Deus do céu (os
crentes) ou eles adoravam muitos deuses pagãos (incrédulos).
Durante milhares de anos e muitas traduções, começou a invasão de uma falsa
teologia que estes termos se referem à etnia, em vez de crenças espirituais. O
nome de Jacó foi mudado espiritualmente por Deus para o nome espiritual de
"Israel", quando ele finalmente desistiu de seus maus caminhos de engano e
de maldade, porque ele tinha finalmente aprendido a sua lição. O coração de
Jacó foi mudado, mas os genes Jacó não se alteraram. O nome "Israel"
descreveu a sua firmeza e o seu caráter espiritual. Não tinha nada a ver com
etnia - com Jacó ou com a sua prole subsequente.
A palavra hebraica (#1471) traduzida como "nações" ou incorretamente
como "gentios", é a palavra "goy" ou "goyim" no hebraico, hoje em dia este
é um termo pejorativo usado pelos judeus para descrever os não-judeus, e
que significa uma tropa de humildes animais, como gado, ou de um povo
pagão,mesmo sendo cristão.

Isaias 37:12

Porventura as livraram os deuses das nações [gowy H1471 ] que meus


pais...

http://www.blueletterbible.org/Bible.cfm?b=Isa&c=37&t=KJV#conc/12

Salmo 96:5 " Porque todos os deuses dos povos [gowy H1471] são
ídolos,..."

Isaías 9:1 "... na Galiléia das nações [gowy H1471]."

http://www.blueletterbible.org/Bible.cfm?b=Isa&c=9&t=KJV#conc/1

Mais uma vez, o significado bíblico dos dois termos são o seguinte:

Os dentre os habitantes de Judéia (mal traduzida por "judeus" na Bíblia):


Aqueles que tinham conhecimento, ou que adoravam o Deus do céu – os
crentes no Deus Altíssimo - embora muitas vezes eles tinham se afastado de
Deus do céu que era suposto saber.
Nações (muitas vezes mal traduzida por "gentios" na Bíblia): Aqueles que
não sabiam, nem cultuavam, o Deus altíssimo, mas adorava a ídolos pagãos.
Nenhum dos termos foi uma denominação de origem étnica ou
linhagem de sangue. - Ambos os termos foram definidos em relação à sua
religião e a forma de seu culto, que, em geral, era relacionada com sua
localização geográfica. O centro da adoração ao Deus do céu, no mundo
inteiro, foi Jerusalém, que estava na região de Judéia. Qualquer outro lugar
no mundo era conhecido como "as Nações".
"Não houve nações até depois do dilúvio. Deus não selecionou "Israel e Judá
(e os fariseus) por causa de sua superioridade sobre as outras nações, Deus
“os criou" para uma finalidade, para serem servos, para que através dessa
nação, todas as outras nações viessem a conhecê-lo. A ideia de que Israel era
um tipo de nação magnificamente é um erro. Israel era desprezado, era
uma nação desprezível, sempre se afastando de Deus na idolatria e matando
os profetas que lhe eram enviados.

Êxodo 32:22
22 Então respondeu Arão: Não se acenda a ira do meu senhor; tu sabes que
este povo é inclinado ao mal;

A tradução correta de João 4:22:


.”Porque Jesus nasceu de Judéia e porque ele se identifica como o "Salvador
da humanidade" “as nações” (1 Tm 4:10), a frase deveria ser traduzida
assim: "A salvação veio para o mundo saindo de dentro de Judéia."
(João 4:22) João 4:22) ou “A salvação só é encontrada em Jesus, que
nasceu (que foi ) de Judéia! “
A salvação só vem em Jesus Cristo - não de Israel ou “vêm dos”
"judeus!"

Quem são as "sementes" e os herdeiros de Abraão?


Gálatas, capítulo 3 nos diz claramente que a "semente (descendência) de
Abraão" é Cristo - e também seus seguidores.

6 Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça.
7 Sabei, pois, que os que são da fé são filhos de Abraão.
8 Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os
gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações
serão benditas em ti.
9 De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.
10 Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição;
porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as
coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.
11 E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o
justo viverá pela fé.
12 Ora, a lei não é da fé; mas o homem, que fizer estas coisas, por elas
viverá.
13 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós;
porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;
14 Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para
que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito.
15 Irmãos, como homem falo; se a aliança de um homem for confirmada,
ninguém a anula nem a acrescenta.
16 Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não
diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E
à tua descendência, que é Cristo.
17 Mas digo isto: Que tendo sido a aliança anteriormente confirmada por Deus
em Cristo, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de
forma a abolir a promessa.
18 Porque, se a herança provém da lei, já não provém da promessa; mas
Deus pela promessa a deu gratuitamente a Abraão.
19 Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que
viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita; e foi posta pelos
anjos na mão de um medianeiro.
20 Ora, o medianeiro não o é de um só, mas Deus é um.
21 Logo, a lei é contra as promessas de Deus? De nenhuma sorte; porque, se
fosse dada uma lei que pudesse vivificar, a justiça, na verdade, teria sido
pela lei.
22 Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa
pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos crentes.
23 Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e
encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.
24 De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para
que pela fé fôssemos justificados.
25 Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
26 Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus.
27 Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de
Cristo.
28 Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há
macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.
29 E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros
conforme a promessa.

A "semente" de Abraão é Cristo e seus seguidores - os verdadeiros


cristãos ou os verdadeiros ‘judeus messiânicos’ que aceitaram a Jesus Cristo
(Yeshua) como o seu Messias e Salvador – Estes são o verdadeiro "Israel" -
não os que se dizem “judeus” e não são e que blasfemam do nome de
nosso Senhor Jesus Cristo! (ver Apoc. 2.9 – Apoc. 3:9).

Jesus Cristo ou Yeshua Hammaschiach?


http://apologiajudaica.blogspot.com/2008/04/jesus-cristo-ou-yeshua-
hammaschiach.html

http://apologiajudaica.blogspot.com/2008/04/o-significado-do-nome-
yeshua.html

Hoje em dia, se estes "judeus" que aceitarem a Jesus Cristo como seu
Salvador pessoal, também pode se tornar a "semente" de Abraão e não sair
pendurando sobre a falsa ideia de que os "judeus" são povo de escolhidos
de "Deus" e que todos eles serão salvos sem se arrependerem de seus
pecados e aceitar a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal.

Mateus 3:9
9 E não presumais, de vós mesmos, dizendo: Temos por pai a Abraão;
porque eu vos digo que, mesmo destas pedras, Deus pode suscitar filhos
a Abraão.

Deus abençoará aqueles que abençoam os seguidores de Cristo (os


cristãos verdadeiros), e amaldiçoara aqueles que amaldiçoam os
seguidores de Cristo!

