Você está na página 1de 2

A revisão deve ser feito de forma Periódica, da seguinte forma:

1.Revisão – 10 minutos
2. Revisão – 24 Horas
3. Revisão – 1 Semana
4. Revisão – 1 Mês
5. Revisão – 6 Meses

TÉCNICAS DE MEMORIZAÇÃO ASSOCIATIVA


Sabe qual a melhor maneira de lembrar fatos importantes? Quando você associa esses fatos a algo
familiar para você. Aqui estão alguns exemplos de memória associativa que vão impulsionar seus
estudos.
ACRÓSTICOS
Você já deve ter ouvido a frase, “Todo Mundo Sofre Com Pequenas e Grandes Doenças”. É um
exemplo de acróstico. A primeira letra de cada palavra significa uma doença causada por bactéria.
“T: tétano / M: meningite / S: sífilis / C: cólera / P: Pneumonia / G: gonorréia / D: Difteria”. Uma
excelente maneira de memorizar um conteúdo de biologia. Veja se você consegue fazer acrósticos
criativos para áreas que você precisa memorizar, quanto mais estranho, melhor!
ACRÔNIMOS
Acrônimos são palavras formadas das primeiras letras da lista ou série de palavras que você precisa
se lembrar. Por exemplo, para memorizar os ramos do direito onde a competência para legislar é
privativa da união. (art. 22 – CF). Devemos lembrar de CAPACETE DE PM, onde: c – civil; a –
agrario; p – penal; a – aeronautica; c – comercial; e – eleitoral; t – trabalho; p – processual; m –
maritimo. Viu como ajuda a memorizar? Seja criativo ao fazer seus acrônimos.
DICA BÔNUS I:
Fazer seus próprios acrônimos, acrósticos ou rimas pode parecer complicado, e muitas vezes você
pode optar por pegar acrônimos e acrósticos prontos de outros sites, mas recomendo a você que crie
o seus próprios. Assim, você estará se envolvendo ainda mais com seu material de estudo e
estimulando sua criatividade, que facilitará sua memorização.
Fazer rimas é uma excelente ferramenta de memorização.

TÉCNICAS DE IMAGINAÇÃO
Diferente de ler ou escutar a imaginação ativa diferentes partes do seu cérebro, portanto a inclua
para sucesso de sua aprendizagem. Você pode usar links mentais para relembrar uma lista ou serie
de palavras criando uma visualização que contenha toda as palavras que você precisa lembrar.
Quanto mais estranha a imagem, mais fácil será memorizar. Por exemplo, digamos que você precise
lembrar dos seus afazeres do dia. Você precisa ira ao correio, comprar leite, levar seu filho ao treino
de futebol, e comprar comida para o cachorro. Link esses tudo visualizando um cachorro com uma
carta na sua boca sendo atingido por uma vaca jogando futebol. Pode soar estranho, mas funciona!
DICA BÔNUS II: CERTIFIQUE-SE DE VOCÊ ESTÁ ENTENDENDO O QUE ESTÁ
LENDO
NUNCA deixe para trás uma palavra que você não entendeu no livro.  Pare procure-a no dicionário
e depois continue. Se você não entendeu uma sentença ou um parágrafo no texto, pegue uma frase
por vez até fazer sentido para você. Escreva todo termo que você encontrar dificuldade. Reveja no
próximo dia que você começar sua sessão de estudo. Em pouco tempo você estará dominando todo
o conteúdo. Você pode deixar aberta a página do Priberam dicionário online para facilitar enquanto
estuda.
OUTRAS TÉCNICAS DE MEMORIZAÇÃO
Falar em voz alta
Provavelmente a mais poderosa ferramenta que você pode usar para transferir um conteúdo de sua
memória curta para sua memória longa é dizer as palavras em voz alta e com suas próprias palavras.
Interesse
Você vai lembrar melhor de seu estudo se você estiver realmente interessado em lembrar. Isso pode
parecer obvio, mas muitas pessoas se esquecem. Portanto, periodicamente retome as suas razões
para fazer esse concurso, o porquê de você estar se dedicando aos estudos. Imagine todos os
benefícios da sua nova carreira. Mantenha seus objetivos a vista. Isso vai refrescar seu interesse
em aprender o material e ajudar no sucesso do seu estudo.
Repetição
Lembre-se, a memória é ativada pela repetição. Ler e reler é útil, também dizer as palavras em
voz alta, escrever, inventar acrônimos e técnicas de link mental. Pratique o que você aprendeu com
sua família e amigos. Peça a eles que façam questões baseadas no material que você estudou. Você
aprende através da repetição. Como você pensa que decora as canções populares ou todos os jingles
de propagandas da televisão? Por que você os escuta toda hora, e isso cola em seu cérebro.

5 PASSOS PARA ELABORAR UM MAPA MENTAL


1) Crie uma ideia central: desenhe uma imagem ou escreva uma palavra-chave como ideia central.
Ela é o ponto inicial do seu mapa mental e representa o tópico que você vai explorar. Lembre-se:
para fins de memorização, imagens sempre são melhores que palavras! Escreva essa palavra ou
desenhe essa imagem no centro da folha, preferencialmente no modo paisagem (com a folha de
lado).
2) Adicione ramos: o segundo passo é adicionar o primeiro nível de ramos. Prefira ramos curvados
a retos, pois são mais estimulantes.
3) Adicione novas imagens ou palavras-chave: assim, a ideia central vai se conectar por meio dos
ramos à novas ideias.
4) Adicione ramos secundários e assim sucessivamente: o próximo passo é adicionar ramos
secundários e novas ideias que derivam das ideias anteriores. E, desse modo, seguir ramificando e
adicionando novas ideias.
5) Use cores em todo o processo, porque são mais excitantes ao cérebro.

Você também pode gostar