Você está na página 1de 102

CREATIVE CONSULTING

FSCM – LP
FSCM - CM

Fluxo de Caixa
Realizado e Gestão de Caixa
01
CREATIVE CONSULTING

FSCM – LP / FSCM – CM

Fluxo de Caixa Realizado e Gestão de Caixa

(FSCM – Financial Supply Chain Management)

www.creative-ti.inf.br
creative@creative-ti.inv.br

01
FSCM-LP - Fluxo de Caixa Realizado e Gestão de Caixa

Nosso Objetivo

• Oferecer informações sobre o tema Fluxo de Caixa Realizado


(FSCM-LP) que permitam o entendimento dos conceitos principais
do processo, a identificação dos cenários financeiros e contábeis
existentes no ambiente em questão, a possibilidade do melhor
desenho de solução para as necessidades identificadas e a
realização da configuração mais adequada. Abrangendo também a
Gestão de Caixa, nos processos de Posição de Caixa e Previsão de
Liquidez.

02
FSCM-LP - Fluxo de Caixa Realizado

Principais conceitos e Cenários de implementação do

Fluxo de Caixa Realizado (FSCM-LP)

03
Desenho da Usual da Solução - Gestão da Cadeia Financeira

04
Fluxo de Aplicação de Recursos (TRM)

05
Fluxo de Captação de Recursos (LOANS)

06
Fluxo de Caixa –Previsto (CLM-LP)

07
Fluxo de Caixa –Realizado (CLM-LP)

08
Modelo de Estrutura (CLM-LP)

09
Modelo de Estrutura (CLM-CM)

10
Derivação do Item de Liquidez (CLM-LP)

11
Cadeia de Compensação de Documentos

12
Fluxo de Caixa –Com BW

13
Fluxo de Caixa –Sem BW

14
Relatório ABAP : uma opção

15
Avalição da Solução

• Critérios de avaliação para implementação da solução:


– Versão mínima SAP 4.7(2) e Plug-in 2004
– A Solução SAP recomenda a utilização do BW para a geração
dos relatórios de Fluxo de Caixa.
– A alternativa de uma solução ABAP “Simples” dispensa a
utilização do BW com relatórios desenvolvidos na camada
transacional permitindo a personalização do cliente.
– Estrutura do Fluxo de Caixa previamente definida pela empresa
no ECC de acordo com as melhores práticas de mercado,
facilita a manutenção e a sua utilização (efetuá-la no BW é a
recomendação da SAP) .
– Forte integração com os sistemas transacionais e sistemas
legados.

16
Configuração e Cenários de Solução

Objetivo
Arquitetura da Solução
Fluxo de Caixa Realizado (LP – R/3)
Fluxo de Caixa Previsto e Planejado
BW Reporting

17
Configuração – Objetivo

Esclarecer os fundamentos e a configuração


básica do Liquidity Planner (FSCM-CLM-LP) e
discutir sua aplicação no processo de negócio.

18
Necessidades do Negócio

19
O que o CLM (LP e CM) Oferece:

20
Configuração e Cenários de Solução

Objetivo
Arquitetura da Solução
Fluxo de Caixa Realizado (LP – R/3)
Fluxo de Caixa Previsto e Planejado
Reporting BW

21
Arquitetura CLM

22
Previsão de Curto e Médio Prazo

24
Arquitetura da Solução

ECC Simulações
Planejamento
Manual

Previsto

Realizado Planejado BPC

BW

SAP
R/3
Outros
Relatórios de sistemas,
acompanhamento premissas,
índices
24
Configuração e Cenários de Solução

Objetivo
Arquitetura da Solução
Fluxo de Caixa Realizado (LP – R/3)
Fluxo de Caixa Previsto e Planejado
Planejado Reporting BW

25
Conceito do Fluxo de Caixa no R/3 (Liquidity Calculation)

• Itens de Liquidez = Elemento do Fluxo de caixa


correspondente a uma linha do relatório de fluxo de
caixa

• Documento evento no caixa = documento que afeta


uma conta corrente bancária ou conta atribuída na
tabela de ‘Definir outras contas reais’

• Tabela Conta Contábil x Item de Liquidez


(Configuração ou Tabela do Usuário)

• Consulta = Critérios para seleção de um documento


desde seu evento no caixa até uma conta contábil e
sua atribuição ao Item de Liquidez 26
Conceito do Fluxo de Caixa no R/3 (Liquidity Calculation)