O Judaísmo é a religião do Antigo Testamento?

Não! O judaísmo não é a religião do Antigo Testamento (o Tanack). A


religião dos israelitas no Antigo Testamento foi / é o cristianismo! Jesus
Cristo, O próprio Senhor disse isso.

João 5:39
Examinais as Escrituras [o Tanack], porque nelas você acha que tem vida
(eonian) eterno, mas são elas mesmas que testificam de mim.

As únicas Escrituras que estavam disponíveis quando Jesus estava na terra


foram as Escrituras do Antigo Testamento, e que Jesus estava claramente se
referindo. Jesus afirmou que as Escrituras do Antigo Testamento falam
principalmente a respeito da vinda de Cristo - não sobre Israel.
Há literalmente dezenas de profecias do Velho Testamento que apontam para a
vinda do Messias, Jesus Cristo. Estas profecias foram dadas aos israelitas por
Deus para os israelitas reconhecem Jesus quando Ele veio a terra. Mas a
perversão, a degenerescência e arrogância dos fariseus e saduceus - os
líderes da igreja organizada daqueles dias - tinha corrompido tanto a verdade
do cristianismo dos israelitas, que, quando Jesus apareceu não só rejeitaram a
Ele como o Messias [Mashiach], mas eles O acusaram de "ter um demônio"
(João 8:48) e O assassinaram!

A finalidade do Antigo Testamento apontava para a salvação de Cristo


- não sobre a salvação por meio de rituais talmudicos dos “judeus” de
Israel! Portanto, a religião do Antigo Testamento é / e era - - - o
Cristianismo!

A rejeição da verdade pelos líderes dos israelitas tinha jogado eles na


escuridão tão profunda que não podiam sequer discernir a verdade. Em vez
disso, eles rejeitaram a verdade e "acreditado em uma mentira",
assassinaram a Deus, Jesus Cristo.

2 Tessalonicenses 2:10,11

"10 E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque [eles]
não receberam o amor da verdade para se salvarem.
11 E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a
mentira; 12 Para que sejam julgados todos os que não creram a
verdade, antes tiveram prazer na iniquidade.

Os fariseus, os saduceus e os seus seguidores na Organização da Igreja do dia,


cometeram um crime cósmico de assassinar Deus! Jesus Cristo é Deus e
foi na forma humana, Deus.

(Mateus 1:23) (Filipenses 2:6) (Colossenses 1:15,19) (João 1:1) (Romanos


9:4,5) (I João 5:20).

"E chamá-lo-ão pelo nome de Emanuel, Que traduzido é: Deus conosco."

O Cristianismo surgiu do Judaísmo?

"NÃO"!

O cristianismo pré-datou o Judaísmo em 4.000 anos!


O cristianismo começou com a promessa feita a Eva, depois que ela e Adão
pecaram. Deus lhes deu a promessa da redenção através de um Salvador.
Deus disse à serpente, Satanás (satan], que tentou Eva:
Gênesis 3:15 "E porei inimizade (hostilidade) entre você (Satanás) e a
mulher (Eva), e entre a tua descendência (seus filhos) e a sua semente (da
descendência de Eva) e Ele (Cristo - e os verdadeiros cristãos) esta te ferirá
(#1779 na Concordância de Strong: subjugar - esmagar) a cabeça de
(Satanás) (e tu lhe ferirás a Cristo) o calcanhar.

E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente;


esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.

Aqui está a documentação para essa tradução e interpretação:

Quem diz a Bíblia quem é a semente (descendentes) do Diabo?


Os fariseus e os seus seguidores - os judeus Talmudistas.
Eis as palavras do próprio Jesus aos judeus e seus líderes "espirituais", os
fariseus, os saduceus e os escribas:

O pai de vocês é o ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai.


Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não
há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio,
porque é mentiroso, e pai da mentira. João 8:44

Quem é a semente (descendência) de Eva?

Resposta: Cristo e os Seus seguidores, os verdadeiros cristãos.


Eva deu à luz ao seu terceiro filho, Sete, que era o ancestral de Noé, que era
o ancestral de Abraão, que era o ancestral de David, que foi o antepassado
de Cristo. (O capítulo 5 de Gênesis e Mateus, capítulo 1)
A "semente" de Eva era Cristo e Seus seguidores, os verdadeiros cristãos.
Os descendentes de Satanás, são os judeus Talmudistas (Eles Usavam o
Talmude da Babilônia e a tradição dos anciões) e seus líderes farisaicos
que "oprimiu" (feriu) o "calcanhar de Cristo" (uma lesão pequena, quando
comparada com o que aconteceria com Satanás e seus seguidores), quando o
crucificaram. Mas é pela morte de Cristo e a sua ressurreição, Ele salvou o
mundo INTEIRO, (os gentios). Assim, ao conquistar a morte e a sepultura e
realizar a salvação de toda a humanidade, Cristo destruiu as obras do diabo
e, portanto, Cristo (esmagou) a serpente na sua "cabeça" com um golpe
fatal!
Esta foi a promessa do aparecimento do Messias a Eva e Adão - Jesus Cristo -
vinha para salvar o mundo inteiro do pecado! Este foi o início do
cristianismo!

O cristianismo começou com Adão e Eva!

Então onde é que o judaísmo veio e quando este começou?


O verdadeiro cristianismo dos israelitas foi lentamente subvertido por uma
corrente subterrânea dos antepassados espirituais dos fariseus. Esta
corrupção encoberta começou com a adoração do bezerro de ouro no deserto,
e depois continuou com a adoração do deus pagão Baal, e então passou a
incluir o sacrifício de crianças pelo fogo ao deus pagão Moloque.
O crescimento dessa corrente do mal entre os israelitas podem ser
documentadas por todo o Velho Testamento. Moisés repreendeu os israelitas
quando eles viraram as costas para Deus. Josué também os avisou. Durante o
tempo de Samuel, os israelitas exigiram um rei para governá-los "como as
outras nações" havia em vez de permitir que Deus seja o seu Rei. Os profetas
Isaías e Jeremias foram posteriormente enviados para avisar os israelitas de
sua apostasia.
Deus mostrou a Ezequiel, as abominações secretamente acontecendo em
Israel. (Ezequiel 8:5-17)
Então, disse Ele (Deus) para mim (Ezequiel), Filho do homem, levanta os seus
olhos e olhe em direção ao norte. Então eu levantei meus olhos para o norte, e
eis que ao norte da porta do altar é a imagem de ciúmes na entrada.
Ele disse-me: Filho do homem, você vê o que eles fazem? Mesmo as grandes
abominações que a casa de Israel comete aqui, que eu deveria ir muito longe
do meu santuário? Mas voltemos, e você deve ver maiores abominações.
E levou-me à porta do tribunal (do templo): e quando eu olhei, e eis um
buraco na parede.
Então Ele me disse: Filho do homem, cava agora na parede: e quando eu tinha
cavado na parede eu, eis uma porta
Vai lá e vê as ímpias abominações que eles fazem aqui.
Então eu fui e vi, e eis que toda forma de répteis (insetos) e de animais
abomináveis, e todos os ídolos da casa de Israel, esculpidos nas paredes
ao redor.
E ali estava diante deles setenta homens dos anciãos da casa de Israel, e no
meio deles ficou Jazanias, filho de Safã, com cada um o seu incensário na sua
mão, e uma espessa nuvem de incenso subiu. (Os líderes de Israel foram
secretamente adorar animais e répteis como o fizeram os Egípcios).
E ele disse-me: Filho do homem, você viu que os anciãos da casa de Israel
fazem nas trevas, cada um na sala dos seus ídolos? Pois dizem: O Senhor
não nos vê, o Senhor abandonou a terra.
Ele disse também a mim, volta mais uma vez, e você deve ver maiores
abominações que eles fazem.
Então Ele me levou até a porta da porta da casa do Senhor, que foi para o
norte, e eis que estavam ali mulheres assentadas chorando por Tamuz (A
fertilidade do deus sumério)
Então ele me disse: "Você viu isso, ó filho do homem? Vire novamente e você
deve ver abominações maiores do que estas.
E Ele me levou ao átrio interior da casa do Senhor a casa, e eis que estavam à
porta do templo do Senhor, entre o alpendre e o altar, cerca de 25 homens, de
costas para o templo do Senhor, e os seus rostos para o oriente, e eles
adoravam o sol virados para o oriente.
Então Ele me disse: Você já viu este Ó filho, do homem. É uma coisa trivial
para a casa de Judá, que eles as abominações que fazem aqui? Pois eles têm
enchido a terra de violência e voltaram para me provocarem à ira. . . . .

VEJA A ARQUITETURA MAÇÔNICA DA SUPREMA CORTE DE


ISRAEL.

http://apologiajudaica.blogspot.com/2011/01/arquitetura-maconica-da-
suprema-corte.html

Uma pequena parada no diálogo do assunto do texto, se


quiser pular esta parte e seguir na continuação,
prossiga!
----------------------------------------------------------------------------------
[ataque das torres gêmeas 9/11 realizado por judeus sionistas]. Objetivo,
forçar os americanos a autorizar a invasão do Iraque pelas forças militares
americanas.
Para ver mais vídeos com reportagem de CNN e BBC de Londres sobre
o referido assunto, verifique os vídeos no youtube:

http://www.youtube.com/results?search_query=9%2F11+mossad&aq=f

Ataque do navio militar americano USS Liberty, que em 06 de junho de


1967, foi atacado por seis caças de Israel, três torpedeiros e dois
helicópteros de assalto. Houve na ocasião segundo relatos históricos, 24
mortos e 177 mutilados, provavelmente cristãos. Provavelmente forçar os
americanos a entrar na guerra.

http://www.youtube.com/watch?v=fRZSzdQuOqM
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fwww.whale.to%2Fb%2Fsp%2Frockefeller.html

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fwww.realjewnews.com%2F

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fkevboyle.blogspot.com%2F2010%2F03%2Famerican-military-now-
knows-mossad.html

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fwww.rense.com%2Fgeneral91%2Fbt.htm

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Ftheinfounderground.com%2Fforum%2Fviewtopic.php%3Ff%3D6%26t
%3D5367

Rabino Weiss - Um Segredo para Reverlar ao Mundo

http://apologiajudaica.blogspot.com/2011/01/rabino-weiss-um-segredo-para-
reverlar.html

A ARQUITETURA MAÇÔNICA DA SUPREMA CORTE DE ISRAEL.

http://apologiajudaica.blogspot.com/2011/01/arquitetura-maconica-da-suprema-corte.html

----------------------------------------------
Voltando ao assunto anterior:

Aqui Ezequiel documenta esta corrente do mal que estava corrompendo o


verdadeiro cristianismo dos israelitas. Os líderes do Templo estavam adorando
ídolos, bestas e répteis, o deus da fertilidade sumérias, Tamuz, e eles
adoravam o sol deus pagão em segredo!
Quando Deus levantou profetas para repreender Israel por sua desobediência,
os profetas foram ignorados, preso ou mortos a pedradas. Eventualmente, os
israelitas foram levados cativos pela Babilônia por causa de sua apostasia.
Finalmente, Jesus, o Messias veio, mas este veio e encontrou uma corrente de
ímpios que de tal forma os fariseus e saduceus se tornaram tão arrogante e
hipócrita, que acusaram Jesus de ser um impostor controlado por demônio.
Jesus repreendeu os líderes para trazer as falsas doutrinas pela tradição para
as crenças dos israelitas cristãos que "fizeram que os mandamentos de Deus
não tivessem nenhum efeito."
Mateus 15:6.
"E assim invalidastes, pela vossa tradição, o mandamento de Deus. Marcos
7:9
E dizia-lhes: Bem invalidais [os fariseus] o mandamento de Deus para
guardardes a vossa tradição.

Quando Jesus estava na terra, Ele atacou os fariseus como:


Hipócritas,
Guias cegos,
Filhos do inferno,
Tolos,
Sem misericórdia ou a fé,
Cheios de extorsão e auto-indulgência,
Cheio de impureza,
Serpentes,

Raça de víboras, (raça aqui a palavra no grego é mesmo que genética)


Assassinos, crucificaram e acoitadores de profetas e sábios e os acusou de
serem responsáveis por "todo” o sangue dos justos derramado sobre a
terra desde Abel." (Mateus, capítulo 24).

Foi então que os fariseus, saduceus e escribas - os líderes da igreja organizada


do dia - decidiram assassinar Cristo por crucificação.
Uma vez que eles tinham rejeitado e morto o Messias, Jesus Cristo, eles
mesmos caíram em profunda escuridão. Em 70 d.C, Jerusalém e templo foram
destruídos. Muitos dos fariseus acabou vindo da Babilônia, onde estes
abomináveis "tradições oral dos anciãos" foram autorizados a escrever e se
tornou conhecido como o Talmude Babilônico, o "sagrado" livro do
judaísmo. Esta corrente do mal que tinha sido latente por centenas de anos já
tinha tomado conta de tudo, e uma nova religião oculta nasceu - a religião do
Judaísmo, com o Talmude de Jerusalém.

Estes foram os autores do judaísmo - a religião do Anti-Cristo!

Então, o que significa o termo "judaico-cristão"?