• Além da conta contábil, o Item de Liquidez pode ser


determinado pelos critérios:
– Empresa
– Grupo de Contas do Cliente ou Fornecedor
– Setor Industrial do Cliente ou Fornecedor
– Conta Contábil
– Divisão

... ou outros critérios definidos por programação ABAP


(exits), e.g., Ordens de Investimento, elemento PEP,
Centro de Lucro

27
Buscando o item de liquidez

A partir do documento de caixa é possível ‘seguir’ os lançamento contábeis


que foram compensados contra as contas transitórias de banco
Lançamento no caixa/banco: recebimento do cliente
Natureza Conta
Débito Conta corrente bancária
Crédito Conta transitória bancária

Lançamento de recebimento do cliente - compensação


Débito Conta transitória bancária
Crédito Cliente (conta de reconciliação de contas a
receber)

Lançamento de faturamento
Débito Cliente (conta de reconciliação de contas a
receber)
Crédito Receita de Vendas (pode ser associada, por
exemplo, a um Item de Liquidez ‘RECEBIMENTO CLIENTE’)

28
Configuração - FLQCUST

29
Configuração

• FLQC3 - Ativar empresa

30
Configuração

• FLQC2 - Gravar dados globais

31
Configuração

• FLQC4 - Definir outras contas reais

32
Configuração

•FLQC13 - Configurações para mecanismos FI

33
Configuração

• FLQC1 - Processar itens de liquidez

34
Configuração - FLQMAIN

35
Configuração

• Criar consulta para busca do item de liquidez

36
Configuração

• Cria consulta para busca do item de liquidez

37
Configuração

• Associa consulta a seqüência de consultas

38
Configuração

• Associa consulta a seqüência de


consultas

39
Configuração

• Associar conta contábil ao item de liquidez

40
Configuração

• Associar conta contábil ao item de liquidez

41
Configuração

• Executa programa de atribuição de faturas

1
42
Configuração

• Roda programa de cálculo de Saldo Inicial Realizado

43
Configuração

• Roda programa conferência de saldo inicial por conta real

44
Configuração

• Roda programa de atribuição de faturas

45
Configuração

• Determina o item de liquidez

46
Configuração

•FLQC10 - Reestruturação dados de movimento

47
Configuração

•FLQC9 - Eliminar dados de movimento

48
Configuração

•FLQMAIN - Sistema de informação

•Upload e Download de Itens de Liquidez e Consultas

49
Reportes de Fluxo de Caixa
•FLQREP – Reporte de Itens Realizados

50
Reportes de Fluxo de Caixa
•FLQLI – Reporte de Documentos de Itens Realizados

51
Reportes de Fluxo de Caixa

52
Configuração e Cenários de Solução

Objetivo
Arquitetura do Sistema
Fluxo de Caixa Realizado (LP – R/3)
Fluxo de Caixa Previsto e Planejado
Reporting BW

53
Fluxo de Caixa Previsto e Planejado

Compromissos financeiros
• Faturas de Fornecedores e Clientes, documentos que
afetem as contas transitórias de bancos
• Pedidos de Compra
• Ordens de Venda – Piloto na Citrosuco

Não há extratores para o BW (fazemos uma cópia do extrator


do Fluxo Realizado)

Geração somente na moeda da transação. Necessária


conversão para outras moedas.

54
Fluxo de Caixa Planejado BPC

Business Content
• A SAP fornece exemplos para a configuração do
Planejamento de Liquidez
• Ativar os Info Cubos e Áreas de Planejamento standard

Planejamento
• Previsto input manual dos dados planejados
• Multimoedas
• Unidades de tempo: mês, dia e semana
• Possibilidade de criação de Hierarquias de Itens de
Liquidez, Empresas
• Outras funções de planejamento e simulação devem ser
configuradas de acordo com as necessidades do negócio
– Funções standard: cópia, conversão de moedas,
forecast
– Outras: programação específica
• Publicação na Web

55
Fluxo de Caixa Planejado BPC

Planejamento manual Excel ou ALV

56
Fluxo de Caixa Planejado

Funções de planejamento

57
Configuração e Cenários de Solução

Objetivo
Arquitetura do Sistema
Fluxo de Caixa Realizado (LP – R/3)
Fluxo de Caixa Previsto e Planejado
Reporting BW