O termo "judaico-cristão" é um oxímoro, a combinação de duas


palavras que definem dois sistemas diametralmente opostos de
crença. É similar a usar o termo "negro-branco" ou clonar um ser humano
combinada com uma besta. Os autores do Judaísmo eram os fariseus - os
assassinos de Cristo!
Os valores do judaísmo são violentamente opostos aos valores do cristianismo,
como será demonstrado por citações de seu "santo" do livro, o Talmud,
incluindo as citações talmúdicas, que chama para o roubo e a mentira, e
assassinato de cristãos e gentios - pelos judeus.

http://apologiajudaica.blogspot.com/2011/01/judaismo-rejeita-sioniismo.html
O termo "judaico-cristão" é uma farsa, um absurdo total, e uma mentira
abominável. Ele foi impingida, e abraçada por quase todos os que se referem a
si mesmos como "cristãos". Mas como eles podem chamar-se cristãos quando
eles são, essencialmente, adorando os seguidores do judaísmo, que
ridicularizam fala maldição, eles falam que Jesus Cristo como um falso
Messias?

O que é o Talmud?

O Talmud é uma série de muitos livros "sagrados" do judaísmo. Eles são


separados em duas categorias principais: a Mishná e a Guemará.
A Mishná se identifica no seu texto como "extra-bíblico" da lei. Se é
"extra-bíblico", então é claramente não-bíblico.
A Guemará é um comentário sobre o Mishnah.
(Outro livro de destaque no Judaísmo é a Cabala. Este é a fonte original de
todas as feitiçarias e bruxarias.)
Uma vasta coleção de milhares de leis e tradições judaicas que ditam o
comportamento - até o detalhe mais triviais da vida de um judeu ortodoxo, o
Talmud, é o mais sagrado livro do judaísmo.
O Talmud - Não é o Antigo Testamento é o livro religioso que regem o
judaísmo. A Prova disso é encontrado no próprio Talmud.
“Erubin 21b (edição Soncino): "Meu filho, seja mais cuidadoso no
cumprimento das palavras dos escribas (Talmud) do que nas palavras da
Torá (Antigo Testamento)."
O Talmud anula a Bíblia, permitindo e incentivando praticamente tudo o que
a Bíblia define como pecado! Enquanto na terra, Jesus fez uma referência
direta ao Talmud da babilônia, quando denunciou aos fariseus, os chefes da
sinagoga, que eles anulavam a Escritura, ensinando as tradições dos homens.
(Marcos 7:1-13)
Não judeus - depreciativamente designam os goyim, minim, nações, ou
gentios, pelos judeus - são consideradas como não ser melhor do que o gado,
de acordo com o Talmud, por isso seus bens, suas terras, e até mesmo suas
vidas podem ser tomadas a vontade, pelos judeus.
Os ensinamentos do Talmud da Babilônia, os judeus são, indiscutivelmente, os
ensinamentos mais fanáticos, desprezíveis, cheios de ódio que o homem
conhece. Tenha em mente que eles têm uma versão "limpa" do Talmud
disponível para enganar os não-judeus. A mentira torna-se então em camadas
- engano em cima da mentira!

Quem foi o primeiro judeu? Não havia nenhum!


NÂO existe tal coisa como um judeu étnico.

Se há uma raça judaica, com "genes judeu", então quem foi o primeiro
"judeu"?

Abraão é frequentemente chamado de "pai da raça judaica", mas Abraão não


era judeu! Ele era um caldeu, de Ur dos Caldeus na área de Babilônia.
Então, era a esposa de Abraão, Sara também. Abraão era um "hebreu"que
não é sinônimo da palavra "judeu". A palavra "hebreu" significa "passar ou
atravessar." Abraão "atravessou" o rio Eufrates para chegar à terra de Canaã,
mas em fazê-lo, seus genes NÃO o transformou em "genes judeu".

Abraão não era judeu! Não havia nenhuma tal coisa como uma raça
judaica - então - ou agora! Abraão foi um Caldeu, da área lovalizada da
Babilônia, é que era um adorador de Deus e Abraão era um cristão
ansioso para ver o Messias prometido - Jesus Cristo!

João 8:37
37 Bem sei que sois descendência de Abraão; contudo, procurais matar-me,
porque a minha palavra não entra em vós.
38 Eu falo do que vi junto de meu Pai, e vós fazeis o que também vistes junto
de vosso pai.
39 Responderam, e disseram-lhe: Nosso pai é Abraão. Jesus disse-lhes: Se
fôsseis filhos de Abraão, faríeis as obras de Abraão.
56 Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o, e alegrou-se.

Abraão teve dois filhos, Ismael e Isaque, mas nenhum deles tinha "genes
judeu", porque nem Abraão nem a mãe (Sara e Hagar) dos dois filhos foram
"judeu". Eram filhos de Isaque, Jacó e Esaú - e nenhuma deles eram "judeus".
Se assim fosse, então, quando fizeram seus "genes" de repente se tornar
judeu? Jacó e Esaú eram gêmeos. Esaú tornou-se o pai dos edomeus, e eles
foram definitivamente NÃO judeus! Como poderia os dois (Jacó) ser judeu e
o outro gêmeo (Esaú) ser um edomita (um não-judeu)?
Jacó e seus filhos desceram para o Egito, em seguida, saiu no Êxodo para o
deserto e para Canaã, 40 anos depois. Mas os genes não se tornou genes
judeus ao longo do caminho. Na verdade, o grupo que saiu do Egito, foram os
israelitas, a Bíblia se refere como uma multidão mista, o que significa que
havia outras pessoas no grupo ALÉM dos descendentes de Jacó.
Então, quando os israelitas chegaram à Terra de Canaã, eles se casaram com
os cananeus pagãos, contra a ordem explícita de Deus, obviamente, que de
repente não os tornaram "judeu". Então - - - que foi o primeiro judeu?
E como qualquer um nunca se torna "judeu" geneticamente?
CONCLUSÃO: Não existe tal coisa como uma raça ou etnia judaica! Há
apenas uma cultura judaica, a cultura do Talmud - e uma religião
judaica, o judaísmo, que é a religião oculta do Talmude e da Cabala!

Jesus era um judeu? Não!

Jesus nasceu em Belém de Judéia, então Ele era nascido na judéia por tradição
do local de nascimento (mais não foi conhecido como um "judeu" pela
genética) e ele era da tribo de Judá, mas viveu sua vida em Nazaré, na
"Galiléia das nações (gentios ) "Então ele era um Nazareno. Isa 9:1

Atos 22:8
8 E eu respondi: Quem és, Senhor? E disse-me: Eu sou Jesus Nazareno,
a quem tu persegues.

Jesus foi gerado pelo Espírito Santo (Lucas 1:34,35). Ele não tinha nenhuma
linhagem de seu padrasto, José. Sim, seus pais terrenos, tanto Sua mãe
terrena e Seu pai terreno, eram da linhagem de David. David era um israelita,
viveu em Israel na área de Judá, mas que isso fez dele "judeu"
geneticamente?
A profecia da linhagem de Jesus através de seus pais terrenos foi dada para
aqueles que estavam examinando as Escrituras e ver o Messias seria capaz de
identificá-lo adequadamente quando Ele veio. Mesmo assim, os maiores
estudiosos e mais sábio nas sinagogas hoje em dia, NÃO O reconhecem
como o Messias.
Muitos afirmam que Jesus tinha que ter os genes de sua mãe, Maria, ou Ele
não teria sido capaz de cumprir a previsão das Escrituras - - a ser "tentado em
todos os pontos como nós somos, mas sem pecado." (Hb 4:15) No entanto,
Adão e Eva foram criados por Deus, sem os genes de uma mãe terrena, ou pai,
e eles não estavam apenas "sensíveis" para o pecado - - - eles realmente
pecaram! Assim, Jesus não precisa ter genes terrestre a fim de ser suscetível
ao pecado. Mas quando Ele foi tentado, Ele venceu! Jesus venceu onde Adão
falhou.
Há uma razão adicional que obriga a ver que Jesus não tinha genes terreno de
um dos seus pais terrenos, incluindo NENHUM genes de sua mãe terrena,
Maria (Miryan). Ele não podia ter tido qualquer dos genes humanos de Maria,
pois se tivesse, teria sido um caso da criatura (um ser humano - Maria)
CRIANDO o CRIADOR (Deus na forma humana), seria um caso da humanida
CRIAR Deus! Que não podia ser!

Jesus não tinha genes de um pai humano. "Ele foi concebido pelo Espírito
Santo". Mateus 1:18 Jesus foi colocado no ventre de Maria para crescer em
seu corpo, para simbolizar a vinda de Jesus "de fora" de nós, de "fora" do
mundo a entrar em nós e tornar-se um conosco. Para colocar a sua disposição,
o Seu caráter em nós. Jesus veio a este mundo para se tornar um com a
humanidade, para viver em nós.

"Cristo em vós, a esperança da glória!" Cl 1:27

"De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo
Jesus, Fil.2:5
Paulo disse, "Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo
vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de
Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Gl 2:20

Na época de Cristo, havia apenas dois grupos: 1) Israel (Cristãos - ansioso


para o verem o Messias - Jesus Cristo) que viveu na área de Judéia e /
adorado como o Deus de Israel, cujo templo estava em Jerusalém, na Judéia E
2) as nações (pagãos ou gentios) que adoravam vários deuses pagãos.
A distinção dos dois grupos foi feita com base na localização geográfica e / ou
religião - e não na etnia.
Jesus não era um "judeu", Jesus Cristo era Deus em forma humana. E Deus
não é "judeu"!

Judaísmo é uma cultura e / ou uma religião - não uma etnia.

A cultura judaica é a cultura do Talmud. A religião judaica é a religião do


Talmud. É lamentável que as igrejas cristãs e seus membros são tão
deploravelmente ignorantes 1) os ensinamentos do judaísmo, e 2) a cultura
dos judeus.

Para saber mais sobre a cultura contemporânea judaica e Judaísmo de


hoje e o seu "santo” livro do Talmud (NÃO Antigo Testamento), vamos
olhar para as citações do Talmud.

No judaísmo, os rabinos judeus são considerados


"Deus".

Aqui as citações do Talmud:

Declara Hagigah 27 que nenhum rabino pode ir jamais para o inferno.

http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-
BR&sl=en&tl=pt&u=http://twitter.com/TalmudReadings/status/172335131409
85856&rurl=translate.google.com.br&usg=ALkJrhgi0XKllpHk2z_VM3bL4hM4xv
5EZQ
Erubin 21b Quem desobedece aos rabinos merecem a morte certa e será
punido e ser fervidos em excrementos quentes no inferno.

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fwww.catholicapologetics.info%2Fapologetics%2Fjudaism
%2Fcloser.htm

Baba Mezia 59b. Um astuto rabino debates com Deus através de trapaças e
derrotas. Deus admite que o rabino venceu o debate.
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fwww.rense.com%2Fgeneral21%2Ftal.htm

Bava Metzia 86a. Rabino Nahmani foi chamado ao céu para resolver um
debate entre Deus e “o resto da comunhão" e para ensinar a Deus, que é limpo
e que não é, desde o rabino é o maior especialista (maior do que Deus) sobre
pragas e contaminação: "Para isto disse Rabbah b. Nahmani, 'Eu sou
absolutamente único no meu conhecimento as marcas de doenças de pele e
que é impuro e as regras de impureza..."
http://www.chabad.org.br/rebe/o_rebe/artigos/alma/home.html

Berakhot 6a-b. Deus usa filatérios no qual estão inscritos para o louvor do
povo judeu.
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fwww.christianchallenge.org%2Fhebraic-foundations%2FHF111.html

Berakhot 7A Deus pede a um rabino para dar uma bênção a um rabino.

O Talmud é Deus.

"O Talmud babilônico representa Deus na carne...": Neusner, Rabbinic


Judaism: Structure and System (Minneapolis, Minnesota: Augsburg
Fortress, 1995, p 62.

Rabi Jacob Neusner afirma: "Na superfície, a Escritura desempenha um papel


pequeno no sistema Mishnaico. A Mishná (parte do Talmud) raramente cita
um verso das Escrituras, refere-se a Escritura como uma entidade, linca suas
próprias idéias para os da Escritura, ou reivindica o original de que a Escritura
tem dito, inclusive por alusão indireta ou remota a um Verso bíblico de ensino.
. . . . Formalmente, e linguisticamente a Mishnah está num esplêndido
isolamento da Escritura. . . . . Mishná Torá constitui "A Mishná:. A New
Translation (New Haven, CT: Yale University Press, 1988) pp. xxxv and
xxxvi
Rabino está declarando que a Mishná (parte do Talmud), constitui o (seu)
"Torah". Seus “livros sagrados" "Desde que algumas das autoridades
designadas na cadeia da tradição aparecem por todo o material da Mishná, a
alegação é que o que essas pessoas dizem que lhes vem do Sinai, através do
processo da Cabala e Massoret - '. a tradição entregue, Portanto, a razão. . . . .
que a Mishná não é citar as Escrituras é que ela não precisa. "Ibid.
A autoridade da Mishnah é derivada da autoridade do rabino, porque o que o
rabino declara ser do Sinai é do Sinai, porque o rabino é o Sinai encarnado
". Hoffman, Michael A. II, deuses estranhos judaísmo, pp 37,38 -
Hoffman, Michael A. II, Judaism's Strange Gods, pp 37,38.
As remissões para a Torá no Judaísmo são invariavelmente enganosas. Pela
definição do dicionário, a Torá indica os livros do Antigo Testamento (do
Tanach). Mas, no judaísmo, a palavra Torah pode significar o Talmud sozinho
ou em ambos o Talmud e o Tanach.
O Talmud é o livro mais sagrado do judaísmo.