58
BW Reporting

• Conteúdo standard para cópia


• Facilidade na criação de novas ‘queries’ (relatórios
de consulta)
• Hierarquias facilmente representadas
• Intervalos de tempo flexíveis
• Saldo inicial é calculado no R/3
• Flexibilidade e facilidade de navegação: filtros,
sinalizadores de exceção
• Publicação automática na Web

59
Query Designer

Criação de relatórios no BW

60
BW Reporting

Query na Web

61
FSCM-CM - Gestão de Caixa

Principais conceitos e Cenários de implementação da

Gestão de Caixa (FSCM-CM)

03
FSCM-CM - Gestão de Caixa

1. OT01 - Definir data efetiva


2. OT05 – Definir símbolos de origem
3. OT14 – Definir níveis de tesouraria
4. OT13 – Definir grupos de tesouraria
5. OT16 – Definir nome de conta
6. OT18 – Definir hierarquia (nome do fluxo)
7. OT17 – Atualizar estrutura para fluxo de caixa
8. OT20 – Definir intervalos de numeração para tesouraria manual
9. OT21 – Definir tipos de lançamento manual de tesouraria
10.FF7B – Visualização do Fluxo de Caixa

03
FSCM-CM - Gestão de Caixa

OT01 - Definir data efetiva

03
FSCM-CM - Gestão de Caixa

OT05 – Definir símbolos de origem

03
FSCM-CM - Gestão de Caixa

OT13 – Definir grupos de tesouraria


FSCM-CM - Gestão de Caixa

OT14 – Definir níveis de tesouraria


FSCM-CM - Gestão de Caixa

OT16 – Definir nome de conta


FSCM-CM - Gestão de Caixa

OT18 – Definir hierarquia (nome do fluxo)


FSCM-CM - Gestão de Caixa

OT17 – Atualizar estrutura para fluxo de caixa


FSCM-CM - Gestão de Caixa

OT21 – Definir tipos de lançamento manual de tesouraria


FSCM-CM - Gestão de Caixa

OT21 – Definir tipos de lançamento manual de tesouraria


FSCM-CM - Gestão de Caixa

Aviso de Lançamento

• Selecionar tipo de fluxo de caixa;


• Utilizar “ZT” para transferência para
mesma divisão e “ZZ” para transferência
entre diferentes divisões;
FSCM-CM - Gestão de Caixa

Aviso de Lançamento
FSCM-CM - Gestão de Caixa

Aviso de Lançamento
FSCM-CM - Gestão de Caixa

FF7A – Posição de Caixa - Saldos


• Administração de Caixa
FSCM-CM - Gestão de Caixa

• Administração de Caixa

• Selecionar a estruturação
correspondente a Divisão e
Unidade.

24/05/2016
FSCM-CM - Gestão de Caixa

• Administração de Caixa
FSCM-CM - Gestão de Caixa

• Administração de Caixa
FSCM-CM - Gestão de Caixa

• Administração de Caixa
FSCM-CM - Gestão de Caixa

• Outras visões
FSCM-CM - Gestão de Caixa

FF7B – Visualização do Fluxo de Caixa


FSCM-CM - Gestão de Caixa

FF7B – Visualização do Fluxo de Caixa (cont.)


Melhores Práticas e Informações de Projetos

• Visão Prática
• Princípio da Ferramenta (CFM-LP)
• Necessidades
• Papéis e Responsabilidades
• Informações Importantes (Expertise)
- Outras Informações Técnicas
- Lições Aprendidas
- Premissas para o Sucesso
- Prazos baseados em histórico

62
Visão Prática do Fluxo de Caixa (FSCM-LP)

• Revendo: O objetivo do módulo Liquidity Planner (CFM-LP) é permitir a


visualização das entradas e saídas do fluxo de caixa por natureza, como
por exemplo:
– Pagamentos
• Suprimento (País)
– Serviços – (linha do fluxo de caixa)
• Para isso, ele irá partir das contas bancárias (extrato) para identificar os
pagamentos e recebimentos, buscando suas contrapartidas através dos
documentos de compensação.
• No próximo slide exemplificaremos esse processo através de uma
compra de serviços.