"Em todas as decisões de direito que a teologia expressa na ação quotidiana, o


Talmud constituem a declaração final da Torá, mediando as regras das
Escrituras. A inovação de qualquer tipo, seja no caráter da vida espiritual ou na
prática da fé de acordo com suas normas, deve encontrar justificativa no
Talmud. "op Neusner, judaísmo rabínico. cit. cit. P 205- .”Neusner, Rabbinic
Judaism”, op. cit. cit. P 205

Talmud Ataca os cristãos e os livros cristãos.

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fjacksonsnyder.com%2Fyah%2Fhistory%2Frabbis-desecrate-hebrew-
nt.htm

Shabat 116a. Os judeus devem destruir os livros dos cristãos, ou seja, o


Novo Testamento.

Professor Israel Shahak relata que os israelenses queimaram centenas de


bíblias do Novo Testamento na Palestina ocupada em 23 de março de 1980.
Shahak, Israel, História Judaica, Religião Judaica, (Londres, Platão Press,
1994) p 21

Muitos judeus acreditam que o povo judeu é o Messias. E que eles vão
trazer "paz" para o mundo. (Esta é a blasfêmia final contra Jesus Cristo.)

Esta é uma citação de um sermão pregado em uma Igreja Unitária


Universalista.
"Alguns Judeus sustentam hoje que o Messias não é uma pessoa, mas
o próprio povo judeu em Isaías 53. Essas idéias me dão força e inspiração.
Diante de saber o que aconteceu com ambos, Jesus e os judeus, não parece
ser necessário para mim, para escolher o que é mais messiânico! Eu não estou
chocado com as acusações. Ambos, Jesus e os judeus, parece-me, que já
pagou o preço final. Eles podem resistir à comparação com este santo
conceitos, a idéia de um messias. Uma Mensagem de Advento. O que estamos
esperando?” Sermão pregado numa Igreja Universalista Unitária em Columbine
em 10 de dezembro de 2000, pelo Reverendo Nadine Swahnberg.
Joseph Stalin (judeu) afirmou que, após o comunismo (sistema satânico
originários do Talmud) bem-sucedido, ". . . então, virá a paz em toda a terra."
O Comunismo do judeu Karl Max, assassinou mais de 50 milhões de cristãos e
gentios na cortina de ferro.

Veja vídeo:
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&ie=UTF-
8&sl=en&tl=pt&u=http://www.texemarrs.com/

Fonte:
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&ie=UTF-
8&sl=en&tl=pt&u=http://www.texemarrs.com/

Karl Marx (judeu) disse, ". . . o significado de paz é a ausência de oposição


ao comunismo. "

1 Tessalonicenses 5:3

Pois que, quando [eles] disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá
repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de
modo nenhum escaparão.

Deus disse em Ezequiel 13:10:

10 Porquanto, sim, porquanto andam enganando o meu povo, dizendo:


Paz, não havendo paz; e quando um edifica uma parede, eis que outros a
cobrem com argamassa não temperada;

Jogadas dos inimigos de Cristo e dos cristãos.

Em Oséias 4:6, o Senhor fala que seu povo foi destruído porque lhe faltou o
conhecimento.

Karl Marx (judeu): "Meu objetivo na vida é destronar Deus e destruir o


capitalismo."
Leon Trotsky (judeu) - cujo nome verdadeiro é Lev Davidovich) "As religiões
são a ignorância primitiva ilógica. Não há nada tão ridículo e trágico como um
governo religioso. "
A Cabala ensina que a presença do Espírito Santo (Shekinah) no mundo
se deve exclusivamente à existência do povo judeu.
As tradições orais do decreto anciãos que o estudo ao longo da tradição
rabínica (Talmud) não é apenas uma maneira de se aproximar de Deus, é uma
maneira de tornar-se Deus. De acordo com o Talmud, o próprio Deus é um
estudante da tradição do rabino - "ele estuda o Talmude, três vezes por dia".
Avodá Zarah, 3b
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&tl=pt&u=http%3A
%2F%2Fen.wikipedia.org%2Fwiki%2FAvodah_Zarah
As tradições do judaísmo foram adquiridas na Babilônia, mas seu ponto de
transmissão original foi o Egito segundo Hans Jonas, na religião gnóstica
(Boston: Beacon Press, 1963), pp 147-155. The Gnostic Religion (Boston:
Beacon Press 1963), pp 147-155.
Os EUA Governo estabelece as bases para Tribunais talmúdico e a Execução
de cristãos - por decapitação!

As Leis de Noé dos Talmudistas Judeus Sionistas – Requer que todo


cristão que adorar Jesus Cristo deve ser executado!

"Nosso governo dos presidentes Reagan, Bush e Clinton, apresentou, sob o


eufemismo de educação (por exemplo, Casa Resolução Conjunta 173 e Lei
Pública 102-14), uma base para a criação de tribunais de justiça talmúdicos a
ser administrada pelos discípulos do sucessor Chabad Shneur Zalman, Rabi
Manachem Mendel Schneerson.”

http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-
BR&sl=en&tl=pt&u=http://www.scribd.com/doc/33627878/U-S-Government-
Lays-Groundwork-for-Talmudic-
Courts&rurl=translate.google.com.br&usg=ALkJrhgve0YT3p1yfWNsjOKPXMCps
5y_zA

"Maimonides decidiu que é um tribunal judaico - ou por um tribunal


nomeado pelas autoridades judaicas - que impõe obediência e julga os
gentios, bem como a promulgação de legislação por corde judicial para esse
fim. Maimônides ainda decretou que qualquer nação não-judeus que "não
estiver sujeita à nossa jurisdição" (yadeinu tahaht) será o alvo da guerra
santa judaica. .. (Melakhim Hilkhot 8:9-10; 10:11 cf Também Gerald J.
Blidstein, “Guerra Santa na Lei Maimonidean", em “Perspectivas de
Maimônides” (Oxford, Inglaterra: Oxford Univ Press, 1991)..
"Essas cortes judaicas estão a ser convocadas, alegadamente no âmbito da
“Leis de Noé" (proibições contra a idolatria, supostamente baseado na
aliança com Noé). Os presidentes dos EUA e instou o Congresso a aprovação
das "Leis de Noé" como interpretadas pelo Chabad-Lubavitch Grande Rabi
Schneerson.

Prof Easterly, da Universidade Southern Law Center, um perito legal judaico,


comparou nesta Lei Pública 102-14 aos primeiros raios da aurora "que" a
evidência crescente de que o sol ainda não se vêem "
"A Enciclopédia Judaica prevê um regime de leis de Noé como uma nova ordem
mundial possível imediatamente anterior ao reino universal do Talmud.
"Tem que ser entendido que não estamos lidando com o Noé da Bíblia quando
a religião do Judaísmo se refere a "Lei de Noé”, mas a lei de Noé conforme
entendida e interpretada pelo sistema absoluto de falsificação que constitui o
Talmud.
"Sob o Talmud e as falsificadas Leis de Noé, a adoração de Jesus e é
proibida, sob pena de morte, uma vez que tal adoração de Cristo é condenado
pelo Judaísmo como idolatria. Enquanto isso, as diversas formas de incesto
são permitidas sob o entendimento Talmúdico do código de Noé ".
Enziklopediya Talmudit, nota 1, pp 351-352. Toda a citação de deuses
estranhos do judaísmo, por Michael A. Hoffman, II, publicado pela história
independente e Pesquisas Coeur d'Alene, Idaho.

Judeus advogado extermínio dos gentios.

Esta é a palavra de Rabi Simon ben Yohai: "Mesmo os melhores dos gentios
deveriam ser todos mortos." (ob harog goyyim shebe) Esta passagem é a
partir do original hebraico do Talmud Babilônico conforme citado pela
Enciclopédia Judaica em 1907, publicado pela Funk e Wagnall e compilada por
Isidore Singer sob a entrada ", Gentile,"(p. 617).
"Se nós vemos um idólatra (gentio)(goi) sendo varridos ou se afogando no
rio, não devemos ajudá-lo. Se vemos que sua vida está em perigo, não
devemos salvá-lo.” "Maimônides, Mishnah Torah, (Moznaim Publishing
Corporation, Brooklyn, New York, 1990, capítulo 10, Tradução Inglês), p. 94 94

"As almas dos gentios são de uma ordem completamente diferente e inferior.
Elas são totalmente maus, sem qualidades que os redimam. . . . . Sua
abundância material deriva sublime (celeste) de lixo. Na verdade, eles mesmos
derivam de lixo (lixo ou lixo). . . . . Segundo o rabino Zalman, "Todos os
judeus eram inerentemente bons, todos os gentios são mau por
natureza". Habad: O Hasidism de Shneur Zalman de Lyady (Northvale, New
Jersey, Jason Aronson Inc., 1993), pp 108-109.
Lei Judaica Requer cristãos a serem executados.

"Cristãos geralmente aceitam a Bíblia Hebraica como verdadeiramente de


Deus, mas muitos deles (os que aceitam a assim-chamada a divindade de
Jesus) são idólatras de acordo com a Torá (o seu " sagrado livro ", o
Talmud), e são puníveis com a morte, e certamente eles não vão gostar do
Mundo Vindouro. (Esta é uma declaração do israelense "Mechon-Manre Torá
Scholars", como ele apareceu em seu site na

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&ie=UTF-
8&sl=en&tl=pt&u=http://www.mechon-mamre.org/jewfaq/gentiles.htm

Publicado em 26 de junho de 2000: 12 Chaim Vital St. , Jerusalém ("Mechon


Manre é um pequeno grupo de estudiosos da Torah em Israel... ").
Lei Judaica Requer a matança dos gentios e declara que o melhor de mulheres
gentias são bruxas.

"O melhor dos gentios - - matem-no, as cobras são melhores do que eles - -
esmague o seu crânio, o melhor das mulheres gentias - estão cheio de
feitiçaria". Kiddushin 66c

Uma nova religião fraudulenta - um Novo "Evangelho" - foi inventado


Suas doutrinas fundamentais incluem o seguinte:

1.Os rabinos são "Deus".


2.O Povo Judeu é o "Messias " – É a Substituição de Jesus Cristo, pois, a
sua cultura e sua religião não podem ser criticados.
3.O suposto "Holocausto" (promovido como a "Ultimato, foi pelo sofrimento
de toda a humanidade") Substitui o Calvário.
4."Paz na Terra" serão criados, não por Jesus Cristo, mas pelos judeus
matando todos os gentios, especialmente os cristãos. O comunismo, é
um plano judeu em linha reta do Talmude.
5.Comunista Leon Trotsky disse que "Paz" vai reinar somente quando não
houver mais oposição a eles - os judeus.

Os Fundamentos para salvar judeus durante o Holocausto ignorada


pelos líderes sionistas

http://translate.google.com/translate?hl=pt-BR&ie=UTF-
8&sl=en&tl=pt&u=http://www.jewsnotzionists.org/pleasignored.html&rurl=tra
nslate.google.com.br
http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-BR&ie=UTF-
8&sl=en&tl=pt&u=http://www.jewsnotzionists.org/holocaust.htm&rurl=transla
te.google.com.br&usg=ALkJrhjaSKN5U295-OMvvMmjjTi_Mj3K6w

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&ie=UTF-
8&sl=en&tl=pt&u=http://www.nkusa.org/activities/Demonstrations/20100810.
cfm

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&ie=UTF-
8&sl=en&tl=pt&u=http://www.realjewnews.com/

6. A Marca da Besta

A Primeira Besta do Apocalipse 13, a Besta Monstro que sobe do mar,


o que rege o "mundo inteiro" – são aquele que controla o suprimento
de dinheiro de praticamente todas as nações da terra - é o
sionismo illuminati judaico / Talmudismo.

A Segunda Besta do Apocalipse 13 - O poder que se parece com um cordeiro


(Jesus Cristo é o "Cordeiro"), mas fala como dragão (Satanás) e exerce o
seu poder de mando (sob orientação) da Primeira Besta - é Sionismo
cristão -liderado pelo dispensacionalistas Evangélicos. Os dispensacionalistas
Evangélicos com pretensão de serem "cristãos"("parecem um cordeiro -
parecem que é "cristão"), mas eles falam e agem como o dragão (Satanás) e
os de filhos de Satanás - a primeira besta do Apocalipse 13.
Há Não acredita? Veja estes vídeos e sabemos que o tal falso profeta Rev.
Moom é finananciado pelos banqueiros Illuminati Maçonicos.