OBS: Durante esta etapa estaremos tratando exclusivamente do


fluxo de caixa realizado.
64
Premissa - Cadeia de compensação

Boa Ruim

Importação de extratos, conciliação das contas


transitórias e compensação das contas transitórias deve
acontecer DIARIAMENTE
63
Princípio da Ferramenta (CFM-LP)

1 2 3 4
Medição Entrada de Pagamento Extrato
de Serviço (ML81N) Fatura (MIRO) Fornecedor Bancário

D C D C D C D C
44xxxxxx EM/EF EM/EF Forne Fornec 110123XXXX 110123XXXX 110120XXXX
xx c

2ª Etapa – Identificação do
4ª Etapa – Identificação do 3ª Etapa – Identificação fornecedor, a partir do
produto/serviço através do do recebimento fiscal documento de compensação
pedido de compra a partir da (EM/EF), a partir do da conta banco transitória
fatura (documento de documento de após a conciliação
compensação EM/EF). compensação da fatura (documento de pagamento).
(documento de
1ª Etapa –
pagamento).
Identificação do
pagamento a partir
do extrato bancário
(110120XXXX) e sua
contrapartida na
conta banco
transitória 65
(110123XXXX).
Princípio da Ferramenta (CFM-LP)
Extrato
Bancário

D C
110123XXXX 110120XXXX

Pagamento
Documento de 1ª Etapa – Fornecedor
conciliação
Identificação do
bancária D C
pagamento a
partir do extrato Fornec 110123XXXX
bancário
(110120XXXX) e
sua contrapartida
na conta banco
transitória
Documento de (110123XXXX).
pagamento
2ª Etapa – Identificação
do fornecedor,
a partir do documento
de compensação da
conta banco transitória
após a conciliação
(documento de 66
pagamento).
Princípio da Ferramenta (CFM-LP)

Fatura

D Documento
C de
compensação da
EM/EF fatura
Forne
c

Pagamento
Fornecedor

D C
Fornec 110123XXXX

3ª Etapa –
Identificação do
recebimento fiscal
(EM/EF), a partir do
documento de
compensação da
fatura (documento
de pagamento).

67
Princípio da Ferramenta (CFM-LP)

Fatura

D C
EM/EF Forne
c
Medição
de Serviço
D C
44xxxxxx EM/EF
xx
4ª Etapa –
Identificação do
produto/serviço
através do pedido de
compra a partir da
fatura (documento
de compensação
EM/EF).

Medição
de Serviço (Pedido
de compra) 68
Necessidades

•Necessidade
– Determinar a origem (natureza da operação) de cada linha do fluxo de caixa
realizado através do esquema contábil de cada processo.

Exemplo da estrutura do fluxo de caixa:

69
Fluxo de Caixa - Pagamentos

Pagamentos

70
Fluxo de Caixa - Pagamentos

Pagamentos (continuação...)

71
Fluxo de Caixa – Operações Financeiras

Operações Financeiras

72
Papéis e responsabilidades

Papéis e responsabilidades

•Área Funcional (Tesouraria)


– Auxiliar na construção, acompanhar e validar as regras do fluxo de
caixa;

•Contabilidade (Normas)
– Acompanhamento da elaboração das regras contábeis;

•Contabilidade Financeira (Contas a Pagar/Receber)


– Auxiliar no mapeamento dos processos das contas contábeis que
impactam o caixa.

73
Informações Importantes (Expertise)

Informações Importantes (Expertise)


- Outras Informações Técnicas
- Lições Aprendidas
- Premissas para o Sucesso
- Prazos baseados em histórico

74
Outras Informações Técnicas

Notas OSS
Basic note for technical setup: 412605
Delta notes for new functions and features in:
PI 2002.1: 519465
PI 2002.2: 558167
PI 2003.1: 623255
PI 2004.1: 731562
Basic note on FLQAD (2 steps): 614240
Technical documentation note (PI 2003/4): 591208
Note on TR-CB >> LQ migration: 731563

Programas utilizados no forecast


RFLQ_CASH_FORECAST_FIN and
RFLQ_CASH_FORECAST_MMPO and
RFLQ_CASH_FORECAST_SDSO

Programa utilizado no saldo inicial


RFLQ_BALANCE_CF

75
Lições aprendidas

76
Premissas para o sucesso

77
Prazos baseados em históricos (SAP)

78
CREATIVE CONSULTING

FSCM – LP / FSCM-CM

Fluxo de Caixa Realizado e Gestão de Caixa

(FSCM – Financial Supply Chain Management)

FINAL

www.creative-ti.inf.br
creative@creative-ti.inv.br
79

Você também pode gostar