Bispo Manoel Ferreira elogia Rev Moon na Coreia em 2010.

http://www.youtube.com/watch?v=Zqdfb_v3RVQ

Caio Fábio acusa Manoel Ferreira de ser maçom.

http://www.youtube.com/watch?v=xUJLFeJhdSY
http://www.youtube.com/watch?v=freckJkP8oY
Pastores maçons. Entrevista com Dr. J. Pedrosa na TV RIT.

http://www.youtube.com/watch?v=8pW_frdNnvg

Testemunho do Pastor Saad, que foi por dez anos, guardador dos
selos e arquivos da Maçonaria e pelo serviço reservado da ordem. Ele
revela quem são os pastores evangélicos deste país que são maçons.

Parte I
http://www.youtube.com/watch?v=Zc0da6-oqq4
Parte II
http://www.youtube.com/watch?v=1iQZaiEqnkc
Parte III
http://www.youtube.com/watch?v=Pa3MGz4Ikuw

Essa segunda besta, os sionistas cristãos maçons - os apoiantes do


sionismo de Israel e os judeus levaram no momento dos Evangélicos
"cristãos" - "fará com que aqueles que se recusam a adorar a imagem da besta
(aqueles que se recusam a tornar-se sionistas, aqueles que Se
recusarem a ADORAR os judeus) devem ser mortos "E ninguém pode
comprar ou vender, senão aquele que tem a marca ou o nome (o personagem
do sionismo judaico) ou o número (de anti-cristo humanista secular! - 666) de
seu nome . Apocalipse 13:15-17.
http://apologiajudaica.blogspot.com/2011/01/judaismo-rejeita-sioniismo.html

Aqueles que defendem o poder da besta - o sionismo judaico / Talmudico


/Illuminati / Maçonico - ou aqueles que desenvolvem um personagem como
eles, o caráter de imoralidade que Jesus repreendeu o comportamento que
está agora está tomando conta de nossa cultura, vão "tomar" a "marca" (de a
palavra grega - personagem significado) da Besta!
A Marca da Besta pode ser uma marca física, mas pode ser igualmente uma
mudança no personagem que irá imitar o Talmud, o Anti-Cristo caráter do
judaísmo que é a antítese de Jesus e Seu caráter. Ela será o caráter dos judeus
e os cristãos apóstatas que irá perseguir e exigir a execução dos verdadeiros
cristãos que apresentam o caráter de Cristo.

Jesus disse: "Amai os vossos inimigos." Israel, os judeus, e os seus


"cristãos" apóstatas adeptos, do evangélico "cristãos", dizem, para "matar os
seus inimigos" e ai então vamos apoiá-lo com nossas igrejas e nossas
finanças?

http://apologiajudaica.blogspot.com/2011/01/judaismo-rejeita-sioniismo.html
Isso é exatamente o que o pastor John Hagee está fazendo com sua multidão
de evangélicos "cristãos" que ele levou recentemente a Washington para
pressionar os senadores e deputado federal de incentivar a invasão do Irã - o
suposto inimigo de Israel. Fizeram com o Iraque, matando mais de um
milhão de Iraquianos e milhares de soldados de cristãos mortos, para tomar os
poços de petróleo, Invadiram o Afignistão para tomar a riquesa daquele país e
facilitar a ceitação da nova ordem mundial com um banco judeu dentro, pelos
países que são contra, entre estes o Irã, Coreia do Norte e China. Derrubaram
os judeus sionistas as torres gêmeas e inventaram um mentiroso Bil Laden,
que a Ex-Ministra Benazir Bhutto.
Bhutto : disse que Osama bin Laden estava morto e com isto, pagou com a
vida, pois disseram que foi Al Qaeda que a assassinou, porém não existe
nenhuma Al Qaeda. Al Qaeda não como está escrito em português, mais a
escrita em árabe significa “vamos ao banheiro.” Quem assassinou a ministra da
India foi os mesmos que querem enganar a população mundial e dizer que os
ataques as torres gêmeas foi patrocinado por uma Al Qaeda, que não existe.

Para colocar legendas em português do vídeo da Benazir Bhutto abaixo, assista direto no
YOUTUBE. Aperte na tecla "CC" a direita da tela do vídeo e aparecerá uma janela pop-up.
Clique em TRADUZIR LEGENDA, ou "TRANSLATE". Quando aparecer NA LISTA a primeira
língua, como Africâner, clique em cima da palavra Africâner que ao lado da janela pop-up
aparecerá um botão vermelho, que você com o mouse pode procurar baixando até a sua língua
desejada e clique em OK, que no caso do Brasil é o português. Pronto você agora verá as
legendas em português! Se não aparecer logo as línguas com a janela pop-up, clique em
TRANSCREVER AUDIO e clique OK e aguarde um instante e depois clique em TRADUZIR
LEGENDAS e depois em OK, que aparecerá a janela pop-up com as línguas.

Benazir Bhutto: Bil Laden está morto,

http://www.youtube.com/watch?v=OaqdzTlj6kY

Em Conclusão:

1.O religião dos israelitas foi o cristianismo. Eles queriam ver a Jesus Cristo,
o Messias. Eventualmente, depois da morte de Cristo, ressurreição e ascensão
ao céu, o verdadeiro cristianismo foi corrompido pelos fariseus e saduceus,
trazendo na "tradição oral dos antigos." Estes foram mais tarde compilados
em forma escrita com a Mishná, a primeira parcela do Talmud, e da
Gemara, um comentário sobre o Mishnah.
2.O Talmud é o "santo" livro do judaísmo e, essencialmente, anula a
Palavra de Deus. O judaísmo é uma religião oculta que essencialmente
ignora o Antigo Testamento.
3. O judaísmo não existia antes de Cristo. Mais de cem anos depois de Cristo
foi crucificado, ressuscitado e levado para o céu, o judaísmo se tornar uma
religião (o oculto) de novo. E foi diabolicamente oposto ao cristianismo.
4. 4. Jesus foi / não é um "judeu."Jesus foi gerado pelo "Espírito Santo").

5. Os filhos de Abraão são os verdadeiros seguidores de Cristo - não os judeus!

6. A "nova" religião da cidade é "judaico-igrejismo" (um termo cunhado pelo


autor Michael Hoffman II) - um Judaizado "cristianismo" é o que vai levar
(forçar!) todo o mundo a adorar a besta terrível e feroz do Apocalipse 13 - os
judeus sionistas e judaísmo - cujo objetivo é destruir TODOS os governos e
TODAS as religiões, incluindo o cristianismo!

Estes "Judaizados" Os cristãos evangélicos (e aqueles que seguem atrás deles)


estão apoiando o grupo todo - os judeus sionistas e judaísmo - que pretende
matar todos os não-judeus, incluindo todos os cristãos - incluindo todos os
cristãos evangélicos!

Tradução feita por:


http://www.apologiajudaica.blogspot.com/
33